Publicado por: Djalma Santos | 16 de março de 2017

TESTES SOBRE CITOPLASMA (2)

01. (UFSC) “Uma descoberta fundamental para a ciência biomédica completou 100 anos. Em abril de 1898, o médico citologista italiano Camilo Golgi revelou a existência dentro das células nervosas, de uma estrutura até então desconhecida”.

(Ciência Hoje, vol.25, 145, 1998, p.74)

Esta estrutura foi denominada, quase meio século depois, Complexo de Golgi, em homenagem ao seu descobridor. Com relação a esta estrutura é correto afirmar que:

01. Geralmente está localizada perto do retículo endoplasmático.

02. Não foi observada, ainda, em nenhum outro tipo de célula, além das células nervosas citadas no texto.

04. Sua função é concentrar, modificar e eliminar secreções.

08. É formada por vários conjuntos interligados de sáculos achatados.

16. É um local onde ocorre alta síntese de lipídios.

32. Nela, as duas subunidades do ribossomo se acoplam.

Soma das alternativas corretas:

02. Em cada um dos gráficos A e B, há três curvas, porém apenas uma delas, em cada gráfico, representa corretamente o fenômeno estudado.

02

No gráfico A, o fenômeno estudado é a atividade dos lisossomos na regressão da cauda de girinos na metamorfose. No gráfico B, o fenômeno estudado é a atividade dos peroxissomos na conversão dos lipídios em açúcares que serão consumidos durante a germinação das sementes. A curva que representa corretamente o fenômeno descrito pelo gráfico A e a curva que representa corretamente o fenômeno descrito pelo gráfico B são, respectivamente,

a) 1 e 1.

b) 3 e 3.

c) 3 e 1.

d) 1 e 2.

e) 2 e 2.

03. (UEPA) A unidade funcional e estrutural do ser vivo é a célula. Ela é caracterizada pela presença de um invólucro celular, organização estrutural complexa, e também por possuir um conjunto de ORGANELAS celulares. Sobre a palavra em destaque no enunciado acima, é correto afirmar que:

a) Os microtúbulos formam o esqueleto externo das células.

b) Nas células, a digestão de nutrientes ocorre nos lisossomos.

c) O complexo de Golgi sintetiza lipídios da parede celular.

d) Os ribossomos representam os locais onde ocorre a síntese de lipídios.

e) Na célula animal os plastos auxiliam a síntese de proteínas.

04. (IFPE) Consideramos a célula como a estrutura mais simples, capaz de desempenhar todas as atividades típicas de um organismo vivo. É considerada, portanto, a unidade funcional de um ser vivo. Essa estrutura possui uma série de organoides ou orgânulos, cada um desempenhando uma função específica. Encontram-se, na Coluna I, os nomes de alguns desses orgânulos e, na Coluna II, funções por eles realizadas. Relacione corretamente os orgânulos da Coluna I com suas respectivas funções na Coluna II.

COLUNA I

1. Mitocôndria

2. Golgiossomo

3. Retículo endoplasmático rugoso

4. Retículo endoplasmático liso

5. Lisossomos

COLUNA II

(  ) Respiração celular

(  ) Digestão intracelular

(  ) Síntese e transporte de lipídios

(  ) Síntese e transporte de proteínas

(  ) Secreção celular

A leitura correta na Coluna II, de cima para baixo, é:

a) 1, 4, 5, 3 e 2.

b) 2, 4, 3, 5 e 1.

c) 1, 5, 4, 3 e 2.

d) 1, 2, 3, 4 e 5.

e) 2, 1, 3, 4 e 5.

05. (MACK)

05

Assinale a alternativa correta a respeito da organela representada acima.

a) É exclusiva de células animais.

b) É responsável pelos processos que sintetizam carboidratos.

c) Todas as células apresentam a mesma quantidade dessa organela.

d) Apresenta duas membranas e ribossomos próprios.

e) Seu funcionamento independe da presença de oxigênio.

06. (UPE) “Em 30 de maio de 2008, morreu Lorenzo Odone aos 30 anos, vítima de doença que motivou um esforço sobre-humano por parte de seus pais para salvá-lo e inspirou o filme indicado ao Oscar “O Óleo de Lorenzo.”

                                                        Adaptado Jornal “Washington Post”. 2008.

Lorenzo padecia de adrenoleucodistrofia (ALD), uma doença que causa mutações genéticas, que destroem o sistema neurológico. A enfermidade deriva normalmente de uma falha cerebral e causamorte, embora Lorenzo viveu vinte anos a mais do que previram os médicos. A ADL se caracteriza pelo acúmulo de ácidos graxos saturados de cadeia longa na maioria das células do organismo afetado, mas principalmente nas células do cérebro, levando à destruição da bainha de mielina. A ADL é associada a defeitos em uma proteína de membrana transportadora de ácidos graxos para o interior de uma determinada organela, onde sofreriam a beta-oxidação.

Dentre as organelas abaixo, qual está envolvida nesse mecanismo?

a) Complexo de Golgi.

b) Lisossomos.

c) Peroxissomos.

d) Retículo endoplasmático agranular.

e) Retículo endoplasmático granular.

07. (UFPA) Compõem-se essencialmente por polímeros de proteínas em estrutura terciária ou quaternária, desempenha funções de transporte, na maioria das vezes, através do consumo de fosfato na forma de ATP ou GTP. Estas características estão relacionadas a um componente celular denominado:

a) Retículo Endoplasmático.

b) Mitocôndria.

c) Complexo de Golgi.

d) Citoesqueleto.

e)  Ribossomos

08. (UEPB) A figura abaixo esquematizada representa uma organela citoplasmática. Identifique a que a estrutura pertence:

08

a) Cloroplasto

b) Complexo golgiense.

c) Mitocôndrias.

d) Retículo endoplasmático granuloso.

e) Ribossomos

09. Em certas células encontramos o retículo endoplasmático liso muito bem desenvolvido. Levando isso em consideração, podemos concluir que essas células produzem:

a) Proteínas.

b) Lipídios.

c) Aminoácidos.

d) Polissacarídeos.

10. (UECE) Certas organelas produzem moléculas de ATP e outras utilizam o ATP produzido, pelas primeiras, para a síntese orgânica a partir do dióxido de carbono. Estamos falando, respectivamente, de:

a) Lisossomos e cloroplastos.

b) Mitocôndrias e complexo de Golgi.

c) Mitocôndrias e cloroplastos.

d) Lisossomos e mitocôndrias.

11. (FCM-PB) Na região citoplasmática das células eucarióticas são observadas estruturas que fazem interações fisiológicas, executando diversas funções vitais para a célula. Baseado nas informações citadas e em seus conhecimentos pode-se afirmar que:

a) O aparelho Golgiense é responsável pela síntese de lipídios.

b) Os lisossomos participam da respiração celular.

c) Os ribossomos livres participam da síntese de proteínas de exportação.d) As mitocôndrias participam da forma e dos movimentos citoplasmáticos.

e) O retículo endoplasmático liso participa da síntese de lipídios.

12. (FMJ) Quando uma ameba engloba uma partícula grande ou sólida, forma-se um:

a) Pinossomo, que se funde com um lisossomo, proveniente do retículo endoplasmático agranular, e a digestão do alimento é realizada pelas hidrolases.

b) Fagossomo, que se funde com um peroxissomo, proveniente do retículo endoplasmático agranular, e a digestão do alimento é realizada pelas catalases.

c) Fagossomo, que se funde com um glioxissomo, proveniente do retículo endoplasmático granular, e a digestão do alimento é realizada pelas proteases.

d) Fagossomo, que se funde com um lisossomo, proveniente do complexo golgiense, e a digestão do alimento é realizada por várias enzimas digestivas.

e) Pinossomo, que se funde com um peroxissomo, proveniente do complexo golgiense, e a digestão do alimento é realizada pelas fosfatases.

13. (UPE) Cloroplasto é uma organela presente nas células das plantas. Tem pigmento de cor verde, denominado clorofila, capaz de absorver a energia eletromagnética de a luz solar e de convertê-la em energia química pelo processo da fotossíntese. É uma organela bastante peculiar e distinta das demais presentes na célula tanto pela cor quanto pela sua estrutura, geralmente laminar, possuindo RNA, DNA e ribossomos, podendo, assim, sintetizar proteínas e multiplicar-se.

13

(Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cloroplasto)

Na figura acima, estão as estruturas que compõem os cloroplastos. Identifique suas partes, assinalando a alternativa que contém a sequência correta.

a) A ‐ Cloromembrana; B ‐ Membrana Interna; C ‐ Cristas; D ‐ Espaço Intramembranar; E ‐ Tilacoide; F ‐

b) A ‐ Membrana Externa; B ‐ Membrana Interna; C ‐ Lamela; D ‐ Estroma; E ‐ Granum; F ‐

c) A ‐ Exomembrana; B ‐ Folículo; C ‐ Canuloide; D ‐ Espaço interno; E ‐ Espaço Celular; F ‐ Lúmen.

d) A ‐ Tecido; B ‐ Folículo; C ‐ Canal Intracelular; D ‐ Lúmen; E ‐ Granum; F ‐

e) A ‐ Tecido Externo; B ‐ Tecido Interno; C ‐ Cristas; D ‐ Plasto; E ‐ Lamela; F ‐ Grânulos.

14. As células que formam os órgãos e tecidos do corpo humano podem ser altamente especializadas, sendo assim, o citoplasma dessas células pode apresentar uma determinada organela em maior quantidade, dependendo da função que elas exercem. Considere estes dois tipos de células:

I. Célula caliciforme, encontrada em epitélio mucoso.

II. Hepatócito

As organelas que predominarão nessas células são:

a) Lisossomos e complexo golgiense

b) Retículo endoplasmático granuloso e peroxissomos

c) Peroxissomos e lisossomos

d) Complexo golgiense e retículo endoplasmático não granuloso.

e) Retículo endoplasmático não granuloso e retículo endoplasmático granuloso

15.

15

O desenho acima representa uma célula em processo de digestão intracelular. Assinale a alternativa em que se associam corretamente as organelas com sua representação esquemática.

a) 1 – Complexo golgiense; 2 – lisossomo primário, 3 – lisossomo secundário, 4 – corpúsculo residual.

b) 1 – Retículo endoplasmático granuloso (rugoso), 2 – fagossomo, 3 – lisossomo, 4 – grânulo de secreção.

c) 1 – Retículo endoplasmático não granuloso (liso), 2 – lisossomo secundário, 3 – lisossomo primário, 4 – grânulo de secreção.

d) 1 – Complexo golgiense, 2 – grânulo de secreção, 3 – vesícula autofágica, 4 – lisossomo secundário.

e) 1 – Retículo endoplasmático granuloso (rugoso), 2 – grânulo de zimogênio, 3 – pinossomo, 4 – grânulo de excreção.

16. (UEM) O álcool, quando ingerido em excesso ou com frequência, induz à proliferação do retículo endoplasmático não granuloso ou liso e de suas enzimas. Isso aumenta a tolerância do organismo à droga, o que significa que doses mais altas são necessárias para que elas possam fazer efeito. Sobre esse retículo, assinale a alternativa correta.

a) Sua principal função é a síntese de enzimas lisossômicas.

b) Não é desenvolvido nas células musculares.

c) Não é observado nas células do fígado.

d) Atua na degradação do álcool ingerido em bebidas alcoólicas.

e) Os ribossomos estão aderidos às suas membranas.

17. Uma proteína de exportação foi sintetizada, por uma célula, na organela 1. A seguir, atingiu a estrutura 2 que a transportou até 3, onde foi concentrada, embalada e eliminada como um grânulo de secreção. Assinale a alternativa que, corretamente, indica as estruturas 1, 2 e 3.

17

18. (IFTM) O número excessivo de veículos torna-se um problema preocupante devido à grande emissão de poluentes resultantes da utilização de combustíveis fósseis. Pesquisas recentes também alertam para o perigo da silicose nas grandes cidades. As pastilhas de freio dos automóveis liberam partículas de sílica que ficam em suspensão e podem ser inspiradas pelas pessoas podendo eventualmente causar a silicose. Nessa doença, as partículas de silício rompem a membrana de uma organela liberando enzimas hidrolíticas e levando à destruição generalizada de células pulmonares. A doença provoca grave reação inflamatória e fibrose pulmonar, que determina incapacidade para o trabalho, invalidez, aumento da suscetibilidade à tuberculose e ao câncer. A organela citoplasmática responsável pela destruição das células pulmonares na silicose é:

a) A mitocôndria.

b) O ribossomo.

c) O lisossomo.

d) O Complexo de Golgi.

e) O retículo endoplasmático liso.

19.  (UECE) Analise as seguintes afirmações sobre as organelas celulares, e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas:

(  ) O retículo endoplasmático é formado a partir da invaginação da membrana plasmática, e está relacionado com a produção de proteínas e lipídios.

(   ) As enzimas dos lisossomos podem digerir componentes de uma célula, transformando um tipo celular em outro, como uma forma bastante eficiente e econômica de reaproveitamento de matéria orgânica.

( ) Os ribossomos são organelas formadas por duas subunidades do mesmo tamanho, responsáveis pela síntese de lipídios.

(  ) Nas mitocôndrias, durante o processo de respiração aeróbia, ocorrem as seguintes reações determinantes: o Ciclo de Krebs nas cristas mitocondriais e a Cadeia Respiratória na matriz mitocondrial.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) V, F, F, V.

b) F, V, V, F.

c) V, V, F, F.

d) F, F, V, V.

20. (UFPE) A micrografia abaixo é de uma organela celular encontrada em grande quantidade em células que possuem alto gasto energético. Acerca dessa organela, analise as afirmações a seguir.

20

I   II

0  0 –  Trata-se de uma organela essencial ao processo de fotossíntese.

1  1 – É uma organela que está associada ao processo de respiração celular.

2  2 – Nessa estrutura que ocorre a síntese de ATP.

3  3 – A função dessa organela é a síntese de glicose, fonte principal de energia.

4  4 – É nessa organela que ocorre o ciclo de Krebs.

21. (UESC) A figura abaixo ilustra as relações de endossimbiose que devem ter ocorrido ao longo da evolução dos seres eucariontes, segundo hipótese de Lynn Margulis.

21

O estabelecimento da primeira endossimbiose representada produziu um importante impacto na evolução do Domínio Eucaria e pode ser identificado como:

01. O advento de endomembranas que favoreceu a síntese de proteínas associada a um retículo endoplasmático.

02. O aumento da eficiência na obtenção de energia a partir de processos oxidativos de transformação energética.

03. O estabelecimento de reações fotoautótrofas na produção de componente orgânico.

04. A intensificação nas relações parasitárias que dificultaram a sobrevivência dos eucariotos.

05. A formação de uma membrana interna delimitadora do material genético celular.

Soma das alternativas corretas:

22. (UFLA) O componente do citoesqueleto que serve de “trilho” para o transporte de organelas e é responsável pelos movimentos dos cromossomos durante as divisões celulares é denominado:

a) Microtúbulo.

b) Microfilamento.

c) Filamento de miosina.

d) Filamento intermediário.

23. (UEA) Observe a figura de uma organela citoplasmática encontrada nos vegetais.

23

Essa organela confere aos vegetais a capacidade de:

a) liberar oxigênio a partir da quebra da molécula de água.

b) capturar o gás carbônico e fixá-lo na forma de ATP.

c) utilizar a luz no processo de respiração celular.

d) produzir oxigênio a partir do gás carbônico.

24. (UEG) A silicose é uma pneumopatia ocupacional causada pela inalação da poeira de sílica. Os cristais dessa poeira reagem com o tecido pulmonar, promovendo o rompimento dos lisossomos e causando apoptose. A respeito dessa doença, conclui-se o seguinte:

a) A concentração de H+ no hialoplasma impede que as enzimas lisossômicas destruam a célula.

b) A integridade celular é arriscada pelo extravasamento excessivo de enzimas lisossômicas no hialoplasma, mesmo considerando-se o pH intracelular igual a 7,2.

c) As células lesadas pelas partículas de sílica são protegidas das enzimas lisossômicas pelo pH intracelular (7,2), ao contrário das células vizinhas que são suscetíveis de digestão enzimática.

d) As enzimas lisossômicas realizam atividade catalítica independentemente da concentração de H+ do hialoplasma.

25. (CEDERJ) Os hormônios esteroides são de composição lipídica. Após a sua síntese no retículo, eles são enviados para fora da célula dentro de vesículas secretoras que são formadas na organela em evidência na figura abaixo:

25

Assinale a alternativa que identifica, respectivamente, o retículo onde o hormônio esteroide é sintetizado e a organela onde se formam as vesículas secretoras.

a) Retículo rugoso e complexo de Golgi.

b) Retículo liso e complexo de Golgi.

c) Retículo rugoso e dictiossomo.

d) Retículo liso e fagossomo.

26. (UNEMAT) A célula foi observada pela primeira vez por Robert Hooke, em 1665. De lá para cá, novas tecnologias têm permitido conhecer cada vez melhor essa que é a unidade de organização dos seres vivos. Sobre o tema, assinale a alternativa correta.

a) O DNA é transportado do núcleo ao ribossomo pelo RNA transportador, de forma a poder ser lido e traduzido em proteínas.

b) Na célula vegetal, observa-se a transformação de CO2 e O2 em glicose pela ação do ciclo de Krebs.

c) Células secretoras, por exemplo, de hormônios, possuem muitos complexos golgiense em seu interior para liberar seus produtos.

d) Se um organismo é, ele todo, composto de uma única célula, certamente é uma bactéria.

e) Os centríolos entram em ação apenas durante a meiose, por isso só ocorrem em células das gônadas.

27. (FCM-PB) O citoplasma das células eucarióticas apresenta um conjunto de fibras de aspecto fino e longo, de constituição proteica, denominado de citoesqueleto. Assinale abaixo a alternativa que representa uma função desempenhada por essa estrutura celular:

a) participa da descondensação dos cromossomos.

b) mantém a forma e a sustentação de bactérias.

c) possibilita a oxidação de substâncias orgânicas no interior da célula.

d) permite a adesão da célula a células vizinhas e a superfícies extracelulares.

e) permite a digestão de vários compostos nas células.

28. (UEFS) A citocalasina B é uma droga que atua se ligando aos microfilamentos de actina, impedindo a sua polimerização. Diante dessa afirmação e com base nos conhecimentos relacionados às funções desempenhadas pelo citoesqueleto celular, pode-se inferir que a ação da citocalasina:

a) impede a formação de novas células por impossibilitar a geração das fibras do fuso mitótico, sob as quais se ligam os cromossomos durante a metáfase mitótica.

b) impede o batimento coordenado de cílios e flagelos nas diversas células eucarióticas que apresentam essas estruturas de locomoção.

c) inviabiliza grande parte dos movimentos celulares, principalmente os que dependem da emissão de pseudópodos.

d) incapacita a formação dos centríolos que, quando orientados perpendicularmente, formam os centrossomos ou centros organizadores de divisão celular.

e) torna as células desestabilizadas e sensíveis a qualquer estresse mecânico, reduzindo, assim, a rigidez dos tecidos de superfície corporal que compõem.

29. (Olimpíada de Biologia) O desenho abaixo corresponde a um corte transversal da ultraestrutura de:

29

a) Microvilosidade.

b) Estereocílio.

c) Cílio ou flagelo.

d) Pseudópodo.

e) Axônio.

30. (UECE) Assim como os animais, que produzem formações sólidas de sais minerais conhecidas como cálculos renais, as plantas também podem formar inclusões cristalíferas constituídas por oxalato de cálcio, também conhecidas como drusas, ráfides e monocristais. Identifique dentre as opções abaixo, a estrutura celular vegetal relacionada a essa função.

a) Vacúolo.

b) Plastos.

c) Peroxissomo.

d) Lisossomo.

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 16 de março de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (1)

01. (UPE) Todos os vegetais descendem de algas verdes primitivas, porém a complexidade veio com o tempo. Assim, vamos descrever a figura abaixo:

01

É correto afirmar que as plantas vasculares evoluíram para plantas vasculares com sementes na passagem marcada pelo número:

a) 5.

b) 4.

c) 3.

d) 2.

e) 1.

02. (MACK) Os biólogos acreditam que, na história da vida no ambiente terrestre, a reprodução assexuada evoluiu primeiro e a sexuada evoluiu depois. A última é claramente uma estratégia que tem grande valor adaptativo, pois a maioria dos eucariontes apresenta ciclo de vida que inclui a reprodução sexuada. Vários grupos de organismos apresentam as duas fases de vida, a sexuada e a assexuada (alternância de gerações). Isto acontece com todos os grupos de:

a) Plantas.

b) Animais.

c) Algas.

d) Fungos.

e) Bactérias.

03. (UNISC) Os meristemas primários: procâmbio, meristema fundamental e protoderme originam, respectivamente, os seguintes tecidos vegetais:

a) parênquima, colênquima e esclerênquima, periderme, epiderme.

b) xilema e floema primários, epiderme, parênquima, colênquima e esclerênquima.

c) periderme, xilema e floema secundários, parênquima, colênquima e esclerênquima.

d) xilema e floema primários, parênquima, colênquima e esclerênquima, epiderme.

e) felogênio, xilema e floema secundários, parênquima, colênquima e esclerênquima.

04. (Unespar) As plantas de Ipê Rosa são muito utilizadas no paisagismo urbano, por sua beleza e desenvolvimento rápido. As flores rosas abundantes nascem nos ramos ainda sem folhas, entre os meses de Junho a Setembro, e são apreciadas por abelhas e pássaros. O seu florescimento é induzido:

a) pelo frio do inverno.

b) pelo período de iluminação diário.

c) pelos nutrientes do solo.

d) pelas alterações de pH do solo.

e) pela liberação do hormônio etileno.

05. (UFSC) A figura abaixo representa o ciclo de vida de uma planta, no qual os números I, II, III e IV indicam um tipo de divisão celular.

05

Sobre a reprodução de plantas e com base no ciclo de vida apresentado, é correto afirmar que:

01. O ciclo de vida representado corresponde apenas ao das plantas sem sementes.

02. Em plantas avasculares e em plantas vasculares sem sementes, o anterozoide (gameta masculino) necessita de água para se locomover em direção à oosfera (gameta feminino).

04. Na divisão celular, representada por IV, ocorre a meiose, que forma os gametas haploides.

08. O esporófito (fase “A”) e o gametófito (fase “B”) são organismos haploide e diploide, respectivamente.

16. Em angiospermas, não existe a fase “A”.

32. Em angiospermas, o embrião é diploide e o endosperma é triploide.

64. No ciclo representado, a meiose ocorre em “II” e “IV” e a mitose ocorre em “I” e “III”.

Soma das alternativas corretas:

06. (UENP) A polinização é um processo que se caracteriza pela liberação de pólen que será transportado até outra parte da mesma planta ou para outra planta. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a estrutura que, quando madura, libera os grãos de pólen.

a) Antera.

b) Carpelo.

c) Estilete.

d) Estigma.

e) Radícula.

07. (UNICENTRO)

Luz do sol

Que a folha traga e traduz

Em verde novo

Em folha, em graça,

em vida, em força, em luz […]

(Caetano Veloso)

Os versos de “Luz do Sol” fazem uma clara referência à fotossíntese, fenômeno comum a muitos organismos. Contudo a palavra “folha” restringe esse processo ao grupo das:

a) angiospermas.

b) gimnospermas e angiospermas.

c) plantas vasculares.

d) briófitas e plantas vasculares.

08. (UEM) Com relação aos diferentes grupos de vegetais, assinale o que for correto.

01. As algas são vegetais que apresentam apenas reprodução assexuada.

02. Briófitas e pteridófitas são vegetais que não produzem gametas, portanto não apresentam reprodução sexuada.

04. As gimnospermas são vegetais vasculares que apresentam ciclo de vida com alternância entre as fases esporofítica e gametofítica.

08. Nas angiospermas, a fase esporofítica é representada pelos grãos de pólen, com os núcleos gaméticos, e pela oosfera, presente no interior dos frutos.

16. O embrião, resultante da fecundação, é uma estrutura presente nas sementes das angiospermas e das gimnospermas.

Soma das alternativas corretas:

09. (UDESC) Flores desprovidas de pétalas coloridas, sem nectários com grande produção de grãos de pólen, os quais são pequenos e leves, caracterizam plantas com polinização do tipo:

a) entomófila.

b) ornitófila.

c) artificial.

d) anemófila.

e) hidrófila.

10. (UPF) A figura abaixo apresenta duas flores representadas simbolicamente por meio de diagramas florais A e B.

10

Considerando esses diagramas, assinale a única alternativa incorreta.

a) A representa uma flor trímera e B representa uma flor pentâmera, comumente encontradas em monocotiledôneas e eudicotiledôneas, respectivamente.

b) A flor do diagrama A apresenta androceu composto por seis estames, mas gineceu composto por apenas três carpelos.

c) A flor do diagrama B apresenta cálice composto por cinco sépalas e corola composta por cinco pétalas.

d) Nos diagramas florais, os verticilos florais são projetados num plano horizontal que indica as posições relativas dos elementos que os compõem.

e) A flor do diagrama A apresenta três verticilos florais e a flor do diagrama B apresenta cinco verticilos florais.

11. (PUCRS) A figura abaixo mostra um cladograma que relaciona filogeneticamente algumas espécies da família Solanaceae, originárias das Américas.

11

Com base no cladograma apresentado, afirma-se:

I. O gênero Capsicum está mais próximo filogeneticamente de Solanum do que de Nicotiana.

II. A espécie S. peruvianum está mais próxima filogeneticamente de S. lycopersicum do que de S. tuberosum.

III. As espécies de Solanaceae apresentadas no cladograma constituem um grupo monofilético.

Está/Estão correta(s) a(s) afirmativa(s):

a) I, apenas.

b) III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

12. (PUC-PR) Observe a imagem a seguir:

12

Disponível em: <http://dias-com-arvores.blogspot.com.br/2008_03_01_archive.html&gt;.

Acesso em: 22/11/14.

Esta é a flor feminina pertencente à espécie Stauntonia hexaphylla. Essa planta apresenta pés com flores femininas e pés com flores masculinas. Possui flores com pétalas brancas tingidas de violeta e um aroma adocicado. As flores femininas exibem três ovários, as masculinas têm seis estames unidos. Com base no texto, na imagem e em seus conhecimentos, esta planta poderia ser classificada como:

a) monocotiledônea.

b) monoica.

c) dioica.

d) trioica.

e) estaminada.

13. (IFRS) Associe corretamente o bloco 2 ao bloco 1, de forma a estabelecer a relação correta entre as funções e as regiões de uma raiz de angiosperma.

BLOCO 1

(1) Região meristemática

(2) Região suberosa

(3) Região pilífera

(4) Região de distensão

BLOCO 2

(  ) região de alongamento celular

(  ) região de multiplicação celular

(  ) absorção de água e de sais minerais

(  ) formação de raízes secundárias

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 2 – 3 – 4 – 1.

b) 4 – 3 – 1 – 2.

c) 1 – 2 – 3 – 4.

d) 4 – 1 – 3 – 2.

e) 2 – 1 – 3 – 4.

14. (CATÓLICA SC) Sobre a fase esporofítica dos vegetais, podemos afirmar que:

I. Em angiospermas, não existe a fase esporofítica.

II. Em briófitas, esta fase surge a partir da fecundação de gametas.

III. Em pteridófitas, é chamada de protalo.

IV. Em Gimnospermas, esta fase é de tamanho minúsculo.

Está(ão) correta(as):

a) apenas I e III.

b) apenas II.

c) apenas I, II e IV.

d) apenas III e IV.

e) apenas II e IV.

15. (UEPG) A folha é uma estrutura laminar adaptada à captação de luz. Sua forma e a disposição interna dos tecidos, refletem adaptações a diferentes tipos de ambiente. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. A epiderme foliar é quase sempre formada por uma única camada de células, contudo em regiões áridas, as folhas podem apresentar a epiderme com muitas camadas celulares e contendo mais estômatos, são as plantas xerófitas.

02. As células da epiderme secretam cutina, formando uma película praticamente impermeável, a cutícula. As trocas gasosas ocorrem por meio dos estômatos, presentes principalmente na face inferior da folha.

04. Os hidatódios estão localizados nas bordas de algumas folhas e são especializados em eliminar o excesso de água da planta.

08. Os tricomas são estruturas presentes na parte superior da folha, responsáveis pela captura e distribuição da luz para os cloroplastos, viabilizando o processo de fotossíntese.

16. A região interna da folha, ou mesófilo, é constituída de células ricas em cloroplastos e grandes espaços por onde circula o ar atmosférico, permitindo assim a troca de gases com o ambiente.

Soma das alternativas corretas:

16. (ACAFE) O Reino Plantae, Metaphyta ou Vegetal é um dos maiores grupos de seres vivos na Terra. Abriga os vegetais eucariontes, multicelulares e autotróficos fotossintetizantes, que apresentam alternância de gerações em seus ciclos de vida. No cladograma a seguir, está representado o grau de parentesco entre diferentes grupos de vegetais.

16

Fonte: SILVA JUNIOR, Cesar; SASSON, Sezar.

Biologia 2. Saraiva, 8ed. São Paulo, 2005 (adaptada)

Acerca das informações contidas no cladograma e dos conhecimentos relacionados ao tema, assinale a alternativa correta.

a) O número II indica o aparecimento da semente, estrutura que se origina do ovário da flor, o qual se desenvolve depois da fecundação. As Gimnospermas produzem sementes, que se originam nos estróbilos femininos, mas não produzem frutos.

b) As angiospermas são plantas que possuem raiz, caule, folha, flor e sementes protegidas por fruto, estrutura indicada pelo número III. Esse grupo de plantas pode ser dividido em monocotiledôneas e em dicotiledôneas. Em relação à estrutura floral, as monocotiledôneas possuem flores trÍmeras e as dicotiledôneas, flores tetrâmeras ou pentâmeras.

c) Em I, o Reino Plantae está dividido em dois grandes grupos, as atraqueófitas e as traqueófitas. Plantas traqueófitas possuem xilema e o floema, vasos condutores, respectivamente, de seiva elaborada e de seiva bruta.

d) O grupo das Pteridófitas, conforme indicado em II, compreende plantas que possuem raiz, caule, folhas e sementes localizadas na parte inferior de suas folhas.

17. (Mackenzie) Nas plantas, sempre ocorre alternância de gerações, isto é, existe uma fase haploide e outra diploide. Uma delas é originada por gametas e a outra por esporos. A esse respeito, são feitas as seguintes afirmações:

I. Os gametas são formados por meiose e os esporos por mitose.

II. Em todas as criptógamas, a fase predominante é a esporofítica.

III. Em todas as fanerógamas, a fase predominante é a esporofítica.

IV. A fase gametofítica é haploide enquanto que a fase esporofítica é diploide.

Estão corretas, apenas,

a) I e II.

b) II e III.

c) I e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

18. (UFLA) Considere as seguintes características das plantas:

18

Assinale a alternativa na qual os grupos de plantas apresentam, respectivamente, as características indicadas pelos algarismos I, II, III e IV.

a) Briófitas, Gimnospermas, Angiospermas, Pteridófitas.

b) Pteridófitas, Gimnospermas, Angiospermas, Briófitas.

c) Pteridófitas, Angiospermas, Gimnospermas, Briófitas.

d) Briófitas, Angiospermas, Gimnospermas, Pteridófitas.

19. (UNESP) A enxertia consiste em implantar parte de uma planta viva em outra planta de igual ou diferente espécie. A planta introduzida (enxerto) produz folhas, flores e frutos, enquanto a planta receptora (porta-enxerto) capta água e nutrientes do solo. A figura esquematiza uma das técnicas indicadas para a enxertia entre espécies de hortaliças, tais como pepino, abóbora, melão e melancia.

19

Suponha que um enxerto de pepino (Cucumis sativus) tenha sido introduzido em um porta-enxerto de abóbora (Cucurbita moschata). Os frutos produzidos por essa enxertia serão:

a) pepinos cujas sementes darão origem a exemplares de Cucurbita moschata.

b) híbridos estéreis com características de Cucumis sativus e de Cucurbita moschata.

c) abóboras cujas sementes darão origem a exemplares de Cucumis sativus.

d) abóboras cujas sementes darão origem a exemplares de Cucurbita moschata.

e) pepinos cujas sementes darão origem a exemplares de Cucumis sativus.

20. (UEM) Plantas terrestres geralmente têm uma parte subterrânea, constituída pelas raízes, e uma parte aérea, formada pelo caule e seus ramos, onde se prendem as folhas. Sobre os órgãos vegetais mencionados no texto, assinale o que for correto.

01. Os ramos e as raízes secundárias são ramificações exógenas do caule, originadas a partir do desenvolvimento de gemas caulinares.

02. As raízes, o caule e as folhas apresentam tecidos condutores, o xilema e o floema.

04. O xilema e o floema são tecidos constituídos por traqueídes e desaparecem na estrutura secundária, resultante do crescimento das plantas, em espessura.

08. Nas extremidades do caule e das raízes, observam-se tecidos meristemáticos responsáveis pelo crescimento do vegetal e pela formação dos demais tecidos.

16. O revestimento das raízes, do caule e das folhas é feito pela epiderme, constituída por uma camada de células clorofiladas.

32. Gemas e pelos absorventes são estruturas presentes no caule, nas raízes e nas folhas.

64. Nas folhas e nos caules jovens, pode ser observado o parênquima clorofiliano.

Soma das alternativas corretas:

21. (CESGRANRIO) Um cidadão, desejando retirar de seu quintal uma árvore cujas raízes ameaçavam as instalações de uma cisterna, realizou o seguinte processo, esquematizado no desenho abaixo: fez dois cortes paralelos, a uma distância de 10 cm entre si em toda a periferia do caule, retirando deste um anel que consistia em casca e em uma pequena porção da parte interna do caule, até o câmbio vascular. A princípio, a árvore não mostrou alterações, pois as folhas não murcharam. No entanto, dias após, as raízes começaram a se atrofiar, e o vegetal morreu. Qual das opções a seguir explica corretamente o ocorrido?

21

a) Após o corte, as porções superiores do vegetal deixaram de receber água para a realização da fotossíntese, visto terem sido seccionados os vasos lenhosos.

b) Em consequência do ferimento causado no caule da planta, houve perda letal de grande quantidade de seiva (bruta e elaborada).

c) As porções aéreas deixaram de receber substâncias orgânicas, visto terem sido seccionados tanto os vasos lenhosos como a epiderme.

d) Tanto o xilema quanto o floema, que são tecidos condutores situados na periferia do caule, foram seccionados.

e) Com o corte, foram seccionados os feixes liberianos, que são vasos condutores da seiva elaborada.

22. Qual das figuras abaixo representa uma planta de tomate mantida em solo úmido, que ficou 48 horas na posição horizontal?.

22

23. Haustórios são:

a) filamentos de citoplasma que ligam células vizinhas.

b) raízes respiratórias típicas de vegetais que vivem em terrenos alagados.

c) caules de plantas rastejantes.

d) estruturas por onde ocorre sudação.

e) raízes sugadoras, típicas de plantas parasitas.

24. (FATEC) Considere, no esquema abaixo, as características de determinados grupos vegetais.

24

Com base no esquema acima, que representa a evolução vegetal ao longo de milhões de anos, assinale a alternativa que apresenta os grupos vegetais que correspondem, respectivamente, aos números 1, 2, 3 e 4.

a) Briófitas, angiospermas, gimnospermas e pteridófitas.

b) Briófitas, pteridófitas, angiospermas e gimnospermas.

c) Pteridófitas, briófitas, gimnospermas e angiospermas.

d) Briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

e) Pteridófitas, briófitas, angiospermas e gimnospermas.

25. (UESM) Observe o texto e a figura que se seguem: “Coloração amarelada, crescimento exagerado dos entrenós, caule delgado e alongado, folhas pouco desenvolvidas, ápice caulinar voltado para baixo, sistema radicular relativamente pouco desenvolvido.”

25

As características anteriores correspondem ao fenômeno de:

a) fotoperiodismo, e a planta cresceu na direção da luz.

b) fotoperiodismo negativo, e a planta cresceu no escuro.

c) geotropismo negativo, e a planta cresceu no escuro.

d) estiolamento, e a planta cresceu no escuro.

e) epinastia, e a planta cresceu na direção da luz.

26. (UEL) A figura a seguir mostra parte de um pé de maracujá.

26

A estrutura apontada pela seta, quando encontra um suporte, prende-se a ela. Essa resposta é um caso de:

a) fototropismo.

b) geotropismo.

c) hidrotropismo.

d) reotropismo.

e) tigmotropismo.

27. (CESGRANRIO) O esquema abaixo representa, em duas situações diferentes, uma estrutura que promove a entrada de ar na planta.

27

Assinale a alternativa que indica, respectivamente, o nome das células destacadas pela letra A e o local onde tal estrutura pode ser encontrada em abundância na planta:

a) lenticelas/folhas.

b) pneumatóforos/caules jovens.

c) células estomáticas/esclerênquima.

d) células oclusivas/esclerênquima.

e) células-guarda/folha.

28. (FUVEST) Quando se quer tingir flores brancas, o procedimento mais indicado é colocar:

a) hastes cortadas em solução colorida em ambiente saturado de umidade.

b) hastes cortadas em solução colorida em ambiente seco.

c) plantas intactas em solução colorida, em ambiente saturado de umidade.

d) plantas intactas em solução colorida, em ambiente seco.

e) plantas intactas em solo regado com solução colorida.

29. (UFAL) Das figuras abaixo, a única que se relaciona com o processo de reprodução sexuada é:

29

30. (UESPI) Técnicas especiais permitem multiplicar células meristemáticas da região apical de caules em laboratório. Dessa forma, milhares de plântulas podem ser geradas assexuadamente a partir de um único vegetal escolhido. Sobre o exposto, assinale a alternativa correta.

a) Os vegetais gerados deste modo perdem a capacidade de realizar fotossíntese.

b) Por serem células meristemáticas já apresentam alto grau de diferenciação.

c) Se a forma de propagação fosse sexuada, os descendentes não poderia se reproduzir assexuadamente.

d) Estas técnicas pouco influem no desenvolvimento de novas práticas agrícolas.

e) Todas as plântulas geradas por este processo são geneticamente iguais.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2017

TESTES DE SISTEMA ENDÓCRINO (III)

01. (FATEC) Leia o texto para responder esta questão

Um dispositivo portátil mostrou-se eficaz em controlar o diabetes tipo 1 em adultos em jovens com a doença. Segundo os pesquisadores que desenvolveram a tecnologia, a técnica é mais prática e segura do que as disponíveis atualmente para tratar o problema. O equipamento é formado por um pequeno sensor inserido sob a pele de um lado do abdome do paciente. Esse sensor mede os níveis de glicose no sangue e envia essa informação a um smartphone adaptado. O smartphone, a partir desses dados, calcula a quantidade de insulina e glucagon que deve ser secretada. Os hormônios são administrados por duas pequenas bombas ligadas a tubos finos que são inseridos sob a pele do outro lado do abdome do paciente.

                (http://tinyurl.com/veja-cientistas Acesso em: 28.08.14. Adaptado).

Considerando as informações do texto, é correto afirmar que o smartphone:

a) Revelou-se ineficaz no auxílio ao dispositivo portátil que controla o diabetes.

b) É inserido sob a pele, auxiliando o dispositivo portátil no controle do diabetes.

c) Calcula a quantidade de hormônios que são administrados ao paciente.

d) Extrai o excesso de insulina injetada no abdome do paciente.

e) Possui um pequeno sensor inserido sob a pele do paciente.

02. (UPE) A alimentação inadequada pode desenvolver, nos seres humanos, distúrbios ou doenças que, se não forem diagnosticadas e tratadas de forma eficaz, levarão o indivíduo a óbito. Entre elas, pode-se citar a diabetes. Considerada um conjunto de doenças, cuja característica comum é o aumento da concentração de glicose no sangue, é diagnosticada com a realização de exame de sangue. Quando a taxa de glicose se situa acima ou abaixo de 90 mg de glicose por 100 ml de sangue, ou seja, 0,9 mg/ml, há o desenvolvimento da diabetes. Observe o esquema a seguir:

02a

(Disponível em: http://saude.hsw.uol.com.br/diabe1.htm. Adaptado.)

No esquema, há dois órgãos e dois hormônios, respectivamente, que atuam ativamente no controle da glicose no sangue. Assinale a alternativa que apresenta esses órgãos e hormônios.

02b

03. (UNAMA) […] Existem dois tipos de diabetes: A diabetes tipo 1, geralmente é infantil, e todos os pacientes necessitam de tratamento com hormônio específico, nesse caso, a doença não é hereditária. Já a diabetes tipo 2 pode ter como causa a hereditariedade e, nesse caso, o tratamento é iniciado com remédios, cuidados alimentares e exercícios físicos.

Adaptado de http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?op=saude&id=21588. Acesso: 22.04.2013.

Sobre a diabetes tipo 1, pode-se afirmar que:

a) Resulta da deficiência da produção de insulina pelo pâncreas.

b) Causa aumento da insulina na corrente circulatória.

c) Causa diminuição da taxa de glicose no sangue.

d) Resulta da deficiência da produção de glucagon pelo pâncreas.

04. (UNICENTRO) Com relação às principais glândulas endócrinas humanas, considere as afirmativas a seguir.

I. A adenohipófise promove a secreção de progesterona e estimula a produção e a secreção de leite.

II. A neuroipófise estimula a contração das musculaturas do útero e das glândulas mamárias.

III. A tireoide estimula a deposição de cálcio nos ossos, reduzindo a concentração de cálcio no sangue.

IV. As paratireoides estimulam a tireoide a secretar seus hormônios e promover a quebra de glicogênio pelo fígado.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

05. (IFMG) Homeostase é a capacidade que os rins têm de manter o meio interno do indivíduo sempre constante, no seu estado físico, químico, temperatura, pH e salinidade. Portanto, a regulação e a função renal são fundamentais para saúde e qualidade de vida de um homem. Em relação à fisiologia do sistema urinário, é correto afirmar que:

a) A ingestão de água exagerada aumenta a pressão osmótica do organismo.

b) O hormônio ADH atua na reabsorção de sódio do filtrado glomerular.

c) O hormônio aldosterona aumenta a reabsorção de água do filtrado glomerular.

d) A neuroipófise secreta ADH que irá atuar no rim.

06. (UFSJ) Considerando que nas relações entre as glândulas hipófise e a tireoide há uma realimentação negativa é correto afirmar que:

a) Uma não tem influência sobre a outra.

b) A produção de hormônio estimulador da tireoide (TSH), pela hipófise, estimula a produção de tiroxina, e a tiroxina inibe a produção de TSH.

c) A produção de hormônio estimulador da tireoide (TSH), pela hipófise estimula, a produção de tiroxina, mas esta não tem efeito sobre a hipófise.

d) Há uma inibição mútua entre a hipófise e a tireoide.

07. (MACKENZIE) O aumento da perda de água por transpiração tem como principal consequência:

a) O aumento da produção de ADH, visando diminuir a produção de urina.

b) O aumento da produção de células sanguíneas, visando provocar aumento de pressão arterial.

c) A diminuição da frequência respiratória, visando diminuir a perda de água na respiração.

d) O aumento da reabsorção de água pelo intestino.

e) A diminuição da velocidade dos movimentos peristálticos.

08. (PUC-PR) Leia o trecho do texto abaixo publicado na revista Veja:

“(…) Casos extremos de excesso de atividade física são diagnosticados como vigorexia, um transtorno psíquico irmão da anorexia, em que a pessoa nunca se satisfaz com o tamanho de seus músculos. Não há, no entanto, um diagnóstico preciso para as muitas situações que se encaixam entre a vigorexia e a atividade pesada, mas saudável (…)”.

Disponível em: <http://veja.abril.com.br/060208/p_056.shtml&gt;.Acesso em: 28/08/2014

A vigorexia é um problema crescente nos dias atuais. Muitas vezes, os indivíduos chegam a recorrer a esteroides e anabolizantes para terem um melhor resultado no exercício. Um exemplo de anabolizante utilizado é a somatotrofina ou somatotropina, que pode aumentar a massa muscular, mas possui muitos efeitos colaterais, como a sobrecarga cardíaca, crescimento do queixo, das cartilagens, das mãos e dos pés. A alternativa que mostra uma ação desse hormônio e sua glândula secretora, respectivamente, é:

a) Aumento da divisão celular – Tireoide.

b) Redução do metabolismo – Tireoide.

c) Aumento do tamanho da célula – Hipófise.

d) Aumento da síntese proteica – Hipófise.

e) Aumento da atividade catabólica celular – Adrenais.

09. (UEG) Imagine o sistema hormonal como uma orquestra. O hipotálamo, no centro do cérebro, é o diretor artístico, e a hipófise, na base do crânio, o maestro. Nesse conjunto, os hormônios sintetizados por outros órgãos e as glândulas equivalem às orquestras de câmara. Como em um concerto, em que todos os músicos tocam juntos, os hormônios interagem entre si e o bom funcionamento de um depende da ação precisa do outro.

LOPES, A. D.; CUMINALE, N. Hormônios. Veja, São Paulo, ed. 2283, ano 45 n. 34, 22 ago. 2012. p.91.

Sobre os hormônios animais e suas relações, como substâncias-alvo no concerto, pode-se deduzir a seguinte comparação:

a) A calcitonina, hormônio que diminui o estresse, compõe a orquestra de câmara, sintetizada pelo hipotálamo-diretor artístico do concerto.

b) A dopamina e a adrenalina são hormônios produzidos pela hipófise-maestro do concerto e considerados os hormônios da felicidade e do prazer.

c) A insulina, hormônio sintetizado pela glândula pineal, compõe a orquestra de câmara juntamente com o glucagon.

d) A ocitocina e a vasopressina são hormônios produzidos pelo diretor artístico da orquestra, o hipotálamo, sendo armazenados na neuroipófise.

10. (UNISC) O hormônio envolvido na ejeção do leite de uma glândula mamária lactante é:

a) A prolactina.

b) O hormônio folículo-estimulante.

c) O hormônio luteinizante.

d) O hormônio do crescimento.

e) A ocitocina.

11. (VUNESP) Triiodotironina (T3) e tiroxina (T4) são dois hormônios fundamentais para a sintonia do funcionamento do organismo humano. Enquanto o excesso desses hormônios provoca aumento dos batimentos cardíacos e perda de peso, na falta deles, o indivíduo pode apresentar pele seca, cansaço excessivo e o bócio. Assinale a alternativa que indica corretamente o local de produção desses hormônios e sua função.

a) Glândulas suprarrenais – reabsorção de água pelos rins e pelo sangue.

b) Hipotálamo – determinação das características sexuais secundárias.

c) Glândula tireoide – controle da velocidade do metabolismo.

d) Hipófise – estímulo ao crescimento.

12. (PUC-MG) Sociedade às avessas

Inflamação no hipotálamo é apontada como uma das causas da obesidade.

Maus hábitos alimentares e sedentarismo são apontados como grandes vilões da obesidade, mas estudos recentes começam a incluir outro fator: uma pequena alteração no funcionamento do cérebro.

Trata-se de um erro no processamento da informação de saciedade que chega ao sistema nervoso central, especialmente ao hipotálamo.

Fonte: Ciência Hoje, v. 48, p.60, Set. 2011.

Sobre o hipotálamo, assinale a afirmativa incorreta.

a) Controla em parte homeostase corporal, ou seja, auxilia no ajuste do organismo às variações externas e internas.

b) É responsável pelo controle da temperatura corporal, do apetite e participa do controle do equilíbrio hídrico.

c) Exerce importante regulação do estado de consciência, alerta, atenção e equilíbrio corporal.

d) Controla a liberação de hormônios gonadotróficos pela hipófise.

13. (FATEC) Leia o texto para responder esta questão

Um dispositivo portátil mostrou-se eficaz em controlar o diabetes tipo 1 em adultos em jovens com a doença. Segundo os pesquisadores que desenvolveram a tecnologia, a técnica é mais prática e segura do que as disponíveis atualmente para tratar o problema. O equipamento é formado por um pequeno sensor inserido sob a pele de um lado do abdome do paciente. Esse sensor mede os níveis de glicose no sangue e envia essa informação a um smartphone adaptado. O smartphone, a partir desses dados, calcula a quantidade de insulina e glucagon que deve ser secretada. Os hormônios são administrados por duas pequenas bombas ligadas a tubos finos que são inseridos sob a pele do outro lado do abdome do paciente.

(http://tinyurl.com/veja-cientistas Acesso em: 28.08.14. Adaptado).

O conjunto de equipamentos descrito no texto reproduz o mecanismo fisiológico do organismo para controlar a glicemia (concentração de glicose no sangue). Em um indivíduo saudável, esse controle ocorre pela via ilustrada na figura apresentada.

13

Com base nas informações contidas no texto e na figura, é possível dizer que o novo equipamento auxilia o tratamento do diabetes tipo 1, ao cumprir as funções do:

a) Fígado e do pâncreas, liberando insulina para diminuir a glicemia e glucagon para aumentá-la.

b) Fígado, liberando insulina para diminuir a glicemia e glucagon para aumentá-la.

c) Fígado, liberando insulina para aumentar a glicemia e glucagon para diminuí-la.

d) Pâncreas, liberando insulina para diminuir a glicemia e glucagon para aumentá-la.

e) Pâncreas, liberando insulina para aumentar a glicemia e glucagon para diminuí-la.

14. (PUC-SP) A baixa liberação do hormônio antidiurético pela ­­­___I___ provoca uma diminuição da reabsorção de água nos ___II___ e, consequentemente, eliminação de ___III___ volume de urina. No trecho acima, as lacunas I, II e III podem ser preenchidas correta e, respectivamente, por:

a) hipófise, túbulos renais e grande.

b) hipófise, túbulos renais e pequeno.

c) tireoide, néfrons e grande.

d) tireoide, néfrons e pequeno.

e) suprarrenal, néfrons e grande.

15. (UPE) O médico canadense Frederick Banting (1891-1941) juntamente com o fisiologista escocês John James Macleod (1876-1935) e com o norte-americano Charles Best (1899-1978), então estudante de medicina, realizaram uma série de experimentos que mudaram a história da luta da humanidade contra uma doença que até hoje é alvo de grandes preocupações. Basicamente, esses pesquisadores fecharam cirurgicamente o duto pancreático e observaram que, após algumas semanas, as células pancreáticas haviam desaparecido, restando, apenas, nesse órgão, as ilhotas de Langerhans. O extrato dessas células foi, então, administrado a cães submetidos à remoção do pâncreas, o que resultou em uma sobrevida maior para esses animais.

Sobre o experimento desses pesquisadores, analise as afirmativas a seguir:

I. O extrato produzido pelos pesquisadores apresenta-se rico em Glucagon – hormônio regulador do metabolismo do açúcar e, por isso, foi capaz de diminuir o nível de glicose no sangue dos animais que tiveram o pâncreas retirado.

II. A retirada do pâncreas nos cães aumentou o nível de glicose nos músculos e no fígado dos animais, o qual só pode ser regularizado por meio do uso do extrato.

III. A remoção do pâncreas inviabiliza a vida do animal, uma vez que retira dele a capacidade de produzir insulina, o que só pôde ser sanado por meio do extrato.

IV. A ausência do pâncreas fez esses animais adquirirem um quadro característico de Diabetes, que foi tratado com o uso da insulina presente nas ilhotas.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e IV.

e) III e IV.

16. (UFSC) Considere as afirmativas abaixo:

Glândula A – produz hormônio do crescimento, prolactina, folículo estimulante, luteinizante, melanotrófico.

Glândula B – produz tiroxina.

Glândula C – produz insulina e glucagon.

Glândula D – produz hormônios conhecidos como corticosteroides, adrenalina e noradrenalina.

Sobre essas glândulas e os hormônios que elas produzem, é correto afirmar que:

01. A localização das glândulas A, B e C no corpo humano é, respectivamente, no pescoço, na base do cérebro e no abdome.

02. A localização das glândulas A e B no corpo humano é, respectivamente, na base do cérebro e no pescoço, e das glândulas C e D é no abdome.

04. As glândulas A, B, C e D são, respectivamente, a tireoide, a hipófise, o pâncreas e as suprarrenais.

08. O hormônio FSH ou folículo estimulante, produzido pela glândula A, promove o crescimento e a regeneração do tecido ósseo.

16. O hormônio insulina, produzido pela Glândula C, atua diminuindo a glicemia do sangue.

32. A glândula A é responsável pela produção dos hormônios conhecidos como trofinas, que são responsáveis pela estimulação de outros órgãos ou glândulas.

Soma das alternativas corretas:

17. (UFMG) Analise este gráfico, em que está representado o efeito da tiroxina sobre o metabolismo basal:

17

Considerando-se as informações desse gráfico e outros conhecimentos sobre o assunto, é incorreto afirmar que, na condição de hipotireoidismo, ocorre diminuição de:

a) Lipólise no tecido adiposo.

b) Peso corporal.

c) Respiração celular.

d) Síntese de proteínas.

18. (FBV) As glândulas endócrinas são responsáveis pela elaboração de secreções internas chamadas hormônios, que são reguladoras de determinadas funções vitais. Dentre as glândulas endócrinas, destacamos a hipófise ou glândula pituitária, de controle hipotalâmico, que elabora hormônios tróficos e não tróficos. A respeito da hipófise e respectivos hormônios, analise as proposições abaixo, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as alternativas falsas.

18

I   II

0  0  – A adenohipófise ou hipófise anterior, sob regulação de neurossecreções hipotalâmicas, é um lobo funcionalmente ativo, elaborando diversos hormônios de ação trófica e não trófica.

1   1 – Os hormônios ADH, aldosterona e oxitocina, elaborados pela neuroipófise, atuam respectivamente sobre as glândulas adrenais e mamárias.

2  2 – O quadro clínico conhecido como acromegalia é causado por uma disfunção da hipófise, que, na fase adulta, retoma a produção da somatotrofina (hormônio do crescimento).

3  3 – A prolactina, hormônio proveniente do hipotálamo, atua sobre os ovários, inibindo a produção de progesterona e estimulando a secreção de estrógenos.

4  4 – O diabetes mellitus é uma doença causada por uma disfunção da hipófise na secreção do hormônio ADH, tendo, como consequência, o aumento da glicemia sanguínea.

19. (UFPR) Com relação ao processo de reprodução humana, no tocante ao controle hormonal e às estruturas envolvidas, é correto afirmar:

01. Os hormônios folículo-estimulante (FSH) e luteinizante (LH) não afetam o processo reprodutivo masculino, atuando apenas no processo reprodutivo feminino, principalmente na maturação e na liberação do óvulo, respectivamente.

02. Estrógeno e progesterona são hormônios esteroides sexuais femininos produzidos pelos ovários, suprarrenais e placenta e cujo excesso na circulação sanguínea pode agir via retroalimentação negativa, reduzindo a produção de gonadotrofinas hipofisárias.

04. A prolactina é um hormônio adeno-hipofisário que tem funções diversas no processo reprodutivo feminino, tais como a manutenção do corpo lúteo no início da gravidez e a estimulação da produção de leite pelas glândulas mamárias, principalmente após o parto.

08. Além da placenta e do cordão umbilical, que tornam possíveis a nutrição, respiração e excreção para o embrião humano e para embriões de outros mamíferos, alguns outros anexos embrionários de vertebrados permanecem presentes e se revelam importantes: exemplo desses anexos próprios aos demais vertebrados é a cavidade amniótica, que contém o líquido liberado no início do trabalho de parto.

16. Os hormônios ou estruturas seguintes estão adequadamente acompanhados de suas funções únicas: (a) ocitocina – contração da parede do útero; (b) testosterona – desenvolvimento e manutenção das características sexuais secundárias masculinas; (c) vesícula seminal – produção de secreção alcalina que neutralizará a acidez das secreções vaginais no momento da cópula; (d) corpo lúteo – produção de progesterona.

32. A ovulação ocorre geralmente em torno do 14° dia do ciclo menstrual, dividindo-o em duas fases, a saber: fase proliferativa, prévia à ovulação, em que há amadurecimento do folículo, sem produção hormonal; e fase secretora, após a liberação do óvulo, durante a qual o ovário secreta os hormônios responsáveis pela preparação do útero para a gravidez.

64. A gonadotrofina coriônica é um hormônio placentário, o qual mantém a atividade secretora do corpo lúteo e, por ser produzido cerca de uma semana após a implantação do zigoto, pode servir como um indicador de gravidez.

Soma das proposições corretas:

20. (UEL) Acetilcolina e adrenalina são substâncias de efeitos antagônicos sobre os músculos. Que letra da tabela abaixo indica corretamente as estruturas relacionadas com a secreção dessas substâncias? (O sinal + corresponde à secreção e o sinal – corresponde à ausência de secreção).

20

 

gab

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2017

TESTES DE EMBRIOLOGIA (5)

01. (UFLA) O esquema representa um embrião de mamífero.

01

As estruturas indicadas pelos números 1, 2, 3 e 4 correspondem, respectivamente, a:

a) Âmnio, cório, alantoide, saco vitelino.

b) Âmnio, cório, saco vitelino, alantoide.

c) Cório, âmnio, alantoide, saco vitelino.

d) Cório, âmnio, saco vitelino, alantoide.

02. (UEPG) Com relação à embriologia humana e seus anexos embrionários, assinale a alternativa correta.

a) O âmnio, situado externamente ao cório, tem função de eliminar as excretas e realizar as trocas gasosas.

b) A gástrula é formada por uma massa de células justapostas sem formar cavidades.

c) Nos humanos, a ectoderme formará a derme, os ossos, os músculos, as cartilagens, os órgãos excretores e genitais, os órgãos do aparelho circulatório, o peritônio e o mesentério.

d) O saco vitelínico não aparece em nenhum estágio da embriogênese humana.

e) Ao longo do dorso do embrião dos cordados, a ectoderme forma um sulco que se aprofunda e cujos bordos superiores se soldam, originando um tubo ou canal neural.

03. (UNIOESTE) Gastrulação é um processo em que as células embrionárias sofrem um rearranjo originando uma estrutura denominada de gástrula, onde o plano corporal do futuro animal é definido. Sobre a migração de células no processo de gastrulação (figura abaixo), é correto afirmar que:

03

a) 1 representa o processo de embolia.

b) 2 representa o processo de epibolia.

c) 3 representa o processo de delaminação.

d) 4 representa o processo de ingressão.

e) 5 representa o processo de involução.

04. (UFV) Ao necropsiar um feto humano de quatro meses foram identificadas atipias na formação de células musculares, neurônios e hepatócitos. É correto afirmar que houve problemas, respectivamente, no desenvolvimento dos seguintes folhetos:

a) Mesoderma, ectoderma e endoderma.

b) Endoderma, mesoderma e ectoderma.
c) Mesoderma, endoderma e ectoderma.

d) Ectoderma, endoderma e mesoderma.

05. (UFLA) Alguns animais apresentam, após o nascimento, forma corporal e estilo de vida diferentes dos que terá como adulto. O processo de passagem de uma fase para a outra é chamado de metamorfose e aparece em alguns anfíbios, como sapos, rãs e pererecas. Marque a alternativa que apresenta tipos de alterações que ocorrem na metamorfose dos anfíbios.

a) Nadadeira → perna; pulmão → brânquia.

b) Brânquia → pulmão; coração bicavitário → coração tricavitário.

c) Coração tricavitário → coração bicavitário; nadadeira → perna.

d) Ovos sem casca → ovos com casca; brânquia → pulmão.

e) Ovos com casca → ovos sem casca; nadadeira → perna.

06. (UPE) As colunas abaixo referem-se a processos que ocorrem no embrião. Na 1a coluna, são encontradas imagens que exemplificam cada um desses processos; na 2ª coluna, encontra-se a descrição e, na 3a coluna, a denominação utilizada relativa a esses processos.

06

Assinale a alternativa que apresenta a correlação correta.

a) A – II – 4; B – IV – 1; C – I – 2; D – III – 3.

b) A – I – 4; B – II – 1; C – III – 2; D – IV – 3.

c) A – II – 3; B – IV – 1; C – I – 2; D – III – 4.

d) A – III – 3; B – IV – 1; C – II – 2; D – I – 4.

e) A – I – 4; B – IV – 1; C – II – 2; D – III – 3.

07. (UFRO) No processo de formação do embrião dos vertebrados, encontra-se uma série de anexos embrionários que não farão parte do organismo após o nascimento ou eclosão. Observe três características de um desses anexos.

– Nas espécies ovíparas, exerce importantes funções de respiração, excreção e transporte de cálcio.

– Encontrado somente nos mamíferos, aves e répteis.

– Desenvolve-se a partir da endoderme.

Assinale o anexo embrionário que apresenta essas características.

a) Córion.

b) Alantoide.

c) Âmnio.

d) Vesícula vitelínea.

e) Placenta.

08. (UFSC) O tubo neural e a notocorda só se formam nos cordados. O primeiro dará origem ao sistema nervoso, e a segunda, ao eixo de sustentação do embrião. Na fase adulta do anfioxo, esse eixo permanece, mas nos vertebrados é gradativamente substituído:

a) Pelo mesoderma extra-embrionário.

b) Pelo saco vitelino.

c) Pela coluna vertebral.

d) Pela linha primitiva.

e) Pela cavidade amniótica.

09. (MACK) “Origina-se do tubo digestivo, apresenta a forma de uma bolsa alongada, aparece a partir dos répteis e tem função de recolher os excretas do embrião, e proporcionar as trocas respiratórias através da cascas.”

O anexo embrionário descrito acima é:

a) O âmnio.

b) O cório.

c) A placenta.

d) O alantoide.

e) O saco vitelino.

10. (UFES) A estrutura tubular apontada, na figura abaixo, tem origem a partir de um processo de invaginação de células ectodérmica, que ocorre no dorso do embrião e tem por função originar o(a):

10

a) Celoma.

b) Placenta.

c) Notocorda.

d) Intestino primitivo.

e) Sistema nervoso.

11. A figura abaixo representa um corte através de uma blástula.

11

Pela disposição dos blastômeros e do vitelo, pode-se afirmar que essa blástula se originou a partir de um ovo:

a) Telolécito.

b) Centrolécito.

c) Heterolécito.

d) Oligolécito.

e) Alécito.

12. (MACK) Durante o desenvolvimento embrionário dentro do ovo, o embrião da galinha excreta apenas amônia nos primeiros dias de incubação. Ele passa a excretar mais ureia por volta do 6º ao 9º dia e, depois do 10º dia, elimina predominantemente ácido úrico. Essas modificações bioquímicas acontecem porque a disponibilidade de água para o embrião:

a) É maior no início do período de incubação.

b) É menor no início do período de incubação.

c) É a mesma durante todo o período de incubação.

d) Só ocorre no início do período de incubação.

e) Só ocorre no final do período de incubação.

13. (UNICENTRO) No desenvolvimento dos organismos multicelulares, muito precocemente, são delineadas estruturas anatômicas básicas compartilhadas por quase todos os animais, entre as quais se identifica:

a) As diferentes modalidades do plano de simetria bilateral do corpo.

b) O tubo digestório para disponibilizar nutrientes para o organismo.

c) As estruturas respiratórias em função da obtenção do oxigênio do ar.

d) As peças ósseas incipientes para a construção do endoesqueleto.

e) O precursor do sistema nervoso delineado como uma miniatura do sistema nervoso humano.

14. (UFSC) A figura a seguir mostra o corte transversal de um embrião e anexos embrionários.

14

Em relação à figura, é correto afirmar que:

a) A seta 1 indica o principal local de produção da gonadotrofina coriônica, hormônio que quando está presente na urina é sinal inequívoco de gravidez.

b) A seta 2 indica a bolsa amniótica, que tem por função hidratar e proteger o feto contra eventuais choques mecânicos.

c) A figura representa o embrião de uma ave.

d) A placenta (indicada pela seta 3) é responsável pela intensa troca de substâncias entre mãe e filho. Esta troca ocorre porque há passagem do sangue da mãe para o filho e vice-versa.

e) A figura difere da representação de um embrião de répteis por possuir âmnio e cório, anexos inexistentes nesses animais.

15. (UEL) Para entender a evolução animal, o estudo da presença do celoma é fundamental, porque indica a separação de linhagens importantes. Considerando a classificação tradicional dos animais segundo esse critério, assinale a alternativa que indica aqueles que são, respectivamente, acelomados, pseudocelomados e celomados.

a) Planárias, lombrigas e minhocas.

b) Tênias, gafanhotos e medusas.

c) Filárias, protozoários e ancilóstomos.

d) Poliquetos, lesmas e esquistossomos.

e) Camarões, sanguessugas e estrelas-do-mar.

16. (UFV) O esquema abaixo representa a vista superior de um tipo de segmentação classificada com parcial discoidal.

16

Observando-se o esquema proposto, pode-se concluir que esse tipo de segmentação:

a) É certamente o que ocorre nas aves.

b) Ocorre em anfíbios e répteis.

c) É restrito aos cordados primitivos.

d) Ocorre em todos os animais que põem ovos.

e) É exclusivo dos peixes.

17. (UFV) Antes da organogênese de vertebrados, certas anormalidades morfológicas que eventualmente ocorrem nos folhetos embrionários podem ser detectadas nos tecidos e órgãos dos indivíduos na fase adulta. Se uma dessas anormalidades ocorrer no mesoderma, o desenvolvimento anormal poderá ser detectado no:

a) Epitélio do tubo digestivo.

b) Alvéolo pulmonar.

c) Cérebro.

d) Músculo estriado.

e) Revestimento epidérmico.

18.

I. A notocorda é um cilindro cartilaginoso que ocorre somente nos vertebrados.

II. O alantoide, nas aves e répteis, tem função de armazenar substâncias tóxicas – o ácido úrico.

III. A placenta é o anexo embrionário responsável pela troca de gases e nutrientes e eliminação de excretas fetais.

IV. O âmnion e o córion são anexos embrionários encontrados somente nos mamíferos.

a) Somente II está correta.

b) Somente I e II estão corretas.

c) Somente I e IV estão corretas.

d) Somente III está correta.

e) Somente II e III estão corretas.

19. (PUC-MG) Em um ovo de galinha embrionado, a gema representa o local onde o embrião:

a) Se desenvolve e onde se encontra a sua reserva de vitelo.

b) Se nutre, mas o seu desenvolvimento ocorre na clara.

c) Obtém oxigênio para sua sobrevivência.

d) Armazena sua excretas nitrogenadas.

e) Secreta carbonato de cálcio para reforçar a casca.

20. (UPE) Os répteis foram os primeiros vertebrados a conquistar o ambiente terrestre, exigindo grandes adaptações relativas à reprodução – apresentam fecundação interna e ovo terrestre, como casca impermeável e resistente. A presença da casca no ovo trouxe uma serie de “problemas” ao desenvolvimento embrionário tais como, o destino das excretas nitrogenadas produzidas durante o desenvolvimento e a efetuação de trocas gasosas respiratórias da casca. Nas aves e nos répteis, quais os anexos embrionários que solucionaram esses problemas?

a) Cório.

b) Vesícula vitelina.

c) Alantoide.

d) Âmnio.

e) Calaza.

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2017

TESTES SOBRE CADEIAS E TEIAS ALIMENTARES (IV)

01. (PUC-CAMPINAS) As cianobactérias desempenham importante papel como …… no funcionamento dos ecossistemas, onde influem no ciclo do …… e na entrada de ……. . Para completar corretamente o texto, as lacunas devem ser preenchidas, respectivamente, por:

a) Produtor primário – carbono – energia.

b) Produtor secundário – carbono – água.

c) Consumidor primário – nitrogênio – proteínas.

d) Consumidor secundário – nitrogênio – água.

e) Decompositor – nitrogênio – proteínas.

02. (FUVEST) “O tico-tico tá comento meu fubá / Se o tico-tico pensa / em se alimentar / que vá comer / umas minhocas no pomar (…) / Botei alpiste para ver se ele comia / Botei um gato, um espantalho e um alçapão (…)”

(Zequinha de Abreu, Tico-tico no Fubá)

No contexto da música, na teia alimentar da qual fazem parte tico-tico, fubá, minhoca, alpiste e gato:

a) A minhoca aparece como produtor e o tico-tico como consumidor primário.

b) O fubá aparece como produtor e o tico-tico como consumidor primário e secundário.

c) O fubá aparece como produtor e o gato como consumidor primário.

d) O tico-tico e o gato aparecem como consumidores primários.

e) O alpiste aparece como produtor, o gato como consumidor primário e a minhoca como decompositor.

03. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Na cadeia alimentar, os herbívoros autotróficos, denominados produtores primários, são organismos que sintetizam compostos orgânicos, a partir da fotossíntese.

02. A sucessão, num ecossistema, pode ser descrita como a evolução em direção ao grande número de nichos ecológicos.

04. A onça pintada, carnívora, e a cotia, herbívora, são encontradas nas matas brasileiras. Esses animais possuem o mesmo habitat e nichos ecológicos diferentes.

08. O crescimento das populações naturais pode ser afetado pela ação de predadores, de parasitas e pela competição entre as populações.

16. Na cadeia alimentar constituída por gramíneas, gafanhotos e sapos, a ação dos decompositores ocorre apenas sobre os consumidores secundários.

32. A floresta amazônica apresenta grande diversidade de epífitas, cujas raízes aéreas retiram água e minerais das plantas hospedeiras.

64. Bactérias do gênero Rhizobium realizam a fixação do N2 e vivem em estreita relação de mutualismo com plantas leguminosas.

Soma das alternativas corretas:

04. (UNEASPAR) Uma atribuição dos biólogos é o estudo das diferentes cadeias alimentares para avaliar o equilíbrio ecológico de determinadas regiões. Considere a seguinte cadeia alimentar e assinale a alternativa correta:

04

a) O Gafanhoto pertence ao segundo nível trófico, sendo considerado consumidor secundário.

b) O fluxo de energia aumenta ao longo dessa cadeia alimentar.

c) O sapo pertence ao quarto nível trófico, sendo considerado consumidor terciário.

d) O fluxo de matéria e energia disponível ao longo dessa cadeia alimentar é multidirecional.

e) Um produtor rural utilizou um inseticida para matar os gafanhotos dessa cadeia alimentar, este evento não irá influenciar as populações de produtores e consumidores terciários.

05. (UFVJM) Correlacione os eventos do ciclo de carbono com os eventos energéticos nos níveis tróficos de uma cadeia alimentar.

05

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

a) 2,3,4,5,1,6.

b) 3,6,1,2,5,4.

c) 3,6,2,1,4,5.

d) 6,3,1,2,4,5.

06. Um biólogo foi chamado a uma certa cidade, para descobrir a causa do grande aumento no número de insetos que estavam invadindo as residências da região. Após a montagem da cadeia alimentar principal, onde estavam envolvidos insetos, rãs, cobras….. e obtido alguns dados sobre a variação no número de indivíduos da cadeia, o biólogo concluiu que a causa estava no (a):

06

a) Aumento do número de rãs.

b) Diminuição brusca da produção de milho.

c) Uso excessivo de inseticida no milharal.

d) Grande aumento no número de cobras com diminuição no número de rãs.

e) Aumento do número de gaviões.

07. (UEPG) A sequência de seres vivos em que um serve de alimento para o outro é chamada de teia ou cadeia alimentar. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. Existem organismos que possuem uma alimentação variada, por isso, são chamados de detritívoros.

02. Ao morrer, tantos os produtores como os consumidores servem de alimento a certos fungos e bactérias. Esses decompõem a matéria orgânica dos cadáveres para obter energia, por isso, são chamados de decompositores.

04. Os seres heterótrofos produzem toda a matéria orgânica consumida como alimento pelos autótrofos.

08. Uma cobra que se alimenta de um pássaro é considerada do grupo dos consumidores.

16. Nos mares e rios, os peixes podem ser considerados produtores secundários, pois servem de alimentos para outros peixes, tubarões, baleias, etc.

Soma das alternativas corretas:

08. (UNISC) Com relação às Teias Alimentares, é possível afirmar que:

a) Os consumidores primários se alimentam dos consumidores secundários.

b) São exclusivas de ambientes poluídos.

c) A fonte de carbono dos produtores é o carbono orgânico.

d) O fluxo de matéria é cíclico e o fluxo de energia é unidirecional.

e) Ambos os fluxos (matéria e energia) são cíclicos.

09. (OBJETIVO-SP) Um ecossistema se faz pela integração entre os organismos e o ambiente em que vivem. Nos ecossistemas, as populações de diferentes espécies formam comunidades, em que uns precisam dos outros, inclusive para se alimentarem. Essa dependência é uma das principais relações que interligam os habitantes de qualquer ambiente e que podem ser resumidas ou descritas em um esquema geral, denominado de Teias ou Cadeias Alimentares, em que cada espécie integrante ocupa um ou mais níveis tróficos. Considere uma pequena comunidade com a seguinte constituição:

1. Plantas

2. Insetos – que se alimentam de plantas

3. Aranhas – que se alimentam de insetos

4. Pássaros – que se alimentam de pequenos invertebrados

5. Microrganismos (bactérias e fungos heterotróficos)

A teia alimentar que relaciona todos os organismos dessa comunidade pode ser assim esquematizada:

09

10. (UNEP) “… Assim, as plantas verdes (produtores) ocupam o primeiro nível trófico, os herbívoros, o segundo nível (consumidores primários), carnívoros primários, o terceiro nível e carnívoros secundários, o quarto nível (consumidores terciários). Essa classificação trófica é de função e não de espécies como tais. Uma dada população de uma espécie pode ocupar mais de um nível trófico, segundo a fonte da energia assimilada”. (Adaptado de ODUM, E.P. Ecologia, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012, p. 85).

O homem, como parte do ambiente, ao se alimentar, pode ocupar desde o nível de consumidor primário até o último nível de consumidor. Baseando-se na teia alimentar representada a seguir, assinale a alternativa que apresenta os níveis tróficos ocupados pelo homem:

10

a) Produtor, consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário.

b) Consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário, decompositor.

c) Produtor, consumidor primário, consumidor terciário, decompositor.

d) Consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário, consumidor quaternário.

e) Consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário.

11. (UFPA)

Luz do Sol, que a folha traga e traduz

Em verde novo, em folha, em graça, em vida, em força, em luz…

Céu azul, que venha até onde os pés tocam a terra

E a terra inspira e exala seus azuis…

Música: Luz do Sol (Caetano Veloso).

A letra da música refere-se à importância do fluxo de energia para realização das atividades vitais dos seres vivos. Considera-se, nesse sentido, que a folha em uma cadeia alimentar produz os nutrientes para os vegetais e serve de alimento para os:

a) Consumidores quaternários.

b) Consumidores terciários.

c) Consumidores secundários.

d) Consumidores primários.

e) Autótrofos.

12. (FUVEST) Num determinado lago, a quantidade dos organismos do fitoplâncton é controlada por um crustáceo do gênero Artemia, presente no zooplâncton. Graças a esse equilíbrio, a água permanece transparente. Depois de um ano muito chuvoso, a salinidade do lago diminuiu, o que permitiu o crescimento do número de insetos do gênero Trichocorixa, predadores de Artemia. A transparência da água do lago diminuiu. Considere as afirmações:

I. A predação provocou o aumento da população dos produtores.

II. A predação provocou a diminuição da população dos consumidores secundários.

III. A predação provocou a diminuição da população dos consumidores primários.

Está correto o que se afirma apenas em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e III.

e) II e III.

13. (URCA) Observe o quadrinho abaixo e responda corretamente:

13

a) Piranhas são sempre consumidores terciários em uma teia alimentar.

b) As traíras em um rio ocupam o mesmo nicho que as tilápias.

c) As piranhas ocupam vários níveis em uma cadeia desde que sejam carnívoras.

d) Uma cadeia alimentar só pode ter uma espécie carnívora.

e) Em uma teia alimentar a maioria das espécies tem que ser herbívora.

14. (UEM) O capim é uma das gramíneas que compõe a vegetação dos cerrados, presentes em grande parte do território brasileiro. A fauna variada que vive nessas regiões inclui onças que se alimentam do veado campeiro, um herbívoro, e emas, aves onívoras, mas que têm preferência por insetos e lagartixas. Essas aves não possuem inimigos naturais, por isso servem de alimento apenas para detritívoros e comedores de carniça, como o gavião preto. Nesse ambiente, também vivem insetos com diversos hábitos alimentares, além de cupins que se alimentam de folhas secas de capim e constituem fonte de proteínas para aves, como o sabiá, e para lagartixas (presas de cobras), especializadas em capturar insetos. Considerando conceitos ecológicos básicos e as informações presentes no enunciado, assinale o que for correto.

01. As relações tróficas entre os organismos mencionados permitem a elaboração de uma teia alimentar.

02. A energia absorvida e a matéria produzida pelo capim permanecem na mesma proporção em todos os organismos mencionados, podendo ser reciclada pelos decompositores.

04. O veado campeiro e os cupins podem ser classificados como consumidores primários.

08. As emas, por serem onívoras, não ocupam apenas um nível trófico, podendo ser consideradas como consumidores primários, secundários ou terciários.

16. As emas e as cobras são predadores de lagartixas, organismos heterótrofos como os gaviões comedores de carniça.

32. O enunciado da questão descreve uma organização de seres vivos caracterizada como uma sociedade.

64. Entre os organismos mencionados, há evidências de relações harmônicas, como o mutualismo, o amensalismo, a protocooperação e a competição interespecífica.

Soma das alternativas corretas:

15. (PUC-RS) Um jogo hipotético para computador ensina temas da ecologia na manutenção do equilíbrio dos ecos­sistemas. No nível inicial, a poluição e a redução de sol e chuva afetaram a disponibilidade de vegetais e, consequentemente, desencadearam morte de her­bívoros e de carnívoros. Na tentativa de contornar o dano ao ambiente, o jogador deve usar a ferramenta “Transferência de Energia em Teias Alimentares e Níveis Tróficos” e, com ela:

a) Retirar espécies exóticas introduzidas no ambien­te, evitando o excesso de competição.

b) Introduzir a ação de ambientalistas especializa­dos na conservação das espécies em risco.

c) Iniciar a campanha de esclarecimento sobre sustentabilidade e desenvolvimento sustentável.

d) Aumentar a biomassa de organismos heterótro­fos, mudando a estrutura da pirâmide alimentar.

e) Aproveitar a decomposição da matéria orgânica morta para favorecer as plantas com um solo fértil.

16. (OBJETIVO-SP) O gráfico a seguir mostra o percentual de aproveitamento do alimento ingerido por herbívoros e carnívoros em relação ao seu peso corporal.

16

A análise do gráfico nos permite afirmar que:

a) Os carnívoros apresentam uma eficiência muito maior na assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos quando comparados aos herbívoros, que perdem uma quantidade significativa do alimento obtido dos vegetais.

b) Os herbívoros apresentam uma eficiência muito maior na assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos em relação aos carnívoros, que perdem uma quantidade significativa do alimento obtido dos vegetais.

c) Tanto carnívoros quanto herbívoros apresentam uma grande assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos em relação ao seu peso corporal.

d) Tanto carnívoros quanto herbívoros apresentam uma reduzida assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos em relação ao seu peso corporal.

e) Os carnívoros ingerem até 50% do alimento disponível enquanto os herbívoros ingerem apenas 10% do alimento disponível. As quantidades de matéria orgânica assimilada são as mesmas para os carnívoros e os herbívoros.

17. (UNIP) Nos ambientes aquáticos, o ciclo de carbono pode ser resumido:

17

Assinale a alternativa que, corretamente, descreve a participação do plâncton.

a) O fitoplâncton participa das etapas A e B.

b) O zooplâncton participa das etapas A e B.

c) O fitoplâncton só participa da etapa A.

d) O zooplâncton só participa da etapa B.

e) O plâncton nunca participa das etapas A e B.

18. (UERJ)

TRAÍRAS SÃO PREDADORES NATURAIS DOS LAMBARIS.

Acompanhou-se, em uma pequena lagoa, a evolução da densidade populacional dessas duas espécies de peixes. Tais populações, inicialmente em equilíbrio, sofreram notáveis alterações após o início da pesca predatória da traíra, na mesma lagoa. Esse fato pode ser observado no gráfico abaixo, em que a curva I representa a variação da densidade populacional da traíra.

18

A curva que representa a variação da densidade populacional de lambaris é a de número:

a) 2.

b) 3.

c) 4.

d) 5.

e) 6.

19. (UFPEL)

“FÓSSIL DE ANIMAL PRÉ-HISTÓRICO É ENCONTRADO NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA POR EQUIPE DE PALEONTÓLOGOS ALEMÃES”.

Essa frase possivelmente apareceu nos maiores jornais do Estado, ao final dos anos vinte, com as primeiras descobertas paleontológicas de répteis no Estado. Ao analisarmos a quantidade de répteis fósseis no período Triássico do Rio Grande do Sul (180 milhões de anos), é possível notar que a maior parte deles é composta por dicinodontes e rincossauros, ambos herbívoros. São raríssimos os exemplares encontrados de tecodontes carnívoros. A partir dessas informações, você poderia concluir que, nesse ecossistema pré-histórico:

a) O número de presas era menor que o de predadores, fato comum até mesmo nas cadeias alimentares atuais.

b) O número de presas era maior que o de predadores, fato observado nas cadeias alimentares atuais.

c) Os dicinodontes e os rincossauros eram mais numerosos porque predavam os tecodontes.

d) Os tecodontes eram menos numerosos porque concorriam pelo mesmo alimento com os dicinodontes e os rincossauros.

e) Os rincossauros predavam os dicinodontes, concorrendo, assim, diretamente com os tecodontes, promovendo o declínio de sua população.

20. (PUC-SP) Sabe-se que a maioria dos tubarões são animais carnívoros e predadores. No entanto, há espécies de tubarões que se alimentam de plâncton, como por exemplo, o chamado “tubarão-baleia”. A principal vantagem destas espécies planctófagas sobre as outras é que para elas houve um:

a) Alongamento de a cadeia alimentar.

b) Encurtamento de a cadeia alimentar.

c) Maior desenvolvimento do aparelho mastigador.

d) Processo mais lento de evolução.

e) Menor desenvolvimento do aparelho branquial.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 16 de fevereiro de 2017

TESTES SOBRE SISTEMA CIRCULATÓRIO (III)

01. (COVEST) A circulação do sangue é um processo essencial na vida dos vertebrados, e o processo de evolução propiciou o aparecimento de características específicas para garantir essa função nos diversos grupos animais. Quanto a essas características, podemos afirmar que:

I   II

0  0 – Artérias e veias se diferenciam, entre outras coisas, porque artérias possuem uma espessa camada muscular, e as veias possuem válvulas que subdividem seu lúmen em pequenas câmaras.

1  1 – Nas aves, assim como nos mamíferos, o sangue é propelido por um coração de quatro câmaras.

2  2 – Ao longo da evolução, o coração, nas diversas classes de vertebrados, aumentou o número de câmeras atriais e ventriculares.

3  3 – O sistema circulatório pode ser do tipo aberto em vertebrados das classes menos evoluídas.

4  4 – No homem, a pressão arterial depende diretamente da frequência cardíaca e do volume de líquidos em circulação.

02. (UNESP) Três pacientes recorreram a um laboratório de análises clínicas para fazer um hemograma, exame que registra informações sobre os componentes celulares do sangue. O paciente 1, bastante pálido, apresentava cansaço constante; o paciente 2 era portador do vírus HIV e apresentava baixa imunidade; o paciente 3 trazia relatos de sangramentos por causa ainda a ser investigada. As fichas de registro, A, B e C, apresentam alguns resultados dos exames desses três pacientes.

02

É correto afirmar que as fichas A, B e C correspondem, respectivamente, aos pacientes:

a) 3, 1 e 2.

b) 1, 3 e 2.

c) 2, 3 e 1.

d) 1, 2 e 3.

e) 2, 1 e 3.

03. (MACK) A respeito do sangue, considere as seguintes afirmações:

I. As células desse tecido são produzidas a partir de células tronco adultas presentes na medula óssea.

II. Somente os glóbulos brancos são células sanguíneas nucleadas.

III. A quantidade insuficiente de glóbulos vermelhos é conhecida como anemia.

IV. A produção insuficiente de plaquetas tem como consequência a dificuldade de defesa.

São corretas as afirmativas.

a) I e III, apenas.

b) II, III e IV, apenas.

c) I, II, III e IV.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III, apenas.

04. (UPF) No sistema linfático humano, circula um líquido incolor, semelhante ao sangue, mas que não apresenta hemácias, plaquetas, nem monócitos, denominado linfa. Algumas das funções da linfa em nosso organismo são:

I. Reintegrar ao sangue as proteínas que eventualmente tenham saído dos capilares.

II. Devolver à circulação o excesso de líquido das células e tecidos, num processo contínuo.

III. Evitar a coagulação sanguínea.

IV. Defender o organismo por meio de linfócitos armazenados nos linfonodos.

V. Transportar nutrientes e hormônios para os tecidos ou órgãos do corpo.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I, II e IV.

b) II, III e IV.

c) II, IV e V.

d) I e V.

e) III e IV.

05. (IFSul) O coração humano funciona bombeando sangue em movimentos rítmicos de contração e relaxamento. O sangue faz todo seu trajeto por intermédio de vasos, e, dessa forma, é encaminhado para todo o organismo irrigando cada uma das células. Com relação a esses vasos que transportam o sangue, é correto afirmar que:

a) As artérias pulmonares transportam sangue arterial para os pulmões.

b) As veias transportam sangue venoso e as artérias transportam sangue arterial.

c) As veias cavas, superior e inferior, transportam sangue venoso para o coração.

d) As veias pulmonares transportam sangue venoso dos pulmões para o coração.

06. (UniEvangélica) Leia o texto a seguir.

O coração é um único tubo constituído por quatro câmaras consecutivas: um seio venoso, um átrio, um ventrículo, um cone arterioso ou arterial. O sangue venoso chega ao coração no seio venoso, passa para o átrio, daí para o ventrículo e é impulsionado para o órgão respiratório através do cone arterioso e artéria aorta. O sangue passa através do coração uma vez em cada circuito completo, em um arranjo denominado circulação simples.

UZUNIAN, Armênio; BIRNER, Ernesto. Biologia. Vol. único. 2. ed. São Paulo: Harbra, 2004. p. 464. (Adaptado)

O texto se refere ao coração de um(a):

a) Tartaruga.

b) Gavião.

c) Tubarão.

d) Rã.

07. (OLIMPÍADA BRASILEIRA DE BIOLOGIA)

Analise o texto e a figura abaixo e responda esta questão

O gráfico abaixo representa os percentuais de contribuição energética de três vias metabólicas:

– ATP-CP (fosfocreatina)

– Anaeróbico lático

– Aeróbico

07a

Reagentes e produtos dos processos listados acima são transportados através de nosso sistema cardiovascular. Indique a alternativa que contém os principais locais onde são transportados o ácido lático, CO2 e O2 em nosso sangue.

07b

08. (UNICAMP) A pressão parcial do gás O2 (pO2) e a do gás CO2 (pCO2) foram medidas em duas amostras (I e II) de sangue colhidas simultaneamente de um homem normal. A amostra I teve pO2 = 104 mm Hg e pCO2 = 40 mm Hg, enquanto a amostra II teve pO2 = 40 mm Hg e pCO2 = 45 mm Hg. Em relação ao caso em análise, é correto afirmar que:

a) A amostra I corresponde a sangue arterial, que pode ter sido obtido de artéria pulmonar, que cede O2 para as células corporais com baixa concentração desse gás.

b) A amostra II corresponde a sangue venoso, que pode ter sido obtido de veias pulmonares, que levam sangue do pulmão ao coração.

c) A amostra II pode ter sido obtida de uma artéria pulmonar, que leva sangue do coração ao pulmão, onde a pO2 do ar é menor que a do sangue que chega a esse órgão.

d) A amostra I pode ter sido obtida de veias pulmonares, que chegam ao coração trazendo sangue oxigenado, que será usado para irrigar o próprio coração e outros órgãos.

09. (FUVEST) Jogadores de futebol que vivem em altitudes próximas à do nível do mar sofrem adaptações, quando jogam em cidades de grande altitude. Algumas adaptações são imediatas; outras só ocorrem após permanência de, pelos menos, três semanas. Qual alternativa inclui as reações imediatas e as que podem ocorrer a longo prazo?

a) Imediatas: aumentam a frequência respiratória, a frequência cardíaca e a pressão arterial. A longo prazo: diminui o número de hemácias.

b) Imediatas: diminuem a frequência respiratória e a frequência cardíaca; aumenta a pressão arterial. A longo prazo: aumenta o número de hemácias.

c) Imediatas: aumentam a frequência respiratória e a frequência cardíaca; diminui a pressão arterial. A longo prazo: diminui o número de hemácias.

d) Imediatas: aumentam a frequência respiratória, a frequência cardíaca e a pressão arterial. A longo prazo: aumenta o número de hemácias.

e) Imediatas: aumentam a frequência respiratória e a frequência cardíaca; diminui a pressão arterial. A longo prazo: aumenta o número de hemácias.

10. (UEA) O gráfico representa as variações da pressão sanguínea em uma artéria do braço de um homem saudável, durante cinco segundos. A seta 1 indica a sístole e a 2, a diástole.

10

Utilizando as escalas representadas no gráfico, o valor aproximado da frequência cardíaca desse homem (batimentos/ minuto), no momento da medição, era de:

a) 72.

b) 90.

c) 84.

d) 96.

e) 78.

11. (CESPE)

11

A figura acima ilustra o sistema circulatório de um:

a) Nematodo.

b) Equinodermo.

c) Platelminto.

d) Artrópode.

e) Anelídeo.

12. (COVEST) As iguanas marinhas de Galápagos (Amblyrhynchus cristatus) estão sujeitas a variações de temperatura provocadas pelo seu hábito de se alimentar no mar e se aquecer nas rochas. Para entender sua adaptação, um pesquisador estudou como se comportam o consumo de oxigênio e a frequência cardíaca dessas iguanas em duas temperaturas. Analise o gráfico e avalie as proposições que o seguem.

12

I    II

0   0 – O gráfico mostra que, quando aumenta o consumo de O2, aumenta também a frequência cardíaca, o que é normal, pois, para que se aumente o uso de O2, deve haver mais fluxo de sangue distribuindo esse O2 nos sistemas.

1  1 – O gráfico está errado porque, como as iguanas são pecilotérmicas, seu corpo sempre está frio.

2  2 – O gráfico mostra a completa independência dos sistemas respiratório e cardíaco, o que é característico dos vertebrados.

3  3 – Assim como as aves, o coração dos répteis possui quatro câmaras bem definidas e separadas; dessa forma, o gráfico representa bem o que ocorre na natureza.

4  4 – Pelo gráfico, podemos deduzir que, em maiores temperaturas, existe um aumento no trabalho cardíaco. Isso é mais evidente em espécies pecilotérmicas porque sua temperatura varia com o ambiente.

13. (UniEvangélica) Leia o texto a seguir.

Tipo de circulação na qual o sangue flui exclusivamente dentro dos vasos. Não há contato direto entre o sangue e as células. O sangue passa pelo coração, de forma independente, pelo lado esquerdo e pelo lado direito.

CAMPBELL, Neil A. et al. .Biologia. 8. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010. p. 901.

Indique o tipo de circulação e a classe de vertebrados à qual pertence.

a) Fechada, dupla e completa, dos mamíferos.

b) Fechada e simples, que ocorre nos peixes.

c) Fechada, dupla e incompleta, dos anfíbios.

d) Fechada, dupla e incompleta, das aves.

14. (FATEC) Observe as figuras a seguir:

14

De acordo com as figuras, podemos afirmar que A, B e C podem representar o sistema cardiovascular, respectivamente de:

a) Um lambari, um gavião e um crocodilo.

b) Um pintado, uma perereca e uma lontra.

c) Uma salamandra, um jacaré e um pinguim.

d) Uma baleia, um sapo e uma arraia.

e) Um golfinho, uma salamandra e uma gaivota.

15. (UEA) Três indivíduos (1, 2 e 3) foram submetidos a um hemograma. Os resultados encontram-se nos gráficos a seguir, onde a linha pontilhada indica os valores de referência normais para a população humana.

15

Com base na análise dos gráficos, é correto afirmar que:

a) 1 se cansaria mais rapidamente em exercícios físicos, além de estar com a imunidade baixa.

b) 3 pode sofrer hemorragias, além de estar com alguma doença infecciosa.

c) 2 pode sofrer hemorragias com mais facilidade e, além disso, apresentar quadro infeccioso.

d) 1 e 3 têm menor propensão a desenvolver doenças infectocontagiosas.

e) 2 e 3 podem desenvolver processos espontâneos de coagulação sanguínea.

16. (UFF) Os betabloqueadores são empregados na terapêutica para o tratamento de hipertensão, arritmias cardíacas, enxaquecas e tremores musculares. Por outro lado, eles têm sido utilizados para dopagem de atletas de esportes como tiro ao alvo, o arco e flecha e o golfe, para melhorar o desempenho através da redução dos batimentos cardíacos, tremores e efeitos da ansiedade. Esta utilização tem sido motivo de preocupação nos grandes eventos esportivos como os Jogos Pan-americanos. Os betabloqueadores atuam sobre os receptores de:

a) Histamina e noradrenalina.

b) Serotonina e histamina.

c) Histamina e adrenalina.

d) Serotonina e adrenalina.

e) Adrenalina e noradrenalina.

17. (UFOP) Com relacao ao tecido sanguíneo, analise as afirmativas abaixo e assinale a incorreta:

a) Quando o funcionamento dos linfócitos é prejudicado, todo o sistema de defesa do organismo fica vulnerável, como acontece com os portadores do vírus da AIDS. Por isso os portadores do HIV são mais susceptíveis às infecções.

b) Antígenos são moléculas biológicas estranhas ao corpo do indivíduo e os anticorpos são células que agem contra os antígenos.

c) Macrófagos são células de defesa do corpo e atuam pela fagocitose, apresentando, portanto, grande numero de lisossomos.

d) A destruição dos eritrócitos humanos leva à formação de bilirrubina que, em altas concentrações no sangue, provoca coloração amarelada na pele.

18. No homem, o sangue venoso que chega ao coração é enviado aos pulmões através das:

a) Veias cavas que saem do átrio direito.

b) Veias pulmonares que saem do ventrículo direito.

c) Artérias pulmonares que saem do ventrículo esquerdo.

d) Veias pulmonares que saem do átrio direito.

e) Artérias pulmonares que saem do ventrículo direito.

19. Sabendo que a estrutura das veias e artérias está estreitamente relacionada à sua função, deve-se esperar que as paredes das artérias tenham, em relação às paredes das veias:

a) A mesma quantidade de tecidos muscular a elástico.

b) Menos tecido muscular e mais tecido elástico.

c) Mais tecido muscular e menos tecido elástico.

d) Mais tecidos muscular e elástico.

e) Menos tecidos muscular e elástico.

20. A comunicação entre o átrio direito e o ventrículo direito do coração humano é feita por um orifício atrioventricular dotado de uma válvula que permite a passagem do sangue do átrio para o ventrículo, mas impede o retorno do sangue para o átrio. O nome dessa válvula e o tipo de sangue que a atravessa são, respectivamente:

a) Mitral e venoso.

b) Mitral e arterial.

c) Tricúspide e venoso.

d) Tricúspide e arterial.

e) Bicúspide e venoso.

21. Circulação simples e completa é uma característica dos peixes. Simples, porque o sangue passa uma só vez no coração, e completa, porque o sangue venoso não se mistura com o arterial. Isso nos permite concluir que o coração do peixe possui:

a) Duas aurículas e dois ventrículos.

b) Uma única cavidade.

c) Uma aurícula e um ventrículo.

d) Duas aurículas e um ventrículo.

e) Uma aurícula e dois ventrículos.

22. A retirada de sangue para exame é geralmente precedida pela colocação de um torniquete entre o cotovelo e o ombro do paciente. O torniquete tem a função de pressionar I, interrompendo o fluxo de sangue que II. Desse modo, o sangue se acumula no interior III, que ficam intumescidas, facilitando o procedimento de punção. As frases acima estarão corretas se I, II e III forem substituídos, respectivamente, por:

22

23. (PUC-RIO) Na circulação dos mamíferos, o coração funciona como uma bomba que se contrai e se relaxa ritmicamente. O sangue bombeado percorre todo o corpo numa sequência constante. Assinale a afirmação correta entre as abaixo apresentadas.

a) O sangue venoso passa do átrio para o ventrículo direito e de lá é bombeado para a artéria pulmonar.

b) A artéria pulmonar se ramifica levando o sangue arterial para o pulmão, onde ocorre a hematose.

c) O sangue arterial volta ao coração pela aorta, entrando pelo átrio direito e recomeçando o trajeto.

d) É chamada pequena circulação a via que leva o sangue arterial aos tecidos e traz de volta o sangue venoso para o coração.

e) O sangue venoso é vermelho vivo devido à combinação da hemoglobina com o oxigênio, enquanto o sangue arterial é azul escuro.

24. A respeito do desenho abaixo, que representa o coração de um mamífero, é incorreto afirmar que:

24

a) 3 é a artéria pulmonar, que leva o sangue do coração para o pulmão.

b) 1 é a veia cava inferior, que traz o sangue do coração.

c) 2 é a artéria cava superior, que leva o sangue do coração para o corpo.

d) 4 é a artéria aorta, que leva o sangue do coração para o corpo.

e) 5 são as veias pulmonares, que trazem o sangue dos pulmões para o coração.

25. Baseado no desenho do coração abaixo representado e em seus conhecimentos assinale a opção incorreta.

25

a) As veias sempre chegam aos átrios.

b) Todas as artérias transportam sangue arterial.

c) Todo vaso sanguíneo que sai do coração é uma artéria.

d) Todo vaso sanguíneo que chega ao coração é uma veia.

e) As artérias sempre saem dos ventrículos.

26. (IFNMG) Pense na situação hipotética abaixo:

Um pesquisador marcou uma única hemácia do sangue de uma pessoa, quando de sua passagem por um capilar sanguíneo da mão, e seguiu o seu trajeto pelo corpo a partir dali.

Na situação, sendo possível, o pesquisador detectaria a passagem da hemácia marcada, sucessivamente, pelo interior de:

a) Artérias – coração – veias – pulmão – veias – coração – artérias – capilares.

b) Veias – artérias – coração – veias – pulmão – artérias – capilares.

c) Veias – pulmão – artérias – coração – veias – pulmão – artérias – capilares.

d) Veias – coração – artérias – pulmão – veias – coração – artérias – capilares.

27. (UEM-2012) Sobre os elementos figurados do sangue, assinale o que for correto.

01. As hemácias são formadas na medula óssea vermelha, a partir dos eritroblastos – células originadas pela diferenciação de células troncomieloides.

02. A histamina, liberada pelos basófilos, provoca aumento da permeabilidade dos capilares sanguíneos, ajudando nos processos inflamatórios.

04. As plaquetas apresentam a capacidade de atravessar a parede dos capilares para atingir uma região infectada do organismo.

08. Pessoas que moram em locais com baixa altitude e se deslocam para regiões com elevadas altitudes passarão pelo processo de diminuição da quantidade de hemácias.

16. Quando ocorre lesão de um vaso sanguíneo, em uma das etapas da coagulação, o fibrinogênio é convertido pela trombina em fibrina, que se adere à parede do vaso e retém os glóbulos sanguíneos.

Soma das alternativas corretas:

28. (UEA) No coração humano, o sangue que está no ventrículo direito tem 1 e seguirá para 2. Nesse local ocorrerá 3, tornando o sangue 4 . Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas numeradas do texto.

a) pouco CO2 – os pulmões – reabsorção – arterial.

b) pouco O2 – o corpo – filtração – venoso.

c) muito O2 – o corpo – filtração – venoso.

d) muito CO2 – os pulmões – hematose – arterial.

e) muito CO2 – o corpo – hematose – venoso.

29. (UFRR) O sistema cardiovascular é formado por uma complexa rede de tubos – vasos sanguíneos e linfáticos – pelos quais circulam sangue e linfa, sendo o responsável pela manutenção dos trilhões de células que constituem o nosso corpo. Em relação às muitas funções desempenhadas pelo sistema cardiovascular, é correto afirmar que entre elas estão:

a) Transporte de nutrientes e gás carbônico para as células, remoção de gás oxigênio e excreções resultantes do metabolismo celular e regulação da temperatura corporal.

b) Transporte de nutrientes e gás oxigênio para as células, remoção de gás carbônico e excreções resultantes do metabolismo celular e regulação da temperatura corporal.

c) Transporte de nutrientes para as células, remoção de excreções resultantes do metabolismo celular, produção de hormônios.

d) Transporte de gás carbônico para as células, remoção de excreções resultantes do metabolismo celular e regulação da temperatura corporal.

30. (UNESP) Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que crianças filhas de mães fumantes têm, ao nascer, peso médio inferior ao de crianças filhas de mães não fumantes. Sobre esse fato, um estudante fez as seguintes afirmações:

I. O cigarro provoca maior concentração de monóxido de carbono (CO) no sangue e provoca constrição dos vasos sanguíneos da fumante.

II. O CO se associa à hemoglobina formando a carboxiemoglobina, um composto quimicamente estável que favorece a ligação da hemoglobina ao oxigênio.

III. O oxigênio, ligado à hemoglobina, fica indisponível para as células e desse modo o sangue materno chega à placenta com taxas reduzidas de oxigênio.

IV. A constrição dos vasos sanguíneos maternos diminui o aporte de sangue à placenta, e desse modo reduz-se a quantidade de oxigênio e nutrientes que chegam ao feto.

V. Com menos oxigênio e menos nutrientes, o desenvolvimento do feto é mais lento, e a criança chegará ao final da gestação com peso abaixo do normal.

Sabendo-se que a afirmação I está correta, então podemos afirmar que:

a) a afirmação II também está correta, mas esta não tem por consequência o contido na afirmação III.

b) as afirmações II e III também estão corretas, e ambas têm por consequência o contido na afirmação V.

c) a afirmação III também está correta, mas esta não tem por consequência o contido na afirmação V.

d) a afirmação IV também está correta e tem por consequência o contido na afirmação V.

e) as afirmações II, III e IV estão corretas, e têm por consequência o contido na afirmação V.

gab

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 16 de fevereiro de 2017

TESTES DE ECOLOGIA (VIII)

01. (OBJETIVO-SP) X, Y e Z são diferentes espécies de bactérias aeróbicas heterotróficas. X e Z conseguem viver somente em presença de alta luminosidade, próximas à superfície do meio de cultura, e Y só vive em baixa luminosidade, imersa no meio de cultura. Um pesquisador realizou o seguinte experimento:

No recipiente I, implantou uma colônia de bactérias X na superfície e uma colônia de bactéria Y no interior do meio de cultura. No recipiente II, realizou o mesmo procedimento, desta vez com colônias de bactérias X e Z, ambas implantadas na superfície do meio de cultura. Todas as colônias possuíam número semelhante de indivíduos e suprimento alimentar distribuído homogeneamente nos recipientes.

Os resultados da multiplicação das colônias ao longo do tempo encontram-se expressos nos dois gráficos a seguir:

01

Usando exclusivamente as informações fornecidas, e o conceito de hábitat (ambiente onde a espécie vive) e de nicho ecológico (função da espécie nesse ambiente) responda a alternativa correta:

a) X e Y competem pelo alimento, porém, ambas são igualmente bem adaptadas na obtenção dele. A bactéria Z, por sua vez, não é capaz de competir com X e nem com Y, pois apresenta baixa capacidade adaptativa.

b) X e Y possuem o mesmo nicho ecológico e possuem hábitats diferentes, não ocorrendo competição por alimento. X e Z, por sua vez, possuem nichos muito distintos, mas mesmo hábitat, o que promove a competição e a eliminação do menos apto.

c) X e Y apresentam uma relação mutualística, em que cada uma se beneficia da convivência com a outra e, por isso, ambas se desenvolvem. X e Z apresentam comportamento de predação de Z por X, o que leva à eliminação da colônia.

d) X e Y ocupam nichos ecológicos muito distintos e, embora o alimento seja o mesmo, há baixa competição por ele. X e Z, em contrapartida, ocupam nichos semelhantes, havendo competição e eliminação de Z, que demonstra ser menos apta que X para obter alimento.

e) X e Y apresentam uma relação de comensalismo, em que Y se beneficia dos restos de alimentos deixados por X. Por sua vez, Z é predada por X até a completa eliminação da colônia.

02. (UEM) Herbivoria é uma relação que ocorre entre animais e as plantas das quais eles se alimentam. No entanto um animal que come uma semente ou uma planta inteira comporta-se como um predador, pois destrói um indivíduo (embrião, no caso da semente), e um animal que come apenas parte de uma planta comporta-se como um parasita. Nesse contexto, baseando-se nos conceitos básicos de ecologia, assinale a alternativa incorreta.

a) Herbivoria pode ser considerada uma relação desarmônica interespecífica.

b) Predatismo e parasitismo constituem relações desarmônicas interespecíficas.

c) Nos ecossistemas, os animais e as plantas ocupam o mesmo hábitat e possuem o mesmo nicho ecológico.

d) Herbivoria constitui uma interação entre um organismo produtor e um organismo consumidor.

e) Na cadeia alimentar, parasitas e predadores de vegetais são consumidores primários.

03. (UFG) LEIA O TEXTO A SEGUIR:

Achantina fulica é conhecida como caramujo gigante africano e está inserida na lista da União para a Conservação da Natureza como uma das cem piores espécies do planeta devido ao alto poder invasor. Esse molusco foi introduzido no Brasil há cerca de vinte anos como opção para criação de escargot. Atualmente, está presente em 15 estados, nos quais já causou danos para o ambiente e para a agricultura. Esses fatos estão estimulando a discussão pelo Ministério da Agricultura de como controlar e erradicar a A. fulica“.

IBAMA. “Ofício n. 006/03”, 17 de jan. de 2003. [Adaptado].

De acordo com o texto, atualmente, a curva de crescimento populacional de Achantina fulica é:

03

04. (UPE) A agricultura orgânica prioriza a saúde do meio ambiente, preservando a biodiversidade e excluindo o emprego de substâncias químicas, que, no solo, agridem os ecossistemas. Os elementos da natureza valorizados pela agricultura orgânica são:

I. Inimigos naturais, ou seja, os organismos que mantêm, em equilíbrio, os níveis de população de insetos, considerados praga.

II. Oligoquetas detritívoros que vivem no solo e contribuem para a produção de húmus.

III. Fungos associados às raízes de plantas, que mantêm relações ecológicas mutualistas.

IV. Plantas de uma mesma espécie, a chamada “monocultura”, facilitando a colheita e gerando maior lucro.

Estão corretos os itens:

a) I, II e III, apenas.

b) I, III e IV, apenas.

c) II, III e IV, apenas.

d) I e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

05. (COVEST) Analise a figura abaixo, relativa ao tema crescimento das populações biológicas, correlacionando-a com as proposições dadas.

04

I   II

0  0 – A curva A ilustra o crescimento de uma população biológica avaliado em ambiente que impõe restrições ao desenvolvimento da mesma.

1   1 – A curva mostrada em B, ilustra o potencial biótico de uma população biológica.

2   2 – C indica o tamanho populacional que o ambiente suporta.

3   3 – A curva B ilustra o crescimento real de uma população biológica, considerando a resistência ambiental.

4  4 – A curva A ilustra o potencial biótico de uma  população.

06. (PUCCAMP-SP) O gráfico abaixo apresenta duas curvas teóricas de crescimento de uma população:

– Curva I que representa o crescimento potencial da população caso não haja resistência ambiental;

– Curva II que representa o crescimento real da população limitado pela resistência ambiental.

06

Uma diminuição na taxa de crescimento ocorre a partir do segmento:

a) a.

b) b.

c) c.

d) d.

e) e.

07. (UNIRIO) Durante o verão podem ser encontrados sobre as folhas de certa planta um tipo de gafanhoto verde ou “esperança” e um determinado tipo de “louva-a-deus”, também verde. O primeiro desses insetos se alimenta de folhas de planta e enterra seus ovos no solo, enquanto que o segundo é predador, alimenta-se de insetos, e usa o caule da mesma planta para fixar seus ovos. Esses insetos apresentam:

a) O mesmo habitat e mesmo nicho ecológico.

b) Mesmo habitat e função de decompositores.

c) Diferentes habitats e biocenoses iguais.

d) Diferentes habitats e mesmo nicho ecológico.

e) O mesmo habitat e diferentes nichos ecológicos.

08. (UFMA) Considere que A e B sejam duas comunidades. A zona de transição designada por 1 é:

08

a) O microcosmo.

b) O biociclo.

c) O ecótono.

d) A biogenética.

e) O biócoro.

09. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0  0 – O monóxido de carbono, gás inodoro e incolor, é um perigoso poluente encontrado na atmosfera, sobretudo nas zonas urbanas.

1  1 – A incorporação do nitrogênio atmosférico e seu retorno à atmosfera podem ser efetivados por procariotos.

2  2 – Nos estágios iniciais de uma sucessão, podemos observar que a atividade autotrófica é maior que a heterotrófica, assim, a produção bruta (P), é menor que respiração (R) e a relação P e R é maior do que 1.

As duas últimas alternativas devem ser respondidas com base nas situações a seguir.

Situação I – Cupins alimentam‑se de madeira, mas são incapazes de digerir a celulose, atividade que é exercida por protozoários que vivem no seu intestino e que também se alimentam de madeira.

Situação II – Por meio do canto, machos de algumas espécies de pássaros delimitam seu território, defendendo‑o de outros machos e assegurando seu direito de reprodução com as fêmeas da sua espécie, habitantes do território delimitado.

3  3 – A situação I descreve uma relação harmônica de comensalismo.

4  4 – A competição intraespecífica, exemplificada na situação II, pode representar a perpetuação, com maior eficiência, do patrimônio genético de um indivíduo.

10. (COVEST) Os seres vivos não são entidades isoladas. Eles interagem em seu ambiente com outros seres vivos e com componentes físicos e químicos. São afetados pelas condições desse ambiente. Com relação ao ecossistema marinho, assinale a alternativa correta.

a) O Zooplâncton e o Fitoplâncton representam os organismos produtores (autotróficos) nas cadeias alimentares marinhas.

b) Os consumidores secundários e terciários, nos mares, são representados principalmente por peixes.

c) No ambiente marinho, não existem decompositores.

d) As diatomáceas são os principais representantes do Zooplâncton.

e) Todos os seres do Zooplâncton marinho são macroscópicos.

11. (UFRS) Uma comunidade vegetal em estágio jovem atua com mais eficiência do que uma comunidade clímax na “fixação do carbono”, porque apresenta:

a) Uma baixa produtividade primária bruta.

b) A relação produtividade bruta/respiração próxima à unidade.

c) Grande biomassa vegetal e diversidade em espécies.

d) Uma alta produtividade primária líquida.

e) Teias alimentares complexas.

12. (PUC-RIO) Considere as afirmativas a seguir.

I. Devido à eutrofização das lagunas costeiras, numerosas espécies têm desaparecido em consequência do aumento da produção de algas adaptadas à poluição.

II. As restingas se desenvolvem sobre solos argilosos e de alta fertilidade e constituem o ecossistema mais preservado de todos os demais.

III. O manguezal é um ecossistema que apresenta espécies adaptadas às baixas concentrações de oxigênio no solo.

IV. Dos ecossistemas do Rio de Janeiro, o de maior extensão é a mata atlântica e o de menor extensão são os campos de altitude.

Das afirmativas anteriores, admitem-se como verdadeiras as indicadas na opção:

a) As afirmativas I e III.

b) As afirmativas I, III e IV.

c) As afirmativas I, II e IV.

d) As afirmativas II e III.

e) As afirmativas II e III e IV.

13. (UFTM) No início da década de 1960, foi dado o alerta: a bióloga norte-americana Rachel Carson publicou o livro “Silent Spring” (Primavera Silenciosa), no qual faz a descrição dramática das “primaveras sem cantos de pássaros”, devido ao uso indiscriminado de pesticidas clorados na agricultura. Até então, os pesticidas eram considerados os salvadores da humanidade, pois poderiam solucionar o problema da fome humana. Apesar da legislação restritiva, ainda hoje os pesticidas clorados são usados na agricultura e pecuária. A razão da expressão “primaveras sem cantos de pássaros” decorre do fato de que:

a) Parte da produção de grãos é consumida pelos pássaros. Não fosse a utilização desses pesticidas, que controla a população de pássaros, a produção de grãos seria insuficiente para alimentar a população humana.

b) As ervas daninhas e os insetos, tidos como pragas agrícolas, estão na base alimentar de inúmeras espécies de pássaros. A eliminação dessas pragas nas lavouras levaria à extinção das diferentes espécies de pássaros.

c) Os pesticidas clorados permanecem nos ecossistemas, provocando a contaminação do solo e a degradação da cobertura vegetal que abriga inúmeras espécies silvestres, dentre elas os pássaros que migram.

d) Os pesticidas clorados são muito estáveis e, por isso, são transferidos, via cadeia alimentar, para os insetos e, destes, para os pássaros. O acúmulo desses pesticidas no organismo dos pássaros leva o animal à morte.

e) Os pesticidas clorados são imediatamente degradados pelos insetos e outros seres que os ingerem, porém produzem uma toxina que afeta ao funcionamento do fígado da ave, matando-a.

14. (OBJETIVO-SP) Alguns conceitos ecológicos são os de população, comunidade e ecossistema. Assim, população é o conjunto de indivíduos de uma mesma espécie. Comunidade ou biocenose são populações de espécies diferentes que interagem em um mesmo ambiente. As interações entre as biocenoses e o meio ambiente físico e químico constituem o ecossistema.

Observe o esquema a seguir:

14

As letras A, B e C indicam alguns conceitos muito utilizados em Ecologia. Pode-se afirmar que correspondem, respectivamente:

a) À comunidade, à população e ao ecossistema.

b) À comunidade, à população e à biosfera.

c) À população, à biosfera e à comunidade.

d) À população, à comunidade e ao ecossistema.

e) À população, ao ecossistema e à biosfera.

15. (C0C) A água da Terra – que constitui a hidrosfera – distribui-se por três reservatórios principais, os oceanos, os continentes e a atmosfera, entre os quais existe uma circulação contínua – ciclo da água ou ciclo hidrológico. Esse ciclo é responsável pela renovação da água no planeta. O movimento da água no ciclo hidrológico é mantido pela energia solar e pela gravidade. Na atmosfera, o vapor de água que forma as nuvens pode transformar-se em chuva, neve ou granizo dependendo das condições climáticas. Essa transformação provoca o fenômeno atmosférico ao qual se chama precipitação.

A figura a abaixo representa a proporção entre os volumes de água contidos nos oceanos, nos continentes e na atmosfera. As setas indicam a troca de água entre eles.

15

De acordo com o ciclo mostrado na figura e a importância da água na natureza, pode-se dizer que:

a) O volume total da água na Terra varia ao longo do tempo, pois a evaporação é maior do que a precipitação.

b) Muitas doenças dos países pobres estão relacionadas à água não tratada, à ausência de informação básica e às condições precárias de saneamento.

c) Do total de água que evapora para a atmosfera, 80% têm origem nos oceanos, enquanto apenas 20% são oriundos dos continentes.

d) Ocorre constante troca de água entre a superfície da Terra e a atmosfera, sem mudança de estado físico dessa substância.

e) A água é formadora do líquido intersticial que banha os tecidos e é componente do sangue dos animais e da seiva dos vegetais, mas tem pouca importância no controle térmico.

16. (COVEST) Com o aumento da interferência humana nos ecossistemas, é imperioso que se faça uma reflexão sobre a estrutura e o funcionamento dos ecossistemas, considerando sempre que os seres vivos relacionam-se entre si e também com fatores abióticos, o que há de ser respeitado para que o equilíbrio ecológico seja mantido. Neste contexto, é correto afirmar que:

I   II

0  0 – As condições climáticas e de solo determinam a similaridade da vegetação observada em um bioma terrestre; são exemplos de biomas terrestres: os campos e as florestas pluviais tropicais.

1  1 – Há ecossistemas de diferentes tamanhos, desde uma pequena lagoa a um oceano. Mas, em todos os ecossistemas, cada espécie ocupa um lugar específico, o seu nicho ecológico.

2  2 – O habitat de uma espécie inclui relações alimentares, obtenção de abrigo e locais de reprodução; o conjunto de atividades da espécie quando em interação com a natureza.

3  3 – Nos ecossistemas, a energia não é reciclada; ela tem fluxo unidirecional, não havendo, pois, reaproveitamento da energia liberada na transferência de energia entre os seres vivos.

4  4 – Tomando como exemplo as savanas africanas, pode-se afirmar que as zebras, os leões e os abutres lá encontrados ocupam um mesmo hábitat, mas têm diferentes nichos ecológicos.

17. (UEPB) Pesquisadores do Departamento de Biologia da UEPB realizaram um estudo da macrofauna do açude do Bodocongó, localizado na cidade de Campina Grande-PB, coletando os seguintes organismos: 5 gastrópodes (caramujos), 8 caraciformes (peixes), 10 dípteros (insetos), 2 chelonios (cágados), 2 ciconiformes (garças), anuros (3 sapos e 5 rãs). Esse pequeno açude contém:

a) Sete comunidades e uma população.

b) Duas comunidades e sete populações.

c) Uma comunidade e sete populações.

d) Cinco comunidades e três populações.

e) Uma comunidade e uma população.

18. (C0C)

18

O WWF-Brasil é uma organização não governamental brasileira dedicada à conservação da natureza, com o objetivo de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. Criada em 1996 e sediada em Brasília, a instituição desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, uma das maiores redes independentes de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários. O WWF-Brasil elaborou e disponibilizou em seu site (http://www.wwf.org.br) explicações didáticas sobre alguns dos principais temas que estão na pauta cotidiana das discussões sobre conservação da natureza no Brasil e no mundo.

Assinale a única explicação que certamente não está publicada no site, por estar incorreta.

a) O termo biodiversidade – ou diversidade biológica – descreve a riqueza e a variedade do mundo natural. As plantas, os animais e os microrganismos fornecem alimentos, remédios e boa parte da matéria-prima industrial consumida pelo ser humano.

b) A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender às necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.

c) O animal doméstico já está acostumado a viver perto das pessoas, como gatos, cachorros, galinhas e porcos, entre outros. Já o animal silvestre foi tirado da natureza e reage à presença do ser humano. Por essa razão, tem dificuldades para crescer e se reproduzir em cativeiro.

d) Em volta da Terra há uma camada de gás ozônio (O3), que protege os seres vivos dos raios infravermelhos emitidos pelo Sol. Na estratosfera, o ozônio contribui para agravar a poluição do ar das cidades, mas, na baixa atmosfera, é um filtro a favor da vida.

e) O aquecimento global é resultado do lançamento excessivo de gases de efeito estufa, sobretudo o dióxido de carbono (CO2), na atmosfera. Esses gases formam uma espécie de cobertor cada dia mais espesso que torna o planeta cada vez mais quente e não permite a saída de radiação solar.

19. (UEM) Considere que a constituição da atmosfera atual da Terra seja CO2 (0,03%), N2 (79%) e O2 (21%) e assinale o que for correto.

01. A transformação do NO3 para N2, o qual retorna para a atmosfera, é realizada por bactérias nitrificantes.

02. O efeito estufa, fenômeno presente na atmosfera terrestre apenas a partir do século XIX, resulta da presença excessiva de gases atmosféricos como o CO2.

04. A manutenção da quantidade dos gases que compõem a atmosfera da Terra independe da atuação dos seres vivos.

08. A atmosfera primitiva da Terra era constituída pelos mesmos gases citados no enunciado. Porém a quantidade de O2 era maior que a do CO2.

16. O oxigênio participa da formação da camada de ozônio da atmosfera, exercendo importante papel na filtração da energia ultravioleta longa.

Soma das alternativas corretas:

20. (COVEST) O crescimento de uma população é ilustrado no gráfico abaixo. Em relação a este assunto, analise as proposições seguintes.

20

I  II

0  0 – O crescimento da população em A é menor do que em B; no segmento A, o número inicial de organismos capazes de se reproduzir é pequeno.

1 1 – O segmento B mostra que a população adquire maior velocidade de crescimento; fala-se em crescimento exponencial.

2 2 – No segmento C, a população se aproxima dos limites impostos pelo ambiente.

3 3 – No segmento D da curva, evidencia-se que ocorrem pequenas oscilações em torno da situação de equilíbrio.

4 4 – Em E, seta indicativa, ilustra-se o crescimento esperado, caso não existisse resistência

ambiental.

21. (UnB) Assinale a opção correta a luz dos conceitos de cadeias alimentares e níveis tróficos.

a) Os urubus são classificados como decompositores por se alimentarem de animais mortos.

b) Na interação entre leão e pulga, esta é considerada um consumidor primário.

c) Por sua posição na cadeia alimentar e importância na alimentação humana, o touro é considerado um produtor.

d) Uma espécie que atue em determinado nível trófico de uma cadeia alimentar pode atuar também em outro nível trófico de outra cadeia alimentar.

22. (OBJETIVO-SP) Em uma lagoa de água doce, são encontrados organismos como microcrustáceos (I), que se alimentam de fitoplâncton (II) e são animais predados por insetos aquáticos (III) e também por peixes pequenos (IV). Os insetos, por sua vez, servem de alimento para peixes maiores (V). Pela atividade de certas bactérias (VI) presentes no lago, substâncias orgânicas são degradadas e seus produtos, liberados no ambiente, podem ser reutilizados por todos os organismos.

Na tabela abaixo, que letra apresenta correspondência correta com a descrição?

22

23. (UEL) Considere as seguintes reações químicas:

23

“Essas reações fazem parte do metabolismo de seres …I… que atuam no ciclo do …II… .”

Para completar essa frase corretamente, I e II devem ser substituídos, respectivamente, por:

a) Quimiossintetizantes – nitrogênio.

b) Autótrofos – gás carbônico.

c) Heterótrofos – gás carbônico.

d) Aeróbios – gás carbônico.

e) Desnitrificantes – nitrogênio.

24. (OBJETIVO-SP) Foram identificadas espécies vegetais que conseguem retirar gás carbônico do ar em quantidades maiores que outras plantas. Essas espécies estão sendo estudadas para que, se confirmados os dados observados, sejam usadas em reflorestamentos. Assinale a alternativa correta sobre o tema.

a) Tais vegetais apenas poderão ser plantados em regiões onde já existem taxas elevadas de CO2, caso contrário, podem acelerar o processo de eutroficação dos lagos.

b) Essas árvores devem produzir pequena quantidade de biomassa, o que favorece a vida nos ecossistemas.

c) Quanto menor o índice de CO2, menor a incidência de raios X atmosféricos, o que permite uma vida mais saudável.

d) Havendo maior consumo de gás carbônico, acelera-se o consumo de O2 e, consequentemente, decai a taxa de fotossíntese.

e) As plantas, conseguindo retirar o gás carbônico em maior quantidade, podem ser armas eficazes contra o efeito estufa.

25. (UEM) Assinale o que for correto.

01. A homeostase é um ajustamento adaptativo que consiste em manter constante determinada função orgânica, pela utilização de mecanismos que compensam a variação ambiental.

02. A relação ecológica conhecida como protocooperação estabelece a associação em que uma das espécies se beneficia, usando restos alimentares da outra que não é prejudicada.

04. Os estudos de Gause, tendo o alimento como fator limitante do crescimento de populações biológicas, permitiram concluir que cada tipo de ambiente pode suportar uma quantidade máxima de indivíduos. Na natureza, além do aspecto alimentar, existem diversos outros fatores que limitam o crescimento populacional. Surge daí o conceito de carga biótica máxima do meio, que é o tamanho máximo de determinada população que um meio pode suportar.

08. Uma comunidade, após determinado tempo de evolução, atinge um estado de relativa estabilidade, compatível com as condições da região. Essa comunidade estável é a comunidade clímax, que constitui o estágio final da sucessão ecológica.

16. Os biomas terrestres têm suas características mais marcantes relacionadas ao tipo de fauna que apresentam, ou seja, sua composição faunística. Por isso, são também conhecidos como formações zoogeográficas.

32. O desenvolvimento sustentado estabelece que o crescimento econômico deve ser regido por políticas capazes de manter os recursos naturais sem destruir o ambiente, encontrando alternativas energéticas e novas tecnologias para a produção de recursos e para o reaproveitamento de resíduos.

64. As regiões do ambiente marinho são divididas de acordo com a profundidade e penetração de luz. A zona fótica é a mais superficial. Abaixo dessa, está a zona afótica, que é subdividida. Apesar disso, em todas as regiões há vida, na mesma riqueza e abundância.

Soma das alternativas corretas:

26. (UCB) Os seres vivos realizam trocas constantes de substâncias com o meio ambiente, estando aqueles dependentes dos recursos naturais. Assim, a ecologia passou a ter grande importância nos dias atuais. Acerca desse tema, julgue os itens a seguir.

I  II

0  0 – O ecossistema é formado por biocenose e biótipo.

1 1 – O nível ótimo de um fator abiótico necessário para a atividade vital de um organismo é o mesmo para todas as espécies.

2 2 – Um ambiente com espécies de hábitos alimentares semelhantes entre si apresenta sobreposição de nichos ecológicos.

3 3 – A escassez de consumidores primários em uma cadeia alimentar gera um aumento de consumidores secundários e uma diminuição de indivíduos produtores.

4  4 – Em uma pirâmide energética, ganha-se energia em cada um dos níveis tróficos.

27. (IFMT) O ecossistema do Pantanal é muito diversificado, abrigando uma grande quantidade de animais que vivem em perfeito equilíbrio ecológico. Podemos encontrar, principalmente, as seguintes espécies: jacarés, capivaras, dourado, pintado, curimbatá, pacu, ariranhas, onça-pintada, macaco-prego, veado-campeiro, lobo-guará, cervo-do-pantanal, tatu, bicho-preguiça, tamanduá, lagartos, cágados, jabutis, jiboia, sucuri, tucanos, jaburus, garças, papagaios, araras, emas e gaviões. Além desses animais citados, que são os mais conhecidos, vivem no Pantanal muitas outras espécies de animais.

Sobre esses animais descritos acima, marque a alternativa correta.

a) 10 deles são mamíferos, 6 são répteis, 4 são peixes e 7 são aves.

b) Todos apresentam o mesmo habitat e o mesmo nicho ecológico.

c) 6 deles são peixes, 14 são mamíferos e 7 são aves.

d) Eles são encontrados apenas no Pantanal.

e) Todos os animais, relacionados no texto, possuem coração, com quatro cavidades.

28. (UNIPAR) Quando encontramos uma população ecológica em declínio, podemos afirmar corretamente que:

a) Ou a taxa de mortalidade ou a de emigração, ou ambas, devem estar suplantando a soma das taxas de natalidade e de imigração.

b) Ou a taxa de natalidade ou a de imigração deve estar suplantando a soma das taxas de mortalidade e de emigração.

c) A soma das taxas de natalidade e imigração deve estar suplantando a soma das taxas de mortalidade e de emigração.

d) O declínio é resultado de uma emigração menor.

29. (UNEASPAR) ”A natureza, em contraste, move-se devagar não exige nada, e talvez para muita gente não impressione tanto assim. Mas se você nunca se coloca no meio da natureza, para perceber que a sua essência é a nossa essência, você fica inclinado a tratá-la como algo trivial. Fica disposto a abusar dela e destruí-la pelo descuido, sem perceber sequer que esse modo de agir está errado.”

“A natureza se torna um papel de parede, um pano de fundo da experiência, sem revelar seu significado mais profundo. No entanto, tudo o que fazemos para a natureza, fazemos para nós mesmos. Precisamos agir de maneira afirmativa para deter a destruição.”

Gore, Albert. Uma verdade inconveniente. Manole, 2006; p.161.

Assinale a alternativa correta, baseado no estudo da ecologia.

a) Independente do tipo de agressão, os ecossistemas sempre se recuperam, mantendo sua composição original.

b) A introdução de espécies exóticas em diferentes ecossistemas pode ser considerada uma alteração biótica e comprometer a população de espécies locais.

c) Todas as extinções que ocorreram no nosso planeta, foram decorrentes da atividade humana.

d) O único tipo de poluição que preocupa os cientistas nos dias atuais é a poluição atmosférica.

30. (UEM) Com relação aos conceitos ecológicos e suas aplicações, assinale o que for correto.

01. A mosca do berne, parasita de tecidos subcutâneos de mamíferos, utiliza-se de outras moscas para transportar seus ovos até seus hospedeiros, em uma interação conhecida como forésia.

02. A nocividade das radiações ultravioletas não está ligada a doenças como o câncer de pele nem a algumas alterações genéticas, visto que induzem apenas mutações desejáveis.

04. Estudos sobre a produção e a circulação do oxigênio indicam que, em comparação com a quantidade de oxigênio produzido nos oceanos, em especial pelas algas unicelulares, a vegetação terrestre libera apenas cerca de 10%. Então o verdadeiro “pulmão do mundo” está no mar.

08. A penicilina é o mais antigo antibiótico que se conhece. Sua eficácia baseia-se em uma relação de antibiose entre o fungo Penicillium notatum e certas bactérias que provocam infecções.

16. A despeito do alto potencial biótico dos insetos, na natureza, suas populações não aumentam indefinidamente, graças ao conjunto de fatores denominado resistência ambiental. O surgimento de insetos chamados pragas agrícolas dá-se em função da alteração de tais fatores.

32. O mercúrio é um dos metais pesados causadores de poluição. No homem, a intoxicação pelo vapor de mercúrio, utilizado para separar o ouro das impurezas, afeta especialmente o sistema nervoso, provocando também sintomas como gengivas ulceradas, insônia, secura de boca, perturbações digestórias.

64. Os resíduos de agrotóxicos nos alimentos são uma fonte de contaminação que atinge praticamente toda a população humana. Como tal contaminação não provoca qualquer distúrbio fisiológico ou doença, não é avaliada pelo sistema de saúde.

Soma das alternativas corretas:

gab

 

Publicado por: Djalma Santos | 10 de fevereiro de 2017

TESTES DE POLUIÇÃO (VII)

01. (UFRS) Considere os itens a seguir, que apresentam eventos relacionados com o processo de eutrofização das águas doces.

1. Grande crescimento do fitoplâncton.

2. Suprimento excessivo de nutrientes na água.

3. Turvação da água, que reduz a penetração de luz.

4. Elevação das taxas de decomposição bacteriana.

5. Acúmulo de matéria orgânica, devido à mortandade de peixes.

6. Diminuição da concentração de oxigênio na coluna de água.

A alternativa que apresenta os eventos na sequência temporal correta é.

a) 6 – 5 – 4 – 3 – 2 – 1.

b) 1 – 2 – 3 – 4 – 5 – 6.

c) 4 – 5 – 6 – 1 – 2 – 3.

d) 2 – 1 – 3 – 4 – 6 – 5.

e) 3 – 2 – 1 – 6 – 5 – 4.

02. (OBJETIVO-SP) Inúmeras substâncias químicas, que antes eram utilizadas livremente, têm hoje uso controlado ou até proibido em virtude dos problemas ambientais provocados, como no caso de herbicidas. No gráfico, são apresentadas as taxas de degradação microbiana de dois herbicidas, o 2,4-D e o 2,4,5-T.

02

Considerando os dados do gráfico, recomenda-se que:

I. Os dois herbicidas podem ser utilizados, livremente, pois ambos são biodegradáveis.

II. O 2,4-D deve ser de uso restrito, pois se acumula nos produtores das cadeias alimentares.

III. O 2,4,5-T deve ser proibido, pois acumula-se nos predadores finais das cadeias alimentares.

IV. O 2,4,5-T pode ser utilizado livremente, pois não sofre ação de decompositores.

São adequadas as recomendações contidas, apenas, em:

a) I.

b) III.

c) II e III.

d) III e IV.

e) I, III e IV.

03. (UFF) O trecho de certo rio da Amazônia, próximo a um garimpo de ouro, está contaminado por mercúrio. Nesse local, foram coletadas amostras de água, de peixe carnívoro, de peixe herbívoro e de mamífero aquático que se alimenta exclusivamente de peixes. O resultado da análise da concentração de mercúrio nessas amostras está representado no gráfico a seguir:

03

Conclui-se que as amostras X, Y, Z e W correspondem, respectivamente, a:

a) Peixe herbívoro, mamífero aquático, peixe carnívoro e água.

b) Água, peixe carnívoro, mamífero aquático e peixe herbívoro.

c) Mamífero aquático, peixe carnívoro, água e peixe herbívoro.

d) Peixe carnívoro, água, peixe herbívoro e mamífero aquático.

e) Mamífero aquático, peixe herbívoro, água e peixe carnívoro.

04. (OBJETIVO-SP) LEIA ATENTAMENTE O TEXTO SEGUINTE.

O EFEITO ESTUFA

O efeito estufa consiste na retenção de calor junto à superfície da Terra, em virtude da opacidade dos gases de estufa que se concentram na baixa atmosfera e regulam o seu equilíbrio térmico. Esse efeito possibilita a manutenção de uma temperatura média global perto da superfície do planeta da ordem de 15°C, que seria de – 18°C na sua ausência, inviabilizando a vida como a conhecemos atualmente. Assim, aquilo que a mídia vulgarmente se refere como efeito estufa associado à atividade humana é, na verdade, a potenciação de um fenômeno da história geológica do planeta e crucial para a biosfera. Os principais gases de estufa (referidos no Protocolo de Kioto) representam menos de 1% da composição da atmosfera: vapor de água, dióxido de carbono, óxido nitroso, metano, clorofluorocarbonetos, hidrofluorocarbonetos, perfluorocarbonetos e, ainda, hexafluoreto de enxofre, sendo estes quatro últimos de origem sintética. No milênio anterior à Era Industrial, a concentração atmosférica dos gases de estufa naturais permaneceu relativamente constante. Porém, a sociedade industrializada depende da utilização do carvão e dos hidrocarbonetos naturais (gás natural, petróleo) como fontes primárias de energia, e o aumento exponencial das necessidades energéticas, aliado à desflorestação, trouxe como consequência o aumento da concentração de CO2 na atmosfera. O aumento da concentração, na atmosfera, dos gases com efeito de estufa deve provocar um aumento da temperatura média e, consequentemente, perturbar o clima global. Até há 10 anos, a comunidade científica debatia se era possível estabelecer relações seguras de causa-efeito entre a tendência de aquecimento observada e o aumento da concentração de gases de estufa. Hoje, existe consenso sobre esta matéria e a quase totalidade dos cientistas aponta a atividade humana como responsável primordial. Durante o século XX, a temperatura média superficial aumentou de (0,6 ± 0,2)°C, provavelmente a maior variação positiva ocorrida nos últimos 1000 anos. A verificar-se um dos cenários de aquecimento mais dramáticos, podemos afirmar que nunca o nosso planeta experimentou uma elevação térmica tão intensa num intervalo de tempo tão curto, pelo que não existe registro geológico das respostas ambientais a este tipo de solicitação – estamos, portanto, a realizar uma experiência de dimensão planetária.

“E se a estufa em que vivemos for inundada? A subida do nível médio do mar: algumas causas e consequências”, César Andrade e Conceição Freitas, Cadernos Didáticos de Ciência, vol. 2, Ministério da Educação de Portugal, 2001 (adaptado).

Baseado no texto e nos seus conhecimentos sobre o efeito estufa, responda à esta questão.

A respeito do efeito estufa, assinale a proposição correta.

a) Provoca um decréscimo de 18°C na temperatura média da superfície terrestre.

b) Compromete a existência da vida na Terra.

c) Tem como consequência o fato de a temperatura, em toda a superfície terrestre, ser de 15°

d) É consequência da presença de certos gases na atmosfera que bloqueiam a passagem das radiações infravermelhas.

e) Não tem nenhuma influência no clima ao longo da superfície terrestre.

05. (MACK) No esquema abaixo, estão representados um meio aquático e seres vivos que constituem uma cadeia alimentar.

05

Feita a análise da concentração de DDT na água e em cada nível trófico, foram encontrados os valores: 25 ppm; 2 ppm; 0,5 ppm; 0,04 ppm e 0,000003 ppm (ppm – partes por milhão). Esses valores correspondem, respectivamente, a:

a) Água, plâncton, peixes pequenos, peixes maiores e aves pescadoras.

b) Aves pescadoras, peixes grandes, peixes pequenos, plâncton e água.

c) Plâncton, peixes menores, peixes maiores, aves pescadoras e água.

d) Água, aves pescadoras, peixes maiores, peixes menores e plâncton.

e) Aves pescadoras, água, peixes maiores, peixes menores e plâncton.

06. (UFPEL) O cultivo de eucalipto visa à obtenção de alguns produtos, dentre eles a celulose, que possui infinitas aplicações econômicas, benéficas às sociedades modernas. Por outro lado, sabe-se que a espécie Eucalyptus sp. não pertence às regiões fitogeográficas da América do Sul, sendo, portanto, uma espécie introduzida na nossa biodiversidade. É fato que espécies como essa são potencialmente capazes de promover quebras no equilíbrio ambiental de nossos ecossistemas.

06

De acordo com o texto e seus conhecimentos, é correto afirmar que esse desequilíbrio ambiental pode ser classificado ecologicamente como:

a) Alteração benéfica do equilíbrio ecológico, com consequente enriquecimento da biodiversidade local.

b) Quebra da sinergia ambiental, com consequentes alterações bióticas da biodiversidade local.

c) Quebra do equilíbrio ambiental, com consequente alteração biótica, pela eliminação de espécies de eucaliptos nativos dos campos limpos.

d) Quebra da sinergia ambiental, com consequentes alterações da biocenose, como modificações no nível hidrostático dos solos.

e) quebra do equilíbrio ambiental, com consequentes alterações da biocenose, como aumento do nível hidrostático dos solos.

07. (MACK) Na figura abaixo estão representados um meio aquático e seres que constituem uma cadeia alimentar.

07

Feita a análise da concentração de DDT na água e em cada nível trófico, foram encontrados os valores: 25 ppm; 2 ppm; 0,5 ppm; 0,4 ppm e 0,000003 ppm (ppm = partes por milhão). Esses valores correspondem, respectivamente, a:

a) Plâncton, peixes menores, peixes maiores, águia e água.

b) Água, águia, peixes maiores, peixes menores e plâncton.

c) Águia, água, peixes maiores, peixes menores e plâncton.

d) Água, plâncton, peixes pequenos, peixes maiores e águia.

e) Águia, peixes maiores, peixes menores, plâncton e água.

08. (COVEST) Em garimpos clandestinos no Brasil, diferentes quantidades de terra são retiradas das áreas exploradas. Para resgatar pequenas partículas de ouro existentes na lama resultante dos processos de peneiramento e lavagem, utiliza-se o mercúrio. De todo o processo poderão advir como consequências:

I   II

0  0 – Degradação e poluição do solo.

1  1 – Assoreamento de rios e até inundações.

2  2 – Interferência no processo de procriação de certos peixes.

3  3 – Lançamento de poluentes na atmosfera.

4  4 – Destruição da vegetação.

09. (UFMG) Nos rios são lançadas, geralmente, grandes quantidades de esgotos, provocando, em alguns casos, a morte de muitos peixes. Assinale a alternativa que melhor explica a mortandade desses animais.

a) Aumento da quantidade de oxigênio e diminuição na quantidade de bactérias anaeróbicas.

b) Aumento na quantidade de bactérias aeróbicas e consequente aumento na quantidade de oxigênio.

c) Diminuição na quantidade de oxigênio e aumento na quantidade de bactérias anaeróbicas.

d) Aumento no número de indivíduos herbívoros que eliminam grande parte do fitoplâncton.

e) Diminuição da quantidade de alimento com consequente mortandade dos peixes em longo prazo.

10. (UPE) O DDT é um organoclorado, defensivo químico que permanece no meio intacto por muitos anos, acumulando-se nos tecidos dos organismos. Principalmente o adiposo e passando inalterado através das cadeias alimentares. Vamos supor que um ambiente onde exista a teia alimentar abaixo receba um tratamento com DDT, para acabar com uma determinada praga. Assinale a alternativa que indica onde haveria uma maior concentração de produto não biodegradável. Em:

10

a) I.

b) I e III.

c) III.

d) II e IV.

e) IV.

11. (OBJETIVO-SP) Em uma lagoa, foram registradas oito espécies de peixes. Os gráficos mostram a ictiofauna antes (I) e depois (II) de ser poluída por efluentes industriais.

11

Pela análise dos gráficos, é correto afirmar que:

a) A emissão de poluentes provocou a redução das populações de todas as espécies.

b) A poluição foi inócua, pois as populações mantiveram-se estáveis no período.

c) Nenhuma população foi beneficiada com a emissão de poluentes.

d) As populações mais sensíveis aos poluentes foram as das espécies 3 e 7.

e) A poluição alterou a ictiofauna, aumentando ou diminuindo suas populações.

12. (FCC) Considere as seguintes afirmações, que se referem à dispersão de poluentes:

I. A circulação do ar e das águas tende a dispersar os poluentes em todos os ecossistemas.

II. A maioria dos poluentes só tem efeito nocivo nas imediações do local de lançamento.

III. A maioria dos poluentes, mesmo daqueles lançados continuamente, dilui-se com rapidez no ar, na água ou no solo, de modo que sua concentração, com o tempo, atinge níveis inofensivos para os organismos.

Dessas afirmações é (são) correta(s) apenas:

a) I,

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

13. (FAAP-SP) O despejo nas águas dos rios de compostos nitrogenados e fosforados, resultantes de fertilizantes utilizados na agricultura, bem como, do lixo de esgotos domésticos e do vinhoto de indústria açucareira, favorece o aumento da população de microrganismos decompositores que, em consequência, causam a morte dos peixes devido a:

a) Aumento de gás carbônico.

b) Diminuição de gás carbônico.

c) Aumento de monóxido de carbono.

d) Diminuição de oxigênio.

e) Aumento de oxigênio.

14. Os gráficos abaixo se referem às populações de organismos de dois rios de uma bacia hidrográfica, poluída pela eliminação de resíduos das indústrias da região. Os números das abscissas representam as espécies estudadas. Nas ordenadas estão os números de indivíduos de cada espécie.

14

A análise desses dados mostra que:

a) A poluição pode reduzir o número de algumas formas de vida e aumentar o de outras.

b) A poluição aumenta a competição entre as espécies sobreviventes, que, por isso, passam a ter menor número de indivíduos.

c) O número de indivíduos de todas as populações reduz-se drasticamente qualquer que seja o grau de poluição.

d) Todas as espécies têm o mesmo grau de tolerância à poluição.

e) Ambientes não poluídos favorecem o desenvolvimento de muitas espécies, todas tendo, aproximadamente, o mesmo número de indivíduos.

15. (UERJ) Na região de um rio próxima a um garimpo de ouro, em atividade há mais de dez anos, foram coletados quatro tipos de amostras: sedimento, água, peixes carnívoros e pequenos crustáceos. As amostras foram numeradas aleatoriamente de 1 a 4 e o somatório de suas concentrações de mercúrio foi considerado igual a 100. A distribuição desse somatório, por amostra, está representada na figura abaixo:

15

As amostras de peixes carnívoros e de água são, respectivamente, as de número:

a) 1 e 4.

b) 2 e 3.

c) 3 e 2.

d) 4 e 1.

e) 3 e 4.

16. (UFES)A utilização de pesticidas pelo homem:

I. Provoca a destruição de numerosas espécies úteis ou indiferentes e o empobrecimento dos ecossistemas.
II. É o único recurso disponível para o controle de pragas na agricultura.
III. Leva ao aparecimento de espécies resistentes, que são cada vez mais difíceis de eliminar.
IV. É uma das maneiras de eliminar pragas sem alterar o equilíbrio ecológico, uma vez que os pesticidas atuam diretamente sobre os organismos que se desejam eliminar.
Assinale:
a) Se I e II forem corretas.

b) Se I e III forem corretas.

c) Se II e IV forem corretas.
d) Se I, III e IV forem corretas.

e) Se I, II e IV forem corretas.

17. (UFF) Atualmente, os esgotos domésticos representam uma das maiores fontes de poluição das águas. Para analisar o grau de poluição de um rio, foi avaliado o teor de oxigênio dissolvido em amostras de água coletadas em diferentes pontos, numerados de 1 a 6. O gráfico a seguir mostra os resultados obtidos:

17

Com base no gráfico, pode-se afirmar que:

a) No ponto 1 ocorre maior contaminação por coliformes fecais do que no ponto 3, levando à morte os seres aeróbicos.

b) Os pontos 1 e 6 são os pontos de maior eutrofização.

c) A diminuição do teor de O2 dissolvido no ponto 3 indica maior demanda bioquímica de O2 e que este ponto é o mais poluído.

d) Está ocorrendo lançamento de esgoto nos pontos 1 e 6 devido à alta quantidade de oxigênio dissolvido nesses pontos.

e) No ponto 1 a população de bactérias anaeróbicas é maior do que no ponto 3, devido a maior contaminação por coliformes fecais.

18. (COVEST) Grandes mudanças podem ser determinadas na natureza por vulcões, terremotos, furacões, maremotos, enchentes e secas. Muitas dessas mudanças, indesejáveis, são, contudo, provocadas pela má atuação do homem. Analise as proposições abaixo.

I   II

0  0 – O desmatamento indiscriminado pode determinar graves consequências, como erosão e empobrecimento do solo.

1  1 – Na atmosfera, o CO2 juntamente com o vapor d’água, o metano e outros gases retém parte da radiação infravermelha que se dissipa da Terra para o espaço, mantendo o ar aquecido (efeito estufa).

2  2 – Com a destruição da camada de ozônio e o consequente aumento na incidência de raios ultravioleta, houve aumento significativo da eutroficação na natureza.

3  3 – A liberação de óxido nitroso, um dos responsáveis pela acentuação do efeito estufa é também resultante da má interferência humana na natureza.

4 4 – As chuvas ácidas são causadas pela combinação da sílica e do amianto, produzidos pela indústria automobilística, com vapores de água existentes na atmosfera.

19. (UFRN) “E toda a água do Nilo se transformou em sangue. Os peixes do Nilo morreram, e o rio exalou um odor tão pestilento que os egípcios já não podiam beber de suas águas. Então, houve sangue em todo o território do Egito”, assim diz a Bíblia (Êxodo, 7:2-21).

Esse texto é, provavelmente, a primeira referência escrita sobre um fenômeno que vem constituindo um problema cada vez mais frequente, relacionado à:

a) Contaminação das águas nas zonas costeiras, propiciando multiplicação excessiva de dinoflagelados, o que pode causar perdas econômicas, pela morte maciça de peixes.

b) Formação de manchas de cores variadas, causada por uma diversidade de organismos marinhos, devido à falta de oxigênio.

c) Circulação deficiente de nitratos e fosfatos essenciais aos peixes, o que provoca a morte de grande número deles, a ponto de formar uma mancha de sangue na água.

d) Eutrofização das águas, devido a detritos orgânicos, ocasionando um fenômeno conhecido como “maré planctônica”, decorrente do envenenamento de bivalves.

20. (FATEC) “Os dejetos humanos lançados nos rios, lagos e mares causam um aumento na quantidade de nutrientes disponíveis no ambiente. Esse fenômeno denominado ___A___ permite grande proliferação de ___B___ que consomem todo ___C___ existente na água causando a morte da maioria das formas de vida daqueles ambientes.” Assinale a alternativa contendo os termos que substituem corretamente A, B e C, na frase.

a) A – eutroficação; B – bactérias aeróbicas; C – oxigênio.

b) A – eutroficação; B – bactérias aeróbicas; C – nitrogênio.

c) A – dispersão; B – bactérias aeróbicas; C – oxigênio.

d) A – dispersão; B – algas; C – oxigênio.

e) A – inversão; B – algas; C – nitrogênio.

21. (FGV) O fenômeno a que chamam inversão térmica consiste na:

a) Mudança brusca de temperatura causando as tempestades de verão frequentes em S. Paulo.

b) Mudança brusca de temperatura na Amazônia em decorrência de massas polares que ingressam pela bacia do Paraná, passando pelo Centro-Oeste e alcançando o Norte do Brasil.

c) Interposição de camadas quentes de ar entre camadas frias localizadas a uma certa altitude impedindo a dispersão de poluentes atmosféricos para as camadas superiores.

d) Mudança de temperatura do mar pela presença de enormes quantidades de poluentes biodegradáveis cuja digestão é essencialmente exotérmica.

e) Mudança lenta e gradual da temperatura das camadas medias da atmosfera ocasionada por reações endotérmicas entre poluentes industriais.

22. (PUC-SP) Em 1953, foi evidenciada, no Japão, uma doença denominada ‘‘Mal de Minamata’’, em que as pessoas afetadas apresentavam distúrbios de visão, audição e coordenação. Resíduos com mercúrio foram despejados nas águas da baía de Minamata. O mercúrio foi absorvido pelo plâncton que servia de alimento para moluscos e para certos peixes. Por sua vez, os moluscos eram predados por outros grupos de peixes e os peixes representavam a dieta básica das pessoas da região. Sabendo-se que o mercúrio tem efeito cumulativo, espera-se encontrar:

a) Maior concentração dessa substância no homem e menor concentração no plâncton.

b) Maior concentração dessa substância no plâncton e menor concentração no homem.

c) Maior concentração dessa substância no plâncton e menor concentração nos peixes e nos moluscos.

d) A mesma concentração dessa substância no plâncton, nos moluscos e nos peixes e uma maior concentração no homem.

e) A mesma concentração dessa substância em todos os elos da teia alimentar descrita.

23. (OLIMPÍADA BRASILEIRA DE BIOLOGIA)

23

A charge acima mostra bactérias recém descobertas que exercem um importante papel no combate ao desequilíbrio ecológico: a degradação de petróleo e outros hidrocarbonetos. A utilização de organismos na mitigação de danos ambientais é denominada:

a) Biorremediação.

b) Biodegradação.

c) Bioacumulação.

d) Bioprospecção.

24. (FCC) O fenômeno de inversão térmica, em uma cidade industrial ou muito populosa, provoca:

a) O acúmulo de poluentes acima da camada de ar quente.

b) A dispersão de poluentes acima da camada de ar quente.

c) O acúmulo de poluentes nas partes altas da atmosfera.

d) A dispersão de poluentes para partes altas da atmosfera.

e) O acúmulo de poluentes próximos à superfície terrestre.

25. (UFPR) O desenvolvimento tecnológico conseguido pelo ser humano, nos últimos dois séculos, possibilitou um aumento do bem-estar. Isso está diretamente ligado ao processo de industrialização. Entretanto, esse processo gera, inevitavelmente, poluição. Assinale a alternativa que representa a relação entre industrialização e poluição.

a) Industrialização só é possível se houver uso de energia, que é obtida a partir do uso, por exemplo, de petróleo ou carvão. A queima de combustíveis altera a composição do ar, gerando poluição.

b) A industrialização ocorreu de forma gradativa, e os processos de alteração gradativa geram poluição.

c) A industrialização gera, necessariamente, desmatamento, e a falta de organismos fotossintetizantes leva à poluição.

d) As indústrias, por definição, são locais de produção de componentes não orgânicos e o seu uso gera poluição.

e) Quando uma indústria se estabelece em um local, ela promove o aumento da densidade populacional, o que gera poluição.

26. (PUCCAMP) LEIA O TEXTO ABAIXO.

“No Japão uma indústria lançava dejetos contendo mercúrio na Baía de Minamata desde 1930, mas somente 20 anos depois, começaram a surgir sintomas de contaminação: peixes, moluscos e aves morriam. Em 1956 foi registrado o primeiro caso de intoxicação humana: uma criança com danos cerebrais. Outros casos foram observados depois dessa data e a moléstia ficou conhecida como mal de Minamata”.

Os dados apresentados no texto permitem inferir com o mercúrio:

a) É uma substância biodegradável.

b) É letal apenas para os invertebrados.

c) Concentra-se nos tecidos dos organismos ao longo das cadeias alimentares.

d) Afeta produtores e consumidores das cadeias alimentares.

e) É letal para os seres vivos em qualquer concentração em que se encontre.

27. (PUC-MG) Inversão térmica é:

a) Um tipo de poluição, causada em ambientes fechados por condicionadores de ar.

b) Poluição química, causada pelo CFC presente em aerossóis.

c) Poluição física que provoca o derretimento da calota polar.

d) Um fenômeno que agrava a poluição do ar na estação fria do ano.

e) Um fenômeno provocado pela diminuição da camada de ozônio.

28. (FUVEST) Analise os seguintes eventos que podem ocorrer em consequência do despejo de esgoto urbano em lagos.

I. Morte de organismos aeróbicos, tanto autótrofos quanto heterótrofos.

II. Diminuição do teor de gás oxigênio na água.

III. Aumento de nutrientes nitrogenados e fosfatos.

IV. Proliferação de microrganismos aeróbicos.

V. Proliferação de algas e bactérias fotossintetizantes.

Indique a alternativa que apresenta a sequência temporal dos acontecimentos.

a) I – II – III – IV – V.

b) III – II – I – V – IV.

c) III – V – IV – II – I.

d) IV – II – I – III – V.

e) IV – II – III – V – I.

29. (PUC-MG)A contaminação das águas apresenta consequências devastadoras. Um terço da humanidade vive em estado contínuo de doença ou debilidade como resultado da impureza das águas. O excesso de nutrientes nas águas, provocando desequilíbrio nos ecossistemas, é denominado de:

a) Efeito estufa.

b) Inversão térmica.

c) Amonificação.

d) Eutrofização.

e) Compostagem.

30. Entre os poluentes encontram-se:

I. Substâncias já existentes nos ecossistemas naturais, cuja quantidade aumentou devido às atividades humanas.

II. Substâncias que normalmente não estão presentes nos ecossistemas naturais.

Pertencem, respectivamente, aos grupos I e II:

a) DDT e estrôncio 90.

b) DDT e monóxido de carbono.

c) Tetracloreto de etila e esgoto doméstico.

d) Monóxido de carbono e dióxido de carbono.

e) Dióxido de carbono e estrôncio 90.

 

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 10 de fevereiro de 2017

TESTES DE CICLOS BIOGEOQUÍMICOS (2)

01. (FATEC-SP) Considere a figura que representa as diferentes etapas do ciclo do nitrogênio.

01

(http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Nitrogen_Cycle_pt.png

Acesso em: 10.03.2014. Modificado.

Alguns dos processos envolvidos nesse ciclo foram numerados de 1 a 5. Sobre esses processos, é correto afirmar que existe uma participação de bactérias:

a) No processo 1, apenas.

b) No processo 2, apenas.

c) No processo 5, apenas.

d) Nos processos 1, 3 e 4, apenas.

e) Em todos os cinco processos.

02. (UEM) Assinale a(s) alternativa(s) correta(s) a respeito dos ciclos biogeoquímicos da água, do carbono, do nitrogênio, do oxigênio e da formação de combustíveis fósseis.

01. O pequeno ciclo da água envolve reações químicas entre moléculas de água e matéria orgânica em decomposição.

02. A respiração celular dos herbívoros é um processo de fixação de carbono, através da formação de moléculas orgânicas, partindo-se do CO2.

04. Animais herbívoros podem utilizar diversas fontes de nitrogênio para a constituição de suas moléculas, como o N2, os nitritos, os nitratos e as substâncias orgânicas nitrogenadas.

08. As principais fontes inorgânicas de oxigênio para os seres vivos são H2O, O2 e CO2.

16. Combustíveis fósseis são fontes não renováveis de energia e são originados através de restos de matéria orgânica de seres vivos que foram soterrados e que ficaram a salvo da ação de agentes decompositores, podendo conservar sua energia potencial química.

Soma das alternativas corretas:

03. Um dos motivos de se alternar o cultivo de leguminosas (como o feijão, por exemplo) com o de outras plantas, processo que os agricultores chamam de “rotação de culturas” ou “adubação verde”, é o fato de as leguminosas:

a) Fixarem diretamente o nitrogênio atmosférico, suprindo o solo dos nitratos necessários ao bom desenvolvimento das plantas com as quais se alternam.

b) Alimentarem a continuidade do ciclo do nitrogênio, pois transformam o nitrato do solo em gás nitrogênio, substância básica para a formação dos nitratos.

c) Suprirem o solo de nitritos, produzidos pelos nódulos que estes vegetais desenvolvem em suas raízes.

d) Contribuírem para reter a umidade do solo, condição básica para que as plantas com as quais se alternam possam fixar nitrogênio atmosférico.

e) Fertilizarem o solo, suprindo-o com o nitrogênio fixado pelas bactérias que vivem nos nódulos de suas raízes.

04. (FUVEST) O elemento carbono presente nas moléculas que constituem os seres vivos é restituído ao ambiente, em forma aproveitável pelas plantas, através da:

a) Ação desnitrificadora de bactérias do solo.

b) Ação fotossintetizante de organismos produtores.

c) Respiração celular de produtores e consumidores.

d) Transformação da amônia em nitritos.

e) Liberação de gás oxigênio pelas algas.

05. (UFU) Analise a seguinte citação.

A morte não está na natureza das coisas, é a natureza das coisas. Mas o que morre é a forma. A matéria é imortal.

John Fowles

Pela análise da citação, pode-se concluir que a matéria é imortal porque:

a) A decomposição da matéria libera os nutrientes, que retornam aos ciclos bioquímicos.

b) A decomposição da matéria orgânica é um processo muito lento, que pode durar séculos.

c) A decomposição da matéria orgânica não é completa devido à grande quantidade de fibras.

d) A decomposição da matéria libera nutrientes que ficam disponíveis diretamente aos heterótrofos.

e) A decomposição lenta permite que a matéria tenha condições de ser fossilizada.

06. (UFRGS) A prática de rotação de culturas alterna o uso de gramíneas (arroz, trigo, milho) e o de leguminosas (soja, feijão) com o objetivo de melhorar a fertilidade do solo. Em relação a essa afirmativa, é correto supor que:

a) As leguminosas melhoram as condições de suprimento de alumínio às gramíneas.

b) As gramíneas mantêm os nutrientes do solo inalterados.

c) Ambos os grupos vegetais aumentam o teor de fósforo no solo.

d) As leguminosas aumentam o teor de nitrogênio no solo.

e) As gramíneas produzem mais potássio do que as leguminosas.

07. (IFSul) Sobre o ciclo do Nitrogênio, são feitas as seguintes afirmações:

I. O aproveitamento do nitrogênio pela maioria dos seres vivos depende de sua fixação, realizada principalmente por bactérias do gênero Rhizobium, as quais vivem no solo associadas a plantas leguminosas.

II.Bactérias do gênero Nitrosomonas transformam amônia em nitritos, e as bactérias do gênero Nitrobacter convertem nitrito em nitrato.

III. No processo de desnitrificação, uma parte dos nitratos do solo é remetida novamente à atmosfera na forma de gás nitrogênio, sendo realizado por bactérias que degradam compostos nitrogenados.

Está (ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):

a) I, II e III.

b) I e II, apenas.

c) II, apenas.

d) III, apenas.

08. (UDESC) Os ciclos biogeoquímicos são essenciais para a transferência e transformação dos elementos químicos no ambiente. Assinale a alternativa correta a respeito do Ciclo do Nitrogênio.

a) A amonificação é o processo que transforma amônia em nitrogênio atmosférico.

b) A amonificação é o processo no qual o nitrogênio atmosférico é oxidado e transformado em nitrito e, depois, em íon amônio.

c) A fixação do nitrogênio ocorre por meio de simbiose com organismos fixadores que decompõem a matéria orgânica em nitrogênio atmosférico.

d) A nitrificação é o processo que ocorre por meio das bactérias nitrificantes e transforma amônia em nitrito e nitrato.

e) A nitrificação ocorre por meio de bactérias do solo que transformam o nitrito em nitrogênio atmosférico.

09. (OBJETIVO‑SP) O desenho anexo representa, de maneira simplificada, o ciclo do nitrogênio:

09

As bactérias dos gêneros Nitrosomonas e Nitrobacter agem, respectivamente, em:

a) I e II.

b) II e III.

c) IV e III.

d) V e IV.

e) VI e VIl.

10. (PUERI DOMUS) Ciclo biogeoquímico pode ser definido como o percurso realizado no meio ambiente por um elemento químico essencial à vida. Ao longo do ciclo, cada elemento é absorvido e reciclado por compostos bióticos (seres vivos) e abióticos (ar, água, solo) da biosfera e, às vezes, pode se acumular durante um longo período de tempo em determinado lugar. É por meio dos ciclos biogeoquímicos que os elementos são transferidos entre os organismos e as diferentes partes do planeta.

As afirmações a seguir referem-se ao ciclo biogeoquímico do carbono.

I. A incorporação do carbono ao meio biótico e sua restituição ao meio abiótico dependem, respectivamente, da fotossíntese realizada pelos vegetais e pelo fitoplâncton e da respiração realizada pelos seres aeróbios.

II. A formação dos combustíveis fósseis, que ocorreu a partir da decomposição parcial e da transformação da matéria orgânica, contribuiu para acumular carbono no subsolo por milhões de anos.

III. A matéria orgânica presente nos seres vivos pode ser reciclada por meio do processo de decomposição e, desta forma, o carbono e outros elementos podem ser reaproveitados por outros seres vivos.

IV. O desmatamento contribui para o aumento do carbono na atmosfera, pois, com a morte dos seres fotossintetizantes, há uma redução na absorção desse elemento, essencial para a síntese de matéria orgânica.

V. Reflorestamento, redução da frota de automóveis, diminuição dos rebanhos e uso de combustíveis alternativos, como o álcool da cana, são ações que ajudariam a reduzir o nível de carbono na atmosfera.

São corretas:

a) Apenas I e II.

b) Apenas IV e V.

c) Apenas I, II e III.

d) Apenas III, IV e V.

e) I, II, III, IV e V.

11. (UFMS) Algumas moléculas orgânicas fundamentais para os seres vivos, como os ácidos nucleicos e as proteínas, têm nitrogênio em sua composição, o que permite avaliar a importância desse elemento. A maior fonte de nitrogênio do nosso planeta é a atmosfera, onde ele existe na forma de N2, o gás nitrogênio ou nitrogênio molecular. Contudo, apesar de existir em grande concentração na atmosfera, a maioria dos organismos não consegue utilizar o N2, o que torna interessante o ciclo desse elemento e as formas como pode ser disponibilizado e utilizado. Dentre as afirmativas a seguir, tratando do ciclo do nitrogênio, indique a(s) correta(s):

01. O consórcio de culturas como a do milho e a das plantas leguminosas (feijão, soja…) tem sido uma das formas mais utilizadas pelo homem para aumentar o nitrogênio disponível no solo e a produtividade na agricultura.

02. Os principais organismos fixadores de nitrogênio são bactérias e cianobactérias que vivem no solo, ou espécies bacterianas presentes em nódulos associados principalmente às raízes de leguminosas.

04. Nos consumidores, as proteínas e os ácidos nucleicos assimilados são degradados, produzindo resíduos nitrogenados (amônia, ácido úrico e ureia), eliminados na excreção.

08. Algumas plantas conseguem aproveitar nitrogênio na forma de amônia, mas a forma mais largamente utilizada é o nitrato, obtido no processo de nitrificação.

16. O nitrogênio constituinte das moléculas orgânicas de plantas e animais mortos volta diretamente à atmosfera na forma de N2, graças à ação de decompositores.

32. A ação dos organismos decompositores é de extrema importância no processo de denitrificação, pois garantem uma maior fixação do nitrogênio.

Soma das alternativas corretas:

12. (UEL) Considere as seguintes reações químicas:

12

“Essas reações fazem parte do metabolismo de seres……. , que atuam no ciclo do ………… .”

As palavras que completam a frase são, respectivamente:

a) desnitrificantes – nitrogênio.

b) autótrofos – gás carbônico.

c) heterótrofos – gás carbônico.

d) aeróbios – gás carbônico.

e) quimiossintetizantes – nitrogênio.

13. (UEM) As leguminosas são consideradas plantas indicadoras da presença de nitrogênio no solo porque apresentam bom desenvolvimento em solos com menor concentração de sais nitrogenados. Isso ocorre porque:

a) As leguminosas realizam a fixação do N2 atmosférico nas células parenquimáticas das raízes.

b) As leguminosas reduzem o N2 atmosférico a compostos mais simples como NO e NO.

c) As leguminosas apresentam associações com bactérias que realizam a fixação do N2 atmosférico.

d) As bactérias do solo liberam nitrogênio na forma inorgânica (NH3+ e aminoácidos), que é absorvido pelas leguminosas.

e) O nitrogênio não é essencial para o desenvolvimento desse grupo de plantas.

14. (UNICENTRO) Observe a figura a seguir.

14

Com base na figura e nos conhecimentos sobre o ciclo do carbono, assinale a alternativa que corresponde, correta e respectivamente, aos eventos representados por I, II, III e IV.

a) CO2 atmosférico, assimilação pela fotossíntese, assimilação de carbono pelos herbívoros e decomposição da matéria orgânica.

b) CO2 atmosférico, fixação do nitrogênio, respiração e desnitrificação.

c) N2 atmosférico, assimilação pela fotossíntese, absorção de NH3 pelos animais e transpiração do solo.

d) O2 atmosférico, assimilação pelas plantas, respiração pelos animais e desnitrificação.

e) O2 atmosférico, fixação do nitrogênio atmosférico, absorção de NH3 pelos animais e nitrificação.

15. (UPE) Os organismos retiram, constantemente, da natureza, substâncias e elementos químicos que, depois, retornam ao ambiente. O processo contínuo de retirada de elementos químicos da natureza e a devolução desses elementos a ela constituem os ciclos biogeoquímicos. Essa troca de matéria dos organismos com o ambiente está representada na figura a seguir, cujas letras indicam os processos de retirada e a devolução. Observe-a.

15a

15b

Assinale a alternativa que apresenta a correspondência correta entre ciclo e processos.

a) Trata‐se do ciclo do Nitrogênio, e a sequência correta é a II.

b) Trata‐se do ciclo do Fósforo, e a sequência correta é a IV..

c) Trata‐se do ciclo do Enxofre, e a sequência correta é a III.

d) Trata‐se do ciclo do Carbono, e a sequência correta é a I.

e) Trata‐se do ciclo do Cálcio, e a sequência correta é a V.

16. A cultura de leguminosas enriquece o solo em produtos nitrogenados, razão pela qual elas são cultivadas, alternadamente, com outras culturas. Este procedimento é justificado porque as leguminosas:

a) Transformam o nitrogênio do ar em nitratos.

b) Fixam o nitrogênio do ar, utilizando-o para a síntese de aminoácidos.

c) Possuem em suas raízes nódulos formados por bactérias fixadoras.

d) São parasitadas por bactérias capazes de fixar o nitrogênio do ar.

e) Abrigam em suas raízes fungos capazes de converter o nitrogênio do ar em amônia.

17. Com relação ao ciclo do nitrogênio, assinale a alternativa incorreta:

a) As plantas absorvem o nitrogênio atmosférico através dos estômatos.

b) As plantas utilizam o nitrogênio para formar suas proteínas.

c) Restos de animais e de vegetais são degradados e transformados por bactérias em nitratos.

d) As bactérias desnitrificadoras transformam ureia e amônia (excrementos) em nitrogênio.

e) Animais terrestres obtêm nitrogênio pela ingestão de alimentos.

18. (UFMT) Baseando‑se no esquema a seguir, que é uma simplificação do ciclo do carbono, pode‑se afirmar que A, B e C representam, respectivamente:

18

a) Respiração, respiração e fotossíntese.

b) Respiração, fotossíntese e respiração.

c) Fotossíntese, respiração e respiração.

d) Respiração, fotossíntese e fotossíntese.

e) Respiração, fotossíntese e transpiração.

19. (IFAL) As etapas abaixo enumeradas relacionam-se com o ciclo do nitrogênio em uma comunidade.

I. O nitrogênio das plantas passa para o reino animal através de a cadeia alimentar.

II. Os compostos orgânicos nitrogenados são transformados em amônia por ação dos decompositores.

III. Nitratos são absorvidos pelas raízes dos vegetais e transformados em matéria orgânica.

A sequência lógica em que ocorrem essas etapas é:

a) I – II – III.

b) I – III – II.

c) II – I – III.

d) II – III – I.

e) III – II – I.

20. Na recuperação de áreas degradadas por atividades garimpeiras, através da vegetação, têm sido utilizadas as leguminosas por conta de sua eficiência na fixação do nitrogênio. Sobre o assunto, analise as afirmações:

I. As bactérias do gênero Rhizobium desempenham o papel de fixadoras no ciclo do nitrogênio, por isso a eficiência das leguminosas em relação ao nitrogênio.

II. A relação entre leguminosas e bactérias é um caso de comensalismo.

III. Uma vez liberado para o meio, o íon nitrito é oxidado também pela ação de bactérias e transformado em nitrato (NO3), sem liberação de energia.

IV. Certas bactérias conseguem utilizar N2 atmosférico.

São corretas apenas as afirmações:

a) I, II e III.

b) II e III.

c) II, III e IV.

d) III e IV.

e) I e IV.

gab

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 2 de fevereiro de 2017

TESTES DE EMBRIOLOGIA (4)

01. (UEPG) Com relação à embriologia e anexos embrionários humanos, assinale a alternativa correta.

a) O folheto embrionário mesoderme originará músculos, tecidos conjuntivos (como cartilagens, ossos, derme e tecido hematopoiético) e sistemas urinário e genital, entre outros.

b) O âmnio é um anexo embrionário que possui função principal de nutrição para o embrião, pois além de líquido armazena substâncias com valor energético.

c) Através do líquido amniótico (formado pela união de saco vitelínico e alantoide), ocorre a troca de alimento, gases e excretas entre mãe e feto, e vice-versa.

d) O estágio do desenvolvimento em que ocorre a formação do tubo nervoso, a partir da ectoderme, é denominado de nêurula, sendo a notocorda uma estrutura que está presente em todas as fases do desenvolvimento, dando suporte ao tecido nervoso até a vida adulta.

e) Denomina-se gastrulação o processo em que células embrionárias são rearranjadas para formação da gástrula. Nessa etapa, o blastóporo originará o ânus, razão pela qual os humanos são classificados de protostômios.

02. (UFU) Nas colunas abaixo estão citadas 4 classes de organismos (A-B-C-D), 4 tipos de ovos, de acordo com a quantidade e distribuição de vitelo (E-F-G-H) e 4 tipos de segmentação que estes ovos podem sofrer (I-J-K-L).

A. Mamíferos

B. Anfíbios

C. Aves

D. Insetos

E. Telolécito

F. Centrolécito

G. Isolécito

H. Heterolécito

I. Meroblástica superficial

J. Holoblástica igual

K. Holoblástica desigual

L. Meroblástica

Assinale a alternativa em que as duas associações entre a classe de organismos, o tipo de ovos e o tipo de segmentação estão corretas:

a) B-E-I e C-G-K.

b) A-F-K e D-H-J.

c) A-G-J e B-H-K.

d) C-F-J e D-E-I.

03. (UFSCar) Durante o desenvolvimento embrionário humano, ocorre a formação dos folhetos germinativos e a organização dos mesmos para a formação dos diversos tecidos e das cavidades humanas. Este desenvolvimento permite que os seres humanos sejam classificados como:

a) Diblásticos e celomados.

b) Triblásticos e celomados.

c) Diblásticos e acelomados.

d) Triblásticos e acelomados.

e) Triblásticos e pseudocelomados.

04. (PUC-CAMPINAS) Para responder esta questão considere o texto abaixo

A durabilidade do plástico ajudou a torná-lo um milagroso produto popular no início do século 20. Mas, agora, a onipresença desse material, principalmente nos oceanos, pode estar destruindo ecossistemas. Um estudo publicado na Biology Letters documentou pela primeira vez um aumento nas densidades de ovos de Halobates sericeus, um inseto aquático que os deposita em objetos flutuantes. Pesquisadores se preocupam com a possibilidade de essa proliferação plástica dar a insetos, micróbios, animais e plantas que crescem diretamente no plástico, uma vantagem sobre animais oceânicos que não estão associados com superfícies sólidas, como peixes, lulas, pequenos crustáceos e águas-vivas.

(Adaptado: Revista Scientific American Brasil, setembro de 2012. p. 13)

Os ovos são estruturas responsáveis pelo desenvolvimento da maior parte dos animais.

04

As funções de nutrição e armazenamento de excretas são realizadas, respectivamente, pelas estruturas indicadas por:

a) 7 e 6.

b) 7 e 5.

c) 6 e 8.

d) 6 e 7.

e) 5 e 6.

05. (UFLA) As figuras referem-se aos tipos de migração celular que podem ocorrer no processo de gastrulação.

05

Assinale a alternativa correta que denomina cada modo de migração.

a) I – delaminação; II – embolia; III – involução; IV – epibolia.

b) I – embolia; II – delaminação; III – epibolia; IV – involução.

c) I – involução; II – epibolia; III – delaminação; IV – embolia.

d) I – epibolia; II – involução; III – embolia; IV – delaminação.

06. (UNIV.CATÓLICA-SC) Observe o desenho a seguir, que demonstra diferentes fases do desenvolvimento embrionário dos mamíferos.

06

Sobre o desenvolvimento embrionário dos mamíferos é correto afirmar:

a) A segmentação do esquema representado é holoblástica igual, típica de ovos com pouco vitelo uniformemente distribuído.

b) A estrutura blástula em mamíferos denomina-se blastocisto. É formada pelo trofoblasto, que originará o embrião e o embrioblasto, que, por sua vez, originará a placenta.

c) Do ovo até a gástrula não há um aumento de tamanho das estruturas nem diferenciação celular, mas somente um aumento no número de células.

d) O arquêntero, cavidade formada no interior da estrutura blástula, formará posteriormente o intestino primitivo.

e) A regra primordial da segmentação é a seguinte: quanto mais evoluído for o animal, maior será a quantidade de vitelo presente no ovo.

07. (UEA) A figura ilustra um embrião de um cordado na fase de nêurula.

07

A próxima etapa, no desenvolvimento embriológico dessa estrutura, é a formação:

a) Dos órgãos primordiais, por organogênese.

b) Da cavidade celomática, totalmente delimitada por mesoderme.

c) Do primeiro orifício, o blastóporo, e do intestino primitivo, o arquêntero.

d) Da notocorda, do tubo neural dorsal e das fendas faringianas branquiais.

08. (FPS) Os anexos embrionários realizam várias funções durante a embriogênese humana. Sobre este assunto, identifique as estruturas numeradas na figura abaixo e correlacione-as à coluna a seguir.

08

(   ) Estrutura com função de remover excretas.

(   ) Realiza trocas gasosas entre   o embrião e o meio externo.

(   ) Membrana que evita o dessecamento do embrião.

(   ) Permite a fixação do embrião na parede do útero.

(   ) Armazena reservas nutritivas  durante o desenvolvimento.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) 5, 4, 1, 2, 3.

b) 2, 3, 5, 1, 4.

c) 4, 5, 3, 2, 1.

d) 4, 3, 1, 2, 5.

e) 3, 2, 4, 5, 1.

09. (UEM) Reunidos, os cromossomos do espermatozoide e do óvulo representam o material genético do novo indivíduo, com informações necessárias e suficientes para o seu desenvolvimento. A respeito do desenvolvimento embrionário dos animais, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. O zigoto que se forma após a fecundação normal inicia um processo de divisão celular conhecido como gastrulação.

02. Ovos telolécitos apresentam grande quantidade de vitelo, distribuída de forma heterogênea no citoplasma. Esses ovos possuem um polo vegetativo com maior concentração de vitelo e um polo animal que apresenta menos vitelo, e estão presentes em aves, répteis, peixes e moluscos.

04. O alantoide é uma membrana formada pelo crescimento conjunto do ectoderma e do mesoderma ao redor do embrião e tem por função prevenir a dessecação e amortecer choques mecânicos.

08. Para que a fecundação se concretize, é necessário que ocorra o fenômeno da anfimixia.

16. Os folhetos germinativos são diferenciados no estágio de gástrula, sendo o ectoderma responsável por originar o sistema nervoso, a epiderme e as estruturas associadas a ela.

Soma das alternativas corretas:

10. (UEPG) Os tipos de ovos são classificados de acordo com a quantidade e distribuição de vitelo. Com relação aos tipos de ovos, assinale o que for correto.

01. Os ovos oligolécitos (ou isolécitos) apresentam uma pequena quantidade de vitelo distribuído de forma homogênea por todo o citoplasma. Exemplo: maioria dos mamíferos.

02. Os humanos apresentam ovos com uma grande quantidade de vitelo, necessário ao suprimento do embrião.

04. Os ovos encontrados em répteis e aves são do tipo megalécito (ou telolécito completo), já que apresentam uma grande quantidade de vitelo concentrado no polo vegetativo.

08. Os ovos centrolécitos apresentam uma grande quantidade de vitelo distribuído na região central da célula. Exemplo: insetos.

16. Os platelmintos e os anelídeos apresentam ovos do tipo centrolécito.

Soma das alternativas corretas:

11. (UEMA) Em um estudo realizado pela Universidade Estadual do Maranhão, pesquisadores e estudantes classificaram evolutivamente um grupo de animais, utilizando características embriológicas, tais como a formação dos folhetos germinativos durante a gastrulação, a evolução do blastóporo e a origem do celoma a partir da mesoderme. Observe as características diagnosticadas para cada animal na tabela seguinte e assinale a opção com a sequência evolutiva correta.

11

 

a) A → B → D → C.

b) A → D → C → B.

c) B → A → C → D.

d) C → B → D → A.

e) D → C → B → A.

12. (UDESC) No estágio de gástrula, o embrião possui uma cavidade chamada arquêntero, que dará origem à cavidade do tubo digestório do animal. O arquêntero comunica-se com o exterior por um orifício, o blastóporo. Nos animais chamados protostômios, o blastóporo origina a boca do animal. Já nos animais deuterostômios, o blastóporo origina o ânus do animal, e a boca é originada posteriormente. Assinale a alternativa que apresenta um exemplo de animais protostômios e de deuterostômios, respectivamente:

a) Homem, caramujo.

b) Sapo, tartaruga.

c) Abelha, aranha.

d) Minhoca, homem.

e) Esponja, tênia.

13. (UPE) Com relação ao tipo de óvulo encontrado nos seres humanos, é correto afirmar que ele é:

a) Telolécito, como o da maioria dos mamíferos.

b) Alécito, pois a nutrição do embrião se processará via placenta.

c) Alécito, com grande quantidade de vitelo na região central, o que provoca uma segmentação holoblástica igual.

d) Centrolécito, o que se justifica pelo consumo inicial do vitelo pelo embrião, até que a placenta esteja pronta para a função.

e) Isolécito, com segmentação holoblástica desigual antes do processo de nidação.

14. (PUC-CAMPINAS) Em um remanso de riacho foi encontrado um conjunto de embriões de anfíbios, todos na fase de gástrula. Um corante vital, incapaz de passar de uma célula para as vizinhas, foi injetado junto aos limites do blastóporo. Supondo-se que o corante permaneça sem modificações até após a metamorfose, espera-se que os animais jovens o apresentarão na região:

a) Da boca.

b) Da cloaca.

c) Do coração.

d) Dos olhos.

e) Do estômago.

15. (IFSC) O estudo do desenvolvimento embrionário dos animais foi organizado, de forma geral, em três etapas principais: segmentação, gastrulação e organogênese.

Com relação a essas etapas, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

01. As células resultantes da divisão da célula ovo ou zigoto são chamadas de blastômeros que, na etapa gastrulação, darão origem aos folhetos germinativos ectoderma, mesoderma e endoderma.

02. O folheto germinativo ectoderma origina o sistema nervoso, a epiderme e estruturas associadas como unhas, glândulas sebáceas e sudoríparas.

04. Durante o processo de formação do embrião dos mamíferos, ocorre formação do anexo embrionário alantoide cuja função é permitir a troca de gases e nutrientes e a eliminação de excretas fetais dissolvidos.

08. Através da placenta, o feto recebe da mãe nutrientes e oxigênio e retorna excretas nitrogenadas e gás carbônico.

16. Os embriões de todos os animais apresentam os três folhetos germinativos sendo, por isso, denominados de triblásticos.

32. As células ovo ou zigoto são classificadas com base na quantidade e distribuição de vitelo. Assim, os ovos classificados como telolécitos são aqueles que apresentam uma grande quantidade de vitelo que ocupa boa parte da célula e estão presentes em mamíferos.

Soma das proposições corretas:

16. (PUC-CAMINAS) Considere os seguintes exemplos de insetos:

I. Mosquito.

II. Abelha.

III. Traça-de-livro.

Assinale a alternativa da tabela que contém os insetos que possuem as respectivas fases do seu desenvolvimento.

16

17. (UFPI) A gastrulação pode acontecer de várias maneiras. A forma mais simples de entender esse processo é por embolia ou invaginação. Nesse tipo, em determinado local, no polo vegetativo da blástula, as células invaginam-se gradualmente para o interior da blastocele; forma-se outra cavidade chamada arquêntero que se comunica com o exterior pelo blastóporo que pode dar origem à boca ou ao ânus, e, em função do destino do blastóporo, os animais pode ser classificados em protostômio e deuterostômios. Assinale a alternativa em que existem apenas animais protostômios.

a) Nematodas, platelmintes, equinodermas, cordados.

b) Cordados, moluscos, platelmintes, anelídeos.

c) Artrópodes, moluscos, nematodes, anelídeos.

d) Nematodes, atrópodes, equinoderma, cordados.

18. (UDESC) Assinale a alternativa correta, relacionando os tipos de óvulos, quantidade de vitelo e exemplo de animais.

a) Ovo telolécito – Não possui vitelo – É o ovo do anfíbio.

b) Ovo oligolécito – Possui pouco vitelo – É o ovo do anfíbio.

c) Ovo heterolécito – Possui pouco vitelo – É o ovo do inseto.

d) Ovo oligolécito – Possui pouco vitelo – É o ovo do mamífero.

e) Ovo heterolécito – Possui muito vitelo – É o ovo do réptil.

19. (PUC-CAMPINAS) Considerando-se apenas o âmnio e o alantoide de embriões de lagartos e macacos, verifica-se que a função de reter resíduos nitrogenados sólidos e não difusíveis é executada somente pelo:

a) Âmnio dos embriões de lagartos.

b) Âmnio dos embriões de macacos.

c) Alantoide dos embriões de lagartos.

d) Alantoide dos embriões de macacos.

e) Âmnio dos embriões de lagarto e pelo alantoide dos embriões de macacos.

20. (UEPB) Na escala evolutiva, os primeiros organismos vivos a apresentarem âmnio e alantoide são:

a) Os monotremados.

b) As aves.

c) Os mamíferos.

d) Os anfíbios.

e) Os répteis.

gab

Older Posts »

Categorias