Publicado por: Djalma Santos | 12 de março de 2016

TESTES DE GENÉTICA (VI)

01. (PUC-PR) Suponha que o heredograma abaixo refere-se a uma doença autossômica recessiva denominada fibrose cística. Os indivíduos em escuro são afetados, os demais apresentam um fenótipo normal. O alelo normal codifica uma proteína de membrana que funciona no transporte do íon cloreto, entre células e o líquido extracelular. Indivíduos com fibrose cística apresentam uma alta concentração de cloreto extracelular. O muco que reveste certas células se torna mais pegajoso e espesso. O muco se acumula no pâncreas, pulmões e trato digestório, reduzindo a absorção de nutrientes e possibilitando infecções bacterianas.

01

O casal II.1 x II.2 deseja ter mais um filho. Eles procuram um geneticista para saber qual a probabilidade de vir a ter uma menina com fibrose cística. Essa probabilidade é de:

a) 50%.

b) 6,25%.

c) 12,5 %.

d) 75%.

e) 25%.

02. (UEM) João e Roberta se casaram. Ambos são normais e têm casos de albinismo na família. Como planejam ter filhos, resolveram procurar um geneticista para tirarem suas dúvidas. João informou que sua mãe era homozigota dominante para o albinismo e seu pai era normal, porém seu avô paterno era albino. Roberta informou que seus pais eram normais, porém tem uma irmã albina. Considerando essas informações e que o albinismo tipo 1, na espécie humana, é condicionado por um alelo recessivo, assinale o que for correto.

01. João e Roberta apresentam a mesma probabilidade de serem portadores do alelo para o albinismo.

02. A probabilidade de João ser portador do alelo para o albinismo é de 50%.

04. A probabilidade de o avô e de a avó paternos de Roberta serem homozigotos dominantes é de 25%.

08. Se o casal tiver um filho albino, a probabilidade de o segundo filho ser albino será de 1/4.

16. Se o casal tiver um filho albino, a probabilidade de o segundo filho ser homozigoto é a mesma de ele ser heterozigoto.

Soma das alternativas corretas:

03. (UNICENTRO) Dominância incompleta ou semidominância ocorre quando alelos em heterozigose promovem efeitos diferentes no fenótipo em relação ao estado de homozigose. Em plantas maravilhas, os genótipos abaixo influenciam nos seguintes fenótipos:

– BB = flores vermelhas.

– bb = flores brancas.

– Bb = flores rosas.

Em cruzamento entre uma maravilha vermelha e uma branca, nasceu, em F1, 90 maravilhas rosas. Qual a porcentagem de indivíduos da cor vermelha ocorrerá se autofecundarmos duas maravilhas da F2?

a) 50%.

b) 25%.

c) 100%.

d) 0%.

d) 75%.

04. (IFSC) Observe o heredograma abaixo.

04

O homem II.2 casou-se com a mulher II.1 e os dois resolveram ter um filho. No entanto, o indivíduo II.2 tem a mãe e uma irmã que manifestam uma doença autossômica, representada pelos círculos escuros. Com base no heredograma acima, assinale a alternativa correta que indica a probabilidade de o casal mencionado (II.1 e II.2) ter um filho homem e afetado pela doença, sabendo que a mulher II.1 é heterozigota.

a) 1/32.

b) 1/2.

c) 1/4.

d) 1/16.

e) 1/8.

05. (COVEST) Na espécie humana há um gene que exerce ação simultaneamente sobre a fragilidade óssea, a surdez congênita e a esclerótica azulada. Assinale a alternativa que define o caso.

a) Ligação genética.

b) Penetrância completa.

c) Pleiotropia

d) Herança quantitativa.

e) Polialelia.

06. (FPS) No cruzamento observado abaixo está representado um caso de:

06

a) Gene dominante.

b) Herança sem dominância.

c) Codominância.

d) Gene letal.

d) Gene recessivo.

07. Suponha que, em uma espécie de planta, a altura do caule seja condicionada por 3 pares de genes com efeito aditivo. A menor planta, com genótipo recessivo, mede 40 cm e cada gene dominante acrescenta 5 cm à altura. Uma planta de genótipo aaBbCc foi autofecundada. A proporção de descendentes que serão capazes de atingir a altura de 50 cm é de:

a) 1/16.

b) 1/4.

c) 3/16.

d) 6/16.

e) 1/2.

08. (UPE) A determinação do sexo nos seres vivos está condicionada a diversos sistemas que envolvem processos e mecanismos distintos, importantes para a perpetuação e manutenção das espécies. Na maioria dos casos, é determinado por mecanismos genéticos, que caracterizam os sexos opostos. Em alguns grupos de organismos, um par de cromossomos sexuais é diferenciado no cariótipo de indivíduos do sexo feminino e do sexo masculino; em outros, não há diferenças morfológicas entre os cromossomos, embora alguns deles contenham os genes que definem os sexos. Em relação aos sistemas de determinação do sexo, analise as afirmativas a seguir:

I. Na maioria das espécies, indivíduos sem cromossomo “X” ou “Z” não conseguem sobreviver por possuírem grande quantidade de genes envolvidos em diversas características, enquanto o cromossomo “Y” ou “W” não afeta a sobrevivência por apresentar pouquíssimos genes.

II. Nas espécies dioicas, tais como a maioria dos vertebrados e das plantas com flores, a determinação do sexo por intermédio do sistema XY ocorre no momento da fecundação e depende da ação de genes específicos, que atuam no desenvolvimento do novo organismo, tornando-o macho ou fêmea.

III. No sistema de determinação sexual XY, as fêmeas são capazes de originar apenas um tipo de gameta, com metade dos alossomos e um autossomo sempre X. Já o macho é heterogamético, produzindo gametas com autossomo X ou autossomo Y.

IV. No sistema de determinação X0, as fêmeas são homogaméticas por possuírem cromossomos homólogos (XX), originando apenas um tipo de gameta, e os machos são heterogaméticos por possuírem cromossomos homólogos (X0), originando dois tipos de gametas.

V. No sistema de herança sexual ZW de algumas espécies de répteis e aves, a heterogamia é mostrada pelas fêmeas, por apresentar cromossomos sexuais (ZW), enquanto a homogamia é mostrada pelo macho (ZZ), assim é a fêmea que determina o sexo da prole.

Estão corretas, apenas:

a) I, II, IV e V.

b) I, II, III e V.

c) I, II e V.

d) I, II, III e IV.

e) I, II e III.

09. (UFAL) Em carneiros, a produção de lã preta é devida ao alelo recessivo p e a de lã branca, ao alelo dominante P. Do cruzamento de dois animais brancos originou-se um carneiro preto que é retrocruzado com a ovelha genitora. A probabilidade de nascer um animal branco a partir desse retrocruzamento é:

a) Zero.

b) 1.

c) 1/2.

d) 1/4.

e) 3/4.

10. (UEM) Assinale o que for correto sobre o cruzamento de cobaias X, em que a cor preta da pelagem é condicionada por um gene dominante B, e a cor cinza pelo seu alelo recessivo b.

01. Cobaias de cor cinza só produzem gametas portadores do alelo b.

02. Basta um alelo funcional para produzir, em quantidades adequadas, os pigmentos que dão cor preta aos pelos das cobaias X.

04. A proporção genotípica do cruzamento de dois animais pretos heterozigotos é 1/4 BB, 1/2 Bb e 1/4 bb.

08. A proporção fenotípica do cruzamento de um macho preto heterozigoto e uma fêmea cinza é 1/2 preta e 1/2 cinza.

16. O mecanismo hereditário que explica as proporções fenotípicas e genotípicas dos cruzamentos propostos foi elucidado por Mendel e é conhecido hoje como Segunda Lei de Mendel.

Soma das alternativas corretas:

11. (UECE) Em situações problemas relacionados à genética mendeliana, um dos cálculos probabilísticos utilizados é a aplicação da denominada “regra da adição” para o cálculo da probabilidade da ocorrência de eventos mutuamente exclusivos. A partir dessa informação, indique entre as opções abaixo a fração que representa a chance de um casal de pele normal, portador de gene para albinismo ter dois filhos, de qualquer sexo, sendo o primeiro de pele normal e o outro albino ou ambos normais.

a) 3/16.

b) 9/16.

c) 12/16.

d) 9/64.

12. (MACK) Na espécie humana a acondroplasia é caracterizada pela presença de braços e pernas anormalmente curtos. Quando a anomalia é muito grave, os indivíduos possuem genótipo homozigoto dominante e morrem antes de nascer. A forma branda da doença afeta indivíduos heterozigotos enquanto os normais são homozigotos recessivos. A probabilidade de um casal, em que ambos são acondroplásicos, ter uma criança de sexo feminino normal para a acondroplasia é de:

a) 2/5.

b) 2/3.

c) 1/3.

d) 1/2.

e) 1/6.

13. (UFMT) Leia as afirmações abaixo relativas à transmissão dos caracteres na reprodução sexuada.

I. Os caracteres são transmitidos dos pais para os filhos devido a informações contidas no sangue dos pais, que se concentram no esperma do homem e nas excreções vaginais da mulher

II. Os caracteres são transmitidos dos pais para os filhos devido a informações contidas no interior das células reprodutoras masculinas e femininas, chamadas gametas, que se unem na fecundação.

III. Os cromossomos existem aos pares nas células e os genes ocupam um lugar definido no cromossomo, chamado locus gênico, assim, os genes também existem aos pares. Os pares de cromossomos semelhantes são chamados cromossomos homólogos, e os pares de genes que ocupam um mesmo locus nestes cromossomos são chamados genes alelos.

Das afirmações acima está (estão) correta (s):

a) I, apenas

b) II e III, apenas.

c) III, apenas.

d) II, apenas.

e) I, II e III.

14. (UFPB) A anemia falciforme é uma doença monogênica que afeta a hemoglobina, fazendo com que as hemácias que a contêm apresentem formato de foice, o que prejudica o transporte de oxigênio.Com a chegada da população africana no Brasil, ocorreu um aumento na frequência do alelo recessivo condicionante da anemia falciforme na população. Esse fato ocorreu, porque, na África, o alelo para a anemia falciforme apresenta alta frequência, pois indivíduos com traço falcêmico (heterozigotos) desenvolvem resistência à malária, doença endêmica dessa região. A partir do exposto, considere a seguinte situação: Álvaro e Leda, um casal brasileiro, ambos portadores do traço falcêmico, procuraram aconselhamento genético para saber a probabilidade de terem uma menina portadora de anemia falciforme. Nessas circunstâncias, a probabilidade de nascer uma criança do sexo feminino com anemia falciforme é de:

a) 25%.

b) 12,5%.

c) 50%.

d) 30%.

e) 15%.

15. (UECE) Em tomates, a característica planta alta (L) é dominante em relação à característica planta anã (l) e a cor vermelha do fruto (V) é dominante em relação à cor amarela (v). Um agricultor fez o seguinte cruzamento: planta alta/fruto vermelho (L_V_) x planta anã/fruto amarelo (llvv) e na geração proveniente desse cruzamento, todas as plantas nasceram altas com frutos vermelhos. Da geração de plantas obtidas, pode-se afirmar corretamente que:

a) O genótipo de todas elas é LLVV.

b) O fenótipo de todas elas é LLVV.

c) O genótipo de todas elas é LlVv.

d) O fenótipo de todas as plantas não pode ser determinado.

16. Qual é o resultado do cruzamento Rs/rS x rs/rs considerando que a frequência de recombinação é de 12%?

16

17. (UESC) O trabalho de Mendel não encontrou, em sua época, um único cientista que o compreendesse a ponto de nele descobrir uma das maiores obras de toda a ciência. Parece certo que o ambiente científico não estava preparado para receber a grande conquista. Mendel constitui, por isso, um dos mais belos (e tristes) exemplos de homem que andou à frente de seu tempo, conhecendo fatos e elaborando leis que a sua época ainda não podia compreender. Além disso, era um gênio que não tinha condições de se tornar um figurão da ciência: era sacerdote, tinha publicado um único trabalho bom e era professor substituto de escola secundária.

(FREIRE-MAIA, 1995. p. 31).

Considerando-se o trabalho desenvolvido por Mendel a partir dos cruzamentos com espécimes de ervilhas-de-cheiro (Pisum sativum) e a pouca repercussão obtida entre os cientistas da época, é possível afirmar:

a) Um dos conceitos utilizado por Mendel na elaboração da 1a Lei antecipava o conhecimento sobre meiose como um processo reducional de divisão celular.

b) A utilização de conceitos lamarckistas, em seus experimentos, é o principal motivo que impediu a compreensão do trabalho mendeliano pela comunidade científica da época.

c) A precisão dos resultados obtidos por Mendel foi consequência do conhecimento prévio obtido por ele sobre a importância do DNA como molécula responsável pela hereditariedade.

d) A falta de reconhecimento do trabalho de Mendel, à sua época, foi devido às dificuldades impostas pelos cientistas fixistas em não aceitarem concepções evolucionistas como a transmissão de características genéticas ao longo das gerações.

e) O cruzamento da geração parental resultava em uma descendência com proporção genotípica de 3:1 como consequência da segregação independente dos fatores mendelianos.

18. (MACKI) A fibrose cística e a miopia são causadas por genes autossômicos recessivos. Uma mulher míope e normal para fibrose cística casa-se com um homem normal para ambas as características, filho de pai míope. A primeira criança nascida foi uma menina de visão normal, mas com fibrose. A probabilidade de o casal ter outra menina normal para ambas as características é de:

a) 3/8.

b) 1/4.

c) 3/16.

d) 3/4.

e) 1/8.

19. (UECE) Os geneticistas puseram à prova a hipótese de que a determinação e a transmissão hereditária dos grupos sanguíneos M, MN e N é feita por genes localizados em um determinado par cromossômico. E, levando em conta que esses grupos sanguíneos não mostram incidência preferencial por nenhum dos sexos, os geneticistas complementaram a sua hipótese especificando que o par cromossômico que contém os genes responsáveis pela produção dos antígenos M e N nas hemácias é autossômico. Então, de acordo com essa informação e seus conhecimentos em genética, assinale a opção correta.

a) Considerando que os genes pertencentes a dois diferentes loci são denominados alelos (do grego, allelon = cada outro), pode-se dizer que o gene M é um alelo do gene N e vice-versa, ou que os genes M e N constituem um par de alelos.

b) Quando um indivíduo apresenta um par de alelos idênticos, ele é dito homozigoto, ou possuidor de genótipo homozigoto. Se os alelos de um par forem diferentes, o indivíduo será dito heterozigoto em relação ao loco desses alelos. Os genótipos MM e NN são, pois, homozigotos, enquanto o genótipo MN é heterozigoto.

c) Sabendo-se que os gametas contêm um número haploide de cromossomos, pois incluem apenas um dos dois de cada par cromossômico, está claro que, de acordo com a hipótese em apreço, cada gameta somente poderá ser portador de um dos alelos, a menos, é claro, que haja, excepcionalmente, falta de disjunção cromossômica durante a mitose.

d) O caso no texto dessa questão exemplifica a famosa segunda lei de Mendel, também conhecida como lei da segregação ou lei da disjunção ou, ainda, lei da pureza dos gametas, segundo a qual os caracteres hereditários são determinados por pares de genes, que segregam durante a formação dos gametas, voltando a se unir nos zigotos.

20. (UFF) O heredograma abaixo representa a incidência de uma característica em uma família.

20

Pela análise dessas relações genealógicas, pode-se concluir que a característica fenotípica observada é transmitida por um tipo de herança:

a) Dominante e ligada ao cromossomo X.

b) Recessiva e ligada ao cromossomo X.

c) Ligada ao cromossomo Y.

d) Autossômica recessiva.

e) Autossômica dominante.

reparo.gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 12 de março de 2016

TESTES DE ZOOLOGIA (3)

01. (UDESC) O filo dos cordados possui três subfilos: Vertebrados, Urocordados e Cefalocordados. O anfioxo, mostrado na Figura 4, é o representante tipo do último subfilo. Uma característica marcante do anfioxo destes animais é que o revestimento corporal é relativamente transparente e permite visualizar sua musculatura metamerizada, organizada em blocos.

01

Com relação ao anfioxo e ao filo dos cordados, analise as proposições.

I. Pela análise da anatomia dos anfioxos, pode-se afirmar que possuem tubo digestório completo.

II. A respiração do anfioxo é do tipo pulmonar.

III. O habitat do anfioxo é aquático.

IV. Nos cordados vertebrados a notocorda se transforma na coluna vertebral.

V. Os cordados apresentam durante seu desenvolvimento embrionário: tubo nervoso dorsal; notocorda; fendas faringianas e cauda pós-anal.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, III e V são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas I, II, III e V são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

02. (UPE) Ao caminhar pela areia da praia, durante a baixa-mar, um naturalista encontra um pequeno verme e classifica-o imediatamente como um anelídeo. Qual das características abaixo teria fundamentado seguramente tal conclusão?

a) Corpo segmentado com anéis visíveis na superfície do corpo, caracterizando essa segmentação.

b) Vida marinha e hábito escavador.

c) Corpo vermiforme e hábito marinho.

d) Vermes cilíndricos, alongados e lisos, com boca e ausência de ânus, caracterizando sistema digestório incompleto.

e) Vermes de corpo achatado e região cefálica não determinada.

03. (UECE) O mastodonte era um mamífero gigante que habitou o nordeste brasileiro no Pleistoceno e hoje se encontra extinto. Existe um dente deste animal depositado na sala de visita do Açude Castanhão. Já no Rio Grande do Norte, nas imediações da cidade de Felipe Guerra, encontramos conchas e esqueletos de equinodermas. Destes animais, aqueles que apresentam esqueletos externos são:

a) Somente as conchas.

b) As conchas e os equinodermos.

c) Somente os mastodontes.

d) Os equinodermos e os mastodontes.

04. (UEPG) Com relação aos tipos de desenvolvimento dos insetos, assinale o que estiver correto.

01. Os insetos com desenvolvimento direto são denominados ametábolos. O termo ressalta o fato de não haver grandes transformações durante o desenvolvimento, uma vez que o jovem já se assemelha ao adulto, sendo apenas menor.

02. Nos insetos hemimetábolos, do ovo eclode uma forma chamada ninfa, que é semelhante ao adulto, mas não tem asas desenvolvidas. A ninfa origina o adulto.

04. São tipos de desenvolvimento indireto dos insetos: ametábolo, hemimetábolo, holometábolo.

08. No desenvolvimento holometábolo, do ovo eclode uma larva bastante semelhante ao indivíduo adulto.

16. Borboletas e mariposas são insetos que apresentam desenvolvimento indireto, com metamorfose gradual ou incompleta do tipo hemimetábolo.

Soma das alternativas corretas:

05. (PUC-CAMPINAS) Um fisiologista estudou certas características dos vertebrados I e II, anotando os dados abaixo.

– Tanto I como II possuem coração com 1 átrio e 1 ventrículo.

– Tanto I como II realizam suas trocas gasosas com o ambiente através de brânquias.

– I é um animal ureotélico e II é um animal amoniotélico.

De acordo com esses dados, I e II podem ser, respectivamente:

a) Um cação e um lambari.

b) Um cação e uma raia.

c) Um lambari e um cação.

d) Um lambari e uma piranha.

e) Uma piranha e uma raia.

06. (URCA) Lula Molusco é supostamente uma lula; Patric, uma estrela-do-mar; o Sr. Siriguejo, um caranguejo; e Bob é supostamente uma esponja-do-mar. Cada um, portanto, pertence a um grupo animal diferente. Se eles forem colocados segundo a ordem evolutiva de surgimento dos grupos animais a que pertencem, teremos respectivamente:

06

a) Esponja-do-mar, estrela-do-mar, lula e caranguejo.

b) Esponjado mar, lula, caranguejo e estrela-do-mar.

c) Estrela-do-mar, esponja-do-mar, caranguejo e lula.

d) Estrela-do-mar, lula, caranguejo e esponja-do-mar.

e) Lula, esponja-do-mar, estrela-do-mar e caranguejo.

07. (UNICENTRO) A metameria consiste na organização do corpo em uma série de metâmeros, iguais ou semelhantes, que se repetem ao longo do comprimento do corpo. Assinale a alternativa que indica, exclusivamente, filos que apresentam metameria.

a) Annelida, Arthropoda e Chordata.

b) Annelida, Mollusca e Nematoda.

c) Arthropoda, Echinodermata e Nematoda.

d) Chordata, Echinodermata e Platyhelminthes.

e) Chordata, Mollusca e Platyhelminthes.

08. (CESPE) A biologia de afídeos é bizarra: as fêmeas podem nascer grávidas. Esses insetos exibem um padrão de reprodução por partenogênese, e os machos, às vezes, não têm boca, o que acarreta a sua morte pouco tempo depois do acasalamento. Uma pesquisa mais recente mostrou que, além de apresentarem essas anomalias, afídeos — Acyrthosiphon pisum — podem absorver energia luminosa e transferi-la para um tipo de maquinaria celular envolvida na produção de energia. Nesse estudo, esses insetos passaram por ciclos de exposição em ambientes com e sem luz. Após cada ciclo, foi medida a quantidade de ATP produzida por eles. Quando os pulgões eram colocados em um lugar iluminado, a síntese de ATP era duas vezes maior do que quando colocados em ambientes sem luz.

Internet: <www.oglobo.globo.com> (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e a respeito dos múltiplos aspectos que ele suscita, assinale a opção correta.

a) Nos afídeos, o transporte de gases é feito pelo sistema circulatório e atende às necessidades metabólicas desses insetos.

b) Os insetos referidos no texto apresentam um padrão de reprodução em que as fêmeas não precisam ser fecundadas para dar origem a outras fêmeas.

c) O processo de produção de energia referido no texto é a fotossíntese, por meio da qual afídeos utilizam o oxigênio como matéria-prima, além de eliminarem o dióxido de carbono.

d) Assim como as plantas, os afídeos produzem glicose a partir do ATP obtido na alimentação.

09. (IFSul) Os cordados possuem características exclusivas e são considerados um dos grupos mais heterogêneos dentro da zoologia. Seus representantes apresentam anatomias notavelmente variadas. Com relação aos cordados, considere as seguintes afirmativas:

I. Os mamíferos, incluído os humanos, assim como os peixes, os anfíbios, os répteis e as aves constituem o filo Chordata.

II. Notocorda e fendas branquiais na faringe são estruturas presentes no filo Chordata.

III. Notocorda, encéfalo e sistema nervoso ventral são elementos comuns a todos os cordados.

IV. A pele em anuros, as brânquias em tartarugas marinhas e sacos aéreos nas aves são exemplos de estruturas utilizadas no processo respiratório.

Estão corretas apenas informações contidas em:

a) I e III.

b) I e II.

c) II e III.

d) III e IV.

10. (UFJF) Centopeias e piolhos-de-cobra são artrópodes caracterizados pela presença de um corpo alongado provido de muitas pernas, fato que deu nome ao grupo –miriápodes. Ambos vivem em ambientes muito úmidos e apresentam diferenças que se expressam em sua morfologia, seu comportamento e quanto ao tipo de alimentação. As diferenças observadas nas centopeias [I] e nos piolhos-de-cobra [II] são:

a) [I] um par de apêndices por segmento; incapazes de se enrolar; carnívoros. [II] dois pares de apêndices por diplossegmento; enrolam-se em espiral; herbívoros.

b) [I] um par de apêndices por segmento; incapazes de se enrolar; herbívoros. [II] dois pares de apêndices por diplossegmento; enrolam-se em espiral; carnívoros.

c) [I] dois pares de apêndices por diplossegmento; enrolam-se em espiral; onívoros. [II] um par de apêndices por segmento; incapazes de se enrolar; carnívoros.

d) [I] dois pares de apêndices por diplossegmento; incapazes de se enrolar; herbívoros. [II] um par de apêndices por segmento; incapazes de se enrolar; onívoros.

e) [I] um par de apêndices por segmento; enrolam-se em espiral; onívoros. [II] dois pares de apêndices por diplossegmento; incapazes de se enrolar; onívoros.

11. (FEI) Sobre os organismos metazoários foram feitas as seguintes afirmações:

I. Os moluscos são organismos de corpo mole, com ciclo de vida simples, respiração cutânea e ausência de celoma.

II. O grupo dos Hexápoda (Insecta) compreende organismos que possuem necessariamente asas e dois pares de antenas.

III. Uma das características exclusivas dos equinodermos é a presença do sistema ambulacrário.

IV. Anuros e répteis têm em comum a evolução de ovos com casca dura e resistente.

Pode-se afirmar que:

a) Nenhuma afirmação está correta.

b) Somente as afirmações I e IV estão corretas.

c) Somente as afirmações II e IV estão corretas.

d) Somente a afirmação III está correta.

e) Todas as afirmações estão corretas.

12. (UPE) A imagem a seguir corresponde ao Fuleco, mascote da copa da FIFA de 2014, que foi sediada no Brasil. A mascote, cujo nome é a junção das palavras “futebol” e “ecologia”, representa a espécie Tolypeuteus trincinctus, conhecida vulgarmente como tatu-bola. Considerada uma espécie que corre alto risco de extinção em médio prazo pelo livro da Biodiversitas (2008), este animal pertence ao Filo Chordata, Classe Mammalia.

12

(Disponível em: http://sacizento.bol.uol.com.br/blog/?p=4900)

Com relação às características dos mamíferos, analise as afirmativas a seguir:

I. Apesar da viviparidade, o embrião se desenvolve por completo, dentro do corpo da mãe e já nasce com formato bem similar ao que será quando adulto. Além de aumentar as chances de sobrevivência dos filhotes, garantindo o sucesso reprodutivo, a viviparidade limita o número de filhotes por gestação e, por isso, é considerada evolutivamente um fator desvantajoso.

II. A presença das glândulas mamárias, sebáceas e sudoríparas, estruturas de origem endodérmicas, juntamente com os pelos de origem ectodérmica, placenta, músculo diafragma e o desenvolvimento intrauterino do filhote são as principais características dos mamíferos.

III. Podem ser encontrados desde as regiões tropicais até as polares e desde os mares até os desertos mais secos e as florestas mais densas. O sucesso de conseguir viver em ambientes bem diferentes deve-se a uma série de outras características, entre as quais se pode citar: mecanismos de retenção e dissipação de calor, desenvolvimento do encéfalo, heterodontia.

IV. São classificados nas subclasses Eutheria, Metatheria e Prototheria. Os eutérios, conhecidos como placentários, constituem o maior grupo de mamíferos; o tatu-bola se encontra nesse grupo. Os metatérios apresentam marsúpios, a exemplo do gambá, e os prototérios são os mais primitivos, formados, apenas, pela ordem dos monotremados.

V. Todos os mamíferos têm sistema digestório completo, respiração pulmonar, coração com quatro cavidades, circulação fechada, dupla e completa. As hemácias são pequenas, discoidais e nucleadas; os rins são do tipo mesonefrons, e o produto final da excreção é a ureia. Os marsupiais e alguns eutérios podem ter placenta cório-vitelínica, e os demais eutérios, placenta cório-alantoica.

Estão corretas, apenas:

a) I, II e V.

b) I, III e IV.

c) II e V.

d) II, III e V.

e) III e IV.

13. (UECE) Sobre a maioria dos peixes ósseos, e correto afirmar que:

a) Sua bexiga natatória compreende um grande saco de paredes finas e irrigadas, preenchido por gases que permitem o ajuste do peso do corpo do peixe de acordo com a profundidade em que ele se encontra.

b) Possuem um coração com duas cavidades (aurícula e ventrículo) por onde circula sangue venoso e arterial, de cor vermelha bastante intensa.

c) Possuem estruturas denominadas Ampolas de Lorenzini, que funcionam como canais sensitivos capazes de detectar as correntes elétricas dos músculos de outros organismos.

d) Apresentam escamas placoides, compostas de esmalte, dentina, vasos e nervos.

14. (IFSC) O filo Chordata (do latim chorda, corda) reúne os animais cordados, cujos representantes mais conhecidos são os peixes, os anfíbios, os répteis, as aves e os mamíferos. Há cerca de 45 mil espécies de cordados catalogadas, distribuídas em três subfilos: Vertebrata (vertebrados), com cerca de 43.700 espécies atuais, Urochordata (urocordados), com cerca de 1250 espécies e Cephalochordata (cefalocordados), com 23 espécies.

Fonte: AMABIS, J.M.; MARTHO, G.R. Fundamentos da Biologia Moderna. Vol. Único. 3ª ed. São Paulo: Moderna, 2002.

Em relação aos vertebrados, assinale no cartão-resposta a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. Os peixes são animais pecilotérmicos. Isso significa que a temperatura do seu corpo varia de acordo com a do ambiente. A temperatura do corpo dos peixes em geral, mantém-se mais ou menos próxima à temperatura ambiente.

02. No estágio larval, os anfíbios respiram por brânquias, tal como os peixes. Quando adultos, perdem as brânquias e passam a viver também em ambientes terrestres, sendo que a respiração pulmonar passa a ser sua principal via de obtenção de gases. O fino, permeável e altamente vascularizado tegumento dos anfíbios também permite a troca de gases, sendo esta modalidade respiratória denominada respiração cutânea.

04. Os répteis são animais monoicos, que fazem fecundação externa. Os ovos costumam ser grandes, possuem uma casca grossa para proteger contra dessecamento, e o embrião tem desenvolvimento direto, sem metamorfose.

08. Os mamíferos são cordados, vertebrados, tetrápodos, craniados, amniotas, alantoidianos, protostômios, acelomados, homeotérmicos que possuem pelos e amamentam seus filhotes. Pelos dos mamíferos, penas de aves e escamas de répteis são anexos da pele formadas por queratina. Há espécies que vivem na terra, outras na água doce ou salgada, e ainda, aquelas que voam, como os morcegos.

16. As aves possuem tubo digestivo com particularidades: o bico sem dentes, o papo, a moela e a cloaca. Não possuem bexiga urinária.

Soma das proposições corretas:

15. (UFRN) Marque a alternativa que apresenta uma associação correta entre os filos do reino animal, suas características e seus representantes.

a) Moluscos: multicelulares – celomados – protostômios – quítons.

b) Nematelmintos: multicelulares – acelomados – protostômios – lombriga.

c) Equinodermos: multicelulares – celomados – protostômios – estrela-do-mar.

d) Platelmintos: multicelulares – pseudocelomados – deuterostômios – planária.

16. (UNEASPAR) Na véspera do vestibular um aluno estava revisando suas anotações para construir uma tabela comparativa dos invertebrados. Entretanto muitas informações estavam incorretas, assinale a alternativa que possui as informações corretas.

a) Os poríferos são animais filtradores com uma boca chamada ósculo e uma cavidade digestória chamada átrio.

b) Os platelmintos são animais triblásticos celomados, com sistema excretor do tipo nefridiano.

c) Os asquelmintos são animais acelomados com o corpo alongado e cilíndrico.

d) O filo dos artrópodes reúne o maior número de espécies, possuem um exoesqueleto quitinoso, que deve ser substituído periodicamente.

e) No filo dos moluscos encontramos animais com sistema ambulacrário movimentando a rádula.

17. (UNIOESTE) Com relação aos vertebrados, assinale a alternativa correta.

a) Peixes têm circulação fechada e coração formado por três cavidades.

b) Aves carnívoras têm papo muito desenvolvido e moela pouco musculosa.

c) Baleia, gambá e gato são exemplos de mamíferos monotremados, marsupiais e placentários, respectivamente.

d) Válvula espiral, bexiga natatória e glândula uropigiana podem ocorrer em condrictes, osteíctes e aves, respectivamente.

e) Todos os répteis são carnívoros e répteis crocodilianos possuem coração com três cavidades: dois átrios e um ventrículo.

18. (UNICENTRO) O gráfico a seguir representa a correlação entre a temperatura corpórea de dois grupos de cordados e a temperatura do ambiente.

18

Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, o grupo de cordados correspondente às espécies A e B.

a) Peixe e réptil.

b) Ave e réptil.

c) Anfíbio e peixe.

d) Anfíbio e mamífero.

e) Mamífero e ave.

19. (IFG) A pérola é uma estrutura de origem orgânica, que se forma quando um sedimento ou um microrganismo penetra entre o manto e a concha do molusco, causando uma irritação nessa região. Como proteção, o animal forma uma estrutura chamada bolsa perolífera que envolverá totalmente a partícula invasora e fará a deposição de nácar, substância que se cristaliza formando várias camadas sobre o corpo estranho, constituindo a pérola. O molusco produtor de pérolas pertence à classe dos:

a) Gastrópodes.

b) Cefalópodes.

c) Poliplacóforos.

d) Bivalves.

e) Escafópodes.

20. (UPE) Escolha a alternativa que melhor preenche os espaços, dando sentido ao texto.

Os …..1….. são animais com exoesqueleto quitinoso e apêndices articulados. O corpo é dividido em ….2….. No lugar de maxilas e mandíbulas existem ….3….. com garras e acúleo inoculador de veneno. A circulação é …..4….., e o coração situa-se dorsalmente no abdômem. Em algumas espécies, pigmentos como a ….5….., transportam os gases respiratórios. A respiração nesse grupo é do tipo …..6….. e a excreção é realizada através de …..7….. O sistema nervoso é constituído por gânglios e possuem …..8….. com função sensorial. Apresentam sexos separados com fecundação interna e são …..9….. com desenvolvimento …..10….. O crescimento do animal se dá através de mudas, nas quais o exoesqueleto é substituído por um novo e maior.

a) 1 – araneídeos; 2 – cefalotórax e abdômem; 3 – quelíceras; 4 – aberta; 5 – hemocianina; 6 – filotraqueal; 7 – túbulos de Malpighi; 8 – ocelos; 9 – ovíparos; 10 – direto.

b) 1 – escorpionídeos; 2 – cefalotórax, abdômem e pós- abdômem; 3 – quelíceras; 4 – aberta; 5 – hemocianina; 6 – filotraqueal; 7 – glândulas verdes; 8 – ocelos; 9 – vivíparos; 10 – indireto.

c) 1 – insetos; 2 – cabeça, tórax e abdômem; 3 – forcípulas; 4 – aberta; 5 – hemoglobina; 6 –traqueal; 7 – túbulos de Malpighi; 8 – antenas; 9 – ovíparos; 10 – indireto.

d) 1 – crustáceos; 2 – cefalotórax e abdômem; 3 – pedipalpos; 4 – fechada; 5 – hemoglobina; 6 – branquial; 7 – glândulas coxais; 8 – antenas; 9 – ovovivíparos; 10 – indireto.

e) 1 – diplópodos; 2 – cabeça e tronco; 3 – forcípulas; 4 – aberta; 5 – hemocianina; 6 – filotraqueal; 7 – túbulos de Malpighi; 8 – antenas; 9 – ovíparos; 10 – direto.

21. (UPF)

 “Um pequenino grão de areia

que era um pobre sonhador

olhando o céu viu uma estrela

e imaginou coisas de amor

(…)

(…) o que há de verdade

é que depois, muito depois

apareceu a estrela do mar”

(Herivelto Martins)

As estrelas do mar são:

a) Equinodermos com revestimento calcário, sem espinhos e tecido muscular.

b) Equinodermos com epiderme recobrindo os espinhos calcários articulados às placas do Endoesqueleto.

c) Equinodermos com epiderme queratinizada nos pés ambulacrais e superfície corporal lisa.

d) Poríferos com epiderme recobrindo os espinhos calcários articulados às placas do esqueleto.

e) Poríferos com epiderme queratinizada nos pés ambulacrais.

22. (UFU) Observe as tirinhas a seguir.

22

As características das planárias, retratadas nas tirinhas 1 e 2, por meio de situações fictícias, referem-se, respectivamente, ao fato de elas serem:

a) Assexuadas e hermafroditas.

b) Hermafroditas e regeneráveis.

c) Regeneráveis e autofecundáveis.

d) Autofecundáveis e hermafroditas.

23. (IFSul) Os cordados são animais que surgiram há cerca de 500 milhões de anos e se expandiram, ocupando os mais diversos ambientes terrestres. O filo dos cordados se distingue de todos os outros filos do reino Animalia, pois seus representantes possuem, como característica exclusiva, a presença de:

a) Celoma.

b) Mesoderme.

c) Tubo nervoso dorsal.

d) Saco vitelino.

24. (UFU)

24a

24b

 

Os animais presentes na charge, que apresentam as características descritas no quadro acima, são:

a) Tartaruga de Galápagos e lagarto tuatara.

b) Baleia da Groenlândia e ser humano.

c) Baleia da Groenlândia e carpa chinesa.

d) Urubu de cabeça vermelha e ser humano.

25. (UPF) Os animais abaixo representam três grupos de artrópodes.

25

Em relação à sequência representada, as afirmações estão corretas, exceto:

a) Os grupos II e III têm respiração traqueal.

b) Os animais do grupo I apresentam a cabeça e o tórax fundidos.

c) O grupo III pode injetar veneno em suas presas, através de quelícera.

d) Os grupos I, II e III têm o corpo revestido de quitina.

e) No grupo II não há sistema circulatório aberto ou lacunar.

26. (PUC-CAMPINAS) Os primatas, bem como muitos outros cordados, possuem diversas características em comum. Quanto a esse assunto, considere o texto a seguir.

O coração é formado por quatro câmaras, dois átrios e dois ventrículos e, nesse caso, não há mistura de sangue arterial com sangue venoso. A circulação é dupla, permitindo bom controle da pressão arterial. O sistema circulatório é eficiente, possibilitando uma rápida chegada de produtos da digestão aos tecidos, garantindo o controle da temperatura do corpo.

Esse texto é verdadeiro para o seguinte conjunto de animais:

a) Papagaios, saguis e serpentes.

b) Galinhas, chimpanzés e onças.

c) Jacarés, macacos-prego e garças.

d) Gorilas, leões e sapos.

e) Lagartos, jiboias e araras.

27. (UPF) Nos poríferos, há células diferentes para funções específicas. Assim, à sequência abaixo correspondem as respectivas funções:

I. Porócito.

II. Coanócito.

III. Escleroblasto.

IV. Pinacócito.

a) I – reveste o corpo do porífero; II – movimenta a água para ajudar na nutrição e excreção; III – origina espículas; IV – permite entrada da água no indivíduo.

b) I – permite entrada da água no indivíduo; II – movimenta a água para ajudar na nutrição e excreção; III – origina espículas; IV – reveste o corpo do porífero.

c) I – movimenta a água para ajudar na nutrição e excreção; II – permite entrada da água no indivíduo; III – origina espículas; IV – reveste o corpo do porífero.

d) I – reveste o corpo do porífero; II – permite entrada da água no indivíduo; III – origina espículas; IV – movimenta a água para ajudas na nutrição e excreção.

e) I – promove a excreção da água com resíduos no indivíduo; II – movimenta a água para ajudar na nutrição e excreção; III – protege contra agressores; IV – reveste o corpo do porífero.

28. (UERN) Um estudante, ao comparar um camarão e uma aranha, listou algumas características que considerava comuns aos animais. A partir dessa lista, assinale a característica realmente compartilhada por ambos.

a) Ausência de antenas.

b) Respiração filotraqueal.

c) Presença de quatro pares de pernas.

d) Corpo dividido em cefalotórax e abdome.

29. (UNEMAT) Alguns peixes possuem um órgão interno denominado de bexiga natatória, que se encontra geralmente abaixo da coluna vertebral. Trata-se de um mecanismo capaz de aumentar ou diminuir o volume de gás em seu interior. A bexiga natatória permite que o peixe altere sua profundidade sem a necessidade de nadar. Considere as seguintes assertivas:

I. O peixe, ao encher ou esvaziar a estrutura com ar, altera sua densidade, controlando a sua profundidade na água.

II. Nos peixes pulmonados, a bexiga natatória está associada a poucos vasos sanguíneos e sua parede é composta de tecido epitelial multiestratificado.

III. Em algumas espécies de peixes, essas estruturas são ligadas à faringe, formando uma estrutura homóloga ao pulmão, importante na respiração aérea.

Assinale a alternativa correta:

a) Todas são incorretas.

b) Todas são corretas.

c) Somente as afirmativas I e II são corretas.

d) Somente as afirmativas I e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II e III são corretas.

30. (UPF) A alternativa cujas características são todas de aves é:

a) Estrutura óssea na parte anterior da caixa torácica (quilha); ovo sem vitelo; ureia como substância nitrogenada de excreção.

b) Sistema excretor formado por um par de rins; presença da glândula uropigiana que produz secreção utilizada para a impermeabilização corporal; ciclo reprodutivo com fase larval intermediária.

c) Coração com dois átrios e um ventrículo; órgão olfativo no teto da boca (órgão de Jacobson); revestimento do corpo com pele elástica.

d) Ácido úrico como substância nitrogenada de excreção; ovíparos com desenvolvimento direto; presença da glândula uropigiana que produz secreção utilizada para a impermeabilização corporal.

e) Circulação sanguínea aberta; sistema excretor formado por um par de rins; temperatura corporal oscilante.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 5 de março de 2016

TESTES DE EMBRIOLOGIA (2)

01. (UniEvangélica) Leia o texto a seguir.

Simultaneamente à organogênese formam-se, a partir dos três folhetos embrionários e externamente em relação ao corpo do embrião, várias membranas que realizam diversas funções indispensáveis ao completo desenvolvimento embrionário. Essas membranas são chamadas anexos embrionários, sendo a mais simples o saco vitelino, ou vesícula vitelina, o único anexo embrionário de peixes e anfíbios. Répteis, aves e mamíferos, além da vesícula vitelina, apresentam cório, alantoide e âmnio, que garantem um desenvolvimento embrionário relativamente independente do meio aquático. No entanto, os mamíferos vivíparos apresentam a vesícula vitelínica e o alantoide atrofiadas.

SILVA JÚNIOR, César da; SASSON, Sezar; CALDINI JÚNIOR, Nelson. Biologia. Vol. único. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2011. p. 550.

Os mamíferos vivíparos apresentam vesícula vitelina e alantoide atrofiadas porque:

a) O âmnio envolve completamente o embrião e torna desnecessária a ação da vesícula vitelina e alantoide.

b) No estágio de nêurula acentua-se a organogênese, pois vão se diferenciando os principais órgãos e sistemas, especialmente os derivados do mesoderme.

c) Após a formação do zigoto tem início o processo de divisões celulares sucessivas, etapa chamada de segmentação ou clivagem, resultando em blastômeros.

d) Nos mamíferos vivíparos existe outro anexo, a placenta, responsável pela fixação do embrião no útero e por todas as trocas metabólicas efetuadas entre a mãe e o embrião.

02. (UERN) A organogênese é uma fase embrionária responsável pela formação dos órgãos e sistemas, na qual os movimentos de células e as dobras dos folhetos embrionários originam os diversos órgãos do embrião. Em relação à organização dos folhetos embrionários, relacione o folheto embrionário ao respectivo órgão formado no animal adulto.

1. Endoderme.

2. Mesoderme.

3. Ectoderme.

(    ) Musculatura esquelética.

(    ) Fígado e pâncreas.

(    ) Medula e nervos.

(    ) Derme.

(    ) Bexiga urinária.

A sequência está correta em:

a) 2, 1, 1, 3, 2.

b) 2, 1, 3, 2, 1.

c) 1, 3, 3, 1, 2.

d) 3, 2, 2, 3, 1.

03. (UFSC) Pesquisas recentes revelam que a cocaína atravessa a barreira placentária, indo afetar o desenvolvimento normal de bebês. A droga ataca, principalmente, o sistema nervoso provocando, posteriormente, dificuldades na aprendizagem e na integração da criança com os pais e com o meio. A placenta é um dos anexos embrionários presentes em vertebrados. Sobre esses anexos é correto afirmar que:

a) O âmnio possui função de armazenar substâncias nutritivas (vitelo).

b) A vesícula vitelínica atenua abalos e traumatismos, sofridos pela mãe, que possam atingir o embrião.

c) O alantoide possui, exclusivamente, função protetora.

d) O cordão umbilical liga o feto à placenta em todos os mamíferos.

e) A placenta, dentre outras funções, é responsável pela nutrição e serve como barreira contra infecções.

04. (PUC-RIO) A respeito do ovo amniótico, produzido por répteis (incluindo as aves) e mamíferos, considere as afirmativas a seguir.

I. Permitiu aos amniotas ocupar um número maior de ambientes do que aqueles ocupados pelos anfíbios.

II. Difere do ovo dos anfíbios e peixes apenas pela presença de uma casca calcária.

III. É nomeado em função da presença do âmnio, membrana que circunda o embrião e o envolve em uma cavidade preenchida por fluido.

IV. É considerado uma característica derivada compartilhada nos amniotas.

É correto o que se afirma em:

a) Somente I, III e IV.

b) Somente II, III e IV.

c) Somente III.

d) Somente I, II e IV.

e) I, II, III e IV.

05. (UNICAMP) Os primeiros vertebrados a ocupar o ambiente terrestre foram os anfíbios, que, porém, ainda necessitam retornar à água para a reprodução. A independência da água foi conseguida posteriormente através de novidades evolutivas, como as relacionadas ao ovo.

05

É correto afirmar que:

a) estrutura indicada em a é o córion.

b) estrutura indicada em b é o saco vitelínico.

c) estrutura indicada em c é o alantoide.

d) estrutura indicada em d é o âmnion.

e) Uma das adaptações reprodutivas para a vida animal em ambiente terrestre é a fecundação interna.

06. (PUCCAMP) Um embrião de sapo, na fase final de gastrulação, é submetido à ação de radiação mutagênica de pequeno poder de penetração e que atinge apenas as células superficiais. Espera-se que surjam anomalias:

a) No estômago e no intestino.

b) Nos músculos lisos e estriados.
c) Na epiderme e no sistema nervoso.
d) Nos ossos e nas cartilagens.
e) Nos rins e no miocárdio.

07. (UFOP) A placenta é um anexo que se forma a partir do embrião e do endométrio materno, cuja principal função é realizar trocas entre o feto e o corpo materno. Podemos afirmar que a placenta completamente desenvolvida é encontrada:

a) Em todos os mamíferos.

b) Na maioria dos mamíferos, com exceção apenas dos marsupiais.

c) Na maioria dos mamíferos, com exceção apenas dos monotremos.

d) Nos mamíferos em geral exceto nos marsupiais e monotrematas.

e) Quase todos os répteis e mamíferos.

08. (PUC-CAMPINAS) Um pesquisador, ao examinar ovos em desenvolvimento, observou que apresentavam as seguintes características:

– Grande quantidade de vitelo.

– Clivagem parcial discoidal.

– Presença de âmnio, alantoide e cório.

– Somitos mesodérmicos.

– Tubo neural dorsal.

De acordo com esses dados, conclui-se que os ovos:

a) Não eram de aves.

b) Não eram de répteis.

c) Eram de anfíbios ou de répteis.

d) Eram de anfíbios ou de aves.

e) Eram de répteis ou de aves.

09. (PUC-PR) Em relação à embriologia, julgue os itens abaixo:

I. Nos espermatozoides, as mitocôndrias situadas na região intermediária são as “centrais de energia” para a intensa atividade motora dos flagelos.

II. Nos marsupiais, os filhotes nascem prematuramente e completam seu desenvolvimento na bolsa marsupial.

III. A penetração de um único espermatozoide no óvulo caracteriza a monospermia. Há casos de polispermia, ou seja, entrada de mais de um espermatozoide no óvulo, e isto caracteriza a formação de gêmeos.

IV. O âmnio é o anexo embrionário que se constitui numa bolsa preenchida pelo líquido amniótico e que tem por função proteger o embrião contra choques mecânicos e desidratação.

Assinale a correta:

a) I, II e IV.

b) I, III e IV

c) I, II e III

d) II, III e IV

e) I, II, III e IV

10. Na embriogênese, a partir dos três folhetos iniciais, vão surgindo por diferenciação celular, os tecidos embrionários e destes, resultarão os tecidos definitivos, que formarão os órgãos e todas as partes do corpo. Assinale a opção que associa corretamente a estrutura presente em vertebrados e o folheto embrionário que lhe deu origem.

a) Ectoderma – sistema nervoso, Mesoderma – tecido conjuntivo, Endoderma – pulmões.
b) Ectoderma – músculos, Mesoderma – pâncreas, Endoderma – epiderme.
c) Ectoderma – sistema urinário, Mesoderma – bexiga, Endoderma – músculos.
d) Ectoderma – pulmões, Mesoderma – sistema urinário, Endoderma – sistema nervoso.
e) Ectoderma – tecido conjuntivo, Mesoderma – epiderme, Endoderma – pâncreas.

11. (UFRGS) Assinale a alternativa correta a respeito dos ovos de diferentes espécies animais.

a) Ovos de aves apresentam segmentação total, originando blastômeros de tamanhos iguais.

b) Ovos de insetos têm vitelo distribuído de forma homogênea.

c) Ovos de moluscos apresentam vitelo abundante distribuído de forma heterogênea.

d) Ovos de anfíbios apresentam segmentação total, originando blastômeros de tamanhos diferentes.

e) Ovos de mamíferos realizam mitoses na região do disco germinativo.

12. (UEG) O estudo da embriologia fornece subsídios para a compreensão dos processos biológicos envolvidos na formação e no desenvolvimento embrionário e fetal humano. Sobre esse assunto, é correto afirmar:

a) A fase de segmentação acontece a partir da terceira semana de gestação onde ocorrem as clivagens e a formação gástrula do embrião.

b) Na formação do feto, a endoderma origina os revestimentos do tubo neural assim como os somitos, células pertencentes à notocorda.

c) A fase de blastulação refere-se aos eventos de formação do arquêntero e da blastocele, ambos responsáveis pela proteção embrionária.

d) Na fase de organogênese, ocorre a formação dos tecidos especializados e dos órgãos através da diferenciação da ectoderma, mesoderma e endoderma.

13. (PUC-SP) Durante o desenvolvimento embrionário de uma certa espécie animal, constata-se que o embrião excreta preferencialmente amônia (fase A). Em seguida, passa a excretar preferencialmente ureia (fase B) e, a partir da metade do desenvolvimento, passa a excretar preferencialmente ácido úrico (fase C). A maior e a menor quantidade de água gasta por essa espécie durante sua embriogênese se dão, respectivamente, nas fases:

a) A e B.

b) A e C.

c) B e A.

d) B e C.

e) C e A.

14. (IFB) A conversão do ovo em feto e do feto em bebê é uma história biológica envolvendo eventos espetaculares que emergem de inter-relações perfeitamente ajustadas e complexas.

14

Uma análise do contexto desse processo, que se caracteriza por uma contínua dinâmica de transformações, permite reconhecer a:

a) Ausência da substância intercelular na estruturação de todos os tecidos exemplificados.

b) Diferenciação do tecido ósseo com células densamente associadas, condicionando adaptação à função mecânica.

c) Constituição da placenta com o compartilhamento de órgãos do filho e da mãe, possibilitando o intercâmbio metabólico materno/fetal.

d) Síntese da hemoglobina, proteína que especializa a hemácia na distribuição do oxigênio às células, por combinar-se de forma estável com essa molécula.

e) Especialização da célula nervosa com adaptações sinápticas que direcionam a transmissão do impulso nervoso do dendrito para o axônio.

15. (FCM-PB) O período embrionário que vai da 3ª à 8ª semana de desenvolvimento é o período durante o qual cada uma das 3 camadas germinativas, ectoderma, mesoderma e endoderma, dá origem a seus próprios tecidos e sistemas de órgãos. Quando se cita a origem de um tecido ou órgão, menciona-se somente um dos folhetos, o que gera o componente funcional que o caracteriza. Baseado nos folhetos abaixo numere a segunda coluna de acordo com a primeira:

1. Endoderma.

2. Mesoderma.

3. Ectoderma.

(     ) Tecido ósseo.

(     ) Sistema nervoso.

(     ) Rins.

(     ) Sistema digestório.

(     ) Sistema respiratório.

Marque a alternativa correta.

a) 2, 3, 2, 1, 1.

b) 1, 1, 2, 1, 3.

c) 1, 2, 3, 3, 3.

d) 3, 2, 2, 1, 3.

e) 3, 3, 2, 2, 1.

16. (UEA) As figuras abaixo ilustram estágios do desenvolvimento inicial de um anfioxo e de um anfíbio.

16

A diferença entre os dois processos deve-se:

a) À resistência, maior ou menor, da membrana que reveste a célula-ovo.

b) À ocorrência de divisões mitóticas em maior número na célula-ovo do anfioxo.

c) À quantidade e distribuição do vitelo presente no citoplasma da célula-ovo.

d) À ocorrência de divisões mitóticas em maior número na célula-ovo do anfíbio.

e) A uma distribuição desigual das organelas citoplasmáticas da célula-ovo.

17. (UFLA) O tipo de segmentação que a célula-ovo das aves sofre é:

a) Holoblástica igual.

b) Holoblástica desigual.

c) Meroblástica discoidal.

d) Meroblástica bilateral.

18. (UPE) Na maioria das espécies, no estágio de gástrula, os blastômeros se diferenciam nos folhetos germinativos, que irão formar todos os tecidos corporais, dando início à organogênese, cuja fase inicial é a neurulação. Observe os quadros de a figura a seguir:

18

Sobre a origem embrionária de alguns dos tecidos do corpo humano, assinale a alternativa correta.

a) O quadro 1 apresenta tecidos derivados do ectoderma. Todos os tecidos mostrados foram formados a partir do tubo neural que percorre todo o ventre do embrião.

b) O quadro 1 apresenta tecidos derivados do ectoderma, mesoderma e endoderma, originando, respectivamente, a epiderme e as estruturas associadas a ela, o sistema nervoso e os ossos.

c) O quadro 2 apresenta tecidos derivados do mesoderma diferenciado em epímero, mesômero e hipômero. O epímero forma os somitos responsáveis pela formação da musculatura esquelética.

d) O quadro 2 apresenta tecidos derivados do mesoderma, do qual o mesômero faz parte e dá origem a vasos sanguíneos, coração e sangue e do endoderma, representado pelos vasos linfáticos.

e) O quadro 3 apresenta tecidos derivados do ectoderma, mesoderma e endoderma, representados, respectivamente, por tubo digestório, pulmão e rins.

19. (UEPG) Com relação aos anexos embrionários humanos, assinale a alternativa correta.

a) O saco vitelínico está extremamente desenvolvido durante toda a embriogênese humana. É uma espécie de bolsa que se desenvolve a partir do endoderma com função de armazenar alimentos para o embrião.

b) O córion participa da formação de uma membrana, ou pele, que se apresenta por fora do âmnio e por dentro da decídua capsular. Origina-se a partir do trofoblasto, formando o córion liso e o córion frondoso. Este último, forma a placenta.

c) O alantoide aparece por volta do sétimo dia de desenvolvimento, formando uma bolsa fechada em torno do embrião, a qual contém o líquido amniótico que protege o embrião contra choques mecânicos, desidratação e traumatismos.

d) Nos humanos, além dos anexos embrionários há a placenta. Através da placenta ocorrem as trocas entre a mãe e o feto. Não existe nenhum tipo de barreira placentária e as trocas entre a mãe e o feto são ilimitadas.

e) O âmnio é uma bolsa de origem endodérmica que contém vasos sanguíneos com funções respiratória e excretora. Na espécie humana, o âmnio é rudimentar, fixando a sua porção extraembrionária juntamente com a porção inicial do cordão umbilical.

20. (UNIOESTE) Em relação à embriogênese animal, pode-se afirmar que:

01. A mesoderme é o terceiro folheto embrionário que surge nos triblásticos.

02. O blastóporo é uma cavidade originada durante a formação da mórula.

04. O tubo neural e a notocorda são estruturas importantes no embrião dos cordados.

08. O celoma só aparece em gástrulas triblásticas.

16. O ovo do tipo oligolécito apresenta pouco vitelo e ocorre em mamíferos.

32. Somatopleura e esplancnopleura são folhetos embrionários originados a partir da mesoderme.

64. O ovo do tipo oligolécito sofre segmentação do tipo holoblástica desigual.

Soma das alternativas corretas:

gab

Publicado por: Djalma Santos | 5 de março de 2016

TESTES SOBRE EVOLUÇÃO (4)

01. (UPE) Uma das grandes preocupações atuais é a manutenção da biodiversidade, representada pela variedade de seres vivos existentes em determinado local ou na Terra. Em geral, a extinção de espécies é um processo natural e lento, no entanto a principal causa da extinção das espécies é, na atualidade, a atividade humana. Analise as afirmativas abaixo:

I. A diversidade da vida ao longo do tempo reflete as taxas de perdas e ganhos de novas espécies. A perda ocorrendo por extinção, e o ganho, por especiação. Assim, quando a taxa de especiação suplanta a de extinção em um táxon, a diversidade diminui neste. Quando a taxa de extinção supera a de especiação, a diversidade nele aumenta.

II. O ser humano sempre selecionou espécies mais disponíveis e rentáveis para a agricultura e para a pecuária, mas essa uniformidade é saudável, pois diminui a sensibilidade ao ataque de pragas e a mudanças climáticas. Assim, espécies selvagens funcionam como um “banco genético”, onde, por meio de enxertos e cruzamentos, são melhoradas as espécies domésticas e, até mesmo, salvas de extinção.

III. A destruição de habitats para ocupação humana, lavoura, pastagem, extração de recursos, exploração comercial excessiva, poluição e introdução de espécies exóticas são as principais causas para o aumento da atual taxa de extinção.

IV. Para proteger a biodiversidade, é necessário se preservar o meio ambiente por meio de leis e do seu cumprimento, da promoção de campanhas educativas de respeito à natureza bem como da criação e manutenção de unidades de conservação, como parques nacionais e reservas biológicas. É preciso, também, combater a biopirataria, que envia seres vivos ao exterior para extração e pesquisa de medicamentos, cosméticos e outros produtos.

V. Quando uma espécie se extingue, libera espaço ecológico que pode ser explorado por outra espécie. Dessa forma, se ocorre extinção de um grupo taxonômico, irá haver a liberação de espaço, o que permitirá uma nova irradiação adaptativa de um grupo competidor.

Somente está correto o que se afirma em:

a) I e II.

b) I, III e IV.

c) II e III.

d) II e V.

e) III, IV e V.

02. (UniEvangélica) Observe a figura a seguir.

02

Disponível em: <http://www.personal.psu.edu&gt;.

Acesso em: 14 abr. 2013.

O braço do macaco, a nadadeira da baleia, a pata do suíno e a asa da ave são estruturas homólogas entre si. A homologia entre estruturas de organismos diferentes sugere que eles se originaram de um ancestral comum e, portanto, têm:

a) Origem embrionária distinta, com convergência adaptativa.

b) Origem embrionária distinta, com irradiação adaptativa.

c) A mesma origem embrionária, com irradiação adaptativa.

d) A mesma origem embrionária, com convergência adaptativa.

03. (CEFET-MG) Analise a tirinha abaixo, relacionada com a evolução dos répteis:

03

Considerando-se a ideia evolutiva representada nessa tirinha, as serpentes não possuem patas porque:

a) Eliminaram esses órgãos, percebendo sua inutilidade funcional.

b) Desgastaram essas estruturas, atritando-as pelo contato direto com o solo.

c) Precisaram se locomover de maneira mais silenciosa, facilitando a predação.

d) Apresentaram outras características adaptativas, permitindo sua sobrevivência.

e) Favoreceram seu deslocamento, reduzindo sua massa pela ausência desses membros.

04. (MACK)

04

O esquema acima representa a evolução dos animais a partir de um ancestral comum. Sabendo-se que o critério utilizado para separar cada grupo se refere a características do sistema circulatório, é correto afirmar que:

a) O ancestral já possuía sistema circulatório fechado.

b) 3 indica o surgimento de pigmentos respiratórios.

c) Todos possuem circulação dupla, a partir de 2.

d) 4 indica o surgimento de 2 átrios.

e) 5 indica a separação total dos ventrículos.

05. (VUNESP) No intervalo da aula de Biologia, um aluno contou a seguinte piada:

Dois cervos conversavam e passeavam pela mata quando um deles gritou:

– Uma onça!!! Vamos correr!!!

Ao que o outro respondeu:

– Não adianta correr, ela é mais veloz que qualquer um de nós.

– Eu sei. Mas a mim basta ser mais veloz que você.

O diálogo entre os cervos exemplifica um caso de:

a) Competição interespecífica.

b) Competição intraespecífica.

c) Seleção natural.

d) Irradiação adaptativa.

e) Mimetismo.

06. (UFMG) Comportamentos que favorecem a dispersão também promovem, geralmente, a especiação. É correto afirmar que, entre os comportamentos que costumam favorecer a especiação, se inclui:

a) A ocupação de novos nichos.

b) A territorialidade.

c) O cuidado com a prole.

d) O sedentarismo.

07. (UNIFESP) De acordo com a teoria da evolução biológica, os seres vivos vêm se modificando gradualmente ao longo das gerações, desde o seu surgimento na Terra, em um processo de adaptação evolutiva. Segundo essa teoria:

a) Os indivíduos mais bem adaptados transmitem as características aos descendentes.

b) Ocorre a seleção de características morfológicas adquiridas pelo uso frequente.

c) A seleção natural apenas elimina aqueles indivíduos que sofreram mutação.

d) As mutações são dirigidas para genes específicos que proporcionam maior vantagem aos seus portadores.

e) As mutações dirigidas são seguidas da seleção aleatória das mais adaptativas.

08. (PASUSP) Uma árvore filogenética, evolutiva ou da vida, é uma representação gráfica que organiza os seres vivos de acordo com o seu grau de parentesco evolutivo. Espécies com maior semelhança ou proximidade evolutiva se localizam em ramificações (grupos evolutivos) mais próximas. Analise a figura abaixo, que mostra um modelo de árvore filogenética com as relações evolutivas entre alguns seres vivos, e assinale a proposição correta.

08

a) Os fungos e as plantas pertencem ao mesmo grupo evolutivo.

b) As plantas e os animais pertencem ao mesmo grupo evolutivo.

c) As bactérias deram origem a todos os seres vivos.

d) Os insetos e os anfíbios pertencem a diferentes grupos evolutivos.

e) Os fungos deram origem a todos os seres vivos.

09. (FUVEST) Uma ideia comum às teorias da evolução propostas por Darwin e por Lamarck é que a adaptação resulta:

a) Do sucesso reprodutivo diferencial.

b) De uso e desuso de estruturas anatômicas.

c) Da interação entre os organismos e seus ambientes.

d) Da manutenção das melhores combinações gênicas.

e) De mutações gênicas induzidas pelo ambiente.

10. (FGV) Populações diferentes podem ser caracterizadas pela frequência de seus alelos e de seus genótipos. Contudo, a migração permite o fluxo gênico entre as populações, alterando as frequências alélicas e genotípicas. A migração pode ocorrer pela entrada (imigração) ou saída (emigração) de indivíduos da população. Sobre a migração, é correto afirmar que:

a) Populações adjacentes, entre as quais há intensa migração, diferem mais em suas frequências alélicas e genotípicas.

b) Nas populações há muito tempo isoladas, entre as quais há pouca migração, quando esta ocorre tende a ter pouco impacto na alteração da composição genética.

c) Os efeitos da imigração dependem fundamentalmente da frequência dos imigrantes em relação aos nativos: quanto maior a população nativa em relação aos imigrantes, maiores os efeitos da imigração.

d) Os efeitos da imigração dependem da frequência dos imigrantes em relação aos nativos e da diferença de frequência dos genótipos entre os imigrantes e os nativos.

e) Os efeitos da imigração dependem da frequência dos imigrantes em relação aos nativos e da diferença na frequência dos genótipos entre as populações. Se a frequência dos genótipos for a mesma entre imigrantes e nativos, os efeitos da imigração dependerão apenas da frequência dos imigrantes.

11. (UFSCar) Considere os seguintes pares de estruturas:

I. Folhas de uma laranjeira e espinhos de um cacto.

II. Penas de uma ave e pelos de um mamífero.

III. Asas de um morcego e asas de uma borboleta.

Para cada par, pode-se dizer que as estruturas citadas em:

a) I e II são homólogas e as citadas em III são análogas.

b) I e III são homólogas e as citadas em II são análogas.

c) II e III são homólogas e as citadas em I são análogas.

d) I e II são análogas e as citadas em III são homólogas.

e) II e III são análogas e as citadas em I são homólogas.

12. (UEPG) Na evolução biológica, a formação de novas espécies a partir de um ancestral comum é correlacionada aos eventos de isolamento reprodutivo. Isto é, uma espécie ancestral pode dar origem a duas novas espécies no tempo evolutivo. Serão consideradas duas novas espécies quando essas forem incapazes de reproduzir e deixar descendentes férteis. Com relação aos modelos de especiação e aos tipos de mecanismos de isolamento reprodutivo, assinale o que for correto:

01. Há isolamento estacional, sazonal ou temporal quando duas populações (ancestralidade comum) ocupam o mesmo habitat, mas seus órgãos reprodutivos estão maduros durante épocas diferentes do ano.

02. A zona pelúcida do óvulo tem importante papel no reconhecimento do espermatozoide do macho da mesma espécie. Se durante a diferenciação de duas populações de mamíferos ocorreram mutações que tornaram diferentes esse reconhecimento (óvulo ao espermatozoide) há o chamado isolamento gamético.

04. O modelo de especiação pode ser denominado alopátrico. No modelo alopátrico, uma única população ancestral é separada em duas por uma barreira geográfica. O soerguimento das cordilheiras dos Andes pode ter propiciado isolamento geográfico há inúmeras populações no passado. Essas podem ser consideradas espécies diferentes se já adquiriram mecanismos de isolamento reprodutivo.

08. Algumas espécies de aves apresentam isolamento comportamental ou etológico. Na situação que a ave possui reconhecimento do parceiro da mesma espécie pelo canto, uma modificação do tamanho do bico das aves, ao longo das gerações, por seleção a sementes maiores em uma ilha isolada, que também alterará a forma do canto, poderá gerar uma barreira reprodutiva em relação àquela população de aves do continente.

16. Alguns vegetais evoluem por poliploidia. Se um organismo vegetal diploide sofre mutação em uma determinada geração e forma descendente tetraploide, e esses tetraploides são capazes de se reproduzir entre si, estes serão considerados uma nova espécie.

Soma das alternativas corretas:

13. (UFMG) Analise este esquema de parte de uma árvore evolutiva de invertebrados, em que I, II, III e IV representam grupos de organismos com as características destacadas nos quadros a que cada um deles se relaciona:

13a

Considerando as informações desse esquema e outros conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa em que o animal mostrado não representa o grupo indicado.

13b

14. (IFMG) Até o século XVIII, acreditava-se que as espécies se apresentavam como foram criadas, ou seja, não sofreram modificações ao longo do tempo. Posteriormente, surgiram teorias que defendiam a ideia de que os seres vivos se modificaram ao longo do tempo, estabelecendo, assim, a teoria evolutiva. As afirmativas abaixo apresentam as explicações das principais teorias evolutivas (Lamarckismo e Darwinismo) para situações em que se observa evolução. Todas as associações estão corretas, exceto:

a) Bactérias podem, ao acaso, tornar-se resistentes a antibióticos. Nessa situação, a utilização de antibióticos seleciona as bactérias resistentes – Darwinismo.

b) Atualmente, as cobras não apresentam patas, pois cobras primitivas não utilizavam esses membros. Assim, com o desuso, as patas foram perdidas ao longo da evolução – Lamarckismo.

c) A presença de inseticidas faz com que alguns insetos se tornem resistentes a essas substâncias, reduzindo sua eficácia ao longo do tempo – Darwinismo.

d) O aumento da temperatura do planeta faz com que algumas espécies de animais se adaptem ao novo ambiente, tornando-se mais resistentes ao calor, garantindo sua perpetuação ao longo do tempo – Lamarckismo.

15. (MACKENZIE)

15

A respeito do fenômeno referido pela tirinha acima, são feitas as seguintes afirmações:

I. As adaptações apresentadas no primeiro quadrinho, presentes em pássaros e baratas, são convergências adaptativas.

II. As asas das aves e as asas das baratas são órgãos análogos.

III. A presença de órgãos análogos entre duas espécies indica parentesco evolutivo.

Assinale:

a) Se somente a afirmativa II for correta.

b) Se somente as afirmativas I e II forem corretas.

c) Se somente as afirmativas II e III forem corretas.

d) Se as afirmativas I, II e III forem corretas.

e) Se somente a afirmativa I for correta.

16. (UFSM) A lactase e a enzima responsável pela digestão da lactose do leite, e sua ausência no organismo humano causa intolerância ao produto e aos seus derivados. A tabela apresenta, em diferentes regiões do planeta, a porcentagem da população adulta que sofre dessa intolerância.

16

A digestão do leite na maioria dos mamíferos só ocorre na infância, durante o período de amamentação. No entanto, em populações com uma tradição de pecuária leiteira, uma forma mutante do gene da lactase continua ativa na idade adulta: a glicose e o cálcio provenientes desses alimentos trazem vantagens reprodutivas aos adultos tolerantes. O estudo da presença de lactase em diferentes etnias e populações mundiais pode levar a afirmar:

a) Em um curto prazo, a intolerância a lactose em asiáticos e índios americanos tende a aumentar, na medida em que essas populações passarem a criar gado.

b) A seleção natural não ocorre mais na espécie humana, as pressões evolutivas já não resultam em diferenças significativas entre as pessoas.

c) A evolução na espécie humana ocorreu, há milhares de anos, apenas em algumas populações que desenvolveram a agricultura e a pecuária.

d) A seleção natural tende a extinguir adultos com intolerância a lactose, já que estes não terão sucesso reprodutivo.

e) As mudanças socioeconômicas e culturais são parte no processo evolutivo da espécie humana, continua-se sob influência da seleção natural.

17. (UNIOESTE) Um grupo de pesquisadores da Austrália e dos Estados Unidos deu um passo importante quanto à compreensão do comportamento de caça de Thylacosmilus atrox, espécie pré-histórica de marsupial carnívoro com dente-de-sabre, que habitou a América Latina há 3,5 milhões de anos. Eles examinaram, por simulação, o desempenho biomecânico do animal ao atacar suas presas e compararam os resultados com os de Smilidon fatalis, o famoso e emblemático tigre-dente-de-sabre, extinto há 10 mil anos, e do leopardo, conhecido atualmente. Concluíram que a musculatura da mandíbula das duas espécies com dentes-de-sabre era fraca quando comparada à do leopardo, mas a musculatura de T. atrox surpreendeu. Apesar do tamanho, cerca de 1,5 m e 100 kg – e dos enormes dentes caninos superiores, cujas raízes poderiam se estender até a caixa craniana, sua mordida era tão ou mais fraca que a de um gato doméstico. De acordo com o artigo, publicado na revista PLoS One, isso era compensado pelos músculos do pescoço, responsáveis pela movimentação dos dentes gigantescos de T. atrox. Por isso, o animal abatia, rapidamente, suas presas; para imobilizá-las, utilizava os antebraços e, em seguida, numa mistura de força e precisão, valia-se de sua poderosa musculatura e inseria os dentes na traqueia da presa e atingia as artérias. Apesar da semelhança, o T. atrox não tem parentesco evolutivo com S. fatalis, o representante máximo dos mamíferos superpredadores. As duas espécies estão separadas por pelo menos 125 milhões de anos de evolução (Disponível em:

http:// revistapesquisa.fapesp.br/2013/07/12/tamanho-não-e-documento /adaptado).

A partir do texto acima, pode-se afirmar que:

a) Homologia e analogia são as únicas evidências de evolução biológica.

b) Os dentes-de-sabre, presentes nas duas espécies, também estavam presentes em um ancestral exclusivo comum.c) É um caso clássico de convergência evolutiva porque são duas espécies pouco aparentadas que desenvolveram estruturas análogas.

d) A comparação entre atrox e S. fatalis é um exemplo de divergência evolutiva, pois são espécies distantes e que apresentam estruturas homólogas.

e) A comparação entre atrox e S. fatalis é um exemplo de convergência evolutiva, pois os dentes-de-sabre das duas espécies são estruturas homólogas.

18. (UEM) Com base nos conhecimentos de evolução biológica, assinale o que for correto.

01. A competição por um recurso de disponibilidade limitada é um dos pressupostos do conceito de seleção natural na teoria evolutiva de Darwin.

02. As semelhanças encontradas entre o golfinho e o tubarão indicam evolução convergente.

04. Mutação gênica e seleção natural geram variabilidade genética, enquanto divergência evolutiva é a força responsável pelo direcionamento do processo evolutivo.

08. O mecanismo da evolução caracteriza-se por uma mudança na frequência de certos genes na população, causada por mutação, seleção natural, isolamento geográfico e reprodutivo ou deriva genética.

16. Análises moleculares comprovam que não existe relação de parentesco genético entre os macacos antropoides e o homem.

Soma das alternativas corretas:

19. (IFSudeste) A formação de novas espécies de seres vivos, denominada especiação, é uma etapa fundamental do processo evolutivo. Embora tenha dado a sua principal obra o titulo A Origem das Espécies, o próprio Darwin tinha dúvidas a respeito do que era uma espécie biológica. Sobre os processos de especiação, marque a alternativa correta.

a) Para que haja especiação simpátrica, é necessário que haja, primeiramente, isolamento geográfico entre as populações de uma espécie ancestral.

b) Os mecanismos responsáveis pelo isolamento reprodutivo podem ser pré-zigóticos ou pós‐zigóticos. Entre os mecanismos pós‐zigóticos, podemos citar isolamento temporal, isolamento comportamental e isolamento mecânico.

c) Na especiação alopátrica, não há a necessidade de isolamento reprodutivo. Ela ocorre devido a mutações cromossômicas.

d) Subespécies são populações da mesma espécie que são diferentes entre si, em relação a determinadas caracteristicas. Em condições naturais, elas não conseguem se reproduzir.

e) O isolamento reprodutivo ocorre quando organismos da mesma espécie, depois de um longo período de isolamento geográfico, tornam-se tão diferentes geneticamente que não é mais possível trocar de material genético.

20. (IFMG) Há indícios científicos de que a conquista do ambiente terrestre pelos seres vivos ocorreu há aproximadamente 440 milhões de anos. A partir de então, diversas alterações permitiram que os seres vivos se diversificassem e ocupassem os mais diversos ambientes. As afirmações abaixo sobre a história dos seres vivos estão corretas, exceto:

a) Os primeiros peixes teriam sido agnatos, ou seja, não possuíam mandíbula. Posteriormente, surgiram peixes com mandíbula, o que possibilitou que se tornassem predadores nos mares primitivos.

b) Os anfíbios provavelmente surgiram a partir dos peixes que possuíam nadadeiras carnosas, sustentadas por um esqueleto ósseo.

c) Os répteis apresentavam uma grande adaptação ao ambiente terrestre, o que garantiu seu sucesso evolutivo. Esses animais dependiam do ambiente aquático apenas para a reprodução, uma vez que a fêmea depositava seus ovos na água, onde eram fecundados pelos gametas masculinos.

d) As aves surgiram a partir de um grupo de répteis primitivos que apresentavam o corpo recoberto por penas.

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 5 de março de 2016

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (2)

 

01. (ACEFE) A palavra doença vem do termo em latim dolentia que significa “sentir dor, afligir-se, queixoso”. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica doença como a ausência de saúde. A respeito das doenças causadas por microrganismos é correto afirmar:

a) Nas protozooses, caso o agente parasitário utilize dois hospedeiros para completar o seu ciclo de vida, considera-se como hospedeiro definitivo aquele que manifesta a doença e hospedeiro intermediário aquele que transmite a doença.

b) Uma forma de combate às doenças causadas por microrganismos como vírus, bactérias e protozoários é a utilização de medicamentos chamados antibióticos.

c) As doenças causadas por vírus são também conhecidas como viroses. Dentre as principais viroses, pode-se destacar: Aids, catapora, caxumba, dengue e febre amarela.

d) A toxoplasmose é uma doença causada por uma bactéria transmitida pelas fezes de animais domésticos que possuem em seu organismo o Toxoplasma gondii. É uma doença que pode ser assintomática ou causar dores de cabeça, febre, aparecimento de ínguas (gânglios linfáticos inchados).

02. (COVEST) A imagem abaixo representa o ciclo de vida de um parasita que pode causar sérios problemas de saúde em seres humanos.

02

Observando essa imagem, podemos afirmar que:

I   II

0  0 – As proglótides se formam na carne do porco e são ingeridas pelo homem.

1  1 – Nessa parasitose, o porco assume o papel de hospedeiro definitivo.

2 2 – Pelo ciclo apresentado, a ingestão acidental de alimentos contaminados com fezes humanas pode levar à formação de cisticercos no organismo humano.

3  3 – O amarelão e a ascaridíase são parasitoses que apresentam o mesmo ciclo vital.

4  4 – O ciclo apresentado é o da teníase.

03. (UECE) Em uma consulta, o médico examina um bebê e observa inúmeros pontos brancos em sua mucosa bucal, mas tranquiliza a mãe da criança, dizendo que é um problema comum, conhecido como “sapinho”, uma doença causada por:

a) Protozoários específicos que contaminam a saliva, por meio de alimentos mal lavados.

b) Bactérias do tipo coli presentes no aparelho digestivo que se multiplicam desordenadamente e atingem a boca causando irritação.

c) Vírus remanescentes de infecções do trato respiratório que se instalam na cavidade bucal.

d) Um fungo conhecido por Candida albicans, encontrado naturalmente no trato digestivo de todos os seres humanos, que se multiplicam quando a imunidade cai e o organismo não consegue combatê-lo.

04. (FPS) Na parasitologia, o termo profilaxia designa:

a) O parasita que efetua o ciclo em apenas um hospedeiro.

b) O conjunto de medidas que previnem o parasitismo.

c) O contato do parasita com o corpo do hospedeiro.

d) A ocorrência da parasitose em certa área, com o número mais ou menos constante de casos.

e) O organismo que transmite o parasita de um hospedeiro para outro.

05. (UEM) Sobre as doenças causadas por vírus, bactérias, protozoários e vermes, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A toxoplasmose é causada pelo protozoário sarcodino Toxoplasma gondii e transmitida por um mosquito do gênero Anopheles, conhecido popularmente como mosquito-prego.

02. A teníase é causada pela ingestão de ovos de Taenia solium presentes na carne bovina infectada.

04. O Ebola é uma bactéria que causa uma doença altamente infecciosa transmitida apenas entre humanos.

08. A AIDS contribui para o aumento dos casos de tuberculose, pois o vírus HIV ataca os linfócitos, facilitando a infecção por agentes causadores de doenças oportunistas.

16. A esquistossomose é adquirida em meio aquático, em que a cercária penetra ativamente na pele do homem.

Soma das alternativas corretas:

06. (PUC-SP) A proliferação de meios adequados à reprodução de mosquitos vetores aumenta as chances de nossa população contrair doenças como:

a) Febre amarela e esquistossomose.

b) Febre amarela e mal de Chagas.

c) Dengue e esquistossomose.

d) Dengue e mal de Chagas.

e) Dengue e malária.

07. (UNIFOR) A malária é uma das doenças tropicais mais perigosas, e apesar de não ser uma ameaça, em todos os locais, é uma doença de risco para as pessoas que vivem ou viajam para áreas endêmicas. Causada pelo parasita Plasmodium, transmitido por mosquitos, matou 548 mil pessoas em todo o mundo em 2013, a maioria na África, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Crianças menores de cinco anos representam pelo menos 75% dessas mortes.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/afp/2015/04/24/vacina-contra-malariaoferece-protecao-parcial-diz-estudo.htmAcesso em 25 abr. 2015. (com adaptações)

07

Ciclo vital de Plasmodium vivax, mostrando as várias formas do protozoário no organismo do mosquito e no homem.

Fonte: http://interna.coceducacao.com.br/ebook/content/pictures/2002-11-142-05-i001.jpg

Considerando o contexto acima, é correto afirmar que:

a) A malária é causada pelo protozoário Plasmodium e dentre as espécies existentes a única que acomete o homem é Plasmodium vivax.

b) Na sua atividade hematófaga, o mosquito pode ingerir também merozoítos e gametócitos, e ambos se desenvolverão no inseto.

c) No tubo digestivo do mosquito, os merozoítos fundem-se e formam zigotos, que se fixam na parede gástrica, e desenvolvem-se em cistos.

d) O mosquito pode, pela saliva, introduzir os esporozoítos em outro indivíduo ao picá-lo, transmitindo assim a malária.

e) No ciclo vital do Plasmodium, o homem é o hospedeiro definitivo, pois é neste que se desenvolve a doença.

08. (IFG) cientista Peter Piot, que descobriu o vírus Ebola, alertou nesta segunda-feira (20/10/2014), que a crise humanitária provocada pelo vírus na África Ocidental não vai acabar até que uma vacina seja desenvolvida. A doença já matou mais de 4.000 pessoas, principalmente em Serra Leoa, Guiné e Libéria.

Disponível em: <http://noticias.r7.com&gt;. Acesso em: 31 Out. 2014.

O vírus Ebola é altamente infeccioso e causa uma grave febre hemorrágica. Os principais sintomas da doença são: febre repentina, dores musculares, dores de cabeça, vômitos, diarreia, deficiência nas funções hepáticas e renais, coceiras e sangramento interno e externo. Possivelmente, uma das razões para ser tão mortal e resistente é que ele libera uma proteína que desabilita o sistema de defesa do organismo.

A respeito do assunto abordado no texto, assinale a alternativa correta.

a) O processo de vacinação estimula o funcionamento do sistema imunológico na produção de anticorpos.

b) Os vírus são seres unicelulares extremamente simples, que atuam como parasitas.

c) O sistema de defesa é constituído por células sanguíneas conhecidas como hemácias.

d) A facilidade que os vírus têm de se disseminar pode ser explicada por sua capacidade de realizar reprodução por bipartição.

e) Os antibióticos são medicamentos que atuam na destruição das membranas plasmáticas dos vírus.

09. (INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA) A rubéola, a poliomielite e a dengue são doenças que afetam os seres humanos. Considere as afirmações a seguir.

I. A rubéola é causada por um vírus envelopado com RNA, e a infecção durante a gravidez pode causar sérios danos ao feto.

II. A poliomielite é causada por bactérias patogênicas contaminadas com bacteriófagos, e a infecção em crianças pode causar paralisia infantil.

III. A dengue é causada por um vírus que apresenta diferentes variedades, e a infecção pode causar, em seus casos mais sérios, a hemorragia.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas III.

c) Apenas II e III.

d) Apenas I e II.

e) Apenas I e III.

10. (URCA) Muitas doenças tropicais não possuem tratamento específico, como soro, antibióticos ou vacinas. Dentre essas doenças que as grandes corporações farmacêuticas não se interessam em desenvolver tratamento, podemos citar a chicungunha, comum no Haiti e que chegou no Nordeste com os soldados brasileiros que serviram nesse país na força de paz da ONU. A respeito dessa doença é correto afirmar:

a) É causada por bactéria resistente a antibióticos.

b) É causada por vírus e por isso não responde satisfatoriamente a antibióticos.

c) É transmitida por fluidos corporais.

d) Água contaminada por esporos de fungos é o principal veículo de transmissão.

e) O aumento do coração e sangramento pulmonar são os principais sintomas dessa doença.

11. (UFPR) Leia a notícia abaixo:

Leishmaniose na mira: famosos se unem em campanha contra a eutanásia canina

Uma campanha realizada em conjunto com as ONGs paulistanas Arca Brasil e Ampara Animal tem como objetivo mudar as políticas públicas que dizem respeito à leishmaniose em animais. As indicações atuais são de que todos os cães afetados sejam eutanasiados, muitas vezes sem contar com a chance de tentar um tratamento.

Revista Veja São Paulo. http://vejasp.abril.com.br/blogs/bichos/2013/08/leishmaniose-eutanasia-campanha-famosos/. 27 ago.2013.

A razão do sacrifício dos cães é que esses animais oferecem riscos à população, pois apresentam o parasita:

a) Na saliva e pode ser transmitido por meio da mordida.

b) Nas fezes e pode ser transmitido pela ingestão de alimentos contaminados.

c) Nas fezes e pode ser transmitido pela penetração ativa através da pele.

d) No sangue e pode ser transmitido pela picada de um carrapato.

e) No sangue e pode ser transmitido pela picada de um mosquito.

12. (UFMS) Muitas doenças humanas são causadas por vírus, bactérias ou protozoários. Sua transmissão pode ser intermediada por outros organismos, tais como insetos. Assinale a alternativa que contém apenas informações corretas sobre os agentes etiológicos e as formas de transmissão de algumas doenças.

a) O vírus HIV, causador da AIDS, pode ser transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

b) O mosquito Aedes aegypti é o agente etiológico de doenças, como febre amarela e dengue.

c) Varíola, poliomielite, AIDS e gripe são doenças causadas por vírus.

d) Tanto a tuberculose quanto a gripe são causadas por vírus.

e) Ebola e Doença de Chagas são doenças tropicais causadas por vírus e transmitidas por mosquitos.

13. (UPF)

Ebola já matou 3.439 na África, diz OMS

O vírus Ebola matou 3.439 pessoas no oeste da África, de um total de 7.478 casos registrados em cinco países (Serra Leoa, Guiné, Libéria, Nigéria e Senegal), segundo o último balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS), realizado até 1º de outubro e divulgado nesta sexta, em Genebra. […] A epidemia, a mais grave desde que o vírus foi identificado, em 1976, teve início na Guiné, no fim de dezembro de 2013. Desde então, foram registrados 2.069 mortos entre 3.834 casos na Libéria, o país mais afetado. Na Guiné, foram contabilizados 739 mortos de um total de 1.199 casos e, em Serra Leoa, 623 mortos em 2.437 casos. Trabalhadores de saúde têm sido particularmente afetados, com 216 mortos entre 377 casos confirmados.

(Disponível em: http://www.afp.com/pt/noticia. Acesso em 04 out. 2014)

 

A febre hemorrágica ebola (FHE) está sendo considerada uma epidemia porque:

a) É infecciosa e transmissível e atinge grandes proporções, se espalhando por um ou mais continentes ou por todo o mundo, matando grande número de pessoas.

b) Não é infecciosa e surgiu em alguns indivíduos, sem um caráter regular.

c) É infecciosa e transmissível e surgiu rapidamente em determinada região, matando grande número de pessoas.

d) Tem duração contínua, se manifesta apenas em determinada região e tem causa local.

e) Não é infecciosa e transmissível e surgiu numa região, mas se espalhou rapidamente entre as pessoas de outras regiões.

14. (UNICENTRO) Sobre a profilaxia de verminoses que atingem o organismo humano, considere as afirmativas a seguir.

I. Uma medida preventiva contra a cisticercose é lavar frutas e verduras antes de serem ingeridas.

II. Uma medida preventiva contra a teníase é andar calçado sobre solos úmidos.

III. Uma medida preventiva de se combater o Ascaris lumbricoides é exterminar os caramujos hospedeiros.

IV. Uma medida preventiva de se combater o Enterobius vermicularis é lavar as mãos.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

15. (UEPG) Os nematelmintos causam diversas doenças em plantas e animais. Geralmente, não levam à morte do hospedeiro, o que reflete sua adaptação à vida parasitária. É vantajoso ao parasita que o hospedeiro resista bem à parasitose, pois, se esse morrer, ele perderá a moradia e a fonte de alimentação. Com relação às doenças humanas causadas por nematelmintos, assinale o que for correto.

01. As larvas do Ascaris lumbricoides migram pelo corpo humano até conseguir se instalar definitivamente no intestino. Nessa migração, elas perfuram a parede intestinal e entram na corrente sanguínea. Depois de alguns dias, as formas jovens atingem os pulmões, perfuram os alvéolos pulmonares e sobem pela traqueia. Na traqueia provocam acessos de tosse, sendo lançadas na faringe e engolidas. Dessa forma, os vermes retornam ao intestino.

02. A oxiurose é causada pelo Enterobius vermicularis. A infestação primária ocorre pela ingestão de alimentos ou objetos contaminados por ovos da espécie.

04. Na primeira fase da infestação da filariose, o sistema imunitário humano responde provocando o aparecimento de alergias, febres e inchaço dos linfonodos. Nos estágios avançados, os vermes causam obstruções nos vasos linfáticos, provocando edemas linfáticos, principalmente nas pernas.

08. Ovos do Ascaris lumbricoides são liberados do corpo de um hospedeiro contaminado junto com as fezes. Esses ovos podem contaminar lagos, rios e depósitos de água potável. Verduras, frutos e legumes regados com água contaminada também podem transmitir os ovos do Ascaris lumbricoides. Se ingeridos, no tubo digestório do hospedeiro, a casca do ovo é digerida e dele sai uma pequena larva filamentosa.

16. O bicho-geográfico Ancylostoma braziliensis é um nematelminto parasita de cães e gatos. Essas larvas, também podem penetrar a pele dos seres humanos, entram na circulação sanguínea e completam seu ciclo de vida no fígado humano.

Soma das alternativas corretas:

16. (UNICID) A ocorrência de pneumonia associada ao diagnóstico de ascaridíase é um fato conhecido clinicamente. A explicação para tal associação consiste:

a) No refluxo gástrico que atinge os pulmões, quando os parasitas alojam-se no estômago.

b) Na liberação de toxinas inflamatórias pelo parasita durante o contágio pelas vias aéreas.

c) Na infecção intracelular dos alvéolos pulmonares pelo verme parasita.

d) No ciclo de vida do parasita, que inclui a migração pelo sistema respiratório.

e) No local onde o parasita realiza sua reprodução sexuada, os pulmões.

17. (UNISINOS) Em 2014, ocorreu a maior epidemia de febre hemorrágica provocada pelo vírus ebola no continente africano. O ebola é uma doença que possui uma taxa de mortalidade extremamente elevada, podendo chegar a até 90%, e não existe uma vacina ou tratamento específico para o vírus. Dentre as alternativas abaixo, marque aquela em que todas as doenças referidas sejam causadas por vírus.

a) Dengue, febre amarela, varíola e sarampo.

b) Toxoplasmose, leishmaniose, malária e lepra.

c) Cólera, febre amarela, malária e varíola.

d) Lepra, varíola, sarampo e toxoplasmose.

e) Dengue, malária, lepra e cólera.

18. (UNEP) A presença de hospedeiros intermediários suscetíveis do Schistossoma mansoni permitiu a instalação dessa espécie no território brasileiro. “[…] Os focos primitivos da doença se instalaram na região canavieira do Nordeste e, com os movimentos migratórios que ocorreram em vários momentos da história econômica do país (ciclo do ouro e diamantes, ciclos da borracha, ciclo do café, industrialização, etc.), a doença se expandiu para outras regiões” (NEVES, D.P – Parasitologia Humana, 11ª ed, Rio de Janeiro: Atheneu Editora, 2011, p. 194). Sobre a doença citada, pode-se afirmar que:

a) É causada por um aschelminto, que se instala no intestino após a penetração de larvas na pele humana.

b) No ciclo desse plathelminto existem larvas, os miracídios e as cercarias, que dependem de um molusco, o Biomphalaria, para continuar o ciclo.

c) A contaminação no homem acontece unicamente pela ingestão de larvas que se instalam no sistema porta hepático, provocando tosse e diarreia na fase aguda da doença.

d) A profilaxia faz-se por medidas de saneamento básico, bem como tratamento de todos os doentes infectados pelo aschelminto.

e) No ciclo, o homem é o hospedeiro intermediário e, o Biomphalaria, o hospedeiro definitivo.

19. (UNESP) Leia os versos da música Águas de Março, de Tom Jobim, para responder esta questão.

É pau, é pedra, é o fim do caminho

É um resto de toco, é um pouco sozinho

É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã

É um belo horizonte, é uma febre terçã

São as águas de março fechando o verão

É a promessa de vida no teu coração

(www.radio.uol.com.br)

O sapo, a rã e a febre terçã não fazem parte dos versos apenas por uma necessidade de rima, também têm relação com as chuvas que caem em regiões de clima tropical.

A febre terçã, a qual um dos versos se refere, é um sintoma característico da:

a) Malária, adquirida pela picada de mosquitos que ocorrem em regiões quentes e úmidas.

b) Febre tifoide, adquirida por ingestão de água de poços e açudes que receberam águas trazidas pelas enxurradas e contaminadas por fezes de pessoas infectadas.

c) Dengue, adquirida pela picada de mosquitos que são mais numerosos na época das chuvas.

d) Esquistossomose, adquirida através do contato com água de lagoas que se formam com as chuvas, nas quais podem ocorrer caramujos vetores da doença.

e) Leptospirose, causada por vírus presente na urina dos ratos, que se mistura com as águas de enchentes provocadas pelas chuvas.

20. (UPE) Leia o texto a seguir:

De acordo com o veterinário Rogério de Holanda, o Brasil está tomado pela Leishmania. “Na praia de Tamandaré, no ano passado, 98% dos cachorros de rua estavam infectados, e o protocolo de prevenção para esses casos, estimulado pelas autoridades, é o mesmo para a raiva, por meio da eutanásia animal”, disse o veterinário. “Falta interesse para uma outra solução, já que uma vez iniciado o tratamento, os riscos de contaminação para os humanos são mínimos”, lamentou”.

Disponível em: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/pecao/2014/02/18/interna_pecao,490161/casos-de-leishmaniose-em-animais-crescem-duranteo-verao.shtml. Adaptado.

Com relação à Leishmaniose, analise as afirmativas a seguir:

I. Classificada como uma zoonose infectocontagiosa é transmitida ao homem, principalmente por cães e roedores, reservatórios considerados mais preocupantes por causa da relação estabelecida entre estes e os humanos.

II. É uma zoonose emergente, fruto das relações humanas com o ambiente, cujo crescimento é decorrente de diversos fatores, entre eles, o processo de desmatamento e urbanização desordenado.

III. Como toda zoonose, a intensidade com que a doença atinge o homem depende, principalmente, das alterações do ambiente natural, comportando-se de forma endêmica, em áreas recém-desmatadas.

IV. Causada por protozoários da espécie Lutzomyia sp, é apontada, também, como uma doença parasitária, uma vez que se relaciona com a precariedade das condições socioeconômicas, tais como saneamento e água inadequados nos domicílios.

V. Os parasitas L. braziliensis e L. chagasi, agentes etiológicos da leishmaniose tegumentar americana e leishmaniose visceral ou calazar, respectivamente, se multiplicam no interior das células, que fazem parte do sistema de defesa do indivíduo, denominadas macrófagos.

Está correto, apenas, o que se afirma em:

a) I, II e V.

b) I, III e IV.

c) II e V.

d) II, III e V.

e) III e IV.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 26 de fevereiro de 2016

TESTES DE REPRODUÇÃO (3)

01. (CEFET-MG) As fêmeas de dragões de Komodo são heterogaméticas (genótipo ZW) e os machos são homogaméticos (genótipo ZZ). Curiosamente, duas fêmeas mantidas isoladas há mais de 2 anos, em diferentes zoológicos, botaram ovos dos quais nasceram apenas machos. Estudos evidenciaram que seus descendentes são partenogenéticos e seguem o padrão cromossômico citado, possibilitando, inclusive, a fecundação de suas próprias progenitoras. Assim, concluiu-se que as fêmeas podem alternar entre a reprodução sexuada e assexuada.

WATTS, P. C., et al. Parthenogenesis in Komodo dragons, Nature, Londres, 444, p.1021-1022, 21 dez. 2006 (Adaptado).

Apesar de a flexibilidade reprodutiva possibilitar aumento da população desses animais, populações isoladas apresentarão baixo poder adaptativo em longo prazo, pois haverá:

a) Perda de variabilidade genética.

b) Diminuição do número de fêmeas.

c) Impossibilidade de cruzamentos entre irmãos.

d) Desaparecimento dos indivíduos hermafroditas.

e) Redução do número de cromossomos da espécie.

02. (UPE) A formação de espermatozoides pode ser explicada através do seguinte esquema da espermatogênese:

02

Da análise deste esquema, pode-se concluir que

I   II

0  0 – No  período  germinativo,  algumas   espermatogônias  passam   por  modificações, aumentando de tamanho e se diferenciando, formando os espermatócitos primários.

1  1 – Os espermatócitos primários (2n) entram em mitose e, ao final, formam-se os espermatócitos secundários (n), o que ocorre no período de diferenciação.

2  2 – No período de maturação, observam-se espermatócitos secundários, células haploides com n cromossomos, cada um contendo 2 cromátides.

3  3 – As espermátides são células diploides que irão se transformar em espermatozoides no período de crescimento.

4  4 – Ao final do período de diferenciação de cada espermatozoide, formam-se quatro novas espermatogônias.

03. (CESPE) Entre as várias diferenças que existem entre o gameta masculino e o feminino na espécie humana está a quantidade de mitocôndria. No espermatozoide existem mitocôndrias em duas regiões: acrossomo e na peça intermediária. No óvulo existem mitocôndrias distribuídas ao longo de todo o seu gigante citoplasma. Assinale a opção que apresenta corretamente a consequência dessa diferença entre espermatozoide e óvulo.

a) Em todos os filhos, independentemente do sexo, os produtos gênicos mitocondriais são produzidos a partir de genes herdados da mãe.

b) Os óvulos são mais ativos que os espermatozoides por possuírem mais mitocôndrias, fonte de energia da célula.

c) Há uma maior transcrição nos óvulos do que nos espermatozoides, pela presença de maior quantidade de mitocôndrias nos primeiros.

d) Os espermatozoides são células diferenciadas não secretoras enquanto que os óvulos são células diferenciadas secretoras.

04. (INSTITUTO FEDERAL DE FARROUPILHA) (Folha de São Paulo). ― A atriz iraniana Marzieh Vafamehr foi condenada a 90 chibatadas e um ano de prisão por aparecer sem véu e com a cabeça raspada em cenas de um filme crítico ao regime islâmico (www.agenciapatriciagalvao.org.br). Muitas mulheres de todas as etnias ainda hoje sofrem violência e discriminação. Na antiguidade, por exemplo, as mulheres eram discriminadas até mesmo por um fator biológico: a menstruação. Elas eram excluídas da vida social durante o período menstrual.

Sobre o ciclo menstrual é correto afirmar que:

I. A partir da puberdade, a mulher entra na fase reprodutiva, que vai aproximadamente até os 50 anos de idade.

II. O controle dos acontecimentos que ocorrem durante um ciclo menstrual é hormonal e envolve duas glândulas: a hipófise e os ovários.

III. A menstruação é um processo que dura em média entre 3 e 7 dias, dependendo da mulher e de suas condições fisiológicas, e consiste na escamação da parede vaginal e posterior sangramento.

IV. Mulheres com ciclo menstrual irregular podem utilizar a pílula anticoncepcional como reguladora, por esta inibir a secreção de FSH e LH pela hipófise.

a) V, V, V, F.

b) F, F, V, V.

c) V, V, F, V.

d) F, V, F, V.

e) Todas afirmativas são verdadeiras.

05. (UEA) A pílula anticoncepcional:

a) É uma combinação de estrógenos e progesterona que inibe as gonadotrofinas e, consequentemente, a maturação dos folículos e a ovulação.

b) Estimula a secreção de FSH e de LH pela hipófise e o excesso de tais hormônios não permite a ocorrência da ovulação.

c) Atua de forma direta sobre a hipófise inibindo a produção de estrógeno e progesterona e estimulando a secreção de FSH e LH.

d) Promove a queda na taxa de LH que tem como consequência a regressão do corpo lúteo, que deixa de produzir estrógeno e progesterona.

e) Inibe a produção do FSH e estimula a secreção do LH levando à regressão do corpo lúteo e, portanto, da ovulação.

06. (FCM-PB) Considerando-se a placenta e o cordão umbilical nos primatas, analise as frases abaixo:

I. As veias umbilicais transportam O2 e alimento.

II. A placenta produz hormônios.

III. As artérias umbilicais carregam CO2 e ureia.

Assinale corretamente:

a) Somente a afirmativa I está correta.

b) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

c) Todas as afirmativas estão corretas.

d) Somente a afirmativa III está correta.

e) Somente a afirmativa II está correta.

07. (UEM) Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Esporulação é um tipo de reprodução sexuada, realizada por fungos, por algas e por bactérias.

02. No processo de transdução bacteriana, ocorre a transferência de DNA de uma bactéria doadora para outra receptora, por meio de uma ponte citoplasmática.

04. Brotamento é uma forma de reprodução assexuada em que o indivíduo forma brotos; esse processo ocorre em fungos, em algas, em animais e em plantas.

08. Alguns seres vivos, como fungos, apresentam ciclo de vida haplonte, no qual a condição diploide ocorre apenas no zigoto.

16. As plantas apresentam alternância de fases, em que a fase esporofítica é haploide e responsável pela formação dos gametas.

Soma das alternativas corretas:

08. (UFLA) Considerando 64 o número de cromossomos de uma determinada espécie, marque a alternativa que apresenta o número correto de cromossomos em espermatogônias, espermátides e espermatozoides dessa espécie, respectivamente:

a) 32 – 32 – 64.

b) 32 – 64 – 64.

c) 64 – 32 – 32.

d) 64 – 64 – 32.

09. (FMJ) Sofia e Carolina estão no segundo mês de gravidez. Caso Sofia tenha uma queda brusca nos níveis de progesterona e de estrógenos, e Carolina tenha uma elevação repentina no nível do hormônio luteinizante (LH), é possível que:

a) Sofia engravide de gêmeos e Carolina tenha um aborto espontâneo.

b) Sofia tenha um aborto espontâneo e Carolina engravide de gêmeos.

c) Sofia tenha uma gravidez normal e Carolina fique estéril.

d) As duas mulheres tenham um alto risco de terem um aborto espontâneo.

e) As duas mulheres não tenham riscos de aborto e tenham apenas um filho.

10. (UNCISAL) Reprodução é o aumento do número de células ou organismos, sejam eles unicelulares ou pluricelulares. Crescimento é o aumento no tamanho. Todas as espécies de organismos crescem e se reproduzem, embora os detalhes de como fazem isso variem. […] biologicamente o sexo é inteiramente distinto de reprodução.

MARGULIS, L.; SCHWARTZ, K. Cinco reinos: um guia ilustrado dos filos da vida na Terra. Rio de Janeiro: Guanabara/Koogan, 2001 (fragmento).

Sobre reprodução sexuada e reprodução assexuada realizada pelos seres vivos, pode-se afirmar que:

a) Na reprodução sexuada há necessidade de contato físico (sexo) entre os seres vivos.

b) Na reprodução assexuada não ocorre crescimento dos seres porque não há sexo.

c) Na reprodução sexuada há troca de gametas de mais de um indivíduo que pertence à mesma população.

d) Na reprodução sexuada há necessidade de dois indivíduos de sexos diferentes.

e) Reprodução assexuada somente ocorre em bactérias e seres vivos unicelulares.

11. (UFV) A evolução dos processos reprodutivos foi determinante na conquista do ambiente terrestre pelos animais. Ao se considerar a reprodução de anfíbios e répteis nesse contexto evolutivo, é correto afirmar que:

a) Os ovos dos anfíbios e dos répteis possuem casca protetora, o que os torna independentes da água.

b) Nos répteis que vivem em ambientes aquáticos, a fecundação é externa e o desenvolvimento é direto.

c) Nos anfíbios, o desenvolvimento é indireto, ocorrendo a metamorfose, e nos répteis é direto.

d) Na fase larval, os répteis se nutrem a partir dos nutrientes presentes no saco vitelínico.

12. (PUC-SP)

12

Na realidade, as minhocas, embora hermafroditas, apresentam fecundação cruzada, o que:

a) Representa uma vantagem em relação à autofecundação, pois garante maior variabilidade genética, possibilitando maior chance de adaptação da população ao ambiente.

b) Representa uma vantagem em relação à autofecundação, pois, apesar de não garantir variabilidade genética, possibilita grande chance de adaptação da população ao ambiente.

c) Representa uma desvantagem em relação à autofecundação, pois, apesar de garantir maior variabilidade genética, não aumenta a chance de adaptação da população ao ambiente.

d) Representa uma desvantagem em relação à autofecundação, pois não garante variabilidade genética, o que leva a uma menor chance de adaptação da população ao ambiente.

e) Não representa vantagem nem desvantagem em relação à autofecundação, uma vez que os dois processos garantem o mesmo grau de variabilidade genética e de adaptação da população ao ambiente.

13. (UNIOESTE) Assinale a(s) alternativa(s) correta(s) com relação à reprodução humana.

01. A espermiogênese é desencadeada pela ação do hormônio luteinizante sobre os espermatócitos primários.

02. O ciclo menstrual pode ser dividido em três fases: menstrual, proliferativa e secretória.

04. As células de Sertoli são responsáveis pela produção de testosterona.

08. O crescimento do folículo é provocado por estrogênios.

16. As células de Leydig são responsáveis pela nutrição dos espermatozoides.

32. A progesterona, secretada pelo corpo lúteo, estimula o desenvolvimento dos vasos sanguíneos e das glândulas do endométrio.

64. A ovulação consiste na liberação de um oócito secundário.

Soma das alternativas corretas:

14. (FATEC) As pílulas estão entre os métodos contraceptivos mais utilizados pelas mulheres, apesar de seus possíveis riscos à saúde. Normalmente, elas contêm uma combinação de substâncias sintéticas análogas ao estrógeno e à progesterona e, se tomadas regularmente, as taxas desses hormônios se mantêm elevadas no sangue, impedindo a gravidez. Isso ocorre porque os hormônios contidos na pílula:

a) Impedem a elevação das taxas de FSH e LH, que são hormônios hipofisários que desencadeiam a ovulação.

b) Impedem a nidação, uma vez que estimulam a descamação do endométrio.

c) Reduzem as taxas do hormônio gonadotrofina coriônica, responsável pela manutenção da gravidez.

d) Regulam o ciclo da mulher, permitindo que ela saiba exatamente quando vai ovular e, dessa forma, evitando relações nesse período.

e) Impedem o desenvolvimento do feto, funcionando como método contraceptivo de emergência.

15. (UEPA) A caxumba é uma doença viral que acomete as glândulas salivares parótidas, mas em alguns homens, a infecção alcança os testículos e epidídimo, promovendo distúrbios na função dessas estruturas, podendo resultar na esterilidade. Os elementos em destaque no texto respondem pelas seguintes funções:

a) Produção de hormônio folículo estimulante e ereção peniana.

b) Produção de espermatozoides e armazenamento dos espermatozoides.

c) Produção de hormônio luteinizante e produção do liquido seminal.

d) Espermiogênese e produção do liquido prostático.

e) Ejaculação e produção do hormônio luteinizante.

16. (FCM-PB) Relacione as estruturas abaixo e marque a alternativa que corresponde a resposta correta:

I. Hipófise

II. Células intersticiais do testículo

III. Túbulos seminíferos.

IV. Epidídimo

(    ) Local de produção de espermatozoide.

(    ) Local de armazenamento de espermatozoide.

(    ) Local de produção de hormônios gonadotróficos.

(    ) Local de produção do hormônio sexual masculino.

a) II, III, IV, I.

b) IV, III, II, I.

c) III, IV, II, I.

d) III, IV, I, II.

e) II, IV, I, III.

17. (FAVIP) Os quadros de 1 a 7 representam diferentes fases do desenvolvimento dos folículos ovarianos de uma mulher. As curvas (X e Y) ilustram os níveis dos hormônios ovarianos em um ciclo menstrual dessa mulher. Os hormônios representados por X e Y são denominados, respectivamente:

17

a) FSH e LH.

b) LH e FSH.

c) Estrógeno e progesterona.

d) Progesterona e estrógeno.

e) LH e progesterona.

18. (UNESP) A figura mostra o encontro de duas células, um espermatozoide e um ovócito humano, momentos antes da fecundação.

18

                         (http://epoca.com)

Considerando as divisões celulares que deram origem a essas células, é correto afirmar que o sexo da criança que será gerada foi definido na:

a) Metáfase I da gametogênese feminina.

b) Diacinese da gametogênese masculina.

c) Anáfase II da gametogênese feminina.

d) Anáfase I da gametogênese masculina.

e) Telófase II da gametogênese masculina.

19. (UNIMONTES) O ciclo menstrual e o processo relacionado com alterações fisiológicas que ocorrem em mulheres férteis com finalidade de reprodução sexual e fecundação. A figura abaixo apresenta caracteristicas envolvidas nesse ciclo. Analise-a.

19

As afirmativas abaixo estão relacionadas com a figura e o assunto abordado. Analise-as e assinale a correta.

a) IV representa o corpo lúteo.

b) I corresponde a fase proliferativa do ciclo.

c) Durante a menopausa, todo o ciclo apresentado na figura acontece normalmente..

d) Em II e III são encontradas maiores quantidades de estrogênio do que em I.

20. (FEI) Observe o esquema abaixo, que representa a ovulogênese humana:

20

Se a letra E representar um segundo corpúsculo polar, é correto afirmarmos que:

a) Todas as células representadas em A são ovócitos de primeira ordem.

b) Há um ovócito de segunda ordem representado na letra C.

c) A ovogônia está representada em D.

d) Ocorre meiose reducional em todas as células representadas em B, C, D e E.

e) A letra B é seguramente um ovócito de primeira ordem.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 26 de fevereiro de 2016

TESTES DE GENÉTICA (V)

01. (UDESC) Sabe-se que o daltonismo é uma herança ligada ao sexo, e que o albinismo é condicionado por um gene recessivo localizado em um cromossomo autossômico. Um casal, em que ambos são heterozigotos para a pigmentação da pele; o homem e a mulher têm visão normal, sendo ela filha de pai daltônico, deseja saber qual a possibilidade de terem um filho albino e daltônico. Assinale a alternativa que apresenta o percentual probabilístico.

a) 50%.

b) 6,25%.

c) 33%.

d) 25%.

e) 0%.

02. (UPE) Sabe-se que a miopia é determinada pela ação de um gene recessivo autossômico m. Um casal de visão normal, cujas mães eram míopes, teve 3 filhas, todas com visão normal. Qual a probabilidade de o próximo filho ser do sexo masculino com visão normal?

a) 3/4.

b) 1/4.

c) 1/2.

d) 3/8.

e) 1/8.

03. (FBV) A compreensão dos fenômenos relacionados à hereditariedade dos seres vivos tornou-se possível a partir do entendimento dos princípios básicos da genética. A respeito de alguns conceitos genéticos fundamentais que aparecem destacados em itálico nas proposições abaixo, assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as alternativas falsas.

I   II

0  0 – Um gene pode ser definido como um trecho de molécula de ácido desoxirribonucleico (DNA) que atua como modelo para a fabricação de um ácido ribonucleico (RNA), o qual pode conter informação para a síntese de uma proteína específica.

1  1 – Por exemplo, quando falamos da cor das flores de uma planta, da cor da pelagem de um cão ou do tipo sanguíneo de uma pessoa, estamo-nos referindo ao fenótipo; já quando dizemos, por exemplo, que uma planta possui genes para flor vermelha ou que uma pessoa possui genes para um dado tipo sanguíneo, fazemos referência ao genótipo.

2  2 – Entende-se como genoma o quadro cromossômico diploide padronizado de uma espécie, no qual se levam em consideração o número, as formas e os tamanhos dos cromossomos, tomando-se para protótipo um indivíduo normal daquela espécie.

3  3 – O cariótipo espelha a constante cromossômica dos gametas ou células sexuais de reprodução, que são sempre haploides e cujo papel é manter no zigoto o número de cromossomos característico de uma espécie.

4  4 – A heterozigose é definida como uma qualidade do heterozigoto, isto é, indivíduo que possui genes diferentes num único par de alelos.

04. (COVEST) Miopia e fenilcetonúria decorrem da ação de genes recessivos autossômicos (fenilcetonúria resulta da incapacidade de transformar a fenilalanina em tirosina). A partir dos dados fornecidos no heredograma abaixo, determina e probabilidade do casal II1 X II2 ter uma criança, do sexo masculino e normal para as duas características em questão.

04

a) 3/8.

b) 1/16.

c) 3/16.

d) 3/24.

e) 1/2.

05. (UECE) Sabe-se que em determinada população manifestam-se 3 (três) tipos de alelos Ax  > Ay > Az e que a relação de dominância é Ax > Ay > Az. Suponha que numa população hipotética de 15.000 indivíduos, este caso de polialelia se expresse de acordo com o quadro abaixo.

05

Partindo dessa suposição, pode-se concluir corretamente que a frequência de fenótipos que expressam o gene Az é de:

a) 75%.

b) 50%.

c) 25%.

d) 10%.

e) 20%.

06. (UFSCAR) Em drosófila, o caráter cerdas retorcidas é determinado por um gene recessivo e ligado ao sexo. O alelo dominante determina cerdas normais (não retorcidas). Uma fêmea heterozigota foi cruzada com um macho normal. A descendência esperada será de:

a) 50% de machos e 50% de fêmeas normais e 50% de machos e 50% de fêmeas com cerdas retorcidas.

b) 50% de machos normais, 50% de machos com cerdas retorcidas e 100% de fêmeas normais.

c) 100% de machos normais, 50% de fêmeas com cerdas retorcidas e 50% de fêmeas normais.

d) 100% de machos com cerdas retorcidas e 100% de fêmeas normais.

e) 100% de machos normais e 100% de fêmeas com cerdas retorcidas.

07. (COVEST) Em um dos modelos propostos para a determinação da cor dos olhos na espécie humana (herança quantitativa), são considerados cinco diferentes fenótipos. Na descendência de pais heterozigóticos para os locos determinantes desta característica, foram observados os dados apresentados no quadro abaixo. Analise-os, juntamente com o gráfico, e identifique a correção das proposições abaixo.

07

I  II

0  0 – Três pares de alelos justificam os resultados apresentados.

1  1  – Nos indivíduos de olhos castanho-claros, os locos em questão podem estar em homozigose ou em heterozigose.

2  2 – Indivíduos de olhos verdes apresentam homozigose em apenas um dos locos em questão.

3  3 – A probabilidade do nascimento de duas crianças de olhos azuis, a partir de um casal genotipicamente igual ao do exemplo dado, é de aproximadamente 0,004.

4  4 – A probabilidade do casal indicado em (3-3) ter duas crianças, sendo uma de olhos castanho-claros e uma de olhos verdes é de 3/16.

08. (UEPB) Um indivíduo (AB) (ab) é cruzado com outro (ab) (ab), produzindo a seguinte geração:

– (aB) (ab) ……. 24

– (Ab) (ab) ……. 27

– (ab) (ab) ……. 396

– (AB) (ab) …… 403

De posse dos resultados acima, a frequência de permutação entre A e B é:

a) 10 %.

b) 6 %.

c) 12 %.

d) 8 %.

e) 4 %.

09. (UPE) Antônio e Mara pretendem ter filhos. Entretanto, como em suas famílias há indivíduos hemofílicos e/ou albinos, embora ambos sejam normais para essas características, resolveram procurar aconselhamento de um especialista e relataram o seguinte:

– Os pais de Antônio e a mãe de Mara são normais para essas características, entretanto, o pai de Mara é albino e hemofílico.

– O avô materno de Antônio era hemofílico.

– Do seu primeiro casamento, Antônio tem uma filha albina.

Com base nos dados acima e considerando que o tipo de hemofilia apresentado é de herança recessiva ligada ao cromossomo X e o albinismo, de herança autossômica recessiva, analise as informações.

I. A probabilidade de o casal ter uma criança albina e hemofílica será de 1/16, independente do sexo.

II. Dentre as crianças do sexo masculino, o casal terá 1/2 de probabilidade de ter um filho albino e hemofílico.

III. Dentre as crianças do sexo feminino, o casal terá 0% de probabilidade de ter uma filha albina e hemofílica.

IV. Como Antônio e Mara são portadores do alelo para a hemofilia, transmitido para Antônio através de seu avô e para Mara, através de seu pai, o casal tem 1/4 de probabilidade de gerar uma criança com essa característica, independente do sexo.

V. Como Antônio tem uma filha albina, independente do genótipo de Mara, o casal terá 1/2 de probabilidade de ter uma criança albina.

Assinale a alternativa que contempla a(s) informação(ões) declarada(s) corretamente pelo geneticista.

a) I e III.

b) II e IV.

c) IV e V.

d) Apenas a II.

e) Apenas a III.

10. (UNESP) O esquema mostra a genealogia de uma família. Os símbolos escuros representam os indivíduos míopes e, os claros, os indivíduos de visão normal.

10

A probabilidade do casal I x II, indicado no heredograma, ter uma criança míope é:

a) Imprevisível, porque a mulher tanto pode ser homozigota como heterozigota.

b) Nula, porque a mulher tem o gene dominante em homozigose.

c) 1/2, porque 50% dos gametas da mulher transportam o gene recessivo.

d) 1/4, porque o casal já tem três filhos com visão normal.

e) 1/4, porque o gene para a miopia é recessivo.

11. (URCA) Em porquinho da índia (Cavia porcellus) a característica “pelo curto” é condicionada por um gene dominante enquanto o “pelo longo” é condicionado por um par de genes recessivos, não ligados ao sexo. Um casal desses animais apresentam “pelo curto”, e suas mães tinham “pelos longos”. Desse casal espera-se uma prole, de:

a) 75% de homozigotos.

b) 25% de homozigotos e 25% de heterozigotos.

c) 50% de homozigotos e 50% de heterozigotos.

d) 50% de pelos longos e 50% de pelos curtos.

12. (UEL) Na meiose de um indivíduo AB/ab, ocorre crossing-over entre esses genes em 40% das células. A frequência de gametas AB, Ab, aB e ab produzidos por esse indivíduo deve ser, respectivamente:

a) 10%, 40%, 40% e 10%.

b) 30%, 20%, 20% e 30%.

c) 30%, 30%, 20% e 20%.

d) 40%, 10%, 10% e 40%.

e) 40%, 40%, 10% e 10%.

13. (MACK) Um homem de visão normal e com número normal de dedos casa-se com uma mulher polidáctila e daltônica. Sabendo-se que a polidactilia é uma herança autossômica dominante, assinale a alternativa correta.

a) Esse casal poderá ter uma filha polidáctila e daltônica.

b) A mãe dessa mulher terá obrigatoriamente o mesmo genótipo para o daltonismo que ela.

c) O pai dessa mulher é daltônico.

d) A mulher é obrigatoriamente filha de pai e mãe polidáctilos.

e) Os filhos homens desse casal serão sempre daltônicos e não polidáctilos.

14. (PUC-PR) Quando duas populações da espécie vegetal Zea mays (milho), uma homozigota para o alelo dominante (AA) e uma homozigota para um alelo recessivo (aa), são cruzadas, toda a descendência da primeira geração (F1) assemelha-se ao tipo parental dominante (Aa), embora seja heterozigota. Porém, quando a geração F1 se intercruza, a proporção fenotípica mendeliana 3:1 aparecerá na geração F2, pois os genótipos serão:

a) 1/2 AA e 1/2 aa.

b) 1/4 AA, 1/2 Aa e 1/4 aa.

c) 1/3 AA e 1/4 aa.

d) 1/4 Aa, 1/2 AA e 1/4 aa.

15. (UNISC) No albinismo tirosinase-negativo não há produção da enzima tirosinase, participante de etapas do metabolismo que transforma o aminoácido tirosina em melanina. O locus do gene que codifica esta enzima localiza-se no cromossomo 11 e pode conter o alelo normal A ou o recessivo a. Um casal normal que possui quatro filhos todos normais deseja ter um novo filho. Sabendo-se que a herança desta característica é autossômica recessiva e que o avô paterno e a avó materna das crianças eram albinos, qual será a probabilidade de o bebê vir a ser albino?

a) 0%.

b) 25%.

c) 50%.

d) 75%.

e) 100%.

16. (UNIFOR) A fenilcetonúria é uma doença que acomete aproximadamente 1 em cada 10.000 indivíduos nascidos vivos da população caucasiana, sendo identificado vários casos no Nordeste brasileiro, caracterizada pelo acúmulo de fenilalanina na corrente sanguínea e aumento da excreção urinária de ácido fenilpirúvico e fenilalanina, em decorrência da ausência da enzima fenilalanina hidroxilase. Esta última está envolvida na hidroxilização da fenilalanina em tirosina que, por sua vez, participa da síntese de melanina. O acúmulo de fenilalanina no organismo resulta em deficiência mental.

Fonte: http://www.infoescola.com/doencas/fenilcetonuria/Acesso em 29 abr. 2015. (com adaptações)

Considerando o texto acima, sobre a fenilcetonúria, marque a alternativa correta:

a) A fenilcetonúria é um erro inato do metabolismo causado por infecções bacterianas.

b) O acúmulo de fenilalanina no organismo ocorre por ação de parasita intracelular.

c) A fenilcetonúria pode ser transmitida através de transfusões sanguíneas.

d) A tirosina é um aminoácido não essencial, portanto sua deficiência é insignificante.

e) A fenilcetonúria é resultante de mutação no gene da enzima fenilalanina hidroxilase.

17. (UEPG) O alelo para a cor amarela da semente de ervilha é dominante sobre o alelo para cor de semente verde. Por sua vez, o alelo para formato da ervilha lisa é dominante sobre o alelo para formato rugoso. Do cruzamento entre plantas puras com semente lisa e amarela com plantas de semente verde e rugosa foi obtida a geração 1 (F1). Do intercruzamento de plantas da geração 1 (F1) foi obtida a geração 2 (F2). Com relação às proporções genotípicas e fenotípicas esperadas nas gerações F1 e F2, assinale o que for correto.

01. A proporção fenotípica da geração 1 (F1) é de 50% de plantas lisas e amarelas e 50% de plantas rugosas e verdes.

02. Na geração F2 é esperada uma proporção fenotípica de 9/16 lisas e amarelas, 3/16 lisas e verdes, 3/16 rugosas e lisas e 1/16 rugosas e verdes.

04. A proporção genotípica da geração 2 (F2) é de 25% homozigotas dominantes, 50% heterozigotas e 25% homozigotas recessivas.

08. O genótipo das plantas rugosas e verdes é sempre duplo dominante.

16. Para a geração F1 são esperadas que todas as plantas possuam genótipo duplo heterozigoto (100% di-híbrida).

Soma das alternativas corretas:

18. (UFMG) Observe o esquema.

18

Com base nesse esquema e em conhecimentos sobre o assunto, é correto afirmar que:

a) O gene HbA é dominante sobre o gene HbS.

b) Os indivíduos HbA/HbS e HbS/HbS devem apresentar os mesmos níveis de hemoglobina anormal.

c) Os indivíduos que produzem só hemácias anormais podem ser curados por meio de transfusão sanguínea.

d) Um determinado genótipo pode produzir diferentes fenótipos.

19. (UPE) Sobre indivíduos portadores da síndrome de Down, analise as afirmativas abaixo.

I   II

0  0 – Em geral, os portadores apresentam língua protrusa, retardo mental de intensidade variável e malformações cardíacas.

1  1 – Em ambos os sexos, a análise do núcleo interfásico revela a presença da cromatina sexual.

2  2 – A alteração cromossômica, presente nesses indivíduos, pode surgir por uma disjunção irregular do par cromossômico 22, durante a separação dos homólogos na meiose I ou das cromátides irmãs na meiose II, em um dos parentais.

3  3 – Os portadores podem apresentar cariótipo 45 A + XX, quando do sexo feminino, ou 45 A + XY, quando do sexo masculino.

4  4 – Cariotipicamente, os portadores apresentam uma monossomia do par cromossômico 21.

20. (PUC-CAMPINAS) Uma equipe de biólogos obteve dados para estudos de certos caracteres genéticos na população de uma aldeia. Entre esses dados constam os de uma família na qual uma mulher de visão normal, cujo pai é daltônico, casou-se com um homem de visão normal. A probabilidade do nascimento de crianças daltônicas na prole dessa mulher é de:

a) 25% dos meninos.

b) 25% das meninas.

c) 50% dos meninos.

d) 50% das meninas.

e) 75% dos meninos.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 26 de fevereiro de 2016

TESTES DE ZOOLOGIA (2)

01. (MARCK) Os desenhos a seguir representam os cortes transversais de 3 animais (acelomados, pseudocelomados e celomados).

01

I, II e III podem ser, respectivamente, cortes de animais pertencentes aos seguintes filos:

a) Platelmintos, nematelmintos e anelídeos.

b) Nematelmintos, anelídeos e artrópodes.

c) Anelídeos, nematelmintos e moluscos.

d) Nematelmintos, platelmintos e equinodermos.

e) Platelmintos, anelídeos e nematelmintos.

02. (UPE) Com relação aos mamíferos, analise as afirmativas a seguir:

I. Os Marsupiais nascem precocemente, o que faz seu desenvolvimento acontecer apenas fora do útero e dentro de bolsas onde se localizam os mamilos da mãe, como exemplifica o tamanduá.

II. Cetáceos e sirênios são mamíferos, que se assemelham aos peixes por terem habitat semelhante. Nesses grupos, incluem-se golfinhos, baleias e peixe-boi.

III. Existe uma grande diversidade de habitat onde se podem encontrar mamíferos, sendo os morcegos os representantes dos quirópteros, mamíferos voadores.

Está (ão) correta (s) apenas:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

03. (UNICAMP) O filo Mollusca é o segundo maior do reino animal em número de espécies. É correto afirmar que os moluscos da classe Gastropoda:

a) São exclusivamente marinhos.

b) Possuem conchas, mas não rádula.

c) São exclusivamente terrestres.

d) Possuem pé desenvolvido e rádula.

04. (UEM) Uma característica compartilhada pela maioria dos animais é a capacidade de movimentar-se por meio de contrações dos músculos corporais. Entretanto, para que a contração resulte em movimento, os músculos precisam ter pontos de apoio fornecidos pelo esqueleto. Com base nessas afirmações, assinale o que for correto.

01. Existem dois tipos de esqueleto: exoesqueleto e endoesqueleto.

02. O exoesqueleto completo dos artrópodes é constituído de uma carapaça de placas articuladas compostas basicamente de quitina.

04. O exoesqueleto incompleto pode ser encontrado em ostras, mexilhões, caracóis e caramujos.

08. O processo de troca do endoesqueleto e exoesqueleto é a muda ou ecdise, que pode ocorrer várias vezes na vida do animal.

16. Em equinodermos, como em estrelas-do-mar, o exoesqueleto é formado por pequenos “ossos” articulados, cuja função é proteger os órgãos internos e dar apoio aos músculos.

Soma das alternativas corretas

05. (COVEST) Analise as proposições abaixo, em que são apresentadas algumas características de grupos de animais e os respectivos filos biológicos aos quais pertencem.

I  II

0  0 – São parasitas, principalmente de vertebrados, como é o caso do agente etiológico da esquistossomose (ou barriga d’água) – Filo Cnidaria.

1  1 – Foram antigamente usados em Medicina para sangrias, pois liberam um anticoagulante, produzindo assim hemorragias de difícil hemóstase – Filo Annelida.

2  2 – Liberam toxina que ao entrar em contato com a pele de outros animais, incluindo o homem, provoca uma reação urticante – Filo Mollusca (Bivalvia).

3  3 – Grupo com maior número de espécies bem-sucedidas na exploração dos mais variados ambientes: terrestre, aéreo, marinho e de água doce – Filo Arthropoda.

4  4 – Responsáveis pela produção das pérolas – Filo Platyhelminthes (Trematoda).

06. (UNISA) Periodicamente, os artrópodes passam por mudas: o exoesqueleto separa-se da epiderme, rompe-se e é abandonado pelo animal sendo substituído por outro, que leva algum tempo para enrijecer. Esse processo tem por finalidade permitir:

a) As trocas gasosas.

b) A absorção de sais minerais.

c) A excreção de produtos nitrogenados.

d) A reprodução do animal.

e) O crescimento do animal.

07. Notícias sobre ataques a banhistas por águas-vivas no litoral paranaense têm se tornado frequentes. A esse respeito, e considerando o conhecimento sobre os cnidários, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A estrobilação é um tipo de reprodução assexuada por brotamento transversal dos sifozoários.

02. A estrutura do corpo dos cnidários é formada pela epiderme, mesogleia e gastroderme, sendo os cnidários portanto triblásticos.

04. As queimaduras nos banhistas são causadas pelos coanócitos, células com um filamento central embebido em substância urticante.

08. A metagênese ou alternância de gerações ocorre na maioria dos cnidários hidrozoários e sifozoários. Nestes dois grupos de cnidários a fase sexuada é a polipoide e a assexuada é a medusoide.

16. Depois de descarregadas, as células urticantes não se recompõem; degeneram. Novas células urticantes são produzidas a partir da diferenciação das células intersticiais.

Soma das alternativas corretas:

08. (MACKENZIE) No filo Artrópoda, destacam-se três principais grupos: os crustáceos, os aracnídeos e os insetos. As principais características consideradas para essa divisão são: a organização corporal; o número de apêndices locomotores; a presença e o número de antenas, mostradas no quadro abaixo.

08

 

Os espaços I, II e III devem ser preenchidos, correta e respectivamente, por:

a) Cabeça, tórax e abdome; 4 pares; 1 par.

b) Cabeça, tórax e abdome; 4 pares; 2 pares.

c) Cefalotórax e abdome; 3 pares; ausentes.

d) Cefalotórax e abdome; 4 pares; 1 par.

e) Cefalotórax e abdome; 4 pares; 2 pares.

09. (UECE) Características como simetria bilateral, presença de três folhetos germinativos, cavidade digestória completa com boca e ânus, cavidade corporal e metameria destacaram-se durante a história evolutiva dos animais. Da ocorrência destas características entre os diversos grupos animais, marque a afirmação correta.

a) Todos os animais com simetria bilateral apresentam metameria e três folhetos germinativos.

b) Todos os animais com metameria apresentam cavidade corporal e simetria bilateral.

c) Todos os animais com cavidade corporal apresentam três folhetos germinativos e metameria.

d) Todos os animais com cavidade digestória completa apresentam simetria bilateral e metameria.

10. (UFBA) Característica comum à planária, à lombriga e à minhoca:

a) Hermafroditismo.

b) Dimorfismo sexual.

c) Simetria bilateral.

d) Celoma.

11. (FUVEST) A característica abaixo que não condiz com os poríferos é:

a) Respiração e excreção por difusão direta.

b) Obtenção de alimentos a partir das partículas fagocitadas pelos coanócitos.

c) Hábitat aquático, vivendo presos ao fundo (sésseis).

d) Células organizadas em tecidos bem definidos.

e) Alta capacidade de regeneração.

12. (PUC-PR) Um professor de Biologia resolveu montar um aquário marinho em sua escola e, para completar sua tarefa, resolveu incluir representantes dos filos: Cnidários, Moluscos e Cordados. Ao selecionar um representante de cada filo, optou, respectivamente, pelos seguintes animais:

a) Coral / Ofiúro / Anfioxo.

b) Ouriço-do-mar / Ofiúro / Peixe

c) Medusa / Pepino-do-mar / Cavalo-marinho

d) Estrela-do-mar / Mexilhão / Peixe

e) Anêmona / Ostra / Ascidia.

13. (COVEST) Com relação a algumas características de animais vertebrados, é verdadeiro afirmar que.

I   II

0  0 – Os osteíctes possuem, na porção ventral do corpo, um órgão, denominado bexiga natatória, cuja função exige que o peixe se mantenha em movimento corporal rápido.

1  1 – Diferentemente dos peixes, os anfíbios apresentam epiderme permeável, desenvolvimento de pulmões, coração com três cavidades e existência de pálpebras.

2  2 – Em relação aos anfíbios, os répteis mostram diferenças evolutivas importantes, entre as quais:  epiderme impermeável, excreção de ácido úrico e pulmões com maior superfície de troca.

3  3 – As aves apresentam semelhanças com os répteis, entre as quais: epiderme seca, ovo com casca e excreção de ácido úrico como principal resíduo nitrogenado.

4  4 – Enquanto as aves são animais pecilotérmicos, os mamíferos são animais homeotérmicos.

14. As glândulas contêm células especializadas na produção e eliminação de substâncias úteis ao organismo, podendo ser endócrinas ou exócrinas. Sobre a ação das glândulas nos animais, assinale o que for correto.

01. Nos mamíferos, a secreção do leite é controlada por um hormônio da neurohipófise.

02. Na maioria das espécies de crustáceos, a excreção é realizada pelas glândulas excretoras localizadas na base das pernas, chamadas de glândulas coxais, que funcionam de forma semelhante às glândulas antenais dos insetos.

04. Os sapos possuem, em local posterior aos olhos, um par de glândulas chamadas mucosas, que contêm veneno, expelido quando comprimidas.

08. Nos insetos, glândulas especiais produzem um hormônio, a ecdisona, que determina a muda ou ecdise.

16. Um grão de areia que se interpõe entre a concha e o manto estimula as células epidérmicas das ostras a secretarem camadas sobrepostas de nácar, originando uma pérola.

Soma das alternativas corretas:

15. (UECE) Os tubarões são muito temidos e fazem parte de uma família muito antiga de animais. Os primeiros existiram antes dos dinossauros e hoje existem 380 espécies de tubarões distribuídas pelo mundo. Ao contrário do que muitos consideram sobre esses animais, os tubarões desempenham um papel crucial na limpeza dos oceanos, pois se alimentam de animais mortos e de refugos descartados por outros animais. São peixes cartilaginosos e uma das suas características está nas suas escamas que são estruturas homólogas:

a) Às escamas de peixes ósseos.

b) Aos dentes dos outros cordados.

c) Às penas das aves.

d) Ao plastrão das tartarugas.

 

16. (UPE) Antes da descoberta do plástico, as esponjas de banho utilizadas na higiene pessoal eram obtidas a partir de animais marinhos pertencentes ao Filo Porífera. Em relação aos animais desse Filo e suas características, pode-se afirmar que:

I. São invertebrados aquáticos filtradores, de corpo esponjoso e de estrutura simples, sem tecidos ou órgãos diferenciados nem sistema nervoso.

II. Apresentam numerosos poros laterais e, na região superior do corpo, uma única abertura para a entrada do alimento e da água, denominada de ósculo.

III. Apresentam digestão extracelular na espongiocele, que ocorre por meio de enzimas produzidas pelos nematocistos.

IV. Apresentam digestão intracelular, que ocorre no interior dos coanócitos e dos amebócitos.

V. Apresentam circulação de água, facilitada por meio de células especiais flageladas, denominadas de coanócitos.

Assinale a alternativa correta.

a) I, II,V, apenas.

b) II, III, IV, apenas.

c) I, IV, V, apenas.

d) I, III, V, apenas.

e) III, IV, V, apenas.

17. (UEM) Sobre as características dos diferentes grupos de organismos incluídos no reino Animalia, assinale o que for correto.

01. Os animais são organismos heterotróficos, eucarióticos e multicelulares.

02. Todos os animais se movimentam ativamente, devido à presença dos tecidos muscular e nervoso.

04. Os moluscos, os anelídeos e os equinodermos são animais deuterostômios e pseudocelomados, devido à simetria e à presença de cavidades corporais.

08. Os nematódeos, os artrópodos e os cordados apresentam sistema digestório completo, com duas aberturas.

16. A respiração nos insetos é traqueal; nos répteis, nas aves é pulmonar; e nos platelmintos é cutânea.

Soma das alternativas corretas:

18. (UECE) Sobre as esponjas, analise as afirmações abaixo.

I. Sua pequena capacidade regenerativa revela a elevada interdependência e a diferenciação de suas células.

II. Não possuem sistema digestório. A digestão é exclusivamente intracelular.

III. Todas possuem espículas silicosas distribuídas pelo corpo, que são urticantes e importantes para a defesa das espécies.

IV. Seus coanócitos criam uma corrente que faz a água circular no seu interior e sair pelo ósculo.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I e III.

b) II, III e IV.

c) II e IV.

d) I, III e IV.

19. (COVEST) Analise as proposições abaixo, relativas a algumas características de animais invertebrados.

I  II

0 0 – Os poríferos apresentam digestão intra e extracelular, sistema digestivo incompleto e cavidade digestiva única.

1  1 – Os cnidários ou celenterados apresentam digestão extracelular e sistema digestivo simples (incompleto), dispondo de uma abertura para a entrada do alimento e uma abertura para a saída de dejetos.

2  2 – Os platelmintos apresentam sistema digestivo incompleto e sistema excretor constituído de túbulos ramificados (protonefrídios), dispostos ao longo do corpo do animal.

3  3  – Os nematelmintos apresentam sistema digestivo completo e sistema excretor constituído por dois canais longitudinais (tubos em H), dispostos lateralmente e que se unem formando um poro excretor, próximo à boca.

4  4 – Os anelídeos apresentam sistema digestivo completo e as estruturas excretoras são túbulos chamados metanefrídios (ou apenas nefrídios).

20. (UEM) Sobre os órgãos sensoriais de vertebrados, assinale o que for correto.

01. As linhas laterais correspondem a dois finos canais ao longo das laterais do corpo. Esses canais têm aberturas por onde penetra a água e são exclusivos de peixes ósseos.

02. As serpentes têm órgão olfativo especial no teto da boca, o órgão de Jacobson.

04. As glândulas paranoides, que se abrem nos lados da boca dos anfíbios, têm função gustativa.

08. A visão das aves é muito boa, e sua audição é bastante aguçada. Esta possibilita a comunicação por meio de sons.

16. Ampolas de Lorenzini, ou lorenzianas, localizam-se na região da cabeça de cações, por exemplo, e nelas existem células sensoriais que captam as fracas correntes elétricas geradas pela atividade dos músculos de outros animais.

Soma das alternativas corretas:

21. (UEM) Com relação à sistemática do reino Animalia e às suas características, assinale o que for correto.

01. Cephalopoda é uma classe do filo Mollusca, que vive exclusivamente no mar.

02. Polychaeta, uma das três classes de Annelida, apresenta numerosas cerdas corporais.

04. Hemiptera, Diptera e Coleoptera são três das ordens de Insecta, que é a mais numerosa classe do filo Arthropoda.

08. As classes Turbelaria, Cestoda e Trematoda constituem o filo Nemathelminthes.

16. Asteroidea é uma das classes do filo Echinodermata que habita a água doce.

32. Urochordata, Cephalochordata e Vertebrata, subfilos de Chordata, são exclusivamente homotérmicos.

Soma das alternativas corretas:

22. (UPE) Leia o trecho da música Samarica Parteira, interpretada por Luiz Gonzaga.

….

Lula!

Pronto patrão.

Monte na bestinha melada e risque. Vá ligeiro buscar Samarica parteira que Juvita já tá com dô de menino.

….. Foi a maior carreira que eu dei na minha vida…

Piriri piriri …. uma cancela: nheeeiim … pá… …Um rancho…

Au au!…

Tá me estranhan’o cruvina? Era cruvina mermo. Balançô o rabo.

Não sei porque cachorro de pobe tem sempre nome de peixe: é cruvina, traíra, piaba, matrinxã, baleia, piranha….

Disponível em: http://letras.mus.br/luiz-gonzaga/392697/. Adaptado.

Analise as afirmativas a seguir:

I. A baleia, um mamífero, por vezes, é confundida com peixes, conforme o exemplo da música. Isso ocorre, principalmente, por causa do formato do seu corpo e da presença de nadadeiras.

II. As baleias respiram por meio de pulmões e precisam subir à tona para efetuar as trocas gasosas. Os peixes ósseos, por sua vez, respiram, na sua maioria, por meio de brânquias, projeções filamentosas ricas em vasos sanguíneos, localizados nos arcos entre as fendas branquiais, e não necessitam subir à superfície.

III. A organização básica do sistema digestório é semelhante entre peixes e baleias. O tubo digestório inicia na boca, seguida da faringe, do esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, terminando no ânus. No entanto, os peixes ósseos possuem uma válvula espiral com a função de retardar o trânsito dos alimentos, dando mais tempo à digestão.

IV. Em relação ao sistema circulatório, os peixes ósseos têm um coração com apenas duas câmaras – um átrio e um ventrículo, enquanto as baleias têm coração com quatro câmaras – dois átrios e dois ventrículos completamente separados.

V. Os peixes ósseos, assim como as baleias, são dioicos, e a maioria tem fecundação interna. Os embriões se desenvolvem dentro do corpo da fêmea, alimentando‐se de substâncias que retiram do sangue materno por meio de uma estrutura semelhante à placenta, sendo, portanto, espécies vivíparas.

Estão corretas:

a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) II, III e IV.

d) II, III e V.

e) III e IV.

23. (UNIOESTE) De acordo com o texto abaixo G. marleyi é uma espécie de crustáceo. Sobre os crustáceos é correto afirmar que:

“Bob Marley está vivo nos corais de recifes do mar do Caribe. O ícone do reggae serviu de inspiração ao biólogo Paul Sikkel para batizar minúsculos crustáceos descobertos na costa leste das ilhas caribenhas. Em homenagem ao cantor, a nova espécie foi chamada Gnathia marleyi. G. marleyi vive escondido em cascalhos de corais, esponjas do mar e algas. Os jovens são parasitas e infestam os peixes que passam pelos locais onde estão.”

http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/novo-crustaceo-de-recife-no-caribe-recebe-nome-em-homenagem-a-bob-marley.

a) Não possuem antenas.

b) Pertencem ao filo

c) Exoesqueleto não os caracteriza.

d) Os crustáceos são exclusivamente aquáticos.

e) Pertencem ao mesmo filo que os aracnídeos.

24. (UPF) Associe a primeira coluna, que se refere aos grupos de artrópodes, com a segunda coluna, que contém suas características.

24

 

A sequência correta na associação, de cima para baixo, e:

a) IV, II, III, I, V.

b) III, IV, II, V, I.

c) V, I, III, IV, II.

d) V, III, IV, II, I.

e) III, V, I, IV, II.

25. (UEM) Estão representados, a seguir, os principais grupos de Chordata. Com relação a eles, assinale o que for correto.

25

01. A e B são, respectivamente, Osteichthyes e Chondrichthyes, e ambos apresentam respiração branquial.

02. E representa um Amphibia que possui coração com três cavidades (dois átrios e um ventrículo), havendo, portanto, mistura de sangue venoso com sangue arterial.

04. D representa um réptil, que tem como característica a pele seca, rica em quitina, com camada córnea bastante desenvolvida e destituída de glândulas.

08. C representa uma ave e tem como características sacos aéreos e ossos pneumáticos, que são adaptações que facilitam o voo.

16. F representa um mamífero que possui pulmões revestidos de pleura, presença de diafragma e circulação dupla completa.

32. F representa um mamífero que, durante o desenvolvimento embrionário, apresenta formação de placenta no útero da fêmea, através da qual o embrião recebe nutrientes da mãe.

64. D e E apresentam características comuns, tais como fecundação externa e desenvolvimento direto sem metamorfose.

Soma das alternativas corretas:

26. (UEM) Os sistemas de um organismo funcionam em conjunto de modo a manter suas condições internas e propiciar a sua sobrevivência. Com relação a aspectos funcionais de alguns animais, assinale a alternativa incorreta.

a) A digestão intracelular das esponjas é coordenada pelo sistema nervoso.

b) O nematocisto do cnidoblasto contém líquido tóxico.

c) A epiderme é responsável pela secreção do novo exoesqueleto durante o processo da muda ou ecdise dos artrópodes.

d) Nos moluscos, o pé é uma estrutura musculosa capaz de deslizar, nadar, capturar, cavar ou fixar.

e) As substâncias nitrogenadas recolhidas pelos metanefrídios são eliminadas para o exterior do corpo dos anelídeos pelos nefridióporos.

27. (UEM) Considerando as características de anelídeos, moluscos, artrópodes e equinodermatas, assinale o que for correto.

01. Moluscos e equinodermatas são providos de rádula, estrutura dotada de dentículos, situada entre o esôfago e o estômago.

02. Moluscos e anelídeos são triblásticos, protostômios e esquizocelomados.

04. Anelídeos e artrópodes apresentam crescimento descontínuo, ou seja, trocam o revestimento corporal, inclusive na fase adulta.

08. A metameria, presente em anelídeos e em artrópodes, consiste na organização do corpo em uma série de segmentos.

16. A semelhança entre artrópodes e equinodermatas é o celoma com origem enterocélica e a boca com origem no blastóporo.

Soma das alternativas corretas:

28. (UEM) Sobre os animais classificados como cordados, assinale o que for correto.

01. O corpo dos urocordados é revestido por um envoltório espesso denominado de túnica, que apresenta os sifões exalante e inalante.

02. Os cefalocordados, conhecidos como anfioxos, são animais marinhos que filtram partículas de alimento da água.

04. Os vertebrados apresentam esqueleto interno bem desenvolvido e de origem mesodérmica.

08. As mandíbulas estão presentes em todos os cordados; por isso, não é inovação surgida durante a história evolutiva dos vertebrados.

16. Os anexos embrionários de répteis, de aves e de mamíferos são o saco vitelínico, o âmnio, o alantoide e o cório.

Soma das alternativas corretas:

29. (UEM) Analise as figuras a seguir e os animais nelas representados. Assinale o que for correto.

29

01. A figura I representa um porífero. As setas 1, 2, 3 e 4 indicam, respectivamente, o ósculo, o átrio ou espongiocele, o coanócito e o pinacócito.

02. As estruturas indicadas na figura II representam a parede corporal de um cnidário.

04. As setas 1, 2 e 3 da figura III indicam, respectivamente, a boca, os pés e a placa madrepórica de um equinodermata.

08. Na figura IV, as setas 1, 2, 3 e 4 indicam, respectivamente, as classes Pelecypoda, Gastropoda, Amphineura e Cephalopoda.

16. Os grupos representados nas figuras III e IV são diblásticos, acelomados e deuterostômios.

32. A figura V é o esquema de um anelídeo. As setas 1, 2 e 3 indicam, respectivamente, corações, papo e moela.

64. O animal representado na figura V é triblástico, celomado e protostômio.

Soma das alternativas corretas:

30. (UEM) Associe cada grupo animal a uma das características. Assinale a alternativa em que todas as associações estão corretas.

30

 

a) 1F, 2I, 3B, 4H, 5C, 6E, 7D, 8A, 9G.

b) 1F, 2I, 3H, 4B, 5E, 6C, 7D, 8A, 9G.

c) 1I, 2F, 3B, 4H, 5C, 6D, 7E, 8G, 9A.

d) 1I, 2C, 3H, 4B, 5F, 6D, 7G, 8E, 9A.

e) 1F, 2I, 3H, 4B, 5C, 6D, 7E, 8A, 9G.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 20 de fevereiro de 2016

TESTES DE CITOLOGIA (7)

01. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Uma proteína formada por 40 aminoácidos é codificada por uma molécula de RNA transportador de 40 nucleotídeos.

02. Na mitose ocorre a permuta de material genético, durante o crossing–over, permitindo variabilidade genética entre os seres vivos.

04. A duplicação dos cromossomos ocorre no período de interfase.

08. Na meiose ocorrem duas divisões celulares. A primeira, dita reducional, reduz o número de cromossomos à metade. A segunda, dita equacional, mantém o número de cromossomos nas células resultantes.

16. Segmentação é o nome que se dá ao aumento do número de células, sem aumento do volume total, em consequência da divisão da célula ovo.

21. Adenina, timina, citosina e guanina são as bases nitrogenadas encontradas nos ácidos ribonucleicos.

Soma das alternativas corretas:

02. (UNISSINOS) As células de animais e vegetais diferem en­tre si por possuírem diversas estruturas ou organelas características. Na tabela a seguir, estão relacionadas a presença (+) e a ausên­cia (-) das respectivas características diferen­ciais de dois tipos de células (A e B):

02Com base nessas informações, é correto afirmar que:

a) Ambas são células procarióticas por possuírem núcleo.

b) A célula A é uma célula animal, pois apresenta pare­de celular.

c) Ambas são células animais, pois apresentam mitocôndrias.

d) A célula A é uma célula vegetal, pois apresenta cloroplastos.

e) A Célula B é procariótica, pois não apresenta parede celular.

03. (UNICENTRO) A figura a seguir representa uma célula procariótica, com uma parte removida para a observação dos componentes internos.

03

(Adaptada de: <http://biologiaygeologia.org/unidadbio/a_eso3/2_nutricion/u1_contenido/&gt;.

Acesso em: 6 set. 2013.)

Com base nos conhecimentos sobre as células procarióticas, assinale a alternativa correta.

a) O número 1 representa áreas do citoplasma correspondentes ao núcleo das células eucarióticas, que concentra o longo cromossomo das bactérias, mas que não possui membrana envolvente.

b) A estrutura complexa e resistente, representada pelo número 2, é responsável pela forma das bactérias, e sua principal função é evitar que a bactéria “estoure” quando submetida a ambientes hipotônicos.

c) A película constituída fundamentalmente por fosfolipídeos e proteínas, representada pelo número 3, seleciona o que entra na célula e o que sai dela, mantendo o meio interno adequado às necessidades da célula.

d) O número 5 representa grânulos imersos no citoplasma cuja função é sintetizar proteínas, sendo um pouco menores que os da célula eucariótica e com proteínas ligeiramente diferentes em sua constituição.

04. (UNIMONTES) Os seres vivos adquirem ou utilizam energia livre por meio de um processo denominado metabolismo, o qual pode ser realizado por diversas organelas celulares. A tabela abaixo relaciona organelas e funções metabólicas presentes em células eucariotas. Observe-a.

04

Considerando a tabela apresentada e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que representa a relação incorreta entre organela e função.

a) IV – lisossomos.

b) II – núcleo.

c) I – ciclo do ácido cítrico.

d) III – replicação de DNA.

05. (UEM) Assinale a alternativa incorreta sobre as membranas celulares.

a) São constituídas por fosfolipídios e proteínas.

b) São componentes dos centríolos e dos flagelos dos organismos unicelulares.

c) São componentes das cristas mitocondriais.

d) São componentes dos tilacoides dos cloroplastos.

e) São componentes do retículo endoplasmático.

06. (UNIOESTE) Dentre as afirmativas abaixo relacionadas escolha a(s) que mostra(m) relação entre estrutura celular e função.

01. Retículo endoplasmático liso – síntese de esteroides.

02. Cloroplasto – respiração celular.

04. Ribossomo – histólise.

08. Nucléolo – produção glicose.

16. Polissomo – síntese de ácidos nucleicos.

32. Mitocôndria – metabolismo oxidativo.

64. Lisossomo – ação enzimática hidrolítica.

Soma das afirmativas corretas:

07. (UERN) O organismo humano é formado por várias células com funções e características diversas, responsáveis por todo o funcionamento do corpo. Os casos de animais constituídos por uma única célula são denominados seres unicelulares, como, por exemplo, a ameba. Observa-se, na ilustração, que o seu corpo apresenta prolongamentos, conhecidos por pseudópodes, que ajudam na locomoção e capturarão dos alimentos necessários a sua sobrevivência.

07

Qual célula do corpo humano apresenta a mesma característica da ameba?

a) Neurônio.

b) Mastócito.

c) Neutrófilo.

d) Adipócito.

08. (UERGS) Uma análise comparativa entre células procariotas e eucariotas, mostra que as primeiras são desprovidas de:

a) Citosol.

b) Ribossomo.

c) Mitocôndria.

d) Membrana plasmática.

e) DNA.

09. (UFAM) Imagine uma molécula de CO2 sendo difundida da matriz mitocondrial de uma célula animal para o interior do Complexo de Golgi de outra célula distante 50 μm de distância no mesmo tecido. Quantas membranas, no mínimo, essa molécula deveria atravessar até chegar a seu destino final:

a) 2 membranas.

b) 3 membranas.

c) 4 membranas.

d) 5 membranas.

e) 7 membranas.

10. (UEPB) Observe a figura abaixo e em seguida analise as proposições apresentadas.

10

I. É a representação esquemática de uma célula animal, pois em 1 observa-se a mitocôndria, organela de origem simbiótica, responsável pelo processo de respiração celular aeróbia.

II. É a representação esquemática de uma célula vegetal, pois em 3 observa-se o vacúolo de suco celular, organela que contém uma solução aquosa com concentração semelhante à do citoplasma, e cuja função está relacionada aos processos osmóticos.

III. É a representação esquemática de uma célula vegetal, pois em 2 observa-se o cloroplasto, organela responsável pela fotossíntese e que se origina sempre por simbiose.

Assinale a alternativa que apresenta a(s) proposição(ões) correta(s).

a) I, II e III.

b) Apenas I.

c) Apenas III.

d) Apenas II e III.

e) Apenas II.

11. (UEG) Os estudos microscópicos dos diferentes seres vivos possibilitam a identificação de vários tipos de células. As figuras A, B e C abaixo representam três tipos celulares.

11

Em relação a essas células e aos seus constituintes:

a) A estrutura 2 presente em A, B e C caracteriza-as como eucarióticas.

b) A estrutura 1 presente em A, B e C confere proteção e permeabilidade seletiva.

c) A estrutura 3 presente em A, B e C possui a função de síntese de biomoléculas celulares.

d) A estrutura 4 presente em A, B e C está relacionada ao processo de digestão intracelular.

12. (UFSJ) Um organismo é heterozigoto. Com base nessa informação é possível concluir que esse organismo.

a) Não é diploide e é recessivo.

b) É recessivo e é autotrófico.

c) É haploide e é procarionte.

d) É eucarionte e não é haploide.

13. (UFF) Considerando que uma célula tenha parede celular sem quitina, fuso mitótico sem a presença de centríolos e membrana citoplasmática composta de proteínas, fosfolipídios e carboidratos, pode-se concluir que essa célula é de um(a):

a) Alface.

b) Bactéria.

c) Cogumelo.

d) Cachorro.

e) Levedura.

14. (UESC) Texto para esta questão.

Os fósseis mais antigos da vida, assim como seus mais velhos vestígios químicos, aparecem no registro rochoso quase imediatamente depois de a Terra haver formado uma crosta sólida, há cerca de 3,85 bilhões de anos. Esses remanescentes das mais antigas formas de vida são procarióticos. Neles, o sexo difere fundamentalmente do sexo reprodutor dos animais e das plantas. Sendo verdadeiramente transgênico, o sexo procariótico sempre implica a movimentação de genes de uma fonte doadora para uma bactéria receptora viva. Essa movimentação genética, presente no alvorecer da vida, proporcionou um importante meio de sobrevivência a todas as formas biológicas posteriores.

(MARGULIS; SAGAN, 2002. p. 41).

Considerando-se os padrões de organização existentes entre os seres vivos, pode-se afirmar como uma característica exclusiva do padrão procariótico a presença de:

01. Uma membrana lipoproteica que delimita o material genético no interior do núcleo.

02. Ribossomos aderidos ao RNA mensageiro na produção de cadeias polipeptídicas para uso da própria célula.

03. Respiração celular em ambiente citoplasmático específico a partir da oxidação completa de compostos orgânicos.

04. Transcrição do material genético simultaneamente com a tradução em proteínas específicas, da mesma molécula de RNA transcrita.

05. Redução química de moléculas de gás carbônico em moléculas orgânicas a partir de uma fonte energética externa.

Soma das alternativas corretas:

15. (UFJF) Os protozoários são organismos unicelulares eucarióticos. Escolha a alternativa correta que corresponda à sequência de funções desempenhadas pelas organelas celulares nesses organismos: 1) mitocôndrias, 2) membrana celular, 3) lisossomos, 4) citóstoma, 5) citoesqueleto, 6) cílios e flagelos, 7) vacúolo pulsátil.

a) 1) osmorregulação, 2) locomoção, 3) sustentação, 4) digestão de partículas alimentares, 5) sustentação, 6) reconhecimento do ambiente, 7) ingestão de partículas alimentares.

b) 1) obtenção de energia, 2) reconhecimento do ambiente, 3) digestão de partículas alimentares, 4) ingestão de partículas alimentares, 5) sustentação, 6) locomoção, 7) osmorregulação.

c) 1) digestão de partículas alimentares, 2) sustentação, 3) obtenção de energia, 4) osmorregulação, 5) reconhecimento do ambiente, 6) locomoção, 7) ingestão de partículas alimentares.

d) 1) obtenção de energia, 2) reconhecimento do ambiente, 3) osmorregulação, 4) ingestão de partículas alimentares, 5) sustentação, 6) locomoção, 7) digestão de partículas alimentares.

e) 1) obtenção de energia, 2) osmorregulação, 3) ingestão de partículas alimentares, 4) obtenção de energia, 5) sustentação, 6) locomoção, 7) reconhecimento do ambiente.

16. (MACKENZIE) Alga deixa água com gosto ruim lavar as mãos, tomar banho, beber água ou um simples cafezinho virou um tormento para quase 4 milhões de moradores das regiões sul e leste de São Paulo.

…O desconforto é recorrente. Basta chegar a época de estiagem e as algas proliferam ¨por causa do excesso de nutrientes nas águas¨. Tais ¨nutrientes¨ são, na realidade, esgoto.

…O problema está localizado na Represa do Guarapiranga (zona sul).

… A alga é uma cianobactéria, que libera uma toxina chamada geosmina.

… “cheiro e o sabor aparecem após o tratamento com aplicação de carvão ativado em pó e permanganato de potássio”, explicou o gerente da Unidade de Tratamento de Água.

Jornal da Tarde – 19/09/2008.

Algas e Cianobactérias são bem diferenciadas evolutivamente, mas têm algumas características comuns, dentre as quais:

a) A presença de clorofila e, portanto, capacidade de realizar a fotossíntese.

b) A presença de organelas citoplasmáticas como cloroplastos.

c) Parede celular, basicamente constituída de celulose e hemicelulose.

d) Organização filamentosa pluricelular com divisão de trabalho.

e) Capacidade de fixação do nitrogênio atmosférico.

17. (UFMG) Em que alternativa as duas características são comuns a todos os indivíduos do reino monera?

a) Ausência de núcleo e presença de clorofila.

b) Ausência de carioteca e capacidade de síntese proteica.

c) Incapacidade de síntese proteica e parasitas exclusivos.

d) Presença de um só tipo de ácido nucleico e ausência de clorofila.

e) Ausência de membrana plasmática e presença de DNA e RNA.

18. (FEI) O uso indiscriminado e incorreto de antibióticos para combater infecções tem contribuído para o desenvolvimento de genes mais resistentes a esses medicamentos. Esses genes ficam localizados:

a) No microplasma.

b) Nas enzimas de restrição.

c) Nos plasmídeos.

d) Nos pili.

e) No glicolipídeo.

19. (UFLA) Apresentam-se, a seguir, quatro afirmativas relativas à célula vegetal. Assinale-as com (V) verdadeira ou (F) falsa.

(   ) A parede celular possui, além de celulose, lignina e suberina.

(   ) Os cloroplastos são constituídos por membrana simples lipoproteica.

(   ) No processo de divisão do citoplasma ocorre a formação de uma placa, o fragmoplasto, que cresce do centro para a periferia.

(  ) A presença de parede celulósica impede que ocorra o processo de osmose.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

a) F – F – V – V.

b) V – V – F – F.

c) F – V – F – V.

d) V – F – V – F.

20. (FPS) As células que formam os organismos vivos apresentam diferentes níveis de complexidade. Considerando a célula ilustrada abaixo, o que apresentam em comum as estruturas apontadas pelas setas?

20

a) Envolvimento com a síntese proteica.

b) Capacidade de autoduplicação.

c) Implicação com síntese de ácidos graxos.

d) Habilidade de processar carboidratos.

e) Delimitação por membrana lipoproteica.

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 20 de fevereiro de 2016

TESTES DE REPRODUÇÃO (2)

01. (PUC-MG) A figura abaixo representa o resultado da tentativa de implantação de blastocistos humanos após fecundação in vitro.

01

Sabendo-se que dois dos fetos apresentam o mesmo genoma e com base na figura, foram feitas cinco afirmações.

I. As placentas representadas são constituídas exclusivamente por tecido de origem materna.

II. Dois dos três fetos são univitelínicos.

III. Os fetos 1 e 2 foram produzidos, pela fecundação do mesmo ovócito, por dois espermatozoides diferentes.

IV. Os fetos 1 e 2 compartilham a mesma placenta, mas não o mesmo saco vitelínico.

V. Existem 50% de chance de os três fetos pertencerem ao mesmo sexo.

São afirmações corretas:

a) I, II e IV.

b) II, IV e V.

c) II, III e V.

d) I, III e IV.

e) III e IV.

02. (UNIFESP) Um homem dosou a concentração de testosterona em seu sangue e descobriu que esse hormônio encontrava-se num nível muito abaixo do normal esperado. Imediatamente buscou ajuda médica, pedindo a reversão da vasectomia a que se submetera havia dois anos. A vasectomia consiste no seccionamento dos ductos deferentes presentes nos testículos. Diante disso, o pedido do homem:

a) Não tem fundamento, pois a testosterona é produzida por glândulas situadas acima dos ductos, próximo à próstata.
b) Não tem fundamento, pois o seccionamento impede unicamente o transporte dos espermatozoides dos testículos para o pênis.
c)  Tem fundamento, pois a secção dos ductos deferentes impede o transporte da testosterona dos testículos  para o restante do corpo.
d) Tem  fundamento,  pois  a  produção  da  testosterona ocorre  nos  ductos  deferentes  e,  com  seu seccionamento, essa produção cessa.
e) Tem  fundamento,  pois  a  testosterona  é  produzida no  epidídimo  e  dali  é  transportada  pelos  ductos  deferentes para o restante do corpo.

03. (UEPB) Algumas espécies de protozoários possuem ciclos de vida bastante complexos, geralmente envolvendo uma fissão (esquizogonia), uma reprodução sexuada (gamogamia) e uma formação de esporos (esporogonia). As características reprodutivas acima se referem aos:

a) Entamoeba hystolitica.

b) Trypanosoma cruzi.

c) Balantidium coli.

d) Plasmodium vivax.

e) Trichomonas vaginalis.

04. (UEPG) A fecundação ocorre no momento em que o material genético masculino funde-se com o material genético feminino, originando uma nova vida. Sobre este assunto, assinale o que for correto.

01. A cada 28 dias, aproximadamente, a mulher elimina um óvulo produzido em um de seus dois ovários. Ao ser expulso do ovário, o óvulo interrompe a divisão meiótica na metáfase II e é captado pelas fímbrias existentes na extremidade das tubas uterinas, que o transportam em direção ao útero.

02. Uma vez transposta por um ou mais espermatozoides, a zona pelúcida sofre alterações físico-químicas que neste ponto a tornam impermeável a qualquer outro gameta masculino. Está iniciada a fecundação.

04. A primeira barreira a ser transposta pelos espermatozoides são as células que compõem a corona radiata. Esta é atravessada graças à ação de enzimas presentes no acrossomo, também necessárias para que o espermatozoide atravesse a zona pelúcida.

08. Os espermatozoides eliminados no canal vaginal nadam ativamente para o interior uterino e, ao atingi-lo, seguem em direção às tubas até encontrar o futuro gameta feminino. Os que sobrevivem ao trajeto iniciam então uma tentativa de fecundá-lo.

16. Uma vez formado, o zigoto sofre uma primeira divisão mitótica, em cuja metáfase os cromossomos paternos e maternos emparelham-se, regenerando o número cromossômico característico da espécie.

Soma das alternativas corretas:

05. (UNISC) Na espécie humana, o blastocisto inicia o processo de implantação na mucosa uterina por volta do:

a) Segundo dia após a fecundação.

b) Sexto dia após a fecundação.

c) Quarto dia após a fecundação.

d) Nono dia após a formação da mórula.

e) Décimo quinto dia após a formação da mórula.

06. (UCPel) Quando o gameta feminino, sem prévia fecundação, entra em divisão, originando um novo ser, diz-se que ocorreu:

a) Conjugação.

b) Neotenia.

c) Gametogênese.

d) Poliembrionia.

e) Partenogênese.

07. (IFSul) A ovulação é a liberação de um óvulo maduro feita por um dos ovários por volta do 14º dia do ciclo menstrual, contando a partir do primeiro dia da menstruação. Nesses ovários, surge o corpo lúteo, uma estrutura responsável pela:

a) Produção de estrógeno e progesterona.

b) Síntese de testosterona.

c) Síntese do hormônio gonadotrofina.

d) Formação das vesículas seminais.

08. (UNIMONTES) Leia as características apresentadas em I, II, III e IV sobre um importante hormônio relacionado com a gestação.

I. Sua estrutura molecular é semelhante a do hormônio luteinizante.

II. Sua ação luteotropina é fundamental para manutenção da gestação, sobretudo no primeiro trimestre.

III. A involução normal do corpo lúteo, ao final do ciclo sexual feminino, é impedida pela sua ação.

IV. Na fase inicial da gestação, devido a sua elevada concentração, pode ser detectado na urina.

Analisadas no seu conjunto é correto afirmar que o hormônio em questão é:

a) Hormônio estimulante dos folículos.

b) Prolactina.

c) Gonadotrofina coriônica humana.

d) Hormônios liberador de gonadotrofinas.

09. (UNEAL) A respeito dos ciclos ovarianos e uterinos que estão sob controle primário de vários hormônios, analise as afirmativas e marque com V as verdadeiras e com F, as falsas.

( ) A fase folicular inicial é representada pelo primeiro dia da menstruação correspondente ao dia 1 do ciclo.

(  ) Na fase folicular tardia, ocorre um pico de secreção de progesterona.

(  ) Na fase lútea inicial, o corpo lúteo produz progesterona e estrogênio.

A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a:

a) V V V.

b) V F V.

c) V V F.

d) F F V.

e) F V F.

10. (UEPA) O Brasil é uma nação que não enfrenta problemas com superpopulação, por isso neste país não existe um programa oficial de controle da natalidade. Dessa forma, a reprodução humana ocorre de forma livre, natural, algumas vezes irresponsável e inconsequente, causando inúmeros problemas, principalmente, para famílias menos privilegiadas financeiramente.

(Texto Modificado: Bio: Volume único, Sônia Lopes, 2008).

Analise as afirmativas abaixo e identifique as verdadeiras (V) e as falsas (F).

( ) Próstata, vesículas seminais e bexiga são glândulas acessórias do sistema reprodutor masculino.

( ) Os testículos produzem os espermatozoides e o hormônio masculino Testosterona.

( ) Os ovários produzem os ovócitos e os hormônios femininos Estrógeno e Progesterona.

( ) O útero é o órgão feminino onde ocorre o desenvolvimento embrionário e fetal.

( ) A ereção peniana é causada pelo aumento do volume sanguíneo no corpo esponjoso.

A sequência correta é:

a) V, F, V, F, V.

b) F, V, V, V, F.

c) F, V, V, F, V.

d) V, F, F, V, F.

e) F, V, F, V, F.

11. (UEL) “O desenvolvimento humano inicia-se na fertilização, quando um gameta masculino ou espermatozoide se une ao gameta feminino ou ovócito para formar uma única célula – o zigoto. Esta célula totipotente e altamente especializada marca o início de cada um de nós como indivíduo único.”

(MOORE, K.L.; PERSAUD, T.V.N. “Embriologia clínica”. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. p. 18.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:

I. O sinciciotrofoblasto produz o hormônio gonadotrofina coriônica humana (HCG) que entra no sangue materno. A HCG mantém a atividade hormonal do corpo lúteo no ovário, durante o período de gestação, formando a base dos testes para gravidez.

II. Na primeira divisão meiótica, cada cromossomo se divide e cada metade, ou cromátide, é direcionada para um polo diferente. Assim, o número diploide de cromossomos é mantido em cada célula-filha formada por meiose.

III. Nutrientes e oxigênio passam do sangue materno, através do líquido amniótico, para o sangue fetal, enquanto que as excretas de dióxido de carbono passam do sangue fetal para o sangue materno, também através do líquido amniótico.

IV. O líquido amniótico tem por função, por exemplo: agir como uma barreira contra infecções; ajudar a controlar a temperatura corporal do embrião, mantendo uma temperatura relativamente constante; participar da manutenção da homeostasia dos fluídos e eletrólitos.

Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas.

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

12. (UPE) Os zangões, machos das abelhas, são formados por um processo de partenogênese e possuem 16 cromossomos. Já as abelhas operárias são fruto de um processo de fecundação. Diante dessas informações, analise as afirmativas a seguir:

I. Por serem fruto de partenogênese, os machos possuem o dobro de cromossomos encontrados na abelha rainha.

II. A abelha rainha possui óvulos com o mesmo número de cromossomos encontrados nas células somáticas das operárias, pois ela também é uma fêmea.

III. Todas as fêmeas possuem 32 cromossomos nas suas células somáticas, o dobro que os machos possuem.

IV. A abelha rainha possui 16 cromossomos em seus óvulos, que, quando fecundados, geram indivíduos com 32 cromossomos.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

13. (UFV) A figura abaixo correlaciona as mudanças do folículo ovariano (I, II e III) com as da mucosa uterina (IV e V).

13

Assinale a alternativa que contém a associação incorreta.

a) II – corpo-amarelo ou “cicatriz” do folículo rompido, que produz o hormônio luteinizante.

b) I – ovulação ou ruptura do folículo, resultando na liberação do ovócito secundário na tuba uterina.

c) IV – eliminação do endométrio ou menstruação, devido à degeneração dos vasos sanguíneos.

d) V – fase progestacional ou secretora, mantida pela progesterona produzida pelo corpo-lúteo.

14. (UFSC) A figura a seguir mostra o corte transversal de um embrião e anexos embrionários.

14

01. A seta 1 indica o principal local de produção da gonadotrofina coriônica, hormônio que quando está presente na urina é sinal inequívoco de gravidez.

02. A seta 2 indica a bolsa amniótica, que tem por função hidratar e proteger o feto contra eventuais choques mecânicos.

04. A figura representa um embrião de mamífero.

08. A figura representa o embrião de uma ave.

16. A placenta (indicada pela seta 3) é responsável pela intensa troca de substâncias entre mãe e filho. Esta troca ocorre porque há passagem do sangue da mãe para o filho e vice-versa.

Soma das alternativas corretas:

15. (UFCG) Nos seres humanos, as vilosidades coriônicas que penetram no endométrio e são envolvidas por ele, participam da formação da placenta que, em condições normais, têm como função:

I. Nutrir o embrião, promover as trocas gasosas, além de produzir progesterona.

II. Formar uma cavidade preenchida pelo líquido amniótico e produzir a prolactina.

III. Permitir, de forma constante e ininterrupta, a ligação com a mãe, garantindo o fluxo direto de sangue entre ambos.

IV. proteger o feto contra traumatismos mecânicos, promover as trocas respiratórias e realizar a excreção.

Estão corretas:

a) III e IV.

b) I, II e III.

c) II e IV.

d) I e III.

e) I e IV.

16. Quando adquirimos frutas no comercio, observamos com mais frequência frutas sem ou com poucas sementes. Essas frutas têm grande apelo comercial e são preferidas por uma parcela cada vez maior da população. Em plantas que normalmente são diploides, isto é, apresentam dois cromossomos de cada par, uma das maneiras de produzir frutas sem sementes é gerar plantas com uma ploidia diferente de dois, geralmente triploide. Uma das técnicas de produção dessas plantas triploides é a geração de uma planta tetraploide (com 4 conjuntos de cromossomos), que produz gametas diploides e promover a reprodução dessa planta com uma planta diploide normal. A planta triploide oriunda desse cruzamento apresentará uma grande dificuldade de gerar gametas viáveis, pois como a segregação dos cromossomos homólogos na meiose I é aleatória e independente, espera-se que:

a) Os gametas gerados sejam diploides.

b) As cromátides irmãs sejam separadas ao final desse evento.

c) O número de cromossomos encontrados no gameta seja 23.

d) Um cromossomo de cada par seja direcionado para uma célula filha.

e) Um gameta raramente terá o número correto de cromossomos da espécie.

17. (UFSC) As anomalias cromossômicas são bastante frequentes na população humana; um exemplo disso é que aproximadamente uma a cada 600 crianças no mundo nasce com síndrome de Down. Na grande maioria dos casos, isso se deve à presença de um cromossomo 21 extranumerário. Quando bem assistidas, pessoas com síndrome de Down alcançam importantes marcos no desenvolvimento e podem estudar, trabalhar e ter uma vida semelhante à dos demais cidadãos. Sobre as anomalias do número de cromossomos, é correto afirmar que:

01. Podem ocorrer tanto na espermatogênese quanto na ovulogênese.

02. Ocorrem mais em meninas do que em meninos.

04. Ocorrem somente em filhos e filhas de mulheres de idade avançada.

08. Estão intimamente ligadas à separação incorreta dos cromossomos na meiose.

16. Ocorrem ao acaso, devido a um erro na gametogênese.

32. Ocorrem preferencialmente em populações de menor renda, com menor escolaridade e pouca assistência médica.

64. Podem acontecer devido a erros na duplicação do DNA.

Soma das respostas corretas:

18. (IF-SP) Um professor de Biologia, em uma aula sobre Sistema Reprodutor, explicou a formação de gêmeos univitelinos e fraternos, a partir do momento da fecundação. Alguns alunos, após ouvirem as explicações, fizeram as seguintes afirmativas.

− Maria: os gêmeos univitelinos são geneticamente idênticos e possuem, entre outras características, o mesmo sexo.

− Cristina: os gêmeos fraternos, apesar de não serem geneticamente idênticos, compartilham a mesma placenta.

− Renato: gêmeos fraternos também podem ser chamados de dizigóticos, pois são resultantes da fecundação de dois óvulos por dois espermatozoides.

− Ivan: a formação de gêmeos univitelinos pode ser considerada um exemplo de clonagem por apresentar o desenvolvimento de dois embriões iguais entre si, porém diferentes do pai e da mãe.

Assinale a alternativa que indica os estudantes que fizeram as afirmativas corretas.

a) Maria e Renato, apenas.

b) Maria e Ivan, apenas.

c) Maria, Renato e Ivan, apenas.

d) Maria, Cristina e Renato, apenas.

e) Cristina e Ivan, apenas.

19. (UNIRIO) Pílula Anticoncepcional

Muitos anos de pesquisas ajudaram a desenvolver pílulas  anticoncepcionais  seguras  e  eficientes. As pílulas anticoncepcionais já foram consideradas um dos símbolos da liberação feminina, um instrumento para a ascensão da mulher em todos os setores da sociedade. Mesmo assim, carregaram por muito tempo a fama de trazer riscos para a saúde. Tanto que, mesmo considerando-se seus aspectos positivos (evitar uma gravidez inoportuna, por exemplo), as pílulas eram vistas como um mal necessário.
(http://www.sabermulher.com.br)

As pílulas anticoncepcionais femininas possuem substâncias que:
a) Alteram o pH vaginal, inibindo o batimento flagelar dos espermatozoides.
b) Impedem a ocorrência do fenômeno da ovulação.
c)  Provocam  a  morte  dos  espermatozoides  após  a entrada no colo do útero.
d) Irritam a mucosa tubária, provocando a obstrução das tubas uterinas.
e) Bloqueiam a penetração do espermatozoide no óvulo.

20. (MACK) Um dos métodos anticoncepcionais disponíveis no mercado é a pílula de progesterona (ou “minipílula”). Esse medicamento não contém o outro hormônio existente na pílula comum, o estrogênio. A respeito dos hormônios envolvidos nesses anticoncepcionais, considere as afirmativas abaixo.0

I. A progesterona é um hormônio ovariano, enquanto o estrogênio é hipofisário.

II. O estrogênio atua inibindo a formação do endométrio, enquanto a progesterona inibe a ovulação.

III. A progesterona age por um mecanismo de feedback negativo sobre a hipófise, inibindo a libertação de LH.

Assinale:

a) Se somente a afirmativa III for correta.

b) Se somente as afirmativas I e III forem corretas.

c) Se somente a afirmativa II for correta.

d) Se somente as afirmativas II e III forem corretas.

e) Se somente as afirmativa I e II forem corretas.

gab

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias