Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2018

TESTES DE GENÉTICA (5)

01. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I  II

0 0 – Um casal em que o homem é Rh+ (heterozigoto), com sangue do tipo AB e a mulher Rh, com sangue tipo O, não poderá ter filhos Rh+ A.

1 1 – Considerando heredograma abaixo, a probabilidade de o indivíduo no 5 ser O, Rh, MN é 1/16.

2 2 – Considerando um casamento em que o homem tem visão normal para as cores e a mulher é também normal, mas filha de um homem daltônico, espera-se que todos os filhos sejam daltônicos e todas as filhas sejam normais.

3 3 – Considerando a genealogia abaixo, é  correto  afirmar  que  os  genótipos dos indivíduos I, II e III são, respectivamente, XDY, XDXd e XDY. Considere D = gene que determina ausência de daltonismo e d = gene que determina daltonismo.

4 4 – A probabilidade de um casal de duplo heterozigoto para dois pares de genes autossômicos com segregação independente, vir a ter um descendente com apenas uma característica dominante é 3/16.

02. (UEL) Acerca da relação entre os cromossomos de um menino e os de seus avós, fizeram-se as seguintes afirmações.

I. Seu cromossomo Y é descendente do Y de seu avô paterno.

II. Seu cromossomo X é descendente de um X de sua avó paterna.

III. Entre seus autossomos, há descendentes de autossomos de seus avós.

Dessas afirmações, estão corretas apenas.

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e III.

e) II e III.

03. (VUNESP) A talassemia é uma doença hereditária que resulta em anemia. Indivíduos homozigotos MM apresentam a forma mais grave, identificada como talassemia maior e os heterozigotos MN, apresentam uma forma mais branda chamada de talassemia menor. Indivíduos homozigotos NN são normais. Sabendo-se que todos os indivíduos com talassemia maior morrem antes da maturidade sexual, qual das alternativas a seguir representa a fração de indivíduos adultos, descendentes do cruzamento de um homem e uma mulher portadores de talassemia menor, que serão anêmicos?

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/3.

d) 2/3.

e) 1/8.

04. (FUVEST) O gene autossômico que condiciona pelos curtos no coelho é dominante em relação ao gene que determina pelos longos. Do cruzamento entre coelhos heterozigotos nasceram 480 coelhinhos, dos quais 360 tinham pelos curtos. Entre esses coelhinhos de pelos curtos o número esperado de heterozigotos é:

a) 180.

b) 240.

c) 90.

d) 120.

e) 360.

05. (IFNMG) O princípio de Hardy-Weinberg propõe que uma população, na ausência de fatores evolutivos que atuem sobre ela, mantém a sua composição gênica constante através das gerações. Uma condição necessária para que se mantenha o equilíbrio gênico de uma população, entre outras, é:

a) A entrada, por migração, de novos indivíduos na população.

b) A ocorrência de cruzamentos não preferenciais.

c) A ação da seleção natural, eliminando genótipos.

d) O surgimento de mutações gênicas.

06. (COVEST) Foram analisados dados de famílias nas quais ocorriam casos de uma determinada anomalia e verificou-se que, em todas, os casamentos entre homens afetados e mulheres normais culminavam, sempre, em proles nas quais todas as fêmeas eram afetadas e todos os machos eram normais. De posse destes dados pode concluir que a referida moléstia é condicionada por um alelo:

I  II

0  0 – Dominante autossômico.

1  1 – Autossômico recessivo.

2  2 – Dominante ligado ao Y.

3  3 – Recessivo ligado ao X.

4  4 – Dominante ligado ao X.

07. (VUNESP) O gene autossômico, que condiciona pelos curtos em cobaias, é dominante em relação ao gene que determina pelos longos. Do cruzamento de cobaias heterozigotas nasceram 300 cobaias, das quais 240 tinham pelos curtos. Entre as cobaias de pelos curtos, o número esperado de heterozigotos é:

a) 45.

b) 60.

c) 90.

d) 160.

e) 180.

08. (UDESC) Em humanos a polidactilia é condicionada por um gene dominante, sendo os indivíduos homozigotos recessivos portadores de pés e mãos normais (com 5 dedos cada). Por sua vez, o albinismo é condicionado por um gene recessivo, sendo que o alelo dominante produz em seus portadores pigmentação normal. Ambos os locos citados são autossômicos. Considere este caso: Antônio, um homem com pés e mãos normais, porém albino, casa-se com Maria, mulher normal para o albinismo, polidáctila a e filha de um homem homozigoto e normal para os dois caracteres e de uma mulher albina e polidáctila. A partir das informações anteriores, assinale a alternativa correta.

a) Todos os filhos desse casal deverão ser albinos.

b) Não existe qualquer chance de nascer um filho polidáctilo dessa relação.

c) Antônio poderá produzir 2 tipos de gametas diferentes para essas características.

d) A mãe de Maria é, obrigatoriamente, homozigota para as duas características.

e) Maria produzirá gametas de 4 tipos diferentes para essas características.

09. (PUC-SP) Analise a genealogia a seguir, onde foi estudado o caráter braquidactilia (dedos curtos), que é determinado por um par de genes.

Nessa família, os indivíduos 1, 2, 3, 4 e 7 são braquidáctilos, enquanto os indivíduos 5 e 8 apresentam dedos normais. Considerando essas informações e desprezando a possibilidade de ocorrência de mutação, pode-se afirmar que o indivíduo 6:

a) é braquidáctilo e homozigoto.

b) é braquidáctilo e heterozigoto.

c) tem dedos normais e é homozigoto.

d) tem dedos normais e é heterozigoto.

e) pode ser ou não braquidáctilo e é homozigoto.

10. (UFMG) A enzima G-6-PD (glicose-6-fosfato desidrogenase) está presente nas hemácias de indivíduos normais. A ausência dessa enzima, em indivíduos afetados, torna as hemácias sensíveis a certas drogas e nutrientes, provocando sua destruição. O gene que determina a ausência de G-6-PD é recessivo e situa-se no cromossomo X. Observe o heredograma que representa uma família com essa característica.

Com base nesse heredograma, é correto afirmar que:

a) cada um dos indivíduos representados tem, pelo menos, um gene para ausência de G-6-PD.

b) essa família apresenta dois indivíduos heterozigotos para o gene que determina a G-6-PD.

c) casais como I.1 x I.2 têm probabilidade maior de ter filhos afetados do que de ter filhas afetadas.

d) o indivíduo II-3 pode ter recebido o gene da G-6-PD tanto do seu pai quanto de sua mãe.

11. (UNCISAL) Em 1908, o matemático inglês Godfrey H. Hardy e o médico alemão Wilhem Weinberg, de maneira independente, demonstraram que dentro de determinadas condições, as frequências alélicas permaneceriam inalteradas ao longo das gerações. Neste caso, diz-se que a população se encontra se em equilíbrio de Hardy-Weinberg ou equilíbrio gênico. São pressupostos essenciais que devem ser considerados para o equilíbrio de Hardy-Weinberg, exceto:

a) Os Cruzamentos são ao acaso.

b) O tamanho da população é muito grande.

c) A seleção natural não afeta os alelos que estão sendo considerados.

d) Ocorrência de migração entre diferentes populações.

12. (PUCCAMP) Num dado organismo, foram encontradas células somáticas normais com seis cromossomos (I) e células aberrantes (II e III) cujos cariótipos estão esquematizados a seguir.

As aberrações cromossômicas dos cariótipos II e III são, respectivamente, do tipo:

a) monossomia e trissomia.

b) monossomia e poliploidia.

c) nulissomia e trissomia.

d) nulissomia e poliploidia.

e) nulissomia e monossomia.

13. (UEL) O heredograma a seguir representa a herança de um par de genes entre os quais há dominância. Os símbolos escuros representam indivíduos que exibem a característica recessiva.

Nesse heredograma não se pode determinar o genótipo do indivíduo.

a) 1.

b) 3.

c) 5.

d) 6.

e) 7.

14. (PUC-MG) O número de cromossomos de uma espécie é 2n = 20. O sistema de determinação do sexo é do tipo ZW. O cariótipo que representa uma euploidia é.

a) 20, ZW.

b) 20, ZZ.

c) 30, ZWW.

d) 19, ZO.

e) 21, ZZW.

15. (PUC-MG) Em um caso de linkage, dois genes A e B, autossômicos, distam entre si 20 UR. Considere o seguinte cruzamento:

Fêmea (Ab/aB) X Macho (ab/ab)

Qual é a frequência esperada de machos com o genótipo AB/ab?

a) 100%.

b) 50%.

c) 25%.

d) 10%.

e) 5%.

16. (UnB) No Brasil, uma lei determina que os recém-nascidos sejam submetidos ao “teste do pezinho”, por meio do qual se identifica a fenilcetonúria, doença hereditária que pode levar ao retardamento mental, com prejuízo da fala e dos movimentos. Se detectada a tempo, essa doença pode ser controlada ministrando-se ao recém-nascido uma dieta especial. O heredograma seguinte ilustra uma situação em que há indivíduos fenilcetonúricos.

Considerando o heredograma, julgue os itens abaixo.

01. O caráter fenilcetonúrico apresenta herança autossômica dominante.

02. O cruzamento entre os indivíduos 10 e 11 ilustra como a consanguinidade influencia o aparecimento de doenças hereditárias.

04. Os homens normais representados no heredograma são necessariamente heterozigotos.

08. A probabilidade de que o casal formado pelos indivíduos 10 e 11 tenha um descendente do sexo masculino fenilcetonúrico é igual a 12,5%.

16. A dieta especial a que devem ser submetidos os recém-nascidos fenilcetonúricos tende a alterar a frequência do gene da fenilcetonúria na população.

Soma das alternativas corretas:

17. (UECE) A calvície é uma característica influenciada pelo sexo e o gene que a condiciona se comporta como recessivo no sexo feminino e dominante no sexo masculino. Observe a genealogia a seguir, relativa a essa característica.

A probabilidade do casal 3 × 4 ter o primeiro filho homem e que venha a ser calvo, é:

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/6.

18. (UNITAU) No início do século 20, o inglês Godfrey Harold Hardy e o alemão Wilhelm Weinberg demonstraram que a variação da frequência de alelos e seus genótipos, em uma população, depende diretamente da ação de um fator evolutivo qualquer, sem o qual a dada população não experimentará a variabilidade genética, o que foi chamado de “Teorema ou Princípio de Hardy-Weinberg”. Entretanto, esse modelo se aplica apenas àquelas populações em que o processo evolutivo esteja desativado, o que é uma situação hipotética, conhecida como “equilíbrio gênico”. Sobre o Teorema ou Princípio de Hardy-Weinberg, assinale a alternativa que descreve uma situação que contribui para o estabelecimento do equilíbrio gênico em uma população.

a) Cruzamentos entre indivíduos devem ocorrer ao acaso, aleatoriamente.

b) A população deve apresentar tamanho reduzido, ou seja, pequeno número de indivíduos.

c) Ocorrência de seleção natural, em indivíduos com a mesma chance de sobrevivência.

d) Ocorrência dos processos de migração, com a entrada e a saída de indivíduos da população.

e) Ocorrência máxima da variação fenotípica.

19. (PUCRS) Estudos genéticos permitiram verificar que um casal tem 1/4 de probabilidade de ter um descendente com uma determinada anomalia. Esse casal tem __________ de probabilidade de ter um descendente do sexo masculino e portador da disfunção genética mencionada.

a) 2/3.

b) 3/9.

c) 1/8.

d) 2/5.

e) 1/25.

20. (Mackenzie) Se os indivíduos 7 e 11 (figura abaixo) se casarem, a probabilidade desse casal ter uma filha com o mesmo fenótipo do avô materno é de.

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/3.

e) 2/3.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: