Publicado por: Djalma Santos | 9 de novembro de 2017

TESTES DE REPRODUÇÃO (13)

01. (UNESPAR) Dados fornecidos à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) pelas empresas que comercializam planos de assistência à saúde demonstram que a proporção de cesarianas no setor, é em torno de 80%. Não raro, as cesarianas são agendadas antes de a mulher entrar em trabalho de parto, aumentando a chance de o bebê ser retirado do útero ainda prematuro, já que é impreciso o cálculo da idade gestacional realizado antes do parto por meio da ultrassonografia ou a data da última menstruação. A retirada cirúrgica de bebês do útero antes que tenham atingido a completa maturidade fetal é grave, pois fetos nascidos entre 36 e 38 semanas têm 120 vezes mais chances de desenvolver problemas respiratórios agudos. Além disso, as chances de a mulher sofrer uma hemorragia ou infecção no pós-parto também são maiores em caso de cesárea, existindo ainda um risco aumentado de ocorrerem problemas em futuras gestações, como a ruptura do útero e o mau posicionamento da placenta.

Sobre o assunto, assinale o que for correto.

a) A ocitocina acelera as contrações da musculatura uterina que levam ao parto, e estimula a expulsão do leite durante a fase de amamentação.

b) A hipófise, responsável pela produção de estrógeno, completa a preparação da mucosa uterina e a mantém preparada para a gravidez.

c) A menstruação ocorre quando a taxa de todos os hormônios sexuais se torna alta no sangue da mulher.

d) No momento do parto, a musculatura estriada esquelética uterina passa a se contrair voluntariamente e ritmicamente.

e) Os eritrócitos, que são células especializadas presentes na medula dos ossos, têm a função de deter uma eventual hemorragia.

02. (UFLA) Em organismos com reprodução sexuada, a sequência que vai desde a origem de um indivíduo diploide até o momento em que nesse indivíduo se formam gametas e ele se reproduz, é chamada de Ciclo de Vida. Assinale a alternativa correta.

a) A espécie humana apresenta o ciclo de vida haplobionte haplonte.

b) Alguns fungos, como o bolor do pão, apresentam o ciclo de vida diplobionte.

c) A meiose gamética do ciclo haplobionte diplonte ocorre imediatamente após a formação do zigoto.

d) Os organismos diplobiontes alternam-se em fase haploide, produtora de gametas, com fase diploide, produtora de esporos.

03. (UEA) A figura representa a gametogênese humana, o processo de formação de gametas masculinos e gametas femininos.

Considerando as fases e as células representadas na figura, é correto afirmar que:

a) na ovogênese todo o processo de formação de óvulos ocorre na vida intrauterina, enquanto na espermatogênese os espermatozoides só irão se formar a partir da puberdade.

b) os gônias são diploides, porém os citos I são haploides na espermatogênese e diploides na ovogênese.

c) para que ocorra a formação do polócito II (segundo corpúsculo polar) é necessário que o ovócito II seja fecundado pelo espermatozoide.

d) ao longo da vida de um casal de 60 anos de idade, o número de óvulos produzidos pela mulher é 1/4 do número de espermatozoides produzidos pelo homem.

e) durante o período de maturação dos citos II, na espermatogênese ocorre meiose enquanto na ovogênese ocorre mitose.

04. (FPS) Analise, abaixo, o gráfico que mostra a regulação hormonal durante o ciclo menstrual.

É correto afirmar que os períodos em que a mulher possui baixa probabilidade de engravidar estão apontados em:

a) 1, 2 e 3.

b) 1 e 5.

c) 2 e 4.

d) 2, 3 e 5.

e) 3, apenas.

05. (FCM-PB) No aparelho reprodutor masculino, os testículos são os órgãos produtores de espermatozoides. A espermiogênese compreende:

a) Etapa de diferenciação celular originando células diploides, os espermatozoides.

b) Processo de formação de células destinadas à reprodução, onde se verifica a divisão dos espermatozoides.

c) A fase de transformação das espermátides em espermatozoides.

d) Cada espermatogônia dá origem a um espermatozoide fértil e três glóbulos polares não funcionais.

e) Após a espermatogênese, originam-se organismos diploides.

06. Após a ruptura do folículo e a liberação do ovócito secundário, é formada uma estrutura endócrina que produz progesterona. Essa estrutura, indicada pelo número 1 na figura abaixo, recebe o nome de:

Observe o desenvolvimento dos folículos durante o ciclo menstrual

a) óvulo.

b) folículo ovariano.

c) endométrio.

d) corpo amarelo.

e) corpo albicans.

07. (IFMG) A puberdade é um período de transição entre a infância e a adolescência, em que se inicia a produção de espermatozoides a partir das espermatogônias presentes nos testículos.

Disponível em: http://www.brasilescola.com.

Acesso em: 26 nov. 2014.

Como demonstrado no esquema, pode-se afirmar que, exceto:

a) As células produzidas no período germinativo apresentam o mesmo número de cromossomos.

b) As células produzidas no período de maturação apresentam metade do número de cromossomos do espermatócito I.

c) No período de diferenciação ocorre a formação da cauda e do acrossoma do espermatozoide.

d) O acrossoma apresenta muitas mitocôndrias responsáveis pela liberação de energia necessária à movimentação do espermatozoide.

08. (UEG) A gametogênese humana ocorre nas glândulas sexuais, também denominadas de gônadas, onde se realiza a ovulogênese e a espermatogênese. Essas fases são semelhantes e ao final produzem respectivamente os óvulos e os espermatozoides. Ao final do processo, quantos óvulos e espermatozoides são produzidos a partir de 8 ovócitos primários e 8 espermatócitos primários?

a) 8 e 16.

b) 8 e 8.

c) 8 e 32.

d) 8 e 34.

09. (UPF) Analise a figura abaixo, que representa um espermatozoide humano, e assinale a alternativa correta.

a) I representa o acrossomo, formado a partir de vesículas do complexo de Golgi, contendo enzimas que promovem a permeabilidade da membrana do óvulo, necessária à fecundação.

b) II representa o núcleo com 46 moléculas de DNA para formar os 46 cromossomos da espécie humana.

c) III representa a peça intermediária rica em estruturas citoplasmáticas diversas, responsáveis pela viabilidade do gameta.

d) IV representa o flagelo, formado por microfilamentos contráteis que promovem os movimentos do gameta.

e) V representa a peça intermediária, rica em mitocôndrias e ribossomos que sintetizam as proteínas contráteis do flagelo.

10. (UPE) Leia o texto a seguir:

Sobre gravidez e seus aspectos sociais, analise as afirmativas a seguir:

I. A menstruação é a eliminação cíclica (mensal) de sangue e tecidos de dentro do útero pela vagina.

II. Dupla proteção ocorre quando são usados, ao mesmo tempo, a camisinha masculina ou a feminina e um outro método contraceptivo. Assim nos protegemos tanto das DST/Aids quanto de uma gravidez.

III. É assegurado à adolescente grávida o direito aos atendimentos durante a gravidez, parto e pós-parto para garantir a saúde dela e a de seu bebê.

IV. Na adolescência, ocorre a primeira ejaculação ou semenarca, que é ejaculação involuntária de sêmen, que ocorre durante o sono, conhecida como polução noturna.

V. Se a camisinha furar ou vazar, a parceira ainda pode usar a contracepção de emergência para evitar a gravidez, sob a forma de pílula anticoncepcional e diafragma.

VI. Um rapaz não pode engravidar uma adolescente na primeira relação sexual dela.

Estão corretas:

a) I, II, III e IV.

b) I, II, IV e VI.

c) II, III, IV e V.

d) III, IV e VI.

e) IV, V e VI.

11. (UNIMONTES) Existem varias causas ginecológicas relacionadas à infertilidade afetando os mecanismos de reprodução humana. O quadro abaixo ilustra alguns aspectos relacionados com esse assunto. Analise-o.

Considerando o quadro apresentado e o assunto abordado, analise as afirmativas abaixo e assinale a correta.

a) Idade pode representar o fator I.

b) Infecções sexualmente transmissíveis não podem contribuir para a característica apresentada em II.

c) O processo de ovulação continua ocorrendo normalmente em III.

d) IV não afeta a produção de espermatozoides.

12. (UNICID) Rodrigo é três minutos mais velho que Paula e sete minutos mais novo que Maria Júlia, os três são irmãos e foram concebidos a partir da fecundação in vitro e posterior implantação no útero materno. Tatiana é irmã seis anos mais velha de Taís, apenas por parte de pai. Seus primos, João e Pedro, apresentam o mesmo genoma. O número total de fecundações responsáveis pela formação de todas as pessoas, cujos nomes foram citados, é:

a) Três.

b) Cinco.

c) Seis.

d) Sete.

e) Quatro.

13. (IFNMG)

Fonte: http://www.nanihumor.com. Acesso em: 23 out. 2014.

A fecundação é um processo altamente específico devido às especialidades dos gametas envolvidos. Considerando este assunto e o contexto da figura, assinale a alternativa correta.

a) A fecundação por mais de um espermatozoide no mesmo óvulo vai ocasionar a formação de gêmeos não idênticos.

b) O primeiro espermatozoide a fecundar libera enzimas que impedem os demais de se ligarem ao óvulo.

c) O espermatozoide que consegue fecundar é sempre o primeiro que chega ao óvulo.

d) Caso mais de um espermatozoide fecunde o mesmo óvulo ocorrerá um caso de poliploidia que torna o desenvolvimento embrionário inviável.

14. (FEI) Leia o texto a seguir e assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas:

Os seres vivos apresentam uma imensa gama de vias reprodutivas. Os tipos de reprodução ____, como a gemulação e o desenvolvimento de ___, por exemplo, ____ a variabilidade genética, ao passo que mecanismos de reprodução ___, como a “conjugação” e a ___, permitem que haja fluxo gênico ao unir cargas genéticas de sexos separados.

a) assexuada; brotos; aumentam; sexuada; propagação vegetativa,

b) sexuada; propagação vegetativa; diminuem; assexuada; fecundação,

c) assexuada; ramos; amplificam; sexuada; mitose,

d) assexuada; estolões; diminuem; sexuada; fecundação,

e) sexuada; brotos; amplificam; assexuada; meiose,

15. (UNIMONTES) A reprodução é a capacidade de constituir descendência portadora de genes dos progenitores, assegurando a renovação contínua da espécie e a transmissão da informação genética de geração a geração. A infertilidade é a incapacidade temporária ou permanente em conceber um filho e levar uma gravidez até ao seu termo natura, após um ano de relações sexuais sem contraceptivos. Todas as alternativas abaixo representam fatores de sucesso na procriação, exceto:

a) Produção e libertação de oócitos II viáveis.

b) Produção e libertação de espermatozoides normais e em número suficiente.

c) Capacidade dos espermatozoides fecundarem as oogônias.

d) Existência de ovidutos onde possa ocorrer a fecundação.

16. (UEPA) O ato sexual, em muitas espécies animais, é precedido por uma sequência de atitudes comportamentais bem definidas, como observado na espécie humana. Neste caso, o caminho percorrido pelos espermatozoides, nos órgãos/estruturas femininas, até que se complete a fecundação do ovócito, está representado pela seguinte sequência:

a) Vagina – útero – tuba uterina.

b) Uretra – vagina – tuba uterina.

c) Vagina – útero – uretra – tuba uterina.

d) Epidídimo – canal deferente – uretra.

e) Uretra – canal deferente – vagina – útero.

17. (UNIFESP) Um  homem  dosou  a  concentração de  testosterona  em  seu  sangue  e  descobriu  que esse hormônio encontrava-se num nível muito abaixo do  normal  esperado.  Imediatamente  buscou  ajuda médica,  pedindo  a  reversão  da  vasectomia  a  que  se submetera havia dois anos. A vasectomia consiste no seccionamento  dos  ductos  deferentes  presentes  nos testículos. Diante disso, o pedido do homem:

a) Não tem fundamento, pois a testosterona é produzida por glândulas situadas acima dos ductos, próximo à próstata.
b) Não tem fundamento, pois o seccionamento impede unicamente o transporte dos espermatozoides dos testículos para o pênis.
c)  Tem fundamento, pois a secção dos ductos deferentes impede o transporte da testosterona dos testículos  para o restante do corpo.
d) Tem  fundamento,  pois  a  produção  da  testosterona ocorre  nos  ductos  deferentes  e,  com  seu seccionamento, essa produção cessa.
e) Tem  fundamento,  pois  a  testosterona  é  produzida no  epidídimo  e  dali  é  transportada  pelos  ductos  deferentes para o restante do corpo.

18. (FCM.PB) A reprodução sexuada está relacionada com processos que envolvem a recombinação do material genético associada a meiose, que apresenta como função biológica a conservação do número de cromossomos da espécie e a variabilidade genética. Sobre o mecanismo de reprodução sexuada pode-se afirmar que:

I. Os gametas masculinos são os espermatozoides e os femininos os óvulos.

II. Óvulos e espermatozoides são células haploides e surgem por mitose de células diploides germinativas.

III. A reprodução sexuada começa com a formação dos gametas, processo denominado gametogênese.

IV. O período germinativo na mulher termina na vida intrauterina, enquanto no homem dura quase toda a vida, com produção permanente de novas espermatogônias.

V. É no útero que ocorre a fecundação, o óvulo inicia seu desenvolvimento embrionário enquanto migra para a tuba uterina.

Estão corretas as afirmativas:

a) I e II, apenas.

b) I, II e IV, apenas.

c) II e V, apenas.

d) V, apenas.

e) Nenhuma das respostas acima.

19. (UFSCar) Algumas mulheres que não desejam ter uma nova gestação, pois ainda estão em fase de amamentação, utilizam a minipílula anticoncepcional como método contraceptivo. Todas as minipílulas de uma cartela são compostas com a mesma concentração do hormônio progesterona. Os médicos geralmente indicam às mulheres a ingestão de uma pílula por vez, diariamente, e preferencialmente no mesmo horário, cuja finalidade é:

a) Variar a concentração de progesterona, o que inibe a ovulação.

b) Variar a concentração de progesterona, o que promove a ovulação.

c) Manter constante a concentração de progesterona, o que promove o fluxo menstrual.

d) Manter constante a concentração de progesterona, o que inibe a ovulação.

e) Manter constante a concentração de progesterona, o que inibe a lactação.

20. (UNIMONTES) O sistema reprodutor humano, também chamado de sistema genital, e formado por órgãos que constituem o aparelho genital masculino e feminino. As alternativas a seguir estão relacionadas com caracteristicas desses aparelhos. Analise-as e assinale a que apresenta caracteristicas dos ovários.

a) Local em que os gametas atingem a maturidade e mobilidade, tornando-os aptos a fecundação.

b) Glândulas responsáveis pela ovulação e pela produção de estrógeno e progesterona.

c) Dobras da pele formadas por tecido adiposo, responsáveis pela proteção do aparelho reprodutor feminino.

d) Conjunto formado pela próstata, vesículas seminais e glândulas bulbouretrais.

 

Anúncios
Publicado por: Djalma Santos | 9 de novembro de 2017

TESTES DE SUCESSÃO ECOLÓGICA (III)

01. (Mackenzie) Os ecossistemas naturais estão em constante modificação. Como se fossem um organismo vivo, eles passam por vários estágios, desde a juventude até a maturidade. Sucessão ecológica é o nome que se dá a essa série de mudanças nas comunidades que compõem o ecossistema até atingir a comunidade clímax. A respeito das sucessões ecológicas, assinale a alternativa correta.

a) As espécies pioneiras são as que primeiro se instalam em um determinado ambiente, podendo ser autótrofas ou heterótrofas.

b) No início da sucessão, a taxa de fotossíntese é maior do que a taxa de respiração.

c) O número de nichos ecológicos permanece o mesmo em todos os estágios da sucessão.

d) Somente seres eucariontes podem agir como espécies pioneiras.

e) Em uma comunidade clímax, o consumo de CO2 pelas plantas é sempre maior do que a produção de CO2.

02. (Unitau) O Brasil registrou, nos dois primeiros meses de 2016, quase sete mil focos de incêndio. Esse é o maior número de queimadas já registrado desde 1999, quando os satélites começaram a captar os focos de calor pelo país. Incêndios florestais destroem o patrimônio natural, acarretando enorme prejuízo ambiental, comprometendo a manutenção da flora e da fauna locais, bem como a qualidade do ar que respiramos. Considere que, após um incêndio florestal de grandes proporções, o poder público resolve transformar uma área afetada por incêndio em Reserva Nacional de Conservação da Natureza, tornando a área restrita, fechada aos interesses comerciais e produtivos. Depois de algum tempo, verifica-se o estabelecimento de líquens que vão transformando o terreno, favorecendo o acúmulo de sais e de nutrientes no solo. Isso permite o estabelecimento de uma vegetação mais primitiva, como briófitas e pteridófitas. Essas modificações do terreno passam a atrair alguns pequenos animais, como os insetos, o que ocorre mais ou menos ao mesmo tempo em que os vegetais com flores começam a se desenvolver. Finalmente, após anos de conservação, a área volta a exibir uma paisagem florestal, abrigando e sustentando uma grande variedade de animais e plantas. Com base nas informações do texto, analise as afirmativas.

I. A região incendiada, ao ser transformada em reserva, inicia um processo de sucessão primária.

II. Os líquens que aparecem na região atuam como espécies pioneiras, que criam condições para o estabelecimento das demais, representando a cere.

III. Todos os outros organismos que se sucedem na reocupação da área impactada fazem parte do processo sucessional, cujo conjunto é chamado de ecese.

IV. O processo de sucessão descrito pode ser chamado de sucessão alogênica, considerando a origem das mudanças ocorridas a partir de forças externas ao sistema.

V. A recuperação do sistema florestal, que exibe novamente uma biota rica, representa o estabelecimento de uma comunidade clímax.

Está correto o que se afirma em:

a) I, II, III e IV, apenas.

b) I, IV e V, apenas.

c) I e V, apenas.

d) I, II e V, apenas.

e) IV e V, apenas.

03. (UERN) Acerca das sucessões ecológicas, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) Os conjuntos populacionais passam constantemente por alterações abruptas e descontinuas com o passar do tempo.

( ) O fim da sucessão secundaria sempre resulta em uma comunidade clímax composta pelas mesmas populações que existiam antes da derrubada.

( ) A relação entre a produção e o consumo em um ecossistema em sucessão e maior que um.

( ) A presença das espécies pioneiras facilita a retenção da umidade, diminui a temperatura da superfície e a protege contra a ação do vento.

( ) A sucessão primaria tem início em ambientes cujas comunidades sofreram grandes perturbações, comprometendo a estabilidade do estágio clímax da sucessão.

A sequência está correta em:

a) F, F, F, V, V.

b) F, F, V, V, F.

c) V, F, F, V, F.

d) V, V, V, V, V.

04. (UENP) Leia o texto a seguir.

A sucessão pode ocorrer em uma área abandonada pelo mau uso do solo ou por exaustão da fertilidade, inicialmente apresentam um processo pioneiro de propagação no solo por plantas bem primitivas que são capazes de viverem da água e da “rocha viva” ou dos horizontes mineralizados do solo.

(INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Manual Técnico da Vegetação Brasileira. 2.ed. 2012.)

Assinale a alternativa que indica o tipo de sucessão ecológica caracterizada nesse texto e sua correta definição.

a) Sucessão clímax: expressa o máximo de desenvolvimento possível do ecossistema.

b) Sucessão de seres: descreve as primeiras espécies vegetais que conseguem se estabelecer.

c) Sucessão primária: o substrato não era previamente ocupado por organismos.

d) Sucessão secundária: o substrato já foi anteriormente ocupado por uma comunidade.

e) Sucessão final: as mudanças resultam de processos biológicos internos à comunidade.

05. (UNESP) A figura mostra uma antiga área de cultivo em processo de recuperação ambiental.

(www.google.com.br)

Já os gráficos representam alterações que ocorrem nessa área durante o processo de recuperação.

Durante o processo de sucessão secundária da área, em direção ao estabelecimento de uma comunidade clímax florestal, os gráficos que representam o número de espécies de gramíneas, a biomassa, o número de espécies de arbustos e a diversidade de espécies são, respectivamente:

a) II, III, III e II.

b) III, I, III e II.

c) II, I, III e II.

d) I, III, II e I.

e) I, III, I e III.

06. (UEM) Sobre sucessão ecológica, assinale o que for correto.

01. Uma plantação agrícola com produtividade elevadíssima, desde o preparo da terra até a colheita, é um exemplo de comunidade clímax.

02. A sucessão ecológica primária é o processo de colonização de um ambiente anteriormente destituído de vida.

04. A comunidade onde a biodiversidade e a biomassa aumentam é denominada clímax.

08. A sucessão ecológica secundária é aquela que ocorre em locais desabitados, mas anteriormente habitados por comunidade biológica cujo equilíbrio foi rompido natural ou artificialmente.

16. Líquens, gramíneas, algas microscópicas do plâncton são exemplos de espécies pioneiras sem as quais a sucessão ecológica não aconteceria em regiões inóspitas.

Soma das alternativas corretas:

07. (IFMG) Em uma sucessão ecológica, uma comunidade pode se desenvolver gradualmente até atingir a maturidade, isto é, um equilíbrio relativo com as condições ambientais. Esse processo se inicia com a instalação de uma população pioneira que pode ser representada pelos liquens. Sobre esses seres vivos, é incorreto afirmar que:

a) São associações de mutualismo entre fungo e alga.

b) São bons indicadores de poluição ambiental.

c) Nessa relação a alga absorve água e sais minerais do solo, fornecendo-os aos fungos.

d) Na sucessão ecológica são capazes de modificar o ambiente e são substituídos por outras espécies de plantas e animais.

08. (FUVEST) Considere as seguintes comparações entre uma comunidade pioneira e uma comunidade clímax, ambas sujeitas às mesmas condições ambientais, em um processo de sucessão ecológica primária:

I. A produtividade primária bruta é maior numa comunidade clímax do que numa comunidade pioneira.

II. A produtividade primária líquida é maior numa comunidade pioneira do que numa comunidade clímax.

III. A complexidade de nichos é maior numa comunidade pioneira do que numa comunidade clímax.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) I e III.

09. (UEPG) Sucessão ecológica pode ser definida como um processo gradativo de colonização de um habitat, em que a composição das comunidades vai se alterando ao longo do tempo. Assinale o que for correto sobre essas etapas de sucessão.

01. O aparecimento de novos nichos ecológicos durante a sucessão ecológica leva a diminuição da biodiversidade, visto que a quantidade de indivíduos capazes de viver naquele local diminui como resultado da competição entre eles.

02. A cada estágio do processo de sucessão, os organismos da comunidade provocam alterações no habitat e no clima, levando à formação de novos nichos ecológicos, os quais propiciam a chegada de novas espécies.

04. A decomposição de matéria orgânica é prejudicial às etapas de sucessão ecológica, pois contribui para a colonização de bactérias e fungos, por exemplo.

08. Uma área de floresta desmatada pode sofrer sucessão primária de maneira rápida, visto que as condições iniciais são desfavoráveis à vida.

16. Dunas de areia, cujo solo dificilmente retém água e nutrientes, podem ser colonizadas por gramíneas, consideradas espécies pioneiras, as quais possuem raízes que ajudam na estabilização do solo, contribuindo para a chegada de outros organismos.

Soma das alternativas corretas:

10. (UEA) O gráfico representa a variação no número de indivíduos de determinada espécie em um ambiente em processo de sucessão.

Com base nos dados do gráfico, é correto afirmar que:

a) A produtividade primária líquida é mínima a partir do mês 9.

b) A produtividade primária bruta decresce ao longo desse processo.

c) A capacidade de carga aumenta à medida que a população cresce.

d) A resistência ao meio desaparece após o mês 9.

e) A biomassa diminui a partir do mês 6.

11. (UCS) A sucessão ecológica é o processo de colonização de um ambiente por seres vivos. Com o passar dos anos, os organismos que habitam um determinado local vão sendo substituídos por outros. São exemplos de espécies pioneiras em um processo de sucessão ecológica na superfície de uma rocha:

a) Liquens e briófitas.

b) Anelídeos e platelmintos.

c) Angiospermas e gimnospermas.

d) Pteridófitas e artrópodes.

e) Nematoides e insetos.

12. (PUC-RIO) “Krakatau, uma ilha do tamanho de Manhattan, localizada entre Java e Sumatra, foi destruída em 1883 após uma série de poderosas erupções vulcânicas. Apenas um pequeno pedaço da ilha original permaneceu acima do nível do mar. Essa pequena ilha, chamada de Rakata, não possuía qualquer vida, era uma ilha estéril. Mas a vida logo começou a surgir novamente…”

WILSON, E. O. Diversidade da vida. Companhia das Letras, 1992. Adaptado.

Quando o biólogo E. O. Wilson diz que “a vida logo começou a surgir novamente”, ele estava se referindo a que fenômeno ecológico?

a) Sucessão secundária.

b) Biomagnificação.

c) Sucessão primária.

d) Insularização.

e) Isolamento geográfico.

13. (UPE) Um pesquisador levantou fotos antigas e atuais, entrevistou moradores, analisou imagens de satélites e visitou diversas áreas da Floresta Amazônica, procurando conhecer os diferentes estágios de sucessão em áreas degradadas e preservadas. Organizou as informações e propôs 3 etapas.

1ª ETAPA: ILUSTRAÇÃO DA DEGRADAÇÃO PROGRESSIVA

Fonte: Monitoramento da cobertura florestal da Amazônia

por satélites (2007-2008). http://www.obt.inpe.br/deter

2ª ETAPA: ATIVIDADE DEGRADADORA

I. Retirada de madeira e queimada.

II. Corte Raso.

III. Recorrência de queimada.

IV. Extração seletiva de Madeira.

3ª ETAPA: CARACTERÍSTICAS ECOLÓGICAS DA SUCESSÃO

A. Área em processo inicial de sucessão, com poucas espécies e espaço para ser colonizado por espécies pioneiras arbustivas ou rasteiras.

B. Permanência apenas das espécies do sub-bosque, com solo exposto para colonização por espécies pioneiras arbustivas ou rasteiras.

C. Área com redução de espécies da comunidade clímax, estimulando a sucessão secundária a partir de árvores jovens que compõem o sub-bosque.

D. Estágio, no qual permanecem algumas poucas espécies da comunidade clímax, predominando espécies do sub-bosque.

Assinale a alternativa que apresenta a correlação correta entre Ilustração, Atividade Degradadora e Características ecológicas da sucessão:

a) 1-I-A; 2-II-C; 3-III-B; 4-IV-D.

b) 1-IV-B; 2-II-A; 3-I-C; 4-III-D.

c) 1-III-B; 2-IV-A; 3-II-C; 4-I-D.

d) 1-I-D; 2-III-B; 3-IV-A; 4-II-C.

e) 1-IV-C; 2-I-D; 3-III-B; 4-II-A.

14. (ETEC) Existem regiões da Terra que não favorecem a vida de seres vivos, devido ao clima e as condições do solo. No entanto, essas regiões podem ser eventualmente colonizadas por certas espécies, genericamente denominadas espécies pioneiras, que conseguem se instalar e suportar as severas condições desses ambientes. Essa colonização vai modificando progressivamente o ambiente, pois haverá acúmulo de material orgânico no solo, aumentando a quantidade de nutrientes disponíveis e permitindo que ocorra maior retenção de água. As novas espécies que chegam competem com as pioneiras e vão gradativamente substituindo-as. As sucessivas gerações de plantas e animais que nascem, crescem, morrem e se decompõem tornam o solo cada vez mais rico em matéria orgânica e umidade. Esse processo complexo, em que há mudança das comunidades ao longo do tempo, é denominado sucessão ecológica e a comunidade estável formada e conhecida como comunidade clímax. Sobre o processo descrito no texto, assinale a alternativa correta.

a) Os organismos que se sucedem não influenciam o ambiente que os rodeia, de modo que esse se torna cada vez mais inadequado aos seres vivos.

b) Quando se atinge um estágio de estabilidade em uma sucessão, a comunidade formada apresenta apenas seres vivos produtores de matéria orgânica.

c) Numa região, sob as mesmas condições climáticas gerais, se estabelecem espécies pioneiras que impedem o desenvolvimento de novas espécies.

d) Durante o processo de evolução de uma comunidade ou sucessão ecológica, se observa o aumento de complexidade das cadeias alimentares.

e) O processo de sucessão ecológica termina quando se estabelece na região uma comunidade de espécies pioneiras.

15. (IFSul) Sucessão ecológica representa o processo de mudanças sucessivas nas comunidades que compõem um ecossistema. Durante esse processo, vários eventos ocorrem, ao longo da sucessão, até o estabelecimento de uma comunidade estável. Sobre esses eventos, são feitas as seguintes afirmações:

I. A produtividade primária bruta aumenta no início do processo, depois se estabiliza.

II. A diversidade das espécies aumenta, assim como a biomassa, atingindo o máximo no clímax.

III. A reciclagem dos nutrientes aumenta no início do processo, tornando-se mais rápida.

IV. As cadeias alimentares tornam-se mais simples, pois aumenta o número de nichos ecológicos.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I, III e IV.

b) I, II e III.

c) II, III e IV.

d) I, II e IV.

16. (UEPG) Em linhas gerais, é possível prever o tipo de sucessão ecológica que ocorrerá em determinado local, pois a comunidade biológica ali presente tende a evoluir até atingir um ponto, denominado clímax, condicionado pelas características físicas e climáticas do local. Em relação à sucessão ecológica, assinale o que for correto.

01. Com o aumento da biodiversidade da comunidade, aumenta o número total de indivíduos capazes de viver no local e, portanto, aumenta a biomassa do ecossistema em sucessão.

02. O máximo de homeostase é atingido quando a sucessão atinge o clímax, um estado de estabilidade compatível com as condições da região.

04. O aparecimento de novos nichos ecológicos durante a sucessão ecológica leva a diminuição da diversidade de espécies na comunidade, ou seja, diminuição da diversidade biológica local.

08. O crescimento da teia de relações entre os componentes da comunidade permite a esta ajustar-se cada vez mais às variações impostas pelo meio, com consequente diminuição da homeostase.

16. Na comunidade clímax, a biodiversidade, a biomassa e as condições microclimáticas são facilmente alteradas em períodos curtos de tempo.

Soma das alternativas corretas:

1 7. (UEM) Analise as afirmativas sobre sucessão ecológica e assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A sucessão ecológica é regulada pela comunidade biológica e também pelos fatores abióticos que podem limitar a extensão do desenvolvimento das espécies.

02. Ao longo do processo de sucessão, observa-se aumento na diversidade de espécies, aumento de nichos ecológicos e diminuição da produtividade primária líquida.

04. As espécies pioneiras são fundamentais para a sucessão, pois promovem alterações ambientais que propiciam o estabelecimento das comunidades intermediárias.

08. Os liquens são considerados indicadores de comunidades clímax, uma vez que necessitam de condições favoráveis, como sombra e umidade, para sobreviverem.

16.O processo de sucessão secundária ocorre logo após a sucessão primária e apresenta maior diversidade de espécies e de indivíduos.

Soma das alternativas corretas:

18. (UNISINOS)

Vulcão Calbuco em erupção

(Disponível em http://msalx.veja.abril.com.br/2015/04/23/0847/pe6Cx/alx_vulcao-20150423-26_original.jpeg?1429789771. Acesso em 30 abr. 2015.)

Em abril deste ano, o vulcão chileno Calbuco, situado a 1.000 quilômetros ao sul de Santiago, voltou a entrar em erupção expelindo cinzas e lava. Após o cessamento da atividade vulcânica e o resfriamento da lava, haverá a formação de um novo terreno desabitado de organismos, no qual ocorrerá uma recolonização através da sucessão ecológica.

Sobre o processo de sucessão ecológica, avalie as proposições abaixo e marque V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas.

( ) O acontecimento de uma perturbação e o surgimento de um sítio desprovido de vida é chamado de nudação.

( ) A sucessão ecológica é dita secundária quando ocorre em um ambiente totalmente desabitado.

( ) Ecese é o estabelecimento e o crescimento das primeiras plantas pioneiras.

( ) A comunidade que é substituída ao longo do tempo é chamada de comunidade seral.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) F – F – F – V.

b) F – V – F – V.

c) V – F – F – V.

d) V – V – F – V.

e) V – V – F – F.

19. (UEPG) Ao longo da sucessão, as comunidades que se instalam sofrem mudanças em sua estrutura. Com relação às principais mudanças que ocorrem ao longo da sucessão ecológica, assinale o que for correto.

01. A composição de espécies de uma comunidade muda rapidamente no início da sucessão, é mais lenta nos estágios intermediários, mantendo-se aproximadamente constante no clímax.

02. A diversidade inicial de uma sucessão é baixa, havendo predomínio de heterótrofos.

04. A teia alimentar torna-se mais complexa ao longo da sucessão.

08. A biomassa aumenta do estágio inicial até o clímax.

16. Ao longo da sucessão ocorre o aumento na diversidade de espécies e no número de heterótrofos. Às vezes, a diversidade de espécies pode declinar um pouco no clímax, quando a diversidade é estável.

Soma das alternativas corretas: (01 04 08 16)

20. (UFPB) Com o passar dos anos, observa-se que os diferentes ambientes sofrem modificações, ocasionadas tanto por fenômenos naturais como pela interferência humana. A esse processo denomina-se sucessão ecológica. A figura a seguir representa o esquema de uma sucessão ecológica:

AMABIS E MARTHO. Biologia das Populações.

v3. São Paulo: Ed. Moderna, 2005, p. 389.

Com base na figura e nos conhecimentos acerca desse processo, é correto afirmar:

a) A comunidade que se estabelece, ao final da sucessão ecológica, é a mais estável possível.

b) As espécies que iniciam o processo de sucessão ecológica são denominadas espécies clímax.

c) A diversidade de espécies da comunidade que se estabelece é mantida.

d) As relações ecológicas entre as espécies que se estabelecem diminuem.

e) As mudanças que ocorrem na população não alteram o ambiente.

Publicado por: Djalma Santos | 9 de novembro de 2017

TESTES DE FOTOSSÍNTESE (III)

01. (UERJ) Em um experimento, os tubos I, II, III e IV, cujas aberturas estão totalmente vedadas, são iluminados por luzes de mesma potência, durante o mesmo intervalo de tempo, mas com cores diferentes. Além da mesma solução aquosa, cada tubo possui os seguintes conteúdos:

01a

A solução aquosa presente nos quatro tubos tem, inicialmente, cor vermelha. Observe, na escala abaixo, a relação entre a cor da solução e a concentração de dióxido de carbono no tubo.

01b

Os tubos I e III são iluminados por luz amarela, e os tubos II e IV por luz azul. Admita que a espécie de alga utilizada no experimento apresente um único pigmento fotossintetizante. O gráfico a seguir relaciona a taxa de fotossíntese desse pigmento em função dos comprimentos de onda da luz.

01c

Após o experimento, o tubo no qual a cor da solução se modificou mais rapidamente de vermelha para roxa é o representado pelo seguinte número:

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV.

02. (Mackenzie) Considere as afirmações abaixo:

I. A maior parte do gás oxigênio da atmosfera provem da fotossíntese realizada por plantas da floresta amazônica.

II. O gás oxigênio produzido na fotossíntese resulta da hidrólise da água e acontece na fase de claro do processo.

III. Todo processo de fotossíntese resulta na produção de açúcar e gás oxigênio.

IV. Além das plantas e algas, as cianobactérias e algumas bactérias têm capacidade de realizar a fotossíntese.

Estão corretas, apenas,

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I e IV.

e) II e IV.

03. (PUC-MG) O processo fotossintético ocorre em duas etapas: a fase clara e a fase escura. Nas Angiospermas, a fotossíntese ocorre nos cloroplastos.

03

Observando-se o esquema dado, é correto afirmar, exceto:

a) A fotólise da água ocorre em 1.

b) A liberação de oxigênio ocorre em 2.

c) A liberação de ATP e NADPH2 ocorre em 1.

d) A utilização de água e de CO2 ocorre respectivamente em 1 e 2.

04. (PUCC) Observe o gráfico a seguir.

04

Pode-se afirmar que o fator limitante de II é

a) A temperatura, o que é confirmado por I.

b) A temperatura, o que é confirmado por III.

c) O gás carbônico, o que é confirmado por I.

d) O gás carbônico, o que é confirmado por III.

e) A luz, o que é confirmado por III.

05. (UECE) A fotossíntese ou o processo pelo qual a energia radiante do Sol é capturada e transformada em matéria orgânica é, sem dúvida, fundamental para a existência da enorme diversidade de vida existente sobre a Terra. Sobre a fotossíntese é correto afirmar que:

a) as plantas C3 atingem suas taxas máximas de fotossíntese (TMF) em intensidades de radiação solar relativamente baixas.

b) a produção de matéria orgânica acontece pelo Ciclo de Calvin, fase clara do processo.

c) as plantas C4 só atingem as taxas máximas de fotossíntese sob baixas intensidades de radiação solar.

d) a transformação do CO2 em matéria orgânica produz a energia acumulada pelo ATP.

06. (UNESPAR) Com base nos conhecimentos sobre fotossíntese, assinale a afirmativa correta.

a) Somente seres eucariontes como Euglenas, Diatomáceas, Algas pardas, Algas vermelhas, Algas verdes e Plantas são capazes de realizar a fotossíntese.

b) O oxigênio produzido na fotossíntese é proveniente da quebra da molécula de CO2 absorvido pelas plantas.

c) Os pigmentos fotossintéticos, representados principalmente pelas clorofilas, ficam imersos na membrana dos tilacoides, formando os chamados complexos antena, responsáveis por capturar a energia luminosa.

d) No processo de fotossíntese são produzidos glicídios que são transportados por meio do xilema para todas as partes da planta que não realizam fotossíntese.

e) A clorofila necessita absorver o máximo de energia luminosa, por isso absorve com maior eficiência os comprimentos de onda das luzes verde e amarelo, nas quais a fotossíntese é mais intensa.

07. (UNICENTRO) Sobre os processos que ocorrem durante a etapa fotoquímica da fotossíntese, considere as afirmativas a seguir.

I. Fotofosforilação do ATP que perde fosfato.

II. Fotólise da água.

III. Liberação de O2.

IV. Redução do NAPD a NADPH2.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

08. Uma das folhas de uma planta foi parcialmente coberta com uma tira de papel-alumínio, como mostra a figura abaixo:

08

Durante alguns dias, essa planta foi exposta à luz uniforme. A respeito desse experimento, são feitas as seguintes afirmativas:

I. A região coberta torna-se amarelada por causa da destruição da clorofila.

II. As regiões não cobertas da folha apresentarão maior quantidade de amido que a porção coberta.

III. Na região coberta, os processos prejudicados são a quebra da molécula de água e a produção de ATP.

Assinale:

a) se todas forem corretas.

b) se somente I e II forem corretas.

c) se somente II e III forem corretas.

d) se somente I for correta.

e) se somente II for correta.

09. (UNESP) Um químico e um biólogo discutiam sobre a melhor forma de representar a equação da fotossíntese. Segundo o químico, a equação deveria indicar um balanço entre a quantidade de moléculas e átomos no início e ao final do processo. Para o biólogo, a equação deveria apresentar as moléculas que, no início do processo, fornecem os átomos para as moléculas do final do processo. As equações propostas pelo químico e pelo biólogo são, respectivamente:

09

10. (PUC-SP) Uma determinada espécie do grupo das traqueófitas (plantas vasculares) tem grande área foliar, garantindo a absorção de energia luminosa para realizar com sucesso o processo de fotossíntese. Nesse processo, além da luz, há utilização de:

a) Gás carbônico e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo floema.

b) Oxigênio e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo floema.

c) Gás carbônico e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo xilema.

d) Oxigênio e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo xilema.

11. (UEL) Os ritmos biológicos manifestam-se em períodos de tempo que podem variar de milissegundos até anos. Muitos desses ritmos estão associados ao ciclo geofísico chamado de claro/escuro, o qual é de suma importância para todas as espécies que possuem pigmentos fotossintetizantes. Com base nos conhecimentos sobre fotossíntese, considere as afirmativas a seguir.

I. Na presença da luz, o dióxido de carbono (CO2), necessário à fotossíntese, chega às células fotossintetizantes através dos estômatos, estruturas presentes nas folhas.

II. Na fase química, ocorrem a quebra da molécula de água, o transporte de elétrons com produção de NADPH, a síntese de ATP e, como resultado, a fixação de carbono.

III. As plantas chamadas de C4 são abundantes em ambientes que disponibilizam pouca luz, muita água, temperatura baixa, e possuem uma menor demanda energética por necessitarem de menos ATP para fixar o carbono.

IV. Para que ocorra a fotossíntese, são necessários os pigmentos, as enzimas e os fatores abióticos que podem variar na quantidade ou na intensidade com que estão disponíveis nos diferentes ambientes.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

12. (PUC-RIO) O gráfico abaixo representa a absorção de luz pelos diferentes pigmentos envolvidos na fotossíntese e a taxa fotossintética de uma planta em diferentes comprimentos de onda.

12

De acordo com o gráfico, avalie as seguintes afirmativas.

I. A fotossíntese ocorre com maior intensidade nas faixas de comprimento de onda de 450 nm e 650 nm e com pouca eficiência nas faixas de comprimento de onda entre 500 nm e 600 nm.

II. Pigmentos como carotenoides e clorofila b impossibilitam a fotossíntese das plantas.

III. Caso uma planta seja exposta diariamente somente ao comprimento de onda de 460 nm, ela morrerá.

Está correto o que se afirma em:

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas I e II.

d) Apenas II e III.

e) I, II e III.

13. (FMJ) As plantas e a maioria das algas realizam a fotossíntese por meio do cloroplasto, organela membranosa composta internamente pelo estroma e os tilacoides. Nos tilacoides, as moléculas de clorofila absorvem a energia luminosa que:

a) reduz o NADP+ a NADPH, e o ATP a ADP, liberando energia suficiente para unir moléculas de H2O e CO2, formando glicose e O2.

b) decompõe as moléculas de H2O, liberando O2 e prótons H+ que reduzem o NADP+ a NADPH e tal redução fornece energia para a conversão do ADP a ATP.

c) decompõe moléculas de H2O em O2 e prótons H+, que fosforilam o ADP a ATP, liberando energia para unir o NADPH e o CO2, formando glicose.

d) oxida o NADPH a NADP+ e H+, e o ATP a ADP, liberando energia suficiente para converter o CO2 em moléculas de glicose e O2.

e) reduz o NADP+ a NADPH, e fosforila o ADP a ATP, que fornece energia suficiente para decompor as moléculas de H2O e liberar O2.

14. (FEI-SP) Os fatores externos limitantes da fotossíntese são:

a) Concentração de O2.
b) Concentração de dióxido de carbono, água, oxigênio e luz.
c) Concentração de O2, água, oxigênio, luz e temperatura.
d) Concentração de dióxido de carbono, água, luz e temperatura.
e) Clorofila, água e luz.

15. (Unitau) O processo fotossintético, principal mecanismo autotrófico, é realizado por organismos clorofilados, como plantas, alguns protistas, bactérias fotossintetizantes e cianobactérias, que, desse modo, produzem seu próprio alimento. Na fotossíntese realizada por esses organismos, com exceção das bactérias, gás carbônico e água são usados para a síntese de carboidratos, havendo, ainda, a liberação de oxigênio na atmosfera. A fotossíntese (que significa síntese a partir da luz) é um processo em que o organismo transforma a energia solar em energia química, através de reações luminosas e da fixação do carbono, utilizando, nesse processo, alguns nutrientes, como o nitrogênio, o fósforo e o potássio. Em relação à fotossíntese, analise as afirmativas.

I. A fotossíntese ocorre nos cloroplastos e é realizada em maior intensidade em tecidos como o parênquima clorofiliano das folhas. O processo é dividido em duas etapas: as reações luminosas, no estroma do cloroplasto, e as reações de fixação de carbono, na membrana do tilacoide.

II. Na fotossíntese, verificam-se dois fotossistemas ligados por uma cadeia transportadora de elétrons: o fotossistema I e o fotossistema II. O fotossistema I absorve luz com comprimentos de onda de 700 nm, ou mais. O fotossistema II absorve comprimentos de onda de 680 nm, ou menos.

III. Cloroplastos são um grupo de organelas específicas de células vegetais, que apresentam características semelhantes às mitocôndrias, como a membrana dupla, o DNA próprio e a origem endosimbionte.

IV. Fotossistemas são unidades nos cloroplastos, em que estão inseridas as clorofilas a e b e os carotenoides. Nos fotossistemas, são reconhecidas duas porções: o complexo antena e o centro de reação. O complexo antena tem moléculas de pigmento que captam a energia luminosa e as levam para o centro de reação, que é um local rico em proteínas e clorofila.

V. Os pigmentos da fotossíntese são as clorofilas, verde-azuladas, e os carotenoides, alaranjados. São dois os tipos de clorofila: a e b. A clorofila a ocorre em todos os seres clorofilados e absorve luz na região próxima ao azul e ao violeta. A clorofila b é acessória, e como os carotenoides, não converte a energia. Após absorver a luz, transfere para a clorofila a a energia do fóton, para a conversão.

Está correto o que se afirma em:

a) I e II, apenas.

b) I, II e III, apenas.

c) II, III e V, apenas.

d) II, III, IV e V, apenas.

e) I, II, III, IV e V.

16. (FPS) Mudanças no clima do planeta alteram fatores abióticos que influenciam o comportamento fisiológico das plantas. Por exemplo, o processo fotossintético das plantas é afetado pelas concentrações de CO2, temperatura e luminosidade ambientais, dentre outros. Considerando seus conhecimentos botânicos, é correto afirmar que:

a) Em condições ideais de temperatura e luminosidade, plantas submetidas a altas concentrações de CO2 abrem seus estômatos e têm aumentadas as taxas de fotossíntese.

b) Em condições ideais de concentração de gás carbônico e luminosidade, plantas submetidas a temperaturas crescentes fecham seus estômatos e têm diminuídas as taxas de fotossíntese.

c) Em condições ideais de concentração de gás carbônico e temperatura, plantas submetidas a alta intensidade luminosa abrem seus estômatos e têm aumentadas as taxas de fotossíntese.

d) Em condições ideais de temperatura e luminosidade, o baixo suprimento hídrico da planta estimula a abertura dos estômatos e o aumento das taxas de fotossíntese.

e) Em condições ideais de concentração de gás carbônico e luminosidade, o alto suprimento hídrico da planta estimula a fechamento dos estômatos e o aumento das taxas de fotossíntese.

17. (UEPG) A fotossíntese é um processo celular pelo qual a maioria dos seres autotróficos produz substâncias orgânicas. Assinale o que for correto sobre os eventos e características deste processo.

01. O ciclo das pentoses ocorre nas membranas dos tilacoides e é composto de reações que incluem a absorção de luz, fixação do carbono e liberação de ATP e CO2.

02. Os glicídios produzidos na fase clara da fotossíntese são utilizados durante a reprodução da planta, fase da vida na qual a demanda de energia é maior.

04. A fotossíntese ocorre nos cloroplastos. As etapas de absorção de luz, transporte de elétrons e produção de ATP são catalisadas por enzimas da membrana tilacoide. As reações que levam à produção de glicídios, a partir de CO2, são catalisadas por enzimas no estroma do cloroplasto.

08. A fotossíntese tem início com a absorção de energia luminosa por moléculas de clorofila. A energia luminosa excita elétrons da clorofila, os quais passam por cadeias transportadoras de elétrons, quando então são transferidos de um aceptor para outro, liberando parte da energia captada na forma de luz.

Soma das alternativas corretas: (04,08)

18. (PUC-PR) Analise o esquema a seguir que representa a fotossíntese realizada por organismos autótrofos.

18

A fotossíntese alimenta direta ou indiretamente a maior parte das formas de vida sobre a Terra. Sobre o processo de fotossíntese, é correto afirmar:

a) Na fase do escuro ou fotólise da água, há produção de ATP e NADPH2, que serão utilizados na fase de claro (ciclo das pentoses).

b) Tanto a fotossíntese como a respiração envolvem reações de redox. Na fotossíntese, o CO2 é quebrado e os elétrons são transferidos junto com os íons hidrogênio para a água e glicose.

c) No ciclo de Calvin, ocorre a fixação do carbono. O poder redutor do NADPH2 propicia a formação de ATP produzidos na fase escura.

d) O oxigênio resultante do processo de fotossíntese deriva da água (fotólise da água) e não do gás carbônico.

e) Existe relação entre a fase do claro e do escuro, o O2 e o ATP produzidos na fase de claro são utilizados na fase do escuro para produzir glicose e energia.

19. (UFLA) A figura abaixo representa o processo de fotossíntese, no qual ocorre liberação de oxigênio (O2) para a atmosfera.

19

Assinale a alternativa correta que indica a origem do desprendimento do oxigênio (O2):

a) É proveniente do CO2.

b) É proveniente da água.

c) É proveniente da glicose.

d) É proveniente da clorofila.

20. (MACK) O processo de fotossíntese é considerado em duas etapas: a fotoquímica ou fase de claro e a química ou fase de escuro. Na primeira fase não ocorre:

a) produção de ATP.

b) produção de NADPH2.

c) produção de O2.

d) fotólise da água.

e) redução do CO2.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 9 de novembro de 2017

TESTES SOBRE GRUPOS SANGUÍNEOS (V)

01. (UEA) Com o objetivo de realizar alguns testes, Mário forneceu uma amostra de seu sangue, cujo tipo em relação ao sistema ABO é desconhecido. Dessa amostra desconhecida foram isolados o soro e as hemácias. Em seguida, foram realizados os testes indicados no esquema.

A partir dos resultados dos testes realizados, é correto afirmar que o tipo sanguíneo de Mário é:

a) O e não apresenta aglutininas anti-A e anti-B.

b) A e apresenta aglutinina anti-B.

c) B e apresenta aglutinina anti-A.

d) AB e não apresenta aglutininas anti-A e anti-B.

e) O e apresenta aglutininas anti-A e anti-B.

02. (UNESP) A transfusão de sangue do tipo B para uma pessoa do grupo A resulta em:

a) reação de anticorpos anti–B do receptor com os glóbulos vermelhos do doador.

b) reação dos antígenos B do receptor com os anticorpos anti–B do doador.

c) formação de anticorpos anti–A e anti–B pelo receptor.

d) nenhuma reação, porque A é receptor universal.

e) reação de anticorpos anti–B do doador com antígenos A do receptor.

03. (UniEvangélica-Anápolis) Analise o esquema das transfusões, no sistema ABO, consideradas de menor risco.

Quando, em uma transfusão, uma pessoa recebe um tipo de sangue incompatível com o seu, as hemácias transferidas vão se aglutinando assim que penetram na circulação, formando aglomerados compactos que podem obstruir os capilares, prejudicando a circulação do sangue. Assinale a alternativa que indica o motivo que leva à formação desses aglomerados, nas transfusões incompatíveis no sistema ABO.

a) Uma ruptura na parede do vaso sanguíneo expõe proteínas que atraem plaquetas que iniciam a coagulação, a conversão de componentes líquidos do sangue em um aglomerado sólido.

b) Proteínas plasmáticas atuam como tampões contra as variações de pH, auxiliando na manutenção do balanço osmótico entre o sangue e o líquido intersticial; além disso contribuem para a viscosidade do sangue.

c) Os tipos sanguíneos são caracterizados pela presença ou não de certas substâncias na membrana das hemácias, os aglutinogênios, e pela presença ou ausência de outras substâncias, as aglutininas, no plasma sanguíneo.

d) O sangue incompatível, quando injetado no receptor, provoca produção gradativa de anticorpos. Esses anticorpos formarão os aglomerados. Conclui-se então que existe um tipo de antígeno na hemácia.

04. (PUC-SP) Sofia e Isabel pertencem ao grupo sanguíneo AB e são casadas, respectivamente com Rodrigo e Carlos, que pertencem ao grupo sanguíneo O. O casal Sofia e Rodrigo tem um filho, Guilherme, casado com Joana, filha de Isabel e Carlos. Qual a probabilidade de o casal Guilherme e Joana ter um descendente que pertença ao grupo sanguíneo O?

a) 75%.

b) 50%.

c) 25%.

d) 12.5%.

e) zero.

05. (IFB) Leia o texto abaixo e responda esta questão

Cientistas americanos afirmam ter criado células vermelhas do sangue a partir de células-tronco embrionárias de seres humanos. A equipe, da empresa de biotecnologia Advanced Cell Techonology, em Massachusetts, acredita que a descoberta trará esperança para milhões de pessoas que precisam de transfusões de sangue. Eles disseram que um dos maiores feitos da experiência foi conseguir que as novas células expelissem seu núcleo, assim como fariam dentro do organismo. Este processo previne que elas continuem a se multiplicar e eventualmente se tornem cancerígenas. No entanto, não foi possível obter células do tipo O negativo, conhecido como doador sanguíneo universal. Isso porque nenhuma das células-tronco embrionárias realizadas na experiência era O negativo.

“No entanto, não foi possível obter células do tipo O negativo, conhecido como doador sanguíneo universal. Isso porque nenhuma das células-tronco embrionárias realizadas na experiência era O negativo.” Essa dificuldade limita o resultado da pesquisa considerando-se, entre outros aspectos, que o sangue do tipo O negativo:

a) É desprovido de aglutininas anti A e anti B.

b) É um parâmetro indicador de paternidade pela simples presença na descendência de um indivíduo do tipo sanguíneo O negativo.

c) É condicionado hereditariamente, em relação ao sistema ABO e Rh por genótipo homozigoto e recessivo.

d) Sintetiza aglutinógenos A e B.

e) Induz no organismo receptor a produção de aglutininas anti Rh.

06. (FCM-PB) Se um homem do grupo sanguíneo AB se casa com uma mulher do grupo sanguíneo AB, que grupos sanguíneos esse homem e essa mulher esperam que seus filhos tenham?

a) Apenas AB.

b) Apenas B.

c) A, B, AB, e O.

d) Apenas O.

e) Apenas A, AB e B.

07. (UEM) Considere os conceitos genéticos sobre o sistema ABO e sobre as transfusões sanguíneas e assinale o que for correto.

01. O sangue do grupo O pode ser doado para indivíduos com sangue dos grupos O, A, B e AB.

02. Se o sangue do doador contém aglutinogênios A, o sangue do receptor pode conter aglutininas anti-A.

04. Não havendo aglutinação do sangue com o soro ant-A e nem com o soro anti-B, o indivíduo pertence ao grupo AB.

08. Indivíduos pertencentes ao grupo O são destituídos de aglutininas e possuem aglutinogênios A e B.

16. O sangue do grupo B pode ser doado para indivíduos com sangue dos grupos AB e B.

Soma das alternativas corretas:

08. (CEFET–ES) SANGUE POLIVALENTE

“Descoberta que transforma todos os sangues em tipo O poderá revolucionar o serviço de transformação sanguínea […] O salto admirável dos pesquisadores foi desenvolver em laboratório, duas bactérias que destroem os antígenos A, B e AB, anulando a capacidade de reação com sangues diferentes.”

ISTO É, pág. 70 – abril de 2007.

Sobre o sistema sanguíneo ABO indique a alternativa correta:

a) os três alelos que determinam os fenótipos do sistema sanguíneo ABO podem estar presentes, ao mesmo tempo, nas células de um indivíduo normal.

b) os alelos IA, IB e i possuem relação de dominância simples entre si que pode ser expressa da seguinte maneira: IA > IB > i.

c) para cada fenótipo do sistema sanguíneo ABO, observa-se a formação de antígenos diferentes na membrana das hemácias.

d) uma mulher com sangue do tipo AB pode vir a ter um filho O, desde que se trate do fenótipo Bombaim.

e) a probabilidade de um homem do tipo sanguíneo AB casado com uma mulher do tipo A, cujo pai é do tipo O, ter uma filha do tipo sanguíneo A é de 1/2.

09. (EMESCAM) Paula, portadora do aglutinogênio B e sem o antígeno Rh nas hemácias, casou-se com Thiago, portador dos aglutinogênios A e B e do antígeno Rh. Sabendo-se que a mãe de Paula não possui aglutinogênios do sistema ABO e que a mãe de Thiago apresenta, no soro, IgG anti-Rh, conclui-se que a probabilidade deste casal vir a ter uma criança Rh positiva e com sangue do grupo A é de:

a) 1/8.

b) 9/16.

c) 3/16.

d) 1/4.

e) 1/2.

10. A descoberta dos sistemas sanguíneos ABO e Rh teve grande impacto na área médica, pois permitiu realizar transfusões de sangue apenas entre pessoas de grupos sanguíneos compatíveis. Uma pessoa com sangue do tipo AB/Rh pode doar sangue para:

a) Pessoas com sangue do tipo A/Rh+.

b) Pessoas com sangue do tipo O/Rh.

c) Pessoas dom sangue do tipo B/Rh.

d) Pessoas com sangue do tipo AB/Rh+.

11. (UEPG) No plasma de um indivíduo do grupo sanguíneo B:

a) existem os aglutinogênios A e B.

b) existem a aglutinina anti-A.

c) existe a aglutinina anti-B.

d) existem as aglutininas anti-A e anti-B.

e) existe o aglutinogênio B.

12. Um casal Rh+ tem dois filhos Rh+ e um Rh. A mulher vai dar a luz ao quarto filho. Qual a probabilidade desta criança ser uma menina e possuir o antígeno fator Rh em suas hemácias?

a) 1/4.

b) 3/4.

c) 1/2.

d) 1/8.

e) 3/8.

13. O avô paterno de uma mulher pertence ao grupo sanguíneo AB e todos os outros avós são do grupo O. Qual a probabilidade de esta mulher ser do grupo AB?

a) Nula.

b) 25%.

c) 50%.

d) 75%.

e) 100%.

14. (PUC-RS) Antônio, que pertence ao grupo sanguíneo B, casa-se com Renata, que é do grupo A. O primeiro filho desse casal apresenta o grupo sanguíneo O. Qual a probabilidade de que o próximo filho deste casal seja do grupo sanguíneo A?

a) 0%.

b) 25%.

c) 50%.

d) 75%.

e) 80%.

15. (UFU) Em um determinado banco de sangue, há tipos sanguíneos disponíveis nas seguintes quantidades:

Um paciente, após sofrer um grave acidente, necessitou receber uma transfusão sanguínea. Naquele momento, não havia disponíveis reagentes para a determinação do tipo sanguíneo do paciente. Dessa forma, o responsável pelo banco de sangue, que é do grupo B, fez o seguinte procedimento: colocou seu sangue em contato com o soro do paciente e observou que não ocorreu aglutinação. Entretanto, ao colocar seu soro em contato com o sangue do paciente, houve reação de aglutinação. Tendo descoberto, por meio desse procedimento, o tipo sanguíneo do paciente, o responsável pelo banco de sangue verificou que, para a transfusão, estavam disponíveis:

a) 35 l de sangue.

b) 28 l de sangue.

c) 46 l de sangue.

d) 20 l de sangue.

16. (URCA) Um homem de grupo sanguíneo O e fator Rh negativo para não ter problemas de incompatibilidade na doação, deve receber sangue:

a) A Rh.

b) B Rh.

c) AB Rh.

d) AB Rh+.

e) O Rh.

17. Um homem que não possui aglutininas em seu sangue é acusado por uma mulher doadora universal de ser pai de seu filho. Sabendo que o sangue desse filho não reage com as aglutininas Anti-A e Anti-B, podemos concluir que o homem citado:

a) Não é o pai, pois seu tipo sanguíneo é O e não poderia ter filho A ou B.

b) Não é o pai, pois seu tipo sanguíneo é AB e não poderia ter filho O.

c) Não é o pai, pois seu tipo sanguíneo é diferente do tipo da criança.

d) É o pai, pois seu tipo sanguíneo permite ter um filho com o tipo sanguíneo citado.

e) É o pai, pois seu tipo sanguíneo é AB e poderia ter filho O.

18. (UDESC) Assinale a alternativa correta em relação ao tipo sanguíneo na seguinte situação: um casal tem três filhos, sendo que dois filhos possuem o tipo sanguíneo O, e um filho possui o tipo sanguíneo A.

a) A mãe possui o tipo sanguíneo O, e o pai o tipo A heterozigoto.

b) A mãe possui o tipo sanguíneo A heterozigoto, e o pai o tipo O heterozigoto.

c) A mãe e o pai possuem o tipo sanguíneo AB.

d) A mãe possui o tipo sanguíneo O, e o pai o tipo sanguíneo A homozigoto.

e) A mãe possui o tipo sanguíneo O, e o pai o tipo sanguíneo AB homozigoto.

19. (UFVJM) Um casal tem cinco filhos, dos quais dois são do grupo sanguíneo A, um filho é do grupo B, uma filha do grupo AB e outra filha do grupo O. Sabe-se que o sistema sanguíneo ABO é condicionado por três genes alelos múltiplos (IA, IB, i), e que, os genes IA e IB apresentam entre si uma relação de co-dominância e ambos são dominantes em relação ao gene i. O fenótipo dos pais dos cinco indivíduos citados é:

a) AB x O.

b) AB x AB.

c) A x B.

d) O x O.

20. (UNISINOS) Os grupos sanguíneos ABO foram descobertos, no início do século XX, pelo cientista austríaco Karl Landsteiner. Ele colheu amostras de sangue de diversas pessoas, isolou-as e fez diferentes combinações entre plasma e hemácias, tendo como resulta do a presença de aglutinação dos glóbulos, em alguns casos, e sua ausência, em outros. No sistema ABO, observa-se que, nas hemácias, ocorrem dois tipos de proteínas (antígenos), denominadas aglutinogênios A e B, responsáveis pela determinação do fenótipo sanguíneo (A, B ou O). Já no plasma sanguíneo, ocorrem outras duas proteínas (anticorpos), denominadas aglutininas anti-A e anti-B, que podem aglutinar os aglutinogênios (A ou B, respectivamente).

(Disponível em http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/

51/Blo od_Compatibility.svg. Acesso em 13 abr. 2012).

Com base nessas informações, é correto afirmar que:

a) Os indivíduos com tipo sanguíneo AB podem doar sangue para qual quer indivíduo, independente de seu tipo sanguíneo, sem problemas de aglutinação.

b) Os indivíduos pertencentes ao grupo AB são desprovidos de quaisquer aglutinogênios ou aglutininas.

c) Os indivíduos portadores de sangue tipo A possuem aglutinogênios A e aglutininas anti-A.

d) Os pertencentes ao grupo B possuem aglutinogênios e aglutininas anti-B.

e) Os indivíduos do grupo O possuem aglutininas anti-A e aglutininas anti-B, porém não possuem aglutinogênios.

Publicado por: Djalma Santos | 9 de novembro de 2017

TESTES DE ASSUNTOS DIVERSOS (6)

01. (UFPel) A figura abaixo mostra duas bactérias da espécie Caulobacter crescentus em processo de reprodução individual.

Com base nos textos e em seus conhecimentos sobre nomenclatura e reprodução em bactérias, é correto afirmar que:

a) A bactéria do gênero Caulobacter crescentus reproduz-se por conjugação bacteriana, em que há troca de DNA entre as bactérias pelas ”caudas”.

b) A espécie Caulobacter crescentus reproduz-se por transdução, em que o DNA de uma bactéria doadora é transferido para outra através de uma terceira bactéria.

c) A bactéria relatada no texto, que tem como epíteto específico Caulobacter, reproduz-se por divisão binária, em que há troca de DNA entre as bactérias.

d) A bactéria do gênero Caulobacter, apresenta reprodução por conjugação bacteriana, em que o DNA de uma bactéria é transferido para outra, via vírus bacteriófago.

e) A bactéria relatada no texto, que pertence ao gênero Caulobacter e apresenta como epíteto específico crescentus, reproduz-se por divisão binária.

02. (UNESP) No desenho abaixo de longa metragem Rio, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha, em uma das cenas, Blu, um macho de ararinha- azul (Cyanopsitta spixii), fala para a fêmea que está tentando conquistar:

Está com calor? Acho que estou suando! Nem sabia que era biologicamente possível. Olha!

E mostra para a companheira sua axila suada.

Considerando a fisiologia das aves, pode-se afirmar corretamente que:

a) As aves suam. As aves, assim como os demais vertebrados, são endotérmicos e mantêm a temperatura corporal a partir do calor gerado pelo próprio metabolismo, o que implica necessitarem de glândulas sudoríparas para dissipar o calor do corpo.

b) As aves suam. Dentre os vertebrados, apenas as aves e os mamíferos são endotérmicos e utilizam o calor externo para manter alto o metabolismo, o que implica necessitarem de glândulas sudoríparas para dissipar o calor do corpo.

c) As aves não suam. Embora sejam endotérmicas e mantenham a temperatura corporal a partir do calor gerado pelo metabolismo, as aves não apresentam glândulas sudoríparas, mas apresentam outros mecanismos fisiológicos de controle da temperatura corporal.

d) As aves não suam. As aves constituem-se no grupo mais aparentado aos répteis e, como eles, são ectotérmicas e utilizam o calor externo para manter alto o metabolismo, razão pela qual não têm glândulas sudoríparas, mas apresentam outros mecanismos fisiológicos de controle da temperatura corporal.

e) As aves não suam. Dentre os vertebrados, apenas os mamíferos são ectotérmicos e utilizam o calor externo para manter alto o metabolismo, o que implica que apenas eles apresentam glândulas sudoríparas e mecanismos fisiológicos de controle de temperatura corporal.

03. (UERJ) Em um laboratório, inoculou-se em um rato, previamente mantido em jejum prolongado, o aminoácido alanina marcado com 14C. Após algum tempo, a incorporação de 14C foi medida em quatro substâncias extraídas de diferentes órgãos desse animal:

– glicose, do fígado.

– histidina, do tecido muscular.

– acetilcolina, do cérebro.

– ácido oleico, do tecido adiposo.

Sabendo-se que a alanina, após ser desaminada, produz ácido pirúvico, a eficiência de marcação pelo isótopo radioativo deverá ter sido maior na seguinte substância:

a) Glicose.

b) Histidina.

c) Acetilcolina.

d) Ácido oleico.

04. (UEM) Assinale o que for correto sobre organelas, células e tecidos.

01. As células das folhas do milho são procarióticas.

02. A fotossíntese e a cadeia respiratória da respiração aeróbica ocorrem, respectivamente, nos cloroplastos e nas mitocôndrias.

04. Os meristemas secundários felogênio e câmbio promovem o crescimento em espessura das plantas.

08. Os leucócitos, associados ao mecanismo de defesa do organismo, são elementos figurados do tecido sanguíneo.

16. O tecido epitelial reveste e protege as superfícies de animais, além de elaborar secreções diversas.

Soma das alternativas corretas:

05. (UECE) A pesquisa científica é um conjunto de procedimentos sistemáticos, baseados no raciocínio lógico, que têm por objetivo encontrar soluções para os problemas propostos, mediante o emprego de métodos científicos. A observação, o questionamento e a formulação de hipóteses são importantes ferramentas do método científico. Entende-se como hipótese:

a) O teste da dedução ou novas observações para testar a dedução.

b) A realização de dedução previsível e possível.

c) Uma análise crítica dos fatos.

d) Uma declaração que antecipa a relação entre duas ou mais variáveis.

06. (FPS) Estima-se que os primeiros organismos eucariotos surgiram há dois bilhões de anos, sendo estes mais complexos em morfologia e funcionamento que seus predecessores, as bactérias e arqueobactérias.  Contudo, esses seres vivos apresentam uma série de características em comum, tais como metabolismo, hereditariedade e variabilidade genética. Sobre este assunto, assinale a alternativa correta.

a) Organismos eucariotos multicelulares, de diferentes reinos e filos, apresentam células com mesmo número e volume, que se reproduzem através de mitoses sucessivas.

b) Reações metabólicas celulares de “síntese por desidratação” geram água como produto; no citosol este é o solvente universal, capaz de dissolver sais, açúcares e gases.

c) Os ribossomos apresentam a mesma função em células procariontes e eucariontes, sintetizando proteínas com número de nucleotídeos e conformações espaciais semelhantes.

d) As reservas de celulose, nas algas e vegetais; e de glicogênio, nos fungos e animais, fornecem energia para o trabalho celular nesses organismos.

e) Dentre os lipídios, o colesterol é importante na síntese de hormônios esteroides e membranas celulares dos animais vertebrados e vegetais superiores.

07. (UCS) Analisando um organismo em laboratório, um biólogo constatou nele as seguintes características:

– Organismo multicelular com tecidos verdadeiros.

– Ausência de clorofila.

– Obtenção de alimento por ingestão.

– Organismo heterotrófico.

O organismo analisado pertence a qual dos seguintes reinos?

a) Protista.

b) Fungi.

c) Animalia.

d) Plantae.

e) Monera.

08. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Os gêneros Trichonympha e Trichomona são protozoários flagelados que parasitam intestino de insetos.

02. Triatoma infestans e Trypanosoma cruzi são formas infestantes em diferentes estágios de desenvolvimento, que provocam a doença de Chagas.

04. Larvas ciliadas, denominadas miracídio, penetram no caramujo do gênero Biomphalaria, onde ocorre a fase assexuada do ciclo da esquistossomose.

08. A defesa interna de nosso organismo é efetuada por fagócitos, principalmente os macrófagos, que são células livres que vivem nos tecidos e, também, por neutrófilos, que são os leucócitos do sangue que se deslocam para os tecidos, quando necessário.

16. Hipotireoidismo e hipertireoidismo são resultantes de disfunções da glândula tireoide, sendo que o primeiro pode provocar o cretinismo em crianças e o segundo, a exoftalmia.

32. O enfisema pulmonar, provocado principalmente pela bronquite crônica e hábito de fumar, caracteriza-se pela obstrução completa da artéria pulmonar ou um de seus ramos.

Soma das alternativas corretas:

09. (PUC-SP)

Com relação à tira de quadrinhos acima, um estudante fez três afirmações:

I. As borboletas são insetos holometábolos, ou seja, apresentam metamorfose total, que inclui as fases de ovo, larva, pupa e adulto.

II. Larvas de borboletas, alimentando-se de folhas, atuam como consumidores primários em sua comunidade.

III. As flores que produzem néctar podem ser de gimnospermas ou de angiospermas.

Pode-se considerar:

a) Apenas uma delas correta.

b) Apenas I e II corretas.

c) Apenas I e III corretas.

d) Apenas II e III corretas.

d) I, II e III corretas.

10. (IFPE) O método científico como conhecemos hoje foi o resultado direto da obra de inúmeros pensadores. Esses estudos culminaram no “Discurso do Método”, de René Descartes, no qual ele coloca alguns importantes conceitos que permeiam toda a trajetória da ciência até a atualidade. Qual a sequência correta das etapas de uma investigação científica, com o intuito de obter resultados o mais confiáveis possível?

a) A observação, a formulação de uma hipótese, a experimentação, a interpretação dos resultados e, por fim, a conclusão.

b) A formulação de uma hipótese, a observação, a experimentação, a interpretação dos resultados e, por fim, a conclusão.

c) A observação, a experimentação, a formulação de uma hipótese, a interpretação dos resultados e, por fim, a conclusão.

d) A experimentação, a formulação de uma hipótese, a observação, a interpretação dos resultados e, por fim, a conclusão.

e) A formulação de uma hipótese, a experimentação, a observação, a interpretação dos resultados e, por fim, a conclusão.

11. (UFPA) Nos protozoários, os cílios e flagelos são estruturas celulares relacionadas com a motilidade em meio líquido ou semilíquido. Essas estruturas são diferenciadas pelo comprimento, pelo número na célula e ainda pelo tipo de movimento. São exemplos de organismos dotados de cílios:

a) Entamoeba histolytica e Trichomonas vaginalis.

b) Euglena viridis e Giardia lamblia.

c) Entamoeba coli e Trypanosoma cruzi.

d) Balantidium coli e Paramecium aurelia.

e) Leishmania brasiliensis e Plasmodium vivax.

12. (PUC-GO)

“A moça, ah, coitadinha, vai amuada, nem tartamudez se ouve dela e sequer se arrisca a olhar nos olhos de ninguém. Sua vista está pendurada como ramos depois de derramada chuva, com foco pro chão, e parece que nem viva está por completo.” (LOURENÇO, 2011).

Os seres vivos compartilham determinadas características que os distinguem da matéria inerte. A respeito dessas características, analise as proposições abaixo:

I. Reprodução e metabolismo.

II. Estrutura pluricelular e nutrição.

III. Excitabilidade e adaptação.

IV. Mutação e estrutura celular igual.

Em relação às proposições analisadas, assinale a única alternativa cujos itens contenham características comuns a todos os seres vivos:

a) I e II.

b) II e IV.

c) II e III.

d) I e III.

13. (UFSC) Identifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas com relação às funções  biológicas das proteínas.

(   ) A actina e a miosina são proteínas componentes do músculo esquelético e, na presença de ATP são responsáveis pela contração muscular.

(   ) A ferritina é uma proteína presente em um número restrito de células e responsável pelo  armazenamento e transporte de ferro.

(   ) A caseína é uma proteína encontrada no leite e importante fonte de aminoácidos.

(   ) Os anticorpos são sintetizados por plasmócitos, derivados dos linfócitos B, responsáveis pela  imunidade humoral.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

a) V – F – F – V.

b) F – V – V – F.

c) V – F – V – V.

d) V – V – V – V.

e) F – V – F – F.

14. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Todas as bactérias são organismos unicelulares procariontes nitrificantes.

02. Protozoários são organismos unicelulares eucariontes.

04. Diatomáceas são organismos unicelulares componentes do fitoplâncton.

08. Cianobactérias são eucariontes clorofilados que realizam a fixação do nitrogênio.

16. Fungos participam de associações denominadas micorrizas.

32. Os vírus são organismos extremamente simples pertencentes ao reino Monera.

64. Líquens constituem associações entre algas e fungos.

Soma das alternativas corretas:

15. (UNIMONTES) Um trabalho científico foi realizado para avaliar a qualidade de uma determinada planta. Os esquemas abaixo estão relacionados com esse trabalho. Analise-os.

Considerando o assunto abordado e os esquemas apresentados, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa a parte experimental evidenciada do trabalho.

a) I.

b) II e II.

c) I, II e III.

d) I, II, III e IV.

16. (PUC-GO) “Carrego em minhas células sombrias…” (ANJOS, 1998).

O trecho acima destacado faz referência à unidade morfofuncional dos seres vivos, a célula, elemento fundamental à vida. A célula pode, dentro de suas características específicas, apresentar funções das mais variáveis e, por meio delas, determinar o diferencial da sobrevivência. Considere, em sua análise, as proposições a seguir:

I. As bactérias são seres pluricelulares aclorofilados que apresentam um cromossomo circular, que é constituído por uma única molécula de DNA.

II. Os Espongiários apresentam, internamente, a parede do corpo revestida por células denominadas coanócitos. O flagelo existente nessas células, por meio de seu batimento, promove um contínuo fluxo de água do ambiente para o átrio do animal. A essa água estão misturados restos orgânicos e microrganismos, que são capturados e digeridos.

III. Uma diferença importante entre o sangue dos Artrópodes e o dos vertebrados é que, nesses últimos, há grande quantidade de “células” – glóbulos brancos e vermelhos –, ao passo que nos Artrópodes essa quantidade é muito reduzida.

IV. A excreção dos Anelídeos é realizada para a superfície do corpo e ocorre através das células-flama.

Em relação às proposições analisadas, assinale a única alternativa cujos itens estão todos corretos:

a) I e II.

b) I e IV.

c) II e III.

d) II e IV.

17. (UNICAP)

I  II

0  0 – Uso de calçados e eliminação higiênica das fezes humanas (I); cozinhar totalmente a carne de porco (II) e destruição de caramujos planorbídeos (III) são medidas profiláticas que previnem, respectivamente, o amarelão, a teníase e a esquistossomose.

1  1 – A figura abaixo representa a porção filtradora do néfron. Observe a figura, a fim de responder a este item (1 1).

Em b, durante a ultrafiltração, há uma brutal passagem de água do plasma para o interior da cápsula, sendo arrastado com essa água um pequeno percentual de íons Na+, Cl, Ca++ e substâncias diversas, como aminoácidos, glicose, vitaminas e excretas nitrogenadas, como a ureia, em pequena quantidade.

2  2 – Considerando o heredograma abaixo, a probabilidade de o indivíduo no 5 ser O, Rh, MN é 1/16.

3  3 – Sabendo-se que culturas de cana são obtidas através do plantio de pedaços de colmos e que cultura de subsistência de milho é obtida pelo plantio de sementes colhidas pelo agricultor, pode-se afirmar que a cana apresenta maior potencial que o milho para enfrentar uma alteração do ambiente.

4 4 – O sistema circulatório dos insetos não permite rápida circulação do sangue, mas esses animais podem conseguir grandes quantidades de energia rapidamente, porque suas células não dependem do sangue para receber oxigênio.

18. (UEM) Assinale o que for correto.

01. No ciclo de vida do Plasmodium, a fase denominada de merozoíto ocorre no interior do mosquito.

02. Entre os anelídeos, as classes Oligochaeta e Polichaeta possuem desenvolvimento direto, enquanto a classe Hirudinea possui desenvolvimento indireto.

04. A rainha das abelhas do gênero Apis pode colocar dois tipos de ovos, de acordo com o tamanho das células da colmeia: ovos fecundados que originam fêmeas diploides; e ovos não fecundados que originam machos haploides.

08. O pâncreas produz, entre outras secreções, a tripsina e a quimotripsina em suas formas inativas, denominadas, respectivamente, de tripsinogênio e quimotripsinogênio.

16. Os excretas nitrogenados, como a amônia, são altamente tóxicos para as larvas de peixes, mas são atóxicos para as larvas aquáticas de animais terrestres, como os girinos.

32. Nos peixes teleósteos, a circulação é simples e o coração consiste de duas câmaras: o átrio, onde circula sangue venoso; e o ventrículo, onde circula sangue arterial.

64. Os hormônios que estimulam a secreção em glândulas endócrinas são chamados hormônios trópicos, tais como os hormônios hipofisários tireoideotrópicos, adrenocorticotrópicos e gonadotrópicos.

Soma das alternativas corretas:

19. (UFU) A beleza da plumagem de diversas aves é retratada em obras de muitos artistas plásticos, principalmente em pinturas, dado o colorido intenso das penas. Sobre as penas desses animais, é correto afirmar que:

a) São coloridas, porque as aves apresentam dimorfismo sexual, ou seja, é possível sempre distinguir o sexo dos pássaros apenas por observação de características externas.

b) Fazem parte do esqueleto das aves e, portanto, quando caem, não podem ser repostas, dificultando o voo e prejudicando a manutenção da temperatura interna corporal.

c) Contribuem, no caso de muitas espécies, no processo de reprodução, uma vez que os machos possuem diferenças na coloração ou no padrão da plumagem, o que atrai as fêmeas para a cópula.

d) São impermeáveis, porque possuem glândulas mucosas para lubrificá-las, como acontece com os anfíbios, e muito coloridas, para afastar possíveis predadores.

20. (UFTM) Um professor de ciências construiu, junto com seus alunos, um terrário contendo água, terra, plantas e alguns animais. Eis algumas características dos seres selecionados:

PLANTAS

1. Vasculares, com cutícula, criptógamas e com tubo polínico.

2. Vasculares, com sementes, dupla fecundação e com ovários.

ANIMAIS

3. Circulação fechada, metameria, moela e celomados.

4. Circulação aberta, presença de rádula, triblásticos e massa visceral.

5. Circulação aberta, metameria, grupo de maior biodiversidade e ocorrência de mudas.

Alguns possíveis representantes de 1 a 5, respectivamente, são:

a) Samambaia, orquídea, pulga, sanguessuga e caracol.

b) Musgos, grama, caramujo, poliqueta e formiga.

c) Samambaia, violeta, minhoca, girino e tatuzinho de jardim.

d) Liquens, capim, lesma, minhoca e joaninha.

e) Avenca, bromélia, sanguessuga, lesma e pulga.

 

Publicado por: Djalma Santos | 2 de novembro de 2017

TESTES DE HISTOLOGIA ANIMAL (7)

01. (UPE) A imagem a seguir corresponde a um tecido animal no qual há emancipação / diferenciação de uma célula sobre as outras.

01

Considerando que a evolução e a variabilidade genética das espécies podem ser resultantes de causas diversas e, com base na figura acima, analise as afirmativas a seguir:

I. A imagem representa um tipo de tecido no qual poderão acontecer os mecanismos de segregação na meiose, a fecundação e o crossing-over, etapas do processo de recombinação gênica.

II. O processo que está ocorrendo nesse tecido pode promover novas combinações de genes e, consequentemente, o aparecimento de novas espécies de células.

III. O processo observado na imagem corresponde à mutação de uma célula, que, se for de origem somática, resultará da interação de fatores genéticos e ambientais.

IV. Se considerarmos a célula verde da imagem uma recombinação deletéria, ela será eliminada pela seleção natural que levará à produção de novos genes, sistemas e órgãos.

V. A imagem mostra uma célula cancerígena que poderá ter se originado por meio de mutações somáticas em genes, que controlam a replicação das células ou a morte destas.

Está correto, apenas, o que se afirma em:

a) I, II e III.

b) II, III e IV.

c) III e IV.

d) II, III e V.

e) III e V.

02. (Unespar) Seja um doador de medula óssea. Para se tornar doador você precisa ter entre 18 e 55 anos de idade e estar em bom estado geral de saúde e não ter ingerido bebida alcoólica, nas últimas 24 horas. Os doadores preenchem um formulário com dados pessoais e é coletada uma amostra de 5ml de sangue para análise. Em caso de compatibilidade com um paciente, você é consultado se deseja ser doador. É possível se cadastrar como doador voluntário de medula óssea nos hemocentros. Tudo seria muito simples e fácil, se não fosse o problema da compatibilidade entre as células do doador e do receptor. A chance de encontrar uma medula compatível é, em média, de uma em cem mil!

Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/orientacoes/site/homeinformacoes_sobre_doacao_

de_medula_ossea. Acesso em:11/07/2016.

Sobre a medula óssea, é correto afirmar que:

a) A medula óssea vermelha é formada por um tipo especial de tecido conjuntivo chamado de sanguíneo.

b) A medula óssea é um tecido que ocupa o espaço dentro da coluna vertebral.

c) É um tecido líquido-gelatinoso que ocupa o interior dos ossos, sendo conhecido popularmente por “tutano”.

d) Na medula óssea são produzidos os componentes dos ossos: os osteócitos, osteoblastos e osteoclastos.

e) Transplante de medula óssea é um tipo de tratamento proposto para algumas doenças que afetam as células dos ossos, como por exemplo o câncer ósseo.

03. (Unioeste) De acordo com as alternativas abaixo, assinale a correta.

a) Qualquer medula óssea tem função hematopoiética.

b) Linfócitos B produzem anticorpos e podem ser do tipo citotóxico.

c) Fibroblastos, camada papilar e melanócitos são elementos que caracterizam a derme.

d) Multipolar e bipolar são tipos de neurônios, células especializadas em conduzir impulso nervoso.

e) O tecido conjuntivo propriamente dito é amplamente distribuído no organismo; tem como funções preenchimento e isolamento térmico.

04. (UEPG) Os tecidos conjuntivos formam-se do mesênquima, um tecido embrionário originado da mesoderme e têm como característica a presença de grande quantidade de substância intercelular. Assinale o que for correto sobre as células e características deste tipo de tecido.

01. O tecido conjuntivo cartilaginoso possui como células principais os osteócitos, formados a partir de osteoblastos. Tem função de sustentação e também permitem a flexibilidade dos membros, visto que possuem sais de cálcio e fibras em sua constituição.

02. O tecido conjuntivo adiposo é rico em células que acumulam gordura, os adipócitos, os quais funcionam como reserva de energia e proteção contra o frio. Este tecido pode ser encontrado ainda envolvendo alguns órgãos, protegendo-os contra traumas durante os movimentos do corpo.

04. O tecido conjuntivo propriamente dito sustenta e nutre tecidos que não possuem vascularização, como o epitelial. É encontrado abaixo do epitélio e em volta de órgãos, preenchendo os espaços e fazendo a ligação entre dois tecidos diferentes.

08. O tecido conjuntivo ósseo pode ser dividido em hialino (constituído de poucas fibras e presentes nos membros de sustentação do corpo) e elástico (constituído de muitas fibras colágenas e presente principalmente na coluna vertebral).

Soma das alternativas corretas:

05. (UDESC) Analise as proposições em relação aos tecidos animais.

I. Os tecidos conjuntivos apresentam pouca variabilidade celular e também pouco material intercelular.

II. Os tecidos conjuntivos possuem pouca capacidade de regeneração.

III. Os tecidos epiteliais podem ter a função de absorção e de secreção.

IV. O tecido muscular liso é constituído por células alongadas (fibras) com capacidade de contração rápida e voluntária.

V. As células do tecido nervoso apresentam como característica principal uma grande capacidade de regeneração.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas III e V são verdadeiras.

d) Somente a afirmativa III é verdadeira.

06. (FAMERP) A figura ilustra um corte do tegumento de um animal invertebrado.

06

Com base na figura, é correto afirmar que o animal que possui esse tegumento:

a) possui grande facilidade de se desidratar.

b) vive obrigatoriamente em ambiente aquático.

c) elimina excretas nitrogenadas por difusão.

d) realiza respiração cutânea.

e) realiza trocas periódicas do exoesqueleto.

07. (Unisc) Em relação ao tecido conjuntivo, marque a alternativa incorreta.

a) Os tecidos conjuntivos contêm células produtoras de anticorpos e células que fagocitam agentes infecciosos.

b) Os tecidos conjuntivos formam as cápsulas de muitos órgãos e as malhas que sustentam as células em suas posições, mantendo a estrutura dos órgãos.

c) Substâncias que vão do sangue para outros tecidos atravessam os tecidos conjuntivos.

d) Células numerosas, como os fibroblastos encontram-se nos tecidos conjuntivos, que produzem as fibras de proteínas e a substância amorfa.

e) Os tecidos conjuntivos são avasculares e apresentam diversos tipos de células, separadas por abundante substância intersticial amorfa, em que se encontram fibras de proteínas.

08. (UPF) As glândulas formam-se na fase embrionária da vida, a partir de uma superfície epitelial. Nas glândulas exócrinas, a parte mais profunda do cordão de células se desenvolve e assume a função secretora, enquanto o restante do cordão celular forma o ducto, pelo qual a secreção é eliminada para fora da glândula. Analise a figura abaixo, que apresenta três tipos de glândulas exócrinas.

08

Quanto à forma, as glândulas I, II e III são classificadas, respectivamente, como:

a) túbulo-acinosa / acinosa / tubulosa.

b) acinosa / tubulosa / apócrina.

c) ramificada / apócrina / tubulosa.

d) túbulo-acinosa / tubulosa / acinosa.

e) ramificada / acinosa / apócrina.

09. (UFLA) Desmossomos e microvilosidades são especializações celulares comumente observadas em:

a) Células nervosas.

b) Células epiteliais.

c) Células musculares.

d) Células conjuntivas.

10. (UNICAMP) O corpo humano é composto por pelo menos dois tipos de gordura. A mais comum é o tecido adiposo branco, um tipo perigoso que se acumula ao redor das vísceras e debaixo da pele, podendo causar obesidade e desencadear complicações metabólicas, como o diabetes tipo 2. A outra é o tecido adiposo marrom, que regula a produção de calor e, consequentemente, a temperatura corporal. Assinale a alternativa correta.

a) O tecido adiposo branco produz mais energia que o tecido adiposo marrom.

b) O tecido adiposo marrom não produz ATP, mas produz calor.

c) O tecido adiposo branco não produz ATP, mas produz calor.

d) O tecido adiposo branco produz ATP e calor.

11. (UFAM) O osso é um tecido conjuntivo especializado cuja matriz extracelular se encontra mineralizada. Sua classificação pode ser baseada em características tanto estruturais quanto morfológicas. Com relação à forma, os ossos podem ser classificados em: longos, curtos, planos, sesamoides, pneumáticos ou irregulares. Assinale a alternativa que correlaciona o osso e sua respectiva classificação quanto à forma:

a) fêmur (osso longo), tíbia (osso sesamoide), ossos do tarso (osso curto).

b) patela (osso irregular), vértebra (osso plano), etmoide (osso pneumático).

c) ulna (osso longo), ossos do carpo (osso curto), escápula (osso plano).

d) úmero (osso longo), osso parietal (osso plano), clavícula (osso curto).

e) cóccix (osso sesamoide), rádio (osso longo), ossos do metacarpo (osso pneumático).

12. (UFU) Observe os diferentes tecidos apresentados nas figuras I, II, III e IV.

12

As origens embrionárias dos tecidos são, respectivamente,

a) mesoderme, endoderme, mesoderme e ectoderme.

b) endoderme, ectoderme, mesoderme e mesoderme.

c) ectoderme, mesoderme, mesoderme e ectoderme.

d) ectoderme, mesoderme, endoderme e mesoderme.

13. (IFMG) As micrografias abaixo representam exemplos dos quatro tipos de tecidos encontrados no corpo humano:

13

Em relação a estes tipos e suas características principais, marque a alternativa correta:

a) O tecido epitelial ou epitélio, exemplificado por III, é formado por células justapostas, com pouca substância entre elas (substância intercelular). É classificado em dois tipos principais: epitélio de revestimento e epitélio glandular.

b) No tecido conjuntivo, exemplificado por II, as células ficam imersas em uma substância intercelular denominada matriz, composta por duas partes, uma amorfa e outra fibrosa. O único tipo celular encontrado neste tipo de tecido são os fibroblastos, responsáveis pela formação das fibras e da substância amorfa.

c) O tecido muscular, exemplificado por IV, é caracterizado por sua contratilidade e as células que formam esse tecido são os miócitos (fibras musculares). Há 3 tipos de tecido muscular: liso, estriado esquelético e estriado cardíaco.

d) O tecido nervoso, exemplificado por I, tem origem ectodérmica. Nele a substância intercelular praticamente não existe e o componente celular deste tecido se restringe aos neurônios.

14. (UEPG) Analise os itens abaixo e correlacione as funções/tipos celulares aos respectivos tecidos (listados nas alternativas) e assinale o que for correto.

I. Apresenta como funções a proteção, absorção e secreção de substâncias e a percepção de sensações.

II. Os fibroblastos e os condroblastos são exemplos de células presentes neste tecido.

III. Contém células especializadas no armazenamento de gordura (os adipócitos), as quais reservam energia.

IV. Permite a movimentação dos órgãos internos, como batimentos cardíacos, pulsação das artérias, eliminação das secreções e excreções pelas glândulas, entre outros.

01. I – Tecido epitelial.

02. II e III – Tecido conjuntivo.

04. IV – Tecido muscular.

08. I e II – Tecido nervoso.

16. II e IV – Tecido hematopoiético.

Soma das alternativas corretas:

15. (UFRR) Os tecidos conjuntivos formam-se do mesênquima e têm como característica grande substância intercelular: fazem parte dos tecidos conjuntivos:

a) tecido adiposo, tecido ósseo, tecido epitelial.

b) tecido cartilaginoso, tecido ósseo, tecido epitelial.

c) tecido adiposo, tecido ósseo, tecido conjuntivo propriamente dito.

d) tecido adiposo, tecido conjuntivo propriamente dito e epiderme.

e) tecido hematopoiético, tecido adiposo e tecido epitelial.

16. (UEA) A seta indica um disco intervertebral situado na coluna vertebral humana.

16

Os discos intervertebrais localizam-se entre as vértebras que compõem a coluna vertebral. São formados por um tecido _________ e uma de suas funções é a de ________.

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do texto.

a) muscular – produzir colágeno e elastina para a medula espinhal.

b) cartilaginoso – produzir os vasos sanguíneos das vértebras.

c) nervoso – conduzir impulsos elétricos

d) muscular – sustentar o corpo.

e) cartilaginoso – amortecer impactos.

17. (UNITINS) As características abaixo são encontradas em que tipo de tecido:

I. Origem mesodérmica.

II. Presença de muita substância intercelular (matriz intercelular).

III. Participa do processo de cicatrização.

IV. Presença de fibroblastos.

a) Tecido epitelial.

b) Tecido nervoso.

c) Tecido conjuntivo.

d) Tecido muscular.

e) Tecido sanguíneo.

18. (UECE) O tecido é um agrupamento de células e os animais apresentam 4 tipos de tecidos: epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso. Sobre os tecidos, é correto afirmar que:

a) os dois tipos celulares básicos do tecido nervoso são os neurônios (apresentam muitas formas e tamanhos) e as células gliais ou gliócitos (transmitem informações por sinais elétricos).

b) os tecidos epiteliais são classificados em epitélios de revestimento e glandulares e apresentam como principais funções a proteção, a percepção das sensações, a absorção e a secreção de substâncias.

c) existem os tecidos conjuntivos propriamente dito (adiposo, cartilaginoso, ósseo e hematopoiético) e especiais (frouxo, denso modelado ou tendinoso e denso não modelado ou fibroso).

d) os 3 tipos de tecidos musculares são esquelético (seu movimento é involuntário), cardíaco (encontrado no coração) e liso (constitui a maior parte da musculatura do corpo dos vertebrados).

19. (FPS) Considerando que as células abaixo realizam funções específicas nos tecidos conjuntivos, faça a correlação entre essas células e suas respectivas funções.

1. Condroblastos

2. Adipócitos

3. Plasmócitos

4. Fibroblastos

5. Osteoclastos

(  ) Síntese de substância amorfa da matriz extracelular.

(  ) Produção de anticorpos contra agentes invasores.

(  ) Degradação da matriz óssea e reciclagem tecidual.

(  ) Produção das fibras da matriz cartilaginosa.

(  ) Armazenamento de compostos energéticos.

A sequência correta é:

a) 3, 4, 1, 5, 2.

b) 4, 3, 5, 1, 2.

c) 5, 2, 1, 3, 4.

d) 1, 3, 2, 4, 5.

e) 4, 5, 1, 3, 2.

20. (UNIOESTE) Epitelial, cartilaginoso, ósseo, muscular e adiposo são tecidos corporais. De acordo com a afirmação anterior, assinale a alternativa que associa corretamente o tecido e as respectivas características.

TECIDO

1. Epitelial.

2. Cartilaginoso.

3. Muscular.

4. Ósseo.

5. Adiposo.

CARACTERÍSTICAS

I. Revestimento de cavidades e absorção.

II. Localização subcutânea e isolamento térmico.

III. Matriz formada por substâncias orgânicas e minerais.

a) 1 – I; 4 – III.

b) 1 – I; 2 – III.

c) 2 – III; 5 – I.

d) 3 – II; 4 – III.

e) 2 – III; 3 – II.

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 2 de novembro de 2017

TESTES SOBRE GRUPOS SANGUÍNEOS (IV)

01. (IFNMG) O exame de tipagem sanguínea é usado para determinar a qual grupo sanguíneo o paciente pertence, para assim fundamentar procedimentos de doação e transfusão sanguínea de acordo com a compatibilidade entre esses tipos de sangue. O exame é rápido e o resultado é instantâneo a partir da coleta de gotas de sangue numa lâmina e adição de reagentes específicos. Resultados desse exame são evidenciados na ilustração a seguir.

De acordo com a figura e o assunto relacionado, assinale a alternativa correta.

a) O resultado mostrado em (c) caracteriza o sangue AB por apresentar tanto os aglutinogênios A e B como as aglutininas Anti A e Anti B.

b) O resultado mostrado em (b) caracteriza um sangue tipo B, que se caracteriza por apresentar aglutininas anti B e pode ser doador para pessoas com sangue tipo B e AB.

c) O resultado mostrado em (d) caracteriza o sangue tipo O, que é doador universal, mas pode receber sangue apenas do mesmo tipo sanguíneo e apresenta os aglutinogênios A e B.

d) O resultado mostrado em (a) caracteriza uma amostra de sangue tipo A, que se caracteriza por apresentar aglutinogênio A e aglutinina anti B, podendo esse paciente receber sangue de indivíduos com sangue tipo A e O.

02. (FAMERP) Um homem do grupo sanguíneo AB e Rh negativo casa-se com uma mulher do grupo sanguíneo O e Rh positivo homozigoto. Os grupos sanguíneos dos descendentes desse casal podem ser

a) A ou AB, podendo ser Rh positivo ou Rh negativo.

b) A ou B, todos Rh negativo.

c) A ou B, todos Rh positivo.

d) A, B ou O, todos Rh negativo.

e) A, B ou AB, todos Rh negativo.

03. (IFMG) Analise o Heredograma abaixo, referente à ausência ou presença do fator Rh no sangue humano:

Qual é a probabilidade do casal I.1 x I.2 ter uma criança com Rh negativo?

a) 25%.

b) 50%.

c) 75%.

d) 100%.

04. (UFAM) O Sistema ABO foi inicialmente descrito pelo cientista austríaco Karl Landsteiner, no início do século XX, para caracterização dos grupos sanguíneos. Landsteiner isolou hemácias e plasma sanguíneo de diversos indivíduos, testando as diferentes combinações e percebeu que, em algumas delas, era observada a aglutinação das hemácias. Dos resultados obtidos, o pesquisador classificou os humanos em três grupos sanguíneos: A, B e O, tendo sido o tipo AB descoberto mais tarde. Considerando uma criança que apresenta sangue tipo A, filha de mãe do tipo AB e de pai do tipo A, qual é a probabilidade dessa criança ser homozigota para o seu tipo sanguíneo? Assinale a alternativa que anuncia a informação correta:

a) 25%, se o pai for heterozigoto, e 50%, se o pai for homozigoto.

b) 25%, se o pai for homozigoto, e 50%, se a mãe for homozigota.

c) 50%, se o pai for heterozigoto, e 25%, se a mãe for heterozigota.

d) 75%, se o pai for heterozigoto, e 25%, se a mãe for homozigota.

e) 75%, se o pai for homozigoto, e 25%, se o pai for heterozigoto.

05. (URCA) Uma mulher do grupo sanguíneo tipo “B”, cuja mãe é do grupo sanguíneo tipo “O”, casa-se com um homem doador universal. Os filhos do casal terão como prováveis grupos sanguíneos:

a) Grupo B ou AB.

b) Apenas grupo B.

c) Grupo AB ou O.

d) Grupo B ou O.

e) Apenas grupo O.

06. (UECE) Os genótipos do sistema sanguíneo ABO são representados pelos seguintes alelos múltiplos: IA, IB e i. As informações logo abaixo foram disponibilizadas a um estudante de biologia que pretende fazer uma prova de seleção de monitoria de Genética para a qual ele terá que escolher a única opção falsa. Dentre as afirmações a seguir, assinale a falsa.

a) Os alelos IA e IB são codominantes entre si e dominantes em relação ao alelo i.

b) Os alelos IA e IB podem se expressar em heterozigose e produzem, respectivamente, as aglutininas A e B.

c) O alelo i determina a ausência de aglutinogênios no sangue e expressa o tipo sanguíneo “O” somente pelo par recessivo ii.

d) É provável que uma mulher com sangue tipo “B” possa ter filhos com sangue do tipo “O”. Entretanto, basta somente que o tipo sanguíneo B seja expresso na forma homozigótica para que essa afirmação deixe de ser uma provável verdade.

07. (UEPG) Na espécie humana, existem aproximadamente 20 sistemas diferentes de classificação de grupos sanguíneos. Considerando-se o sistema ABO, assinale o que for correto.

01. Indivíduos do grupo O não apresentam aglutininas (anticorpos) no plasma e possuem anti-A e anti-B na superfície das hemácias.

02. Em um teste de tipagem sanguínea, um indivíduo com tipo sanguíneo AB não irá reagir nem com anti-A e nem com anti-B.

04. O pai do grupo sanguíneo A e a mãe do grupo sanguíneo B, ambos heterozigotos, podem gerar filhos dos grupos sanguíneos A, B, AB e O, nas mesmas proporções (25% de chance para cada tipo).

08. Os alelos IA e IB são codominantes e o alelo i é recessivo em relação aos alelos IA e IB.

Soma das alternativas corretas:

08. (Unemat) Na espécie humana há diferentes tipos sanguíneos, e a informação referente aos sistemas ABO e Rh orientam as possibilidades de transfusão sanguínea entre os diferentes grupos. Se um casal – cuja mulher tenha sangue O negativo e o homem A positivo, do qual a mãe era O negativo como sua esposa – esteja planejando ter filhos, qual a probabilidade de vir a ter uma menina que seja “doadora universal”?

a) 1/6.

b) 1.

c) 1/2.

d) 1/4.

e) 1/8.

09. (UNIPAR) Considerando um casal onde o homem possui o genótipo AB e a mulher é receptora universal. Os filhos deste casal poderão ter apenas os tipos sanguíneos:

a) A e AB.

b) A e B.

c) A e O.

d) A, B, O.

e) A, B, AB.

10. (FEEVALE) Carlos é hemofílico, ou seja, apresenta dificuldade de coagulação do sangue. Sua esposa é normal e não portadora do gene para hemofilia. Qual a probabilidade de uma filha normal desse casal ter filhos hemofílicos, independentemente do sexo, ao casar-se com um homem também normal para a hemofilia?

a) 0%.

b) 25%.

c) 50%.

d) 75%.

e) 100%.

11. (PUC-PR) Leia o fragmento de texto a seguir:

Faixa etária para doar sangue deve ser ampliada

Documento, em consulta pública, propõe que jovens com 16 e 17 anos e idosos entre 65 e 68 anos sejam incluídos na faixa etária para doar sangue.

O Ministério da Saúde quer ampliar o número de doações de sangue no Brasil. Para isso, colocou em consulta pública, nesta quarta-feira, dia 2 de junho, proposta que permite que jovens de 16 a 17 anos (mediante autorização dos pais) e idosos de 65 a 68 anos possam ser doadores de sangue. Atualmente, somente pessoas com idade entre 18 e 65 anos estão autorizadas a doar. O texto da medida – que faz parte da nova Política de Procedimentos Hemoterápicos – pode ser lido na página do Ministério da Saúde e receber sugestões da população até o dia 2 de agosto. Atualmente, no Brasil, são coletadas por ano, em média, 3,5 milhões de bolsas de sangue. O índice brasileiro de doadores é de aproximadamente 1,8% da população. De acordo com parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS), para manter os estoques regulares é necessário que 1% a 3% da população faça isso regularmente (…).

Disponível em: < http://www.bancodesangue.com.br/website/content/bancosangue/noticias/?idNoticia=118&gt;. Acesso em 08/05/2015.

Pelo baixo índice de doadores, é comum ouvirmos que um banco de sangue de uma cidade está solicitando sangue para um determinado procedimento médico. Imagine que um determinado banco de sangue veicula a seguinte solicitação: “O banco de sangue necessita, com a máxima urgência, de sangue tipo A positivo”. Considerando seus conhecimentos sobre os grupos sanguíneos, a pessoa que precisa da transfusão desse sangue pode possuir tipo sanguíneo e fator Rh dos tipos:

a) A; Rh negativo.

b) AB; Rh positivo.

c) O; Rh positivo.

d) O; Rh negativo.

e) AB; Rh negativo.

12. (UNESP) Sílvio e Fátima têm três filhos, um deles fruto do primeiro casamento de um dos cônjuges. Sílvio é de tipo sanguíneo AB Rh e Fátima de tipo O Rh+. Dentre os filhos, Paulo é de tipo sanguíneo A Rh+, Mário é de tipo B Rh e Lucas é de tipo AB Rh+. Sobre o parentesco genético nessa família, é correto afirmar que:

a) Paulo e Mário são irmãos por parte de pai e por parte de mãe, e Lucas é filho de Sílvio e não de Fátima.

b) Lucas e Mário são meios-irmãos, mas não se pode afirmar qual deles é fruto do primeiro casamento.

c) Paulo e Lucas são meios-irmãos, mas não se pode afirmar qual deles é fruto do primeiro casamento.

d) Paulo e Mário são meios-irmãos, mas não se pode afirmar qual deles é fruto do primeiro casamento.

e) Lucas e Mário são irmãos por parte de pai e por parte de mãe, e Paulo é filho de Sílvio e não de Fátima.

13. (UEMG) Ana Júlia está super preocupada porque ouviu dizer que, sendo ela Rh e seu namorado Emílio Rh+, não poderiam se casar e nem ter filhos, porque, senão, todos eles nasceriam com a doença hemolítica eritroblastose fetal, que os mataria logo após o nascimento. Do ponto de vista biológico, o melhor aconselhamento que poderia ser dado a Ana Júlia seria:

a) Não se preocupe porque a informação está totalmente incorreta. Risco de nascer bebês com a doença hemolítica eritroblastose fetal só existiria se vocês dois fossem Rh.

b) Realmente, o que você ouviu dizer está correto e vocês não podem ter filhos, porque todos eles apresentariam a doença hemolítica eritroblastose fetal e morreriam, durante a gestação, ou logo após o parto.

c) Não se preocupe porque a informação está completamente errada. O risco de nascer criança com a doença hemolítica eritroblastose fetal não está relacionado com o fator Rh, mas com o fator ABO, podendo ocorrer quando o pai for do grupo AB e a mãe do grupo O.

d) Realmente, essa situação favorece a ocorrência de eritroblastose fetal em bebês que sejam Rh+. Porém vocês podem perfeitamente se casarem e terem filhos, desde que seja feito um pré-natal adequado, com acompanhamento médico, que deverá tomar todas as medidas de profilaxia ou tratamento, se for necessário.

14. (PUC-SP) Na figura abaixo é mostrado o número de diferentes tipos sanguíneos do sistema ABO, em 200 pessoas analisadas:

Após a análise dos dados, pode-se afirmar que as hemácias de apenas:

a) 90 dessas pessoas poderiam ser doadas para um receptor portador de aglutinogênios A e B.

b) 25 dessas pessoas poderiam ser doadas para um receptor portador de aglutinina anti-A

c) 85 dessas pessoas poderiam ser doadas para um receptor portador de aglutinogênio A.

d) 80 dessas pessoas poderiam ser doadas para um receptor portador de aglutininas anti-A e anti-B.

15. (IFMG) Uma mulher Rh negativo casou-se com um homem Rh positivo e teve três filhos: o primeiro Rh positivo, o segundo Rh negativo e o terceiro Rh positivo. Considerando R como o alelo responsável pela presença do fator Rh no sangue, e r, o alelo responsável pela ausência, assinale a alternativa que apresenta a associação correta entre o indivíduo e seu genótipo:

a) Mãe – Rr.

b) Pai – Rr.

c) Primeiro filho – RR.

d) Segundo filho – Rr.

16. (IFSudeste-MG) O sangue humano pode ser classificado, segundo o Sistema ABO, em tipos: A, B, AB ou O. Sobre esse sistema, foram feitas afirmativas. Marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) Quando uma pessoa faz exame de sangue e descobre que tem sangue tipo A, ficou conhecido o seu fenótipo.

( ) Considerando um casal, em que a mulher tem sangue tipo A (heterozigoto) e o homem, tipo B (heterozigoto), poderão ter filhos com sangue do tipo A, B, AB ou O.

( ) O tipo sanguíneo O é considerado receptor universal.

( ) O tipo sanguíneo B poderá receber sangue do tipo O, sem ter problemas de incompatibilidade.

( ) Para um casal, em que a mulher tem sangue tipo AB e seu marido sangue tipo B (homozigoto), a chance de terem uma criança com o tipo sanguíneo AB é de 25%.

Marque a sequência correta.

a) F – V – F – V – V.

b) V – V – V – F – F.

c) F – V – F – F – V.

d) V – F – F – V – V.

e) V – V – F – V – F.

17. (CEFET-MG) Um estudo sugeriu que os mosquitos Anopheles gambiae eram especialmente atraídos por sangue do tipo O, positivo ou negativo. Para chegar a essa conclusão, pesquisadores expuseram pares de voluntários com tipos sanguíneos diferentes a 20 mosquitos fêmeas. Eles notaram que, na maioria das vezes, os mosquitos alimentavam-se preferencialmente do sangue das pessoas com fenótipo O.

Disponível em: <http://www.megacurioso.com.br&gt;. Acesso em 21 abr. 2015. (Adaptado).

A chance dos descendentes de um homem O positivo nascerem, seguramente, menos propensos ao ataque desses insetos é ele se casando com uma mulher de sangue:

a) A positivo.

b) O positivo.

c) O negativo.

d) B negativo.

e) AB positivo.

18. (UNESP) Dois casais, Rocha e Silva, têm, cada um deles, quatro filhos. Quando consideramos os tipos sanguíneos do sistema ABO, os filhos do casal Rocha possuem tipos diferentes entre si, assim como os filhos do casal Silva. Em um dos casais, marido e mulher têm tipos sanguíneos diferentes, enquanto que no outro casal marido e mulher têm o mesmo tipo sanguíneo. Um dos casais tem um filho adotivo, enquanto que no outro casal os quatro filhos são legítimos. Um dos casais teve um par de gêmeos, enquanto que no outro casal os quatro filhos têm idades diferentes. Considerando-se os tipos sanguíneos do sistema ABO, é correto afirmar que:

a) Se o casal Silva tem o mesmo tipo sanguíneo, foram eles que adotaram um dos filhos.

b) Se o casal Rocha tem tipos sanguíneos diferentes, foram eles que adotaram um dos filhos.

c) Se o casal Silva tem tipos sanguíneos diferentes, eles não são os pais do par de gêmeos.

d) Se o casal Rocha tem o mesmo tipo sanguíneo, eles não são os pais do par de gêmeos.

e) Se o casal que adotou um dos filhos é o mesmo que teve um par de gêmeos, necessariamente marido e mulher têm diferentes tipos sanguíneos.

19. (UEPA) As perícias médico-legais na investigação de paternidade podem ser divididas em não genéticas e genéticas. Os principais e mais tradicionais métodos utilizados na investigação genética da paternidade pelo sangue são por intermédio do sistemas ABO, sistema MN, sistema Rh e sistema HLA. Considerando o sistema ABO, em que a mãe tem sangue grupo O, o pai do grupo AB e os filhos com sangue dos grupos A, B e O, analise as afirmativas abaixo.

I. A criança do grupo O é filha do casal.

II. A criança do grupo O não é filha do casal.

III. As crianças dos grupos A e B são filhas do casal.

IV. Nesta situação a mãe é heterozigota.

V. Nesta família pode ter ocorrido adoção, ou troca de bebês na maternidade, ou adultério por parte da mãe.

A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:

a) I, II e III.

b) I, III e IV.

c) II, III e V.

d) III, IV e V.

e) I, II, III, IV e V.

20. (IFMT) A tabela abaixo ilustra o sistema ABO.

De acordo com a tabela acima para grupos sanguíneos, pode-se esperar como resultado de um cruzamento de indivíduos do tipo sanguíneo O com um AB:

a) Todos os tipos sanguíneos.

b) Somente do tipo AB.

c) Do tipo A e do tipo B.

d) Do tipo A e do tipo O.

Publicado por: Djalma Santos | 2 de novembro de 2017

TESTES DE TAXONOMIA (6)

01. (UEPA) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

Mais de 30 milhões de espécies de organismos habitam a Terra. Para classificar os atuais seres vivos e os que, entretanto, se extinguiram, os biólogos têm estabelecido sistemas de classificação que refletem a história evolutiva da vida, utilizando até mesmo tecnologias modernas e complexas. Ao longo dos tempos, vários sistemas de classificação foram estabelecidos, mas, atualmente, o mais utilizado é o que considera os seres vivos agrupados em cinco grandes categorias denominadas Reinos. Algumas características taxonômicas, incluindo a presença ou ausência de estruturas como parede celular, cloroplasto, carioteca, cnidoblasto entre outras, permitem classificar esses organismos em seus respectivos Reinos.

Texto modificado: Reinos dos seres vivos .Disponível em: http://www.infopedia.pt/$reinos-dos-seres-vivos. Acesso: 30/08/2012

Quanto ao conteúdo abordado no acima, analise as características apresentadas no quadro a seguir e marque a alternativa correta.

a) O organismo 1 pertence a Monera e o 3 a Fungi.

b) O organismo 2 pertence a Protista e o 5 a Plantae.

c) O organismo 2 pertence a Animallia e o 4 a Protista.

d) O organismo 1 pertence a Protista e o 5 a Plantae.

e) O organismo 2 pertence a Fungi e o 4 a Animallia.

02. (UNIMONTES) A sistemática e a ciência que descreve a biodiversidade e compreende as relações filogenéticas entre os organismos. Inclui a taxonomia, ciência da descoberta, descrição e classificação das espécies e grupo de espécies, com suas normas e princípios, e também a filogenia, ciência das relações evolutivas entre os organismos. Considerando esse assunto, analise as alternativas abaixo e assinale a que corresponde à grafia correta do nome cientifico da respectiva planta.

03. (UEM) Sobre as denominações Canis lupus lupus, Canis lúpus arabs e Canis lupus familiaris, assinale o que for correto.

01. Indicam populações diferentes de uma mesma espécie.

02. Referem-se a três subespécies de três espécies de um mesmo gênero.

04. Indicam três subespécies de uma família.

08. Referem-se a três subespécies de uma espécie.

16. Não são consideradas denominações científicas.

Soma das alternativas corretas:

04. (SENAC-SP) Considere o esquema abaixo.

O maior número de táxons compartilhado por esses animais em uma sequência decrescente de filo até espécie é aquele correspondente à série de filo até:

a) Espécie.

b) Gênero.

c) Família.

d) Ordem.

e) Classe.

05. (IFSC) Ao visitar um zoológico os alunos de uma escola observaram vários animais. Entre os que mais chamaram a atenção estavam os grandes felinos, como o tigre (Panthera tigris) e o leão (Panthera leo), e uma grande ave, o gavião-real (Harpia harpyja). Os alunos também notaram um animal híbrido, o “liger”, resultado do cruzamento entre um leão macho e uma fêmea de tigre. Os “ligers” ocorrem apenas em cativeiro e são inférteis. Com relação ao texto e a conceitos de sistemática, assinale o número correspondente à proposição correta ou à soma das proposições corretas.

01. O tigre (Panthera tigris) e o leão (Panthera leo), de acordo com a classificação taxonômica de Lineu, pertencem necessariamente a mesma ordem.

02. Considerando que o gavião-real pertence ao mesmo filo que o leão, ambos necessariamente pertencerão à mesma classe.

04. De acordo com o conceito biológico de espécies, o fato de tigres e leões produzirem descendentes possibilita uma classificação científica em que ambos sejam considerados como pertencentes à mesma espécie.

08. A nomenclatura binomial, difundida por Lineu, é utilizada quando se quer escrever o nome de uma família.

16. Ao pesquisar informações adicionais específicas sobre o gavião-real, como hábitos alimentares, habitat e reprodução, a pesquisa seria mais eficiente se os alunos utilizassem em suas buscas o nome científico, pois este é invariável.

Soma das alternativas corretas:

06. (UPE) Uma aranha denominada Aranha-azul ou Tarântula-azul foi descoberta em 2011 por pesquisadores brasileiros e está entre as dez maiores descobertas, segundo a lista produzida anualmente pelo Instituto Internacional de Exploração das Espécies da Universidade do Estado do Arizona. Para que ela fosse catalogada como uma nova espécie, os cientistas analisaram suas características e classificaram a espécie com um nome científico, de acordo com a nomenclatura binomial.

Fonte: http://exame.abril.com.br/ciencia/noticias/top-10-das-novas-especies-inclui-descobertas-brasileirasFoto: Divulgação/Caroline Fukushima

Marque a alternativa que apresenta o nome científico escrito corretamente.

a) Pterinopelma sazimai.

b) Pterinopelma sazimai.

c) Pterinopelma Sazimai.

d) Pterinopelma sazimai.

e) pterinopelma sazimai.

07. (UEG) A poluição de ecossistemas aquáticos dulcícolas gera agravos à permanência de determinadas espécies na superfície desses ambientes. Após a coleta de material biológico e visualização em microscópio, foram identificados os organismos a seguir, representados pelas letras A, B, C e D.

Sobre esses organismos e suas características, pode-se considerar:

a) O organismo representado em A refere-se a um mastigóforo que locomove por meio de pseudópodes.

b) O organismo representado em B refere-se a uma alga colonial que possui uma película proteica como mecanismo de proteção.

c) O organismo representado em C refere-se a uma alga filamentosa que possui pigmentos fotossintetizantes.

d) O organismo representado em D refere-se a um sarcodíneo que se locomove por batimentos flagelares.

08. (UDESC) Assinale a alternativa correta em relação à classificação biológica dos reinos.

a) Os fungos estão agrupados no reino Fungi, que é representado por eucariotos que podem ser unicelulares ou ter o corpo formado por filamentos (hifas e micélios).

b) No reino Animalia estão os organismos procariotos pluricelulares heterótrofos por absorção.

c) O reino Plantae é representado por procariotos autotróficos fotossintetizantes.

d) As bactérias são os únicos representantes atuais do reino Monera, já que são organismos unicelulares eucarióticos quimiossintetizantes.

e) No reino Protista estão contemplados os organismos unicelulares ou pluricelulares que não se enquadram nos demais reinos, sejam os eucarióticos ou os procarióticos.

09. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Algumas espécies de fungos agrupam organismos unicelulares e outras apresentam o corpo formado por filamentos denominados hifas.

02. Os fungos armazenam o glicogênio e o amido como substâncias de reserva, do mesmo modo como fazem as algas.

04. Os protozoários assemelham–se aos animais quanto à organização interna de suas células e quanto à nutrição heterotrófica, porém são unicelulares.

08. Bactérias e cianobactérias são organismos procariontes pertencentes ao reino Monera.

16. Alguns grupos de algas, como as feofíceas e as rodofíceas, são organismos eucariontes vasculares desprovidos de cloroplastos.

32. As clorofíceas e as euglenas são organismos eucariontes clorofilados que se movimentam por flagelos. Por isso, pertencem ao reino Flagellata.

Soma das alternativas corretas:

10. (IFTM) No trânsito de grandes e médias cidades raramente se observa algum veículo de tração animal. Por serem bem mais lentos, podendo provocar acidentes, e por exigirem cuidados especiais na alimentação e no manejo com o animal, não estão sendo mais usados. Sem contar que os veículos de tração animal estão proibidos de trafegar nas estradas de rodagem pavimentadas. No entanto, nas pequenas cidades e em áreas rurais, ainda se observam carroças e charretes tracionadas por cavalos (Equus cabalus) ou por jumentos (Equus asinus). Segundo a classificação biológica, podemos afirmar que esses animais pertencem a um (a) mesmo (a):

a) Raça.

b) Subespécie.

c) Espécie.

d) Gênero.

e) Variedade.

11. (PUC-PR) O mosquito prego é o transmissor da malária. O nome científico desse mosquito, conforme as regras estabelecidas por Lineu (Carl von Linné, 1707-1778), é Anopheles darlingi.

Com mais luz do sol, Anopheles darlingi tem ciclo de reprodução acelerado (Foto: Inpa/Divulgação).

De acordo com os conceitos de taxonomia e nomenclatura, é correto afirmar:

a) O nome específico ou epíteto específico do mosquito prego é Anopheles darlingi.

b) O nome específico ou epíteto específico do mosquito prego é binominal.

c) O nome específico ou epíteto específico do mosquito prego é darlingi.

d) O nome da espécie à qual pertence o mosquito prego é

e) A espécie Anopheles darlingi inclui o nome do gênero darlingi, seguido do epíteto específico Anophleles.

12. (FATEC) A figura a seguir representa uma árvore filogenética, referente à classificação dos seres vivos em cinco reinos, bem como alguns seres vivos pertencentes a cada um desses reinos.

(César da Silva Júnior & Sezar Sasson. Biologia 2 – Seres vivos. São Paulo: Saraiva 2002.)

Pensando nas características de alguns seres representados na árvore filogenética, é correto afirmar que o reino:

a) Animalia agrupa os seres vivos unicelulares e pluricelulares, organizados em vertebrados e invertebrados.

b) Fungi é formado por seres vivos autótrofos, como os cogumelos e os bolores.

c) Protoctista reúne as algas e os protozoários exclusivamente pluricelulares.

d) Monera inclui as bactérias que não têm núcleo e nem material genético.

e) Plantae agrupa seres vivos pluricelulares, clorofilados e eucariontes.

13. (UEM) Sobre alguns grupos de organismos, assinale o que for correto.

01. Vírus são organismos unicelulares procariotos pertencentes ao Reino Monera.

02. Bactérias são organismos unicelulares procariotos, envolvidos por uma parede celular rígida, pertencentes ao Reino Monera.

04. Protozoários são organismos unicelulares, eucariotos, heterotróficos, pertencentes ao Reino Protista.

08. Flagelos, cílios e pseudópodos são estruturas locomotoras presentes nos organismos de todos os filos de protozoários.

16. Euglenofíceas, diatomáceas e dinoflagelados são exemplos de organismos clorofilados pertencentes ao Reino Protista.

32. O Reino Fungi é constituído por organismos heterotróficos unicelulares ou multicelulares, dos quais não se conhecem formas sexuadas de reprodução.

Soma das alternativas corretas:

14. (UEA) Leia a receita.

Pão de Ração Humana

Ingredientes:

– 2 kg de farinha integral

– 30 g de creme de leite

– 100 g de leite de soja

– 100 g de levedo de cerveja

– 100 g de linhaça dourada

– 100 g de cacau em pó

– 60g de fermento biológico

– 60g de gergelim branco

– 100 g de aveia

– 1L de água gelada

Um aluno, que se preparava para o vestibular, observando sua mãe preparando essa receita de pão, teve a ideia de classificar os ingredientes da receita segundo os reinos a que pertenciam os organismos a partir dos quais esses ingredientes foram obtidos. Pode-se afirmar, corretamente, que o aluno encontrou:

a) 5 reinos.

b) 4 reinos.

c) 3 reinos.

d) 2 reinos.

e) 1 reino.

15. (UEPG) Para estudar e compreender a enorme variedade de organismos existentes na Terra, tornou-se necessário agrupá-los de acordo com suas características comuns, isto é, classificá-los. De acordo com o sistema atual de classificação, assinale o que for correto.

01. As espécies jamais podem ser reunidas em categorias taxonômicas maiores.

02. Espécie pode ser definida como o conjunto de seres semelhantes, capazes de se cruzar em condições naturais, deixando descendentes férteis.

04. No sistema de nomenclatura binomial, a primeira palavra é usada para designar a família e, a segunda, a espécie. Exemplo: Homo sapiens.

08. A taxonomia é o ramo da biologia que se ocupa da classificação e da nomenclatura dos seres vivos.

16. No sistema de classificação, a ordem de abrangência no agrupamento é: espécies, famílias, gêneros, classes, ordens, reinos e filos.

Soma das alternativas corretas:

16. (UFPB) A figura abaixo apresenta uma hipótese das relações evolutivas entre alguns representantes dos cordados.

Com base na figura e na literatura sobre os cordados, identifique as afirmativas corretas:

I   II

0  0 – Sapo, crocodilo e pinguim são tetrápodes.

1  1 – Lampreia, tubarão e salmão são amniotas.

2  2 – Tubarão, pinguim e gato são gnatostomados.

3  3 – Pinguim, sapo e crocodilo são endotérmicos.

4  4 – Tunicado, anfioxo e lampreia são deuterostômios.

17. A respeito do esquema abaixo, assinale a alternativa correta.

a) Cavalo e zebra pertencem a gêneros diferentes.

b) Todos os animais citados acima pertencem à mesma família.

c) O parentesco evolutivo entre cavalo e zebra é maior do que entre rinocerontes de um chifre e rinocerontes de dois chifres.

d) As antas pertencem à mesma família dos rinocerontes.

18. (UEMA) Um levantamento faunístico realizado na Reserva Biológica do Gurupi registrou 140 indivíduos distribuídos em cinco classes:

(I) Lagarto; (II) Coruja; (III) Onça; (IV) Preá; (V) Sapo.

Assinale a opção que corresponde, respectivamente, aos táxons indicados.

a) Squamata; Estrigiforme; Carnívora; Rodentia; Anura.

b) Lagomorpha; Estrigiforme; Sirenia; Rodentia; Chelonia.

c) Chiroptera; Sirenia; Carnívora; Rodentia; Apoda.

d) Rhyncocephalia; Artiodactyla; Chiroptera; Lagomorpha; Urodela.

e) Squamata; Artiodactyla; Carnívora; Rodentia; Apoda.

19. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Entamoeba histolytica, parasita do homem, é um organismo unicelular e procarionte, portanto pertencente ao reino Monera.

02. O gênero Lactobacillus, atuante no processo de fabricação de coalhada, iogurte e queijo, é um bacteriófago, ou seja, um tipo de vírus conhecido por parasitar certas bactérias.

04. O gênero Saccharomyces, conhecido também como levedura, empregado na fabricação de bebidas alcoólicas, é uma bactéria autotrófica.

08. Por serem predadores, as aranhas e os escorpiões são Arthropoda que apresentam as mandíbulas potentes e denteadas e as maxilas adaptadas à apreensão da presa.

16. Para que haja a doença de Chagas, estabelece-se relação entre uma espécie do reino Protista e duas espécies do reino Animalia.

32. Na afirmação “Metarrhizium anisopliae é um patógeno utilizado no controle biológico da cigarrinha, uma inseto-praga da cana-de-açúcar”, são citados, respectivamente, organismos dos reinos Fungi, Animalia e Plantae.

64. Ascaridíase, candidíase, malária, tifo exantemático e febre amarela são doenças causadas por organismos do reino Animalia.

Soma das alternativas corretas:

20. (PUC-GO)

TEXTO

Larry não era realmente da Califórnia. […] Em Berkeley reforçou a paixão pelo estudo da matemática e ao mesmo tempo da informática. […]. Larry graduou-se em matemática e informática com notas tão siderais que imediatamente obteve uma bolsa para fazer o mestrado. […] O mestrado de Larry tratava de teoria de sistemas ligada à já velha matemática dos anéis, mas o tema de estudo interessou particularmente os professores pois era como ir ao museu antigo repescar a múmia de um qualquer Ramsés e pô-la a raciocinar como um computador. Implicava uma quantidade assombrosa de cálculos matemáticos, alguns com fórmulas mais ou menos originais, pois se havia coisa que Larry sabia introduzir nessa ciência tão velha quanto chata era a imaginação. Costumava dizer a Soraya que o bonito era tentar entender como os antigos sumérios tinham tido o absoluto atrevimento de mudar a posição de Deus no universo através do cálculo com pedrinhas. Depois da invenção da álgebra, a ideia de Deus não era a mesma, se podia imaginar finalmente um ser único e não multiplicado por quantidade de divindades de cara ou corpo de animais, tudo uma consequência da invenção da álgebra, pelo menos para Larry. […]

[…]

– Matemática e informática.

– Dois cursos?

– Sim.

– Ao mesmo tempo?

– Sim.

– Foda-se, deves ter uma grande cabeça. Larry sorriu. Não era a primeira pessoa a dizer-lhe isso. Mas fazia as coisas com muita facilidade, nem notava estar a assistir a dois cursos, para ele era tudo a mesma coisa, era tudo como uma sinfonia de Beethoven ou Tchaikovsky, a diversidade de elementos se encaixando numa mesma linguagem. Por curiosidade também assistia a aulas de latim e acabava por ser no fundo a mesma essência, solução de puzzles, a matemática e o latim não passavam disso, a música também, juntar elementos aparentemente diferentes e descobrir ou criar entre eles uma ordem, uma lógica explicando a relação de cada um com os outros. Isso era a harmonia. Não ia explicar a Tom, embora tivesse vontade, apenas porque temia passar por mais um branco pretensioso.

(PEPETELA. O terrorista de Berkeley, Califórnia. Lisboa: Dom Quixote, 2007. p. 25, 26 e 33.)

Analise o seguinte fragmento extraído do texto acima: “Por curiosidade também assistia a aulas de latim e acabava por ser no fundo a mesma essência, solução de puzzles, a matemática e o latim não passavam disso, a música também, juntar elementos aparentemente diferentes e descobrir ou criar entre eles uma ordem, uma lógica explicando a relação de cada um com os outros.” O uso internacional do latim para se dar nome a uma planta ou a um animal tem sido uma norma para os botânicos e zoólogos taxonomistas, desde a publicação da obra Species Plantarum por Lineu, em  1753. Considerando as regras de nomenclatura, assinale abaixo a resposta correta:

a) Em Zoologia o nome do gênero deve ser escrito com letra inicial minúscula.

b) Em Botânica a espécie é escrita com dois nomes, isto é, binomial. O primeiro é o gênero e o segundo é o nome ou epíteto da espécie.

c) Em Zoologia o nome da espécie não precisa ser grifado ou escrito com letra diferente (itálico ou negrito).

d) Em Botânica, para designar família, usa-se a terminação – IDAE e, para subfamília, – INAE.

21. (UEAP) De acordo com Wilson (1992), o número provável de espécies é cerca de 5 milhões ou mais. Entretanto, atualmente, os pesquisadores já identificaram e descreveram aproximadamente 1.413.000 espécies (Figura).

De acordo com a Figura, assinale:

I. Qual o tipo de célula da maioria dos seres vivos?

II. A maior diversidade é representada por qual Reino?

a) I. Eucarióticas; II. Animalia.

b) I. Procarióticas; II. Plantae.

c) I. Eucarióticas; II. Artrópodes.

d) I. Procarióticas; II. Animal.

e) I. Eucarióticas; II.Metaphyta.

22. (UPE) No reino Protista, todos os organismos são ______1______. As algas protistas são ______2______ classificadas de acordo com _____3______. Os protozoários, em relação à nutrição, são todos ____4________, obtendo o alimento do meio por ______5______ou absorção.

A seguir, assinale a alternativa que contém as palavras que preenchem corretamente as lacunas do texto acima.

a) 1-procariontes; 2-fotossintetizantes; 3-sua coloração; 4-parasitas; 5-fagocitose.

b) 1-unicelulares; 2-quimiossintetizantes; 3-sua morfologia; 4-parasitas; 5-ingestão.

c) 1-procariontes; 2-unicelulares; 3-seus pigmentos; 4-autótrofos; 5-quimiossíntese.

d) 1-eucariontes; 2-unicelulares; 3-sua morfologia; 4-quimiossintetizantes; 5-fagocitose.

e) 1-eucariontes; 2-fotossintetizantes; 3-seus pigmentos; 4-heterótrofos; 5-ingestão.

23. (UEM) Com base nos grupos constantes da figura abaixo, bem como nas suas características e relações, assinale o que for correto.

01. Ascaris lumbricoides, parasitas do intestino do homem, são invertebrados do filo Platyhelminthes.

02. Das muitas relações existentes entre os insetos e o homem estão os vetores transmissores de doenças. Entre esses, há o Hemiptera, Triatoma infestans, transmissor do Protozoa flagelado, Trypanossoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas.

04. Dentre os insetos que desempenham o importante papel ecológico da polinização, conhecida como entomofilia, está a abelha, que pertence à ordem Hymenoptera. Essa relação estreita entre os insetos e as plantas angiospermas proporciona aumento na produtividade agrícola.

08. As ordens da classe Insecta, nominadas na figura, apresentam, em seu desenvolvimento pós-embrionário, as fases de ovo, ninfa e adulto, portanto com metamorfose incompleta.

16. Dentre os chamados frutos do mar, importante fonte de renda para as populações que vivem da extração dos produtos marinhos, estão representantes dos filos Mollusca e Arthropoda.

32. Dos filos do reino Animalia, nominados na figura, possuem representantes no ambiente marinho, apenas, Porifera, Coelenterata, Mollusca e Echinodermata.

64. Dos filos citados na figura, apenas Echinodermata e Chordata são deuterostômios.

Soma das alternativas corretas:)

24. (URCA) Algas e fungos são seres vivos colocados em reinos diferentes por apresentarem características citológicas bastantes distintas, contudo os dois grupos apresentam uma característica citológica comum que e:

a) Possuem tecidos vasculares.

b) São decompositores.

c) Têm corpo vegetativo formado por hifas.

d) Reproduzem por esporos haploides.

e) Possuem clorofila dispersa no citoplasma.

25. (UEPG) O reino Protista inclui as algas e os protozoários. Com relação à histologia, à classificação e à fisiologia desses organismos, assinale o que for correto.

01. As clorofíceas são algas essencialmente heterotróficas, enquanto os protozoários são protistas autotróficos.

02. As rodofíceas ou algas vermelhas são, em maioria, multicelulares. São mais abundantes nos mares tropicais, mas também são encontradas em água doce e no ambiente terrestre, geralmente em superfícies úmidas de troncos de árvores.

04. O paramécio apresenta regulação osmótica realizada por dois vacúolos contráteis, localizados um em cada extremidade da célula. Cada vacúolo tem em torno de si finíssimos canais radiais que, além de recolher água, também coletam substâncias a serem excretadas, conduzindo-as ao vacúolo.

08. Os dinoflagelados têm dois flagelos e se deslocam em rápidos rodopios, girando sobre si mesmos.

16. O filo Sporozoa engloba os protozoários que apresentam cílios como estrutura locomotora.

Soma das alternativas corretas:

26. As categorias taxonômicas obedecem a uma hierarquia; assim, dois animais que fazem parte da mesma classe certamente pertencerão:

a) ao mesmo gênero.

b) ao mesmo filo.

c) à mesma família.

d) à mesma espécie.

e) à mesma ordem.

27. (IFMG) Considere as seguintes aves:

Bicudo – Oryzoborus maximiliani

Sabiá-coleira – Turdus albicollis

Curió – Oryzoborus angolensis

Considerando suas características taxonômicas, identifique a afirmativa incorreta:

a) O cruzamento entre curió e bicudo produzirá descendentes férteis.

b) São citadas aves de três espécies e dois gêneros.

c) As aves citadas pertencem à mesma classe.

d) O sabiá-laranjeira, Turdus rufiventris, pertence à mesma família que o sabiá-coleira.

28. (UnB)

O esquema acima ilustra o sistema de classificação dos seres vivos com base em aspectos filogenéticos definidos por meio da comparação das sequências de RNA ribossômico de diferentes organismos. Os organismos do domínio Bacteria e Archaea são procariontes e os do domínio Eukarya são eucariontes. Com base nessas informações e no esquema apresentado, é correto afirmar que os organismos:

a) Dos três domínios evoluíram de ancestrais diferentes.

b) Do domínio Archaea são constituídos de células com envoltório nuclear.

c) Do domínio Eukarya evoluíram a partir de um organismo do domínio Archaea.

d) Do domínio Eukarya estão filogeneticamente mais próximos dos organismos do domínio Archaea que dos organismos do domínio Bacteria.

29. (UEPG) A sistemática é o ramo da biologia que estuda a diversidade biológica, ou a biodiversidade, isto é, os tipos de variações existentes entre os seres vivos. A sistemática apresenta seus resultados por meio da classificação biológica, ou taxonomia. Com relação à nomenclatura zoológica, sistemática e taxonomia, assinale o que for coreto.

01. A categoria taxonômica básica é a espécie. No conceito biológico, a espécie é definida como grupos de indivíduos portadores de características morfoanatômicas análogas, incapazes de se reproduzir entre si em condições naturais e capazes de deixar descendentes férteis com membros de outras espécies.

02. Entre as regras internacionais de nomenclatura, para a designação de famílias entre os animais é adicionado o sufixo idae e o da subfamília inae. Exemplo: Felidae, Felinae.

04. Entre os estudiosos da classificação natural destaca-se o sueco Karl von Linnée, também conhecido como Lineu. Sua proposta para o sistema de classificação foi publicada no livro Systema Naturae (Sistema Natural) de 1735.

08. A parte da biologia que identifica, nomeia e classifica os seres vivos é a anagênese, e a que, além disso, estuda as relações evolutivas entre eles é a cladogênese.

Soma das alternativas corretas:

30. (UEAP) A sistemática é a ciência dedicada a inventariar e descrever a biodiversidade e compreender as relações filogenéticas entre os organismos. Inclui a taxonomia (ciência da descoberta, descrição e classificação das espécies e grupo de espécies, com suas normas e princípios) e também a filogenia (relações evolutivas entre os organismos). Em geral, diz-se que compreende a classificação dos diversos organismos vivos. Em biologia, os sistematas são os cientistas que classificam as espécies em outros táxons a fim de definir o modo como eles se relacionam evolutivamente.

(Fundamentos Práticos de Taxonomia Zoologica.1994. Autor: Papavero, Nelson)

Dentre as afirmativas abaixo, qual a que não se adéqua às teorias preconizadas sobre a classificação dos seres vivos?

a) A classificação natural não se baseia apenas na morfologia ou na fisiologia, mas também no desenvolvimento embrionário dos indivíduos, no estudo do cariótipo da espécie, na evolução e distribuição das espécies, no estudo do material genético.

b) Reino: é um grupo de filos; Filos: é um grupo de classes; Classes: é um grupo de ordens; Ordem: é um grupo de famílias; Família: é um grupo de gêneros; Gênero: é um grupo de espécies; Espécie: é um grupo de indivíduos semelhantes que se reproduzem entre si, gerando descendentes férteis.

c) A unidade de classificação dos seres vivos é a espécie, termo que designa um conjunto de indivíduos semelhantes entre si e que se cruzam, não produzindo descendentes férteis.

d) A taxonomia agrupa os animais e vegetais de acordo com seu grau de parentesco.

e) O termo binomial sugere que o nome científico de uma espécie é formado pela combinação de dois termos: o nome do gênero e o descritor específico.

 

Publicado por: Djalma Santos | 2 de novembro de 2017

TESTES DE SISTEMA ENDÓCRINO (VI)

01. Os esteroides são substâncias que, apesar de não serem propriamente ésteres de ácidos graxos, apresentam cadeias associadas aos lipídios, com os quais possuem algumas propriedades comuns. Sobre os esteroides, associe as colunas, relacionando o elemento com sua respectiva função:

1. Colesterol

2. Estradiol

3. Testosterona

4. Progesterona

(  ) Hormônio que desenvolve as características sexuais femininas.

(  ) Hormônio que mantém a gravidez.

(  ) Hormônio que desenvolve as características sexuais masculinas.

(  ) A partir dele são fabricados outros esteroides.

Assinale a alternativa com a sequência correta:

a) 2 – 1 – 3 – 4.

b) 1 – 3 – 2 – 4.

c) 1 – 4 – 2 – 3.

d) 2 – 4 – 3 – 1.

e) 4 – 3 – 1 – 2.

02. (UECE) Analise as afirmações abaixo.

I. A tireoide é uma glândula exócrina responsável pela liberação de dois hormônios, o T3 e o T4; é controlada principalmente pelo TSH secretado pela hipófise.

II. A progesterona é um hormônio feminino produzido pelo corpo lúteo responsável pela manutenção das células de revestimento do útero.

III. A melatonina, substância produzida pela glândula pineal, é responsável pela regulação do sono.

IV. A insulina produzida pelo pâncreas atua no aumento da taxa de glicose no sangue.

Está correto o que se afirma somente em:

a) I, III e IV.

b) II e III.

c) II e IV.

d) I e III.

03. (ACAFE) Boa parte do funcionamento do corpo humano depende da comunicação entre células por meio de mensageiros químicos que viajam pelo sangue: os hormônios. A respeito dos hormônios marque com V as afirmações verdadeiras e com F as falsas.

( ) A oxitocina é produzida na glândula neuroipófise e estimula a contração das musculaturas do útero e das glândulas mamárias.

( ) A adrenalina causa aceleração dos batimentos cardíacos e a diminuição da concentração de glicose no sangue.

( ) O glucagon é produzido no pâncreas e aumenta a concentração de glicogênio no fígado.

( ) A calcitonina é um hormônio produzido pela tireoide que eleva a concentração de cálcio do sangue.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) V – V – F – V.

b) V – F – F – F.

c) V – F – V – F.

d) F – V – V – F.

04. (UFRN) Em um período de seca, um retirante caminhou por dois dias, à procura de água, para matar sua sede. Durante esse período ocorreu:

a) aumento da secreção de aldosterona, diminuindo a concentração de urina na bexiga.

b) diminuição da permeabilidade dos túbulos renais à água, devido à maior concentração de proteína no sangue.

c) diminuição da secreção do hormônio antidiurético na circulação, aumentando a reabsorção de água.

d) aumento da pressão osmótica do plasma sanguíneo, devido ao aumento da concentração do sódio.

05. Ao levarmos um grande susto, uma série de alterações fisiológicas ocorre no nosso organismo. A dilatação da pupila, o aumento na frequência cardiorrespiratória e a vasoconstrição periférica, são resultantes da ação de um hormônio chamado adrenalina. Esse hormônio atua em uma região do sistema nervoso periférico, o sistema simpático. Contudo, essas reações orgânicas são de natureza pouco duradoura, restabelecendo-se as condições orgânicas normais, após passar a situação de perigo. O sistema antagônico ao simpático, o parassimpático, no entanto, trabalha com outro mediador químico, chamado:

a) noradrenalina.

b) dopamina.

c) acetilcolina.

d) serotonina.

e) epinefrina.

06. (UFU) O sistema endócrino dos humanos é complexo, pois apresenta grande número de glândulas. Os hormônios produzidos por essas glândulas, juntamente com o sistema nervoso, regulam várias ações e reações do organismo, objetivando mantê-lo em equilíbrio interno e em equilíbrio externo. Com relação ao exposto, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A carência de hormônios produzidos pela glândula tireoide pode causar o hipotireoidismo, caracterizado por cansaço excessivo e aumento de peso.

02. A carência do hormônio do crescimento (somatotrofina ou GH) pode causar diabete insípida, o que induz grande aumento no volume de urina.

04. O nanismo e o gigantismo são causados, respectivamente, pela carência e pelo excesso do hormônio produzido pelo fígado, conhecido como ACTH.

08. A hipófise produz os hormônios tróficos que têm como função o controle das atividades de outras glândulas.

Soma das alternativas corretas:

07. (IFSul) A adenohipófise produz e libera diversos hormônios, cujo efeito é estimular o funcionamento de outras glândulas endócrinas. Entre os hormônios tróficos, produzidos pela adenohipófise, estão:

a) Adrenalina e hormônio folículo-estimulante.

b) Hormônio folículo-estimulante e hormônio luteinizante.

c) Oxitocina e hormônio luteinizante.

d) Tirotrofina e adrenalina.

08. (II Olimpíada de Biologia) Qual o local de produção de vasopressina em nosso organismo?

a) Hipófise.

b) Hipotálamo.

c) Cérebro-médio.

d) Cerebelo.

e) Bulbo encefálico.

09. (CEFET-CE) Não são liberados pela hipófise os hormônios:

a) ocitocina e prolactina.

b) do crescimento (GH) e antidiurético.

c) calcitonina e colecistocinina.

d) luteinizante (LH) e folículo-estimulante (FSH).

e) tireotropina e prolactina.

10. (UNICENTRO) As glândulas endócrinas lançam os seus hormônios diretamente na corrente sanguínea para regular as funções do organismo. Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, as glândulas responsáveis pela secreção dos hormônios que regulam as funções: metabolismo geral e basal do organismo; concentração de cálcio e fósforo; reabsorção de sais.

a) Adrenais; paratireoides; tireoide.

b) Hipófise; adrenais; paratireoides.

c) Hipófise; tireoide; adrenais.

d) Tireoide; adrenais; hipófise.

e) Tireoide; paratireoides; adrenais.

11. (UFSE) No esquema abaixo, os números indicam órgãos endócrinos. A produção de adrenalina ocorre em:

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

e) 5.

12. (UFPB) A espécie humana possui diversas glândulas endócrinas, algumas responsáveis pela produção de mais de um tipo de hormônio que, juntamente com o sistema nervoso, coordenam a atividade sincrônica e equilibrada de vários sistemas do corpo. A ocorrência de uma anormalidade nessas glândulas afeta a sua atividade funcional. A figura abaixo mostra a localização de importantes glândulas endócrinas, que aparecem numeradas de 1 a 6.

Nesse sentido, é incorreto afirmar que a ocorrência de uma anormalidade na glândula identificada pelo número

a) 1 pode afetar o desenvolvimento das características sexuais secundárias nos indivíduos do sexo feminino.

b) 2 pode levar ao descontrole do nível normal de glicose no sangue, mantido pela ação conjunta dos hormônios glucagon e insulina.

c) 3 pode inibir a produção de insulina e de glucagon pelo pâncreas.

d) 4 pode afetar o controle da concentração de cálcio no sangue.

13. (UECE) O metabolismo basal é regulado pelo sistema endócrino, estando envolvidas no processo as glândulas adenoipófise e tireoide. A lentidão no metabolismo basal, conhecida como hipotireoidismo, resulta da disfunção dessas glândulas em relação à produção dos hormônios:

a) LH e paratormônio.

b) ADH e corticosteroide.

c) FSH e insulina.

d) TSH e tiroxina.

14. (UEA) Um jovem procurou um médico reclamando do aumento de volume da urina e de urinar com muita frequência. É correto afirmar que esse jovem apresentava taxas reduzidas do hormônio:

a) Tiroxina.

b) Calcitonina.

c) Insulina.

d) Adrenalina.

e) Paratormônio.

15. (COVEST) A associação entre adrenalina (epinefrina) e as emoções tornou-se tão popular que este hormônio passou a ser sinônimo de esportes radicais, situações de risco e sentimentos fortes. Identifique abaixo as propriedades da adrenalina.

I   II

0 0 – Mobiliza as reservas energéticas, de sorte a baixar os níveis de glicose na corrente sanguínea.

1  1  – Aumenta os batimentos cardíacos e diminui os movimentos respiratórios.

2 2 – É secretado pelo córtex da glândula adrenal e pelas terminações do sistema nervoso simpático.

3  3 – Reduz o diâmetro dos brônquios pelo relaxamento de sua musculatura.

4  4 – Aumenta a pressão arterial sistólica.

16. No que se refere aos hormônios, assinale o somatório das alternativas corretas.

01. A insulina é um hormônio do pâncreas.

02. A pouca produção de insulina acarreta o diabetes mellitus.

04. O cretinismo está associado ao excesso de tiroxina na infância.

08. A somatotrofina é um hormônio da hipófise que age como estimulante do crescimento.

16. O nanismo hipofisário resulta da deficiência da somatotrofina na infância.

32. A adrenalina tem sua ação caracterizada no metabolismo do cálcio,

Soma das alternativas corretas:

17. (CEFET-SP) Após um susto um indivíduo apresenta os seguintes sintomas: aumento da pressão arterial, do ritmo cardíaco, consumo de oxigênio. Estas alterações no metabolismo são devidas a:

a) Adrenalina que o sistema endócrino lança no sistema circulatório.

b) Elevação da taxa de carboidratos no sistema muscular.

c) Elevação da taxa de CO2 no sistema respiratório.

d) Insulina que o sistema endócrino lança no sistema digestivo.

e) Oxitocina que estimula a contração da musculatura geral do organismo.

18. (UNAMA) Em momentos de “stress” ou em situações de susto, raiva, tensão ou medo, as glândulas suprarrenais secretam quantidade abundante de um hormônio que deixa o organismo em estado de prontidão, aumentando sua capacidade de reagir. Esse hormônio é a:

a) Aldosterona, porque aumenta a reabsorção renal.

b) Adrenalina, que acelera o ritmo respiratório e cardiovascular.

c) Somatotrofina, que estimula o crescimento do organismo.

d) Insulina, que reduz o nível de glicose no sangue.

19. (IFG) Os hormônios são substâncias especiais, que o organismo produz com a finalidade de instruir ações do próprio organismo. Sobre eles, pode-se afirmar ainda que:

a) São produzidos somente por glândulas endócrinas.

b) A placenta é um órgão que produz hormônio.

c) São elaborados através de quimiossíntese progressiva iônica.

d) São os mesmos em ambos os sexos, alterando-se somente a quantidade.

20. (UERJ) Para a realização de um exame, os indivíduos A e B ingeriram uma solução contendo glicose. Após a ingestão, foram registradas as alterações da concentração plasmática da glicose e dos hormônios X e Y em ambos os indivíduos. Observe os resultados das medições nos gráficos:

Com base na análise dos gráficos, é possível identificar que um dos indivíduos apresenta diabetes tipo II e que um dos hormônios testados é o glucagon. O indivíduo diabético e o hormônio glucagon estão representados, respectivamente, pelas seguintes letras:

a) A – X.

b) A – Y.

c) B – X.

d) B – Y.

Publicado por: Djalma Santos | 2 de novembro de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (19)

01. (UEPA) A popular carnaúba (Copernicia prunifera (Miller) H.E.Moore) é apontada como um dos mais valiosos vegetais, do ponto de vista econômico da Região Nordeste. É uma palmeira, cujo caule (1) é usado na construção de casas, e as palhas, são usadas para cobertura de telhados e confecção de chapéus. De suas sementes (2), extrai-se óleo comumente utilizado na fabricação de margarinas. Das folhas obtêm-se ceras (3), empregadas em cremes de polir e encerar, na fabricação de papel-carbono e, ainda, na cosmetologia, farmacologia e indústria eletrônica.

Sobre o texto, afirma-se que:

I. A substância de número (3) pode ser encontrada no tecido epidérmico, tem função impermeabilizante e evita perda excessiva de água pelo vegetal.

II. A estrutura de número (2) é resultante da fecundação do óvulo.

III. A referida planta, membro da divisão Anthophyta, pertence à classe das dicotiledôneas, porque apresenta a estrutura de número (2).

IV. A estrutura de número (1) desse vegetal é do tipo tronco, por ser ramificado desde a base.

De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:

a) I, II, III e IV.

b) II, III e IV.

c) I, II e III.

d) II e III.

e) I e II.

02. (UPE) O bambu é uma planta da família das gramíneas, com ampla utilização na construção civil, na construção de pontes, edificações, pisos, paredes e forros. É também utilizado como planta ornamental e em peças de decoração. Existem em torno de 40 espécies na América Latina, incluindo o Brasil. Assinale a alternativa que contém características desse vegetal.

a) Possui caule não ramificado, do tipo colmo oco, com nítida divisão de nós e entrenós.

b) Suas raízes são do tipo axial ou pivotante, pois ela é uma planta do grupo das dicotiledôneas.

c) Por ser oco, o seu caule não possui tecidos de condução de seiva xilema e floema. Desse modo, a condução ocorre por difusão célula a célula.

d) A madeira do bambu é muito resistente, e, em corte transversal, podemos distinguir anéis de crescimento concêntricos na estrutura maciça.

e) Colênquima e esclerênquima são tecidos de sustentação ausentes em monocotiledôneas, como o bambu, razão por que a sua utilização em edificações não é adequada.

03. (UEPG) Com relação a todas as características das angiospermas, assinale o que for correto.

01. Após a fecundação de uma angiosperma, o ovário transforma-se em frutos, e os óvulos, no seu interior, transformam-se em sementes.

02, Nas angiospermas, o endosperma da semente não tem função durante a germinação, pois todos os nutrientes dessa etapa são retirados da fotossíntese.

04. A semente de uma angiosperma é formada pelo tegumento, proveniente das paredes do óvulo, e pela amêndoa, constituída de embrião e endosperma.

08. Todas as angiospermas são classificadas como monocotiledôneas por se encaixarem no grupo das plantas cujos embriões possuem apenas um cotilédone.

16. A dispersão do fruto por animais é chamada de zoocoria. Quando a dispersão do fruto é realizada pelo vento é denominada anemocoria e, se a dispersão for realizada pela água, denomina-se hidrocória.

Soma das alternativas corretas:

04. (UFLA) “As fanerógamas são didaticamente divididas em órgãos que, por sua vez, são constituídos por grupos de tecidos.” Analise cada proposição considerando-a V (verdadeira) ou F (falsa) com relação aos tecidos vegetais e assinale a alternativa que apresenta a ordem correta.

(   ) Os tecidos de sustentação promovem a manutenção da forma do organismo; apresentam na sua constituição os vasos lenhosos e os vasos liberianos.

(   ) Nas angiospermas, o organismo resulta do desenvolvimento de um embrião contido na semente que, por sua vez, origina-se de  sucessivas divisões mitóticas ocorridas em um zigoto.

(   ) As gimnospermas (como os pinheiros) e certas angiospermas dicotiledôneas (como o abacateiro) apresentam meristemas secundários.

(    ) A epiderme, além de promover defesa contra o ataque de microrganismos e contra a perda excessiva de água, pode desempenhar outras funções, principalmente quando se adapta e forma os chamados anexos epidérmicos.

(    ) Quanto à disposição e à forma das células, pode-se observar nas folhas dois tipos de parênquimas clorofilianos: paliçádico e lacunoso.

a) F – V – F – V – V.

b) V – F – V – F – F.

c) F – V – V – V – V.

d) V – V – F – F – F.

e) V – F – V – F – V.

05. (UFJR) Assinale a alternativa correta que preencha, respectivamente, as lacunas das frases I, II e III.

I. Gemas caulinares são formadas por células ……. que se multiplicam ativamente por ……. .

II. As plantas vasculares possuem tecidos especializados na sustentação, que são: …… e ……. .

III. ……… e ……… são hormônios vegetais, responsáveis, respectivamente, pela queda das folhas e pela germinação de sementes.

05

06. (UFAC) Marque a alternativa cuja sequência preenche respectiva e adequadamente as lacunas da seguinte frase:

O pistilo é formado por uma ou mais folhas modificadas, que se fundem originando uma porção basal dilatada, denominada ___________, e uma porção alongada, conhecida como _____________, cujo ápice é o ____________.

a) estilete, estigma e ovário.

b) estigma, estilete e ovário.

c) estigma, ovário e estilete.

d) ovário, estilete e estigma.

e) ovário, estigma e estilete.

07. (UFLA) Analise as seguintes afirmativas:

I. Musgos e hepáticas são exemplos de criptógamas avasculares, ou seja, sem vasos condutores de seivas.

II. Samambaias, avencas e licopódios são exemplos de criptógamas vasculares, ou seja, dotadas de vasos condutores de seivas.

III. As criptógamas são também chamadas espermatófitas pelo fato de formarem sementes.

IV. Plantas que se caracterizam por possuir flores e sementes, mas não formam frutos, pertencem ao grupo das talófitas.

V. As fanerógamas compreendem dois grupos informais: gimnospermas e angiospermas.

VI. As fanerógamas estão distribuídas de maneira restrita pelo mundo, ocupando apenas regiões úmidas.

Estão corretas:

a) II, V e VI.

b) III, IV e VI.

c) II, V e VI.

d) I, II e V.

e) I, III e V.

08. (UNESP) Algumas árvores com folhas largas, revestidas por cutícula, foram cultivadas em uma região onde a temperatura é sempre alta, a umidade do ar é baixa e há abundância de água no solo. Considerando os processos de troca de água com o meio, assinale a alternativa que corresponde às respostas fisiológicas esperadas para essas árvores, crescendo sob essas condições.

08

09. (FMTM) O dendrógrafo é um aparelho que registra pequenas variações no diâmetro do tronco de uma árvore. Medições simultâneas em duas alturas diferentes no tronco de uma mesma árvore mostram que, de manhã, a contração ocorre nas partes próximas à copa da árvore, pouco antes de ocorrer nos pontos mais próximos do solo. Sabe-se também que tais contrações ocorrem devido à intensificação do transporte de água no xilema. De acordo com essas informações, pode-se afirmar que o transporte de água no xilema no período da manhã intensifica-se devido:

a) à diminuição da pressão da raiz.

b) ao aumento na taxa de transpiração das folhas.

c) à diminuição da absorção de água pela raiz.

d) ao aumento da pressão osmótica no xilema.

e) à diminuição da pressão osmótica no interior da raiz.

10. (UFRRJ) OBSERVE A EXPERIÊNCIA A SEGUIR:

Foram colocadas em 4 frascos raízes de um mesmo tomateiro. Cada frasco tinha um meio de cultura, como é mostrado na tabela abaixo. O sinal (+) indica que as raízes se desenvolveram e o sinal (-) indica o não desenvolvimento das raízes.

10

Baseando-se apenas nesses resultados, pode-se afirmar que:

a) tiamina e piridoxina são substâncias de efeitos antagônicos.

b) tiamina e piridoxina são substâncias encontradas nos solos.

c) tiamina e piridoxina não devem ser produzidas pelas raízes.

d) os tomateiros não se desenvolvem em solos sem tiamina e piridoxina.

e) tiamina e piridoxina são essenciais para o crescimento das raízes de todas as plantas.

11. (UFSM) Na passagem evolutiva de plantas aquáticas (algas verdes) para o ambiente terrestre, alguns cientistas consideram as briófitas as primeiras a apresentarem características que permitiram que as plantas invadissem esse tipo de ambiente. No referido grupo (briófitas), uma dessas características é o(a):

a) aparecimento da clorofila, dando início ao processo de fotossíntese.

b) surgimento de tecidos de condução.

c) formação de sementes como o modo mais eficiente de propagação.

d) surgimento de rizoides, que assumiram as funções de absorção e fixação.

e) eliminação da dependência da água para a fecundação.

12. (PUC-MG) A figura abaixo representa um modelo físico que procura explicar a subida de seiva bruta em uma planta.

12

Com base no desenho, relacione a primeira coluna com a segunda e, depois, marque a alternativa que contém a sequência correta.

PRIMEIRA COLUNA

1. Xilema

2. Floema

3. Parênquima clorofiliano

4. Parênquima das raízes

SEGUNDA COLUNA

(   )  A

(   )  B

(   )  C

(   )  D

a) 1, 2, 3, 4.

b) 2, 1, 3, 4.

c) 3, 2, 4, 1.

d) 4, 2, 3, 1.

e) 2, 4, 1, 3.

13. (UEM) Sobre a influência dos fatores ambientais na nutrição e os mecanismos de transporte da seiva bruta e elaborada nos vegetais, é correto afirmar:

01. As plantas necessitam de vários nutrientes minerais, alguns deles em grande quantidade, que recebem, por isso, o nome de macronutrientes, dentre eles: ferro, manganês e boro.

02. A seiva bruta é transportada das raízes até as folhas das árvores de grande porte graças à pressão positiva na raiz e à capilaridade.

04. A concentração de gás carbônico também atua no mecanismo de abertura e fechamento dos estômatos, sendo que, em concentração elevada, esse gás estimula o fechamento dos mesmos.

08. Segundo a teoria do fluxo por pressão, o deslocamento da seiva elaborada pelo floema resulta de um desequilíbrio osmótico entre as células produtoras e as células consumidoras das substâncias orgânicas.

16. Durante o dia, as plantas realizam fotossíntese, consumindo gás carbônico e produzindo gás oxigênio, o qual não é consumido durante o dia, mas é utilizado à noite no processo de respiração.

Soma das alternativas corretas:

14. (FESURV) O fenômeno de abertura e fechamento dos ostíolos ocorre em função da:

a) perda de água por sudação.

b) eliminação de água por transpiração.

c) respiração das células estomáticas.

d) fotossíntese das células estomáticas.

e) variação da turgescência das células estomáticas.

15. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I  II

0  0 – Fazendo-se uma marca, com um canivete, no caule de uma árvore em crescimento a l metro de altura em relação ao plano do solo e sabendo-se que essa árvore cresce 1 metro por ano, espera-se que ao fim de quatro anos a marca esteja à cerca de 5 metros do solo.

1  1 – No esquema  abaixo, que representa o ciclo reprodutivo das filicíneas os eventos A, B e C são, respectivamente, meiose, germinação e fecundação.

15a

2 2 – Ainda com base no esquema da alternativa anterior, o número de cromossomos de I, II, III e IV é, respectivamente, 2n, n, n e 2n.

3 3 – Na figura  abaixo, que representa uma briófita, as letras A e B indicam, respectivamente, o esporófito e o gametófito.

15b

4 4 – Durante o  mecanismo  de abertura  dos  estômatos,  verifica-se a ocorrência de saída de água do interior das células guardas.

16. (UFJR) Sobre o processo de reprodução sexuada nas angiospermas, está incorreto afirmar:

a) o endosperma é um tecido triploide formado a partir das três células antípodas do saco embrionário.

b) o tubo polínico penetra no óvulo através da micrópila.

c) a dupla fecundação é exclusiva das angiospermas, não ocorrendo em nenhum outro grupo vegetal.

d) o microgametófito é o tubo polínico, enquanto o megagametófito é o saco embrionário.

e) não há formação de arquegônio nas angiospermas.

17. (UFJF) A poda das plantas é um trato cultural que leva ao desenvolvimento de novos ramos. Esse desenvolvimento ocorre em função:

a) do desenvolvimento de gemas laterais, induzido pela diminuição nos níveis de auxina.

b) da formação de novas gemas, induzidas pelo aumento de etileno, produzido em resposta ao dano causado pela poda.

c) da quebra da dormência das gemas, promovida pela redução nos níveis de giberelinas.

d) da ativação do metabolismo ácido das crassuláceas (MAC), induzida pela diminuição nos níveis de etileno.

e) da ativação de gemas apicais, induzidas pelo aumento nos níveis de auxina.

18. (UFLA) As alternativas são corretas com relação à reprodução sexuada que ocorre nas cormófitas (critpógamas e fanerógamas), exceto:

a) As briófitas apresentam reprodução sexuada caracterizada por alternância de gerações. A geração duradoura, isto é, aquela que vive mais tempo e é mais desenvolvida é a geração haploide, gametofítica.

b) Nas criptógamas não há reprodução sexuada, pois esse grupo de plantas não forma estruturas geradoras de gametas.

c) As pteridófitas apresentam reprodução sexuada com alternância de gerações. A geração duradoura é a diploide, que é esporofítica.

d) Nas fanerógamas, na reprodução sexuada, há alternância de gerações. A geração esporofítica é a fase duradoura.

e) Em gimnospermas e angiospermas o gametófito é extremamente reduzido, desenvolvendo-se dentro do próprio esporângio.

19. (PUC-MG) O esquema representa o ciclo reprodutivo de uma Gimnosperma.

19

É correto afirmar sobre esse ciclo, exceto:

a) a estrutura I representa organismo autótrofo e duradouro, chamado esporófito.

b) seus frutos, utilizados por aves, derivam da estrutura III.

c) os endospermas presentes em suas sementes são reservas nutritivas e haploides.

d) a anemofilia ocorre a partir de estruturas masculinas dos esporófitos, presentes em II.

20. (UFRS) Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações que seguem, referentes às angiospermas.

I   II

0  0 – Seus óvulos e sementes estão contidos em um carpelo.

1  1 – Elas apresentam um endosperma diploide.

2  2 – Elas apresentam dupla fertilização.

3  3 – Sua geração predominante é gametofítica.

4  4 – Elas são dioicas ou monoicas.

gab

 

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias