Publicado por: Djalma Santos | 21 de abril de 2018

TESTES SOBRE EVOLUÇÃO (17)

01. (UFRGS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. A diversidade genética constitui a matéria-prima dos processos evolutivos. A ……… e a …….. atuam a favor da manutenção da diversidade genética nas populações.

a) deriva genética – seleção direcional

b) seleção estabilizadora – reprodução assexuada

c) mutação neutra – recombinação sexual

d) deriva genética – seleção dependente de frequência

e) seleção estabilizadora – recombinação sexual

02. (UFPR) A Seleção Natural é um dos principais fatores responsáveis pela evolução, juntamente com a mutação, a deriva genética e a migração genética. Para que a Seleção Natural ocorra em uma população, é imprescindível que haja:

a) alteração do meio ambiente, propiciando o favorecimento de alguns indivíduos da população.

b) informações genéticas anômalas que produzam doenças quando em homozigose.

c) disputa entre os indivíduos, com a morte dos menos aptos.

d) mutação em taxa compatível com as exigências ambientais.

e) diversidade da composição genética dos indivíduos da população.

03. (UNICENTRO) Considere as teorias abaixo:

I. “Todos os seres vivos, incluindo-se a espécie humana, descendem de ancestrais comuns e teriam evoluído por seleção natural. Os organismos com características mais vantajosas no ambiente em que se encontram teriam maiores possibilidades de sobreviver e de reproduzir-se.”

II. “Organismos muito simples estariam sempre se originando por geração espontânea a partir de matéria inanimada. Esses seres primitivos se tornariam, a cada geração, mais organizados e complexos, pois a matéria viva possuía uma tendência natural de se transformar rumo a uma organização e complexidade crescentes.”

III. “A visão de cunho metafísico de que o universo e os seres vivos permanecem imutáveis desde sua criação predominou até o final do século XVIII, quando conceitos consagrados começaram a ser desafiados pelo desenvolvimento da ciência experimental.”

Tais teorias fundamentam:

a) I – Lamarckismo; II – Fixismo; III – Darwinismo.

b) I – Fixismo; II – Lamarckismo; III – Darwinismo.

c) I – Darwinismo; II – Lamarckismo; III – Fixismo.

d) I – Darwinismo; II – Fixismo; III – Lamarckismo.

e) I – Fixismo; II – Darwinismo; III – Lamarckismo.

04. (ACAFE)

Encontrada a evidência de vida mais antiga

Uma equipe internacional de geólogos, paleontólogos e nanotecnólogos encontrou em rochas canadenses, estruturas tubulares e filamentosas que, segundo interpretam, representam bactérias fósseis. Provenientes de fumarolas hidrotermais do fundo do oceano de 3,77 a 4,28 bilhões de anos atrás, esses microfósseis representam as mais antigas evidências

de vida de que temos registro até agora.

Fonte: Jornal El País, 01/03/2017.Disponível em: http://brasil.elpais.com

Nesse sentido, marque V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas.

( ) As bactérias são organismos unicelulares que podem ou não formar colônias. Esses organismos possuem material genético disperso no citoplasma, sendo, portanto, denominados procariontes.

( ) Segundo a hipótese heterotrófica, os primeiros seres vivos do planeta Terra eram unicelulares, procariotos e capazes de sintetizar matéria orgânica através da fotossíntese.

( ) Os fósseis são restos de seres vivos ou evidências de suas atividades biológicas preservados em diversos materiais, como rochas, sedimentos e resina, por exemplo.

( ) Além dos fósseis, a embriologia comparada, os órgãos vestigiais, os órgãos homólogos, os órgãos análogos e a semelhança na estrutura molecular de diversos organismos podem ser considerados evidências e provas da evolução.

( ) De acordo com a teoria sintética da evolução, as mutações sempre trazem vantagens adaptativas em relação ao meio.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) V – F- F – F – V.

b) V – F – V – V – F.

c) F – F – V – F – F.

d) F – V – F – V – F.

05. (UniTau) A figura abaixo mostra ossos de chimpanzé, de um australopiteco e do homem moderno. Uma das características dos Australopithecus é que, possivelmente, apresentavam postura ereta. Isso foi deduzido pela posição dos ossos da bacia, do joelho e pela impressão de suas pegadas. Australopithecus sediba, cujos ossos fossilizados foram descobertos em 2008, na África do Sul, é uma espécie considerada descendente de Australopithecus africanus e um ancestral do gênero Homo. No caso específico de A. sediba, há evidências de que a espécie andou com a perna totalmente estendida e, no momento em que o pé estava levantado e indo para frente durante a marcha, as solas do pé ficavam voltadas para dentro (pé invertido). Os ossos da figura abaixo estão relacionados com o andar bípede.

Adaptado de http://humanorigins.si.edu/human-characteristics/walking-upright.

Acesso em maio de 2017.

Assinale a alternativa que indica, corretamente, os ossos indicados pelos números 1, 2, 3 e 4 e o nome do osso formado pela fusão dos ossos 2, 3 e 4.

a) (1) fêmur; (2) ílio; (3) púbis; (4) ísquio; osso ilíaco ou coxal.

b) (1) tíbia; (2) ílio; (3) ísquio; (4) púbis; osso escápula.

c) (1) fêmur; (2) úmero; (3) cóccix; (4) púbis; osso ilíaco ou coxal.

d) (1) tíbia; (2) ísquio; (3) púbis (4) úmero; osso társico.

e) (1) fêmur; (2) tíbia; (3) fíbula; (4) sacro; osso társico.

06. (UEPG) Assinale o que for correto sobre as evidências da evolução biológica.

01. Os fósseis são considerados evidências importantes da evolução biológica. Podem ser vestígios deixados por seres que viveram no passado, como ossos, dentes, organismos ou partes deles petrificados, e pegadas impressas em rochas, entre outros, permitindo deduzir o tamanho e a forma dos organismos.

02. Podemos citar como exemplos de evidência da evolução biológica os órgãos análogos. Trata-se de estruturas ou órgãos que compartilham de estrutura embrionária em comum, mas desempenham funções diferentes na idade adulta.

04. O mimetismo é uma adaptação onde duas espécies diferentes não compartilham semelhança alguma. Por serem muito diferentes, confundem os predadores, polinizadores, entre outros. É uma adaptação sempre desvantajosa para uma das espécies.

08. Os órgãos homólogos, ou seja, aquelas estruturas corporais com origens embrionárias diferentes e que desempenham funções semelhantes, são evidências da evolução biológica. Exemplo: asas de aves e asas de insetos utilizadas para o voo.

16. Uma evidência biológica importante é a adaptação dos seres vivos ao seu ambiente. A camuflagem é um exemplo de adaptação, visto que uma ou mais características corporais se assemelham ao ambiente, dificultando assim a sua localização por outros seres. Exemplo: a pelagem branca de alguns animais que vivem na neve.

Soma das alternativas corretas:

07. (PUC-RIO) A especiação alopátrica acontece quando duas populações de uma espécie são separadas por uma barreira geográfica. Essa barreira geográfica, que pode ser uma montanha, um deserto ou rio, por exemplo, causa uma separação espacial (alopatria). Diferentes eventos podem resultar em especiação alopátrica. A esse respeito, considere as afirmativas abaixo.

I. A especiação alopátrica ocorre quando a população separada é pequena e a deriva genética tem mais força.

II. A especiação alopátrica ocorre quando a população isolada é exposta a pressões de seleção semelhantes àquelas da população ancestral.

III. A especiação alopátrica ocorre quando processos de mutações diferentes começam a apresentar diferenças na frequência alélica das populações separadas.

IV. A especiação alopátrica ocorre quando o fluxo gênico entre as duas populações é mantido.

Está correto somente o que se afirma em:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e III.

e) III e IV.

08. (PUC-SP) Considere a seguinte filogenia.

Fonte: Reece e cols. Biologia de Campbell. 10a.

Porto Alegre: Artmed, 2015.

De acordo com as informações expressas na filogenia, é correto afirmar que:

a) a notocorda e uma estrutura que surgiu há cerca de 542 milhões de anos.

b) a respiração pulmonar nos vertebrados surgiu há mais de 400 milhões de anos.

c) a homeotermia é uma novidade evolutiva surgida no Cenozoico.

d) a coluna vertebral é uma estrutura surgida há cerca de 300 milhões de anos.

09. (FIT) A teoria sintética da evolução está fundamentada nos seguintes conceitos: adaptação, mutação, variabilidade genética, seleção natural e recombinação gênica. A frase que inter-relaciona corretamente esses conceitos é:

a) A variabilidade genética promove a recombinação gênica e a mutação em uma população, que, por meio da adaptação ao ambiente, está sujeita à seleção natural.

b) A seleção natural promove a variabilidade genética em uma população, que, por meio da mutação e da recombinação gênica, está sujeita à adaptação ao ambiente.

c) A mutação e a recombinação gênica promovem a variabilidade genética em uma população, que, por meio da seleção natural, está sujeita à adaptação ao ambiente.

d) A recombinação gênica e a seleção natural promovem as mutações em uma população, que, por meio da adaptação ao ambiente, está sujeita à variabilidade genética.

e) A adaptação e a seleção natural promovem a recombinação gênica em uma população, que, por meio da mutação, está sujeita à variabilidade genética no ambiente.

10. (FATEC) A afirmação “os humanos descendem dos chimpanzés” é contrariada pelo cladograma apresentado, segundo o qual:

a) os chimpanzés são humanos menos evoluídos.

b) os gorilas, os chimpanzés e os humanos descendem, sequencialmente, dos gibões.

c) os gibões, os gorilas e os chimpanzés descendem da linha evolutiva dos humanos.

d) os humanos e os chimpanzés descendem de um ancestral comum exclusivo.

e) os chimpanzés são mais aparentados aos gorilas que aos humanos.

11. (FAMERP) Considere os exemplos de características anatômicas e fisiológicas de três seres vivos.

– O chimpanzé (Pan troglodytes) possui visão binocular e o primeiro dedo oponível nas mãos. A visão binocular permite que o cérebro distinga as diferentes distâncias entre os objetos observados e o observador e a presença do primeiro dedo oponível nas mãos permite o movimento de pinça, facilitando agarrar objetos.

– O inseto maria-fedida (Nezara viridula) libera um odor, produzido por glândulas toda vez que se sente ameaçado. Além dessa defesa, ele pode apresentar algumas colorações, como verde ou marrom, o que auxilia na proteção contra predadores.

– A planta urtiga (Urera baccifera) apresenta tricomas urticantes na superfície de suas folhas. Eles secretam substâncias ácidas, causando vermelhidão, coceira e ardência na pele de uma pessoa que as toca. Esses três seres vivos apresentam:

a) normas de reação, que apareceram por mutações induzidas.

b) características adaptativas, que foram selecionadas pelo ambiente.

c) órgãos homólogos, que surgiram para adaptá-los ao ambiente.

d) órgãos vestigiais, que ficaram cada vez mais complexos com o tempo.

e) órgãos análogos, que surgiram pela necessidade de sobrevivência.

12. (FCMSCSP) As árvores filogenéticas apresentam linhas unidas por ramificações.

As regiões de ramificações indicam:

a) o início da convergência adaptativa entre populações.

b) a ocorrência de evento de extinção das populações.

c) o estabelecimento de fluxo gênico entre populações.

d) o início da divergência genética entre populações.

e) o surgimento de um ancestral comum às populações.

13. (FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS-2018-PROVA 5) Observe a árvore filogenética de alguns primatas americanos ilustrada abaixo.

De acordo com o relacionamento filogenético, o grupo formado pelos gêneros Alouatta e Cortelles e o grupo formado pelos gêneros Protophitecus e Brachyteles são classificados, respectivamente, como:

a) parafilético e monofilético.

b) polifilético e parafilético.

c) polifilético e monofilético.

d) monofilético e parafilético.

e) monofilético e polifilético.

14. (FACULDADE ALBERT EINSTEIN) O nome cacto é atribuído a plantas da família Cactaceae. Os cactos são conhecidos, dentre outras características, pela presença de inúmeros espinhos caulinares e capacidade de armazenar água. No entanto, algumas espécies de plantas que apresentam esse mesmo aspecto vegetal pertencem à família Euphorbiaceae, ou seja, têm maior parentesco evolutivo com plantas tais como a mandioca e a seringueira. A figura a seguir mostra a semelhança entre essas plantas.

Fonte:<http://plantconvergentevolution.weebly.com/uploads/2/7/3/0/27301003/5588755_

orig.jpg>

Considerando essas informações, é correto afirmar que as plantas da figura representam um caso evolutivo de:

a) homologia.

b) camuflagem.

c) herança de caracteres adquiridos.

d) analogia.

15. (URCA) Jean Baptiste Lamarck foi pioneiro no estudo da evolução das espécies. Foi o primeiro pesquisador a afirmar que as espécies evoluíam ao longo do tempo, sendo o meio o fator primordial da influência evolutiva. Apesar da base da teoria proposta por esse naturalista não ser aceita atualmente pelo meio científico ele foi o precursor da teoria melhor fundamentada por Darwin. Marque a alternativa que indica os dois pontos principais da Teoria que ficou conhecida por lamarckismo:

a) Seleção natural e mutação.

b) Lei do uso e desuso e seleção natural.

c) Lei do uso e desuso e lei da necessidade.

d) Lei da herança dos caracteres adquiridos e lei do uso e desuso.

e) Seleção natural e lei da herança dos caracteres adquiridos.

16. (UEPG) No esquema representativo abaixo, pode-se notar em (A) um braço humano e uma pata dianteira de cavalo e em (B), a asa de um inseto e a asa de uma ave. Assinale o que for correto sobre estas evidências da evolução.

01. Em (A), observa-se esquemas da homologia entre ossos dos membros anteriores de mamíferos. Estruturas homólogas são aquelas que derivam de estruturas já existentes em um ancestral comum.

02. Estruturas homólogas, como as asas dos morcegos, poderiam ser agrupadas em (B), visto que apresentam modificações para exercerem uma mesma função. Neste exemplo, as estruturas são decorrentes de uma evolução convergente, ou seja, tiveram origem a partir de um ancestral comum.

04. Em (A), a evolução das estruturas descritas ocorreu de forma independente em dois ou mais grupos de seres vivos que não possuem um ancestral comum. Este tipo de semelhança, a analogia, é muito utilizado nos estudos que visam estabelecer relações de parentesco evolutivo.

08. Em (B), pode-se analisar a analogia entre a asa de inseto e a asa de uma ave, ou seja, ambas desempenham a mesma função, que é o voo, mas não são derivadas da mesma estrutura presente em um ancestral comum.

Soma das alternativas corretas:

17. (IFSuldeMinas)

Lucy, fóssil mais famoso do mundo, teria morrido após cair de árvore

Lucy, o mais conhecido e mais antigo fóssil de um ancestral próximo aos humanos, provavelmente morreu após cair de uma árvore, segundo um estudo publicado em 29 de agosto de 2016, na revista Nature. Desde que foi desenterrada na Etiópia em 1974, Lucy – que pertencia à espécie dos bípedes terrestres Australopithecus afarensis – levanta discussões entre cientistas sobre se esses hominídeos viviam integralmente no chão, ou se eram parcialmente arbóreos, isto é, se passavam parte do tempo em árvores. O estudo verificou que as fraturas em algumas partes do esqueleto devem ter ocorrido de uma queda de uma árvore. Assim, essa criatura era tanto terrestre quanto arborícola.

De acordo com o texto, a figura acima e seus conhecimentos sobre evolução, responda à alternativa correta.

a) A descoberta é de fundamental importância para a filogenia, dado que essa confirmação demonstra a evolução dos macacos terrestres (Adripithecus ramidus) até os humanos (Homo).

b) A evolução proposta por Lamarck parte do princípio da ancestralidade em comum, mas as diferenças dos indivíduos são acentuadas com o passar do tempo e promovem a ramificação entre eles.

c) Lucy – Australopithecus afarensis combinava traços humanos com características similares às do chimpanzé e já caminhava ereta, por isso é considerado que há ancestralidade em comum aos humanos.

d) O cladograma mostra que os Australopithecus afarensis são mais próximos filogeneticamente aos humanos do que os Australopithecus garhi.

18. (UESC) De acordo com os estudos e registros de Charles Darwin, cada espécie deve ser influenciada por algum modo de “extermínio” em algum período de sua vida ou em épocas do ano, estações de extremo frio ou calor, ou anos ocasionais, pois, caso contrário, levando em conta o princípio do crescimento geométrico, o número de indivíduos seria, desproporcional e nenhum ambiente natural suportaria a densidade. Com base nos conceitos darwinistas, marque a alternativa correta.

a) Os indivíduos que compõem uma população de uma dada espécie são idênticos.

b) Parte da variação entre indivíduos é herdável, possuindo então base genética, podendo então ser transmitida aos descendentes.

c) Ancestrais diferentes deixam um número semelhante de indivíduos descendentes.

d) As espécies vivas tendem a ser semelhantes com a passagem das gerações.

e) Cada nova geração não tem sua herança genética colocada à prova pelas condições ambientais em que vivem.

19. (UEFS) Pesquisadores têm verificado que o fungo Aspergillus fumigatus pode proliferar nos pulmões por meio de estratégias distintas, devido à sua capacidade de escapar das defesas do organismo e da ação dos principais medicamentos antifúngicos que apresentam compostos azólicos em sua composição. Esses compostos são também empregados em fungicidas para eliminar espécies danosas à agricultura em áreas próximas às cidades.

(http://revistapesquisa.fapesp.br. Adaptado.)

O fungo Aspergillus fumigatus adquiriu a capacidade de escapar dos antifúngicos azólicos devido:

a) à capacidade de os fungos se adequarem aos efeitos dos compostos azólicos, o que possibilita a sobrevivência de um grande número de fungos.

b) ao uso não controlado desses antifúngicos no tratamento de doenças e na agricultura, o que favoreceu a seleção de fungos resistentes a essa substância.

c) a mutações genéticas provocadas pelos compostos azólicos presentes nos antifúngicos em alta dosagem, o que tornou os fungos resistentes a essa substância.

d) ao consumo frequente de alimentos contaminados por fungicidas azólicos, o que enfraqueceu o sistema de defesa dos pacientes que consomem esses alimentos.

e) à contaminação do ar por fungicidas com compostos azólicos em cidades próximas às lavouras, o que gerou nas pessoas resistência a essa substância.

20. (UPE) Leia o texto a seguir:

A Phyllomedusa híbrida, triploide (39 cromossomos): um ser improvável, de acordo com as regras clássicas da evolução.

Uma perereca verde, das matas do Sudeste e Sul do Brasil, ganhou o nome de Phyllomedusa tetraploidea por causa de uma característica rara entre vertebrados, a poliploidia. Cada célula somática dessa espécie abriga quatro cópias de cada cromossomo, ou seja, é tetraploide. Haddad e outros biólogos concluíram que a nova espécie deve ser o resultado do cruzamento entre machos e fêmeas de uma espécie diploide (2n=26). A P. tetraploidea pode cruzar com os parentais, a Phyllomedusa distincta ou um ancestral comum, e formar pererecas híbridas triploides (3n=39). Isso, em geral, ocasiona a formação de descendentes estéreis, mas, às vezes, o resultado pode ser um animal que Haddad chama de quase estéril, no qual os cromossomos se organizam de modo a permitir a produção de uns poucos gametas viáveis, “desrespeitando as definições clássicas de isolamento reprodutivo entre espécies diferentes”, diz ele.

Fonte: http://revistapesquisa.fapesp.br/2013/10/17/os-primeiros-passos-de-novas-especies/ (Adaptado)

Sobre ploidia e especiação, assinale a alternativa correta.

a) A maioria dos vertebrados, dentre esses, peixes, anfíbios, aves, répteis e mamíferos, possuem duas cópias de cada cromossomo em seus gametas e, por isso, são denominados diploides.

b) A tetraploidea é tetraploide porque os espermatozoides e óvulos, que a originaram, eram diploides com duas versões de cada um dos 13 cromossomos do conjunto haploide da espécie.

c) Os gametas da perereca triploide formarão descendentes viáveis com 26 cromossomos em cada célula somática, resultantes do mecanismo pós-zigótico por causa das diferenças comportamentais durante o acasalamento.

d) Os descendentes triploides tentam cruzar com os parentais portadores de 52 cromossomos em cada célula somática, mas, em geral, são estéreis por causa da dificuldade do pareamento entre os quatro conjuntos de cromossomos.

e) A espécie tetraploide apresenta mecanismo pré-zigótico de isolamento reprodutivo de inviabilidade do híbrido, no qual os descendentes são vigorosos, porém estéreis.

Anúncios
Publicado por: Djalma Santos | 21 de abril de 2018

TESTES DE DIVISÃO CELULAR (6)

01. (FAMERP) A figura representa uma célula em uma das fases de certa divisão celular.

Supondo que essa divisão celular se concretize, gerando células-filhas, pode-se afirmar que:

a) serão originadas quatro células-filhas geneticamente idênticas.

b) cada célula-filha terá quatro cromossomos diferentes.

c) cada célula-filha terá dois cromossomos diferentes.

d) serão originadas duas células-filhas geneticamente idênticas.

e) a divisão ocorreu em uma célula somática, originando duas células-filhas idênticas.

02. (UPF) A figura abaixo representa duas células de um mesmo indivíduo em processo de divisão celular.

Com base na figura, assinale a alternativa correta.

a) A célula A representa a anáfase mitótica, e a célula B, a anáfase II da meiose.

b) A célula A representa a anáfase I, e a célula B, a anáfase II, ambas da meiose.

c) Nessa espécie, o número diploide de cromossomos é oito.

d) O número de cromossomos no gameta masculino dessa espécie é quatro.

e) A célula A representa anáfase II, e a célula B, a anáfase I, ambas da meiose.

03. (UNICESUMAR) A divisão celular mais comum nos seres humanos, que faz parte do processo de crescimento e desenvolvimento, é a mitose. A meiose, por sua vez, ocorre exclusivamente para a produção de gametas. Nas mulheres, a meiose ocorre de forma bastante específica, no processo conhecido como ovogênese. A respeito desse processo, assinale a alternativa correta.

a) A primeira fase da meiose ocorre enquanto o feto se desenvolve, antes do nascimento da criança.

b) Na puberdade, ocorrem os processos de maturação dos ovócitos I, que se transformam em ovócitos II.

c) A recombinação gênica só ocorrerá em caso de fecundação quando a primeira divisão meiótica acontecer.

d) Ao final de cada ciclo menstrual, são produzidos dois corpúsculos polares e um ovócito II, que se degeneram.

e) A meiose, iniciada na vida intrauterina da mulher, só será concluída uma vez ao mês, durante a ovulação.

04. (UniTau) O processo de divisão meiótica, importante na formação dos gametas, ocorre em duas etapas, resultando em quatro células haploides. Assinale a alternativa incorreta quanto à meiose.

a) A primeira etapa da meiose é denominada equacional, e a segunda, reducional, resultando em células haploides.

b) Na fase prófase I, ocorre a subfase leptóteno, que envolve a individualização dos cromossomos.

c) Na fase anáfase I, ocorre a separação dos cromossomos homólogos, sem a separação dos centrômeros.

d) Na prófase II, ocorre o desaparecimento do nucléolo e da carioteca, além da duplicação dos centríolos.

e) Na subfase da prófase I, chamada diacinese, ocorre, finalmente, o desaparecimento da carioteca, os cromossomos homólogos se separam, mantendo-se unidos pelo quiasma.

05. (UEPG) Na figura abaixo, está representado o ciclo celular de uma célula hipotética, bem como um gráfico representando a quantidade de DNA em cada uma das etapas do ciclo. Assinale o que for correto.

01. Durante a etapa (I), os cromossomos podem ser facilmente identificados ao microscópio, visto que os mesmos se apresentam em seu maior grau de compactação.

02. Em (I), ocorre a duplicação do DNA e a formação de duas cromátides idênticas, as cromátides-irmãs.

04. A etapa representada em (III) é a de meiose, visto que podemos perceber a diminuição pela metade da quantidade de DNA por célula (2x > x).

08. Durante a mitose, representada em (III), as células reduzem à metade seu conteúdo genético (2x > x), evento importante para a produção de gametas e reprodução sexual.

16. G1 é uma fase da interfase que antecede a duplicação do DNA. Em (II) está representada a fase G2, a qual compreende o intervalo entre a duplicação do DNA e o início da divisão celular.

Soma das alternativas corretas:

06. (ACAFE)

Técnica impede multiplicação de células e pode ajudar a controlar o câncer

Uma das características do câncer que mais dificulta o seu combate é o crescimento anormal e incontrolável das células doentes. Pesquisadores norte-americanos identificaram uma proteína presente no ciclo de proliferação dos tumores cancerígenos que, ao ser silenciada, pode retardar a evolução rápida e altamente prejudicial da doença. Testes em laboratório feitos com tumores humanos surtiram resultado positivo, o que leva a equipe a acreditar que poderá desenvolver um tratamento mais eficaz contra os carcinomas.

Fonte: Correio Braziliense, 26/05/2017 Disponível em: http://www.correiobraziliense.com.br

Considerando as informações do texto e os conhecimentos relacionados, é correto afirmar:

a) A cada divisão celular as extremidades dos cromossomos, denominadas centrômeros, ficam cada vez mais curtas, até atingir um limite mínimo de tamanho, paralisando as divisões celulares e sinalizando o fim da vida da célula.

b) Alterações no funcionamento dos genes de supressão tumoral e dos oncogenes, em decorrência de mutações, estão relacionadas ao surgimento do câncer, pois esses genes são controladores do ciclo celular.

c) A meiose é o processo de divisão celular em que células diploides originam quatro células haploides. Eventos como o crossing-over e a separação dos cromossomos homólogos, ocorridos na meiose I, aumentam a variabilidade genética da espécie.

d) Na interfase a célula diminui a sua atividade metabólica. Essa etapa do ciclo celular está dividida em três subfases: G1, S e G2.

07. (UFU) O esquema a seguir representa a mitose normal e a mitose induzida pelo herbicida orizalina, que constitui uma técnica utilizada na seleção de características desejáveis para o melhoramento genético de rosas, tais como: atratividade, cor, formato, aroma, precocidade na floração, senescência tardia e resistência a fungos e a outros estresses ambientais.

TAKAHASHI, T. Y. et al. Modificações genéticas em rosas.

Revista Genética na escola, v. 12, n.1, 2017, p. 10-19.

Com base nas informações apresentadas, considere as afirmações a seguir.

I. A técnica apresentada possibilita a obtenção de poliploides por indução, que é acompanhada pelo aumento dos volumes do núcleo e da célula, permitindo selecionar uma característica desejável.

II. Na mitose normal, conforme o esquema, há a representação da anáfase com a segregação dos cromossomos homólogos para os polos opostos da célula.

III. A célula diploide dessa espécie de rosa apresenta dois conjuntos cromossômicos: 2n=14.

IV. A orizalina, ao impedir a formação das fibras do fuso mitótico, dá origem a uma única célula com 7 conjuntos de cromossomos: 7n=28.

Assinale a alternativa que apresenta apenas afirmativas corretas.

a) I, II e III.

b) I e III.

c) II, III e IV.

d) I e IV.

08. (UDESC) O Ciclo Celular, representado na Figura abaixo, compreende duas etapas: Interfase (I) com as fases (G1/G0 – S – G2) e Divisão Celular (M).

Assinale a alternativa correta em relação à Figura acima.

a) Na fase S ocorre a duplicação do DNA.

b) Na fase G1 a célula encontra-se com todo o DNA duplicado.

c) A etapa de interfase é longa nas células de embriões em desenvolvimento.

d) O tempo do Ciclo Celular é igual para todas as células.

e) As etapas G0 e G1 só ocorrem antes das divisões mitóticas.

09. (UERJ) Em células eucariotas, a cromatina pode se apresentar como eucromatina, uma forma não espiralada, ou como heterocromatina, uma forma muito espiralada. Na metáfase, muitas regiões de eucromatina se transformam em heterocromatina, formando cromossomos bastante espiralados, conforme mostra o esquema.

Considerando uma mitose típica, a formação do cromossomo bastante espiralado favorece o seguinte processo:

a) transcrição dos genes pela RNA polimerase.

b) distribuição do DNA para células-filhas.

c) síntese de proteínas nos ribossomos.

d) redução do cariótipo original.

10. (FUVEST) Células de embrião de drosófila (2n=8), que estavam em divisão, foram tratadas com uma substância que inibe a formação do fuso, impedindo que a divisão celular prossiga. Após esse tratamento, quantos cromossomos e quantas cromátides, respectivamente, cada célula terá?

a) 4 e 4.

b) 4 e 8.

c) 8 e 8.

d) 8 e 16.

e) 16 e 16.

11. (PUC-SP) Células de um mamífero com número diploide de cromossomos igual a 20 foram mantidas em um meio de cultura laboratorial. Posteriormente, foi realizada a fusão citoplasmática de uma célula A, que se encontrava na fase G1 da interfase, com uma célula B, que se encontrava em prófase da mitose. Os núcleos das duas células permaneceram independentes. Imediatamente após a fusão citoplasmática o núcleo da célula A iniciou a mitose. Neste momento, a quantidade de moléculas de DNA no núcleo A é igual a:

a) 10.

b) 20.

c) 40.

d) 80.

12. (IFSuldeMinas) O núcleo eucariótico contém nucleoplasma, nucléolo e cromatina delimitados pela carioteca. A cromatina é associada a proteínas e constitui parte do material genético das células. O núcleo é responsável pelo metabolismo e pela divisão da célula. O ciclo celular é o conjunto de processos que ocorre numa célula viva entre duas divisões celulares. Ele consiste na interfase e na mitose. A mitose propriamente dita compreende a divisão do núcleo e a citocinese – divisão do citoplasma. Quanto aos componentes do núcleo e dos processos de divisão mitótica e meiótica e aspectos deles decorrentes, assinale a alternativa correta.

a) Tanto na mitose quanto na meiose as células-filhas são geneticamente iguais à célula-mãe.

b) A mitose é uma divisão celular que originará quatro células com o número de cromossomos reduzido pela metade.

c) Num óvulo da espécie humana, oriundo da meiose, existem 22 cromossomos autossomos mais o cromossomo sexual X.

d) Os cromossomos homólogos pareados encontram-se no equador de uma célula em divisão. Isso caracteriza a metáfase mitótica.

13. (IFNMG) A divisão celular é fundamental nos processos de crescimento de tecidos, regeneração e cicatrização. A quantidade de cromatina por cromossomo e consequentemente o teor de DNA sofre oscilações durante o processo como evidenciado na figura abaixo.

Em relação a essas variações e às etapas do processo de Mitose, é correto afirmar que:

a) a queda no teor de DNA durante a mitose ocorre na etapa denominada Anáfase.

b) no fim da Interfase, a célula tem uma quantidade de DNA menor que no seu início.

c) no período de mitose propriamente dito, a quantidade de DNA mantém-se constante.

d) no decorrer do período S, a quantidade de DNA aumenta progressivamente e ocorre a duplicação do DNA.

14. (MACKENZIE)

O esquema acima representa uma célula em metáfase II. Assinale a alternativa correta.

a) Os cromossomos representados são homólogos.

b) A célula mãe era 2n=4.

c) O crossing over ocorre nessa etapa.

d) Esse tipo de divisão ocorre exclusivamente para a formação de gametas.

e) Há 4 cromossomos representados.

15. (UEPG) Assinale o que for correto sobre os processos de divisão celular.

01. Durante a interfase, os filamentos cromossômicos estão distribuídos no interior do núcleo, constituindo a cromatina.

02. A prófase mitótica é uma fase extremamente importante do ponto de vista reprodutivo, visto que os cromossomos homólogos condensados e emparelhados podem trocar pedaços (evento de recombinação).

04. Na anáfase mitótica, as cromátides-irmãs são puxadas para polos opostos pelo encurtamento dos microtúbulos do fuso, separando-se.

08. Durante a telófase I (meiose I), os cromossomos começam a sua condensação e a carioteca se desorganiza.

Soma das alternativas corretas:

16. (FCM-PB) Assinale a alternativa incorreta:

a) Durante a fase G2 a síntese do RNA é interrompida.

b) Ocorre acúmulo de proteínas na região citoplasmática durante a fase G1.

c) A replicação do DNA ocorre coordenada com a síntese de histonas.

d) Os cinetócoros são formados por um complexo multienzimático.

e) Durante a fase G2 a célula se prepara para a fase M.

17. (UERR) Sobre a mitose, analise as afirmativas:

I. Durante a anáfase, as cromátides-irmãs separam-se e são levadas para os polos opostos da célula pelo encurtamento dos microtúbulos do fuso.

II. Na mitose, acontecem duas divisões celulares seguidas, que resultam na formação de quatro células-filhas.

III. Durante a metáfase, os cromossomos ocupam a região mediana da célula e estão condensados ao máximo, o que torna bem visível as cromátides.

IV. A mitose origina células-filhas com mesmo número de cromossomos da célula mãe. Portanto, quando uma célula diploide sofre mitose, formam-se duas células diploides.

V. O objetivo do processo mitótico, nos animais, é a formação de gametas.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) II, III e V.

b) I, II e IV.

c) I, III e IV.

d) I, II e III.

e) III, IV e V.

18. (UFRGS) Os diagramas abaixo se referem a células em diferentes fases da meiose de um determinado animal.

Os diagramas 1, 2 e 3 correspondem, respectivamente, a:

a) prófase I, metáfase I e telófase II.

b) prófase II, anáfase I e telófase I.

c) prófase I, metáfase II e anáfase II.

d) prófase II, anáfase II e telófase I.

e) prófase I, anáfase I e metáfase II.

19. (PUC-SP) A figura a seguir ilustra o ciclo celular.

Na célula somática de um organismo diploide em que 2n = 20, espera-se encontrar:

a) 40 moléculas de DNA em G2.

b) 10 moléculas de DNA em C e G1.

c) 20 moléculas de DNA na metáfase.

d) mais moléculas de DNA em G1 que em S.

20. (UNIOESTE) Os gráficos abaixo correlacionam a quantidade de DNA por núcleo com as fases do ciclo celular, em uma espécie com 2n = 2x = 4 cromossomos.

Interprete os gráficos acima e assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Em ambos os gráficos, na fase 1a cada cromossomo apresenta 2 cromátides.

02. Em ambos os gráficos, ao final da fase 5 cada célula formada apresenta 4 cromossomos.

04. Em 3 no gráfico 1 e em 7 no gráfico 2, os cromossomos homólogos encontram-se pareados.

08. A intercinese ocorre entre as fases 5 e 6 do gráfico 2.

16. Paquíteno e diacinese ocorrem na fase 6 do gráfico 2.

32. Em 4 no gráfico 1 e em 8 no gráfico 2, as cromátides irmãs são arrastadas para polos opostos.

64. Ao final da fase 9 no gráfico 2, são formadas 4 células com 4 cromossomos em cada célula.

Soma das alternativas corretas:

21. (FCMSCSP) Uma população de células foi monitorada em relação à quantidade de DNA ao longo do ciclo celular. No início da interfase, as células apresentavam quantidade de DNA igual a 2x. Todas as células se dividiram por meiose. Em determinado instante, duas células A e B foram identificadas e cada qual estava em uma fase diferente do ciclo celular.

A análise do gráfico permite concluir que as células A e B estavam, respectivamente, nas fases:

a) G2 e telófase II.

b) S e metáfase II.

c) G1 e anáfase I.

d) G1 e telófase II.

e) G2 e anáfase I.

22. (PUC-RIO) A Primeira e a Segunda Lei de Mendel estão relacionadas, respectivamente, com os seguintes eventos ocorridos na meiose:

a) Condensação dos cromossomos na prófase I e crossing over na prófase I.

b) Segregação dos cromossomos homólogos na anáfase I e distribuição independente dos cromossomos na metáfase I.

c) Segregação dos cromossomos homólogos na anáfase I e separação das cromátides irmãs na anáfase II.

d) Alinhamento dos cromossomos homólogos na metáfase I e crossing over na prófase I.

e) Alinhamento dos cromossomos homólogos na metáfase I e alinhamento dos cromossomos na metáfase II.

23. (UPE) A meiose é um tipo de divisão celular, que persiste entre os seres vivos como um mecanismo gerador de variabilidade e uma consequente evolução biológica. Assinale a alternativa que indica a fase da divisão celular de acordo com o que é observado na célula e que garante essa possibilidade de diversidade.

a) Na Prófase I, ocorre o crossing-over. Na figura, observam-se dois quiasmas no par 1 e um quiasma no par 2.

b) Na Prófase II, ocorre a permutação. Na figura, observam-se três quiasmas entre cromossomos não homólogos.

c) Na Interfase, ocorre a formação das cromátides-irmãs. Na figura, observam-se dois pares de centríolos auxiliando a separação dos centrômeros.

d) Na Anáfase I, ocorre a formação do fuso acromático. Na figura, observam-se dois pares de cromossomos acrocêntricos (pares 1 e 2).

e) Na Metáfase II, ocorre a formação dos quiasmas. Na figura, observa-se a variabilidade resultante da troca entre cromátides homólogas dos pares 1 e 2.

24. (IFRR) Considerando os eventos relativos à meiose, apresentados a seguir:

I. Permutação cromossômica na primeira divisão da meiose.

II. Disposição ao acaso dos cromossomos homólogos emparelhados no equador da célula na primeira divisão da meiose.

III. Alinhamento dos cromossomos nas placas equatoriais de cada célula na segunda divisão da meiose.

É correto afirmar que:

a) apenas I é fonte de variabilidade genética.

b) apenas II é fonte de variabilidade genética.

c) apenas I e II são fontes de variabilidade genética.

d) apenas I e III são fontes de variabilidade genética.

e) I, II e III são fontes de variabilidade genética.

25. (UCPel) O processo de formação de gametas no ciclo haplobionte diplonte é conhecido como meiose. A principal característica desse processo é:

a) A formação de células geneticamente idênticas à célula-mãe.

b) A duplicação do número de cromossomos da célula-mãe.

c) A redução pela metade do número de cromossomos da célula-mãe.

d) A manutenção do número de cromossomos da célula-mãe.

e) A redução em um terço do número de cromossomos da célula-mãe.

26. (FCM-PB) Assinale a alternativa que determina a ordem correta das fases da mitose.

a) Citocinese, prófase, prometáfase, telófase, metáfase e anáfase.

b) Prófase, prometáfase, metáfase, anáfase, telófase e citocinese.

c) Prófase, prometáfase, anáfase, metáfase, telófase e citocinese.

d) Prófase, prometáfase, citocinese, metáfase, anáfase e telófase.

e) Prófase, citocinese, prometáfase, telófase, metáfase, anáfase.

27. (UESC) A divisão celular é um processo de extrema importância para os seres vivos, sendo primordial ao longo da evolução. Com relação a este processo, podemos afirmar que:

a) A mitose consiste na separação dos cromossomos homólogos em duas divisões, os paternos e os maternos.

b) A prófase tem seu início desencadeado com o alinhamento dos cromossomos.

c) Na anáfase os polos celulares são alongados, gerando a citocinese.

d) A prófase tem seu início desencadeado após a mitose do cromossomo.

e) A meiose, na espécie humana, é um processo que dá origem a quatro células haploides.

28. (UFV) A mitose é um tipo de divisão celular que ocorre nos animais e nos vegetais, responsável pelo crescimento do organismo e pela regeneração celular. Em relação a esse tipo de divisão celular, assinale a afirmativa correta:

a) A enzima telomerase participa na etapa de telófase durante a mitose.

b) Na etapa de prófase, com o pareamento de homólogos, ocorre o processo de crossing-over.

c) Na mitose das gimnospermas e das angiospermas, não ocorre a formação de centríolos e nem de fibras do áster.

d) A etapa de interfase apresenta baixa atividade metabólica, pois não está ocorrendo divisão celular.

29. (FPS) O esquema abaixo ilustra as etapas do processo de divisão celular. Existem, nos eucariontes, dois tipos de divisão celular, a mitose e meiose. Assinale a alternativa que representa corretamente a correlação dos números com as etapas do processo de divisão celular.

a) 1. Par de cromossomos homólogos; 2. Duplicação dos cromossomos; 3. Separação das cromátides; 4. Separação dos cromossomos homólogos; 5. Separação das cromátides.

b) 1. Separação dos cromossomos homólogos; 2. Duplicação dos cromossomos; 3. Separação das cromátides; 4. Separação das cromátides; 5. Par de cromossomos homólogos.

c) 1. Duplicação dos cromossomos; 2. Par de cromossomos homólogos; 3. Separação das cromátides; 4. Separação dos cromossomos homólogos; 5. Separação das cromátides.

d) 1. Separação das cromátides; 2. Separação dos cromossomos homólogos; 3 Duplicação dos cromossomos; 4. Separação das cromátides; 5. Par de cromossomos homólogos.

e) 1. Par de cromossomos homólogos; 2. Duplicação dos cromossomos; 3. Separação das cromátides; 4. Separação das cromátides; 5. Separação dos cromossomos homólogos.

30. (UEM) Sobre o ciclo celular e a meiose em organismos eucariotos, assinale o que for correto.

01. Em todas as células, o ciclo celular inclui a interfase, uma fase de baixa atividade metabólica entre os períodos de mitose.

02. Nos organismos pluricelulares, a mitose está relacionada com o crescimento, originando células diploides.

04. Durante a mitose animal, ocorre separação dos centríolos e dos cromossomos.

08. A meiose é denominada divisão equacional porque origina células haploides.

16. No ciclo haplobionte diplonte, a meiose é a divisão celular que origina os gametas e que favorece a diversidade entre os organismos de uma espécie.

Soma das alternativas corretas:

Publicado por: Djalma Santos | 21 de abril de 2018

TESTES DE GENÉTICA MOLECULAR (14)

01. (IFMT) O câncer é fundamentalmente uma doença genética. Quando o processo neoplásico se instala, a célula mãe transmite às células filhas a característica neoplásica. Isso quer dizer que, no início de todo o processo está uma alteração no DNA de uma única célula. Com base no texto acima, pode-se afirmar que:

a) Apenas fenômenos físicos, como a radiação por césio, causam esta alteração no DNA.

b) O tempo não exerce importância alguma no desenvolvimento do câncer.

c) O estágio de promoção é o segundo estágio da carcinogênese, onde a célula iniciada é transformada em célula maligna, de forma lenta e gradual. Para que ocorra essa transformação, é necessário apenas um contato rápido com o agente cancerígeno promotor.

d) Todas as células têm um mecanismo de reparo do DNA. Mutações genéticas mínimas ocorrem muito frequentemente, em todas as pessoas. E que não desenvolvemos câncer rapidamente porque nossos mecanismos de reparo são em geral eficientes.

e) As mutações ocorrem durante o processo da meiose, porque a célula deve estar duplicando o seu DNA, e a possibilidade da ocorrência de erros é maior.

02. Sobre as moléculas do DNA e do RNA, assinale o que for correto.

01. As quatro bases nitrogenadas do RNA mensageiro, reunidas três a três, formam 64 trincas distintas.

02. Na molécula de RNA, o pareamento das bases nitrogenadas é descrito pela relação (U+C) + (G+A) = 1.

04. O RNA transportador é responsável por encaminhar o RNA mensageiro até os ribossomos, durante o processo de tradução.

08. São formados por nucleosídeos arranjados em fitas duplas antiparalelas conectadas entre si por pontes de hidrogênio.

16. O DNA se replica de forma semiconservativa e se inicia a partir da região 5’ terminal para a região 3’ terminal.

32. A estrutura dessas moléculas compreende nucleotídeos, compostos por grupos fosfato, uma pentose e uma base nitrogenada.

64. A tradução do DNA produz fitas simples de RNA mensageiro.

Soma das alternativas corretas:

03. (IFMT) A molécula de DNA tem a forma de uma hélice dupla, enrolada ao redor de si mesma, na qual estão contidos os genes. Ela poderia ser comparada a uma biblioteca na qual os livros ordenados nas estantes seriam os genes. O que diferencia um ser vivo de outro são o número e as características dos genes, não as moléculas que os constituem. Sobre as características do DNA, assinale a alternativa correta.

a) A base nitrogenada timina é exclusiva do DNA.

b) Nos eucariontes, o DNA é encontrado também nos cloroplastos e mitocôndrias.

c) O DNA é encontrado apenas no interior do núcleo das células.

d) Armazenam as informações necessárias para o processamento de uma nova mitocôndria.

e) O material genético mitocondrial é herdado do pai.

04. (UEG) Em pleno século XXI, na era metabolômica, ainda temos a influência de registros importantes que fundamentaram as eras genômica, proteômica e metabolômica. Um desses registros foi em 1961, quando Francis Crick, Sidney Brenner e outros colaboradores da pesquisa relataram dados experimentais importantes para a compreensão do código genético. Sobre o conceito e o funcionamento do código genético, tem-se o seguinte:

a) o códon especifica o aminoácido a ser incorporado ou o término da cadeia polipeptídica.

b) é todo o material genético de um conjunto nuclear de cromossomos e DNA hialoplasmático.

c) a deleção de um nucleotídeo na trinca mantém preservada a leitura das trincas seguintes.

d) o somatório da carga genética dos gametas resulta no código genético de cada indivíduo.

e) a redundância do código genético explica a semelhança entre pessoas aparentadas.

05. (UPF) Os ácidos nucleicos são assim denominados devido ao seu caráter ácido e em razão de terem sido originalmente descobertos no núcleo das células. Sobre essas moléculas, podemos afirmar corretamente que:

a) as duas cadeias polinucleotídicas de DNA se orientam de forma antiparalela e mantêm-se unidas por ligações fosfodiéster.

b) uma das diferenças entre os dois tipos de ácidos nucleicos é a sua localização dentro das células, o DNA somente no núcleo e o RNA somente no citoplasma.

c) na cadeia polinucleotídica de RNA, os nucleotídios se ligam uns aos outros por meio de ligações de hidrogênio.

d) na composição dos nucleotídios dessas moléculas, são encontradas uma hexose, um fosfato e uma base nitrogenada.

e) se no DNA de uma célula forem encontrados 18% de nucleotídios com a base nitrogenada timina (T), serão encontrados, também, 32% de nucleotídios com a base nitrogenada citosina (C).

06. (UPE) Analise a figura a seguir:

                                               Disponível em: http://www.clker.com/inc/svgedit/svg-editor.html?paramurl=/inc/clean.html?id=49537 (Adaptado)

Correlacione o texto abaixo com a figura.

A polimerase do RNA, ao percorrer uma unidade de transcrição no (1), transcreve tanto éxons quanto íntrons, produzindo uma molécula, o (2). Ainda no núcleo, o processo de splicing é realizado por várias partículas constituídas por proteínas e pequenas moléculas de RNA, as (3), que irão formar o (4), responsável pelos cortes e pelas emendas de íntrons e de éxons, respectivamente. Após a eliminação dos (5), o (6) estará com sua informação genética devidamente editada e poderá passar para o citoplasma, onde se reunirá aos ribossomos para ser traduzido em polipeptídio.

Assinale a alternativa que contém os termos que preenchem corretamente os espaços (1), (2), (3), (4), (5) e (6).

a) (1) DNA, (2) pré-RNA mensageiro, (3) ribonucleoproteínas, (4) spliceossoma, (5) íntrons, (6) RNA mensageiro.

b) (1) DNA, (2) RNA mensageiro, (3) ribonucleases, (4) polipeptídio, (5) éxons, (6) polipeptídio.

c) (1) Pré-RNA mensageiro, (2) DNA, (3) ribonucleoproteínas, (4) spliceossoma, (5) íntrons, (6) RNA mensageiro.

d) (1) RNA mensageiro, (2) DNA, (3) ribonucleoproteínas, (4) aminoácido, (5) éxons, (6) polipeptídio.

e) (1) RNA mensageiro, (2) aminoácido, (3) ribonucleases, (4) spliceossoma, (5) íntrons, (6) DNA.

07. (EMESCAM) Enzimas produzidas por bactérias permitem cortar a molécula do DNA em pontos específicos. Os fragmentos de diferentes tamanhos, gerados pelo “corte”, podem ser separados uns dos outros por eletroforese em uma placa de gel. A aplicação de uma diferença de potencial na placa faz com que os fragmentos do DNA se desloquem para o polo positivo da mesma. Essa migração é devida à presença, no ácido nucleico, de:

a) bases orgânicas nitrogenadas que conferem carga aniônica à molécula.

b) grupamentos fosfato que são responsáveis pela carga elétrica negativa da molécula.

c) pontes de hidrogênio entre as bases orgânicas nitrogenadas, que conferem carga negativa à molécula.

d) moléculas de desoxirribose que são responsáveis pela carga aniônica do ácido nucleico.

e) moléculas de histonas, proteínas ácidas, que atribuem carga negativa à molécula.

08. (UNIOESTE) O esquema abaixo representa o modelo da estrutura do DNA proposto por Watson e Crick em 1953. Relativo às estruturas indicadas no esquema abaixo assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. 1 representa uma base pirimídica.

02. Um par de nucleotídeos é composto apenas pelas estruturas 1, 2 e 3.

04. 3 representa uma base púrica.

08. 4 representa a pentose, que no DNA pode ser tanto a ribose quanto a desoxirribose.

16. 5 representa um grupo fosfato, responsável pela carga negativa do DNA.

32. 6 e 7 estão emparelhados mas em sentidos opostos.

Soma das alternativas corretas:

09. “Não escapou à nossa atenção que o pareamento específico que estamos postulando sugere imediatamente um possível mecanismo de cópia para o material genético.”

(J. Watson e F. Crick. Molecular structure of nucleic acids. Revista Nature, n. 4356, p. 737, 25 abr. 1953.)

Com base na afirmação destacada no texto de Watson e Crick, em seu trabalho original, e em seus conhecimentos sobre a importância do trabalho desses dois cientistas, escolha a alternativa correta.

a) O pareamento citado ocorria entre os grupamentos fosfato e as desoxirriboses do DNA.

b) A existência de duas cadeias pareadas no DNA possibilitava um processo simples de autoduplicação.

c) O mecanismo de cópia citado serviria apenas para a síntese de moléculas de RNA mensageiro.

d) O pareamento ocorreria sempre entre duas bases púricas ou entre duas bases pirimídicas.

e) Não haverá relação entre o pareamento do DNA e a cópia do material genético.

10. (IFSul) As proteínas são substancias essenciais da estrutura das células vivas e podem ser formadas por um ou mais polipeptídios. O processo de síntese de uma cadeia polipeptídica consiste em unir aminoácidos de acordo com a sequência de códons de RNAm. Como essa sequência é determinada pelas bases de DNA que serviu de molde ao RNAm, a síntese de proteínas e denominada:

a) Duplicação semiconservativa.

b) Transcrição gênica.

c) Tradução gênica.

d) Programação genética.

11. (UENP) Imagine uma sequência de 300 bases nitrogenadas em um RNA mensageiro. Suponha que todas estas bases são utilizadas para formar códons, e que todos estes códons sejam traduzidos para formar uma proteína. Assinale a alternativa que contém o número correto de aminoácidos presentes na proteína sintetizada.

a) 100.

b) 150.

c) 300.

d) 600.

e) 900.

12. Sobre as mutações no material genético, assinale o que for correto.

01. Dependendo da região e do aminoácido substituído, a proteína pode perder sua estrutura e não exercer sua função.

02. No núcleo celular, existem algumas enzimas que compõem um verdadeiro sistema de reparo. Elas são responsáveis por corrigir as alterações na sequência de nucleotídeos após a duplicação do DNA, na interfase.

04. Mutações são modificações eventuais na molécula de RNA, ao longo da vida da célula.

08. Mutações são alterações que ocorrem na sequência de nucleotídeos que formam as cadeias de DNA. Nucleotídeos podem ser substituídos, deletados ou acrescentados, modificando a sequência original da molécula.

Soma das alternativas corretas:

13. (UEPA) Leia o Texto abaixo para responder esta questão

Recentemente um documentário televisivo apresentou a estrutura do DNA, elemento fundamental na constituição dos seres vivos, mostrando o seguinte passo-a-passo: 1 – Na espécie humana, os cromossomos encontram-se no núcleo de cada célula. 2 – Nossas células reprodutivas possuem 23 cromossomos. 3 – As células somáticas (exceto hemácias maduras) possuem um par de cada cromossomo. 4 – O cromossomo é constituído por um longo filamento de DNA, que por sua vez, corresponde a uma sequência de nucleotídeos compostos por moléculas ligadas umas às outras na forma de uma dupla hélice.

(Adaptado de http://www.umavisaodomundo.com/ 2008/08/teoria-evolucao-darwin-neodarwinismo.html).

Sobre o assunto abordado no Texto, analise as assertivas abaixo e coloque “V” ou “F” conforme sejam verdadeiras ou falsas:

(  ) Os gametas humanos são células haploides.

(  ) As células somáticas apresentam 46 cromossomos.

(  ) As hemácias maduras apresentam 23 cromossomos.

(  ) A adenina, guanina, citosina e uracila são bases nitrogenadas do DNA.

(  ) Nucleotídeos são constituídos por bases nitrogenadas, pentose e ácido fosfórico.

A alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo é:

a) V, V, F, F, V.

b) V, F, V, V, F.

c) F, V, V, F, V.

d) F, V, F, V, F.

e) V, V, F, V, F.

14. (PUC-MG) O gráfico apresenta o percentual aproximado de DNA não codificadores de proteínas em diferentes grupos de organismos.

Pela análise do gráfico e de acordo com seus conhecimentos sobre o assunto, é correto afirmar, exceto:

a) Os organismos evolutivamente mais complexos transcrevem e traduzem menos proteínas do que os menos complexos.

b) Menos de 10% do DNA humano contêm genes ou sequências passíveis de transcrição e de tradução.

c) Sequências de DNA que não codificam para a produção de proteínas podem desempenhar outras funções importantes, como a regulação da transcrição.

d) Os procariontes apresentam maior percentual de sequências codificadoras de proteínas em relação ao seu conteúdo de DNA do que os eucariontes.

15. (UNICENTRO) O quadro a seguir apresenta a composição das bases nitrogenadas pirimídicas, timina e citosina, encontradas nos DNAs do camundongo e do coelho.

Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, os valores correspondentes a X e Y.

a) 18,0% e 29,0%.

b) 21,0% e 32,0%.

c) 23,5% e 23,5%.

d) 32,0% e 21,0%.

e) 68,0% e 79,0%.

16. (UFV) Um segmento de DNA com a sequência de nucleotídeos 3’……ATGGATTAGC…… 5′ será transcrita em qual das seguintes sequências?

a) 5′ …… TACCTAATCG …… 3′.

b) 3′ …… UACCUAAUCG …… 5′.

c) 5′ …… UACCUAAUCG …… 3′.

d) 3′ …… TACCTAATCG …… 5′.

17. (FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS) Considere que a base nitrogenada púrica do terceiro códon do RNAm descrito abaixo tenha sido substituída por uma guanina:

O quadro a seguir mostra alguns códons do RNA mensageiro e os aminoácidos codificados por cada um deles.

O novo aminoácido codificado a partir dessa alteração é:

a) glicina.

b) valina.

c) serina.

d) arginina.

e) metionina.

18. (FPS) Os genes presentes na molécula de DNA têm a função de comandar e coordenar todo o funcionamento celular responsáveis pelas características hereditárias. Acerca desse tema, assinale a alternativa correta.

a) Os genes são transcritos em moléculas de RNA.

b) O RNAm leva a informação do gene para o citoplasma, onde ela é traduzida em moléculas de glicídios.

c) Todos os tipos de RNA são produtos da tradução gênica.

d) O DNA é representado por uma dupla hélice e formado por várias proteínas.

e) Timina e guanina são bases nitrogenadas púricas.

19. (ACAFE)

Mutação genética aumenta chances de câncer e outras doenças.

Pessoas com antepassados vegetarianos podem ter uma mutação genética que aumenta as chances de surgimento de cânceres e complicações cardíacas. A descoberta foi feita por cientistas dos Estados Unidos após análise genética de populações com histórico de alimentação com e sem carne. Os investigadores detectaram, no segundo grupo, uma alteração que leva à produção do omega-6 em grande quantidade. Em excesso, esse ácido graxo, essencial ao organismo, pode causar inflamações no corpo, aumentando, principalmente, a suscetibilidade a tumores no cólon e outras doenças.

Fonte: Correio Braziliense, 30/03/2016.Disponível em: http://www.correiobraziliense.com.br

Acerca das informações contidas no texto e dos conhecimentos relacionados ao tema, todas as alternativas estão corretas, exceto a:

a) Mutações que afetem o funcionamento de genes controladores do ciclo celular estão relacionadas ao surgimento de um câncer. Existem duas classes de genes que estão mais diretamente relacionados à regulação do ciclo celular: os protooncogenes e os genes de supressão tumoral.

b) Mutação são alterações no material genético de um indivíduo, proporcionando o aparecimento de novas formas de um gene e, consequentemente, a produção de um novo produto gênico e de uma nova proteína. Pode ser causada por erro no processo de replicação ou por agentes mutagênicos de origem biológica, química ou física.

c) Os lipídios são moléculas orgânicas formadas a partir de ácidos graxos e álcool, que desempenham importantes funções no organismo dos seres vivos. Os lipídios podem ser representados pelas gorduras, óleos, ceras, pigmentos vegetais e hormônios.

d) O Ácido Desoxirribonucleico (ADN ou DNA) é o material genético da maioria dos “seres vivos”. Ele contém a informação necessária para controlar, durante a interfase, a sua replicação e a síntese de proteínas. A replicação do DNA ocorre na subfase S da interfase, enquanto a síntese de proteínas, nas subfases G1 e G2.

20. (FUNDAÇÃO UnirG) Um pesquisador pretende verificar a influência de um hormônio X em um cultivo de células para observar o seu efeito sobre a síntese de ácidos nucleicos totais

(DNA e RNA). Para tal, o pesquisador resolve usar a técnica de moléculas radioativas marcadas. Assinale, entre as alternativas abaixo, a molécula marcada que deve ser utilizada como indicadora.

a) Adenina.

b) Ribose.

c) Uracila.

d) Timina.

 

Publicado por: Djalma Santos | 5 de abril de 2018

TESTES DE BIOENERGÉTICA (XIV)

01. (UniTau) Assinale, dentre as alternativas, aquela que apresenta uma informação incorreta sobre a fotossíntese.

a) Nas reações de fixação do carbono, o NADPH e o ATP produzidos nas reações luminosas são usados para reduzir o dióxido de carbono a carbônico orgânico.

b) A equação balanceada para a fotossíntese pode ser descrita como:

c) A fotossíntese ocorre no interior de cloroplastos e, desse modo, é realizada com maior intensidade nos tecidos ricos nessa organela, como o parênquima clorofiliano.

d) Nas reações luminosas, primeiramente a energia luminosa entra no fotossistema I, onde é aprisionada e transportada até as moléculas de clorofila P680 do centro de reação.

e) No ciclo de Calvin, três moléculas de CO2 combinam-se com 3 moléculas de ribulose 1,5 bifosfato (RuBP), formando três moléculas de um composto intermediário instável, que se quebra e origina seis moléculas de 3-fosfoglicerato (PGA).

02. (UFVJM) A assimilação da luz pelas clorofilas “a” e “b” no processo de fotossíntese, principalmente, e secundariamente pelos pigmentos acessórios, como os carotenoides, determina o espectro de ação da fotossíntese. A intensidade de atividade fotossintética é excelente nas faixas do espectro correspondentes à luz violeta/azul e à luz vermelha. Entretanto, quando se expõe plantas verdes na faixa do espectro correspondente à luz verde, a atividade fotossintética diminui. A diminuição da atividade ocorre porque:

a) há reflexão da luz verde.

b) há refração da luz verde.

c) a luz verde proporciona saturação luminosa.

d) a luz verde possui menor intensidade que as outras.

03. (IFSC) Um dos fatores limitantes à vida é a obtenção de energia. Organismos autótrofos são capazes de sintetizar compostos orgânicos que são degradados, liberando a energia necessária para a realização das atividades metabólicas celulares. Já os organismos heterótrofos necessitam consumir outros seres para a obtenção desses compostos, pois não apresentam tal capacidade de síntese. Em relação a esse assunto, assinale no cartão-resposta a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. A principal diferença entre fotossíntese e quimiossíntese é a origem da energia utilizada para a obtenção de compostos orgânicos: no primeiro processo, a energia é luminosa enquanto que, no segundo, a energia é obtida a partir de reações de oxidação.

02. Fotossíntese é o processo realizado pelos seres vivos clorofilados e que utiliza energia luminosa para sintetizar glicose a partir de oxigênio e água.

04. A fotossíntese e a respiração celular não são processos antagônicos, mas sim, complementares: o primeiro sintetiza moléculas orgânicas, enquanto o segundo degrada tais moléculas, produzindo energia.

08. Nas células vegetais, a respiração celular ocorre tanto durante o dia quanto à noite pois, para que a célula obtenha energia, é necessário que esse processo se realize a todo momento, independentemente da presença ou ausência de luz.

16. As células vegetais fazem fotossíntese quando há luz disponível no ambiente; já a respiração celular ocorre apenas na ausência de luz.

32. As plantas são seres autótrofos fotossintetizantes. Portanto, não realizam o processo de respiração celular, já que obtêm a energia diretamente da energia solar.

Soma das proposições corretas:

04. (PUC-SP) O botânico inglês F.F. Blackman notabilizou-se por seus estudos sobre fotossíntese vegetal. Ele mediu os efeitos de diferentes intensidades luminosas, concentrações de CO2 e temperaturas sobre a taxa de fotossíntese. Alguns dos resultados de seus experimentos podem ser visualizados no gráfico a seguir.

Considerando o gráfico acima e os seus conhecimentos sobre esse processo biológico, pode-se concluir que, na fotossíntese,

a) a síntese de carboidratos é um fenômeno que não depende da temperatura.

b) o fator luz é o único responsável pelas variações na taxa fotossintética.

c) ocorrem fenômenos que dependem diretamente da luz e fenômenos independentes da luz.

d) as limitações de CO2 e de temperatura são superadas quando há bastante luz.

05. (FUVEST) Considere estas três reações químicas realizadas por seres vivos:

A mudança no estado de oxidação do elemento carbono em cada reação e o tipo de organismo em que a reação ocorre são:

06. (UFPR) A produção de diversos tipos de comidas e bebidas, como pães, iogurtes, coalhada, vinho e vinagre, deve-se a um processo metabólico que ocorre em alguns organismos vivos, como bactérias e fungos. Esse processo é conhecido como:

a) fermentação.

b) respiração.

c) decomposição.

d) reprodução.

e) nutrição.

07. (FIT) A figura ilustra o processo de fotossíntese em um cloroplasto.

Tendo em vista o processo da fotossíntese, assinale a alternativa correta.

a) A energia luminosa é utilizada diretamente para a fotólise da água nos tilacoides e para a síntese de glicose no ciclo de Calvin.

b) A primeira etapa da fotossíntese consiste na absorção do gás carbônico e da água para a síntese de glicose e a liberação de gás oxigênio, respectivamente.

c) As moléculas de NADP+ são encarregadas do transporte de hidrogênios dos tilacoides para as enzimas presentes no estroma.

d) A segunda etapa da fotossíntese consiste na fosforilação das moléculas de ADP e na redução das moléculas de NADP+.

e) A energia química das moléculas de ATP é utilizada pela clorofila para a quebra da molécula de água e a consequente liberação de gás oxigênio.

08. (FAMERP) As algas são importantes produtoras de gás oxigênio, substância fundamental para a maioria dos seres vivos. O gás oxigênio liberado pelas algas provém

a) moléculas de piruvato, derivadas da glicólise que ocorre na respiração celular.

b) moléculas de água, após a fotólise que ocorre na fotossíntese.

c) moléculas de glicose, após a glicólise que ocorre na respiração celular.

d) moléculas de nitrato, derivadas da oxidação durante a quimiossíntese.

e) moléculas de gás carbônico, após a etapa química da fotossíntese.

09. (URCA) Com raras exceções à regra, a energia entra nas cadeias alimentares da vida no nosso planeta a partir de uma substância que repassa essa energia para outros sistemas moléculas. Essa molécula é:

a) RNA, um polissacarídio.

b) DNA, um ácido desoxirribonucleico.

c) Clorofila, uma porfirina.

d) RNA, uma proteína.

e) Clorofila, uma proteína.

10. (UniTau) As bactérias são organismos unicelulares procariontes que podem ocasionar diversas patologias, como a tuberculose, o tétano e a sífilis. Porém, podem ser bastante importantes, assim como as leveduras, na produção de fármacos, e de alimentos, por realizarem o processo de fermentação. Sobre essa temática, analise as afirmações a seguir.

I. A produção de cerveja envolve a utilização de leveduras no processo de fermentação dos açúcares.

II. Os vinhos são elaborados por processo de fermentação alcoólica, realizado por leveduras.

III. Sobre a fermentação láctica: é usada para a produção de queijos, iogurte e coalhadas; ocorre em células musculares.

IV. A produção de pães faz uso de leveduras, cuja atuação leva à produção de bolhas de gás carbônico, o que resulta no crescimento da massa do pão.

V. Leveduras são utilizadas na produção de vinagre, uma vez que conseguem oxidar etanol, produzindo ácido acético.

Está correto o que se afirma em:

a) I e II, apenas.

b) III e IV, apenas.

c) III, IV e V, apenas.

d) I, II e V, apenas.

e) I, II, III e IV, apenas.

11. (UEFS) Em três tubos de ensaio foi adicionado o mesmo meio de cultura líquido mantendo-se um espaço com ar. Em cada tubo foi cultivada uma espécie diferente de bactéria. As células dessas bactérias se reproduziram a ponto de as colônias serem visíveis a olho nu. Ao final do experimento, verificou-se a distribuição dessas colônias no meio de cultura.

As espécies de bactérias contidas nos tubos 1, 2 e 3 são, respectivamente,

a) anaeróbias facultativas, aeróbias obrigatórias e anaeróbias obrigatórias.

b) aeróbias obrigatórias, anaeróbias obrigatórias e anaeróbias facultativas.

c) anaeróbias obrigatórias, anaeróbias facultativas e aeróbias obrigatórias.

d) anaeróbias obrigatórias, aeróbias obrigatórias e anaeróbias facultativas.

e) aeróbias obrigatórias, anaeróbias facultativas e anaeróbias obrigatórias.

12. (UPE) Leia o texto a seguir:

As bactérias empregaram o oxigênio reativo para aprimorar os processos celulares de transformação de energia, no que talvez constitua o maior exemplo de reciclagem de todos os tempos, cumprindo as seguintes etapas: oxidando o material que produziam, ao aprisionarem a energia da luz, as bactérias fotossintéticas roxas aumentaram sua capacidade de metabolizar ATP, o composto de armazenagem de energia usado por todas as células de todos os seres vivos. Decompondo as moléculas orgânicas e produzindo dióxido de carbono e água, as bactérias desviaram a combustão natural do oxigênio para seus próprios fins. Os organismos fermentadores foram atacados por bactérias, que usavam oxigênio e se multiplicaram em seu interior. É provável que os invasores – linhagem roxa – tenham sido as protomitocôndrias, que, alimentadas e protegidas num meio ambiente vivo, poderiam sair-se melhor, não destruindo seus hospedeiros, intolerantes ao oxigênio.

Fonte: MARGULIS, L.; SAGAN, D. O que é vida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 2002. (Adaptado).

Sobre isso, assinale a alternativa correta.

a) Os quatro processos celulares de transformação de energia nos seres vivos envolvem a luz do sol. São divididos em dois grupos: os de incorporação de energia, a exemplo da respiração e fermentação, e os de liberação de energia, tais como fotossíntese e quimiossíntese.

b) Em média, duas moléculas de ATP são produzidas pela respiração de uma molécula de glicose, enquanto essa mesma quantidade de glicose, com a evolução da fermentação, passou a gerar até 36 moléculas de ATP.

c) Admitir uma hipótese heterotrófica para explicar a origem dos seres vivos implica a aceitação da ocorrência de reações químicas muito mais complexas, pois o metabolismo dependia da presença de oxigênio, com rendimento energético menor e, consequentemente, menor descendência.

d) Por causa de mutações no material genético de seres heterótrofos, surgiram células autótrofas com a capacidade de produzir o seu próprio alimento a partir do uso de gás carbônico e de água do ambiente, utilizando a luz solar como fonte de energia para a síntese de matéria orgânica.

e) Atualmente, apesar de as mitocôndrias possuírem o seu próprio DNA linear e continuarem a se reproduzir como bactérias, o parasitismo se tornou permanente. Assim, ela não pode sobreviver sozinha, embora sua hospedeira o faça.

13. (UEM) Assinale o que for correto sobre a fotossíntese, cuja equação geral (não balanceada) está representada abaixo.

01. Os cloroplastos, locais onde a fotossíntese ocorre, estão presentes em células de plantas e algas.

02. A clorofila recupera os elétrons perdidos durante a fotossíntese a partir da decomposição de moléculas de CO2.

04. Na etapa de fixação do carbono, o NADPH e o ATP produzidos nas etapas iniciais da fotossíntese fornecem, respectivamente, hidrogênio e energia para a produção de glicídios a partir do gás carbônico.

08. Uma vez balanceada a equação e supondo que o processo ocorra com 100% de rendimento, é correto afirmar que a reação de 36 g de CO2 com H2O em excesso produzirá 182,3 g de C6H12O6.

16. A substância C6H12O6 é um hidrato de carbono. Os hidratos de carbono possuem fórmula geral Cx(H2O)y.

Soma das alternativas corretas:

14. (IFRR) O gráfico abaixo mostra a taxa de assimilação de CO2 por plantas em função da quantidade de luz absorvida. O ponto X corresponde ao ponto de compensação luminosa, no qual a absorção e a liberação de CO2 são iguais.

(Gráfico adaptado de Taiz, L. e Zeiger, E., Fisiologia Vegetal. 3ª Ed. Porto

Alegre: Artmed, 2004.)

Considerando os dados mostrados no gráfico é correto afirmar que quando a luz absorvida está

a) acima do ponto X a taxa de respiração é maior do que a taxa de fotossíntese, pois a planta está acumulando material de reserva.

b) abaixo do ponto X não ocorre fotossíntese e a planta realiza apenas respiração, o que justifica os valores negativos de assimilação de CO2.

c) acima do ponto X a planta realiza apenas fotossíntese, o que torna os valores de assimilação de CO2

d) abaixo do ponto X o valor da taxa de assimilação de CO2 é negativa porque a planta está consumindo mais CO2 para a produção de material de reserva.

e) abaixo do ponto X o consumo de oxigênio é maior do que a sua produção e a planta está degradando material de reserva.

15. (UFAM) Sobre o processo de fotossíntese, assinale a alternativa correta:

a) Três componentes são essenciais para a fotossíntese, luz, H2O e O2.

b) Ocorre em duas etapas, na primeira etapa, também chamada de fase clara, a energia luminosa estimula a fixação do carbono, onde 3 moléculas de Ribulose-1-5-bifosfato são convertidas em 6 moléculas de 3-fosfoglicerato, que é a primeira reação do ciclo de Calvin.

c) Na membrana dos tilacoides há complexos enzimáticos, fotossistemas, que reduzem a molécula de água produzindo elétrons de alta energia e CO2. Posteriormente estes elétrons transferem energia para a síntese do ATP e NADPH.

d) Enquanto as células animais realizam respiração oxidativa para produção de ATP, nas células vegetais este processo é realizado pela fotossíntese.

e) O processo de fotossíntese ocorre em presença de energia luminosa e o substrato energético é H2O e CO2, produzindo ATP e O2.

16. (IFMT) O esquema abaixo mostra o processo de produção de açúcares, a partir de moléculas de gás carbônico e de água.

Nesse processo, a organela, envolvida diretamente na reação, está indicada na alternativa:

a) Lisossomos.

b) Ribossomos.

c) Complexo de golgiense.

d) Cloroplasto.

e) Retículo endoplasmático.

17. (UEFS) Na mitocôndria, uma série de reações bioquímicas e o transporte de substâncias garante, ao final da respiração celular, a produção de moléculas de ATP formadas durante a fosforilação oxidativa. Na fosforilação oxidativa, as moléculas:

a) de glicose são convertidas em moléculas de ácido pirúvico no citoplasma, havendo liberação de moléculas de NADH e gás carbônico.

b) de acetil-Coenzima A são oxidadas no ciclo de Krebs, havendo a liberação de moléculas de NADH, FADH2 e gás carbônico.

c) de NADH e FADH2 doam seus elétrons na cadeia respiratória e liberam íons H+ que retornam à matriz pela membrana interna.

d) de água são reduzidas ao receberem os elétrons livres oriundos das moléculas de NADH e FADH2 produzidas no ciclo de Krebs.

e) de ADP recebem os fosfatos liberados pelas moléculas de NADH e FADH2 e são convertidos em ATP na cadeia respiratória.

18. (UEA) Em um experimento, uma célula animal, rica em mitocôndrias, foi mantida em um meio com condições ideais para a realização da respiração celular. Após certo período, adicionou-se ao meio uma substância X, que bloqueia a ação dos citocromos no transporte de elétrons na cadeia respiratória que ocorre no interior das mitocôndrias. Sabendo que M indica o momento em que a substância X foi adicionada, assinale a alternativa que representa a variação no consumo de gás oxigênio durante o experimento.

19. (UFMS) Revendo a história da alimentação, verifica-se que o pão se tornou um alimento-símbolo. Na fabricação de pães, adiciona-se fermento químico ou biológico para a massa expandir-se e tornar-se macia. Isso acontece devido a produção de:

a) Oxigênio.

b) Ácido pirúvico.

c) Gás carbônico.

d) Ácido láctico.

e) Açúcares.

20. (IFMT) A fotossíntese é um processo realizado pelas plantas para produção de seu próprio alimento. De forma simples, podemos entender que a planta retira gás carbônico do ar e energia do Sol. Com relação à fotossíntese, assinale a alternativa correta.

a) A fase clara ocorre na membrana dos tilacoides do cloroplasto.

b) Redução do dióxido de carbono em carbono orgânico na fotossíntese ocorre via ciclo de Krebs.

c) O processo que ocorre em alguns organismos heterotróficos, como forma de obtenção de energia.

d) Por meio do processo de catálise, a água fornece H+ para a síntese de NADPH2 e O2 para a atmosfera (fotólise).

e) A clorofila é um pigmento encontrado no interior dos ribossomos que atua no processo de fotossíntese (cloroplastos).

Publicado por: Djalma Santos | 5 de abril de 2018

TESTES DE ZOOLOGIA (25)

01. (UniTau) Os insetos representam um dos grupos animais de maior sucesso adaptativo, em especial no que se refere à exploração dos ambientes terrestres, onde existem mais de um milhão de espécies já descritas. Os insetos podem ser classificados de acordo com o tipo de desenvolvimento que apresentam durante a vida, para o que se verifica uma diversidade de mecanismos. A tirinha abaixo explora, com bom humor, um desses processos de desenvolvimento dos insetos.

http://www.niquel.com.br

Assinale a alternativa que corresponde ao tipo de desenvolvimento verificado em insetos como as borboletas, as mariposas e os besouros.

a) Desenvolvimento direto, em que os insetos não passam por mudanças, ou seja, há o nascimento de um indivíduo semelhante ao adulto, mas ainda imaturo.

b) Desenvolvimento direto, em que apresentam fases de crescimento, as ninfas, que passam por sucessivas mudas até atingirem a fase de imago, quando aparecem as asas.

c) Desenvolvimento indireto, em que os insetos não passam por mudanças, ou seja, há o nascimento de um indivíduo adulto já maduro.

d) Desenvolvimento indireto, em que, após o nascimento, há uma etapa de desenvolvimento larval, da qual surge a pupa, passando por transformações até a formação do adulto.

e) Desenvolvimento indireto, em que, após o nascimento, há uma etapa de desenvolvimento larval, da qual surge a ninfa, quando o inseto passa por uma fase de intensa atividade até a formação do adulto.

02. (UEA) Em um embrião, em estágio avançado de desenvolvimento, foram encontrados três folhetos germinativos, celoma, cavidade intestinal primitiva, notocorda e tubo neural dorsal. Os animais que possuem essas características embrionárias são:

a) anfioxo, tucunaré e sapo.

b) mosca, planária e cobra.

c) lampreia, lacraia e lombriga.

d) aranha, estrela-do-mar e bagre.

e) água-viva, siri e tubarão.

03. (IFRR) “Diversas inovações contribuíram para a capacidade de uma linhagem de tetrápodos explorar uma ampla gama de habitats terrestres. Os animais que desenvolveram essas características de conservação de água são chamados amniotas.”

(Sadava, David et al. Vida: a ciência da biologia – vol II: Evolução,diversidade e ecologia 8ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2009, pág. 730)

Assinale a alternativa que contém duas das inovações a que se refere o texto.

a) Fecundação interna e circulação fechada.

b) Excreção de ácido úrico e respiração cutânea.

c) Ovos com casca e pele impermeável.

d) Respiração pulmonar e fecundação externa.

e) Ovos com casca e circulação fechada.

04. (UEM) Aranhas e escorpiões são temidos porque algumas espécies possuem peçonhas muito poderosas. Com base em conhecimentos sobre esses artrópodos, assinale o que for correto.

01. Aranhas e escorpiões são ectoparasitos.

02. Aranhas e escorpiões pertencem ao mesmo Subfilo e à mesma Classe, possuem quatro pares de patas e o corpo dividido em cefalotórax e abdome.

04. A distribuição dos nutrientes no corpo das aranhas e dos escorpiões é feita pelo sistema circulatório, que é do tipo aberto.

08. As aranhas caranguejeiras, quando ameaçadas, assumem postura agressiva, armando-se para o ataque. Sua picada pode causar fortes dores musculares.

16. As aranhas injetam a peçonha na presa por meio das fiandeiras, enquanto os escorpiões utilizam um pedipalpo caudal.

Soma das alternativas corretas:)

05. (UEA) O caruncho do feijoeiro, Zabrotes subfasciatus, é um besouro cujo ciclo de vida varia consideravelmente em função da temperatura. Por volta de 32 ºC seu ciclo apresenta duração média de 25 dias, podendo chegar a 100 dias sob temperaturas em torno de 20 ºC. Após a postura e a eclosão dos ovos, as larvas penetram nos grãos para se alimentarem. Ao atingirem determinado tamanho, entram na fase de pupa, até finalmente emergirem como adultos reprodutivos que, curiosamente, não se alimentam.

O ciclo de vida desse inseto é:

a) ametábolo, sob temperaturas em torno de 30 º

b) holometábolo, independentemente da temperatura.

c) ametábolo, independentemente da temperatura.

d) holometábolo, apenas quando a temperatura estiver entre 20 e 30 º

e) hemimetábolo, sob temperaturas em torno de 20 º

06. (UEM) Sobre os peixes, assinale a(s) alternativa(s) corretas(s).

01. A carne de peixe é rica em vitaminas lipossolúveis, como as do complexo B, que participam da contração muscular.

02. A carne de peixe possui grande quantidade de minerais, como o cálcio, o zinco e o iodo, constituintes da hemoglobina e do suco gástrico.

04. O cação diferencia-se dos outros peixes por apresentar a pele resistente e coberta de escamas sigmoides, de cinco a sete pares de fendas branquiais cobertas por opérculo, nadadeira caudal simétrica e esqueleto cartilaginoso.

08. A tilápia elimina urina diluída, enquanto o bacalhau elimina urina muito concentrada.

16. Nos pacus e nos pintados, o sistema de contracorrente aumenta a eficiência de trocas gasosas entre a água e o sangue, porque sempre haverá mais oxigênio na água do que no sangue do animal.

Soma das alternativas corretas:

07. (UNIFOR) Os invertebrados podem pertencer a diferentes filos. Abaixo segue a descrição de um desses filos:

Animais aquáticos simples, sem tecidos definidos nem sistema nervoso. Certas células cumprem a função de órgãos, tais como os coanócitos que fazem a água circular dentro do animal e células tais como amebócitos, que fagocitam o que passar por elas, digerindo e distribuindo alimento às demais células do organismo. O filo descrito acima compreende os:

a) platelmintos.

b) poríferos.

c) cnidários.

d) celenterados.

e) nematelmintos.

08. (UEPG) No que se refere ao reino Methazoa, assinale o que for correto.

01. O filo Porífero apresenta seres aquáticos sésseis sem órgãos de locomoção, vivendo isolados ou formando colônias.

02. Os representantes do filo Cnidário são corais, águas-vivas, anêmonas, hidras e caravelas.

04. O filo Mollusca apresenta seres com corpo mole que pode estar protegido ou não por uma concha de carbonato de cálcio.

08. Os cordados estão representados pelos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

Soma das alternativas corretas:

09. (UESC) Os poríferos são considerados um dos grupos taxonômicos mais primitivos entre os seres vivos, com características evolutivas marcantes que conferem a estes, destaque no processo adaptativo. Os organismos deste grupo, possuem diferentes estruturas, capacidades, características e funcionalidades que, ao longo da história, foram cruciais para a sobrevivência. Podemos destacar as células flageladas, ou chamados de coanócitos que são responsáveis pela condução da água por canais internos aos organismos. Assim, qual a estrutura responsável pela saída de toda a água dos organismos:

a) Ósculo.

b) Coanócito.

c) Porócito.

d) Pinacócito.

e) Probóscide.

10. (UFRN) A termogênese (termo = calor + gênese = produção) é um fenômeno responsável pela manutenção da temperatura corporal. É em razão desse fenômeno que animais como ursos polares e pinguins não morrem de frio, mesmo vivendo em ambientes com temperaturas abaixo de zero. Esse fenômeno ocorre, entre outros fatores, porque:

a) a pele desses animais homeotérmicos apresenta vasos sanguíneos continuamente dilatados para aumentar o fluxo de sangue e diminuir a perda de calor.

b) os pinguins, além de serem aquecidos por seus pelos, apresentam uma camada espessa de tecido adiposo.

c) a camada espessa de tecido adiposo marrom nesses animais é rica em mitocôndrias, organelas que produzem e liberam energia na forma de calor.

d) os ursos, por serem animais pecilotérmicos, regulam sua temperatura corporal produzindo calor metabolicamente com auxílio do glicogênio.

11. (IFMT) No período siluriano, por volta de 470 milhões de anos atrás, viveram os euripterídeos. Eram escorpiões marinhos gigantescos, que podiam chegar a medir até 3 metros de comprimento. Assim nos mostram os fósseis encontrados em diferentes partes do mundo. Também já existiram baratas gigantes do carbonífero e libélulas gigantes, as Meganeuras, no período cretáceo. Considerando o sistema atual de classificação, pode-se afirmar que esses animais eram:

a) Moluscos

b) Anelídeos.

c) Artrópodes.

d) Nematelmintos.

e) Poríferos.

12. (PUC-RIO) Associe os filos às suas respectivas características, apresentadas a seguir.

I. Mollusca.

II. Annelida.

III. Arthropoda.

IV. Echinodermata.

P. Exoesqueleto quitinoso e pernas articuladas.

Q. Pés ambulacrais e endoesqueleto.

R. Cerdas epidérmicas quitinosas e clitelo.

S. Manto e rádula.

As associações corretas são:

a) I – R , II – S , III – P , IV – Q.

b) I – S , II – R, III – Q , IV – P.

c) I – Q , II – R , III – S , IV – P.

d) I – S , II – R , III – P , IV – Q.

e) I – P , II – Q , III – R , IV – S.

13. (IFMT) Observe a figura abaixo e responda à questão a seguir:

São características comuns a todos os animais apresentados na figura:

a) Heterótrofos, presença de parede celular, unicelulares.

b) Ausência de parede celular, autótrofos, ausência de espinha dorsal.

c) Ausência da espinha dorsal, reprodução sexuada, heterótrofos.

d) Reprodução sexuada, autótrofos, ausência de parede celular.

e) Pluricelulares, heterótrofos, reprodução assexuada.

14. (UEM) Com relação ao revestimento corporal dos mamíferos e aos conceitos de calor e de temperatura, assinale o que for correto.

01. Os pelos, considerados uma novidade evolutiva típica da Classe Mammalia, são anexos epidérmicos, constituídos de queratina compactada, que, em conjunto, agem como isolantes térmicos que ajudam a diminuir a perda de calor corporal.

02. O calor é definido como energia em trânsito que flui, de forma espontânea, de corpos de temperatura mais baixa para corpos de temperatura mais elevada.

04. Os folículos pilosos, encontrados no interior dos pelos dos mamíferos, possuem uma glândula sebácea que, ao abrir-se, dispara o mecanismo celular de manutenção da temperatura corporal.

08. A temperatura pode ser entendida como uma medida da agitação térmica das moléculas ou das partículas que constituem um corpo.

16. O panículo adiposo é constituído de adipócitos e age como um isolante térmico, ajudando na manutenção da temperatura corporal dos mamíferos.

Soma das alternativas corretas:

15. (UECE) Analise as seguintes afirmações sobre as características dos tubarões:

I. Suas escamas são homólogas aos dentes dos outros cordados.

II. Possuem bexiga natatória, responsável por sua excelente flutuabilidade.

III. São animais sensíveis, com a capacidade de detectar campos eléctricos gerados por outros animais.

IV. São sempre animais de grande porte, pois todos são ferozes e vorazes.

Estão corretas as características contidas em:

a) I e III, apenas.

b) I, II, III e IV.

c) I e II, apenas.

d) II e IV, apenas.

16. (UEM) O Reino Animalia compreende uma grande variedade de organismos eucariontes, pluricelulares e heterotróficos, os quais, durante o processo evolutivo, foram se modificando e desenvolvendo diferentes estruturas e estratégias para sua sobrevivência. Sobre esses organismos, assinale o que for correto.

01. No ciclo de vida da Taenia solium, o homem, ao ingerir a carne de porco ou de vaca com as larvas da tênia, é considerado o hospedeiro intermediário, desenvolvendo a cisticercose.

02. São exemplos de insetos que apresentam aparelho bucal do tipo sugador, picador, mastigador e lambedor, respectivamente, borboletas, mosquitos, gafanhotos e moscas.

04. Moluscos pelecípodos não possuem cabeça, possuem um pé em forma de machado e produzem as pérolas devido à penetração de corpos estranhos entre o manto e a massa visceral.

08. A notocorda, característica dos cordados, é um eixo esquelético dorsal do embrião que, nos vertebrados adultos, é substituído pela coluna vertebral.

16. Os quelônios são animais de vida aquática na fase larvária e terrestre na fase adulta. Possuem pele mucosa e úmida; são os primeiros tetrápodos.

Soma das alternativas corretas:

17. (CEFET-MG) Os répteis são vertebrados tetrápodes pertencentes à classe Reptilia, derivado do latim reptilis, que significa rastejar. Evidencia-se que os primeiros répteis teriam evoluído há mais de 250 milhões de anos, mas, diferentemente de seus ancestrais, eles foram capazes de conquistar de forma efetiva o ambiente terrestre.

Disponível em: <http://educacao.uol.com.br&gt;. Acesso em: 26 set de 2014.(Adaptado).

A característica que esses animais compartilham com a maioria de seus ancestrais é a:

a) Realização de trocas gasosas por meio de pulmões.

b) Ocorrência de fecundação interna independente da água.

c) Eliminação de ácido úrico como principal excreta nitrogenado.

d) Formação de ovo com casca que impede o dessecamento do embrião.

e) Existência de pele queratinizada sem glândulas produtoras de muco.

18. (UEPG) Ao longo do tempo, os seres vivos foram se modificando e encontrando diferentes estratégias de sobrevivência. Os animais, quando estudados de forma comparativa, apresentam algumas tendências evolutivas na estrutura corporal. No que diz respeito ao estudo comparativo da estruturação corpórea dos animais, assinale o que for correto.

01. Os poríferos e todos os vertebrados estão reunidos entre os Eumetazoa. São organizados neste clado por formar tecidos verdadeiros, com inúmeros tipos celulares especializados.

02. Animais dotados de simetria bilateral movimentam-se com uma das extremidades do corpo voltada para frente, a qual define a região anterior do corpo. Durante a evolução dos animais ocorreu um processo conhecido como cefalização, o qual levou à diferenciação da cabeça.

04. O conceito de simetria é importante para o estudo dos animais. Animais com simetria radial não têm cabeça nem cauda, não têm lado direito nem lado esquerdo, não têm dorso nem ventre. Seu eixo corporal vai da região da boca, chamada região oral, à região oposta, chamada região aboral.

08. Outra tendência corporal na evolução animal foi o desaparecimento do celoma em moluscos, artrópodes, equinodermos e cordados. O desaparecimento do celoma nestes organismos permitiu a estruturação tecidual nas cavidades corpóreas.

Soma das alternativas corretas:

19. (PUC-GO) Use o texto a seguir para responder esta questão

Adeus, meu Canto

Adeus, meu canto! É a hora da partida…

O oceano do povo s’encapela.

Filho da tempestade, irmão do raio,

Lança teu grito ao vento da procela.

O inverno envolto em mantos de geada

Cresta a rosa de amor que além se erguera…

Ave de arribação, voa, anuncia

Da liberdade a santa primavera.

É preciso partir, aos horizontes

Mandar o grito errante da vedeta.

Ergue-te, ó luz! — estrela para o povo,

— Para os tiranos — lúgubre cometa.

Adeus, meu canto! Na revolta praça

Ruge o clarim tremendo da batalha.

Águia — talvez as asas te espedacem,

Bandeira — talvez rasgue-te a metralha.

[…]

(ALVES, Castro. Melhores poemas de Castro Alves. 7. ed. São Paulo: Global, 2003, p. 109.)

O Texto faz uma referência à águia, um representante da classe das aves. A respeito desse grupo, analise as afirmativas a seguir:

I. As aves surgiram na época em que os répteis dominavam o planeta, originadas a partir de mamíferos voadores que viveram no período Mesozoico.

II. Bioquimicamente, as penas são formadas pela substância queratina, que possui como uma de suas propriedades o isolamento térmico.

III. As águias, os pombos e os papagaios pertencem respectivamente às ordens Falconiformes, Columbiformes e Psitaciformes.

IV. À semelhança dos répteis, as aves excretam amônia e apresentam bexiga urinária.

Em relação às proposições analisadas, assinale a única alternativa cujos itens estão todos corretos:

a) I e II.

b) I e IV.

c) II e III.

d) II e IV.

20. (URCA) São exemplos de seres diblásticos com óvulos oligolécitos:

a) Anelídeos e cnidários.

b) Poríferos e cnidários.

c) Platelmintos e asquelmentos.

d) Anelídeos e moluscos.

e) Poríferos e platelmintos.

21. (IFMT) O escargot é um invertebrado que possui um esqueleto externo que é a sua concha. Seu corpo se divide em três partes: cabeça, pé e massa visceral. Muito prolífero e com ótima aceitação no mercado externo e interno. É indicado para criação em regiões com climas temperados e frios. Seu peso adulto para abate é de aproximadamente 15 gramas. De acordo com essas informações, pode-se concluir que o escargot pertence ao grupo dos:

a) Equinodermos.

b) Artrópodes.

c) Anfíbios.

d) Anelídeos.

e) Moluscos

22. Sabemos que os anfíbios e os répteis vivem numa faixa equatorial e temperada do planeta, enquanto as aves atingem até os polos. Isto só é possível pois as aves são seres:

a) monotremados.

b) marsupiais.

c) heterotérmicos.

d) homeotérmicos.

e) elapídicos.

23. (UCPel) A linha lateral é constituída por mecanorreceptores compostos por estruturas sensoriais especiais denominadas neuromastos interconectados e capazes de detectar vibrações na água. Através dos poros, que se estendem ao longo dos lados do corpo, conecta o organismo com o meio externo. Essa estrutura ocorre em:

a) Peixes, anfíbios e répteis.

b) Exclusivamente em peixes.

c) Peixes, anfíbios aquáticos e crocodilianos.

d) Exclusivamente em anfíbios.

e) Peixes e anfíbios aquáticos em estágio larval.

24. (UEM) Sobre os organismos do Filo Nematoda, é correto afirmar que:

01. São animais triblásticos, pseudocelomados e com simetria bilateral.

02. O “bicho geográfico” pode infectar cães, gatos e humanos, ou seja, transmite uma zoonose.

04. A parede do corpo desses organismos é composta por cutícula, por epiderme e por músculos longitudinais.

08. Ascaris e Ancylostoma apresentam estágios larvais de vida livre.

16. A novidade evolutiva que apresentam é um sistema respiratório cuticular.

Soma das alternativas corretas:

25. (UFG) Leia o trecho da música a seguir.

Qual característica é comum a todos os animais citados no trecho da música?

a) Viviparidade.

b) Endotermia.

c) Reprodução sexuada.

d) Excreção de amônia.

26. (UNITAU) A presença de endoesqueleto calcário de origem mesodérmica, adultos de simetria radial pentâmera e larvas bilaterais, sistema hidrovascular composto de série de canais e pódios musculares, ausência de órgãos excretores e sistema nervoso difuso descentralizado são características de qual dos grupos animais abaixo?

a) Protozoários.

b) Cnidários.

c) Equinodermos.

d) Peixes.

e) Répteis.

27. (IFMG)

Biólogos encontram anfíbio raro em RO

Espécie de cobra-cega pode chegar a até 1 metro e tinha apenas dois exemplares conhecidos

Cinco exemplares da espécie Atretochoana eiselti, anfíbio de corpo alongado, cilíndrico e de pele lisa que pertence à família das chamadas cobras-cegas, foram encontrados perto do local de obras de uma usina hidrelétrica no rio Madeira, em Porto Velho, capital de Rondônia. O animal seria o maior anfíbio apulmonado já encontrado.

Disponível em <http://www.estadao.com.br/noticias/&gt;. Acesso em: 25 nov. 2012.

A espécie relatada na reportagem pertence à classe dos anfíbios. São características que permitem incluí-la nesse grupo, exceto:

a) Respiração cutânea.

b) Coração tetracavitário.

c) Desenvolvimento indireto.

d) Circulação dupla e incompleta.

28. (IFMT) Existem no país, hoje, em torno de 1.800 criadouros de peixes ornamentais. Cerca de 350 desses estão concentrados na região de Muriaé, em Minas Gerais, considerada o maior polo nacional. Outros criadouros se desenvolveram ao longo do tempo em diversas regiões, contribuindo para dinamizar as economias locais e gerar empregos. Podemos citar como destaque os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

(G1 09/04/2012)

Com relação ao grupo dos peixes, é incorreto afirmar que:

a) O termo alevino é o nome dado ao ovo dos peixes vivíparos.

b) Ocorre a presença de glândulas produtoras de muco.

c) Os tubarões, raia são exemplos de peixes condrictes (cartilaginosos).

d) A bexiga natatória é um órgão que ajuda na flutuação e permite o equilíbrio.

e) A linha lateral é um sistema sensorial que capta vibrações provocadas por correntes de água.

29. Os artrópodes constituem o maior e mais diversificado filo de animais, e são representados pelos crustáceos, insetos e aracnídeos. Fazem parte dos três subfilos, respectivamente:

a) Caranguejo, barata e aranha.

b) Siri, besouro e caranguejo.

c) Siri, escorpião e aranha.

d) Caranguejo, barata e besouro.

e) Caranguejo, aranha e besouro.

30. (UEM) Com relação às características evolutivas e morfológicas dos animais, assinale a alternativa correta.

a) Considerando o desenvolvimento embrionário, em especial do trato digestório, os moluscos são mais evoluídos do que os equinodermatas.

b) Os artrópodes foram os primeiros animais invertebrados a conquistar o meio terrestre, depois que algumas plantas já estavam estabelecidas nesse ambiente.

c) Considerando as categorias taxonômicas, os ratos são parentes mais próximos dos morcegos do que as cobras são dos lagartos.

d) pinguim, baleia e tubarão possuem coração com três cavidades.

e) Quanto ao sistema respiratório, os anfíbios não apresentam pulmões e os mamíferos não apresentam traqueias.

 

Publicado por: Djalma Santos | 5 de abril de 2018

TESTES DE GENÉTICA (7)

01. (PUC-RIO) As possíveis cores na pelagem dos cães da raça Labrador Retrivier são resultantes de um processo de interação gênica epistásica entre dois loci autossômicos: B, responsável pela produção de melanina, e E, responsável pela deposição do pigmento nos pelos. O quadro abaixo apresenta os possíveis genótipos para cada fenótipo.

Considere as afirmativas abaixo.

I. O cruzamento entre cães de cor amarela e cães de cor chocolate não gerará prole de cor preta.

II. O cruzamento entre cães de cor preta poderá gerar prole com as três colorações.

III. O cruzamento entre cães de cor amarela só poderá gerar prole de cor amarela.

IV. O cruzamento entre cães de cor chocolate poderá gerar prole de cor preta e chocolate.

Está correto o que se afirma em:

a) somente I e II.

b) somente II e III.

,c) somente I, II e III.

d) somente II, III e IV.

e) I, II, III e IV.

02. (UEPG) Em seus experimentos, Mendel cruzou ervilhas de sementes lisas e amarelas (ambos caracteres dominantes) com ervilhas de sementes rugosas e verdes (ambos caracteres recessivos) e obteve a geração F1, onde todas as sementes eram lisas e amarelas. A partir do cruzamento entre exemplares da geração F1, ele obteve a geração F2. De acordo com a segunda lei de Mendel, assinale o que for correto.

01. Em um experimento foram obtidas 32 plantas de ervilha na geração F2. Neste experimento é esperada a seguinte proporção fenotípica: 18 plantas com sementes lisas e amarelas; 6 plantas com sementes lisas e verdes; 6 plantas com sementes rugosas e amarelas; e, 2 plantas com sementes rugosas e verdes.

02. De acordo com a segunda lei de Mendel, a proporção esperada na geração F2 seria de 3:1, ou seja, 3/4 de plantas com sementes lisas e amarelas e 1/4 de plantas com sementes rugosas e verdes.

04. Segundo Mendel, o fato de a semente ser lisa ou rugosa independe de ela ser verde ou amarela. Assim, a herança do caráter textura de semente independe da herança do caráter cor da semente.

08. De acordo com a segunda lei de Mendel, seria esperada na geração F2 a seguinte proporção 9:3:3, sendo composto por plantas de sementes lisas e amarelas, plantas com sementes lisas e verdes, e plantas com sementes rugosas e amarelas.

16. As características “lisa” e “amarela” tendem a aparecer sempre juntas nas sementes das ervilhas, visto que são ambas características dominantes.

Soma das alternativas corretas

03. (UNIPAR) Sabe-se que olhos escuros são dominantes sobre olhos azuis. Sabe-se também que, na maioria das populações da América do Sul predomina o número de pessoas de olhos escuros, enquanto em diversas populações europeias acontece o inverso. Essa diferença deve-se fato de:

a) a herança da cor dos olhos não obedecer às leis de Mendel.

b) a mecanismo de herança da cor dos olhos não ser ainda bem conhecido.

c) a dominância dos genes relacionados com a cor dos olhos modificar-se com o ambiente.

d) a frequência dos alelos para olhos escuros ser maior nas populações sul-americanas do que nas europeias.

e) tratar-se de um caso de herança quantitativa, que sempre é influenciada por fatores ambientais.

04. (ACAFE)

A inteligência é hereditária?

Um amplo estudo publicado em Julho de 2017, na revista científica Nature Genetics, comparou os achados previamente relatados de variantes genéticas em 78.308 indivíduos e detectaram variáveis genéticas em 52 genes relacionando-as à capacidade cognitiva. Porém o impacto desses 52 genes explica apenas 4,8% da variabilidade da inteligência. Assim, fica comprovado que o componente genético não é determinado por um único gene, mas sim pela somatória de componentes genéticos e não genéticos.

Fonte: Veja, 22/09/2017. Disponível em: http://veja.abril.com.br

Considerando as informações contidas no texto e os conhecimentos relacionados ao tema é correto afirmar, exceto:

a) A variação genética, a variação ambiental e a interação genótipo x ambiente determinam a variação fenotípica em uma herança quantitativa.

b) A herança monogênica tem distribuição discreta em uma geração segregante, isto é, os indivíduos podem ser agrupados em classes fenotípicas distintas. Enquanto a herança quantitativa em uma geração segregante tem distribuição contínua.

c) Herança quantitativa ou poligênica é um tipo de herança genética, na qual participam dois ou mais pares de genes que se encontram vinculados, resultando em um efeito acumulativo, cada gene contribuindo com uma parcela para a formação da característica.

d) Herdabilidade é um coeficiente genético que expressa a relação entre a variância genotípica e a variância fenotípica, ou seja, mede o nível da correspondência entre o fenótipo e o genótipo.

05. (PUC-PR) Considere o texto a seguir.

Por que cientistas falam em epidemia de miopia e qual a sua origem Nos últimos 50 anos, o número de pessoas míopes duplicou. Estima-se que em 2020 um terço da população mundial terá o problema na visão, em 2050, a metade. “Estamos em meio a uma epidemia global de miopia”, disse o médico Earl Smith, professor de desenvolvimento da visão e decano da Faculdade de Optometria da Universidade de Houston, nos Estados Unidos. E essa epidemia tem mais incidência entre os jovens do leste da Ásia, em países como China e Coreia do Sul, onde o problema afeta quase 90% dos estudantes que concluem o Ensino Médio. Em outras regiões do mundo, embora os números não sejam tão alarmantes, a condição também avança. As pessoas míopes podem ver claramente os objetos que estão próximos, mas não conseguem focar objetos distantes. Ela ocorre quando o globo ocular cresce demais e fica maior do que o normal. Essa condição visual costuma se manifestar quando as crianças estão em idade escolar e piora gradualmente até que o globo ocular complete seu crescimento. Se não for detectada e corrigida com lentes, a miopia pode progredir e, com o tempo, aumentar significativamente o risco de catarata, glaucoma, desprendimento da retina e maculopatia míope. Além disso, está entre as três primeiras causas de cegueira permanente no mundo.

Qual é a causa

Os especialistas acreditam que a genética tenha um papel no desenvolvimento da miopia, mas não é o único fator. “Há algo em nosso comportamento e nosso ambiente que está contribuindo para o aumento de casos de pessoas míopes”, garante Smith, que recebeu financiamento de US$ 1,9 milhão (R$ 6,3 milhões) exatamente para investigar as causas e estratégias de tratamento.

Disponível em < http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2017/06/1892669-por-que-cientistas-falam-em-epidemia-de-miopia-equal-a-sua-origem.shtml&gt;. Acesso em 13/06/17.

A Genética da miopia ainda não é completamente compreendida. Supondo que a miopia siga uma herança autossômica dominante, qual a chance de um casal, que já tem um filho com visão normal, ter uma menina com miopia de origem genética?

a) 0.

b) 1/2.

c) 2/8.

d) 3/4.

e) 3/8.

06. (UNIOESTE) Em 1908, dois pesquisadores – G.H. Hardy e W. Weinberg – comprovaram, teoricamente, o que aconteceria com a frequência de dois alelos (“A” e “a”) na ausência de fatores evolutivos. A partir desta afirmativa, assinale a alternativa correta.

a) Esta comprovação foi calculada em uma população pequena para que não houvesse erros de amostragem, os cruzamentos eram ao acaso, e não havia mutações nem migrações.

b) Na comprovação matemática dos dois pesquisadores, eles atribuíram ao alelo Aa frequência inicial p2 e ao seu alelo a, a frequência inicial q2.

c) Assumindo-se também a 1a Lei de Mendel e os princípios da probabilidade, a proporção de indivíduos homozigotos dominantes na geração seguinte seria de 2p, assim como dos homozigotos recessivos seria 2q.

d) A população hipotética panmítica não existe na realidade, pois sempre há fatores evolutivos ocorrendo em uma população, tais como mutação e seleção natural, mantendo-se assim a frequência dos alelos.

e) A partir da população hipotéticas, foi possível caracterizar matematicamente que a evolução ocorre quando a frequência dos alelos de uma população se altera ao longo das gerações.

07. (UFSC) A distrofia muscular do tipo Duchenne é uma doença ligada ao sexo que causa problemas nas células musculares de forma progressiva e letal. Na genealogia abaixo, são mostrados indivíduos normais e um afetado pela doença.

Com base na genealogia e sabendo-se que não ocorreu mutação e nenhum erro de segregação, é correto afirmar que:

01. o indivíduo I – 1 pode ser heterozigoto para a doença.

02. o indivíduo I – 2 é homozigoto.

04. o casal I – 1 e I – 2 tem 50% de chance de ter uma filha com a doença.

08. o indivíduo II – 3 tem 50% de chance de ser heterozigoto.

16. a chance de o casal II – 1 e II – 2 ter um descendente com a doença é de 12,50%.

32. o casal II – 1 e II – 2 não pode ter descendentes com a doença.

Soma das alternativas corretas:

08. (IFMG) Na espécie humana, mulheres com sangue dotado de fator Rh negativo que geram filhos com sangue dotado de fator Rh positivo podem desenvolver anticorpos anti-Rh. Isso ocorre porque, no final da gestação e principalmente durante o parto, parte do sangue do filho entra em contato com o sangue da mãe, sensibilizando-a para o fator Rh. A partir desse momento, se esta mulher gerar outro filho com sangue dotado de fator Rh positivo, anticorpos anti-Rh poderão ser rapidamente produzidos pela mãe, atravessar a placenta e destruir as hemácias fetais, processo que continua no recém-nascido, resultando na síndrome conhecida como:

a) Daltonismo.

b) Eritroblastose fetal.

c) Hemofilia

d) Klinefelter.

09. (UFRGS) Quando todas as filhas de um indivíduo, afetado por uma determinada anomalia genética, têm o mesmo fenótipo que o pai e nenhum filho é afetado, o mais provável padrão de herança é:

a) ligado ao X dominante.

b) ligado ao X recessivo.

c) autossômico dominante.

d) autossômico recessivo.

e) extranuclear.

10. (UENP) O daltonismo é uma característica genética ligada ao cromossomo X. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o que pode ser afirmado sobre os pais de uma mulher que apresenta essa característica.

a) O pai é hemizigótico, a mãe é heterozigótica e ambos são daltônicos.

b) O pai é hemizigótico, a mãe é heterozigótica dominante e ambos são daltônicos.

c) O pai é hemizigótico, a mãe é homozigótica recessiva e ambos são daltônicos.

d) O pai é hemizigótico, a mãe é homozigótica dominante e ambos são daltônicos.

e) O pai é hemizigótico, a mãe é homozigótica dominante e ambos não são daltônicos.

11. (UNICENTRO) O albinismo é uma condição que determina a ausência de pigmentação da pele. Na espécie humana, ela é condicionada por um gene recessivo a. Suponha que um casal, cuja mãe é homozigota recessiva e o pai é heterozigoto para essa condição, qual é a probabilidade de o primeiro e o segundo filho nascerem com albinismo?

a) 1/4.

b) 1/2.

c) 3/4.

d) 1/3.

e) 2/3.

12. (UEPG) A eritroblastose fetal, ou doença hemolítica do recém-nascido, está relacionada ao fator Rh. Assinale o que for correto sobre esta doença.

01. Atualmente, a eritroblastose fetal pode ser evitada injetando-se na mãe Rh+ (Rh positiva) o anticorpo anti-Rh, logo após o nascimento do primeiro filho Rh (Rh negativo).

02. Durante o parto, as hemácias do filho portadoras do fator Rh+ (Rh positivo) entram em contato com o sangue da mãe Rh (Rh negativa), estimulando assim a produção de anticorpos anti-Rh no plasma da mãe.

04. Para que aconteça a eritroblastose fetal, o pai necessariamente deve ser Rh (Rh negativo) e a mãe deve apresentar o fator Rh nas suas hemácias, ou seja, ser Rh+ (Rh positiva). O segundo filho sofrerá com as consequências da doença caso ele também apresente o fator Rh, como a mãe.

08. A eritroblastose fetal pode ocorrer quando mulheres Rh (Rh negativas), já sensibilizadas anteriormente, tem filho Rh+ (Rh positivo). A sensibilização pode ocorrer por transfusão de sangue Rh+ (Rh positivo) ou gestação anterior de um filho Rh+ (Rh positivo).

16. Uma mãe Rh (Rh negativa), casada com um homem Rh (Rh negativo), pode apresentar filhos Rh+ (Rh positivos) na segunda gestação, porém sem que haja a manifestação da doença, visto que a mãe não apresenta anticorpos anti-Rh.

Soma das alternativas corretas:

13. (UFPR) Em uma espécie de mamíferos, a cor da pelagem é influenciada por dois genes não ligados. Animais AA ou Aa são marrons ou pretos, dependendo do genótipo do segundo gene. Animais com genótipo aa são albinos, pois toda a produção de pigmentos está bloqueada, independentemente do genótipo do segundo gene. No segundo gene, o alelo B (preto) é dominante com relação ao alelo b (marrom). Um cruzamento entre animais AaBb irá gerar a seguinte proporção de prole quanto à cor da pelagem:

a) 9 pretos – 3 marrons – 4 albinos.

b) 9 pretos – 4 marrons – 3 albinos.

c) 3 pretos – 1 albino.

d) 1 preto – 2 marrons – 1 albino.

e) 3 pretos – 1 marrom.

14. (UDESC) Um exemplo clássico da Herança Quantitativa é a cor da pele em seres humanos, embora este não seja o único caso deste tipo de herança. Apesar de serem utilizadas letras maiúsculas e minúsculas para identificar os genes e seus alelos, esta maneira de escrever não indica que exista dominância e recessividade entre os alelos, conforme se pode deduzir pela observação dos resultados fenotípicos, mostrados no quadro abaixo.

Analise as proposições com relação à Herança Quantitativa.

I. O efeito dos alelos e dos genes é aditivo, ou seja, o efeito de um soma-se ao efeito do outro.

II. Os fatores ambientais podem influenciar no fenótipo, neste tipo de herança.

III. A distribuição dos fenótipos neste tipo de herança é contínua, ou seja, não existem apenas um, dois ou três tipos de fenótipos, existindo muitos intermediários.

IV. Este tipo de herança tem ligação com o sexo, pois os genes estão localizados nos cromossomos X e Y.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

c) Somente a afirmativa I é verdadeira.d) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

15. (PUC-RIO) No heredograma abaixo, os indivíduos com uma determinada condição genética estão marcados em preto. Os círculos representam o sexo feminino, e os quadrados, o sexo masculino.

A partir da análise deste heredograma, verifica-se que a condição genética é compatível com o seguinte padrão de herança:

a) autossômico dominante.

b) autossômico recessivo.

c) ligado ao X dominante.

d) ligado ao X recessivo.

e) ligado ao Y.

16. (UNIPAR) A frequência de indivíduos afetados por uma anomalia genética autossômica recessiva, em uma dada população, era de 0,16. Constatou-se a diminuição dessa frequência após:

a) a morte de 5% da população total por falta de alimento.

b) a imigração de muitos indivíduos homozigotos dominantes.

c) o nascimento de 48 indivíduos afetados entre 300 nascidos.

d) o casamento preferencial de indivíduos heterozigotos.

e) o crescimento da população da população devido a diminuição da predação.

17. (UEPG) Sobre alguns conceitos genéticos, assinale o que for correto.

01. Quando o produto de um único gene tem efeito simultâneo sobre várias características do organismo, este é denominado pleiotrópico.

02. O fenômeno de interação gênica ocorre quando dois ou mais pares de genes agem na determinação de uma mesma característica. A epistasia é um tipo de interação gênica na qual um par de alelos inibe a manifestação de outro par.

04. Quando um par de alelos independe de outro par para a sua manifestação, levando a formação de dois tipos fenotípicos bem característicos, dá-se o nome de herança quantitativa ou poligênica.

08. Plantas com flores vermelhas cruzadas com plantas de flores brancas originam plantas com flores rosas. Este é um exemplo clássico de dominância completa, visto que os pigmentos vermelhos e brancos são produzidos em uma mesma taxa, levando ao surgimento de uma flor contendo os dois pigmentos em proporções iguais, ou seja, de cor rosa.

Soma das alternativas corretas:

18. (UFPR) Em relação ao sistema ABO de grupos sanguíneos, considere as seguintes afirmativas:

1. O tipo sanguíneo AB é considerado doador universal.

2. O tipo sanguíneo O é considerado receptor universal.

3. O tipo sanguíneo A pode doar para pessoas do tipo A e AB.

4. O tipo sanguíneo B pode doar para pessoas do tipo B e AB.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.

e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.

19. (UFRGS) No milho, grãos púrpura são dominantes em relação a amarelos, e grãos cheios são dominantes em relação a murchos. Do cruzamento entre duas plantas, foi obtida uma prole com as seguintes proporções: 25% de grãos púrpura e cheios; 25% de grãos amarelos e cheios; 25% de grãos púrpura e murchos; 25% de grãos amarelos e murchos. Sabendo que uma das plantas parentais era totalmente homozigota, assinale a alternativa correta.

a) Os dois genes citados não estão segregando de forma independente.

b) A planta homozigota era dominante para as duas características.

c) Uma das plantas parentais era heterozigota para as duas características.

d) A prole seria mantida na proporção 1:1:1:1, se as duas plantas parentais fossem duplo heterozigotas.

e) Os resultados obtidos são fruto de recombinação genética.

20. (UNIOESTE) Sobre daltonismo e hemofilia A, pode-se afirmar que:

a) as duas doenças são heranças genéticas associadas a problemas de coagulação do sangue.

b) o daltonismo está relacionado somente ao cromossomo Y e resulta na dificuldade em distinguir determinadas cores.

c) na hemofilia A não há relação com o cromossomo X.

d) no daltonismo, os homens são apenas portadores.

e) o gene recessivo da hemofilia A está no cromossomo X.

Publicado por: Djalma Santos | 5 de abril de 2018

TESTES DE SISTEMAS DIVERSOS (2)

01. (IFNMG) A figura abaixo evidencia um movimento de alavanca realizado pelo braço onde ocorre a contração do bíceps e relaxamento do tríceps.

Fonte: http://www.museuescola.ibb.unesp.br/subtopico.php?id=2&pag=2&num=3&sub=21. Acesso em: 06 de abr de 2017.

De acordo com o evento representado na figura e com as alterações que ocorrem na unidade contráctil do músculo que é o sarcômero, pode-se dizer que:

a) A banda H do bíceps encontra-se maior que a do tríceps.

b) Banda A nos dois músculos não apresenta nenhum tipo de alteração.

c) Semi banda I do tríceps encontra-se maior que a do bíceps.

d) A sobreposição da actina e miosina é a mesma nos dois músculos.

02. (PUC-RIO) A prática de exercícios físicos requer um alto “gasto” energético para a realização de trabalho pelos músculos. Sabendo-se que as necessidades metabólicas das células musculares e cerebrais são diferentes, analise as afirmativas, a seguir:

I. Exercícios de longa duração podem acarretar desmaios devido à falta de oxigenação do cérebro.

II. As células musculares são capazes de obter energia através da respiração celular ou da fermentação.

III. Durante exercícios de alta intensidade, o músculo inicia o processo de fermentação já que o oxigênio não é suficiente para garantir os requerimentos da respiração celular nas células musculares.

IV. O acúmulo de ácido lático resulta em dores musculares agudas, decorrentes do exercício de alta intensidade.

Está correto o que se afirma em:

a) somente I.

b) somente I e II.

c) somente II e IV.

d) somente I, II e III.

e) I, II, III e IV.

03. (UPF) Um indivíduo bateu a cabeça durante um acidente e teve uma lesão no lobo encefálico frontal. Devido a essa lesão, é de se esperar que esse indivíduo apresente:

a) dificuldade em reconhecer sons.

b) alterações no tato e na capacidade de sentir dor.

c) alterações na visão.

d) alterações no equilíbrio.

e) dificuldades para articular a fala.

04. (FIT) No início de uma aula de biologia na qual se estudavam os diferentes níveis de organização do ser humano, os alunos foram convidados a fechar os olhos e imaginar quatro íons de ferro posicionados dentro da hemoglobina, presente nos eritrócitos constituintes do sangue que flui por uma veia. Com relação à fisiologia respiratória humana, é correto afirmar que a função da hemoglobina é o transporte:

a) do gás carbônico, apenas.

b) do gás oxigênio, apenas.

c) dos gases respiratórios, oxigênio e gás carbônico, ambos na mesma proporção.

d) do gás oxigênio, em maior proporção, e do gás carbônico, em menor proporção.

e) do gás carbônico, em maior proporção, e do gás oxigênio, em menor proporção.

05. (UEA) A figura ilustra um processo de coagulação sanguínea, no qual uma rede de fibrina envolve eritrócitos.

Tal processo ocorre, por exemplo, em capilares rompidos e depende da atuação:

a) da hemoglobina presente no interior dos eritrócitos.

b) da albumina plasmática, responsável pela formação da fibrina.

c) dos íons cálcio que interagem com enzimas específicas.

d) de globulinas, produzidas pelos leucócitos.

e) da vitamina K, responsável pela síntese da proteína fibrinogênio.

06. (UEM) A circulação sanguínea é responsável pelo transporte dos líquidos que carregam o oxigênio e os nutrientes para as células do corpo e pela retirada dos resíduos e do gás carbônico dos tecidos. Nos animais, o transporte dessas substâncias pelo corpo ocorre de diversas maneiras. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Os artrópodos e os moluscos possuem vasos circulatórios com extremidades abertas, pelas quais o fluido passa para cavidades corporais chamadas hemoceles.

02. Em poríferos, cnidários e platelmintos, o processo de transporte de nutrientes é lento, mas eficiente, e ocorre por difusão.

04. Os répteis apresentam circulação simples e completa, ocorrendo, em seu ventrículo, mistura de sangue arterial e de sangue venoso, como nos anfíbios.

08. Artérias são vasos que chegam ao coração trazendo sangue de todas as partes do corpo, e veias são vasos que saem do coração, levando sangue para as diversas partes do corpo.

16. Um gato e um pardal têm circulação dupla completa, e uma tartaruga e uma rã têm circulação dupla incompleta.

Soma das alternativas corretas:

07. (UNIOESTE) Os alimentos fornecem aos organismos a energia necessária para a realização de seus processos celulares e metabólicos. Também são fontes de matéria-prima para o desenvolvimento e manutenção do organismo. A digestão é um processo fisiológico a partir do qual os alimentos são reduzidos a pequenas partículas absorvíveis e disponíveis para a utilizacao metabólica. Considerando-se o processo da digestão e a estrutura do sistema digestório dos organismos, e correto afirmar que:

a) a digestão intracelular ocorre totalmente no interior da célula e o alimento fica armazenado em vacúolos digestivos, repletos de enzimas. Este tipo de digestão é exclusivo dos organismos unicelulares tais como bactérias e protozoários.

b) em alguns animais, por exemplo, poríferos e cnidários, o alimento é parcialmente digerido no meio extracelular e depois o processo é finalizado no interior das celulas que revestem a cavidade digestiva.

c) o sistema digestório é dito incompleto quando ele possui apenas uma abertura que se comunica com o meio externo através da qual os alimentos são captados e os restos não digeridos são eliminados. Ocorrem em cnidários e platelmintos.

d) a bile e uma enzima digestiva produzida pelo fígado e armazenada na vesícula biliar, que tem a função de emulsificar as gorduras presentes no intestino delgado.

e) o papo, uma dilatação do tubo digestivo, cuja função é umedecer e armazenar temporariamente o alimento ingerido, é exclusivo e característico do sistema digestório das aves.

08. (FUVEST) Analise as três afirmações sobre o controle da respiração em humanos.

I. Impulsos nervosos estimulam a contração do diafragma e dos músculos intercostais, provocando a inspiração.

II. A concentração de dióxido de carbono no sangue influencia o ritmo respiratório.

III. O ritmo respiratório pode ser controlado voluntariamente, mas na maior parte do tempo tem controle involuntário.

Está correto o que se afirma em:

a) I, apenas.

b) I e III, apenas.

c) III, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

09. (IFRR) As hemácias são as “células” do sangue responsáveis pelo transporte de oxigênio para os tecidos. Elas são produzidas a partir de células-tronco na medula óssea. Ao final de sua diferenciação, antes de entrarem na corrente sanguínea, perdem o núcleo e as mitocôndrias, transformando-se em um “saco” membranoso cheio de enzimas e hemoglobina. Devido à ausência de núcleo e de mitocôndrias, dos processos a seguir, o único realizado pela hemácia é:

a) respiração aeróbica.

b) mitose.

c) fermentação.

d) síntese de proteínas.

e) síntese de RNA.

10. (UniTau) Os peixes cartilaginosos, da classe Chondrichthyes, são representados por cerca de mil espécies de tubarões, arraias e quimeras, sendo que a maioria das espécies de condrictes é marinha. Dentre esses animais, é possível verificar uma grande variedade de hábitos alimentares. O aparelho digestório dos Chondrichthyes é completo e seu intestino apresenta uma importante especialização, a válvula espiral. Assinale a alternativa que caracteriza corretamente essa estrutura.

a) Área de mucosa pregueada, que concentra glândulas produtoras de enzimas digestivas.

b) Região de ação glandular, que remove o excesso de sais do sangue.

c) Área de compressão do alimento, por ação muscular, e de digestão por microrganismos.

d) Região relativamente curta e dilatada, em que o alimento é amolecido por hidratação.

e) Área de absorção e de prolongamento do tempo que o alimento fica no intestino.

11. (FPS) No sistema digestório humano, o processo de digestão envolve fenômenos físicos e químicos. Os fenômenos químicos compreendem a transformação dos alimentos em seus constituintes básicos através da ação das enzimas digestivas. Sobre as fontes e funções de algumas enzimas digestivas humanas, observe o quadro abaixo e assinale a alternativa correta.

12. (UNICENTRO) Pode-se dizer que o acúmulo de mercúrio afeta a sobrevivência e o funcionamento dos (I). Tanto a transmissão do impulso nervoso, que ocorre sempre dos (II) para os (III) quanto a liberação de neurotransmissores são prejudicadas. Indique a alternativa que substitui os algarismos I, II e III:

a) Axônios — dendritos — neurônios.

b) Axônios — dendritos — neurônios.

c) Neurônios — axônios — dendritos.

d) Axônios — neurônios — dendritos.

e) Neurônios — dendritos — axônios.

13. (UNIVESP) Assinale a alternativa que apresenta os termos que completam corretamente a afirmação feita sobre a respiração dos peixes. “A água, que entra pela boca do peixe, é rica em (1), passa pelas (2) e sai pelo opérculo com mais (3)”.

14. (UniTau) A função do sistema digestório é transformar as moléculas complexas dos nutrientes em moléculas pequenas, simples e absorvíveis pelo intestino delgado. Com relação à digestão dos alimentos, assinale a alternativa correta.

a) O amido é assimilado após sua degradação, realizada pela ação das amilases salivar e pancreática.

b) O suco gástrico contém ácido sulfúrico, que mantém o pH estomacal elevado, e enzimas, como a tripsina.

c) A digestão das proteínas é realizada no intestino ação da pepsina, presente no suco pancreático.

d) A digestão de lipídeos é dificultada pela secreção da bile, produzida pelas células da vesícula biliar.

e) O apêndice faz parte da porção final do intestino delgado e é importante na absorção de água e minerais.

15. (PUCRS) Sobre o pâncreas e sua função na digestão em humanos, é correto afirmar que ele auxilia na digestão química, pois:

a) absorve, depois de digeridos, os aminoácidos, os monossacarídeos e as bases nitrogenadas.

b) produz solução alcalina contendo bicarbonato e várias enzimas.

c) estimula os movimentos peristálticos através das enzimas que produz.

d) transforma suas enzimas em sais biliares.

e) degrada as moléculas de celulose.

16. (UEPG) O tecido nervoso tem origem ectodérmica e forma os órgãos do sistema nervoso. Assinale o que for correto sobre as características deste tecido.

01. Os neurônios conectam-se entre si por meio de sinapses. Na porção terminal do corpo celular existem vesículas portadoras de neurotransmissores, que desencadeiam o potencial de ação. Não há inversão de cargas elétricas na membrana do axônio durante o potencial de ação.

02. O axônio apresenta ramificações na porção terminal. Trata-se de uma estrutura especializada na transmissão do impulso nervoso a outro neurônio ou a outros tipos celulares, como as células glandulares ou musculares.

04. O impulso nervoso se propaga no neurônio no sentido axônio > dendrito > corpo celular.

08. Os neurônios apresentam um corpo celular com intensa atividade metabólica. É portador de um grande núcleo com nucléolo bem desenvolvido, citoplasma com retículo endoplasmático granuloso e complexo golgiense também bem desenvolvidos, além de numerosas mitocôndrias.

Soma das alternativas corretas:

17. (FPS) No processo de digestão, os componentes dos alimentos são quebrados e transformados em substâncias assimiláveis pelas células. Assim, os alimentos sofrem digestão por processos mecânicos e químicos. Com relação à digestão dos alimentos, assinale a alternativa correta.

a) A amilase salivar atua transformando o amido e o glicogênio em moléculas menores chamadas aminoácidos.

b) A pepsina, enzima presente no suco gástrico, quebra os lipídios em ácidos graxos.

c) A renina é produzida no estômago em grande quantidade em recém-nascidos, e atua na coagulação da caseína.

d) A água e alguns sais minerais podem ser absorvidos no intestino.

e) O fígado e o pâncreas são glândulas que lançam secreções no estômago.

18. (UNICENTRO)

Observando-se a imagem destacada e com base nos conhecimentos a respeito da dinâmica iônica que ocorre na membrana dos neurônios, pode-se afirmar que:

a) ocorrerá a abertura dos canais de Na+, com a despolarização do neurônio.

b) haverá Na+, que penetra na célula por difusão facilitada, via bicamada de lipídios.

c) a bomba de Na+/K+ é uma proteína integral que, fosforilando um ADP, coloca K+ para dentro e Na+ para fora da célula.

d) os íons de sódio são transportados para fora no neurônio, com a fosforilação da bomba de Na+/K+.

19. (FACTO) A digestão e um conjunto de transformações físicas e químicas que ocorrem através do sistema digestório. A floridizina e uma molécula que diminui a absorção de glicose bloqueando os transportadores para esta molécula no intestino delgado. Imaginando que esta droga seja aplicada em um animal em condições experimentais, qual(is) seria(m) a(s) mudança(s) esperada(s)?

I. Aumento da concentração de insulina no sangue do animal.

II. Aumento da gliconeogênese.

III. Aumento da glicogenólise.

Esta(ao) correta(s).

a) Somente I.

b) Somente II.

c) Somente III.

d) Somente I e II.

e) Somente II e III.

20. (IFMT) A ilustração abaixo demonstra o processo mecânico da respiração.

Sobre a fisiologia da respiração, pode-se afirmar que:

a) Na inspiração, o ar é expelido graças à ação do diafragma.

b) Na expiração, os pulmões se dilatam para expulsar o ar.

c) Durante o processo da respiração, o pulmão permanece inalterado.

d) O oxigênio é absorvido na sua maior parte, na expiração.

e) O movimento do diafragma possibilita o processo da respiração.

 

Publicado por: Djalma Santos | 5 de abril de 2018

TESTES DE ECOLOGIA (XIII)

01. (ACAFE) Riqueza no sertão

Quem pensa no sertão como uma região pobre em biodiversidade pode se surpreender com o número: ali existem cerca de três mil espécies vegetais, nativas ou exóticas, que se combinam e formam a flora da caatinga. Um estudo da Embrapa Caprinos e Ovinos sinalizou que essa é uma importante fonte de alimento para as criações de gado locais, dispensando a criação de pastos artificiais e garantindo aos rebanhos alimento ao longo de todo o ano.

Fonte: Ciência Hoje, 12/04/2016.Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br

Em relação às caracteristicas físicas, biológicas e climáticas dos diferentes biomas brasileiros, correlacione as colunas a seguir.

1. Cerrado.

2. Caatinga.

3. Mata Atlântica.

4. Pantanal.

5. Amazônia.

( ) Bioma constituído por um conjunto de formações florestais (Florestas: Ombrófila Densa, Ombrófila Mista, Estacional Semidecidual, Estacional Decidual e Ombrófila Aberta) e ecossistemas associados como as restingas, manguezais e campos de altitude. A fauna desse bioma é composta por mico-leão-dourado, onça pintada, tamanduá bandeira, arara-azul-pequena, tatu canastra e o bugio.

( ) Considerado o maior bioma brasileiro e uma das maiores reservas de diversidade biológica. É caracterizado por elevadas temperaturas e grande índice pluviométrico. Sua flora nativa é composta por andiroba, pupunha, açaí, seringueira, mogno, cedro, sumaúma, castanha-do-pará e, sua fauna, por anta, preguiça, sagui-de-bigode, ariranha, suçuarana, arara-vermelha e tucano.

( ) Estende-se por grande parte da região Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste do país. É um bioma característico do clima tropical continental, com duas estações bem definidas – uma úmida (verão) e outra seca (inverno) –, possui uma vegetação com árvores e arbustos de pequeno porte, troncos retorcidos, casca grossa e, geralmente, caducifólia (as folhas caem no outono). A fauna da região é bastante rica, constituída por capivaras, lobos-guarás, tamanduás, antas e seriemas.

( ) Possui grande diversidade e riqueza, tanto de espécies animais quanto vegetais, sendo, inclusive, o bioma que abriga o maior número de aves em todo o continente. Apresenta áreas inundadas ricas em gramíneas, arbustos e árvores. A fauna é composta por: peixe dourado, pacu, arara, capivara, tamanduá, onça e o jacaré do papo amarelo.

( ) Trata-se da região mais seca do país, localizando- se na zona de clima tropical semiárido. Sua vegetação é composta, principalmente, por plantas xerófilas como as cactáceas e caducifólias. A fauna desse bioma é composta por uma grande variedade de répteis, cutia, gambá, preá, veadocatingueiro e tatupeba.

A sequência correta, de cima para baixo, e:

a) 3 – 5 – 1 – 4 – 2.

b) 2 – 5 – 1 – 3 – 4.

c) 1 – 4 – 5 – 3 – 2.

d) 4 – 3 – 2 – 5 – 1.

02. (ETEC) Entre os organismos vivos encontrados no solo, alguns são microscópicos, como as bactérias, os protozoários e os fungos, que se alimentam de restos de vegetais ou de animais. Outros são animais de pequeno porte, como as formigas, as minhocas, os besouros, as centopeias e os cupins que, entre outras coisas, fazem parte da biodiversidade do solo. Já os animais maiores, como os coelhos, os ratos, as toupeiras, os lagartos e as cobras vivem em tocas ou cavam túneis para se esconderem e criarem seus filhotes. Em certas situações, na agricultura ou na jardinagem, alguns animais de pequeno porte, como os pulgões, lesmas e caracóis são considerados muito prejudiciais aos vegetais. Sobre os organismos citados no texto, e correto afirmar que:

a) os animais maiores são vertebrados herbívoros, que se adaptam facilmente as condições do solo.

b) as lesmas e os caracóis são animais artrópodes, considerados prejudiciais, porque transmitem doenças.

c) os animais de pequeno porte são socialmente organizados e parasitam outros seres vivos encontrados no solo..

d) os pulgões são pequenos insetos, considerados prejudiciais, porque se alimentam sugando a seiva das plantas.

e) os seres vivos microscópicos são pluricelulares e atuam na produção da matéria orgânica necessária a fertilidade do solo.

03. (PUC-RIO) O gráfico abaixo mostra a relação existente entre seis dos principais biomas do mundo e os fatores climáticos precipitação média anual e temperatura média anual.

Identifica-se os biomas A, B e F, respectivamente, como:

a) tundra, deserto e floresta tropical.

b) taiga, deserto e floresta tropical.

c) floresta tropical, deserto e tundra.

d) tundra, campos, deserto.

e) taiga, deserto, campos.

04. (UPE) O conhecimento sobre fragmentação de florestas tropicais úmidas passa pela compreensão da dinâmica populacional das espécies vegetal e animal, do funcionamento dos ecossistemas, dos impactos presentes, da capacidade de regeneração natural, dentre outros. Os cientistas levam em consideração o tamanho (A) e o formato (B) dos fragmentos.

Com base no conhecimento sobre fragmentação de florestas tropicais úmidas, analise os itens abaixo em relação à zona de contato entre um habitat natural e outro antropizado, conhecido como borda:

I. Fragmentos mais próximos ao formato circular têm a razão borda-área maximizada, e o centro da área está mais distante das bordas, consequentemente, mais protegido dos fatores externos.

II. Vários pequenos fragmentos de florestas próximos têm o mesmo papel ecológico e a mesma capacidade de conservação das espécies que uma grande área, com o mesmo tamanho.

III. O aumento na proporção de borda em relação à área torna os fragmentos menos susceptíveis às perturbações antrópicas, como fogo, caça, animais domésticos, exploração madeireira, espécies invasoras, etc.

IV. Fragmentos especialmente muito finos e compridos ou com formas muito irregulares, apresentando muitas reentrâncias, podem permitir que as perturbações antrópicas penetrem em grande parte da área ou mesmo em toda a área do fragmento, afetando negativamente a floresta.

Está correto, apenas, o que se afirma em:

a) III e IV.

b) I, II e III.

c) II e III.

d) I e IV.

e) II.

05. (IFPE) Um forte terremoto ocorreu na noite de 16 de setembro de 2015 ao norte de Santiago, perto da região de Coquimbo, no Chile. A magnitude do tremor foi 8,3 (segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos – USGS) e 8,4 (segundo o serviço sismológico Chileno). O epicentro do tremor ocorreu às 19h54min (hora local, mesma de Brasília) e localizou-se no mar, a 243 km de Santiago e a pouco mais de 10 km da costa. De acordo com o Centro Nacional de Sismologia da Universidad de Chile, o sismo teve seu epicentro localizado 36 Km ao oeste da cidade de Canela e a 11 Km de profundidade, ocorrendo pelo menos 11 réplicas de tremores com magnitude maior que 4,4. Um alerta de tsunami foi emitido pelas autoridades para toda a região costeira e a marinha chilena registrou ondas de até 4,5 metros atingindo a cidade de Coquimbo após o tremor. O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico (PTWC) afirmou que ondas de até 3 metros podiam chegar até a costa da Polinésia Francesa. Se todo o litoral chileno fosse atingido por um tsunami tendo como consequência a mortandade de todos os grupos de plantas daquela região, isso representaria uma alteração no nível de organização dos seres vivos denominado:

a) comunidade.

b) organismo.

c) população.

d) fator abiótico.

e) nicho ecológico.

06. (UNICENTRO) O princípio de Gause tem sido confirmado por diversos estudos feitos com diferentes espécies de organismos. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a conclusão a que chegou o cientista russo, Georgyi Frantsevich Gause, e que ficou conhecida como princípio de Gause.

a) Se duas ou mais espécies ocuparem exatamente o mesmo nicho ecológico, a competição entre elas será tão severa que não poderão conviver.

b) Se nenhum fator evolutivo atuar sobre uma população que satisfaça certas condições, as frequências de seus alelos permanecerão inalteradas ao longo das gerações.

c) Uma nova população é fundada por uns poucos indivíduos se a população ancestral sofreu diminuição drástica ou se um pequeno número de indivíduos de uma população migrou para outra região, onde deu origem a uma nova população.

d) Os fatores que condicionam uma característica separam-se na formação dos gametas; estes, portanto, serão puros com relação a cada um dos fatores.

e) A posição funcional de um organismo em seu ambiente refere-se a seu habitat, aos recursos alimentares utilizados, às condições de reprodução, aos inimigos naturais e às estratégias de sobrevivência.

07. (UEM) Considerando alguns conceitos ecológicos e a interação dos organismos entre si e com o ambiente, assinale o que for correto.

01. As comunidades englobam as populações de diferentes espécies que constituem o componente biótico do ecossistema.

02. Nos ecossistemas, os elementos minerais circulam no ambiente geológico e nos organismos produtores, nos consumidores e nos decompositores que constituem as teias alimentares.

04. O plâncton, formado por organismos autótrofos, como as cianobactérias, as algas e os protozoários, constitui a base das cadeias alimentares dos ecossistemas aquáticos.

08. As condições climáticas, a disponibilidade de alimentos e as interações entre as espécies, como competição, predatismo e parasitismo, influenciam o crescimento ou a diminuição de populações naturais.

16. Algumas espécies constituem colônias ou sociedades que se mantêm estáveis em função da competição entre seus componentes.

Soma das alternativas corretas:

08. (UEL) Considerando que as taxas de natalidade, mortalidade, imigração e emigração são fatores responsáveis pela densidade populacional, analise o gráfico a seguir.

Com base na análise do gráfico, considere as afirmativas a seguir.

I. No período entre t0 e t1, a soma das taxas de natalidade e emigração é maior que a soma das taxas de natalidade e imigração, enquanto que no período entre t1 e t2, a soma das taxas de mortalidade e emigração é menor que a soma das taxas de mortalidade e imigração.

II. No período entre t0 e t1, a soma das taxas de mortalidade e emigração é menor que a soma das taxas de natalidade e imigração, enquanto que no período entre t1 e t2, a soma das taxas de natalidade e imigração é menor que a soma das taxas de mortalidade e emigração.

III. No período entre t0 e t1, a soma das taxas de mortalidade e imigração é maior que a soma das taxas de mortalidade e emigração, enquanto que no período entre t1 e t2, a soma das taxas de natalidade e imigração é menor que a soma das taxas de natalidade e emigração.

IV. No período entre t0 e t1, a soma das taxas de natalidade e imigração é maior que a soma das taxas de natalidade e emigração, enquanto que no período entre t1 e t2, a soma das taxas de mortalidade e emigração é maior que a soma das taxas de mortalidade e imigração.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

09. (UNITAU) Alguns animais podem apresentar a capacidade de se confundir com o meio em que vivem, obtendo disso alguma vantagem, tanto como predador, que pode atacar uma presa sem ser visto, ou mesmo enquanto presa, que pode se esconder de modo mais eficiente de seu predador. Nesse sentido, o mimetismo e a camuflagem são exemplos notáveis dessa capacidade que várias espécies desenvolveram ao longo da sua evolução. Apesar de representarem definições relativamente subjetivas e sujeitas a casos intermediários, aceita-se o mimetismo e a camuflagem como estratégias distintas. Sobre esses mecanismos biológicos, leia as seguintes afirmações.

I. O mimetismo é batesiano quando os organismos, mímico e mimético, apresentam uma relação de semelhança na forma.

II. No mimetismo, um organismo busca ser identificado como outro; na camuflagem, um animal busca passar despercebido no ambiente e, com isso, não ser visto.

III. Há dois tipos de mimetismo: a Homocromia, em que o animal é da mesma cor do meio onde vive, e a Homotipia, em que o animal tem a forma de partes que compõem o meio.

IV. O mimetismo é mülleriano quando dois organismos, apesar de serem completamente diferentes, compartilham uma característica chave, como o mau-cheiro das borboletas Licoria e Helicorneus.

a) Apenas I e II estão corretas.

b) Apenas I e III estão corretas.

c) Apenas I, II e III estão corretas.

d) Apenas I e II e IV estão corretas.

e) I, II, III e IV estão corretas.

10. (UNCISAL) As baratas urbanas são totalmente dependentes da presença dos seres humanos e importantes dentro da cadeia alimentar das cidades. Apesar de representarem cerca de 1% das espécies existentes de baratas do mundo, são numerosas e seu desaparecimento causaria um forte desequilíbrio nos ecossistemas urbanos:

FOX, E. Nojentas, mas úteis. Ciência Hoje, 284, ago. 2011 (adaptado).

Que fator explicaria o desequilíbrio que ocorreria no ambiente em função do desaparecimento das baratas urbanas?

a) O desaparecimento não causaria problemas, uma vez que baratas urbanas são sujas e transmitem doenças.

b) O desaparecimento das baratas urbanas possibilitaria a substituição por uma população de baratas silvestres.

c) O desaparecimento das baratas urbanas seria em função de seleção natural e não traria problemas para o ambiente.

d) O desaparecimento das baratas urbanas impediria o processo de adaptação dos outros seres vivos ao ambiente urbano.

e) O desparecimento das baratas urbanas quebraria muitas cadeias alimentares nas cidades, pois baratas são onívoras.

11. (UPF) “Nas últimas décadas, a sociedade parece ter finalmente despertado para os problemas ambientais causados pelo grande aumento na exploração de recursos naturais pela humanidade. Estamos tomando consciência de que é preciso fazer algo para evitar a degradação completa do ambiente em nosso planeta. Nesse contexto, os conhecimentos básicos de Ecologia são fundamentais para tentarmos reverter alguns dos graves problemas que nós mesmos provocamos”.

(AMABIS; MARTHO, 2010)

Associe os termos de ecologia apresentados na coluna 1 aos seus respectivos conceitos apresentados na coluna 2.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 1 –2 –5 –3 –4 –6.

b) 6 –2 –1 –5 –4 –3.

c) 5 –4 –1 –6 –3 –2.

d) 3 –5 –6 –1 –2 –4.

e) 6 –4 –5 –1 –3 –2.

12. (UCS) Considere os seguintes processos, que representam a eficiência com que os organismos utilizam a energia.

I. Quantidade de energia armazenada na biomassa dos organismos produtores, disponível para o nível trófico seguinte.

II. Quantidade de energia que um animal herbívoro foi capaz de absorver e armazenar.

III. Quantidade total de energia fixada por um organismo produtor no processo de fotossíntese.

Assinale a alternativa que corresponde corretamente ao nome de cada um dos processos.

13. (UNESP) Em uma área, as aves de uma certa espécie alimentavam-se dos insetos que atacavam uma plantação. As aves também consumiam cerca de 10% da produção de grãos dessa lavoura. Para evitar tal perda, o proprietário obteve autorização para a caça às aves (momento A) em sua área de plantio, mas o resultado, ao longo do tempo, foi uma queda na produção de grãos. A caça às aves foi proibida (momento B) e a produção de grãos aumentou a partir de então, mas não chegou aos níveis anteriores. Ao longo de todo esse processo, a população do único predador natural dessas aves também foi afetada. No gráfico estão representados os momentos A e B e as linhas representam a variação das populações de aves, de insetos que atacam a plantação e de predadores das aves, bem como a produção de grãos, ao longo do tempo.

No gráfico, as linhas:

a) 2, 3 e 4 representam, respectivamente, a população de insetos, a população das aves e a população de seu predador.

b) 1, 3 e 4 representam, respectivamente, a população das aves, os grãos produzidos pela agricultura e a população de insetos.

c) 2, 3 e 4 representam, respectivamente, os grãos produzidos pela agricultura, a população do predador das aves e a população das aves.

d) 1, 2 e 3 representam, respectivamente, os grãos produzidos pela agricultura, a população de insetos e a população das aves.

e) 1, 2 e 3 representam, respectivamente, os grãos produzidos pela agricultura, a população das aves e a população de seu predador.

14. (FUVEST) Em relação ao fluxo de energia na biosfera, considere que:

– A representa a energia captada pelos produtores.

– B representa a energia liberada (perdida) pelos seres vivos.

– C representa a energia retida (incorporada) pelos seres vivos.

A relação entre A, B e C na biosfera está representada em:

15. (PUC-RIO)

Assinale a opção que melhor representa o que está sendo mostrado no gráfico de crescimento populacional humano entre os anos 1400 e 2000.

a) Transição demográfica.

b) Crescimento dependente da densidade.

c) Crescimento logístico após a Revolução Industrial.

d) Crescimento exponencial após a Revolução Industrial.

e) Crescimento logístico, determinado pela capacidade de suporte do ambiente

16. (ETEC) A adubação verde e uma pratica utilizada pelos agricultores, em várias regiões do mundo, para recuperar os solos degradados pelo cultivo, melhorar aqueles que são naturalmente pobres ou conservar os que já são produtivos. Consiste no plantio de espécies de plantas, como as leguminosas (soja, feijão, alfafa) tanto em conjunto com outras plantas (plantações consorciadas), como em períodos alternados (rotações de culturas). As leguminosas são muito utilizadas como adubo verde, pois suas raízes são capazes de se associar a bactérias, que fixam o gás nitrogênio diretamente do ar presente no solo e com ele produzem compostos nitrogenados que, incorporados ao solo, atuam na sua adubação natural. Além disso, esses compostos nitrogenados são compartilhados com as plantas leguminosas, contribuindo assim para um melhor desenvolvimento desses vegetais que, em troca, fornecem compostos orgânicos as bactérias. A figura abaixo ilustra o sistema radicular de uma planta de soja com bactérias fixadoras de nitrogênio. As bactérias estão nas “bolinhas” que aparecem na raiz.

Sobre a adubação verde, e correto afirmar que:

a) O cultivo de leguminosas contamina o solo com substâncias toxicas produzidas pelas bactérias.

b) A concentração de compostos nitrogenados no solo diminui, devido a atividade das bactérias que vivem associadas as plantas leguminosas.

c) O cultivo de leguminosas aumenta o custo da produção agrícola, pois sera preciso comprar adubo nitrogenado para suprir a falta desse elemento químico no solo.

d) As plantas leguminosas aproveitam diretamente o gás nitrogênio do ar, fornecendo-o para as bactérias que fazem fotossíntese e produzem compostos nitrogenados.

e) As bactérias que vivem nas raízes das leguminosas fixam o gás nitrogênio, transformando-o em compostos nitrogenados, os quais podem ser utilizados por essas plantas.

17. (UEM) Ecologia é a ciência que procura entender os organismos e suas relações com o ambiente. Considerando os conceitos básicos desta ciência, assinale o que for correto.

01. Biomassa refere-se à quantidade de substâncias orgânicas de um indivíduo ou de um nível trófico em uma determinada área e em um determinado tempo.

02. Os decompositores fazem parte do primeiro nível trófico da cadeia alimentar.

04. Onivoria refere-se aos indivíduos que se alimentam tanto de plantas como de herbívoros ou de carnívoros.

08. População biológica é o conjunto de comunidades que vivem em um biótopo.

16. Nível trófico é o modo de vida de determinada espécie no habitat.

Soma das alternativas corretas:

18. (UPE) Observe o gráfico a seguir:

Com base nele e nos fatores que interferem no crescimento e nas densidades populacionais, analise as seguintes afirmativas:

I. As curvas “A” e “B” podem corresponder a populações de duas espécies diferentes que habitam o mesmo ecossistema. O crescimento da população da espécie A não influencia o crescimento da população da espécie B.

II. As espécies “A” e “B” apresentaram resistência ambiental até o 14º dia, e, após esse período, as taxas de natalidade e de mortalidade foram praticamente equivalentes na espécie “A” e diferentes na espécie “B”, ao longo do tempo.

III. Os potenciais bióticos das espécies das populações “A” e “B” são iguais e crescem com base na natalidade fisiológica e capacidade de sobrevivência, fatores proporcionais ao aumento da densidade populacional.

IV. Fatores como velocidade de reprodução, mecanismos de defesa, falta de habitat adequado, condições climáticas adversas estão relacionados à resistência ambiental e controlam o crescimento populacional.

V. A carga biótica máxima do ambiente é dada pelo limite máximo de indivíduos que o ambiente suporta, estando relacionada à densidade. Assim, a partir de certo ponto, quanto maior a densidade, menor a velocidade de crescimento de uma população.

Estão corretas apenas:

a) I, II e III.

b) II, III e IV.

c) III e IV.

d) II e V.

e) III, IV e V.

19. (CEDERJ) Os benefícios das árvores, no meio urbano, vão muito além da produção de sombra e da beleza paisagística. A presença de árvores nas cidades traz diversas outras vantagens à população humana, pois:

I. Aumenta a infiltração e a condução da água no solo.

II. Ajuda na redução da temperatura ambiental.

III. Realiza a liberação de oxigênio e absorção de poluentes como o gás carbônico.

IV. Serve como abrigo e local de reprodução, principalmente de aves, insetos e morcegos.

Considerando os itens I, II, III e IV, é correto afirmar que:

a) Apenas um item é verdadeiro.

b) Apenas dois itens são verdadeiros.

c) Apenas três itens são verdadeiros.

d) Todos os itens são verdadeiros.

20. (UECE) Em uma região do sertão central do Ceará, um grupo de ecologistas resolveu investigar a relação entre a diminuição de pássaros regionais com a ação antrópica, devido à introdução de elementos urbanos nessa região, inclusive de pequenas indústrias. No que concerne à ação antrópica, assinale a afirmação verdadeira.

a) Ações antrópicas são as alterações realizadas pelo homem no planeta Terra. A ação antrópica na natureza é algo da atualidade, pois quando se reavalia a utilização de algo do meio ambiente no passado, essa ação não pode ser considerada como uma ação determinante para as alterações no ambiente presente.

b) Hoje, principalmente, a ação antrópica em relação à natureza é bastante preocupante, pois, por conta do aumento populacional, ações desse tipo estão sendo realizadas com uma frequência muito maior e nem sempre de uma maneira responsável e sustentável, causando danos à fauna e à flora em geral, levando plantas e animais à extinção e, por vezes, elevando a população de espécies prejudiciais, como mosquitos transmissores de doenças, por exemplo.

c) Empresas que visam contribuir através da consultoria ambiental de qualidade, com o desenvolvimento equilibrado, de forma ética, responsável e criativa, não influenciam na intensidade dos impactos ambientais ao ambiente.

d) Efeitos, processos, objetos ou materiais antropogênicos são aqueles derivados de atividades naturais em oposição àqueles que ocorrem em ambientes naturais pela influência humana.

Publicado por: Djalma Santos | 28 de março de 2018

TESTES DE BOTÂNICA (22)

01. (UNIOESTE) Ao se estudar o ciclo de vida das plantas, a alternância de gerações é um fenômeno marcante, no qual organismos haploides multicelulares se desenvolvem em alternância com as formas diploides. Sobre este processo, é correto afirmar que, nas plantas,

a) a geração diploide, denominada esporofítica, produz, pela meiose, celulas haploides denominadas esporos que podem se dividir por mitose e originar um organismo haploide multicelular.

b) os gametas são produzidos por meiose pelos organismos diploides denominados gametófitos e, ao se encontrarem na fecundação, darão origem ao zigoto.

c) do grupo das briófitas, o gametófito é desenvolvido e duradouro, enquanto o esporófito é reduzido, transitório e independente do gametófito.

d) do grupo das fanerógamas, o esporófito é complexo, duradouro e visível, enquanto o gametófito é muito reduzido e independente do esporófito.

e) do grupo das criptógamas, o gametófito é reduzido e transitório, enquanto o esporófito é desenvolvido, complexo e duradouro.

02. (UEM) Sobre as angiospermas, assinale o que for correto.

01. Possuem raízes do tipo rizomas, tubérculos e bulbos.

02. Intensidade luminosa, temperatura e concentração de CO2 são fatores que interferem na produção de substâncias orgânicas pelas angiospermas.

04. Possuem estróbilos, estruturas relacionadas com a reprodução sexuada.

08. São formadas por células procarióticas vegetais, com parede celular celulósica.

16. No pedicelo das folhas, concentram-se os cloroplastos responsáveis pela fotossíntese da planta.

Soma das alternativas corretas:

03. (UNESPAR) Um incêndio florestal em Portugal mata 64 pessoas, em junho de 2017, levantando o debate sobre os riscos do plantio de eucalipto. A utilização do eucalipto em grande escala é negativo para o ambiente, pois provoca o desaparecimento da fauna local, a diminuição dos recursos hídricos e, por apresentar características inflamáveis, o aumento do risco de incêndio. Sobre o eucalipto, assinale a alternativa correta.

a) O eucalipto retira grande quantidade de água do solo e a perde por meio da transpiração. O principal órgão que faz a transpiração e a estrutura pela qual sai o vapor d’ água são, respectivamente, caule e lenticela.

b) As fibras do tronco do eucalipto são utilizadas como matéria-prima para fabricação de celulose e papel. A celulose é um polímero de cadeia longa composto por um só monômero (glicose), classificado como polissacarídeo.

c) Em condições de estresse hídrico, o eucalipto incrementa a biossíntese do hormônio etileno e, consequentemente, estimula o fechamento dos estômatos.

d) O tecido responsável pelo crescimento em espessura do eucalipto é o esclerênquima, ou seja, ele é responsável pelo crescimento secundário.

e) O eucalipto é uma planta monocotiledônea, pois os embriões possuem apenas um cotilédone.

04. (UDESC) Existem estruturas epidérmicas compostas por células clorofiladas que delimitam uma abertura e que são capazes de controlar as trocas gasosas da planta com o ambiente. Estas estruturas nas folhas das plantas de clima seco (xerófitas), em geral, aparecem em maior número, possivelmente como uma adaptação para economizar água.

Assinale a alternativa que indica o nome desta estrutura foliar.

a) tricomas.

b) parênquima clorofiliano.

c) xilema.

d) estômatos.

e) floema.

05. (UFRGS) No processo evolutivo das Angiospermas, ocorreram vários eventos relacionados à reprodução. Assinale a afirmação correta em relação a esses eventos.

a) Os insetos visitam as flores para alimentar-se dos carpelos, o que favorece a fecundação.

b) As aves que se alimentam de frutos carnosos são os principais agentes de polinização dessas espécies.

c) Estames longos favorecem a dispersão dos frutos pelo vento e por insetos.

d) A dispersão dos frutos pela água foi uma conquista das angiospermas mais evoluídas.

d) A interação entre plantas, polinizadores e dispersares de sementes é, em sua maioria, mutualística.

06. (UEPG) Considerando algumas adaptações presentes nas plantas, assinale o que for correto.

01. As raízes respiratórias, ou pneumatóforos, são raízes aéreas que ocorrem em algumas plantas que vivem em solos pobres em oxigênio, comum em manguezais brasileiros. O processo de aeração pode ocorrer por meio de pequenos orifícios (pneumatódios).

02. O cladódio é um caule aéreo modificado, com função fotossintetizante e, em algumas espécies, também de reserva de água. Tem-se como exemplo o cacto, cujo caule é sempre verde e apresenta folhas atrofiadas em forma de espinhos, reduzindo a perda de água por transpiração.

04. O tubérculo é um caule subterrâneo adaptado à reserva de material nutritivo. Como exemplo, podemos citar a batata (Solanum tuberosum).

08. Os haustórios são folhas modificadas presentes na base das flores. Podem ser coloridas, devido a presença de pigmentos, atuando assim como estruturas de atração para os agentes polinizadores.

Soma das alternativas corretas:

07. (UFSC) Na agricultura são utilizadas plantas perenes ou anuais. Plantas perenes são aquelas cujo ciclo de vida (germinação, florescimento e morte) é superior a dois anos. Já as plantas de ciclo anual são aquelas cujo ciclo de vida ocorre no período de um ano ou menos. Assinale a alternativa que corretamente indica duas culturas de ciclo anual.

a) Milho e soja.

b) Laranja e feijão.

c) Arroz e pêssego.

d) Banana e café.

e) Cana-de-açúcar e trigo.

08. (UEPG) As briófitas são plantas que apresentam características de transição do ambiente aquático para o terrestre. Assinale o que for correto sobre este grupo.

01. As briófitas não possuem raízes e a absorção de água do meio ocorre diretamente através da superfície do corpo do gametófito em contato com o substrato, fixo por meio de rizoides.

02. As células epidérmicas das briófitas secretam, na superfície exposta ao ar, substâncias que formam uma película protetora e impermeabilizante.

04. Os anterozoides em contato com a oosfera originam um zigoto haploide (n), o qual desenvolve-se no anterídio, formando o gametófito (2n). Neste local, por meio da meiose, são produzidos e liberados os esporos diploides (2n).

08. Nos gametófitos, podemos encontrar os gametângios, localizados, muitas vezes, na parte apical do corpo da planta. Há a parte masculina, com anterídio, onde são formados os anterozoides, e a parte feminina, com arquegônio, onde é formada a oosfera.

16. Uma característica das briófitas, ligada ainda à dependência em relação à água, é a presença de gametas masculinos flagelados, os quais deslocam-se de modo eficiente em meio líquido.

Soma das alternativas corretas:

09. (UEL) Leia o trecho do poema a seguir.

— Trabalhando nessa terra, tu sozinho tudo empreitas: serás semente, adubo, colheita.

— Não levas semente na mão: és agora o próprio grão.

(MELO NETO, J. C. Morte e Vida Severina. Universidade da Amazônia, NEAD – Núcleo de Educação à Distância. p.21-13. Disponível em: <www.nead.unama.br>. Acesso em: 28 ago. 2017).

A semente é considerada uma estrutura reprodutiva originada a partir do desenvolvimento do óvulo. Com base nos conhecimentos sobre sementes, assinale a alternativa correta.

a) Nas angiospermas, a semente é um óvulo imaturo envolvido por cinco camadas de tecidos parenquimáticos que formam os estróbilos masculino e feminino.

b) A dependência de água para a fecundação nas gimnospermas possibilita a dispersão de suas sementes nas mais diferentes regiões do planeta.

c) À semente das angiospermas é atribuído um valor significativo de sobrevivência porque ela confere nutrição ao embrião até que ocorra a germinação.

d) As sementes das gimnospermas são protegidas por um carpelo queratinizado, o que dificulta a sua ingestão e dispersão pelos animais frugívoros.

e) A germinação das sementes de gimnospermas ocorre na forma hipógea, ou seja, os cotilédones são trazidos para fora do solo, o que lhes confere uma vantagem evolutiva.

10. (UPF)

(Foto: Daniel Castellano. Disponível em: http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/ritmo-de-regeneracao-das-araucarias-e-preocupante-0216q6xu4dor9.

Acesso em3 set. 2017)

“A araucária (Araucaria angustifolia) é a mais bela e imponente árvore do Sul do Brasil. É uma planta muito antiga que chegou a constituir mais de 40% das árvores existentes na Floresta Ombrófila Mista, por isso mesmo conhecida como Mata de Araucárias. É uma espécie pioneira, cuja proteção permite o crescimento das demais espécies ao seu redor. Os animais e mesmo parte da cultura brasileira dependem da araucária. Um dos pratos típicos, o pinhão, também está no cardápio obrigatório da fauna desse ecossistema.”

(Disponível em: http://vamossalvarnossoplaneta.blogspot.com.br/2008/08/importncia-da-araucria-e-tentativa-de.html. Adaptado. Acesso em 3 set. 2017)

Em relação às características botânicas da araucária, assinale a alternativa correta.

a) Seus gametófitos são microscópicos e nutricionalmente dependentes do esporófito.

b) É uma gimnosperma monoica, pertencente ao grupo das coníferas.

c) As sementes, os pinhões, são produzidas nos frutos denominados pinhas.

d) É uma espécie caducifólia, com folhas simples e lanceoladas.

e) Apresenta xilema constituído por traqueídeos e elementos de vaso, que funcionam como células condutoras de água e de sustentação.

11. (UCS) A fecundação cruzada é de grande importância para a maioria dos organismos, pois aumenta a possibilidade de se formarem novas combinações gênicas na descendência, ampliando as chances de sucesso em possíveis variações ambientais. Diversas plantas monoicas desenvolveram mecanismos que evitam ou impedem a autofecundação. O mecanismo que consiste no amadurecimento de estame e ovários em épocas diferentes é denominado de:

a) homostilia.

b) alogamia.

c) dicogamia.

d) hercogamia.

e) heterostilia.

12. (PUC-RS) Também conhecido como nogueira-do-japão, o Ginkgo biloba é considerado um “fóssil vivo” por existir há mais de 150 milhões de anos. Seu uso está relacionado à intensificação da memória e da atenção. É uma espermatófita da subdivisão Coniferophytina inserida na classe Pinatae. Sobre o Ginkgo biloba é correto afirmar que:

a) apresenta polinização entomófila.

b) é classificado como uma pteridófita.

c) é uma espermatófita com gametas flagelados.

d) não apresenta estruturas de reprodução visíveis.

13. (PUC-PR) Leia o texto a seguir.

Chá de cavalinha

De nome científico Equisetum arvense, a cavalinha é uma herbácea de rizoma horizontal de onde saem dois caules aéreos: os férteis e os estéreis. Ambos chegam, em média, até 30 cm de altura e são de cor amarelada na base e avermelhada na ponta, de onde sai a “espiga”. A cavalinha possui folhas pequenas em formato de agulha, sendo uma planta que não possui flores nem sementes. Um dos seres vivos mais antigos da Terra, a cavalinha é datada do período Paleozoico, quando havia espécimes de até 10 metros de altura por 2 de diâmetro. […] Atua mente, a planta vem sendo utilizada, principalmente, com finalidades terapêuticas, sendo o seu consumo em forma de chá um dos mais populares. Ela pode ser plantada em pequenos vasos e guardadas em residências, já que vive bem em meia sombra.

Para que serve

A cavalinha é uma planta muito eficiente para o tratamento de problemas ósseos, para o tratamento de disfunções renais, de disfunções de vias urinárias e de problemas na próstata. O chá também pode ser utilizado para tratar hemorragias nasais, perda excessiva de sangue na menstruação, inflamação da próstata e casos de inchaço. O chá de cavalinha estimula a cicatrização e atua como profundo hidratante da pele e do organismo como um todo. Além disso, ele é muito eficiente na recuperação de ferimentos na pele e no tratamento de frieiras, de aftas e de úlceras. Outro benefício do consumo do chá de cavalinha é a boa aparência das unhas e da pele. […]

Disponível em < http://www.saudemedicina.com/cha-de-cavalinha/&gt;. Acesso em 13/06/17.

Com base nas descrições do texto, é correto afirmar que a cavalinha pertence ao grupo das:

a) briófitas.

b) angiospermas.

c) pteridófitas.

d) gimnospermas.

e) espermatófitas.

14. (MACKENZIE) A respeito da reprodução nos 4 grupos vegetais (Briófitas, Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas), é correto afirmar que:

a) há ocorrência, em todos eles, de alternância de gerações, isto é, ocorre uma fase gametofítica seguida de uma fase esporofítica.

b) a meiose, nas Angiospermas e Gimnospermas, ocorre para a formação de gametas; enquanto nas Briófitas e Pteridófitas, a meiose ocorre para a formação de esporos.

c) a fase predominante, em todos os 4 grupos, é a esporofítica.

d) o grão-de-pólen é uma exclusividade das Angiospermas.

e) óvulo e ovário são estruturas que se desenvolvem em Gimnospermas e Angiospermas e que levam à formação da semente e do fruto.

15. (ACAFE) Considerando que Botânica é a parte da Biologia que estuda as plantas, analise as afirmações a seguir.

I. O fruto é uma estrutura presente nas gimnospermas e angiospermas, sendo importante para a dispersão e a proteção da semente.

II. As angiospermas estão subdivididas em dois grupos: as monocotiledôneas e as dicotiledôneas. Como exemplos de plantas dicotiledôneas, pode-se citar: feijão, amendoim, soja, arroz e trigo.

III. As briófitas e as pteridófitas são plantas criptógamas e dependem da água para a fecundação.

IV. As plantas vasculares são dotadas de xilema e floema, estruturas responsáveis pelo transporte da seiva bruta e da seiva elaborada, respectivamente.

V. Os tecidos meristemáticos são responsáveis pelo crescimento dos vegetais e a partir deles são formados os tecidos adultos da planta.

Todas as afirmações estão corretas em:

a) I – II – III.

b) II – III – V.

c) III – IV – V.

d) II – V

16. (UFSC) Na maioria das plantas, a folha é o principal órgão fotossintético. As estruturas histológicas de uma folha vegetal são mostradas esquematicamente na figura abaixo.

FAVARETTO, J. A. Biologia unidade e diversidade, 2o ano. 1.São Paulo: FTD, 2016, p. 243.

Sobre as estruturas foliares, é correto afirmar que:

01. as plantas xerófitas podem apresentar a epiderme com várias camadas de células.

02. a cutícula facilita a troca gasosa entre a epiderme e o ar atmosférico.

04. a epiderme superior, por receber diretamente a luz do sol, possui maior quantidade de cloroplasto em relação aos outros tecidos.

08. em todas as estruturas histológicas de uma folha ocorre fotossíntese.

16. os estômatos selecionam o CO2, que é utilizado na fotossíntese, e o N2, que é utilizado na formação das proteínas e dos ácidos nucleicos.

32. a folha é um órgão formado por vários tecidos vegetais.

64. as folhas como a representada no esquema são encontradas nas Briófitas, nas Pteridófitas, nas Gimnospermas e nas Angiospermas.

Soma das alternativas corretas:

17. (UNICESUMAR) A araucária (Araucaria angustifolia) é a espécie de gimnosperma que produz o pinhão, bastante utilizado na gastronomia em regiões do Sul do Brasil. Nas gimnospermas,

a) o pinhão tem estruturas correspondentes aos frutos carnosos das angiospermas.

b) a novidade evolutiva é a vascularização, permitindo a conquista do ambiente terrestre.

c) os esporos femininos e masculinos são formados nos estróbilos após mitose.

d) a semente é formada pelo óvulo fecundado e o endosperma.

e) o transporte dos esporos depende da presença de água.

18. (UEPG) Os eventos de gutação e transpiração levam à perda de água pela planta. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. Em algumas plantas, o excesso de água empurrado pela pressão da raiz pode ser eliminado em pequenas gotas por meio dos hidatódios, situados nas folhas. Esse fenômeno é denominado de gutação e ocorre quando o solo está hidratado e o ar muito úmido, dificultando assim a perda de água por transpiração.

02. Na maioria das plantas, os estômatos ficam abertos quando há luz e boa disponibilidade de água, permitindo a entrada de gás carbônico e a transpiração.

04. Quando há excesso de água, as células do parênquima clorofiliano secretam o hormônio ácido abscísico, o qual inibe o transporte ativo do íon potássio, estimulando o fechamento dos estômatos e permitindo assim evento da transpiração.

08. Plantas de regiões quentes e secas apresentam algumas peculiaridades que evitam o excesso de perda de água pelas folhas. As folhas são maiores e mais finas, com muitos estômatos na superfície, os quais permanecem fechados durante o dia e se abrem durante a noite, impedindo assim a desidratação por transpiração.

Soma das alternativas corretas:

19. (PUC-RS) Algumas tribos indígenas da região da Amazônia costumam alimentar-se das sementes oleaginosas de Hevea brasiliensis, também conhecida como seringueira. A importância econômica dessa planta está fortemente vinculada à extração de látex para a produção de borracha, podendo ser utilizada também para a produção de óleos, vernizes, tintas e suplementos alimentares. A partir dessas informações, é possível concluir que:

a) seu fruto não permite classificá-la como angiosperma.

b) suas folhas pecioladas permitem classificá-la como monocotiledônea.

c) seu látex, ao ser secretado, protege áreas de tecidos vegetais lesionadas.

d) suas sementes são oleaginosas devido a seu alto teor de carboidratos.

20. (UPF) A figura abaixo representa, de forma esquemática, um corte transversal tridimensional numa folha de dicotiledônea.

(Disponível em: http://www.survivalworld.com/science/anatomy/leaf-anatomy.

html#.WOeXcIWcHIU.Adaptado. Acesso em 07 abr. 2017)

Sobre a figura, assinale a alternativa incorreta.

a) O número 5 indica a cutícula, camada de cera impermeabilizante produzida pelas células epidérmicas, cuja principal função é evitar a perda de água.

b) O número 2 indica a epiderme abaxial da folha, tecido aclorofilado cuja função principal é o revestimento do órgão.

c) O número 3 indica um estômato, estrutura epidérmica que permite as trocas gasosas, pois apresenta um poro (ostíolo) que permanece sempre aberto.

d) O número 4 indica o mesofilo foliar, composto por parênquima paliçádico no lado adaxial e por parênquima lacunoso no lado abaxial.

e) O número 1 indica um feixe vascular, estrutura de condução composta principalmente por xilema e floema.

Publicado por: Djalma Santos | 28 de março de 2018

TESTES DE BIOENERGÉTICA (XIII)

01. (UCPel) A fotossíntese consiste numa série de reações que ocorrem em dois estágios. No primeiro estágio, as reações dependem de luz e por isso são chamadas de reações de claro ou fotoquímicas. No segundo estágio, elas independem de luz, por isso são chamadas de reações de escuro ou bioquímicas. O professor pediu que seus alunos fizessem uma listagem de eventos que ocorrem na fotossíntese. Um estudante respondeu dizendo que tinha feito uma lista sequencial dos eventos.

I. Nos cloroplastos, ocorre na membrana tilacoide uma reação onde a energia luminosa orienta a formação de ATP e NADPH. Oxigênio é liberado.

II. No estroma ATP e NADPH orientam a síntese de glicose e outros carboidratos a partir de dióxido de carbono.

III. Nos cloroplastos o ATP se forma durante reações que podem ocorrer numa rota cíclica ou não cíclica.

IV. Na rota não cíclica elétrons fluem das moléculas de água através de dois fotossistemas e duas cadeias de transferência de elétrons, e terminam na coenzima NADPH. Esta rota libera oxigênio e forma ATP.

V. Na rota cíclica, elétrons perdidos do fotossistema I retornam a ele depois de atravessar uma cadeia de transferência de elétrons. ATP se forma, mas NADPH não. Oxigênio não é liberado.

Podemos considerar que o estudante:

a) acertou, pois, listou corretamente a sequência de eventos que ocorrem nos dois estágios da fotossíntese.

b) errou, pois, a sequência numérica está incorreta. A alternativa II deveria ser a última por ser única da fase de escuro.

c) errou, pois, as etapas que ocorrem no cloroplasto independem de luz. Portanto, deveriam estar na posição IV e V.

d) acertou, porém, listou apenas etapas do estágio dependente de luz.

e) errou, pois, a sequência numérica está incorreta. As etapas IV e V deveriam estar invertidas.

02. (UFRGS) Sobre a respiração celular, é correto afirmar que:

a) a glicólise consiste em uma série de reações químicas na qual uma molécula de glicose resulta em duas moléculas de ácido pirúvico ou piruvato.

b) a glicólise é uma etapa aeróbica da respiração que ocorre no citosol e que, na ausência de oxigênio, produz etanol.

c) o ciclo do ácido cítrico é a etapa da respiração celular aeróbica que produz maior quantidade de ATP.

d) o ciclo do ácido cítrico ocorre na membrana internada mitocôndria e tem como produto a liberação de CO2.

e) a fosforilação oxidativa ocorre na matriz mitocondrial, utilizando o oxigênio para a produção de H2O e CO2.

03. (UFPR) Considerando a fotossíntese e a respiração celular aeróbica, identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas:

( ) Quando a taxa de fotossíntese é maior que a taxa de respiração celular, há maior disponibilidade de carboidratos para a planta.

( ) Em plantas, a taxa de fotossíntese é sempre superior à taxa de respiração celular aeróbica.

( ) As taxas de fotossíntese e de respiração celular podem se equivaler, de modo que todo o gás carbônico produzido na respiração é utilizado na fotossíntese.

( ) A fotossíntese produz carboidratos, que são utilizados na respiração celular, e a respiração celular transforma os carboidratos em dióxido de carbono, que é utilizado na fotossíntese. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

a) F – V – V – F.

b) V – F – V – V.

c) V – V – F – V.

d) F – F – F – V.

e) V – F – F – F.

04. (UEPG) Sabe-se que a fotossíntese acontece em duas etapas: a fase clara e a fase escura. Assinale o que for correto sobre as características e acontecimentos dessas etapas.

01. Na etapa fotoquímica (ou fase clara), a energia luminosa é absorvida pela clorofila e armazenada em moléculas de ATP. Além disso, a luz promove a transformação de água em hidrogênio e oxigênio, o qual é liberado pela planta.

02. A etapa química (ou fase escura) ocorre no estroma e envolve a formação de glicídios a partir de gás carbônico do ambiente. Não depende diretamente da luz, mas utiliza o hidrogênio e ATP produzidos na fase clara.

04. A clorofila está localizada nos tilacoides do cloroplasto, associada a proteínas e outros pigmentos. Os pigmentos acessórios absorvem melhor a faixa de cores não absorvidas pela clorofila, aumentando o aproveitamento da energia luminosa na fase clara.

08. A energia luminosa absorvida pela clorofila é transferida para elétrons, os quais podem seguir para a fotofosforilação cíclica e fotofosforilação acíclica. Em ambos os casos, os elétrons cedem energia, que é utilizada na síntese de ATP pela fosforilação.

16. Na fase escura, o gás carbônico reage inicialmente com um composto de cinco carbonos, por isso, esta etapa também é conhecida como ciclo das pentoses. Para cada molécula de gás carbônico que entra no ciclo são consumidas três moléculas de ATP e duas de NADPH.

Soma das alternativas corretas:

05. (UCS) Em alguns treinos de atletas de alto rendimento, é necessário monitorar anaerobicamente o trabalho dos músculos. Uma das maneiras de fazer isso é medir, nos músculos, o aumento de:

a) ATP.

b) ácido láctico.

c) CO2.

d) creatina.

e) ADP.

06. (UENP) O esquema a seguir representa a glicólise simplificada.

A partir do esquema, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o saldo energético dessa etapa da respiração aeróbica.

a) 2 ATP.

b) 2 ADP e 4 ATP.

c) 6 ATP.

d) 4 ATP.

07. (UEM) Sobre o metabolismo energético, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Quando a respiração é aeróbia, o oxigênio atua como o aceptor final de hidrogênios.

02. Na glicólise, para cada molécula de glicose resultam duas moléculas de ATP e duas de NADH2.

04. O ciclo de Krebs ocorre na matriz mitocondrial, e a cadeia respiratória, nas cristas mitocondriais.

08. Durante a fermentação láctica, há produção de duas moléculas de CO2.

16. A participação de enzimas no conjunto das reações metabólicas “diminui” a energia de ativação dos compostos reagentes.

Soma das alternativas corretas:

08. (PUC-PR) Mais de 90% do álcool absorvido é eliminado pelo fígado; 2 a 5% é excretado sem modificações na urina, suor e respiração. O primeiro passo no metabolismo do álcool é a oxidação do acetaldeído pela enzima denominada álcool desidrogenase (ADH). Esta enzima converte o álcool em acetaldeído que, mesmo em pequenas concentrações, é tóxico para o organismo. A enzima aldeído desidrogenase (ALDH), por sua vez, converte o acetaldeído em acetato. A maior parte do acetato produzido atinge outras partes do organismo pela corrente sanguínea onde participa de outros ciclos metabólicos.

Fonte: http://www.cisa.org.br/artigo/5536/metabolismo-alcool.php

Se ocorrer uma carência da enzima aldeído desidrogenase, isso poderá ocasionar:

a) Redução de acetaldeído e um aumento de etanol no sangue, possibilitando maior ação do álcool sobre o sistema nervoso central.

b) Redução na quantidade de acetato e de acetaldeído e a inibição da degradação do etanol.

c) Acúmulo de acetaldeído que pode ser tóxica ao organismo.

d) Acúmulo de etanol, acetaldeído e acetato, promovendo maior sensação de embriaguez.

e) Acúmulo de acetaldeído e aumento do acetato, que por ação competitiva inibem a ação da catalase.

09. (UNIVESP) Em 1883, um cientista alemão chamado T. W. Engelmann realizou uma experiência a fim de investigar a relação entre os diferentes comprimentos de onda da luz e a intensidade da fotossíntese. Para tanto, colocou um filamento de alga fotossintetizante (do gênero Cladophora) em um meio aquoso com bactérias aeróbias (que necessitam de oxigênio para a respiração) e iluminou esse conjunto com luz branca. Verificou que as bactérias se dispunham uniformemente ao longo de toda a alga. Depois, acoplou ao sistema de iluminação um prisma óptico, que lhe permitiu decompor a luz branca que atravessava a preparação. Dessa forma, cada região da alga recebeu apenas um determinado comprimento de onda, correspondente à cor que a iluminava.

Após algum tempo, o cientista observou um maior acúmulo de bactérias nas regiões que eram iluminadas pelos comprimentos de onda das cores vermelho e azul. Com essa experiência, Engelmann concluiu corretamente que:

a) o comprimento de onda da cor verde foi o mais eficiente no processo fotossintético, pois onde existe menos bactérias acumuladas, existe mais gás oxigênio e, portanto, mais fotossíntese.

b) as bactérias acumuladas nas regiões iluminadas pelos comprimentos de onda das cores azul e vermelho produziram o gás oxigênio necessário à própria respiração delas.

c) ocorreu maior rendimento fotossintético e, consequentemente, maior produção do gás oxigênio, resultando em maior acúmulo de bactérias nos comprimentos de onda das cores azul e vermelho.

d) as bactérias distribuídas uniformemente ao redor da alga puderam absorver mais gás carbônico, necessário à realização da fotossíntese.

e) todos os comprimentos de onda são igualmente eficientes para estimular a clorofila no processo fotossintético.

10. (UNICESUMAR) A indústria alimentícia utiliza a fermentação realizada por microrganismos para a obtenção de diversos produtos, como iogurte (fermentação lática) e cerveja (fermentação alcoólica). As fermentações lática e alcoólica possuem algumas diferenças, sendo que:

a) apenas na fermentação alcoólica ocorre liberação CO2.

b) a lática possui uma etapa adicional na crista mitocondrial.

c) apenas na fermentação láctica ocorre formação de novas moléculas de NADH.

d) a lática tem como principal produto um ácido de dois carbonos.

e) a alcoólica leva a uma maior produção de moléculas de ATP.

11. (UVV) A energia da célula é proveniente de lipídios (gorduras), proteínas e principalmente de carboidratos (açúcares). Depois de ingeridas, essas moléculas passam por uma série de reações químicas no organismo, a fim de produzir energia para que as células possam executar todas as suas funções. Esse processo é conhecido como metabolismo. O metabolismo é normalmente dividido em dois grupos: o anabolismo e o catabolismo. O metabolismo anabólico ou síntese produz novos compostos (moléculas mais complexas), a partir de moléculas simples, e há consumo de energia. O metabolismo catabólico ou de degradação produz grandes quantidades de energia livre a partir da decomposição ou degradação de moléculas mais complexas (carboidratos, lipídios e proteínas).

Disponível em: http://www.portaleducacao.com.br. Acesso em: 24 de julho de 2017.

Com relação ao metabolismo celular, analise as afirmativas abaixo:

I. A glicólise é uma rota metabólica comum à fermentação e à respiração e é um processo anaeróbio. Por isso, ela deve ter sido um dos primeiros processos de síntese de ATP nos seres vivos.

II. O piruvato, produto da glicólise, representa um ponto de junção importante no catabolismo dos carboidratos. Em condições aeróbicas, o piruvato é oxidado a acetil-CoA, o qual entra no ciclo do ácido cítrico e é oxidado até CO2 e H2O.

III. Em condições de aerobiose, o piruvato é oxidado nas mitocôndrias pelo complexo enzimático piruvato-desidrogenase (também chamado piruvato-descarboxilase), havendo a formação de acetil-CoA e a liberação de uma molécula de CO2 por cada piruvato oxidado.

Está(ão) correta(s):

a) I, apenas.

b) I e II, apenas.

c) I e III, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

12. (UFLA) Assinale a alternativa em que todos os grupos de organismos realizam a fotossíntese:

a) Plantas, algas, cianobactérias e fungos.

b) Plantas, algas, bactérias proclorófitas e fungos.

c) Plantas, algas, cianobactérias e bactérias proclorófitas.

d) Plantas, cianobactérias, bactérias proclorófitas e fungos.

13. (UNESP) O gráfico apresenta as taxas de respiração e de fotossíntese de uma planta em função da intensidade luminosa a que é submetida.

De acordo com o gráfico e os fenômenos que representam,

a) no intervalo A-B a planta consome mais matéria orgânica que aquela que sintetiza e, a partir do ponto B, ocorre aumento da biomassa vegetal.

b) no intervalo A-C a planta apenas consome as reservas energéticas da semente e, a partir do ponto C, passa a armazenar energia através da fotossíntese.

c) a linha 1 representa a taxa de respiração, enquanto a linha 2 representa a taxa de fotossíntese.

d) no intervalo A-C a planta se apresenta em processo de crescimento e, a partir do ponto C, há apenas a manutenção da biomassa vegetal.

e) no intervalo A-B a variação na intensidade luminosa afeta as taxas de respiração e de fotossíntese e, a partir do ponto C, essas taxas se mantêm constantes.

14. (UEM) Assinale o que for correto sobre as equações 1 (seta para a direita) e 2 (seta para a esquerda), abaixo representadas:

01. A equação 1 ocorre em organismos autotróficos fotossintetizantes, e a 2, em organismos heterotróficos aeróbios.

02. Vegetais realizam as equações 1 e 2.

04. Mitocôndrias realizam a equação 1, e cloroplastos, a equação 2.

08. Protozoários, fungos e animais realizam somente a equação 2.

16. Procariotos não realizam as equações 1 e 2.

Soma das alternativas corretas:

15. (UNICAMP) Algumas plantas de ambientes áridos apresentam o chamado “metabolismo ácido das crassuláceas”, em que há captação do CO2 atmosférico durante a noite, quando os estômatos estão abertos. Como resultado, as plantas produzem ácidos orgânicos, que posteriormente fornecem substrato para a principal enzima fotossintética durante o período diurno. É correto afirmar que essas plantas:

a) respiram e fotossintetizam apenas durante o período diurno.

b) respiram e fotossintetizam apenas durante o período noturno.

c) respiram o dia todo e fotossintetizam apenas durante o período diurno.

d) respiram e fotossintetizam o dia todo.

16. (UniTau) A figura abaixo representa o processo de geração de energia nas células eucarióticas, que compreende as etapas A, B e C. As etapas B e C ocorrem dentro da mitocôndria, enquanto a etapa A ocorre no citosol (hialoplasma).

Com relação a essa figura, afirma-se:

I. A etapa A representa a glicólise: uma molécula de glicose gera 2 moléculas de ácido pirúvico e também um saldo de 2 ATPs.

II. A etapa B indica a utilização do ácido pirúvico para o processo fermentativo, que produz NADH e FADH2. Esses compostos são utilizados na geração de ácido lático ou de etanol, representado pela etapa C.

III. A etapa C representa a cadeia respiratória, em que os elétrons de NADH e FADH2 são transferidos de uma molécula transportadora para outra.

Está correto o que se afirma em:

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) I e III, apenas.

e) III, apenas.

17. (UEM) Uma parte da energia extraída dos alimentos pelo corpo humano é utilizada para manter seus órgãos em funcionamento. Além dessa, outra parte da energia é transformada em calor para manter a temperatura constante. No entanto, a energia não é extraída diretamente dos alimentos. Antes, estes devem ser alterados quimicamente pelo corpo, transformando-se em moléculas. Essas moléculas liberam elétrons e prótons H+ que reagem com o oxigênio no interior das células por meio de reações de oxidação. Nessas reações, há liberação de energia necessária à produção de moléculas de ATP. Assinale o que for correto.

01. Moléculas de ATP são uma fonte de energia utilizável pelo corpo humano para consumo imediato.

02. Quando as células necessitam de energia para realizar trabalho, ocorre conversão de algumas moléculas de ATP em ADP + Pi (fosfato inorgânico).

04. A hidrólise de ATP em ADP + Pi na cadeia respiratória absorve mais energia do que na formação das moléculas de água.

08. A 1a Lei da Termodinâmica não pode ser aplicada em sistemas complexos como o corpo humano.

16. O corpo humano, um sistema auto organizado, é sempre aberto, de modo que sua ordenação ocorre à custa de aumento da entropia de suas vizinhanças.

Soma das alternativas corretas: (01-02-16)

18. (PUC-SP) O metabolismo de certos microrganismos “gera” elétrons que podem ser capturados por eletrodos e utilizados na geração de energia elétrica. Alguns desses microrganismos vivem no solo próximo às raízes das plantas, beneficiando-se de produtos orgânicos sintetizados durante a fotossíntese e incorporados ao solo pelas raízes. Um grupo de pesquisadores peruanos desenvolveu um sistema de captação dos elétrons provenientes do metabolismo de geobactérias, composto de eletrodos inseridos em uma placa que recebe esses elétrons e gera um fluxo de corrente elétrica que será armazenada em uma bateria. Essa energia é suficiente para manter o funcionamento de uma lâmpada LED por até duas horas diárias, o que é particularmente útil para populações humanas que não têm acesso algum à energia elétrica. Nesse contexto, considere o gráfico a seguir.

Fonte: <https://fluence.science/science/photosynthesis-guide/&gt;

Supondo que o abastecimento das geobactérias pelas raízes das plantas seja proporcional à produtividade na fotossíntese, assinale a alternativa correta.

a) Uma planta de sol é a melhor escolha para abastecer o sistema, pois seu ponto de compensação fótico é inferior ao de uma planta de sombra.

b) O armazenamento de energia na bateria que mantém a luz acesa será inversamente proporcional à captação líquida diária de CO2, seja a planta de sol ou de sombra.

c) Uma planta de sombra associada ao sistema começa a gerar produtos da fotossíntese que serão utilizados pelas geobacterias em intensidades luminosas menores que uma planta de sol.

d) A quantidade de produtos derivados da fotossíntese fornecidos às geobacterias será o mesmo, seja a planta de sol ou de sombra, pois ambas atingem um ponto de saturação luminosa.

19. (FACULDADE ALBERT EINSTEIN) Uma certa solução de coloração rósea, indicadora de pH, torna-se amarela em meio ácido e roxa em meio alcalino. Em um experimento, uma quantidade desta solução é colocada em tubos de ensaio, que são hermeticamente fechados por rolhas. No interior de cada tubo coloca-se uma folha, que fica presa à rolha, conforme mostrado no esquema abaixo. Alguns desses tubos são mantidos no escuro (lote A) e outros ficam expostos à luz (lote B).

Após algum tempo, espera-se que a solução nos tubos do lote A torne-se:

a) amarela, devido à liberação de gás carbônico pela folha e a do lote B roxa, devido ao consumo de gás carbônico pela folha.

b) roxa, devido ao consumo de gás carbônico pela folha e a do lote B amarela, devido à liberação de gás carbônico pela folha.

c) amarela, devido ao consumo de oxigênio pela folha e a do lote B roxa, devido à liberação de gás carbônico pela folha.

d) roxa, devido à liberação de oxigênio pela folha e a do lote B amarela, devido à liberação de gás carbônico pela folha.

20. (FUVEST) A levedura Saccharomyces cerevisiae pode obter energia na ausência de oxigênio, de acordo com a equação:

Produtos desse processo são utilizados na indústria de alimentos e bebidas. Esse processo ocorre _____________ da levedura e seus produtos são utilizados na produção de _____________. As lacunas dessa frase devem ser preenchidas por:

a) nas mitocôndrias; cerveja e vinagre.

b) nas mitocôndrias; cerveja e pão.

c) no citosol; cerveja e pão.

d) no citosol; iogurte e vinagre.

e) no citosol e nas mitocôndrias; cerveja e iogurte.

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias