Publicado por: Djalma Santos | 26 de fevereiro de 2016

TESTES DE REPRODUÇÃO (3)

01. (CEFET-MG) As fêmeas de dragões de Komodo são heterogaméticas (genótipo ZW) e os machos são homogaméticos (genótipo ZZ). Curiosamente, duas fêmeas mantidas isoladas há mais de 2 anos, em diferentes zoológicos, botaram ovos dos quais nasceram apenas machos. Estudos evidenciaram que seus descendentes são partenogenéticos e seguem o padrão cromossômico citado, possibilitando, inclusive, a fecundação de suas próprias progenitoras. Assim, concluiu-se que as fêmeas podem alternar entre a reprodução sexuada e assexuada.

WATTS, P. C., et al. Parthenogenesis in Komodo dragons, Nature, Londres, 444, p.1021-1022, 21 dez. 2006 (Adaptado).

Apesar de a flexibilidade reprodutiva possibilitar aumento da população desses animais, populações isoladas apresentarão baixo poder adaptativo em longo prazo, pois haverá:

a) Perda de variabilidade genética.

b) Diminuição do número de fêmeas.

c) Impossibilidade de cruzamentos entre irmãos.

d) Desaparecimento dos indivíduos hermafroditas.

e) Redução do número de cromossomos da espécie.

02. (UPE) A formação de espermatozoides pode ser explicada através do seguinte esquema da espermatogênese:

02

Da análise deste esquema, pode-se concluir que

I   II

0  0 – No  período  germinativo,  algumas   espermatogônias  passam   por  modificações, aumentando de tamanho e se diferenciando, formando os espermatócitos primários.

1  1 – Os espermatócitos primários (2n) entram em mitose e, ao final, formam-se os espermatócitos secundários (n), o que ocorre no período de diferenciação.

2  2 – No período de maturação, observam-se espermatócitos secundários, células haploides com n cromossomos, cada um contendo 2 cromátides.

3  3 – As espermátides são células diploides que irão se transformar em espermatozoides no período de crescimento.

4  4 – Ao final do período de diferenciação de cada espermatozoide, formam-se quatro novas espermatogônias.

03. (CESPE) Entre as várias diferenças que existem entre o gameta masculino e o feminino na espécie humana está a quantidade de mitocôndria. No espermatozoide existem mitocôndrias em duas regiões: acrossomo e na peça intermediária. No óvulo existem mitocôndrias distribuídas ao longo de todo o seu gigante citoplasma. Assinale a opção que apresenta corretamente a consequência dessa diferença entre espermatozoide e óvulo.

a) Em todos os filhos, independentemente do sexo, os produtos gênicos mitocondriais são produzidos a partir de genes herdados da mãe.

b) Os óvulos são mais ativos que os espermatozoides por possuírem mais mitocôndrias, fonte de energia da célula.

c) Há uma maior transcrição nos óvulos do que nos espermatozoides, pela presença de maior quantidade de mitocôndrias nos primeiros.

d) Os espermatozoides são células diferenciadas não secretoras enquanto que os óvulos são células diferenciadas secretoras.

04. (INSTITUTO FEDERAL DE FARROUPILHA) (Folha de São Paulo). ― A atriz iraniana Marzieh Vafamehr foi condenada a 90 chibatadas e um ano de prisão por aparecer sem véu e com a cabeça raspada em cenas de um filme crítico ao regime islâmico (www.agenciapatriciagalvao.org.br). Muitas mulheres de todas as etnias ainda hoje sofrem violência e discriminação. Na antiguidade, por exemplo, as mulheres eram discriminadas até mesmo por um fator biológico: a menstruação. Elas eram excluídas da vida social durante o período menstrual.

Sobre o ciclo menstrual é correto afirmar que:

I. A partir da puberdade, a mulher entra na fase reprodutiva, que vai aproximadamente até os 50 anos de idade.

II. O controle dos acontecimentos que ocorrem durante um ciclo menstrual é hormonal e envolve duas glândulas: a hipófise e os ovários.

III. A menstruação é um processo que dura em média entre 3 e 7 dias, dependendo da mulher e de suas condições fisiológicas, e consiste na escamação da parede vaginal e posterior sangramento.

IV. Mulheres com ciclo menstrual irregular podem utilizar a pílula anticoncepcional como reguladora, por esta inibir a secreção de FSH e LH pela hipófise.

a) V, V, V, F.

b) F, F, V, V.

c) V, V, F, V.

d) F, V, F, V.

e) Todas afirmativas são verdadeiras.

05. (UEA) A pílula anticoncepcional:

a) É uma combinação de estrógenos e progesterona que inibe as gonadotrofinas e, consequentemente, a maturação dos folículos e a ovulação.

b) Estimula a secreção de FSH e de LH pela hipófise e o excesso de tais hormônios não permite a ocorrência da ovulação.

c) Atua de forma direta sobre a hipófise inibindo a produção de estrógeno e progesterona e estimulando a secreção de FSH e LH.

d) Promove a queda na taxa de LH que tem como consequência a regressão do corpo lúteo, que deixa de produzir estrógeno e progesterona.

e) Inibe a produção do FSH e estimula a secreção do LH levando à regressão do corpo lúteo e, portanto, da ovulação.

06. (FCM-PB) Considerando-se a placenta e o cordão umbilical nos primatas, analise as frases abaixo:

I. As veias umbilicais transportam O2 e alimento.

II. A placenta produz hormônios.

III. As artérias umbilicais carregam CO2 e ureia.

Assinale corretamente:

a) Somente a afirmativa I está correta.

b) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

c) Todas as afirmativas estão corretas.

d) Somente a afirmativa III está correta.

e) Somente a afirmativa II está correta.

07. (UEM) Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Esporulação é um tipo de reprodução sexuada, realizada por fungos, por algas e por bactérias.

02. No processo de transdução bacteriana, ocorre a transferência de DNA de uma bactéria doadora para outra receptora, por meio de uma ponte citoplasmática.

04. Brotamento é uma forma de reprodução assexuada em que o indivíduo forma brotos; esse processo ocorre em fungos, em algas, em animais e em plantas.

08. Alguns seres vivos, como fungos, apresentam ciclo de vida haplonte, no qual a condição diploide ocorre apenas no zigoto.

16. As plantas apresentam alternância de fases, em que a fase esporofítica é haploide e responsável pela formação dos gametas.

Soma das alternativas corretas:

08. (UFLA) Considerando 64 o número de cromossomos de uma determinada espécie, marque a alternativa que apresenta o número correto de cromossomos em espermatogônias, espermátides e espermatozoides dessa espécie, respectivamente:

a) 32 – 32 – 64.

b) 32 – 64 – 64.

c) 64 – 32 – 32.

d) 64 – 64 – 32.

09. (FMJ) Sofia e Carolina estão no segundo mês de gravidez. Caso Sofia tenha uma queda brusca nos níveis de progesterona e de estrógenos, e Carolina tenha uma elevação repentina no nível do hormônio luteinizante (LH), é possível que:

a) Sofia engravide de gêmeos e Carolina tenha um aborto espontâneo.

b) Sofia tenha um aborto espontâneo e Carolina engravide de gêmeos.

c) Sofia tenha uma gravidez normal e Carolina fique estéril.

d) As duas mulheres tenham um alto risco de terem um aborto espontâneo.

e) As duas mulheres não tenham riscos de aborto e tenham apenas um filho.

10. (UNCISAL) Reprodução é o aumento do número de células ou organismos, sejam eles unicelulares ou pluricelulares. Crescimento é o aumento no tamanho. Todas as espécies de organismos crescem e se reproduzem, embora os detalhes de como fazem isso variem. […] biologicamente o sexo é inteiramente distinto de reprodução.

MARGULIS, L.; SCHWARTZ, K. Cinco reinos: um guia ilustrado dos filos da vida na Terra. Rio de Janeiro: Guanabara/Koogan, 2001 (fragmento).

Sobre reprodução sexuada e reprodução assexuada realizada pelos seres vivos, pode-se afirmar que:

a) Na reprodução sexuada há necessidade de contato físico (sexo) entre os seres vivos.

b) Na reprodução assexuada não ocorre crescimento dos seres porque não há sexo.

c) Na reprodução sexuada há troca de gametas de mais de um indivíduo que pertence à mesma população.

d) Na reprodução sexuada há necessidade de dois indivíduos de sexos diferentes.

e) Reprodução assexuada somente ocorre em bactérias e seres vivos unicelulares.

11. (UFV) A evolução dos processos reprodutivos foi determinante na conquista do ambiente terrestre pelos animais. Ao se considerar a reprodução de anfíbios e répteis nesse contexto evolutivo, é correto afirmar que:

a) Os ovos dos anfíbios e dos répteis possuem casca protetora, o que os torna independentes da água.

b) Nos répteis que vivem em ambientes aquáticos, a fecundação é externa e o desenvolvimento é direto.

c) Nos anfíbios, o desenvolvimento é indireto, ocorrendo a metamorfose, e nos répteis é direto.

d) Na fase larval, os répteis se nutrem a partir dos nutrientes presentes no saco vitelínico.

12. (PUC-SP)

12

Na realidade, as minhocas, embora hermafroditas, apresentam fecundação cruzada, o que:

a) Representa uma vantagem em relação à autofecundação, pois garante maior variabilidade genética, possibilitando maior chance de adaptação da população ao ambiente.

b) Representa uma vantagem em relação à autofecundação, pois, apesar de não garantir variabilidade genética, possibilita grande chance de adaptação da população ao ambiente.

c) Representa uma desvantagem em relação à autofecundação, pois, apesar de garantir maior variabilidade genética, não aumenta a chance de adaptação da população ao ambiente.

d) Representa uma desvantagem em relação à autofecundação, pois não garante variabilidade genética, o que leva a uma menor chance de adaptação da população ao ambiente.

e) Não representa vantagem nem desvantagem em relação à autofecundação, uma vez que os dois processos garantem o mesmo grau de variabilidade genética e de adaptação da população ao ambiente.

13. (UNIOESTE) Assinale a(s) alternativa(s) correta(s) com relação à reprodução humana.

01. A espermiogênese é desencadeada pela ação do hormônio luteinizante sobre os espermatócitos primários.

02. O ciclo menstrual pode ser dividido em três fases: menstrual, proliferativa e secretória.

04. As células de Sertoli são responsáveis pela produção de testosterona.

08. O crescimento do folículo é provocado por estrogênios.

16. As células de Leydig são responsáveis pela nutrição dos espermatozoides.

32. A progesterona, secretada pelo corpo lúteo, estimula o desenvolvimento dos vasos sanguíneos e das glândulas do endométrio.

64. A ovulação consiste na liberação de um oócito secundário.

Soma das alternativas corretas:

14. (FATEC) As pílulas estão entre os métodos contraceptivos mais utilizados pelas mulheres, apesar de seus possíveis riscos à saúde. Normalmente, elas contêm uma combinação de substâncias sintéticas análogas ao estrógeno e à progesterona e, se tomadas regularmente, as taxas desses hormônios se mantêm elevadas no sangue, impedindo a gravidez. Isso ocorre porque os hormônios contidos na pílula:

a) Impedem a elevação das taxas de FSH e LH, que são hormônios hipofisários que desencadeiam a ovulação.

b) Impedem a nidação, uma vez que estimulam a descamação do endométrio.

c) Reduzem as taxas do hormônio gonadotrofina coriônica, responsável pela manutenção da gravidez.

d) Regulam o ciclo da mulher, permitindo que ela saiba exatamente quando vai ovular e, dessa forma, evitando relações nesse período.

e) Impedem o desenvolvimento do feto, funcionando como método contraceptivo de emergência.

15. (UEPA) A caxumba é uma doença viral que acomete as glândulas salivares parótidas, mas em alguns homens, a infecção alcança os testículos e epidídimo, promovendo distúrbios na função dessas estruturas, podendo resultar na esterilidade. Os elementos em destaque no texto respondem pelas seguintes funções:

a) Produção de hormônio folículo estimulante e ereção peniana.

b) Produção de espermatozoides e armazenamento dos espermatozoides.

c) Produção de hormônio luteinizante e produção do liquido seminal.

d) Espermiogênese e produção do liquido prostático.

e) Ejaculação e produção do hormônio luteinizante.

16. (FCM-PB) Relacione as estruturas abaixo e marque a alternativa que corresponde a resposta correta:

I. Hipófise

II. Células intersticiais do testículo

III. Túbulos seminíferos.

IV. Epidídimo

(    ) Local de produção de espermatozoide.

(    ) Local de armazenamento de espermatozoide.

(    ) Local de produção de hormônios gonadotróficos.

(    ) Local de produção do hormônio sexual masculino.

a) II, III, IV, I.

b) IV, III, II, I.

c) III, IV, II, I.

d) III, IV, I, II.

e) II, IV, I, III.

17. (FAVIP) Os quadros de 1 a 7 representam diferentes fases do desenvolvimento dos folículos ovarianos de uma mulher. As curvas (X e Y) ilustram os níveis dos hormônios ovarianos em um ciclo menstrual dessa mulher. Os hormônios representados por X e Y são denominados, respectivamente:

17

a) FSH e LH.

b) LH e FSH.

c) Estrógeno e progesterona.

d) Progesterona e estrógeno.

e) LH e progesterona.

18. (UNESP) A figura mostra o encontro de duas células, um espermatozoide e um ovócito humano, momentos antes da fecundação.

18

                         (http://epoca.com)

Considerando as divisões celulares que deram origem a essas células, é correto afirmar que o sexo da criança que será gerada foi definido na:

a) Metáfase I da gametogênese feminina.

b) Diacinese da gametogênese masculina.

c) Anáfase II da gametogênese feminina.

d) Anáfase I da gametogênese masculina.

e) Telófase II da gametogênese masculina.

19. (UNIMONTES) O ciclo menstrual e o processo relacionado com alterações fisiológicas que ocorrem em mulheres férteis com finalidade de reprodução sexual e fecundação. A figura abaixo apresenta caracteristicas envolvidas nesse ciclo. Analise-a.

19

As afirmativas abaixo estão relacionadas com a figura e o assunto abordado. Analise-as e assinale a correta.

a) IV representa o corpo lúteo.

b) I corresponde a fase proliferativa do ciclo.

c) Durante a menopausa, todo o ciclo apresentado na figura acontece normalmente..

d) Em II e III são encontradas maiores quantidades de estrogênio do que em I.

20. (FEI) Observe o esquema abaixo, que representa a ovulogênese humana:

20

Se a letra E representar um segundo corpúsculo polar, é correto afirmarmos que:

a) Todas as células representadas em A são ovócitos de primeira ordem.

b) Há um ovócito de segunda ordem representado na letra C.

c) A ovogônia está representada em D.

d) Ocorre meiose reducional em todas as células representadas em B, C, D e E.

e) A letra B é seguramente um ovócito de primeira ordem.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 26 de fevereiro de 2016

TESTES DE GENÉTICA (V)

01. (UDESC) Sabe-se que o daltonismo é uma herança ligada ao sexo, e que o albinismo é condicionado por um gene recessivo localizado em um cromossomo autossômico. Um casal, em que ambos são heterozigotos para a pigmentação da pele; o homem e a mulher têm visão normal, sendo ela filha de pai daltônico, deseja saber qual a possibilidade de terem um filho albino e daltônico. Assinale a alternativa que apresenta o percentual probabilístico.

a) 50%.

b) 6,25%.

c) 33%.

d) 25%.

e) 0%.

02. (UPE) Sabe-se que a miopia é determinada pela ação de um gene recessivo autossômico m. Um casal de visão normal, cujas mães eram míopes, teve 3 filhas, todas com visão normal. Qual a probabilidade de o próximo filho ser do sexo masculino com visão normal?

a) 3/4.

b) 1/4.

c) 1/2.

d) 3/8.

e) 1/8.

03. (FBV) A compreensão dos fenômenos relacionados à hereditariedade dos seres vivos tornou-se possível a partir do entendimento dos princípios básicos da genética. A respeito de alguns conceitos genéticos fundamentais que aparecem destacados em itálico nas proposições abaixo, assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as alternativas falsas.

I   II

0  0 – Um gene pode ser definido como um trecho de molécula de ácido desoxirribonucleico (DNA) que atua como modelo para a fabricação de um ácido ribonucleico (RNA), o qual pode conter informação para a síntese de uma proteína específica.

1  1 – Por exemplo, quando falamos da cor das flores de uma planta, da cor da pelagem de um cão ou do tipo sanguíneo de uma pessoa, estamo-nos referindo ao fenótipo; já quando dizemos, por exemplo, que uma planta possui genes para flor vermelha ou que uma pessoa possui genes para um dado tipo sanguíneo, fazemos referência ao genótipo.

2  2 – Entende-se como genoma o quadro cromossômico diploide padronizado de uma espécie, no qual se levam em consideração o número, as formas e os tamanhos dos cromossomos, tomando-se para protótipo um indivíduo normal daquela espécie.

3  3 – O cariótipo espelha a constante cromossômica dos gametas ou células sexuais de reprodução, que são sempre haploides e cujo papel é manter no zigoto o número de cromossomos característico de uma espécie.

4  4 – A heterozigose é definida como uma qualidade do heterozigoto, isto é, indivíduo que possui genes diferentes num único par de alelos.

04. (COVEST) Miopia e fenilcetonúria decorrem da ação de genes recessivos autossômicos (fenilcetonúria resulta da incapacidade de transformar a fenilalanina em tirosina). A partir dos dados fornecidos no heredograma abaixo, determina e probabilidade do casal II1 X II2 ter uma criança, do sexo masculino e normal para as duas características em questão.

04

a) 3/8.

b) 1/16.

c) 3/16.

d) 3/24.

e) 1/2.

05. (UECE) Sabe-se que em determinada população manifestam-se 3 (três) tipos de alelos Ax  > Ay > Az e que a relação de dominância é Ax > Ay > Az. Suponha que numa população hipotética de 15.000 indivíduos, este caso de polialelia se expresse de acordo com o quadro abaixo.

05

Partindo dessa suposição, pode-se concluir corretamente que a frequência de fenótipos que expressam o gene Az é de:

a) 75%.

b) 50%.

c) 25%.

d) 10%.

e) 20%.

06. (UFSCAR) Em drosófila, o caráter cerdas retorcidas é determinado por um gene recessivo e ligado ao sexo. O alelo dominante determina cerdas normais (não retorcidas). Uma fêmea heterozigota foi cruzada com um macho normal. A descendência esperada será de:

a) 50% de machos e 50% de fêmeas normais e 50% de machos e 50% de fêmeas com cerdas retorcidas.

b) 50% de machos normais, 50% de machos com cerdas retorcidas e 100% de fêmeas normais.

c) 100% de machos normais, 50% de fêmeas com cerdas retorcidas e 50% de fêmeas normais.

d) 100% de machos com cerdas retorcidas e 100% de fêmeas normais.

e) 100% de machos normais e 100% de fêmeas com cerdas retorcidas.

07. (COVEST) Em um dos modelos propostos para a determinação da cor dos olhos na espécie humana (herança quantitativa), são considerados cinco diferentes fenótipos. Na descendência de pais heterozigóticos para os locos determinantes desta característica, foram observados os dados apresentados no quadro abaixo. Analise-os, juntamente com o gráfico, e identifique a correção das proposições abaixo.

07

I  II

0  0 – Três pares de alelos justificam os resultados apresentados.

1  1  – Nos indivíduos de olhos castanho-claros, os locos em questão podem estar em homozigose ou em heterozigose.

2  2 – Indivíduos de olhos verdes apresentam homozigose em apenas um dos locos em questão.

3  3 – A probabilidade do nascimento de duas crianças de olhos azuis, a partir de um casal genotipicamente igual ao do exemplo dado, é de aproximadamente 0,004.

4  4 – A probabilidade do casal indicado em (3-3) ter duas crianças, sendo uma de olhos castanho-claros e uma de olhos verdes é de 3/16.

08. (UEPB) Um indivíduo (AB) (ab) é cruzado com outro (ab) (ab), produzindo a seguinte geração:

– (aB) (ab) ……. 24

– (Ab) (ab) ……. 27

– (ab) (ab) ……. 396

– (AB) (ab) …… 403

De posse dos resultados acima, a frequência de permutação entre A e B é:

a) 10 %.

b) 6 %.

c) 12 %.

d) 8 %.

e) 4 %.

09. (UPE) Antônio e Mara pretendem ter filhos. Entretanto, como em suas famílias há indivíduos hemofílicos e/ou albinos, embora ambos sejam normais para essas características, resolveram procurar aconselhamento de um especialista e relataram o seguinte:

– Os pais de Antônio e a mãe de Mara são normais para essas características, entretanto, o pai de Mara é albino e hemofílico.

– O avô materno de Antônio era hemofílico.

– Do seu primeiro casamento, Antônio tem uma filha albina.

Com base nos dados acima e considerando que o tipo de hemofilia apresentado é de herança recessiva ligada ao cromossomo X e o albinismo, de herança autossômica recessiva, analise as informações.

I. A probabilidade de o casal ter uma criança albina e hemofílica será de 1/16, independente do sexo.

II. Dentre as crianças do sexo masculino, o casal terá 1/2 de probabilidade de ter um filho albino e hemofílico.

III. Dentre as crianças do sexo feminino, o casal terá 0% de probabilidade de ter uma filha albina e hemofílica.

IV. Como Antônio e Mara são portadores do alelo para a hemofilia, transmitido para Antônio através de seu avô e para Mara, através de seu pai, o casal tem 1/4 de probabilidade de gerar uma criança com essa característica, independente do sexo.

V. Como Antônio tem uma filha albina, independente do genótipo de Mara, o casal terá 1/2 de probabilidade de ter uma criança albina.

Assinale a alternativa que contempla a(s) informação(ões) declarada(s) corretamente pelo geneticista.

a) I e III.

b) II e IV.

c) IV e V.

d) Apenas a II.

e) Apenas a III.

10. (UNESP) O esquema mostra a genealogia de uma família. Os símbolos escuros representam os indivíduos míopes e, os claros, os indivíduos de visão normal.

10

A probabilidade do casal I x II, indicado no heredograma, ter uma criança míope é:

a) Imprevisível, porque a mulher tanto pode ser homozigota como heterozigota.

b) Nula, porque a mulher tem o gene dominante em homozigose.

c) 1/2, porque 50% dos gametas da mulher transportam o gene recessivo.

d) 1/4, porque o casal já tem três filhos com visão normal.

e) 1/4, porque o gene para a miopia é recessivo.

11. (URCA) Em porquinho da índia (Cavia porcellus) a característica “pelo curto” é condicionada por um gene dominante enquanto o “pelo longo” é condicionado por um par de genes recessivos, não ligados ao sexo. Um casal desses animais apresentam “pelo curto”, e suas mães tinham “pelos longos”. Desse casal espera-se uma prole, de:

a) 75% de homozigotos.

b) 25% de homozigotos e 25% de heterozigotos.

c) 50% de homozigotos e 50% de heterozigotos.

d) 50% de pelos longos e 50% de pelos curtos.

12. (UEL) Na meiose de um indivíduo AB/ab, ocorre crossing-over entre esses genes em 40% das células. A frequência de gametas AB, Ab, aB e ab produzidos por esse indivíduo deve ser, respectivamente:

a) 10%, 40%, 40% e 10%.

b) 30%, 20%, 20% e 30%.

c) 30%, 30%, 20% e 20%.

d) 40%, 10%, 10% e 40%.

e) 40%, 40%, 10% e 10%.

13. (MACK) Um homem de visão normal e com número normal de dedos casa-se com uma mulher polidáctila e daltônica. Sabendo-se que a polidactilia é uma herança autossômica dominante, assinale a alternativa correta.

a) Esse casal poderá ter uma filha polidáctila e daltônica.

b) A mãe dessa mulher terá obrigatoriamente o mesmo genótipo para o daltonismo que ela.

c) O pai dessa mulher é daltônico.

d) A mulher é obrigatoriamente filha de pai e mãe polidáctilos.

e) Os filhos homens desse casal serão sempre daltônicos e não polidáctilos.

14. (PUC-PR) Quando duas populações da espécie vegetal Zea mays (milho), uma homozigota para o alelo dominante (AA) e uma homozigota para um alelo recessivo (aa), são cruzadas, toda a descendência da primeira geração (F1) assemelha-se ao tipo parental dominante (Aa), embora seja heterozigota. Porém, quando a geração F1 se intercruza, a proporção fenotípica mendeliana 3:1 aparecerá na geração F2, pois os genótipos serão:

a) 1/2 AA e 1/2 aa.

b) 1/4 AA, 1/2 Aa e 1/4 aa.

c) 1/3 AA e 1/4 aa.

d) 1/4 Aa, 1/2 AA e 1/4 aa.

15. (UNISC) No albinismo tirosinase-negativo não há produção da enzima tirosinase, participante de etapas do metabolismo que transforma o aminoácido tirosina em melanina. O locus do gene que codifica esta enzima localiza-se no cromossomo 11 e pode conter o alelo normal A ou o recessivo a. Um casal normal que possui quatro filhos todos normais deseja ter um novo filho. Sabendo-se que a herança desta característica é autossômica recessiva e que o avô paterno e a avó materna das crianças eram albinos, qual será a probabilidade de o bebê vir a ser albino?

a) 0%.

b) 25%.

c) 50%.

d) 75%.

e) 100%.

16. (UNIFOR) A fenilcetonúria é uma doença que acomete aproximadamente 1 em cada 10.000 indivíduos nascidos vivos da população caucasiana, sendo identificado vários casos no Nordeste brasileiro, caracterizada pelo acúmulo de fenilalanina na corrente sanguínea e aumento da excreção urinária de ácido fenilpirúvico e fenilalanina, em decorrência da ausência da enzima fenilalanina hidroxilase. Esta última está envolvida na hidroxilização da fenilalanina em tirosina que, por sua vez, participa da síntese de melanina. O acúmulo de fenilalanina no organismo resulta em deficiência mental.

Fonte: http://www.infoescola.com/doencas/fenilcetonuria/Acesso em 29 abr. 2015. (com adaptações)

Considerando o texto acima, sobre a fenilcetonúria, marque a alternativa correta:

a) A fenilcetonúria é um erro inato do metabolismo causado por infecções bacterianas.

b) O acúmulo de fenilalanina no organismo ocorre por ação de parasita intracelular.

c) A fenilcetonúria pode ser transmitida através de transfusões sanguíneas.

d) A tirosina é um aminoácido não essencial, portanto sua deficiência é insignificante.

e) A fenilcetonúria é resultante de mutação no gene da enzima fenilalanina hidroxilase.

17. (UEPG) O alelo para a cor amarela da semente de ervilha é dominante sobre o alelo para cor de semente verde. Por sua vez, o alelo para formato da ervilha lisa é dominante sobre o alelo para formato rugoso. Do cruzamento entre plantas puras com semente lisa e amarela com plantas de semente verde e rugosa foi obtida a geração 1 (F1). Do intercruzamento de plantas da geração 1 (F1) foi obtida a geração 2 (F2). Com relação às proporções genotípicas e fenotípicas esperadas nas gerações F1 e F2, assinale o que for correto.

01. A proporção fenotípica da geração 1 (F1) é de 50% de plantas lisas e amarelas e 50% de plantas rugosas e verdes.

02. Na geração F2 é esperada uma proporção fenotípica de 9/16 lisas e amarelas, 3/16 lisas e verdes, 3/16 rugosas e lisas e 1/16 rugosas e verdes.

04. A proporção genotípica da geração 2 (F2) é de 25% homozigotas dominantes, 50% heterozigotas e 25% homozigotas recessivas.

08. O genótipo das plantas rugosas e verdes é sempre duplo dominante.

16. Para a geração F1 são esperadas que todas as plantas possuam genótipo duplo heterozigoto (100% di-híbrida).

Soma das alternativas corretas:

18. (UFMG) Observe o esquema.

18

Com base nesse esquema e em conhecimentos sobre o assunto, é correto afirmar que:

a) O gene HbA é dominante sobre o gene HbS.

b) Os indivíduos HbA/HbS e HbS/HbS devem apresentar os mesmos níveis de hemoglobina anormal.

c) Os indivíduos que produzem só hemácias anormais podem ser curados por meio de transfusão sanguínea.

d) Um determinado genótipo pode produzir diferentes fenótipos.

19. (UPE) Sobre indivíduos portadores da síndrome de Down, analise as afirmativas abaixo.

I   II

0  0 – Em geral, os portadores apresentam língua protrusa, retardo mental de intensidade variável e malformações cardíacas.

1  1 – Em ambos os sexos, a análise do núcleo interfásico revela a presença da cromatina sexual.

2  2 – A alteração cromossômica, presente nesses indivíduos, pode surgir por uma disjunção irregular do par cromossômico 22, durante a separação dos homólogos na meiose I ou das cromátides irmãs na meiose II, em um dos parentais.

3  3 – Os portadores podem apresentar cariótipo 45 A + XX, quando do sexo feminino, ou 45 A + XY, quando do sexo masculino.

4  4 – Cariotipicamente, os portadores apresentam uma monossomia do par cromossômico 21.

20. (PUC-CAMPINAS) Uma equipe de biólogos obteve dados para estudos de certos caracteres genéticos na população de uma aldeia. Entre esses dados constam os de uma família na qual uma mulher de visão normal, cujo pai é daltônico, casou-se com um homem de visão normal. A probabilidade do nascimento de crianças daltônicas na prole dessa mulher é de:

a) 25% dos meninos.

b) 25% das meninas.

c) 50% dos meninos.

d) 50% das meninas.

e) 75% dos meninos.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 26 de fevereiro de 2016

TESTES DE ZOOLOGIA (2)

01. (MARCK) Os desenhos a seguir representam os cortes transversais de 3 animais (acelomados, pseudocelomados e celomados).

01

I, II e III podem ser, respectivamente, cortes de animais pertencentes aos seguintes filos:

a) Platelmintos, nematelmintos e anelídeos.

b) Nematelmintos, anelídeos e artrópodes.

c) Anelídeos, nematelmintos e moluscos.

d) Nematelmintos, platelmintos e equinodermos.

e) Platelmintos, anelídeos e nematelmintos.

02. (UPE) Com relação aos mamíferos, analise as afirmativas a seguir:

I. Os Marsupiais nascem precocemente, o que faz seu desenvolvimento acontecer apenas fora do útero e dentro de bolsas onde se localizam os mamilos da mãe, como exemplifica o tamanduá.

II. Cetáceos e sirênios são mamíferos, que se assemelham aos peixes por terem habitat semelhante. Nesses grupos, incluem-se golfinhos, baleias e peixe-boi.

III. Existe uma grande diversidade de habitat onde se podem encontrar mamíferos, sendo os morcegos os representantes dos quirópteros, mamíferos voadores.

Está (ão) correta (s) apenas:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

03. (UNICAMP) O filo Mollusca é o segundo maior do reino animal em número de espécies. É correto afirmar que os moluscos da classe Gastropoda:

a) São exclusivamente marinhos.

b) Possuem conchas, mas não rádula.

c) São exclusivamente terrestres.

d) Possuem pé desenvolvido e rádula.

04. (UEM) Uma característica compartilhada pela maioria dos animais é a capacidade de movimentar-se por meio de contrações dos músculos corporais. Entretanto, para que a contração resulte em movimento, os músculos precisam ter pontos de apoio fornecidos pelo esqueleto. Com base nessas afirmações, assinale o que for correto.

01. Existem dois tipos de esqueleto: exoesqueleto e endoesqueleto.

02. O exoesqueleto completo dos artrópodes é constituído de uma carapaça de placas articuladas compostas basicamente de quitina.

04. O exoesqueleto incompleto pode ser encontrado em ostras, mexilhões, caracóis e caramujos.

08. O processo de troca do endoesqueleto e exoesqueleto é a muda ou ecdise, que pode ocorrer várias vezes na vida do animal.

16. Em equinodermos, como em estrelas-do-mar, o exoesqueleto é formado por pequenos “ossos” articulados, cuja função é proteger os órgãos internos e dar apoio aos músculos.

Soma das alternativas corretas

05. (COVEST) Analise as proposições abaixo, em que são apresentadas algumas características de grupos de animais e os respectivos filos biológicos aos quais pertencem.

I  II

0  0 – São parasitas, principalmente de vertebrados, como é o caso do agente etiológico da esquistossomose (ou barriga d’água) – Filo Cnidaria.

1  1 – Foram antigamente usados em Medicina para sangrias, pois liberam um anticoagulante, produzindo assim hemorragias de difícil hemóstase – Filo Annelida.

2  2 – Liberam toxina que ao entrar em contato com a pele de outros animais, incluindo o homem, provoca uma reação urticante – Filo Mollusca (Bivalvia).

3  3 – Grupo com maior número de espécies bem-sucedidas na exploração dos mais variados ambientes: terrestre, aéreo, marinho e de água doce – Filo Arthropoda.

4  4 – Responsáveis pela produção das pérolas – Filo Platyhelminthes (Trematoda).

06. (UNISA) Periodicamente, os artrópodes passam por mudas: o exoesqueleto separa-se da epiderme, rompe-se e é abandonado pelo animal sendo substituído por outro, que leva algum tempo para enrijecer. Esse processo tem por finalidade permitir:

a) As trocas gasosas.

b) A absorção de sais minerais.

c) A excreção de produtos nitrogenados.

d) A reprodução do animal.

e) O crescimento do animal.

07. Notícias sobre ataques a banhistas por águas-vivas no litoral paranaense têm se tornado frequentes. A esse respeito, e considerando o conhecimento sobre os cnidários, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A estrobilação é um tipo de reprodução assexuada por brotamento transversal dos sifozoários.

02. A estrutura do corpo dos cnidários é formada pela epiderme, mesogleia e gastroderme, sendo os cnidários portanto triblásticos.

04. As queimaduras nos banhistas são causadas pelos coanócitos, células com um filamento central embebido em substância urticante.

08. A metagênese ou alternância de gerações ocorre na maioria dos cnidários hidrozoários e sifozoários. Nestes dois grupos de cnidários a fase sexuada é a polipoide e a assexuada é a medusoide.

16. Depois de descarregadas, as células urticantes não se recompõem; degeneram. Novas células urticantes são produzidas a partir da diferenciação das células intersticiais.

Soma das alternativas corretas:

08. (MACKENZIE) No filo Artrópoda, destacam-se três principais grupos: os crustáceos, os aracnídeos e os insetos. As principais características consideradas para essa divisão são: a organização corporal; o número de apêndices locomotores; a presença e o número de antenas, mostradas no quadro abaixo.

08

 

Os espaços I, II e III devem ser preenchidos, correta e respectivamente, por:

a) Cabeça, tórax e abdome; 4 pares; 1 par.

b) Cabeça, tórax e abdome; 4 pares; 2 pares.

c) Cefalotórax e abdome; 3 pares; ausentes.

d) Cefalotórax e abdome; 4 pares; 1 par.

e) Cefalotórax e abdome; 4 pares; 2 pares.

09. (UECE) Características como simetria bilateral, presença de três folhetos germinativos, cavidade digestória completa com boca e ânus, cavidade corporal e metameria destacaram-se durante a história evolutiva dos animais. Da ocorrência destas características entre os diversos grupos animais, marque a afirmação correta.

a) Todos os animais com simetria bilateral apresentam metameria e três folhetos germinativos.

b) Todos os animais com metameria apresentam cavidade corporal e simetria bilateral.

c) Todos os animais com cavidade corporal apresentam três folhetos germinativos e metameria.

d) Todos os animais com cavidade digestória completa apresentam simetria bilateral e metameria.

10. (UFBA) Característica comum à planária, à lombriga e à minhoca:

a) Hermafroditismo.

b) Dimorfismo sexual.

c) Simetria bilateral.

d) Celoma.

11. (FUVEST) A característica abaixo que não condiz com os poríferos é:

a) Respiração e excreção por difusão direta.

b) Obtenção de alimentos a partir das partículas fagocitadas pelos coanócitos.

c) Hábitat aquático, vivendo presos ao fundo (sésseis).

d) Células organizadas em tecidos bem definidos.

e) Alta capacidade de regeneração.

12. (PUC-PR) Um professor de Biologia resolveu montar um aquário marinho em sua escola e, para completar sua tarefa, resolveu incluir representantes dos filos: Cnidários, Moluscos e Cordados. Ao selecionar um representante de cada filo, optou, respectivamente, pelos seguintes animais:

a) Coral / Ofiúro / Anfioxo.

b) Ouriço-do-mar / Ofiúro / Peixe

c) Medusa / Pepino-do-mar / Cavalo-marinho

d) Estrela-do-mar / Mexilhão / Peixe

e) Anêmona / Ostra / Ascidia.

13. (COVEST) Com relação a algumas características de animais vertebrados, é verdadeiro afirmar que.

I   II

0  0 – Os osteíctes possuem, na porção ventral do corpo, um órgão, denominado bexiga natatória, cuja função exige que o peixe se mantenha em movimento corporal rápido.

1  1 – Diferentemente dos peixes, os anfíbios apresentam epiderme permeável, desenvolvimento de pulmões, coração com três cavidades e existência de pálpebras.

2  2 – Em relação aos anfíbios, os répteis mostram diferenças evolutivas importantes, entre as quais:  epiderme impermeável, excreção de ácido úrico e pulmões com maior superfície de troca.

3  3 – As aves apresentam semelhanças com os répteis, entre as quais: epiderme seca, ovo com casca e excreção de ácido úrico como principal resíduo nitrogenado.

4  4 – Enquanto as aves são animais pecilotérmicos, os mamíferos são animais homeotérmicos.

14. As glândulas contêm células especializadas na produção e eliminação de substâncias úteis ao organismo, podendo ser endócrinas ou exócrinas. Sobre a ação das glândulas nos animais, assinale o que for correto.

01. Nos mamíferos, a secreção do leite é controlada por um hormônio da neurohipófise.

02. Na maioria das espécies de crustáceos, a excreção é realizada pelas glândulas excretoras localizadas na base das pernas, chamadas de glândulas coxais, que funcionam de forma semelhante às glândulas antenais dos insetos.

04. Os sapos possuem, em local posterior aos olhos, um par de glândulas chamadas mucosas, que contêm veneno, expelido quando comprimidas.

08. Nos insetos, glândulas especiais produzem um hormônio, a ecdisona, que determina a muda ou ecdise.

16. Um grão de areia que se interpõe entre a concha e o manto estimula as células epidérmicas das ostras a secretarem camadas sobrepostas de nácar, originando uma pérola.

Soma das alternativas corretas:

15. (UECE) Os tubarões são muito temidos e fazem parte de uma família muito antiga de animais. Os primeiros existiram antes dos dinossauros e hoje existem 380 espécies de tubarões distribuídas pelo mundo. Ao contrário do que muitos consideram sobre esses animais, os tubarões desempenham um papel crucial na limpeza dos oceanos, pois se alimentam de animais mortos e de refugos descartados por outros animais. São peixes cartilaginosos e uma das suas características está nas suas escamas que são estruturas homólogas:

a) Às escamas de peixes ósseos.

b) Aos dentes dos outros cordados.

c) Às penas das aves.

d) Ao plastrão das tartarugas.

 

16. (UPE) Antes da descoberta do plástico, as esponjas de banho utilizadas na higiene pessoal eram obtidas a partir de animais marinhos pertencentes ao Filo Porífera. Em relação aos animais desse Filo e suas características, pode-se afirmar que:

I. São invertebrados aquáticos filtradores, de corpo esponjoso e de estrutura simples, sem tecidos ou órgãos diferenciados nem sistema nervoso.

II. Apresentam numerosos poros laterais e, na região superior do corpo, uma única abertura para a entrada do alimento e da água, denominada de ósculo.

III. Apresentam digestão extracelular na espongiocele, que ocorre por meio de enzimas produzidas pelos nematocistos.

IV. Apresentam digestão intracelular, que ocorre no interior dos coanócitos e dos amebócitos.

V. Apresentam circulação de água, facilitada por meio de células especiais flageladas, denominadas de coanócitos.

Assinale a alternativa correta.

a) I, II,V, apenas.

b) II, III, IV, apenas.

c) I, IV, V, apenas.

d) I, III, V, apenas.

e) III, IV, V, apenas.

17. (UEM) Sobre as características dos diferentes grupos de organismos incluídos no reino Animalia, assinale o que for correto.

01. Os animais são organismos heterotróficos, eucarióticos e multicelulares.

02. Todos os animais se movimentam ativamente, devido à presença dos tecidos muscular e nervoso.

04. Os moluscos, os anelídeos e os equinodermos são animais deuterostômios e pseudocelomados, devido à simetria e à presença de cavidades corporais.

08. Os nematódeos, os artrópodos e os cordados apresentam sistema digestório completo, com duas aberturas.

16. A respiração nos insetos é traqueal; nos répteis, nas aves é pulmonar; e nos platelmintos é cutânea.

Soma das alternativas corretas:

18. (UECE) Sobre as esponjas, analise as afirmações abaixo.

I. Sua pequena capacidade regenerativa revela a elevada interdependência e a diferenciação de suas células.

II. Não possuem sistema digestório. A digestão é exclusivamente intracelular.

III. Todas possuem espículas silicosas distribuídas pelo corpo, que são urticantes e importantes para a defesa das espécies.

IV. Seus coanócitos criam uma corrente que faz a água circular no seu interior e sair pelo ósculo.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I e III.

b) II, III e IV.

c) II e IV.

d) I, III e IV.

19. (COVEST) Analise as proposições abaixo, relativas a algumas características de animais invertebrados.

I  II

0 0 – Os poríferos apresentam digestão intra e extracelular, sistema digestivo incompleto e cavidade digestiva única.

1  1 – Os cnidários ou celenterados apresentam digestão extracelular e sistema digestivo simples (incompleto), dispondo de uma abertura para a entrada do alimento e uma abertura para a saída de dejetos.

2  2 – Os platelmintos apresentam sistema digestivo incompleto e sistema excretor constituído de túbulos ramificados (protonefrídios), dispostos ao longo do corpo do animal.

3  3  – Os nematelmintos apresentam sistema digestivo completo e sistema excretor constituído por dois canais longitudinais (tubos em H), dispostos lateralmente e que se unem formando um poro excretor, próximo à boca.

4  4 – Os anelídeos apresentam sistema digestivo completo e as estruturas excretoras são túbulos chamados metanefrídios (ou apenas nefrídios).

20. (UEM) Sobre os órgãos sensoriais de vertebrados, assinale o que for correto.

01. As linhas laterais correspondem a dois finos canais ao longo das laterais do corpo. Esses canais têm aberturas por onde penetra a água e são exclusivos de peixes ósseos.

02. As serpentes têm órgão olfativo especial no teto da boca, o órgão de Jacobson.

04. As glândulas paranoides, que se abrem nos lados da boca dos anfíbios, têm função gustativa.

08. A visão das aves é muito boa, e sua audição é bastante aguçada. Esta possibilita a comunicação por meio de sons.

16. Ampolas de Lorenzini, ou lorenzianas, localizam-se na região da cabeça de cações, por exemplo, e nelas existem células sensoriais que captam as fracas correntes elétricas geradas pela atividade dos músculos de outros animais.

Soma das alternativas corretas:

21. (UEM) Com relação à sistemática do reino Animalia e às suas características, assinale o que for correto.

01. Cephalopoda é uma classe do filo Mollusca, que vive exclusivamente no mar.

02. Polychaeta, uma das três classes de Annelida, apresenta numerosas cerdas corporais.

04. Hemiptera, Diptera e Coleoptera são três das ordens de Insecta, que é a mais numerosa classe do filo Arthropoda.

08. As classes Turbelaria, Cestoda e Trematoda constituem o filo Nemathelminthes.

16. Asteroidea é uma das classes do filo Echinodermata que habita a água doce.

32. Urochordata, Cephalochordata e Vertebrata, subfilos de Chordata, são exclusivamente homotérmicos.

Soma das alternativas corretas:

22. (UPE) Leia o trecho da música Samarica Parteira, interpretada por Luiz Gonzaga.

….

Lula!

Pronto patrão.

Monte na bestinha melada e risque. Vá ligeiro buscar Samarica parteira que Juvita já tá com dô de menino.

….. Foi a maior carreira que eu dei na minha vida…

Piriri piriri …. uma cancela: nheeeiim … pá… …Um rancho…

Au au!…

Tá me estranhan’o cruvina? Era cruvina mermo. Balançô o rabo.

Não sei porque cachorro de pobe tem sempre nome de peixe: é cruvina, traíra, piaba, matrinxã, baleia, piranha….

Disponível em: http://letras.mus.br/luiz-gonzaga/392697/. Adaptado.

Analise as afirmativas a seguir:

I. A baleia, um mamífero, por vezes, é confundida com peixes, conforme o exemplo da música. Isso ocorre, principalmente, por causa do formato do seu corpo e da presença de nadadeiras.

II. As baleias respiram por meio de pulmões e precisam subir à tona para efetuar as trocas gasosas. Os peixes ósseos, por sua vez, respiram, na sua maioria, por meio de brânquias, projeções filamentosas ricas em vasos sanguíneos, localizados nos arcos entre as fendas branquiais, e não necessitam subir à superfície.

III. A organização básica do sistema digestório é semelhante entre peixes e baleias. O tubo digestório inicia na boca, seguida da faringe, do esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, terminando no ânus. No entanto, os peixes ósseos possuem uma válvula espiral com a função de retardar o trânsito dos alimentos, dando mais tempo à digestão.

IV. Em relação ao sistema circulatório, os peixes ósseos têm um coração com apenas duas câmaras – um átrio e um ventrículo, enquanto as baleias têm coração com quatro câmaras – dois átrios e dois ventrículos completamente separados.

V. Os peixes ósseos, assim como as baleias, são dioicos, e a maioria tem fecundação interna. Os embriões se desenvolvem dentro do corpo da fêmea, alimentando‐se de substâncias que retiram do sangue materno por meio de uma estrutura semelhante à placenta, sendo, portanto, espécies vivíparas.

Estão corretas:

a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) II, III e IV.

d) II, III e V.

e) III e IV.

23. (UNIOESTE) De acordo com o texto abaixo G. marleyi é uma espécie de crustáceo. Sobre os crustáceos é correto afirmar que:

“Bob Marley está vivo nos corais de recifes do mar do Caribe. O ícone do reggae serviu de inspiração ao biólogo Paul Sikkel para batizar minúsculos crustáceos descobertos na costa leste das ilhas caribenhas. Em homenagem ao cantor, a nova espécie foi chamada Gnathia marleyi. G. marleyi vive escondido em cascalhos de corais, esponjas do mar e algas. Os jovens são parasitas e infestam os peixes que passam pelos locais onde estão.”

http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/novo-crustaceo-de-recife-no-caribe-recebe-nome-em-homenagem-a-bob-marley.

a) Não possuem antenas.

b) Pertencem ao filo

c) Exoesqueleto não os caracteriza.

d) Os crustáceos são exclusivamente aquáticos.

e) Pertencem ao mesmo filo que os aracnídeos.

24. (UPF) Associe a primeira coluna, que se refere aos grupos de artrópodes, com a segunda coluna, que contém suas características.

24

 

A sequência correta na associação, de cima para baixo, e:

a) IV, II, III, I, V.

b) III, IV, II, V, I.

c) V, I, III, IV, II.

d) V, III, IV, II, I.

e) III, V, I, IV, II.

25. (UEM) Estão representados, a seguir, os principais grupos de Chordata. Com relação a eles, assinale o que for correto.

25

01. A e B são, respectivamente, Osteichthyes e Chondrichthyes, e ambos apresentam respiração branquial.

02. E representa um Amphibia que possui coração com três cavidades (dois átrios e um ventrículo), havendo, portanto, mistura de sangue venoso com sangue arterial.

04. D representa um réptil, que tem como característica a pele seca, rica em quitina, com camada córnea bastante desenvolvida e destituída de glândulas.

08. C representa uma ave e tem como características sacos aéreos e ossos pneumáticos, que são adaptações que facilitam o voo.

16. F representa um mamífero que possui pulmões revestidos de pleura, presença de diafragma e circulação dupla completa.

32. F representa um mamífero que, durante o desenvolvimento embrionário, apresenta formação de placenta no útero da fêmea, através da qual o embrião recebe nutrientes da mãe.

64. D e E apresentam características comuns, tais como fecundação externa e desenvolvimento direto sem metamorfose.

Soma das alternativas corretas:

26. (UEM) Os sistemas de um organismo funcionam em conjunto de modo a manter suas condições internas e propiciar a sua sobrevivência. Com relação a aspectos funcionais de alguns animais, assinale a alternativa incorreta.

a) A digestão intracelular das esponjas é coordenada pelo sistema nervoso.

b) O nematocisto do cnidoblasto contém líquido tóxico.

c) A epiderme é responsável pela secreção do novo exoesqueleto durante o processo da muda ou ecdise dos artrópodes.

d) Nos moluscos, o pé é uma estrutura musculosa capaz de deslizar, nadar, capturar, cavar ou fixar.

e) As substâncias nitrogenadas recolhidas pelos metanefrídios são eliminadas para o exterior do corpo dos anelídeos pelos nefridióporos.

27. (UEM) Considerando as características de anelídeos, moluscos, artrópodes e equinodermatas, assinale o que for correto.

01. Moluscos e equinodermatas são providos de rádula, estrutura dotada de dentículos, situada entre o esôfago e o estômago.

02. Moluscos e anelídeos são triblásticos, protostômios e esquizocelomados.

04. Anelídeos e artrópodes apresentam crescimento descontínuo, ou seja, trocam o revestimento corporal, inclusive na fase adulta.

08. A metameria, presente em anelídeos e em artrópodes, consiste na organização do corpo em uma série de segmentos.

16. A semelhança entre artrópodes e equinodermatas é o celoma com origem enterocélica e a boca com origem no blastóporo.

Soma das alternativas corretas:

28. (UEM) Sobre os animais classificados como cordados, assinale o que for correto.

01. O corpo dos urocordados é revestido por um envoltório espesso denominado de túnica, que apresenta os sifões exalante e inalante.

02. Os cefalocordados, conhecidos como anfioxos, são animais marinhos que filtram partículas de alimento da água.

04. Os vertebrados apresentam esqueleto interno bem desenvolvido e de origem mesodérmica.

08. As mandíbulas estão presentes em todos os cordados; por isso, não é inovação surgida durante a história evolutiva dos vertebrados.

16. Os anexos embrionários de répteis, de aves e de mamíferos são o saco vitelínico, o âmnio, o alantoide e o cório.

Soma das alternativas corretas:

29. (UEM) Analise as figuras a seguir e os animais nelas representados. Assinale o que for correto.

29

01. A figura I representa um porífero. As setas 1, 2, 3 e 4 indicam, respectivamente, o ósculo, o átrio ou espongiocele, o coanócito e o pinacócito.

02. As estruturas indicadas na figura II representam a parede corporal de um cnidário.

04. As setas 1, 2 e 3 da figura III indicam, respectivamente, a boca, os pés e a placa madrepórica de um equinodermata.

08. Na figura IV, as setas 1, 2, 3 e 4 indicam, respectivamente, as classes Pelecypoda, Gastropoda, Amphineura e Cephalopoda.

16. Os grupos representados nas figuras III e IV são diblásticos, acelomados e deuterostômios.

32. A figura V é o esquema de um anelídeo. As setas 1, 2 e 3 indicam, respectivamente, corações, papo e moela.

64. O animal representado na figura V é triblástico, celomado e protostômio.

Soma das alternativas corretas:

30. (UEM) Associe cada grupo animal a uma das características. Assinale a alternativa em que todas as associações estão corretas.

30

 

a) 1F, 2I, 3B, 4H, 5C, 6E, 7D, 8A, 9G.

b) 1F, 2I, 3H, 4B, 5E, 6C, 7D, 8A, 9G.

c) 1I, 2F, 3B, 4H, 5C, 6D, 7E, 8G, 9A.

d) 1I, 2C, 3H, 4B, 5F, 6D, 7G, 8E, 9A.

e) 1F, 2I, 3H, 4B, 5C, 6D, 7E, 8A, 9G.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 20 de fevereiro de 2016

TESTES DE CITOLOGIA (7)

01. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Uma proteína formada por 40 aminoácidos é codificada por uma molécula de RNA transportador de 40 nucleotídeos.

02. Na mitose ocorre a permuta de material genético, durante o crossing–over, permitindo variabilidade genética entre os seres vivos.

04. A duplicação dos cromossomos ocorre no período de interfase.

08. Na meiose ocorrem duas divisões celulares. A primeira, dita reducional, reduz o número de cromossomos à metade. A segunda, dita equacional, mantém o número de cromossomos nas células resultantes.

16. Segmentação é o nome que se dá ao aumento do número de células, sem aumento do volume total, em consequência da divisão da célula ovo.

21. Adenina, timina, citosina e guanina são as bases nitrogenadas encontradas nos ácidos ribonucleicos.

Soma das alternativas corretas:

02. (UNISSINOS) As células de animais e vegetais diferem en­tre si por possuírem diversas estruturas ou organelas características. Na tabela a seguir, estão relacionadas a presença (+) e a ausên­cia (-) das respectivas características diferen­ciais de dois tipos de células (A e B):

02Com base nessas informações, é correto afirmar que:

a) Ambas são células procarióticas por possuírem núcleo.

b) A célula A é uma célula animal, pois apresenta pare­de celular.

c) Ambas são células animais, pois apresentam mitocôndrias.

d) A célula A é uma célula vegetal, pois apresenta cloroplastos.

e) A Célula B é procariótica, pois não apresenta parede celular.

03. (UNICENTRO) A figura a seguir representa uma célula procariótica, com uma parte removida para a observação dos componentes internos.

03

(Adaptada de: <http://biologiaygeologia.org/unidadbio/a_eso3/2_nutricion/u1_contenido/&gt;.

Acesso em: 6 set. 2013.)

Com base nos conhecimentos sobre as células procarióticas, assinale a alternativa correta.

a) O número 1 representa áreas do citoplasma correspondentes ao núcleo das células eucarióticas, que concentra o longo cromossomo das bactérias, mas que não possui membrana envolvente.

b) A estrutura complexa e resistente, representada pelo número 2, é responsável pela forma das bactérias, e sua principal função é evitar que a bactéria “estoure” quando submetida a ambientes hipotônicos.

c) A película constituída fundamentalmente por fosfolipídeos e proteínas, representada pelo número 3, seleciona o que entra na célula e o que sai dela, mantendo o meio interno adequado às necessidades da célula.

d) O número 5 representa grânulos imersos no citoplasma cuja função é sintetizar proteínas, sendo um pouco menores que os da célula eucariótica e com proteínas ligeiramente diferentes em sua constituição.

04. (UNIMONTES) Os seres vivos adquirem ou utilizam energia livre por meio de um processo denominado metabolismo, o qual pode ser realizado por diversas organelas celulares. A tabela abaixo relaciona organelas e funções metabólicas presentes em células eucariotas. Observe-a.

04

Considerando a tabela apresentada e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que representa a relação incorreta entre organela e função.

a) IV – lisossomos.

b) II – núcleo.

c) I – ciclo do ácido cítrico.

d) III – replicação de DNA.

05. (UEM) Assinale a alternativa incorreta sobre as membranas celulares.

a) São constituídas por fosfolipídios e proteínas.

b) São componentes dos centríolos e dos flagelos dos organismos unicelulares.

c) São componentes das cristas mitocondriais.

d) São componentes dos tilacoides dos cloroplastos.

e) São componentes do retículo endoplasmático.

06. (UNIOESTE) Dentre as afirmativas abaixo relacionadas escolha a(s) que mostra(m) relação entre estrutura celular e função.

01. Retículo endoplasmático liso – síntese de esteroides.

02. Cloroplasto – respiração celular.

04. Ribossomo – histólise.

08. Nucléolo – produção glicose.

16. Polissomo – síntese de ácidos nucleicos.

32. Mitocôndria – metabolismo oxidativo.

64. Lisossomo – ação enzimática hidrolítica.

Soma das afirmativas corretas:

07. (UERN) O organismo humano é formado por várias células com funções e características diversas, responsáveis por todo o funcionamento do corpo. Os casos de animais constituídos por uma única célula são denominados seres unicelulares, como, por exemplo, a ameba. Observa-se, na ilustração, que o seu corpo apresenta prolongamentos, conhecidos por pseudópodes, que ajudam na locomoção e capturarão dos alimentos necessários a sua sobrevivência.

07

Qual célula do corpo humano apresenta a mesma característica da ameba?

a) Neurônio.

b) Mastócito.

c) Neutrófilo.

d) Adipócito.

08. (UERGS) Uma análise comparativa entre células procariotas e eucariotas, mostra que as primeiras são desprovidas de:

a) Citosol.

b) Ribossomo.

c) Mitocôndria.

d) Membrana plasmática.

e) DNA.

09. (UFAM) Imagine uma molécula de CO2 sendo difundida da matriz mitocondrial de uma célula animal para o interior do Complexo de Golgi de outra célula distante 50 μm de distância no mesmo tecido. Quantas membranas, no mínimo, essa molécula deveria atravessar até chegar a seu destino final:

a) 2 membranas.

b) 3 membranas.

c) 4 membranas.

d) 5 membranas.

e) 7 membranas.

10. (UEPB) Observe a figura abaixo e em seguida analise as proposições apresentadas.

10

I. É a representação esquemática de uma célula animal, pois em 1 observa-se a mitocôndria, organela de origem simbiótica, responsável pelo processo de respiração celular aeróbia.

II. É a representação esquemática de uma célula vegetal, pois em 3 observa-se o vacúolo de suco celular, organela que contém uma solução aquosa com concentração semelhante à do citoplasma, e cuja função está relacionada aos processos osmóticos.

III. É a representação esquemática de uma célula vegetal, pois em 2 observa-se o cloroplasto, organela responsável pela fotossíntese e que se origina sempre por simbiose.

Assinale a alternativa que apresenta a(s) proposição(ões) correta(s).

a) I, II e III.

b) Apenas I.

c) Apenas III.

d) Apenas II e III.

e) Apenas II.

11. (UEG) Os estudos microscópicos dos diferentes seres vivos possibilitam a identificação de vários tipos de células. As figuras A, B e C abaixo representam três tipos celulares.

11

Em relação a essas células e aos seus constituintes:

a) A estrutura 2 presente em A, B e C caracteriza-as como eucarióticas.

b) A estrutura 1 presente em A, B e C confere proteção e permeabilidade seletiva.

c) A estrutura 3 presente em A, B e C possui a função de síntese de biomoléculas celulares.

d) A estrutura 4 presente em A, B e C está relacionada ao processo de digestão intracelular.

12. (UFSJ) Um organismo é heterozigoto. Com base nessa informação é possível concluir que esse organismo.

a) Não é diploide e é recessivo.

b) É recessivo e é autotrófico.

c) É haploide e é procarionte.

d) É eucarionte e não é haploide.

13. (UFF) Considerando que uma célula tenha parede celular sem quitina, fuso mitótico sem a presença de centríolos e membrana citoplasmática composta de proteínas, fosfolipídios e carboidratos, pode-se concluir que essa célula é de um(a):

a) Alface.

b) Bactéria.

c) Cogumelo.

d) Cachorro.

e) Levedura.

14. (UESC) Texto para esta questão.

Os fósseis mais antigos da vida, assim como seus mais velhos vestígios químicos, aparecem no registro rochoso quase imediatamente depois de a Terra haver formado uma crosta sólida, há cerca de 3,85 bilhões de anos. Esses remanescentes das mais antigas formas de vida são procarióticos. Neles, o sexo difere fundamentalmente do sexo reprodutor dos animais e das plantas. Sendo verdadeiramente transgênico, o sexo procariótico sempre implica a movimentação de genes de uma fonte doadora para uma bactéria receptora viva. Essa movimentação genética, presente no alvorecer da vida, proporcionou um importante meio de sobrevivência a todas as formas biológicas posteriores.

(MARGULIS; SAGAN, 2002. p. 41).

Considerando-se os padrões de organização existentes entre os seres vivos, pode-se afirmar como uma característica exclusiva do padrão procariótico a presença de:

01. Uma membrana lipoproteica que delimita o material genético no interior do núcleo.

02. Ribossomos aderidos ao RNA mensageiro na produção de cadeias polipeptídicas para uso da própria célula.

03. Respiração celular em ambiente citoplasmático específico a partir da oxidação completa de compostos orgânicos.

04. Transcrição do material genético simultaneamente com a tradução em proteínas específicas, da mesma molécula de RNA transcrita.

05. Redução química de moléculas de gás carbônico em moléculas orgânicas a partir de uma fonte energética externa.

Soma das alternativas corretas:

15. (UFJF) Os protozoários são organismos unicelulares eucarióticos. Escolha a alternativa correta que corresponda à sequência de funções desempenhadas pelas organelas celulares nesses organismos: 1) mitocôndrias, 2) membrana celular, 3) lisossomos, 4) citóstoma, 5) citoesqueleto, 6) cílios e flagelos, 7) vacúolo pulsátil.

a) 1) osmorregulação, 2) locomoção, 3) sustentação, 4) digestão de partículas alimentares, 5) sustentação, 6) reconhecimento do ambiente, 7) ingestão de partículas alimentares.

b) 1) obtenção de energia, 2) reconhecimento do ambiente, 3) digestão de partículas alimentares, 4) ingestão de partículas alimentares, 5) sustentação, 6) locomoção, 7) osmorregulação.

c) 1) digestão de partículas alimentares, 2) sustentação, 3) obtenção de energia, 4) osmorregulação, 5) reconhecimento do ambiente, 6) locomoção, 7) ingestão de partículas alimentares.

d) 1) obtenção de energia, 2) reconhecimento do ambiente, 3) osmorregulação, 4) ingestão de partículas alimentares, 5) sustentação, 6) locomoção, 7) digestão de partículas alimentares.

e) 1) obtenção de energia, 2) osmorregulação, 3) ingestão de partículas alimentares, 4) obtenção de energia, 5) sustentação, 6) locomoção, 7) reconhecimento do ambiente.

16. (MACKENZIE) Alga deixa água com gosto ruim lavar as mãos, tomar banho, beber água ou um simples cafezinho virou um tormento para quase 4 milhões de moradores das regiões sul e leste de São Paulo.

…O desconforto é recorrente. Basta chegar a época de estiagem e as algas proliferam ¨por causa do excesso de nutrientes nas águas¨. Tais ¨nutrientes¨ são, na realidade, esgoto.

…O problema está localizado na Represa do Guarapiranga (zona sul).

… A alga é uma cianobactéria, que libera uma toxina chamada geosmina.

… “cheiro e o sabor aparecem após o tratamento com aplicação de carvão ativado em pó e permanganato de potássio”, explicou o gerente da Unidade de Tratamento de Água.

Jornal da Tarde – 19/09/2008.

Algas e Cianobactérias são bem diferenciadas evolutivamente, mas têm algumas características comuns, dentre as quais:

a) A presença de clorofila e, portanto, capacidade de realizar a fotossíntese.

b) A presença de organelas citoplasmáticas como cloroplastos.

c) Parede celular, basicamente constituída de celulose e hemicelulose.

d) Organização filamentosa pluricelular com divisão de trabalho.

e) Capacidade de fixação do nitrogênio atmosférico.

17. (UFMG) Em que alternativa as duas características são comuns a todos os indivíduos do reino monera?

a) Ausência de núcleo e presença de clorofila.

b) Ausência de carioteca e capacidade de síntese proteica.

c) Incapacidade de síntese proteica e parasitas exclusivos.

d) Presença de um só tipo de ácido nucleico e ausência de clorofila.

e) Ausência de membrana plasmática e presença de DNA e RNA.

18. (FEI) O uso indiscriminado e incorreto de antibióticos para combater infecções tem contribuído para o desenvolvimento de genes mais resistentes a esses medicamentos. Esses genes ficam localizados:

a) No microplasma.

b) Nas enzimas de restrição.

c) Nos plasmídeos.

d) Nos pili.

e) No glicolipídeo.

19. (UFLA) Apresentam-se, a seguir, quatro afirmativas relativas à célula vegetal. Assinale-as com (V) verdadeira ou (F) falsa.

(   ) A parede celular possui, além de celulose, lignina e suberina.

(   ) Os cloroplastos são constituídos por membrana simples lipoproteica.

(   ) No processo de divisão do citoplasma ocorre a formação de uma placa, o fragmoplasto, que cresce do centro para a periferia.

(  ) A presença de parede celulósica impede que ocorra o processo de osmose.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

a) F – F – V – V.

b) V – V – F – F.

c) F – V – F – V.

d) V – F – V – F.

20. (FPS) As células que formam os organismos vivos apresentam diferentes níveis de complexidade. Considerando a célula ilustrada abaixo, o que apresentam em comum as estruturas apontadas pelas setas?

20

a) Envolvimento com a síntese proteica.

b) Capacidade de autoduplicação.

c) Implicação com síntese de ácidos graxos.

d) Habilidade de processar carboidratos.

e) Delimitação por membrana lipoproteica.

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 20 de fevereiro de 2016

TESTES DE REPRODUÇÃO (2)

01. (PUC-MG) A figura abaixo representa o resultado da tentativa de implantação de blastocistos humanos após fecundação in vitro.

01

Sabendo-se que dois dos fetos apresentam o mesmo genoma e com base na figura, foram feitas cinco afirmações.

I. As placentas representadas são constituídas exclusivamente por tecido de origem materna.

II. Dois dos três fetos são univitelínicos.

III. Os fetos 1 e 2 foram produzidos, pela fecundação do mesmo ovócito, por dois espermatozoides diferentes.

IV. Os fetos 1 e 2 compartilham a mesma placenta, mas não o mesmo saco vitelínico.

V. Existem 50% de chance de os três fetos pertencerem ao mesmo sexo.

São afirmações corretas:

a) I, II e IV.

b) II, IV e V.

c) II, III e V.

d) I, III e IV.

e) III e IV.

02. (UNIFESP) Um homem dosou a concentração de testosterona em seu sangue e descobriu que esse hormônio encontrava-se num nível muito abaixo do normal esperado. Imediatamente buscou ajuda médica, pedindo a reversão da vasectomia a que se submetera havia dois anos. A vasectomia consiste no seccionamento dos ductos deferentes presentes nos testículos. Diante disso, o pedido do homem:

a) Não tem fundamento, pois a testosterona é produzida por glândulas situadas acima dos ductos, próximo à próstata.
b) Não tem fundamento, pois o seccionamento impede unicamente o transporte dos espermatozoides dos testículos para o pênis.
c)  Tem fundamento, pois a secção dos ductos deferentes impede o transporte da testosterona dos testículos  para o restante do corpo.
d) Tem  fundamento,  pois  a  produção  da  testosterona ocorre  nos  ductos  deferentes  e,  com  seu seccionamento, essa produção cessa.
e) Tem  fundamento,  pois  a  testosterona  é  produzida no  epidídimo  e  dali  é  transportada  pelos  ductos  deferentes para o restante do corpo.

03. (UEPB) Algumas espécies de protozoários possuem ciclos de vida bastante complexos, geralmente envolvendo uma fissão (esquizogonia), uma reprodução sexuada (gamogamia) e uma formação de esporos (esporogonia). As características reprodutivas acima se referem aos:

a) Entamoeba hystolitica.

b) Trypanosoma cruzi.

c) Balantidium coli.

d) Plasmodium vivax.

e) Trichomonas vaginalis.

04. (UEPG) A fecundação ocorre no momento em que o material genético masculino funde-se com o material genético feminino, originando uma nova vida. Sobre este assunto, assinale o que for correto.

01. A cada 28 dias, aproximadamente, a mulher elimina um óvulo produzido em um de seus dois ovários. Ao ser expulso do ovário, o óvulo interrompe a divisão meiótica na metáfase II e é captado pelas fímbrias existentes na extremidade das tubas uterinas, que o transportam em direção ao útero.

02. Uma vez transposta por um ou mais espermatozoides, a zona pelúcida sofre alterações físico-químicas que neste ponto a tornam impermeável a qualquer outro gameta masculino. Está iniciada a fecundação.

04. A primeira barreira a ser transposta pelos espermatozoides são as células que compõem a corona radiata. Esta é atravessada graças à ação de enzimas presentes no acrossomo, também necessárias para que o espermatozoide atravesse a zona pelúcida.

08. Os espermatozoides eliminados no canal vaginal nadam ativamente para o interior uterino e, ao atingi-lo, seguem em direção às tubas até encontrar o futuro gameta feminino. Os que sobrevivem ao trajeto iniciam então uma tentativa de fecundá-lo.

16. Uma vez formado, o zigoto sofre uma primeira divisão mitótica, em cuja metáfase os cromossomos paternos e maternos emparelham-se, regenerando o número cromossômico característico da espécie.

Soma das alternativas corretas:

05. (UNISC) Na espécie humana, o blastocisto inicia o processo de implantação na mucosa uterina por volta do:

a) Segundo dia após a fecundação.

b) Sexto dia após a fecundação.

c) Quarto dia após a fecundação.

d) Nono dia após a formação da mórula.

e) Décimo quinto dia após a formação da mórula.

06. (UCPel) Quando o gameta feminino, sem prévia fecundação, entra em divisão, originando um novo ser, diz-se que ocorreu:

a) Conjugação.

b) Neotenia.

c) Gametogênese.

d) Poliembrionia.

e) Partenogênese.

07. (IFSul) A ovulação é a liberação de um óvulo maduro feita por um dos ovários por volta do 14º dia do ciclo menstrual, contando a partir do primeiro dia da menstruação. Nesses ovários, surge o corpo lúteo, uma estrutura responsável pela:

a) Produção de estrógeno e progesterona.

b) Síntese de testosterona.

c) Síntese do hormônio gonadotrofina.

d) Formação das vesículas seminais.

08. (UNIMONTES) Leia as características apresentadas em I, II, III e IV sobre um importante hormônio relacionado com a gestação.

I. Sua estrutura molecular é semelhante a do hormônio luteinizante.

II. Sua ação luteotropina é fundamental para manutenção da gestação, sobretudo no primeiro trimestre.

III. A involução normal do corpo lúteo, ao final do ciclo sexual feminino, é impedida pela sua ação.

IV. Na fase inicial da gestação, devido a sua elevada concentração, pode ser detectado na urina.

Analisadas no seu conjunto é correto afirmar que o hormônio em questão é:

a) Hormônio estimulante dos folículos.

b) Prolactina.

c) Gonadotrofina coriônica humana.

d) Hormônios liberador de gonadotrofinas.

09. (UNEAL) A respeito dos ciclos ovarianos e uterinos que estão sob controle primário de vários hormônios, analise as afirmativas e marque com V as verdadeiras e com F, as falsas.

( ) A fase folicular inicial é representada pelo primeiro dia da menstruação correspondente ao dia 1 do ciclo.

(  ) Na fase folicular tardia, ocorre um pico de secreção de progesterona.

(  ) Na fase lútea inicial, o corpo lúteo produz progesterona e estrogênio.

A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a:

a) V V V.

b) V F V.

c) V V F.

d) F F V.

e) F V F.

10. (UEPA) O Brasil é uma nação que não enfrenta problemas com superpopulação, por isso neste país não existe um programa oficial de controle da natalidade. Dessa forma, a reprodução humana ocorre de forma livre, natural, algumas vezes irresponsável e inconsequente, causando inúmeros problemas, principalmente, para famílias menos privilegiadas financeiramente.

(Texto Modificado: Bio: Volume único, Sônia Lopes, 2008).

Analise as afirmativas abaixo e identifique as verdadeiras (V) e as falsas (F).

( ) Próstata, vesículas seminais e bexiga são glândulas acessórias do sistema reprodutor masculino.

( ) Os testículos produzem os espermatozoides e o hormônio masculino Testosterona.

( ) Os ovários produzem os ovócitos e os hormônios femininos Estrógeno e Progesterona.

( ) O útero é o órgão feminino onde ocorre o desenvolvimento embrionário e fetal.

( ) A ereção peniana é causada pelo aumento do volume sanguíneo no corpo esponjoso.

A sequência correta é:

a) V, F, V, F, V.

b) F, V, V, V, F.

c) F, V, V, F, V.

d) V, F, F, V, F.

e) F, V, F, V, F.

11. (UEL) “O desenvolvimento humano inicia-se na fertilização, quando um gameta masculino ou espermatozoide se une ao gameta feminino ou ovócito para formar uma única célula – o zigoto. Esta célula totipotente e altamente especializada marca o início de cada um de nós como indivíduo único.”

(MOORE, K.L.; PERSAUD, T.V.N. “Embriologia clínica”. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. p. 18.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:

I. O sinciciotrofoblasto produz o hormônio gonadotrofina coriônica humana (HCG) que entra no sangue materno. A HCG mantém a atividade hormonal do corpo lúteo no ovário, durante o período de gestação, formando a base dos testes para gravidez.

II. Na primeira divisão meiótica, cada cromossomo se divide e cada metade, ou cromátide, é direcionada para um polo diferente. Assim, o número diploide de cromossomos é mantido em cada célula-filha formada por meiose.

III. Nutrientes e oxigênio passam do sangue materno, através do líquido amniótico, para o sangue fetal, enquanto que as excretas de dióxido de carbono passam do sangue fetal para o sangue materno, também através do líquido amniótico.

IV. O líquido amniótico tem por função, por exemplo: agir como uma barreira contra infecções; ajudar a controlar a temperatura corporal do embrião, mantendo uma temperatura relativamente constante; participar da manutenção da homeostasia dos fluídos e eletrólitos.

Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas.

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

12. (UPE) Os zangões, machos das abelhas, são formados por um processo de partenogênese e possuem 16 cromossomos. Já as abelhas operárias são fruto de um processo de fecundação. Diante dessas informações, analise as afirmativas a seguir:

I. Por serem fruto de partenogênese, os machos possuem o dobro de cromossomos encontrados na abelha rainha.

II. A abelha rainha possui óvulos com o mesmo número de cromossomos encontrados nas células somáticas das operárias, pois ela também é uma fêmea.

III. Todas as fêmeas possuem 32 cromossomos nas suas células somáticas, o dobro que os machos possuem.

IV. A abelha rainha possui 16 cromossomos em seus óvulos, que, quando fecundados, geram indivíduos com 32 cromossomos.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

13. (UFV) A figura abaixo correlaciona as mudanças do folículo ovariano (I, II e III) com as da mucosa uterina (IV e V).

13

Assinale a alternativa que contém a associação incorreta.

a) II – corpo-amarelo ou “cicatriz” do folículo rompido, que produz o hormônio luteinizante.

b) I – ovulação ou ruptura do folículo, resultando na liberação do ovócito secundário na tuba uterina.

c) IV – eliminação do endométrio ou menstruação, devido à degeneração dos vasos sanguíneos.

d) V – fase progestacional ou secretora, mantida pela progesterona produzida pelo corpo-lúteo.

14. (UFSC) A figura a seguir mostra o corte transversal de um embrião e anexos embrionários.

14

01. A seta 1 indica o principal local de produção da gonadotrofina coriônica, hormônio que quando está presente na urina é sinal inequívoco de gravidez.

02. A seta 2 indica a bolsa amniótica, que tem por função hidratar e proteger o feto contra eventuais choques mecânicos.

04. A figura representa um embrião de mamífero.

08. A figura representa o embrião de uma ave.

16. A placenta (indicada pela seta 3) é responsável pela intensa troca de substâncias entre mãe e filho. Esta troca ocorre porque há passagem do sangue da mãe para o filho e vice-versa.

Soma das alternativas corretas:

15. (UFCG) Nos seres humanos, as vilosidades coriônicas que penetram no endométrio e são envolvidas por ele, participam da formação da placenta que, em condições normais, têm como função:

I. Nutrir o embrião, promover as trocas gasosas, além de produzir progesterona.

II. Formar uma cavidade preenchida pelo líquido amniótico e produzir a prolactina.

III. Permitir, de forma constante e ininterrupta, a ligação com a mãe, garantindo o fluxo direto de sangue entre ambos.

IV. proteger o feto contra traumatismos mecânicos, promover as trocas respiratórias e realizar a excreção.

Estão corretas:

a) III e IV.

b) I, II e III.

c) II e IV.

d) I e III.

e) I e IV.

16. Quando adquirimos frutas no comercio, observamos com mais frequência frutas sem ou com poucas sementes. Essas frutas têm grande apelo comercial e são preferidas por uma parcela cada vez maior da população. Em plantas que normalmente são diploides, isto é, apresentam dois cromossomos de cada par, uma das maneiras de produzir frutas sem sementes é gerar plantas com uma ploidia diferente de dois, geralmente triploide. Uma das técnicas de produção dessas plantas triploides é a geração de uma planta tetraploide (com 4 conjuntos de cromossomos), que produz gametas diploides e promover a reprodução dessa planta com uma planta diploide normal. A planta triploide oriunda desse cruzamento apresentará uma grande dificuldade de gerar gametas viáveis, pois como a segregação dos cromossomos homólogos na meiose I é aleatória e independente, espera-se que:

a) Os gametas gerados sejam diploides.

b) As cromátides irmãs sejam separadas ao final desse evento.

c) O número de cromossomos encontrados no gameta seja 23.

d) Um cromossomo de cada par seja direcionado para uma célula filha.

e) Um gameta raramente terá o número correto de cromossomos da espécie.

17. (UFSC) As anomalias cromossômicas são bastante frequentes na população humana; um exemplo disso é que aproximadamente uma a cada 600 crianças no mundo nasce com síndrome de Down. Na grande maioria dos casos, isso se deve à presença de um cromossomo 21 extranumerário. Quando bem assistidas, pessoas com síndrome de Down alcançam importantes marcos no desenvolvimento e podem estudar, trabalhar e ter uma vida semelhante à dos demais cidadãos. Sobre as anomalias do número de cromossomos, é correto afirmar que:

01. Podem ocorrer tanto na espermatogênese quanto na ovulogênese.

02. Ocorrem mais em meninas do que em meninos.

04. Ocorrem somente em filhos e filhas de mulheres de idade avançada.

08. Estão intimamente ligadas à separação incorreta dos cromossomos na meiose.

16. Ocorrem ao acaso, devido a um erro na gametogênese.

32. Ocorrem preferencialmente em populações de menor renda, com menor escolaridade e pouca assistência médica.

64. Podem acontecer devido a erros na duplicação do DNA.

Soma das respostas corretas:

18. (IF-SP) Um professor de Biologia, em uma aula sobre Sistema Reprodutor, explicou a formação de gêmeos univitelinos e fraternos, a partir do momento da fecundação. Alguns alunos, após ouvirem as explicações, fizeram as seguintes afirmativas.

− Maria: os gêmeos univitelinos são geneticamente idênticos e possuem, entre outras características, o mesmo sexo.

− Cristina: os gêmeos fraternos, apesar de não serem geneticamente idênticos, compartilham a mesma placenta.

− Renato: gêmeos fraternos também podem ser chamados de dizigóticos, pois são resultantes da fecundação de dois óvulos por dois espermatozoides.

− Ivan: a formação de gêmeos univitelinos pode ser considerada um exemplo de clonagem por apresentar o desenvolvimento de dois embriões iguais entre si, porém diferentes do pai e da mãe.

Assinale a alternativa que indica os estudantes que fizeram as afirmativas corretas.

a) Maria e Renato, apenas.

b) Maria e Ivan, apenas.

c) Maria, Renato e Ivan, apenas.

d) Maria, Cristina e Renato, apenas.

e) Cristina e Ivan, apenas.

19. (UNIRIO) Pílula Anticoncepcional

Muitos anos de pesquisas ajudaram a desenvolver pílulas  anticoncepcionais  seguras  e  eficientes. As pílulas anticoncepcionais já foram consideradas um dos símbolos da liberação feminina, um instrumento para a ascensão da mulher em todos os setores da sociedade. Mesmo assim, carregaram por muito tempo a fama de trazer riscos para a saúde. Tanto que, mesmo considerando-se seus aspectos positivos (evitar uma gravidez inoportuna, por exemplo), as pílulas eram vistas como um mal necessário.
(http://www.sabermulher.com.br)

As pílulas anticoncepcionais femininas possuem substâncias que:
a) Alteram o pH vaginal, inibindo o batimento flagelar dos espermatozoides.
b) Impedem a ocorrência do fenômeno da ovulação.
c)  Provocam  a  morte  dos  espermatozoides  após  a entrada no colo do útero.
d) Irritam a mucosa tubária, provocando a obstrução das tubas uterinas.
e) Bloqueiam a penetração do espermatozoide no óvulo.

20. (MACK) Um dos métodos anticoncepcionais disponíveis no mercado é a pílula de progesterona (ou “minipílula”). Esse medicamento não contém o outro hormônio existente na pílula comum, o estrogênio. A respeito dos hormônios envolvidos nesses anticoncepcionais, considere as afirmativas abaixo.0

I. A progesterona é um hormônio ovariano, enquanto o estrogênio é hipofisário.

II. O estrogênio atua inibindo a formação do endométrio, enquanto a progesterona inibe a ovulação.

III. A progesterona age por um mecanismo de feedback negativo sobre a hipófise, inibindo a libertação de LH.

Assinale:

a) Se somente a afirmativa III for correta.

b) Se somente as afirmativas I e III forem corretas.

c) Se somente a afirmativa II for correta.

d) Se somente as afirmativas II e III forem corretas.

e) Se somente as afirmativa I e II forem corretas.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 20 de fevereiro de 2016

TESTES DE GENÉTICA (IV)

01. (UFJF) O heredograma abaixo mostra a incidência de uma doença genética em uma família.

01

Após análise desse heredograma, é correto afirmar:

a) A herança é ligada ao cromossomo X dominante, pois existe pelo menos um membro afetado em cada geração.

b) A herança é autossômica recessiva, pois mulheres e homens afetados são heterozigotos para a doença.

c) A herança é ligada ao cromossomo X dominante, e as mulheres têm 50% de chance de transmitir o gene defeituoso para seus filhos.

d) A herança é autossômica dominante, pois mulheres e homens afetados podem ter filhos afetados em igual proporção.

e) A herança é ligada ao cromossomo X dominante, pois a doença se manifesta somente em homens e mulheres heterozigotos.

02. (UECE) Sabe-se que a sensibilidade ao PTC em humanos (gosto amargo sentido na presença de pequenas dosagens da substância fenilcarbamida) é determinada por um gene dominante enquanto o albinismo é determinado por um gene recessivo. Ambas as características são expressas por alelos que se situam em pares de cromossomos homólogos diferentes. A probabilidade de um casal normal e sensível ao PTC, ambos heterozigotos para os dois loci, terem o seu primeiro filho, independente do sexo, sensível e albino é:

a) 9/16.

b) 5/16.

c) 3/16.

d) 1/16.

03. (UPE) Observe o esquema a seguir:

03

Desenho de libélula disponível em:

http://criandoartepravoce.blogspot.com (Adaptado)

Com base no esquema acima, analise as seguintes proposições:

I. Gametas portadores dos alelos E/C e dos alelos e/c ocorrem em uma proporção maior que a dos gametas portadores dos alelos E/c e e/C, caracterizando um arranjo trans.

II. Na descendência, as classes que surgem em maior frequência portam as combinações parentais dos alelos, e aquelas em menor frequência são, portanto, as recombinantes, caracterizando uma ligação gênica.

III. O cruzamento-teste da fêmea duplo-heterozigótica com o macho duplo-homozigoto recessivo mostra quatro tipos de genótipos na descendência, embora em proporções diversas das esperadas, segundo a lei de segregação independente.

IV. O fenótipo dos descendentes é determinado pela constituição genética do espermatozoide, visto que o macho é homozigoto recessivo duplo, fornecendo alelos recessivos para os descendentes.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) I, II e IV.

d) II e III.

e) II, III e IV.

04. (UNIFAL) Imagine 2 genes A e B em cromossomos diferentes, nos quais os alelos dominantes determinam respectivamente a cor roxa e o formato redondo nas sementes de determinada planta. Em contrapartida as formas recessivas definem cor marrom e formato oval. Que frequências absolutas de fenótipos você esperaria de um cruzamento de duplos heterozigotos que gerou 32 plantas-filhas?

a) 9 plantas com sementes roxas e redondas, 3 com sementes roxas e ovais, 3 com sementes marrons e redondas e 1 com sementes marrons e ovais.

b) 24 plantas com sementes roxas e redondas e 8 com sementes marrons e ovais.

c) 6 plantas com sementes marrons e redondas, 18 com sementes roxas e redondas, 2 com sementes marrons e ovais e 6 com sementes roxas e ovais.

d) 8 plantas com sementes marrons e ovais, 16 com sementes roxas e redondas e 8 com sementes marrons e redondas.

05. (PUCCAMP) Do cruzamento de duas moscas com asas, nasceram 120 descendentes com asas e 40 sem asas. Se os 120 descendentes com asas forem cruzados com moscas sem asas e se cada cruzamento originar 100 indivíduos, o número esperado de indivíduos com asas e sem asas será, respectivamente:

a) 6.000 e 3.000.

b) 6.000 e 6.000.

c) 8.000 e 4.000.

d) 9.000 e 3.000.

e) 12.000 e 4.000.

06. (UECE) O gado Gir apresenta-se com pelagem vermelha e com pelagem branca. Quando se cruza um macho vermelho com fêmeas brancas, toda a progênie é chitada (coloração vermelha com pintas brancas). Podemos afirmar corretamente que a frequência fenotípica esperada do cruzamento entre um indivíduo chitado e um branco é:

a) 75% branco e 25% chitado.

b) 50% branco e 50% chitado.

c) 25% branco e 75% chitado.

d) 25% branco, 25% vermelho e 50% chitado.

07. (PUC-RIO) A figura abaixo apresenta um heredograma de uma família em que alguns de seus membros apresentam uma doença hereditária chamada fibromatose gengival, que é caracterizada por um aumento da gengiva devido à formação de tumores.

07

Através da análise deste heredograma, conclui-se que o tipo de herança genética dessa doença é classificado como

a) Sexual ligada ao X.

b) Sexual ligada ao Y.

c) Autossômica recessiva.

d) Autossômica dominante.

e) Autossômica por co-dominância.

08. (UFTM) A genealogia representa um padrão de herança genética que ocorre em determinada espécie de roedor. Os indivíduos destacados em preto apresentam uma determinada anomalia.

08

A respeito do observado, foram feitas algumas afirmações:

I. Trata-se de um caso de herança autossômica dominante.

II. Trata-se de um caso de herança ligada ao sexo recessiva.

III. Se os animais 4 e 5 fossem cruzados, a probabilidade de nascer um animal macho com anomalia seria de 25%.

IV. Os animais 1, 2 e 3 são, respectivamente, heterozigoto, heterozigoto e homozigoto.

V. A probabilidade de nascer um animal com anomalia do cruzamento entre os animais 6 e 7 é de 1/3.

Pode-se afirmar que estão corretas apenas

a) I e III.

b) III e IV.

c) II, III e IV.

d) II, IV e V.

e) III, IV e V.

09. Em uma determinada espécie de camundongos, o genótipo cc é cinza; Cc é amarelo e CC morre no início do desenvolvimento embrionário. Que descendência se espera do cruzamento entre uma fêmea amarela com um macho amarelo?

a) 1/2 amarelos e 1/2 cinzentos

b) 2/3 amarelos e 1/3 cinzentos.

c) 3/4 amarelos e 1/4 cinzentos

d) 2/3 amarelos e 1/3 amarelos

e) Apenas amarelos

10. Em algumas variedades de plantas, a cor das flores é condicionada por um par de genes e podem ter cor vermelha, laranja ou amarela. De um cruzamento de flores amarelas com flores vermelhas, nascem apenas flores laranja. A porcentagem de flores amarelas esperada do cruzamento entre flores laranjadas com flores vermelhas é:

a) 0%.

b) 25%

c) 50%

d) 75%

e) 100%

11. (FCMSC) Um concurso de gado considera 3 características condicionadas por genes dominantes onde, para cada uma, o homozigoto recebe mais pontos que o heterozigoto, e este recebe mais ponto que o homozigoto recessivo (que recebe zero na característica correspondente). Um criador tem um touro e uma vaca ambos heterozigotos para as três características. Desejando entrar no concurso, fez com que seus animais cruzassem. Qual é, respectivamente, a chance mais aproximada de o criador obter, em F1 de tais reprodutores, um descendente capaz de tirar o 1o lugar (isto é, conseguir o máximo de pontos possível) e um descendente que tiraria em último lugar (isto é, não conseguiria um ponto sequer)?

a) 30% e 15%.

b) 15% e 15%.

c) 3% e 1,5%.

d) 1,5% e 1,5%.

e) 0,3% e 0,3%.

12. (PUC-RIO) Em um teste de paternidade, onde tanto a mãe quanto o pai eram desconhecidos, realizado sem a possibilidade do uso de técnicas mais modernas de biologia molecular, algumas características fisiológicas foram observadas entre a criança e os dois prováveis pai e mãe. A criança apresentava um fenótipo relativo a uma característica recessiva somática também apresentada pela provável mãe, mas não pelo provável pai. Considerando que esses são os verdadeiros pais da criança e com base nessas informações, é correto afirmar que a(o):

a) Criança herdou do pai um gene dominante para a característica em questão.

b) Criança é heterozigota para a característica em questão.

c) Mãe é heterozigota para o gene em questão.

d) Avó materna da criança é homozigota dominante para a característica em questão.

e) Pai é heterozigoto para a característica em questão.

13. (MACK) Uma mulher albina, pertencente ao tipo sanguíneo B, filha de pai pertencente ao tipo sanguíneo A, casou-se com um homem pertencente ao tipo sanguíneo AB, não albino e filho de pai albino. A probabilidade de esse casal ter uma criança não albina e pertencente ao tipo sanguíneo B é de:

a) Zero.

b) 100%.

c) 50%.

d) 12,5%.

e) 25%.

14. (UFTM) Em ervilhas, o caráter cor amarela é determinado por alelo dominante (V) enquanto a cor verde é determinada por alelo recessivo (v). Esses alelos segregam-se independentemente dos alelos que determinam a textura, sendo a lisa determinada por alelo dominante (R) e a rugosa por alelo recessivo (r). Caso uma planta de ervilha duplo-heterozigota seja autofecundada, a proporção de descendentes que produzam ervilhas com fenótipos diferentes dessa planta original será de:

a) 6/16.

b) 9/16.

c) 1/16.

d) 3/16.

e) 7/16.

15. (UECE) A transmissão hereditária monogênica de caracteres autossômicos, levando em conta um par de alelos frequentes, pode ser generalizada. Assim, designando um par de alelos autossômicos frequentes por A e a, teremos os genótipos AA, Aa e aa, que se distribuirão de modo idêntico nos indivíduos de ambos os sexos. Isso permitirá a distinção de seis tipos de casais: AA × AA; AA × Aa; Aa × Aa; Aa × Aa; Aa × AA e aa × aa. Então, se uma mulher Aa casar-se com um homem Aa e se o gene A expressa pele normal e o gene a expressa o albinismo (aa), a probabilidade desse casal vir a ter um filho do sexo masculino e albino é de:

a) 1/8.

b) 2/4.

c) 1/3.

d) 1/4.

e) 3/8.

16. (UPE) O heredograma abaixo representa o padrão de segregação para Acondroplasia, uma das formas de nanismo humano, condicionada por um gene, que prejudica o crescimento dos ossos durante o desenvolvimento. Essa doença genética humana apresenta letalidade, se ocorre em homozigose (AA).

16

Com relação à figura, conclui-se que

I   II

0  0 – O padrão de herança do caráter em estudo é autossômico dominante.

1  1 – Os indivíduos I1 e II2 são homozigotos dominantes para o caráter.

2  2 – O casal III3 e III4 possui a probabilidade de que, independente do sexo, 1/2 de seus filhos

nascidos vivos possam ser normais e 1/2 portadores da doença.

3 3 – O indivíduo IV1 representa um aborto, e seu genótipo é AA, que, em condição  homozigótica, tem efeito tão severo que causa a morte do portador ainda durante o  desenvolvimento embrionário.

4  4 – Todos os acondroplásicos nascidos vivos desta genealogia são heterozigotos.

17. (COVEST) O princípio de Hardy-Weinberg tem sido utilizado pelos evolucionistas como uma importante ferramenta para compreender as frequências gênicas nas populações dos seres vivos. Sobre esse assunto, considere as afirmativas a seguir.

I   II

0  0 – A quantidade de indivíduos ou o isolamento reprodutivo de uma parte da população não interferem no equilíbrio gênico.

1  1 – Em uma população sob influência de processos evolutivos, tais como migração e deriva gênica, as frequências de alelos nos descendentes permanecem inalteradas.

2  2 – Como são fenômenos raros, as mutações não provocam alteração nas frequências de alelos de uma população com inúmeros tipos de cruzamentos possíveis.

3 3 – Na hipótese de prevalecerem na população cruzamentos entre indivíduos com características fenotípicas vantajosas, a mesma tende a permanecer em equilíbrio gênico.

4  4 – Supondo que as frequências dos alelos “A” e “a”, não ligados ao sexo, numa população em equilíbrio gênico, sejam, respectivamente, “0,7” e “0,3”, a probabilidade de se formar na população indivíduos “AA” é de 49 %.

18. Dizemos que um determinado gene é recessivo quando sua expressão (fenótipo):

a) Só acontece em heterozigose.

b) Só ocorre quando em dose dupla.

c) Independe da presença de seu alelo.

d) Depende de características congênitas.

e) Reproduz uma característica provocada pelo ambiente.

19. (UEPB) “Cada caráter é determinado por um par de fatores que se separam na formação dos gametas, indo um fator do par para cada gameta, que é, portanto, puro.”

O enunciado acima se refere às explicações para a herança de caracteres, conhecida como:

I. Lei da disjunção e Princípio da pureza dos gametas

II. Monoibridismo e Lei fundamental da genética

III. Teoria da linhagem cromossômica e primeira lei de Mendel

IV. Autossômica e Princípio da pureza dos gametas

V. Princípio dos cromossomos homólogos.

Das informações acima está(ão) correta(s):

a) Apenas I e V.

b) Apenas I.

c) Apenas IV e V.

d) Apenas I e II.

e) Apenas II e III.

20. (UFPR) Os seres vivos são acometidos por várias doenças, que podem ter diversas origens. A exostose múltipla é uma anomalia que se caracteriza por lesões nos ossos e ocorre tanto em seres humanos quanto em cavalos. Segundo os pesquisadores que a estudaram, é determinada por um gene autossômico dominante. Considere um macho afetado, filho de uma fêmea normal, que seja cruzado com uma fêmea também normal. A probabilidade desse cruzamento produzir um descendente (macho ou fêmea) normal é de:

a) 100%.

b) 75%.

c) 50%.

d) 25%.

e) 0%.

21. (MARCK) Na árvore genealógica abaixo, está representado um caráter autossômico recessivo. A probabilidade de o indivíduo 11 ser heterozigoto é:

21

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 3/4.

d) 1/8.

e) 2/3.

22. Dos 500 indivíduos de cada uma das populações A e B de certo tipo de organismo, isoladas e não sujeitas à ação de fatores evolutivos, os relacionados na coluna II da tabela a seguir apresentam um caráter recessivo (determinado por um par de genes alelos autossômicos), e os relacionados na coluna I não apresentam (são selvagens em relação a esse caráter).

22

Com base nesses dados, o número provável de indivíduos heterozigotos nessas duas populações é:

a) População A = 255, população B = 435.

b) População A = 255, população B = 420.

c) População A = 105, população B = 120.

d) População A = 210, população B = 240.

e) População A = 100, população B = 340.

23. Na Drosophila melanogaster, figuras a seguir, o gene V responde pela formação de asas normais, enquanto seu alelo v condiciona asas vestigiais.

23

Nessas moscas, um outro par de alelos, tem o gene E, dominante, para a cor cinzenta e o gene e, recessivo, que condiciona a cor ébano. Os dois pares de alelos em questão, segregam-se independentemente. Do cruzamento de uma mosca de asas normais e corpo cinzento com outra de asas vestigiais e corpo ébano, obteve-se uma prole numerosa em que todos os descendentes tinham asas normais e corpo cinzento. A partir de vários cruzamentos entre os indivíduos dessa geração F1, obteve-se, em F2, 512 descendentes. O número aproximado de indivíduos de asas vestigiais e corpo ébano esperado geração F2 é:

a) 288.

b) 96.

c) 32.

d) 192.

e) 256.

24. (FCMS-SP) Os genes A e B dominantes e seus respectivos alelos a e b estão no mesmo par cromossômico. De um determinado cruzamento resultaram 320 indivíduos Aabb, 40 indivíduos aabb, 318 indivíduos aaBb e 41 indivíduos AaBb. Quais os progenitores desse cruzamento?

24

25. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Apenas  dois tipos  de gametas (Ab e aB),  terminada a espermatogênese, poderão resultar do espermatócito primário representado, esquematicamente, a seguir.

25a

1  1 – O número de tipos de gameta que um indivíduo de genótipo CcmmRr pode produzir é 6.

2  2 – Sendo Aa, Bb e Cc três pares de genes com segregação independente, o número de tipos de gametas que um indivíduo AaBbCc pode formar é 8.

3  3 – Um indivíduo  portador de genótipo  AaBbCCDd, produz 6 diferentes tipos de gametas.

4  4 –  A probabilidade  de um casal  heterozigoto  par  um  par de genes alelos ter um filho homozigoto é 50%.

26. (PUC-MG) O soro sanguíneo de um indivíduo do grupo O foi colocado em quatro tubos de ensaio, I, II, III e IV, aos quais foram adicionadas, separada e respectivamente, hemácias de indivíduos dos grupos sanguíneos AB, A, B e O. Marque, na alternativa a seguir, a opção que corresponde à condição de aglutinação (+) ou não aglutinação (-) de hemácias resultante de reação antígeno-anticorpo:

a) Tubo I (-), Tubo II (+), Tubo III (-) e Tubo IV (+).

b) Tubo I (-), Tubo II (+), Tubo III (+) e Tubo IV (-).

c) Tubo I (+), Tubo II (-), Tubo III (-) e Tubo IV (+).

d) Tubo I (+), Tubo II (+), Tubo III (+) e Tubo IV (-).

e) Tubo I (-), Tubo II (-), Tubo III (-) e Tubo IV (+).

27. (COVEST) Observe a genealogia apresentada na figura e analise as proposições apresentadas:

27

I  II

0 0 – Quando, numa genealogia, encontramos um traço duplo unindo o casal, como ocorre entre III.4 e III.5, significa a ocorrência de casamento consanguíneo.

1 1 – A representação dada no heredograma ao indivíduo II.3 indica que o mesmo é portador de alguma anomalia genética grave que poderá levá-lo à morte antes da puberdade.

2  2 – Os indivíduos 1 e 2 da geração III são gêmeos fraternos ou dizigóticos.

3 3 – III.2 e III.3  são gêmeos oriundos de zigotos diferentes e portadores de uma doença genética autossômica, sendo o indivíduo III.2 homozigoto para o alelo recessivo.

4 4 – Podemos afirmar, com base no heredograma mostrado que I.2 não é portadora do gene determinante do fenótipo em questão.

28. Com relação aos grupos sanguíneos do sistema ABO, considerando a herança clássica e imunológica, analise as proposições a seguir:

I  II

0  0 – Todos os descendentes de um casal IAi serão do grupo A e apresentarão em suas hemácias o aglutinogênio A.

1  1 – Indivíduos do grupo sanguínea B apresentam na membrana de suas hemácias aglutinogênio B e, no plasma aglutinina anti-A.

2  2 – Os descendentes  de  um  casal (IAIB)  serão  todos fenotipicamente  AB e, como têm em seus genótipos os alelos IA e IB, apresentam, na membrana de suas hemácias, os antígenos A e B.

3 3 – Indivíduos do grupo sanguíneo O, apresentam aglutinogênios A e B no plasma, mas não têm aglutininas anti-A e anti-B na membrana de suas hemácias.

4  4 – O sangue tipo O não deve ser doado para outros tipos sanguíneos em grandes volumes para evitar problemas de aglutinação no sangue do doador.

29. (FATEC) Carla e Jonas tiveram dois casais de filhos. Um desses casais é hemofílico. Sendo assim, assinale a opção que representa corretamente as características dos pais.

29

30. (PUC-GO)

TODO PIONEIRO É UM FORTE, pensava Bambico. Acredita nos sonhos. Se não fosse por ele, o mundo ainda estaria no tempo das cavernas… Quanto mais pensava nisso, mais se fortalecia.

Bambico chegara à Amazônia com as mãos vazias, vindo do Sul. Mas tinha na cabeça projetos grandiosos. Queria extrair da natureza toda a riqueza intacta, como o garimpeiro faz. Não desejava, entretanto, cavar rio e terra para achar pepitas de ouro. Não tinha vocação para tatu. Não faria como os garimpeiros: quando não havia mais nada, eles se mudavam, atrás de outros garimpos.

— Garimpeiro vive de ilusões. Eu gosto de projetos!

Que projetos grandiosos eram? Cortar árvores, exportar madeiras preciosas para a casa e a mobília dos ricos. Em seguida, semear capim, povoando os campos com as boiadas de nelore brilhando de tanta saúde. A riqueza estava acima do chão. A imensidão verde desaparecia no horizonte. Só de olhar para uma árvore, sabia quantos dólares cairia em seus bolsos. Quando ouvia os roncos das motosserras, costumava dizer, orgulhoso:

— Eis o barulho da fortuna!

Montes de serragem eram avistados de longe quando o visitante chegava às pequenas comunidades. Os caminhões de toras gemiam nas estradas esburacadas. Índios e caboclos eram afugentados à bala. A floresta se transformava num pó fino, que logo apodrecia. Quando os montes de serragem não apodreciam, eram queimados, sempre apressadamente. Por dias, os canudos negros de fumaça subindo pesadamente ao céu. Havia o medo dos fiscais. Quando apareciam, quase nunca eram vistos, era conveniente que houvesse pouca serragem…

Que história, a de Bambico! Teria muita coisa a contar para os netos que haveriam de chegar.

Em seu escritório, fumando um Havana, que um importador americano lhe presenteara, estufou o peito, vaidoso.

— Sim, muitas coisas! Quem te viu, quem te vê! […]

Sentia prazer com seus projetos grandiosos. Toda manhã se levantava para conquistar o mundo. Vereança era merreca. Não se rastejava em pequenos projetos. Muito menos desejava ser deputado… Ambicionava altos voos. Todo deputado era pau-mandado dos ricos. O Senado, sim, era o grande alvo. Lá, ele poderia afrontar esses “falsos profetas protetores da natureza”. Essas ONGs de fachada… Lá, o seu cajado cairia sem dó, como um verdugo, sobre o costado dessa gente tola. Enquanto isso, ele poderia continuar seus projetos grandiosos. Cortar árvores, exportar madeiras preciosas para a casa e a mobília dos ricos, e semear capim.

Sonhara em ter uma dúzia de filhos, mas o destino lhe dera apenas dois. Sua mulher, após o segundo parto, ficara impossibilitada de procriar. Não queria fêmea entre os seus descendentes, mas logo no primeiro parto veio a decepção. Uma menina. Decepcionado, nada comentou com a esposa. No segundo, depois de uma gravidez tumultuada, veio o varão. Encheu-se de alegria. Com certeza, mais varões estavam para vir… […]

(GONÇALVES, David. Sangue verde. São Paulo: Sucesso Pocket, 2014. p. 114-115.)

“Sonhara em ter uma dúzia de filhos, mas o destino lhe dera apenas dois. Sua mulher, após o segundo parto, ficara impossibilitada de procriar.” A leitura desse fragmento do texto acima pode nos remeter a reflexões sobre hereditariedade. Imagine que pais heterozigotos com olhos castanhos tenham tido um filho com olhos azuis. Nas proposições abaixo, marque a alternativa que explica esse fenômeno:

a) Variação independente.

b) Diferenciação e dominância incompleta.

c) Dominância incompleta e codominância.

d) Segregação e recombinação.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 20 de fevereiro de 2016

TESTES DE ZOOLOGIA (1)

01. (UNIFESP) Cobras, em geral, ingerem uma grande quantidade de alimento, mas apenas de tempos em tempos. Gaviões, comparativamente, ingerem alimento em pequenas quantidades, porém diariamente e várias vezes ao dia. Conhecendo as principais características dos grupos a que esses animais pertencem, pode-se afirmar corretamente que isso ocorre porque:

a) A digestão nas cobras é mais lenta e isso fornece energia aos poucos para seu corpo. Nos gaviões, a necessidade de fornecimento maior e mais rápido de energia condicionou o comportamento de tomada mais frequente de alimento.

b) As cobras, por ingerirem as presas inteiras, demoram mais tempo digerindo pelos e penas. Os gaviões, por ingerirem as presas aos pedaços, já começam a digestão a partir do tecido muscular da presa.

c) Os órgãos sensoriais das cobras são bem menos desenvolvidos que os dos gaviões. Por isso, ao conseguirem alimento, ingerem a maior quantidade possível como forma de otimizar o recurso energético.

d) Sendo ectotérmicas (pecilotérmicas), as cobras possuem um período de busca de alimento restrito aos horários mais quentes do dia e, por isso, ingerem tudo o que encontram. Já os gaviões, que são endotérmicos (homeotérmicos), são ativos tanto de dia quanto à noite.

e) As escamas e placas epidérmicas do corpo das cobras dificultam sua locomoção rápida, o que influencia o comportamento de caça e tomada de alimento. Os gaviões, nesse sentido, são mais ágeis e eficientes, por isso caçam e comem mais.

02. (UPE) Quando se fazem referências a peixes, erroneamente se pode achar que a única diferença encontrada entre eles é o habitat, uma vez que alguns habitam águas doces e outros, águas salgadas. No entanto, são muitas as características que os diferenciam. Observe as afirmativas a seguir:

I. O peixe-bruxa é um representante atual de peixes primitivos, que, por não possuírem mandíbulas, não podem se alimentar de presas maiores nem mastigar partes duras dessas presas.

II. O tubarão representa uma classe de peixes, o qual possui um esqueleto firme, porém adaptável, denominado cartilaginoso, e nadadeiras articuladas de amplo movimento.

III. Os peixes ósseos primitivos desenvolveram bolsas de gás, que suplementaram a ação das brânquias e aperfeiçoaram o controle da flutuação, encontradas, atualmente, apenas, nos peixes pulmonados.

IV. Descendentes de peixes com nadadeiras articuladas tornaram-se, com o tempo, mais adaptados à vida na terra, o que deu origem aos tetrápodes.

Estão corretas, apenas:

a) I e II.

b) II e III.

c) I e IV.

d) II e IV.

e) III e IV.

03. (UECE) Os animais possuem estruturas locomotoras, característica que lhes possibilita procurar alimentação. Estas estruturas estão adaptadas ao seu nicho ecológico e recebem variadas denominações. A esse respeito, é correto afirmar-se que parapódios e pés ambulacrais são encontrados, respectivamente, em:

a) Platelmintos e nematelmintos.

b) Anelídeos e equinodermos.

c) Nematelmintos e anelídeos.

d) Equinodermos e platelmintos.

04. Metameria é uma característica de espécies de alguns filos animais. Ela representa a divisão do corpo em segmentos e está relacionada à repetição de estruturas internas, incluindo órgãos excretores e sistema nervoso. A metameria está associada a especializações de partes do corpo, através de um processo conhecido como tagmatização, que pode representar a especialização ou a fusão de segmentos de uma região corporal para a realização de funções específicas. Sobre metameria e tagmatização, considere as seguintes afirmativas:

1. Cordados apresentam metameria especialmente visível na musculatura corporal.

2. Nos anelídeos, a segmentação é bastante evidente, formando anéis do corpo, e a tagmatização pode existir, como no caso do clitelo em minhocas.

3. Nos artrópodes, a segmentação existe, mas a tagmatização é observada apenas nos insetos (ex. tórax).

4.  Moluscos apresentam segmentação e tagmatização limitadas às regiões localizadas no interior de suas conchas.

Assinale a alternativa correta.

a) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras.

05. Observe o esquema abaixo que mostra os principais grupos animais.

05

Associe as características gerais na coluna 1, com os grupos animais na coluna 2.

COLUNA 1

I. Apresentam o corpo crivado de numerosos e pequeninos poros. São animais aquáticos, em sua maioria marinhos, cuja forma lembra um vaso ou um saco. Vivem fixos em rochas, na areia e em outros objetos encontrados no ambiente aquático.

II. Triblásticos, celomados, simetria bilateral. Corpo segmentado e dividido em três partes: cabeça, tórax e abdome; pode ocorrer fusão da cabeça com o tórax e, no caso, o corpo apresenta-se dividido em duas partes: cefalotórax e abdome ou cabeça e tronco. Dotados de exoesqueleto resistente que contém quitina.

III. O crânio protege a extremidade anterior do tubo neural, que, nesses animais, desenvolve-se muito, originando um encéfalo. A esse encéfalo estão associados órgãos dos sentidos especializados, representados pelos olhos, ouvidos e narinas.

IV. Corpo alongado, cilíndrico e segmentado. Triblástico e celomados. Sistema circulatório fechado pelo qual corre sangue portador de hemoglobina. Em sua maioria apresentam respiração cutânea; em alguns a respiração é branquial.

V. Corpo achatado dorsoventralmente. Vida livre, em água doce, salgada ou em terras úmidas. Alguns são parasitas.

VI. Corpo cilíndrico e afilado nas extremidades. Vida livre, habitando a terra úmida, a areia e a água estagnada. Parasitas de plantas e animais. Corpo revestido por uma cutícula resistente. Abaixo dessa cutícula, presença de musculatura. Apresentam tubo digestivo completo com boca e ânus.

COLUNA 2

A. Grupo 1

B. Grupo 2

C. Grupo 3

D. Grupo 4

E. Grupo 5

F. Grupo 6

G. Grupo 7

H. Grupo 8

I. Grupo 9

a) I-A; II-E; III-G; IV-D; V-B; VI-H.

b) I-A; II-G; III-F; IV-D; V-B; VI-C.

c) I-A; II-E; III-F; IV-H; V-D; VI-C.

d) I-C; II-H; III-F; IV-D; V-B; VI-A.

e) I-A; II-E; III-F; IV-D; V-B; VI-C.

06. (COVEST) Um estudante de Biologia recebeu a incumbência de identificar os filos aos quais pertencem os animais mostrados na figura. Após a devida análise, apresentou a tabela a seguir:

06

Estão corretas apenas:

a) 1, 2 e 3.

b) 2, 3 e 4.

c) 3, 4 e 5.

d) 1, 2 e 4.

e) 1, 2, 4 e 5.

07. (UNICAMP) O estudo do desenvolvimento embrionário é importante para se entender a evolução dos animais. Observe as imagens abaixo.

07

Assinale a alternativa correta.

a) O animal A apresenta simetria bilateral e é celomado.

b) O animal B apresenta simetria radial e é celomado.

c) O animal A apresenta simetria radial e é acelomado.

d) O animal B apresenta simetria bilateral e é acelomado.

08. Os animais são comumente divididos em dois grupos: vertebrados e invertebrados. Os invertebrados representam cerca de 97% de todas as espécies de animais, no entanto costumam ser menos conhecidos do que os vertebrados. Sobre os animais vertebrados e invertebrados, é correto afirmar que:

a) Com frequência as águas-vivas causam acidentes aos banhistas durante o verão. Os tentáculos desses animais possuem células urticantes que causam a sensação de queimaduras e podem desencadear reações alérgicas graves.

b) Os artrópodes apresentam um esqueleto externo que não acompanha o crescimento do animal. Para crescer o indivíduo troca seu exoesqueleto de tempos em tempos buscando a “casca” abandonada por um indivíduo maior procarionte.

c) Os equinodermos, como as estrelas-do-mar, possuem esqueleto calcário e apesar de não possuírem vértebras podem ser considerados animais vertebrados.

d) Mexilhões, ostras e mariscos são muito utilizados como fonte de alimento em regiões litorâneas. Estes moluscos possuem o corpo segmentado com uma concha protetora espiralada.

e) As aranhas e escorpiões estão entre os principais representantes dos insetos. Estes animais podem produzir veneno para caçar e, eventualmente, causam acidentes ao homem.

09. (UFSJ) A quitina é um polissacarídeo formado por várias moléculas de glicose e por grupo amina. Ela pode ser encontrada na natureza na parede celular dos fungos e em alguns animais. Dentre os animais dos quais podemos encontrar quitina, estão os:

a) Crustáceos, esponjas e peixes.

b) Artrópodes, equinodermos e nematoides.

c) Insetos, nematoides e anfioxos.

d) Aracnídeos, moluscos e anelídeos.

10. (UDESC) Assinale a alternativa correta, quanto aos poríferos, cnidários, platelmintos e nematelmintos.

a) As esponjas pertencem ao filo dos poríferos. Possuem constante movimentação através de cílios e apresentam digestão exclusivamente extracelular.

b) As águas vivas e as anêmonas pertencem ao filo dos cnidários. Apresentam digestão intracelular (células digestivas) da gastroderme e extracelular no tubo digestório incompleto, pois não têm ânus.

c) Os Ascaris lumbricoides são vermes que pertencem ao filo dos platelmintos. Possuem corpos achatados com simetria bilateral e sua digestão é incompleta, pois não têm ânus.

d) A Taenia saginata é um verme pertencente ao filo dos nematelmintos, pois seu corpo é achatado com simetria bilateral. Sua digestão é completa, pois tem ânus.

e) Os corais pertencem ao filo dos poríferos. Possuem corpos com esqueleto calcário e sua digestão é completa, pois têm ânus.

11. (UFPR) Existe uma regra geral em fisiologia animal que define como sendo de 1 mm a espessura máxima de um tecido capaz de sustentar suas células se o mecanismo de transporte é realizado apenas por difusão. Células, tecidos e organismos precisam ter acesso a oxigênio e nutrientes e remover compostos nitrogenados e gás carbônico para poderem realizar suas funções vitais adequadamente. O principal sistema que provê essas condições nos cordados vertebrados é o sistema circulatório. Inegável reconhecer que, graças a esse sistema (entre outros), vertebrados podem atingir tamanhos tão grandes como o de baleias ou elefantes. Entretanto, mesmo não apresentando um sistema circulatório completo, com coração e vasos, alguns animais com estrutura corporal mais simples podem atingir tamanhos consideravelmente grandes. Sob essa perspectiva, considere as seguintes afirmativas:

1. Poríferos não apresentam tecidos verdadeiros e, portanto, não são capazes de desenvolver órgãos ou sistemas que possam resolver o problema das trocas internas de gases, nutrientes e excretas. Assim, poríferos são animais para os quais a regra do 1 mm é efetivamente aplicável, e por isso nenhuma espécie desse grupo atinge esse tamanho.

2. Alguns cnidários (celenterados) podem atingir grandes dimensões. As soluções para o problema do 1 mm são variáveis e geralmente baseadas em duas características: a) esses animais são diblásticos (apresentam duas monocamadas corporais, que geralmente se encontram diretamente em contato com a água externa ou com a água da gastroderme); b) o aumento corporal está associado ao aumento de uma camada acelular ou com poucas células, denominada mesogleia.

3. Animais pseudocelomados (também denominados de blastocelomados) podem realizar as trocas internas utilizando o fluido do pseudoceloma em si. O transporte pode, ainda, ser auxiliado por um sistema de canais como os encontrados em acantocéfalos e rotíferos, denominado em alguns desses grupos de sistema lacunar de canais.

4. Apesar de serem acelomados e de não apresentarem um sistema circulatório, muitos platelmintos podem atingir grandes tamanhos. É o caso das planárias terrestres, que atingem mais de 30 cm de comprimento, e das tênias (algumas com dezenas de metros de comprimento). Nesses casos específicos, as trocas de gases, nutrientes e excretas ocorrem através do trato digestivo e pela superfície corporal desses animais, com um processo de difusão eficiente.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa 2 é verdadeira.

b) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.

12. (UEPB) As características morfológicas: I) nadadeiras caudal do tipo heterocerca, clásper e escamas placoides, e II) escamas ctenoides, cicloides e ganoides, além de bexiga natatória, opérculo, nadadeiras homocercas e dificercas, pertencem, respectivamente, aos grupos:

a) Osteictes e Condrictes.

b) Lampreias, Actnopeterygii.

c) Condrictes e Osteíctite

d) Feiticeiras e Sarcoperygii.

e) Lampreias e Feiticeras.

13. (UEL) Nematódeos são animais vermiformes de vida livre ou parasitária, encontrados em plantas e animais, inclusive no homem. Sobre as características presentes em nematódeos, considere as afirmativas a seguir.

I. Corpo não segmentado coberto por cutícula.

II. Trato digestório completo.

III. Órgãos especializados para circulação.

IV. Pseudoceloma.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e III.

d) I, II e IV.

e) II, III e IV.

14. (UFPB) Os poríferos são considerados os representantes mais simples entre todos do reino Animalia. Sobre os representantes desse grupo, é correto afirmar que possuem:

a) Um estádio larval durante seu desenvolvimento.

b) Sistema nervoso simples e difuso pelo corpo.

c) Representantes protostômios.

d) Representantes diploblásticos.

e) Digestão extracelular.

15. (UFRGS) A restrição do tamanho e da forma em planárias está diretamente relacionada:

a) À ausência de um sistema circulatório.

b) Ao sistema nervoso difuso.

c) À presença de protonefrídeos.

d) Ao hermafroditismo.

e) À possibilidade de regeneração.

16. (UFF) Os platelmintos pertencem ao primeiro grupo de animais a possuir um sistema excretor. Este é bastante primitivo, formado por células-flama. A principal função destas células é:

a) Remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do sangue e lançá-los para o intestino.

b) Remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do sistema circulatório e lançá-los para o exterior.

c) Remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do tecido epitelial e lançá-los para o intestino.

d) Remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do ectoderma e lançá-los para os túbulos de Malpighi.

e) Remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do mesoderma e lançá-los para o exterior.

17. (UECE) Diversos caracteres mais aproximam aves de crocodilos do que de mamíferos. Portanto, os mamíferos possuem um ancestral comum mais distante, com esses dois táxons. A estrutura que une os três táxons considerados em um único ancestral comum é o(a):

a) Âmnio.

b) Homeotermia.

c) Apodismo.

d) Osso pneumático.

18. (UPE) A piranha, a preguiça e a capivara são animais registrados no Guiness Book (Livro do Recordes), respectivamente, como o peixe mais feroz, o mamífero mais lento e o maior roedor do mundo. Sobre essas espécies da fauna brasileira, assinale a alternativa correta.

a) A piranha pertence à classe Osteicties, apresentando bexiga natatória, boca ventral e intestino longo com válvula em espiral.

b) A preguiça e a capivara são, respectivamente, mamíferos pertencentes às ordens Edentata ou Xenartra e Rodentia.

c) Esses animais são classificados como Eutheria e Methateria em função da reprodução.

d) As três espécies mencionadas distribuem-se na Região Neotrópica, em florestas tropicais, como a Mata Atlântica e a Mata de Araucária.

e) A dentição desses animais é bem desenvolvida e adaptada ao hábito alimentar.

19. (PUC-PR) Em relação ao Phylum Cnidária, foram feitas as seguintes proposições:

I. Os cnidários são aquáticos, diblásticos e com simetria radial, sendo encontrados em duas formas: pólipos (fixos) e medusa (livres).

II. A digestão nos cnidários é extra e intracelular e não há aparelho respiratório, circulatório ou excretor e o sistema nervoso é difuso.

III. Nos cnidários, a reprodução sexuada ocorre por brotamento ou estrobilização.

IV. Os corais e a anêmona-do-mar são exemplos da classe dos cifozoários.

Assinale a alternativa correta:

a) Todas estão incorretas.

b) Apenas III e IV estão corretas.

c) Apenas I está correta.

d) Todas estão corretas.

e) Apenas I e II estão corretas.

20. (PUCCAMP) Considere o texto a seguir.

“Talvez a maior de todas as inovações surgidas durante a história evolutiva dos vertebrados tenha sido o desenvolvimento da mandíbula que, manipulada por músculos e associada a dentes, permitiu aos peixes primitivos arrancar com eficiência grandes pedaços de algas e de animais, tornando disponível para si uma nova fonte de alimento. Os cordados sem mandíbula estavam restritos à filtração, à sucção do alimento ou à captura de pequenos animais. Os primeiros vertebrados mandibulados tornaram-se predadores, permitindo-lhes grande aumento no tamanho.”

(Sônia Lopes. BIO. v.2. São Paulo: Saraiva, 1997. p.361-2)

Analisando o texto e aplicando seus conhecimentos sobre os animais relacionados com o fato descrito, um estudante apresentou os seguintes comentários:

I. Lampreias são ectoparasitas de peixes e baleias, e feiticeiras alimentam-se de vermes marinhos ou de peixes moribundos.

II. Os agnatos têm desvantagens em relação aos gnatostomados quanto à obtenção de alimento.

III. Atualmente, o número de espécies de agnatos é muito menor do que o dos peixes gnatostomados, fato provavelmente ocasionado pela ausência de mandíbula.

IV. As mandíbulas não se limitam à captura de alimento, mas também podem manipular objetos e cavar buracos.

São corretos os comentários

a) I, II, III e IV.

b) II, III e IV, somente.

c) I, III e IV, somente.

d) I, II e IV, somente.

e) I, II e III, somente.

21. (UPE) O professor de Biologia levou para a sala de aula quatro exemplares de animais aquáticos, com a finalidade de os estudantes conhecerem mais sobre esses animais. Para isso, distribuiu entre as equipes informações sobre os filos desses animais e solicitou que elas lessem e anotassem as características deles. Na elaboração, os estudantes descreveram os seguintes aspectos:

Exemplar 1: Eumetazoário, prostostômio, triploblástico, esquizocelomado, bilatério. Pode ser de vida livre (errante) e séssil (fixado); carnívoro ou filtrador. Apresenta tubo digestivo completo e digestão extracelular. Corpo alongado e cilíndrico com segmentações externa e interna bem nítidas. Apresenta reprodução sexuada e reprodução assexuada. Apresenta desenvolvimento indireto, é dioico e de fecundação externa.

Exemplar 2: Eumetazoário, deuterostômio, triploblástico, enterocelomado, bilatério. De vida livre, pelágico e nectônico. Apresenta tubo digestivo completo e digestão extracelular. É predador ativo, alimentando-se, sobretudo, de invertebrados e pequenos peixes ósseos. É vivíparo, apresenta sexo separado, desenvolvimento direto e fecundação interna.

Exemplar 3: Parazoário, diploblástico, radiado ou assimétrico. É animal séssil e pode viver isoladamente ou em colônia. Não apresenta sistema digestivo, entretanto, digestão intracelular. É animal filtrador, embora existam espécies carnívoras. Apresenta reprodução sexuada e assexuada. Há espécies monoicas (a maioria) e dioicas. Apresenta fertilização interna ou externa.

Exemplar 4: Eumetazoário, prostostômio, diploblástico, esquizocelomado, radiado. Algumas espécies estão aderidas a um suporte, ao passo que outras são de natação livre. É carnívoro, alimenta-se de pequenos peixes e zooplâncton. A reprodução pode ser tanto sexuada como assexuada, dependendo da espécie. Há espécies dioicas e monoicas. Apresenta fertilização interna ou externa, com ou sem incubação (dentro ou fora do corpo).

Com base na descrição dos exemplares 1, 2, 3 e 4, assinale a alternativa que identifica, correta e respectivamente, os animais.

a) Anfioxo, tubarão, anêmona-do-mar e esponja.

b) Poliqueta, tubarão, esponja e anêmona-do-mar.

c) Anêmona-do-mar, tubarão, ostra e esponja.

d) Anêmona-do-mar, tubarão, ostra e anfioxo.

e) Ouriço-do-mar, tubarão, coral, anêmona-do-mar.

22. (UNIOESTE) Quanto ao processo de desenvolvimento, os insetos que evoluem através dos estágios ovo, larva, pupa e imago são:

01. Gafanhotos, libélulas, cupins.

02. Moscas, formigas, pulgas.

04. Barbeiros, pulgões, efêmeras.

08. Borboletas, abelhas, besouros.

16. Cigarras, grilos, percevejos.

32. Vagalumes, mosquitos, mariposas.

Soma das alternativas corretas:

23. (UNIMONTES) Categorias Taxonômicas são agrupamentos de seres vivos segundo a filogenia entre eles. O quadro a seguir apresenta características de seres vivos pertencentes a diferentes filos. Analise-o.

23

Considerando o quadro e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa um exemplo do filo indicado em IV.

a) Aedes aegypti.

b) Taenia saginata.

c) Biomphalaria glabrata.

d) Giraffa camelopardalis.

24. (FEI) Na evolução dos mamíferos, ocorreu grande diversificação das estruturas envolvidas na apreensão de alimentos e digestão. Os mamíferos (I) possuem dentes com formatos diferentes e funções distintas, como o (II). Após a apreensão do alimento na boca, o alimento caminha pelo (III), sofrendo sucessivas alterações químicas até ser eliminado na forma de fezes. Exceto no grupo dos (IV), o trato digestório dos mamíferos termina no ânus. Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas I, II, III e IV, respectivamente:

a) Heterodontes, gato, trato digestório, monotremados.

b) Homodontes, tatu, intestino, marsupiais.

c) Heterodontes, golfinho, esôfago, marsupiais.

d) Homodontes, homem, estômago, placentários.

e) Heterodontes, cão, reto, monotremados.

25. (FEI) Um animal pseudocelomado, triblástico, protostômio e hematófago intestinal pode ser um:

a) Turbelário, como por exemplo, planária.

b) Tremátoda, como por exemplo, Schistosoma mansoni.

c) Cestódeo, como por exemplo, Taenia solium.

d) Nematódeo, como por exemplo, Ancylostoma duodenale.

e) Hirudíneo, como por exemplo, sanguessuga.

26. (UNICENTRO) Um estudante, em uma aula de campo, encontrou um artrópode com as seguintes características: cabeça, tórax, abdômen, um par de antenas e três pares de pernas unirremes. Com base nessa morfologia externa, o estudante concluiu que esse artrópode possui:

a) Cérebro bipartite.

b) Excreção por túbulos de Malpighi.

c) Cordão nervoso dorsal.

d) Sistema circulatório fechado.

27. (UEM) Considerando a morfologia e a fisiologia dos animais, assinale a alternativa correta.

a) O saco visceral dos moluscos, que aloja os órgãos internos, é revestido pelo manto, que produz a concha.

b) A função realizada pelos metanefrídios nos aracnídeos é de responsabilidade das glândulas coxais nos anelídeos.

c) As pedicelárias dos equinodermatas servem para capturar o alimento.

d) Anfíbios e répteis reproduzem-se da mesma forma, com fecundação externa e desenvolvimento direto.

e) Os mamíferos, a depender do hábitat aquático ou terrestre, variam o tipo de sistema respiratório e a forma de reprodução.

28. Observando-se abelhas, gafanhotos, formigas e pulgas, verifica-se que são animais:

a) Tetrápodes, com o corpo dividido em duas partes.

b) Hexápodes, com o corpo dividido em duas partes.

c) Hexápodes, com o corpo dividido em três partes.

d) Octópodes, com o corpo dividido em duas partes.

e) Decápodes, com o corpo dividido em três partes.

29. (IFSul) O filo Arthropoda está distribuído praticamente em todos os ambientes, formando um dos mais numerosos e diversificados filos do reino Animalia, com mais de um milhão de espécies descritas. De acordo com as características embrionárias presentes nesse filo, esses animais são considerados:

a) Diploblásticos, acelomados, protostômios e ametaméricos.

b) Diploblásticos, pseudocelomados, deuterostômios e metaméricos.

c) Triploblásticos, celomados, protostômios e ametaméricos.

d) Triploblásticos, celomados, deuterostômios e ametaméricos.

30. (UEPG) Com relação às características anatômicas dos artrópodes, assinale o que for correto:

01. A muda ou ecdise ocorre uma única vez durante toda a vida do animal, a qual consiste da substituição do exoesqueleto de queratina.

02. O tagma denominado cefalotórax, que ocorre em alguns crustáceos, é resultante da fusão dos metâmeros anteriores e intermediários.

04. Os apêndices articulados dos artrópodes estão ancorados ao abdome do animal e são organizados sempre em dois pares.

08. Os artrópodes são animais triblásticos, celomados, com simetria bilateral, sistema digestório completo e corpo segmentado.

Soma das alternativas corretas:

gab

Publicado por: Djalma Santos | 20 de fevereiro de 2016

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (1)

01. (ACEFE)

Com 1.078 casos de dengue em SC, focos se concentram em comércios.

Com 1.078 casos de dengue confirmados, Santa Catarina registra 3.379 focos do mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença, conforme a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) da Secretaria de Estado da Saúde em relatório divulgado nesta segunda-feira (06/04). Do total, 31,48% dos focos se concentram em estabelecimentos comerciais.

Fonte: g1.globo, 06/04/2015 Disponível em: http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2015

Acerca das informações acima e dos conhecimentos relacionados ao tema, assinale a alternativa correta.

a) O vírus causador da dengue possui quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. Quando uma pessoa é infectada com um determinado sorotipo cria anticorpos no seu organismo e não irá mais contrair a doença, pois fica completamente imune a todos os sorotipos.

b) A dengue é uma doença infecciosa febril causada por um DNA vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Ela é transmitida principalmente pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti, infectada.

c) A medida mais importante na prevenção da dengue é o combate ao mosquito transmissor, suas larvas e ovos, visto que não é transmitida de pessoa para pessoa. Os sintomas da dengue são: febre, cefaleia, mialgias, podendo manifestar manchas vermelhas na pele.

d) Existem incontáveis doenças provocadas por vírus. Entre elas pode-se citar: gripe, resfriado, herpes, sífilis, febre amarela e AIDS (SIDA).

02. (UPE) Observe a charge a seguir:

02

Disponível em: http://www.orkugifs.com/recado.php?

titulo=dengue+vs+gripe+suina&gif=3079

Em relação às doenças apontadas na charge, é correto afirmar que:

a) A dengue, doença respiratória aguda, é endêmica do Brasil, enquanto a gripe suína, doença infecciosa febril aguda, ocorre em todo o mundo.

b) A gripe suína faz referência aos porcos por haver suspeitas de que esse novo subtipo de vírus da influenza os tenha acometido, portanto há risco no contato e no consumo de produtos de origem suína. A dengue, por sua vez, é transmitida pela picada da fêmea do mosquito vetor, infectada com o vírus A (H1N1), transmissor da doença.

c) Em ambas as doenças, os sintomas são similares ao da gripe comum, contudo, na dengue, não há sintomas respiratórios, como coriza e tosse, e as dores no corpo podem ser mais pronunciadas.

d) Em locais onde ocorre dengue, não pode haver gripe suína, pois os vírus de ambas as doenças competem pelo mesmo vetor de transmissão.

e) Para evitar ambas as doenças, devem-se: lavar bem as mãos com água e sabão, não compartilhar objetos de uso pessoal e cobrir a boca e o nariz com lenço descartável, ao tossir ou ao espirrar.

03. (COVEST) As parasitoses são responsáveis por inúmeros prejuízos sanitários e econômicos no mundo, por afetar a saúde de seres humanos e animais e, em algumas regiões, chegam a ser consideradas um flagelo. Quanto às parasitoses, analise as afirmações abaixo.

I   II

0  0 – Além dos vermes, os artrópodes constituem importante grupo com espécies bem adaptadas à vida parasitária.

1 1 – Os cisticercos de Taenia solium normalmente são encontrados no intestino humano e são eliminados pelas fezes.

2 2 – Nos cestoda, a perda de partes do corpo, conhecidas como “proglótides”, é parte essencial do ciclo de vida e está relacionada com a reprodução.

3 3 – O amarelão, provocado pelo Ancylostoma duodenale, é característico de regiões secas ou desérticas, onde é considerado um flagelo.

4 4 – O amarelão, a ascaridíase e a filariose são parasitoses provocadas por vermes nematoides.

04. (FPS) Relacione os termos utilizados na parasitologia, com seus respectivos significados.

1. Agente etiológico.

2. Ectoparasita.

3. Parasita heteroxeno.

4. Pandemia.

(  ) Uma epidemia de âmbito mundial.

(  ) O parasita causador da doença.

(  ) Aquele que efetua o ciclo obrigatoriamente em dois ou mais hospedeiros.

(  ) Aquele que se fixa externamente ao corpo do hospedeiro.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) 3, 1, 2 e 4.

b) 1, 2, 4 e 3.

c) 4, 1, 3 e 2.

d) 3, 2, 1 e 4.

e) 1, 4, 3 e 2.

05. (UEM) As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) englobam diferentes patologias e, até 1983, eram denominadas de doenças venéreas. Assinale o que for correto sobre essas doenças e seus agentes.

01. Algumas DSTs, como herpes genital e sífilis, podem afetar, além da área genital, o sistema nervoso central.

02. O HIV (vírus da imunodeficiência humana), o causador da AIDS (síndrome da imunodeficiência adquirida), é composto de RNA e ataca os linfócitos T.

04. Vacinas e uso de preservativos (camisinhas) são métodos de prevenção para não contrair tanto o HIV quanto os vírus da hepatite C.

08. DSTs, como a AIDS e o herpes genital, somente podem ser transmitidas de um indivíduo para outro mediante o ato sexual.

16. Vírus, bactérias, fungos e protozoários são agentes causadores de DSTs.

Soma das alternativas corretas:

06. (PUC-RS) Para responder esta questão, leia as informações e complete os parênteses com V (verdadeiro) ou F (falso).

A taxa de morte precoce causada por doenças contagiosas diminui nas populações humanas que contam com sa­neamento básico. Populações pobres, porém, ainda sofrem com endemias contagiosas. Conhecidas como doenças negligenciadas, elas podem ser tratadas, mas o tratamento não está disponível nas áreas mais pobres do mundo. Sobre algumas dessas doenças, apresentam-se as informações a seguir.

( ) A esquistosomose, causada por parasitos platelmintos, pode ser diagnosticada no exame de fezes.

( ) A erradicação de caramujos, hospedeiros intermediários, reduziria as taxas de esquistossomose.

( ) Tanto o mal de Chagas como a malária poderiam ser controlados com inseticidas tóxicos ao barbeiro.

( ) O uso de fármacos pode melhorar problemas crônicos do coração causados pelo mal de Chagas.

O preenchimento correto dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) V – V – V – F.

b) V – F – F – F.

c) V – V – F – V.

d) F – F – V – V.

e) F – F – F – V.

07. (UECE) Para prevenir ou evitar doenças que possam ser contraídas ao se ingressar em diferentes países e estados brasileiros, o Ministério da Saúde e órgãos internacionais recomendam a vacinação de viajantes. Essa recomendação se baseia no princípio de que as vacinas imunizam:

a) Ativamente através da introdução de anticorpos.

b) Passivamente através da introdução de anticorpos.

c) Ativamente através da introdução de antígenos.

d) Efetivamente através da introdução de antibióticos.

08. (CEDERJ) Com tecnologia pioneira na produção de vacinas, o Brasil é destaque mundial na fabricação de substâncias imunológicas, que abastecem o sistema público de saúde e são exportadas para mais de 70 países. As vacinas tetravalentes (coqueluche, difteria, tétano e homófilo-b) e pentavalentes (que inclui as anteriores e mais a hepatite B) são produzidas em parceria entre a Fiocruz e o Instituto Butantã. A vacina pentavalente imuniza os indivíduos de doenças causadas por:

a) Fungos e vírus.

b) Bactérias e vírus.

c) Fungos e protozoários.

d) Bactérias e protozoários.

09. (PUC-MG) A leptospirose é normalmente transmitida por alimentos e/ou água contaminados pela bactéria, ou através do contato com solo molhado, ou água contendo urina de animais com leptospirose. A figura representa a forma mais comum de transmissão da leptospirose para humanos.

09

São medidas profiláticas que podem ser eficazes contra a leptospirose humana, exceto:

a) Adotar atitudes ou providências que evitem o entupimento de bueiros urbanos.

b) Evitar o acúmulo de lixo que favoreça a proliferação dos roedores.

c) Utilizar antibióticos e vacinas para o tratamento da doença em humanos.

d) Tratar a água a ser utilizada para o consumo humano.

10. (FPS) Considerando o número de notificações de casos da dengue no Estado de Pernambuco, que aumentou em relação aos demais estados brasileiros nos quatro primeiros meses do ano de 2012, leia o trecho extraído da obra de Mário de Andrade, Macunaíma (1928):

“Inda tanto nos sobra, por este grandioso país, de doenças e insectos por cuidar!… ”

Acerca da dengue, é correto afirmar que:

a) A ingestão e o uso indiscriminado de águas contaminadas pela população pernambucana aumenta o número de casos da doença.

b) A dengue é causada por um protozoário parasita unicelular, cujos sintomas incluem febre, dores musculares e diarreia.

c) O armazenamento de água limpa em recipientes inapropriados favorece a rápida proliferação do Aedes aegypti.

d) O depósito de resíduos orgânicos de alimentos em lixões a céu aberto aumenta a população do mosquito transmissor.

e) O alto nível de poluição atmosférica e o aquecimento global aceleram o desenvolvimento do mosquito nos países não tropicais.

11. VÍRUS MUTANTE VEIO DO PORCO

O vírus teria surgido da fusão total do vírus da gripe do porco com o vírus da gripe humana. Neste tipo de combinação, os genomas se quebram e formam-se um novo vírus, sem pedaços identificáveis de nenhum vírus que lhe deram origem. A fusão total é muito mais preocupante porque dá origem a um organismo contra o qual as pessoas não têm defesa. O resultado foi a disseminação da doença entre os soldados da Primeira Guerra Mundial. Daí para a população civil foi um pulo, em menos de um ano a Gripe havia se alastrado pelos cinco continentes. A epidemia acabou do mesmo modo súbito que começou. Deixou de saldo um crescente interesse médico pela epidemiologia e pelas pesquisas de vacinas. Mas, só em 1933, britânicos identificaram o vírus que acometera 50% de população mundial.

Fonte: Jornal Extra – 13/04/2003

A vacina é considerda:

a) Imunidade passiva artificial.

b) Imunidade passiva natural.

c) Imunidade ativa artificial.

d) Imunidade ativa natural.

e) Soro terapêutico ativo artificial.

12. (UPE) Esta questão refere-se a doenças, citadas na letra da música do grupo Titãs, que assolam a humanidade.

(…)

O pulso ainda pulsa

Peste bubônica, câncer, pneumonia,

Raiva, rubéola, tuberculose, anemia

Rancor, cisticercose, caxumba, difteria,

Encefalite, faringite, gripe, leucemia

(…)

Hepatite, escarlatina, estupidez, paralisia

Toxoplasmose, sarampo, esquizofrenia

Úlcera, trombose, coqueluche, hipocondria

Sífilis, ciúmes, asma, cleptomania

O corpo ainda é pouco

(…)

Reumatismo, Raquitismo, cistite, disritmia

Hérnia, pediculose, tétano, hipocrisia

Brucelose, febre tifoide, arteriosclerose, miopia

Catapora, culpa, cárie, cãibra, lepra, afasia

(…) 

Titãs, 1989.

Analise as afirmativas que melhor descrevem as doenças em destaque na música.

 

I. A tuberculose, o tétano e a difteria são doenças causadas pelas bactérias Mycobacterium tuberculosis, Clostridium tetani e Corynebacterium diphtheriae, respectivamente.

II. A febre tifoide tem como agente etiológico a bactéria Salmonella typhi, que é transmitida pela ingestão de água e alimentos contaminados. Os sintomas mais comuns são: febre alta, dor de cabeça, redução dos batimentos cardíacos, aumento do baço e manchas vermelhas no corpo.

III. A sífilis é causada pela bactéria denominada Treponema pallidum, sendo transmitida geralmente por contato sexual; um sinal característico dessa doença são verrugas nas regiões genital e anal, podendo levar, nas mulheres, ao câncer de colo uterino.

IV. A toxoplasmose é uma grave doença provocada pela bactéria Toxoplasma gondii, que pode afetar o sistema nervoso, levando a pessoa à cegueira. É transmitida ao homem pelo contato com as fezes e a urina de gatos contaminados.

V. A escarlatina é provocada pela bactéria Streptococcus pyogenes. É uma doença típica da infância, apresentando como sintomas uma tosse persistente e seca, acompanhada de febre e dificuldade para falar e engolir. A medida profilática mais importante é aplicação, nas crianças, da vacina tríplice.

Assinale a alternativa que contempla as afirmativas corretas.

a) II, III e V.

b) I, III e V.

c) I e II.

d) III e IV.

e) II e IV.

13. (COVEST) Com relação às doenças causadas no homem por protozoários, é verdadeiro afirmar que.

I  II

0  0 – A tricomoníase é causada por um protozoário flagelado que pode ser transmitido através do contato sexual com portadores desse flagelado.

1  1 – A leishmaniose cutânea ou úlcera de Bauru é causada por um protozoário esporozoário e é transmitida através da picada do mosquito-prego do gênero Anopheles.

2  2 – A giardíase é causada por um protozoário flagelado e é transmitida através da ingestão de alimentos ou de água contaminados com cistos do protozoário.

3  3 – A malária é causada por um protozoário flagelado e é transmitida através da picada do mosquito-palha ou birigui (flebótomo).

4  4 – A toxoplasmose é causada por um protozoário esporozoário e pode ser transmitida através da ingestão de cistos do parasita, eliminados com as fezes do gato.

14. (UNISINOS) De acordo com a Secretaria Estadual da Saúdo do Rio Grande do Sul, foram confirmados sete casos importados de febre Chikungunya no estado. A febre Chikungunya (CHIKV) é causada por um vírus do gênero Alphavirus, transmitida por mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. A transmissão se dá por meio da picada das fêmeas dos mosquitos infectadas pelo CHIKV em seres humanos. Os sintomas são semelhantes aos da dengue: febre alta, dor muscular e nas articulações, cefaleia e exantema. O tratamento é realizado para combater os sintomas, pois ainda não há vacina para a doença.

14

Mosquito Aedes aegypti.

(Disponível em http://www.minhavida.com.br/saude/temas/febre-chikungunya.

Acesso em 30 abr. 2015.)

Com base nessas informações, pode-se afirmar que o mosquito, o vírus e os seres humanos são, respectivamente:

a) Agente etiológico – vetor – hospedeiro.

b) Agente etiológico – hospedeiro – vetor.

c) Vetor – agente etiológico – hospedeiro.

d) Vetor – hospedeiro – agente etiológico.

e) Hospedeiro – vetor – agente etiológico.

15. (PUC-SP) A terrível mosca do sono referida na tira abaixo é agente transmissor de um protozoário do gênero Trypanosoma.

15

Essa mosca tem papel análogo:

a) Ao do barbeiro, transmissor de um protozoário pertencente ao mesmo gênero acima citado, que é o agente etiológico da doença de Chagas.

b) Ao do barbeiro, transmissor de um protozoário pertencente a um gênero diferente do acima citado, que é o agente etiológico da malária.

c) Ao do mosquito-prego, transmissor de um protozoário pertencente ao mesmo gênero acima citado, que é o agente etiológico da malária.

d) Ao do mosquito-prego, transmissor de um protozoário pertencente a um gênero diferente do acima citado, que é o agente etiológico da doença de Chagas.

e) Ao do mosquito-palha, transmissor de um protozoário pertencente ao mesmo gênero acima citado, que é o agente etiológico da leishmaniose visceral.

16. (IFSC) Em relação à meningite e ao sistema nervoso, assinale no cartão-resposta a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. A transmissão da meningite se dá pelo contato sexual pessoa a pessoa, levando a bactéria a se instalar no sistema circulatório, aproximadamente cinco dias após o contágio.

02. A meningite é uma doença que consiste na inflamação das meninges – membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal. Ela pode ser causada, principalmente, por vírus ou bactérias.

04. As meninges são três membranas concêntricas sobrepostas que revestem o encéfalo e a medula espinhal com o intuito de os protegerem. As três membranas, cada uma de diferente consistência, denominam-se dura-máter, aracnoide e pia-máter.

08. Os principais sinais e sintomas da meningite são: febre alta que começa abruptamente, dor de cabeça intensa e contínua, vômito, náuseas, rigidez na nuca e manchas vermelhas na pele.

16. Como ainda não existe vacina para combater nenhum tipo de microrganismo da meningite, em caso de suspeita desta doença, é fundamental introduzir os medicamentos adequados.

Soma das proposições corretas:

17. (PUC-SP) No início do século 20, o brasileiro Carlos Chagas iniciou um estudo que o levou à descoberta de uma série de características do ciclo do parasita. Daquela época até hoje, houve avanços significativos nas pesquisas que envolvem esse parasita. Com relação à sua estrutura celular e ao seu modo de transmissão, podemos afirmar que ele é um:

a) Procarionte, transmitido por um inseto hematófago.

b) Procarionte, transmitido por água contaminada.

c) Procarionte, transmitido por contato com secreções do trato respiratório.

d) Eucarionte, transmitido por um inseto hematófago.

e) Eucarionte, transmitido por água contaminada.

18. (ACEFE) Avanço no combate a doença de Chagas.

Uma vacina capaz de impedir o avanço da doença de Chagas e atenuar danos causados por essa enfermidade acaba de ser testada com sucesso em camundongos no Instituto Oswaldo Cruz, da Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). Os animais apresentaram melhora significativa na sua função cardíaca. Batizada de rAdVax, a vacina usa um adenovírus (virus muito comum na população) modificado para transportar pequenas sequencias genéticas de duas diferentes fases da vida do agente etiológico. Esses elementos são capazes de estimular a resposta imunológica do organismo nas duas fases da doença.

Fonte: Ciência Hoje, 11/05/2015.Disponivel em: http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/2015

Sobre o tema, analise as afirmações a seguir.

I. A doença de Chagas é transmitida pelo Trypanosoma cruzi, um parasita da mesma família do tripanosoma africano, responsável pela doença do sono.

II. Entre os principais fatores de risco para a doença de Chagas pode-se citar: habitar casas onde os insetos transmissores vivam e receber transfusão de sangue ou um transplante de órgão de uma pessoa portadora do parasita.

lll. A vacina contém antígeno que, ao ser introduzido no hospedeiro, é capaz de desencadear a resposta imune. Com o reconhecimento e produção de anticorpos e a ativação de células do sistema imune, caracteriza-se uma imunização ativa. Enquanto os soros já contêm anticorpos prontos, o que leva a uma imunização passiva e por isso temporária.

lV. Assim como a doença de chagas, a malária é causada por um protozoário pertencente ao Reino Protista. A transmissão da malária ocorre após picada da fêmea do mosquito Anopheles, infectada por protozoários do gênero Plasmodium. No Brasil, três espécies estão associadas à malária em seres humanos: Plasmodium vivax, Plasmodium falciparum e Plasmodium malariae.

V. Os vetores da doença de Chagas são os triatomíneos (família Reduviidae), insetos hematófagos popularmente conhecidos como barbeiros ou bicudos. A principal forma de transmissão acontece pela picada do “barbeiro”, enquanto o inseto suga o sangue, visto que o agente etiológico se encontra na saliva desse inseto.

Todas as afirmações corretas estão em:

a) Apenas II, III e IV estão corretas.

b) Apenas a afirmação II está correta.

c) Apenas IV e V estão corretas.

d) Todas as afirmações estão corretas.

19. (MACK) Levantamento do Ministério da Saúde divulgou em 12/3/15 que 340 municípios brasileiros estão em situação de risco para epidemias de dengue e da febre chikungunya. Ainda, de acordo com os dados, 877 cidades estão em alerta para ambas as doenças. A respeito dessas duas doenças, são feitas as seguintes afirmações:

I. Ambas são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

II. Ambas são causadas por vírus.

III. Não há vacinação para ambas.

IV. Ambas são consideradas endêmicas.

Estão corretas, apenas,

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) I, II e III.

e) I, III e IV.

20. (UNIMONTES) A figura abaixo mostra, de maneira resumida, um achado referente a uma doença. Analise-a e faça uma associação com as características apresentadas.

20

Com base no exposto, e correto afirmar que:

a) Trata-se da doença de Alzheimer, tendo como causa básica o déficit na síntese de noradrenalina.

b) A associação da figura com as características apresentadas leva à doença de Parkinson, sendo causada pela destruição dos nodos de Ranvier e excesso de dopamina.

c) A doença em questão é a esclerose múltipla, provoca dificuldades sensitivas e motoras em função da desmielinizacao axônica.

d) A doença em questão é a nefropatia diabética, que tem como elemento desencadeante o excesso de glicose e adrenalina.

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 2 de janeiro de 2016

Os números de 2015

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2015 deste blog.

Aqui está um resumo:

Cerca de 1.000.000 pessoas visitam o Seattle Space Needle todos os anos. Este blog foi visitado cerca de 3.900.000 vezes em 2015. So fosse o Space Needle, eram precisos 4 anos para que todos o visitassem.

Clique aqui para ver o relatório completo

Publicado por: Djalma Santos | 31 de dezembro de 2015

TESTES SOBRE EVOLUÇÃO (3)

01. (UEL) Leia a tirinha e o texto a seguir.

01

Antes do século XVIII, as especulações sobre a origem das espécies baseavam-se em mitologia e superstições e não em algo semelhante a uma teoria científica testável. Os mitos de criação postulavam que o mundo permanecera constante após sua criação. No entanto, algumas pessoas propuseram a ideia de que a natureza tinha uma longa história de mudanças constantes e irreversíveis.

(Adaptado de: HICKMAN, C. P.; ROBERTS, L.; LARSON, A. Princípios Integrados de Zoologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. p.99.)

De acordo com a ilustração, o texto e os conhecimentos sobre as teorias de fatores evolutivos, assinale a alternativa correta.

a) A variabilidade genética que surge em cada geração sofre a seleção natural, conferindo maior adaptação à espécie.

b) A variabilidade genética é decorrente das mutações cromossômicas e independe das recombinações cromossômicas.

c) A adaptação altera a frequência alélica da mutação, resultando na seleção natural em uma população.

d) A adaptação é decorrente de um processo de flutuação na frequência alélica ao acaso de uma geração para as seguintes.

e) A adaptação é o resultado da capacidade de os indivíduos de uma mesma população possuírem as mesmas características para deixar descendentes.

02. (UEM) Sobre o processo de especiação é correto afirmar que:

01. Espécies simpátricas são aquelas que ocupam a mesma região, enquanto as espécies alopátricas vivem em diferentes regiões, apresentando isolamento geográfico.

02. As mutações que ocorrem nas células somáticas são transmitidas às gerações seguintes, nas quais surgem novas características.

04. Em uma população de insetos, a alta taxa de reprodução por via sexuada fornece populações variadas, cuja quantidade de genes mutantes diferentes é alta.

08. Após um longo período de isolamento geográfico, as diferenças genéticas podem impedir o acasalamento entre os indivíduos de duas populações.

16. A reprodução sexuada não cria novos genes, mas os reúne em novas combinações, o que aumenta a variabilidade genética.

Soma das alternativas corretas:

03. (FUVEST) Certa planta apresenta variabilidade no formato e na espessura das folhas: há indivíduos que possuem folhas largas e carnosas, e outros, folhas largas e finas; existem também indivíduos que têm folhas estreitas e carnosas, e outros com folhas estreitas e finas. Essas características são determinadas geneticamente. As variantes dos genes responsáveis pela variabilidade dessas características da folha originaram-se por:

a) Seleção natural.

b) Mutação.

c) Recombinação genética.

d) Adaptação.

e) Isolamento geográfico.

04. (UPE) Observe as imagens a seguir:

04

                   (Disponível em: http://www.ib.usp.br/evosite/lines/IIhomologies.shtml)

Elas correspondem a fotos de plantas nas quais as folhas são bem diferentes das que conhecemos. Observe que, nas imagens, as folhas não desempenham a mesma função, embora possuam a mesma origem embrionária, o desenvolvimento estrutural semelhante e apresentem características similares por causa do parentesco. Considerando-se o processo evolutivo em questão, relacionado nas respectivas imagens, podemos classificá-lo como exemplo de:

a) Homoplasia.

b) Analogia.

c) Órgãos vestigiais.

d) Convergência evolutiva.

e) Homologia.

05. (UCS) Nos animais, as estruturas corporais que se desenvolvem de forma semelhante durante a vida embrionária, mas que na vida adulta podem desempenhar funções diferentes, são chamadas de órgãos ____________, como é o caso da asa de uma ave e a nadadeira de um golfinho. Já órgãos que desempenham funções semelhantes, mas que possuem origem embrionária diferentes são chamados de _____________, como é o caso das asas das aves e dos insetos: ambos estão adaptados à função de voar. Esse processo evolutivo que leva duas espécies, um tanto diferentes, como é o caso das aves e dos insetos, a apresentarem uma estrutura semelhante com a mesma função, é chamado de ___________ evolutiva.

Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas acima.

a) homólogos; análogos; convergência

b) divergentes; convergentes; deriva

c) homólogos; divergentes; divergência

d) análogos; convergentes; divergência

e) análogos; homólogos; convergência

06. (IFSC) O preá mais raro do mundo vive na Grande Florianópolis, em Santa Catarina. Ele é simpático e sociável. Vive isolado em uma pequena ilha do litoral catarinense há 8 mil anos. Da mesma família de outro preá que vive no continente (Cavia magna), o preá do arquipélago de Moleques do Sul, em Palhoça, foi descrito como uma nova espécie (Cavia intermedia) por apresentar diferenças em relação ao seu parente continental e é considerado o mamífero mais raro do planeta. Primeiro, porque o único lugar de que se tem notícia que ele habite é a ilha de 9,86 hectares. Segundo, porque o total de indivíduos da espécie não passa de 100. Mas, afinal, como foi parar lá? A hipótese mais provável é de que, oito mil anos atrás, com o fim da era do gelo, o nível do oceano subiu muito e o arquipélago, que era o topo de uma montanha ligada ao continente, acabou cercado por água e virou uma ilha. Alguns preás que estavam no local ficaram isolados.

Adaptado de: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/noticia/2010/06/prea-mais-raro-do-mundo-vive-em-santa-catarina-2935554.html Acesso: 9 mar. 2014.

Assinale a soma da(s) proposição (ões) correta(s).

01. O processo de cladogênese que separou o arquipélago do continente e com isso isolou uma população de preás na ilha, foi determinante para que, junto ao processo de anagênese, a nova espécie surgisse.

02. Certamente a diferença que existe entre os preás do continente e aqueles da ilha é resultado da lei dos caracteres adquiridos que permite que as características dos indivíduos sejam transmitidas para seus descendentes através das gerações.

04. O caso descrito no texto é um caso extremo de deriva genética, chamado de princípio do fundador. Nesse caso, uma “nova” população é fundada por uns poucos indivíduos; os indivíduos que iniciam a nova população não constituem uma amostra representativa dos alelos presentes na população original.

08. Quando o texto diz que o preá Cavia intermedia é da mesma família do preá Cavia magna, ele poderia também afirmar que os dois preás são da mesma classe, da mesma ordem ou do mesmo gênero.

16. Ao se referir aos dois preás pelo nome científico, bastaria dizer intermedia e magna. Colocar o Cavia na frente dos dois nomes é somente um formalismo desnecessário.

32. Por ser uma população pequena, é muito difícil que entre os indivíduos da espécie Cavia intermedia na ilha, os cruzamentos não sejam em sua maioria endogâmicos, ocasionando uma alta taxa de homozigose.

Soma das alternativas corretas:

07. (CEFET-MG) O comércio de remédios falsos contra a malária difundiu-se de forma significativa em países onde essa doença é comum e frequente. Apesar de não serem eficazes contra o parasita, são mais baratos e, dessa forma, mais acessíveis às pessoas com renda muito limitada. Mesmo sendo baseados em artemisinina, ingrediente mais recente e poderoso no tratamento contra essa doença, o grande problema é que podem conter quantidade muito inferior dessa substância do que o indicado.

Disponível em: <http://www.planetseed.com/pt-br/relatedarticle/medicamentos-contra-malaria&gt;. Acesso em 06 jan 2014. (Adaptado)

O problema causado pela utilização desses medicamentos falsificados é que eles:

a) Favorecem a disseminação dessa doença pelo mundo.

b) Resultam na morte de pacientes mais sensíveis ao tratamento.

c) Provocam o desenvolvimento de novas variedades de parasitas.

d) Estimulam a proliferação dos protozoários no sangue dos pacientes.

e) Ocasionam a seleção de variedades resistentes desses agentes etiológicos.

08. (MACK) Considere as afirmações abaixo:

I. Órgãos análogos são aqueles que desempenham a mesma função, mas têm origem embrionária e estruturas anatômicas diferentes.

II. A presença de órgãos homólogos é evidência a favor do parentesco evolutivo entre duas espécies.

III. As asas dos insetos e das aves são consideradas órgãos homólogos.

Assinale:

a) Se apenas I for verdadeira.

b) Se apenas II for verdadeira.

c) Se apenas III for verdadeira.

d) Se apenas I e II forem verdadeiras.

e) Se apenas I e III forem verdadeiras.

09. (IFMG)  OMS alerta: a era pós-antibiótico está próxima

Um relatório divulgado nesta quarta-feira, 30, pela Organização Mundial de Saúde alerta: estamos nos aproximando de uma era perigosa para a humanidade, em que doenças e infecções que sempre foram tratadas de maneira eficiente com antibióticos voltarão a ser letais.

O motivo: as bactérias estão cada vez mais resistentes a agentes antibióticos.

Disponível em: http://www.revistagalileu.globo.com/Revista/abril-2014. Acesso em: 13 de junho 2014 (adaptado).

Sobre a resistência bacteriana a antibióticos, pode-se afirmar que, exceto:

a) O uso de determinados antibióticos transforma bactérias sensíveis em resistentes.

b) Determinados antibióticos atuam favorecendo a seleção natural, eliminando bactérias sensíveis e permitindo a sobrevivência de bactérias resistentes.

c) Nas bactérias, os genes que conferem resistência aos antibióticos encontram-se nos plasmídeos, transferidos de um organismo ao outro durante a conjugação.

d) Recombinação gênica e mutação podem explicar a existência de variabilidade entre bactérias

10. (UFSJ) A figura a seguir destaca (conforme a seta) uma estrutura sensorial, o olho, presente em duas linhagens distintas de animais: nos protostômios e nos deuterostômios.

10

Sobre a estrutura sensorial destacada, é correto afirmar que:

a) Trata-se de uma convergência, pois os olhos da lula e os dos peixes não apresentam a mesma origem.

b) Os olhos dos peixes derivaram dos olhos da lula, que são moluscos, animais mais primitivos.

c) Os olhos da lula e os dos peixes são homólogos, pois derivaram de um mesmo ancestral.

d) Os olhos da lula derivaram dos olhos dos peixes cartilaginosos.

11. Competindo com as tartarugas gigantes pela posição de espécie mais famosa das ilhas de Galápagos, estão 13 espécies de tentilhões. Elas são conhecidas como tentilhões de Darwin porque serviram como prova para a sua teoria da evolução e seleção natural. Esses tentilhões são um exemplo de:

a) Isolamento geográfico.

b) Mimetismo.

c) Irradiação adaptativa.

d) Espécie alopátrica.

e) Camuflagem.

12. (UEPG) Darwin propôs a teoria da seleção natural. Essa teoria expõe a reprodução diferencial dos indivíduos de uma população, em que os mais bem adaptados têm maior chance de deixar descendentes. Com relação à seleção natural, assinale o que for correto.

01. O uso errôneo de um antibiótico pode acarretar na seleção de bactérias resistentes. Esse é um exemplo de seleção estabilizadora.

02. A seleção pode ser classificada por tipos, na seleção estabilizadora os fenótipos intermediários apresentam maior chance de sobrevivência e reprodução.

04. A seleção disruptiva ou diversificadora pode levar a diversificação de uma população, favorecendo os extremos e eliminando a média.

08. A seleção natural decorre das restrições que o meio impõe à sobrevivência dos organismos, tais como disponibilidade de alimento, disputa de recursos com outros seres, ação de predadores e parasitas, doenças, sucesso reprodutivo, entre outros.

16. A seleção direcional sempre favorece os indivíduos de fenótipo intermediário em uma população, os quais, por cruzamento, voltam a regenerar os extremos.

Soma das alternativas corretas:

13. (UniEvangélica) Observe a figura e leia o texto a seguir:

13

Quando Charles Darwin visitou as Ilhas Galápagos, registrou a presença de várias espécies de tentilhão que tinham aparência muito similar, exceto por seus bicos. Tentilhões do solo têm bicos profundos e largos; tentilhões do cacto têm bicos longos e pontudos; tentilhões-rouxinóis têm bicos afilados e pontudos; refletindo diferenças em suas respectivas dietas. Darwin especulou que todos os tentilhões tinham um ancestral comum que tinha migrado para as ilhas. Parentes próximos dos tentilhões das Galápagos são conhecidos no continente da América do Sul, e o caso dos tentilhões de Darwin se tornou desde então o exemplo clássico de como a seleção natural levou à evolução de uma variedade de formas adaptadas a nichos ecológicos diferentes a partir de uma espécie ancestral.

SILVA JÚNIOR, César da; SASSON, Sezar; CALDINI JÚNIOR, Nelson. Biologia. Vol. único. São Paulo: Saraiva, 2011. p. 256.

Os tentilhões de Darwin exemplificam um caso de:

a) Irradiação adaptativa.

b) Convergência evolutiva.

c) Equilíbrio de Hardy-Weinberg.

d) Deriva genética.

14. Três espécies diploides diferentes de plantas da família do girassol, convivendo em uma mesma área geográfica, geraram híbridos férteis incapazes de cruzar com as espécies ancestrais. Essas espécies novas se espalharam por uma área geográfica maior que a ocupada pelas espécies parentais. Nesse caso, o processo e o mecanismo de especiação que melhor se adaptam à situação descrita são, respectivamente:

a) A alopatria e o efeito do fundador.

b) A simpatria e a poliploidia..

c) A parapatria e o fluxo gênico.

d) A alopatria e a seleção sexual.

e) A simpatria e o efeito do fundador.

15. (PUC-MG) A análise morfofuncional das semelhanças e diferenças nas estruturas corporais de diferentes animais fornece subsídios para a classificação filogenética sendo evidências da evolução biológica. A figura abaixo representa a estrutura interna e externa dos membros anteriores de três animais.

15

Analisando-se esses apêndices articulados, é correto afirmar:

a) I, II e III surgiram em um processo de divergência adaptativa.

b) I, II e III são órgãos homólogos originados por irradiação adaptativa.

c) II e III são órgãos análogos que indicam ancestralidade comum e função homóloga.

d) I e II são órgãos análogos que foram selecionados por convergência adaptativa.

16. (UFPR) A Seleção Natural é um dos principais fatores responsáveis pela evolução, juntamente com a mutação, a deriva genética e a migração genética. Para que a Seleção Natural ocorra em uma população, é imprescindível que haja:

a) Alteração do meio ambiente, propiciando o favorecimento de alguns indivíduos da população.

b) Diversidade da composição genética dos indivíduos da população.

c) Informações genéticas anômalas que produzam doenças quando em homozigose.

d) Disputa entre os indivíduos, com a morte dos menos aptos.

e) Mutação em taxa compatível com as exigências ambientais.

17. Assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) o as afirmações que seguem, relativas à especiação.

( ) As espécies de tentilhão observadas por Darwin nas ilhas Galápagos se diversificaram por cladogênese.

( ) Duas espécies estabelecidas em razão de isolamento geográfico prolongado apresentam especiação alopátrica.

( ) Novas espécies são atualmente descritas segundo o conceito tipológico no qual um indivíduo é tido como padrão.

( ) As espécies atuais, por estarem em seu pico adaptativo, não estão sujeitas às forças evolutivas.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) V – F – V – F.

b) F – V – F – V.

c) V – F – F – F.

d) F – V – V – V.

e) V – V – F – F.

18. (UFTM) O texto ilustra um trecho de uma importante descoberta para a Biologia.

(…) Em alguns casos, essas variações – um rabo de macaco mais forte para se pendurar num galho, uma língua de sapo mais longa para capturar uma mosca, uma flor mais colorida para atrair a atenção de um polinizador – são benéficas. Consequentemente, os indivíduos portadores dessas variações sobrevivem por mais tempo e se reproduzem com mais frequência e transmitem essas características aos descendentes, enquanto variações prejudiciais ou menos eficientes são gradativamente exterminadas. ‘É uma luta pela sobrevivência, na qual os mais fracos e menos perfeitamente organizados devem sempre sucumbir’, escreveu Wallace. (…)

(O Estado de S.Paulo, 29.06.2008. Adaptado.)

Pode-se afirmar que Alfred Russel Wallace, assim como:

a) Gregor Mendel, são os elaboradores das leis de transmissão genética aos descendentes.

b) Jean Baptiste Lamarck, são os idealizadores da lei da transmissão dos caracteres adquiridos.

c) Watson e Crick, são os descobridores do modelo de dupla hélice do DNA.

d) Charles Darwin, são os elaboradores da teoria da seleção natural.

e) Thomas Morgan, são os descobridores da presença de genes ligados nos cromossomos.

19. (UFU) O princípio do equilíbrio gênico prediz que, se não existirem fatores evolutivos atuando sobre uma população, as frequências de seus genes alelos permanecerão inalteradas ao longo das gerações. Em relação às condições e aos fatores que podem atuar nessa população, marque a alternativa correta.

a) A seleção natural é um fator que altera o equilíbrio gênico de maneira aleatória e drástica.

b) Os fatores evolutivos mutação e migração alteram o equilíbrio gênico por meio da seleção sexual.

c) Para que ocorra equilíbrio gênico essa população deve ser muito grande e panmítica.

d) A deriva genética e o efeito fundador são fatores que alteram o equilíbrio gênico de maneira direcional e gradual.

20. (UNIFOR) A variedade de seres vivos em nosso planeta, isto é, a biodiversidade, tem fascinado a humanidade ao longo de sua história. De acordo com as explicações científicas, a enorme variedade de espécies viventes é resultado do processo de transformação e adaptação inerentes à própria vida, que constituem a evolução biológica. As ideias mais consistentes sobre a evolução foram propostas originalmente pelos naturalistas ingleses Charles Darwin (1809-1882) e Alfred Russel Wallace (1823-1913). Essas ideias ficaram conhecidas como Darwinismo. Com o desenvolvimento da Genética, a partir do século XX, novos dados foram incorporados às ideias darwinianas, surgindo a Teoria Moderna da Evolução. Essa teoria considera a mutação gênica, a recombinação gênica e a seleção natural como os três principais fatores evolutivos. Neste contexto, a alternativa que indica qual (is) deles é (são) responsável (eis) pela origem das variações hereditárias é:

a) Recombinação gênica e seleção natural.

b) Seleção natural e mutação gênica.

c) Mutação gênica e recombinação gênica.

d) Mutação gênica, somente.

e) Recombinação gênica, somente.

gab

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias