Publicado por: Djalma Santos | 19 de julho de 2019

TESTES DE GENÉTICA (13)

01. (UNIVAG) Considere um casal que possua os seguintes genótipo e fenótipo:De acordo com a lei da segregação independente, a probabilidade de esse casal ter um filho, independentemente do sexo, com genótipo IAi Rr e a probabilidade de esse casal ter um filho, independentemente do sexo, com fenótipo sanguíneo tipo O/fator RH são, respectivamente,

a) 1/2 e 1/16.

b) 1/4 e 1/4.

c) 1/2 e 1/2.

d) 1/2 e 1/4.

e) 1/16 e 1/2.

02. (UNEMAT) “A anemia falciforme é a doença hereditária mais comum no mundo e no nosso país. […] Os genes determinam, nas pessoas, a cor dos olhos, dos cabelos, da pele, a altura, etc. Com a hemoglobina não é diferente. Se uma pessoa receber, do pai, um gene com mutação para produzir a hemoglobina S e, da mãe, outro gene com a mesma característica, tal pessoa nascerá com um par de genes com a mutação e, assim, terá anemia falciforme. Se uma pessoa receber somente um gene com a mutação, seja do pai ou da mãe, e o outro gene sem a mutação, ela nascerá somente com o traço falciforme. O portador de traço falciforme não tem doença e não precisa de tratamento especializado. Ele deve ser bem informado sobre isso e saber que, se tiver filhos com outro portador de traço falciforme, poderá gerar uma criança com anemia falciforme, ou com traço, ou sem nada. Vejamos, em cada gestação, o que pode acontecer:”O texto-base explica, para pessoas leigas em genética, como se dá a hereditariedade da anemia falciforme. Considerando a explicação e a terminologia técnica específica da genética, assinale a alternativa correta.

a) As letras A e S do esquema representam genes para hemoglobinas A e S, respectivamente.

b) Caso o casal da explicação contida no texto base venha a ter mais um filho AA, as probabilidades de nascimento de futuros filhos com genótipos AA (25%), AS (50%) e SS (25%) não serão mais mantidas, uma vez que a herança é específica para cada prole.

c) A letra S do esquema representa um gene dominante, porque os indivíduos AS apresentam traço falciforme.

d) A anemia falciforme é dada pelo genótipo, expresso pelos fenótipos SS.

e) O caso ilustrado é de codominância ou de ausência de dominância entre os alelos A e S.

03. (UEG) Na história da ciência no século XIX, a área da genética se destaca por descobertas de elevada complexidade. Uma destas descobertas foi a herança ligada ao cromossomo X, estudada e apresentada por Morgan e equipe em 1910. Os experimentos utilizados por eles envolveram cruzamentos em laboratório da ”mosca drosófila”, a fim de se analisar a herança da cor dos olhos nesses animais. Por esses estudos de herdabilidade, identificou-se que o lócus para esse caráter estava localizado na região:

a) homóloga do cromossomo XX em relação ao cromossomo XY.

b) não homóloga do cromossomo Y em relação ao cromossomo X.

c) não homóloga do cromossomo X em relação ao cromossomo Y.

d) homóloga do cromossomo X em relação ao cromossomo Y.

e) homóloga do cromossomo Y em relação ao cromossomo X.

04. (UNIT) Uma mulher de sangue ARh+, filha de um homem doador universal, casa-se com um rapaz de sangue BRh, filho de uma mulher com o mesmo fenótipo do seu sogro. A possibilidade de esse casal ter uma criança do sexo masculino e com todas as aglutininas do sistema ABO e Rh em seu plasma é de:

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/16.

e) 1/32.

05. (FPS) A eritoblastose fetal é uma doença relacionada ao fator Rh, que se caracteriza pela destruição das hemácias do recém-nascido. Esta doença só pode ocorrer quando:

a) mulheres Rh- têm filho Rh+ cujo pai é Rh+.

b) mulheres Rh- têm filho Rh+ cujo pai é Rh- .

c) mulheres Rh+ têm filho Rh- cujo pai é Rh-.

d) mulheres Rh+ têm filho Rh- cujo pai é Rh+.

e) mulheres Rh- têm filho Rh- cujo pai é Rh-.

06. (UVV) A primeira vez que se associou uma doença humana a um fator genético, transmitido de forma mendeliana, foi no início do século passado quando foi descrita a Alcaptonúria, distúrbio relacionado ao metabolismo de um aminoácido. Atualmente, muitos erros inatos do metabolismo podem ser diagnosticados precocemente, o que evita ou atenua o efeito da doença. Um distúrbio clássico, causado pela ausência da fenilalanina hidroxilase, é a Fenilcetonúria, detectado precocemente pelo “teste do pezinho”. Indivíduos portadores da doença não conseguem metabolizar o aminoácido que se acumula no organismo, gerando distúrbios, como o retardo mental, dentre outros.a) Os filhos não afetados podem ser representados pelo genótipo A_ porque podem expressar a doença nos descendentes.

b) Os dois filhos portadores da PKU apresentam genes dominantes e recessivos para a doença. c) A segunda filha é portadora da doença por ser homozigótica, igual à mãe.

d) O primeiro filho é portador da doença já que apresenta o genótipo Aa.

e) O pai é heterozigótico (Aa), enquanto que a mãe é homozigótica (aa).

07. (IFPE) A composição genética de uma população pode ser conhecida calculando-se as frequências de alelos e as frequências de genótipos nessa população, o que poderá ser realizado a partir do Teorema de Hardy-Weinberg. Esse teorema só é válido para populações infinitamente grandes, com cruzamentos ao acaso (panmítica) e isenta de fatores evolutivos, como mutação, seleção natural e migrações. Em uma determinada população que apresenta equilíbrio de acordo com Hardy-Weinberg, a frequência de um alelo autossômico recessivo para um determinado locus é de 0,4. Portanto, a frequência dos heterozigotos para este locus será:

a) 0,26.

b) 0,44.

c) 0,48.

d) 0,22.

e) 0,84.

08. (UECE) Em heredogramas, o casamento consanguíneo é representado por:

a) um traço horizontal que liga os membros do casal.

b) dois traços horizontais e paralelos que ligam os membros do casal.

c) um traço vertical que liga os membros do casal.

d) três traços horizontais e paralelos que ligam os membros do casal.

09. (MACKENZIE) Os indivíduos numerados de 1 a 5, pertencentes à mesma família, foram submetidos a exames de tipagem sanguínea para três sistemas: ABO, Rh e MN. Abaixo, a tabela indica os resultados para a presença (sinal +) ou ausência (sinal –) de antígenos, relativos à membrana dos eritrócitos, pertencentes a cada um dos sistemas sanguíneos examinados.Sabendo-se que a família analisada é constituída por pais e filhos biológicos, assinale a alternativa que traz a provável relação de parentesco entre esses indivíduos:10. (URCA) A Síndrome de Down é um distúrbio genético presente em 1 a cada 800 nascimentos, com alta prevalência em humanos. Foi reconhecida pela vez primeira na década de 1860 pelo médico britânico John Langdon Down, porém, até o século XX, crianças nascidas com as alterações eram mortas ou abandonadas. Alguns anos após, pesquisadores mapearam os dois primeiros genes relacionados à alteração que resulta na ocorrência da Síndrome de Down. Ainda assim, as causas para a deficiência intelectual notificada em alguns casos ainda não foram completamente compreendidas. Percebeu-se, entretanto, que a aparente incapacidade dos portadores da síndrome poderia ser superada com maiores incentivos e cuidados. Sobre a alteração cromossômica da Síndrome de Down, pode-se afirmar:

a) a alteração ocorre devido à deleção parcial ou total do cromossomo X.

b) as pessoas com Síndrome de Down têm 47 cromossomos no corpo.

c) ocorre quando há um cromossomo X a mais, tornando-se XXY.

d) a síndrome de Down pode ser chamada de Trissomia 18 .

e) a trissomia no par de cromossomos 13 também ocasiona a Síndrome de Down.

11. (IFRR) Uma mulher albina pretende ter um filho com um homem normal, filho de mãe albina e pai com genótipo heterozigoto para esta anomalia. De acordo com as informações disponibilizadas, qual a proporção fenotípica esperada para o nascimento de descentes normais e albinos respectivamente?

a) 1 : 2 : 1.

b) 0 : 1.

c) 1:0.

d) 2 : 1 : 1.

e) 1 : 1.

12. (UEA) Em uma espécie animal, dois genes estão posicionados no mesmo cromossomo autossomo. Um macho AB/ab foi cruzado com uma fêmea ab/ab. Sabendo­se que a frequência de recombinação (permutação) entre esses dois genes é igual a 20%, a frequência de descendentes com genótipo Ab/ab será de:

a) 10%.

b) 20%.

c) 5%.

d) 40%.

e) 80%.

13. (UFAM) Dos experimentos de Mendel, cruzando uma ervilha lisa com uma ervilha rugosa (ambas homozigotas), qual é a proporção correta para a geração F2?

a) 3:1 (lisas/rugosas).

b) 2:1 (lisas/rugosas).

c) 1:1 (lisas/rugosas).

d) 1/2 (lisas).

e) 1/2 (rugosas).

14. (UNESP) O heredograma mostra os tipos sanguíneos do sistema ABO de alguns familiares de João e de Maria.

A probabilidade de João e Maria terem uma criança com o mesmo tipo sanguíneo da mãe de Maria é:

a) 1/8.

b) 1/2.

c) 1/4.

d) 1/16.

e) 1/32.

15. (UFT) Gregor Mendel realizou os experimentos primordiais da genética. Em um dos experimentos, Mendel fez o cruzamento de duas plantas de ervilha de linhagens puras, uma possuía sementes lisas com traço dominante e a outra possuía sementes rugosas com traço recessivo. Quais fenótipos foram observados nas plantas das gerações F1 e F2, e em quais proporções?

a) F1: 100% de plantas com sementes lisas. F2: 75% de plantas com sementes lisas e 25% de plantas com sementes rugosas.

b) F1: 100% de plantas com sementes lisas. F2: 50% de plantas com sementes lisas e 50% de plantas com sementes rugosas.

c) F1: 75% de plantas com sementes lisas e 25% de plantas com sementes rugosas. F2: 100% de plantas com sementes lisas.

d) F1: 75% de plantas com sementes lisas e 25% de plantas com sementes rugosas. F2: 50% de plantas com sementes lisas e 50% de plantas com sementes rugosas.

16. (FCMCSP) As mutações que ocorrem no genoma humano podem ser gênicas ou cromossômicas, e estas últimas podem ser numéricas ou estruturais. O esquema mostra cinco células, cada uma delas com uma mutação cromossômica.A célula com configuração cromossômica característica da síndrome de Down é a indicada pelo número:

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

e) 5.

17. (FACULDADE ISRAELITA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ALBERT EINSTEIN) Acromatopsia é uma doença autossômica recessiva rara determinada por um par de alelos. Pessoas com essa doença pouco distinguem cores ou não as distinguem, podendo enxergar uma só cor. No heredograma, o avô de Renan e Bárbara apresenta a acromatopsia.A probabilidade de Renan e Bárbara gerarem um menino com a acromatopsia será de:

a) 1/16.

b) 1/8.

c) 1/32.

d) 1/64.

e) 1/4.

18. (FATEC) Atualmente existem exames pré-natais não invasivos capazes de detectar anomalias cromossômicas nos embriões humanos a partir da décima semana de gestação apenas com a análise de uma amostra de sangue materno, do qual é recolhido DNA fetal diluído. Suponha que uma mulher tenha se submetido a um desses exames durante a gravidez, e que o resultado do laboratório tenha indicado que o feto tem exatamente um par de cromossomos 13, exatamente um par de cromossomos 18, exatamente um par de cromossomos 21, apenas um cromossomo X e nenhum cromossomo Y. Contando apenas com esses dados, o laudo do exame deve ser o de que o bebê, quando nascer, apresentará sexo biológico:

a) feminino e síndrome de Turner.

b) feminino e síndrome de Klinefelter.

c) masculino e síndrome de Edwards.

d) masculino e síndrome de Down.

e) masculino e síndrome de Patau.

19. (UECE) Atente para o seguinte enunciado: Os sintomas incluem descoordenação motora e demência progressivas devido à perda prematura de neurônios do sistema nervoso central. Manifesta-se por volta dos 40 anos de idade. É hereditária e a chance de um filho(a) da pessoa afetada desenvolver a doença é de 50%.

O enunciado acima descreve uma doença degenerativa rara conhecida como

a) mal de Alzheimer.

b) mal de Parkinson.

c) doença de Huntington.

d) esclerose múltipla.

20. (UFAM) Em um experimento com um coelho do Himalaia ao raspar a pelagem do coelho e colocar uma bolsa com gelo observa-se que o crescimento de pelos naquela região adquire tonalidade escura.Baseado neste fenômeno, assinale a alternativa correta:

a) Pode-se afirmar que a pelagem escura é a pelagem de espécies ancestrais do animal.

b) O experimento mostra a ação do ambiente modificando o fenótipo do coelho.

c) A pelagem escura jamais ficará branca novamente, exemplo da teoria de seleção natural.

d) É um exemplo clássico de segregação independente dos genes responsáveis pela pelagem do animal.

e) As células responsáveis pela alteração da coloração da pelagem do animal são chamadas de queratinócitos e tiveram seus genes inativados mediante a alta temperatura.

 

 


Responses

  1. Bom dia, professor. Pode me ajudar com as questões 14 e 17? Errei ao tentar fazer.

    • QUESTÃO 14
      ALTERNATIVA CORRETA: D (“1/16”)
      – MÃE DE MARIA: IAIB (AB).
      – Pai de Maria: II (O).
      – Maria pode ser:
      * IAi (A): PROBABILIDADE 1/2.
      * IBi (B): probabilidade 1/2.
      – Pai de João: IBi (B).
      – Mãe de João: ii (O).
      – João pode ser:
      * IBi (B): PROBABILIDADE 1/2.
      * ii (O): probabilidade 1/2.
      – Para João e Maria terem uma criança igual a mãe de Maria (IAIB), ele terá que ser IBi (1/2) e ela ser IAi (1/2).
      CRUZAMENTO
      – IBi x IAi = IAIB (1/4) + IBi (1/4) + IAi (1/4) + ii (1/4).
      – SOLUÇÃO
      * 1/2 (João ser IBi) x 1/2 (Maria ser IAi) x 1/4 [nascer uma criança IAIB (ver cruzamento acima)] = 1/16.

      QUESTÃO 17
      – A mãe de Renan, bem como o pai de Bárbara, são, com certeza, heterozigotos (Aa). Ambos, normais, herdaram o alelo A da mãe (AA ou Aa) e o alelo a do pai (aa).
      – Para Renan e Bárbara terem um descendente com acromatopsia eles têm que ser heterozigotos (Aa).
      – Probabilidade de Renan e Bárbara serem heterozigotos.
      – CRUZAMENTO QUE ORIGINOU RENAN:
      * AA x Aa = AA (1/2) + Aa (1/2)
      * 50% de ser AA e 50 Aa
      – CRUZAMENTO QUE ORIGINOU BÁRBARA:
      * AA x Aa = AA (1/2) + Aa (1/2)
      * 50% de ser AA e 50 Aa.
      CRUZAMENTO DO CASAL RENAN-BÁRBARA
      – Aa x Aa = AA [(normal homozigoto (1/4)] + Aa [normal heterozigoto (1/2)] + aa [com acromatopsia independente do sexo (1/4)].
      – Probabilidade de sair uma criança do sexo masculino (1/2) com acromatopsia se os pais forem Aa (1/4) é 1/8 (1/4 X 1/2).
      – A chance de cada genitor ser Aa é 1/2.
      SOLUÇÃO
      -A probabilidade de nascer um menino com acromatopsia e 1/32.
      * 1/2 x 1/2 x 1/8 = 1/32.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: