Publicado por: Djalma Santos | 22 de fevereiro de 2015

COMPLEXO GOLGIENSE

Também denominado complexo de Golgi ou sistema golgiense, desprovido de ribossomos, consiste de sáculos membranosos, achatados e empilhados, de cuja periferia se originam vesículas, por brotamento (figura abaixo). Cada uma dessas pilhas, denominada dictiossomo, golgiossomo ou sáculo lameliforme, é semelhante em células animais e vegetais. Lembramos que nestas últimas, esses sáculos ficam espalhados pelo citoplasma, não formando um complexo, como ocorre nas células animais, nas quais, eles se concentram, via de regra, próximo ao núcleo. Nesses sáculos são formados vários dos polissacarídeos celulares, a exemplo da hemicelulose (presente na parede das células vegetais) e da pectina (encontrada na lamela média dessas células). O complexo de golgiense atua na modificação, na concentração e no “empacotamento”, em pequenas vesículas membranosas, de algumas substâncias produzidas no retículo endoplasmático rugoso. As vesículas que brotam dos golgiossomos têm três destinos principais: (a) formar os lisossomos, que permanecem no interior da célula, atuando na digestão intracelular; (b) fundir-se à membrana plasmática, incorporando, nessa membrana, as proteínas contidas no seu interior. Deve aqui ser ressaltado que, na membrana plasmática, também existem proteínas sintetizadas nos polissomos do citosol; (c) fundir-se à membrana plasmática, lançando seus conteúdos para fora da célula, como no caso das enzimas digestivas, por exemplo, sintetizadas e eliminadas por células do sistema digestório.

01

No que concerne à estrutura, o sistema golgiense apresenta-se formado por pilhas de seis a vinte sáculos achatados (cisternas ou sáculos de Golgi), limitados por membranas. Das bordas desses sáculos, brotam vesículas que são liberadas para as proximidades. Essas vesículas, de acordo com a função realizada pela célula em que se encontram, contêm, em seu interior, diferentes compostos, como hormônios e secreções outras. O complexo golgiense é estrutural e bioquimicamente polarizado, apresentando duas faces distintas (figura a seguir): a cis (formativa ou proximal) e a trans (de maturação ou distal). A face cis fica voltada para o retículo endoplasmático rugoso, possui membranas mais delgadas que a trans, sendo a face através da qual as proteínas sintetizadas por esse retículo penetram no complexo golgiense. A trans, por seu turno, é voltada para a membrana plasmática, apresenta membranas mais espessas, sendo a face através da qual brotam as vesículas secretoras e os lisossomos.

02

Entre as funções do complexo de Golgi, destacamos:

I. Secreção celular: várias substâncias que passam pelo complexo golgiense deixam a célula e atuam em diferentes regiões do organismo animal. É o caso, por exemplo, das enzimas digestivas (secreção exócrina) e de outras substâncias proteica, como hormônios (secreção endócrina) e muco (substância lubrificante, processada e eliminada pelo aparelho de Golgi, que age no interior do nosso corpo). Essa função também ocorre nas células vegetais, sendo através desse organoide que são secretadas as glicoproteínas e alguns polissacarídeos, como a hemicelulose e a pectina, mencionados acima. A figura abaixo mostra uma vesícula de secreção.

03

II. Formação do acrossomo (figura a seguir): estrutura situada na “cabeça” do espermatozoide que contém uma grande quantidade de enzimas digestivas, cuja função de “perfurar” as membranas do óvulo por ocasião da fecundação.

04

III. Formação da lamela média em células vegetais: estrutura composta basicamente por substâncias pécticas que se situa entre as paredes de células adjacentes. Dessa forma, na divisão das células vegetais, o complexo de Golgi entra em intensa atividade, formando materiais que se acumulam em vesículas que são, posteriormente, depositadas entre os dois núcleos recém-formados, alinhando-se para constituir a nova parede celular que irá separar as células filhas. Lembramos que as vesículas alinhadas na nova parede são denominadas fragmoplasto.

IV. Formação do lisossomo: a partir do complexo golgiense, formam-se os lisossomos, vesículas repletas de enzimas digestivas, que atuam na digestão intracelular.

V.  Glicolização de proteínas e lipídios: no interior do complexo de Golgi, os glicídios se associam a determinadas proteínas e a certos lipídios formando, respectivamente, glicoproteínas e glicolipídios que integram as membranas celulares.

Admite-se, ainda, que o complexo golgiense seja responsável por alguns processos pós-traducionais, tais como adicionar sinalizadores às proteínas, que as direcionam para os locais da célula onde atuarão.

Relação entre o complexo de Golgi e o retículo endoplasmático rugoso: a figura abaixo mostra o fluxo de material do retículo endoplasmático rugoso para o complexo de Golgi. Percebe-se que vesículas de secreção oriundas do retículo rugoso fundem-se à face cis do complexo golgiense e que, da face trans, brotam vesículas, como os grãos de zimógenos (vesículas repletas de proenzimas, proteínas com pouca ou nenhuma atividade enzimática) que são secretados, por exocitose, através da plasmalema. Essa relação é uma evidência de que membranas lipoproteicas podem ser transferidas, dentro da célula, de um organoide membranoso para outro.

05

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 12 de fevereiro de 2015

TESTES DE DIVISÃO CELULAR (2)

01. (UEM) Observe as figuras.
01a

A figura 1 é um gráfico que representa a variação da quantidade de DNA em uma célula, durante o ciclo meiótico. A figura 2 esquematiza as fases da divisão meiótica de uma célula, que contém 2 cromossomos (2n = 2). Assinale a(s) alternativa(s) que contenha(m) a correspondência correta entre a quantidade de DNA, indicada na figura 1, e a quantidade encontrada na célula apontada na figura 2.

01.b

Soma das alternativas corretas:

02. (UDESC) As células em geral são estimuladas a se dividirem quando atingem um determinado tamanho, assim como por substâncias denominadas de fatores de crescimento celular, passando pelo chamado Ciclo Celular, que é subdivido em três fases: G1 – S – G2. Analise as proposições em relação ao ciclo celular, e assinale (V) para verdadeira e (F) para falsa.Soma das alternativas corretas:

I, Na fase S ocorre a duplicação do DNA.

II. Na fase G2 ocorre o pareamento dos cromossomos homólogos.

III. Na fase G1 todo o DNA está altamente condensado.

IV. A fase S só ocorre em células que entram em mitose.

V. Na fase G1 e na fase G2 as células apresentam a mesma quantidade de DNA.

Assinale a alternativa correta, de cima para baixo.

a) F – F – V – V – F.

b) V – V – F – F – F.

c) V – F – F – F – F.

d) F – V – V – F – F.

e) F – F – F – V – V.

03. (UCPel) As células dos seres vivos, durante o crescimento, passam por um processo de divisão celular chamado (I)_____. Esse processo é contínuo, mas, por motivos didáticos, é divido em fases: (II)______ , (III)_____ , anáfase e telófase. O momento da separação do citoplasma no final é chamado de (IV)_____.

a) I – mitose, II – prometáfase, III – prófase, IV – citocinese.

b) I – mitose, II – prófase, III – metáfase, IV – citocinese.

c) I – meiose, II – prófase, III – metáfase, IV – citocinese.

d) I – meiose, II – prometáfase, III – prófase, IV – interfase.

e) I – mitose, II – prófase, III – metáfase, IV – interfase.

04. (PUC-PR) Sobre a divisão celular, considerando a prófase I da Meiose I, é correto dizer que:

a) A característica mais marcante do diplóteno é que os cromossomos ainda emparelhados se cruzam em certos pontos chamados quiasmas.

b) No paquíteno ocorre o afastamento dos cromossomos homólogos e os cromômeros são bem visíveis formando as cromátides-irmãs.

c) No leptóteno, o emparelhamento dos cromossomos é chamado de sinapse cromossômica.

d) Na diacinese, as cromátides permanecem no centro celular, a carioteca se refaz, os nucléolos reaparecem e os centríolos atingem os polos celulares.

e) A prófase I é uma fase curta em que os centríolos que não sofreram duplicação na interfase permanecem no centro celular e a carioteca se desintegra ao final dessa fase.

05. (IFSC) Considerando a figura abaixo e sobre o ciclo celular, assinale no cartão-resposta a soma da(s) proposição(ões) correta(s):

05

FONTE: http://interna.coceducacao.com.br/ebook/pages/4205a.htm.

Acesso: 14 jul. 2014

01. A origem das células cancerosas está associada a anomalias na regulação do ciclo celular e à perda de controle da mitose.

02. A mitose é um processo de divisão celular característico de células somáticas vegetais e animais, podendo ocorrer em outros eucariotos.

04. A mitose é constituída pelas seguintes fases: prófase, metáfase, anáfase e telófase. Alguns autores costumam citar uma quinta fase – a prometáfase – intermediária entre a prófase e a metáfase. No final da mitose, a separação do citoplasma é chamada de cariocinese.

08. Resumidamente, a mitose é o processo pelo qual uma célula haploide dá origem a duas outras células diplóides, idênticas à célula-mãe e entre si.

16. A interfase é um período de intensa atividade metabólica e de maior duração do ciclo celular.

32. Na anáfase os cromossomos atingem o máximo em espiralização, encurtam e se localizam na região equatorial da célula.

Soma das alternativas corretas:

06. (IFNMG) O ciclo celular representado na figura abaixo é essencial para renovação tecidual, crescimento, germinação e produção de gametas. Em relação ao esquema e ao assunto abordado, todas alternativas estão corretas, exceto:

06

Disponível: em: http://gracieteoliveira.pbworks.com/w/page/50056553/Ciclo%20celular.

Acesso: 28 abr. /2014. Adaptado

a) Na fase I B, ocorre formação da placa equatorial e condensação máxima da carioteca.

b) Na fase V, a célula não está se dividindo e seu metabolismo se caracteriza por baixa atividade.

c) Na fase I C, ocorre separação de cromátides a partir do encurtamento do fuso mitótico.

d) Na fase II, a célula apresenta o dobro do teor de DNA em relação à fase III.

07. (CEFET-MG) Analise a imagem a seguir do cariótipo de um indivíduo que apresenta uma anomalia.

07

A causa dessa anomalia é a ocorrência de:

a) Deleção do cromossomo Y.

b) Curvatura nos cromossomos.

c) Troca de partes entre os cromossomos.

d) Alteração nos tamanhos dos cromossomos.

e) Ausência de disjunção cromossômica na meiose.

08. (UEPA) O crescimento populacional humano é produto da reprodução sem controle, que agrava os problemas de superpopulação mundial. Por outro lado, a reprodução nos organismos unicelulares ocorre por divisão celular, enquanto que nos organismos multicelulares esse processo é responsável pelo crescimento e reparo de tecidos. Sobre o processo em destaque, analise as afirmativas abaixo.

I. A prófase I da meiose I possui cinco subfases: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacinese.

II. Na telófase os cromossomos começam a se desespiralizar e adquirem a forma de fita.

III. Na anáfase ocorre a separação das cromátides.

IV. Na meiose I, a metáfase I se caracteriza pelo alinhamento dos pares homólogos na placa equatorial.

V. O produto da meiose são quatro células haploides.

A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:

a) I, II e IV.

b) I, III e V.

c) II, III e V.

d) III, IV e V.

e) I, II, III, IV e V.

09. (IFPE) Encontra-se abaixo a representação das duas formas de divisão celular: mitose e meiose.

09

Sobre essas formas de divisão celular, foram feitas as seguintes afirmativas:

I. A meiose é um tipo de divisão celular típica da formação de gametas para a reprodução sexuada.

II. A meiose ocorre em células diploides, formando células haploides.

III. A mitose ocorre principalmente nas células somáticas de um organismo.

IV. A mitose é mais comum em células diploides, podendo, eventualmente, e em alguns organismos, ocorrer em células haploides.

Estão corretas

a) Apenas I, II e III.

b) Apenas I, III e IV.

c) Apenas II, III e IV.

d) Apenas II e III.

e) I, II, III e IV.

10. (UEM) Assinale o que for correto.

01. No ser humano, a meiose é um tipo de divisão celular associado ao processo de reprodução sexuada.

02. Na meiose, uma célula diploide origina quatro células haploides.

04. A mitose consiste de duas divisões celulares consecutivas.

08. O crossing–over possibilita a troca de genes, o que leva à homogeneização das características nas proles das espécies.

16. Na meiose II, ocorre o processo de crossing–over.

32. No homem, as espermatogônias originam os espermatócitos primários que originarão os espermatócitos secundários e estes, as espermátides que se transformarão em espermatozoides.

64. Na mulher, a meiose só termina se ocorrer a fertilização. Quando a mulher “ovula”, seu ovário libera um ovócito estacionado em metáfase II e não um óvulo propriamente dito. Somente após a penetração do espermatozoide, que estimula o ovócito II, a meiose é concluída.

Soma das alternativas corretas:

11. (UNEAL) A origem das células cancerosas está associada a anomalias na regulação do ciclo celular e à perda de controle da mitose. Analisando-se a ilustração abaixo e com base em conhecimentos a respeito desse tipo de ciclo, é correto afirmar:

11

01. Células pouco especializadas que não se dividem por mitose mantêm-se permanentemente na interfase, estacionadas no período chamado G0, representada pela célula 5.

02. Existem quatro momentos em que os mecanismos de regulação atuam sendo representados, na figura, por A, B e C e G0

03. Se, na fase G2, a molécula de DNA se apresentar de forma adequada, irá ocorrer a descompactação progressiva dos cromossomos a consequente mitose.

04. Na fase G1, os mecanismos de controle avaliam se a replicação conservativa do DNA ocorreu corretamente levando a célula a G0.

05. Nas células que se dividem ativamente, a interfase é seguida da mitose, culminando na citocinese.

Soma das alternativas corretas:

12. Analise as afirmações e some as que forem corretas.

12

01. A mitose é responsável pelos fenômenos de regeneração, renovação tecidual e crescimento dos organismos.

02. Nos vegetais superiores, a mitose é denominada de anastral em razão de suas células não possuírem centro celular.

04. A principal diferença entre a anáfase mitótica e a anáfase I da meiose é que, nesta última, não há divisão dos centrômeros, ocorrendo apenas separação dos homólogos, indo um deles para um dos polos da célula e o outro para a extremidade oposta.

08. O esquema demonstra que a distribuição dos membros de cada par de homólogos ocorre ao acaso.

16. A permuta genética e a formação de quiasma não são eventos raros, e a sua frequência varia de acordo com a espécie e com o tamanho dos cromossomos.

Soma das alternativas corretas:

13. (PUCCamp-SP) Assinale a alternativa, na tabela abaixo que identifica corretamente os cromossomos que migram para polos opostos da célula durante as anáfases da meiose e da mitose.

13

14. (UFSM) Considerando o desenho apresentado, analise as afirmativas a seguir.

14

I. A e C representam células em metáfase; B e D representam células em anáfase.

II. A representa uma célula em mitose, pois é possível observar os cromossomos homólogos pareados.

III. D representa a separação das cromátides-irmãs, fenômeno que ocorre durante a meiose II e na mitose.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas I e III.

d) Apenas III.

e) I, II e III.

15. (UniCOC-SP) Analise o esquema que apresenta uma das fases de um tipo de divisão celular.

15

É correto afirmar que:

a) O esquema mostra uma divisão mitótica em célula vegetal.

b) Cada célula resultante dessa divisão apresentará 4 cromossomos.

c) A anáfase I da meiose é a fase que está sendo representada.

d) Observa-se no desenho a separação das cromátides irmãs, caracterizando a anáfase II da meiose.

e) Esse tipo de divisão celular proporciona crescimento do organismo, mas não a sua reprodução.

16. (UEPG) Com relação aos processos de divisão celular, assinale o que for correto.

01. A prófase I da meiose é considerada uma fase rápida, sendo caracterizada pela desintegração da membrana nuclear e início da compactação do material genético.

02. A não disjunção dos cromossomos homólogos durante a anáfase II da meiose, não acarretará grandes problemas aos gametas, visto que a célula animal possui mecanismos altamente especializados a fim de corrigir eventuais alterações no número de cromossomos.

04. Em bactérias, a divisão celular se dá por bipartição, processo bem mais simples que o das células eucarióticas.

08. Antes de entrarem em mitose, as células passam por um período de interfase. Entre outros eventos, nessa fase ocorre a duplicação do material genético (denominada de fase S).

16. Na telófase mitótica, os cromossomos se descondensam e ocorre o surgimento de uma nova carioteca ao redor de cada conjunto cromossômico, formando dois novos núcleos.

Soma das alternativas corretas:

17. (CEFET-PR) Sobre o processo da interfase, mitose e meiose, analise as proposições seguintes e marque a alternativa correta.

I. Durante a interfase, os filamentos cromossômicos permanecem descondensados e distribuídos no interior do núcleo, constituindo a cromatina.

II. Desprezando-se pequenas diferenças dentro de pares de cromossomos de tamanhos diferentes, é esperado que, após a primeira divisão meiótica, as células-filhas contenham a mesma quantidade de DNA nuclear que a célula-mãe, antes da duplicação do DNA.

III. Durante a anáfase II da meiose II não há separação de centrômeros; por isso, os cromossomos voltam aos polos com duas cromátides.

IV. O crossing over ocorre na prófase da meiose I e caracteriza-se pela permuta entre os segmentos das cromátides-irmãs do mesmo cromossomo.

Assinale:

a) Se I e II estiverem corretas.

b) Se II e III estiverem corretas.

c) Se III e IV estiverem corretas.

d) Se I, III e IV estiverem corretas.

e) Se todas estiverem corretas.

18. (UECE) Mitose e Meiose são tipos de divisões celulares, que apresentam as seguintes características diferenciais:

a) A mitose ocorre exclusivamente nas células somáticas, nunca no plasma germinativo.

b) A meiose possibilita a recombinação genética, ingrediente constituinte da variabilidade genética.

c) Mitose e meiose se alternam no processo de reprodução assexuada dos seres unicelulares.

d) Mitose e meiose sempre ocorrem num mesmo organismo vivo.

19. (IFG) Mitose e Meiose são dois processos de divisão celular que ocorrem nos organismos eucarióticos. Sobre esse assunto, é correto afirmar que:

a) A função da mitose nas células eucarióticas é de separar as cromátides irmãs após o crossing-over.

b) A função da meiose nas células dos animais é de reduzir o número de cromossomos e nas células dos vegetais é manter esse número.

c) A divisão mitótica, na formação dos grãos de pólen, mantém o número diploide de cromossomos.

d) A permutação que ocorre entre as cromátides irmãs acontece na fase de prófase II da meiose.

e) A redução no número de cromossomos, de uma célula diploide para células haploides, ocorre entre as fases de anáfase I e telófase I da meiose.

20. (UNIOESTE) Analise as afirmativas relativas ao ciclo celular e escolha a(s) correta(s).

01. Durante todas as fases do ciclo celular, a quantidade de DNA é constante.

02. No período G1, existe metade da quantidade de DNA presente em G2.

04. No período G2, os cromossomos meióticos já se encontram individualizados e permutados.

08. Durante a interfase, o DNA é sintetizado continua e ativamente.

16. Na meiose, a divisão do centrômero ocorre na anáfase I e caracteriza a divisão reducional.

32. Na mitose, a separação das cromátides irmãs ocorre na telófase.

64. Na meiose II ocorre citocinese após a telófase II.

Soma das alternativas corretas:

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 30 de janeiro de 2015

TESTES DE BOTÂNICA (III)

01. (COVEST) Os organismos vegetais são altamente diversificados e apresentam variações na estrutura e na fisiologia, conforme sua história evolutiva e a necessidade de adaptação ao ambiente. Em relação às plantas, é certo que:

I    II

0   0 –  Embora não possuam frutos, as gymnospermas produzem sementes.

1  1 – As angiospermas incluem plantas com flores e sem flores, sendo as que possuem flores mais importantes para nossa vida.

2  2 – Entre as adaptações aos ambientes áridos, podemos encontrar folhas modificadas em espinhos, fechamento dos estômatos nas horas mais quentes do dia e acúmulo de água no caule e nas raízes.

3  3 – Tropismos são movimentos de crescimento da planta em função de um estímulo, a exemplo do contato de algum objeto, como as gavinhas de trepadeiras.

4  4 – As auxinas são hormônios que participam dos processos fisiológicos dos vegetais, como regulação do crescimento.

02. (UFPel)

02

Os estômatos são estruturas que desenvolvem funções essenciais para a fisiologia das plantas. Conforme pode ser visualizado na figura, um estômato inclui uma abertura, chamada ostíolo, limitada por duas células guarda (ou células-estomáticas). Ao redor do estômato, existem células epidérmicas diferenciadas, as células subsidiárias (ou células acessórias). Fatores ambientais como a luminosidade, concentração de gás carbônico e teor de umidade influenciam no funcionamento dos estômatos.

FAVARETTO, J.A.; MERCADANTE, C. Biologia. São Paulo: Ed. Moderna, 1999. [adapt.].

De acordo com seus conhecimentos e com as informações dos textos, analise as seguintes afirmativas.

I. As células acessórias (a) são as únicas células epidérmicas clorofiladas, exercendo, portanto, papel importante na fotossíntese, além de fornecerem água para as células estomáticas ficarem túrgidas em condições de alta concentração de CO2, o que leva à abertura dos estômatos.

II. Quando existe carência de água no solo e, consequentemente, na planta, as células estomáticas (b) ficam flácidas e promovem o fechamento do estômato.

III. O estômato – estrutura localizada na epiderme dos vegetais – é responsável pelas trocas gasosas entre a planta e o ambiente, as quais ocorrem através do ostíolo (c), sendo, portanto, fundamentais para o metabolismo energético dos vegetais.

IV. Os estômatos são responsáveis pelo processo de transpiração das plantas, o que garante o contínuo transporte de água e sais minerais pelo floema, das raízes até as folhas, de acordo com a teoria da coesão-tensão.

Estão corretas apenas as afirmativas

a) II e IV.

b) I e III.

c) II e III.

d) III e IV.

e) I e II.

03. (UECE) A zona pilífera da raiz apresenta células epidérmicas com projeções citoplasmáticas denominadas de pelos absorventes, cuja principal função é absorver água e sais minerais indispensáveis à sobrevivência das plantas. A absorção de água pelas raízes dos vegetais acontece normalmente quando:

a) Os níveis de sais no interior das células são menores do que a quantidade de sais do solo.

b) A concentração de sais no interior da raiz é superior à concentração de sais do solo.

c) Células epidérmicas e solo apresentam a mesma concentração de sais.

d) Existe maior quantidade de água nas células do que no solo.

04. (UEM) Assinale o que for correto sobre os vegetais.

01. O verticilo androceu constitui o sistema reprodutor masculino das flores das angiospermas.

02. Ao conjunto formado pelo felogênio, pelo súber e pela feloderme dá-se o nome de epiderme.

04. Musgos, samambaias e feijão são exemplos de briófitas, pteridófitas e angiospermas, respectivamente.

08. O xilema, além do transporte de seiva, tem função de sustentação nas plantas com crescimento secundário.

16. Colocando-se uma célula vegetal em meio hipotônico, ela absorverá água, por osmose, até se tornar túrgida ou saturada de água.

Soma das alternativas corretas:

05. (UPF) Analisando o diagrama abaixo, percebe-se que as algas deram origem aos demais grupos de plantas atuais.

05

Cada círculo identificado representa uma aquisição evolutiva que define o grupo sistemático seguinte. Em A, está representado “embrião dependente do organismo-mãe”, que passará a fazer parte de todos os grupos descendentes. Assim, os grupos B, C e D representam, respectivamente, na evolução:

a) Tecido condutor / fruto / flor.

b) Tecido condutor / semente / fruto.

c) Alternância de gerações / fruto / semente.

d) Alternância de gerações / tecidos condutores / semente.

e) Semente / flor / tecido condutor.

06. (FATEC) Leia com atenção as afirmações a seguir:

I. A raiz é um órgão geralmente subterrâneo, aclo­rofilado e especializado na fixação da planta e na absorção de água e sais minerais.

II. Quando há uma raiz principal mais desenvolvida que as ramificações, a raiz é dita fasciculada; quando a raiz principal está atrofiada, ela é axial.

III. Raízes adventícias são aquelas originadas do caule ou das folhas.

IV. Raízes respiratórias ou pneumatóforos são raízes encontradas em plantas de mangues, que ficam fora da água e promovem o arejamento da planta.

Dessas afirmações,

a) Apenas a I é correta.

b) Apenas a I, a III e a IV são corretas.

c) Apenas a I e a III são corretas.

d) Apenas a III e a IV são corretas.

e) Todas são corretas.

07. (FCMSC-SP) As setas da figura a seguir indicam o cami­nho de diversas substâncias em folhas iluminadas.

07a

Que letra da tabela relaciona corretamente as subs­tâncias com as setas correspondentes?

07b

08. (FCC) Ao destacarmos uma folha de uma planta pode­mos observar a seguinte reação nos valores de trans­piração:

08

A seta indica no gráfico o momento em que

a) A transpiração cuticular é inferior à estomatar.

b) Os estômatos começaram a se abrir.

c) Os estômatos estabilizaram a sua abertura.

d) Os estômatos começaram a se fechar.

e) Os estômatos completaram seu fechamento.

09. (FATEC) Os organismos I, II, III, IV e V apresentam características descritas na tabela a seguir:

09

A ordem crescente de evolução desses organismos é:

a) II, IV, I, III e V.

b) IV, I, V, II e III.

c) II, IV, V, I e III.

d) IV, II, I, V e III.

e) II, IV, I, V e III.

10. (UEM) Phoradendron rubrum (erva de passarinho) é uma espécie vegetal hemiparasita que cresce nos caules das árvores, em que introduz raízes especializadas, extraindo apenas substâncias inorgânicas das plantas hospedeiras. Considerando essas informações e o funcionamento das plantas, assinale a alternativa incorreta.

a) As plantas hemiparasitas e as plantas hospedeiras produzem hormônios de crescimento.

b) Ocorre fotossíntese nos cloroplastos das células foliares das plantas hospedeiras e das plantas hemiparasitas.

c) A água absorvida do solo pelas plantas hospedeiras é transportada nos vasos do xilema até as plantas hemiparasitas.

d) As plantas hemiparasitas absorvem elementos minerais do solo pelas raízes adventícias.

e) Em caso de deficiências hídrica e mineral no solo, os sintomas se manifestam tanto nas plantas hemiparasitas quanto nas plantas hospedeiras.

11. (UNIOESTE) Em relação à anatomia e fisiologia das angiospermas, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Felogênio e câmbio vascular são meristemas secundários, responsáveis pelo crescimento em espessura das raízes.

02. No colênquima podemos encontrar grande quantidade de lignina, uma vez que este tecido é o responsável pela rigidez nos vegetais.

04. Estipe, colmo e tubérculo são tipos de caules, respectivamente, da palmeira, da cana-de-açúcar e da batata-inglesa.

08. Folículo, legume e cápsula são exemplos de frutos secos deiscentes.

16. A transpiração, controlada pelos estômatos, desempenha um importante papel no transporte da seiva bruta.

32. As auxinas e o etileno são responsáveis, respectivamente, pelo envelhecimento e crescimento dos vegetais.

64. Lenticelas são estruturas responsáveis pela gutação em plantas características dos manguezais.

Soma das alternativas corretas:

12. A figura abaixo representa um musgo. Os números I, II, III e IV representam, respectivamente:

12

a) Gametófito, esporófito, cápsula, rizoides.

b) Esporófito, cápsula, rizoides, gametófito.

c) Gametófito, cápsula, rizoides, esporófito.

d) Gametângio, esporângio, rizoides, cápsula.

e) Esporófito, gametófito, cápsula, rizoides.

13. (UFCE) As adaptações mais importantes das folhas vegetais terrestres para a realização das trocas gasosas com o meio externo, possibilitando a fotossíntese, são a presença de:

a) Poros e bainha do feixe.

b) Cutina e de parênquima assimilador com poucos espaços intercelulares.

c) Cutícula e de muitos espaços intercelulares no parênquima paliçádico.

d) Estômatos e de muitos espaços intercelulares no parênquima assimilador.

e) Estômatos e parênquima assimilador compacto.

14. (UEM) Analise a figura e assinale o que for correto:

14

01. As estruturas indicadas em 1 e 2 estão relacionadas com a transpiração.

02. Através da estrutura indicada em 1, ocorre a absorção de CO2 que será utilizado em reações ocorrentes nas estruturas indicadas em 3.

04. Pela estrutura indicada em 1, é eliminado o O2 liberado por reações que ocorrem na estrutura indicada em 3.

08. As substâncias transportadas pela estrutura indicada em 4 são produzidas a partir de reações que ocorrem nas estruturas indicadas em 3.

16. A água e os elementos minerais são absorvidos na forma de vapor pela estrutura indicada em 1.

32. A água absorvida pelas plantas é utilizada em reações que ocorrem na estrutura indicada em 3.

Soma das alternativas corretas:

15. (UFRS) Existem plantas que, por suas características morfológicas, são mais adaptadas à função de conter a erosão do solo, como encostas de morros, taludes e beiras de estradas. Entre as plantas indicadas para este fim, costuma-se utilizar espécies do grupo das Gramineas. Assinale a alternativa que apresenta características que correspondem ao grupo acima citado.

a) Folhas sem bainha, nervuras reticuladas e flores trímeras.

b) Sementes com dois cotilédones, flores pentâmeras, raízes fasciculadas.

c) Folhas com nervuras paralelas, raízes fasciculadas, sementes com um cotilédone.

d) Flores tetrâmeras, raízes pivotantes, nervuras paralelas.

e) Sementes com 1 cotilédone, nervuras reticuladas, folhas com pecíolo.

16. (UEM) O milho (Zea mays) é uma planta diploide com 20 cromossomos. A produção de grãos de pólen se dá nas anteras por meiose. Em uma antera jovem, o número de cromossomos presentes em cada célula, após a primeira e a segunda divisão meiótica, será, respectivamente:

a) 10 e 10.

b) 20 e 20.

c) 20 e 10.

d) 10 e 20.

e) 10 e 5.

17. (FMTM) Observe as figuras abaixo, que representam flores de 2 plantas:

17

Assinale a alternativa correta.

a) Ambas pertencem a angiospermas dicotiledôneas.

b) Ambas as flores são de angiospermas monocotiledôneas.

c) A flor I é de uma angiosperma dicotiledônea e a flor II, de uma angiosperma monocotiledônea.

d) A flor I pertence a uma angiosperma monocotiledônea e a flor II, a uma angiosperma dicotiledônea.

e) A flor I é de uma angiosperma dicotiledônea e a flor II, de uma gimnosperma.

18. Em uma aula de botânica, um aluno prepara um corte histológico de um vegetal pequeno coletado em um ambiente sombreado e úmido. Ao observar o corte, o aluno conclui que o vegetal é avascular. Ao pesquisar seu ciclo reprodutivo, verifica que a fase autotrófica é gametofítica e a heterotrófica é esporofítica. O vegetal coletado pelo aluno é:

a) Uma pteridófita.

b) Uma gimnosperma.

c) Uma monocotiledônea.

d) Uma briófita.

e) Uma angiosperma.

19. O esquema abaixo representa o ciclo reprodutivo de um musgo:

19a

Assinale a alternativa que indica corretamente o nível de ploidia de I, II, III e IV, respectivamente.

19b

20. Observe a figura abaixo.

20

Comumente é possível encontrar essa estrutura, em forma de coração, fixada nas paredes de xaxins ou em barrancos úmidos onde crescem samambaias. Raramente ultrapassa 1cm de diâmetro e apresenta coloração verde. Essa estrutura é:

a) A fase haploide da planta e, no ciclo reprodutivo das samambaias, representa o gametófito.

b) A fase diploide da planta e, no ciclo reprodutivo das samambaias, representa o espc) Uma folha de samambaia que está começando seu desenvolvimento.

d) Um órgão de reprodução das samambaias, produtor de esporos.

e) Um folíolo de samambaia carregado de esporângios produtores de esporos.

21. (UEPG) Diversos produtos finais do metabolismo das plantas ficam armazenados em células ou em agrupamentos de células espalhados pelo vegetal. Com relação a essas estruturas secretores das plantas, assinale o que for correto.

01. O látex armazenado no tecido suberoso das seringueiras tem importante função de evitar a evaporação no clima quente e seco amazônico.

02. Por meio das secreções dos pelos glandulares, por exemplo, plantas “carnívoras” que habitam solos pobres em nitrogênio digerem insetos e conseguem aminoácidos que completam sua alimentação.

04. O néctar é uma substância doce e perfumada, produzida nas flores por um agrupamento especial de células secretoras, o nectário. Sua função é atrair os insetos e as aves responsáveis pelo transporte do grão de pólen.

08. As sépalas são importantes estruturas das folhas de cactos que habitam climas secos para acumular água.

Soma das alternativas corretas:

22. (UPF) Andando pelo campus da UPF, um jovem vestibulando marcou suas iniciais no caule de uma figueira. Anos depois, ao final do curso, percebeu que a figueira havia crescido muito, mas as letras marcadas estavam à mesma altura do chão, porem muito mais largas. O que aconteceu pode ser explicado melhor na alternativa:

a) Sendo uma dicotiledônea, cresceu só para o alto.

b) O crescimento primário engrossou o caule, mas o crescimento secundário elevou a parte aérea da figueira.

c) A parte aérea cresceu todos os anos, através da gema apical, ampliando a copa da planta.

d) As gemas apicais elevaram a parte aérea da figueira e o crescimento secundário engrossou o caule.

e) Sendo uma monocotiledônea, apresenta apenas estruturas primarias de crescimento.

23. (FMJ) Observe o ramo de um vegetal arbóreo muito comum na península Ibérica e muito utilizado na produção de cortiça.

23

Analise as seguintes afirmativas sobre essa figura.

I. Trata-se de uma dicotiledônea.

II. Suas raízes são do tipo axial ou pivotante.

III. Os feixes líbero-lenhosos estão dispostos irregular­mente.

IV. O caule desses vegetais não apresenta meristemas secundários.

Está correto, apenas, o contido em:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I e IV.

e) II e IV.

24. (UEM) Considerando a diversidade de plantas e suas características morfológicas e reprodutivas, assinale o que for correto.

01. A alternância entre uma fase gametofítica haploide e uma fase esporofítica diploide é uma característica comum a todas as plantas.

02. No ciclo de vida das algas macroscópicas e das briófitas, a fase esporofítica é mais desenvolvida e persistente.

04. Angiospermas, gimnospermas e pteridófitas apresentam traqueídes, células tubulares ocas, constituindo o xilema.

08. A produção de semente, a partir do desenvolvimento do óvulo, é uma característica das gimnospermas e das angiospermas.

16. Colênquima e esclerênquima são tecidos condutores presentes nos caules e nas raízes das briófitas e das pteridófitas.

Soma das alternativas corretas:

25. (IFSul) Estômatos são estruturas especificas das folhas, responsáveis pelas trocas gasosas e pela transpiração dos vegetais. Sobre eles são feitas as seguintes considerações:

I. Cada estômato é formado por duas células estomáticas, também chamadas de células-guarda, entre as quais existe uma fenda chamada de ostíolo, cuja abertura depende do grau de turgescência celular.

II. De acordo com a localização dos estômatos nas folhas, estas podem ser classificadas em hipoestomaticas (na epiderme inferior das folhas), epiestomaticas (na epiderme superior das folhas) e anfiestomaticas (nas duas faces das folhas).

III. Entre os fatores ambientais que influenciam no controle do mecanismo de abertura e fechamento dos estômatos estão a concentração de CO2 no ar, a presença de luz e a taxa de água nas folhas.

IV. O fenômeno de gutação, através do qual ocorre a eliminação de agua, contendo íons minerais e varias substâncias orgânicas, como açúcares e aminoácidos, é realizado tanto por estruturas chamadas de hidatódios, como também pelos estômatos.

Está(ao) correta(s) a(s) afirmativa(s):

a) I, IV, apenas.

b) I, II, III, apenas.

c) III, apenas.

d) I, II, III, IV.

26. (UFTM) Um estudante fez o seguinte experimento: em um vaso enterrou uma banana nanica sem a casca; em outro vaso, depois de retirar a “coroa” (conjunto de folhas) e a parte central fibrosa de um abacaxi, enterrou sua parte mole e comestível. Considerando as estruturas utilizadas, é correto deduzir que:

a) Ambos os vasos terão plantas completas e serão clones das plantas utilizadas no cultivo.

b) Somente o abacaxi formará uma planta completa porque apresenta sementes na parte mole e comestível.

c) Somente a banana formará uma planta completa porque ela apresenta sementes no seu interior.

d) Ambos os vasos terão plantas completas porque as duas possuem sementes com embriões.

e) Não haverá formação de nenhuma planta porque as estruturas utilizadas não possuem sementes.

27. (UFPR) A figura abaixo apresenta as estruturas reprodutivas de uma planta com flor. Numere a coluna abaixo, estabelecendo a correspondência entre as funções na reprodução e as estruturas presentes na figura.

27

(   ) Germinação do tubo polínico.

(   ) Formação do fruto.

(   ) Formação de semente.

(   ) Produção de grãos de pólen.

(   ) Fecundação.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

a) 1 – 3 – 4 – 2 – 4.

b) 2 – 4 – 3 – 2 – 1.

c) 1 – 2 – 4 – 1 – 3.

d) 3 – 4 – 2 – 1 – 4.

e) 2 – 1 – 3 – 4 – 3.

28. (UNAMA) As plantas chamadas xerófitas, como os cactos, por exemplo, predominantes em certas regiões, possuem diversas características para reter água como: folhas transformadas em espinhos (1); cutícula espessa, com poucos estômatos (2) e raízes (3) desenvolvidas. As características numeradas significam para essas plantas que:

I. Houve adaptação ao ambiente seco, como consequência da mutação e da seleção natural.

II. 1 e 2 representam menor perda de água por transpiração.

III. 3 permitem grande absorção da água do solo.

IV. Houve adaptação a ambientes áridos, mas sem interferência da mutação e da seleção natural.

O correto está apenas em:

a) I, II e III.

b) I, III e IV.

c) II, III e IV.

d) III e IV.

29. (UPF) Considerando o ciclo biológico de um organismo com metagênese, representado no esquema, pode-se dizer que o número de cromossomos presentes nas células I, II, III e IV corresponde, respectivamente, a:

29

a) 2n – n – n – 2n.

b) 2n – 2n – n – n.

c) 2n – n – 2n – n.

d) n – 2n – 2n – n.

e) n – n – 2n – 2n.

30. (UEPG) Na figura abaixo é representada a estrutura de uma flor das angiospermas. Assinale o que for correto com relação à estrutura e função dos órgãos assinalados.

30

Fonte: Linhares, S.; Gewandsznajder, F. Biologia hoje, seres vivos.

Volume 2. Editora Ática. São Paulo. 1992.

01. No número 1 é apresentado o pedúnculo, constituído de uma haste de sustentação, que prende a flor ao caule.

02. No número 2 é apontada a sépala, situada no cálice, mais externo, que é um conjunto de folhas protetoras, geralmente verdes.

04. No número 3 está representado um estame. O estame possui um pedúnculo, chamado filete, com uma dilatação na extremidade – a antera – e um tecido que une as duas partes da antera, o conectivo.

08. No número 4 é apontado o estigma. Essa estrutura secreta substâncias pegajosas nas quais os grãos de pólen se aderem.

16. No número 5 é apontado o ovário, responsável pela formação dos grãos de pólen.

Soma das alternativas corretas:

gab

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 22 de janeiro de 2015

Os números de 2014

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog.

Aqui está um resumo:

O Museu do Louvre, em Paris, é visitado todos os anos por 8.5 milhões de pessoas. Este blog foi visitado cerca de 2.300.000 vezes em 2014. Se fosse o Louvre, eram precisos 99 dias para todas essas pessoas o visitarem.

Clique aqui para ver o relatório completo

Publicado por: Djalma Santos | 31 de dezembro de 2014

TESTES DE GENÉTICA (III)

01. (UEPG) A genealogia abaixo apresenta uma família afetada por uma herança autossômica recessiva. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01

Adaptado de: Amabis, J.M.; Martho, G.R. Biologia das populações:

genética, evolução biológica, ecologia. 2a ed. Volume 3.

Editora Moderna. São Paulo. 2004.

01. Não existe possibilidade da mulher III 1 ser heterozigota.

02. Se o homem I 1 fosse casado com a mulher I 4, todos seus descendentes seriam afetados.

04. Se a mulher III 2 casar com homem normal para essa característica, todas as possibilidades para os descendentes serão para indivíduos afetados.

08. Os indivíduos II 1, II 2, II 3 e II 4 são heterozigotos.

16. Nas heranças autossômicas recessivas, o gene mutado deve estar localizado no cromossomo X.

Soma das alternativas corretas:

02. (UDESC) Diversas deficiências ou doenças humanas são herdadas geneticamente.

Relacione as doenças com o tipo de herança genética.

1. Hemofilia.

2. Calvície.

3. Fenilcetonúria.

4. Surdo-Mudez.

(  ) Pleiotropia em que a ocorrência de dois alelos recessivos inibe a transformação de um aminoácido.

(  ) Interação de genes complementares em que a recessividade dos dois genes ocasiona a inibição da formação da cóclea.

(  ) Herança ligada ao sexo, determinada por um gene recessivo ligado ao cromossomo X.

(  ) Herança influenciada pelo sexo que ocorre quando um alelo se comporta como dominante em um sexo, e recessivo em outro.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

a) 1 – 2 – 4 – 3.

b) 3 – 4 – 2 – 1.

c) 1 – 4 – 3 – 2.

d) 3 – 4 – 1 – 2.

e) 1 – 3 – 2 – 4.

03. (UCPel) Com relação ao sistema sanguíneo ABO, uma criança, que foi gerada a partir de um homem com fenótipo AB e uma mulher O, não pode ter os fenótipos:

a) AB e O.

b) A e B.

c) A e O.

d) B e O.

e) A e AB.

04. (PUC-RS) A doença de Gaucher, autossômica recessiva, afeta o metabolismo dos lipídios. O afetado, se não tratado, tem aumento do fígado e do baço, anemia, diminuição de plaquetas e de glóbulos brancos, desgaste ósseo, fadiga, cansaço e atraso de crescimento. É correto afirmar que um paciente com essa doença transmite o gene defeituoso para:

a) Seus filhos homens, apenas.

b) Suas filhas mulheres, apenas.

c) 25% de sua descendência, apenas.

d) 50% de sua descendência, apenas.

e) 100% de sua descendência.

05. (PUC-PR) Em uma determinada cena criminal, uma mancha de sangue na roupa da vítima foi usada pelos peritos para determinação dos possíveis suspeitos. A análise foi inconclusiva em alguns aspectos, mas o sangue do suspeito apresentava pelo menos uma das aglutininas existentes no sistema ABO. Entre um grupo de suspeitos, assinale a alternativa que mostra o único indivíduo que certamente é inocente e pode ser excluído da investigação.

a) Indivíduo com sangue tipo AB.

b) Indivíduo com sangue tipo A.

c) Indivíduo com sangue tipo B.

d) Indivíduo com sangue tipo O.

e) Não é possível determinar sem saber o sistema Rh.

06. (IFSul-2014) A Eritroblastose Fetal ou Doença Hemolítica do Recém-Nascido (DHRN) caracteriza-se pela destruição das hemácias (hemólise) do feto. Esse problema se manifesta quando:

a) O pai, o filho e a mãe são Rh negativo.

b) A mãe é Rh negativo e gera filhos Rh positivo.

c) A mãe e o pai são Rh negativo e geram filhos Rh positivo.

d) O pai é Rh negativo, a mãe, Rh positivo e o filho, Rh negativo.

07. (IFMG) Considere o heredograma abaixo, no qual são representados os grupos sanguíneos de alguns dos membros de uma família:

07

Sobre essa família, estão corretas as afirmações a seguir, exceto:

a) O indivíduo 2 pode pertencer a qualquer um dos grupos sanguíneos do sistema ABO.

b) O indivíduo 4 certamente tem sangue do grupo AB.

c) O indivíduo 6 é heterozigoto quanto ao grupo sanguíneo.

d) A probabilidade de que o indivíduo 9 tenha sangue do grupo O é de 50%.

08. (PUC-SP) Uma mulher manifesta o daltonismo se receber um cromossomo:

a) X de seu pai obrigatoriamente daltônico e o outro cromossomo X de sua mãe obrigatoriamente daltônica.

b) X de seu pai não daltônico e o outro cromossomo X de sua mãe obrigatoriamente daltônica.

c) X de seu pai obrigatoriamente daltônico e o outro cromossomo X de sua mãe não obrigatoriamente daltônica.

d) Y de seu pai não daltônico e o cromossomo X de sua mãe obrigatoriamente daltônica.

e) Y de seu pai obrigatoriamente daltônico e o cromossomo X de sua mãe não obrigatoriamente daltônica.

09. (PUC-CAMPINAS) Um homem tem sangue AB e se casa com uma mulher cujos avós paternos e maternos são do grupo O. O casal pode ter apenas filhos:

a) Do grupo O.

b) Do grupo AB.

c) Dos grupos A e B.

d) Dos grupos AB e O.

e) Dos grupos A, B e AB.

10. (UEPG) Os organismos vivos possuem mecanismos de determinação do sexo ou sistemas cromossômicos de determinação sexual. Existem diversos tipos de mecanismos e sistemas de determinação do sexo. Com relação aos tipos desses mecanismos e sistemas, assinale o que for correto.

01. As galinhas apresentam sistema de cromossomos sexuais ZZ/ZW. Nesse sistema, a fêmea possui dois cromossomos Z e o macho é ZW.

02. As fêmeas de uma espécie de borboleta que possui sistema de cromossomos sexuais do tipo ZZ/ZW, na sua meiose, formarão metade dos gametas que contém o cromossomo Z e metade dos gametas que contém o cromossomo W. Nesse caso, o gameta contendo cromossomo W determina sexo feminino.

04. Alguns gafanhotos possuem sistema cromossômico de determinação do sexo XX/X0. Nesse sistema, as fêmeas apresentam dois cromossomos X, enquanto o macho apenas um. Esse é o motivo do macho possuir número de cromossomos ímpar, sendo sempre um cromossomo a mais em relação à fêmea.

08. As abelhas possuem sistema de determinação do sexo haplodiploide. Nesse sistema, os machos possuem metade dos cromossomos existentes na fêmea e são formados por um óvulo não fecundado pelo espermatozoide.

16. Os seres humanos possuem sistema de determinação do sexo XX/XY. Nesse sistema, o cromossomo X determina o sexo masculino.

Soma das alternativas corretas:

11. (UEM) Sobre hereditariedade ligada ou influenciada pelo sexo, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Um casal de não hemofílicos em que o primeiro filho é hemofílico apresenta 25% de probabilidade de ter uma filha hemofílica.

02. Em um casal em que a mulher é portadora do gene para distrofia muscular do tipo Duchene e o homem normal para a doença, a probabilidade de terem descendentes afetados é de 25 %.

04. Os genes holândricos são responsáveis por transmitirem características restritas ao sexo e estão localizados no cromossomo Y, na porção não homóloga ao cromossomo X.

08. A probabilidade de serem daltônicos os descendentes do sexo masculino de um casal em que o homem é daltônico e a mulher não é daltônica (mas é filha de pai daltônico) é de 1/4.

16. A calvície hereditária é condicionada por um alelo presente no cromossomo Y; por isso, ocorre com mais frequência nos indivíduos do sexo masculino.

Soma das alternativas corretas:

12. (UCPel) Um casal apresenta genótipos diferentes, tendo o homem dois alelos iguais e a mulher dois alelos diferentes para o mesmo gene. Os termos que indicam o significado correspondente aos genótipos desse casal são, respectivamente:

a) Recessivo e dominante.

b) Heterozigoto e homozigoto.

c) Dominante e recessivo.

d) Homozigoto e heterozigoto.

e) Homólogo e heterólogo.

13. (UNIMONTES) A fibrose cística e uma doença hereditária que afeta vários órgãos do corpo, causando secreções mucosas espessas e pegajosas, que acabam obstruindo os pulmões e pâncreas. Isso leva a problemas respiratórios, incluindo infecções recorrentes, e dificuldade em digerir alimentos. O heredograma abaixo caracteriza uma família relacionada à herança dessa doença. Analise-o.

13

Considerando o heredograma e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa a chance de um casal, ambos portadores do gene para fibrose cística, ter um filho com a doença.

a) 25%.

b) 100%.

c) 50%.

d) 75%.

14. (UNESP) Dois casais, Rocha e Silva, têm, cada um deles, quatro filhos. Quando consideramos os tipos sanguíneos do sistema ABO, os filhos do casal Rocha possuem tipos diferentes entre si, assim como os filhos do casal Silva. Em um dos casais, marido e mulher têm tipos sanguíneos diferentes, enquanto que no outro casal marido e mulher têm o mesmo tipo sanguíneo. Um dos casais tem um filho adotivo, enquanto que no outro casal os quatro filhos são legítimos. Um dos casais teve um par de gêmeos, enquanto que no outro casal os quatro filhos têm idades diferentes. Considerando-se os tipos sanguíneos do sistema ABO, é correto afirmar que:

a) Se o casal Silva tem o mesmo tipo sanguíneo, foram eles que adotaram um dos filhos.

b) Se o casal Rocha tem tipos sanguíneos diferentes, foram eles que adotaram um dos filhos.

c) Se o casal Silva tem tipos sanguíneos diferentes, eles não são os pais do par de gêmeos.

d) Se o casal Rocha tem o mesmo tipo sanguíneo, eles não são os pais do par de gêmeos.

e) Se o casal que adotou um dos filhos é o mesmo que teve um par de gêmeos, necessariamente marido e mulher têm diferentes tipos sanguíneos.

15. (UNEAL) Um casal deseja ter quatro filhos, sendo o primeiro menino e os outros três meninas. A probabilidade de que isso ocorra é de:

a) 1/16.

b) 1/8.

c) 3/4.

d) 3/8.

e) 3/16.

16. (UECE) Se uma determinada mutação maléfica ao humano é expressa por um gene recessivo ligado ao cromossoma X, a chance de uma mulher portadora dessa mutação, ao casar com homem não afetado, ter filhos afetados é de:

a) 100%.

b) 75%.

c) 25%.

d) 50%.

17. (URCA) O transporte de colesterol da corrente sanguínea para o interior da célula ocorre pela presença de uma determinada proteína presente na membrana plasmática. Existem mutações do gene responsável pela síntese dessa proteína que impedem a sua produção. Quando um homem ou uma mulher possui uma dessas mutações, mesmo que tenha o gene normal, apresenta hipercolesterolemia (aumento do nível de colesterol no sangue). A respeito da hipercolesterolemia pode-se afirmar corretamente, com base na descrição acima que geneticamente é uma herança:

a) Autossômica dominante.

b) Autossômica recessiva.

c) Ligada ao sexo.

d) Influenciada pelo sexo.

e) Epistática.

18. (UERN) Nem sempre os genes situados no mesmo cromossomo caminham juntos para o mesmo gameta, pois pode ocorrer permutação ou crossing-over, ou seja, uma troca de partes entre as cromátides homologas. Considere o esquema das células e seus genes:

18

A partir da análise das células, é correto afirmar que:

a) Na célula I haverá maior taxa de recombinação, pois os genes estão mais distantes.

b) A taxa de recombinação e a distância entre os genes não possuem qualquer ligação.

c) Na célula II haverá maior taxa de recombinação, pois os genes estão mais próximos.

d) As células I e II terão a mesma taxa de recombinação, pois possuem o mesmo número de genes.

19. (IFMT) Uma jovem tem dúvidas com relação à paternidade de seu filho. Ela aponta 4 possíveis “candidatos a pai”. Na intenção de diminuir o número de indivíduos que irão realizar o teste de DNA, procedeu-se a uma breve análise dos tipos sanguíneos, cujos resultados estão mostrados no quadro a seguir.

19

Conforme os dados fornecidos acima, é correto afirmar que:

a) O tipo sanguíneo, nos humanos, se constitui num exemplo de herança por alelos múltiplos, existindo relação de dominância e codominância entre os alelos. Com base nessa característica, os únicos dispensados do teste são os “candidatos a pai” de números 3 e 4.

b) Os “candidatos a pai” de números 1 e 4 podem ser seguramente dispensados do teste de DNA, pois só possuem genes recessivos para serem passados para a descendência.

c) O “candidato a pai” número 2, sendo filho de pai com tipo sanguíneo O e mãe tipo sanguíneo AB, pode ser dispensado do teste, pois seguramente não é o pai da criança.

d) O “candidato a pai” número 3 só poderia ser dispensado se fosse verificada a heterozigosidade com relação aos alelos. Como não é possível verificar essa informação, ele deve realizar o teste.

e) A herança do tipo sanguíneo do sistema ABO é um mecanismo de herança genética do tipo quantitativa, e qualquer inferência de paternidade com base nos tipos sanguíneos é errônea, devendo o teste de DNA ser aplicado a todos os “candidatos a pai”.

20. (UNEAL) A fenilcetonúria, também conhecida como PKU, é um erro inato clássico do metabolismo causado pela deficiência de uma enzima no metabolismo do aminoácido fenilalanina. Tal doença, se não diagnosticada precocemente, pode desencadear sintomas, como retardo mental, atraso no desenvolvimento psicomotor e hiperatividade. Um diagnóstico simples pode ser realizado através do teste do pezinho nos primeiros dias de vida, e o tratamento é baseado em uma dieta pobre no aminoácido fenilalanina. O heredograma abaixo representa a herança de fenilcetonúria em uma família.

20

Com base na análise dessas informações, é correto afirmar:

01. O indivíduo II-4 apresenta o genótipo homozigoto dominante.

02. A fenilcetonúria é uma característica autossômica determinada por um alelo dominante.

03. Se III-1 casar com seu primo III-3, a probabilidade de eles terem um descendente do sexo feminino e com fenilcetonúria é de 50%.

04. Do casamento de III-2 com um homem com fenótipo normal para a doença, toda a prole terá, com certeza fenótipo normal.

05. A probabilidade de o casal II-2 e II-3 ter outro descendente com fenilcetonúria e do sexo masculino é de 25%.

Soma das alternativas corretas:

21. O gene h que determina a hemofilia na espécie humana é recessivo e está localizado no cromossomo X. Com base no heredograma a seguir, podemos afirmar corretamente:

21

a) O genótipo da Sra. 5 é XHXH.

b) O genótipo da Sra. 5 é XHXh.

c) O genótipo da Sra. 8 é XHXH.

d) O genótipo do Sr. 9 é XH

e) O genótipo da Sra. 8 é XhXh.

22. No artigo “Retrato molecular do Brasil” (Ciência Hoje, 2001), Sérgio Penna, pesquisador da Universidade Federal de Minas Gerais, revelou que a contribuição dos europeus na composição genética do povo brasileiro fez-se basicamente por meio de indivíduos do sexo masculino, enquanto a contribuição genética de povos indígenas e africanos deu-se por meio das mulheres. Tais conclusões são possíveis com base em estudos moleculares, respectivamente, do DNA do cromossomo:

a) X e de autossomos.

b) Y e de autossomos.

c) Y e do cromossomo X.

d) Y e mitocondrial.

e) X e mitocondrial.

23. Assinale a alternativa que apresenta a probabilidade de nascimento de um filho do sexo masculino com o tipo sanguíneo A, cujo pai é heterozigoto para o tipo A e a mãe é homozigota recessiva:

a) 0,25.

b) 0,50.

c) 0,75.

d) 0,83.

e) 1,00.

24. Durante um procedimento cirúrgico, um paciente apresentou hipertermia maligna. Essa condição hereditária, antigamente letal, é desencadeada pela utilização de anestésicos. Ao analisar a família do paciente, o médico constatou que sua avó materna havia falecido em decorrência da utilização de anestésico. A mãe do paciente e seus tios maternos nunca foram submetidos a processos cirúrgicos, mas o pai e os tios e tias paternos já sofreram cirurgias e não apresentaram sintomas de hipertermia maligna. O avô paterno do paciente é hemofílico. Sabe-se que a hipertermia maligna é uma condição autossômica dominante e que a hemofilia é uma condição recessiva ligada ao X. Com base no exposto acima, assinale a alternativa correta.

a) A mãe do paciente tem o alelo para hipertermia maligna.

b) O pai do paciente é hemofílico.

c) Todos os filhos do paciente terão o alelo para hipertermia maligna.

d) Os tios maternos são homozigotos para hipertermia maligna.

e) As tias paternas não têm chance de ter filhos hemofílicos.

25. (INSTITUTO FEDERAL DE FARROUPILHA) O exame pré-natal é um procedimento de rotina, gratuito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e de extrema importância para a saúde da mãe e da criança. Um dos exames realizados é a tipagem sanguínea, que prevê possíveis casos de transfusões sanguíneas, como o ocorrido na Eritroblastose Fetal (a mãe destrói os glóbulos vermelhos do seu filho ainda dentro do útero por uma incompatibilidade do sistema Rh). Sobre a eritroblastose, considere as seguintes situações:

I. Mãe Rh positiva e pai Rh negativo.

II. Mãe Rh negativa e pai Rh positivo.

III. Mãe e pai Rh positivos.

IV. Mãe e pai Rh negativos.

Pode acontecer eritroblastose apenas:

a) Nas situações II e IV.

b) Na situação I.

c) Nas situações I e II.

d) Na situação II.

e) Na situação III.

26. (UNINASSAU) Entre as variedades de galinha da raça Plymouth Rock está um caso clássico de herança ligada ao sexo. As aves dessa variedade apresentam penas com barras brancas e pretas no sentido transversal, dando uma aparência cinzenta às aves. O gene dominante condiciona a plumagem barrada, enquanto o gene recessivo determina o padrão não barrado. Um avicultor com interesse no caso cruzou diversos machos barrados, filhos de fêmeas não barradas, com fêmeas barradas. Qual a prole esperada?

a) Todas as fêmeas barradas; metade dos machos barrados e metade não barrados.

b) Todos os machos barrados; todas as fêmeas não barradas.

c) Metade dos descendentes barrados e metade não barrados, independentemente do sexo.

d) 1/4 de machos barrados; 1/4 de machos não barrados; 1/4 de fêmeas barradas; 1/4 de fêmeas não barradas.

e) Todos os machos barrados; metade das fêmeas barradas e metade não barradas.

27. (PUC-RIO) Ana e João têm três filhos e quatro filhas. Ana é daltônica, e João tem visão normal. Todos os filhos são daltônicos, enquanto apenas uma das filhas é daltônica. A filha daltônica tem 16 anos, tem baixa estatura e não teve puberdade. Sobre a situação apresentada, conclui-se que:

a) O padrão de herança do daltonismo é dominante ligado ao cromossomo X.

b) A filha daltônica tem síndrome de Turner (XO).

c) O padrão de herança do daltonismo é autossômico dominante.

d) Todos os filhos têm a síndrome de Klinefelter (XXY).

e) O padrão de herança do daltonismo é autossômico recessivo.

28. (UERN) “Quando não há relação de dominância e recessividade entre alelos de um gene responsável por uma característica, surge, no heterozigoto, um fenótipo intermediário. Esses são os casos de ausência de dominância.”

(Sônia Lopes – Biologia –Volume único.)

As flores brancas e vermelhas da especie Mirabilis jalapa, durante o cruzamento entre a geração parental, resultam em flores róseas (F1). O resultado obtido do cruzamento desses indivíduos descendentes (F1) com um indivíduo da geração parental, branca ou vermelha, é:

a) Proporção fenotípica 2 : 2 e genotípica 2 : 2.

b) Proporção fenotípica 3 : 1 e genotípica 2 : 2.

c) Proporção fenotípica 3 : 1 e genotípica 1 : 2 : 1.

d) Proporção fenotípica 1 . 2 . 1 e genotípica 1 . 2 . 1.

29. (IFG) Joyce tem sangue B, Rh MN e sua mãe tem sangue O. O futuro marido de Joyce tem sangue A, Rh+, MN. Ele é heterozigoto para todas as características. A probabilidade de esse casal ter uma criança do sexo masculino, com sangue tipo O, Rh+ MN, é:

a) 0.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/16.

e) 1/32.

30. (FCM.PB) Um gene recessivo (d) é ligado ao cromossomo X e provoca a distrofia muscular Duchene (DMD), caracterizada por fraqueza muscular progressiva; enquanto o seu alelo (D) provoca a condição normal. Um mulher normal (XDXD) casa com um indivíduo com a doença (XdY), e todos os filhos são normais. Se uma filha do referido casal se casar com um homem normal, que genótipos serão possíveis na filiação?

a) Apenas XDXD e Xd

b) XDXD; XDXd; XdY; XD

c) Apenas Xd

d) XDXD; XdXd; XDYd; Xd

e) XDXd; Xd

gab

Publicado por: Djalma Santos | 4 de dezembro de 2014

TESTES DE BOTÂNICA (II)

01. (PUCCAMP) Considere as características a seguir.

I. Epiderme com cutícula espessa.
II. Presença de parênquima aquífero.
II. Presença de lenticelas nas raízes.
IV. Estômatos fechados durante o dia e abertos à noite.
Em regiões secas e áridas, como desertos e caatingas, é de se esperar que as plantas apresentem
a) Apenas I, II e III.
b) Apenas I, II e IV.
c) Apenas I, III e IV.
d) Apenas II, III e IV.
e) I, II, III e IV.

02. (UNIOESTE) Referente às estruturas das angiospermas, considere as colunas I e II e assinale a(s) associação(ões) correta(s).

0201. a1, b2, c3, d4, e5.

02, f1, g2, h3, i4, j5.

04. a3, b1, c5, d2, e1.

08. a3, b5, c2, d4, e1.

16. f1, g2, h1, i2, j5.

32. f3, g4, h4, i5, j2.

Soma das alternativas corretas:

03. (FFB) Segundo o aluno Alberto de Figueiredo Almeida, do 5° Semestre de Marketing da Faculdade Farias Brito, mais vale se agarrar ao tronco da árvore que aos galhos. De fato, as árvores são constituídas de várias partes, que, do ponto de vista econômico, podem ser consideradas mais ou menos nobres. Do ponto de vista morfológico, a árvore é formada por raiz, caule e folhas e pode ter ou não flores e frutos. Algumas dessas principais partes estão listadas na coluna I. A coluna II apresenta a descrição de cada uma dessas partes.

03

Relacione a coluna I com a coluna II escrevendo nos parênteses da coluna II a respectiva parte da árvore que está sendo descrita. A ordem correta da coluna II, de cima para baixo, é:

a) Folhas; Caules; Raízes; Flores.

b) Raízes; Caules; Folhas; Flores.

c) Caules; Raízes; Flores; Folhas.

d) Flores; Folhas; Raízes; Caules.

e) Raízes; Folhas; Caules; Flores.

04. (UEA) Comparando briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas, pode-se perceber, na evolução das primeiras para as últimas:

a) A redução do gametófito, que se tornou dependente do esporófito.

b) A substituição dos esporos por gametas no processo reprodutivo.

c) A redução da geração esporofítica em relação à gametofítica.

d) A substituição da reprodução assexuada pela reprodução sexuada.

e) O crescente predomínio dos gametófitos sobre os esporófitos.

05. (IFG) Considere o texto a seguir para responder esta questão.

A feijoada, alimento dos escravos africanos no passado, é, hoje, um prato típico brasileiro, muito apreciado pela população e por turistas. Diferentemente do que comiam os escravos, atualmente, os ingredientes são mais nobres, e, para quem gosta, listamos os principais:

– Feijão preto e arroz branco.

– Carnes e defumados, sempre de porco: linguiça, lombo, costelinha, paio, carne seca, bacon, entre outras a gosto.

– Molho: pimenta malagueta, tomate, pimentão, azeite, vinagre, folhas de louro e de coentro.

– Acompanhamentos: laranja, farofa, farinha de mandioca, pão francês, couve na manteiga e salada de tomate, alface, cenoura, pepino.

Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente: frutos, ou parte destes, sementes e folhagens.

a) Arroz e feijão; mandioca; couve e folhas de louro.

b) Pimenta malagueta e tomate; pimentão; folhas de coentro e couve.

c) Arroz e pimenta malagueta; feijão; folhas de coentro e alface.

d) Laranja e tomate; arroz; mandioca e alface.

e) Feijão e arroz; tomate; couve e folhas de louro.

06. (UEM) Sobre os vegetais, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Briófitas e Pteridófitas são plantas avasculares, por isso vivem em ambientes úmidos e sombreados.

02. Nas Pteridófitas o gametófito é a fase duradoura, enquanto que o esporófito é a fase menos desenvolvida e passageira.

04. Gimnospermas e Angiospermas são plantas que produzem frutos e sementes responsáveis pela dispersão.

08. Baga é um tipo de fruto carnoso, com muitas sementes, encontrado em algumas espécies de Angiospermas.

16. Rizoma é um tipo de caule subterrâneo, que se desenvolve paralelamente à superfície, frequentemente encontrado nas Pteridófitas.

Soma das alternativas corretas:

07. (MACK) No ciclo de vida dos vegetais, há duas fases de vida, a gametofítica que produz gametas e a esporofítica que produz esporos. A esse respeito, é correto afirmar que:

a) Os gametas são formados por meiose e os esporos são formados por mitose.

b) Os gametas são formados por mitose e os esporos são formados por meiose.

c) Tanto os gametas quanto os esporos são formados por meiose.

d) Tanto os gametas quanto os esporos são formados por mitose.

e) Os gametas são células haploides e os esporos são células diploides.

08. (UFSC) Até pouco tempo, acreditava-se que a cafeína presente nas flores do café era produzida pela planta com o intuito de inibir a herbivoria. Experimentos recentes trazem à tona uma nova perspectiva. Descobriu-se que existem baixos níveis de cafeína no néctar dessas flores. Além disso, constatou-se que as abelhas que ingerem a cafeína presente no néctar das flores de café guardam por mais tempo a associação entre o cheiro das flores e o prazer obtido ao consumir o seu néctar açucarado. Assim como um vendedor de crack fornece drogas psicoativas capazes de viciar o consumidor, garantindo sua volta para obter uma nova dose, podemos imaginar que a planta de café utiliza a cafeína para alterar o cérebro das abelhas e garantir que elas retornem às suas flores.

REINACH, Fernando. A função da cafeína na natureza. O Estado de São Paulo, 4 abr. 2013. [Adaptado]

Sobre os pontos abordados no texto, indique a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. O néctar é um composto que pode ser produzido por flores, caules e folhas.

02. Como estratégia para atrair polinizadores, além do néctar contendo ou não cafeína, as flores podem apresentar pétalas com cores vibrantes ou aromas perfumados.

04. O transporte de pólen por animais, como as abelhas, representa uma estratégia evolutiva importante para a independência de um ambiente aquoso na reprodução de Briófitas, Pteridófitas e Angiospermas.

08. Os grupos de plantas que apresentam pólen são os mesmos que produzem sementes. A semente deriva de um óvulo fecundado e a fecundação só pode ocorrer com a formação de um tubo polínico.

16.  O pólen representa o gameta masculino produzido pelo gineceu das flores. O androceu é responsável pela produção de óvulos.

32. A cafeína é capaz de causar dependência por aumentar os níveis de neurotransmissores, como a dopamina, no cérebro.

Soma das alternativas corretas:

09. (UECE) Com relação à reprodução das plantas, é correto afirmar-se que:

a) Em se tratando de gimnospermas, o gametófito predomina em relação ao esporófito.

b) Nas pteridófitas, vegetais que não produzem flores, a reprodução se dá somente por meio de esporos produzidos através de divisões mitóticas.

c) Em todos os vegetais, a fase gametofítica é diploide e a fase esporofítica é haploide.

d) Em uma briófita, a fase gametofítica é mais duradoura do que a esporofítica.

10. (PUCCAMP) Considere as características a seguir.

I. Folhas invaginantes.
II. Folhas pecioladas.
III. Folhas com nervuras reticuladas.
IV. Folhas paralelinérveas.
V. Semente com um cotilédone.
VI. Semente com dois cotilédones.
Assinale a alternativa que associa corretamente essas características às plantas mencionadas.
a) Arroz (I, III, V) – café (II, IV, VI) – feijão (II, IV, VI) – trigo (I, III, V).
b) Arroz (I, IV, V) – café (II, III, VI) – feijão (II, III, VI) – trigo (I, IV, V).
c) Arroz (I, IV, V) – café (II, III, VI) – feijão (I, IV, V) – trigo (II, III, VI).
d) Arroz (II, III, VI) – café (I, IV, V) – feijão (II, III, VI) – trigo (I, IV, V).
e) Arroz (II, III, VI) – café (I, II, VI) – feijão (I, IV, V) – trigo (I, IV, V)

11. (UECE) No que diz respeito às estratégias de dispersão dos vegetais, relacione as colunas abaixo, numerando as características contidas na coluna II, de acordo com os termos apresentados na coluna I.

COLUNA I

1. Anemocoria.

2. Mirmecoria.

3. Hidrocoria.

4. Ornitocoria.

5. Autocoria.

COLUNA II

( ) Os frutos são secos e deiscentes, com sementes pequenas e leves, normalmente apresentando estruturas aerodinâmicas que auxiliam o voo.

(  ) A planta lança suas sementes pelas redondezas, por meio de algum mecanismo particular, ou simplesmente libera as sementes diretamente no solo.

(  ) A dispersão das sementes é realizada por formigas.

(  ) Presença marcante de coloração nos frutos maduros.

(  ) Inclui frutos com durabilidade e capacidade de flutuação.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) 1, 5, 2, 4, 3.

b) 2, 3, 4, 5, 1.

c) 1, 5, 4, 2, 3.

d) 2, 3, 1, 4, 5.

12. (COVEST) A figura abaixo apresenta alguns tecidos vegetais. Analise-a para avaliar as proposições seguintes.

12

I    II

0  0 – Em A, as estruturas identificadas pelo número 1 têm a função de efetuar trocas gasosas e fazer a regulação hídrica do vegetal.

1  1 – A estrutura indicada pelo número 3 é chamada “coifa” e tem a função de proteger o tecido subjacente durante o crescimento radicular.

2 2 – O tecido indicado pelo número 2 é conhecido como mesênquima. É constituído principalmente de células rígidas, em sua maioria, mortas, para resistir às tensões provocadas pelo crescimento radicular.

3  3 – O esclerênquima é um tecido rígido, formado principalmente por células mortas, quando maduro, e com função de sustentação.

4 4 – Xilema e floema constituem o tecido de condução que permite a circulação da seiva, constituída essencialmente de matéria orgânica, e da seiva com matéria inorgânica, respectivamente.

13. (MACK) Responda esta questão com base na figura abaixo.

13

I e II correspondem, respectivamente, ao:

a) Zigoto 2n e endosperma secundário 3n.

b) Endosperma secundário 3n e zigoto 2n.

c) Endosperma primário 2n e zigoto 2n.

d) Zigoto 2n e endosperma primário 2n.

e) Endosperma primário 2n e endosperma secundário 3n.

14. (PUCCAMP) Impedindo-se a polinização das flores de um pé de melancia e aplicando-se sobre os estigmas do gineceu pasta de lanolina contendo auxina e giberelina, espera-se obter, nessa planta, frutos:

a) Maiores, com sementes normais.
b) Maiores, com sementes atrofiadas.
c) De tamanho normal, porém sem sementes.
d) De tamanho normal, com sementes triploides.
e) Pequenos, com sementes estéreis.

15. (UNICENTRO) Observe a figura a seguir.

15

Com base na figura e nos conhecimentos sobre flores e seus elementos férteis, assinale a alternativa correta.

a) A figura representa uma flor hipógina, e I é uma estrutura que contém sacos polínicos em seu interior.

b) A figura representa uma flor perígina, e II é um elemento cujo conjunto forma o cálice.

c) A figura representa uma flor homoclamídea, e o conjunto formado por III e IV é denominado tépala.

d) A figura representa uma flor epígina, e V é a parte do ramo floral em que se encaixam os elementos florais.

e) III representa um elemento cujo conjunto forma a corola, e IV é a base dilatada do pistilo, no interior do qual se formam os óvulos.

16. (UFV) Observe o diagrama abaixo que apresenta o surgimento dos diferentes grupos de plantas, ao longo da linha evolutiva, que se deu após o aparecimento de estruturas que foram vantajosas adaptativamente e que foram transmitidas aos descendentes. Assim, podem-se enumerar aquisições evolutivas importantes nesse processo.

16

Assinale a alternativa que indica incorretamente a aquisição evolutiva:

a) O número 1 indica o embrião.

b) O número 2 indica os tecidos vasculares.

c) O número 4 indica a fecundação.

d) O número 3 indica a semente.

17. (MACK) Considere as seguintes afirmações a respeito do mecanismo de fechamento e abertura dos estômatos.

I. As plantas, de uma maneira geral, têm seus estômatos abertos durante o dia e fechados à noite.

II. Em uma planta cujos estômatos estejam completamente fechados, a perda de água por transpiração cessa completamente.

III. Esse mecanismo depende do grau de turgor (turgescência) das células estomáticas.

IV. A presença de cloroplastos nas células estomáticas não tem relação com esse mecanismo.

Estão corretas apenas as afirmações.

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) I e IV.

e) II e IV.

18. (UEM) O caule liga e integra raízes e folhas, tanto do ponto de vista estrutural como do funcional. Sobre esse órgão, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Nos caules que apresentam crescimento secundário, o câmbio vascular produz xilema para o lado interno e floema para o lado externo, aumentando a espessura do mesmo.

02. Periderme é o tecido de revestimento dos caules jovens e apresenta estômatos que ajudam nas trocas gasosas.

04. Mandioca é um caule subterrâneo que se desenvolve paralelamente à superfície da terra. Dele podem emergir folhas aéreas ou ramos caulinares.

08. Xilema ou lenho é o tecido vascular responsável pelo transporte de água e de sais minerais e é constituído por elementos de tubo crivado e de células crivadas.

16. Estipe é um tipo de caule aéreo, ereto, com nós e entrenós e com folhas apenas no ápice.

Soma das alternativas corretas:

19. (FATEC) Três diferentes estruturas (I, II e III) de uma variedade de ervilha serviram como material para a construção de um cariótipo. O número de cromossomos encontrados em cada estrutura está apresentado a seguir:

Parte I: 7 cromossomos

Parte II: 21 cromossomos

Parte III: 14 cromossomos

As estruturas I, II, e III utilizadas para a construção desse cariótipo e o número diploide de cromossomos dessa variedade de ervilha são, respectivamente:

a) Óvulo, embrião e oosfera; 21 cromossomos.

b) Embrião, endosperma e grão-de-pólen; 14 cromossomos.

c) Núcleo espermático, endosperma e embrião; 14 cromossomos.

d) Grão-de-pólen, endosperma e embrião; 21 cromossomos.

e) Óvulo, embrião e grão-de-pólen; 7 cromossomos.

20. (IFPE) No reino Plantae encontramos os grupos vegetais, cuja metagênese (alternância de gerações) é bem marcante. Com relação aos seus ciclos reprodutivos, é correto afirmar que:

a) Os esporos são células haploides formadas pela meiose.

b) Nas briófitas, a fase dominante é o esporófito e a fase passageira é o gametófito.

c) O gametófito é diploide (2n), sendo formado pela germinação dos gametas.

d) Nas gimnospermas, o fruto é formado pelo desenvolvimento do óvulo fecundado e desenvolvido.

e) Nas pteridófitas, o gametófito é haploide e chamado de protonema.

21. (UPE) A evolução das plantas terrestres se deu a partir de plantas aquáticas, provavelmente algas clorofíceas multicelulares, relativamente complexas, há aproximadamente 500 milhões de anos. Entretanto, a conquista do ambiente terrestre necessitou de uma série de adaptações que permitissem sua sobrevivência e seu ciclo de vida. Os problemas enfrentados pelas espécies de plantas terrestres estão relacionados a seguir:

I. Desidratação.

II. Sustentação.

III. Reprodução.

IV. Respiração.

V. Nutrição.

Correlacione as adaptações evolutivas das plantas terrestres aos problemas listados acima. Assinale a alternativa que apresenta a respectiva correlação.

21

22. (UNIOESTE) Relativo a plantas superiores, é correto afirmar que:

01. A glicose produzida pela fotossíntese é transportada pelos vasos liberianos até as raízes.

02. As auxinas controlam o crescimento e determinam a curvatura do vegetal devido a uma distribuição desigual destas substâncias.

04. A heterostilia em certas espécies vegetais constitui uma adaptação destinada a evitar a polinização cruzada.

08. Em um caule, após alguns anos de vida, a parte periférica do lenho, mais nova, que mantém elementos vivos, é denominada alburno.

16. As flores são classificadas em oligostêmones quando o número de estames que apresentam é o dobro do número de pétalas.

32. Qualquer perda de vapor d’água pelas plantas é denominada sudação e se processa através das células do mesófilo foliar.

64. Segundo as condições ecológicas de umidade, as plantas hidrófitas são próprias de regiões secas e ensolaradas.

Soma das alternativas corretas:

23. (UDESC) As plantas pertencentes à Divisão Angiospermae ou Magnoliophyta apresentam reprodução sexuada com uma característica exclusiva denominada dupla fecundação. Em relação à dupla fecundação é correto afirmar que:

a) Uma célula espermática masculina se funde a um núcleo polar feminino originando o zigoto, e a outra célula espermática masculina se funde à oosfera que origina o endosperma.

b) Uma célula espermática masculina se funde à oosfera e origina o zigoto, e a outra célula espermática se funde com dois núcleos polares femininos dando origem a uma célula triploide.

c) O núcleo polar se funde à oosfera originando o zigoto, e a célula espermática se funde à sinérgide, dando origem ao albúmen.

d) Uma antípoda se funde à oosfera e origina o zigoto, e a outra antípoda se funde com um núcleo polar, originando a célula mãe do albúmen.

e) Uma sinérgide se funde à oosfera e origina o zigoto, e a outra sinérgide se funde com dois núcleos polares e origina uma célula triploide.

24. (UNICENTRO) O sistema caulinar, que consiste no caule e suas folhas, é a porção aérea da planta que é familiar. Assim como as raízes, os caules também costumam ser classificados de acordo com sua forma e função. Com base na morfologia dos diferentes tipos de caules, assinale a alternativa correta.

a) Colmos são estruturas complexas formadas pelo caule e por folhas modificadas.

b) Cladódios são caules subterrâneos que acumulam substâncias nutritivas, distinguindo-se das raízes por apresentar gemas laterais.

c) Estipes são caules geralmente não ramificados, que apresentam, no ápice, um tufo de folhas.

d) Gavinhas são ramos curtos, resistentes e com ponta afiada, que protegem a planta, afastando animais que poderiam danificá-la.

e) Rizóforos são ramos modificados que servem para a fixação de plantas trepadeiras.

25. (IFG) No reino vegetal, as angiospermas são o grupo mais evoluído, adaptaram-se a praticamente todos os ambientes aquáticos e terrestres. Muitas apresentam flores coloridas, com odor e néctar. Tudo isso para atrair animais para a polinização, que consiste no transporte do grão de pólen da antera até o estigma da flor. Sobre a reprodução das angiospermas, é correto afirmar que:

a) A flor é constituída de verticilos; cálice, formado por pétalas; corola, formada por sépalas, a parte colorida e atrativa da flor; órgãos reprodutores: o gineceu, masculino, e o androceu, feminino.

b) A polinização cruzada entre plantas da mesma espécie não é um fator favorável porque reduz a variabilidade genética.

c) Após a fecundação das angiospermas, o ovário fecundado se desenvolverá em uma semente, e o óvulo fecundado dará origem a um fruto.

d) Plantas de espécies diferentes podem se fecundar e desenvolver descendentes férteis, mediante determinadas condições ambientais, como a falta de água ou baixas temperaturas.

e) O grão de pólen, ao chegar ao estigma, produzirá o tubo polínico, que, chegando ao óvulo, deixará dois núcleos espermáticos: um que se unirá à oosfera, formando o embrião, e o outro, que se unindo aos núcleos polares, formará o endosperma triploide.

26. (PUC-PR) Palinologia é a ciência que estuda grãos de pólen, esporos e demais micro fósseis. Está baseada no fato de que cada espécie vegetal possui um único tipo de grão de pólen ou esporo. O conhecimento e identificação dos esporomorfos propiciam sua utilização em várias áreas.

Fonte: <http://www.ulbra.br/palinologia/palinologia.htm&gt;. Acesso em: 02 set. 2013.

Sabendo que as sementes e o pólen são adaptações essenciais à vida das plantas em ambientes terrestres, é correto afirmar:

a) Para atrair os agentes polinizadores bióticos, as espécies vegetais oferecem recompensas, pólen, néctar, óleos ou mesmo odores, utilizadas na alimentação ou reprodução dos animais como, por exemplo, a polinização que ocorre pela ação das abelhas em briófitas.

b) As anteras das pteridófitas são órgãos pouco visíveis, por isso a polinização se dá através da água.

c) A polinização é a transferência de grãos de pólen das anteras de uma flor para o estigma (parte do aparelho reprodutor feminino) da mesma flor ou de outra flor da mesma espécie. A polinização cruzada favorece o aumento da variabilidade genética.

d) Gimnospermas e angiospermas possuem sementes. As sementes derivam dos ovários não fecundados e apresentam um número diploide de cromossomos.

e) Até o surgimento das sementes, o grão de pólen era o único estágio de proteção no ciclo de vida das plantas. Os esporos são formados por mitose e permanecem dentro das sementes das gimnospermas.

27. (UNITAU) Três plantas (A, B e C) apresentam as seguintes características quanto à sua estrutura reprodutiva:

Planta A – apresenta sépala, pétala, estames e carpelos com estigma e estilete. O ovário fica abaixo do estilete.

Planta B – apresenta estróbilos masculinos que liberam pólens e estróbilos femininos que possuem um megasporângio no qual um megásporo se desenvolve.

Planta C – apresenta esporófito com esporângios, que liberam esporos que se desenvolvem em um gametófito haploide, o qual morre após a produção de gametas.

Considerando essas informações, as plantas A, B e C são classificadas, respectivamente, como:

a) Angiosperma, pteridófita, briófita.

b) Gimnosperma, briófita, algas clorofíceas.

c) Angiosperma, gimnosperma, pteridófita.

d) Briófita, pteridófita, basidiomiceto.

e) Algas clorofíceas, basidiomiceto, pteridófita.

28. (UEM) As pteridófitas foram as primeiras plantas a apresentarem tecido de condução, o que lhes possibilitou grande expansão no ambiente terrestre. Sobre a reprodução desse grupo, assinale o que for correto.

01. Os gametófitos, quando monoicos, produzem anterídios e arquegônios.

02. Para que ocorra a fecundação, é necessário que a água conduza o anterídio até o esporângio.

04. Os esporângios são estruturas diploides e os esporos são haploides.

08. A heterosporia ocorre em Selaginella, pertencente ao grupo Lycophyta (licopodíneas).

16. Os representantes do grupo Pterophyta (filicíneas) são caracterizados por apresentarem folhas reprodutivas chamadas de báculos.

Soma das alternativas corretas:

29. (PUC-RIO) O cladograma abaixo representa as relações filogenéticas dos principais grupos vegetais. A linha inclinada é uma representação do tempo, e os ramos laterais apontam a ocorrência de importantes eventos evolutivos:

29

No cladograma, os símbolos I, II e III representam, respectivamente, o surgimento de:

a) Vasos condutores, flores e frutos, sementes.

b) Sementes, flores e frutos, vasos condutores.

c) Flores e frutos, vasos condutores, sementes.

d) Vasos condutores, sementes, flores e frutos.

e) Flores e frutos, sementes, vasos condutores.

30. (UDESC) Um aluno precisava organizar a coleção botânica da sua escola, e separar as plantas em monocotiledôneas e dicotiledôneas. Assim selecionou plantas de arroz, trigo e milho, que foram corretamente colocadas em um grupo; enquanto as de feijão, soja e ervilha foram colocadas em outro grupo. Analise as proposições em relação às características de plantas monocotiledôneas e de dicotiledôneas, e assinale (V) para verdadeira e (F) para falsa.

( )  As raízes das monocotiledôneas são fasciculadas (cabeleira) e encontradas nas plantas de arroz, trigo e milho.

( ) As folhas das dicotiledôneas apresentam nervuras paralelas e podem ser observadas nas plantas de feijão e soja.

( ) As sementes de monocotiledôneas são constituídas por dois cotilédones e encontradas nas plantas de trigo.

( ) As flores das dicotiledôneas apresentam, geralmente, as peças florais em número de três ou múltiplos de três e são comuns nas plantas de milho e trigo.

( ) As folhas das monocotiledôneas são constituídas por nervuras reticuladas, ou ramificadas, e são observadas nas plantas de arroz e milho.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

a) F – F – V – F – V.

b) V – V – F – F – F.

c) F – V – V – V – F.

d) F – V – F – V – F.

e) V – F – F – F – F.

gab

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 27 de novembro de 2014

TESTES DE SISTEMA NERVOSO (IV)

01. (FCM-PB) Imagine as seguintes situações:

1ª situação: Ao se distrair José furou o dedo do pé com uma agulha, sua reação foi imediata e deu um salto para trás.

2ª situação: José vai ser medicado tomando uma injeção na veia de modo que ele fica com o braço distendido, aguardando e em seguida ao receber a picada da agulha não expressa nenhuma reação.

Os órgãos do Sistema Nervoso que controlaram a 1ª e a 2ª situação, foram respectivamente:

a) Medula e cerebelo.

b) Medula e cérebro.

c) Neurônio e cérebro.

d) Córtex e cerebelo.

e) Hipotálamo e medula.

02. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Todas as células possuem o mesmo grau de excitabilidade.

1  1 – O limiar de excitação da célula epitelial é maior que o da célula cartilaginosa.

2  2 – A excitabilidade pode variar numa mesma célula, de um momento para outro.

3  3 – As células ósseas apresentam a maior excitabilidade entre as células animais.

4  4 – As células da retina possuem uma excitabilidade muito alta para estímulos luminosos.

03. As seguintes estruturas obedecem à Lei do Tudo ou Nada:

a) Fibra nervosa e músculo esquelético.

b) Músculo cardíaco e músculo esquelético.

c) Músculo esquelético, músculo cardíaco e fibra nervosa.

d) Músculo cardíaco e fibra nervosa.

e) Dendritos e músculo esquelético.

04. (FGV) Qual dos conjuntos é correto?

a) Estimulação do simpático – liberação de acetilcolina.

b) Estimulação do parassimpático – liberação de adrenalina.

c) Estimulação do parassimpático – aceleração dos batimentos cardíacos.

d) Estimulação do simpático – retardamento dos batimentos cardíacos.

e) Estimulação do parassimpático – retardamento dos batimentos cardíacos.

05. (PUC-RS) Os primeiros animais a apresentarem um sistema nervoso, embora do tipo difuso, visto que só raramente há neles concentração de células nervosas, foram os:

a) Espongiários.

b) Nematodos.

c) Crustáceos.

d) Insetos.

e) Celenterados.

06. (FUVEST) As vias sensitivas conduzem impulso nervoso para os órgãos do sistema nervoso central, e as vias motoras, para os músculos e glândulas. A organização do fluxo nervoso se mantém, principalmente, graças à propriedade:

a) Da transmissão do impulso ser regulada pelas substâncias existentes na sinapse.

b) Das ramificações terminais ou telodendros do axônio possuírem botões terminais com vesículas capazes de liberar neurormônios.

c) Da transmissão se fazer apenas na direção da medula raquiana a outros órgãos do sistema nervoso central.

d) Das ramificações terminais dos dendritos possuírem botões terminais ou telodendros capazes de liberar neurormônios.

e) Das substâncias mediadoras que existem permanentemente inalteráveis na região sináptica.

07. (FUABC-SP) “Os impulsos nervosos, provenientes de fibras nervosas de certa divisão (D1) do sistema nervoso autônomo, inibem os batimentos do coração humano através da liberação de um mediador químico (M) nas junções neuromusculares. Por outro lado, impulsos provenientes de fibras de outra divisão (D2) do mesmo. sistema nervoso aceleram os batimentos cardíacos.”

Neste texto, D1, D2 e M correspondem aos seguintes termos:

a) D1 = simpático, D2 = parassimpático, M = acetilcolina.

b) D1 = parassimpático, D2 = simpático, M = noradrenalina.

c) D1 = simpático, D2 = parassimpático, M = colinesterase.

d) D1 = parassimpático, D2 = simpático, M = acetilcolina.

e) D1 = simpático, D2 = parassimpático, M = noradrenalina.

08. (FCM-PB) A célula responsável pela defesa do Sistema Nervoso Central é:

a) Astrócito protoplasmático.

b) Micróglia.

c) Oligodendrócitos.

d) Célula de Schwann.

e) Astrócito fibroso.

09. (UEM) Observe as figuras A, B e C, abaixo.

09

Com relação às figuras, indique o que for correto.

01. A apresenta sistema nervoso difuso.

02. B representa um nematelminto.

04. Em B, os números 1, 2 e 3 mostram um sistema nervos do tipo ganglionar.

08. Em C, o número 2 aponta o bulbo raquiano, que está relacionado com reflexos associados às emoções.

16. Em C, o número 3 aponta a estrutura que tem por função regular o equilíbrio e a tonicidade muscular.

32. Em C, as estruturas enumeradas de 1 a 3 são regiões do encéfalo.

Soma das alternativas corretas:

10. (UPE) A figura esquemática representa um neurônio. Selecione a alternativa correta, fazendo a correspondência entre os números e as letras.

10

t. Estrangulamento do Ranvier.

u. Dendritos.

v. Axônio.

x. Corpo celular.

w. Bainha de Schwann.

a) 1-x, 2-u, 3-t, 4-v, 5-w.

b) 1-t, 2-w, 3-u, 4-v, 5-x.

c) 1-t, 2-x, 3-w, 4-v, 5-u.

d) 1-t, 2-x, 3-u, 4-v, 5-w.

e) 1-x, 2-t, 3-v, 4-w, 5-v.

11. (PUC-RS) Certos venenos, como o curare, agem nas transmissões sinápticas. Usados pelos índios, o curare bloqueia as sinapses entre neurônios motores e músculos, o que:

a) Ocasiona convulsões.

b) Acelera os movimentos respiratórios.

c) Impede a contração muscular.

d) Destrói a bainha de mielina.

e) Desestimula a liberação hormonal

12. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – No arco reflexo, a resposta motora a um estímulo não depende da percepção consciente.

1  1 – O hipotálamo e a medula espinhal formam o sistema nervoso central.

2 2 – Os neurônios  articulam-se  entre  si  através de  junturas  denominadas sinapses, nas quais sempre se encontra neurotransmissores responsáveis pela condução dos impulsos nervosos.

3 3 – O tegumento cutâneo,  além de excretar  alguns sais e  contribuir para a regulação da temperatura corporal, atua, também, como um sensor, informando             à pessoa o estado do meio ambiente.

4 4 – Enquanto  os  nervos  sensitivos  ou  sensoriais,  formado  por  fibras aferentes, dirigem-se ao sistema nervoso central, os nervos motores, constituídos por fibras eferentes partem do sistema nervoso central.

13. (UNIFOR) Sobre a morfologia do neurônio, fizeram-se as seguintes afirmações:

I. O corpo celular contém o núcleo com o nucléolo.

II. Os dendritos são prolongamentos citoplasmáticos do corpo celular e podem apresentar grande número de ramificações.

III. O axônio é uma única expansão citoplasmática do corpo celular, ramificada na sua porção terminal.

IV. A bainha de mielina envolve o axônio e os dendritos.

São corretas as afirmações.

a) I, II e III, somente.

b) I, II e IV, somente.

c) I, III e IV, somente.

d) II, III e IV, somente.

e) I, II, III e IV.

14. (UEL) No organismo humano, os receptores sensoriais responsáveis pelo sentido do olfato podem ser classificados como:

a) Propriorreceptores.

b) Quimiorreceptores.

c) Mecanorreceptores.

d) Fotorreceptores.

e) Termorreceptores.

15. (UFPA) Sobre a transmissão sináptica são feitas três afirmações:

I. As vesículas contendo neurormônios são encontradas apenas nas extremidades distais dos axônios.

II. A colinesterase decompõe a acetilcolina, interrompendo periodicamente o fluxo nervoso entre os neurônios contíguos.

III. No corpo do neurônio, a membrana possui receptores moleculares sensíveis à ação do mediador químico, o que permite a ocorrência de sinapses axônico-corporais.

Assinale:

a) Se apenas I estiver correta.

b) Se apenas I e II estiverem corretas.

c) Se apenas II estiver correta.

d) Se apenas III estiver correta.

e) Se todas estiverem corretas.

16. (UPE) Analise as afirmativas sobre os tecidos animais.

I. A junção entre as terminações de um axônio e uma fibra muscular denomina-se “placa motora”.

II. Num excessivo trabalho muscular, quando há deficiência no suprimento de oxigênio, o ácido pirúvico geralmente é desdobrado em ácido cítrico e água.

III. Quando os neurotransmissores são acetilcolina e noradrenalina, as sinapses são denominadas, respectivamente, colinérgicas e adrenérgicas.

IV. A falta de colinesterase numa sinapse impede a passagem do impulso nervoso, quando presente a acetilcolina.

Estão corretas:

a) I e III.

b) II, III e IV.

c) I, II e IV.

d) III e IV.

e) II e III.

17. No processo de excitação da fibra nervosa, observa-se que:

a) As fibras com bainha de mielina transmitem impulsos mais lentamente que as amielínicas.

b) A fibra nervosa não obedece à Lei do Tudo ou Nada.

c) Aplicando-se um estímulo eficaz na superfície externa, a membrana se torna mais negativa internamente.

d) Uma vez ultrapassada a sinapse por um primeiro impulso, os impulsos seguintes passam mais facilmente.

e) Em “repouso” sua atividade específica e bem saliente.

18. (UERJ) Podemos analisar a organização morfofuncional do sistema nervoso dos vertebrados quando observamos a reação do indivíduo ao tocar com a mão um objeto muito quente: a musculatura do esqueleto é estimulada e ele retrai a mão da fonte de calor. Esse fenômeno pode ser explicado pela atuação dos componentes da seguinte estrutura:

a) Arco reflexo.

b) Cordão nervoso ventral.

c) Eixo hipotálamo-hipófise.

d) Rede nervosa epidérmica.

19. (COVEST) As figuras abaixo mostram um segmento de neurônio durante um impulso nervoso (A) e a representação gráfica desse fenômeno (B). Analise-as e avalie as proposições apresentadas.

19

I   II

0  0 – A fase a da figura B corresponde ao segmento 1 na figura A.

1  1 – O segmento 1 da figura A está representado por b na figura B.

2  2 – A fase b na figura B representa a repolarização, ocasionada pela saída de K+.

3  3 – O segmento 2 na figura A está representado por a na figura B.

4  4  – A fase a da figura B representa a despolarização, ocasionada pela saída de Na+.

20. (FCM-PB) Um indivíduo apresentando uma doença degenerativa no cerebelo, é de se esperar que apresente alterações:

a) Na temperatura corpórea e no sono.

b) No equilíbrio corporal.

c) Nos movimentos respiratórios.

d) Na visão e na memória.

e) No raciocínio e no apetite.

21. (COVEST) Assinale a alternativa que completa corretamente a afirmação: “O impulso nervoso apresenta duas etapas chamadas de despolarização e repolarização, causadas, respectivamente, por:

a) entrada de íons sódio e saída de cloro”.

b) entrada de íons potássio e saída de sódio”.

c) entrada de íons cloro e saída de sódio”.

d) entrada de íons potássio e saída de cloro”.

e) entrada de íons sódio e saída de potássio.”

22. (FUVEST) Qual dos seguintes comportamentos envolve maior número de órgãos do sistema nervoso?

a) Salivar ao sentir o aroma de comida gostosa.

b) Levantar a perna quando o médico toca com martelo no joelho do paciente.

c) Piscar com a aproximação brusca de um objeto.

d) Retirar bruscamente a mão ao tocar um objeto muito quente.

e) Preencher uma ficha de identificação.

23. (CESGRANRIO) É comum ouvir expressões como estas: “Meu coração disparou”, “Fiquei tão nervoso que comecei a suar”, “Senti a boca seca”. Estas reações são características de um estado emocional alterado, e são controladas sob a ação do(s):

a) Sistema nervoso autônomo.

b) Sistema nervoso somático.

c) Hormônios da tireoide.

d) Nervos do cerebelo.

e) Centro nervoso medular.

24. (PUCC-SP) As figuras a seguir esquematizam o sistema nervoso de uma hidra e de uma planária.

24

Com base nesses esquemas, fizeram-se as afirmações a seguir.

I. O sistema nervoso da planária pode ser considerado mais evoluído que o da hidra.

II. A hidra possui um centro nervoso, que envia ordens para todas as partes do corpo, enquanto a planária não apresenta centralização do sistema nervoso.

III. O sistema nervoso da hidra é difuso e o da planária é ganglionar.

Dessas afirmações, somente:

a) I é correta.

b) II é correta.

c) III é correta.

d) I e III são corretas.

e) II e III são corretas.

25. (UEL) “As alterações no ritmo dos movimentos respiratórios, que ocorrem durante a realização de atividades físicas intensas, devem-se à influência da concentração elevada de ……..(I)…….. sobre o ……..(II)………”. Para completar corretamente a frase anterior, deve-se substituir I e II, respectivamente, por:

a) O2 e bulbo.

b) CO e bulbo.

c) CO2 e bulbo.

d) N2 e cerebelo.

e) CO2 e cerebelo.

26. (FCM-PB) A transmissão do impulso nervoso é feita através da sinapse; quando o estímulo nervoso chega a extremidade do axônio, este libera para a fenda sináptica um mediador químico conhecido como neurotransmissor. São neurotransmissores:

a) Acetilcolina, serotonina e glucagon, GH.

b) Serotonina, noroepinefrina, insulina, TSH

c) Acetilcolina, serotonina, noroadrenalina e adrenalina.

d) Encefalinas, serotonina, tiroxina, insulina.

e) Glicina, dopamina, tiroxina, ácido gamaaminobutírico (GABA).

27. (UFB) O esquema abaixo representa um arco reflexo:

27

A região que representa uma glândula é:

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV.

e) V.

28. (FCMSC-SP) As terminações axônicas de um neurônio em um miócito estriado representam o que chamamos:

a) Sinapse neuroneurônica.

b) Epineuro

c) Bainha de Schwann.

d) Estrangulamento de Ranvier.

e) Placa motora.

29. (COVEST) Acerca da coordenação das funções dos corpos dos animais.

I   I

0  0 – O controle das funções viscerais é exercido pelo sistema nervoso autônomo.

1 1 – Os dendritos atuam como receptores de estímulos, e os axônios, como condutores de impulsos nervosos.

2 2 – As células nervosas têm por função transformar em impulsos nervosos os estímulos físicos e químicos recebidos na periferia do corpo e transmiti-los ao sistema nervoso central, através de fibras eferentes que constituem os nervos motores.

3  3 – Os dendritos transmitem o impulso nervoso para outras células nervosas ou para órgãos efetores.

4  4 – O impulso nervoso possui uma intensidade proporcional ao estimulo que lhe deu origem.

30. (UFPR) A sensação de dor que se percebe ao sofre uma picada de agulha na pele tem sua razão de ser na existência de:

a) Terminações nervosas livres na estrutura da pele.

b) Corpúsculos de Meissner, que se encontram aprofundados na hipoderme.

c) Corpúsculos de Krause, que são numerosos na estrutura da pele.

d) Corpúsculos de Vater-Paccini, que são minúsculos e superficiais.

e) Corpúsculos de Ruffini, que são muito sensíveis aos estímulos mecânicos.

 gab

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 27 de novembro de 2014

Testes de bioenergética (V)

01. (CEFET-MG) Observe o gráfico seguinte.

01

Considerando apenas as variáveis do gráfico, caso uma planta seja mantida no ponto “A”, ela: a) Aumentará sua taxa de respiração.

b) Continuará viva por certo período.

c) Armazenará grande quantidade de glicose.

d) Morrerá imediatamente por falta de substâncias orgânicas.

e) Crescerá significativamente em poucos dias.

02. (PUCCAMP) Num experimento realizado em presença de luz, dois organismos clorofilados foram colocados em recipientes distintos (1 e 2) que continham inicialmente igual taxa de O2 e CO2 dissolvidos. Após algum tempo, o recipiente 1 continuava a apresentar a mesma taxa desses gases e o recipiente 2 tinha muito mais CO2 do que O2. Considere as afirmações a seguir.

I. A taxa de fotossíntese do organismo do recipiente 1 foi maior do que a de respiração.

II. As taxas de fotossíntese e de respiração do organismo do recipiente 1 foram iguais.

III. A taxa de respiração do organismo do recipiente 2 foi maior do que a de fotossíntese.

IV. As taxas de fotossíntese e de respiração do organismo do recipiente 2 foram iguais.

Com base nos dados obtidos no experimento, é possível aceitar como verdadeiras apenas as afirmações:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e III.

e) III e IV.

03. A energia para a contração muscular é:

a) Suprida por moléculas de ATP produzidas durante a digestão celular.

b) Suprida por moléculas de ADP produzidas durante a fermentação.

c) Suprida por moléculas de ATP produzidas durante a respiração celular.

d) Suprida por moléculas de ADP produzidas durante a respiração celular.

04. O vinho, resultado de um processo de fermentação alcoólica, tornou-se objeto de uma ciência específica, a enologia, dedicada ao estudo de composição, qualidade, características e processos para sua elaboração. São produtos da fermentação alcoólica:

a) Metanol e gás carbônico.

b) Etanol e gás carbônico.

c) Etanol e oxigênio.

d) Metanol e oxigênio.

e) Ácido pirúvico e oxigênio.

05. (UNIFOR) Solução de vermelho cresol é rósea quando em contato com a concentração normal de CO2 atmosférico, torna-se arroxeada em concentrações baixas de CO2 e amarela em concentrações altas desse gás. Tubos de ensaio contendo vermelho de cresol foram preparados como na figura abaixo.

05A

Assinale a alternativa que apresenta as cores esperadas para as soluções nas situações indicadas na tabela:

05B

06. (UFRR) As reações abaixo se referem a:

06

a) A: fotossíntese; B: glicólise.

b) A: quimiossíntese; B: respiração.

c) A: fotossíntese; B: respiração.

d) A: quimiossíntese; B: glicólise.

e) A: fotossíntese – fase clara; B: fotossíntese – fase de carboxilação.

07.  (UNIMONTES.) Durante exercícios físicos de alta intensidade, uma etapa da respiração celular assume importante papel na geração de ATP para os músculos. Algumas substâncias orgânicas envolvidas são: piruvato (I), lactato (II), glicose 6-fosfato (III) e frutose 6-fosfato (IV).

07

Em relação à etapa metabólica considerada, é correto afirmar:

a) Na etapa de conversão de III para IV, há o investimento de ATP.

b) Em condições anaeróbias, é possível converter I em II.

c) A redução de I a II ocorre no interior da mitocôndria.

d) Se o suprimento de oxigênio for alto, II é descarboxilado a acetil CoA, para entrar na mitocôndria.

08. (UFSJ) Bebidas de diversas marcas chamadas de energético possuem substâncias estimulantes como a taurina e a cafeína. A cafeína também está presente em vários refrigerantes, como, por exemplo, os de cola. O quadro abaixo mostra alguns valores da concentração de algumas substâncias presentes em duas marcas de energéticos e em dois refrigerantes de cola. Os valores em gramas, referentes a porções de 200ml, são todos hipotéticos, assim como as bebidas.

08

Se colocarmos as bebidas em ordem da que confere mais energia para a que confere menos energia, teremos:

a) Refrigerante de cola, energético 2, energético 1, refrigerante de cola dietético.

b) Energético 1, energético 2, refrigerante de cola, refrigerante de cola dietético.

c) Energético 2, energético 1, refrigerante de cola, refrigerante de cola dietético.

d) Refrigerante de cola dietético, refrigerante de cola, energético 2, energético 1.

09. Dois importantes processos metabólicos são:

I. Ciclo de Krebs, ou ciclo do ácido cítrico, no qual moléculas orgânicas são degradadas e seus carbonos, liberados como gás carbônico (CO2).

II. Ciclo de Calvin-Benson, ou ciclo das pentoses, no qual os carbonos do gás carbônico são incorporados em moléculas orgânicas.

Que alternativa indica corretamente os ciclos presentes nos organismos citados?

09

10. (PUC-SP) Analise as equações I, II e III.

10

Assinale a alternativa incorreta referente às equações.

a) I representa, de forma simplificada, um processo realizado por organismos clorofilados.

b) II é realizada por certos tipos de bactérias e está relacionada com a ciclagem de nitrogênio nos ecossistemas.

c) II é realizada por animais em geral e não está relacionada com a ciclagem de nitrogênio nos ecossistemas.

d) III representa, de forma simplificada, um processo anaeróbio realizado por certos fungos, conhecidos como leveduras.

e) I, II e III representam, de forma simplificada, processos bioquímicos relacionados com a ciclagem de matéria.

11. (UNIFOR) Considere três diferentes processos de obtenção de nutrientes:

I. Absorção de matéria orgânica existente no meio.

II. Síntese de matéria orgânica com utilização da energia liberada em reações inorgânicas.

III. Síntese de matéria orgânica com utilização de energia luminosa.

As bactérias são capazes de realizar:

a) Somente I.

b) Somente II.

c) Somente III.

d) Somente I e II.

e) I, II e III.

12. (FUABC-SP) Colocou-se solução de bicarbonato de sódio a 1% até a metade de um tubo de ensaio. Acrescentou-se ao tubo uma planta aquática. O tubo foi fechado hermeticamente, mantido à temperatura constante de iluminação. Sabe-se que a solução de bicarbonato de sódio mantém constante a concentração de CO2 na solução. De acordo com os dados acima, qual a alternativa que apresenta a variação de oxigênio na atmosfera do tubo, se a planta for submetida a intensidades luminosas indicadas na tabela a seguir:

12

13. Considere o esquema a seguir e indique a alternativa errada.

13

a) A fase (2) pode ser realizada tanto por autótrofos quanto por heterótrofos.

b) As substâncias de “b” são mais energéticas que as de “a”.

c) A fase (1) pode ser realizada por alguns indivíduos incapazes de efetuar a fotossíntese.

d) As substâncias de “a” são orgânicas e resultantes do processo de síntese a partir de “b”.

e) Respiração, fotossíntese, fermentação e putrefação são processos que podem estar envolvidos no esquema apresentado.

14. (PUC-CAMPINAS) As duas reações químicas abaixo representam, resumidamente, processo que ocorrem nas folhas da cana-de-açúcar.

14

Sobre elas é correto afirmar que

a) I e II só ocorrem quando as plantas estão iluminadas.

a) I e II só ocorrem quando as plantas estão no escuro.

c) I e II ocorrem tanto no claro como no escuro.

d) I só ocorre quando a planta está iluminada e II ocorre tanto no claro como no escuro.

e) I ocorre tanto no claro como no escuro e II só ocorre quando a planta está iluminada.

15. (VUNESP) A produção de açúcar poderia ocorrer independentemente da etapa fotoquímica da fotossíntese, se os cloroplastos fossem providos com um suplemento constante de:

a) Clorofila.

b) ATP e NADPH2.

c) ATP e NADPH.

d) Oxigênio.

e) Água.

16. (UFAL) O gráfico abaixo mostra as taxas da fotossíntese e da respiração em diferentes intensidades luminosas.

16

Após análise do gráfico, fizeram-se as seguintes afirmações:

I. Em intensidades luminosas menores do que X, a planta consome mais do que produz.

II. Em intensidades luminosas maiores do que X, a planta tem condições de armazenar substâncias de reserva.

III. Em qualquer intensidade luminosa, a taxa da fotossíntese é maior do que a da respiração.

Apenas é correto o que se afirma em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

17. (UNESP) Com relação às equações abaixo que descrevem dois importantes processos biológicos, pode-se afirmar que:

17

a) I ocorre nos cloroplastos, apenas em células vegetais, e II ocorre nas mitocôndrias, apenas em células animais.

b) I ocorre nas mitocôndrias, tanto em células animais quanto vegetais, e II ocorre nos cloroplastos, apenas em células vegetais.

c) I ocorre nas mitocôndrias, apenas em células animais, e II ocorre nos cloroplastos, apenas em células vegetais.

d) I ocorre nos cloroplastos, em células vegetais, e II ocorre nas mitocôndrias, tanto em células animais quanto vegetais.

e) I ocorre nos cloroplastos e mitocôndrias, apenas em células vegetais, e II ocorre nas mitocôndrias, apenas em células animais.

18. (PUC-SP) O esquema abaixo se refere a processos químicos realizados pelos seres vivos.

18

Em relação à análise desse esquema, assinale a alternativa incorreta:

a) O organismo A realiza fotossíntese e respiração.

b) O organismo B pode ser um animal.

c) O organismo A é clorofilado.

d) O organismo B é anaeróbico.

e) O organismo A pode ser uma planta superior.

19. (UFSJ) A intensidade luminosa interfere na intensidade em que o processo de fotossíntese ocorre. O gráfico abaixo apresenta essa relação.

19

Com base no gráfico e em seus conhecimentos em metabolismo vegetal, assinale a afirmativa correta.

a) Na situação A, há um pequeno consumo de O2 e de CO2. Um exemplo é o caso das ervas daninhas que não crescem na sombra.

b) Na situação C, há produção de massa verde. Um exemplo dessa situação é a introdução do eucalipto originário de regiões com menor incidência solar introduzidas no Brasil, país com alta incidência solar, que apresentam nessa situação crescimento rápido e acentuado.

c) Quanto maior a intensidade luminosa, maior a intensidade da fotossíntese.

d) A intensidade da respiração e da fotossíntese é proporcional à intensidade luminosa e quando a luminosidade está no Ponto de Compensação Fótica, a planta atinge o equilíbrio.

20. Pode-se obter energia elétrica a partir de energia solar através de muitos processos diferentes. Um deles está esquematizado abaixo.

20

Os retângulos representado por I, II, III e IV podem corresponder, respectivamente, aos seguintes fenômenos ou dispositivos:

a) Coletor solar, combustão, turbina e motor elétrico.

b) Combustão, irradiação, turbina e gerador.

c) Fotossíntese, combustão, máquina térmica e gerador.

d) Fotossíntese, máquina térmica, gerador e motor elétrico.

e) Irradiação, máquina térmica, vaporização e gerador.

21. (PUC-CAMPINAS) As gorduras, para serem utilizadas no metabolismo energético, sofrem as transformações indicadas no esquema a seguir:

21

A acetil-coenzima A, por sua vez:

a) Sofre as reações da glicólise, convertendo-se em piruvato que se acumula nos músculos.

b) Sofre as reações do ciclo de Krebs e da cadeia respiratória, convertendo-se em gás carbônico e água.

c) Transforma-se em ácido lático, que se acumula nos músculos, causando a fadiga muscular.

d) Transforma-se em glicogênio, que fica armazenado nos músculos e no fígado.

e) É transportada até os lisossomos onde é hidrolisada.

22. O gráfico a seguir representa as variações de velocidade de fotossíntese e respiração em função da variação da intensidade luminosa. Observando-o, pode-se inferir:

22

a) O consumo de oxigênio varia com a velocidade da fotossíntese.

b) A liberação de oxigênio é constante.

c) Há somente um momento, no qual a liberação e o consumo de oxigênio são equivalentes.

d) Em nenhum momento, o oxigênio liberado é igual ao seu consumo.

e) O oxigênio liberado na fotossíntese é totalmente consumido na respiração.

23. (UFMG) Um dos primeiros estudos sobre a fotossíntese foi realizado por J. Priestley em 1772. A figura abaixo representa um dos seus experimentos, em que utilizou uma planta e um camundongo. Analisando-se a figura, pode-se afirmar que Priestley chegou à conclusão que:

23

a) O rato não pode viver em ambientes fechados, onde ocorra fotossíntese.

b) Somente nas partes verdes da planta ocorre fotossíntese.

c) A planta depende da luz para realizar a fotossíntese.

d) Em ambientes fechados não ocorre fotossíntese nem respiração.

e) A planta lança no ar uma substância que é benéfica ao rato e vice-versa.

24. (PUC-RJ) O esquema abaixo representa uma organela celular relacionada a um processo vital para os seres vivos.

24

Com base no esquema acima, indique:

I. A fonte exclusiva de oxigênio liberado.

II. O local de ocorrência da fase luminosa.

III. O local de ocorrência da síntese final de glicídios.

IV. A substância que entra na fase escura.

Assinale a opção que apresenta indicação correta:

a) I: H2O – II: granum – III: estroma – IV: CO2.

b) I: H2O – II: estroma – III: granum – IV: CO2.

c) I: H2O – II: granum – III: estroma – IV: O2.

d) I: CO2 – II: estroma – III: granum – IV: H2O.

e) I: CO2 – II: granum – III: estroma – IV: H2O.

25. (UFMG) Analise o esquema referente a dois processos bioquímicos complementares e essenciais aos seres vivos.

25

Em relação à principal molécula orgânica envolvida nos dois processos representados, é correto afirmar que ela:

a) Constitui-se de bases nitrogenadas.

b) Contém seis átomos de carbono.

c) Degrada-se pela ação da luz.

d) É digerida pela ação da saliva.

e) É uma proteína.

26. (UFT) Analise este gráfico, em que está representada a variação da concentração de CO2 na atmosfera, ao longo dos anos:

26

As informações desse gráfico, bem como outros conhecimentos sobre o assunto, permitem concluir que o aumento de CO2 no inverno se explica, possivelmente, porque, nesse período, ocorre:

a) Maior abertura dos estômatos.

b) Maior desmatamento de áreas.

c) Menor queima de combustíveis fósseis.

d) Menor taxa de fotossíntese.

27. (UNESP) Observando as reações de uma planta à iluminação, em condições experimentais, foi possível construir um gráfico, em que a linha tracejada representa a respiração e a linha cheia, a fotossíntese.

27

A análise do gráfico permite concluir que a tendência da planta é:

a) Desenvolver fototropismo.

b) Reproduzir-se.

c) Acumular reservas nutritivas.

d) Definhar-se por falta de alimento disponível.

e) Crescer.

28. (UFSJ) Considere uma angiosperma hipotética que apresente sementes sem albúmen, germinação epígea e que o aparecimento das folhas iniciais surja em média após dez (10 ± 2) dias de germinação. A figura abaixo mostra a velocidade de reação dos processos de fotossíntese e respiração em diferentes intensidades luminosas que ocorrem nessa planta hipotética.

28

Se colocarmos experimentalmente uma semente dessa planta para germinar em condições adequadas para germinação, porém em uma intensidade luminosa no nível dois, durante sete dias, é correto afirmar que:

a) A germinação ocorrerá normalmente, pois nesse período a planta em desenvolvimento não dependerá de carboidratos originados por sua fotossíntese.

b) A planta irá, com a intensidade luminosa abaixo do ponto de compensação, respirar mais que produzir, o que impedirá seu desenvolvimento.

c) Não existe energia fotônica suficiente, com intensidade luminosa em 2, para excitar os elétrons dos fotossistemas e a planta cessará a fixação de carbono morrendo antes do sétimo dia.

d) A energia contida no tecido haploide do endosperma, mesmo com a intensidade abaixo do ponto de compensação, é suficiente para mantê-la em desenvolvimento durante os sete dias do experimento.

29. (UFCE) O gráfico abaixo mostra a influência da intensidade luminosa na velocidade da fotossíntese de uma determinada planta, em condições uniformes de CO2 e temperatura.

29

Analisando o gráfico, é correto afirmar que:

a) Há uma relação direta e constante entre a intensidade luminosa e a velocidade da fotossíntese.

b) Após uma determinada faixa de intensidade de luz, acontece o ponto de saturação luminoso.

c) Um aumento da concentração de CO2 disponível não influencia no perfil gráfico mostrado.

d) Para reversão do ponto de saturação, é necessária uma intensidade luminosa ainda maior.

e) Há uma relação inversa entre a intensidade luminosa e a velocidade da fotossíntese.

30. (UESPI) O ATP funciona dentro da célula como uma “moeda energética” que pode ser gasta em qualquer momento, quando a célula necessitar. Analise a figura abaixo e assinale a alternativa que responde corretamente à questão.

30

I. Em A, tem-se um nucleotídeo.

II. Em B, tem-se um nucleosídeo.

III. Em C, tem-se um nucleosídeo monofosfato.

IV. Em D, tem-se uma molécula de adenosina trifosfato.

Está(ão) correta(s) apenas:

a) II, III e IV.

b) I e II.

c) II e III.

d) I.

e) IV.

 GAB

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 27 de novembro de 2014

TESTES DE GENÉTICA (II)

01. (UEPG) A cor da pelagem dos coelhos é controlada por uma série alélica (polialelismo) com a seguinte ordem de dominância para os alelos: C>cch>ch>c. O alelo C determina fenótipo selvagem; cch determina fenótipo chinchila; ch determina fenótipo himalaio e; c determina fenótipo albino. A tabela abaixo apresenta cruzamentos realizados por um criador para a cor da pelagem em coelhos. Com base nos resultados dos cruzamentos, ajude o criador a descobrir os genótipos dos animais assinalando o que for correto.

01

01. No primeiro cruzamento, os indivíduos da geração 1 (F1) possuem genótipo heterozigoto cchc . Por sua vez, o macho do primeiro cruzamento (chinchila) possui genótipo homozigoto cchcch e a fêmea albina possui genótipo homozigoto cc.

02. O genótipo da fêmea do segundo cruzamento (himalaio) é homozigoto chch.

04. O criador pode gerar animais de genótipo homozigoto para fenótipo selvagem ao cruzar o macho do cruzamento 2 com a fêmea do cruzamento 1.

08. O criador pode obter gerações 100% de fenótipo albino se cruzar a fêmea do cruzamento 1 com o macho do cruzamento 4.

16. No terceiro cruzamento, o macho (chinchila) é heterozigoto cchc e a fêmea (himalaio) é heterozigota chc.

Soma das alternativas corretas:

02. (FCM-PB) Considerando apenas dois pares de genes em heterozigose localizados em cromossomos não homólogos de um organismo diploide (DdEe). Quais os tipos de gametas podem ser formados e em qual proporção?

a) DD, Dd, EE, Ee. Proporção 1:1:1:1.

b) DE, De, dE, de. Proporção 1:1:1:1.

c) DE, de. Proporção 50%: 50%.

d) DD, EE, DE, ED. Proporção 25%:25%:25%:25%.

e) De, dE, de. Proporção 75%: 25%.

03. (MACK) Uma mulher canhota, com visão normal para cores, cujo pai era daltônico, casa-se com um homem daltônico e destro, filho de mãe canhota. Sabendo que o uso da mão esquerda é condicionado por um gene autossômico recessivo, a probabilidade de esse casal ter uma filha heterozigota para os dois genes é de:

a) 1/2.

b) 1.

c) 1/4.

d) 1/8.

e) 1/6.

04. (IFMG) Os grupos sanguíneos são definidos em função da presença de aglutinogênios na superfície das hemácias. Indivíduos portadores de sangue do grupo A apresentam o aglutinogênio A, indivíduos portadores de sangue do grupo B apresentam o aglutinogênio B, indivíduos portadores de sangue do grupo AB apresentam ambos os aglutinogênios e indivíduos do grupo O não apresentam nenhum desses dois aglutinogênios. O pai de Fernanda pertence ao grupo B, enquanto sua mãe pertence ao grupo sanguíneo A. Sua avó materna e seu avô paterno possuíam sangue do grupo O. Assim, a probabilidade de que Fernanda pertença ao grupo AB é de:

a) 100%.

b) 75%.

c) 50%.

d) 25%.

05. (FMJ) A determinação da cor da pele do ser humano está, entre outros fatores, relacionada ao genótipo do indivíduo. Considere que o genótipo de um filho é formado pela combinação dos gametas dos pais. Exemplificando, se o pai tem genótipo AABb, então seus gametas serão do tipo AB ou Ab, ambos com igual probabilidade; se a mãe tem genótipo AaBb, então seus gametas serão do tipo AB, Ab, aB ou ab, todos equiprováveis. No exemplo dado serão 8 combinações distintas, todas igualmente prováveis. A partir do cruzamento de dois indivíduos de cores de pele mulato médio (AaBb) e mulato escuro (AABb), a probabilidade de se gerar um indivíduo de pele mulato médio (AaBb) é:

a) 37,5%.

b) 18,75%.

c) 12,5%.

d) 25%.

e) 0%.

06. (FPS) Com relação à primeira lei de Mendel, analise as proposições abaixo.

1. Cada característica de um organismo é condicionada por dois fatores (genes alelos), um proveniente do pai e outro da mãe.

2. Os dois fatores do par (ou alelos) são transmitidos para cada gameta, no momento da sua formação.

3. Com a união dos gametas na fecundação, o par de alelos para cada característica é reconstituído.

4. No momento da formação dos gametas, os alelos se separam indo apenas um para cada gameta.

5. Um alelo do par é transmitido, dependente da sua manifestação.

Estão corretas, apenas:

a) 2, 3 e 4.

b) 3, 4 e 5.

c) 1, 3 e 4.

d) 1, 4 e 5.

e) 1, 2 e 3.

07. (UENP) “A identificação do sexo em aves silvestres é imprescindível para a produção e comercialização destas em criadouros conservacionistas ou comerciais. Estima-se que cerca da metade das espécies existentes no mundo não possui dimorfismo sexual e, quando existe, é geralmente sutil, podendo ocorrer somente a partir do período de maturidade sexual. Por meio da técnica do PCR é possível realizar a sexagem pela detecção dos genes CHD-Z e CHD-W, que estão localizados nos cromossomos sexuais de todas as aves. A técnica é simples, conveniente, barata, rápida e segura (…)”.

Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.33, n.2, p.66, abr/jun 2009. Disponível em http://www.cbra.org.br

Sobre o mecanismo de determinação do sexo nas aves, que é do tipo ZZ/ZW, assinale a alternativa correta.

a) O cromossomo W está presente em metade dos descendentes do sexo masculino.

b) O cromossomo W está presente em todos os descendentes do sexo feminino.

c) O cromossomo W está presente em todos os descendentes de ambos os sexos.

d) O cromossomo Z está presente em 9/16 dos descendentes do sexo masculino.

e) O cromossomo Z está presente em metade dos descendentes do sexo feminino.

08. (UNIOESTE) A frequência do alelo recessivo a é 0,60 em uma população em equilíbrio de Hardy-Weinberg. Assinale a alternativa correta, sabendo que esta população é composta por 40.000 indivíduos e que a herança é do tipo autossômica com dominância completa.

a) A frequência do genótipo homozigoto dominante é 0,40 ou 40% da população.

b) A frequência do genótipo heterozigoto é 0,24 ou 24% da população.

c) A frequência do genótipo homozigoto recessivo é 0,16 ou 16% da população.

d) O número de indivíduos portadores do fenótipo recessivo é 24.000.

e) O número de indivíduos portadores do fenótipo dominante é 25.600.

09. (UNICENTRO) Na maioria das espécies animais, o ambiente externo não influi na determinação do sexo, que é definido pela constituição cromossômica dos indivíduos. Nesses casos, a diferença entre machos e fêmeas reside geralmente em um par de cromossomos chamados de cromossomos sexuais. Com relação aos sistemas de determinação do sexo, considere as afirmativas a seguir.

I. No sistema haplodiploide, os machos são haploides (n) e as fêmeas diploides (2n).

II. No sistema XY, as fêmeas têm um par de cromossomos sexuais homólogos, enquanto os machos têm um dos cromossomos sexuais correspondentes aos da fêmea e outro tipicamente masculino.

III. No sistema X0, machos e fêmeas diferem entre si quanto a um par de cromossomos, sendo que as fêmeas possuem o par heteromórfico, ou seja, apresentam dois cromossomos sexuais diferentes.

IV. No sistema ZW, os machos têm um número ímpar de cromossomos no cariótipo, um a menos que as fêmeas.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

10. (UFSCar) O daltonismo, ou a incapacidade para percepção de determinadas cores, é uma anomalia de herança recessiva e ligada ao cromossomo X. Em um casal, o homem tem visão normal para cores, mas a mulher é daltônica, possui um irmão daltônico e é filha de um pai daltônico. O casal espera um bebê, mas ainda não sabem qual o sexo da criança. Nessas condições, a probabilidade de essa criança ser daltônica é:

a) Nula.

b) 25%.

c) 50%, independentemente do sexo do bebê.

d) 75%.

e) 100% se a criança for do sexo masculino e nula se for do sexo feminino.

11. (UEM) Com base nos conhecimentos de genética, assinale o que for correto.

01. Quando são produzidos quatro tipos diferentes de gametas em proporções diferentes das esperadas pela segunda lei de Mendel, trata-se de interação gênica.

02. Um indivíduo com genótipo AaBb produziu 50% de seus gametas AB e 50% ab, resultado de uma ligação completa em que os dois pares de genes estão no mesmo par de cromossomos homólogos.

04. Quanto maior a distância entre dois genes ligados, maior a probabilidade de ocorrer permutação entre eles.

08. Considerando que, no cruzamento AaBb x aabb, obteve-se a descendência de AaBb = 40%, de aabb = 40%, de aaBb = 10% e de Aabb = 10%, pode-se concluir que a taxa de recombinação é de 20%.

16. Supondo dois pares de alelos Aa e Bb, em que os alelos dominantes A e B estão ligados a um cromossomo e seus alelos recessivos a e b estão ligados ao cromossomo homólogo, dizemos que eles estão em posição trans.

Soma das alternativas corretas:

12. (UFMG) Um casal normal para a hemofilia – doença recessiva ligada ao cromossoma X – gerou quatro crianças: duas normais e duas hemofílicas. Considerando-se essas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é incorreto afirmar que:

a) A mãe das crianças é heterozigótica para a hemofilia.

b) A probabilidade de esse casal ter outra criança hemofílica é de 25% .

c) As crianças do sexo feminino têm fenótipo normal.

d) A gene recessivo está presente no avô paterno das crianças.

13. (INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO) As pessoas que possuem miopia têm dificuldades visuais e devem utilizar óculos ou lentes de contato corretivos para executar tarefas no dia a dia, como alguma atividade em casa ou no trabalho. Uma pessoa míope não poderia dirigir ou ler a tela do monitor caso esteja sem óculos. Sabe-se que a miopia é uma doença determinada por alelo autossômico recessivo. Diante desse assunto, um garoto, com visão normal, tinha um irmão caçula míope e este era o único da família com problema de visão. Sua mãe estava grávida e ele concluiu que seu futuro irmão seria obrigatoriamente normal. Sabendo-se dessas informações, um geneticista poderia afirmar que a probabilidade de esse garoto, com visão normal, ser portador do gene para miopia e de a criança que sua mãe está gerando desenvolver a miopia é, respectivamente, de:

a) 1/2 e 1/2.

b) 1/2 e 1/4.

c) 1/3 e 1/2.

d) 1/3 e 1/4.

e) 2/3 e 1/4.

14. (MACK) Uma mulher canhota, com visão normal para cores, cujo pai era daltônico, casa-se com um homem daltônico e destro, filho de mãe canhota. Sabendo que o uso da mão esquerda é condicionado por um gene autossômico recessivo, a probabilidade desse casal ter uma filha heterozigota para os dois genes é de:

a) 1/2.

b) 1.

c) 1/4.

d) 1/8.

e) 1/6.

15. (FPS) Observando a genealogia abaixo e sabendo que os indivíduos marcados são albinos, quais deles são obrigatoriamente heterozigotos?

15

a) F1 1 e 4.

b) F2 2 e 3.

c) Todos da F2 e 1 da F3.

d) F1 1 e 4; F2 2 e 3; F3

e) Todos da F2.

16. (UPE) João Silva, jovem, estudioso, aplicado e muito responsável, estudante de uma escola do Estado de Pernambuco, foi um dos selecionados para participar da Olimpíada Estadual de Biologia. No dia da Olimpíada, foi entregue a ele uma avaliação na qual havia as seguintes afirmações sobre os alelos múltiplos:

I. Os alelos múltiplos são resultantes de mutações sucessivas de genes preexistentes de um determinado locus, e seus efeitos genéticos dependem de suas relações de dominância.

II. Nos gametas de um indivíduo diploide, podem existir dois alelos múltiplos diferentes de uma determinada série, enquanto nas células somáticas, existe apenas um.

III. Os alelos múltiplos mutantes, que surgem, estabelecem condições para o aparecimento de mais uma nova expressão fenotípica daquele caráter naquela espécie.

IV. A determinação da tipologia sanguínea, na espécie humana, a partir do sistema ABO, é um exemplo de polialelia que ocorre em diferentes locus de cromossomos homólogos.

V. Os alelos múltiplos são capazes de causar alterações estruturais nos genes de forma que é possível ocorrer mais de um par de alelos para um determinado gene.

Com base no que João Silva aprendeu sobre esse conteúdo, ele considerou corretas as afirmativas contidas na alternativa:

a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) I, III e IV.

d) I, III e V.

e) I, II e V.

17. (PUC-RS)  Em uma clínica de aconselhamento genético, um casal recebeu a notícia de que teria 1/4 de probabilidade de gerar um descendente portador de uma grave anomalia. Qual a probabilidade que tem esse casal de gerar um filho do sexo feminino portador dessa anomalia genética?

a) 1/8.

b) 1/15.

c) 1/17.

d) 1/21.

e) 1/23.

18. (UFPR) Num estudo sobre uma família, representada no heredograma abaixo, constatou-se que Antonio é afetado por uma anomalia causada pelo alelo recessivo de um gene ligado à porção ímpar do cromossomo X.

18

Considerando essa informação, é correto afirmar que são, com certeza, portadores(as) do alelo em questão:

a) Rogério e Fernando.

b) Elisa e Nancy.

c) Elisa e Maria.

d) Adélia e Cláudia.

e) Nancy e Maria.

19. Thiago é designer gráfico e em uma entrevista de emprego comentou que seu irmão Roberto tinha daltonismo. Ele afirmou que os pais eram normais e que havia feito testes para o daltonismo, que revelaram que sua visão também era normal. Sobre essa situação, é correto afirmar que:

a) Certamente Thiago e Roberto são filhos de pais diferentes.

b) Thiago é somente portador, porém o uso intensivo do computador pode estimular o aparecimento de sintomas do daltonismo.

c) Thiago não tem daltonismo porque herdou o alelo dominante de sua mãe, já Roberto herdou o alelo recessivo.

d) O genótipo do pai de Thiago é Xd

e) Thiago só seria daltônico se seu pai fosse também daltônico.

20. Penetrância é a proporção de indivíduos de um determinado genótipo que apresentam o fenótipo por ele determinado em certo conjunto de condições ambientais. Estudos realizados num certo país estimaram que a penetrância do alelo dominante responsável pela polidactilia, mais de cinco dedos nos pés ou nas mãos, é de, aproximadamente, 65%. Isso quer dizer que:

a) 65% das pessoas que apresentam o genótipo homozigoto não manifestam a polidactilia.

b) 65% das pessoas que possuem o alelo para polidactilia não manifestam a polidactilia.

c) 35% das pessoas apresentam o genótipo homozigoto e manifestam a polidactilia.

d) 35% das pessoas que possuem o alelo para polidactilia não manifestam a polidactilia.

e) 100% das pessoas podem manifestar ou não a polidactilia, já que o alelo para polidactilia tem expressividade variável.

21. (UEM) Considere três pares de alelos em cromossomos distintos, que determinam as seguintes características na espécie humana:

21

Um homem heterozigoto para pele, para visão e para lobo da orelha casou-se com uma mulher albina, míope e heterozigota para o lobo da orelha. Sobre a descendência desse casal, é correto afirmar que:

01. A possibilidade de nascer um menino albino, com visão normal e lobo da orelha normal é 3/32.

02. A probabilidade de nascer uma criança míope, independentemente do sexo, será de 50 %.

04. Um dos descendentes do sexo masculino poderá ter o genótipo AA, mm, ll.

08. A probabilidade de um descendente com pigmentação de pele normal ser homozigoto é de 1/4.

16. O número de gametas distintos referentes a essas três características que o homem pode produzir é igual a 2 elevado à potência 3.

Soma das alternativas corretas:

22. (FUVEST) Em coelhos, uma série de alelos múltiplos determina a cor da pelagem. Os alelos nessa série são: C+ (selvagem), Cch (chinchila), Ch (himalaia) e c (albino). A relação de dominância entre os alelos é C+ > Cch > Ch > c. No cruzamento de uma coelha selvagem, heterozigótica para himalaia, com um coelho chinchila, heterozigótico para albino, a probabilidade de que um dos descendentes seja himalaia é de:

a) 0.

b) 12,5%.

c) 25%.

d) 50%.

e) 75%.

23. A análise dos dois caracteres com segregação independente (miopia e grupos sanguíneos do sistema Rh), em uma família, mostrou o seguinte resultado:

23

Qual a probabilidade de o casal I e II ter uma criança do sexo feminino, míope e Rh negativo?

a) 1/4.

b) 1/8.

c) 1/16.

d) 1/32.

e) 1/64.

24. Numa pequena cidade do interior de São Paulo, um casal teve dificuldade para recorrer ao teste de paternidade por DNA e resolveu acabar com as dúvidas sobre a paternidade de seu filho pelo tradicional teste dos grupos sanguíneos. A mãe possui sangue tipo A Rh positivo e o marido possui sangue AB Rh negativo. A criança, por sua vez, possui sangue B Rh positivo. Com relação à análise dos resultados dos testes de paternidade, assinale a correta:

a) Certamente o marido não é o pai da criança em razão do sistema Rh dele.

b) O marido pode ser pai da criança apenas se um dos avós maternos tiver sangue tipo O e Rh positivo.

c) A paternidade do marido é possível desde que a mãe seja heterozigota para o sistema ABO.

d) A paternidade do marido é confirmada desde que a mãe seja homozigota para o sistema ABO.

e) A paternidade do marido somente será confirmada se a criança for homozigota para os sistemas ABO e Rh.

25. Uma mulher, em sua primeira gestação, foi sensibilizada e produziu anticorpos anti-Rh. Sabendo que esses anticorpos, em uma segunda gestação, podem passar através da placenta e destruir as hemácias do feto, com o risco de levar a criança à morte (doença conhecida como eritroblastose fetal ou doença hemolítica do recém-nascido), analise a figura abaixo e assinale a alternativa que indica o fenótipo da mãe e da criança.

25

a) Mãe e filho são Rh+.

b) Mãe e filho são Rh.

c) A mãe é Rh e o filho é Rh+.

d) A mãe é Rh+ e o filho é Rh.

e) A mãe é Rh e o filho é Rh+ ou Rh.

26. No heredograma abaixo, os indivíduos indicados pelos círculos cheios são portadores de um caráter recessivo. Dos indivíduos normais, quais são obrigatoriamente heterozigotos?

26

a) 1, 3, 4, 5, 6, 7, 12.

b) 3, 4, 5, 6, 7, 9, 10, 11, 12.

c) 1, 3, 4, 9, 10, 11, 12.

d) 3, 4, 5, 6, 7, 10, 11, 12.

e) 6, 7, 9, 10, 11, 12.

27. (UFPR) Em camundongos, o nanismo é causado por um alelo recessivo ligado ao cromossomo X e a pelagem rosa é determinada por um alelo autossômico dominante. Dois alelos recessivos para a pelagem proporcionam cor marrom para os camundongos, que é considerada selvagem (normal). Se uma fêmea anã com pelagem marrom é cruzada com um macho rosa normal de uma linhagem pura, quais serão as proporções fenotípicas, em F1 e F2, em cada sexo?

27

28. Na genealogia abaixo, os indivíduos representados pelos símbolos cheios míopes (caráter recessivo). Os demais possuem visão normal (caráter dominante). Depois de analisar o heredograma, responda: Qual a probabilidade do indivíduo 7 ser homozigoto?

28

a) 1/4.

b) 3/4.

c) 1/2.

d) 2/3.

e) 1/3.

29. Se um indivíduo do grupo B recebesse sangue de um indivíduo do grupo A, surgiram problemas graves que poderiam leva-lo à morte, porque:

a) As aglutininas anti-B do soro do doador aglutinariam as hemácias do receptor.

b) As aglutininas anti-A do soro do receptor aglutinariam as hemácias do doador.

c) Os aglutinógenos A aglutinariam os aglutinógenos B.

d) Os aglutinógenos B aglutinariam os aglutinógenos A.

e) As aglutininas do receptor precipitariam as aglutininas do doador.

30. Um indivíduo heterozigoto quanto a dois pares de genes localizados em diferentes pares de cromossomos formará:

a) Dois tipos de gametas na proporção 1:1.

b) Dois tipos de gametas na proporção de 3:1.

c) Três tipos de gametas na proporção de 1:2:1.

d) Quatro tipos de gametas na proporção 1:1:1:1.

e) Quatro tipos de gametas na proporção 9:3:3:1.

gab

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 21 de novembro de 2014

TESTES DE REPRODUÇÃO E EMBRIOLOGIA NA UPE

01. (UPE-2001) Os répteis foram os primeiros vertebrados a conquistar o ambiente terrestre, exigindo grandes adaptações relativas à reprodução – apresentam fecundação interna e ovo terrestre, como casca impermeável e resistente. A presença da casca no ovo trouxe uma serie de “problemas” ao desenvolvimento embrionário tais como, o destino das excretas nitrogenadas produzidas durante o desenvolvimento e a efetuação de trocas gasosas respiratórias da casca. Nas aves e nos répteis, quais os anexos embrionários que solucionaram esses problemas?

a) Cório.

b) Vesícula vitelina.

c) Alantoide.

d) Âmnio.

e) Calaza.

02. (UPE-2003)

O TEXTO ABAIXO COMPARA OS OVOS DE GALINHA, LEVANDO EM CONTA O ASPECTO COMERCIAL.

Em que os ovos caipiras são diferentes dos outros?

Eles são 30% menores, têm a casca mais grossa e a cor da gema mais escura – de um alaranjado forte, em comparação com o amarelo-claro dos ovos de granja. “São apenas diferenças superficiais: em termos nutricionais ambos são idênticos”, afirma o melhorista genético Vicente José Maria Savino, da Escola Superior Agrícola Luiz de Queiroz (ESALQ), em Piracicaba, SP.

(Super Interessante – julho/2002)

Essas diferenças são apenas comerciais. Considere as proposições relativas às características dos ovos das aves.

I   II

0  0 – A presença da casca mais grossa nos ovos das aves e o surgimento do âmnion foram passos importantes na conquista do ambiente terrestre a partir desses animais, permitindo aos embriões desenvolverem-se fora da água.

1  1 – Os ovos de galinha são reserva nutritiva para o embrião e também fonte de alimento para os humanos, fornecendo vitamina A e algumas vitaminas do complexo B, além de proteínas ricas em aminoácidos essenciais.

2   2 – Tanto a galinha caipira como a galinha de granja são amniotas. O âmnion, o cório e o alantoide realizam funções de nutrição, proteção mecânica e contra a desidratação, e excreção de amônia respectivamente.

3   3 – A gema é uma célula cuja maior parte é constituída de vitelo. Ao ser fecundada, inicia-se o processo de clivagem a partir da região chamada cicatrícula que contém o núcleo. A clara ou albúmen é incorporada ao ovo quando da passagem da gema pelo oviduto.

4  4 – Nos embriões de aves, algumas regiões de alantoide aderem firmemente ao cório, formando o corioalantoide ou membrana corioalantoide. Essa estrutura vascularizada, situada próxima à casca porosa do ovo, permite as trocas gasosas com o ar.

03. (UPE–2008)

03

A gravidez pode ser evitada, ou mesmo, planejada. Basta seguir as orientações do médico especializado e conhecer para empregar corretamente os métodos de prevenção. Sobre estes, analise as afirmativas e conclua.

I    II

0  0 – Preservativo ou camisinha é uma borracha elástica que veste o pênis ereto e retém o conteúdo da ejaculação. Consiste em um bom método anticoncepcional, além de diminuir o risco de contaminação de doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS e o diabetes.

1   1 – A tabelinha consiste em um método natural que evita a relação sexual no período fértil da mulher; é baseada em ciclos menstruais, por isso tem uma eficácia de 100%.

2  2 – A laqueadura tubária consiste na interrupção da permeabilidade das tubas uterinas, e, como não há passagem para o óvulo, não há encontro dele com o espermatozoide. É facilmente reversível.

3  3 – A vasectomia consiste em um corte nos ductos deferentes, impede os espermatozoides de atingirem o pênis durante a ejaculação, não altera a produção de hormônios masculinos e não causa impotência sexual.

4  4 – A pílula anticoncepcional consiste na combinação de hormônios femininos sintéticos, estrogênio e progesterona, que inibem a liberação de gonadotrofinas (FSH e LH) pela hipófise, impedindo a ovulação.

04. (UPE–2008) LEIA O TEXTO ABAIXO.

04

Dentre as alternativas abaixo, qual a que descreve, comenta ou justifica os fenômenos relacionados à fecundação, à gravidez e ao parto.

a) O colostro, liberado pelas glândulas mamárias, nos primeiros dias após o parto, é um fluido rico em lactose e gorduras, embora, pobre em anticorpos.

b) A vesícula amniótica, popularmente conhecida como bolsa d’água, é um anexo embrionário que protege o embrião e, uma vez cheia de líquido, amortece choques que podem afetá-lo.

c) Na gravidez de gêmeos univitelinos, dois óvulos diferentes são fecundados por dois espermatozoides diferentes, gerando crianças do mesmo sexo e geneticamente idênticas.

d) No parto natural, a cabeça e o corpo do feto distendem o colo uterino, estimulando receptores dessa região. Os impulsos nervosos são enviados ao hipotálamo, promovem a liberação de oxitocina para o sangue, atingem a musculatura estriada do útero e induzem sua contração voluntária.

e) A oxitocina, liberada pela porção anterior da hipófise, estimula a produção de leite pelas glândulas mamárias, e sua expulsão é estimulada pela sucção do recém-nascido e pela prolactina que age sobre a musculatura lisa, que circunda as glândulas mamárias.

05. (UPE-2009) A perpetuação da vida no nosso planeta deve-se à característica mais típica dos seres vivos, que é a capacidade de reprodução, ou seja, produzir descendentes semelhantes a si mesmos. Identifique, nos esquemas, o tipo de reprodução característico destes organismos.

05

Assinale a alternativa correta.

a) Assexuada por: A – divisão binária; B – brotamento; C – esporulação.

b) Sexuada por: A – mitose; B – brotamento. C – cissiparidade.

c) Assexuada por: A – mitose; B – cissiparidade; C – brotamento.

d) Sexuada por: A – esporulação; B – esporulação; C – mitose.

e) Assexuada por: A – cissiparidade; B – mitose; C – esporulação.

06. (UPE-2010) A formação de espermatozoides pode ser explicada através do seguinte esquema da espermatogênese:

06

Da análise deste esquema, pode-se concluir que:

I   II

0  0 – No  período  germinativo,  algumas   espermatogônias  passam   por  modificações, aumentando de tamanho e se diferenciando, formando os espermatócitos primários.

1  1 – Os espermatócitos primários (2n)   entram em mitose e, ao final, formam-se os espermatócitos secundários (n), o que ocorre no período de diferenciação.

2  2 – No período de maturação, observam-se espermatócitos secundários, células haploides com n cromossomos, cada um contendo 2 cromátides.

3  3 – As espermátides são células diploides que irão se transformar em espermatozoides no período de crescimento.

4  4 – Ao final do período de diferenciação de cada espermatozoide, formam-se quatro novas espermatogônias.

07(UPE-2011) Texto para esta questão.

07

Na estrofe XIX do cordel acima, é destacado o direito ao uso de métodos contraceptivos. A contracepção é a prevenção deliberada da gravidez por meio destes. Em relação ao tema, analise as afirmativas e conclua.

I   II

0  0 – Os métodos contraceptivos podem atuar em etapas diversas do processo reprodutivo, como, por exemplo, evitar o encontro dos gametas ou a produção destes e impedir a implantação do embrião recém-formado na mucosa uterina.

1  1 – O DIU ou dispositivo intrauterino pode ser de material plástico ou metálico, em formato de “T” e impede a nidação do embrião.

2 2 – A vasectomia e a laqueadura são processos cirúrgicos de secção das tubas uterinas e dos ductos deferentes, respectivamente.

3  3 – As pílulas anticoncepcionais inibem a secreção de FSH e LH pela tireoide, impedindo a maturação do folículo e sua ovulação.

4  4 – São exemplos de prática anticoncepcional pelo uso de barreiras mecânicas: a camisinha, o preservativo feminino e o coito interrompido.

08. (UPE-2011) A mulher entra na fase reprodutiva, na puberdade, quando ocorre a primeira menstruação ou menarca. Em geral, o ciclo dura 28 dias. O primeiro dia da menstruação marca o início do ciclo. A respeito dos hormônios que atuam nesse ciclo, analise as proposições e conclua.

I    II

0  0 – Na primeira metade do ciclo, o hormônio folículo-estimulante (FSH) e o estrógeno são responsáveis, respectivamente, pelo crescimento e amadurecimento folicular e pelo espessamento (proliferação) do endométrio.

1  1 – Por volta do 14º dia, ocorre um aumento do hormônio luteinizante (LH), responsável pela ovulação.

2  2 – O LH atua na formação do folículo ovariano que se rompe e passa a ser o corpo lácteo ou corpo-amarelo que ocasiona a descamação do endométrio.

3 3 – Os ovários produzem o estrógeno, responsável pelas características sexuais secundárias, como o desenvolvimento das mamas e o arredondamento das formas da mulher.

4  4 – A progesterona, produzida na hipófise, é o principal hormônio da gravidez, mantendo o endométrio preparado para a recepção do embrião.

09. (UPE-2012) Nas aves, todos os recursos necessários para o desenvolvimento embrionário precisam estar contidos dentro do ovo. Nos vivíparos, algumas dessas estruturas foram adaptadas à vida intrauterina. Sobre isso, analise as seguintes proposições:

I. Nos vivíparos, a placenta e o alantoide são estruturas responsáveis pelo processo de alimentação do embrião.

II. Com o aparecimento do cordão umbilical e da placenta, torna-se desnecessária a concentração de grande quantidade de vitelo no interior do óvulo, como o encontrado nos ovos das aves e dos répteis.

III. O âmnion está presente tanto em seres humanos como em aves e répteis, pois ele é fundamental para evitar a desidratação dos embriões.

Está correto, apenas, o que se afirma em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

10. (UPE-2012) Com relação ao tipo de óvulo encontrado nos seres humanos, é correto afirmar que ele é:

a) Telolécito, como o da maioria dos mamíferos.

b) Alécito, pois a nutrição do embrião se processará via placenta.

c) Alécito, com grande quantidade de vitelo na região central, o que provoca uma segmentação holoblástica igual.

d) Centrolécito, o que se justifica pelo consumo inicial do vitelo pelo embrião, até que a placenta esteja pronta para a função.

e) Isolécito, com segmentação holoblástica desigual antes do processo de nidação.

11. (UPE-2012) A gravidez na adolescência apresenta riscos por causa da imaturidade anatomofisiológica, dificultando o desenvolvimento e o desfecho do processo de gestação, parto e puerpério. Observe a figura a seguir:

11

Fonte: adaptada dehttp://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/

cartilha_direitos_sexuais_2006.

Sobre isso, preencha as lacunas do texto, correlacionando-as com os métodos de contracepção, representados pelas figuras numeradas em algarismos arábicos.

De uma maneira geral, os adolescentes podem usar a maioria dos métodos anticoncepcionais disponíveis. No entanto, alguns métodos são mais adequados que outros nessa fase da vida. ______ deve(m) ser usada(s) em todas as relações sexuais, independentemente do uso de outro método anticoncepcional, pois é o único que oferece dupla proteção, protegendo-os ao mesmo tempo das doenças sexualmente transmissíveis e da gravidez não desejada. Os métodos ______ são pouco recomendados, porque exigem do adolescente disciplina e planejamento, e as relações sexuais nessa fase, em geral, não são planejadas. _______ podem ser usadas(os), desde a primeira menstruação, pois agem impedindo a ovulação. _______ pode ser usada(o) pelas garotas, entretanto as que nunca tiveram filhos correm mais risco de expulsá-la(lo) e também não é indicada(o) para aquelas com mais de um parceiro sexual ou cujos parceiros têm outros parceiros/parceiras e não usam camisinha em todas as relações sexuais, pois, nessas situações, existe risco maior de contrair doenças sexualmente transmissíveis. ______ não são indicadas(os) para adolescentes.

Fonte: adaptado dehttp://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/

cartilha_direitos_sexuais_2006.pdf

Assinale a alternativa cuja sequência numérica preenche corretamente as lacunas.

a) 1;2; 3; 5; 7.

b) 1;3; 4; 6; 2.

c) 1;2; 3; 6; 7.

d) 4;3; 1; 5; 2.

e) 5;2; 3; 4; 6.

12. (UPE-2012) Existem diversas formas de reprodução encontradas no Reino Animal, que podem ser classificadas em dois grandes grupos: reprodução sexuada e reprodução assexuada. Sobre isso, analise as afirmações abaixo:

I. O brotamento é um processo de reprodução assexuada, que tem como fator positivo o fato de necessitar de um gasto energético menor, uma vez que dispensa o acasalamento.

II. A partenogênese, processo em que o óvulo não fecundado desenvolve um novo indivíduo diploide, é um mecanismo, que pode ser encontrado em invertebrados, como abelhas e algumas espécies de vertebrados, como os peixes.

III. A reprodução sexuada, processo que requer a união de duas células haploides, é, de todos os mecanismos reprodutivos, aquele que promove a variabilidade genética entre os indivíduos.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I.

b) I e III.

c) II.

d) II e III.

e) III.

13. (UPE-2012) O processo de gametogênese compreende quatro fases bem distintas nos organismos de reprodução sexuada. Dentre essas fases, uma se configura como fundamental para a manutenção do número de cromossomos das espécies, pois o gameta, antes com dois conjuntos completos de cromossomos, passa a ter apenas um. Observe a figura a seguir:

13

5552840Adaptado de Biologia – César e Sézar Ed. Saraiva

Assinale o período em que ocorre essa redução de cromossomos e o respectivo processo.

a) Período de multiplicação – Mitoses.

b) Período de crescimento – Meiose I.

c) Período de maturação – Meiose I.

d) Espermiogênese – Meiose II.

e) Período de crescimento – Meiose II.

14. (UPE-2013) Os zangões, machos das abelhas, são formados por um processo de partenogênese e possuem 16 cromossomos. Já as abelhas operárias são fruto de um processo de fecundação. Diante dessas informações, analise as afirmativas a seguir:

I. Por serem fruto de partenogênese, os machos possuem o dobro de cromossomos encontrados na abelha rainha.

II. A abelha rainha possui óvulos com o mesmo número de cromossomos encontrados nas células somáticas das operárias, pois ela também é uma fêmea.

III. Todas as fêmeas possuem 32 cromossomos nas suas células somáticas, o dobro que os machos possuem.

IV. A abelha rainha possui 16 cromossomos em seus óvulos, que, quando fecundados, geram indivíduos com 32 cromossomos.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

gab

 

 

 

 

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 380 outros seguidores