Publicado por: Djalma Santos | 19 de abril de 2017

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (11)

01. (Unitau) Algumas das principais parasitoses humanas registradas no Brasil são provocadas por nematódeos, animais de corpo alongado e cilíndrico, que apresentam formas de vida livre, além de também serem parasitas de animais e plantas. Acerca das parasitoses causadas por esses animais, relacione os quadros abaixo e assinale a alternativa que apresenta a correspondência correta entre a descrição da parasitose e o nematódeo responsável.

I. Adultos se reproduzem nos vasos linfáticos, de onde as larvas saem para a corrente sanguínea. Caso essas larvas sejam ingeridas por um mosquito, elas se transformam, dentro do inseto, para a fase de larva infectante. Ao picar um humano, o inseto transmite a larva, que originará um verme adulto, reiniciando o ciclo. Provoca grandes inchaços nos membros, no saco escrotal e nas mamas, obstruindo os vasos linfáticos e promovendo grande retenção de líquidos nos tecidos.

II. Adultos se reproduzem no intestino delgado, causando lesões nas paredes do intestino. Os ovos são eliminados com as fezes e, em solo úmido, as larvas eclodem, podendo penetrar ativamente em humanos através da pele. Na corrente sanguínea, vão até os pulmões, alvéolos e brônquios, de onde vão para a boca e são engolidas, reiniciando o ciclo. Causam anemia em função da perda de sangue provocada pelas lesões no intestino. A pessoa tende a ficar pálida, fraca e com a pele amarelada. Causa irritação na pele no local da penetração, além de causar problemas pulmonares.

III. Adultos se reproduzem no aparelho digestivo dos humanos, onde as fêmeas se transformam em bolsas de ovos, que são eliminadas com as fezes, ou se fixam ao redor do ânus do hospedeiro, provocando coceira. Ao se coçar, a pessoa contamina as mãos e, ao levar as mãos à boca, se retrocontamina. No intestino, as larvas eclodem, originando adultos que reiniciam o ciclo. A contaminação também ocorre pela ingestão de alimentos com ovos desse parasita. Causam problemas, especialmente, em crianças, provocando náuseas, vômitos, dores abdominais, além de prurido anal.

IV. Vermes presentes no intestino humano, onde se reproduzem. Eliminam ovos com as fezes do hospedeiro e podem contaminar o meio. Uma vez ingeridos esses ovos, nascem larvas que perfuram o intestino e vão para a corrente sanguínea, espalhando-se por vários órgãos até atingirem a faringe, onde são ingeridos novamente, reiniciando o ciclo. São monóxenos e causam cólicas intestinais, bronquite e pneumonia.

V. Adultos alojados em intestino de cães e gatos. Reproduzem-se e eliminam ovos com as fezes dos hospedeiros, eclodindo larvas que permanecem no solo. Se essas larvas infectarem novamente cães ou gatos, elas vão para o intestino, transformam-se em vermes adultos e o ciclo se reinicia. Caso penetrem a pele de humanos, as larvas passam a se movimentar sob a pele, irritando-a e deixando linhas avermelhadas, mas, nesse caso, a larva não se transforma em um verme adulto e o ciclo não se completa.

1. Ancylostoma brasiliensis.

2. Ascaris lumbricoides.

3. Wuchereria bancrofti.

4. Oxyurus vermicularis ou Enterobius vermicularis.

5. Ancylostoma duodenale e Necator americanus.

a) II-3; I-5; III-4; IV-1; V-2.

b) III-3; I-4; II-1; V-5; IV-2.

c) I-3; II-1; III-2; V-4; IV-5.

d) I-3; II-5; III-4; IV-2; V-1.

e) I-3; II-2; IV-5; III-1; V-4.

02. (Unespar) Há muito que se sabe que é mais econômico prevenir as doenças do que curá-las. Dentre as medidas profiláticas ao aparecimento de doenças, a que se relaciona ao saneamento básico está na alternativa:

a) Escovar os dentes ao se levantar e após as refeições.

b) Não comer enlatados que apresentem a embalagem estufada.

c) Não andar descalço em regiões onde o amarelão é comum.

d) Deixar as unhas sempre aparadas e limpas.

e) Não tossir ou espirrar sem cobrir a boca com a mão ou lenço.

03. (UPE) “As emergências permanecem lotadas de pessoas que adoecem com sintomas de Dengue, Chikungunya e Zika. Não bastassem as doenças do Aedes aegypti, outras, também causadas por vírus e consideradas sazonais, voltam a se tornar mais incidentes e merecem os mesmos cuidados das doenças transmitidas pelo mosquito. O problema é que muitas das viroses têm sintomas parecidos, mas que precisam ser diferenciados para que possam ser prescritos medicamentos adequados e recomendações que amenizem o sofrimento dos pacientes” (Jornal do Commercio, 25 de fevereiro de 2016. Adaptado).

Leia as afirmações abaixo:

I. Normalmente, a primeira manifestação da Dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele.

II. Os principais sintomas da Chikungunya são: febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos. Podem ocorrer ainda dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele.

III. Cerca de 50% das pessoas infectadas pelo vírus Zika desenvolvem manifestações clínicas nos primeiros dois dias. Os principais sintomas são: dor de cabeça, febre alta, dores fortes nas articulações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos.

Quanto aos sintomas da Dengue, Chikungunya e Zika, está correto o que se afirma em:

a) I, II e III.

b) II e III, apenas.

c) I, apenas.

d) I e II, apenas.

e) III, apenas.

04. (UEPG) Os vírus são considerados parasitas intracelulares obrigatórios, pois só se reproduzem no interior de uma célula hospedeira. Sobre os vírus, assinale o que for correto.

01. A gripe é uma doença causada por variedades do vírus Influenza, o qual pode ser transmitido por gotículas de secreções, como a saliva. Afetam o trato respiratório e são extremamente variáveis, por isso a dificuldade em se produzir uma vacina que confira imunidade permanente.

02. Todos os vírus apresentam como material genético o RNA. Ao infectarem as células hospedeiras podem comandar o metabolismo da mesma, inativando todas as suas enzimas, levando-as então, à morte.

04. A cólera é causada pelo vírus Vibrio cholerae e pode causar uma séria inflamação no intestino. Geralmente, os sintomas iniciais são febre baixa, dor abdominal, diarreia, fraqueza e manchas vermelhas pela pele.

08. A AIDS é causada pelo HIV, um retrovírus envelopado, o qual destrói os linfócitos T auxiliadores (células CD4), reduzindo então a eficácia do sistema imune em combater infecções. Como sintomas iniciais da AIDS, podemos citar a fadiga, febre, inchaço dos gânglios linfáticos e surgimento de pontos vermelhos na pele, por exemplo.

Soma das alternativas corretas:

05. (UNICENTRO) Alimentar-se é uma necessidade para todos os animais; nenhum ser vivo consegue sobreviver sem comer. Mas, nas últimas décadas, temos visto padrões de estética aumentarem o número de casos de desvio do padrão alimentar normal. Anorexia nervosa e bulimia passaram a ser frequentes entre os jovens, principalmente do sexo feminino. Noventa por cento dos casos são diagnosticados em moças ente 13 e 20 anos. A partir das informações e dos conhecimentos a respeito do assunto abordado, pode-se afirmar:

a) Pessoas com anorexia não se preocupam em ganhar peso, pois podem perder a qualquer momento.

b) O emagrecimento exagerado compromete apenas o sistema endócrino.

c) A bulimia é caracterizada pela compulsão de comer, seguido por vômitos e uso de laxantes.

d) A perda de gordura e de massa muscular é limitada a pessoas com bulimia.

e) O simples ato de se alimentar reflete em uma boa alimentação.

06. (UCS) No ano das Olimpíadas/2016 no Brasil, o doping é uma das preocupações fundamentais do Comitê Olímpico Internacional (COI). Com o avanço da tecnologia, novas drogas são sugeridas aos atletas de alto-desempenho. Daí surgiu a necessidade de um eficiente controle de dopagem. Sobre a dopagem, ética e saúde dos atletas, é correto afirmar que:

a) a sociedade vem fazendo uso de automedicação e de química para melhorar o desempenho ou a aparência pessoal.

b) uma classe de substâncias polêmicas é a dos diuréticos, pois como causam diminuição no volume de urina, podem mascarar o uso de outras substâncias.

c) muitos atletas utilizam para melhorar o estado de alerta, estendendo-se também a algumas profissões como, por exemplo, motoristas, sem perigo à sociedade e à saúde.

d) algumas drogas, chamadas sociais, são usadas legalmente no Brasil como forma de aceitação, como cigarro, álcool e maconha, mas são proibidas pelo COI.

07. (PUCRS) A febre amarela, a esquistossomose e a malária são doenças tropicais que causam a morte de milhares de pessoas ao redor do mundo, inclusive no Brasil. A febre amarela é transmitida por mosquitos dos gêneros Aedes, Haemagogus e Sabethes; a esquistossomose tem como vetor moluscos do gênero Biomphalaria; e a malária, mosquitos do gênero Anopheles. Os organismos patogênicos responsáveis pela febre amarela, pela esquistossomose e pela malária são, respectivamente,

a) uma bactéria, um platelminto e um vírus.

b) um vírus, um nematelminto e um protozoário.

c) um vírus, um platelminto e um protozoário.

d) uma bactéria, um nematelminto e um vírus.

e) um vírus, um platelminto e uma bactéria.

08. (CATÓLICA SC) Leia a seguir.

Vacina brasileira contra a Aids será testada em macacos

05/08/2013 por Karina Toledo

Agência FAPESP – Uma vacina brasileira contra o vírus HIV, causador da Aids, começará a ser testada em macacos no segundo semestre deste ano. Com duração prevista de 24 meses, os experimentos têm o objetivo de encontrar o método de imunização mais eficaz para ser usado em humanos. Concluída essa fase, e se houver financiamento suficiente, poderão ter início os primeiros ensaios clínicos. O trabalho teve início em 2001, com apoio de um Auxílio Regular sob a coordenação de Cunha Neto. Em parceria com Kalil, o pesquisador analisou o sistema imunológico de um grupo especial de portadores do vírus que mantinham o HIV sob controle por mais tempo e demoravam para adoecer. No sangue dessas pessoas, a quantidade de linfócitos T do tipo CD4 – o principal alvo do HIV – permanecia mais elevada que o normal. “Já se sabia que as células TCD4 são responsáveis por acionar os linfócitos T do tipo CD8, produtores de toxinas que matam as células infectadas. As TCD4 acionam também os linfócitos B, produtores de anticorpos. Mas estudos posteriores mostraram que um tipo específico de linfócito TCD4 poderia também ter ação citotóxica sobre as células infectadas. Os portadores de HIV que tinham as TCD4 citotóxicas conseguiam manter a quantidade de vírus sob controle na fase crônica da doença”, contou Cunha Neto.

Fonte http://agencia.fapesp.br/17655. Acesso 01/09/13.

Um dos grandes desafios do século XXI está na descoberta de uma vacina eficiente contra a AIDS, doença que debilita e mata muitas pessoas no mundo. Sobre o desenvolvimento da vacina e os processos imunológicos é correto afirmar:

a) A produção de anticorpos caracteriza a imunidade celular, na qual os macrófagos passam a ser células apresentadoras de antígenos, como o vírus HIV destrói os linfócitos TCD4 não haverá mais células apresentadoras de antígeno.

b) O vírus da AIDS ataca os linfócitos TCD4, que acionam também os linfócitos B que estimulam os plasmócitos a, produzirem anticorpos. Os anticorpos não tem memória e são utilizados para inativar antígenos.

c) A imunidade pode ser adquirida ou inata, quando adquirida ela também será passiva, como, por exemplo, a produção de anticorpos.

d) Os linfócitos TCD4 estimulam a proliferação dos linfócitos TCD8 e ativam os macrófagos. A atuação dos macrófagos sobre os antígenos estimula por retroalimentação negativa os linfócitos TCD4 a produzirem anticorpos.

e) A imunização passiva como as vacinas representam a chave para a profilaxia contra doenças como a AIDS, o problema é que o vírus da AIDS destrói os linfócitos TCD4.

09. (ACAFE) O câncer é uma doença multifatorial, o que significa que diversos fatores concorrem e podem se sobrepor, favorecendo seu desenvolvimento. Sobre o tema, analise as afirmações a seguir.

I. Chamamos de câncer uma classe de doenças que tem como característica básica o crescimento desordenado e irregular de células que podem invadir outros tecidos e/ou espalhar se para outras regiões do organismo (metástase).

II. Em condições normais, através de um processo denominado divisão celular, as células do nosso corpo crescem, duplicam seu material genético e se dividem. Quando uma célula se divide e dá origem a duas células idênticas, o processo de divisão celular é denominado mitose.

lll. Entre os fatores que concorrem e podem se sobrepor favorecendo o desenvolvimento do câncer, citam-se: tabagismo, exposição à radiação, distúrbios hormonais, alguns vírus e mutações genéticas.

lV. Os protooncogenes são genes mutados que ao serem ativados provocam a divisão incontrolada da célula, ocasionando a formação do tumor.

Todas as afirmações estão corretas em:

a) I – II – III.

b) II – III – IV.

c) I – III.

d) III – IV.

10. (Mackenzie) Muitas pessoas confundem as doenças Malária, Amarelão e Febre Amarela, pensando que são nomes de uma mesma doença. Assinale a alternativa correta.

a) Essas doenças são bem diferentes porque apresentam causadores e transmissores diferentes.

b) Essas doenças são diferentes quanto aos transmissores e não quanto aos causadores.

c) Essas doenças são diferentes quanto aos causadores e não quanto aos transmissores.

d) Essas doenças são semelhantes quanto aos sintomas, pois todas provocam hemorragia.

e) Essas doenças são todas possíveis de serem evitadas por vacinação.

11. (UFVJM) No Brasil tem ocorrido surtos epidêmicos de Dengue, Zika e Chikungunya associados ao Aedes aegypti. Em relação a esse tema, assinale a alternativa correta:

a) O agente etiológico dessas doenças é o mesmo.

b) Essas doenças são transmitidas pelo mesmo vetor e causadas por bactérias.

c) Essas doenças são transmitidas pelo Aedes aegypti, mas causadas por vírus diferentes.

d) A população do mosquito Aedes aegypti é maior no inverno, período que também aumenta o número de casos dessas doenças.

12. (UFU) Observe a figura a seguir.

A partir da análise da figura, considere as afirmativas a seguir.

I. Os mosquitos do gênero Aedes representam os agentes etiológicos da microcefalia, em bebês recém-nascidos, que retardam o desenvolvimento neurológico.

II. Uma medida profilática que pode impedir a expansão dessa tríplice epidemia é evitar a proliferação de mosquitos transmissores.

III. Caso a vacina contra a dengue seja liberada, ela tornará as pessoas protegidas dessa doença e diminuirá os casos de Chikungunya e de Zika.

IV. A ocupação de áreas que apresentam alta incidência de mosquitos do gênero Aedes aumenta a chance de transmissão do vírus da febre Chikungunya, do Zika e da dengue às populações humanas.

Assinale a alternativa que apresenta apenas afirmativas corretas.

a) II e IV.

b) I, II e III.

c) II, III e IV.

d) I e IV.

13. (UFLA) A figura mostra o ciclo da Taenia spp:

Disponível em: http://www.sobiologia.com.br. Acesso em: 21/3/2016. (Modificado).

Os números 1, 2, 3 e 4 representam, respectivamente:

a) Ovo, cisticerco, tênia e larva.

b) Ovo, proglótide, tênia e cisticerco.

c) Larva, cisticerco, proglótide e ovo.

d) Larva, tênia, proglótide e cisticerco.

14. (UEPG) Algumas doenças passam de uma pessoa para outra principalmente através da relação sexual; são as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. A candidíase é causada pelo piolho púbico, conhecido popularmente como “chato”, o qual pode ficar aderido aos pelos pubianos. O tratamento é feito com cremes e antibióticos.

02. A bactéria Treponema pallidum causa a sífilis, sendo o primeiro sinal nos afetados uma ferida sem dor, dura, com bordas elevadas e avermelhadas na região genital ou, às vezes no ânus, na boca ou em outras regiões que entraram em contato com a bactéria.

04. A herpes genital é causada por vírus. Inicialmente, o local fica vermelho e provoca coceira, surgindo então pequenas bolhas, as quais podem arrebentar e formar feridas. Os sintomas podem desaparecer em 4 semanas, mas o vírus continua presente no indivíduo.

08. A gonorreia (ou blenorragia) é causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae e pode provocar inflamação da uretra, da próstata e do útero. Os afetados podem apresentar dor, ardência e secreção branca ou amarelada ao urinar.

Soma das alternativas corretas:

15. (UNESP) O quadro apresenta alguns dos sinais clínicos que ajudam a distinguir os casos de dengue, de zika e de chikungunya.

As diferenças no quadro clínico de cada uma dessas doenças devem-se:

a) às características dos diferentes vetores dos agentes causadores da dengue, da zika e da chikungunya.

b) às características e estratégias infecciosas dos diferentes agentes causadores da dengue, da zika e da chikungunya.

c) às características climáticas das diferentes regiões geográficas onde ocorrem a dengue, a zika e a chikungunya.

d) aos diferentes modos de transmissão dos agentes causadores da dengue, da zika e da chikungunya.

e) às diferenças na resposta imunológica dos infectados em resposta ao mesmo agente causador da dengue, da zika e da chikungunya.

16. (Unimontes) A gastrite atrófica metaplásica autoimune e uma doença hereditária autossômica dominante. Populações do norte da Europa, principalmente as mulheres, são mais acometidas. O organismo do portador desenvolve anticorpo anticelula parietal. Esse tipo de gastrite é encontrado, principalmente, no fundo e corpo do estômago. Acerca do assunto abordado e conhecimentos associados, é correto afirmar:

a) Nesse tipo de gastrite, o excesso de pepsina lesa a cárdia e provoca ulceras no esôfago.

b) O portador da gastrite atrófica metaplásica autoimune terá redução na taxa de absorção da vitamina B12 e comprometimento na maturação das hemácias.

c) Embora nesse tipo de gastrite a digestão das proteínas não seja comprometida, a absorção dos aminoácidos é prejudicada pela lesão duodenal.

d) A destruição do fundo e corpo do estômago comprometerá significativamente a emulsificação das gorduras.

17. (UFMS) Certos tipos de vírus podem atacar indiscriminadamente tanto células humanas quanto células de outros animais. Por isso, muitas doenças virais que atualmente são transmitidas de uma pessoa para outra foram adquiridas originalmente de outros animais (reservatórios). É uma doença viral o(a):

a) tétano.

b) sífilis.

c) hanseníase.

d) hepatite C.

e) cólera.

18. (UNICAMP) O sarampo é uma doença infectocontagiosa provocada pelo Morbilivirus. Em 2015 apareceram vários casos dessa doença em diversas cidades do Brasil e do mundo. O que faz com que esta doença seja extremamente contagiosa e muito comum na infância?

a) O fato de ser transmitida por um vírus para o qual não existe vacina.

b) O fato de ser frequentemente transmitida por secreções das vias respiratórias, como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse.

c) O fato de ser transmitida apenas por meio de insetos vetores.

d) O fato de ser extremamente contagiosa apenas em crianças desnutridas, recém-nascidos e crianças portadoras de imunodeficiências.

19. (UDESC) Nos noticiários há muita ênfase às doenças: dengue, zica, febre amarela, chikungunya e mais recentemente a gripe H1N1 causadas por vírus. Analise as proposições com relação à transmissão dos vírus.

I. Alguns tipos de vírus podem ser transmitidos pelo simples toque entre as pessoas.

II. Alguns vírus são transmitidos pelas secreções corporais.

III. Alguns vírus necessitam de insetos como vetores.

IV. Os vírus retêm sua capacidade infectante por pouco tempo, quando fora do organismo hospedeiro.

a) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

20. (ACAFE) A febre do Zika vírus é uma doença aguda, cujo vírus causador da doença foi identificado pela primeira vez no Brasil em abril de 2015. O vírus Zika recebeu a mesma denominação do local de origem de sua identificação em 1947, após detecção em macacos sentinelas para monitoramento da febre amarela, na floresta Zika, em Uganda. A figura a seguir representa as Unidades da Federação com casos autóctones de febre pelo vírus Zika com confirmação laboratorial até a Semana Epidemiológica 9, Brasil, 2016.

Fonte: Sinan e Secretarias Estaduais de Saúde (atualizado em 05/03/2016).

Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br

Nesse sentido, analise as afirmações a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) O Zika vírus (ZIKAV) é um DNA vírus, do gênero Flavivírus. Até o momento, são conhecidas e descritas duas linhagens do vírus: uma Africana e outra Asiática.

( ) A febre do Zika é uma doença viral, transmitida principalmente por mosquitos, tais como Aedes aegypti, caracterizada por exantema maculopapular pruriginoso, febre intermitente, hiperemia conjuntival não purulenta e sem prurido, artralgia, mialgia e dor de cabeça. Apresenta evolução benigna e os sintomas geralmente desaparecem espontaneamente após 3-7 dias.

( ) O principal modo de transmissão descrito do vírus Zika é por vetores. No entanto, está descrita na literatura científica a ocorrência de transmissão ocupacional em laboratório de pesquisa e perinatal, além da possibilidade de transmissão transfusional.

( ) Em relação às medidas de prevenção e controle da febre por Vírus Zika, deve-se reduzir a densidade vetorial por meio da eliminação da possibilidade de contato entre mosquitos e água armazenada em qualquer tipo de depósito, impedindo o acesso das fêmeas por intermédio do uso de telas/capas ou mantendo-se os reservatórios ou qualquer local que possa acumular água totalmente cobertos. A proteção individual por meio do uso de repelentes também pode ser implementada pelos habitantes.

( ) Assim como a dengue e a febre Zika, a febre Chikungunya é uma doença infecciosa febril, causada por um vírus, tendo como vetor exclusivo o mosquito Aedes aegypti.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) F – V – V – V – F.

b) F – V – F – V – V.

c) V – F – V – F – V.

d) V – V – V – F – V.

 

Anúncios
Publicado por: Djalma Santos | 19 de abril de 2017

TESTES DE ECOLOGIA (IX)

01. (ETEC) Existem regiões da Terra que não favorecem a vida de seres vivos, devido ao clima e as condições do solo. No entanto, essas regiões podem ser eventualmente colonizadas por certas espécies, genericamente denominadas espécies pioneiras, que conseguem se instalar e suportar as severas condições desses ambientes. Essa colonização vai modificando progressivamente o ambiente, pois haverá acúmulo de material orgânico no solo, aumentando a quantidade de nutrientes disponíveis e permitindo que ocorra maior retenção de água. As novas espécies que chegam competem com as pioneiras e vão gradativamente substituindo-as. As sucessivas gerações de plantas e animais que nascem, crescem, morrem e se decompõem tornam o solo cada vez mais rico em matéria orgânica e umidade. Esse processo complexo, em que há mudança das comunidades ao longo do tempo, é denominado sucessão ecológica e a comunidade estável formada e conhecida como comunidade clímax. Sobre o processo descrito no texto, assinale a alternativa correta.

a) Os organismos que se sucedem não influenciam o ambiente que os rodeia, de modo que esse se torna cada vez mais inadequado aos seres vivos.

b) Quando se atinge um estágio de estabilidade em uma sucessão, a comunidade formada apresenta apenas seres vivos produtores de matéria orgânica.

c) Numa região, sob as mesmas condições climáticas gerais, se estabelecem espécies pioneiras que impedem o desenvolvimento de novas espécies.

d) Durante o processo de evolução de uma comunidade ou sucessão ecológica, se observa o aumento de complexidade das cadeias alimentares.

e) O processo de sucessão ecológica termina quando se estabelece na região uma comunidade de espécies pioneiras.

02. (FMJ) Na teia alimentar ilustrada, o número de indivíduos em cada população se manteve estável ao longo do tempo.

O gráfico mostra o comportamento numérico de três populações dessa comunidade após a introdução, no tempo t0, de uma espécie exótica que se alimentou preferencialmente de uma das espécies da comunidade, o que provocou sua extinção.

É correto afirmar que a espécie extinta e as populações 1, 2 e 3 são, respectivamente,

a) rato, gramínea, gavião e raposa.

b) bem-te-vi, amoreira, joaninha e cobra.

c) cobra, bem-te-vi, sapo e gafanhoto.

d) joaninha, pulgão, sapo e libélula.

e) raposa, coelho, gramínea e gafanhoto.

03. (UNICAMP) Em uma pirâmide de energia, as plantas têm importante papel na captação e transformação da energia luminosa e são responsáveis pela produtividade primária líquida. Nessa pirâmide, aparecem ainda os herbívoros e os carnívoros, que acumulam energia e determinam assim a produtividade secundária líquida. Sobre as pirâmides de energia, é correto afirmar que:

a) a energia é conservada entre os níveis tróficos.

b) a respiração dos autótrofos é uma fonte de energia para os heterótrofos.

c) a produtividade primária líquida é representada na base da pirâmide.

d) a excreção é uma fonte de energia para os níveis tróficos superiores.

04. (PUC-RIO) Com relação ao que é representado nas pirâmides ecológicas não é correto afirmar que:

a) os decompositores são excluídos.

b) apenas uma pequena fração da energia e da matéria alcança os últimos níveis tróficos.

c) a transferência de energia entre níveis tróficos normalmente apresenta apenas 10% de eficiência.

d) o número de indivíduos por área em cada nível trófico geralmente diminui em direção ao ápice.

e) em função do grande tamanho dos predadores de topo, a biomassa em geral é maior nos níveis tróficos mais elevados.

05. (IFSul) A bioluminescência é considerada uma adaptação de alguns animais marinhos à falta de luminosidade. Essa propriedade ajuda na localização de alimentos e na identificação de machos e fêmeas da mesma espécie. Geralmente esses animais são predadores ou se nutrem de cadáveres. Atribui-se essa propriedade a animais de comunidades marinhas situadas na região:

a) Planctônica.

b) Abissal.

c) Bentônica.

d) Nectônica.

06. (UEPG) Na ecologia, é possível representar os níveis tróficos de um ecossistema por meio de retângulos superpostos, que formam as chamadas pirâmides ecológicas. Abaixo são apresentadas quatro pirâmides ecológicas. Sobre elas, assinale o que for correto.

Adaptado de: Linhares, S.; Gewandsznajder, F. Biologia hoje.

15a ed. Volume 3. Editora Ática. São Paulo, 2010.

01. As pirâmides A e B são pirâmides de números. As pirâmides de números são utilizadas para indicar a quantidade de indivíduos existentes em cada nível trófico de uma cadeia alimentar.

02. A pirâmide B é considerada uma pirâmide invertida. Isso ocorre quando a base é menor que o ápice. Neste exemplo, uma árvore é capaz de sustentar 500 pulgões que, por sua vez, sustentam 30.000 protozoários.

04. Uma pirâmide de biomassa é representada na letra C. A quantidade de matéria orgânica presente no corpo dos seres vivos de determinado nível trófico é chamada de energia. Com frequência, ela é expressa em peso seco (para descontar a água) por unidade de área (g/m2, por exemplo) ou de volume (g/m3). Em todas as representações, a biomassa aumenta ao longo da cadeia.

08. As pirâmides de números apresentadas em A e B são as únicas capazes de indicar a produtividade de um ecossistema.

16. Em D, é representada uma pirâmide de energia. Nestas, representamos, em cada nível trófico, a quantidade de energia acumulada por unidade de área ou de volume e por unidade de tempo.

Soma das alternativas corretas:

07(UFSM)Você já ouviu falar no vírus Nipah? Pois ele quase provocou uma tragédia na Malásia, em 1998. Ele foi encontrado em morcegos que se alimentavam de frutos (frugívoros). As fazendas de criação de porcos invadiram o ambiente natural dos morcegos. Instalados sob as árvores, os chiqueiros ficaram cheios de frutas mordidas, fezes e urina infectada. Os porcos adoeceram e as pessoas foram contaminadas pela carne ou excrementos dos animais – dos infectados, 50% morreram. Fonte: Disponível em <http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/UMA+AMEAÇA+A+MENOS&gt;. Acesso em: 20 de jul. 2012. (adaptado).
Considerando as informações do texto, pode-se afirmar:
I. A sequência morcego porco homem é um exemplo de cadeia alimentar.
II. No texto, a expressão “ambiente natural” é sinônimo de hábitat.
III. Em relação às árvores, os morcegos são consumidores primários.
Está(ão) correta(s)
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) apenas I e II.
e) apenas II e III.

08. (ETEC) Leia o texto para responder esta questão.

Em uma mata úmida, pode ocorrer a seguinte cadeia alimentar:

As plantas são o primeiro elo na transferência de alimento e, portanto, de energia química para os demais componentes da cadeia. O gafanhoto que come a planta recebe dela energia química, porem, em quantidade muito menor do que a energia solar que a planta absorveu pela fotossíntese durante a sua vida. Isso ocorre porque grande parte das substâncias orgânicas que a planta sintetiza é consumida no seu próprio metabolismo, sendo parte perdida na forma de calor. Assim, em um dado momento, as plantas disponíveis para a alimentação dos gafanhotos contém apenas uma pequena parte das substâncias que elas produziram. O mesmo raciocínio vale na relação de nutrição entre sapos e gafanhotos e entre cobras e sapos. Ou seja, a quantidade de energia diminui no decorrer das relações da cadeia alimentar. Considerando a cadeia alimentar apresentada no texto, é correto afirmar que:

a) os consumidores terciários são organismos onívoros que podem ocupar qualquer posição na cadeia alimentar.

b) os consumidores secundários alimentam-se do resto dos alimentos deixados pelos consumidores primários.

c) os consumidores primários são organismos herbívoros e se alimentam diretamente das plantas.

d) os produtores são organismos heterótrofos, capazes de sintetizar seu próprio alimento.

e) os consumidores primários e secundários são organismos carnívoros.

09. (UNESP) As figuras apresentam a vegetação de cinco biomas brasileiros.

Plantas xeromórficas e com folhas modificadas que diminuem a evapotranspiração; plantas com rizóforos e pneumatóforos (eficientes na sustentação da planta e na captação do oxigênio); e plantas epífitas (que vivem sobre outras plantas, aumentando a eficiência na captação de luz) são típicas dos biomas identificados, respectivamente, pelos números

a) 1, 2 e 4.

b) 4, 5 e 2.

c) 3, 1 e 5.

d) 2, 5 e 3.

e) 4, 1 e 3.

10. (FPS) Analise a relação ecológica mostrada na foto abaixo.

Sobre essa relação, é correto afirmar que:

a) as plantas apresentam mecanismos de defesa contra agressores, sendo em geral predadoras insetívoras.

b) a relação ecológica é harmônica, pois produz equilíbrio ambiental entre as populações de ambas as espécies.

c) a relação ecológica mostrada é intraespecífica, pois ocorre entre organismos de espécies de diferentes níveis tróficos.

d) há diminuição do fluxo energético entre níveis tróficos, uma vez que a planta captura parcialmente a energia da mosca.

e) a relação ecológica mostrada é interespecífica, sendo a planta considerada “consumidor primário”, e a mosca, “consumidor secundário”.

11. (UPE) Inúmeros pesticidas foram desenvolvidos no século passado (incluindo herbicidas, fungicidas, inseticidas e raticidas), com o intuito de controlar organismos indesejados. Esses pesticidas contêm venenos, produtos químicos tóxicos, que se concentram no solo, até que são lavados pela chuva ou pela irrigação. Não raramente, por meio de enxurradas, tais substâncias chegam aos rios costeiros ou oceanos. Organismos que vivem nos manguezais, como os anfípodes, se alimentam de matéria orgânica e facilmente absorvem os poluentes concentrados na água. Uma vez ingeridos por organismos maiores, como peixes, as toxinas passam à etapa seguinte da cadeia trófica, representada na figura por uma águia pescadora. Essa contaminação também afeta os humanos, que se alimentam de peixes e de outros seres marinhos.

Adaptado de “Guia Didático Maravilhosos Manguezais do Brasil, Instituto BiomaBrasil, 245 p”.

Considerando que um anfípoda ingere um pedaço de detrito contendo 10 unidades de uma determinada toxina, que dez anfípodas servem de alimento para um peixe e, ainda, que dez peixes são comidos por uma águia, é correto afirmar que:

a) o anfípoda reterá 10 unidades de toxina, os peixes reterão 100 unidades, e a águia pescadora reterá 1000 unidades.

b) todos os representantes dessa cadeia reterão a mesma quantidade de toxina.

c) o anfípoda reterá 1 unidade de toxina, os peixes reterão 10 unidades, e a águia pescadora reterá 10 unidades.

d) o anfípoda reterá 10 unidades de toxina, os peixes reterão 20 unidades de toxina, e a águia pescadora reterá 30 unidades de toxina.

e) apenas os anfípodas e peixes reterão 10 unidades de toxinas, sendo residual a quantidade de toxina retida na águia pescadora.

12. (ACAFE) Os seres vivos interagem e estabelecem relações entre si e com o ambiente. A seguir está representada, esquematicamente, a relação de alimentação entre os organismos de um ecossistema e a respectiva transferência de energia e de nutrientes.

Fonte: SOARES, José Luis. Biologia. São Paulo, v. único.

Sobre o tema abordado no esquema, analise as afirmações a seguir.

I. Uma cadeia alimentar é sempre composta por diferentes níveis que são caracterizados de acordo com o tipo de nutrição dos organismos. Dependendo do nível trófico ocupado, os organismos podem ser produtores, ou consumidores, ou decompositores.

II. Os produtores são seres autótrofos, sintetizam matéria orgânica a partir de substâncias inorgânicas, por isso estão obrigatoriamente no início de qualquer cadeia alimentar. Transformam energia luminosa em energia química através da fotossíntese. Essa energia nutre os tecidos vegetais que servirão de fonte energética para outros organismos, com eficiência ecológica média de 90%.

III. A decomposição é um processo de transformação da matéria orgânica em moléculas simples, que podem ser reutilizadas pelos produtores, num processo natural de reciclagem.

IV. A teia alimentar é caracterizada pelo conjunto de cadeias alimentares, ligadas entre si e, geralmente, representadas como um diagrama das relações tróficas (alimentares) entre os diversos organismos ou espécies de um ecossistema.

V. A produtividade de um ecossistema depende de diversos fatores, dentre os quais os mais importantes são a luz, a água, o gás carbônico e a disponibilidade de nutrientes. A produtividade bruta corresponde ao total de matéria orgânica acumulada depois de descontados os gastos referentes à atividade metabólica, enquanto a produtividade líquida corresponde ao total de matéria orgânica acumulada.

a) I – III – IV.

b) II – III – V.

c) III – IV.

d) IV – V.

13. (IFRS) Os níveis tróficos de um ecossistema podem ser representados por meio de retângulos superpostos, que formam as pirâmides ecológicas. A base das pirâmides de biomassa e de energia corresponde ao nível trófico dos:

a) Decompositores.

b) Consumidores primários.

c) Produtores.

d) Simbiontes.

e) Consumidores secundários.

14. (UNIOSTE) As relações de forrageio entre seres vivos podem ser representadas graficamente através da construção das chamadas pirâmides ecológicas. Com relação a essas representações gráficas, estão corretas todas as alternativas, exceto:

a) a pirâmide de biomassa é de forma direta nos ecossistemas terrestres, e que tem produtores com biomassa muito maior que os consumidores.

b) a pirâmide de biomassa é representada pelo peso seco consumido numa cadeia alimentar e expressa a quantidade de matéria orgânica por área.

c) a pirâmide de número representa o número de organismos que participa de uma determinada cadeia alimentar, e jamais poderá ser invertida.

d) a pirâmide de energia jamais poderá ser invertida.

15. (UFRR)

Os seres vivos podem ser organizados de acordo com as relações de alimentação existentes entre eles. Essas relações costumam ser representadas por meio de diagramas denominados teias alimentares ou redes alimentares. De acordo com as figuras e suas respectivas legendas, o que representa corretamente I, II e III?

a) I – Produtor, II – Consumidor primário, III – Decompositor.

b) I – Decompositor, II – Consumidor primário, III – Produtor.

c) I – Consumidor primário, II – Consumidor secundário, III – Consumidor terciário.

d) I – Produtor, II – Decompositor, III – Produtor.

e) I – Produtor, II – Produtor, III – Decompositor.

16. (UDESC)

Analise as proposições, considerando que a pirâmide acima representa o fluxo de energia em um ambiente aquático.

I. O menor nível energético da pirâmide está no nível do consumidor primário, no caso o homem.

II. Este tipo de pirâmide poderia estar invertida, considerando-se a medida da biomassa dos produtores e consumidores e não o fluxo de energia.

III. As relações de energia entre diferentes níveis da cadeia alimentar não definem, necessariamente, a eficiência ecológica do sistema.

IV. Se a energia incidente nos produtores é 1000 cal, havendo uma redução de 10% na eficiência ecológica do sistema, a energia incidente nos consumidores secundários seria de 100 cal.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

17. (UEPA) Leia o Texto abaixo para responder esta questão.

O termo bioma é mais abrangente do que formação vegetal, pois inclui além da fitofisionomia, fauna, características do clima, do solo e outros aspectos abióticos. Portanto, o BIOMA pode ser considerado como uma área do espaço geográfico caracterizada por um conjunto de ecossistemas com vegetação, solo e fisionomia típicos, no qual predomina certo clima.

                                                                              Adaptado de Biologia – Amabis e Martho, 2010.

Sobre o termo em destaque, no Texto, analise as afirmativas abaixo:

I. Área de procriação para muitas espécies marinhas por elevada quantidade de nutrientes orgânicos. Vegetação predominante de plantas arbóreas formada por halófitas.

II. Pouca água, vegetação escassa, com predominância de plantas xerófitas, que possuem diversas adaptações. Região com alto grau de insolação e grande perda de água pela transpiração.

III. Ocorre em zonas temperadas e tropicais, sendo classificado em pradaria, estepe e savana, de vegetação rasteira formada por gramíneas. De clima variável, de acordo com as latitudes. Baixa quantidade de chuvas.

IV. Clima de temperatura quente com média anual de 26ºC. O inverno é muito seco e as chuvas são abundantes no verão. A vegetação é ananicada porque o solo é pobre em nutrientes. Vegetação de arbustos tortuosos e pequenas árvores esparsas de raízes longas.

V. O mais exuberante bioma vegetal do planeta, localizado em áreas de baixas altitudes, clima úmido e quente, com temperaturas entre 21 e 32ºC, a pluviosidade é elevada, megadiversidade e taxa de evapotranspiração elevada pelas folhas largas (latifoliadas) do vegetal.

A alternativa que indica as características correspondentes aos biomas mencionados no Texto é:

a) I – deserto, II – campos, III – manguezal, IV – cerrado e V – floresta tropical.

b) I – campos, II – deserto, III – manguezal, IV – cerrado e V – floresta tropical

c) I – manguezal, II – deserto, III – floresta tropical, IV – cerrado e V – campos.

d) I – manguezal, II – cerrado, III – campos, IV – deserto e V – floresta tropical

e) I – manguezal, II – deserto, III – campos, IV – cerrado e V – floresta tropical.

18. (UEMA) Uma alimentação inadequada engloba a alta ingestão de gorduras saturadas, sal e carboidratos, bem como o baixo consumo de frutas e outros vegetais – hábitos que, geralmente, andam juntos. Em 1978, foi publicado pela The Danish Consumers Cooperative Society um guia nutricional chamado “Pirâmide Alimentar”, mais tarde adotado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Na base da pirâmide, estão os alimentos que devem ser consumidos em maior quantidade e, no topo, os que devem ser consumidos com moderação. Considere a pirâmide alimentar para responder à questão.

Fonte: Disponível em: <http://fisiologiaanimal.webnode.com.br&gt;.Acesso em: 11 jun. 2014.

Na busca de uma alimentação equilibrada, devem-se seguir algumas recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), tais como limitar a ingestão de lipídios e glicídios, predominantes

a) No nível 4; equilibrar o consumo de proteínas, mais frequentes no nível 3 e aumentar o consumo de vitaminas e minerais comumente encontrados no nível 2.

b) No nível 4; aumentar o consumo de proteínas, mais frequentes no nível 3 e diminuir o consumo de vitaminas e minerais comumente encontrados no nível 4.

c) No nível 2; equilibrar o consumo de proteínas, mais frequentes no nível 3 e aumentar o consumo de vitaminas e minerais comumente encontrados no nível 1.

d) No nível 4; equilibrar o consumo de proteínas, mais frequentes no nível 2 e aumentar o consumo de vitaminas e minerais comumente encontrados no nível 1.

e) No nível 1; equilibrar o consumo de proteínas, mais frequentes no nível 4 e aumentar o consumo de vitaminas e minerais comumente encontrados no nível 4.

19. (URCA)

Com base nessa tirinha e imaginando parte de uma teia alimentar onde pássaros se alimentam de pequenos vermes que se encontram na serapilheira de um campo, podemos afirmar:

a) Os vermes são responsáveis pela produção primária do ecossistema.

b) Os pássaros são consumidores primários.

c) Os vermes fazem simplificação da matéria orgânica junto com fungos e bactérias.

d) Os vermes são parasitas.

e) Os pássaros são recicladores da matéria orgânica.

20. (UFRN) Sobre a caatinga, analise as afirmativas.

I. Bioma que apresenta chuvas irregulares, secas prolongadas e temperaturas elevadas.

II. Bioma que apresenta plantas denominadas xeromórficas.

III. Segundo maior bioma brasileiro.

IV. Apresenta plantas adaptadas ao fogo, com gemas subterrâneas, troncos com grossas epidermes e sementes com germinação induzidas pelo calor.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) III e IV.

 

Publicado por: Djalma Santos | 19 de abril de 2017

TESTES DE GENÉTICA (XVII)

01. (ACAFE) A doença de Gaucher possui origem genética e tem sido tradicionalmente classificada em três subtipos Tipo 1, Tipo 2 e Tipo 3. Apresenta como característica o acúmulo de glucosilceramida nos macrófagos/monócitos. Ocorre devido a uma deficiência da enzima lisossomal β-glicosidase ácida, também conhecida como glicocerebrosidase. Sua tarefa, em indivíduos livres da doença, é realizar a quebra de um substrato lipídico, o glicocerebrosideo, no interior da célula. Em consequência da alteração no gene responsável por produzir a enzima em questão, sua quantidade é insuficiente e não apresenta capacidade de decompor o substrato na velocidade ideal, passando a acumular-se nos ribossomos. Na genealogia a seguir, os indivíduos representados por símbolos escuros são afetados pela doença de Gaucher Tipo 1.

Após análise da genealogia e de acordo com os conhecimentos relacionados ao tema, é correto afirmar, exceto:

a) Enzimas são substancias orgânicas biocatalisadoras. Alguns fatores influenciam na atividade catalítica das enzimas, tais como: concentração enzimática, concentração do substrato, potencial hidrogeniônico (pH) e temperatura.

b) Caso a mulher III.1 case com um homem portador da doença de Gaucher Tipo 1, a probabilidade de terem uma menina com a doença é de 1/6.

c) Os lisossomos são organelas citoplasmáticas membranosas que possuem em seu interior enzimas que realizam, normalmente, a digestão intracelular, porém em casos excepcionais, como, por exemplo, a realizada pelos osteoclastos, a digestão pode ser extracelular.

d) Pela análise da genealogia pode-se concluir que, na doença de Gaucher Tipo 1, o provável padrão de herança envolvido é recessivo, podendo ser autossômico ou ligado ao sexo.

02. (UDESC) Como resultado do cruzamento de dois coelhos duplo heterozigotos nasceram 360 descendentes, deste total, o número de coelhas com o mesmo genótipo dos genitores é:

a) 45.

b) 90.

c) 180.

d) 70.

e) 100.

03. (Unisc) Um aluno, após a explicação em aula sobre como os cromossomos eram separados no processo de gametogênese para originar os gametas femininos e masculinos, ficou refletindo sobre qual a origem dos mesmos nele e na sua irmã a partir dos seus ascendentes. Assim, propôs algumas ideias para discutir na aula seguinte.

I. Ele teria que ter necessariamente o cromossomo Y do avô paterno, mas o seu cromossomo X poderia ser tanto da avó como do avô maternos.

II. A sua irmã deve ter um cromossomo X necessariamente herdado do pai e o outro pode ser tanto de origem da avó como do avô maternos.

III. Sua irmã tem chance de passar características genéticas determinadas pelo cromossomo X tanto dos ancestrais maternos como paternos aos seus descendentes futuros, porém ele só tem chance de passar características genéticas do cromossomo X materno.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa I está correta.

b) Somente as afirmativas I e II estão corretas.

c) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

d) Somente as afirmativas I e III estão corretas.

e) Todas as afirmativas estão corretas.

04. (UCPel) Características mendelianas podem ser determinadas por loci em um cromossomo autossômico ou nos cromossomos sexuais X ou Y. Analise o padrão de herança abaixo:

– Afeta qualquer sexo, porém mais mulheres do que homens.

– Geralmente pelo menos um dos pais é afetado.

– Mulheres são mais moderadas e variavelmente afetadas que homens.

– O filho de uma mulher afetada, independentemente de seu sexo, tem chance de 50% de ser afetado,

– Para um homem afetado, todas as suas filhas serão afetadas, mas seus filhos não.

O padrão de herança acima é:

a) autossômico dominante.

b) dominante ligado ao X.

c) autossômico recessivo.

d) recessiva ligada ao X.

e) mitocondrial.

05. (Unisinos) A expressividade de um gene é o “grau de intensidade” com que ele se manifesta no fenótipo do indivíduo, traduzindo o grau de expressão do ________. Além disso, fato­res ambientais ou intrínsecos condicionam o grau de expressividade de alguns _______. Assim, esta expressão pode ser uniforme ou variável, resultando no aparecimento de vá­rios padrões de _______. As lacunas são corretamente preenchidas, respec­tivamente, por:

a) fenótipo – fenótipos – genótipos.

b) fenótipo – genótipos – fenótipos.

c) genótipo – fenótipos – genótipos.

d) genótipo – genótipos – fenótipos.

e) genótipo – genótipos – genótipos.

06. (UEM) Sobre os cromossomos humanos e assuntos correlatos, assinale o que for correto.

01. Os cromossomos sexuais são aqueles que possuem os genes que determinam exclusivamente o sexo.

02. As fêmeas são heterogaméticas e os machos homogaméticos.

04. Indivíduos contendo 22 pares de autossomos e um único cromossomo X serão portadores da síndrome de Turner.

08. Genes holândricos são aqueles presentes nos cromossomos X e que não possuem correspondentes no cromossomo Y.

16. As fêmeas são diploides com 2 cromossomos sexuais; e os machos, haploides com somente 1 cromossomo sexual.

Soma das alternativas corretas:

07. (UNICENTRO) No Brasil, a cada ano, nascem 3,5 mil crianças com anemia falciforme. A doença falciforme é caracterizada por uma alteração sanguínea que causa anemia crônica, dores generalizadas e icterícia, atingindo, principalmente, pessoas de origem africana. A anemia falciforme é expressa a partir do alelo Hbs, que, no indivíduo, possui um efeito:

a) pleiotrópico.

b) epistático.

c) polialélico.

d) ligado ao sexo.

08. (UEPG) Na maioria das espécies, os cromossomos sexuais possuem genes para determinação de sexo, além de outras informações. Assinale o que for correto a respeito dos cromossomos sexuais e das heranças ligadas ao sexo.

01. No homem, metade dos espermatozoides possui o cromossomo X e a outra metade o Y, sendo o sexo masculino heterogamético. Nas fêmeas, todos os óvulos apresentam cromossomo X, sendo então classificadas como homogaméticas.

02. O daltonismo é uma herança ligada ao sexo. Uma mulher de visão normal (XDXD) casada com um homem daltônico (XdY) não terá nenhum filho(a) daltônico(a).

04. Na espécie humana há uma doença hereditária, a distrofia molecular de Duchenne, em que ocorre a degeneração e atrofia dos músculos. Essa doença é condicionada por um alelo mutante recessivo, localizado no cromossomo X.

08. A hemofilia é uma herança ligada ao sexo. Uma mulher com coagulação normal, mas portadora de um alelo mutante (XHXh), casa-se com um homem com coagulação normal (XHY). A possibilidade dos(as) filhos(as) deste casal são de 100% de coagulação normal.

16. Homens daltônicos (XdY) terão todos os seus filhos do sexo masculino também daltônico, independente do genótipo da mulher.

Soma das alternativas corretas:

09. (CATÓLICA SC) A neuropatia óptica de Leber se manifesta entre 12 e 30 anos. Essa doença está relacionada a alterações no material genético mitocondrial. Sobre essa doença e sua manifestação foram feitas as seguintes afirmações:

I. Embora homens e mulheres possam ser afetados, essa neuropatia é transmitida hereditariamente apenas pelas mulheres.

II. Normalmente, nenhum dos descendentes dos homens afetados herda a anomalia; todos os filhos e filhas das mulheres afetadas herdam essa neuropatia.

III. A localização dessa mutação nas mitocôndrias faz com que ocorra herança citoplasmática por intermédio unicamente dos espermatozoides.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I e III.

b) Apenas II e III.

c) I, II, III.

d) Apenas a III.

e) Apenas I e II.

10. (Mackenzie) No heredograma abaixo, os indivíduos marcados apresentam uma determinada condição genética.

Assinale a alternativa correta.

a) Os indivíduos 3, 4, 5 e 6 são obrigatoriamente heterozigotos.

b) O casal 3X4 tem 50% de chance de ter filhos normais.

c) Se o indivíduo 5 se casar com um homem normal, terá 25% de chance de ter filhos afetados.

d) O indivíduo 3 pode ser filho de pais normais.

e) Um dos pais do indivíduo 2 é obrigatoriamente normal.

11. (UFSCar) Dois indivíduos de uma família apresentavam uma doença determinada por um par de alelos autossômicos recessivos. A genealogia a seguir representa a família analisada.

Com base nas informações da genealogia, é correto afirmar que os indivíduos:

a) I.1 e I.2 são homozigotos dominantes.

b) II.1 e II.2 são heterozigotos.

c) I.3 e I.4 são homozigotos recessivos.

d) III.1 e III.2 são heterozigotos.

e) II.3 e II.4 são homozigotos recessivos.

12. (Unimontes) Às vezes, problemas genéticos são baseados em torno de um diagrama de pedigree. Esses diagramas mostram os fenótipos dos indivíduos ao longo de várias gerações e permitem deduções sobre determinados fenótipos. Muitas vezes pedigrees são utilizados para mostrar a herança de uma determinada doença numa família. Analise o heredograma abaixo:

Considerando o heredograma apresentado e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que justifica o fato de a doença representada pelo heredograma ser causada por um alelo recessivo.

a) Casal 5 e 6 da geração III.

b) Casal 1 e 2 da geração II.

c) Filhos 5, 6 e 7 da geração IV.

d) Casal 1 e 2 da geração I.

13. (Unitau) As aneuploidias podem ser originadas por falhas ocorridas no momento da formação dos gametas, ou por alterações na fase de segmentação do zigoto, sendo denominadas anomalias pré-zigóticas e pós-zigóticas, respectivamente. Sobre essas falhas, assinale a alternativa correta.

a) Falhas pré-zigóticas resultam da não disjunção dos cromossomos homólogos na mitose.

b) Falhas pós-zigóticas resultam da não disjunção dos cromossomos homólogos na meiose.

c) Falhas pré-zigóticas resultam da não disjunção das cromátides irmãs na mitose.

d) Falhas pós-zigóticas resultam da disjunção das cromátides irmãs na meiose.

e) Falhas pré-zigóticas resultam da não disjunção dos cromossomos homólogos na meiose.

14. (URCA) Um homem normal para visão é filho de mãe míope. Ele é casado com uma mulher também normal e filha de pai míope. Admitindo-se que a miopia é condicionada por um gene autossômico recessivo, diga qual a probabilidade desse casal ter uma filha míope.

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/16.

e) 1/32.

15. (UNICENTRO)

Doença de Tay-Sachs em humanos.

Anomalias genéticas frequentemente causam problemas graves de saúde, podemos citar, por exemplo, a Doença de Tay-Sachs. A descoberta dessa anormalidade deve-se a dois médicos, Warren Tay e Bernard Sachs, que estudaram, em anos diferentes, alguns sintomas da doença que hoje leva os seus nomes. Esse distúrbio incurável é uma herança autossômica recessiva que leva a uma deficiência na enzima conhecida por hexosaminidase A. Essa doença tem ocorrência relativamente alta na população de judeus Ashkenazi (judeus da Europa Central e do Leste). A falta da hexosaminidase A faz com que o gangliosídeo GM2 (componente da membrana do neurônio) não seja hidrolisado, ficando assim acumulado no tecido nervoso. A consequência desse acúmulo é uma degeneração contínua desse tecido.

(DOENÇA DE TAY SACHS…, 2016).

A partir do texto acima e com os conhecimentos sobre hereditariedade, pode-se afirmar:

a) A homozigose, para a idiotia amaurótica infantil, é condição necessária para manifestação da doença.

b) Os alelos envolvidos no caráter observado não apresentam dominância completa.

c) Os recém-nascidos com Tay-Sachs são filhos de pais que expressam integralmente este caráter.

d) A permanência do gene da idiotia amaurótica infantil não depende da seleção natural.

e) O gene que condiciona essa doença está ligado ao sexo.

16. (FPS) A doença de Huntington é uma enfermidade hereditária, cujos sintomas são causados pela degeneração celular em uma parte do cérebro. Este dano afeta a capacidade cognitiva, os movimentos e o equilíbrio emocional. O heredograma abaixo representa uma família que apresenta esta doença.

Pode-se concluir que a doença de Huntington apresenta herança:

a) Autossômica dominante.

b) Autossômica recessiva.

c) Ligada ao X dominante.

d) Ligada ao X recessiva.

e) Ligada ao Y.

17. (IFPE) A abelha é o animal mais famoso pela capacidade de polinização, que é o transporte de pólen de uma flor para a outra, o que permite que as flores sejam fecundadas e que os frutos e sementes se desenvolvam. A determinação do sexo das abelhas, bem como dos outros insetos da Ordem Hymenoptera (formigas, vespas) é denominado haplodiploide e caracteriza-se por:

a) todas as fêmeas férteis e todos os machos homogaméticos.

b) todos os machos férteis e todas as fêmeas estéreis.

c) todos os machos possuírem apenas cromossomos de origem paterna e todas as fêmeas possuírem apenas cromossomos de origem materna.

d) todas as operárias serem resultantes da partenogênese e todas as rainhas não serem resultantes desse processo.

e) todos os machos haploides e todas as fêmeas diploides.

18. (UEPG) Sobre as síndromes genéticas resultantes de alterações nos cromossomos sexuais, assinale o que for correto.

01. Homens com síndrome de Klinefelter apresentam um cromossomo Y extra (47, XYY). Têm estatura acima da média, podem apresentar leve grau de retardo mental e presença de cromatina sexual (corpúsculo de Barr).

02. Portadores de síndrome de Klinefelter possuem 47 cromossomos, com a presença de um cromossomo X extra, resultante da não disjunção correta durante a formação dos gametas masculino ou feminino. São indivíduos mais altos e com desenvolvimento anormal dos testículos.

04. Mulheres que apresentam cromossomos X extras, como as portadoras de trissomia do cromossomo X, apresentam inúmeros problemas de desenvolvimento intelectual e motores, além da ausência de cromatina sexual (corpúsculo de Barr).

08. Mulheres com síndrome de Turner apresentam 45 cromossomos, pois há a ausência de um cromossomo X. As mulheres afetadas possuem baixa estatura e caracteres sexuais secundários pouco desenvolvidos.

Soma das alternativas corretas:

19. (UNICENTRO) A constituição genética do indivíduo do sexo masculino com síndrome de Patau está representada em:

a) 46, XY + 13.

b) 47, XY + 13.

c) 47, XY + 18.

d) 46, XY + 18.

20. (Mackenzie) Um homem daltônico e não polidáctilo, filho de pai e mãe polidáctilos, casa-se com uma mulher polidáctila e de visão normal, cujo pai era daltônico. O casal já tem uma filha normal para ambos os caracteres. A probabilidade desse casal ter um filho com o mesmo fenótipo da irmã é de:

a) 1/8.

b) 1.

c) zero.

d) 1/4.

e) 1/2.

Publicado por: Djalma Santos | 19 de abril de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (3)

01. (UPE) Para combater determinadas doenças em plantas, os agricultores recorrem aos herbicidas, uma vez que determinadas doenças virais só são possíveis de serem eliminadas, se o produto penetrar nos tecidos e nas células vegetais. Assim, focam seus estudos em substâncias que possam ser transportadas a longa distância, tanto pela associação com o floema como pelo intercâmbio entre domínios simplásticos. Quando a planta se encontra sob estresse, e as taxas de transporte via xilema e floema são mais reduzidas, os(as) ______________ podem ser mais efetivos(as) no transporte das moléculas de herbicidas sistêmicos, a longa distância. Assinale a alternativa cujo termo preenche corretamente a lacuna.

a) vacúolos

b) plasmodesmos

c) estômatos

d) lamelas médias

e) tonoplasto

02. (UNICENTRO) A raiz, juntamente com o caule e as folhas, compõe a parte vegetativa das plantas, ou seja, aquela que não está envolvida na reprodução. Suas principais funções são a absorção de água e nutrientes e a fixação da planta no solo. As raízes também são responsáveis pela produção de alguns hormônios vegetais, como é o caso da citosina (citocinina?), substância envolvida principalmente na multiplicação celular e no crescimento dos tecidos. E também existem raízes adaptadas a funções especiais, como armazenar substâncias de reserva e realizar trocas gasosas.

(RAIZ, órgão…, 2016).

Analisando-se as informações do texto e com base nos conhecimentos, pode-se afirmar que:

a) a água penetra no vegetal por osmose reversa, com gasto de energia metabólica.

b) a raiz apresenta a mesma organização morfológica como em todos os representantes do reino plantae.

c) a citocinina reduz a senescência celular por proporcionar a renovação celular.

d) observa-se que a carga genética é diferente daquela observada nas folhas, rica em clorofila em suas células.

e) a ação da citocinina é limitada às raízes primárias.

03. (UEPG) Abaixo estão representados esquematicamente cortes transversais de estômatos em duas situações distintas. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

03

Modificado de: Lopes, S., Rosso, S. BIO. 2a ed.

Volume 3. Editora Saraiva. São Paulo. 2010.

01. Durante a noite, ocorre a situação (A). Os estômatos se abrem por meio da ação do ácido abscísico, permitindo a saída de água por transpiração.

02. Quando há falta de água na planta (B), o ácido abscísico chega até as células estomáticas e estimula a saída de íons potássio, diminuindo a concentração osmótica destas células, as quais perdem água por osmose para as células vizinhas, levando ao fechamento do ostíolo.

04. Podemos observar a ocorrência da situação (B) na ausência de luz ou sob alta concentração de CO2, quando as células estomáticas perdem potássio e, consequentemente, água, e murcham.

08. Em (A), as plantas estão com suprimento adequado de água, as células estomáticas permanecerão túrgidas, mantendo o ostíolo aberto.

Soma das alternativas corretas:

04. (Unisc) A diferenciação entre Pteridófitas, Angiospermas e Gimnospermas se dá, pelo fato das mesmas apresentarem, respectivamente, a formação de:

a) esporos – fruto e semente – semente.

b) semente – esporos – fruto.

c) esporos – fruto e semente – fruto.

d) fruto e semente – fruto – esporos.

e) esporos e semente – fruto – semente e fruto.

05. (UEM) No final do século XIX, as plantas foram separadas em dois grandes grupos: as criptógamas, que apresentam os “órgãos reprodutivos escondidos” ou pouco evidentes, e as fanerógamas, que apresentam os “órgãos reprodutivos evidentes”. Nas classificações modernas, esses termos não representam categorias taxionômicas formais, embora ainda sejam muito utilizados. Considerando o texto acima e os diferentes grupos de plantas, conforme as classificações atuais, assinale o que for correto.

01. No grupo das criptógamas, estão incluídas as briófitas e as pteridófitas.

02. As briófitas e as pteridófitas são vegetais avasculares.

04. O grupo das fanerógamas inclui as gimnospermas e as angiospermas.

08. As gimnospermas incluem as plantas que apresentam sementes nuas e a maioria das angiospermas apresenta as sementes no interior dos frutos.

16. Tanto as criptógamas quanto as fanerógamas apresentam alternância entre as fases esporofítica e gametofítica.

32. Os grãos de pólen são estruturas reprodutivas presentes nas criptógamas e nas fanerógamas.

64. A oosfera, gameta feminino, é uma estrutura presente nas criptógamas e nas fanerógamas.

Soma das alternativas corretas:

06. (UNICAMP) De acordo com o cladograma a seguir, é correto afirmar que:

06

a) A é Briófita, B é Pteridófita e C é Espermatófita.

b) C é Espermatófita, D é traqueófita e E é Angiosperma.

c) C possui sementes, D é Espermatófita e E é Angiosperma.

d) B é Briófita, D é traqueófita e E possui sementes.

07. (Unitau) Uma planta jovem tem crescimento na ausência de luz e apresenta um processo adaptativo para atingir rapidamente a superfície e evitar o atrito com o solo. Assinale a alternativa que aponta o nome desse processo adaptativo, bem como as características apresentadas pela planta.

07

08. (UEM) Uma das características das florestas de araucárias, presentes no Sul do Brasil, é a predominância do pinheiro do Paraná (Gimnosperma), cujas árvores podem atingir 30 metros de altura. Nessas florestas, desenvolvem-se, ainda, samambaias (Pteridófitas), gramíneas, erva-mate, cedro e imbuia (Angiospermas). Sobre as características dos grupos de vegetais presentes nessas florestas, assinale o que for correto.

01. Todas as plantas citadas no enunciado apresentam tecido vascular; por isso, também, podem ser consideradas traqueófitas.

02. O pinheiro do Paraná, pertencente ao grupo das Gimnospermas, apresenta flores e frutos contendo sementes que são disseminadas pelo vento.

04. As gramíneas pertencem ao grupo das Angiospermas Monocotiledôneas, apresentam raízes fasciculadas e folhas com nervuras paralelas.

08. As Angiospermas, grupo ao qual pertencem erva-mate, cedro e imbuia, são caracterizadas pela presença de flores pentâmeras e sementes nuas, em função da ausência de frutos.

16. A flor completa das Angiospermas apresenta os quatro verticilos florais, ou seja, é constituída por sépalas, pétalas, estames e pistilos.

32. Todas as espécies de Angiospermas e de Gimnospermas são dioicas, ou seja, apresentam as flores masculinas e femininas na mesma árvore.

64. O esporófito das samambaias, pertencentes ao grupo das Pteridófitas, apresenta os soros, estruturas que abrigam os esporângios, onde células sofrem meiose, originando os esporos.

Soma das alternativas corretas:

09. (FDSBC) O poema a seguir é de autoria de Ferreira Gullar, intitulado “O musgo”.

09

É correto afirmar que o organismo sobre o qual fala o poema:

a) não apresenta vasos condutores.

b) é resultante de uma simbiose entre alga e fungo.

c) possui estruturas reprodutivas, os soros, em suas folhas.

d) requer umidade para sobreviver, mas não para se reproduzir.

10. (CEDERJ) O transporte de grãos de pólen de uma flor para outra ou para o seu próprio estigma pode ser realizado através dos ventos. Esse processo de polinização, que permite a reprodução das plantas por meio dos ventos, é denominado:

a) Ornintofilia.

b) Entomofilia.

c) Cantarofilia.

d) Amenofilia.

11. (UFRR) Considere as seguintes características:

I. Nítida alternância de gerações, com predominância da fase gametofítica;

II. Presença de frutos;

III. Presença de sementes.

Uma araucária (Gimnosperma) e uma sucuuba (Angiosperma) apresentam em comum:

a) II.

b) III.

c) I e II.

d) I e III.

e) I.

12. (UFAM) Observe a figura abaixo, que mostra o corte transversal através de uma folha.

12

Assinale a alternativa que contem a sequência correspondente:

a) a, cutícula; b, epiderme; c, parênquima paliçádico; d, feixe vascular; e, parênquima lacunoso; f, câmara subestomática.

b) a, cutícula; b, parênquima paliçádico; c, epiderme; d, feixe vascular; e, parênquima lacunoso; f, câmara subestomática.

c) a, cutícula; b, epiderme; c, parênquima lacunoso; d, feixe vascular; e, parênquima paliçádico; f, câmara subestomática.

d) a, epiderme; b abaxial estomática; c, parênquima paliçádico; d, câmara subestomática; e, parênquima lacunoso; f, feixe vascular.

e) a, epiderme; b, abaxial estomática; c, parênquima lacunoso; d, feixe vascular; e, parênquima paliçádico; f, câmara subestomática.

13. (UEM) As angiospermas correspondem ao grupo de plantas com maior número de espécies sobre a Terra. Ocorrem em ampla diversidade de habitats, possuindo desde espécies aquáticas, inclusive marinhas, até plantas adaptadas a ambientes áridos. Nesse grupo, são encontradas espécies arbóreas, arbustivas, herbáceas, epífitas e parasitas de outras plantas. Sobre as angiospermas, assinale o que for correto.

01. São fanerógamas que produzem flores, frutos e sementes.

02. O número de elementos que compõe a flor, a forma das folhas e do sistema radicular, além do número de cotilédones das sementes permitem classificar as angiospermas em dois grandes grupos: as monocotiledôneas e as dicotiledôneas.

04. O androceu, formado pelos estames, e o gineceu, formado pelo pistilo ou carpelo, são estruturas relacionadas com a reprodução das angiospermas.

08. Nas angiospermas, o gametófito (2n) é o indivíduo mais desenvolvido, apresentando raízes, caule e folhas.

16. Nesse grupo, o gameta feminino (n) é a oosfera e os gametas masculinos (n) são os núcleos espermáticos (gaméticos).

32. A semente das angiospermas, decorrente do desenvolvimento do óvulo fecundado, apresenta o embrião no seu interior, que corresponde ao esporófito jovem.

64. As diferentes espécies de bromélias e de orquídeas existentes na mata atlântica são exemplos de angiospermas parasitas de outras plantas.

Soma das alternativas corretas:

14. (UEA) A pupunheira (Bactris gasipaes) é uma palmeira de clima tropical em que todas as partes podem ser aproveitadas, embora sejam mais importantes economicamente os frutos e o palmito. A pupunheira apresenta uma série de vantagens para produção de palmito em relação às outras palmeiras nativas como o açaí (Euterpe oleracea) e a juçara (Euterpe edulis), que são exploradas de forma extrativista e por isso apresentam restrições legais e risco de extinção.

(https://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br. Adaptado.)

Parece juçara, mas é açaí. A “juçara” que todos os maranhenses conhecem é, na verdade, açaí. O que a gente tem no Maranhão é a Euterpe oleracea que todo o Brasil conhece como açaí. O único lugar do Brasil que o nome comum do açaí é juçara é no Maranhão. O açaí (Euterpe oleracea) é a palmeira encontrada em estados da região Norte do país, de clima amazônico, e em alguns estados da região Nordeste. Já a juçara (Euterpe edulis) é a palmeira encontrada em parte do Cerrado e em toda a Mata Atlântica.

(http://imirante.com. Adaptado.)

Verifica-se nos textos transcritos menção a:

a) três espécies de dois gêneros de angiosperma.

b) duas espécies de dois gêneros de angiosperma.

c) duas subespécies de uma única espécie de angiosperma.

d) três espécies de um único gênero de gimnosperma.

e) uma única espécie de dois gêneros de gimnosperma.

15. (UEM) As plantas retiram do ambiente substâncias importantes para a síntese de compostos que participam da estrutura e do metabolismo vegetal. Sobre esses compostos e sobre seu papel na fisiologia das plantas, assinale o que for correto.

01. As plantas sintetizam todas as substâncias orgânicas de que necessitam a partir da água, dos minerais, do gás carbônico e da energia luminosa.

02. Nitrogênio, fósforo e enxofre são requeridos em grandes quantidades pela planta, por serem componentes de moléculas orgânicas.

04. O magnésio é um componente básico da molécula de clorofila, por isso é importante para a ocorrência da fotossíntese.

08. Nos vegetais, além da glicose, podem ser formadas outras substâncias como aminoácidos, ácidos graxos e ácidos orgânicos.

16. Variações na temperatura e na intensidade luminosa afetam as taxas de fotossíntese, porém nenhum efeito é decorrente da variação na concentração de CO2 e no teor de água do solo.

32. A água, os elementos minerais e os compostos produzidos durante a fotossíntese são transportados das raízes para os diferentes órgãos das plantas através das traqueídes do xilema.

64. As trocas gasosas entre as plantas e a atmosfera envolvem a absorção de água e de elementos minerais pelos estômatos e pela epiderme das folhas e das raízes.

Soma das alternativas corretas:

16. (UNICISAL) As abelhas estão desaparecendo. E isso é preocupante. Nos últimos anos, a quantidade de abelhas tem diminuído no mundo. Pragas e uso de pesticidas estão entre as principais causas desse fenômeno, que já afeta o Brasil. Dois terços dos alimentos que nós ingerimos são cultivados com a ajuda das abelhas. Na busca do pólen das plantas, sua refeição, esses insetos polinizam plantações de frutas, legumes e grãos. Em tempos em que a escassez mundial de comida é pauta das autoridades no assunto, a perspectiva de ficar sem a ajuda desses seres para a reprodução dessas plantas e o abastecimento alimentar seria alarmante. E é o que está acontecendo.

Disponível em: <http://veja.abril.com.br/ciencia/as-abelhas-estao-desaparecendo-e-isso-e-preocupante/&gt;.Acesso em: 30 nov. 2016 (adaptado).

De acordo com o texto, o desaparecimento das abelhas prejudica a reprodução de plantas do grupo das:

a) briófitas.

b) pteridófitas.

c) criptógamas.

d) angiospermas.

e) gimnospermas.

17. (FPS) Dentre as partes das plantas mais utilizadas para a produção de chás ou infusões, estão estruturas anatômicas cobertas por células parenquimáticas que protegem o meristema apical. Ao microscópio, é possível observar, em corte transversal, três conjuntos de células dispostas em camadas concêntricas: a epiderme, o córtex e o cilindro vascular. Nesse caso, a estrutura descrita é:

a) a Folha.

b) a Raiz.

c) a Flor.

d) o Caule.

e) o Fruto.

18. (UEM) O corpo da maioria das angiospermas é constituído por duas partes principais: uma localizada sob o solo, as raízes, e a outra, aérea, composta pelo caule, pelas folhas, pelas flores e pelos frutos. Sobre os órgãos que constituem as plantas, assinale o que for correto.

01. As raízes apresentam o meristema subapical, responsável pelo crescimento em extensão.

02. Os caules de plantas dicotiledôneas apresentam crescimento em espessura, caracterizado pela estrutura secundária.

04. Nas folhas, os tecidos condutores encontram–se agrupados em feixes liberolenhosos, formando as nervuras foliares.

08. A folha é totalmente revestida pela epiderme, e seu interior, o mesófilo, apresenta o parênquima clorofiliano e os tecidos de sustentação.

16. Uma flor completa apresenta quatro verticilos florais: cálice, corola, gineceu e androceu.

32. Os frutos são constituídos por duas partes principais: o pericarpo, resultante do desenvolvimento das paredes do ovário e as sementes, resultantes do desenvolvimento dos óvulos fecundados.

64. A cenoura, a beterraba e os tubérculos de gengibre e de batata são exemplos de caules modificados, utilizados para a alimentação.

Soma das alternativas corretas:

19. (Unemat) “O fruto do pequizeiro apresenta gosto inconfundível, tendo seu nome ligado às suas características botânicas, e etimologicamente ligado à língua tupi: py significa “casca” e qui significa “espinho”. Contém normalmente entre 1 e 4 caroços por fruto, cientificamente chamados de putâmens. (…) O caroço é composto por um endocarpo lenhoso com inúmeros espinhos, contendo internamente a semente, ou castanha, e envolto por uma polpa de coloração amarela intensa, carnosa e com alto teor de óleo.”

CARRAZZA, J. R.; D´ÁVILA, J. C. C. Manual Tecnológico de Aproveitamento Integral do Fruto do Pequi (Caryocar brasiliense). Brasília – DF. Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN). Brasil, 2010.

Considerando as informações sobre o pequizeiro contidas no texto e as características das sementes, assinale a alternativa correta.

a) O pequizeiro é uma arvore lenhosa que produz flores.

b) A polpa comestível do pequi equivale ao epicarpo do fruto.

c) O pequizeiro é uma gimnosperma.

d) O endosperma dentro do caroço do pequi tem a mesma ploidia que o tecido nutritivo das sementes das araucárias.

e) O fruto do pequizeiro é um pseudofruto, porque o caroço equivale à semente aderida ao endocarpo desse fruto.

20. (PUC-GO) Use o texto abaixo para responder esta questão.

O SUPLÍCIO DA MANGUEIRA CENTENÁRIA

[…]

Foi um momento de drama e de emoção. A raiz da mangueira reagiu à força dos homens e das máquinas. Ela resistia para não ir embora. Depois de cem anos, ela fazia parte daquela terra, daquele espaço. Vieram homens da Prefeitura com a Grande Máquina que prendia em si fortes correntes. Foi retirado o portão e parte do muro para que ela pudesse passar. Aquele povo todo descendo para a Rua de Baixo para assistir ao espetáculo e ela parada, dentro da cratera, não movia uma farpa sequer de seu enorme corpo. Os homens da Prefeitura, então, amarraram-lhe o corpo com as enormes correntes e começaram a acionar o motor da Grande Máquina para forçar a saída da raiz de dentro da enorme cratera. Mas as correntes escapavam e tudo voltava à estaca zero. Depois de algumas tentativas e rearranjos de matérias foi dado um forte arranque e ela foi jogada para fora. Daí, o sofrimento foi bem maior. Aquela raiz meio batata gigante rolava para um lado e para o outro como os loucos que não querem ser segurados ou como um animal feroz que se vê indo para a jaula. E a máquina começou a andar em direção da rua que estava encrespada de gente. O olho do povo estava arregalado e alguns até choravam. Muitas e muitas daquelas pessoas iam todos os anos lá pelos meados de dezembro buscar frutas que a mangueira produzia. Era das mais doces da cidade.

Naquela dificuldade de puxar a raiz, a máquina ziguezagueava e isso causava um barulho ensurdecedor. E simultaneamente, a última parte da árvore parecia responder a isso ao persistir nos gestos de resistência, enrolando-se e enrolando as correntes, ameaçando, tombando para os lados para dificultar a linha reta da máquina, enfim, não tinha como encontrar um acordo para a expulsão da raiz de seu habitat. E, assim, com todo esse esforço, a máquina conseguiu atravessar os limites do quintal e atingir a rua, arrastando a raiz. A raiz foi dominada ou foi domada pela força do homem. Mas ao entrar na rua, ela ainda guardava muita energia. Conforme a máquina a puxava ela ia amassando o asfalto e deixando seu rastro por onde passava.

(GONÇALVES, Aguinaldo. Das estampas. São Paulo: Nankin, 2013. p. 62-63.)

O Texto acima retrata a difícil retirada de uma mangueira por parte da prefeitura. Árvore frondosa, dicotiledônea, de porte médio a alto, apresenta um fruto comestível que, a depender da variedade, difere no sabor e no tamanho. Sobre as mangueiras, marque a única alternativa correta:

a) As mangueiras aceitam qualquer tipo de solo, possuem um caule do tipo estipe e se adaptam melhor a regiões de clima ameno e com pouca chuva.

b) O sistema radicular da mangueira é caracterizado pela presença de uma raiz pivotante, que pode se aprofundar bastante no solo, proporcionando uma boa sustentação à planta e possibilitando a sobrevivência em períodos prolongados de estiagem.

c) Seu fruto é uma baga rica em fibras vegetais e pobre em vitaminas. Apresenta ainda uma grande quantidade de carboidratos e pouca disponibilidade de ferro.

d) Por se tratar de uma planta desprovida de flor, inexiste o processo de polinização e sua reprodução se dá exclusivamente através de esporos.

21. (CESGRANRIO) O desenho abaixo ilustra uma experiência para demonstrar que:

21

a) a raiz possui geotropismo negativo e o caule geotropismo positivo.

b) a raiz possui geotropismo positivo e o caule geotropismo negativo.

c) a raiz e o caule apresentam, respectivamente, fototropismo positivo e fototropismo negativo.

d) a raiz e o caule possuem diageotropismo.

e) a raiz possui hidrotropismo negativo e o caule hidrotropismo positivo.

22. (PUC-SP) Os esquemas a seguir representam detalhes da epiderme de duas folhas, designadas por I e II.

22

Com relação à análise dos esquemas, pode-se dizer que:

a) em I, as células estomáticas apresentam menor suprimento hídrico que em II.

b) em I, as células estomáticas apresentam maior suprimento hídrico que em II.

c) em I, as células estomáticas estão túrgidas.

d) em II, as células estomáticas estão murchas.

e) em I e II, as células estomáticas devem apresentar o mesmo suprimento hídrico.

23. (UEL) Num experimento, mergulharam-se em solução nutritiva as seguintes partes de quatro plantas da mesma espécie:

I. Toda a raiz.

II. Somente a zona suberosa da raiz.

III. Somente a zona pilífera da raiz.

IV. Somente a coifa da raiz.

Espera-se que, após alguns dias, tenham sobrevivido somente as plantas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

24. (UCDB) As angiospermas constituem o grupo vegetal de maior sucesso evolutivo, considerando-se a grande irradiação adaptativa que culminou com a colonização dos mais diferentes hábitats da Terra. A irradiação adaptativa entre as angiospermas pode ser explicada pela conquista de:

a) fecundação interna, com gametas diferenciados e em grande número.

b) sementes protegidas por um fruto que oportunizou a dispersão.

c) pigmentos fotossensíveis que permitiram a transformação de energia luminosa em energia química.

d) fase esporofítica haploide reduzida a poucas gerações celulares.

e) vasos condutores especializados para a condução de seiva bruta e de seiva elaborada.

25. (USF) A figura abaixo ilustra um mecanismo que pode ser usado para a reprodução de plantas por um processo de clonagem.

25

A partir de sua análise, pode-se concluir que:

a) células diferenciadas não preservam o genoma da espécie.

b) a desdiferenciação não ocorreu em meio líquido rico em nutrientes.

c) as células clonadas são capazes apenas de programar uma planta incompleta.

d) a diferenciação das células se faz sem perda do material genético.

26. (MACK)

26

Sobre o ciclo reprodutivo dos vegetais, representado acima, é incorreto afirmar que:

a) nas briófitas, I é a fase predominante sobre a fase II.

b) I é a fase haploide e II é a fase diploide.

c) III é produzido por meiose.

d) nas angiospermas, II é a fase predominante sobre a fase I.

e) em I, ocorre a meiose gamética.

27. (PUCSP) O professor levou para a aula de Biologia seis mamões verdes. Riscou com uma faca três dos mamões e em seguida os embrulhou com jornal (lote A). Os outros três não foram riscados e nem envolvidos com jornal (lote B). Os mamões do lote A amadureceram mais rapidamente que os do lote B. Essa diferença no tempo de amadurecimento se deve a:

a) maior concentração de etileno no lote A, o que acelera o amadurecimento dos frutos.

b) menor concentração de etileno no lote A, o que acelera o amadurecimento dos frutos.

c) maior concentração de etileno no lote B, o que retarda o amadurecimento dos frutos.

d) maior concentração de auxinas no lote B, o que retarda o amadurecimento dos frutos.

e) maior concentração de auxinas no lote A, o que acelera o amadurecimento dos frutos.

28. (UFSCAR) Se retirarmos um anel da casca de um ramo lateral de uma planta, de modo a eliminar o floema, mas mantendo o xilema intacto, como mostrado na figura, espera-se que:28a) o ramo morra, pois, os vasos condutores de água e de sais minerais são eliminados e suas folhas deixarão de realizar fotossíntese.

b) o ramo morra, pois, os vasos condutores de substâncias orgânicas são eliminados e suas folhas deixarão de receber alimento das raízes.

c) o ramo continue vivo, pois os vasos condutores de água e de sais minerais não são eliminados e as folhas continuarão a realizar fotossíntese.

d) o ramo continue vivo, pois os vasos condutores de substâncias orgânicas não são eliminados e suas folhas continuarão a receber alimento das raízes.

e) a planta toda morra, pois, a eliminação do chamado anel de Malpighi, independentemente do local onde seja realizado, é sempre fatal para a planta.

29. (UFU) Os vegetais apresentam movimentos diversos, em resposta aos estímulos externos. Considerando os movimentos realizados pelos vegetais, em resposta a esses estímulos, associe as características apresentadas na coluna 1 com os movimentos citados na coluna 2.

COLUNA 1

1 – Fechamento de folhas cujos folíolos fecham-se rapidamente quando tocados.

2 – Crescimento das raízes em direção ao centro da Terra.

3 – Crescimento do tubo polínico em direção ao óvulo.

4 – Enrolamento das gavinhas ao redor de um suporte.

COLUNA 2

I – Quimiotropismo positivo.

II – Tigmotropismo.

III – Nastismo.

IV – Geotropismo positivo.

Marque a alternativa que apresenta a associação correta.

a) 1 – II; 2 – III; 3 – I; 4 – IV.

b) 1 – III; 2 – II; 3 – I; 4 – IV.

c) 1 – I; 2 – IV; 3 – III; 4 – II.

d) 1 – III; 2 – IV; 3 – I; 4 – II.

30. (UNIFESP ) Um estudante tem a tarefa de extrair substâncias de reserva de plantas. Porém, está em dúvida sobre qual ou quais são essas substâncias e de onde extraí-las. Assinale a alternativa que contém a resposta e o procedimento corretos para essa tarefa.

a) O estudante extrairá somente amido, que é a substância de reserva dos vegetais. O amido é produzido nas folhas e acumulado nas raízes; logo, apenas raízes deverão ser usadas.

b) Há a possibilidade de se trabalhar com amido e lipídio, as substâncias de reserva dos vegetais. Lipídios são encontrados somente nas sementes e amido, somente em raízes e caules.

c) Proteínas e lipídios são as substâncias de reserva mais abundantes nos vegetais. Podem ser extraídos de qualquer órgão, mas principalmente dos frutos e raízes.

d) Substâncias de reserva nos vegetais são carboidratos, lipídios e proteínas. Podem ser extraídos de qualquer órgão da planta, mas principalmente de raízes e caules (carboidratos) e de sementes e frutos (lipídios e proteínas).

e) Amido e outros carboidratos constituem a única forma de reserva nas plantas. Podem ser extraídos de qualquer órgão vegetal, embora se concentrem nas raízes e nos caules.

 

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 31 de março de 2017

TESTES DE TAXONOMIA (1)

01. (UCPel) Analise a tabela abaixo:

Analisando a tabela acima podemos considerar que os organismos do grupo:

a) 1 tem célula procariótica, podendo o número indicar o grupo dos Protistas.

b) 4 tem célula eucariótica, podendo o número indicar o grupo dos Fungos.

c) 3 tem célula procariótica, podendo o número indicar o grupo das Arqueas..

d) 2 tem célula eucariótica, podendo o número indicar o grupo das Plantas..

e) 5 tem célula eucariótica, podendo o número indicar o grupo dos Animais.

02. (UFLA) Organismos autotróficos que apresentam clorofila, mas não possuem cloroplastos, pertencem ao grupo:

a) das plantas.

b) dos fungos.

c) das cianobactérias..

d) das bactérias decompositoras.

03. (UPF) Sobre a classificação biológica e a nomenclatura científica dos seres vivos, analise as afirmativas.

I. Características comuns entre indivíduos de diferentes gêneros permitem que esses indivíduos sejam alocados na mesma família.

II. Por convenção, os nomes genéricos e específicos devem aparecer destacados no texto.

III. É obrigatório o uso de dois termos para designar o nome científico de uma espécie; o primeiro termo indica o gênero e o primeiro mais o segundo indicam o nome científico da espécie.

IV. A espécie é a unidade taxonômica fundamental e agrupa indivíduos que, por meio da reprodução sexuada, originam descendentes férteis.

Está correto o que se afirma em:

a) II e III, apenas.

b) I e IV, apenas.

c) I, II, III e IV.

d) I, II e IV, apenas.

e) II e IV, apenas.

04. (UPE) Carl Von Linné (170-1778) considerou a existência de apenas dois reinos biológicos em nosso planeta: Animal e Vegetal. Posteriormente, o zoólogo Ernst Haeckel criou o termo Protista, para designar um conjunto de organismos, que não eram caracterizados nem como plantas nem como animais. Uma nova proposta surgiu incorporando o reino Monera, representado pelas bactérias e cianobactérias. Por fim, Robert Whittaker, em 1960, propôs elevar os fungos a reino, aumentando para cinco. Assinale a alternativa correta que justifique a não inclusão dos vírus no sistema de classificação.

a) Ausência das estruturas que compõem uma célula.

b) Conjunto de seres unicelulares.

c) Características reprodutivas que não necessitam de gametas.

d) Desconhecimento do seu papel ecológico.

e) Seres que podem ser autotróficos ou heterotróficos, dependendo do ambiente.

05. (UNICENTRO) De que reino sou eu?

Vivo querendo me classificar, mesmo que de maneira bem genérica. Tenho muitas células. Em cada uma, há ribossomos, mitocôndrias e material genético organizado. Sou dependente do meio para aquisição dos meus nutrientes e consigo armazenar carboidratos sob a forma de glicogênio, não em órgãos, pois nem tecido eu tenho. Eu sou:

a) Monera.

b) Protoctista.

c) Fungi.

d) Plantae.

06. (UEM) Assinale o que for correto.

01. No Reino Protista há espécies procariontes e eucariontes, unicelulares e multicelulares, autótrofas fotossintetizantes e heterótrofas aeróbias.

02. No Reino Monera há espécies unicelulares, todas procariontes, podendo ser autótrofas quimiossintetizantes ou fotossintetizantes, ou heterótrofas anaeróbias ou aeróbias.

04. No Reino Fungi há espécies unicelulares e multicelulares, todas eucariontes e heterótrofas, anaeróbias ou aeróbias.

08. No Reino Plantae todas as espécies são eucariontes, multicelulares, autótrofas fotossintetizantes e aeróbias.

16. No Reino Animalia todas as espécies são eucariontes, multicelulares e heterótrofas aeróbias.

Soma das alternativas corretas

07. (Unimontes) Muitos insetos podem ser encontrados sobre plantas, em grãos alimentícios, livros e papéis, e, ainda, sobre animais domésticos ou de estimação. Alguns insetos vivem sob pedras, pedaços de madeira ou cascas de árvores. Frutas caídas do pé e em decomposição contêm verdadeiras comunidades de insetos. Muito cuidado ao capturar os insetos, pois eles procuram se defender picando ou mordendo. Procure-os no solo, entre folhas caídas, nas copas das árvores e em pequenos corpos e cursos d’água. A coleta de insetos é feita por meio de diferentes tipos de redes. O comportamento e as características morfológicas dos seres vivos servem de base para a sua classificação. Além do comportamento descrito anteriormente, os insetos podem apresentar o corpo dividido em três partes e possuir três, quatro ou mais pares de pernas. Considerando essas informações, analise as alternativas abaixo e assinale a categoria taxonômica que pode ser utilizada para separar os seres vivos em questão.

a) Reino.

b) Filo.

c) Classe.

d) Ordem.

08. (PUC-CAMPINAS) No cardápio de uma churrascaria há um prato composto por picanha bovina, costela suína e carnes de lebre e jacaré. É correto afirmar que nesse prato encontram-se representantes de:

a) um filo, duas classes e três ordens.

b) um filo, quatro classes e quatro ordens.

c) dois filos, duas classes e três ordens.

d) dois filos, quatro classes e quatro ordens.

e) quatro filos, quatro classes e quatro ordens.

09. (Unitau) Durante muito tempo, o homem categorizou os seres vivos em apenas dois grupos, as plantas e os animais. Ao longo do tempo, várias alterações desse conceito foram sendo introduzidas por vários cientistas importantes, como Ernest Haeckel, Herbert Copeland, Robert Whittacker e, finalmente, Carl Woese, que dividiu todos os seres vivos em três domínios. Sobre essa categorização, observe a figura abaixo.

Com base na figura e em seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa que nomeia corretamente os domínios descritos nas caixas 1, 2 e 3, respectivamente.

a) Monera; Bacteria; Eukarya.

b) Archaea; Bacteria; Eukarya.

c) Monera; Protista; Eukarya.

d) Protista; Eukarya; Monera.

e) Bacteria; Archaea; Eukarya.

10. (FATEC) Após a detecção de animais de uma determinada espécie no galpão principal, os proprietários de uma empresa decidiram minimizar os riscos que os funcionários estariam correndo e acionaram o Centro de Controle de Zoonoses. Os técnicos do centro, após chegarem, notaram que os organismos em questão eram adultos, possuíam tamanho e formato aproximados de um grão de lentilha, exoesqueleto, quelíceras e quatro pares de apêndices locomotores. Por fim, após a identificação taxonômica, concluíram tratar-se de um gênero hematófago. O laudo dos técnicos indicou que os animais encontrados no galpão fazem parte de uma espécie de:

a) aranhas.

b) baratas.

c) carrapatos.

d) morcegos.

e) pernilongos.

11. (CEDERJ) Alguns seres vivos são eucarióticos, multicelulares e heterótrofos, como:

a) os protozoários.

b) as bactérias.

c) as plantas.

d) os mamíferos.

12. (UEPA) Leia o Texto abaixo para responder esta questão.

Todos nós sabemos que nenhum “ser vivo” consegue viver sem o outro. Nós, humanos, por exemplo, necessitamos de alguns animais e plantas que nos servem de alimento. Entretanto, as relações entre os “seres vivos” não envolvem apenas a alimentação, alguns utilizam outros como abrigo ou como uma forma de locomover-se, caracterizando empoderamento. Chamamos essas interações de relações ecológicas, as quais são mantidas pelos diferentes grupos de “organismos” que compõem os grandes “REINOS”.

Texto: Predação. modificado: Acesso: 13/09/2016. Disponível em: http://escolakids.uol.com.br/predacao.htm

Com relação a palavra em destaque, no Texto acima, leia as caracteristicas referentes a alguns de seus representantes e relacione a um número correspondente ao “reino” apresentado.

1. “Vírus”

2. Monera

3. Protista

4. Fungi

5. Animalia

( ) São heterótrofos, o corpo e formado por hifas e tem reprodução por esporos.

( ) Tem parede celular de peptidioglicano e podem ser decompositores ou fotossintetizantes.

( ) Cápsula proteica que envolve material genético.

( ) O citóstoma e uma estrutura de ingestão do Paramécio.

( ) Parede celular formada por quitina.

( ) Alimentação por ingestão e são multicelulares.

( ) possuem espécies que se locomovem por pseudópodes.

( ) fecundação interna ou externa com formação de mórula e blástula.

( ) “reprodução” através dos ciclos lítico e lisogênico.

A sequência correta é:

a) 4, 5, 2, 4, 1, 2, 5, 5, 1.

b) 2, 4, 3, 1, 5, 2, 3, 1, 5.

c) 1, 2, 4, 3, 5, 2, 1, 3, 5.

d) 4, 2, 1, 3, 4, 5, 3, 5, 1.

e) 4, 2, 1, 4, 5, 3, 2, 3, 5.

13. (UNITINS) Com base nos conhecimentos sobre Nomenclatura Biológica, assinale a alternativa correta.

a) Lineu, ao criar a classificação biológica ou científica, incorporou a ideia de relação de parentesco.

b) Os nomes científicos podem ser escritos em inglês ou latim e, por isso, a nomenclatura é dita binomial.

c) Os nomes científicos das espécies devem ser escritos em itálico, sublinhado ou negrito.

d) Animais ou plantas da mesma família são mais semelhantes entre si do que os classificados dentro do mesmo gênero.

e) O nome do gênero é um substantivo e deve ser escrito com inicial maiúscula, enquanto o epíteto específico é um adjetivo e deve ser escrito com inicial minúscula.

14. (IFPE) Use o texto a abaixo para responder esta questão.

A aflatoxina é um tipo de micotoxina produzida principalmente pelos fungos Aspergillus flavus e

Aspergillus parasiticus e desenvolve-se em milho, nozes, arroz, algodão, cevada, castanha-do-brasil e, sobretudo, em amendoim e seus derivados (como paçocas e pé de moleque), causando, dentre os danos mais graves: câncer no fígado, lesões no sistema nervoso e morte. Outras micotoxinas que causam problemas ao homem e a outros animais, como eczemas faciais em ovinos, são produzidas pelos fungos Giberella zeae e Pithomyces chartarum. Certamente todos os fungos citados no texto acima pertencem a(o):

a) mesma família, mas não necessariamente à mesma ordem.

b) mesmo reino, mas não necessariamente à mesma classe.

c) mesma ordem, mas não necessariamente à mesma classe.

d) mesma classe, mas não necessariamente ao mesmo filo.

e) mesma espécie, mas não necessariamente ao mesmo gênero.

15. (UFMS) O livro “Systema Naturae”, escrito por Lineu e publicado em 1735, traz em sua abordagem um sistema eficiente para dar nome aos seres vivos, a nomenclatura binomial, a qual facilita a comunicação entre os cientistas e não cientistas, já que os nomes populares variam entre diferentes idiomas e regiões. De acordo com essa nomenclatura, é correto afirmar que:

a) Paroaria coronata e Paroaria dominicana são espécies que pertencem ao gênero Paroaria.

b) Lactuca sativa e Cannabis sativa são espécies que pertencem ao gênero Sativa.

c) Canis lupus e Canis familiares são espécies que pertencem ao gênero Canidae.

d) Equus caballus e Equus zebra são espécies que pertencem a família Equus.

e) Rhinocerus unicornis e Dicerus bicornis são espécies que pertencem ao gênero Mammalia.

16. (UEM) Com base nos conhecimentos de Classificação Biológica, assinale o que for correto.

01. As denominações Felis chaus nilotica e Felis silvestres lybica indicam duas subespécies de duas espécies de um mesmo gênero.

02. A ideia de que a classificação biológica passaria a refletir as relações de parentesco entre os diversos grupos de seres vivos foi proposta originalmente por Lineu.

04. Diagramas que mostram as possíveis relações de parentesco evolutivo entre os seres vivos são chamados atualmente de árvores genealógicas.

08. Whittaker reconheceu e ampliou a proposta de quatro reinos de Copeland (Animalia, Plantae, Protista e Monera), sugerindo a retirada dos fungos do reino Protista e sua colocação no Reino Fungi.

16. Classificações recentes têm proposto a divisão dos seres vivos em três grandes domínios: Bacteria, que inclui as bactérias verdadeiras; Archaea, que inclui as arqueas; e Eukarya, que compreende todos os seres eucarióticos.

Soma das alternativas corretas:

17. (UFLA) Um organismo unicelular, eucarionte e autotrófico é um(a):

a) Alga.

b) Vírus.

c) Fungo.

d) Bactéria.

18. (Unimontes) O quadro abaixo mostra algumas características de seres vivos de acordo com o seu reino. Analise-o.

Considerando o quadro acima e o assunto relacionado, analise as alternativas abaixo e assinale o ser vivo correspondente ao reino representado por III.

a) Candida albicans.

b) Girassol.

c) Homo sapiens.

d) Leishmania sp.

19. (URCA) As regras de nomenclatura vigente para os seres vivos é um método que facilita o estudo destes, por cientistas de todo o mundo. Sobre essas normas é correto afirmar:

a) O uso de duas palavras em latim de um nome científico são sempre qualificativos (adjetivos).

b) O primeiro nome corresponde a espécie e o segundo ao gênero.

c) O nome científico deve ser escrito em latim e deve estar destacado no texto.

d) Por um nome científico já se sabe a que família a espécie pertence.

e) Um nome científico que homenageia alguém possui gênero e espécie com inicial maiúscula.

20. (UENP) Leia o texto a seguir.

Pesquisadores alemães descobriram uma nova espécie de lagostim e a batizaram com o nome do ex-analista de sistemas Edward Snowden, da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA, em inglês), que denunciou um sistema de espionagem global. O lagostim foi batizado com o epíteto específico snowden, porque os pesquisadores creem que o nome conhecido ajude a preservar a espécie, que já figura na lista de animais ameaçados.

(Cientistas batizam lagostim com sobrenome de Edward Snowden. Veja. 2015. Disponível em: <http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/cientistas-batizam-lagostim-com-sobrenome-de-edward-snowden/&gt;. Acesso em: 27 ago. 2015.)

A respeito das regras de nomenclatura, assinale a alternativa incorreta.

a) A primeira letra do nome científico deve ser maiúscula, e a primeira letra do epíteto específico, minúscula.

b) Considerando que uma única espécie pode receber diversos nomes vulgares, a nomenclatura biológica se torna uma importante ferramenta de comunicação entre cientistas e a sociedade em geral, já que padroniza as informações referentes a indivíduos de uma espécie.

c) Todo nome científico é composto por duas palavras: a primeira se refere ao gênero da espécie e a segunda, ao epíteto (ou nome) específico, que é o que caracteriza a espécie em questão.

d) Todo ser vivo deve possuir um nome científico.

e) O nome científico de uma espécie obrigatoriamente deverá ser composto por três elementos: o gênero, o epíteto subespecífico e o epíteto específico.

 

Publicado por: Djalma Santos | 31 de março de 2017

TESTES DE ASSUNTOS DIVERSOS (1)

01. (PUC-SP) No quadro a seguir, são apresentadas informações sobre algumas espécies.

Considerando essas informações, analise as afirmativas a seguir.

I. O endosperma da semente de cebola tem, ao todo, 24 cromossomos.

II. Cavalo e jumento são espécies diferentes, mas pertencem ao mesmo gênero.

III. Um híbrido entre égua e jumento apresentaria 63 cromossomos nas células somáticas.

Está correto o que se afirma em:

a) I e II, apenas.

b) II e III, apenas.

c) I e III, apenas.

d) I, II e III.

02. (Unimontes) O consumo de produtos plásticos, ao longo dos anos, vem produzindo grande número de resíduos que se acumulam pelos aterros gerando problemas ambientais consideráveis. Os plásticos ou polímeros não biodegradáveis contribuem bastante para esses problemas pela elevada resistência à degradação, demorando anos para se decompor. Polímeros biodegradáveis são polímeros nos quais a degradação resulta da ação de microrganismos de ocorrência natural como bactérias, fungos e algas. O amido é um polímero biodegradável de fontes renováveis. Considerando que uma determinada pesquisa científica comparou a biodegradação de três polímeros de fontes renováveis (X, Y e Z) com o amido, analise as alternativas abaixo e assinale a que corresponde ao controle do experimento.

a) Polímero X.

b) Polímero Y.

c) Polímero Z.

d) Amido.

03. (UEM) Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Os bivalves são recobertos por uma concha calcárea dupla que, se reagir com ácido sulfúrico concentrado, gerará sais do tipo sulfato alcalino terroso e gás carbônico.

02. Os artrópodes possuem corpo segmentado recoberto com um exoesqueleto de queratina, um biopolímero de polissacarídeos sulfatados.

04. Os aracnídeos possuem cefalotórax dotado de muitos pelos e secretam teias. Os pelos são constituídos de uma proteína sericínica; e as teias, de cerdas quitinosas.

08. As cianobactérias são seres unicelulares de reprodução sexuada responsáveis pela fixação de nitrogênio atmosférico através das raízes das plantas, onde o nitrogênio é oxidado.

16. As bactérias metanogênicas, que são produtoras de metano, são encontradas no tubo digestório de bois e cavalos, sendo o gás metano oxidado pelo suco gástrico desses quadrúpedes e absorvido como fonte de alimento.

Soma das alternativas corretas:

04. (ACAFE) Vitamina D3 influi no controle da pressão arterial

A suplementação com vitamina D3 na dieta reduz a pressão arterial sistólica de ratos hipertensos e atua na expressão de genes relacionados com o controle da pressão arterial, sem induzir danos ao DNA ou estimular a produção de espécies reativas de oxigênio (EROs) prejudiciais ao organismo. O resultado é demonstrado em pesquisa realizada com animais na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP pela bióloga Carla da Silva Machado, pós-graduanda em Genética pela Faculdade de Medicina de Ribeirao Preto (FMRP) da USP. Novos testes serão necessários para comprovar a eficiência da suplementação em seres humanos.

Fonte: Secretaria de Estado da Educação – Estado do Paraná, 10/02/2016.Disponível: http://www.biologia.seed.pr.gov.br

Acerca das informações contidas no texto e dos conhecimentos relacionados ao tema e correto afirmar, exceto:

a) As vitaminas são classificadas em dois grupos de acordo com a sua solubilidade: vitaminas hidrossolúveis, como as vitaminas do complexo B e vitamina C, e as vitaminas lipossolúveis, como as vitaminas D, E, K e A.

b) Normalmente, o sangue bombeado pelo coração para irrigar os órgãos ou movimentar-se exerce uma força contra a parede das artérias. Quando a força que esse sangue precisa fazer está aumentada, isto é, as artérias oferecem resistência para a passagem do sangue, dizemos que há hipertensão arterial, ou popularmente pressão alta.

c) A contração do coração chama-se diástole, e corresponde a fase de ejeção ou esvaziamento. A fase de relaxamento e enchimento de suas câmaras é a sístole. Cada sístole dos átrios corresponde a uma diástole dos ventrículos.

d) A vitamina D, também conhecida como Calciferol, é obtida através da ingestão de alguns alimentos e através da biossíntese, estimulada pelas radiações solares. Como funções dessa vitamina no corpo humano, podemos citar a manutenção das concentrações de fosforo e cálcio no sangue, a regulação do metabolismo dos ossos, além da fixação de cálcio nos ossos e dentes.

05. (UNICENTRO)

Analisando-se o texto destacado, pode-se afirmar que os compostos que serão reduzidos na dieta de Figowitzi:

a) são constituídos de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio.

b) podem penetrar nas células apenas por transporte ativo.

c) são formados por monômeros unidos por ligações peptídicas.

d) representam a fonte primária de energia das células.

06. (UEM) O Homem-Aranha, identidade secreta de Peter Parker, um dos super-heróis de histórias em quadrinhos e do cinema, teve sua origem ao ser picado por uma aranha alterada geneticamente por uma radiação recebida. Esse fato induziu nele uma mutação, conferindo-lhe poderes especiais, como a capacidade de construir sua própria teia, de escalar edifícios e dar grandes saltos. Apesar da fantasia envolvida, essa história nos possibilita pensar sobre aranhas, mutações genéticas e suas consequências. Com base nos conhecimentos sobre esses assuntos, assinale o que for correto.

01. As aranhas são quelicerados com o corpo dividido em cabeça, tórax e abdômen. Apresentam também oito pares de pernas no tórax, quelíceras e pedipalpos, e um par de antenas diminutas. Não possuem asas.

02. A aranha armadeira inocula sua peçonha por meio de ferrões localizados nas quelíceras, causando dor local intensa por todo o membro atingido. Em crianças os acidentes são mais graves.

04. O abdômen segmentado das aranhas é coberto de cerdas quitinosas, e apenas as fêmeas possuem fiandeiras na extremidade posterior, para a confecção das teias.

08. Mutação cromossômica ou aberração cromossômica é uma alteração na frequência das bases nitrogenadas do DNA.

16. O número de cromossomos, assim como o número e a ordenação dos genes em cada cromossomo, são constantes em uma mesma espécie.

Soma das alternativas corretas: (02-16)

07. (UFAM) Analise as seguintes afirmativas:

I. Os neutrófilos representam a maior população de leucócitos do sangue de um indivíduo normal e participam ativamente da defesa celular.

II. Os linfócitos secretam citocinas e participam diretamente da defesa humoral.

III. As células dos túbulos renais, região proximal, são ricas em microvilosidades e mitocôndrias.

IV. A leucopenia, aumento no número de leucócitos circulantes, pode ser uma indicação de parasitose.

V. O folículo primário e a espermatogônia são tipos celulares encontrados, respectivamente, no túbulo seminífero e no ovário.

V. O tecido muscular liso apresenta estriações que correspondem à organização dos feixes de miosina.

Assinale alternativa correta:

a) Somente as afirmações I, II e III estão corretas.

b) Somente as afirmações I, II e V estão corretas.

c) Somente as afirmações II, III, V e VI estão corretas.

d) Somente as afirmações III, IV, V e VI estão corretas.

e) Somente as afirmações I, III, IV e VI estão corretas.

08. (UERN) A metodologia cientifica está presente em todas as áreas do conhecimento, objetivando solucionar problemas do mundo real, assim como novas descobertas, através de resultados metodicamente sistematizados, confiáveis e verificáveis. Acerca dos objetivos e conceitos epigrafados anteriormente, e incorreto afirmar que:

a) A hipótese, quando confirmada por grande número de experimentações, e conhecida como teoria, embora nunca seja considerada uma verdade absoluta.

b) Após realizar a dedução, não são necessárias novas observações ou experimentações, permitindo que se tirem, a partir dessa dedução, uma conclusão sobre o assunto.

c) Um aspecto importante da ciência e que os conhecimentos científicos mudam sempre e, com base nesses conhecimentos, novas teorias são formuladas, substituindo, muitas vezes, outras aceitas anteriormente.

d) Ao formularem uma hipótese, os cientistas buscam reunir varias informações disponíveis sobre o assunto. Uma vez levantada a hipótese, ocorre a dedução, prevendo o que pode acontecer se a hipótese for verdadeira.

09. (URCA) Observe com atenção e correlacione as colunas abaixo:

ESTRUTURA

(a) Autótrofo

(b) Fotossíntese

(c) Heterótrofo

(d) Procarionte

(e) Unicelular

(f) Eucarionte

(g) Pluricelular

(h) Excitabilidade/Irritabilidade

(i) Ciclo Vital

(j) Respiração

FUNÇÃO

( ) possui membrana nuclear

( ) capacidade de reagir a estímulos

( ) possui mais de uma célula

( ) processo de produção de alimentos

( ) se alimentam de outros seres

( ) o material genético não está em um núcleo

( ) etapas do desenvolvimento de um ser vivo

( ) seres que produzem seu alimento

( ) processo de obtenção de energia

( ) possui apenas uma célula

A sequência correta da estrutura com sua respectiva função é:

a) sequência: (f), (h), (g), (b), (c), (d), (i), (a), (j), (e).

b) sequência: (i), (a), (f), (e), (j), (h), (g), (b), (c), (d).

c) sequência: (c), (d), (i), (j), (h), (g), (b), (a), (f), (e).

d) sequência: (j), (h), (g), (b), (c), (d), (e), (i), (f), (a).

e) sequência: (a), (b), (c), (d), (e), (f), (g), (h), (i); (j).

10. (UEM) “Aqui tem boipeva, cruzeira, caninana, cobra verde, cipó, muçurana. Tinha muita, mas diminuiu uns 40% de uns 15 anos para cá… Já ouvi dizer que serpente mama em vaca e até em mulher que tem criança pequena.” (Retirado de “A coral que ninguém viu” em http://www.oeco.org.br/reportagens/1261- oeco_13392/. Acesso em 24/04/2016). O extermínio desenfreado de serpentes, peçonhentas ou não, motivado por crendices populares como a apresentada favoreceu a proliferação de espécies indesejáveis para o homem, como os ratos, que se tornaram abundantes na cidade. Com base no texto e nos conhecimentos de zoologia, ecologia e fisiologia humana, assinale o que for correto.

01. Por preferirem ambientes quentes, as serpentes e os ratos são ectotérmicos, pois em temperaturas ambientais baixas apresentam temperaturas corporais também baixas.

02. A excreção de ácido úrico, substância de baixa toxicidade e pouco solúvel, é uma adaptação para que as serpentes possam habitar ambientes terrestres.

04. A proliferação de ratos foi decorrente do extermínio desenfreado das serpentes, seus predadores.

08. A peçonha das serpentes contém neurotoxinas que atacam o sistema nervoso periférico autônomo de humanos, podendo causar paradas respiratórias e cardíacas.

16. À medida que a população de ratos na cidade cresce, a resistência do meio tende a diminuir.

Soma das alternativas corretas:

11. (UECE) Analise as afirmações abaixo e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.

( ) Porque são os únicos seres vivos capazes de realizar fotossíntese, os vegetais não precisam respirar.

( ) Todos os animais são organismos eucariontes, multicelulares e heterotróficos, capazes de se locomover.

( ) Fungos podem ser saprófagos, parasitas ou mutualistas, mas sempre realizam digestão extra corpórea.

( ) Os protozoários, unicelulares e eucariontes, fazem parte do Domínio Eukarya.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) F, F, V, V.

b) F, V, V, F.

c) V, V, F, F.

d) V, F, F, V.

12. (UNICAP)

I   II

0  0 – Um parasita é monogenético, quando seu ciclo evolutivo é inteiramente realizado em um só hospedeiro.

1  1 – No homem, no que diz respeito à pequena circulação, o sangue venoso sai do ventrículo direito, vai aos pulmões e volta arterializado pelas artérias pulmonares para o átrio esquerdo, daí para o ventrículo esquerdo.

2  2 – O estômago produz duas substâncias, a enterogastrona e a colecistoquinina, que inibem a ação do duodeno e vesícula biliar, respectivamente.

3  3 – Numa teia alimentar constituída por insetos, sapos, cobras e gaviões, a destruição da população de cobras provocaria aumento da população de sapos e diminuição da população de insetos e gaviões.

4  4  – A imunização ativa é aquela que se desenvolve após o contato prévio do organismo com o antígeno específico.

13. (UNIOESTE) Sobre a morfofisiologia animal e vegetal, é correto afirmar que:

01. No homem, o fígado é responsável pela produção de insulina, de adrenalina e de suco gástrico, e não atua sobre digestão de gordura.

02. Em muitos vertebrados, como peixes cartilaginosos, anfíbios, répteis e alguns mamíferos, os aparelhos digestivo, urinário e reprodutor terminam numa bolsa denominada cloaca.

04. Nos mamíferos, a utilização da hemoglobina pelo sistema respiratório não está relacionada com o sistema circulatório.

08. O processo que permite às células retirarem energia acumulada nos compostos orgânicos é a respiração celular, o qual envolve a mitocôndria.

16. As ilhotas de Langerhans no pâncreas produzem insulina, que facilita a entrada de glicídios nas células e o córtex das suprarrenais produz corticoides relacionados com o metabolismo de glicídios.

32. Nas angiospermas, a epiderme apresenta cutina, as raízes apresentam pelos e as folhas apresentam estômatos – estas estruturas relacionam-se com evaporação, absorção e passagem de gases, respectivamente.

64. O oxigênio liberado na atmosfera pela fotossíntese é proveniente da quebra das moléculas de CO2, e o oxigênio da quebra de moléculas de H2O é usado na produção de glicose.

Soma das alternativas corretas:

14. (PUC-GO) Use o texto abaixo para responder esta questão.

Não desejei a morte de minha filha. Ou desejei? Aí é que reside a dúvida, é onde habita o nó que nada nem ninguém no mundo tem o poder de desatar. O inconsciente, desculpe-me a vulgaridade do termo, minha filha, é uma merda. Sendo autônomo, o inconsciente age por si, sem pedir licença nem se revelar. Desejei ou não a morte de minha filha, hein? Você pode responder a essa pergunta? Alguém pode? Eu não posso. Busquei na fonte a resposta e ela não veio. Como minha filha havia feito, busquei nas águas do Cristal a cura imediata para uma dor que parecia infinda. A ferida tinha sido cavada pelas águas, então elas que tratassem de cicatrizá-la. O rio recusou meu corpo, mas não a dor. Nem o aconselhamento. Pediu tempo, apenas. Permaneci plantada no barranco, juntando ao seu caudal minhas lágrimas secas. Disseram que eu tinha enlouquecido, talvez tivesse mesmo. Em diálogo profundo, as águas me fizeram compreender verdades para as quais eu nunca havia me atinado. Todo rio tem seu leito, suas margens, seu limite, toda vez que ele avança além de seu leito original provoca estragos, descalabros. O rio de nossa vida não é diferente. Ele também está sujeito a limitações intransponíveis. Existe você e você; seu campo de visão, a capacidade de administrar o próprio caudal. Tem a hora de abrir e a hora de fechar as comportas. Felicidade ou dor, a escolha é sua, depende do grau de intensidade que você der a cada coisa. Hoje posso dizer que me conheço um pouquinho, mesmo assim, perguntas continuam sem resposta.

(BARROS, Adelice da Silveira. Mesa dos inocentes. Goiânia: Kelps, 2010. p. 23.)

Considere o fragmento do Texto acima “Permaneci plantada no barranco, juntando ao seu caudal minhas lágrimas secas”. A lágrima, líquido produzido por glândulas lacrimais, desempenha funções importantes nos órgãos da visão, os olhos. Sobre a lágrima, analise as proposições a seguir.

I. Apresenta funções de lubrificação e limpeza dos olhos, protegendo-os de lesões decorrentes de substâncias estranhas.

II. Possui enzima de combate a microrganismos patogênicos, como, por exemplo, as bactérias.

III. Apresenta em sua composição água, sais minerais, proteínas e gordura.

De acordo com os itens analisados, marque a alternativa que contém todas as proposições corretas:

a) I e II.

b) I, II e III.

c) I e III.

d) II e III.

15. (IFMT) Mosquitos Aedes aegypti contaminados com a bactéria Wolbachia são drasticamente menos capazes de transmitir o vírus da zika, aponta pesquisa da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), publicada nesta quarta-feira (4), na revista “Cell Host & Microbe”. É o primeiro estudo que relaciona os efeitos da bactéria com o vírus da zika.

(Diponível em <http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2016/05/bacteria-diminui-capacidade-de-aedes-transmitir-o-virus-da-zika.html&gt;.Acessado em abr. 2016).

Baseando-se no texto, e em seus conhecimentos, é possível afirmar que:

a) A quantidade de vírus diminui, visto que as bactérias se reproduzem no interior deles.

b) O vírus e a bactérias são parasitas intracelulares das hemácias dos mosquitos.

c) A bactéria interrompeu o metabolismo do vírus, inibindo a produção das proteínas virais pela célula hospedeira.

d) A bactéria Wolbachia, por meio de uma relação desarmônica com o vírus, competição, obteve vantagem.

e) A transmissão do vírus ocorre pela picada do mosquito macho, pois a fêmea nutre-se de seiva vegetal.

16. (UEM) Marque a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A hemoglobina é uma proteína que contém um átomo de ferro que não reage com o monóxido de carbono.

02. A actina e a miosina são proteínas cujas unidades básicas são os aminoácidos.

04. As proteínas são resultantes das ligações peptídicas entre o grupo amino e o grupo ácido carboxílico de dois aminoácidos, e cada ligação peptídica elimina uma molécula de água.

08. A fenilcetonúria se deve à falta da proteína fenilalanina, que transforma a tirosina em alanina.

16. A albumina encontrada na clara do ovo é uma proteína complexa e sofre desnaturação por aquecimento.

Soma das alternativas corretas:

17. (UEMA) Apenas 10 mil indivíduos dentre toda a população humana do planeta desfrutam do privilégio de acrescentar a palavra “olímpico” ao próprio currículo. Ao longo do tempo, os técnicos acreditavam que existia um perfil físico padrão para todos os esportes. A partir de 1940, cientistas e treinadores se deram conta de que cada modalidade pedia um tipo físico específico, capaz de executar uma atividade com perfeição. Atualmente, os corpos dos atletas olímpicos são tão específicos que produzem situações curiosas. O maior atleta olímpico da história, Michael Phelps, mede 1,93 m, tem pernas curtas e um tronco gigante, um perfil ideal para um nadador. Os atletas olímpicos são, acima de tudo, especialistas em seus esportes, escolhidos e moldados para fazer o que fazem.

www. click.uol.com.br.

Os biótipos selecionados para cada esporte necessariamente levam em consideração o fato de o atleta possuir um conjunto de características:

a) herdadas, fenotipicamente, e desenvolvidas com dieta rígida e equilibrada, proporcionada por alimentação adequada.

b) adquiridas, fenotipicamente, com disciplina rigorosa e com esforço físico contínuo.

c) adquiridas com alimentação adequada e com atividade física regular e pesada.

d) adquiridas e herdadas pelo uso de substâncias que promovem o desenvolvimento muscular e respiratório.

e) herdadas, geneticamente, e desenvolvidas com exercícios físicos, especialmente para aquela função.

18. (PUC-CAMPINAS) Fungos e algas verdes apresentam características em comum com as angiospermas, dentre elas:

a) A presença de parede celular.

b) As organelas fotossintetizantes.

c) A presença de câmbio secundário.

d) Fase gametofítica predominante.

e) O uso de amido como reserva energética.

19. (UNICENTRO) A biologia é o estudo das mais diversas formas de vida, que, independentemente do tipo, tamanho, cor, forma e espécie, é dotada de características específicas, como a organização celular, capacidade reativa, potencial reprodutivo, composição bioquímica, além da capacidade de transformação, que proporcionará sua adaptação, caracterizando a evolução. Essas são algumas das características presentes nos seres vivos. A partir da análise das características, marque V ou F, conforme sejam verdadeiras ou falsas as afirmativas.

( ) A célula é imprescindível à existência da vida.

( ) A capacidade reprodutiva é prescindível a um determinado organismo.

( ) Lactobacilos, HIV e Trypanossoma cruzi são dotados de metabolismo.

( ) Uma determinada espécie se adapta para evoluir.

A alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo, é a

a) V V F F.

b) V F F V.

c) F F F F.

d) V V V F.

20. (UEPG) Com relação à formação dos combustíveis fósseis e o seu uso atual pela espécie humana, assinale o que for correto.

01. O carvão mineral, o gás natural e o petróleo são exemplos de combustíveis fósseis.

02. A utilização de combustíveis fósseis pela espécie humana tem restituído à atmosfera, na forma de CO2, átomos de carbono que ficaram fora de circulação durante milhões de anos.

04. No passado, restos de organismos ficaram a salvo da decomposição, geralmente por terem sido rapidamente encobertos no fundo do mar por restos de sedimentos que se transformaram em rochas. Estes resíduos orgânicos tiveram suas moléculas preservadas e mantiveram sua energia potencial química. Estas substâncias orgânicas sofreram lentas transformações e originaram os combustíveis fósseis.

08. Os combustíveis fósseis tiveram sua formação pela ação rápida de decompositores sobre restos de organismos e cadáveres, os quais transformaram moléculas orgânicas em CO2.

Soma das alternativas corretas:

Publicado por: Djalma Santos | 31 de março de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (2)

01. (UFES) Com relação ao transporte de seivas nas plantas vasculares, pode-se afirmar que:

I. O floema é constituído por elementos de vasos e traqueídeos.

II. A seiva elaborada é constituída, principalmente, de água e sais minerais.

III. A seiva bruta é transportada das raízes às folhas por meio dos vasos lenhosos.

IV. Os vasos liberianos, em geral, ocupam a posição mais externa do caule, transportando produtos da fotossíntese.

Está(ão) correta(s):

a) I e II.

b) III e IV.

c) apenas III.

d) apenas IV.

e) I, II, III e IV.

02. (Unespar) “Na terra da soja, falta feijão. E os motivos são óbvios. Um hectare semeado com feijão rende 997 quilos. No mesmo espaço, colhem-se 3.000 quilos de soja. A consequência é a alta de preço: o quilo do feijão chegou a R$ 14, a R$ 18, dependendo do tipo e da qualidade, em 23 de Junho de 2016. Em 12 meses, a alta (IPCA 15) do feijão carioca, o mais consumido do país, com 70% da demanda, é de 58,6%.”

Disponível em: http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/graos/175287-na-folha-preco-do-feijao-dispara-e medidas-dogoverno-devem ter-poucoefeito.html?utm_source=parceiros&utm

medium=rss#.V4pVtfk97IU.Acesso em: 16/07/2016.

Com relação à soja e ao feijão, é incorreto afirmar:

a) ao ingerir estes alimentos, estamos aumentando a quantidade de colesterol em nosso corpo.

b) pertencem á família das leguminosas.

c) a associação entre estas plantas e bactérias do gênero Rhizobium é um exemplo de mutualismo.

d) o feijoeiro e a soja apresentam o sistema radicular pivotante.

e) os frutos são classificados como simples, secos e deiscentes.

03. (UNICENTRO) Observe a seguinte afirmação:

O tactismo dos anterozoides é substituído pelo tropismo do tubo polínico”.

O vegetal que pertence ao grupo em que esse fenômeno de substituição se processou, pela primeira vez, é:

a) o musgo.

b) a samambaia.

c) o feijão.

d) a avenca.

e) o pinheiro.

04. (UEM) Uma das características das florestas de araucárias, presentes no Sul do Brasil, é a predominância do pinheiro do Paraná. Nessas florestas desenvolvem-se, ainda, samambaias, gramíneas, erva-mate, cedro e imbuia. Sobre estes grupos de vegetais, assinale o que for correto.

01. Todas as plantas citadas no enunciado desta questão apresentam tecido vascular; por isso, também podem ser consideradas traqueófitas.

02. O esporófito das samambaias, pertencentes ao grupo das pteridófitas, apresenta os soros, estruturas que abrigam os esporângios, onde as células sofrem meiose originando os esporos.

04. O pinheiro do Paraná pertence ao grupo das gimnospermas. Apresenta flores e frutos contendo sementes que são disseminadas pelo vento.

08. A flor completa das angiospermas apresenta os quatro verticilos florais, ou seja, é constituída por sépalas, pétalas, estames e pistilos.

16. As gramíneas pertencem ao grupo das angiospermas monocotiledôneas, apresentam raízes fasciculadas e folhas com nervuras paralelas.

Soma das alternativas corretas:

05. (UDESC) A característica comum às plantas samambaia, avenca, pinheiro e feijão é:

a) são plantas com sementes.

b) são plantas vasculares.

c) produzem flores e frutos.

d) produzem pólen.

e) possuem ovário.

06. (UPF) As plantas são capazes de reagir a estímulos ambientais, produzindo movimentos. Entre os tipos de movimento, destacam-se os tropismos e os nastismos ou nastias. Considere as afirmativas abaixo sobre esses tipos de movimento vegetal, assinalando com V as verdadeiras e com F as falsas.

06

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) V –V –F –F –V.

b) V –V –F –V–F.

c) F –F –V –F–V.

d) V –V –F –F–F.

e) F –F –V –V –F.

07. (PUC-PR) Leia o texto a seguir:

Banco genético irá mapear sementes de erva-mate de qualidade no PR

Ideia é cadastrar variedades que produzem boa quantidade de sementes. Informações ficarão disponíveis em computador. Uma novidade irá ajudar no cultivo da erva-mate no Paraná. Um banco de dados genéticos vai mapear as plantas com melhor produção de sementes. Tudo para garantir um futuro mais produtivo para a cultura. Há 40 anos, o agricultor Antônio da Cruz trabalha com agricultura familiar. Ele tem uma pequena propriedade na área rural de São Mateus do Sul, onde planta um pouco de cada cultura. A esposa e a filha do produtor ajudam na lavoura. O cultivo da erva-mate garante a diversificação da renda. “A gente tem um pouco de feijão, um pouco de milho e um pouco de fumo, que têm um gasto. O gasto da erva-mate é a limpeza e a tarefa de fazer. O que vem daí, pode se dizer que é um pouco de lucro”, avalia Cruz.(…) O secretário de Agricultura de São Mateus do Sul, José Licheski, diz que as espécies mais produtivas serão catalogadas. As informações estarão disponíveis em um programa de computador, o que irá facilitar a comercialização das boas sementes. “As melhores erveiras produzem menos sementes. Então, achar uma erva-mate que produza bastantes e sejam boas é uma raridade. O banco vai ajudar a identificar as erveiras de boa qualidade e que são as nossas que produzem também bebida de boa qualidade”, diz. O Paraná é o estado que tem a maior área extrativa de erva-mate do país.

Adaptado de: . Acesso em: 15/10/2014.

O texto acima comenta a respeito de melhorias na comercialização e produção da erva-mate. Considerando esse vegetal e os demais listados no trecho destacado, é correto afirmar que a produção citada no texto possui:

a) uma monocotiledônea e três dicotiledôneas.

b) três angiospermas e uma gimnosperma.

c) duas angiospermas e duas gimnospermas

d) duas monocotiledôneas e duas dicotiledôneas.

e) uma pteridófita, uma gimnosperma e duas angiospermas.

08. (ACAFE) A maior diversidade de plantas do mundo

Depois de sete anos de trabalho, um grupo de 575 botânicos do Brasil e de outros 14 países concluiu a versão mais recente de um amplo levantamento sobre a diversidade de plantas, algas e fungos do Brasil, agora calculada em 46.097 espécies. Quase metade, 43%, e exclusiva (endêmica) do território nacional. O total coloca o Brasil como o pais com a maior riqueza de plantas no mundo.

Fonte: Revista Fapesp – ED. 241 | Marco 2016.Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/

Em relação ao processo reprodutivo das plantas, correlacione as colunas a seguir.

( 1 ) Dicogamia.

( 2 ) Apomixia.

( 3 ) Cleistogamia.

( 4 ) Reprodução gâmica.

( 5 ) Propagação vegetativa.

( ) Mecanismo que favorece a autofecundação, já que a polinização ocorre antes da abertura do botão floral ou antese.

( ) Amadurecimento da parte feminina (gineceu) da flor e da parte masculina (androceu) em momentos diferentes, favorecendo a alogamia.

( ) Reprodução biológica sem fecundação, meiose ou produção de gametas, com o resultado das sementes serem geneticamente idênticas às da planta mãe.

( ) Multiplicação assexuadamente de partes de plantas (células, tecidos, órgãos ou propágulos), originando novos indivíduos.

( ) Fusão de gametas maternos e paternos oriundos da mesma planta ou de diferentes plantas.

A sequência correta, de cima para baixo, e:

a) 2 – 1 – 3 – 4 – 5.

b) 5 – 4 – 1 – 3 – 2.

c) 4 – 3 – 5 – 2 – 1.

d) 3 – 1 – 2 – 5 – 4.

09. (Mackenzie) Briófitas e Pteridófitas são denominadas plantas criptogâmicas, o que significa que são plantas que não têm flores. A respeito desses dois grupos de vegetais, são feitas as seguintes afirmações.

I. Nas Pteridófitas, a meiose é espórica, enquanto que nas Briófitas ela é gamética.

II. Nas Briófitas, o gametófito é mais desenvolvido do que o esporófito e nas Pteridófitas é o inverso.

III. Nas Pteridófitas, há tecidos condutores especializados, enquanto que nas Briófitas eles não existem.

IV. Nas Pteridófitas, o esporófito é sempre diploide, enquanto que nas Briófitas ele é sempre haploide.

Estão corretas, apenas,

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) I e IV.

e) II e IV.

10. (UFLA) As flores são estruturas que têm função na reprodução sexuada das angiospermas. Uma flor é formada por diferentes verticilos florais: cálice, corola, androceu e gineceu. Associe o verticilo floral com a sua estrutura.

VERTICILO FLORAL

1. Cálice.

2. Corola.

3. Androceu.

4. Gineceu.

ESTRUTURA

(  ) Formado por estames.

(  ) Formado por sépalas.

(  ) Formado por pétalas.

(  ) Formado por um ou mais carpelos.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

a) 3 – 2 – 1- 4.

b) 4 – 1 – 2 – 3.

c) 4 – 2 – 1 – 3.

d) 3 – 1 – 2 – 4.

11. (UNESP) O fluxo de seiva bruta nas plantas está diretamente associado à abertura e ao fechamento dos estômatos. O aumento do fluxo de seiva bruta ao longo do caule é favorecido por:

a) estômatos abertos e baixa intensidade luminosa.

b) estômatos abertos e baixa quantidade de água no solo.

c) estômatos fechados e alta concentração de glicose na folha.

d) estômatos abertos e baixa concentração de CO2 na folha.

e) estômatos fechados e alta concentração de O2 na folha.

12. (Unimontes) As plantas conquistaram quase todos os ambientes da superfície da Terra que oferecem às plantas vantagens, como maior facilidade na captação da luz e facilidade da troca de gases. As plantas apresentam adaptações (estruturas que permitem a absorção de água presente no solo) e outras estruturas que impedem a perda excessiva de água. Modificações de ordem bioquímica, fisiológica e reprodutiva também foram muito importantes. Porém, alguns grupos de plantas continuaram sobrevivendo em ambiente aquático. Todas as alternativas abaixo constituem evidências que indicam que as plantas se originaram de alguns grupos de algas verdes, exceto:

a) Reserva de carboidrato (amido), depositado nos cloroplastos.

b) Clorofila b e carotenoides, como pigmentos acessórios.

c) Celulose, como principal componente da membrana nuclear.

d) Clorofila a, como principal pigmento fotossintetizante.

13. (UNICAMP) Pesquisadores analisaram o número de polinizadores, a biodiversidade e o rendimento de cultivos dependentes de polinizadores (maçã, pepino, caju, café, feijão, algodão e canola, entre outros) em propriedades da África, Ásia e América do Sul. Nos países analisados, o rendimento agrícola cresceu de acordo com a densidade de polinizadores, indicando que a redução na população de abelhas e outros insetos poderia ser parcialmente responsável pela queda de produtividade.

(Adaptado de http://revistapesquisa.fapesp.br/2016/01/21 /insetoselevam-produtividade-agricola/)

Os resultados obtidos com a pesquisa relatada acima sugerem que:

a) a presença de insetos nas lavouras pode ser uma das causas da queda de produtividade e biodiversidade.

b) práticas agrícolas convencionais, com uso de pesticidas, favorecem os polinizadores e aumentam a produtividade.

c) a adoção de medidas que ofereçam condições de vida mais favoráveis a polinizadores pode resultar em aumento de produtividade do feijão.

d) a biodiversidade observada na África, Ásia e América do Sul demanda uso intenso de defensivos agrícolas.

14. (UEPG) A alternância de gerações haploide e diploide é uma característica comum a todas as plantas. Em relação à diversidade e reprodução das plantas, assinale o que for correto.

14

01. Em 3, pode-se identificar o gametófito multicelular haploide. Os gametófitos formam os gametas que se unem pela fecundação, originando os zigotos diploides.

02. Por sucessivas mitoses (fase identificada em 1), o zigoto diploide origina o esporófito.

04. Em 2, representando a mitose, ocorrem divisões sucessivas do esporófito para formação dos esporos.

08. As araucárias, muito presentes na região Sul, podem se reproduzir sexuadamente por brotamento (várias mitoses) ou por estruturas denominadas esporângios, originadas por meiose.

Soma das alternativas corretas:

15. (UEMG) O procedimento cotidiano adequado para se retardar o amadurecimento de um mamão é:

a) embalar o fruto em jornal.

b) gerar cicatrizes em sua superfície.

c) fornecer calor de forma moderada.

d) manter o mamão em local ventilado.

16. (UEM) O ser humano não é capaz de digerir a celulose que, associada a outros polissacarídeos, forma as fibras vegetais. As fibras absorvem água e estimulam as contrações musculares do intestino. Por isso, é importante comer alimentos ricos em fibras: verduras (couve e brócolis), frutos (goiaba, maçã, pera, laranja com bagaço) e legumes (abóbora, cenoura etc.). Na linguagem popular, quase todas as partes das plantas usadas como alimentos são denominadas legumes e verduras. Nesse contexto, assinale a alternativa incorreta.

a) Os frutos citados no texto apresentam pericarpo suculento; por isso, são denominados frutos carnosos.

b) Nos exemplos de verduras, são consumidos órgãos diferentes: da couve, utilizam-se as folhas; dos brócolis, as folhas, os talos e os botões florais.

c) Os legumes constituem um tipo de fruto; portanto, do ponto de vista da Botânica, os exemplos de legumes citados estão corretos.

d) A celulose está presente na parede das células dos órgãos vegetais citados.

e) Nas folhas de couve, as fibras estão associadas aos tecidos condutores.

17. (PUC-RIO) Buscando informações sobre plantas vasculares, um estudante consultou o índice a seguir:

Capítulo 1. Relações Filogenéticas das Briófitas.

Capítulo 2. Relações Filogenéticas das Samambaias.

Capítulo 3. Relações Filogenéticas das Gimnospermas.

Capítulo 4. Relações Filogenéticas das Angiospermas.

Em quais capítulos do livro, o estudante encontrará as informações que procura?

a) Nos capítulos 1, 2 e 3.

b) Nos capítulos 1, 3 e 4.

c) Nos Capítulos 1, 2 e 4.

d) Nos capítulos 2, 3 e 4.

e) Em todos os capítulos.

18. (FUVEST) As moléculas de glicídios produzidas a partir da fotossíntese são utilizadas no local da produção ou transportadas, pelo floema, para utilização em outras partes da planta; são, ainda, convertidas em substância de reserva, que é armazenada. Aponte a alternativa que, corretamente, descreve o processo de transporte e o local de armazenamento dessas substâncias na planta.

18

19. (Anhembi Morumbi) As fotografias retratam dois exemplares de plantas denominadas cicas.

19

Considerando o grupo botânico em que estão inseridas as cicas, a reprodução sexuada desses vegetais ocorre a partir do encontro entre a estrutura sexual masculina e a estrutura sexual feminina, denominada:

a) tubo polínico e semente.

b) grão de pólen e óvulo.

c) micrósporo e megásporo.

d) anterozoide e oosfera.

e) androceu e gineceu.

20. (UEM) Identifique o que for correto sobre os diversos grupos de organismos.

01. Os organismos conhecidos como algas são exclusivamente aquáticos e microscópicos.

02. O pinhão, fruto da gimnosperma pinheiro-do-Paraná, é o estróbilo feminino desenvolvido dessa planta.

04. Em uma angiosperma, como o milho, o zigoto é (2n) e o endosperma (3n).

08. Liquens são associações harmoniosas em que os fungos apresentam nutrição autotrófica.

16. Nas pteridófitas conhecidas como samambaias, as sementes são pequenas, formadas na face inferior das folhas e dispersas pelo vento.

Soma das alternativas corretas:

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 16 de março de 2017

TESTES SOBRE CITOPLASMA (2)

01. (UFSC) “Uma descoberta fundamental para a ciência biomédica completou 100 anos. Em abril de 1898, o médico citologista italiano Camilo Golgi revelou a existência dentro das células nervosas, de uma estrutura até então desconhecida”.

(Ciência Hoje, vol.25, 145, 1998, p.74)

Esta estrutura foi denominada, quase meio século depois, Complexo de Golgi, em homenagem ao seu descobridor. Com relação a esta estrutura é correto afirmar que:

01. Geralmente está localizada perto do retículo endoplasmático.

02. Não foi observada, ainda, em nenhum outro tipo de célula, além das células nervosas citadas no texto.

04. Sua função é concentrar, modificar e eliminar secreções.

08. É formada por vários conjuntos interligados de sáculos achatados.

16. É um local onde ocorre alta síntese de lipídios.

32. Nela, as duas subunidades do ribossomo se acoplam.

Soma das alternativas corretas:

02. Em cada um dos gráficos A e B, há três curvas, porém apenas uma delas, em cada gráfico, representa corretamente o fenômeno estudado.

02

No gráfico A, o fenômeno estudado é a atividade dos lisossomos na regressão da cauda de girinos na metamorfose. No gráfico B, o fenômeno estudado é a atividade dos peroxissomos na conversão dos lipídios em açúcares que serão consumidos durante a germinação das sementes. A curva que representa corretamente o fenômeno descrito pelo gráfico A e a curva que representa corretamente o fenômeno descrito pelo gráfico B são, respectivamente,

a) 1 e 1.

b) 3 e 3.

c) 3 e 1.

d) 1 e 2.

e) 2 e 2.

03. (UEPA) A unidade funcional e estrutural do ser vivo é a célula. Ela é caracterizada pela presença de um invólucro celular, organização estrutural complexa, e também por possuir um conjunto de ORGANELAS celulares. Sobre a palavra em destaque no enunciado acima, é correto afirmar que:

a) Os microtúbulos formam o esqueleto externo das células.

b) Nas células, a digestão de nutrientes ocorre nos lisossomos.

c) O complexo de Golgi sintetiza lipídios da parede celular.

d) Os ribossomos representam os locais onde ocorre a síntese de lipídios.

e) Na célula animal os plastos auxiliam a síntese de proteínas.

04. (IFPE) Consideramos a célula como a estrutura mais simples, capaz de desempenhar todas as atividades típicas de um organismo vivo. É considerada, portanto, a unidade funcional de um ser vivo. Essa estrutura possui uma série de organoides ou orgânulos, cada um desempenhando uma função específica. Encontram-se, na Coluna I, os nomes de alguns desses orgânulos e, na Coluna II, funções por eles realizadas. Relacione corretamente os orgânulos da Coluna I com suas respectivas funções na Coluna II.

COLUNA I

1. Mitocôndria

2. Golgiossomo

3. Retículo endoplasmático rugoso

4. Retículo endoplasmático liso

5. Lisossomos

COLUNA II

(  ) Respiração celular

(  ) Digestão intracelular

(  ) Síntese e transporte de lipídios

(  ) Síntese e transporte de proteínas

(  ) Secreção celular

A leitura correta na Coluna II, de cima para baixo, é:

a) 1, 4, 5, 3 e 2.

b) 2, 4, 3, 5 e 1.

c) 1, 5, 4, 3 e 2.

d) 1, 2, 3, 4 e 5.

e) 2, 1, 3, 4 e 5.

05. (MACK)

05

Assinale a alternativa correta a respeito da organela representada acima.

a) É exclusiva de células animais.

b) É responsável pelos processos que sintetizam carboidratos.

c) Todas as células apresentam a mesma quantidade dessa organela.

d) Apresenta duas membranas e ribossomos próprios.

e) Seu funcionamento independe da presença de oxigênio.

06. (UPE) “Em 30 de maio de 2008, morreu Lorenzo Odone aos 30 anos, vítima de doença que motivou um esforço sobre-humano por parte de seus pais para salvá-lo e inspirou o filme indicado ao Oscar “O Óleo de Lorenzo.”

                                                        Adaptado Jornal “Washington Post”. 2008.

Lorenzo padecia de adrenoleucodistrofia (ALD), uma doença que causa mutações genéticas, que destroem o sistema neurológico. A enfermidade deriva normalmente de uma falha cerebral e causamorte, embora Lorenzo viveu vinte anos a mais do que previram os médicos. A ADL se caracteriza pelo acúmulo de ácidos graxos saturados de cadeia longa na maioria das células do organismo afetado, mas principalmente nas células do cérebro, levando à destruição da bainha de mielina. A ADL é associada a defeitos em uma proteína de membrana transportadora de ácidos graxos para o interior de uma determinada organela, onde sofreriam a beta-oxidação.

Dentre as organelas abaixo, qual está envolvida nesse mecanismo?

a) Complexo de Golgi.

b) Lisossomos.

c) Peroxissomos.

d) Retículo endoplasmático agranular.

e) Retículo endoplasmático granular.

07. (UFPA) Compõem-se essencialmente por polímeros de proteínas em estrutura terciária ou quaternária, desempenha funções de transporte, na maioria das vezes, através do consumo de fosfato na forma de ATP ou GTP. Estas características estão relacionadas a um componente celular denominado:

a) Retículo Endoplasmático.

b) Mitocôndria.

c) Complexo de Golgi.

d) Citoesqueleto.

e)  Ribossomos

08. (UEPB) A figura abaixo esquematizada representa uma organela citoplasmática. Identifique a que a estrutura pertence:

08

a) Cloroplasto

b) Complexo golgiense.

c) Mitocôndrias.

d) Retículo endoplasmático granuloso.

e) Ribossomos

09. Em certas células encontramos o retículo endoplasmático liso muito bem desenvolvido. Levando isso em consideração, podemos concluir que essas células produzem:

a) Proteínas.

b) Lipídios.

c) Aminoácidos.

d) Polissacarídeos.

10. (UECE) Certas organelas produzem moléculas de ATP e outras utilizam o ATP produzido, pelas primeiras, para a síntese orgânica a partir do dióxido de carbono. Estamos falando, respectivamente, de:

a) Lisossomos e cloroplastos.

b) Mitocôndrias e complexo de Golgi.

c) Mitocôndrias e cloroplastos.

d) Lisossomos e mitocôndrias.

11. (FCM-PB) Na região citoplasmática das células eucarióticas são observadas estruturas que fazem interações fisiológicas, executando diversas funções vitais para a célula. Baseado nas informações citadas e em seus conhecimentos pode-se afirmar que:

a) O aparelho Golgiense é responsável pela síntese de lipídios.

b) Os lisossomos participam da respiração celular.

c) Os ribossomos livres participam da síntese de proteínas de exportação.d) As mitocôndrias participam da forma e dos movimentos citoplasmáticos.

e) O retículo endoplasmático liso participa da síntese de lipídios.

12. (FMJ) Quando uma ameba engloba uma partícula grande ou sólida, forma-se um:

a) Pinossomo, que se funde com um lisossomo, proveniente do retículo endoplasmático agranular, e a digestão do alimento é realizada pelas hidrolases.

b) Fagossomo, que se funde com um peroxissomo, proveniente do retículo endoplasmático agranular, e a digestão do alimento é realizada pelas catalases.

c) Fagossomo, que se funde com um glioxissomo, proveniente do retículo endoplasmático granular, e a digestão do alimento é realizada pelas proteases.

d) Fagossomo, que se funde com um lisossomo, proveniente do complexo golgiense, e a digestão do alimento é realizada por várias enzimas digestivas.

e) Pinossomo, que se funde com um peroxissomo, proveniente do complexo golgiense, e a digestão do alimento é realizada pelas fosfatases.

13. (UPE) Cloroplasto é uma organela presente nas células das plantas. Tem pigmento de cor verde, denominado clorofila, capaz de absorver a energia eletromagnética de a luz solar e de convertê-la em energia química pelo processo da fotossíntese. É uma organela bastante peculiar e distinta das demais presentes na célula tanto pela cor quanto pela sua estrutura, geralmente laminar, possuindo RNA, DNA e ribossomos, podendo, assim, sintetizar proteínas e multiplicar-se.

13

(Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cloroplasto)

Na figura acima, estão as estruturas que compõem os cloroplastos. Identifique suas partes, assinalando a alternativa que contém a sequência correta.

a) A ‐ Cloromembrana; B ‐ Membrana Interna; C ‐ Cristas; D ‐ Espaço Intramembranar; E ‐ Tilacoide; F ‐

b) A ‐ Membrana Externa; B ‐ Membrana Interna; C ‐ Lamela; D ‐ Estroma; E ‐ Granum; F ‐

c) A ‐ Exomembrana; B ‐ Folículo; C ‐ Canuloide; D ‐ Espaço interno; E ‐ Espaço Celular; F ‐ Lúmen.

d) A ‐ Tecido; B ‐ Folículo; C ‐ Canal Intracelular; D ‐ Lúmen; E ‐ Granum; F ‐

e) A ‐ Tecido Externo; B ‐ Tecido Interno; C ‐ Cristas; D ‐ Plasto; E ‐ Lamela; F ‐ Grânulos.

14. As células que formam os órgãos e tecidos do corpo humano podem ser altamente especializadas, sendo assim, o citoplasma dessas células pode apresentar uma determinada organela em maior quantidade, dependendo da função que elas exercem. Considere estes dois tipos de células:

I. Célula caliciforme, encontrada em epitélio mucoso.

II. Hepatócito

As organelas que predominarão nessas células são:

a) Lisossomos e complexo golgiense

b) Retículo endoplasmático granuloso e peroxissomos

c) Peroxissomos e lisossomos

d) Complexo golgiense e retículo endoplasmático não granuloso.

e) Retículo endoplasmático não granuloso e retículo endoplasmático granuloso

15.

15

O desenho acima representa uma célula em processo de digestão intracelular. Assinale a alternativa em que se associam corretamente as organelas com sua representação esquemática.

a) 1 – Complexo golgiense; 2 – lisossomo primário, 3 – lisossomo secundário, 4 – corpúsculo residual.

b) 1 – Retículo endoplasmático granuloso (rugoso), 2 – fagossomo, 3 – lisossomo, 4 – grânulo de secreção.

c) 1 – Retículo endoplasmático não granuloso (liso), 2 – lisossomo secundário, 3 – lisossomo primário, 4 – grânulo de secreção.

d) 1 – Complexo golgiense, 2 – grânulo de secreção, 3 – vesícula autofágica, 4 – lisossomo secundário.

e) 1 – Retículo endoplasmático granuloso (rugoso), 2 – grânulo de zimogênio, 3 – pinossomo, 4 – grânulo de excreção.

16. (UEM) O álcool, quando ingerido em excesso ou com frequência, induz à proliferação do retículo endoplasmático não granuloso ou liso e de suas enzimas. Isso aumenta a tolerância do organismo à droga, o que significa que doses mais altas são necessárias para que elas possam fazer efeito. Sobre esse retículo, assinale a alternativa correta.

a) Sua principal função é a síntese de enzimas lisossômicas.

b) Não é desenvolvido nas células musculares.

c) Não é observado nas células do fígado.

d) Atua na degradação do álcool ingerido em bebidas alcoólicas.

e) Os ribossomos estão aderidos às suas membranas.

17. Uma proteína de exportação foi sintetizada, por uma célula, na organela 1. A seguir, atingiu a estrutura 2 que a transportou até 3, onde foi concentrada, embalada e eliminada como um grânulo de secreção. Assinale a alternativa que, corretamente, indica as estruturas 1, 2 e 3.

17

18. (IFTM) O número excessivo de veículos torna-se um problema preocupante devido à grande emissão de poluentes resultantes da utilização de combustíveis fósseis. Pesquisas recentes também alertam para o perigo da silicose nas grandes cidades. As pastilhas de freio dos automóveis liberam partículas de sílica que ficam em suspensão e podem ser inspiradas pelas pessoas podendo eventualmente causar a silicose. Nessa doença, as partículas de silício rompem a membrana de uma organela liberando enzimas hidrolíticas e levando à destruição generalizada de células pulmonares. A doença provoca grave reação inflamatória e fibrose pulmonar, que determina incapacidade para o trabalho, invalidez, aumento da suscetibilidade à tuberculose e ao câncer. A organela citoplasmática responsável pela destruição das células pulmonares na silicose é:

a) A mitocôndria.

b) O ribossomo.

c) O lisossomo.

d) O Complexo de Golgi.

e) O retículo endoplasmático liso.

19.  (UECE) Analise as seguintes afirmações sobre as organelas celulares, e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas:

(  ) O retículo endoplasmático é formado a partir da invaginação da membrana plasmática, e está relacionado com a produção de proteínas e lipídios.

(   ) As enzimas dos lisossomos podem digerir componentes de uma célula, transformando um tipo celular em outro, como uma forma bastante eficiente e econômica de reaproveitamento de matéria orgânica.

( ) Os ribossomos são organelas formadas por duas subunidades do mesmo tamanho, responsáveis pela síntese de lipídios.

(  ) Nas mitocôndrias, durante o processo de respiração aeróbia, ocorrem as seguintes reações determinantes: o Ciclo de Krebs nas cristas mitocondriais e a Cadeia Respiratória na matriz mitocondrial.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) V, F, F, V.

b) F, V, V, F.

c) V, V, F, F.

d) F, F, V, V.

20. (UFPE) A micrografia abaixo é de uma organela celular encontrada em grande quantidade em células que possuem alto gasto energético. Acerca dessa organela, analise as afirmações a seguir.

20

I   II

0  0 –  Trata-se de uma organela essencial ao processo de fotossíntese.

1  1 – É uma organela que está associada ao processo de respiração celular.

2  2 – Nessa estrutura que ocorre a síntese de ATP.

3  3 – A função dessa organela é a síntese de glicose, fonte principal de energia.

4  4 – É nessa organela que ocorre o ciclo de Krebs.

21. (UESC) A figura abaixo ilustra as relações de endossimbiose que devem ter ocorrido ao longo da evolução dos seres eucariontes, segundo hipótese de Lynn Margulis.

21

O estabelecimento da primeira endossimbiose representada produziu um importante impacto na evolução do Domínio Eucaria e pode ser identificado como:

01. O advento de endomembranas que favoreceu a síntese de proteínas associada a um retículo endoplasmático.

02. O aumento da eficiência na obtenção de energia a partir de processos oxidativos de transformação energética.

03. O estabelecimento de reações fotoautótrofas na produção de componente orgânico.

04. A intensificação nas relações parasitárias que dificultaram a sobrevivência dos eucariotos.

05. A formação de uma membrana interna delimitadora do material genético celular.

Soma das alternativas corretas:

22. (UFLA) O componente do citoesqueleto que serve de “trilho” para o transporte de organelas e é responsável pelos movimentos dos cromossomos durante as divisões celulares é denominado:

a) Microtúbulo.

b) Microfilamento.

c) Filamento de miosina.

d) Filamento intermediário.

23. (UEA) Observe a figura de uma organela citoplasmática encontrada nos vegetais.

23

Essa organela confere aos vegetais a capacidade de:

a) liberar oxigênio a partir da quebra da molécula de água.

b) capturar o gás carbônico e fixá-lo na forma de ATP.

c) utilizar a luz no processo de respiração celular.

d) produzir oxigênio a partir do gás carbônico.

24. (UEG) A silicose é uma pneumopatia ocupacional causada pela inalação da poeira de sílica. Os cristais dessa poeira reagem com o tecido pulmonar, promovendo o rompimento dos lisossomos e causando apoptose. A respeito dessa doença, conclui-se o seguinte:

a) A concentração de H+ no hialoplasma impede que as enzimas lisossômicas destruam a célula.

b) A integridade celular é arriscada pelo extravasamento excessivo de enzimas lisossômicas no hialoplasma, mesmo considerando-se o pH intracelular igual a 7,2.

c) As células lesadas pelas partículas de sílica são protegidas das enzimas lisossômicas pelo pH intracelular (7,2), ao contrário das células vizinhas que são suscetíveis de digestão enzimática.

d) As enzimas lisossômicas realizam atividade catalítica independentemente da concentração de H+ do hialoplasma.

25. (CEDERJ) Os hormônios esteroides são de composição lipídica. Após a sua síntese no retículo, eles são enviados para fora da célula dentro de vesículas secretoras que são formadas na organela em evidência na figura abaixo:

25

Assinale a alternativa que identifica, respectivamente, o retículo onde o hormônio esteroide é sintetizado e a organela onde se formam as vesículas secretoras.

a) Retículo rugoso e complexo de Golgi.

b) Retículo liso e complexo de Golgi.

c) Retículo rugoso e dictiossomo.

d) Retículo liso e fagossomo.

26. (UNEMAT) A célula foi observada pela primeira vez por Robert Hooke, em 1665. De lá para cá, novas tecnologias têm permitido conhecer cada vez melhor essa que é a unidade de organização dos seres vivos. Sobre o tema, assinale a alternativa correta.

a) O DNA é transportado do núcleo ao ribossomo pelo RNA transportador, de forma a poder ser lido e traduzido em proteínas.

b) Na célula vegetal, observa-se a transformação de CO2 e O2 em glicose pela ação do ciclo de Krebs.

c) Células secretoras, por exemplo, de hormônios, possuem muitos complexos golgiense em seu interior para liberar seus produtos.

d) Se um organismo é, ele todo, composto de uma única célula, certamente é uma bactéria.

e) Os centríolos entram em ação apenas durante a meiose, por isso só ocorrem em células das gônadas.

27. (FCM-PB) O citoplasma das células eucarióticas apresenta um conjunto de fibras de aspecto fino e longo, de constituição proteica, denominado de citoesqueleto. Assinale abaixo a alternativa que representa uma função desempenhada por essa estrutura celular:

a) participa da descondensação dos cromossomos.

b) mantém a forma e a sustentação de bactérias.

c) possibilita a oxidação de substâncias orgânicas no interior da célula.

d) permite a adesão da célula a células vizinhas e a superfícies extracelulares.

e) permite a digestão de vários compostos nas células.

28. (UEFS) A citocalasina B é uma droga que atua se ligando aos microfilamentos de actina, impedindo a sua polimerização. Diante dessa afirmação e com base nos conhecimentos relacionados às funções desempenhadas pelo citoesqueleto celular, pode-se inferir que a ação da citocalasina:

a) impede a formação de novas células por impossibilitar a geração das fibras do fuso mitótico, sob as quais se ligam os cromossomos durante a metáfase mitótica.

b) impede o batimento coordenado de cílios e flagelos nas diversas células eucarióticas que apresentam essas estruturas de locomoção.

c) inviabiliza grande parte dos movimentos celulares, principalmente os que dependem da emissão de pseudópodos.

d) incapacita a formação dos centríolos que, quando orientados perpendicularmente, formam os centrossomos ou centros organizadores de divisão celular.

e) torna as células desestabilizadas e sensíveis a qualquer estresse mecânico, reduzindo, assim, a rigidez dos tecidos de superfície corporal que compõem.

29. (Olimpíada de Biologia) O desenho abaixo corresponde a um corte transversal da ultraestrutura de:

29

a) Microvilosidade.

b) Estereocílio.

c) Cílio ou flagelo.

d) Pseudópodo.

e) Axônio.

30. (UECE) Assim como os animais, que produzem formações sólidas de sais minerais conhecidas como cálculos renais, as plantas também podem formar inclusões cristalíferas constituídas por oxalato de cálcio, também conhecidas como drusas, ráfides e monocristais. Identifique dentre as opções abaixo, a estrutura celular vegetal relacionada a essa função.

a) Vacúolo.

b) Plastos.

c) Peroxissomo.

d) Lisossomo.

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 16 de março de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (1)

01. (UPE) Todos os vegetais descendem de algas verdes primitivas, porém a complexidade veio com o tempo. Assim, vamos descrever a figura abaixo:

01

É correto afirmar que as plantas vasculares evoluíram para plantas vasculares com sementes na passagem marcada pelo número:

a) 5.

b) 4.

c) 3.

d) 2.

e) 1.

02. (MACK) Os biólogos acreditam que, na história da vida no ambiente terrestre, a reprodução assexuada evoluiu primeiro e a sexuada evoluiu depois. A última é claramente uma estratégia que tem grande valor adaptativo, pois a maioria dos eucariontes apresenta ciclo de vida que inclui a reprodução sexuada. Vários grupos de organismos apresentam as duas fases de vida, a sexuada e a assexuada (alternância de gerações). Isto acontece com todos os grupos de:

a) Plantas.

b) Animais.

c) Algas.

d) Fungos.

e) Bactérias.

03. (UNISC) Os meristemas primários: procâmbio, meristema fundamental e protoderme originam, respectivamente, os seguintes tecidos vegetais:

a) parênquima, colênquima e esclerênquima, periderme, epiderme.

b) xilema e floema primários, epiderme, parênquima, colênquima e esclerênquima.

c) periderme, xilema e floema secundários, parênquima, colênquima e esclerênquima.

d) xilema e floema primários, parênquima, colênquima e esclerênquima, epiderme.

e) felogênio, xilema e floema secundários, parênquima, colênquima e esclerênquima.

04. (Unespar) As plantas de Ipê Rosa são muito utilizadas no paisagismo urbano, por sua beleza e desenvolvimento rápido. As flores rosas abundantes nascem nos ramos ainda sem folhas, entre os meses de Junho a Setembro, e são apreciadas por abelhas e pássaros. O seu florescimento é induzido:

a) pelo frio do inverno.

b) pelo período de iluminação diário.

c) pelos nutrientes do solo.

d) pelas alterações de pH do solo.

e) pela liberação do hormônio etileno.

05. (UFSC) A figura abaixo representa o ciclo de vida de uma planta, no qual os números I, II, III e IV indicam um tipo de divisão celular.

05

Sobre a reprodução de plantas e com base no ciclo de vida apresentado, é correto afirmar que:

01. O ciclo de vida representado corresponde apenas ao das plantas sem sementes.

02. Em plantas avasculares e em plantas vasculares sem sementes, o anterozoide (gameta masculino) necessita de água para se locomover em direção à oosfera (gameta feminino).

04. Na divisão celular, representada por IV, ocorre a meiose, que forma os gametas haploides.

08. O esporófito (fase “A”) e o gametófito (fase “B”) são organismos haploide e diploide, respectivamente.

16. Em angiospermas, não existe a fase “A”.

32. Em angiospermas, o embrião é diploide e o endosperma é triploide.

64. No ciclo representado, a meiose ocorre em “II” e “IV” e a mitose ocorre em “I” e “III”.

Soma das alternativas corretas:

06. (UENP) A polinização é um processo que se caracteriza pela liberação de pólen que será transportado até outra parte da mesma planta ou para outra planta. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a estrutura que, quando madura, libera os grãos de pólen.

a) Antera.

b) Carpelo.

c) Estilete.

d) Estigma.

e) Radícula.

07. (UNICENTRO)

Luz do sol

Que a folha traga e traduz

Em verde novo

Em folha, em graça,

em vida, em força, em luz […]

(Caetano Veloso)

Os versos de “Luz do Sol” fazem uma clara referência à fotossíntese, fenômeno comum a muitos organismos. Contudo a palavra “folha” restringe esse processo ao grupo das:

a) angiospermas.

b) gimnospermas e angiospermas.

c) plantas vasculares.

d) briófitas e plantas vasculares.

08. (UEM) Com relação aos diferentes grupos de vegetais, assinale o que for correto.

01. As algas são vegetais que apresentam apenas reprodução assexuada.

02. Briófitas e pteridófitas são vegetais que não produzem gametas, portanto não apresentam reprodução sexuada.

04. As gimnospermas são vegetais vasculares que apresentam ciclo de vida com alternância entre as fases esporofítica e gametofítica.

08. Nas angiospermas, a fase esporofítica é representada pelos grãos de pólen, com os núcleos gaméticos, e pela oosfera, presente no interior dos frutos.

16. O embrião, resultante da fecundação, é uma estrutura presente nas sementes das angiospermas e das gimnospermas.

Soma das alternativas corretas:

09. (UDESC) Flores desprovidas de pétalas coloridas, sem nectários com grande produção de grãos de pólen, os quais são pequenos e leves, caracterizam plantas com polinização do tipo:

a) entomófila.

b) ornitófila.

c) artificial.

d) anemófila.

e) hidrófila.

10. (UPF) A figura abaixo apresenta duas flores representadas simbolicamente por meio de diagramas florais A e B.

10

Considerando esses diagramas, assinale a única alternativa incorreta.

a) A representa uma flor trímera e B representa uma flor pentâmera, comumente encontradas em monocotiledôneas e eudicotiledôneas, respectivamente.

b) A flor do diagrama A apresenta androceu composto por seis estames, mas gineceu composto por apenas três carpelos.

c) A flor do diagrama B apresenta cálice composto por cinco sépalas e corola composta por cinco pétalas.

d) Nos diagramas florais, os verticilos florais são projetados num plano horizontal que indica as posições relativas dos elementos que os compõem.

e) A flor do diagrama A apresenta três verticilos florais e a flor do diagrama B apresenta cinco verticilos florais.

11. (PUCRS) A figura abaixo mostra um cladograma que relaciona filogeneticamente algumas espécies da família Solanaceae, originárias das Américas.

11

Com base no cladograma apresentado, afirma-se:

I. O gênero Capsicum está mais próximo filogeneticamente de Solanum do que de Nicotiana.

II. A espécie S. peruvianum está mais próxima filogeneticamente de S. lycopersicum do que de S. tuberosum.

III. As espécies de Solanaceae apresentadas no cladograma constituem um grupo monofilético.

Está/Estão correta(s) a(s) afirmativa(s):

a) I, apenas.

b) III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

12. (PUC-PR) Observe a imagem a seguir:

12

Disponível em: <http://dias-com-arvores.blogspot.com.br/2008_03_01_archive.html&gt;.

Acesso em: 22/11/14.

Esta é a flor feminina pertencente à espécie Stauntonia hexaphylla. Essa planta apresenta pés com flores femininas e pés com flores masculinas. Possui flores com pétalas brancas tingidas de violeta e um aroma adocicado. As flores femininas exibem três ovários, as masculinas têm seis estames unidos. Com base no texto, na imagem e em seus conhecimentos, esta planta poderia ser classificada como:

a) monocotiledônea.

b) monoica.

c) dioica.

d) trioica.

e) estaminada.

13. (IFRS) Associe corretamente o bloco 2 ao bloco 1, de forma a estabelecer a relação correta entre as funções e as regiões de uma raiz de angiosperma.

BLOCO 1

(1) Região meristemática

(2) Região suberosa

(3) Região pilífera

(4) Região de distensão

BLOCO 2

(  ) região de alongamento celular

(  ) região de multiplicação celular

(  ) absorção de água e de sais minerais

(  ) formação de raízes secundárias

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 2 – 3 – 4 – 1.

b) 4 – 3 – 1 – 2.

c) 1 – 2 – 3 – 4.

d) 4 – 1 – 3 – 2.

e) 2 – 1 – 3 – 4.

14. (CATÓLICA SC) Sobre a fase esporofítica dos vegetais, podemos afirmar que:

I. Em angiospermas, não existe a fase esporofítica.

II. Em briófitas, esta fase surge a partir da fecundação de gametas.

III. Em pteridófitas, é chamada de protalo.

IV. Em Gimnospermas, esta fase é de tamanho minúsculo.

Está(ão) correta(as):

a) apenas I e III.

b) apenas II.

c) apenas I, II e IV.

d) apenas III e IV.

e) apenas II e IV.

15. (UEPG) A folha é uma estrutura laminar adaptada à captação de luz. Sua forma e a disposição interna dos tecidos, refletem adaptações a diferentes tipos de ambiente. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. A epiderme foliar é quase sempre formada por uma única camada de células, contudo em regiões áridas, as folhas podem apresentar a epiderme com muitas camadas celulares e contendo mais estômatos, são as plantas xerófitas.

02. As células da epiderme secretam cutina, formando uma película praticamente impermeável, a cutícula. As trocas gasosas ocorrem por meio dos estômatos, presentes principalmente na face inferior da folha.

04. Os hidatódios estão localizados nas bordas de algumas folhas e são especializados em eliminar o excesso de água da planta.

08. Os tricomas são estruturas presentes na parte superior da folha, responsáveis pela captura e distribuição da luz para os cloroplastos, viabilizando o processo de fotossíntese.

16. A região interna da folha, ou mesófilo, é constituída de células ricas em cloroplastos e grandes espaços por onde circula o ar atmosférico, permitindo assim a troca de gases com o ambiente.

Soma das alternativas corretas:

16. (ACAFE) O Reino Plantae, Metaphyta ou Vegetal é um dos maiores grupos de seres vivos na Terra. Abriga os vegetais eucariontes, multicelulares e autotróficos fotossintetizantes, que apresentam alternância de gerações em seus ciclos de vida. No cladograma a seguir, está representado o grau de parentesco entre diferentes grupos de vegetais.

16

Fonte: SILVA JUNIOR, Cesar; SASSON, Sezar.

Biologia 2. Saraiva, 8ed. São Paulo, 2005 (adaptada)

Acerca das informações contidas no cladograma e dos conhecimentos relacionados ao tema, assinale a alternativa correta.

a) O número II indica o aparecimento da semente, estrutura que se origina do ovário da flor, o qual se desenvolve depois da fecundação. As Gimnospermas produzem sementes, que se originam nos estróbilos femininos, mas não produzem frutos.

b) As angiospermas são plantas que possuem raiz, caule, folha, flor e sementes protegidas por fruto, estrutura indicada pelo número III. Esse grupo de plantas pode ser dividido em monocotiledôneas e em dicotiledôneas. Em relação à estrutura floral, as monocotiledôneas possuem flores trÍmeras e as dicotiledôneas, flores tetrâmeras ou pentâmeras.

c) Em I, o Reino Plantae está dividido em dois grandes grupos, as atraqueófitas e as traqueófitas. Plantas traqueófitas possuem xilema e o floema, vasos condutores, respectivamente, de seiva elaborada e de seiva bruta.

d) O grupo das Pteridófitas, conforme indicado em II, compreende plantas que possuem raiz, caule, folhas e sementes localizadas na parte inferior de suas folhas.

17. (Mackenzie) Nas plantas, sempre ocorre alternância de gerações, isto é, existe uma fase haploide e outra diploide. Uma delas é originada por gametas e a outra por esporos. A esse respeito, são feitas as seguintes afirmações:

I. Os gametas são formados por meiose e os esporos por mitose.

II. Em todas as criptógamas, a fase predominante é a esporofítica.

III. Em todas as fanerógamas, a fase predominante é a esporofítica.

IV. A fase gametofítica é haploide enquanto que a fase esporofítica é diploide.

Estão corretas, apenas,

a) I e II.

b) II e III.

c) I e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

18. (UFLA) Considere as seguintes características das plantas:

18

Assinale a alternativa na qual os grupos de plantas apresentam, respectivamente, as características indicadas pelos algarismos I, II, III e IV.

a) Briófitas, Gimnospermas, Angiospermas, Pteridófitas.

b) Pteridófitas, Gimnospermas, Angiospermas, Briófitas.

c) Pteridófitas, Angiospermas, Gimnospermas, Briófitas.

d) Briófitas, Angiospermas, Gimnospermas, Pteridófitas.

19. (UNESP) A enxertia consiste em implantar parte de uma planta viva em outra planta de igual ou diferente espécie. A planta introduzida (enxerto) produz folhas, flores e frutos, enquanto a planta receptora (porta-enxerto) capta água e nutrientes do solo. A figura esquematiza uma das técnicas indicadas para a enxertia entre espécies de hortaliças, tais como pepino, abóbora, melão e melancia.

19

Suponha que um enxerto de pepino (Cucumis sativus) tenha sido introduzido em um porta-enxerto de abóbora (Cucurbita moschata). Os frutos produzidos por essa enxertia serão:

a) pepinos cujas sementes darão origem a exemplares de Cucurbita moschata.

b) híbridos estéreis com características de Cucumis sativus e de Cucurbita moschata.

c) abóboras cujas sementes darão origem a exemplares de Cucumis sativus.

d) abóboras cujas sementes darão origem a exemplares de Cucurbita moschata.

e) pepinos cujas sementes darão origem a exemplares de Cucumis sativus.

20. (UEM) Plantas terrestres geralmente têm uma parte subterrânea, constituída pelas raízes, e uma parte aérea, formada pelo caule e seus ramos, onde se prendem as folhas. Sobre os órgãos vegetais mencionados no texto, assinale o que for correto.

01. Os ramos e as raízes secundárias são ramificações exógenas do caule, originadas a partir do desenvolvimento de gemas caulinares.

02. As raízes, o caule e as folhas apresentam tecidos condutores, o xilema e o floema.

04. O xilema e o floema são tecidos constituídos por traqueídes e desaparecem na estrutura secundária, resultante do crescimento das plantas, em espessura.

08. Nas extremidades do caule e das raízes, observam-se tecidos meristemáticos responsáveis pelo crescimento do vegetal e pela formação dos demais tecidos.

16. O revestimento das raízes, do caule e das folhas é feito pela epiderme, constituída por uma camada de células clorofiladas.

32. Gemas e pelos absorventes são estruturas presentes no caule, nas raízes e nas folhas.

64. Nas folhas e nos caules jovens, pode ser observado o parênquima clorofiliano.

Soma das alternativas corretas:

21. (CESGRANRIO) Um cidadão, desejando retirar de seu quintal uma árvore cujas raízes ameaçavam as instalações de uma cisterna, realizou o seguinte processo, esquematizado no desenho abaixo: fez dois cortes paralelos, a uma distância de 10 cm entre si em toda a periferia do caule, retirando deste um anel que consistia em casca e em uma pequena porção da parte interna do caule, até o câmbio vascular. A princípio, a árvore não mostrou alterações, pois as folhas não murcharam. No entanto, dias após, as raízes começaram a se atrofiar, e o vegetal morreu. Qual das opções a seguir explica corretamente o ocorrido?

21

a) Após o corte, as porções superiores do vegetal deixaram de receber água para a realização da fotossíntese, visto terem sido seccionados os vasos lenhosos.

b) Em consequência do ferimento causado no caule da planta, houve perda letal de grande quantidade de seiva (bruta e elaborada).

c) As porções aéreas deixaram de receber substâncias orgânicas, visto terem sido seccionados tanto os vasos lenhosos como a epiderme.

d) Tanto o xilema quanto o floema, que são tecidos condutores situados na periferia do caule, foram seccionados.

e) Com o corte, foram seccionados os feixes liberianos, que são vasos condutores da seiva elaborada.

22. Qual das figuras abaixo representa uma planta de tomate mantida em solo úmido, que ficou 48 horas na posição horizontal?.

22

23. Haustórios são:

a) filamentos de citoplasma que ligam células vizinhas.

b) raízes respiratórias típicas de vegetais que vivem em terrenos alagados.

c) caules de plantas rastejantes.

d) estruturas por onde ocorre sudação.

e) raízes sugadoras, típicas de plantas parasitas.

24. (FATEC) Considere, no esquema abaixo, as características de determinados grupos vegetais.

24

Com base no esquema acima, que representa a evolução vegetal ao longo de milhões de anos, assinale a alternativa que apresenta os grupos vegetais que correspondem, respectivamente, aos números 1, 2, 3 e 4.

a) Briófitas, angiospermas, gimnospermas e pteridófitas.

b) Briófitas, pteridófitas, angiospermas e gimnospermas.

c) Pteridófitas, briófitas, gimnospermas e angiospermas.

d) Briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

e) Pteridófitas, briófitas, angiospermas e gimnospermas.

25. (UESM) Observe o texto e a figura que se seguem: “Coloração amarelada, crescimento exagerado dos entrenós, caule delgado e alongado, folhas pouco desenvolvidas, ápice caulinar voltado para baixo, sistema radicular relativamente pouco desenvolvido.”

25

As características anteriores correspondem ao fenômeno de:

a) fotoperiodismo, e a planta cresceu na direção da luz.

b) fotoperiodismo negativo, e a planta cresceu no escuro.

c) geotropismo negativo, e a planta cresceu no escuro.

d) estiolamento, e a planta cresceu no escuro.

e) epinastia, e a planta cresceu na direção da luz.

26. (UEL) A figura a seguir mostra parte de um pé de maracujá.

26

A estrutura apontada pela seta, quando encontra um suporte, prende-se a ela. Essa resposta é um caso de:

a) fototropismo.

b) geotropismo.

c) hidrotropismo.

d) reotropismo.

e) tigmotropismo.

27. (CESGRANRIO) O esquema abaixo representa, em duas situações diferentes, uma estrutura que promove a entrada de ar na planta.

27

Assinale a alternativa que indica, respectivamente, o nome das células destacadas pela letra A e o local onde tal estrutura pode ser encontrada em abundância na planta:

a) lenticelas/folhas.

b) pneumatóforos/caules jovens.

c) células estomáticas/esclerênquima.

d) células oclusivas/esclerênquima.

e) células-guarda/folha.

28. (FUVEST) Quando se quer tingir flores brancas, o procedimento mais indicado é colocar:

a) hastes cortadas em solução colorida em ambiente saturado de umidade.

b) hastes cortadas em solução colorida em ambiente seco.

c) plantas intactas em solução colorida, em ambiente saturado de umidade.

d) plantas intactas em solução colorida, em ambiente seco.

e) plantas intactas em solo regado com solução colorida.

29. (UFAL) Das figuras abaixo, a única que se relaciona com o processo de reprodução sexuada é:

29

30. (UESPI) Técnicas especiais permitem multiplicar células meristemáticas da região apical de caules em laboratório. Dessa forma, milhares de plântulas podem ser geradas assexuadamente a partir de um único vegetal escolhido. Sobre o exposto, assinale a alternativa correta.

a) Os vegetais gerados deste modo perdem a capacidade de realizar fotossíntese.

b) Por serem células meristemáticas já apresentam alto grau de diferenciação.

c) Se a forma de propagação fosse sexuada, os descendentes não poderia se reproduzir assexuadamente.

d) Estas técnicas pouco influem no desenvolvimento de novas práticas agrícolas.

e) Todas as plântulas geradas por este processo são geneticamente iguais.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2017

TESTES DE SISTEMA ENDÓCRINO (III)

01. (FATEC) Leia o texto para responder esta questão

Um dispositivo portátil mostrou-se eficaz em controlar o diabetes tipo 1 em adultos em jovens com a doença. Segundo os pesquisadores que desenvolveram a tecnologia, a técnica é mais prática e segura do que as disponíveis atualmente para tratar o problema. O equipamento é formado por um pequeno sensor inserido sob a pele de um lado do abdome do paciente. Esse sensor mede os níveis de glicose no sangue e envia essa informação a um smartphone adaptado. O smartphone, a partir desses dados, calcula a quantidade de insulina e glucagon que deve ser secretada. Os hormônios são administrados por duas pequenas bombas ligadas a tubos finos que são inseridos sob a pele do outro lado do abdome do paciente.

                (http://tinyurl.com/veja-cientistas Acesso em: 28.08.14. Adaptado).

Considerando as informações do texto, é correto afirmar que o smartphone:

a) Revelou-se ineficaz no auxílio ao dispositivo portátil que controla o diabetes.

b) É inserido sob a pele, auxiliando o dispositivo portátil no controle do diabetes.

c) Calcula a quantidade de hormônios que são administrados ao paciente.

d) Extrai o excesso de insulina injetada no abdome do paciente.

e) Possui um pequeno sensor inserido sob a pele do paciente.

02. (UPE) A alimentação inadequada pode desenvolver, nos seres humanos, distúrbios ou doenças que, se não forem diagnosticadas e tratadas de forma eficaz, levarão o indivíduo a óbito. Entre elas, pode-se citar a diabetes. Considerada um conjunto de doenças, cuja característica comum é o aumento da concentração de glicose no sangue, é diagnosticada com a realização de exame de sangue. Quando a taxa de glicose se situa acima ou abaixo de 90 mg de glicose por 100 ml de sangue, ou seja, 0,9 mg/ml, há o desenvolvimento da diabetes. Observe o esquema a seguir:

02a

(Disponível em: http://saude.hsw.uol.com.br/diabe1.htm. Adaptado.)

No esquema, há dois órgãos e dois hormônios, respectivamente, que atuam ativamente no controle da glicose no sangue. Assinale a alternativa que apresenta esses órgãos e hormônios.

02b

03. (UNAMA) […] Existem dois tipos de diabetes: A diabetes tipo 1, geralmente é infantil, e todos os pacientes necessitam de tratamento com hormônio específico, nesse caso, a doença não é hereditária. Já a diabetes tipo 2 pode ter como causa a hereditariedade e, nesse caso, o tratamento é iniciado com remédios, cuidados alimentares e exercícios físicos.

Adaptado de http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?op=saude&id=21588. Acesso: 22.04.2013.

Sobre a diabetes tipo 1, pode-se afirmar que:

a) Resulta da deficiência da produção de insulina pelo pâncreas.

b) Causa aumento da insulina na corrente circulatória.

c) Causa diminuição da taxa de glicose no sangue.

d) Resulta da deficiência da produção de glucagon pelo pâncreas.

04. (UNICENTRO) Com relação às principais glândulas endócrinas humanas, considere as afirmativas a seguir.

I. A adenohipófise promove a secreção de progesterona e estimula a produção e a secreção de leite.

II. A neuroipófise estimula a contração das musculaturas do útero e das glândulas mamárias.

III. A tireoide estimula a deposição de cálcio nos ossos, reduzindo a concentração de cálcio no sangue.

IV. As paratireoides estimulam a tireoide a secretar seus hormônios e promover a quebra de glicogênio pelo fígado.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

05. (IFMG) Homeostase é a capacidade que os rins têm de manter o meio interno do indivíduo sempre constante, no seu estado físico, químico, temperatura, pH e salinidade. Portanto, a regulação e a função renal são fundamentais para saúde e qualidade de vida de um homem. Em relação à fisiologia do sistema urinário, é correto afirmar que:

a) A ingestão de água exagerada aumenta a pressão osmótica do organismo.

b) O hormônio ADH atua na reabsorção de sódio do filtrado glomerular.

c) O hormônio aldosterona aumenta a reabsorção de água do filtrado glomerular.

d) A neuroipófise secreta ADH que irá atuar no rim.

06. (UFSJ) Considerando que nas relações entre as glândulas hipófise e a tireoide há uma realimentação negativa é correto afirmar que:

a) Uma não tem influência sobre a outra.

b) A produção de hormônio estimulador da tireoide (TSH), pela hipófise, estimula a produção de tiroxina, e a tiroxina inibe a produção de TSH.

c) A produção de hormônio estimulador da tireoide (TSH), pela hipófise estimula, a produção de tiroxina, mas esta não tem efeito sobre a hipófise.

d) Há uma inibição mútua entre a hipófise e a tireoide.

07. (MACKENZIE) O aumento da perda de água por transpiração tem como principal consequência:

a) O aumento da produção de ADH, visando diminuir a produção de urina.

b) O aumento da produção de células sanguíneas, visando provocar aumento de pressão arterial.

c) A diminuição da frequência respiratória, visando diminuir a perda de água na respiração.

d) O aumento da reabsorção de água pelo intestino.

e) A diminuição da velocidade dos movimentos peristálticos.

08. (PUC-PR) Leia o trecho do texto abaixo publicado na revista Veja:

“(…) Casos extremos de excesso de atividade física são diagnosticados como vigorexia, um transtorno psíquico irmão da anorexia, em que a pessoa nunca se satisfaz com o tamanho de seus músculos. Não há, no entanto, um diagnóstico preciso para as muitas situações que se encaixam entre a vigorexia e a atividade pesada, mas saudável (…)”.

Disponível em: <http://veja.abril.com.br/060208/p_056.shtml&gt;.Acesso em: 28/08/2014

A vigorexia é um problema crescente nos dias atuais. Muitas vezes, os indivíduos chegam a recorrer a esteroides e anabolizantes para terem um melhor resultado no exercício. Um exemplo de anabolizante utilizado é a somatotrofina ou somatotropina, que pode aumentar a massa muscular, mas possui muitos efeitos colaterais, como a sobrecarga cardíaca, crescimento do queixo, das cartilagens, das mãos e dos pés. A alternativa que mostra uma ação desse hormônio e sua glândula secretora, respectivamente, é:

a) Aumento da divisão celular – Tireoide.

b) Redução do metabolismo – Tireoide.

c) Aumento do tamanho da célula – Hipófise.

d) Aumento da síntese proteica – Hipófise.

e) Aumento da atividade catabólica celular – Adrenais.

09. (UEG) Imagine o sistema hormonal como uma orquestra. O hipotálamo, no centro do cérebro, é o diretor artístico, e a hipófise, na base do crânio, o maestro. Nesse conjunto, os hormônios sintetizados por outros órgãos e as glândulas equivalem às orquestras de câmara. Como em um concerto, em que todos os músicos tocam juntos, os hormônios interagem entre si e o bom funcionamento de um depende da ação precisa do outro.

LOPES, A. D.; CUMINALE, N. Hormônios. Veja, São Paulo, ed. 2283, ano 45 n. 34, 22 ago. 2012. p.91.

Sobre os hormônios animais e suas relações, como substâncias-alvo no concerto, pode-se deduzir a seguinte comparação:

a) A calcitonina, hormônio que diminui o estresse, compõe a orquestra de câmara, sintetizada pelo hipotálamo-diretor artístico do concerto.

b) A dopamina e a adrenalina são hormônios produzidos pela hipófise-maestro do concerto e considerados os hormônios da felicidade e do prazer.

c) A insulina, hormônio sintetizado pela glândula pineal, compõe a orquestra de câmara juntamente com o glucagon.

d) A ocitocina e a vasopressina são hormônios produzidos pelo diretor artístico da orquestra, o hipotálamo, sendo armazenados na neuroipófise.

10. (UNISC) O hormônio envolvido na ejeção do leite de uma glândula mamária lactante é:

a) A prolactina.

b) O hormônio folículo-estimulante.

c) O hormônio luteinizante.

d) O hormônio do crescimento.

e) A ocitocina.

11. (VUNESP) Triiodotironina (T3) e tiroxina (T4) são dois hormônios fundamentais para a sintonia do funcionamento do organismo humano. Enquanto o excesso desses hormônios provoca aumento dos batimentos cardíacos e perda de peso, na falta deles, o indivíduo pode apresentar pele seca, cansaço excessivo e o bócio. Assinale a alternativa que indica corretamente o local de produção desses hormônios e sua função.

a) Glândulas suprarrenais – reabsorção de água pelos rins e pelo sangue.

b) Hipotálamo – determinação das características sexuais secundárias.

c) Glândula tireoide – controle da velocidade do metabolismo.

d) Hipófise – estímulo ao crescimento.

12. (PUC-MG) Sociedade às avessas

Inflamação no hipotálamo é apontada como uma das causas da obesidade.

Maus hábitos alimentares e sedentarismo são apontados como grandes vilões da obesidade, mas estudos recentes começam a incluir outro fator: uma pequena alteração no funcionamento do cérebro.

Trata-se de um erro no processamento da informação de saciedade que chega ao sistema nervoso central, especialmente ao hipotálamo.

Fonte: Ciência Hoje, v. 48, p.60, Set. 2011.

Sobre o hipotálamo, assinale a afirmativa incorreta.

a) Controla em parte homeostase corporal, ou seja, auxilia no ajuste do organismo às variações externas e internas.

b) É responsável pelo controle da temperatura corporal, do apetite e participa do controle do equilíbrio hídrico.

c) Exerce importante regulação do estado de consciência, alerta, atenção e equilíbrio corporal.

d) Controla a liberação de hormônios gonadotróficos pela hipófise.

13. (FATEC) Leia o texto para responder esta questão

Um dispositivo portátil mostrou-se eficaz em controlar o diabetes tipo 1 em adultos em jovens com a doença. Segundo os pesquisadores que desenvolveram a tecnologia, a técnica é mais prática e segura do que as disponíveis atualmente para tratar o problema. O equipamento é formado por um pequeno sensor inserido sob a pele de um lado do abdome do paciente. Esse sensor mede os níveis de glicose no sangue e envia essa informação a um smartphone adaptado. O smartphone, a partir desses dados, calcula a quantidade de insulina e glucagon que deve ser secretada. Os hormônios são administrados por duas pequenas bombas ligadas a tubos finos que são inseridos sob a pele do outro lado do abdome do paciente.

(http://tinyurl.com/veja-cientistas Acesso em: 28.08.14. Adaptado).

O conjunto de equipamentos descrito no texto reproduz o mecanismo fisiológico do organismo para controlar a glicemia (concentração de glicose no sangue). Em um indivíduo saudável, esse controle ocorre pela via ilustrada na figura apresentada.

13

Com base nas informações contidas no texto e na figura, é possível dizer que o novo equipamento auxilia o tratamento do diabetes tipo 1, ao cumprir as funções do:

a) Fígado e do pâncreas, liberando insulina para diminuir a glicemia e glucagon para aumentá-la.

b) Fígado, liberando insulina para diminuir a glicemia e glucagon para aumentá-la.

c) Fígado, liberando insulina para aumentar a glicemia e glucagon para diminuí-la.

d) Pâncreas, liberando insulina para diminuir a glicemia e glucagon para aumentá-la.

e) Pâncreas, liberando insulina para aumentar a glicemia e glucagon para diminuí-la.

14. (PUC-SP) A baixa liberação do hormônio antidiurético pela ­­­___I___ provoca uma diminuição da reabsorção de água nos ___II___ e, consequentemente, eliminação de ___III___ volume de urina. No trecho acima, as lacunas I, II e III podem ser preenchidas correta e, respectivamente, por:

a) hipófise, túbulos renais e grande.

b) hipófise, túbulos renais e pequeno.

c) tireoide, néfrons e grande.

d) tireoide, néfrons e pequeno.

e) suprarrenal, néfrons e grande.

15. (UPE) O médico canadense Frederick Banting (1891-1941) juntamente com o fisiologista escocês John James Macleod (1876-1935) e com o norte-americano Charles Best (1899-1978), então estudante de medicina, realizaram uma série de experimentos que mudaram a história da luta da humanidade contra uma doença que até hoje é alvo de grandes preocupações. Basicamente, esses pesquisadores fecharam cirurgicamente o duto pancreático e observaram que, após algumas semanas, as células pancreáticas haviam desaparecido, restando, apenas, nesse órgão, as ilhotas de Langerhans. O extrato dessas células foi, então, administrado a cães submetidos à remoção do pâncreas, o que resultou em uma sobrevida maior para esses animais.

Sobre o experimento desses pesquisadores, analise as afirmativas a seguir:

I. O extrato produzido pelos pesquisadores apresenta-se rico em Glucagon – hormônio regulador do metabolismo do açúcar e, por isso, foi capaz de diminuir o nível de glicose no sangue dos animais que tiveram o pâncreas retirado.

II. A retirada do pâncreas nos cães aumentou o nível de glicose nos músculos e no fígado dos animais, o qual só pode ser regularizado por meio do uso do extrato.

III. A remoção do pâncreas inviabiliza a vida do animal, uma vez que retira dele a capacidade de produzir insulina, o que só pôde ser sanado por meio do extrato.

IV. A ausência do pâncreas fez esses animais adquirirem um quadro característico de Diabetes, que foi tratado com o uso da insulina presente nas ilhotas.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e IV.

e) III e IV.

16. (UFSC) Considere as afirmativas abaixo:

Glândula A – produz hormônio do crescimento, prolactina, folículo estimulante, luteinizante, melanotrófico.

Glândula B – produz tiroxina.

Glândula C – produz insulina e glucagon.

Glândula D – produz hormônios conhecidos como corticosteroides, adrenalina e noradrenalina.

Sobre essas glândulas e os hormônios que elas produzem, é correto afirmar que:

01. A localização das glândulas A, B e C no corpo humano é, respectivamente, no pescoço, na base do cérebro e no abdome.

02. A localização das glândulas A e B no corpo humano é, respectivamente, na base do cérebro e no pescoço, e das glândulas C e D é no abdome.

04. As glândulas A, B, C e D são, respectivamente, a tireoide, a hipófise, o pâncreas e as suprarrenais.

08. O hormônio FSH ou folículo estimulante, produzido pela glândula A, promove o crescimento e a regeneração do tecido ósseo.

16. O hormônio insulina, produzido pela Glândula C, atua diminuindo a glicemia do sangue.

32. A glândula A é responsável pela produção dos hormônios conhecidos como trofinas, que são responsáveis pela estimulação de outros órgãos ou glândulas.

Soma das alternativas corretas:

17. (UFMG) Analise este gráfico, em que está representado o efeito da tiroxina sobre o metabolismo basal:

17

Considerando-se as informações desse gráfico e outros conhecimentos sobre o assunto, é incorreto afirmar que, na condição de hipotireoidismo, ocorre diminuição de:

a) Lipólise no tecido adiposo.

b) Peso corporal.

c) Respiração celular.

d) Síntese de proteínas.

18. (FBV) As glândulas endócrinas são responsáveis pela elaboração de secreções internas chamadas hormônios, que são reguladoras de determinadas funções vitais. Dentre as glândulas endócrinas, destacamos a hipófise ou glândula pituitária, de controle hipotalâmico, que elabora hormônios tróficos e não tróficos. A respeito da hipófise e respectivos hormônios, analise as proposições abaixo, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as alternativas falsas.

18

I   II

0  0  – A adenohipófise ou hipófise anterior, sob regulação de neurossecreções hipotalâmicas, é um lobo funcionalmente ativo, elaborando diversos hormônios de ação trófica e não trófica.

1   1 – Os hormônios ADH, aldosterona e oxitocina, elaborados pela neuroipófise, atuam respectivamente sobre as glândulas adrenais e mamárias.

2  2 – O quadro clínico conhecido como acromegalia é causado por uma disfunção da hipófise, que, na fase adulta, retoma a produção da somatotrofina (hormônio do crescimento).

3  3 – A prolactina, hormônio proveniente do hipotálamo, atua sobre os ovários, inibindo a produção de progesterona e estimulando a secreção de estrógenos.

4  4 – O diabetes mellitus é uma doença causada por uma disfunção da hipófise na secreção do hormônio ADH, tendo, como consequência, o aumento da glicemia sanguínea.

19. (UFPR) Com relação ao processo de reprodução humana, no tocante ao controle hormonal e às estruturas envolvidas, é correto afirmar:

01. Os hormônios folículo-estimulante (FSH) e luteinizante (LH) não afetam o processo reprodutivo masculino, atuando apenas no processo reprodutivo feminino, principalmente na maturação e na liberação do óvulo, respectivamente.

02. Estrógeno e progesterona são hormônios esteroides sexuais femininos produzidos pelos ovários, suprarrenais e placenta e cujo excesso na circulação sanguínea pode agir via retroalimentação negativa, reduzindo a produção de gonadotrofinas hipofisárias.

04. A prolactina é um hormônio adeno-hipofisário que tem funções diversas no processo reprodutivo feminino, tais como a manutenção do corpo lúteo no início da gravidez e a estimulação da produção de leite pelas glândulas mamárias, principalmente após o parto.

08. Além da placenta e do cordão umbilical, que tornam possíveis a nutrição, respiração e excreção para o embrião humano e para embriões de outros mamíferos, alguns outros anexos embrionários de vertebrados permanecem presentes e se revelam importantes: exemplo desses anexos próprios aos demais vertebrados é a cavidade amniótica, que contém o líquido liberado no início do trabalho de parto.

16. Os hormônios ou estruturas seguintes estão adequadamente acompanhados de suas funções únicas: (a) ocitocina – contração da parede do útero; (b) testosterona – desenvolvimento e manutenção das características sexuais secundárias masculinas; (c) vesícula seminal – produção de secreção alcalina que neutralizará a acidez das secreções vaginais no momento da cópula; (d) corpo lúteo – produção de progesterona.

32. A ovulação ocorre geralmente em torno do 14° dia do ciclo menstrual, dividindo-o em duas fases, a saber: fase proliferativa, prévia à ovulação, em que há amadurecimento do folículo, sem produção hormonal; e fase secretora, após a liberação do óvulo, durante a qual o ovário secreta os hormônios responsáveis pela preparação do útero para a gravidez.

64. A gonadotrofina coriônica é um hormônio placentário, o qual mantém a atividade secretora do corpo lúteo e, por ser produzido cerca de uma semana após a implantação do zigoto, pode servir como um indicador de gravidez.

Soma das proposições corretas:

20. (UEL) Acetilcolina e adrenalina são substâncias de efeitos antagônicos sobre os músculos. Que letra da tabela abaixo indica corretamente as estruturas relacionadas com a secreção dessas substâncias? (O sinal + corresponde à secreção e o sinal – corresponde à ausência de secreção).

20

 

gab

 

 

 

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias