Publicado por: Djalma Santos | 25 de outubro de 2018

TESTES DE BOTÂNICA (24)

01. (UniTau) Os frutos surgem, em geral, após a fecundação e pela liberação de hormônios pelos embriões, quando estão em desenvolvimento. A palavra “fruta” não é um termo botânico, é tão somente uma palavra usada popularmente para nomear as partes comestíveis, suculentas e adocicadas que se originam da flor, mas que nem sempre se desenvolveram do ovário. Desse modo, não é raro que se confunda fruto com fruta, como ocorre com o caju (Anacardium occidentale), em que, na verdade, o fruto é a castanha. De acordo com essas definições, assinale, dentre as alternativas, aquela que descreve corretamente a formação dos frutos verdadeiros.

a) Depois da polinização, o grão de pólen germina sobre o estigma, formando o tubo polínico. Na fecundação, o óvulo dá origem à semente, e ocorre a hipertrofia do ovário, que se transforma em fruto.

b) O carpelo amadurece antes do estame, dando origem aos tubos polínicos. Após a fecundação, o óvulo dá origem à semente, formando o fruto a partir de partes suculentas da flor.

c) Depois da fecundação, o grão de pólen germina no estame, formando o saco embrionário. Na polinização, três carpelos se unem, formando a semente e ocorrendo a hipertrofia do ovário, gerando o fruto.

d) Resultam da epiderme do ovário, a partir do saco embrionário, que apresenta carpelos independentes e que se unem para formar o ovário e o receptáculo floral, que se hipertrofia para formar o fruto.

e) Resultam do desenvolvimento de pelos suculentos do endocarpo, quando, após a fecundação, se desenvolvem a partir do pedúnculo de uma única flor.

02. (IFSuldeMinas) De acordo com o Prof. M. Marangon, em “Estabilidade de taludes”.

Disponível em: <http://www.ufjf.br/nugeo/files/2009/11/togot_Unid04EstabilidadeTaludes01.pdf&gt;. Acesso em: 03 set.2017.

“Nos projetos de estabilização dos taludes é fundamental atuar sobre os mecanismos instabilizadores. Assim, sufocando a causa com obras ou soluções de alto efeito … os efeitos da erosão podem ser combatidos com a proteção vegetal…”

Algumas plantas, por suas características morfológicas, são mais apropriadas para conter a erosão do solo em taludes, encostas de morros e beiras de estradas. Entre tais plantas costuma-se usar principalmente espécies de angiospermas monocotiledôneas, do grupo das gramíneas, atualmente família Poaceae. As características abaixo normalmente são presentes numa monocotiledônea, exceto:

a) flores geralmente tetrâmeras ou pentâmeras.

b) sementes com um cotilédone.

c) nervuras geralmente paralelas.

d) folhas com bainha.

03. (FIT) O mecanismo de transporte de seiva bruta nos vegetais de grande porte depende, em menor escala, da capilaridade que existe nos vasos xilemáticos e da pressão promovida pela raiz durante a absorção de água e nutrientes do solo. Porém, a principal força responsável pela ascensão da água até a copa das árvores é decorrente:

a) da difusão facilitada que ocorre nas células estomáticas durante seu processo de fechamento do ostíolo.

b) do bombeamento de íons potássio, com gasto de energia, para fora das células estomáticas.

c) da difusão simples de gás carbônico para dentro da câmara estomática quando existe luminosidade.

d) do metabolismo dos cloroplastos das células estomáticas, quando abastecidos de água, gás oxigênio e luz.

e) da perda de vapor d’água através do ostíolo quando o suprimento hídrico e luminoso é suficiente.

04. (IFNMG) As samambaias pertencem a um filo vegetal que apresenta cutícula impermeabilizante nas folhas o que torna esse tipo de planta mais resistente a ambientes secos, já que a cutícula diminui a transpiração foliar. Entretanto, essas plantas ainda dependem diretamente da água para reprodução o que as restringe no ambiente natural a viverem próximo de cursos d’água, pois necessitam da umidade para liberação de gametas.

CICLO REPRODUTIVO DAS SAMAMBAIAS

Disponível em: <http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos4/pteridofitas.php&gt;.

Acesso em: 02 set. 2016

Em relação às samambaias e ao seu processo reprodutivo evidenciado na figura, assinale a alternativa correta:

a) apresentam esporófito duradouro com soros (estruturas reprodutivas) haploides.

b) são plantas traqueófitas, com gametófito monoico que necessita de elevada umidade para realizar autofecundação.

c) apresentam vasos condutores e gametófito diploide responsável pela produção de gametas masculinos e femininos.

d) não apresentam flor e nem fruto, e anatomicamente apresentam o rizoma que se caracteriza por ser uma raiz com crescimento horizontal.

05. (UFRGS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. As plantas necessitam de nutrientes minerais, constituídos de diferentes elementos químicos, os quais são retirados do solo através das raízes. Macroelementos como o ……. são necessários em maiores quantidades. Já elementos como o …… são necessários em menores quantidades.

a) nitrogênio – cobre

b) boro – manganês

c) fósforo – potássio

d) potássio – nitrogênio

e) cobre – fósforo

06. (FAMERP) Analise a ampliação de uma imagem em escala microscópica.

(www.microscopy-uk.org.uk)

Observa-se na imagem parte do tecido proveniente de uma árvore do grupo angiosperma, contendo duas estruturas em evidência. Em uma árvore adulta, tais estruturas são encontradas:

a) principalmente nas folhas, e sua função é realizar a transpiração.

b) principalmente no caule, e sua função é reter a água.

c) principalmente na raiz e no caule, e sua função é secretar hormônios.

d) na região pilífera da raiz, e sua função é realizar a absorção de água e sais.

e) em toda a árvore, e sua função é realizar as trocas gasosas.

07. (FCMSCSP) Um anel de casca foi retirado do ramo de uma árvore. No decorrer de algumas semanas, houve enraizamento em uma das bordas do anel desse ramo.

O enraizamento do ramo ocorreu por:

a) acúmulo de seiva orgânica e ação das auxinas.

b) excesso de seiva inorgânica e ação das citocininas.

c) diferenciação de células das gemas laterais.

d) indução por etileno liberado no local da injúria.

e) ativação do câmbio vascular devido à injúria.

08. (URCA) Analise a descrição abaixo:

“Grupo de plantas de pequeno porte, encontradas em locais úmidos e sombreados, que crescem no solo ou sobre os troncos das árvores. Há poucas espécies dulcícolas e nenhuma marinha. Este grupo de plantas apresenta rizoides e não possui vasos condutores”. Após a análise do texto, assinale a alternativa que apresenta o nome do grupo das plantas com as características apresentadas.

a) Pteridófitas.

b) Angiospermas.

c) Gimnospermas.

d) Dicotiledôneas.

e) Briófitas.

09. (UEM) Considerando os ciclos biogeoquímicos relacionados com o movimento de água, de gases e de elementos minerais no solo, na atmosfera e nas plantas angiospermas, onde participam de diferentes processos fisiológicos, assinale o que for correto.

01. A absorção de água e de elementos minerais ocorre na zona pilífera das raízes com “gasto” de energia metabólica.

02. A abertura e o fechamento dos estômatos são influenciados pela umidade do ar, pela luz e pelo teor de gás carbônico.

04. Além de luz, de gás carbônico e de água, elementos minerais, como magnésio, fósforo e nitrogênio, são necessários para a realização da fotossíntese.

08. Durante o dia, as plantas realizam a fotossíntese, e a respiração ocorre somente durante a noite, quando os estômatos estão fechados.

Soma das alternativas corretas:

10. (UERJ) O processo de dispersão de sementes é encontrado na maioria das espécies vegetais. Uma vantagem evolutiva decorrente desse processo é:

a) produção de flores vistosas.

b) conquista de novos ambientes.

c) desenvolvimento de frutos secos.

d) fecundação independente da água.

11. (IFSuldeMinas)

Estudo questiona capacidade das árvores de absorver gás carbônico

Estudo realizado na Austrália questiona as estimativas sobre a quantidade de dióxido de carbono (CO2) que árvores poderiam retirar da atmosfera. Segundo cientistas da Universidade da Western Sydney University, árvores não conseguem armazenar tanto dióxido de carbono (CO2) quanto se pensava. O estudo foi publicado na revista científica Nature Climate Change.

Adaptado de <http://www.bbc.com/portuguese/geral-39193615&gt;

O processo de armazenamento de dióxido de carbono questionado no texto ocorre pela:

a) transpiração das plantas.

b) respiração das plantas.

c) fotossíntese.

d) nitrificação.

12. (UECE) As folhas apresentam formas variadas resultantes das adaptações necessárias para que as plantas habitem ambientes diversos. Considerando a anatomia foliar das angiospermas, assinale a afirmação verdadeira.

a) As folhas das plantas xerófitas apresentam mais estômatos.

b) A epiderme é multiestratificada, ou seja, apresenta várias camadas de células para facilitar as trocas gasosas.

c) O mesófilo é preenchido pelo clorênquima, contém tecidos condutores, mas não possui tecidos de sustentação.

d) Os feixes condutores da folha, prolongamentos dos feixes da raiz, apresentam o xilema voltado para a face inferior da folha e o floema para a face superior.

13. (FIT) A climatização de bananas verdes é uma prática que objetiva a uniformização e aceleração do processo de maturação dos frutos recém-colhidos da lavoura. Para isso, as bananas são acondicionadas, por algumas horas, em câmaras fechadas com a presença de etileno. Com base nas informações descritas sobre a prática, assim como na fisiologia vegetal dos frutos, é correto afirmar que tal método está fundamentado na:

a) ação de um hormônio vegetal gasoso que catalisa reações bioquímicas nos tecidos vegetais dos frutos.

b) ação de enzimas reguladoras da segunda etapa (química) da fotossíntese, na qual os açúcares são sintetizados.

c) conversão da seiva bruta, essencialmente inorgânica, em seiva elaborada, essencialmente orgânica.

d) conversão da clorofila em carotenos a partir da inibição da primeira etapa (fotoquímica) da fotossíntese.

e) conversão do polissacarídeo celulose, presente na parede celular, nos monossacarídeos glicose e frutose.

14. (UESC) As gimnospermas são plantas vasculares, normalmente árvores, conhecidas principalmente por uma importante novidade evolutiva: as sementes, conferindo a elas independência dos corpos hídricos. As sementes possuem como função principal proteger e alimentar o embrião antes da germinação, por isso essa característica permitiu que essas plantas conseguissem dominar uma área muito maior que a das briófitas e pteridófitas, ou seja, a área terrestre. Essa estrutura reprodutiva é formada a partir do desenvolvimento do óvulo, sendo de extrema importância para o processo evolutivo e adaptativo. Marque a alternativa correta sobre a estrutura que permitiu essa independência da água.

a) Fruto.

b) Flores.

c) Sementes.

d) Grãos de pólen.

e) Gametas flagelados.

15. (UEFS) O aparecimento de diversas características adaptativas ao longo da evolução das plantas proporcionou as condições necessárias à vida no ambiente terrestre. Dentre as condições necessárias para a vida das plantas no ambiente terrestre, destaca-se a presença de:

a) rizoides e raízes, tubo polínico e formação de gametas.

b) cloroplastos, vacúolo com reserva de amido e vasos condutores.

c) flores, embrião protegido e reprodução sexuada.

d) clorofila, parede celular e reprodução com alternância de gerações.

e) epiderme impermeabilizada, estômatos e vasos condutores.

16. (UNIFOR)

Fonte: http://1.bp.blogspot.com/-cMqbMxXg2ps/TrBudyhr6RI/AAAAAAAAI30/79kzXRfWJw8/s1600/sequoia-gigante.jpg

Foram necessários mais de 200 anos para que os biologistas vegetais explicassem satisfatoriamente o transporte da água em plantas. Tanto nos girassóis quanto nas gimnospermas mais altas, como a sequoia da costa (Sequoia sempervirens; figura acima), com seus mais de 110 metros de altura, a água é eficazmente transportada. Considerando os mecanismos envolvidos no transporte de água e íons minerais nos vegetais, analise as afirmações a seguir:

I. O transporte do xilema é possível pelo bombeamento ativo, com “gasto” de energia, realizado pelas células vivas do caule, que empurram a seiva para cima.

II. O movimento da seiva é causado principalmente pelas raízes, no qual seus tecidos que exercem uma pressão (‘pressão de raiz’) que capta a água do solo e forçam a ascensão do líquido no xilema.

III. A transpiração – perda de vapor d’água nas folhas via estômatos – é o evento-chave para que ocorra o transporte de água no xilema.

IV. Ao invés de empurrar, as folhas puxam a seiva do xilema para cima auxiliadas pelas forças de tensão e de coesão da água.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I e II.

b) I e III.

c) III e IV.

d) I, II e IV.

e) II, III e IV.

17. (UFRN) Uma dona de casa resolveu pegar batatas-inglesas na geladeira para preparar um purê e reparou que, em algumas delas, desenvolveram-se gemas, conhecidas popularmente por “olhos”, conforme representado na figura abaixo.

Os olhos se desenvolveram na batata porque ela é um tipo de:

a) raiz, de onde irão brotar ramos, originando novo pé de batata.

b) caule subterrâneo.

c) rizoma, de onde irão se propagar de forma vegetativa.

d) bulbo horizontal.

18. (FCMSCSP) Em um experimento, o ramo de uma planta foi colocado em uma câmara selada e submetido à compressão por gás nitrogênio proveniente de um cilindro. O gás foi gradualmente injetado na câmara e pôde-se observar o momento em que a seiva começou a extravasar pela extremidade cortada do ramo.

O gás nitrogênio inserido na câmara tem por função:

a) simular a pressão da raiz que está ausente no experimento.

b) contrapor a pressão resultante da transpiração estomática.

c) intensificar o potencial osmótico das células do mesofilo.

d) aumentar o fluxo de seiva elaborada nos vasos do floema.

e) manter a coesão entre as moléculas de água nos vasos do xilema.

19. (URCA) As angiospermas possuem as estruturas reprodutivas mais complexas e eficientes do Reino vegetal. Uma flor completa possui estruturas masculinas e femininas reunidas. Qual a denominação botânica da estrutura apontada com uma interrogação na figura abaixo?

a) Perianto.

b) Estigma.

c) Antera.

d) Pedúnculo.

e) Filete.

20. (FPS) A atual classificação das plantas segue uma proposta cladística que as distribui em 12 Filos. Com base nessa proposta, analise as alternativas abaixo.

1. Nas traqueófitas, existe tecido bem diferenciado para o transporte de seiva bruta e elaborada.

2. As plantas avasculares estão distribuídas nos Filos Bryophyta, Hepatophyta e Sphenophyta.

3. As plantas vasculares sem sementes estão distribuídas nos Filos Psilotophyla, Sphenophyta e Cycadophyta.

4. As plantas vasculares com sementes protegidas estão distribuídas no Filo Magnoliophyta ou Anthophyta.

5. As plantas vasculares com sementes nuas são distribuídas nos Filos Coniferophyta, Cycadophyta, Anthocerophyta e Gnetophyla.

Estão corretas, apenas:

a) 1 e 4.

b) 2 e 4.

c) 3 e 5.

d) 1 e 3.

e) 2 e 5.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: