Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE TAXONOMIA (4)

01. (UEPA) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

Nas florestas tropicais da América Central e da América do Sul, vivem várias espécies aparentadas de sapos coloridos popularmente conhecidos por sapinhos-ponta-de-flexa. A espécie Phyllobates terribilis é considerada o vertebrado mais venenoso do Planeta e possui a seguinte classificação taxonômica: Animalia, Chordata, Amphibia, Anura, Neobatrachia, Dendrobatidae, Phyllobates.

Texto Modificado de Bio, Sonia Lopes, 2008.

Sobre a classificação taxonômica da espécie mencionada no texto, é correto afirmar que:

a) Chordata é a familia a qual pertence a espécie.

b) Phyllobates é a ordem da espécie.

c) Dendrobatidae é a familia da espécie.

d) terribilis é o gênero da espécie em questão.

e) Anura é a classe a qual pertence a espécie.

02. (UPE) Considerando os nomes científicos de alguns organismos, abaixo discriminados e, atendendo à normalização da nomenclatura científica, o que se pode concluir:

A. Schistosoma mansoni

B. Enterobius (Oxyurus) vermiculares

C. Rhea americana alba

D. Trypanosoma Cruzi

I   II

0   0  – O nome do organismo deve ser escrito em latim e obrigatoriamente designados o gênero e a espécie os quais devem ser destacado do texto (grifados ou em itálico).

1   1 – A letra inicial do termo indicativo do gênero deve ser maiúscula e a da espécie de ser minúscula, razões pelas quais os organismos B e D estão incorretamente designados.

2   2 – Para se fazer referência a subespécies, o nome indicativo deve ser escrito com inicial minúscula e suceder a espécie; os termos vermiculares e alba, referentes aos organismos B e C, respectivamente, designam subespécies.

3   3 – A indicação de subgênero deve seguir a de gênero, com todas as letras maiúsculas; apesar de serem representados os subgêneros em B e C, nenhum deles está corretamente escrito.

4   4 –   Quando o nome da espécie homenageia uma pessoa, a letra inicial pode ser maiúscula ou minúscula; por isto o organismo D pode estar corretamente designado.

03. Um entomólogo, estudando a fauna de insetos da mata Atlântica, encontrou uma espécie cujos caracteres não se encaixam naqueles característicos dos gêneros de sua família. Isso levará o cientista a criar:

a) uma nova família com um novo gênero.

b) somente uma nova espécie.

c) um novo gênero com uma nova espécie.

d) uma subespécie.

e) uma nova ordem com uma nova família.

04. Considere as afirmações abaixo, referentes aos mais diversos grupos de seres vivos, e assinale o que for correto:

01. O reino Monera é constituído por organismos uni ou multicelulares em que não há ocorrência de carioteca.

02. Platelmintos e anelídeos são animais vermiformes com ocorrência de espécies parasitas e de vida livre.

04. Uma característica comum a gimnospermas e angiospermas é a formação de sementes nesses dois grupos.

08. As euglenófitas são organismos multicelulares que atualmente são classificadas no reino Plantae.

16. A forma exclusiva de reprodução dos fungos é por via assexuada.

Soma das alternativas corretas:

05. As abelhas Trigona spnipes, Plebeia emerina, Plebeia saiqui, Melipona marginata, Melipona bicolor e Tetragonisca angustula pertencem a subfamília Meliponinae, que compreende abelhas nativas sem ferrão. Com relação aos organismos citados é correto afirmar que:

a) compreendem 6 gêneros e 6 espécies.

b) compreendem 4 gêneros e 6 espécies.

c) compreendem 4 famílias e 6 gêneros.

d) compreendem 6 gêneros e 6 subespécies.

e) compreendem 6 famílias e 6 espécies.

06. (UFBA) Dois animais que pertencem à mesma ordem devem pertencer, necessariamente:

a) À mesma espécie.

b) Ao mesmo gênero.

c) À mesma classe.

d) À mesma subordem.

e) À mesma família.

07. A taxonomia utiliza nomes em latim, para denominar os organismos e facilitar a comunicação científica. Os seguintes táxons: Commelinales, Poaceae e Zea mays representam categorias taxonômicas. Na figura abaixo estao representados os níveis hierárquicos. Indique a alternativa que indica sequência correta das categorias taxonômicas, respectivas aos táxons citados (Commelinales, Poaceae e Zea mays), associando-os aos níveis hierárquicos representados por números na figura.

08. (PUC-PR) O nome Brasil deve-se a uma árvore nativa, que solta tinta vermelha, chamada pau-brasil (Caesalpinia echinata), mas a árvore símbolo do país é o ipê amarelo-da-serra (Tabebuia alba). Embora muitas de suas espécies estejam em vias de extinção, muitas cidades adotam árvores como símbolos por decretos municipais. A cidade de Maringá, por exemplo, escolheu para representá-la o Ipê Roxo (Tabebuia impetiginosa), Londrina elegeu a peroba-rosa (Aspidosperma polyneuron) e a de Curitiba é o pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia). Sobre o texto, responda:

a) Existem 5 gêneros e 4 espécies, sendo todas gimnospermas.

b) Existem 4 gêneros e 5 espécies, sendo todas angiospermas.

c) Existem 5 gêneros e 4 espécies, sendo todas angiospermas.

d) Existem 4 gêneros e 5 espécies, sendo uma gimnosperma.

e) Existem 5 gêneros e 4 espécies, sendo duas angiospermas.

09. Carl von Linné (1707-1778), denominado Lineu, em Português, através de sua obra Systema Naturae, propôs uma forma de denominar os seres vivos por inte-médio do que chamou de “unidade básica de classificação” ou espécie. Como exemplo, a ave conhecida popularmente como quero-quero é classificada, segundo o modelo de Lineu, como Vanellus chilensis.

De acordo com esses conceitos, analise as afirmativas abaixo.

I. O nome científico de um organismo é sempre composto de duas palavras; a primeira designa o gênero e a segunda, a espécie.

II. O termo específico do quero-quero é chilensis e o nome genérico é Vanellus.

III. O nome científico do quero-quero é binominal, e Vanellus é seu epíteto específico.

IV. O nome científico do quero-quero é binominal, e Chilensis, assim escrito, é seu epíteto específico.

V. A espécie Vanellus chilensis inclui o gênero, seguido de seu epíteto específico: chilensis.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) II e III.

b) IV e V.

c) II e V.

d) I e III.

e) I e V.

10. (UEA) O boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis) e o boto-cinza ou tucuxi (Sotalia fluviatilis fluviatilis) habitam os rios da Amazônia. Esses animais pertencem:

a) Ao mesmo gênero, porém a subespécies diferentes.

b) Ao mesmo gênero, porém a espécies diferentes.

c) A gêneros diferentes, porém à mesma espécie.

d) A gêneros e espécies diferentes.

e) Ao mesmo gênero e à mesma espécie.

11. Em uma aula de Biologia, o professor mostrou as imagens dos organismos a seguir:

Após analisar as imagens, cinco alunos fizeram afirmações sobre o Reino a que cada organismo pertence, com uma justificativa. Assinale a alternativa que corresponde ao aluno, cuja resposta está correta.

a) O primeiro aluno afirmou que o cogumelo pertence ao Reino Protoctista, pois ele é um organismo que pode ser autótrofo ou heterótrofo.

b) O segundo aluno afirmou que a alga verde pertence ao Reino Fungi, pois apresenta tecidos organizados na forma de micélio.

c) O terceiro aluno afirmou que a alga verde pertence ao Reino Plantae, pois apresenta cloroplastos que a tornam capaz de realizar fotossíntese.

d) O quarto aluno afirmou que o cogumelo pertence ao Reino Fungi, pois ele é heterótrofo, pluricelular e suas células se organizam em filamentos, denominados hifas.

e) O quinto aluno afirmou que a samambaia pertence ao Reino Protoctista, pois ela é pluricelular, suas células são procariontes, e a clorofila encontra-se dispersa pelo citoplasma.

12. (MACKENZIE) FLORESTAS ARTIFICIAIS AMEAÇAM A BIODIVERSIDADE DO PAMPA.AGÊNCIA FAPESP – 26/3/13.

Em estados como Mato Grosso e Pará, a Floresta Amazônica está sendo transformada em pasto. No Rio Grande do Sul, ocorre o problema inverso: a vegetação campestre dos pampas – que há séculos convive em harmonia com a pecuária – está sendo dizimada para dar lugar a florestas plantadas pelo homem. (…) segundo levantamento coordenado pela Profa. Ilsi Boldrin da UFRGS, os campos sulinos concentram uma diversidade 3 vezes maior que a da floresta, quando se leva em conta a proporção da área ocupada por cada bioma. Segundo a Profa. Boldrin, “a paisagem campestre pode parecer homogênea e pobre para quem não a conhece, mas nesse remanescente do bioma mapeamos 2169 __________ pertencentes a 502 ______________ e 89 _____________”.

Os espaços devem ser preenchidos corretamente e respectivamente por:

a) táxons, famílias e gêneros.

b) táxons, gêneros e famílias.

c) gêneros, táxons e famílias.

d) gêneros, famílias e táxons.

e) famílias, gêneros e táxons.

13. Com base nas regras de nomenclatura, indique a alternativa incorreta.

a) Homo sapiens.

b) Tripanosoma Cruzi.

c) Rana esculenta marmorata.

d) Rhea americana americana.

e) Anopheles Nyssurhynchus darlingi.

14. (UEM) Para facilitar o estudo da grande diversidade de seres vivos, os cientistas os organizam em grupos, de acordo com suas semelhanças. Sobre esse assunto, assinale o que for correto.

01. Nos dias atuais, a grafia da nomenclatura binominal proposta por Carol Linnaeus é válida apenas para o Reino Animalia.

02. Levando em consideração as categorias hierárquicas ou as categorias taxonômicas, as Ordens com características semelhantes são agrupadas em Classes.

04. Filogenia ou sistemática filogenética é um método de classificação das espécies baseado na história evolutiva e no grau de parentesco dos diversos seres vivos.

08. Em um cladograma, cada nó representa um grupo ancestral hipotético e exclusivo. Todos os grupos que partem do mesmo nó são considerados parafiléticos, uma vez que apresentam apomorfias.

16. Órgãos análogos indicam graus de parentesco evolutivo, apresentam a mesma função e possuem estruturas anatômicas e origens embrionárias iguais.

Soma das alternativas corretas:

15. (UNIOESTE) Com relação à taxonomia, ou seja, o ramo da biologia que estuda a classificação dos seres vivos é correto afirmar:

01. Que, para a classificação de um grupo, não se deve considerar a filogenia, mas exclusivamente as semelhanças.

02. Que a espécie humana é denominada sapiens.

04. Que o gênero não deve ser escrito em itálico, ou sublinhado, ou negritado.

08. Que, embora dois gêneros possam pertencer a diferentes famílias, ambos podem pertencer aos mesmos reino, filo, classe e ordem.

16. Que, nas nomenclaturas trinomiais, Ramphastos vitellinus culminatus e Centris (Hemisiella) tarsata, as palavras culminatus e Hemisiella representam subgênero e subespécie, respectivamente.

Soma das alternativas corretas:

16. (UEG) A Terra proporciona um pano de fundo em eterna mudança para o desenvolvimento das comunidades biológicas. Os milhões de anos da história da Terra incluem mudanças no clima e em outras condições físicas, rearranjos dos continentes e bacias oceânicas, crescimento e desgaste das cadeias de montanhas e uma evolução contínua das formas de vida. A consequência mais óbvia desta história é a distribuição heterogênea de uma biodiversidade existente no planeta.

LOPES, S.; MENDONÇA, V. L. Bio: volume 2. São Paulo: Saraiva, 2006, p. 280.

Sobre a classificação e a distribuição da diversidade biológica em reinos, como ilustrado no diagrama acima, verifica-se que o reino:

a) Monera compreende organismos unicelulares, aclorofilados e eucarióticos.

b) Fungi compreende organismos pluricelulares, clorofilados e procarióticos.

c) Protista compreende organismos unicelulares, clorofilados e procarióticos.

d) Plantae compreende organismos pluricelulares, clorofilados e eucarióticos.

17. O esquema representa quatro categorias de classificação inclusivas.

 

Se os triângulos representam uma determinada espécie, o círculo será.

a) um filo.

b) um reino.

c) uma ordem.

d) uma família.

e) um gênero.

18. (UEM) As algas apresentam grande diversidade de formas e de tamanhos, ocupando ambientes terrestres úmidos e ambientes aquáticos, onde constituem a base das cadeias alimentares. Sobre esses organismos, assinale a alternativa correta.

a) As clorofíceas, as diatomáceas e os dinoflagelados são grupos de algas componentes do fitoplâncton.

b) As feofíceas ou algas vermelhas são unicelulares e predominantes no solo e na água doce.

c) As euglenofíceas são algas pluricelulares ou coloniais desprovidas de cloroplastos.

d) As clorofíceas ou algas verdes são os únicos representantes do reino Protista que apresentam clorofila.

e) As algas não produzem gametas, portanto não apresentam reprodução sexuada.

19. Com relação ao nome científico do crustáceo Diacyclops bicuspidatus thomasi e as regras de nomenclatura biológica, é incorreto afirmar que:

a) o nome da espécie deve ser destacado do texto.

b) a espécie é sempre referida de forma trinominal.

c) Diacyclops é nome genérico e deve ser escrito com inicial maiúscula.

d) thomasi é uma categoria taxonômica inferior a bicuspidatus.

e) bicuspidatus é o nome específico escrito sempre com inicial minúscula.

20. Numa feira de ciências estavam expostos vários exemplares de animais e vegetais. Entre eles estavam o pinheiro-do-Paraná, o café, o barbeiro, uma lâmina com ameba e um esqueleto do ser humano. Indique a alternativa que mostra o nome científico de uma das espécies citadas acima, escrito corretamente.

a) Homem Sapiens.

b) Cândida arábica.

c) Amoeba proteus.

d) Araucária do Paraná.

e) Barbeiro cruzi.

Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE EMBRIOLOGIA (7)

01. (UNICENTRO)

Observando-se o esquema acima que representa, de maneira bem sucinta, o desenvolvimento do embrião, é possível afirmar que:

a) a fertilização reestabelece o teor haploide de cromossomos da espécie.

b) as células totipotentes são encontradas em todos os tecidos humanos.

c) no blastocisto, observa-se a presença de células com a mesma potencialidade de fases anteriores.

d) no feto, as células apresentam mesma carga genética das células totipotentes.

02. (Unitau) Durante o desenvolvimento embrionário dos humanos, há uma fase que se caracteriza pela formação do arquêntero e pela definição do blastóporo. Assinale a alternativa que apresenta o nome dessa fase, a estrutura que será originada a partir do blastóporo e a denominação dada em função do surgimento dessa estrutura.

a) Organogênese; ânus; deuterostômios.

b) Organogênese; boca; deuterostômios.

c) Gastrulação; boca; protostômios.

d) Gastrulação; ânus; deuterostômios.

e) Clivagem; intestino; protostômios.

03. (UFAM) Anexos embrionários originam-se dos folhetos germinativos, constituindo-se em estruturas que auxiliam na proteção e nutrição do embrião durante seu desenvolvimento. Correlacione o anexo embrionário à sua respectiva função.

Assinale a alternativa correta que apresenta a ordem, de cima para baixo, da correlação entre as colunas:

a) II, IV, I, II.

b) III, I, IV, II.

c) III, IV, II, I.

d) IV, III, I, II.

e) IV, III, II, I.

04. (IFMT) Os óvulos dos animais são geralmente células grandes e imóveis, que contêm em seu interior reserva de nutrientes para o desenvolvimento do embrião. Esses nutrientes compõem o vitelo. A quantidade e a localização do vitelo são variáveis nos diferentes óvulos. O tipo de segmentação sofrida pelo zigoto depende da quantidade de vitelo no interior do óvulo. Os tipos de segmentação embrionária são: holoblástica (total) e meroblástica (discoidal). Sobre o desenvolvimento embrionário, assinale a afirmativa correta.

a) Os vertebrados apresentam os mesmos estágios: mórula, blástula, gástrula e nêurula.

b) Todos os mamíferos possuem óvulo heterolécito.

c) Todos os répteis possuem óvulo telolécito e segmentação parcial discoidal.

d) Alguns peixes possuem óvulos oligolécitos e outros centrolécitos.

e) Algumas aves possuem segmentação total igual e outras parcial discoidal.

05. (UEA) A figura representa o embrião de uma ave em desenvolvimento e seus respectivos anexos embrionários. Com exceção da casca do ovo, as demais estruturas indicadas na figura também estão presentes na gestação do embrião humano.

Dentre os anexos embrionários indicados na figura, um deles é bastante desenvolvido nos ovos das aves em razão de sua importância para a nutrição do embrião. Porém, nos mamíferos placentários, esse anexo é pouco desenvolvido uma vez que a nutrição do embrião se dá a partir da placenta, que resulta do desenvolvimento de outro anexo embrionário comum aos dois organismos. Esses dois anexos embrionários são, respectivamente,

a) alantoide e âmnio.

b) alantoide e cordão umbilical.

c) cório e âmnio.

d) saco vitelínico e alantoide.

e) saco vitelínico e cório.

06. (UNITAU) Celoma é uma palavra de origem grega que sugere oco ou cavidade. Nos animais, representa uma cavidade formada a partir da mesoderme. Moluscos, anelídeos, artrópodos, equinodermos e cordados são portadores dessa cavidade, a qual pode ser formada por meio de dois mecanismos, que definiram os animais triblásticos em protostômios e deuterostômios. Acerca da formação do celoma, observe a figura e analise as afirmações.

I. A figura “A” indica a formação do celoma por esquizocelia, e a figura “B”, por enterocelia.

II. Na enterocelia, a mesoderme surge a partir de células localizadas ao redor do blastóporo.

III. O esquizoceloma é o tipo de celoma dos animais protostomados.

IV. Na enterocelia, a mesoderme se origina de evaginações do tubo digestivo primitivo.

a) Apenas I e III estão corretas.

b) Apenas II e IV estão corretas.

c) Apenas I, III e IV estão corretas.

d) Apenas I, II e III estão corretas.

e) Apenas I e IV estão corretas.

07. (UEPG) As células-ovo de praticamente todos os animais possuem substâncias nutritivas no citoplasma, o vitelo. Existem alguns tipos de ovos (e segmentação) relacionados à quantidade e à distribuição do vitelo na célula. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. O ovo oligolécito possui pouco vitelo distribuído de forma uniforme no citoplasma e sua segmentação é total e igual.

02. Os mamíferos apresentam ovo do tipo oligolécito, exceto os mamíferos ovíparos.

04. O ovo telolécito (ou megalécito) apresenta grande quantidade de vitelo (neste caso, também chamado de gema) e está presente nos répteis e nas aves.

08. O ovo heterolécito (ou mesolécito) apresenta segmentação total e desigual, pois a região superior apresenta menos vitelo e se divide mais rapidamente.

16. No ovo centrolécito, o vitelo ocupa a região central da célula. A segmentação é meroblástica superficial.

Soma das alternativas corretas:

08. (PUC-RIO) Com relação ao desenvolvimento embrionário dos animais, não é correto afirmar que:

a) A diferença entre animais protostomados e deuterostomados diz respeito, no embrião, aos diferentes momentos de formação da boca e do ânus.

b) Animais triploblásticos são aqueles que apresentam embriões com três folhetos embrionários.

c) A diferença entre animais diploblásticos e triploblásticos está no número de tecidos embrionários.

d) A ectoderme embrionária irá formar a epiderme; e a endoderme embrionária, a derme.

e) Ectoderme, endoderme e mesoderme são tecidos embrionários.

09. (FPS) Considerando o desenvolvimento dos tecidos embrionários em répteis, aves e mamíferos aponte, dentre as alternativas, o nome dado à evaginação membranosa da parede do arquêntero, formado pelo crescimento conjunto do endoderma e do esplancnopleura, com a função de armazenar excretas dos rins do embrião:

a) Saco vitelínico.

b) Alantoide.

c) Cório.

d) Âmnio.

e) Blastocela.

10. (PUC-SP) Analise a tira de quadrinhos:

Os pintinhos nascem molhados, devido principalmente ao material proveniente:

a) Do âmnio, que armazena excretas nitrogenados do embrião, e do alantoide, que previne dessecação e amortece choques mecânicos.

b) Do âmnio, que previne dessecação do embrião e amortece choques mecânicos, e do alantoide, que armazena excretas nitrogenados.

c) Do âmnio, que previne a dessecação do embrião, e do grande número de vilosidades coriônicas ricas em vasos sanguíneos.

d) Do alantoide, que armazena excretas nitrogenados do embrião, e do grande número de vilosidades coriônicas ricas em vasos sanguíneos.

11. (UFRR) Durante a reprodução nos humanos, a união dos gametas masculino e feminino dá origem ao zigoto. O zigoto passa por uma série de mudanças que darão origem ao ser humano. Dentre as fases do desenvolvimento embrionário, o zigoto passa por um processo conhecido como clivagem, que consiste:

a) Na formação da notocorda.

b) Em divisões meióticas do citoplasma do zigoto, com formação de inúmeras células menores chamadas de blastômeros.

c) Em divisões mitóticas do citoplasma do zigoto, com formação de inúmeras células menores chamadas de blastômeros.

d) Na formação dos órgãos.

e) Na formação do saco vitelínico.

12. (UPE) Sobre o desenvolvimento embrionário após a fecundação, observe as figuras abaixo:

A figura A representa o tipo de ovo e sua segmentação, e a figura B, os animais que possuem essa fase em seu desenvolvimento embrionário. Assinale a alternativa que apresenta a correta correspondência entre o tipo de ovo, a segmentação e o exemplo animal, conforme as figuras A e B.

a) Alécito – holoblástica subigual – gafanhoto.

b) Centrolécito – meroblástica superficial – macaco.

c) Heterolécito – holoblástica desigual – sapo.

d) Isolécito – meroblástica discoidal – estrela do mar.

e) Telolécito – holoblástica igual – galinha.

13. (UNICID) As imagens mostram ovos de vertebrados tetrápodes.

As trocas gasosas na fase embrionária do animal do ovo 1 e na fase adulta do animal do ovo 2 são realizadas, respectivamente:

a) Pelo alantoide externo à casca e pelo epitélio branquial.

b) Pelo córion externo à casca e pelos epitélios branquial e cutâneo.

c) Pelo alantocórion aderido à casca e pelos epitélios pulmonar e cutâneo.

d) Pelo saco vitelínico unido à casca e pelos epitélios cutâneo e branquial.

e) Pelo líquido da bolsa amniótica e pelo epitélio pulmonar.

14. (FCM-PB) Quando um embrião apresenta-se de forma esférica, constituído por uma única camada de pequenas células que circunda uma cavidade preenchida por um líquido, está na fase de:

a) Zigoto.

b) Mórula.

c) Gástrula.

d) Nêurula.

e) Blástula.

15. (UNIMONTES) A embriologia é uma ciência muito importante. Ocupa-se do estudo da origem e desenvolvimento dos seres. Suas contribuições são imensas para a compreensão não só do desenvolvimento normal, como também das malformações congênitas. Sobre o tema abordado e conhecimentos associados, é correto afirmar:

a) O espessamento do ectoderma é um indício importante da formação do tubo neural.

b) Como o mesoderma e endoderma não estão em contato direto com o meio externo, ambos não induzem à neurulação.

c) Considerando que todos os tecidos e órgãos derivam dos mesmos folhetos germinativos, a ocorrência de anomalias congênitas é maior durante a fase de segmentação.

d) A gastrulação indica que a organogênese está completada, portanto, após essa fase o risco de malformações congênitas é muito reduzido.

16. (UNCISAL) O ácido retinoico está sendo usado como cosmético no tratamento de envelhecimento da pele, de acne e de estrias. Para a medicina e a biologia, o ácido retinoico é essencial, pois atua na formação de estruturas corporais importantes, como o coração. A quantidade de ácido retinoico em nosso corpo se apresenta em ondas (alterna períodos com e sem ácido retinoico) e assim, no período embrionário, a presença do ácido retinoico resulta na formação de átrios e a ausência, na formação de ventrículos. Estudos realizados na Universidade de Campinas (UNICAMP) apontam que “Se uma mulher usa [o ácido retinoico], no começo da gestação, a má formação é quase certa […]”.

FIORAVANTI, C. Como explicar um coração tão dividido. Pesquisa FAPESP. out. 2014, p. 50 (adaptado).

Em que folheto embrionário o ácido retinoico atua para provocar a má formação apontada?

a) No zigoto, pois é responsável pela formação de todas as outras células.

b) Na ectoderme, pois é responsável pela formação da epiderme, mucosas e tubo neural.

c) Na mesoderme, pois é responsável pela formação da derme, das serosas e do mesênquima.

d) Na endoderme, pois é responsável pela formação do tubo digestório, das mucosas e a notocorda.

e) Na mórula, pois é responsável pela segmentação total e igual das células do zigoto, através de clivagens.

17. (UEPG) Com relação ao desenvolvimento embrionário e suas etapas, assinale o que for correto.

01. As células resultantes da divisão do zigoto são chamadas de blastômeros, as quais darão origem à mórula, resultante de intensos processos de divisões celulares.

02. O folheto embrionário denominado de endoderme originará o revestimento interno do tubo digestório e do sistema respiratório, além de órgãos como fígado e pâncreas.

04. Os músculos, cartilagens, ossos e sangue são originários do folheto embrionário denominado de mesoderme.

08. Falhas no fechamento do tubo neural podem provocar malformações nos vertebrados. No embrião humano, a falha de fechamento na região posterior do tubo nervoso leva à condição de espinha bífida, já a falha de fechamento na região anterior causa a anencefalia.

16. Durante a gastrulação, a migração de células para dentro do embrião faz com que a blastocele desapareça e ocorra a formação de uma nova cavidade, denominada de arquêntero (ou gastrocele), a qual se comunica com o meio externo pelo blastóporo.

Soma das alternativas corretas:

18. (URCA) Após a fecundação começa o processo de desenvolvimento embrionário nos seres triblásticos com a seguinte sequência de estágios:

a) Blástula – mórula – gástrula – nêurula e organogênese.

b) Gástrula – nêurula – Blástula – mórula e organogênese.

c) Organogênese – Blástula – mórula – gástrula e nêurula.

d) Mórula – gástrula – Blástula – nêurula e organogênese.

e) Mórula – Blástula – gástrula – nêurula e organogênese.

19. (FEI) Leia o texto abaixo:

Chama-se diferenciação celular ao processo pelo qual células ou partes celulares de um organismo são modificadas durante seu desenvolvimento para servir a funções específicas. As células de um animal em suas fases embrionárias iniciais são idênticas entre si, porém desenvolvem-se por diferenciação em tecidos específicos, tais como ossos, miocárdio e pele. Os fatores que determinam a diferenciação de quaisquer tipos celulares ainda não estão complemente elucidados, mas entre os deuterostômios (vertebrados e animais mais complexos) tais fatores incluem a localização da célula que vai se diferenciar em relação a outras células e a ativação de genes específicos.

Sobre este texto foram feitas as seguintes afirmações:

I. Somente os deuterostômios têm mecanismos de diferenciação celular.

II. Estudos genéticos, entre outros, são necessários para se compreender a diferenciação celular.

III. Somente unidades celulares completas podem ser levadas ao processo de diferenciação.

IV. Tecido conjuntivo ósseo e tecido epitelial são resultado de processos de diferenciação celular.

Assinale a alternativa correta:

a) Apenas a afirmação II é correta.

b) As afirmações I e III são corretas.

c) As afirmações I e IV são corretas.

d) Apenas a afirmação IV é correta.

e) As afirmações II e IV são corretas.

20. (FCM.PB) Associe a coluna I com a coluna II e assinale a alternativa correspondente. São derivados dos folhetos:

COLUNA I

I. Derivado ectoderma.

II. Derivado endoderma.

III. Derivado mesoderma.

COLUNA II

(   ) Sistema respiratório, exceto cavidades nasais.

(   ) Sistema nervoso.

(   ) Sistema muscular.

(   ) Medula óssea.

(  ) Glândulas do trato digestório (fígado e pâncreas).

a) I, II, III, III, II .

b) II, II, I, III, II.

c) III, I, I, III, II.

d) I, I, III, III, II.

e) II, I, III, III, II.

 

Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (13)

01. (PUC-PR) A febre chikungunya é uma doença viral transmitida aos seres humanos por mosquitos, como o Aedes aegypti e A. albopictus, os mesmos que transmitem a dengue. Em razão da alta incidência desses mosquitos no país, os pesquisadores estimaram o risco de transmissão do vírus chikungunya por outras regiões do Brasil. Para isso, submeteram dados sobre a presença das duas espécies de mosquitos transmissores da doença a modelos matemáticos capazes de predizer possíveis padrões geográficos de disseminação do vírus. O vírus chikungunya (CHIKV) possui genoma de RNA positivo de fita simples, pertencente ao gênero Alphavirus da família Togaviridae.

Fonte: Adaptado de: <http://revistapesquisa.fapesp.br/2015/05/20/pesquisadores-identificam-linhagem-do-virus-chikungunya-no-brasil/&gt;.

As características do agente etiológico e da doença permitem inferir que:

a) O risco de transmissão é maior, uma vez que o agente etiológico é específico a um único vetor.

b) O genoma viral apresenta pareamento de bases nitrogenadas.

c) O RNA do vírion é de mesmo sentido que o RNA mensageiro e, portanto, funciona como RNA mensageiro, sendo totalmente ou parcialmente traduzido em proteínas na primeira etapa da replicação viral.

d) A utilização de modelos matemáticos capazes de predizer possíveis padrões geográficos de disseminação do vírus será útil na imunização passiva de pessoas não afetadas pela febre chikungunya.

e) Aedes aegypti e Aedes albopictus são espécies pertencentes ao mesmo gênero, mas de famílias diferentes.

02. (IFMG) Qual é a semelhança entre a dengue e a febre chikungunya?

a) A dengue e a febre chikungunya são doenças causadas pelo mesmo vírus.

b) Ambas podem ser evitadas, em ambientes urbanos, pela eliminação de objetos que acumulem água parada.

c) Ambas são transmitidas preferencialmente pelo Aedes aegypti, mas podem ser transmitidas pelo Aedes albopictus.

d) As duas doenças podem apresentar-se na sua forma hemorrágica.

03. (FAMERP) A histoplasmose é uma doença respiratória que pode ter uma regressão espontânea ou evoluir para um quadro mais grave. A infecção pulmonar é benigna em pessoas saudáveis, mas, em pessoas imunocomprometidas, pode desencadear um quadro crônico e rapidamente progressivo. O agente causador é um ser vivo eucarionte, heterótrofo e com micélios haploides. Ele produz esporos que podem ser inalados e depositados nos alvéolos pulmonares.

(Cedric A. Mims et al. Microbiologia médica, 1995. Adaptado.)

Para o tratamento da doença descrita no texto, um médico deverá indicar um:

a) fungicida.

b) bactericida.

c) anti-helmíntico.

d) acaricida.

e) antiviral.

04. (ETEC) A produção de vacinas exige conhecimento técnico e controle de qualidade. Nessa produção, duas fases principais são importantes: a fase biológica, que identifica e faz as culturas dos microrganismos causadores da doença, que serão, posteriormente, atenuados ou inativados; e a fase farmacêutica, que consiste na obtenção final do produto. Assim, considerando uma vacina contra a dengue, para que sua eficiência seja constatada, ela deverá:

a) aumentar a quantidade de glóbulos vermelhos no sangue dos organismos contaminados, para facilitar o processo de defesa contra os microrganismos causadores da doença.

b) ser amplamente aplicada em mamíferos roedores, pois esses são os principais agentes transmissores dos microrganismos causadores da dengue nos seres humanos.

c) modificar o material genético dos seres humanos doentes, a fim de induzir a produção de proteínas de defesa e aumentar a imunidade.

d) impedir a multiplicação dos vetores da doença no meio ambiente, principalmente no período que antecede a estação chuvosa.

e) estimular, nos seres humanos vacinados, a produção de anticorpos específicos, que auxiliam o processo de defesa.

05. (UEA) A maioria das doenças sexualmente transmissíveis podem ser prevenidas com o uso do preservativo masculino (camisinha) durante a relação sexual. Contudo, uma vez adquirida a DST, apesar de algumas serem de difícil cura, há tratamentos que amenizam os sintomas ou podem evitar a progressão da doença. O tipo de tratamento depende do agente infeccioso causador da DST. O tratamento com antibióticos é recomendado nos casos de:

a) aids e cancro mole.

b) cancro mole e herpes genital.

c) gonorreia e herpes genital.

d) aids e gonorreia.

e) cancro mole e sífilis.

06. (URCA) A gripe A, é uma doença respiratória causada por uma cepa do vírus Influenza

A (H1N1). Devido a mutações no agente etiológico e transmissão direta, principalmente por meio de espirro, tosse ou de secreções respiratórias de pessoas infectadas e que, em 2009, causou a primeira pandemia do século XXI e agora em 2016, principalmente na Região Sudeste, desde março estamos passando por nova ameaça com a influenza H1N1. Diante da gravidade da doença, todos os anos o Ministério da Saúde MS vem realizando ações educativas em saúde e campanhas de vacinação, principalmente nos meses de abril e maio devido às mudanças climáticas no país. Analise as alternativas a seguir e marque aquela que indica o motivo pelo qual a vacina anual é necessária:

a) A vacina deve ser aplicada anualmente porque o corpo humano vai perdendo a capacidade de produzir novos anticorpos, sendo necessário aplicar outro antígeno.

b) Vacina-se anualmente contra o vírus Influenza A (H1N1) como uma forma de reforçar a produção de anticorpos.

c) A vacina contra a gripe A (H1N1) é aplicada anualmente para evitar que o corpo humano se acostume com os vírus do local.

d) A vacinação contra H1N1 é anual porque o vírus Influenza apresenta grande capacidade de mutação.

e) É necessário vacinar contra H1N1 anualmente, pois a cada ano ela é causada por um grupo de vírus Influenza, podendo ser A, B ou C.

07. (UEM) A dengue e a febre amarela urbana são duas doenças que preocupam as secretarias de saúde de vários estados brasileiros. Em relação a essas duas doenças, é correto afirmar que:

01. Ambas são transmitidas pelo mesmo vetor e aumentam a sua incidência no mesmo período do ano.

02. São doenças causadas por vírus do grupo dos flavivírus, e se distinguem apenas pelos sintomas.

04. As medidas preventivas para se evitar o aumento da dengue são as mesmas para a febre amarela e se baseiam no controle da população do vetor.

08. Os ovos do vetor circulam pela corrente sanguínea até a eclosão, quando passam a se alimentar das hemácias, provocando anemia e inflamações.

16. Uma medida profilática considerada eficaz para evitar essas doenças é evitar que o bacilo se reproduza na água parada.

Soma das alternativas corretas:

08. (UEMA) Grandes epidemias marcaram a história da humanidade. Algumas causaram a morte de milhões de pessoas, especialmente durante a Idade Média. No Brasil, grandes epidemias aconteceram entre o fim do Século XIX e o início do Século XX. As políticas públicas e o empenho de grandes cientistas como Oswaldo Cruz, Adolfo Lutz, Emílio Ribas e Vital Brazil livraram o país de suas primeiras grandes epidemias: peste, cólera e febre amarela.

De acordo com Carlos Vogt, em entrevista concedida em 2005, “O combate à Doença de Chagas, à Febre Amarela, à Leishmaniose, à Malária, à Dengue tem mobilizado a sociedade e os governos na busca de soluções mais permanentes e no estabelecimento de políticas públicas que conduzam a medidas de prevenção mais eficientes.”.

http://www.comciencia.br/reportagens/2005/06/01.shtml.

O controle da proliferação de mosquitos do gênero Aedes é uma medida eficiente de combate às seguintes doenças:

a) Leishmaniose, Dengue.

b) Febre amarela, Dengue.

c) Doença de Chagas, Febre amarela.

d) Doença de Chagas, Malária.

e) Leishmaniose, Malária.

09. (UNIFOR) A primeira vacina contra a dengue finalmente pode chegar às suas mãos, ou melhor, aos seus braços. Criada pelo laboratório Sanofi Pasteur, ela começou a ser comercializada e é dividida em três doses – uma a cada seis meses. O tratamento é indicado para pacientes entre nove e 45 anos, tem bom poder de proteção (cerca de 66% de eficácia) e pode causar efeitos colaterais como dores de cabeça, febre e indisposição.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/ noticias/6-respostas-sobre-a-nova-vacina-contra-a-dengue Acesso em: 10 de out. 2016 (adaptado)

Ao tomar essa vacina, o paciente espera:

a) adquirir imunização passiva contra o agente causador da doença, gerando duradoura

memória imunológica.

b) adquirir imunização artificial por meio da vacinação que levará à produção de anticorpos e

células de memória.

c) obter imunização natural já que irá receber anticorpos pré-formados (prontos) através do

esquema de vacinação.

d) elevar sua produção de antígenos contra os vírus da dengue (DEN-1 ao DEN-4) e outras

doenças equivalentes.

e) potencializar a resposta imunológica primária e secundária, elevando a produção de antígenos pelas células de defesa.

10. (FPS) A fibrose cística é uma enfermidade que causa, dentre outros problemas, acúmulo de secreção e muco mais viscoso que o normal nos pulmões e vias respiratórias. A doença é causada por uma mutação que torna inativa uma proteína envolvida com o bombeamento de íons cloro (Cl) através da membrana de células glandulares para o exterior. Assim, pode-se concluir que a fibrose cística está associada com distúrbio:

a) nos processos de endocitose e exocitose, impedindo as células de englobar partículas alimentares.

b) na permeabilidade celular, desequilibrando as quantidades de íons cloro dentro e fora das células.

c) na formação do glicocálix, alterando o transporte ativo de íons através da membrana celular.

d) na osmose celular, uma vez que o transporte ativo de água depende de proteínas da membrana celular.

e) na síntese proteica, impedindo a difusão facilitada de sódio-potássio através da membrana celular.

11. (UEG) A crescente preocupação dos consumidores em conhecer as características dos alimentos que consomem tem conduzido ao desenvolvimento de produtos que promovem a saúde e o bem-estar, além de sua função de nutrição. Esses alimentos que geram efeitos benéficos à saúde humana, aliados à ação nutricional, são denominados funcionais. Seu efeito deve-se à adição de ingredientes ativos e à remoção ou substituição de substâncias indesejáveis em sua composição. Um destes ingredientes são os probióticos, nos quais se destacam os lactobacilos.

MACEDO, R. E. F.; PFLANZER Jr., S. B.; TERRA, N. N.; FREITAS, R. J. S. Desenvolvimento de embutido fermentado por Lactobacillus probióticos: características de qualidade. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 28(3): 509-519, jul.-set. 2008.

Os lactobacilos são organismos utilizados, por exemplo, para se produzir coalhada a partir do leite. Esses organismos possibilitam, quando presentes nesses alimentos probióticos:

a) a disfunção no equilíbrio microbiano intestinal, produzindo efeitos colaterais.

b) o trânsito intestinal irregular, uma vez que os lactobacilos são prejudiciais aos outros organismos presentes.

c) a melhoria do equilíbrio microbiano intestinal, produzindo efeitos benéficos à saúde do indivíduo.

d) o aumento dos episódios de diarreia, prevenção ou supressão de câncer de cólon e redução do colesterol.

e) o desequilíbrio associado ao funcionamento da flora intestinal, gerando intolerância à lactose.

12. (PUC-GO) Use o texto abaixo para responder esta questão.

DEMOCRACIA

Punhos de redes embalaram o meu canto para adoçar o meu país, ó Whitman. Jenipapo coloriu o meu corpo contra os maus-olhados, catecismo me ensinou a abraçar os hóspedes, carumã me alimentou quando eu era criança, Mãe-negra me contou histórias de bicho, moleque me ensinou safadezas, massoca, tapioca, pipoca, tudo comi, bebi cachaça com caju para limpar-me, tive maleita, catapora e ínguas, bicho-de-pé, saudade, poesia; fiquei aluado, mal-assombrado, tocando maracá, dizendo coisas, brincando com as crioulas, vendo espíritos, abusões, mães-d’água, conversando com os malucos, conversando sozinho, emprenhando tudo que encontrava, abraçando as cobras pelos matos, me misturando, me sumindo, me acabando, para salvar a minha alma benzida e meu corpo pintado de urucu, tatuado de cruzes de corações, de mãos-ligadas, de nomes de amor em todas as línguas de branco, de mouro ou de pagão.

(LIMA, Jorge de. Melhores poemas. São Paulo: Global, 2006. p. 74.)

O Texto acima faz referência à “maleita”, doença infecciosa aguda ou crônica causada por protozoários e transmitida por picada de mosquito. Dentre as alternativas a seguir, marque a que apresenta uma afirmação correta em relação ao protozoário responsável e ao modo de transmissão dessa doença:

a) trata-se da Wuchereria, transmitida pela picada do mosquito

b) é a Wuchereria, transmitida pela picada da fêmea de mosquitos do gênero

c) gênero Plasmodium, transmitido pela picada da fêmea de mosquitos do gênero

d) o Trypanosoma, cuja entrada na corrente sanguínea se dá a partir do ferimento da “picada” por triatomas.

13. (IFMT)

AVANÇO DE SUPERGONORREIA QUE PODE SE TORNAR INTRATÁVEL PREOCUPA GRÃ-BRETANHA

Por causa de uma nova bactéria, um alerta nacional foi emitido no ano passado, quando foram registrados casos em Leeds, no condado de Yorkshire, na região central do país. Um dos principais tratamentos contra a doença mostrou-se ineficaz contra esta variedade.

(Disponível em <http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/bbc/2016/05/03/avanco-de-supergonorreia-que-pode-se-tornar-intratavelpreocupagra-bretanha.htm&gt;. Acessado em abr. 2016).

O microrganismo causador da gonorreia:

a) é uma bactéria Neisseria gonorrhoeae, transmitida por sexo vaginal, oral e anal sem proteção.

b) sofreu mutações provocadas pelos antibióticos, usados no tratamento da doença.

c) é disseminado pela ingestão de alimentos ou água contaminados com cistos do causador.

d) sofreu mutação e por isso surgiu uma nova espécie, a Streptococcos pneumoniae.

e) apresenta célula com núcleo organizado e organelas citoplasmáticas membranosas.

14. (UFPR) Existem diferentes modos de transmissão das doenças infecciosas humanas. A figura abaixo apresenta três deles.

Dengue e tuberculose têm seus principais modos de transmissão representados, respectivamente, em:

a) A e B.

b) A e C.

c) B e A.

d) B e C.

e) C e A.

15. (UFMS) “The Hot Zone”, um livro escrito por Richard Preston há mais de 20 anos, e uma narrativa que detalha as origens do organismo causador do ebola. Diante do novo surto em 2014, o livro é uma alternativa de leitura para o conhecimento dessa doença. Sobre o organismo causador do ebola, considere as afirmativas a seguir.BLOG.2017

I. É constituído de célula procariótica, destacando-se a presença de pequenas moléculas de DNA circular além do nucleoide.

II. Apresenta plasmídio, DNA circular, responsável pela rápida proliferação do organismo causador da doença.

III. É acelular e apresenta ácido nucleico protegido por um envoltório de proteínas, o capsídeo.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e II.

e) I, II e III.

16. (UNIOESTE) As vacinações contra hepatite B, tétano, tuberculose, sarampo e poliomielite fazem parte do calendário básico de vacinação da criança. Essas doenças são causadas, respectivamente, por:

a) Vírus, bactéria, bactéria, vírus, vírus.

b) Vírus, bactéria, vírus, bactéria, vírus.

c) Vírus, vírus, bactéria, bactéria, vírus.

d) Bactéria, vírus, bactéria, vírus, vírus.

e) Bactéria, vírus, vírus, bactéria, vírus.

17. (UEM) Sobre a esquistossomose, ou “barriga d’água”, é correto afirmar que:

01. Os vermes adultos, causadores da doença, são dioicos com dimorfismo sexual e se instalam nas veias do fígado alimentando-se de sangue.

02. A coceira na pele é resultante da penetração ativa dos miracídios na pele humana, atingindo depois o sistema porta-hepático, onde se reproduzem assexuadamente.

04. O hospedeiro intermediário do parasito é um molusco planorbídeo, do gênero Biomphalaria.

08. Esta verminose é causada pelo nematoide Ancylostoma duodenale.

16. O nome “barriga d’água” é devido ao aumento do tamanho do abdôme, decorrente do acúmulo de plasma nos tecidos.

Soma das alternativas corretas:

18. (UEL) Leia o texto a seguir.

Cidades menores, quando não organizadas, podem apresentar problemas sérios de saúde pública, como é o caso de epidemias de dengue. Esforços têm sido dedicados à descoberta de novos métodos para controle da dengue. A curcumina, uma substância presente no açafrão-da-terra, pode matar as larvas do Aedes aegypti. Basta colocar o pó em locais onde o mosquito da dengue costuma se reproduzir, como pratos e vasos de plantas. Além de ser eficaz, a substância não agride o meio ambiente.

(Adaptado de: <http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2015/03/ substancia-presente-no-acafrao-pode-ajudar-no-combate-dengue-dizusp.html>. Acesso em: 14 abr. 2015.)

De acordo com o texto acima, a curcumina mata a larva de Aedes aegypti; portanto, pode-se inferir que a curcumina é também eficiente na destruição de outras larvas de insetos transmissores de doenças. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a associação entre o inseto transmissor, que pode ser suscetível à curcumina, e a doença correspondente.

a) Anopheles – Doença de Chagas.

b) Culex – Malária.

c) Glossina – Filariose.

d) Lutzomya – Leishmaniose.

e) Triatoma – Febre Amarela.

19. (UCS) No Estado de São Paulo ocorreram alguns casos curiosos no ano de 2015: algumas pessoas foram inicialmente diagnosticadas com dengue, pois apresentavam febre alta, dores de cabeça, vômito e manchas vermelhas na pele, mas, posteriormente, após análises mais criteriosas, foram identificadas como portadoras de outra doença. As análises mostraram que se tratava de uma doença bacteriana, associada ao sistema circulatório e transmitida pelo carrapato-estrela. A doença em questão era:

a) Febre tifoide.

b) Botulismo.

c) Tétano.

d) Tifo.

e) Febre maculosa.

20. (ACAFE) OMS pede que governos aumentem impostos sobre bebidas açucaradas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu aos governos que aumentem o imposto sobre as bebidas açucaradas para combater o problema da obesidade no mundo, onde um adulto em cada três está com excesso de peso. Em um novo relatório, a agência da ONU afirma que existem provas contundentes de que novos impostos cobrados sobre as bebidas açucaradas, como refrigerantes, “reduziria, proporcionalmente, seu consumo”. Um aumento de 20% dos preços desse tipo de bebida teria uma redução do consumo da ordem de 20%. Em escala mundial, o número de casos de obesidade duplicou desde 1980. Em 2014, mais de 1,9 bilhão de adultos – pessoas de 18 anos ou mais – estavam com excesso de peso, e deles mais de 600 milhões eram obesos.

Fonte: g1. globo, 11/10/2016.Disponível em: http://g1.globo.com/

Nesse sentido, é correto afirmar, exceto:

a) Como problemas de saúde que a obesidade pode causar pode-se citar: pressão alta, diabetes, câncer e infertilidade.

b) Os carboidratos são moléculas que desempenham uma ampla variedade de funções, dentre elas: fonte de energia, reserva energética e estrutural. São formados principalmente por carbono, hidrogênio e oxigênio, apresentando a fórmula geral (CH2O)n.

c) Os lipídios são moléculas orgânicas formadas a partir da associação entre ácidos graxos e álcool. São insolúveis em água, mas se dissolvem em solventes orgânicos, como a benzina e o éter. São exemplos de lipídios: os óleos, as gorduras, as ceras e os hormônios esteroides.

d) O pâncreas produz dois hormônios importantes na regulação da taxa de glicose (açúcar) no sangue: a insulina e o glucagon. O glucagon facilita a entrada da glicose que será utilizada para a produção de energia na célula, e/ou seu armazenamento no fígado, na forma de glicogênio.

 

Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE SISTEMA EXCRETOR (4)

01. (UNICAMP) Em relação à forma predominante de excreção dos animais, é correto afirmar que:

a) peixes são animais amoniotélicos, aves e répteis são ureotélicos e mamíferos são uricotélicos.

b) a ureia é altamente tóxica e insolúvel em água, sendo a principal excreta das aves.

c) peixes, exceto os condrictes, são amoniotélicos e aves e répteis adultos são ureotélicos.

d) a amônia é altamente tóxica e necessita de um grande volume de água para ser eliminada.

02. (PUC-PR) Leia o fragmento de texto a seguir:

A IAAF (Federação Internacional de Atletismo) irá abandonar a sua política de examinar amostras de sangue de todos os atletas no próximo Mundial de Atletismo, a ser disputado em Pequim, na China, entre os dias 22 e 30 de agosto. A informação é do jornal britânico “The Guardian”.  De acordo com a associação, um sistema aprimorado será introduzido para examinar a amostra de sangue dos competidores de elite, apesar de manter a obrigatoriedade do teste de urina para todos os participantes. Nos Mundiais anteriores – Daegu, em 2011, e Moscou, em 2013 –, todos os atletas precisaram fornecer uma amostra de sangue. Por isso, a decisão de reduzir a escala dos exames antidoping surpreendeu aos atletas, principalmente por acontecer em momento em que há denúncias de violação de regras de controle. Para a federação, não se trata de suavizar o combate ao uso de substâncias proibidas.

Disponível em: <https://www.bemparana.com.br/noticia/401354/federacao-restringe-teste-de-sangue-a-elite-em-mundial&gt;. Acesso em 28/08/2015.

Se for usado um diurético como doping, provavelmente, sua utilização teria o intuito de favorecer a perda de peso ou de mascarar a presença de outras substâncias. A ação de um diurético poderia estar relacionada à(ao):

a) ampliação da eliminação de água pelos túbulos proximais do rim.

b) diminuição da ação do hormônio ADH.

c) aumento da pressão arterial por retenção de minerais.

d) aumento da função da Alça de Henle.

e) diminuição da reabsorção que ocorre na bexiga urinária.

03. (UPF) Além de manterem o balanço de sais e água, os animais precisam eliminar de seu fluido extracelular os produtos do metabolismo. Proteínas e ácidos nucleicos, por exemplo, contêm nitrogênio e, por isso, sua metabolização gera produtos nitrogenados, além de água e dióxido de carbono. Os animais excretam tais produtos nitrogenados de diferentes formas. Assinale a alternativa que relaciona corretamente os grupos de animais ao principal tipo de produto nitrogenado que excretam.

04. (UEPG) Considerando-se os sistemas de excreção e os produtos excretados por diversos organismos, assinale o que for correto.

01. Animais aquáticos podem excretar diretamente a amônia, pois apesar de ser muito tóxica, também é muito solúvel em água. Já os animais terrestres teriam que gastar muita água para excretar amônia, correndo risco de desidratação.

02. O sistema excretor dos protozoários é formado por células-flama, as quais excretam restos alimentares por um orifício na parte distal do animal.

04. Os embriões da maioria dos répteis, aves e insetos excretam amônia através de poros situados na casca do ovo, impedindo assim que o embrião se intoxique com a substância.

08. Os anfíbios adultos e os mamíferos excretam ureia, a qual por ser menos tóxica que a amônia, pode ser eliminada de forma mais concentrada, levando a economia de água pelo animal.

16. Os anelídeos possuem um sistema excretor composto de túbulos de Malpighi, sendo que parte da excreção também pode ser realizada por difusão, através da superfície do corpo.

Soma das alternativas corretas:

05. (Mackenzie)

O esquema, acima, mostra como ocorre a manutenção osmótica em duas espécies de peixes. A esse respeito, considere as seguintes afirmativas.

I. No peixe A a eliminação de sais pelas brânquias ocorre de forma passiva.

II. A ingestão de água no peixe A repõe a água perdida por osmose.

III. O peixe B elimina amônia como principal excreta nitrogenado.

IV. No peixe B, tanto a absorção de sais como a de água ocorrem de forma ativa.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I, II e III.

b) II e III.

c) I, III e IV.

d) II, III e IV.

e) I e II.

06. (Anhembi Morumbi) O gráfico ilustra o comportamento do mecanismo hormonal humano para o controle do volume urinário, ao longo de oito horas de um experimento laboratorial.

Considerando a ação fisiológica do hormônio estudado nas estruturas renais e as informações fornecidas pelo gráfico, é correto afirmar que:

a) em oito horas de experimento, ocorre a diminuição da permeabilidade dos capilares do glomérulo e da cápsula néfrica.

b) nos minutos iniciais do experimento, ocorre o aumento da permeabilidade dos capilares do glomérulo e da cápsula néfrica.

c) em duas horas de experimento, ocorre o aumento da permeabilidade dos tubos proximais, da alça néfrica e dos tubos coletores.

d) em duas horas de experimento, ocorre a diminuição da permeabilidade dos capilares do glomérulo e dos tubos proximais.

e) em duas horas de experimento, ocorre a diminuição da permeabilidade da alça néfrica, dos tubos distais e dos tubos coletores.

07. (Unitau) A excreção é um processo que contribui para a osmorregulação e a homeostase do organismo. Em relação a esse processo e ao sistema excretor dos animais, assinale a alternativa correta.

a) As glândulas antenais, ou glândulas verdes, são os órgãos excretores dos insetos e encontram-se na base de suas antenas. Essas glândulas têm ligação com o intestino, pois filtram a hemolinfa e lançam as excretas no intestino.

b) Os protonefrídeos, presentes nos moluscos, são tubos com três extremidades: uma das extremidades é fechada, outra se abre na cavidade celômica, o nefróstomo, e a outra, que se abre na superfície do corpo, o nefridióporo.

c) O principal órgão excretor nos vertebrados é o rim, que pode ser pronefro, mesonefro e metanefro, diferindo-se entre si, basicamente, pela estrutura do néfron. A cápsula de Bowman é encontrada em todos os tipos de rins.

d) Os peixes marinhos têm rins com glomérulos bem desenvolvidos, que eliminam grande quantidade de urina diluída e hipotônica em relação aos líquidos corporais, enquanto os peixes de água doce eliminam pouca urina.

e) No rim humano, a pressão do sangue nos capilares do glomérulo extravasa os componentes do sangue, que passam sucessivamente pela cápsula de Bowman, pelo túbulo contorcido proximal, pela alça de Henle, pelo túbulo contorcido distal e pelos tubos coletores.

08. (PUC-RIO) Com relação à excreção nos animais vertebrados, não é correto afirmar que:

a) diversos animais aquáticos, incluindo peixes e larvas de anuros, excretam amônia que, apesar de ser muito tóxica, também é muito solúvel em água.

b) diversos animais terrestres como mamíferos e adultos de anfíbios excretam ureia, que é menos tóxica que a amônia e, portanto, pode ser eliminada de forma mais concentrada.

c) a maioria dos répteis (incluindo as aves) excreta ácido úrico, que é muito solúvel em água.

d) não é considerada como excreção a eliminação de restos de comida pelas fezes.

e) parte da excreção nos mamíferos se dá através do suor.

09. (FAMERP) O fluxograma ilustra a participação de alguns órgãos e substâncias (angiotensinogênio, angiotensina, renina e aldosterona) no controle da pressão arterial humana:

Considere que os números 1, 2 e 3 indicados no fluxograma representem uma ação do tipo estimulante (+) ou uma ação do tipo inibidora (–) e que o aumento da reabsorção de sódio nos túbulos renais promova um deslocamento hídrico nos túbulos renais. De acordo com essas informações, assinale a alternativa que indica, correta e respectivamente, o tipo da ação representada pelos números 1, 2 e 3 e o resultado do deslocamento hídrico.

a) (+); (–); (+); aumento da reabsorção de água.

b) (–); (–); (–); aumento da reabsorção de água.

c) (+); (+); (+); aumento da reabsorção de água.

d) (–); (+); (–); redução da reabsorção de água.

e) (+); (–); (–); redução da reabsorção de água.

10. (UFU) Os animais podem ser classificados em amoniotélicos, ureotélicos ou uricotélicos, de acordo com o tipo de sua excreta nitrogenada. Em relação à afirmativa, considere a tabela a seguir.

Os animais I, II e III são, respectivamente,

a) pardal, rã e macaco.

b) baiacu, macaco e pardal.

c) macaco, gavião e baiacu.

d) sapo, baiacu e gavião.

11. (UEA) O esquema representa um nefro, uma unidade morfofuncional do rim humano.

Suponha que uma pessoa adulta, saudável, seja submetida a um regime de pouca ingestão de água. Nessas condições, é correto afirmar que no hipotálamo dessa pessoa haverá:

a) estímulo à síntese de ADH que irá atuar sobre o duto coletor tornando-o mais permeável à água, que será reabsorvida para o sangue na veia renal.

b) estímulo à síntese de ADH que irá atuar sobre o duto coletor tornando-o impermeável à água, de modo que não venha a reabsorvê-la do sangue da veia renal.

c) estímulo à síntese de ADH que irá atuar sobre os túbulos contorcidos proximal e distal tornando-os mais permeáveis à água, que será reabsorvida para o sangue do capilar.

d) inibição da síntese de ADH que deixará de atuar sobre o túbulo proximal, o qual irá reter a glicose elevando a osmolaridade do líquido tubular, que reabsorverá água do capilar.

e) inibição da síntese de ADH que deixará de atuar sobre o duto coletor, o qual permanecerá impermeável à água impedindo que esta seja reabsorvida para o sangue na veia renal.

12. (UFPR) Um laboratório de análises clínicas avaliou a composição de três fluidos corporais de um mesmo mamífero, conforme demonstrado no quadro abaixo:

Os fluidos A, B e C são, respectivamente:

a) Plasma sanguíneo – filtrado glomerular – urina.

b) Plasma sanguíneo – urina – filtrado glomerular.

c) Urina – filtrado glomerular – plasma sanguíneo.

d) Filtrado glomerular – urina – plasma sanguíneo.

e) Urina – plasma sanguíneo – filtrado glomerular.

13. (UFLA) Células-flama, rim metanéfrico e túbulos de Malpighi são respectivamente, órgãos excretores de:

a) Nematodes, moluscos e insetos.

b) Nematodes, moluscos e aracnídeos.

c) Platelmintes, vertebrados amniotas e insetos.

d) Platelmintes, vertebrados amniotas e moluscos.

14. (UEM) Sobre a estrutura e o funcionamento do sistema excretor humano, é correto afirmar que:

01. A unidade funcional do rim é o néfron, que se apresenta envolvido por uma extensa rede de capilares sanguíneos.

02. Em condições normais, a urina é composta por água, amônia, glicose e sais.

04. Na medida em que o filtrado glomerular percorre o túbulo proximal, ocorre a reabsorção de algumas substâncias, como glicose, aminoácidos e vitaminas, que voltam para a corrente sanguínea.

08. Elimina excretas nitrogenadas e mantém o equilíbrio hidrossalino do organismo.

16. Uma pessoa, com dieta balanceada, passará a excretar maior quantidade de ureia se aumentar em sua dieta a quantidade de proteínas.

Soma das alternativas corretas: (01-04-08-16)

15. Na figura abaixo se mostra, esquematicamente, um néfron, a unidade morfofuncional do rim, de forma integrada à rede capilar. Há cerca de um milhão de néfrons em cada rim. O sangue a ser filtrado chega ao rim pela artéria renal, que se ramifica no interior do órgão. Sobre este assunto, analise as proposições abaixo.

I    II

0   0 – A pressão sanguínea nos capilares do glomérulo de Malpighi (A) força a passagem de água, ureia, glicose, aminoácidos, sais e outras substâncias de pequeno tamanho através das paredes desses capilares.

1   1 – As proteínas plasmáticas são transferidas por transporte ativo para a cápsula de Bowman (B), onde atravessam, por difusão, as células conjuntivas dessa cápsula, passando ao túbulo proximal.

2  2 – No túbulo contornado proximal (C), as células reabsorvem água do filtrado glomerular, glicose, aminoácidos, vitaminas e sais, devolvendo essas substâncias ao sangue dos capilares que envolvem o néfron.

3  3 – Para a glicose existe uma capacidade máxima de reabsorção tubular. Quando a taxa de glicose no plasma se eleva a 180 mg%, ou mais, o excesso de glicose deixará de ser reabsorvido e aparecerá na urina (glicosúria).

4  4 – Na região da alça de Henle (D), ocorre, principalmente, a remoção de metais pesados do sangue. A urina passa ao tubo contornado distal (E) e é lançada no uréter (F).

16. (UFRR) As trocas metabólicas ocorrem por meio de diversos órgãos, incluindo a pele, fígado, as brânquias, os pulmões, os rins e estruturas especiais que eliminam ou absorvem sal. Os resíduos nitrogenados gerados pelo corpo são produzidos principalmente no fígado e são eliminados pelo organismo. Em relação aos resíduos nitrogenados, assinale a alternativa correta.

a) a maior parte dos resíduos nitrogenados dos peixes de água doce são excretados como ureia.

b) a maior parte dos resíduos nitrogenados dos mamíferos são excretados na forma de ureia.

c) a maior parte dos resíduos nitrogenados dos tubarões são excretados na forma de ácido úrico.

d) a maior parte dos resíduos nitrogenados dos répteis são excretados na forma de amônia.

e) a maior parte dos resíduos nitrogenados das aves são excretados na forma de amônia.

17. (FPS) Analise as estruturas numeradas na imagem abaixo.

Estão associados com o armazenamento, a formação e a eliminação da urina ao meio externo, respectivamente:

a) 1, 2, 3.

b) 2, 4, 5.

c) 4, 2, 5.

d) 2, 3, 4.

e) 4, 1, 5.

18. (FPS) O sistema urinário é responsável pela excreção da maior parte de compostos metabólicos tóxicos do corpo humano. Sobre este assunto, faça a correlação das estruturas do néfron com as suas respectivas funções na formação da urina.

1. Alça néfrica

2. Corpúsculo renal

3. Túbulo proximal

4. Ducto coletor

5. Túbulo distal

( ) Filtração glomerular.

( ) Reabsorção de soluto por transporte ativo.

( ) Reabsorção de água por osmose.

( ) Remoção de excretas do sangue para a urina.

( ) Condução de urina ao ureter.

A sequência correta é:

a) 1, 3, 4, 2, 5.

b) 3, 2, 1, 5, 4.

c) 5, 4, 3, 2, 1.

d) 4, 1, 5, 2, 3.

e) 2, 3, 1, 5, 4.

19. Três amostras de urina humana foram analisadas e revelaram a seguinte composição:

I. Sódio, potássio e cálcio

II. Glicose, água e sódio

III. Proteínas, hemácias e água.

A um indivíduo normal, poderia(m) pertencer:

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas III.

d) apenas I e II.

e) I, II e III.

20. A ingestão de bebidas alcoólicas inibe a liberação do hormônio responsável pelo aumento da permeabilidade das membranas das células dos túbulos renais. Com isso, é diminuída a reabsorção:

a) passiva de água, o que diminui a concentração sanguínea e concentra a urina.

b) passiva de água, o que aumenta a concentração sanguínea e dilui a urina.

c) passiva de água, o que diminui a concentração sanguínea e dilui a urina.

d) ativa de água, o que aumenta a concentração sanguínea e dilui a urina.

e) ativa de água, o que diminui a concentração sanguínea e concentra a urina.

 

Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE GENÉTICA (XXIII)

01. (UNIFOR) No esquema abaixo, que indica diversas gerações de uma família, os símbolos escuros representam indivíduos portadores de uma anomalia hereditária.

Analisando-se essa genealogia, conclui-se que essa anomalia é causada por um alelo:

a) recessivo e o indivíduo 1 é o único heterozigótico.

b) dominante e os indivíduos 2 e 3 são heterozigóticos.

c) recessivo e os indivíduos 1, 3 e 4 estão entre os heterozigóticos.

d) dominante e se manifesta tanto em homens como em mulheres.

e) recessivo e que, nessa família, não há indivíduos que tenham o alelo dominante em homozigose.

02. (UEM) A característica mais fundamental da vida é a reprodução, processo pelo qual os seres vivos têm se perpetuado em nosso planeta desde sua origem. Com relação aos sistemas de determinação do sexo, assinale a alternativa incorreta.

a) O sistema XY determina o sexo de muitas espécies dioicas, tanto animais como vegetais.

b) Nos sistemas XY e X0, as fêmeas constituem o sexo heterogamético.

c) No sistema ZW, machos e fêmeas diferem entre si quanto a um par de cromossomos e são as fêmeas que possuem o par heteromórfico.

d) No sistema X0, os machos têm número ímpar de cromossomos no cariótipo, um a menos que as fêmeas.

e) No sistema haplodiploide, os machos são portadores de apenas um lote de cromossomos de origem exclusivamente materna.

03. (UEM) Considere as afirmações sobre genética, listadas abaixo, e assinale o que for correto.

I. Genes pleiotrópicos são aqueles que determinam mais de uma característica do fenótipo.

II. A ação conjunta de dois ou mais genes na produção de uma mesma característica é conhecida como interação gênica.

III. Epistasia é um tipo de interação gênica em que um dos alelos de um gene inibe ou suprime a expressão de outro gene.

IV. O tipo de herança biológica em que uma característica é condicionada por dois ou mais genes, cujos alelos exercem efeitos cumulativos sobre a intensidade da característica, é denominado herança quantitativa.

V. Permutação é a troca recíproca de pedaços entre cromátides irmãs de cromossomos homólogos.

VI. O diagrama das posições e das distâncias relativas entre genes que se localizam no mesmo cromossomo é denominado mapa gênico.

01. As afirmações I, III e V são verdadeiras.

02. As afirmações II, IV e VI são verdadeiras.

04. As afirmações I, II, IV e VI são verdadeiras.

08. As afirmações II, III e V são verdadeiras.

16. As afirmações IV, V e VI são verdadeiras.

32. Todas as afirmações são verdadeiras.

64. Todas as afirmações são falsas.

Soma das alternativas corretas:

04. (FCM-PB) A acondroplasia é uma forma de nanismo herdada como caráter monogênico simples. Dois anões acondroplásicos se casam e tem um filho anão; mais tarde tem um segundo filho, agora normal. O que você indica?

a) A acondroplasia é dominante, e o fenótipo dos dois genitores são homozigotos.

b) A acondroplasia é recessiva e o genótipo dos dois genitores são heterozigotos.

c) A acondroplasia é dominante, e o genótipo dos dois genitores são heterozigotos.

d) Na acondroplasia, o fenótipo dos dois genitores são codominantes.

e) Na acondroplasia, o genótipo dos dois genitores são dominantes incompletos.

05. (UFC) Alguns estudos com gêmeos idênticos mostraram que o QI, a altura e os talentos artísticos podem ser diferentes entre esses indivíduos. A melhor explicação para essas diferenças é que:

a) a hereditariedade e o ambiente não possuem influência sobre a expressão dos fenótipos.

b) o ambiente e os genes interagem no desenvolvimento e expressão das características herdadas.

c) o genótipo dos gêmeos depende da interação da dieta e do controle hormonal.

d) as características QI, altura e talentos artísticos dependem apenas do ambiente.

e) os alelos responsáveis por essas características possuem efeito fenotípico múltiplo.

06. (UEM) Em um dado cruzamento, 100% dos descendentes (F1) exibiram o genótipo AaBb. Sabendo–se que entre esses locos gênicos ocorre segregação independente, e que o gene A é dominante sobre a, e o gene B sobre b, assinale o que for correto.

01. Na geração parental (P), ambos exibiam o genótipo AaBb.

02. Do cruzamento entre dois indivíduos da geração F1, o resultado da proporção fenotípica em F2 será 9:3:3:1.

04. Do cruzamento entre um indivíduo F1 com um duplo recessivo, todos os descendentes exibirão o fenótipo recessivo.

08. Do cruzamento entre um indivíduo F1 com um duplo homozigoto dominante, todos os descendentes exibirão o fenótipo dominante.

16. Os gametas formados pelos indivíduos da geração F1 serão 50% com o genótipo AB e 50% com o genótipo ab.

Soma das alternativas corretas: (02,08)

07. (UFC) Numere a segunda coluna de acordo com a primeira, associando os conceitos aos respectivos termos.

I. Genoma

II. Crossing over

III. Fenótipo

IV. Alelo

V. Gene

(  ) troca de fragmentos de cromossomos homólogos na primeira divisão da meiose.

(  ) conjunto de genes organizados nos cromossomos.

(  ) segmento do DNA capaz de transcrever uma molécula de RNA.

(  ) atuam sobre a mesma característica, mas não são obrigatoriamente iguais.

(  ) conjunto de características detectáveis de um indivíduo.

A sequência correta é:

a) II, I, V, IV e III.

b) III, II, I, V e IV.

c) II, I, III, V e IV.

d) IV, II, I, III e V.

e) I, II, V, IV e III.

08. (UEM) Com relação aos conceitos básicos da genética, assinale o que for correto.

01. Um mesmo genótipo pode expressar diferentes fenótipos, dependendo de sua interação com o meio.

02. Na espécie humana, o daltonismo é determinado por um gene recessivo ligado ao sexo, simbolizado por Xd, e é mais frequente em homens do que em mulheres.

04. Dos 46 cromossomos da espécie humana, 23 são autossomos e 23 são heterossomos, ou cromossomos sexuais.

08. A geração F1, resultante do cruzamento de coelhos de pelagem cinza (AA) com coelhos de pelagem branca (aa), será constituída de 100% de coelhos de pelagem cinza.

16. A probabilidade de uma planta-mãe com genótipo Aa produzir gametas A é de 75%.

Soma das alternativas correta:

09. (FURB) – A probabilidade de que um casal, ambos destros de olhos castanhos, mas ambos diíbridos, tenha um filho canhoto e de olhos azuis é:

a) 15%.

b) 50%.

c) 12,5%.

d) 6,25%.

e) 3,125%.

10. (UEM) Em relação aos mecanismos hereditários, assinale a alternativa incorreta.

a) Uma característica hereditária codificada por três alelos codominantes pode apresentar até três fenótipos diferentes.

b) Uma mulher daltônica que cruza com um homem normal tem filhos daltônicos e filhas normais.

c) Do cruzamento de dois heterozigotos para um alelo recessivo, nascerão 3/4 de filhos dominantes e 1/4 de filhos recessivos.

d) Nas fêmeas de mamíferos, um dos cromossomos X é inativo.

e) Um gene epistático é aquele que inibe a expressão de um gene de outro loco.

11. (UNIFOR) Em certa espécie vegetal a cor das flores é determinada por um par de alelos entre os quais não há dominância. Um jardineiro fez os seguintes cruzamentos de plantas de:

I. flor vermelha x flor rosa.

II. flor vermelha x flor branca.

III. flor rosa x flor rosa.

IV. flor rosa x flor branca.

São esperadas plantas com flores brancas somente nos cruzamentos

a) I e I I.

b) I e I II.

c) I e IV.

d) II e III.

d) III e IV.

12. (UEM) Assinale a alternativa incorreta a respeito de genética.

a) No indivíduo heterozigoto, os genes alelos são diferentes.

b) Em relação ao sistema ABO, os indivíduos portadores de sangue do tipo AB são conhecidos como doadores universais.

c) A primeira Lei de Mendel enuncia que “os fatores (genes) que condicionam uma característica segregam-se na formação dos gametas”.

d) O fenótipo resulta da interação entre o genótipo do indivíduo e o meio ambiente.

e) Daltonismo e hemofilia são anomalias cuja herança está ligada ao sexo.

13. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Na espécie humana, quem determina o sexo da prole é a mãe.

02. O daltonismo é uma característica de herança recessiva ligada ao X. Assim, 100% dos filhos de homem afetado serão daltônicos.

04. Em uma determinada espécie animal, há uma série de 4 alelos múltiplos que determinam a cor da pelagem. O número de genótipos possíveis para a cor da pelagem nessa espécie é 10.

08. A cor da pelagem em coelhos é determinada por uma série de três alelos múltiplos. O alelo Pp condiciona a pelagem preta, o alelo Pm condiciona a pelagem marrom e o alelo Pb condiciona a pelagem branca. Dentro dessa série, o alelo Pp é dominante sobre o alelo Pm, que é dominante sobre Pb. Do cruzamento de um coelho macho com uma fêmea branca, nasceram 50% de coelhos pretos e 50% de coelhos brancos. Portanto, pode–se afirmar que o genótipo do coelho macho da geração parental é PpPb.

16. Os gêmeos monozigóticos são sempre do mesmo sexo e originam–se de um mesmo óvulo fertilizado por dois espermatozoides diferentes.

32. Um homem normal, filho de mãe com surdez de herança autossômica recessiva, ao se casar com uma mulher com o mesmo tipo de surdez de sua mãe, possui 100% de chance de que todos os seus filhos e filhas sejam surdos.

64. Tecnologia transgênica é a introdução de genes de uma espécie no material genético de outra.

Soma das alternativas corretas:)

14. (UNIFOR) Um estudante, ao iniciar o curso de Genética, anotou o seguinte:

I. Cada caráter hereditário é determinado por um par de fatores e, como estes se separam na formação dos gametas, cada gameta recebe apenas um fator do par.

II. Cada par de alelos presentes nas células diploides separa-se na meiose, de modo que cada célula haploide só recebe um alelo do par.

III. Antes da divisão celular se iniciar, cada molécula de DNA se duplica e, na mitose, as duas moléculas resultantes se separam, indo para células diferentes.

A primeira lei de Mendel está expressa em:

a) I, somente.

b) II, somente.

c) I e II, somente.

d) II e III, somente.

e) I, II e III.

15. (UEM) Suponha que um geneticista esteja trabalhando com genes localizados em pares de cromossomos homólogos diferentes. Ao cruzar dois indivíduos heterozigotos, nasceram descendentes na proporção 9:3:3:1. Assinale a alternativa correta sobre esse resultado.

a) É um exemplo de interação gênica ou epistasia.

b) Um par de genes está envolvido.

c) É resultado de mutações.

d) É um exemplo de segregação independente na meiose.

e) Demonstra a existência de permutação.

16. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Considerando-se o sistema ABO de grupos sanguíneos, a probabilidade de um casal, onde o homem é do tipo sanguíneo AB e a mulher heterozigota para o tipo sanguíneo A, ter um filho capaz de doar sangue, somente para indivíduos do seu mesmo tipo sanguíneo, é de 50%.

02. Em uma população em equilíbrio de Hardy-Weinberg, o alelo que condiciona sementes lisas é dominante sobre sementes rugosas e apresenta uma frequência igual a 0,75. Consequentemente, a porcentagem de heterozigotos para os alelos em questão, nessa população, é de 56,25%.

04. Genes holândricos são aqueles localizados no cromossomo Y e, portanto, presentes apenas nos homens.

08. A síndrome de Klinefelter, na espécie humana, é causada pela monossomia do cromossomo X (44, X0).

16. Um vírus hipotético apresenta em seu material genético a seguinte composição de nucleotídeos: adenina (30%), citosina (20%) e guanina (50%). Em vista disso, baseando-se na “relação de Chargaff” sobre a composição química do DNA, é mais correto afirmar que o material genético desse vírus é constituído por RNA ao invés de DNA.

32. Aneuploidias são aberrações cromossômicas numéricas que envolvem a perda ou acréscimo de um ou mais cromossomos.

Soma das alternativas corretas:

17. (VUNESP) Uma pequena cidade interiorana do Nordeste brasileiro chamou a atenção de pesquisadores da Universidade de São Paulo pela alta incidência de uma doença autossômica recessiva neurodegenerativa. As pesquisas realizadas revelaram que é também alto o número de casamentos consanguíneos na cidade. Outro dado interessante levantado pelos pesquisadores foi que a população da cidade acredita que a doença seja transmitida de uma geração a outra através do sangue.

(Pesquisa FAPESP, julho de 2005.)

Pelas informações fornecidas no texto, podemos afirmar que:

a) Pais saudáveis de filhos que apresentam a doença são necessariamente homozigotos.

b) Homens e mulheres têm a mesma probabilidade de apresentar a doença.

c) Em situações como a descrita, casamentos consanguíneos não aumentam a probabilidade de transmissão de doenças recessivas.

d) Pais heterozigotos têm 25% de probabilidade de terem filhos também heterozigotos.

e) Pais heterozigotos têm 50% de probabilidade de terem filhos que irão desenvolver a doença.

18. (UEM) Sobre os princípios da genética, assinale o que for correto.

01. O daltonismo é determinado por um gene recessivo ligado ao sexo. Uma mulher normal, cujo pai era daltônico, casou-se com um homem daltônico. Se tiverem filhos, a probabilidade de daltonismo é igual para meninos e meninas.

02. A fenilcetonúria é uma falha no metabolismo da fenilalanina causada por gene recessivo. Um casal de heterozigotos teve dois filhos fenilcetonúricos, o que aumenta a probabilidade de o terceiro filho ser fenilcetonúrico.

04. Considere uma planta e dois pares de genes com segregação independente. O alelo dominante A produz flor violeta e o recessivo a produz flor branca. No outro par, o alelo dominante B condiciona fruto vermelho e o recessivo b determina fruto amarelo. Na descendência do cruzamento entre uma planta AaBb com uma planta aaBb, são esperados 3/8 de plantas com flores violetas e com frutos vermelhos.

08. Durante a mitose, não ocorre segregação dos pares de genes.

16. Em uma espécie de mamíferos, a cor da pelagem depende de um locus autossômico. Os alelos A1, A2 e A3 determinam, respectivamente, pelagem preta, cinza e branca. A ordem de dominância é A1 > A2 > A3. Do cruzamento entre A1A2 e A2A3, esperam-se 3/4 de pretos e 1/4 de cinzas.

32. Os grupos sanguíneos do sistema ABO são determinados por enzimas presentes na superfície das hemácias e que catalisam reações químicas entre substâncias químicas do soro.

64. Em uma espécie, dois pares de genes com dominância completa, Aa e Bb, estão em ligação gênica. Um indivíduo AaBb é cruzado com um aabb. A proporção fenotípica esperada na descendência depende de os genes A e B estarem no mesmo cromossomo ou em cromossomos homólogos.

Soma das alternativas corretas:

19. (UECE) Se num cruzamento teste encontramos a proporção fenotípica 1:1, isto é 50% da progênie com fenótipo dominante e 50% com fenótipo recessivo, podemos concluir corretamente que:

a) O genótipo do indivíduo testado era homozigoto.

b) O genótipo do indivíduo testado era heterozigoto.

c) Ambos os genótipos dos indivíduos cruzados eram homozigotos.

d) Ambos os genótipos dos indivíduos cruzados eram heterozigotos.

20. (FATEC) A incidência de determinada anomalia foi investigada nos indivíduos da espécie humana representados no heredograma abaixo:

Sabendo-se que os símbolos escuros representam portadores da anomalia, é possível afirmar que se trata.

a) Exclusivamente de um caso de herança ligada ao sexo, sendo a anomalia causada por gene recessivo e de 75% a probabilidade de o casal n° 2 ter um descendente do sexo masculino com a anomalia.

b) Exclusivamente de um caso de herança autossômica, sendo a anomalia causada por um gene dominante e de 75% a probabilidade de o casal n° 2 ter um descendente com a anomalia.

c) De um caso que pode ser tanto de herança ligada ao sexo como de herança autossômica, sendo a anomalia determinada por um gene recessivo e de 50% a probabilidade de o casal n° 2 ter um descendente com a anomalia.

d) De um caso que pode ser tanto de herança ligada ao sexo como de herança autossômica, sendo a anomalia determinada por um gene recessivo e impossível o casal n°3 ter um descendente com a anomalia.

e) De um caso de herança ligada ao cromossomo Y e de 50% a probabilidade de o casal n° 3 ter um descendente com a anomalia.

Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (9)

01. (PUCCAMP) Considere os tipos de folhas e de sementes a seguir.

I. Folhas com nervuras paralelas
II. Folhas com nervuras ramificadas
III. Folhas pecioladas
IV. Folhas embainhadas
V. Sementes com um cotilédone
VI. Sementes com dois cotilédones

Qual das alternativas a seguir associa corretamente cada planta mencionada às suas características?
a) Orquídea I, III, V; violeta II, IV, VI; lírio I, III, V.
b) Orquídea I, IV, V; violeta II, III, VI; lírio I, IV, V.
c) Orquídea I, IV, VI; violeta II, III, V; lírio II, IV, V.
d) Orquídea II, III, VI; violeta I, IV, V; lírio II, III, VI.
e) Orquídea II, IV, V; violeta I, III, VI; lírio II, IV, V.

02. (URCA) As plantas que vivem em ambientes permanentemente alagados e de substrato não muito firmes desenvolvem adaptações que lhes permitem uma vida normal nesses lugares. É o que mostra a figura em que aparecem raízes:

02

a) Estranguladoras.

b) Tabulares.

c) Sugadoras.

d) Respiratórias.

e) Escoras.

03. (UEPG) O cladograma abaixo esquematiza, de forma resumida, alguns passos da evolução das plantas. Com relação a essas etapas evolutivas e aos seus agrupamentos, assinale o que for correto.

03

01.Em 1 está representado o passo evolutivo de surgimento das sementes, o qual agrupa Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas.

02. Em 3 está representado o surgimento de flores e frutos.

04. Em 2 está representado a origem do passo evolutivo, onde o embrião fica retido no gametângio masculino.

08. No colchete B estão agrupadas as traqueófitas.

16. No colchete A estão agrupadas as espermatófitas.

Soma das alternativas corretas:

04. (UEM) Nas Angiospermas, células do embrião jovem, existente nas sementes, multiplicam-se, crescem e se diferenciam formando os diversos órgãos que constituem a planta adulta. Sobre as células e os tecidos que constituem os órgãos dessas plantas, assinale o que for correto.

01. As células vegetais possuem um envoltório externo constituído basicamente por celulose, denominado parede celular.

02. Os meristemas primários, presentes nos ápices de caules e de raízes, são conjuntos de células capazes de se multiplicarem ativamente por mitose.

04. Os parênquimas, localizados em diversas partes das plantas, como as raízes e as folhas, apresentam paredes celulares primárias.

08. A epiderme é um tecido presente nas folhas e nas partes jovens de caules e de raízes, constituído por células achatadas, geralmente desprovidas de cloroplastos.

16. O lenho ou xilema, assim como o líber ou floema, formam feixes de células vivas impregnadas de celulose e de lignina, que apresentam funções diferenciadas.

32. Colênquima é o tecido de sustentação encontrado nos caules jovens, constituído por células vivas, clorofiladas, revestidas por paredes espessadas com celulose.

64. O lenho de uma árvore apresenta uma região central mais clara, denominada alburno, formada por vasos lenhosos em atividade. Por ser rígida e resistente, é a parte do tronco utilizada para trabalhos de marcenaria.

Soma das alternativas corretas:

05. (UFV) Nos mercados hortifruti, por vezes, não é clara a distinção entre raízes, caules e frutos nas prateleiras, tendo-se por base conceitos botânicos. Assinale a alternativa que apresenta corretamente a sequência raiz, caule e fruto:

a) Batata inglesa, batata doce e laranja.

b) Batata doce, mandioca e ervilha.

c) Gengibre, beterraba e feijão.

d) Beterraba, batata inglesa e berinjela.

06. (UFMG) Observe esta figura, em que está representada uma cultura hidropônica:

06

Considerando-se as informações fornecidas por essa figura e outros conhecimentos sobre o assunto, é correto afirmar que a solução nutritiva presente em I deve conter:

a) ácidos graxos, que serão utilizados na composição de membranas celulares.

b) glicose, que será utilizada como fonte de energia.

c) nitratos, que serão utilizados na síntese de aminoácidos.

d) proteínas, que serão utilizadas na síntese da clorofila.

07.  (FUVEST) A sequência normal do deslocamento de água numa planta vascular é:

a) pelos absorventes, coifa, lenho, líber.

b) zona pilífera, endoderme, periciclo, estômatos.

c) coifa, zona primária, zona secundária, folhas
d) coifa, periciclo, lenho, líber.

e) pelos absorventes, córtex da raiz, vasos lenhosos, estômatos.

08. Analise a frase abaixo:

A eliminação de água no estado líquido pelos vegetais ocorre através dos __________ e é conhecida pelo nome de ______________ ou _______________.  A alternativa que completa adequadamente os espaços é:

a) hidatódios – sudação ou transpiração.

b) nectários – sudação ou exsudação.
c) hidatódios – gutação ou sudação.

d) lenticelas – respiração ou transpiração.

e) estômatos aquíferos – excreção ou exsudação.

09. (UFGO) Quando se poda uma planta (por exemplo, a videira), aparecem na superfície do cortes e também nas rachaduras da planta várias gotículas de seiva incolor. A causa desse fenômeno é:

a) a obliteração dos vasos.

b) a falta do meristema.

c) a cicatrização do lenho.
d) a ruptura dos pelos das raízes.

e) a pressão radicular.

10. (FMJ) Observe o ramo de um vegetal arbóreo muito comum na península Ibérica e muito utilizado na produção de cortiça.

10

Analise as seguintes afirmativas sobre essa figura.

I. Trata-se de uma dicotiledônea.

II. Suas raízes são do tipo axial ou pivotante.

III. Os feixes líbero-lenhosos estão dispostos irregular­mente.

IV. O caule desses vegetais não apresenta meristemas secundários.

Está correto, apenas, o contido em:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I e IV.

e) II e IV.

11. (IFMT) O preço do tomate nunca foi dos mais estáveis devido ao cultivo delicado e trabalhoso do fruto. Contudo, a alta do valor do produto nas gôndolas vem assustando as famílias brasileiras. O tomate sendo um fruto, com certeza pertence ao grupo das:

a) Gimnospermas.

b) Angiosperma.

c) Pteridofitas.

d) Briófitas.

e) Talófitas.

12. (IFG) As pteridófitas, representadas por avencas e samambaias, são plantas encontradas, de forma geral, em ambientes úmidos e sombreados. Tal fato está relacionado com:

a) a ausência de vasos condutores nessas plantas.

b) a necessidade de água para a fecundação das pteridófitas.

c) a presença de frutos dessas plantas dispersos pela água.

d) o gasto de água muito maior que as outras plantas.

e) a dispersão de suas sementes ser feita pelo meio líquido.

13. (UEM) Na agricultura do estado do Paraná, café, soja e milho são produtos sempre mencionados. Sabendo que essas plantas são classificadas no grupo das angiospermas, assinale o que for correto.

01. As angiospermas são plantas vasculares produtoras de flores, de frutos e de sementes.

02. As plantas de café, de soja e de milho são organismos diploides que constituem a fase esporofítica do ciclo de vida das angiospermas.

04. No enunciado da questão, estão mencionadas plantas pertencentes às duas principais classes de angiospermas: as monocotiledôneas (milho) e as dicotiledôneas (soja).

08. Entre as monocotiledôneas e as dicotiledôneas, além do número de cotilédones das sementes, podem ser observadas diferenças no tipo de sistema radicular.

16. Na maioria das espécies de angiospermas, ocorre a polinização cruzada, processo feito por diferentes agentes, entre eles o vento, os insetos e os pássaros, que transportam os grãos de pólen das anteras de uma flor até o estigma de outras flores.

32. Como resultado da polinização, nas angiospermas, ocorre a formação do tubo polínico e a fecundação da oosfera, originando o zigoto haploide, cujo desenvolvimento origina o embrião, a semente e o fruto.

64. A reprodução das angiospermas e de todos os grupos de plantas vasculares, como as briófitas e as gimnospermas, é totalmente dependente da presença da água para o transporte dos gametas masculinos e femininos.

Soma das alternativas corretas:

14. (PUCMG) Numa festa junina havia à disposição da turma:

01. Pinhão cozido com água e sal.

02. Batata doce assada na brasa.

03. Milho verde cozido em panela.

04. Castanha de caju em saquinhos.

05. Amendoim torrado.

Pode-se afirmar corretamente que:

a) todos são derivados de Angiospermas.

b) três são derivados de frutos secos.

c) quatro derivam de reprodução sexuada.

d) dois são raízes tuberosas.

e) dois deles são frutos carnosos e oleosos.

15. (UFTM) Uma planta da mata atlântica foi submetida a condições ideais de temperatura, umidade no solo e concentração de gás carbônico, e mantida sob lu­minosidade natural ao longo dos dias. O gráfico que melhor expressa a variação da transpiração, ao longo de pelo menos dois dias, é indicado em:

15

16. (UEM) Sobre os diversos aspectos da fisiologia dos vegetais, assinale o que for correto.

01. O etileno, único hormônio vegetal gasoso, atua no amadurecimento de frutos e na abscisão foliar.

02. O fitocromo está envolvido em processos fisiológicos, como germinação de sementes e floração.

04. Quando o solo está encharcado e a umidade relativa do ar elevada, a seiva do xilema é transportada das raízes até as folhas, devido fundamentalmente à transpiração.

08. Organismos clorofilados não realizam fotossíntese e respiração simultaneamente. A fotossíntese ocorre durante o dia e a respiração à noite.

16. Ao abrir os estômatos, permitindo a saída de água na forma de vapor, as plantas passam a perder maior quantidade de gás carbônico, diminuindo a fotossíntese.

Soma das alternativas corretas:

17. (UFU) Com relação à produção dos frutos pelas angiospermas, considere as afirmativas a seguir.

I. O pimentão e o milho são chamados de frutos indeiscentes, uma vez que não se abrem.

II. O caju é um pseudofruto derivado do pedúnculo da flor e não do ovário da flor.

III. A amora é um exemplo de infrutescência, ou seja, é um conjunto de frutos derivados de inflorescência.

IV. Os frutos são formados a partir do desenvolvimento do grão de pólen.

Assinale a alternativa que apresenta apenas afirmativas corretas.

a) I e III.

b) I, II e III.

c) I, II e IV.

d) II e III.

18. (PUC-CAMPINAS) Muitos experimentos demonstram o efeito que a luz exerce sobre certos processos realizados pelas plantas. Um deles é apresentado a seguir. Três lotes de coleóptiles foram submetidos à iluminação unilateral e preparados da seguinte maneira:

I. Inteiros, com os ápices descobertos.

II. Inteiros, com os ápices cobertos por papel opaco.

III. Sem os ápices.

Espera-se que ocorra fototropismo:

a) positivo em I.

b) negativo em I.

c) positivo em II.

d) negativo em II.

e) negativo em III.

19. (Unitau) As pteridófitas são as primeiras plantas vasculares nas quais o xilema possibilitou o transporte mais eficiente e rápido de sais minerais e água até as folhas, enquanto o floema passou a levar a seiva elaborada das folhas até as outras partes da planta. No ciclo de vida desses vegetais, são verificadas duas estratégias distintas, relacionadas, principalmente, com a formação dos gametófitos. Uma dessas estratégias está representada na figura abaixo.

19

Adaptado de http://1.bp.blogspot.com/-xD-fPkWy8R0/Vdtgx0qp2XI/AAAAAAAAAxk/jW0k0_9kbEI/s1600/polipodium3-640.jpg.

Acesso em out. de 2016.

Considerando o esquema apresentado e os seus conhecimentos sobre o ciclo de vida das pteridófitas, leia as afirmações a seguir.

I. Samambaias são homósporas, e o esporo dará origem a um único tipo de gametófito.

II. Samambaias são heterósporas, e o esporo dará origem a dois tipos de gametófitos.

III. Nas samambaias, os esporos haploides, ao germinarem, dão origem ao gametófito, chamado prótalo.

IV. Nas samambaias, os megásporos dão origem ao gametófito, chamado prótalo, parcialmente protegido.

V. Samambaias apresentam o desenvolvimento endospórico dos gametófitos, como ocorre em todas as plantas homósporas.

Está correto o que se afirma em:

a) I e III, apenas.

b) I, III e V, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) III e V, apenas.

20. (UEM) A laranjeira é um exemplo de planta angiosperma dicotiledônea. Considerando as características desse grupo de plantas, assinale a alternativa correta.

a) As raízes em estrutura primária não apresentam tecidos de sustentação nem cilindro vascular.

b) Os caules são do tipo estipe e não apresentam crescimento secundário.

c) As folhas apresentam cloroplastos nas células dos parênquimas paliçádico e lacunoso.

d) As flores são constituídas somente pelas pétalas coloridas, facilitando a reprodução cruzada.

e) Os frutos, sempre múltiplos e agregados, são classificados como drupas.

21. (UPE) Sobre a morfologia vegetal, analise as afirmativas.

I   II

0   0 – O coqueiro apresenta um tronco aéreo, tipo estipe, ereto, geralmente não ramificado, com uma coroa de folhas apenas no ápice.

1   1 – Drupas são frutos carnosos com endocarpo duro.

2  2 – A sâmara é um fruto, cuja parede do ovário forma expansões aladas.

3  3 – O umbuzeiro é uma árvore, cujas raízes adventícias formam túberas especializadas no armazenamento da água.

4  4 – As raízes suporte, encontradas em plantas de milho, são raízes secundárias responsáveis pela melhor fixação destas plantas ao solo.

22. (UFSCAR) O gráfico mostra a transpiração e a absorção de uma planta, ao longo de 24 horas.

22

A análise do gráfico e seus conhecimentos sobre o assunto permitem concluir que:

a) quando a transpiração é mais intensa, é mais rápida a subida da seiva bruta.

b) quando a transpiração é mais intensa, os estômatos encontram-se totalmente fechados.

c) das 22 às 6 horas, o lenho, sob tensão, deverá ficar esticado como se fosse um elástico, reduzindo o diâmetro do caule.

d) não existe qualquer relação entre transpiração e absorção, e um processo nada tem a ver com o outro.

e) das 12 às 16 horas, quando se observa maior transpiração, é pequena a força de tensão e coesão das moléculas de água no interior dos vasos lenhosos.

23. (UEM) Considerando as características de alguns grupos de vegetais e o ciclo de vida esquematizado a seguir, assinale o que for correto.

23

01. Esse ciclo representa os vegetais que apresentam a metagênese, ou seja, aqueles que possuem alternância de gerações típicas.

02. Nesses vegetais, a meiose ocorre no momento da formação dos esporos.

04. Nos organismos que apresentam esse tipo de ciclo de vida, todos os gametas formados são diploides.

08. As Briófitas apresentam esse tipo de ciclo de vida.

16. As Angiospermas, as Gimnospermas e as Pteridófitas apresentam esse tipo de ciclo de vida.

32. Nas Briófitas e nas Pteridófitas, a fase haploide, correspondente ao gametófito, é a fase predominante.

64. Nas Gimnospermas e nas Angiospermas, a fase diploide, correspondente ao esporófito, é a fase predominante.

Soma das alternativas corretas:

24. (MACK) A respeito dos vegetais A, B, C e D esquematizados nas figuras abaixo, assinale a alternativa incorreta.

24

a) Todas as partes mostradas constituem a fase gametofítica.

b) C e D são considerados fanerogâmicos.

c) Somente C e D produzem sementes.

d) B, C e D são considerados vasculares.

e) Em C não há formação de frutos.

25. (MACK)

25

No esquema acima, que representa o ciclo de vida dos vegetais I, II, III e IV, temos, respectivamente, os processos de divisão celular:

a) mitose, meiose, mitose e mitose.

b) mitose, mitose, mitose e meiose.

c) meiose, mitose, mitose e mitose.

d) mitose, mitose, meiose e mitose.

e) meiose, mitose, meiose e mitose.

26. (UPE) Analise as afirmativas sobre a ação dos hormônios vegetais.

I   II

0   0 – Os floricultores costumam cortar ramos e colher flores, colocá-los em água e pulverizá-los com citocinina, para que durem mais, uma vez que esse hormônio retarda o envelhecimento celular.

1  1 – As donas de casa costumam fazer cortes na casca do mamão verde e embrulhá-lo em jornal, isso provoca a liberação e o acúmulo do gás etileno, que acelera a maturação do fruto.

2  2 – Os fruticultores costumam fazer a “poda de produção”, para aumentar o número de ramos, flores e frutos, removendo-se a gema apical, um centro ativo de produção de citocinina, inibidora do crescimento das gemas laterais. Ao se cortar a gema apical, as gemas laterais saem do estado de dormência e se desenvolvem, sob estímulo de outro hormônio, o etileno.

3  3 – A partenocarpia comercial, visando à obtenção de frutos sem sementes, pode ser obtida pela pulverização de auxina sobre as flores não fecundadas, onde há desenvolvimento dos ovários e formação de frutos partenocárpicos.

4 4 – Durante secas prolongadas, as plantas da caatinga perdem as folhas e há dormência das gemas apicais pelo aumento na produção de giberelina. Com a chegada das chuvas, há diminuição desse hormônio e aumento do ácido abscísico, responsável pela quebra da dormência.

27. (FUVEST) Em um experimento, um pesquisador retira um anel da casca de um ramo, como pode ser visto na figura a seguir.

27

A área operada é protegida com lanolina para evitar ressecamento local. Após alguns dias, ao ser comparado com o controle (um ramo intacto), verifica-se que a relação peso/área das folhas do ramo experimental é:

a) maior, devido ao acúmulo de matéria orgânica.

b) maior, devido ao acúmulo de água nos tecidos foliares.

c) menor, devido à desidratação dos tecidos foliares.

d) menor, devido ao consumo de amido pelos tecidos foliares.

e) maior, devido ao acúmulo de sais minerais nos tecidos foliares.

28. (COVEST) Observe a figura onde são mostrados caules eretos.

28

Qual das alternativas apresenta, na ordem, as denominações corretas?

a) Estipe, haste, tronco, cladódio e colmo.

b) Cladódio, haste, estipe, colmo e tronco suculento.

c) Tronco, haste, estipe, colmo e cladódio.

d) Tronco, colmo, cladódio, haste e estipe.

e) Estipe, cladódio, haste, colmo e tronco.

29. (FEPA) Os organismos representados nas ilustrações abaixo, pertencem a uma categoria que se caracteriza por ser constituída de vegetais que são:

29

a) traqueófitas, com flores e com sementes, e a seiva é conduzida por tecidos especializados.

b) vasculares, sem flores e sem sementes, e a seiva é conduzida por tecidos especializados.

c) atraqueófitas, com flores e com sementes, e a seiva é conduzida por osmose.

d) talófitas, com raiz, caule e folha.

e) avasculares, sem flores e sem sementes e a seiva não conduzida por tecidos especializados.

30. (CESGRANRIO) Associe os números com as regiões correspondentes na raiz abaixo esquematizada. A seguir, assinale a alternativa correta.

30

a) 1. região pilífera; 2. região de ramificação; 3. região de distensão; 4. região meristemática; 5. coifa.

b) 1. região pilífera; 2. região de ramificação; 3. região meristemática; 4. região de distensão; 5. coifa.

c) 1. região de ramificação; 2. região pilífera; 3. região meristemática; 4. região de distensão; 5. coifa.

d) 1. região de ramificação; 2. região pilífera; 3. região de distensão; 4. coifa; 5. região meristemática.

e) 1. região de ramificação; 2. região pilífera; 3. região de distensão; 4. região meristemática; 5. coifa.

gab

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE CITOLOGIA (13)

01. (UFSC)

01

Sobre biologia celular, é correto afirmar que:

01. Os mecanismos de transporte A, B, C e D (destaque 1) correspondem a processos passivos, a favor do gradiente de concentração.

02. Na osmose, ocorre a passagem de água da solução hipotônica para a hipertônica.

04. Na difusão simples, observada no mecanismo B (destaque 1), ocorre o transporte de substâncias hidrofílicas.

08. A fagocitose (destaque 2) pode ser utilizada como mecanismo de defesa realizado por células especializadas, como os macrófagos.

16. No epitélio intestinal, as especializações da membrana chamadas de microvilosidades (destaque 3) reduzem a área de absorção, evitando o transporte por endocitose.=

32. O transporte realizado através de vesículas que se fundem à membrana plasmática (destaque 4) libera, por exocitose, proteínas processadas no complexo golgiense.

Soma das alternativas corretas:

02. (UDESC) Unidades especiais são utilizadas para medir as células, organelas internas e moléculas orgânicas que as constituem. Em relação a estas unidades de medida, assinale a alternativa correta.

a) A unidade terâmetro é utilizada para medir o tamanho das moléculas.

b) A unidade micrômetro é utilizada para medir o tamanho das organelas celulares.

c) A unidade gigâmetro é utilizada para medir o tamanho do núcleo celular.

d) A unidade micrômetro é cem vezes menor que o nanômetro.

e) O milímetro é a unidade padrão para as medidas de vírus e bactérias.

03. (UEA) Sobre a organização celular, a hipótese endossimbiótica propõe que as primeiras células eucarióticas adquiriram a capacidade de respirar gás oxigênio quando incorporaram ao seu citoplasma primitivas bactérias respiradoras, ancestrais das atuais mitocôndrias. É uma evidência para essa hipótese o fato de as mitocôndrias:

a) apresentarem as mesmas organelas citoplasmáticas presentes na célula eucarionte, o que lhes garante metabolismo próprio e autonomia para se replicarem.

b) se autoduplicarem independentemente da divisão da célula eucarionte, utilizando para isso o mecanismo de duplicação de material genético dessa célula.

c) apresentarem cromossomos organizados em pares homólogos, os quais apresentam genes que codificam proteínas diferentes daquelas codificadas pelo DNA nuclear.

d) sintetizarem algumas de suas próprias proteínas, a partir de DNA próprio, que orienta a transcrição de seus RNAm.

e) apresentarem núcleo delimitado por membrana simples, enquanto a carioteca é formada por dupla membrana lipoproteica.

04. (UECE) As bactérias são seres unicelulares, procariotos, que têm formas de vida do tipo isolada ou em agrupamentos variados do tipo coloniais. Embora esses seres celulares sejam considerados pelo senso comum como “micróbios perigosos”, há muitas espécies importantes para o equilíbrio dinâmico dos seres vivos e destes com o meio ambiente. Assim sendo, muitos estudos e pesquisas são desenvolvidos na área da microbiologia, para melhor conhecer a maquinaria biológica das bactérias. Sobre a citologia bacteriana, é correto afirmar que:

a) moléculas de DNA que ficam ligadas ao cromossomo bacteriano e costumam conter genes para resistência a antibióticos são denominadas de plasmídeos.

b) o capsídeo bacteriano, também conhecido como membrana celular, é constituído por substância química, exclusiva das bactérias, conhecida como mureína.

c) os pneumococos, bactérias causadoras de pneumonia, são espécies de bactérias que possuem, externamente à membrana esquelética, outro envoltório, mucilaginoso, denominado de cápsula.

d) externamente à membrana plasmática existe uma parede celular ou membrana esquelética, de composição química específica de bactérias — o ácido glicol.

05. (UNIFOR) Ao realizar experimentos para se extrair DNA genômico, você irá precisará chegar até a região onde o DNA se localiza na célula. Para que isso se torne possível, você precisará utilizar reagentes para romper algumas estruturas intracelulares. No seu experimento, você escolheu trabalhar com célula bacteriana, pois se tornaria mais fácil, uma vez que nas bactérias:

a) observam-se muitas moléculas de DNA.

b) verificam-se vários plasmídeos no DNA

c) o DNA não está envolvido pela carioteca.

d) a molécula de DNA é duplicada por meio de mitoses

e) o DNA está associado com as histonas.

06. (UNICENTRO) Observando-se duas células, uma procariótica e outra eucariótica, pode-se encontrar, em ambas,

a) membrana plasmática e retículo endoplasmático rugoso.

b) RNA e histonas.

c) histonas e DNA.

d) ribose e desoxirribose.

07. (UNESPAR) Em uma aula de citologia, o professor fez algumas afirmações, relacionadas abaixo. Assinale o que for incorreto.

a) Em uma célula eucariótica, podemos encontrar DNA no núcleo, mitocôndrias e cloroplastos.

b) O peroxissomo tem funções de degradação de água oxigenada e de álcool.

c) Íons e moléculas importantes para sobrevivência humana, como açúcares, aminoácidos e nucleotídeos, atravessam rapidamente a bicamada lipídica da membrana plasmática por difusão simples.

d) Nos seres humanos, a fagocitose é exercida apenas por certas células especializadas, que atuam no mecanismo de defesa contra infecções, fagocitando microrganismos patogênicos.

e) Nas células do fígado, o retículo endoplasmático não granuloso possui enzimas que aceleram a velocidade de reações químicas relacionadas com a desintoxicação do organismo quanto a uma grande quantidade de substâncias, entre elas drogas como sedativos e álcool.

08. (UNIOESTE) Ao serem comparadas a célula bacteriana, a célula da epiderme foliar de um vegetal e a célula óssea do esqueleto humano, podemos afirmar que todas apresentam:

a) DNA, RNA e ribossomos, porém somente a célula da epiderme foliar apresenta parede celular.

b) membrana plasmática e citoplasma, entretanto, não são encontrados ribossomos na célula bacteriana.

c) membrana plasmática e citoplasma, entretanto, as mitocôndrias estão presentes apenas na célula óssea.

d) DNA, membrana plasmática e mitocôndrias, porém, apenas a célula da epiderme foliar possui cloroplastos.

e) DNA, RNA e ribossomos, mas somente a bactéria e a célula da epiderme foliar apresentam parede celular.

09. (UENP) As organelas citoplasmáticas presentes nas células dos eucariontes têm papel fundamental na manutenção das condições ideais no interior da célula. Animais como o guepardo (Acinonyx jubatus) e os insetos voadores, que mantêm durante algum tempo altas taxas metabólicas em suas células musculares, possuem maior atividade em quais organelas?

a) Retículo endoplasmático rugoso que produz proteínas utilizadas na regeneração das células musculares; e mitocôndrias que “produzem” energia.

b) Retículo endoplasmático rugoso que secreta enzimas para sintetizar hormônios; e lisossomos que liberam seu conteúdo para eliminar partes desgastadas das células musculares.

c) Mitocôndrias que “produzem” energia; e lisossomos que liberam seu conteúdo para eliminar partes desgastadas das células musculares.

d) Mitocôndrias que “produzem energia”; e retículo sarcoplasmático que disponibiliza cálcio para a contração muscular.

e) Mitocôndrias que “produzem” energia; e retículo endoplasmático liso que produz esteroides, colesterol e triglicérides utilizados na regeneração das células musculares.

10. (UEPG) Analise a representação esquemática da célula abaixo e assinale o que for correto.

10

Adaptado de: Linhares, S.; Gewandsznajder, F. Biologia hoje 1.

15a ed.Volume 1. Editora Ática. São Paulo. 2008.

01. Trata-se de uma célula vegetal (célula eucariota), onde pode-se observar a presença de um envoltório nuclear bem definido (A), parede celular (B) e cloroplasto (E).

02. O complexo golgiense está representado pela letra D e tem como função a secreção celular.

04. Em C, pode-se observar a mitocôndria, organela responsável pela respiração celular.

08. A estrutura representada pela letra E tem como função principal a realização da fotossíntese, no qual moléculas de gás carbônico e água reagem formando glicídios e oxigênio.

Soma das alternativas corretas:

11. (UNITAU) Observe o esquema abaixo e assinale a alternativa que indica a aberração cromossômica por ele representada.

11

a) Deleção.

b) Duplicação.

c) Inversão.

d) Translocação.

e) Adição.

12. (FATEC) A célula dos organismos eucariontes é muito complexa e, no seu interior, ocorrem diversos processos para que sejam produzidas as proteínas necessárias ao metabolismo. A atividade de uma célula eucarionte é, de uma forma simplificada, análoga à atividade de produção de carros em uma fábrica automobilística. Na fábrica, há um PROJETO com as instruções sobre um determinado carro que será produzido. Com base nesse projeto, há uma LINHA DE PRODUÇÃO que monta o carro, utilizando, para isso, diversas partes menores. Uma vez montado, o carro é armazenado em um pátio, ou ESTOQUE, até ser enviado ao local de venda. Finalmente, o transporte dos carros até esse local ocorre, usualmente, em CAMINHÕES-CEGONHA, os quais podem transportar diversos carros de uma só vez para um mesmo destino. No processo de produção de proteínas em uma célula eucarionte, as estruturas análogas ao PROJETO, à LINHA DE PRODUÇÃO, ao ESTOQUE e aos CAMINHÕES-CEGONHA de uma fábrica são, respectivamente:

a) O gene, o complexo golgiense, as mitocôndrias e as vesículas.

b) O gene, o reticulo endoplasmático rugoso, o complexo golgiense e as vesículas.

c) O complexo golgiense, o gene, o reticulo endoplasmático rugoso e as mitocôndrias.

d) O complexo golgiense, o reticulo endoplasmático, as vesículas e as mitocôndrias.

e) O reticulo endoplasmático rugoso, o gene, as mitocôndrias e as vesículas.

13. (UFS) Observe o esquema abaixo de uma célula animal e marque a alternativa correspondente à organela que possui como principal função celular a “produção” de energia.

13a) 5.

b) 9.

c) 6.

d) 10.

e) 13.

14. (UNCISAL) A teoria da invaginação propõe o surgimento de diferentes organelas membranosas. De algumas dessas organelas surgem outras estruturas membranosas. Dadas as afirmativas sobre a origem, a morfologia e as respectivas funções dessas organelas:

I. Da membrana externa do envoltório nuclear tem-se as cisternas do retículo endoplasmático.

II. No peroxissomo, que comprovadamente tem sua origem a partir do complexo de Golgi, ocorre a beta-oxidação de ácidos graxos de cadeia muito longa.

III. A glicosilação é um dos principais eventos de modificação química que ocorre no aparato de Golgi.

IV. O lisossomo tem sua origem no aparelho de Golgi e dentre suas funções tem-se a autofagia.

V. O transporte vesicular é responsável pelo mecanismo de excreção.

Verifica-se que estão corretas apenas:

a) I, II e III.

b) I, III e IV.

c) I, IV e V.

d) II, III e V.

e) II, IV e V.

15. (UPE) Observe a figura abaixo que apresenta as estruturas e organelas de uma célula vegetal:

15

Disponível em: http://www.infoescola.com/wp-

content/uploads/2013/09/celula-vegetal.jpg

Considerando duas situações a que as células de uma planta podem estar submetidas, meio hipotônico (I) ou hipertônico (II), é correto afirmar que:

a) I – o vacúolo fica imenso e força a parede celular; II – o vacúolo se retrai, e a parede celular se solta da membrana plasmática.

b) I – a membrana plasmática se contrai, diminuindo os espaços entre as organelas; II – os cloroplastos se expandem, liberando água.

c) I – a membrana plasmática fica espessa; II – o vacúolo perde líquido que é absorvido pelos cloroplastos.

d) I – há perda de líquido pelas principais estruturas; II – a célula diminui de tamanho, absorvendo a água pela parede celular.

e) I – há maior troca iônica entre as organelas e o meio; II – apenas o nucléolo não perde líquido para o citoplasma.

16. (UNESP) A professora distribuiu aos alunos algumas fichas contendo, cada uma delas, uma descrição de características de uma organela celular. Abaixo, as fichas recebidas por sete alunos.

16a

A professora também desenhou na quadra de esportes da escola uma grande célula animal, com algumas de suas organelas (fora de escala), conforme mostra a figura.

16b

Ao comando da professora, os alunos deveriam correr para a organela cuja característica estava descrita na ficha em seu poder. Carlos e Mayara correram para a organela indicada pela seta 7; Fernando e Rodrigo correram para a organela indicada pela seta 5; Giovana e Gustavo correram para a organela indicada pela seta 4; Lígia correu para a organela indicada pela seta 6. Os alunos que ocuparam o lugar correto na célula desenhada foram:

a) Mayara, Gustavo e Lígia.

b) Rodrigo, Mayara e Giovana.

c) Gustavo, Rodrigo e Fernando.

d) Carlos, Giovana e Mayara.

e) Fernando, Carlos e Lígia.

17. (UEG) A morte celular por apoptose ocorre de forma genética e bioquimicamente programada, sendo a sua ativação condicionada a eventos celulares muito específicos, dentre os quais se encontra:

a) a detecção de dano genômico que não pode ser corrigido durante os pontos de checagem.

b) a abrangência do tempo limite de sobrevida da célula, medido temporalmente em anos de vida.

c) a falta de motivação orgânica para manutenção celular após o envelhecimento e senilidade.

d) a ruptura da membrana celular causada por choque mecânico ou reação química indesejada.

18. (UCPel) Analise as afirmativas abaixo e marque a opção correta.

I. Alterações cromossômicas numéricas são aquelas que afetam o número cromossômico normal característico da espécie.

II. Euploidias são alterações cromossômicas numéricas que afetam todos os pares de cromossomos da célula.

III. Aneuploidias são alterações cromossômicas estruturais que afetam pares de cromossomos, porém não todos.

a) Nenhuma está correta.

b) I e III estão corretas.

c) Apenas uma está correta.

d) Todas estão corretas.

e) I e II estão corretas.

19. (UNICENTRO) Uma estrutura celular foi apresentada com as seguintes características:

I. Visto em interfase.

II. Dupla lipoproteica e porosa.

III. Limita o material genético de eucariontes.

A partir da análise dessas afirmações, pode-se concluir que elas se referem:

a) à membrana plasmática.

b) ao nucléolo.

c) ao cromossomo.

d) à carioteca.

20. (UEM) Sobre a descoberta e o estudo da célula, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A Teoria Celular, formulada por Schleiden e Schwann, afirma que a unidade da vida é a célula.

02. Escherichia coli é considerada um protozoário por apresentar pseudópodos e nutrição saprozoica.

04. Antonie van Leeuwenhoek foi quem introduziu na Biologia o termo célula.

08. Parede celular é uma película que envolve a célula, invisível ao microscópio óptico, ausente em células vegetais e presente em células animais.

16. A observação de células vivas ao microscópio é chamada exame a fresco.

Soma das alternativas corretas:

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 1 de junho de 2017

TESTES DE GENÉTICA (XXII)

01. (FUVEST) Uma população experimental contém 200 indivíduos AA, 200 aa e 200 Aa. Todos os indivíduos AA foram cruzados com indivíduos aa e os indivíduos Aa foram cruzados entre si. Considerando que cada casal produziu 2 descendentes, espera-se encontrar entre os filhotes:

02. (UFPA) Ordene a coluna de cima de acordo com a de baixo e assinale a ordem correta.

1. Gene recessivo.

2. Fenótipo.

3. Gene.

4. Gene alelo.

5. Genótipo.

(  ) Unidade de transmissão hereditária.

(  ) Patrimônio genético de um indivíduo

(  ) Genes que ocupam o mesmo lócus em cromossomos homólogos.

(  ) Aspectos externos (morfológicos ou funcionais) de um indivíduo.

(  ) Só manifesta o caráter quando estiver em dose dupla.

a) 3, 5, 4, 2, 1.

b) 5, 3, 2, 4, 1.

c) 3, 2, 4, 5, 1.

d) 3, 2, 1, 5, 4.

e) 3, 5, 1, 2, 4.

03. (UFPI) Em cobaias a cor preta se deve a um alelo dominante, e a cor branca a um alelo recessivo do mesmo locus. Se em uma grande ninhada a metade dos filhotes é branca, os mais prováveis genótipos dos pais são:

a) BB e Bb.

b) Bb e Bb.

c) Bb e bb.

d) bb e bb.

e) BB e bb.

04. (FCM-PB) A Sra. Eugênia levou seu filho de 2 anos ao pediatra, relatou que Pedro, apresentava infecções respiratórias frequentes e seu suor era excessivamente salgado. O médico após a avaliação clínica e exames laboratoriais, concluiu que a criança apresentava fibrose cística, doença genética causada por um alelo defeituoso em um único gene determinando várias características como doença pulmonar crônica, insuficiência pancreática, aumento da concentração de cloretos no suor, obstrução intestinal e interrupção da função hepática. Estas características são condicionadas por mecanismos genéticos do tipo:

a) Pleiotropia.

b) Interações epistáticas.

c) Epistasia dominante.

d) Codominância.

e) Polimorfismo genético.

05. (UEM) Supondo que a coloração dos olhos na espécie humana seja uma característica hereditária determinada por um único par de alelos e considerado um indivíduo com genótipo do tipo Aa para este caráter, podemos afirmar que:

01. Todos os pares de cromossomos autossômicos possuem esse par de alelos.

02. Esses alelos ocorrem em apenas um dos 23 pares de cromossomos existentes.

04. Esses alelos ocorrem apenas nas células que formam os olhos do indivíduo.

08. Todos os gametas formados por esse indivíduo possuem esse par de alelos.

16. Aproximadamente metade dos gametas produzidos terão o alelo A.

Soma das alternativas corretas:

06. Um casal de indivíduos normais tem um filho albino. Qual a probabilidade deste casal ter um filho do sexo feminino com a pigmentação da pele normal?

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 2/3.

d) 1/8.

e) 3/8.

07. (F. M. POUSO ALEGRE – MG) O cruzamento de duas plantas, uma de flores brancas com outras de flores vermelhas, resultou em F1 todas as plantas de flores cor-de-rosa; F2 algumas com flores brancas, outras com flores cor-de-rosa a ainda outras com flores vermelhas. Os achados indicam que:

a) se trata de diibridismo.

b) se trata de alelos múltiplos.

c) se trata de herança intermediária.

d) a cor vermelha é dominante.

e) a herança é multifatorial.

08. (UEM) Sobre os princípios da genética, assinale o que for correto.

01. Em uma espécie de inseto, dois pares de genes autossômicos, com dominância completa, estão em ligação gênica. Em relação a cada par de genes, na descendência do cruzamento entre duplo heterozigoto, é esperada a proporção fenotípica 3:1, conforme a primeira lei de Mendel.

02. Em uma espécie vegetal, a flor violeta é condicionada pelo alelo dominante A e a flor branca é determinada pelo alelo recessivo a. Em outro loco, o alelo dominante B produz planta alta e o alelo recessivo b determina planta baixa. Esses dois locos estão em ligação gênica, a uma distância de 25 UR (unidades de recombinação) ou morganídeos. No cruzamento-teste de duplo heterozigoto, no arranjo cis ou associação, são esperados 25% de plantas altas com flores violetas.

04. A hemofilia é causada por um gene recessivo ligado ao sexo. Um casal é constituído por uma mulher portadora (heterozigota) do gene da hemofilia e por um homem normal. Admita que as frequências de nascimentos de meninas e de meninos são iguais. Sem considerar o sexo das crianças, se esse casal tiver dois descendentes, a probabilidade de os dois serem hemofílicos é 1/16.

08. Uma amostra de sangue de um assassino foi recolhida na cena do crime pela polícia e foi determinado que o sangue é do grupo ARh positivo. O sócio da vítima tem tipo sanguíneo ARh positivo. Essa correspondência de grupos sanguíneos prova que o sócio da vítima é o assassino.

16. A epistasia acontece entre genes do mesmo loco.

32. A segregação dos pares de genes, de acordo com a primeira lei de Mendel, é consequência da separação dos pares de cromossomos homólogos durante a meiose.

64. Considerando-se o sistema de grupos sanguíneos ABO, não é possível encontrar entre irmãos biológicos, filhos do mesmo pai e da mesma mãe, quatro grupos sanguíneos diferentes.

Soma das alternativas corretas:

09. (PUC–PR) O albinismo é um mal hereditário que se caracteriza pela ausência de melanina na pele. Quanto a esta característica, as pessoas, na sua grande maioria, são normais. Um homem normal casou-se duas vezes. Com a primeira mulher, normal, teve 10 filhos normais; com a segunda mulher, também normal, teve três filhos, dos quais 2 eram normais e 1 albino. Os possíveis genótipos do homem, das duas mulheres e de todas as crianças estão expressos na alternativa:

a) Homem aa; mulheres Aa e AA; filhos AA, Aa e aa.

b) Homem Aa; mulheres AA e aa; filhos AA e aa.

c) Homem Aa; mulheres AA e Aa; filhos AA, Aa e aa.

d) Homem Aa; mulheres Aa e Aa; filhos Aa e aa.

e) Homem AA; mulheres aa e aa; filhos AA e aa.

10. No caso do monoibridismo sem dominância, temos:

a) Dois alelos, três genótipos e três fenótipos.

b) Dois alelos, três genótipos e dois fenótipos.

c) Três alelos, dois genótipos e três fenótipos.

d) Três alelos, três genótipos e três fenótipos.

e) Dois alelos, dois genótipos e três fenótipos.

11. (FCM-PB) Um gene recessivo (h) é ligado ao cromossomo e provoca a hemofilia, enquanto o seu alelo H provoca a condição normal. Uma mulher normal casa com um indivíduo hemofílico, e todos os filhos são normais. Se uma filha do referido casal se casar com um homem normal, qual é a probabilidade de o casal ter um filho do sexo masculino hemofílico? Qual é a herança genética envolvida neste caso?

a) 50%. Herança ligada ao sexo.

b) 25%. Herança relaciona ao sexo.

c) 50%. Herança autossômica.

d) 75%. Herança ligada ao sexo.

e) 25%. Herança autossômica dominante.

12. (UNIFOR) Numa determinada espécie vegetal, não há dominância quando ao caráter cor vermelha e cor branca das flores, tendo o heterozigoto flor de cor rosa. A probabilidade de se obter uma planta de flor vermelha, a partir do cruzamento de uma planta de flor branca com uma de flor rosa, é:

a) 25,00%.

b) 18,75%.

c) 12,50%.

d) 6,25%.

e) Nula.

13. (UFPI) Mendel estabeleceu que os genes podem existir em formas alternativas e identificou dois alelos, um dominante e outro recessivo. Entretanto, as pesquisas do início do século XX demonstraram que isso era uma simplificação. Sobre as interações alélicas, é correto afirmar:

a) Um alelo é dito co-dominante, se tiver o mesmo efeito fenotípico em heterozigotos e homozigotos, isto é, os genótipos Aa e AA são fenotipicamente indistinguíveis.

b) A cor das flores em boca-de-leão é um exemplo de interação alélica, do tipo co-dominância, pois, quando cruzamos variedades homozigotas brancas e vermelhas, elas produzem heterozigotos rosas. O alelo para a cor vermelha (V) é considerado parcialmente dominante, em relação ao alelo para cor branca (v).

c) Uma exceção ao princípio da dominância simples surge quando um heterozigoto apresenta características encontradas em cada um dos homozigotos associados, sendo chamada de dominância incompleta.

d) Um exemplo de interação alélica do tipo codominância é a herança dos grupos sanguíneos (sistema ABO e sistema MN). Nos heterozigotos, os dois alelos contribuem igualmente para o fenótipo.

e) Conforme identificou Mendel, os genes podem existir em apenas duas formas alélicas, um dominante e outro recessivo, sugerindo uma dicotomia funcional simples entre os alelos.

14. (VUNESP) Um indivíduo de genótipo AABb se reproduz através de autofecundação. Os números de gametas e de genótipos diferentes produzidos por esse indivíduo são, respectivamente:

a) 2 e 3.

b) 4 e 9.

c) 2 e 9.

d) 2 e 6.

e) 4 e 3.

15. (UNIFOR) Das afirmações abaixo, relacionadas com conceitos genéticos, quais estão corretas?

01. Genótipo é o conjunto de genes que um indivíduo possui.

02. O fenótipo é resultante do genótipo em interação com o ambiente.

04. Um indivíduo é denominado homozigoto para um caráter determinado por um par de genes quando, em suas células, os genes que compõem o par são idênticos entre si.

08. Um indivíduo é denominado heterozigoto para um caráter determinado por um par de genes quando, em suas células, os genes que compõem o par não são idênticos entre si.

16. Genes alelos são genes que atuam sobre diferentes caracteres de um indivíduo.

32. Genes alelos ocupam loci gênico diferentes em cromossomos homólogos.

64. Genes que só se expressam em condição homozigótica são denominados genes dominantes.

Soma das alternativas corretas:

16. (UFRN) Ao avaliar uma espécie de gramínea existente numa área que seria destinada a pastagem, um agrônomo observou que a população era constituída de 60% de plantas com folhas largas e que o restante eram plantas com folhas estreitas. O agrônomo concluiu, então, que, nessa população de gramíneas,

a) a proporção de plantas indicava a existência de polialelia.

b) o gene produtor de folhas largas era dominante.

c) o mecanismo de herança não obedecia às leis de Mendel.

d) a frequência de genes produtores de folhas largas era maior.

17. (UNIFESP) Em um cruzamento de um indivíduo AA com outro aa, considerando que o alelo A é dominante sobre a, a proporção fenotípica observada em F2 significa exatamente que:

a) 25 % da prole expressam o fenótipo determinado pelo alelo dominante e 75% não o expressam.

b) em 25% da prole, o fenótipo recessivo é mascarado pelo fenótipo dominante.

c) 75 % da prole expressam o fenótipo determinado pelo alelo A e 25% não o expressam.

d) em 50% da prole, o fenótipo dominante é mascarado pelo fenótipo recessivo.

e) 50% da prole possuem um único tipo de alelo e 50% possuem outro tipo de alelo.

18. (UFPR) Fenilcetonúria (PKU) é uma condição hereditária devido a um gene autossômico recessivo. Admitindo que a criança com PKU não se reproduz quando atinge a idade reprodutiva, assinale as alternativas corretas:

01. Os pais de crianças com PKU são sempre casais consanguíneos.

02. Os pais de crianças com PKU são normais.

04. Pelo menos um dos pais de crianças com PKU é igualmente afetado.

08. Um dos pais de crianças com PKU é necessariamente heterozigoto, podendo o outro ser heterozigoto ou homozigoto.

16. Ambos os pais de crianças com PKU são necessariamente heterozigotos.

32. Em geral, um irmão normal de crianças com PKU não corre qualquer risco de ter filhos com PKU.

Soma das alternativas corretas:

19. Um casal de visão normal tem 4 filhos de visão normal e uma filha míope. Esta filha é casada com um homem míope e seus filhos e filhas são todos míopes. É possível afirmar, com base nesses dados, que o caráter miopia é:

a) Autossômico recessivo.

b) Autossômico dominante.

c) Ligado ao sexo recessivo.

d) Ligado ao sexo dominante.

e) Restrito ao sexo.

20. (IFG) A genética é um ramo da biologia voltada ao estudo da transmissão das características biológicas de geração a geração. Grandes nomes como Gregor Mendel, James Watson e Francis Crick contribuíram para o desenvolvimento dessa ciência. Com bases nos conceitos relacionados à genética, analise as afirmativas:

I. Genes alelos se segregam na formação dos gametas.

II. Podemos definir pleiotropia como sendo a capacidade de alelos de um gene inibir a ação dos alelos de outro par de genes.

III. RNAi (RNA de interferência) pode ser compreendido como um mecanismo de inibição da expressão gênica.

IV. Herança quantitativa ou poligenia é uma interação gênica em que pares de genes somam ou acumulam seus efeitos. Um exemplo clássico é a cor da pele.

V. Os cromossomos sexuais X e Y são exemplos de cromossomos autossômicos.

Assinale o item que contém a(s) afirmativa(s)

correta(s):

a) I, II e IV.

b) I, III e IV.

c) I e IV.

d) I e III.

e) II, III e IV.

Publicado por: Djalma Santos | 1 de junho de 2017

TESTES DE BIOTECNOLOGIA (VI)

01. (UNICENTRO)

EUA aprovam “Aedes transgênico”; teste comprova ausência de impacto.

Uma avaliação do Centro de Medicina Veterinária da Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (FDACVM, na sigla em inglês) apontou que o mosquito geneticamente modificado do Aedes Aegypti não causa impactos negativos à saúde ou ao meio ambiente, após um teste realizado em Flórida Keys. O Aedes do Bemfoi solto na região central de Piracicaba (SP) e reduziu 91% dos casos de dengue no bairro Cecap/Eldorado. O experimento com mosquitos transgênicos para combater a população do Aedes aegypti, mosquito transmissor do vírus da zika, da dengue e da chikungunya foi liberado nos Estados Unidos. A decisão do órgão regulatório norte-americano concluiu que o uso do mosquito geneticamente modificado, criado pela empresa Oxitec, não acarretará impactos para a sociedade e natureza. Segundo a empresa contratada pela Prefeitura de Piracicaba para realização do projeto na cidade, o objetivo do ensaio é demonstrar a eficácia do ”Aedes do Bem” no controle da população selvagem do Aedes aegypti em Key Haven, no condado de Monroe, Flórida. (EUA aprovam…, 2016).

Esse experimento, à luz da biologia celular e molecular, foi possível por conta da:

a) universalidade do código genético entre os seres vivos.

b) universalidade do genoma dos seres vivos.

c) possibilidade de um códon poder representar mais de um aminoácido no momento da tradução..

d) similaridade metabólica existente entre o hospedeiro e o parasita.

02. (UESPI) Todos os anos o Ministério da Saúde do Brasil realiza campanha nacional para erradicação da Poliomielite com a administração da vacina oral Sabin, uma das vacinas mais modernas do mundo, visto que bastam algumas gotas contendo antígenos virais para imunizar a população. Contudo, a perspectiva é que as futuras vacinas sejam preparadas a partir do DNA dos microrganismos alvo. Sobre este assunto, observe a figura abaixo e assinale a alternativa correta.

02

a) Vacinas de DNA são constituídas por cromossomos do próprio hospedeiro enxertados com DNA microbiano.

b) Vacinas de DNA induzem a produção de proteínas microbianas pelas células do hospedeiro.

c) Vacinas de DNA não induzem a formação de células B de memória e anticorpos no hospedeiro.

d) Vacinas de DNA não poderiam ser produzidas contra vírus que possuem material genético de RNA..e) Vacinas de DNA induziriam a produção de anticorpos somente quando o hospedeiro fosse infectado pelo microrganismo alvo da vacina.

03. (UNESP)

EU E MEUS DOIS PAPAIS

No futuro, quando alguém fizer aquele velho comentário sobre crianças fofinhas: “Nossa, é a cara do pai!”, será preciso perguntar: “Do pai número um ou do número dois?”. A ideia parece absurda, mas, em princípio, não tem nada de impossível. A descoberta de que qualquer célula do nosso corpo tem potencial para retornar a um estado primitivo e versátil pode significar que homens são capazes de produzir óvulos, e mulheres têm chance de gerar espermatozoides. Tudo graças às células iPS (sigla inglesa de “células-tronco pluripotentes induzidas”), cujas capacidades “miraculosas” estão começando a ser estudadas. Elas são funcionalmente idênticas às células-tronco embrionárias, que conseguem dar origem a todos os tecidos do corpo. Em laboratório, as células iPS são revertidas ao estado embrionário por meio de manipulação genética.

(Revista Galileu, maio 2009.)

Na reportagem, cientistas acenaram com a possibilidade de uma criança ser gerada com o material genético de dois pais, necessitando de uma mulher apenas para a “barriga de aluguel”. Um dos pais doaria o espermatozoide e o outro uma amostra de células da pele que, revertidas ao estado iPS, dariam origem à um ovócito pronto para ser fecundado in vitro. Isto ocorrendo, a criança

a) Necessariamente seria do sexo masculino.

b) Necessariamente seria do sexo feminino.

c) Poderia ser um menino ou uma menina.

d) Seria clone genético do homem que forneceu o espermatozoide.

e) Seria clone genético do homem que forneceu a célula da pele.

04. (UFAL) A tecnologia do DNA recombinante tem produzido uma série de avanços no setor agropecuário brasileiro. A inserção de um gene da bactéria Bacillus thuringiensis em algumas variedades de plantas, por exemplo, as torna resistentes a certas pragas. Sobre essas tecnologias, é correto afirmar:

a) A transferência de qualquer gene de um organismo a outro produz variabilidade genética; daí, os transgênicos serem resistentes a pragas.

b) Plasmídios virais são utilizados como vetores de genes de interesse que serão transferidos a um organismo.

c) A resistência de uma planta transgênica a uma praga se deve à ação do produto do gene inserido na planta, e não à presença do gene em si.

d) Plantas naturalmente resistentes a pragas não passam necessariamente esta característica à prole; daí, a necessidade das técnicas de engenharia genética.

e) A clonagem de plantas com características de resistência a pragas as torna menos susceptíveis à extinção ao longo da evolução, segundo as leis da seleção natural.

05. (UFSC) Na década de 1930, geneticistas japoneses produziram melancias sem sementes. O método de produção foi baseado na exposição de sementes de melancias normais a substâncias químicas que dobravam seu número de cromossomos. Depois cruzavam as melancias de sementes modificadas com melancias de sementes com número normal de cromossomos. Os descendentes desses cruzamentos não podiam produzir suas próprias sementes porque possuíam um número anormal de cromossomos.

Disponível em: <http://nytiw.folha.uol.com.br/?url=/folha/content/view/full/46012&gt;. [Adaptado] Acesso em: 22 ago. 2016.

Sobre o uso da biotecnologia aplicada na dieta e na saúde humanas, é correto afirmar que:

01. A melancias obtidas pelos japoneses são um dos muitos exemplos de plantas transgênicas.

02. Aves como Chester e Fiesta, vendidas comercialmente, são obtidas por meio da transferência de genes.

04. A seleção artificial não leva ao aparecimento de novas variedades de um animal ou planta.

08. Para a transferência de genes de uma espécie para outra, podem ser utilizados vírus como transportadores dos genes.

16. Comprovadamente, os diferentes tipos de produtos oriundos dos organismos geneticamente modificados trazem sérios riscos à saúde humana.

32. Mutações no DNA, portanto no genoma dos seres vivos, fazem parte do processo da evolução biológica e podem ocorrer em qualquer ser vivo.

Soma das alternativas corretas:

06. (PUCPR) Leia o texto a seguir:

Produção de anticorpo

Anticorpos monoclonais (mAbs, na sigla em inglês) são proteínas produzidas em laboratório por um único clone de linfócitos B – um tipo de célula de defesa – extraído de camundongos cujos sistemas imunológicos foram estimulados pelos antígenos de interesse. Os anticorpos desenvolvidos e testados clinicamente pela Recepta, com apoio da Fapesp, são capazes de se ligar de maneira muito específica a alvos tumorais, não tendo efeito sobre tecidos sadios. “A Mersana detém a tecnologia para criar o chamado ADC (antibody-drug conjugate). Ou seja, eles usam um tipo de ligante para unir o anticorpo a uma toxina. Esse imunoconjugado entrega de maneira muito específica a toxina às células tumorais”, explicou Jose Fernando Perez, presidente da Recepta e ex-diretor científico da Fapesp.BLOG.2017

Disponível em: <http://revistapesquisa.fapesp.br/2015/07/20/anticorpo-brasileiro-sera-usado-para-criar-nova-droga-contra-o-cancer/&gt;.

A utilização de anticorpos monoclonais é vantajosa em relação a outros tipos de tratamentos contra o câncer, pois:

a) dificulta a obtenção de linhagens de células capazes de produzir, em grande quantidade, os anticorpos para serem usados no tratamento do câncer.

b) facilita a formação de memória pelos anticorpos, possibilitando prevenção ao câncer.

c) facilita a diapedese, gerando mais facilmente a fagocitose das células tumorais mediada pelos mastócitos, os quais têm sua diapedese intensificada.

d) reduz os efeitos colaterais, uma vez que apresentam especificidade com as células tumorais.

e) acelera a destruição das células tumorais graças à associação dos anticorpos com toxinas específicas que se ligam aos lipídios de membrana.

07. (ACAFE)

Mosquito transgênico pode ajudar a combater a malária

Cientistas americanos criaram, em laboratório, centenas de mosquitos, geneticamente modificados, incapazes de transmitir malária. Usando uma técnica revolucionaria, chamada CRISPR/Cas9, os pesquisadores da Universidade da California, nos Estados Unidos, inseriram nas celulas reprodutivas dos insetos Anopheles stephensi (um dos vetores da malária), genes que bloqueiam a ação da doença. Assim, cruzando com outros membros da espécie, esses mosquitos geram descendentes que não transmitem a malária e que poderiam combater a doença que atingiu 214 milhões de pessoas em 2015, causando 438 000 mortes.

Fonte: Veja, 24/11/2015.Disponível em: http://veja.abril.com.br

Acerca das informações contidas no texto e dos conhecimentos relacionados ao tema, e correto afirmar, exceto:

a) Hospedeiro intermediário é aquele que apresenta o parasito em sua fase larvária ou de reprodução assexuada, sendo na malária, mosquitos do gênero O hospedeiro definitivo e aquele que apresenta o parasito em sua fase de reprodução sexuada, sendo na malária, o ser humano.

b) Um organismo geneticamente modificado e aquele que foi submetido a técnicas laboratoriais que, de alguma forma, modificaram seu genoma.

c) O ácido desoxirribonucleico, conhecido simplesmente como DNA ou ADN, é responsável pela hereditariedade. Nele encontram-se quatro tipos de nucleotídeos que diferem quanto as bases nitrogenadas. As bases púricas do DNA são Adenina e Guanina, enquanto que as bases pirimídicas são Timina e Citosina.

d) A doença falciforme é uma alteração genética caracterizada por um tipo de hemoglobina mutante designada como hemoglobina S (HbS). Ela decorre da substituição de uma adenina por uma timina, provocando a troca do ácido glutâmico pela valina na cadeia polipeptídica. Indivíduos portadores de hemoglobina normal (HbA) e de HbS, portanto heterozigotos, apresentam relativa imunidade à malária, mesmo quando expostos ao vetor da doença contaminado.

08. (UFSCar) Soja, trigo, batata, milho e tomate são alguns dos alimentos que podem ser produzidos utilizando-se a técnica da transgenia. Para obter um vegetal transgênico seria necessário:

a) cruzar duas plantas de espécies diferentes, e os descendentes devem apresentar a característica desejada.

b) retirar células meristemáticas da planta de interesse e multiplicá-las usando hormônios para obter uma planta com a característica desejada.

c) utilizar enzimas em certos tecidos vegetais para que ativem a produção de uma característica desejada.

d) fundir proteínas mitocondriais de espécies vegetais diferentes, resultando em uma célula com a característica desejada.

e) inserir um gene de uma espécie de ser vivo no DNA nuclear de uma célula vegetal para que este gene expresse a característica desejada.

09. (UFJF) O primeiro transgênico criado foi uma bactéria geneticamente alterada para produzir a insulina, em 1978. Em 1994, foi lançada a primeira planta transgênica aprovada para o consumo, um tipo de tomate, nos Estados Unidos. De lá para cá, o mundo viu um crescimento da comercialização de produtos que contêm genes modificados.

Fonte: texto adaptado dehttp://www.uai.com.br/app/noticia/saude/2016/10/07/noticias-saude,194867/alimentos-transgenicos-ocupamgondolas-do-mercado-tire-suas-duvidas.shtml.

Acessado em 15/10/16.

A produção dos transgênicos descrita no texto acima só foi possível devido à descoberta das enzimas de restrição. Essas enzimas podem cortar a dupla-hélice de DNA em pontos específicos. Um fragmento do DNA humano cortado com a enzima de restrição EcoRI pode ser ligado a qual tipo de ácido nucléico? Assinale a alternativa correta:

a) RNA viral sem cortes com enzimas de restrição.

b) DNA bacteriano sem cortes com enzimas de restrição.

c) RNA viral cortado com uma enzima de restrição diferente.

d) DNA bacteriano cortado com a mesma enzima de restrição.

e) DNA humano cortado com uma enzima de restrição diferente.

10. (UNESP) Atendendo à demanda da ONU, que propõe o combate ao vetor da zika, dengue e chikungunya, mosquitos machos serão criados em laboratório e expostos a raios X e raios gama. Os procedimentos de irradiação serão realizados em equipamentos de raios X e em irradiadores que têm como fonte de raios gama o isótopo cobalto-60, também sob diferentes condições quanto à taxa e dose de radiação absorvida. Depois de irradiados, esses mosquitos serão soltos no ambiente.

(www.ipen.br. Adaptado.)

A técnica proposta pela ONU é mais uma forma de combater as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti porque:

a) a radiação nuclear causa mutações no genoma dos insetos machos que são transmitidas aos descendentes, tornando-os incapazes de transmitirem os vírus aos humanos.

b) os mosquitos irradiados contaminam as fêmeas durante a cópula com a mesma radiação a que foram submetidos, desta forma as fêmeas morrem, impedindo a transmissão dos vírus aos humanos.

c) os mosquitos machos tornam-se radioativos e, durante o cruzamento, esta radiação inativa os vírus presentes na fêmea que, mesmo transmitidos aos humanos, não causam doenças.

d) os mosquitos irradiados sofrem uma mutação genética que causa má formação do aparelho bucal usado para picar e sugar o sangue humano, impedindo a transmissão dos vírus aos humanos.

e) os mosquitos irradiados tornam-se estéreis e, após a cópula com fêmeas no ambiente, os ovos não se desenvolvem, reduzindo assim a população destes insetos e a transmissão das doenças.

11. (UFAL) Um grupo de enzimas, extraídas de bactérias e capazes de cortar a dupla-hélice de DNA, constitui a principal ferramenta empregada na manipulação do DNA; tais enzimas são comparadas a tesouras moleculares (Figura 1). Em comparações de material genético de diferentes pessoas, uma técnica laboratorial muito empregada é a da eletroforese (Figura 2). Resultados da eletroforese de fragmentos de DNA obtidos com o emprego de certa enzima, para amostras de sangue de uma criança (C), de sua mãe (M) e de seu suposto pai (P), podem ser observados na figura 3. Com base nos dados apresentados acima e nas informações constantes nas figuras abaixo, assinale a alternativa correta.

11a

a) Endonucleases é a denominação dada a essas enzimas, que são capazes de cortar, em pontos específicos, a dupla-hélice do DNA.

b) Uma enzima desse grupo tem alto grau de eficiência e pode cortar uma molécula de DNA em fragmentos de diferentes tamanhos, como no exemplo,

11b

c) Cada molécula de DNA, independentemente de seu tamanho molecular, quando cortada por uma enzima de que trata a questão, resulta em até dez fragmentos de DNA.

d) Na separação eletroforética dos vários fragmentos que compõem a amostra do DNA, a velocidade com que cada fragmento de DNA se desloca no substrato (gelatina), a partir do ponto de aplicação da amostra, é diretamente proporcional ao seu tamanho.

e) Todos os tipos de fragmentos de DNA da criança devem estar presentes em seus genitores; fragmentos de DNA presentes na amostra de sua mãe podem não estar presentes na amostra da criança.

12. (UEMG) Uma nova técnica de fertilização auxiliou no nascimento de um bebê, gerado por três pessoas, segundo a revista científica “New Scientist”. O menino, hoje com cinco meses, tem o DNA do pai e o da mãe, somados à pequena parte do código genético de uma terceira pessoa. Médicos americanos deram um passo, sem precedentes, para evitar que o bebê tivesse a doença genética, denominada síndrome de Leigh, determinada por genes mitocondriais, e que teria consequências fatais ao atacar seu sistema nervoso central. Especialistas dizem que a técnica pode inaugurar uma nova era da Medicina ao possibilitar que famílias evitem que seus descendentes sofram de determinadas doenças genéticas.

Disponível em:< http://www.bbc.com/portuguese/geral-37476702&gt; Acesso 01 Out 2016.

A técnica desse procedimento utilizou:

a) DNA ligase.

b) ovócito enucleado.

c) enzimas de restrição.

d) plasmídeo como vetor.

13. (Unitau) As endonucleases, ou enzimas de restrição, são ferramentas muito úteis para a engenharia genética e a biologia molecular, produzindo resultados práticos para o diagnóstico de doenças, para a produção de transgênicos e para a resolução de casos forenses. Acerca dessas enzimas, leia as afirmações a seguir.

I. São enzimas que atuam clivando a molécula de DNA, por reconhecerem sequências específicas de nucleotídeos.

II. Foram descobertas em bactérias, nas quais atuam na defesa contra a ação de bacteriófagos.

III. A análise e a comparação dos fragmentos de DNA produzidos pela ação das endonucleases permitem a identificação de pessoas.

IV. Ao clivar o DNA, essas enzimas produzem fragmentos de molécula por romperem as ligações glicosídicas entre os nucleotídeos.

Com base nas quatro frases, assinale a alternativa correta.

a) Somente o que se afirma em III não faz referência às endonucleases.

b) Somente o que se afirma em II não faz referência às endonucleases.

c) Somente o que se afirma em IV não faz referência às endonucleases.

d) Somente o que se afirma em I não faz referência às endonucleases.

e) O que se afirma em I, II, III e IV faz referência às endonucleases.

14. (PUC-CAMPINAS) Leia atentamente a afirmação a seguir, sobre produtos transgênicos. ALIMENTOS TRANSGÊNICOS SÃO ALIMENTOS GENETICAMENTE MODIFICADOS COM ALTERAÇÃO DO CÓDIGO GENÉTICO. A afirmação é:

a) correta, pois os organismos transgênicos possuem o código genético alterado para serem mais produtivos.

b) correta, pois a alteração do código genético faz com que os organismos sintetizem novas proteínas.

c) correta, e por isso só são criados em laboratórios especializados que possuem tecnologia para modificar o código genético.

d) incorreta, pois tanto organismos transgênicos como não transgênicos possuem o mesmo código genético.

e) incorreta, pois o código genético dos organismos transgênicos é alterado apenas em algumas partes do genoma.

15. (CEDERJ) A Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) é uma técnica que vem sendo utilizada em diversos métodos de diagnósticos de doenças provocadas por microrganismo. Esta técnica tem como objetivo identificar:

a) os anticorpos do paciente.

b) o DNA do microrganismo.

c) as proteínas da resposta imune.

d) os receptores da membrana do parasito

16. (UFPA) Plantas transgênicas podem ser produzidas com a utilização da técnica de DNA recombinante. Assim, uma variedade de arroz pode ser produzida a partir da manipulação do arroz original, com a transfecção, para este, do DNA de interesse (a fim de produzir, por exemplo, betacaroteno, o precursor da vitamina A) retirado de outro organismo de espécie diferente. O arroz transgênico golden rice passará a manifestar a presença de betacaroteno porque:

a) o RNA mensageiro sintetizado a partir do DNA recombinante será traduzido pelas células do vegetal.

b) ocorrerá duplicação do DNA transferido, que só então será incorporado ao genoma hospedeiro.

c) ocorrerá transcrição do RNA transportador a partir do DNA transferido.

d) proteínas serão sintetizadas a partir do DNA não hibridizado.

e) ocorrerá síntese de carboidratos a partir da ativação do DNA do vegetal original.

17. (UFRR) O milho Bt e a vaca Potira são produtos da bioctecnologia moderna. O milho Bt possui em seu genoma genes que foram isolados da bactéria Bacillus thuringiensis, responsáveis pela produção de uma proteína tóxica para determinados grupos de insetos que atacam essa cultura. Enquanto a vaca Potira, desenvolvida pela Embrapa, foi gerada a partir do isolamento do conteúdo genético nuclear completo de uma célula somática, retirada da orelha de outra vaca adulta, que foi inserido em um óvulo cujo conteúdo genético havia sido removido previamente. As técnicas utilizadas na produção de organismos como o milho Bt e a vaca Potira são denominadas, respectivamente:

a) Hibridização e transgenia.

b) Transgenia e clonagem.

c) Clonagem e inseminação artificial.

d) Recombinação gênica e clonagem.

e) Terapia gênica e hibridização.

18. (Unisinos)

18

Disponível em: <http://www.colegiostockler-blog.com/wp-content/uploads/2010/08/Charge11.jpg.&gt; Acesso em: 14 abr. 2016.

A partir de 2005, com a publicação da Lei de Biossegurança (Lei Federal 11.105/05), houve um aumento no desenvolvimento de pesqui­sas e na utilização de tratamentos de diver­sas doenças com o uso de células-tronco no Brasil. Sobre as características dessas célu­las, avalie as proposições abaixo e marque V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas.

( ) As células-tronco são células que possuem a capacidade de se diferenciar em diversos tipos celulares.

( ) As células-tronco podem ter origem tanto em­brionária quanto não embrionária (células-tronco adultas).

( ) Células-tronco adultas são mais fáceis de serem obtidas e possuem maior poder de diferenciação em relação às embrionárias.

( ) Células-tronco não possuem capacidade de autorreplicação.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) V – F – F – F.

b) F – V – V – V.

c) V – F – F – V.

d) F – V – V – F.

e) V – V – F – F.

19. (UEA) Leia o texto “Editando a natureza”, de Hélio Schwartsman, para responder esta questão.

A tecnologia para que possamos interferir de modo direto e decisivo sobre o que antigamente se chamava “grande cadeia do ser” já está disponível. Com uma técnica que permite editar o DNA, já é possível modificar um mosquito fazendo, por exemplo, com que ele produza somente gametas do sexo masculino e transmita tal característica aos descendentes. Assim, se indivíduos alterados forem liberados numa população, é questão de tempo até que ela encontre a extinção por ausência de fêmeas. Se esse mosquito for o Anopheles gambiae, principal responsável pela transmissão da malária na África, estaremos poupando centenas de milhares de bebês a cada ano.

Entretanto, é arriscado interferir em ecossistemas. Qual o impacto da extinção desse mosquito na cadeia alimentar? O nicho ecológico por ele ocupado não seria tomado por outra espécie? Que garantia temos de que o parasita da malária não se adaptaria ao próximo mosquito?

Não devemos renunciar a moldar o mundo para nossa conveniência – o que já fazemos há milhares de anos –, mas é importante providenciar antes protocolos de segurança que reduzam a chance de nos tornarmos vítimas do muito que não sabemos.

(Folha de S.Paulo, 19.10.2016. Adaptado.)

No texto, o autor:

a) defende a tese de que a extinção de uma espécie leva ao surgimento de outra e, por esse motivo, a alteração genética em mosquitos não deve ser realizada.

b) posiciona-se contra a transformação de seres vivos, ainda que seja para extinguir um mosquito transmissor da malária.

c) sugere que a transformação genética proporcionada pela tecnologia atual já deve ser posta em prática, tendo em vista seus benefícios a longo prazo.

d) faz uma apologia da técnica que permite alterar a estrutura genética de mosquitos, pois ela deverá permitir que o homem transforme a natureza com maior segurança.

e) apresenta argumento a favor da extinção de um mosquito transmissor da malária, mas também defende que a interferência humana na natureza seja feita com cautela.

20. (UPE) Observe a figura a seguir:

20

Sobre projetar uma criança com todas as características desejadas pelos genitores, é correto afirmar que:

a) a tecnologia permite todas as combinações genéticas, inclusive a inserção de genomas de outras espécies. Dessa forma, por meio das técnicas do DNA recombinante e da terapia celular, tal criança é viável.

b) além da combinação dos genes parentais, existem fatores, como a ligação, a interação gênica/ambiental e os efeitos epigenéticos atuantes na expressão dos genes, tornando impossível a formação de tal criança.

c) apenas crianças do sexo feminino poderiam ser projetadas dessa forma, pois os meninos possuem cromossomos sexuais diferentes, o X e o Y. Dessa maneira, apenas os autossomos poderiam viabilizar inúmeras combinações para esse projeto.

d) o modo da expressão gênica varia desde a produção de diferentes fenótipos até a manifestação de gamas variadas de genótipos, permitindo qualquer combinação desejada para a criança resultante dos códigos genéticos parentais.

e) só seria possível a projeção de crianças com todas as características recessivas, pois estas são condicionadas por genes pleiotrópicos, com influência em várias características do indivíduo.

21. (PUC-SP) O Reino Unido deverá regulamentar até o final do ano uma nova técnica de reprodução assistida que poderá permitir que uma criança seja gerada com DNA de um homem e duas mulheres. O intuito é evitar doenças genéticas transmitidas pela mãe. (…) O embrião ficaria com material genético de três pessoas: o DNA do núcleo do espermatozoide do pai, o DNA do núcleo do óvulo da mãe e o DNA das mitocôndrias do óvulo da doadora.

(REINO UNIDO VOTA FERTILIZAÇÃO COM TRÊS ‘PAIS’ – Folha de S.Paulo, 28 de fevereiro de 2014).

21

A utilização dessa técnica:

a) Permitiria que o embrião apresentasse mitocôndrias saudáveis transmitidas pela mãe.

b) Permitiria que o embrião apresentasse mitocôndrias saudáveis transmitidas pela doadora de óvulo.

c) Permitiria que o embrião apresentasse mitocôndrias saudáveis transmitidas pelo pai.

d) Não evitaria que o embrião apresentasse doenças mitocondriais, normalmente transmitidas pela mãe.

d) Não evitaria que o embrião apresentasse doenças mitocondriais, normalmente transmitidas pelo pai.

22. (Unespar) Sobre genética e biotecnologia, assinale o que for correto.

a) O material genético dos vírus é unicamente o DNA.

b) As células nervosas são diferentes das células musculares porque contêm genes diferentes.

c) O tipo sanguíneo O é mais frequente e, por esse motivo, o alelo responsável por sua expressão é dominante sobre os demais.

d) Na terapia gênica ocorre substituição do alelo anormal que causa doença pelo alelo normal.

e) Enzimas de restrição são fundamentais à Engenharia Genética porque permitem a passagem de DNA através da membrana celular.

23. (COVEST) A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) tem se especializado na produção de espécies de plantas transgênicas, portadoras de genes que conferem resistência a certas pragas agrícolas. Considerando os genótipos de plantas produzidos em laboratório, analise o que se afirma a seguir.

I   II

0  0 – Devido à resistência a pragas, os clones de plantas transgênicas têm vantagem evolutiva frente às espécies selvagens.

1  1 – Em plantas utilizadas na alimentação, a transgenia altera a composição de aminoácidos da cadeia polipeptídica codificada pelo gene alterado, produzindo proteínas com menor valor nutritivo.

2 2 – As técnicas de engenharia genética demandam a utilização de bactérias para a multiplicação de plasmídios vetores nos quais foram introduzidos os genes de interesse.

3  3 – O consumo de plantas transgênicas na alimentação gera alergias e intoxicações não produzidas pelos genótipos selvagens.

4  4 – Caso uma praga acometa um genótipo de uma dada espécie de planta transgênica, todos os seus clones serão igualmente susceptíveis.

24. (UNIFOR) Pela primeira vez, neurocientistas têm tratado um tetraplégico total com células-tronco e ele vem recuperando substancialmente as funções da parte superior do tronco. Neste caso, as células tronco embrionárias foram convertidas em oligodendrócitos, células do cérebro e medula espinhal que auxiliam no funcionamento das células nervosas.

Disponível em: http://www.24horasnews.com.br/ noticias/ver/tetraplegico-recupera-controle-do-corpo-apos-receber-celulas-tronco.html#sthash.822v6e2J. dpuf Acesso: 30 de set de 2016 (adaptado).

A respeito desta descoberta e sua relação com os tipos de diferenciação celular, sabe-se que as células tronco embrionárias são células:

a) de tecidos adultos que necessitam de substituição celular.

b) diferenciadas que possuem expressos os genes de todos os outros tipos celulares.

c) diferenciadas que podem ativar genes que geram células filhas indiferenciadas.

d) oligopotentes que têm uma capacidade ilimitada de diferenciação.

e) totipotentes que se diferenciam formando qualquer tipo celular.

25. (UPE) Observe a charge a seguir:

25

O objetivo principal do Projeto Genoma Humano (PGH) é compreender como os genes funcionam nos estados de normalidade e doença.

Sobre isso, leia com atenção as afirmativas a seguir:

I. A constituição genética humana é a expressão de um programa genético escrito na química do DNA, pois o genótipo é dinâmico e surge da interação do fenótipo com o infinitamente complexo ambiente.

II. Muitas mutações deletérias podem não ser determinantes por si sós de uma patologia. Outros fatores, como interação gênica, epigenética e ambiental, podem modular a expressão dos genes.

III. O mapeamento que mostra as predisposições genéticas de um indivíduo adquirir doenças não deve se tornar de domínio público, para evitar que a discriminação feita com base no genoma chegue ao mercado de trabalho.

IV. O mapeamento genético para a detecção de doenças é suficiente para prever as consequências sociais, pois diagnóstico e técnicas terapêuticas estão sempre ajustados.

V. Os seres humanos de qualquer região do planeta são idênticos geneticamente, no entanto a adaptação de longo prazo aos mais diversos ambientes criou perfis variados de resistência ou suscetibilidade a doenças.

Estão corretas apenas:

a) I, II e III.

b) II e III.

c) II, III, IV e V.

d) III, IV e V.

e) IV e V.

26. (UNIMONTES) Há séculos a humanidade vem fazendo o cruzamento de plantas e animais com a finalidade de melhorá-los para sua utilizacao e consumo. São experiências genéticas feitas de maneira rudimentar, mas, atualmente, com o desenvolvimento da biotecnologia, a melhora genética passou a ser feita de forma cientifica, através de técnicas desenvolvidas por uma nova ciência integrante da biotecnologia conhecida como engenharia genetica. O quadro abaixo mostra características associadas a uma das aplicações da biotecnologia. Analise-o.

26

Considerando o quadro apresentado e o assunto abordado, assinale a alternativa que representa o processo, envolvendo engenharia genética, diretamente relacionado as características acima.

a) Clonagem.

b) Mapeamento do sequenciamento gnômico.

c) Transgênicos.

d) Terapia genica.

27. (IFG) Sobre as plantas transgênicas é correto afirmar que:

a) São obtidas pelo cruzamento forçado entre duas plantas de linhagens puras diferentes.

b) São obtidas através de seleção natural das plantas mais resistentes.

c) São vegetais cuja estrutura genética foi alterada pela inserção de genes de outro organismo.

d) A comercialização dos transgênicos é proibida no Brasil, uma vez que não se sabe ao certo os riscos a respeito do uso desses vegetais.

e) O plantio de transgênicos traz como limitações o fato de ser um método que reduz a produção e eleva os custos.

28. (PUERI DOMUS) As informações a seguir foram retiradas da Lei no 11.105 de 24 de março de 2005, que estabelece normas de segurança e mecanismos de fiscalização de atividades que envolvam organismos geneticamente modificados (OGM).

Engenharia genética: atividade de produção e manipulação de moléculas de DNA recombinante.

Moléculas de DNA recombinante: moléculas manipuladas fora das células mediante modificações de segmentos de DNA e que possam multiplicar-se em uma célula viva.

Organismo geneticamente modificado (OGM): organismo cujo material genético tenha sido modificado por qualquer técnica de engenharia genética.

Clonagem: processo de reprodução assexuada, produzida artificialmente, baseada em um púnico patrimônio genético, com ou sem utilização de técnicas de engenharia genética.

Em relação ao apresentado, assinale a alternativa correta.

a) A reprodução sexuada que ocorre nos animais depende de moléculas de DNA recombinante para a formação dos gametas.

b) Durante a divisão celular, são produzidas moléculas de DNA recombinante que posteriormente serão passadas aos descendentes, por meio dos processos de reprodução.

c) Os transgênicos, como, por exemplo, o algodão resistente a insetos e a soja resistente a herbicida, podem ser considerados organismos geneticamente modificados.

d) A clonagem promove o surgimento de linhagem com pouca variabilidade genética, o que aumenta a capacidade da população de ser adaptar a novas condições ambientais.

e) Produtos agrícolas que apresentam vantagens são produzidos necessariamente por meio de clonagem, como, por exemplo, a soja resistente às pragas.

29. (UFVJM) LEIA O TEXTO E ANALISE A FIGURA.

Uma ovelha foi produzida por meio de uma técnica em que se retira o núcleo de uma célula da glândula mamária de um animal adulto. Em seguida esse núcleo é fundido, com a ajuda de uma corrente elétrica, a um óvulo de outra ovelha que teve seu núcleo retirado. Esse óvulo é, então, implantado no útero. Das 277 tentativas, apenas uma vingou: a Dolly. Um cientista está cultivando células para clonar um mamífero, repetindo a técnica utilizada para gerar a Dolly. Ele observou uma divisão celular em sua cultura, que aparece nesta ilustração.

29

Com base nessas informações, é correto afirmar que esse cientista pretende, com as células dessa cultura, utilizar:

a) O núcleo, já que as células das glândulas mamárias possuem apenas um conjunto cromossômico.

b) O citoplasma e descartar o núcleo, já que se trata de um óvulo cujo núcleo tem apenas um genoma.

c) Os cromossomos dos óvulos, já que eles carregam DNA, que tem codificadas todas as informações genéticas.

d) O núcleo, já que as células das glândulas mamárias têm dois genomas completos, o que é vantajoso para a clonagem.

30. (FPS) Em setembro de 2016, cientistas de uma clínica de fertilidade americana anunciaram o nascimento do primeiro bebê no mundo com “três pais”. O procedimento, ilustrado abaixo, foi realizado para impedir que o bebê herdasse uma enfermidade transmitida pelas mitocôndrias de sua mãe.

30

Em relação aos alelos de um gene, é correto afirmar que o bebê resultante deste processo recebeu:

a) um alelo mitocondrial do pai.

b) dois alelos nucleares da mãe.

c) um alelo nuclear da doadora.

d) dois alelos mitocondriais da doadora.

e) um alelo nuclear da mãe.

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 1 de junho de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (8)

01. (CESPE-UnB)

01

Considerando o cladograma acima, que ilustra possíveis relações evolutivas entre os principais componentes do reino Plantae, assinale a opção correta.

a) A maioria das espécies do grupo 3 é de grande porte e se caracteriza por formar sementes expostas na superfície das estruturas reprodutivas.

b) Na história evolutiva dos vegetais do grupo 4, a formação de raízes, para fixação e absorção de água, permitiu o aparecimento dos estômatos.

c) Os vegetais do grupo 2 são pouco adaptados à vida terrestre, pois a água é essencial para a fecundação de seus gametas.

d) Nos organismos do grupo 1, o esporófito representa o tubo polínico e o saco embrionário, e constitui a fase mais desenvolvida do ciclo de vida desses vegetais.

02. (UEPG) As plantas vasculares com sementes nuas, gimnospermas, são divididas em coníferas, cicas, gnetófitas e gincófitas. Em relação às características gerais desses grupos, assinale o que for correto.

01. As coníferas são adaptadas ao clima frio e habitam, principalmente, vastas regiões da América do Norte e da Eurásia, onde formam extensas florestas.

02. As espécies de cicas, muito utilizadas na ornamentação de jardins, são plantas com aparência semelhante à das palmeiras, mas os cones, muito desenvolvidos, são típicos das gimnospermas.

04. O pinheiro-do-paraná possui feixes de folhas aciculadas, isto é, longas e em forma de agulhas ou espessas e curtas em forma de escamas.

08. Da Ephedra (gnetófita) é extraída a efedrina, alcaloide utilizado principalmente no tratamento de asma e de enfisema.

Soma das alternativas corretas:

03. (UEM) Nas plantas, fotoperiodismo refere-se ao conjunto de funções que seguem um padrão que depende da duração relativa dos dias e das noites (fotoperíodo). Como exemplo de resposta fotoperiódica, assinale a alternativa correta.

a) Absorção de água e de nutrientes.

b) Condução de água e de nutrientes.

c) Abertura e fechamento dos estômatos.

d) Fotossíntese.

e) Floração.

04. (UEPA) GRALHA AZUL/

(Inamy Custódio Pinto)

 

Vem ver, vem conhecer

Minha Cidade Sorriso

Terra dos pinheirais

Vem ver, nossas riquezas

As mil e uma belezas

Um paraíso no sul.

 

Onde nasceu a Gralha Azul

Onde nasceu a Gralha Azul

O pinheiro dá pinha

Pinha dá o pinhão

Gralha Azul leva no bico

Vai fazer a plantação

 

Voooa…

 

Gralha Azul tu és pequenina

Mas é grande o teu valor

És paranaense, bichinho

És bom, trabalhador

 

Voooa… Gralha Azul, Gralha Azul.

 

De acordo com a letra do professor Inami Custódio, a gralha azul é uma plantadora de uma árvore majestosa, o Pinheiro do Paraná. A que grupo vegetal esta árvore pertence?

a) Briófitas.

b) Pteridófitas.

c) Gimnospermas.

d) Monocotiledônea.

e) Dicotiledôneas.

05. (UFC) É correto afirmar que o grão de pólen é:

a) o esporófito das angiospermas.

b) o gametófito masculino das fanerógamas.

c) o esporófito das gimnospermas.

d) o gameta masculino responsável pela dupla fecundação.

e) o gameta masculino responsável pela formação do tubo polínico.

06. (UEM) A figura a seguir apresenta o corte transversal do caule de uma planta herbácea, mostrando a disposição típica dos feixes condutores, encontrada em um dos grupos das angiospermas. Baseando-se na figura e nas características dos vegetais, assinale o que for correto.

06

01. A figura apresenta o corte transversal do caule de uma planta monocotiledônea.

02. A figura apresenta o corte transversal do caule de uma planta dicotiledônea.

04. Observa-se, na figura, a presença da epiderme e de células parenquimáticas.

08. Observa-se, na figura, a presença de xilema e de floema, constituindo os tecidos condutores.

16. O crescimento secundário, evidente na figura, é uma das características desse grupo de plantas.

32. As plantas pertencentes a esse grupo apresentam, como padrão geral, raízes fasciculadas.

64. As folhas, nesse grupo de plantas, são pecioladas e apresentam nervuras reticuladas.

Soma das alternativas corretas:

07. A planta-mãe cuida de sua descendência; após a fecundação, forma-se um tecido especial (3n) rico em reservas, que alimentará o embrião, preparando-o para sua ‘tradução’ “Em folha, em graça, em vida, em força, em luz”. Esse tecido é chamado de:

a) saco embrionário.

b) endosperma.

c) pericarpo.

d) integumento.

e) gametófito feminino.

08. (UNITAU) Em relação ao ciclo reprodutivo das plantas fanerógamas (gimnospermas e angiospermas), considere as afirmações que seguem:

I. Formam tubo polínico para que o gameta masculino possa alcançar, especificamente, o gameta feminino no interior do ovário.

II. Apresentam alternância de gerações, e a geração esporofítica é predominante sobre a gametofítica.

III. Após a fecundação, o óvulo origina a semente com endosperma 4n.

IV. O grão de pólen é formado a partir do micrósporo haploide.

Estão corretas, apenas:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e III.

e) II e IV.

09. (UNIFOR) A figura abaixo mostra três fases do ciclo de vida de uma planta. Trata-se de uma:

09

a) Gimnosperma porque apresenta semente com endosperma.

b) Gimnosperma porque apresenta protalo e tubo polínico.

c) Angiosperma porque apresenta semente alada.

d) Pteridófita ou gimnosperma porque apresenta protalo.

e) Pteridófita porque apresenta protalo.

10. Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. Jacarandás (Jacaranda sp.) e ipês (Tabebuia sp.) são árvores utilizadas na arborização de Porto Alegre. Suas flores vistosas enfeitam a cidade na primavera. Seus frutos contêm sementes aladas. Tanto jacarandás quanto ipês são …….. , têm frutos …….. e dispersão por …….. .

a) angiospermas – secos indeiscentes – anemocoria.

b) angiospermas – carnosos –zoocoria.

c) gimnospermas – secos deiscentes – anemocoria.

d) angiospermas – secos deiscentes – anemocoria.

e) gimnospermas – carnosos – zoocoria.

11. (UNICID) Analise a imagem que representa uma espécie típica da flora da região Sul do Brasil.

11

O grupo vegetal ao qual pertence essa planta:

a) produz semente nua, a partir do óvulo presente no estróbilo.

b) foi o primeiro na escala evolutiva a formar vasos condutores de seiva.

c) tem como principais agentes polinizadores aves e insetos.

d) forma grãos de pólen, que geram gametas flagelados.

e) produz, no outono, frutos com sementes comestíveis.

12. (UFSC)

12

A cobertura vegetal original do estado de Santa Catarina compreende dois tipos de formação: florestas e campos. As florestas, que ocupavam 65% do território catarinense, foram bastante reduzidas por efeito de devastação. As florestas nas áreas do planalto serrano apresentam-se sob a forma de florestas mistas de coníferas (araucárias) e latifoliadas e, na baixada e encostas da Serra do Mar, apenas como floresta latifoliada. Os campos ocorrem como manchas dispersas no interior da floresta mista. Os mais importantes são os de São Joaquim, Lages, Curitibanos e Campos Novos.

Texto adaptado de:  ATLAS ESCOLAR DE SANTA CATARINA. Secretaria de Estado de  Coordenação Geral e Planejamento. Subsecretaria de Estudos Geográficos e   Estatísticos. Rio de Janeiro: Aerofoto Cruzeiro, 1991. p. 26.Imagem disponível em: <http://www.plantasonya.com.br/dicas-e-curiosidades/gimnospermas.html>Acesso em: 14 set. 2010.

A foto mostra e o texto cita as coníferas (araucárias), uma representante do grupo das gimnospermas. Sobre este grupo, é correto afirmar que:

01. O grupo das gimnospermas é evolutivamente mais recente do que o grupo das angiospermas.

02. Ao longo do processo evolutivo das plantas, as gimnospermas apresentaram uma novidade evolutiva em relação às pteridófitas: a presença de sementes.

04. Outra novidade importante apresentada  pelas  gimnospermas  em  relação ao grupo das pteridófitas ocorre no processo da fecundação. Este, nas gimnospermas, é independente da presença de água no estado líquido.

08. As araucárias são plantas monoicas, isto é, plantas que possuem em um mesmo indivíduo flores masculinas e femininas.

16. O processo de polinização das gimnospermas é dependente de insetos e pássaros, os quais são atraídos pelos nectários na base de suas flores.

32. As coníferas são vegetais que não atingem grandes alturas (com altura média de 10 metros), com exceção das araucárias.

Soma das alternativas correta:

13. Dentre os experimentos que o astronauta brasileiro Marcos Pontes desenvolveu na Estação Espacial Internacional (ISS), um deles foi idealizado por alunos de escolas de São José dos Campos (SP): sementes de feijão foram colocadas para germinar sob diferentes condições de luminosidade e disponibilidade de água. O experimento foi repetido na Terra, nas mesmas condições de luminosidade e disponibilidade de água e pelo mesmo período de tempo adotado na ISS. A comparação dos resultados obtidos no experimento realizado na ISS e naquele realizado na Terra permitiu aos alunos observarem os efeitos da:

a) ausência de oxigênio na germinação das sementes.

b) resposta fisiológica das sementes frente às diferentes condições de disponibilidade hídrica.

c) microgravidade no graviotropismo.

d) radiação cósmica no fototropismo.

e) luz e da disponibilidade hídrica no tigmotropismo.

14. (PUCCAMP) O dono de um sítio cultiva milho, abóbora, tomate, feijão, banana e laranja com finalidades comerciais. O número de tipos de frutos vendidos pelo sitiante, que provêm de plantas com folhas reticuladas e que possuem sementes com dois cotilédones é:

a) 2.

b) 3.

c) 4.

d) 5.

e) 6.

15. (URCA) O aparecimento da semente resolveu um problema da reprodução vegetal. Essa dificuldade no processo reprodutivo era a obrigatoriedade de:

a) geotropismo negativo.

b) fototropismo positivo.

c) gravidade.

d) água.

e) vento.

16. (UEM) O conhecimento sobre a fisiologia das plantas permite o desenvolvimento de técnicas empregadas na agricultura, influenciando, assim, a produção de alimentos e de outros produtos agropecuários. Considerando conceitos e aplicações da fisiologia vegetal, assinale o que for correto.

01. A deficiência em magnésio no solo, um nutriente mineral essencial, torna as folhas das plantas amareladas, em virtude da redução na produção de clorofila, molécula constituída por esse elemento. Por isso, é recomendada a correção da composição química do solo.

02. A hidroponia, uma técnica de cultivo que não requer o uso do solo, pois as raízes estão mergulhadas em uma solução nutritiva, está baseada no fato de que, para a sua sobrevivência, as plantas retiram do solo apenas água e elementos minerais.

04. Nas plantas, os estômatos permitem a entrada e a saída de gases e de vapor de água. Entre os fatores que influenciam a abertura dos estômatos, destacam-se a luminosidade, a concentração de gás carbônico e o suprimento hídrico da planta.

08. O ácido abscísico é um hormônio vegetal inibidor do crescimento, envolvido na interrupção desse processo durante o inverno, em plantas que vivem em regiões de clima temperado.

16. A produção de frutos sem sementes está relacionada com a atividade de hormônios vegetais, naturais ou sintéticos, como as giberelinas e as auxinas, que estimulam o desenvolvimento de frutos partenocárpicos.

32. A biomassa das plantas é constituída por substâncias orgânicas derivadas do processo de fotossíntese realizado nos cloroplastos das células vegetais, transportadas para todas as células da planta através do floema.

64. A fotossíntese, por ser um processo realizado no interior das células, não é afetada pela variação dos fatores ambientais.

Soma das alternativas corretas:

17. (UNICENTRO) Em certas espécies de angiospermas, as flores distribuem-se isoladamente pelos ramos, enquanto em outras elas ficam agrupadas, formando estruturas denominadas inflorescências. Com relação aos tipos de inflorescências, considere as afirmativas a seguir.

I. A espiga apresenta flores sésseis, sem pedúnculo, partindo de um eixo comum.

II. A panícula possui flores pequenas e sésseis sobre um receptáculo discoide comum.

III. O capítulo apresenta cacho composto em que os ramos decrescem da base para o ápice, assumindo forma piramidal.

IV. O cacho possui flores com pedúnculos longos unidos a um eixo comum, alcançando diferentes alturas.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

18. (IFMT) As angiospermas são plantas vasculares que apresentam flores e frutos, sendo seus frutos considerados uma importante aquisição evolutiva. Sobre essas plantas, é correto afirmar:

a) os frutos partenocárpicos são aqueles que se originam após a fecundação do óvulo.

b) na maioria das angiospermas, o fruto é uma estrutura formada a partir do desenvolvimento do ovário.

c) as flores são estruturas que têm função na reprodução sexual das plantas angiospermas, onde se podem distinguir diferentes verticilos florais, entre os quais Corola: conjunto de sépalas; Gineceu: sistema reprodutor masculino; Perianto: conjunto androceu-gineceu.

d) a reprodução assexuada ou vegetativa forma novas plantas através de órgãos vegetativos especializados, tais como os ovários.

e) as angiospermas produzem raiz, caule, folha, flor, semente e fruto.

19. (UFV) O esquema abaixo representa a teoria da coesão-tensão-adesão ou teoria de Dixon, que explica a condução de água e sais minerais das raízes até as folhas:

19

(Fonte: LOPES, S.; ROSSO, S. Bio. Volume 3.

São Paulo: Editora Saraiva, 2010, p. 222.)

Segundo essa teoria, é incorreto afirmar:

a) a transpiração que ocorre nas folhas diminui o potencial hídrico de suas células, dando início ao processo de absorção.

b) a pressão positiva das raízes é responsável pela absorção e condução da água, pelo xilema, até a copa de árvores altas.

c) as células envolvidas na condução, traqueídes e elementos de vaso possuem paredes secundárias espessadas.

d) a água sobe por capilaridade pela adesão dessas moléculas às células de condução e coesão entre as moléculas de água.

20. (CEDERJ) A história da araucária, ou pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia), pode ter um triste fim com a extinção da espécie em menos de um século de exploração predatória. Atualmente, as florestas de araucária estão reduzidas a aproximadamente 1,2% da área original.

http://matadasaraucarias.blogspot.com.br/2010/04/pinheiros-doparana-beira-da-extincao.html

A araucária, por ser uma planta cuja semente fica em estruturas denominadas megastróbilos (pinha), é classificada como:

a) Briófita.

b) Pteridófita.

c) Gimnosperma.

d) Angiosperma.

gab

 

 

 

Older Posts »

Categorias