Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2018

TESTES DE CITOLOGIA (15)

01. (UFPA) Os organismos vivos podem ser formados por células procarióticas ou eucarióticas. A principal diferença entre essas células é a presença ou não de um núcleo delimitado por membrana. Considerando esse aspecto, é correto afirmar que:

a) o modelo do “mosaico fluído” é aplicado apenas para a membrana plasmática de procariontes e eucariontes, não se aplicando às demais biomembranas, como aquelas presentes no retículo endoplasmático, complexo de Golgi e mitocôndria.

b) somente os ribossomos, o centríolo e o mesossomo são organelas não membranosas presentes em células procarióticas.

c) a parede celular das cianobactérias contém os mesmos açúcares presentes na parede celular de células vegetais, fungos e algas.

d) transportes como osmose e difusão simples ocorrem por meio da membrana plasmática de células procarióticas e eucarióticas com grande consumo de energia na forma de ATP.

e) o DNA, o RNAm, o RNAt e o RNAr, ácidos nucleicos presentes tanto em células procarióticas quanto em células eucarióticas, atuam na síntese proteica.

02. (UERJ) A técnica de centrifugação é usada para separar os componentes de algumas misturas. Pode ser utilizada, por exemplo, na preparação de frações celulares, após o adequado rompimento das membranas das células a serem centrifugadas. Em um tubo apropriado, uma camada de homogeneizado de células eucarióticas rompidas foi cuidadosamente depositada sobre uma solução de NaCl. Esse tubo foi colocado em um rotor de centrífuga, equilibrado por um outro tubo. O esquema a seguir mostra o rotor em repouso e em rotação.

02a

Considere as seguintes massas médias para algumas organelas de uma célula eucariótica:

02b

O homogeneizado celular é centrifugado em rotação e em tempo suficientes para sedimentar as organelas mitocôndrias, lisossomos e núcleos. Essas organelas deverão depositar-se, a partir do fundo do tubo, na seguinte sequência:

a) núcleos, mitocôndrias e lisossomos.

b) lisossomos, mitocôndrias e núcleos.

c) mitocôndrias, lisossomos e núcleos.

d) núcleos, lisossomos e mitocôndrias.

e) lisossomos, núcleos e mitocôndrias.

03. (UFPel) Todos os organismos são formados por células, alguns por uma única e outros por várias. A célula é a unidade morfológica e funcional dos seres vivos e pode ser de dois tipos: procariótica e eucariótica. A procariótica apresenta apenas um tipo de membrana, a plasmática, que envolve o citoplasma onde se encontra o material genético. A eucariótica apresenta, além da membrana plasmática, diversas estruturas delimitadas por membrana. Com base no texto e em seus conhecimentos, é correto afirmar que são exemplos de estruturas celulares delimitadas por membrana:

a) ribossomo e núcleo.

b) lisossomo e centríolo.

c) citoesqueleto e mitocôndria.

d) retículo endoplasmático e nucléolo.

e) complexo de Golgi e peroxissomo.

04. (FUVEST) Uma célula animal está sintetizando proteínas. Nessa situação, os locais indicados por I, II e III na figura a seguir, apresentam alto consumo de:

04

a) (I) bases nitrogenadas, (II) aminoácidos, (III) oxigênio.

b) (I) bases nitrogenadas, (II) aminoácidos, (III) gás carbônico.

c) (I) aminoácidos, (II) bases nitrogenadas, (III) oxigênio.

d) (I) bases nitrogenadas, (II) gás carbônico, (III) oxigênio.

e) (I) aminoácidos, (II) oxigênio, (III) gás carbônico.

05. Tratando-se de uma bactéria, o esquema a seguir:

05

a) é válido, porque o processo de divisão desse organismo é idêntico ao de qualquer outro organismo unicelular.

b) é válido, porque as bactérias têm DNA, parede celular e são sempre diploides.

c) é errado, porque as bactérias não têm DNA nem paredes celulares.

d) é errado, porque as bactérias não têm membrana nuclear.

e) é errado, porque as bactérias se reproduzem por brotamento.

06. (UEM) A figura abaixo é de uma célula acinosa de pâncreas vista ao microscópio eletrônico. Sobre ela, assinale o que for correto.

06

01. A seta A aponta a secreção sendo absorvida pela célula por processo de fagocitose.

02. A seta B aponta a mitocôndria, que é responsável pelo processo de respiração aeróbica, resultando na liberação de gás carbônico, água e energia.

04. A seta C aponta o aparelho de Golgi, onde ocorre armazenamento e concentração das enzimas.

08. A seta D aponta os grãos de secreção, que são bolsas membranosas repletas de enzimas.

16. A seta E aponta o retículo endoplasmático liso, onde ocorre a formação das enzimas pancreáticas, possuindo as funções de síntese, transporte e armazenamento de enzimas.

32. A seta F aponta o nucléolo, o qual é encontrado em todas as células de eucariontes e procariontes.

64. Além de DNA nuclear, encontra–se DNA, também, na estrutura apontada pela seta B.

Soma das alternativas corretas:

07. (UPE) Sobre as células eucarióticas e procarióticas, são feitas as seguintes proposições.

I    II

0   0 – A parede celular é uma estrutura de revestimento que protege e sustenta as células; é encontrada em células procarióticas, fungos e vegetais, sendo constituída quimicamente nesses organismos por quitina, celulose e celulose, respectivamente.

1   1 – O retículo endoplasmático rugoso apresenta, associado ao longo de suas membranas, grânulos constituídos de ribonucleoproteínas e, por isso, está relacionado à síntese proteica, sendo bastante desenvolvido em células de pouca atividade metabólica, como as células adiposas e pouco desenvolvido em célula ativamente metabólicas, como os osteoblastos.

2   2 – A doença denominada silicose, frequente em indivíduos que trabalham inspirando pó de sílica, provoca a perda da estabilidade da membrana lisossômica, resultando na liberação das suas enzimas no interior do citoplasma, com consequente digestão dos seus componentes e morte celular.

3   3 – A decomposição de substâncias tóxicas, como o etanol e a degradação do peróxido de hidrogênio (H2O2), é realizada pelos peroxissomos, por meio de enzimas, principalmente nas células do fígado.

4  4 – A maioria das células procarióticas possui áreas de sua membrana plasmática que apresentam invaginações, denominadas plasmodesmos, que aumentam a sua superfície e atuam como local de concentração de enzimas respiratórias.

08. (UERJ) Observe os esquemas abaixo, que reproduzem as características morfológicas dos tipos celulares, com as respectivas estruturas assinaladas.

08

Nesses tipos celulares pode-se afirmar que as estruturas que são típicas da célula vegetal estão marcadas com os seguintes números:

a) 1 e 4.

b) 2 e 3.

c) 5 e 9.

d) 6 e 7.

e) 8 e 10.

09. (UFRN) Analise a ilustração abaixo.

09I. Célula epitelial.

II. Célula do colênquima.

III. Bactéria do solo.

IV. Bacteriófago.

Com base na ilustração, assinale a alternativa incorreta:

a) as células I e II apresentam organelas responsáveis pela respiração celular.

b) a célula III apresenta material genético disperso no citoplasma, pois não possui núcleo individualizado.

c) a célula IV é um parasita intracelular obrigatório, pois apenas se replica em uma outra célula.

d) um elemento comum entre as células II e III é a parede celular, apesar de não apresentarem a mesma composição química.

e) a célula II apresenta uma organela responsável pela produção de compostos orgânicos a partir de compostos inorgânicos.

10. (UFV) Um grupo de calouros debatia sobre a qual organismo deveria pertencer a única célula observada ao microscópio. As seguintes hipóteses (I, II, III, IV e V) foram formuladas:

I. Deve ser de uma alga, considerando a presença de cloroplasto.

II. Eu acho que é de uma bactéria, olhem bem que é unicelular.

III. Parece que é mesmo de um protozoário, tem movimento ativo.

IV. Suponho que seja de vegetal, aquilo deve ser mitocôndrias.

V. Pode ser de uma célula animal, pois não vejo parede celulósica.

Embora não tenham certeza sobre o organismo citado, se todas as hipóteses estiverem com a justificativa correta, a célula observada ao microscópio poderá ser de um(a):

a) Espermatozoide.

b) Célula meristemática.

c) Levedura.

d) Bactéria.

e) Euglena.

11. (UNICENTRO)

11

Relacionando-se o componente biológico da figura destacada com as demais estruturas biológicas e os conhecimentos acerca do assunto, é correto afirmar:

a) o primeiro ser vivo criou possibilidades bioquímicas para que a estrutura fosse originada.

b) nos organismos do reino Monera, a estrutura é lipoproteica.

c) em organismos unicelulares, a estrutura inviabiliza as suas atividades metabólicas.

d) polímeros de nucleotídeos fazem parte da composição estrutural da membrana plasmática da estrutura.

12. (UEA) A figura apresenta o esquema de um sistema físico para demonstrar o fluxo de água através de uma membrana semipermeável.

12

O fenômeno representado pela figura é:

a) o transporte passivo, que ocorre, por exemplo, na absorção de nutrientes pelas células intestinais.

b) a difusão simples, que ocorre, por exemplo, na passagem de CO2 do meio extracelular para a corrente sanguínea.

c) a difusão facilitada, que ocorre, por exemplo, no transporte de glicose do meio extracelular para o meio intracelular.

d) a osmose, que ocorre, por exemplo, quando hemácias perdem volume ao serem colocadas em solução saturada de NaCl.

e) o transporte ativo, que ocorre, por exemplo, na passagem de íons K+ para o interior da célula e na saída de íons Na+ para o meio extracelular.

13. (UEA) Duas protozooses existentes na região amazônica são a malária e a amebíase, que afetam o ser humano através de infecções parasitárias do sistema circulatório e intestinal, respectivamente. Muitos protozoários não são parasitas e habitam diversos ambientes do planeta. Uma forma comum de nutrição entre os protozoários ocorre através de um processo denominado fagocitose, que consiste basicamente:

a) na assimilação direta dos nutrientes através da difusão.

b) no transporte ativo de sais pelas bombas iônicas.

c) no englobamento de partículas através da emissão de pseudópodes.

d) na passagem de substâncias pelos canais das permeases.

e) na passagem de água pela membrana em função das diferenças de concentrações.

14. (UNAERP) Considere as afirmações sobre as estruturas e especializações de membranas abaixo indicadas:

14

I. As estruturas indicadas em 1, 2 e 3 são, respectivamente, cílios, carioteca e reticulo endoplasmático.

II. As estruturas 2 e 3 têm como função o aumento da superfície de absorção.

III. A estrutura 2 é um desmossomo, que tem como função manter unidas duas células adjacentes.

IV. Dictiossomos indicados em 4 têm como função armazenamento, empacotamento e secreção celular.

a) somente I está correta.

b) somente II e III estão corretas.

c) somente III e IV estão corretas.

d) todas estão corretas.

e) nenhuma está correta.

15. (UFV) Os citologistas tradicionalmente classificam todos os organismos vivos em dois grupos principais: os eucariontes e os procariontes. Basicamente, essa classificação separa os organismos que apresentam suas células com material genético nuclear compartimentalizado por membrana daqueles que não apresentam. Indique a alternativa cuja característica não pertence às células eucarióticas.

a) DNA complexado com histonas.

b) Presença de citoesqueleto.

c) Genoma nuclear com DNA circular.

d) Organelas envolvidas por membranas.

e) Diâmetro celular relativamente largo.

16. (UEPG) Os seres vivos são formados por pequenas subunidades, as células. Com relação à célula animal, assinale o que for correto.

01. O complexo de Golgi e o retículo endoplasmático são organelas pouco desenvolvidas em células secretoras.

02. O retículo endoplasmático rugoso apresenta grânulos de ribossomos aderidos à face externa da superfície da sua membrana, responsáveis pela síntese proteica.

04. As mitocôndrias apresentam uma dupla membrana, uma externa contínua e uma interna com dobras, denominadas cristas mitocondriais. Essas organelas têm por função a produção de energia por respiração celular aeróbica.

08. Os lisossomos são vesículas, espalhadas pelo hialoplasma, ricas em enzimas que participam da digestão intracelular.

16.A membrana celular é dotada de permeabilidade seletiva e controla a entrada e saída de substâncias da célula.

Soma das alternativas corretas:

17. (COVEST) As imagens abaixo representam uma célula animal e uma célula vegetal.

17

Com base nessa imagem, analise as proposições apresentadas a seguir.

I    II

0   0 – A imagem A não pode ser representação de célula vegetal, por não apresentar lisossomo.

1   1 – A imagem B certamente representa uma célula animal.

2   2 – A imagem A também representaria bem uma célula bacteriana.

3   3 – A clorofila pode ser encontrada na organela indicada pela letra b.

4  4 – A representação está incorreta, porque a organela indicada pela letra c não ocorre em células vegetais.

18. Abaixo, apresentamos algumas proposições referentes às células eucariontes:

I. O retículo endoplasmático rugoso de células do pâncreas sintetiza e secreta hormônios peptídicos, como a insulina e o glucagon, para o sangue.

II. A membrana envoltória dos ribossomos, encontrados dispersos no hialoplasma, é originada a partir da carioteca.

III. Plasmodesmos representam pontes de contato entre citoplasma de células epiteliais da mucosa intestinal.

IV. Os centríolos são considerados os organizadores dos microtúbulos, que compõem o fuso mitótico.

V. O retículo endoplasmático liso de células musculares possui alta concentração de Ca++ que, quando liberado, entra no processo de contração das fibras musculares.

Estão corretas:

a) I, II, III.

b) I, II, IV.

c) II, III e IV.

d) I, IV, V.

e) III, IV, V.

19. (UEPG) Atualmente, detalhes da morfologia e da fisiologia celular são bem conhecidos, bem como as características dos diferentes tipos de células. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

I  II

0  0 – Dentre as organelas celulares, os lisossomos são vesículas que armazenam em seu interior enzimas responsáveis pela produção de energia no processo de respiração celular.

1  1 – Nos vegetais, além da membrana plasmática existe uma parede celular, que protege e sustenta a célula constituída principalmente por celulose.

2  2 – A osmose, um tipo de transporte passivo, é a passagem de solvente através de uma membrana semipermeável do meio hipotônico para o meio hipertônico.

3  3 – As células eucarióticas caracterizam-se por apresentarem o material genético protegido por uma bicamada lipídica, a carioteca.

4  4 – Dentre as diversas funções do Complexo de Golgi, pode-se citar: secreção celular, armazenamento de substâncias e formação do acromossomo dos espermatozoides.

20. (IFG) Na década de 80, dois cientistas, Matthias Jakob Schleiden e Theodor Schwann, formularam a hipótese de que todos os seres vivos são constituídos por células, sendo esta a base da Teoria Celular. De acordo com a organização estrutural das células, podemos classificá-las em procariontes e eucariontes. Sobre esses dois grupos, analise as afirmativas:

I. Em ambos os tipos celulares a energia necessária ao metabolismo é fornecida pelas mitocôndrias.

II. Células procariontes normalmente possuem um DNA circular, diferente das células eucariontes em que encontramos diversos cromossomos em seu material genético nuclear.

III. Apesar da semelhança entre mitocôndrias e células procariontes, as mitocôndrias não possuem DNA circular.

Assinale o item que contém a(s) afirmativa(s) correta(s):

a) I e II.

b) II e III.

c) I e III.

d) Apenas a I.

e) Apenas a II.

gab

 

Anúncios
Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2018

TESTES DE GENÉTICA (5)

01. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I  II

0 0 – Um casal em que o homem é Rh+ (heterozigoto), com sangue do tipo AB e a mulher Rh, com sangue tipo O, não poderá ter filhos Rh+ A.

1 1 – Considerando heredograma abaixo, a probabilidade de o indivíduo no 5 ser O, Rh, MN é 1/16.

2 2 – Considerando um casamento em que o homem tem visão normal para as cores e a mulher é também normal, mas filha de um homem daltônico, espera-se que todos os filhos sejam daltônicos e todas as filhas sejam normais.

3 3 – Considerando a genealogia abaixo, é  correto  afirmar  que  os  genótipos dos indivíduos I, II e III são, respectivamente, XDY, XDXd e XDY. Considere D = gene que determina ausência de daltonismo e d = gene que determina daltonismo.

4 4 – A probabilidade de um casal de duplo heterozigoto para dois pares de genes autossômicos com segregação independente, vir a ter um descendente com apenas uma característica dominante é 3/16.

02. (UEL) Acerca da relação entre os cromossomos de um menino e os de seus avós, fizeram-se as seguintes afirmações.

I. Seu cromossomo Y é descendente do Y de seu avô paterno.

II. Seu cromossomo X é descendente de um X de sua avó paterna.

III. Entre seus autossomos, há descendentes de autossomos de seus avós.

Dessas afirmações, estão corretas apenas.

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e III.

e) II e III.

03. (VUNESP) A talassemia é uma doença hereditária que resulta em anemia. Indivíduos homozigotos MM apresentam a forma mais grave, identificada como talassemia maior e os heterozigotos MN, apresentam uma forma mais branda chamada de talassemia menor. Indivíduos homozigotos NN são normais. Sabendo-se que todos os indivíduos com talassemia maior morrem antes da maturidade sexual, qual das alternativas a seguir representa a fração de indivíduos adultos, descendentes do cruzamento de um homem e uma mulher portadores de talassemia menor, que serão anêmicos?

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/3.

d) 2/3.

e) 1/8.

04. (FUVEST) O gene autossômico que condiciona pelos curtos no coelho é dominante em relação ao gene que determina pelos longos. Do cruzamento entre coelhos heterozigotos nasceram 480 coelhinhos, dos quais 360 tinham pelos curtos. Entre esses coelhinhos de pelos curtos o número esperado de heterozigotos é:

a) 180.

b) 240.

c) 90.

d) 120.

e) 360.

05. (IFNMG) O princípio de Hardy-Weinberg propõe que uma população, na ausência de fatores evolutivos que atuem sobre ela, mantém a sua composição gênica constante através das gerações. Uma condição necessária para que se mantenha o equilíbrio gênico de uma população, entre outras, é:

a) A entrada, por migração, de novos indivíduos na população.

b) A ocorrência de cruzamentos não preferenciais.

c) A ação da seleção natural, eliminando genótipos.

d) O surgimento de mutações gênicas.

06. (COVEST) Foram analisados dados de famílias nas quais ocorriam casos de uma determinada anomalia e verificou-se que, em todas, os casamentos entre homens afetados e mulheres normais culminavam, sempre, em proles nas quais todas as fêmeas eram afetadas e todos os machos eram normais. De posse destes dados pode concluir que a referida moléstia é condicionada por um alelo:

I  II

0  0 – Dominante autossômico.

1  1 – Autossômico recessivo.

2  2 – Dominante ligado ao Y.

3  3 – Recessivo ligado ao X.

4  4 – Dominante ligado ao X.

07. (VUNESP) O gene autossômico, que condiciona pelos curtos em cobaias, é dominante em relação ao gene que determina pelos longos. Do cruzamento de cobaias heterozigotas nasceram 300 cobaias, das quais 240 tinham pelos curtos. Entre as cobaias de pelos curtos, o número esperado de heterozigotos é:

a) 45.

b) 60.

c) 90.

d) 160.

e) 180.

08. (UDESC) Em humanos a polidactilia é condicionada por um gene dominante, sendo os indivíduos homozigotos recessivos portadores de pés e mãos normais (com 5 dedos cada). Por sua vez, o albinismo é condicionado por um gene recessivo, sendo que o alelo dominante produz em seus portadores pigmentação normal. Ambos os locos citados são autossômicos. Considere este caso: Antônio, um homem com pés e mãos normais, porém albino, casa-se com Maria, mulher normal para o albinismo, polidáctila a e filha de um homem homozigoto e normal para os dois caracteres e de uma mulher albina e polidáctila. A partir das informações anteriores, assinale a alternativa correta.

a) Todos os filhos desse casal deverão ser albinos.

b) Não existe qualquer chance de nascer um filho polidáctilo dessa relação.

c) Antônio poderá produzir 2 tipos de gametas diferentes para essas características.

d) A mãe de Maria é, obrigatoriamente, homozigota para as duas características.

e) Maria produzirá gametas de 4 tipos diferentes para essas características.

09. (PUC-SP) Analise a genealogia a seguir, onde foi estudado o caráter braquidactilia (dedos curtos), que é determinado por um par de genes.

Nessa família, os indivíduos 1, 2, 3, 4 e 7 são braquidáctilos, enquanto os indivíduos 5 e 8 apresentam dedos normais. Considerando essas informações e desprezando a possibilidade de ocorrência de mutação, pode-se afirmar que o indivíduo 6:

a) é braquidáctilo e homozigoto.

b) é braquidáctilo e heterozigoto.

c) tem dedos normais e é homozigoto.

d) tem dedos normais e é heterozigoto.

e) pode ser ou não braquidáctilo e é homozigoto.

10. (UFMG) A enzima G-6-PD (glicose-6-fosfato desidrogenase) está presente nas hemácias de indivíduos normais. A ausência dessa enzima, em indivíduos afetados, torna as hemácias sensíveis a certas drogas e nutrientes, provocando sua destruição. O gene que determina a ausência de G-6-PD é recessivo e situa-se no cromossomo X. Observe o heredograma que representa uma família com essa característica.

Com base nesse heredograma, é correto afirmar que:

a) cada um dos indivíduos representados tem, pelo menos, um gene para ausência de G-6-PD.

b) essa família apresenta dois indivíduos heterozigotos para o gene que determina a G-6-PD.

c) casais como I.1 x I.2 têm probabilidade maior de ter filhos afetados do que de ter filhas afetadas.

d) o indivíduo II-3 pode ter recebido o gene da G-6-PD tanto do seu pai quanto de sua mãe.

11. (UNCISAL) Em 1908, o matemático inglês Godfrey H. Hardy e o médico alemão Wilhem Weinberg, de maneira independente, demonstraram que dentro de determinadas condições, as frequências alélicas permaneceriam inalteradas ao longo das gerações. Neste caso, diz-se que a população se encontra se em equilíbrio de Hardy-Weinberg ou equilíbrio gênico. São pressupostos essenciais que devem ser considerados para o equilíbrio de Hardy-Weinberg, exceto:

a) Os Cruzamentos são ao acaso.

b) O tamanho da população é muito grande.

c) A seleção natural não afeta os alelos que estão sendo considerados.

d) Ocorrência de migração entre diferentes populações.

12. (PUCCAMP) Num dado organismo, foram encontradas células somáticas normais com seis cromossomos (I) e células aberrantes (II e III) cujos cariótipos estão esquematizados a seguir.

As aberrações cromossômicas dos cariótipos II e III são, respectivamente, do tipo:

a) monossomia e trissomia.

b) monossomia e poliploidia.

c) nulissomia e trissomia.

d) nulissomia e poliploidia.

e) nulissomia e monossomia.

13. (UEL) O heredograma a seguir representa a herança de um par de genes entre os quais há dominância. Os símbolos escuros representam indivíduos que exibem a característica recessiva.

Nesse heredograma não se pode determinar o genótipo do indivíduo.

a) 1.

b) 3.

c) 5.

d) 6.

e) 7.

14. (PUC-MG) O número de cromossomos de uma espécie é 2n = 20. O sistema de determinação do sexo é do tipo ZW. O cariótipo que representa uma euploidia é.

a) 20, ZW.

b) 20, ZZ.

c) 30, ZWW.

d) 19, ZO.

e) 21, ZZW.

15. (PUC-MG) Em um caso de linkage, dois genes A e B, autossômicos, distam entre si 20 UR. Considere o seguinte cruzamento:

Fêmea (Ab/aB) X Macho (ab/ab)

Qual é a frequência esperada de machos com o genótipo AB/ab?

a) 100%.

b) 50%.

c) 25%.

d) 10%.

e) 5%.

16. (UnB) No Brasil, uma lei determina que os recém-nascidos sejam submetidos ao “teste do pezinho”, por meio do qual se identifica a fenilcetonúria, doença hereditária que pode levar ao retardamento mental, com prejuízo da fala e dos movimentos. Se detectada a tempo, essa doença pode ser controlada ministrando-se ao recém-nascido uma dieta especial. O heredograma seguinte ilustra uma situação em que há indivíduos fenilcetonúricos.

Considerando o heredograma, julgue os itens abaixo.

01. O caráter fenilcetonúrico apresenta herança autossômica dominante.

02. O cruzamento entre os indivíduos 10 e 11 ilustra como a consanguinidade influencia o aparecimento de doenças hereditárias.

04. Os homens normais representados no heredograma são necessariamente heterozigotos.

08. A probabilidade de que o casal formado pelos indivíduos 10 e 11 tenha um descendente do sexo masculino fenilcetonúrico é igual a 12,5%.

16. A dieta especial a que devem ser submetidos os recém-nascidos fenilcetonúricos tende a alterar a frequência do gene da fenilcetonúria na população.

Soma das alternativas corretas:

17. (UECE) A calvície é uma característica influenciada pelo sexo e o gene que a condiciona se comporta como recessivo no sexo feminino e dominante no sexo masculino. Observe a genealogia a seguir, relativa a essa característica.

A probabilidade do casal 3 × 4 ter o primeiro filho homem e que venha a ser calvo, é:

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/6.

18. (UNITAU) No início do século 20, o inglês Godfrey Harold Hardy e o alemão Wilhelm Weinberg demonstraram que a variação da frequência de alelos e seus genótipos, em uma população, depende diretamente da ação de um fator evolutivo qualquer, sem o qual a dada população não experimentará a variabilidade genética, o que foi chamado de “Teorema ou Princípio de Hardy-Weinberg”. Entretanto, esse modelo se aplica apenas àquelas populações em que o processo evolutivo esteja desativado, o que é uma situação hipotética, conhecida como “equilíbrio gênico”. Sobre o Teorema ou Princípio de Hardy-Weinberg, assinale a alternativa que descreve uma situação que contribui para o estabelecimento do equilíbrio gênico em uma população.

a) Cruzamentos entre indivíduos devem ocorrer ao acaso, aleatoriamente.

b) A população deve apresentar tamanho reduzido, ou seja, pequeno número de indivíduos.

c) Ocorrência de seleção natural, em indivíduos com a mesma chance de sobrevivência.

d) Ocorrência dos processos de migração, com a entrada e a saída de indivíduos da população.

e) Ocorrência máxima da variação fenotípica.

19. (PUCRS) Estudos genéticos permitiram verificar que um casal tem 1/4 de probabilidade de ter um descendente com uma determinada anomalia. Esse casal tem __________ de probabilidade de ter um descendente do sexo masculino e portador da disfunção genética mencionada.

a) 2/3.

b) 3/9.

c) 1/8.

d) 2/5.

e) 1/25.

20. (Mackenzie) Se os indivíduos 7 e 11 (figura abaixo) se casarem, a probabilidade desse casal ter uma filha com o mesmo fenótipo do avô materno é de.

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/3.

e) 2/3.

Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2018

TESTES SOBRE TECIDO MUSCULAR (1)

01. (FMJ) A figura é uma representação esquemática do corte de uma fibra muscular esquelética.

A estrutura celular indicada pela seta e que envolve as miofibrilas é:

a) o complexo golgiense.

b) uma rede de microtúbulos.

c) uma rede de filamentos de actina e miosina.

d) o retículo endoplasmático agranular.

e) o retículo endoplasmático granular.

02. (UEA) Há dois tipos de fibras musculares. As fibras musculares do tipo I têm contração mais lenta, mais mitocôndrias e maior irrigação sanguínea que as fibras de tipo II, de contração mais rápida, porém com menos mitocôndrias e menor irrigação sanguínea. As pessoas naturalmente apresentam diferentes proporções de fibras do tipo I e do tipo II, mas o treinamento físico é capaz de alterar, até certo ponto, a proporção de fibras lentas e rápidas nos músculos. O gráfico apresenta a porcentagem de fibras musculares do tipo I e do tipo II de pessoas com diferentes hábitos de exercício físico.

Com base na proporção dos diferentes tipos de fibras musculares, é correto afirmar que os indivíduos 1, 2 e 3 são, respectivamente,

a) um corredor de curta distância, um ciclista e uma pessoa sedentária.

b) uma pessoa sedentária, um corredor de curta distância e um maratonista.

c) um ciclista, um maratonista e um praticante de musculação.

d) um maratonista, um praticante de musculação e um ciclista.

e) um maratonista, uma pessoa sedentária e um corredor de curta distância.

03. (URCA) Sabemos que o tecido muscular é classificado em três tipos: tecido muscular estriado cardíaco, tecido muscular estriado esquelético e tecido muscular não estriado ou liso. Conforme informação acima a alternativa que indica o tipo de músculo relacionado com a nossa locomoção, corretamente é:

a) estriado cardíaco.

b) estriado esquelético.

c) não estriado.

d) estriado esquelético e estriado cardíaco.

e) estriado cardíaco e não estriado.

04. (UERJ) As células musculares presentes nas asas das aves migratórias possuem maior concentração de determinada organela, se comparadas às células musculares do restante do corpo. Esse fato favorece a utilização intensa de tais membros por esses animais. Essa organela é denominada:

a) núcleo.

b) centríolo.

c) lisossoma.

d) mitocôndria.

05. (UEPG) Existem três tipos de tecido muscular, os quais diferem entre si pelas características de suas células e pela localização no organismo. Considerando o tecido muscular, assinale o que for correto.

01. O tecido muscular estriado cardíaco é encontrado apenas no coração. Suas células são longas, ramificadas, com estrias transversais e contraem-se de forma involuntária e ritmada.

02. Entre as funções do tecido muscular liso estão: empurrar o alimento ao longo do tubo digestivo e regular o fluxo de sangue por meio do controle do diâmetro dos vasos, contraindo-se involuntariamente.

04. As miofibrilas dos músculos estriados são constituídas pelas proteínas miosina e actina, as quais organizam-se em filamentos. A contração ocorre quando os filamentos de actina deslizam sobre os filamentos de miosina, diminuindo, assim, o comprimento do miômero (ou sarcômero).

08. O processo de contração de um tecido muscular estriado esquelético é voluntário (por exemplo, movimento das pernas ao caminhar), processo, então, que não depende do sistema nervoso.

Soma das alternativas corretas:

 06. (UPE) Observe o texto e a figura a seguir:

Para a formação dos músculos esqueléticos, é necessária a ativação, proliferação e diferenciação de linhagens de células miogênicas. Esses três processos dependem da expressão e atividade de genes, conhecidos como fatores de regulação miogênica (MRFs), responsáveis por transformar células não musculares em musculares. Os MRFs (MyoD, Miogenina, Myf5 e o MRF4) são produzidos por genes reguladores, que funcionam como fatores de transcrição e que inibem ou ativam os demais genes da via de diferenciação. A miostatina, proteína codificada pelo gene MSTN, é a principal responsável pela inibição da hiperplasia muscular nos animais adultos. Quando a miostatina não é expressa (ver figura), Pax3 e MyoD continuam atuando e promovem a miogênese, cujo resultado, principalmente em bovinos, é um fenótipo denominado “dupla musculatura”. A ausência de expressão dessa proteína ocorre, especialmente, quando há uma mutação em seu gene.

Sobre esse contexto, é correto afirmar que:

a) a combinação de dois alelos com mutação confere ao indivíduo o fenótipo característico de dupla musculatura, oferecendo maiores vantagens econômicas para os criadores de gado de corte.

b) a miogênese é a via responsável pelo crescimento hipertrófico do tecido muscular do gado, sendo necessária a atuação de proteínas que trabalham de forma isolada, mas codificadas pelo mesmo RNAm.

c) o genótipo heterozigoto deve receber uma atenção maior por parte de produtores de carne, pelo fato de apresentar maiores vantagens econômicas que o genótipo homozigoto.

d) os organismos, nos quais o gene MSTN é superexpresso, apresentam aumento da massa muscular; assim a miostatina atua potencializando a fase de ativação e, consequentemente, de proliferação e diferenciação dos miócitos e mioblastos, respectivamente.

e) um aumento discreto na musculatura também está presente em indivíduos com apenas uma cópia do alelo mutado. Dessa forma, esse tipo de herança é caracterizado como dominância completa ou ligada ao Y.

07. (IFMT) Usain Bolt, velocista jamaicano, multicampeão olímpico e mundial, recordista mundial dos 100 e 200 metros rasos, o homem mais rápido do mundo. É o único atleta na história do atletismo a se tornar tricampeão em todas as três modalidades em Jogos Olímpicos de forma consecutiva e a conquistar nove medalhas de ouro em provas de velocidade, sendo onze vezes campeão mundial.

(Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Usain_Bolt#cite_note-61. Acessado em ago. 2016).

Em relação às características das fibras musculares presentes nas pernas do atleta multicampeão olímpico e mundial, é correto afirmar que há predomínio de fibras de contração:

a) rápida, ricas em mioglobina e metabolismo anaeróbico.

b) lenta, ricas em mioglobina e metabolismo aeróbico.

c) rápida, pobres em mioglobina e metabolismo anaeróbico.

d) lenta, pobres em mioglobina e metabolismo aeróbico.

e) rápida, ausência de mioglobina e metabolismo aeróbico.

08. (UFLA) Analise as seguintes figuras:

As figuras 1, 2 e 3 correspondem, respectivamente, à:

a) Fibra muscular estriada esquelética, fibra muscular estriada cardíaca, fibra muscular lisa.

b) Fibra muscular estriada esquelética, fibra muscular lisa, fibra muscular estriada cardíaca.

c) Fibra muscular lisa, fibra muscular estriada esquelética, fibra muscular estriada cardíaca.

d) Fibra muscular estriada cardíaca, fibra muscular estriada esquelética, fibra muscular lisa.

09. (FPS) A figura abaixo ilustra a organização das fibras musculares quando o músculo está relaxado.

É correto afirmar que, durante a contração muscular, ocorrerá:

a) Aumento da faixa 5, enquanto a actina (1) desliza sobre a miosina (2).

b) Redução da faixa 3, enquanto a miosina (1) desliza sobre a actina (2).

c) Redução da faixa 5, enquanto os filamentos de actina (1) penetram a faixa 4.

d) Aumento da faixa 4, enquanto os filamentos de miosina (1) penetram a faixa 3.

e) Redução da faixa 4, enquanto os filamentos de actina (1) penetram a faixa 5.

10. (UFAM) Os tecidos musculares são constituídos por células especializadas na recepção de estímulos que levam à sua contração. Esse processo de contratilidade e relaxamento é determinado por um sistema de filamentos proteicos que deslizam entre si, promovendo a alteração da forma e comprimento da célula. A seguir, você tem a descrição dos três tipos de tecido nos itens I, II e III:

I. Tecido muscular constituído por células fusiformes, uninucleadas, com os núcleos ocupando posição central.

II. Tecido muscular constituído por células longas, multinucleadas, cilíndricas, apresentando núcleos em posição periférica.

III. Tecido muscular constituído por células longas, uni ou binucleadas, apresentando núcleos em posição central e discos intercalares.

Analisando as afirmativas apresentadas, é correto afirmar que:

a) I é um tecido muscular liso.

b) II é um tecido muscular cardíaco.

c) III é um tecido muscular esquelético.

d) I e III apresentam sarcômeros.

e) I e II são tecidos musculares estimulados voluntariamente.

11. (URCA) Mesmo que alguém não queira mais respirar, depois de algum tempo ele vai respirar involuntariamente, movimentando o músculo diafragma. Esse músculo em forma de cúpula e principal responsável pela respiração (também é auxiliado pelos músculos intercostais e outros músculos acessórios); serve de fronteira entre a cavidade torácica e abdominal. Está coberto pelo peritônio em sua face inferior, e é adjacente à pleura parietal em sua face superior. A respeito desse músculo é correto afirmar:

a) É formado por musculatura lisa.

b) É formado por musculatura mista, ou seja, cardíaca e lisa.

c) Seus movimentos são importantes para a tosse, espirros, parto e defecação.

d) Durante a inspiração, a cúpula diafragmática se contrai e desce, aumentando a pressão intratorácica e comprimindo as vísceras abdominais.

e) A descida do diafragma resulta também na diminuição do diâmetro vertical do tórax.

12. Os hábitos alimentares, associados ao modo de vida sedentário de várias sociedades contemporâneas, podem levar ao infarto do miocárdio. Sobre os tecidos que compõem o sistema circulatório, é incorreto afirmar:

a) O tecido endotelial, ou endotélio, é um tipo de tecido epitelial importante na formação dos vasos, que podem ser obstruídos por acúmulo de gordura, diminuindo o fluxo de sangue por eles.

b) A contração muscular tem origem na unidade funcional denominada sarcômero e sua contração é dependente de Ca+2 e ATP. Isso explica o infarto do coração na falta de circulação sanguínea na fibra muscular cardíaca.

c) Os glóbulos vermelhos e brancos são conduzidos de seus tecidos de origem até outros tecidos do organismo pelos vasos. O impedimento da chegada de hemácias em alguns tecidos-alvos, pela obstrução de vasos, leva a lesões irreversíveis, devido à falta de oxigenação desses tecidos.

d) Uma sinapse neuromuscular, também denominada placa motora, representa o ponto de terminação de um axônio na fibra muscular e é responsável pela sinalização e origem do mecanismo de contração.

e) O tecido muscular liso possui contração involuntária e é componente importante da parede de vasos sanguíneos.

13. Entre os numerosos erros que afetam as medidas no campo do esporte, aquele que é mais frequentemente cometido e que, no entanto, poderia ser mais facilmente corrigido, está relacionado com a variação da aceleração da gravidade. Sabe-se que o alcance de um arremesso, ou de um salto à distância, é inversamente proporcional ao valor de g, que varia de um local para o outro da Terra, dependendo da latitude e da altitude do local. Então, um atleta que arremessou um dardo, por exemplo, em uma cidade onde o valor de g é relativamente pequeno (grandes altitudes e pequenas latitudes) será beneficiado. Para dar uma ideia da importância destas considerações, o professor americano P. Kirkpatrick, em um artigo bastante divulgado, mostra que um arremesso cujo alcance seja de 16,75 m em Boston constituía, na realidade, melhor resultado do que um alcance de 16,78 m na Cidade do México. Isto em virtude de ser o valor da aceleração da gravidade, na Cidade do México, menor do que em Boston. As correções que poderiam ser facilmente feitas para evitar discrepâncias desta natureza não são sequer mencionadas nos regulamentos das Olimpíadas.

(Antônio Máximo e Beatriz Alvarenga. “Curso de Física”. v. 1. S. Paulo: Scipione, 1997. p. 148)

O arremesso de dardo exige do atleta contração muscular. Isso ocorre devido ao:

a) deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina.

b) encurtamento das fibras de mioglobina, com gasto de ATP.

c) movimento dos sarcômeros sobre os filamentos de miosina.

d) deslocamento da fosfocreatina para fora das miofibrilas.

e) estímulo da linha Z com produção de ATP e acetilcolina.

14. (UEPG) A contração muscular é um processo fisiológico de alto custo energético. Com relação aos processos que fornecem energia para a contração muscular, assinale o que for correto.

01. As fibras musculares possuem moléculas de fosfato de creatina, ou fosfocreatina, uma substância altamente energética presente nas fibras musculares em uma concentração cerca de 10 vezes maior que o ATP.

02. Durante um exercício, à medida que o estoque de ATP vai sendo utilizado, a célula muscular transfere fosfatos energéticos das moléculas de fosfocreatina para moléculas ADP, gerando mais ATP.

04. As células musculares armazenam grande quantidade de glicogênio, um polissacarídeo formado por centenas de moléculas de glicose unidas entre si.

08. O ácido lático produzido nos músculos é transportado pelo sangue até os rins, onde é totalmente excretado com a urina.

16. A fermentação lática ocorre nas fibras musculares durante um exercício muscular muito intenso. Nesse caso, após esgotarem-se as reservas de gás oxigênio ligado à mioglobina, as fibras musculares passam a produzir ATP por meio da fermentação lática.

Soma das alternativas corretas:

15. (IFSC)

A ciência por trás do mito:

como funciona o corpo de Usain Bolt quando corre os 100 metros.

Para encarar uma prova como a final dos 100 metros rasos, corredores devem chegar recuperados da semifinal, realizada uma hora e meia antes, e realizar aquecimento, para assegurar que os músculos estejam flexíveis, quentes e elásticos, com menor possibilidade de lesão. Esses músculos contêm o que chamamos fibra muscular de contração rápida: músculos fortes, poderosos e rápidos na contração, mas também de fácil fadiga. A maioria de nós temos cerca de metade de músculos com fibras rápidas e metade com fibras lentas. Mas o homem mais rápido do mundo tem 80% da musculatura composta por fibras rápidas.

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/geral-37084886. Acesso em: 22 ago. 2016. [Adaptado]

Sobre o tecido muscular, as fibras musculares e sua contração, assinale a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. A fadiga muscular é resultado da respiração anaeróbia que ocorre nas fibras musculares em situações em que há grande disponibilidade de oxigênio.

02. A sensação de dor causada pela fadiga é decorrente da formação de ácido láctico nas fibras musculares.

04. As unidades de contração das fibras musculares são denominadas sarcômeros, ricos em proteínas actina e queratina.

08. Para que ocorra a contração de forma eficiente há um bombeamento de ATP e íons Fe++ para o interior das fibras musculares.

16. A musculatura do quadríceps utilizada na corrida de 100 metros rasos é classificada como um tecido muscular estriado esquelético.

32. Durante a prova dos 100m rasos, tanto a realização de respiração aeróbia quanto anaeróbia pelas fibras musculares apresentam rendimento energético semelhante, no que se refere à produção de ATP.

Soma das alternativas correta:)

16. (UNESP) Alguns chefs de cozinha sugerem que o peru não deve ser preparado inteiro, pois a carne do peito e a da coxa têm características diferentes, que exigem preparos diferentes. A carne do peito é branca e macia, e pode ressecar dependendo do modo como é preparada. A carne da coxa, mais escura, é mais densa e suculenta e deve ser preparada separadamente. Embora os perus comercializados em supermercados venham de criações em confinamento, o que pode alterar o desenvolvimento da musculatura, eles ainda mantêm as características das populações selvagens, nas quais a textura e a coloração da carne do peito e da coxa decorrem da composição de suas fibras musculares e da adequação dessas musculaturas às funções que exercem. Considerando as funções desses músculos nessas aves, é correto afirmar que a carne:

a) Do peito é formada por fibras musculares de contração lenta, pobres em mitocôndrias e em mioglobina, e eficientes na realização de esforço moderado e prolongado.

b) Do peito é rica em fibras musculares de contração rápida, ricas em mitocôndrias e em mioglobina, e eficientes na realização de esforço intenso de curta duração.

c) Da coxa é formada por fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e em mioglobina, e eficientes na realização de esforço moderado e prolongado.

d) Da coxa é formada por fibras musculares de contração rápida, pobres em mitocôndrias e em mioglobina, e eficientes na realização de esforço intenso de curta duração.

e) Do peito é rica em fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e em mioglobina, e eficientes na realização de esforço moderado e prolongado.

17. (IFMT) Quem tem acompanhado o Pan Americano 2015 que está acontecendo em Toronto, no Canadá, neste mês de julho, tem visto não somente a conquista das medalhas pelos atletas, mas também a apresentação por parte deles, de músculos belíssimos, seja na definição, seja no desenvolvimento. Referente ao tecido muscular são feitas as proposições a seguir. Analise-as e assinale a incorreta.

a) As células que formam o tecido muscular estriado esquelético são as fibras musculares que apresentam vários núcleos localizados na periferia do sarcoplasma, próximos a membrana plasmática.

b) A realização de movimentos voluntários como levantar os membros, inclinar o corpo e outros tantos realizados pelos atletas é possível graças ao aparelho locomotor que é formado por músculos que se prendem aos ossos do sistema esquelético.

c) A unidade contrátil da célula muscular é o sarcômero, que se alonga aumentando de comprimento, quando ocorre o movimento de contração.

d) Para que o movimento contrátil aconteça, o estímulo nervoso, por meio de fibras nervosas motoras, precisa chegar até a fibra muscular e estabelecer contato, formando a placa motora.

e) A atividade física constante realizada pelos atletas estimula a formação de novas miofibrilas, o que leva ao aumento do volume da fibra muscular e consequentemente do músculo.

18. (UPF) O tecido muscular é constituído por células alongadas, altamente especializadas e dotadas de capacidade contrátil. A capacidade de contração desse tecido é que proporciona os movimentos dos membros, das vísceras e de outras estruturas do organismo. O quadro abaixo apresenta os três tipos de células musculares com suas principais características.

A alternativa que preenche corretamente os espaços de I a IV e:

a) Esquelético, liso, involuntária, vários.

b) Esquelético, liso, voluntária, vários.

c) Liso, esquelético, involuntária, um.

d) Liso, esquelético, voluntária, vários.

e) Esquelético, liso, involuntária, um.

19. (UFPB) Fibras musculares estriadas são formadas por miofibrilas, cuja unidade funcional é o sarcômero. O arranjo dessas estruturas encontra-se re­presentado no diagrama abaixo.

Considerando a organização dos miofilamentos no interior do sarcômero, pode-se dizer que a banda A

a) apresenta da mesma forma que a banda I uma disposição alternada de actina e miosina.

b) é constituída apenas por miosina e a banda I apenas por actina.

c) é constituída por actina e miosina e a banda I apenas por actina.

d) é formada apenas por actina e a banda I apenas por miosina.

e) apresenta disposição alternada de actina e miosina e a banda I não apresenta qualquer tipo de miofilamento.

20. (UFES) Representa uma característica do tecido muscular liso:

a) Possuir estriações transversais nas suas células.

b) Apresentar contrações voluntárias.

c) Ser constituído de células multinucleadas.

d) Apresentar contração controlada pelo sistema nervoso.

21. (IFMT) O corpo humano é composto por vários tipos de tecido. Um dos tecidos mais importantes e que está em praticamente toda a extensão do nosso corpo, é o tecido muscular. Esse tecido possui fibras que podem ser classificadas, conforme a cor correspondente do músculo ao que elas fazem parte.

(Disponível <http://www.treinomestre.com.br/&gt;. Acessado em abr. 2016).

Dessa forma, as fibras foram separadas em fibras brancas (tipo II) e fibras vermelhas (tipo I). Cada tipo de fibra atua de forma diferente. Sobre elas, assinale a afirmativa correta.

a) as fibras brancas são mais comumente usadas em atividades que demandam intensidade baixa à moderada, com longa duração, com pequena contração muscular e de forma lenta.

b) as fibras vermelhas, normalmente, em menor diâmetro, necessitam de um maior fornecimento sanguíneo. É possível encontrar muitas mitocondriais no seu interior e muitas enzimas oxidativas no sarcoplasma.

c) as fibras do tipo II, de contração rápida, têm maior diâmetro quando comparadas as fibras vermelhas. Possuem uma proliferação de enzimas ligadas ao metabolismo aeróbico, que ocorre no interior das fibras.

d) as fibras vermelhas estão mais presentes em corpos de atletas corredores velocistas, lançador de dardos,

e) as fibras brancas resistem mais ao cansaço, entretanto não ganham muita massa muscular. Não engordam com muita facilidade, mantendo o peso.

22. (UFPI) Que tipo de músculo é responsável pela peristalse ao longo do trato digestório?

a) Cardíaco

b) Voluntário

c) Liso.

d) Estriado

e) Esquelético

23. (UNIRIO) É constituído por células uninucleadas que possuem núcleos centrais. Em seu citoplasma encontramos miofibrilas, formando discos claros e escuros. Para formar o tecido, essas células se colocam em continuidade umas com as outras, sendo que a adesão entre elas, feita pelos discos intercalares, apresenta contrações rápidas e involuntárias. Essa é a descrição do tecido:

a) epitelial.

b) conjuntivo.

c) muscular estriado cardíaco.

d) muscular liso.

e) muscular estriado esquelético.

24. (IFSC) Observe a figura abaixo:

FONTE:http://www.mundoeducacao.com/biologia/tecido-muscular.htm.

Acesso em 31/08/2015.

Existem três tipos de tecidos musculares: o tecido muscular estriado esquelético, o tecido muscular estriado cardíaco e o tecido muscular liso (não estriado). Sobre os tecidos musculares, assinale no cartão-resposta a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. As células que compõem os músculos podem ser chamadas de células musculares, fibras musculares ou miócitos.

02. O citoplasma das células musculares se chama sarcoplasma; o retículo endoplasmático que encontramos no interior das células musculares se chama retículo sarcoplasmático; e a membrana plasmática das células musculares é chamada de sarcolema.

04. As células do músculo estriado esquelético são de aspecto fusiforme, isto é, são volumosas na região central e afiladas nas extremidades. Apresentam apenas um núcleo central e são visíveis somente em microscopia. Podem ser encontradas na parede do tubo digestório e das vias respiratórias.

08. O tecido muscular liso apresenta uma contração lenta e involuntária, ou seja, não depende da vontade do indivíduo. Por sua vez, o tecido muscular estriado esquelético apresenta uma contração rápida e voluntária, ligando-se aos ossos e atuando na movimentação do corpo.

16. Os tecidos musculares são de origem ectodérmica e relacionam-se com a locomoção e outros movimentos do corpo, como a contração dos órgãos do tubo digestório, do coração e das artérias.

32. Sarcômero é um dos componentes básicos do músculo estriado que permite a contração muscular. Cada sarcômero é constituído por um complexo de proteínas, entre as quais se encontram a actina e a miosina.

Soma das alternativas corretas:

25. (COVEST) As fibras que compõem o tecido muscular cardíaco são:

a) Lisas, anastomosadas e de contração voluntária.

b) Estriadas, anastomosadas e de contração involuntária.

c) Estriadas, não anastomosadas e de contração involuntária.

d) Estriadas, anastomosadas e de contração voluntária.

e) Lisas, anastomosadas e de contração involuntária.

26. O músculo esquelético nunca está em repouso completo e sim sempre levemente contraído, porque recebe constantemente impulsos nervosos da medula e do cérebro. A esse estado denominamos:

a) contratura.

b) tétano.

c) fadiga.

d) tônus.

e) adição latente.

27. (UNIRIO) Ao microscópio eletrônico nota-se que o tecido muscular cardíaco não é um sincício e que suas fibras alongadas se unem entre si formando uma estrutura denomina-se:

a) sarcômero.

b) faixa isotrópica.

c) faixa anisotrópica.

d) Nódulos de Ranvier.

e) discos intercalares.

28. A unidade de contração da fibra muscular corresponde:

a) à miofibrila.

b) ao sarcômero.

c) à banda “A” do sarcômero.

d) à faixa anisotrópica da miofibrila.

e) à faixa isotrópica da miofibrila.

29. (FCM-PB) C.R.F. é um daqueles frequentadores assíduos de academias de ginástica, e ao tentar superar seus próprios recordes anteriores, exagerou e sentiu entre outros sintomas muitas câimbras como consequência da liberação de energia pelas células em condições praticamente de anaerobiose. As câimbras sentidas por C.R.F se deve ao fato de acúmulo de:

a) Glicose.

b) Ácido lático.

c) Ácido pirúvico.

d) Ácido acético.

e) Glicogênio.

30. Observe as figuras a seguir, contendo os três tipos fundamentais de músculo encontrados no organismo humano e no dos demais vertebrados.

Com base nas figuras e em seus conhecimentos sobre tecido muscular, analise as afirmativas a seguir e marque com V as verdadeiras e com F as falsas.

01. A figura I é relativa ao tecido muscular esquelético (estriado), responsável pelos movimentos voluntários do corpo humano.

02. A figura II é relativa ao tecido muscular liso, encontrado em órgãos que se contraem e se distendem involuntariamente.

04. A figura II apresenta o tecido muscular cardíaco, que também é estriado, mas só está presente no coração.

08. A figura III e relativa ao tecido muscular esquelético (estriado), encontrado no coração.

Soma das alternativas corretas:

Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2018

TESTES DE EMBRIOLOGIA (8)

01. (Unitau) Assinale a alternativa que associa corretamente as características da Coluna 1 e os animais da Coluna 2.

COLUNA 1

I. Apresentam dois folhetos embrionários e são radialmente simétricos.

II. São blastocelomados e apresentam tecidos.

III. Apresentam três folhetos embrionários e metameria corpórea.

IV. Não apresentam folhetos embrionários e não possuem tecidos.

COLUNA 2

A. Cnidários.

B. Platelmintos.

C. Poríferos.

D. Anelídeos.

a) I – A; II – B; III – C; IV – D.

b) I – A; II – B; III – D; IV – C.

c) I – A; II – C; III – B; IV – D.

d) I – B; II – A; III – D; IV – C.

e) I – B; II – A; III – C; IV – D.

02. (FCM-PB) Nos mamíferos o desenvolvimento embrionário ocorre no interior do útero materno, as etapas iniciais do desenvolvimento embrionário até este órgão, compreendem as seguintes sequências, respectivamente:

a) Fecundação — clivagem do zigoto — formação de blastômeros — mórula — formação de blastocistos — embrião no útero.

b) Formação de blastômeros — mórula — formação de blastócitos — clivagem do zigoto — embrião no útero.

c) Mórula — formação de blastócitos — clivagem do zigoto — Formação de blastômeros — embrião no útero.

d) Fecundação —  mórula — formação de blastócitos — clivagem do zigoto — Formação de blastômeros — embrião no útero.

e) Fecundação — formação de blastócitos — clivagem do zigoto — nidação — embrião no útero.

03. (UFLA) No ovo de galinha, o vitelo corresponde à gema, sendo importante na nutrição do embrião. O vitelo será recoberto por uma membrana extraembrionária constituindo o saco vitelino.

O vitelo está apresentado na figura pelo número:

a) IV.

b) III.

c) II.

d) I.

04. (IFMT) O zigoto é portador do material genético fornecido pelo espermatozoide e pelo óvulo. Uma vez formado o zigoto, irá se dividir muitas vezes até originar um novo indivíduo. O desenvolvimento embrionário humano:

a) começa nas tubas uterinas, onde ocorre a fecundação, e termina no interior do útero materno.

b) ocorre no interior do útero materno, desde o momento da fecundação até o nascimento.

c) consiste de sucessivas divisões mitóticas, desde o momento da formação dos gametas.

d) começa no ovário, onde também ocorre a fecundação, e termina no interior do útero materno.

e) consiste em sucessivas divisões meióticas, mantendo a carga genética por toda a gestação.

05. (UEPG) Os ovos podem ser classificados de acordo com a quantidade e distribuição do vitelo, substâncias nutritivas armazenadas no citoplasma. Analise o esquema representativo dos tipos de ovos e assinale o que for correto.

Adaptado de: Amabis, J.M.; Martho, G.R. Biologia das células.

2a ed. Volume 1. Editora Moderna. São Paulo. 2004.

01. Em A, tem-se os ovos isolécitos (ou oligolécitos), os quais apresentam pouco vitelo distribuído de forma mais ou menos homogênea no citoplasma. Está presente em moluscos e anelídeos, por exemplo.

02. Os ovos telolécitos C apresentam grande quantidade de vitelo, o qual ocupa quase totalmente a célula. Pode-se encontrar este tipo de ovo em aves, peixes e répteis, por exemplo.

04. Os platelmintos e nematelmintos apresentam ovos megalécitos D, com vitelo concentrado na região central do ovo, envolvendo o núcleo celular.

08. Os anfíbios apresentam ovos heterolécitos B, nos quais o vitelo está distribuído de forma heterogênea no citoplasma. Os grãos de vitelo concentram-se no polo vegetativo e o polo animal apresenta menos vitelo.

Soma das alternativas corretas:

06. (UNITAU) Anexos embrionários são estruturas formadas a partir dos folhetos germinativos, que são extremamente importantes para o desenvolvimento do embrião. São caracterizados por desaparecerem durante o desenvolvimento e, consequentemente, não estarem presentes nos adultos. Analise as afirmativas abaixo, que descrevem anexos embrionários.

I. Em répteis, aves e mamíferos formados pela ectoderme e pela mesoderme, é uma fina membrana que envolve o embrião, originando uma cavidade cheia de líquido, que previne o ressecamento do embrião e o protege de choques mecânicos. É uma importante adaptação à vida terrestre, uma vez que torna a reprodução independente do meio aquático.

II. Em peixes, répteis, aves e mamíferos, é formado por mesoderme e endoderme. Sua principal função é armazenar reservas nutritivas para o desenvolvimento do embrião. Nos mamíferos, é reduzido.

III. É formado, nos mamíferos, pela união dos anexos embrionários e dos tecidos maternos. Permite a fixação do embrião na parede do útero. É responsável pelas trocas gasosas e pela passagem de nutrientes para o embrião, além da retirada das excretas.

IV. Em répteis, aves e mamíferos, é saculiforme ou vesicular, e está ligado à porção posterior do intestino do embrião. É formado por mesoderme e endoderme, suas principais funções são armazenamento e remoção de excretas do embrião.

V. Em répteis, aves e mamíferos, é uma membrana formada por ectoderme e mesoderme. É o anexo mais externo, que envolve e protege os demais. Em répteis e aves, protege o embrião e realiza trocas gasosas com o meio externo.

Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, os anexos descritos em I, II, III, IV e V.

a) I-âmnio; II-alantoide; III-placenta; IV-saco vitelínico; V-córion.

b) I-córion; II-alantoide; III-placenta; IV-saco vitelínico; V-âmnio.

c) I-córion; II-saco vitelínico; III-placenta; IV-alantoide; V-âmnio.

d) I-alantoide; II-córion; III-placenta; IV-âmnio; V-saco vitelínico.

e) I-âmnio; II-saco vitelínico; III-placenta; IV-alantoide; V-córion.

07. (PUC-GO) Em um trecho do texto abaixo é feita uma pergunta: “E não era um ovo, literalmente, um embrião?”

Pois fora certamente num acesso de empirismo absoluto e radical que, no meio do caminho entre o estacionamento e a escola, ele parara num trailer e comprara um ovo.

Algo, no entanto, se podia dizer tanto a seu favor como contra: ele nao parara ali para comprar o ovo e sim para beber uma coca-cola. E foi os quando viu o homem do trailer preparar para alguém um sanduiche que levava, entre outras coisas, um ovo frito, que sentiu o impulso de comprar um ovo fresco. Embora sua cabeça nao estivesse batendo bem (ou talvez por isso mesmo), ele intuía que talvez se encontrasse ai o elo perdido, a chave que lhe permitiria penetrar as trevas, a procura do qual se atormentara enquanto dirigia como um zumbi de casa até à escola. E não era um ovo, literalmente, um embrião? E nao era disso que precisava: um embrião que fizesse germinar a aula e o curso?

A negociação, porém, fora algo penosa. O homem do trailer lhe dissera que os ovos nao estavam a venda separadamente dos sanduiches. E ele, por sua vez, fizera ver ao sujeito que estava disposto a pagar pelo ovo o preço de um sanduiche. Ao que o homem retrucara que, vendendo um ovo isoladamente, acabaria desfalcando outro sanduíche, prejudicando outro freguês. Ao que ele contra argumentara que não tinha problema, compraria um sanduiche, só que ao invés de ter um ovo dentro, queria o ovo fora, o que acabou prevalecendo, sob os olhares desconfiados de outros fregueses, a maioria de estudantes, gente convencional e ciosa de seus hamburguers e similares. Além disso, a vizinhança da Pinel deixava as pessoas sempre de sobreaviso, ao menor sinal de um comportamento mais inusitado.

Com a sacola no ombro, ele foi se afastando como o sanduiche numa das mãos e o ovo na outra, e esperou até encontrar-se a uma distância razoável do trailer para oferecer, despistadamente, o seu cheeseburger a um dos inúmeros gatos esquálidos que frequentavam o campus. E, mesmo na situação aflitiva em que se encontrava, nao pode deixar de pensar que o acaso, do qual acabara de ser instrumento, governava o destino dos seres, como aquele gato, que, de repente, via cair diante de sua boca uma refeição requintada. Tal pensamento fez-lhe bem, mas logo o peso da realidade recaiu sobre ele, a realidade da aula que tinha de dar, regida pelas mesmas leis: as do acaso.

[…]

(SANT’ANNA, Sérgio. Breve história do espírito. São Paulo, Companhia das Letras, 1991. p. 63-64. Adaptada.)

Um embrião é um corpo pluricelular que se desenvolve a partir de um ovo fecundado até se transformar em um indivíduo de sua espécie. Considerando a fase inicial de desenvolvimento da célula-ovo de um mamífero, marque entre as alternativas a seguir a única que corresponde à sequência de desenvolvimento em respectiva ordem.

a) Embrião; gástrula; mórula; blástula.

b) Gástrula; mórula; blástula; embrião.

c) Mórula; blástula; gástrula; embrião.

d) Blástula; mórula; gástrula; embrião.

08. (UFAM) O processo de formação dos órgãos dos animais a partir dos folhetos embrionários é denominado organogênese. Podemos afirmar que o fígado, o coração e o cérebro tem sua origem, respectivamente, a partir da:

a) Mesoderme, endoderme e ectoderme.

b) Ectoderme, endoderme e mesoderme.

c) Mesoderme, ectoderme e endoderme.

d) Endoderme, mesoderme e ectoderme.

e) Endoderme, ectoderme e mesoderme.

09. (UEA) Observe o esquema que representa a origem dos tecidos embrionários humano.

Considere que exista uma mutação em uma das divisões mitóticas que ocorrem no desenvolvimento do embrião. Se essa mutação ocorrer na fase indicada pela seta de número:

a) 1, nenhuma das células do embrião apresentará a mutação.

b) 2, as células produzidas pela medula óssea apresentarão a mutação.

c) 3, as células da musculatura esquelética apresentarão a mutação.

d) 4, as células da epiderme e anexos, como unhas e pelos, apresentarão a mutação.

e) 5, os óvulos ou os espermatozoides do indivíduo adulto apresentarão a mutação.

10. (IFSul) O anexo embrionário dos répteis, que envolve o embrião e demais anexos, ficando em contato direto com a casca do ovo, possibilitando as trocas gasosas entre o sangue embrionário e o ar atmosférico, é chamado de:

a) Âmnio.

b) Alantoide.

c) Saco vitelínico.

d) Córion.

11. (UNIOESTE) O esquema abaixo representa um corte transversal de um embrião de cordado num estágio específico do seu desenvolvimento embrionário. A partir da análise da figura, não se pode afirmar que:

a) O tubo neural (I) origina-se da ectoderme (III).

b) O arquêntero (IV) comunica-se com o meio externo através do blastóporo.

c) O celoma (V) é revestido pela mesoderme e também ocorre nos anelídeos.

d) A notocorda (II), estrutura característica dos cordados, tem origem mesodérmica.

e) O arquêntero (IV) é revestido pela endoderme. A endoderme é exclusiva dos animais triblástico.

12. (UEPG) Com relação aos tecidos e anexos embrionários, assinale o que for correto.

01. O sistema circulatório e o sistema digestivo são originários do tecido embrionário endoderme.

02. Entre as aves, a placenta tem como principais funções a nutrição, a defesa, a respiração e a excreção do embrião.

04. A ectoderme originará a epiderme e seus anexos, como pelos, unhas e as glândulas sudoríparas, sebáceas e mamárias.

08. Nos peixes e nas aves, o saco vitelínico é pouco desenvolvido e é responsável pela proteção e excreção.

Soma das alternativas corretas:

13. (UPF) Nos animais, logo após a formação do zigoto, o mesmo sofre inúmeras divisões celulares mitóticas, processo chamado de segmentação. Em geral, forma-se então um maciço celular denominado _______________, constituído por células chamadas de blastômeros. Logo após, enquanto vão ocorrendo mais mitoses, este maciço celular pode ser invadido por um líquido que promove o deslocamento dos blastômeros para a periferia, como ocorre, por exemplo, na espécie humana. Formam-se, assim, a ______________ e uma camada celular constituída por micrômeros e macrômeros, denominada de ____________. Para que a frase fique correta, os espaços devem ser, respectivamente, preenchidos por:

a) blástula, mórula, mesoderme.

b) blástula, mórula, ectoderme.

c) mórula, blástula, endoderme.

d) blástula, mórula, blastoderme.

e) mórula, blástula, blastoderme.

14. (IFSul) Durante o desenvolvimento embrionário de répteis, aves e anfíbios, formam-se estruturas associadas ao corpo do embrião denominadas anexos embrionários. Desses anexos, o âmnio é a estrutura que desempenha a função de:

a) Nutrição do embrião.

b) Armazenamento de excretas pelo embrião durante o seu desenvolvimento.

c) Promoção de trocas gasosas entre o sangue embrionário e o ar atmosférico.

d) Proteção do embrião contra dessecação e eventuais choques mecânicos.

15. (UEPG) A célula que resulta da fusão de um espermatozoide com um óvulo é o zigoto diploide. Este zigoto agora passará por sucessivas divisões até originar órgãos/tecidos. A respeito desse processo de formação, assinale o que for correto.

01. O arquêntero (ou gastrocela), cavidade interna da gástrula, comunica-se com o exterior por meio do blastóporo e originará a cavidade digestiva do animal adulto. Animais em que o blastóporo origina o ânus são chamados de deuterostômios.

02. Os cordados são animais triblásticos (possuem ectoderme, endoderme e mesoderme) e celomados (possuem celoma no interior da mesoderme).

04. A endoderme originará a epiderme, os sistemas urinário e cardiovascular e os dentes, entre outros.

08. O folheto embrionário mesoderme dará origem aos músculos e tecidos conjuntivos (cartilagem, ossos, derme, tecido hematopoiético), entre outros.

16. O tubo neural é formado a partir da ectoderme, dando início, então, à fase embrionária denominada de nêurula.

Soma das alternativas corretas:

16. (UNICID) Todos os mamíferos produzem um anexo embrionário que é fundamental para o bom desenvolvimento do futuro descendente. Ele envolve o embrião e protege contra a dessecação e choques mecânicos. Esse anexo é chamado de:

a) Alantoide.

b) Cório.

c) Âmnio.

d) Placenta.

e) Saco vitelino.

17. (UNIMONTES) O sistema nervoso central desenvolve-se a partir da placa neural, a qual se invagina ao longo de uma linha média, formando o sulco neural. As bordas do sulco, pregas neurais, fusionam-se dorsalmente formando o tubo neural, que dá origem ao encéfalo e à medula espinhal. As figuras abaixo mostram as etapas envolvidas nesse processo. Analise-as.

De acordo com o assunto abordado e as figuras apresentadas, analise as alternativas a seguir e assinale a sequência (placa neural, sulco neural, pregas neurais, tudo neural, encéfalo e medula espinhal) correta desse desenvolvimento.

a) I, II, III, IV, V, VI.

b) I, VI, III, V, IV, II.

c) I, V, IV, VI, II, III.

d) I, III, VI, V, IV, II.

18. (PUC-CAMPINAS) Dinossauros chocando ovos participam de cenas em muitos filmes de ficção. Como esses animais eram répteis, pode-se afirmar corretamente que seus ovos:

a) Possuíam uma casca porosa, impermeável a trocas gasosas.

b) Possuíam apenas dois anexos embrionários: cório e alantoide.

c) Eram centrolécitos.

d) Eram isolécitos.

e) Possuíam uma bolsa excretora, o alantoide.

19. (UERN) Durante a fase do desenvolvimento embrionário, a célula-ovo passa por várias divisões mitóticas, originando muitas células, que permanecem unidas. Nas primeiras divisões ocorre um aumento significativo do número de células, porém, o tamanho total praticamente não altera. Sobre o processo de desenvolvimento embrionário, analise.

I. O processo em que o volume da célula-ovo não aumenta, caracteriza a segmentação.

II. A Organogênese é a fase seguinte à clivagem no desenvolvimento embrionário, onde ocorre a formação dos folhetos embrionários que darão origem a diversos tecidos do organismo.

III. A meroblástica é um tipo de segmentação, e ocorre em todo o ovo, exceto na região que possui vitelo, chamada cicatrícula.

IV. Na segmentação discoidal, as divisões ocorrem na região da cicatrícula, formando um disco de células, característica que denominou esse tipo de segmentação.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e II.

b) I e IV.

c) III e IV.

d) I, II e IV.

20. (UNICENTRO) Durante o período embrionário formam-se os folhetos embrionários, estes folhetos podem existir em número de três ou dois, levando a classificação dos animais em triblásticos e diblásticos, respectivamente. Nos animais diblásticos, as camadas formadas são a endoderme e a ectoderme. Já nos triblásticos, as camadas são a endoderme, a mesoderme e a ectoderme. Os seres humanos são animais triblásticos. Considerando o processo de formação dos folhetos embrionários, assinale a alternativa correta.

a) A ectoderme forma-se a partir do hipoblasto.

b) A endoderme reveste a cavidade amniótica.

c) A ectoderme formará o revestimento pulmonar.

d) A endoderme originará a epiderme.

e) A mesoderme é o último folheto a se formar.

Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2018

TESTES SOBRE CADEIAS E TEIAS ALIMENTARES (V)

01. (PUC-PR) Observe a tirinha abaixo:

Disponível em: <http://jblog.com.br/quadrinhos.php?itemid=24146&gt;. Acesso em: 06/12/2014.

O autor da tirinha faz uma brincadeira com o fato de animais como os urubus serem necrófagos. Os animais com esses hábitos alimentares são ecologicamente importantes, pois:

a) por serem bons predadores, controlam bem a população de presas.

b) podem atuar como comensais, desenvolvendo uma relação ecológica desarmônica interespecífica.

c) promovem a competição com outros organismos decompositores, como fungos e bactérias, mantendo o equilíbrio ecológico.

d) favorecem a liberação de necrochorume, líquido que é um bom fertilizante para o solo.

e) fazem a ciclagem da matéria orgânica, disponibilizando-a novamente para a cadeia alimentar.

02. (ETEC) Leia o texto para responder esta questão.

Em uma mata úmida, pode ocorrer a seguinte cadeia alimentar:

As plantas são o primeiro elo na transferência de alimento e, portanto, de energia química para os demais componentes da cadeia. O gafanhoto que come a planta recebe dela energia química, porém, em quantidade muito menor do que a energia solar que a planta absorveu pela fotossíntese durante a sua vida. Isso ocorre porque grande parte das substâncias orgânicas que a planta sintetiza é consumida no seu próprio metabolismo, sendo parte perdida na forma de calor. Assim, em um dado momento, as plantas disponíveis para a alimentação dos gafanhotos contêm apenas uma pequena parte das substâncias que elas produziram. O mesmo raciocínio vale na relação de nutrição entre sapos e gafanhotos e entre cobras e sapos. Ou seja, a quantidade de energia diminui no decorrer das relações da cadeia alimentar.

A transferência de energia entre os níveis tróficos de uma cadeia alimentar permite deduzir que:

a) o nível trófico com menor quantidade de energia disponível é o dos produtores.

b) todos os níveis tróficos dissiparão parte da energia adquirida, por meio das próprias atividades metabólicas e de calor.

c) a quantidade de energia disponível aumenta à medida que está sendo transferida de um nível trófico para outro.

d) quanto mais curta for uma cadeia alimentar, menor será a quantidade de energia disponível para o nível trófico mais elevado.

e) uma cadeia alimentar deve ter sempre muitos níveis tróficos, a fim de garantir a mesma quantidade de energia em cada um desses níveis.

03. (Unisinos)Em um ecossistema, as relações de alimentação entre os organismos são chamadas de “Cadeia Trófica” ou “Cadeia Alimentar”, em que a energia passa de um nível trófico inferior para um superior. A base dessa cadeia é constituída pelos produtores primários, que são organismos autotróficos, consumidos por organismos herbívoros (consumidores primários). Os herbívoros podem ser consumidos por organismos carnívoros (consumidores secundários), e estes, por outros carnívoros (consumidores terciários). A cadeia se encerra com organismos saprófitas (decompositores), que se alimentam da matéria morta proveniente de todos os níveis tróficos. Das alternativas abaixo, qual apresenta, respectivamente, organismos produtores primários e decompositores?

a) Mamíferos e fungos.
b) Fungos e aves.
c) Plantas e mamíferos.
d) Mamíferos e aves.
e) Plantas e fungos.

04. (FACTO) O gráfico abaixo representa a concentração de um pesticida em quatro organismos que compõem uma cadeia trófica em determinado tempo após a aplicação do pesticida no ecossistema.

Baseando-se na concentração de pesticida nos organismos, observe atentamente o gráfico e analise as proposições que se seguem.

I. Os organismos P e Q são produtores

II. O organismo P é um consumidor primário

III. O organismo N é um consumidor secundário

IV. O organismo M é um herbívoro

Estão corretas as proposições:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I e III.

e) I e IV.

05. (UEL) Leia o texto a seguir.

A vida em grandes metrópoles apresenta atributos que consideramos sinônimos de progresso, como facilidades de acesso aos bens de consumo, oportunidades de trabalho, lazer, serviços, educação, saúde etc. Por outro lado, em algumas delas, devido à grandiosidade dessas cidades e aos milhões de cidadãos que ali moram, existem muito mais problemas do que benefícios. Seus habitantes sabem como são complicados o trânsito, a segurança pública, a poluição, os problemas ambientais, a habitação etc. Sem dúvida, são desafios que exigem muito esforço não só dos governantes, mas também de todas as pessoas que vivem nesses lugares. Essas cidades convivem ao mesmo tempo com a ordem e o caos, com a pobreza e a riqueza, com a beleza e a feiura. A tendência das coisas de se desordenarem espontaneamente é uma característica fundamental da natureza. Para que ocorra a organização, é necessária alguma ação que restabeleça a ordem. É o que acontece nas grandes cidades: despoluir um rio, melhorar a condição de vida dos seus habitantes e diminuir a violência, por exemplo, são tarefas que exigem muito trabalho e não acontecem espontaneamente. Se não houver qualquer ação nesse sentido, a tendência é que prevaleça a desorganização. Em nosso cotidiano, percebemos que é mais fácil deixarmos as coisas desorganizadas do que em ordem. A ordem tem seu preço. Portanto, percebemos que há um embate constante na manutenção da vida e do universo contra a desordem. A luta contra a desorganização é travada a cada momento por nós. Por exemplo, desde o momento da nossa concepção, a partir da fecundação do óvulo pelo espermatozoide, nosso organismo vai se desenvolvendo e ficando mais complexo. Partimos de uma única célula e chegamos à fase adulta com trilhões delas, especializadas para determinadas funções. Entretanto, com o passar dos anos, envelhecemos e nosso corpo não consegue mais funcionar adequadamente, ocorre uma falha fatal e morremos. O que se observa na natureza é que a manutenção da ordem é fruto da ação das forças fundamentais, que, ao interagirem com a matéria, permitem que esta se organize. Desde a formação do nosso planeta, há cerca de 5 bilhões de anos, a vida somente conseguiu se desenvolver às custas de transformar a energia recebida pelo Sol em uma forma útil, ou seja, capaz de manter a organização. Para tal, pagamos um preço alto: grande parte dessa energia é perdida, principalmente na forma de calor. Dessa forma, para que existamos, pagamos o preço de aumentar a desorganização do nosso planeta. Quando o Sol não puder mais fornecer essa energia, dentro de mais 5 bilhões de anos, não existirá mais vida na Terra. Com certeza a espécie humana já terá sido extinta muito antes disso.

(Adaptado de: OLIVEIRA, A. O Caos e a Ordem. Ciência Hoje. Disponível em: <http://cienciahoje.uol.com.br/colunas/fisica-sem-misterio/o-caos-ea-ordem&gt;. Acesso em: 10 abr. 2015.)

Leia o trecho a seguir presente no texto acima.

… a vida somente conseguiu se desenvolver às custas de transformar a energia recebida pelo Sol em uma forma útil, ou seja, capaz de manter a organização. Para tal, pagamos um preço alto: grande parte dessa energia é perdida, principalmente na forma de calor.

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a relação entre o fluxo unidirecional de energia e o calor dissipado na cadeia alimentar.

a) A quantidade de energia disponível é maior, quanto mais distante o organismo estiver do início da cadeia alimentar.

b) A quantidade de energia disponível é maior, quanto mais próximo o organismo estiver do início da cadeia alimentar.

c) A quantidade de energia disponível é maior, quanto mais transferência ocorrer de um organismo para outro na cadeia alimentar.

d) A quantidade de energia disponível é menor, quanto menos organismos houver ao longo da cadeia alimentar.

e) A quantidade de energia disponível é menor, quanto mais próximo o organismo estiver do início da cadeia alimentar.

06. (UEPG) Abaixo está representado um esquema simplificado mostrando uma cadeia alimentar e o fluxo de energia. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

Adaptado de: Lopes, S., Rosso, S. BIO. 2a ed. Volume 1.

Editora Saraiva. São Paulo. 2010.

01. Os organismos autotróficos são chamados de produtores (1), sendo considerados os mais importantes, em termos ecológicos, aqueles que realizam fotossíntese.

02. Todos os animais são consumidores (2, 3, 4 e 5) e alimentam-se de outros organismos. Os animais que se alimentam de produtores são os consumidores primários (2), tais como os herbívoros.

04. Em (6), estão representados os decompositores, organismos heterotróficos que degradam a matéria orgânica contida em produtores ou consumidores mortos.

08. Nas cadeias alimentares, a energia vai aumentado à medida que passa pelos diversos consumidores (2, 3, 4, 5 e 6), visto que ocorre uma suplementação de matéria orgânica consumida pelas diferentes classes de animais.

Soma das alternativas corretas:

07. (FACTO) Supondo que o esquema abaixo representa parte de uma cadeia alimentar em um determinado ecossistema natural, analise atentamente os componentes envolvidos.

Imaginando que o uso de pesticidas nas proximidades promova a morte da maioria dos pulgões e das lagartas das palmeiras, marque entre as alternativas aquela que corresponde ao efeito que será exercido sobre o número de caramujos e insetos carnívoros.

a) Diminuição do número de caramujos e estabilidade no número de insetos carnívoros.

b) Aumento do número de caramujos e diminuição do número de insetos carnívoros.

c) Diminuição do número de caramujos e aumento do número de insetos carnívoros.

d) Estabilidade no número de caramujos e estabilidade no número de insetos carnívoros.

e) Aumento do número de caramujos e estabilidade no número de insetos carnívoros.

08. A figura abaixo mostra, de maneira simplificada, a cadeia alimentar de um determinado ecossistema.

Sobre essa cadeia, analise as proposições.

I. Os roedores indicados na cadeia possuem mais quantidade de energia química disponível do que os grandes carnívoros.

II.Os herbívoros são classificados como consumidores secundários.

III. Com exceção das plantas, todos os outros integrantes da cadeia alimentar são autótrofos.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa I é verdadeira.

b) Somente a afirmativa III é verdadeira.

c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

09. (UniEvangélica) Analise a figura e leia o texto que a descreve, a seguir.

Disponível em: <http://www.limnonews.files.wordpress.com/cadeia.alimentar/lago&gt;.

Acesso em:03 abr. 2014.

A figura demonstra um modelo esquemático das cadeias alimentares planctônicas em ecossistemas aquáticos continentais. A cadeia planctônica tradicional é formada pelo fitoplâncton (A), zooplâncton (B) e peixes (C). Porém, fontes externas (floresta) ou internas (plantas aquáticas, por exemplo) subsidiam o ecossistema aquático com carbono orgânico dissolvido (COD). O COD é incorporado pelas bactérias planctônicas (D), que podem ser predadas pelo microzooplâncton (E) que, por sua, vez, são consumidos pelo macrozooplâncton (B). Essa cadeia alimentar que forma uma “alça” ao redor dos produtores primários planctônicos (fitoplâncton – A), e que pode até sustentar parte da comunidade de peixes (C), recebe o nome de alça microbiana. Mais recentemente, os vírus (F) receberam destaque nas cadeias alimentares aquáticas por reciclar nutrientes incorporados à biomassa bacteriana ao parasitar células bacterianas na coluna d’água. Quando a vegetação terrestre que está nas margens de um rio ou lago é alterada ou retirada, sem o afluxo de novos nutrientes, uma consequência, entre outras, será:

a) a diminuição de COD, afetando a cadeia alimentar COD>D>E>

b) o aumento de COD, afetando a cadeia alimentar COD>D>F>

c) a diminuição de fitoplâncton, afetando a cadeia alimentar COD>D>F>

d) o aumento de COD, afetando a cadeia alimentar COD>A>B>

10. (IFMG) Analise a representação esquemática abaixo de uma cadeia alimentar:

Assinale a alternativa correta sobre o papel dos diferentes seres vivos envolvidos na cadeia alimentar:

a) Os consumidores primários são classificados como carnívoros.

b) Os decompositores permitem a ciclagem dos nutrientes no ambiente.

c) Os seres heterótrofos são chamados de produtores por produzirem seu próprio alimento através da fotossíntese.

d) São considerados herbívoros os consumidores secundários e terciários.

11. (FATEC) Toda cadeia alimentar depende da presença, em sua base, de populações de organismos que consigam utilizar alguma fonte externa de energia e de matéria inorgânica para produzir sua própria matéria orgânica. Esses organismos são denominados produtores. As populações de produtores são a fonte de alimento das populações de consumidores primários, as quais são consumidas pelas de consumidores secundários, e assim por diante, dando sequência a cadeia alimentar. Ao longo dessa sequência de populações que compõe uma mesma cadeia alimentar, a quantidade total de energia tende a:

a) Aumentar, pois a energia disponível em uma população se acumula na população que compõe o nível trófico seguinte.

b) Aumentar, pois os organismos que formam as diferentes populações aumentam de tamanho ao longo da cadeia.

c) Diminuir, pois ao menos parte da energia obtida por uma população de um determinado nível trófico é sempre utilizada nos processos metabólicos dos organismos.

d) Diminuir, pois os organismos que compõem os últimos níveis tróficos sempre apresentam, individualmente, metabolismo com menor taxa de consumo energético.

e) Se manter constante, pois não há desperdício nem acumulo de energia ao longo da cadeia.

12. (UFAM) Os organismos vivos são classificados em níveis tróficos, baseados em sua fonte de nutrição e obtenção de energia. Sobre os níveis tróficos ilustrados na figura a seguir, assinale a alternativa correta:

a) O primeiro nível trófico, que sustenta todos os demais níveis está representado pelo organismo 03.

b) A onça representa o consumidor secundário e terciário.

c) O ser humano poderia ser representado pelo organismo 02, como um consumidor primário ou secundário.

d) O nível trófico d número 03 representa os produtores primários.

e) O nível trófico de número 01 representa os decompositores.

13. (URCA) Analise o esquema representativo de a teia alimentar que mostra as relações interespecíficas de uma comunidade que ocorre em vários ecossistemas. No caso da retirada dos consumidores secundários, espera-se inicialmente que a população de:

a) Consumidores primários diminua.

b) Consumidores terciários aumente.

c) Produtores diminuam.

d) Consumidores quartanários aumente.

e) Decompositores diminuam.

14. (UEM) Em um pasto rico em gramíneas, bois são criados alimentando-se delas. Um deles morre e é decomposto por decompositores. Considere os seres vivos citados e assinale o que for correto com relação a esta cadeia alimentar.

01. Os decompositores possuem mitocôndrias.

02. Os produtores possuem mitocôndrias e cloroplastos.

04. Produtores e consumidores são eucariontes.

08. Os consumidores possuem mitocôndrias.

16. Os decompositores são procariontes.

Soma das alternativas corretas:

15. (UNESP) Leia os versos da canção “Carcará”, de José Cândido e João do Vale.

Carcará

Carcará

Lá no Sertão

É um bicho que “avoa” que nem avião

É um pássaro malvado

Tem o bico “volteado” que nem gavião

Carcará

Quando vê roça queimada

Sai voando e cantando

Carcará

Vai fazer sua caçada

Carcará

Come “inté” cobra queimada

Mas quando chega o tempo da invernada

No Sertão não tem mais roça queimada

Carcará mesmo assim num passa fome

Os “burrego que nasce” na baixada

Carcará

Pega, mata e come

Carcará

Num vai morrer de fome

Carcará

Mais coragem do que homem

Carcará

Pega, mata e come

Carcará é malvado, é valentão

É a águia de lá do meu Sertão

Os “burrego novinho” num pode andar

Ele puxa o “imbigo” “inté” matar

Carcará

Pega, mata e come

Carcará

Num vai morrer de fome

Carcará

Mais coragem do que homem

Carcará

Pega, mata e come

(www.radio.uol.com.br)

Considerando as relações tróficas encontradas no texto da canção, assinale a alternativa que apresenta a correta correlação entre o trecho selecionado e a afirmação que o sucede.

a) “Carcará / Come ‘inté’ cobra queimada” e “Os ‘burrego que nasce’ na baixada / Carcará / Pega, mata e come”: as cobras e os borregos ocupam o mesmo nível trófico, uma vez que ambos são presas do carcará.

b) “Ele puxa o ‘imbigo’ ‘inté’ matar”: os borregos são mamíferos e, portanto, ocupam o topo da cadeia alimentar.

c) “No Sertão não tem mais roça queimada / Carcará mesmo assim num passa fome”: os carcarás são decompositores e ocupam o último nível trófico da cadeia alimentar.

d) “Vai fazer sua caçada”: os carcarás são predadores e, portanto, consumidores primários no segundo nível trófico.

e) “Carcará / Come ‘inté’ cobra queimada”: os carcarás são consumidores terciários e ocupam o quarto nível trófico.

16. (UEPG) Em relação ao fluxo de energia nos ecossistemas, assinale o que for correto.

01. Toda a energia produzida pelos organismos fotossintetizantes é liberada ao ambiente como forma de O2, CO2 e calor, permitindo, assim, a sobrevivência dos demais indivíduos da cadeia alimentar.

02. A transferência de energia na cadeia alimentar é unidirecional, iniciando-se com a captação de energia luminosa pelos produtores e terminando com a ação dos decompositores.

04. Nas pirâmides de energia, a base representa o nível trófico dos organismos decompositores, seguida dos carnívoros e dos herbívoros, sendo que os produtores se localizam no topo da pirâmide, com maior nível de energia.

08. Em uma cadeia alimentar, a quantidade de energia presente em um nível trófico é sempre maior que a energia que pode ser transferida ao nível seguinte, já que parte da energia é consumida para a manutenção da própria vida e não é transferida ao nível trófico seguinte.

Soma das alternativas corretas:

 17. (UEA) Em uma cadeia alimentar, a energia obtida a partir do metabolismo de determinada quantidade de biomassa de origem tanto animal como vegetal é:

a) Totalmente transferida ao nível trófico seguinte, caso o organismo seja ingerido integralmente.

b) Parcialmente transferida, pois a cada nível trófico ocorrem perdas em função do metabolismo.

c) Originada a partir da captação de energia luminosa pela clorofila na síntese de moléculas orgânicas, como a glicose e os aminoácidos.

d) Maior ou menor que no nível trófico anterior, dependendo da composição bioquímica de seus componentes moleculares.

e) Maior caso a origem seja animal, e menor caso a origem seja vegetal, em função da realização da fotossíntese.

18. (UNIMONTES) A cadeia alimentar mostra o fluxo de energia através de um ecossistema ou bioma. A figura a seguir mostra cadeias alimentares em quatro biomas diferentes. Analise-a.

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa uma característica comum a todos os biomas indicados.

a) Predador pertencente ao quarto nível da cadeia.

b) Produtores autótrofos.

c) Organismos heterótrofos são da mesma espécie.

d) Consumidores primários.

19. (UDESC) A figura abaixo é um exemplo divertido de uma cadeia alimentar. Esta, no entanto, não retrata todas as complexas redes alimentares em um ecossistema, que são mais bem representadas pelas teias alimentares.

Considerando todas as possibilidades de uma teia alimentar, certamente o primeiro peixinho da figura não poderia nunca ser considerado como:

a) Onívoro.

b) Produtor.

c) Consumidor secundário.

d) Consumidor primário.

e) Consumidor terciário.

20. (UCS) Nas angiospermas, os grãos de pólen provenientes das flores masculinas são conduzidos até as femininas para que ocorra a fecundação, processo chamado de polinização. Recentemente, estudos têm mostrado que doenças provenientes de abelhas domesticadas podem estar sendo transmitidas para as abelhas selvagens, o que prejudica o processo de polinização executado por esses insetos selvagens. O processo de polinização executado pelas abelhas e por outros insetos é chamado de __________ e a morte desses agentes polinizadores consequentemente poderá causar a perda dos __________ na cadeia alimentar. Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas acima.

a) abiótico – consumidores primários

b) hidrofilia – consumidores secundários

c) anemofilia – decompositores

d) entomofilia – produtores

e) ornitofilia – consumidores

 

Publicado por: Djalma Santos | 9 de fevereiro de 2018

TESTES DE ZOOLOGIA (23)

01. (UDESC) “Moluscos são animais do Filo Mollusca, do latim molluscus significa “mole”, portanto molusco é um animal de corpo mole que pode ser recoberto por uma concha ou não, apresenta uma simetria bilateral e, em idade adulta, um corpo não segmentado.”

Fonte: RUPPERT & BARNES, 2005).

Analise as proposições em relação aos moluscos, e assinale (V) para verdadeira e (F) para falsa.

( ) As lesmas são cefalópodes com o corpo constituído por manto, pé e cabeça com um par de tentáculos ópticos e um par de tentáculos sensoriais. São adaptadas ao ambiente terrestre e possuem respiração cutânea.

( ) As ostras do mangue são bivalves marinhos com respiração branquial e filtradores, que se alimentam principalmente de fitoplâncton.

( ) Os polvos são cefalópodes marinhos, sem presença de concha e apresentam respiração branquial.

( ) Os caramujos possuem concha em espiral, com voltas ou giros no mesmo plano, esses gastrópodes terrestres apresentam respiração pulmonar.

( ) Os mexilhões são gastrópodes sésseis que vivem fixos pelo bisso às rochas costeiras e têm o hábito alimentar herbívoro raspador de algas.

Assinale a alternativa correta, de cima para baixo.

a) V – V – V – F – V.

b) F – V – V – V – V.

c) F – V – V – V – F.

d) V – F – F – F – V.

e) F – V – F – V – F.

02. (Unisinos)

Indivíduo de dragão-azul (Glaucus sp.)

Disponível em: https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/cf/45/e4/cf45e469182d7b636fbfd77b35568a0c.jpg.

Acesso em 29 abr. 2017.

No último verão, o aparecimento do dragão-azul (Glaucus sp.) no litoral gaúcho impressionou, e até assustou, alguns veranistas. Embora o animal não produza toxinas, ele se alimenta de pequenos cnidários flutuantes (Velella velella e Porpita porpita) sem ser afetado por suas estruturas urticantes, que ficam armazenadas em seu corpo. Entretanto, o dragão-azul não oferece sérios riscos de acidentes com humanos. Este animal é um molusco pequeno, com dimensões de 3 a 4 cm de comprimento, pertencente ao grupo das lesmas-do-mar (nudibrânquios). Sobre os moluscos, considere as proposições a seguir.

I. Os moluscos possuem sistema excretor formado por metanefrídeos.

II. O sistema respiratório dos moluscos pode ser pulmonar, cutâneo ou branquial.

III. Os moluscos podem se reproduzir de forma sexuada ou assexuada.

Sobre as proposições acima, é correto afirmar que:

a) apenas I está correta.

b) apenas II está correta.

c) apenas I e II estão corretas.

d) apenas I e III estão corretas.

e) I, II e III estão corretas.

03. (UENP) Assinale a alternativa que indica, correta e respectivamente, os grupos de mamíferos que apresentam, cada um, as seguintes características: são ovíparos, têm marsúpio e têm placenta.

a) Eutheria; Metatheria; Prototheria.

b) Metatheria; Eutheria; Prototheria.

c) Metatheria; Prototheria; Eutheria.

d) Prototheria; Eutheria; Metatheria.

e) Prototheria; Metatheria; Eutheria.

04. (UFSC) Os suínos representam uma importante fonte de renda em pequenas propriedades de Santa Catarina e Paraná. Sobre esses animais são feitas as seguintes afirmativas.

I. Assim como o homem, possuem coração com quatro cavidades.

II. Em seu sistema digestivo existem as estruturas de papo e moela.

III. Assim como as aves, são animais homeotermos, ou seja, possuem temperatura corporal constante.

IV. As fêmeas só produzem no máximo dois filhotes por gestação.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas.

b) Somente as afirmativas I e III estão corretas.

c) Somente as afirmativas I e IV estão corretas.

d) Somente as afirmativas III e IV estão corretas.

e) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

05. (UEPG) Os animais habitam os mais diversos ambientes e possuem as mais variadas formas, sendo que cada espécie animal tem sua estratégia para viver em equilíbrio com o meio. Analise as afirmações abaixo e assinale o que for correto.

01. Os moluscos e anelídeos apresentam sistema circulatório aberto, adequado para o tipo de vida destes animais. O sangue circula dentro dos vasos, sob alta pressão, retornando ao coração de forma rápida.

02. Em insetos, as traqueias são estruturas adaptadas à respiração aérea. Trata-se de invaginações muito ramificadas da parede do corpo e que terminam próximo às células. As trocas gasosas ocorrem diretamente entre as células e as traqueias.

04. O esqueleto hidrostático ocorre, principalmente, em animais com cavidades corpóreas amplas, como os anelídeos. Quando o músculo de uma região do corpo se contrai, cria-se uma pressão hidrostática no líquido contido na cavidade corporal e essa pressão é transmitida em todas as direções, modificando o corpo do animal.

08. Os poríferos e cnidários desenvolveram estruturas especiais para eliminar suas excretas e realizar a osmorregulação. São redes de túbulos que percorrem o corpo do animal e apresentam, na extremidade das ramificações, células especializadas denominadas de células-flama.

Soma das alternativas corretas:

06. (UFRGS) Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, relativas às características dos organismos da classe Mammalia.

( ) Um único osso na mandíbula inferior.

( ) Membrana muscular que separa o tórax do abdômen.

( ) Epiderme espessa e queratinizada.

( ) Ácido úrico como principal produto de excreção.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) V – V – F – V.

b) F – F – V – V.

c) V – V – F – F.

d) F – V – F – F.

e) F – F – V – F.

07. (UEPG) Abaixo está representada a morfologia externa de uma aranha. Analise as afirmações e assinale o que for correto.

01. Em 3, podemos observar a quelícera, uma estrutura afiada a qual participa da captura de alimento. As aranhas que inoculam a peçonha possuem um par de ferrões conectados às glândulas produtoras de veneno localizados na quelícera.

02. O corpo das aranhas está dividido em cefalotórax ou prosoma 1 e, abdome ou opistosoma 2. Apresentam quatro pares de pernas e não têm antenas.

04. O pedipalpo 4 ajuda na manipulação da presa e também atua como apêndice sensorial.

08. Na extremidade do opistosoma localiza-se uma estrutura 5 onde desembocam as glândulas produtoras de seda para confecção da teia.

Soma das alternativas corretas:

08. (UNIOESTE) Em uma viagem a Espanha, Ana foi a um típico restaurante e pediu um prato de Paella, muito tradicional na região. Gostou tanto do sabor que, ao voltar para o Brasil, resolveu fazer a receita para a sua família. Ao pesquisar na internet, encontrou a seguinte receita:

Paella tradicional – Ingredientes

– 1 kg de polvo

– 1kg de lula

– 2 kg de mexilhões

– 1/2 kg de camarão médio

– 1/2 kg de arroz

– 400 g de pimentões

– 400 g tomates

– Sal, pimenta, azeite e açafrão a gosto.

Assim, pode-se dizer que esta receita:

a) tem como ingredientes representantes dos filos Mollusca e Arthropoda.

b) tem como ingredientes apenas crustáceos e moluscos cefalópodes.

c) tem como ingredientes apenas moluscos bivalves e crustáceos.

d) tem como ingredientes moluscos gastrópodes e bivalves, além de crustáceos.

e) tem como ingredientes apenas representantes do filo Mollusca.

09. (UEM) Sobre a regulação hídrica nos animais de ambiente aquático, assinale o que for correto.

01. Quando uma solução aquosa está separada da água pura por uma membrana permeável a qualquer líquido, o valor exato da pressão que se deve aplicar sobre a solução para facilitar a osmose é denominado de pressão osmótica.

02. A pressão osmótica da água doce é superior à do sangue dos peixes, o que provoca a entrada de água e de sais no sangue por osmose.

04. Gaivotas, pinguins e tartarugas possuem, na base da cauda, glândulas de sal que secretam uma solução fraca de cloreto de sódio (NaCl).

08. Os peixes ósseos marinhos excretam a amônia (NH3) e eliminam o sal que ingerem junto com a água pelas brânquias.

16. Os anfíbios marinhos excretam ureia por meio de urina muito concentrada.

Soma das alternativas corretas:

10. (UCPel) Um artigo recente aponta a descoberta de quase 300 diferentes formas de vida oriundas da Ásia na costa leste dos EUA. Entre as espécies encontradas, mexilhões são os mais comuns, mas há também caranguejos, mariscos, anêmonas e estrelas do mar. Todas essas espécies foram introduzidas após um terremoto de força 9.1 na escala Richter que atingiu a costa do Japão em março de 2011 e provocou um forte tsunami. Além das consequências diretas do desastre natural, o tsunami foi responsável também por transportar diferentes espécies marinhas das águas japonesas para o mar dos Estados Unidos.

Carlton, J.T. et al. 2017. Tsunami-drivenrafting: Transoceanicspeciesdispersalandimplications for marine biogeography.Science, v. 357, n. 6358, set. 2017. DOI: 10.1126/science.aao1498

Sobre as espécies mencionadas podemos afirmar que:

a) os principais organismos introduzidos foram moluscos da classe Bivalvia. Os bivalves apresentam, dentre outras características, manto, corpo mole, redução extrema da cabeça e ausência de rádula.

b) os moluscos citados são representantes da classe Gastropoda. Os gastrópodes são o grupo mais abundante de moluscos e apresentam também grande diversidade de hábitos alimentares, com espécies herbívoras, carnívoras e detritívoras.

c) mariscos e mexilhões pertencem a classe Entre os cefalópodes existem representantes com concha externa, com concha interna reduzida e sem concha. Nesses animais, o pé também deu origem a outra estrutura, o funil, ou sifão, por onde o animal elimina jatos de água.

d) as estrelas do mar pertencem a classe Asteroidea. As estrelas do mar apresentam características como corpo revestido por um exoesqueleto calcário, superfície externa revestida por espinhos e um sistema ambulacral responsável pela locomoção.

e) as anêmonas são representantes da classe Anthozoa. As anêmonas, por serem cnidários, apresentam simetria radial, alternância de gerações com dois tipos de formas corporais – pólipos e medusas – e células urticantes denominadas de coanócitos.

11. (UEM) Com relação aos animais, é correto afirmar que:

01. os antozoários, pertencentes ao Filo Echinodermata, são: exclusivamente marinhos, pseudocelomados, com sistema hidrovascular e o corpo coberto por espículas calcáreas.

02. as aves são ectotérmicas, pois dependem de uma fonte externa de calor e de suas penas para manter a temperatura corpórea constante.

04. os poríferos são filtradores, marinhos, com reprodução assexuada por estrobilação, diploblásticos e com espículas silicosas.

08. moluscos são celomados, com corpo segmentado, rádula para secretar a concha, sistema circulatório aberto ou fechado e larva plânula.

16. anfíbios adultos excretam ureia; larvas excretam principalmente amônia.

Soma das alternativas corretas:

12. (PUC-RS) Considerando os filos da escala evolutiva zoológica, pode-se afirmar que _________ e _________ são simultaneamente celomados, protostômios e segmentados.

a) caracol-de-jardim – lombriga

b) sanguessuga – mosca

c) tênia – esponja-do-mar

d) estrela-do-mar – cavalo

13. (PUC-PR) Considere o texto a seguir.

Termorregulação

Os homeotérmicos conseguem manter sua temperatura corporal constante na presença de variações significativas de temperatura ambiente. Essa característica traz vantagens e desvantagens. Os homeotérmicos podem sobreviver em uma ampla variedade de ambientes e podem ficar ativos no inverno. Porém, eles precisam ingerir mais alimento que outros animais, pois para manter sua temperatura necessitam de processos metabólicos que demandam grande quantidade de energia. Já os pecilotérmicos são capazes de sobreviver a longos períodos sem alimento porque precisam de muito menos energia. Mas, de onde vem o calor do corpo, o calor que os homeotérmicos mantém dentro de uma faixa estreita, graças a estratégias típicas desses animais, e que os pecilotérmicos controlam por comportamento? O calor é um subproduto de todos os processos metabólicos, do metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas. Pode entrar também a partir do exterior através de radiação, condução e convecção. Um organismo está sempre “queimando” as substâncias citadas, mesmo em jejum e em repouso. Esse metabolismo mínimo que mantém o organismo vivo pode ser medido pela taxa metabólica basal. O metabolismo basal é maior nos homeotérmicos devido ao custo energético extra que estes animais têm para gerar calor e manter a temperatura.

ROCHA.N.C Termorregulação. Disponível em:<http://www.uff.br/fisiovet/Conteudos/termorregulacao.htm&gt;. Acesso: 17 de jun. 2017.

Mamíferos menores apresentam uma taxa metabólica alta comparada a mamíferos maiores, isso se deve:

a) à área superficial em relação ao volume ser muito grande em mamíferos menores, gerando uma maior dissipação do calor.

b) à área superficial em relação ao volume ser muito pequena em mamíferos menores, gerando uma maior contenção do calor, que acelera a velocidade das reações enzimáticas.

c) à área superficial em relação ao volume ser muito pequena em mamíferos menores, gerando uma maior dissipação do calor.

d) a um aumento da área superficial ao cubo (S3) e volume ao quadrado (V2), aumentando a área de dissipação de calor.

e) ao menor tamanho das células de animais menores comparados a animais maiores. Nos animais menores a relação superfície/volume é S3/V2 e nos animais maiores é de S2/V3.

14. (ACAFE)

Prefeitura de Formiga inicia campanha de prevenção contra escorpiões

Relatos recentes feitos à Prefeitura de Formiga (MG) sobre aparecimento de escorpiões em algumas regiões colocaram a cidade em situação de alerta. Apesar de ainda não ter havido registro de pessoa picada pelo artrópode neste ano no município, a Secretaria de Saúde informou que começou uma campanha nos postos de saúde com o objetivo de informar a população sobre os cuidados necessários.

Fonte: g1.globo, 03/05/2017Disponível em: http://g1.globo.com.br

Em relação aos grupos de animais pertencentes ao filo Arthropoda, correlacione as colunas a seguir.

1. Insecta

2. Crustacea

3. Arachnida

4. Diplopoda

5. Chilopoda

( ) Podem ser encontrados em ambientes marinhos, dulcícolas e terrestres, possuem dois pares de antenas e, grande parte dos animais pertencentes a este grupo apresenta corpo dividido em cefalotórax e abdome.

( ) Possuem o corpo alongado e achatado, dividido em duas partes principais: cabeça e tronco; com um número variável de segmentos corporais apresentando um par de patas por segmento.

( ) Possuem o corpo dividido em cabeça, tórax e abdômen, três pares de patas articuladas, olhos compostos e um par de antenas.

( ) Vivem em lugares escuros e úmidos. Possuem um par de antenas na cabeça e o corpo segmentado, sendo que na maioria dos segmentos há dois pares de patas.

( ) Possuem quatro pares de patas ou apêndices locomotores inseridos no cefalotórax e um par de apêndices modificado em quelícera.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) 2 – 5 – 1 – 4 – 3.

b) 4 – 2 – 1 – 5 – 3

c) 5 – 3 – 1 – 2 – 4

d) 3 – 4 – 5 – 1 – 2

15. (UEPG) Os anfíbios são reunidos na classe Amphibia, cuja ordem mais expressiva é a dos anuros, representados por sapos, rãs e pererecas. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. As larvas dos anuros apresentam exclusivamente respiração cutânea, por isso a necessidade de viverem na água até a fase adulta. Já os animais adultos ainda mantem a respiração cutânea, mas também fazem uso das brânquias.

02. Os anfíbios são tetrápodes e apresentam esqueleto ósseo dividido em esqueleto axial (crânio e coluna vertebral) e esqueleto apendicular (constituído pelos ossos dos membros e pelos ossos que ligam os membros à coluna vertebral).

04. Os anfíbios adultos apresentam circulação dupla. Na pequena circulação, o coração envia sangue venoso aos pulmões, onde é oxigenado e volta ao coração. Na grande circulação, o sangue arterial é enviado à diversas partes do corpo, onde oxigena os tecidos e recolhe o gás carbônico eliminado pelas células, retornando ao coração.

08. Os anfíbios adultos apresentam glândulas produtoras de muco na pele, o que ajuda a manter úmida e lubrificada a superfície corporal. Isso favorece ainda a troca de gases entre os vasos sanguíneos da pele e o ambiente, processo denominado respiração cutânea.

16. O sistema nervoso dos anuros é pouco desenvolvido, com olhos e audição precários. No teto da boca, há um órgão olfativo especial muito bem desenvolvido neste grupo, denominado de órgão de Jacobson.

Soma das alternativas corretas:

16. (UFU) Aves e mamíferos usam em torno de dez vezes mais energia que outros vertebrados de tamanhos equivalentes. Essa alta necessidade energética é atribuída à presença de qual característica exclusiva desses vertebrados?

a) Endotermia.

b) Circulação dupla.

c) Sistema circulatório fechado.

d) Sistema cardiovascular.

17. (UEPG) As aves surgiram na Era dos Répteis, a partir de um grupo de dinossauros bípedes, predadores, que se deslocavam rapidamente sobre o solo utilizando as pernas traseiras. Assinale o que for correto a respeito das características anatômicas e fisiológicas das aves.

01. O esqueleto das aves atuais é formado, em grande parte por ossos ocos (ossos pneumáticos), os quais são pouco densos.

02. Nas aves voadoras, o osso esterno, que une centralmente as costelas, apresenta uma projeção anterior (quilha ou carena), onde se prendem potentes músculos peitorais responsáveis pelo batimento das asas.

04. Nas aves, a circulação é fechada e o coração apresenta duas câmaras distintas, sendo um átrio e um ventrículo. Todas as aves são vivíparas e a excreta nitrogenada é a ureia, outra adaptação ao hábito do voo.

08. O sistema respiratório das aves apresenta adaptações ao voo, como pulmões compactos, não saculiformes. Apresentam bolsas de ar (ou sacos aéreos) que preenchem muitos espaços do corpo, reduzem a densidade, reservam ar e dissipam o calor gerado durante o voo das aves.

Soma das alternativas corretas:

18. (UFRGS) Observe a figura abaixo, que retrata uma provável filogenia dos Deuterostomados.

Assinale a alternativa que melhor completa as características morfológicas nos itens I, II e III, respectivamente.

a) Celoma, esqueleto interno, notocorda.

b) Notocorda, fendas faringianas, coluna vertebral.

c) Esqueleto interno, celoma, simetria radial.

d) Coluna vertebral, placas calcificadas, notocorda.

e) Simetria bilateral, notocorda, coluna vertebral.

19. (UFJF) Considerando a diversidade de mamíferos como um todo, é incorreto afirmar que:

a) surgiram após a Era Mesozoica, também conhecida como “Era dos Répteis”.

b) possuem uma camada rica em células adiposas sob a pele, o panículo adiposo.

c) são tradicionalmente caracterizados pela presença de glândulas mamárias, estruturas derivadas da epiderme, tanto em machos quanto em fêmeas.

d) podem apresentar reprodução ovípara.

e) a grande diversidade do grupo encontra-se entre os chamados Mamíferos Placentários, os Eutheria.

20. (UNESPAr) “Pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) descobriram um comportamento estranho em uma colônia de setenta morcegos-vampiros que vivem no Parque Nacional de Catimbau, em Pernambuco: esses animais, que geralmente se alimentam do sangue de aves, estão buscando a bebida também em humanos.”

Adaptado [online] Disponível:<http://veja.abril.com.br/ciencia/morcego-vampiro-brasileiro

Indique a alternativa na qual todos os representantes elencados se alimentem de sangue.

a) Aedes aegypti, hirudíneos e alguns aracnídeos.

b) Culicídeos como os que transmitem a filariose, poliquetos e lampreias.

c) Percevejos, Ancylostoma e sirênios.

d) Pulgas, quirópteros e oligoquetas.

e) Anofelinos como os que transmitem a malária, piolhos e quelônios.

 

Publicado por: Djalma Santos | 9 de fevereiro de 2018

TESTES DE ZOOLOGIA (24)

01. (UPF)

(Foto: Disponível em http://charao2008.upf.br/Acesso em 03 set. 2017)

O papagaio-charão (Amazona pretrei) é uma das espécies da nossa fauna que está intimamente associada às florestas com araucárias, pois durante o período de maturação dos pinhões, essas sementes constituem o seu principal item alimentar. Trata-se de uma espécie ameaçada de extinção. No dia 22 de maio de 2017, o projeto “Dois papagaios ameaçados da Floresta com Araucárias: um esforço de conservação comum”, desenvolvido em parceria entre a Universidade de Passo Fundo (UPF) e a Associação dos Amigos do Meio Ambiente (AMA), foi um dos vencedores do II Prêmio Nacional da Biodiversidade, em reconhecimento aos esforços para a conservação dessa bela ave. Em relação às caraterísticas gerais das aves, assinale a alternativa correta.

a) Regulação da temperatura corporal ectotérmica.

b) Circulação simples e incompleta, coração com três câmaras.

c) Excreção por meio de rins metanéfricos e ausência de bexiga urinária.

d) Pele elástica, rica em glândulas sebáceas presentes na base das penas.

e) Estômago dividido em duas partes, denominadas papo e moela.

02. (UNESP) Uma professora explicava a seus alunos que a transpiração contribui para o controle da temperatura corporal e que os desodorantes antitranspirantes apresentam em sua composição sal de alumínio, o qual obstrui os ductos sudoríparos, impedindo a saída do suor. Um dos alunos perguntou à professora o que aconteceria se uma generosa dose de desodorante antitranspirante fosse borrifada no corpo de uma barata e no corpo de uma lagartixa. A professora desaconselhou o experimento em razão dos maus tratos aos animais e explicou que, caso fosse realizado, considerando os sistemas respiratórios desses animais, provavelmente:

a) a lagartixa e a barata morreriam por aumento da temperatura corporal.

b) a lagartixa e a barata morreriam por falta de oxigênio em suas células.

c) a barata sobreviveria e a lagartixa morreria por aumento da temperatura corporal.

d) a lagartixa sobreviveria e a barata morreria por falta de oxigênio em suas células.

e) a barata e a lagartixa sobreviveriam.

03. (UNICAMP) Os anfíbios constituem um dos grupos de animais com maior número de espécies ameaçadas de extinção. Entre outras razões, isso ocorre porque eles são suscetíveis à contaminação por substâncias nocivas e à infecção por fungos. Os anfíbios apresentam tal suscetibilidade porque têm:

a) hábitos aquáticos, que os tornam suscetíveis a predadores.

b) pulmões bem desenvolvidos, que acumulam impurezas e fungos.

c) sangue frio, que diminui a atividade de enzimas hepáticas.

d) pele úmida e permeável, que possibilita a respiração cutânea.

04. (UERJ) A simetria também é observada na estrutura corporal dos animais, influenciando, por exemplo, a distribuição interna dos órgãos. Uma característica associada à simetria bilateral, presente em todos os animais com esse padrão corporal, é:

a) grande cefalização.

b) organização metamérica.

c) sistema circulatório aberto.

d) sistema digestório incompleto.

05. (UniTau) Uma das principais características da maioria das aves é a sua capacidade de voar, como sugere a tirinha, o que proporcionou para esses animais vantagens, como a ocupação da copa de árvores, agilidade na fuga de predadores, migrações em busca de melhores condições ambientais, dentre outras. Para voar, as aves contam com uma série de adaptações, as quais foram sendo selecionadas durante a sua história evolutiva, como a conversão dos membros anteriores em asas, a formação dos ossos pneumáticos, que reduz o seu peso e, em especial, a presença de penas recobrindo seu corpo.

http://www.niquel.com.br

Sobre as penas das aves, assinale a alternativa incorreta.

a) São formadas por queratina e apresentam um eixo central chamado ráquis.

b) Estão implantadas em um folículo da pele e se estendem por uma base chamada cálamo.

c) São leves, resistentes e flexíveis, contribuindo para tornar o corpo aerodinâmico.

d) São revestidas com secreção oleosa, produzida pela glândula uropigiana, o que diminui o isolamento térmico.

e) São trocadas gradualmente e, para a maioria das espécies, isso ocorre uma vez por ano.

06. (UEPG) Os vertebrados apresentam um esqueleto bem desenvolvido, situado internamente ao corpo. Baseado neste grupo animal, assinale o que for correto.

01. Os tubarões e as raias são representantes da classe Chondrichthyes, caracterizada por possuir exemplares com esqueleto cartilaginoso.

02. Os répteis possuem uma locomoção mais eficiente no ambiente de terra firme do que os anfíbios, fato que pode ser atribuído à sua estrutura de crânio e do esqueleto apendicular.

04. O esqueleto das aves possui características próprias, as quais refletem adaptações ao voo, tais como: a quilha ou carena, uma estrutura óssea onde é fixada a musculatura peitoral, e a presença de ossos porosos, menos densos que os dos outros vertebrados.

08. Entre os mamíferos, a ordem Cetacea possui como representantes as baleias e os golfinhos, os quais apresentam os membros anteriores transformados em nadadeiras e, os posteriores, estão atrofiados e ausentes na morfologia externa.

Soma das alternativas corretas:

o7. (PUC-SP)

Níquel Náusea – Fernando Gonsales

A “casa” que os animais representados na tirinha possuem é fabricada naturalmente:

a) pela rádula.

b) pelo clitelo.

c) pelo sifão.

d) pelo manto.

08. (IFSuldeMinas)

ACIDENTES COM ANIMAIS AQUÁTICOS

Com um número maior de visitantes nas praias e locais de água doce, algo que costuma ocorrer no verão, crescem também os acidentes com animais aquáticos. Os acidentes mais comuns ocorrem com ouriço-do-mar e águas-vivas.

Adaptado de Paula Felix e Julia Marques – O estado de São Paulo 19/01/2016

Os animais descritos no texto pertencem respectivamente aos filos:

a) Echinodermata e Cnidários.

b) Poríferos e Celenterados..c) Artrópode e Asquelminto.

d) Anelídeos e Molusco.

09. (FACULDADE ALBERT EINSTEIN) Os peixes cartilaginosos são animais ureotélicos, uma vez que produzem ureia como excreta nitrogenada. Entretanto, os rins desses peixes reabsorvem a ureia em vez de eliminá-la na urina, como fazem os mamíferos. Dessa forma, a concentração de ureia no sangue de tubarões e raias chega a ser 100 vezes maior que a observada no sangue de mamíferos. Isso explica o fato de os fluídos corporais desses peixes serem ligeiramente mais concentrados que a própria água do mar. Assim, é correto afirmar que os peixes cartilaginosos:

a) reutilizam a ureia retida no corpo para fabricar novos aminoácidos e, por isso, requerem menos alimentos proteicos que os mamíferos.

b) convertem a ureia retida no corpo em ácido úrico, um tipo de excreta mais facilmente eliminado em ambientes aquáticos.

c) por osmose, ganham água do meio e, para evitar o excesso de água em seus fluidos corporais, os rins a eliminam pela urina.

d) por osmose, perdem água para o meio, e têm que dispor de mecanismos fisiológicos que evitem a desidratação no ambiente marinho.

10. (FAMERP) As aves e os mamíferos podem habitar uma grande amplitude de áreas terrestres. São encontrados em regiões de altitudes muito elevadas, assim como em regiões de altas latitudes. As aves e os mamíferos são capazes de sobreviver nesses ambientes por possuírem:

a) pele queratinizada.

b) anexos embrionários.

c) esqueleto ósseo resistente.

d) endotermia.

e) circulação fechada.

11. (FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS) As verminoses formam um grupo de doenças causadas por vermes parasitas que se instalam no organismo. São causadas especialmente pela falta de saneamento básico e hábitos de higiene. Os vermes geralmente se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e cérebro. […] Algumas das verminoses mais comuns são a ancilostomose, uma infecção intestinal causada por nematódeos e a teníase, provocada pela presença da forma adulta da Taenia solium ou da Taenia saginata no intestino delgado do homem.

Disponível em: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/57-perguntas-e-respostas/34424-conheca-as-principais-verminoses-que-atingem-o–ser-humano. Acesso em: 17 jul. 2017. Adaptado.

Os vermes citados no texto têm em comum a presença de:

a) túbulos de Malpighi que excretam cristais sólidos de ácido úrico, substância praticamente insolúvel em água.

b) tubo digestório incompleto, com a cavidade digestória possuindo uma única abertura.

c) sistema circulatório aberto com a hemolinfa circulando dentro e fora de vasos sanguíneos.

d) cavidade geral do corpo, durante o desenvolvimento embrionário, totalmente revestidos pelo mesoderma.

e) três folhetos embrionários, ectoderma, mesoderma e endoderma que surgem no processo de gastrulação.

12. (UNICAMP) Fósseis do organismo Spriggina (em vista dorsal na figura a seguir), que viveu há 550 milhões de anos, foram descobertos nas montanhas de Ediacara, na Austrália. Tais fósseis estão entre os mais antigos vestígios de seres multicelulares já encontrados.

Esse animal primitivo, cuja classificação desafia os pesquisadores, possui algumas características ainda encontradas na maioria dos animais existentes hoje. Esse animal apresenta:

a) simetria bilateral, com eixo ântero-posterior bem definido, características não encontradas em cnidários, poríferos e equinodermos.

b) simetria radial, com eixo dorsoventral bem definido, características não encontradas em cnidários, moluscos e equinodermos.

c) simetria dorsoventral, com eixo ântero-posterior bem definido, características não encontradas em cordados, poríferos e cnidários.

d) simetria pentarradial, com eixo dorsoventral bem definido, características não encontradas em cnidários, cordados e equinodermos.

13. (FDSBC) Considere o texto a seguir.

O estudo das larvas de moscas encontradas em cadáveres fornece informações que podem ajudar os peritos e médicos legistas a esclarecerem as circunstâncias da morte, aponta pesquisa da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), em conjunto com o Instituto Adolfo Lutz. O trabalho dos pesquisadores demonstra que os insetos podem servir como marcadores do local em que a morte ocorreu. Resultados preliminares de experimentos com animais indicam que substâncias como cocaína e chumbinho (veneno para ratos) têm efeitos diferentes no desenvolvimento das larvas, o que também pode auxiliar no trabalho de perícia.

Fonte: Jornal da USP – Ciências Biológicas – 02/09/2016

A possibilidade de estudos como o descrito no texto acima resulta do fato de as moscas:

a) serem insetos holometábolos, cujas larvas tem habito saprófago.

b) serem insetos hemimetábolos, cujas ninfas tem forma larval.

c) serem artropodes hexápodes, com exoesqueleto quitinoso.

d) serem artropodes dípteros, com um par de antenas e olhos compostos.

14. (ETEC-SP) O pantanal mato-grossense possui fauna e flora muito exuberantes. Suas belezas naturais são um forte atrativo para o turismo ecológico. Assim, um grupo de estudantes, fascinados pela diversidade dos animais encontrados nessa região, fez as seguintes anotações:

– existem muitas espécies de mamíferos como, por exemplo, as onças-pintadas, as jaguatiricas e os tamanduás;

– possui grande diversidade de aves como, por exemplo, as garças, os colhereiros, os tucanos, as emas e os jaburus;

– há muitas espécies de peixes, entre os quais se destacam os pintados, os dourados, os pacus e os surubins;

– e entre os répteis, há os jacarés-do-pantanal, as sucuris e os lagartos.

Considerando os animais observados pelos alunos é correto afirmar que:

a) os répteis citados são animais vertebrados, pulmonados e peçonhentos.

b) as aves e os peixes possuem sexos separados e apresentam fecundação externa.

c) os mamíferos possuem coração com três cavidades e, por isso seus movimentos são lentos.

d) os répteis e os peixes possuem grande habilidade de nadar por apresentarem respiração branquial.

e) os mamíferos são endotérmicos, pois controlam a temperatura corporal por meio do próprio metabolismo.

15. (URCA) Observe atentamente a descrição a seguir: Monoico, com clitelo, moela, nefrídeos, cerdas, circulação fechada e respiração cutânea. Você diria que esse animal é… responda corretamente.

a) Uma lombriga.

b) Uma planária.

c) Uma barata.

d) Uma minhoca.

16. (UEM) Assinale o que for correto sobre Panthera leo (leão) e Panthera tigris (tigre).

01. Trata-se de espécies distintas que pertencem à mesma Família.

02. Panthera corresponde à Ordem a que pertencem.

04. Possuem rins e excretam ácido úrico.

08. Possuem habitats e nichos ecológicos diferentes, apesar de ambos serem Panthera.

16. Por possuírem pelos e glândulas mamárias, pertencem à mesma Classe.

Soma das alternativas corretas:

17. (UECE) Durante seu desenvolvimento, os insetos passam por mudanças, através de um processo conhecido como metamorfose. Sobre o desenvolvimento desses animais, é correto afirmar que:

a) todos os insetos ametábolos precisam passar pela metamorfose para produzir seu exoesqueleto.

b) moscas são classificadas como insetos holometábolos, pois seu desenvolvimento é marcado por poucas transformações até chegar à vida adulta.

c) gafanhotos são insetos hemimetábolos, pois apresentam processo incompleto de metamorfose.

d) carrapatos e percevejos são insetos que sofrem metamorfose completa, assim como as borboletas.

18. (UECE) Analise as informações relacionadas aos equinodermos, e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.

(   ) Possuem sistema digestivo completo, isto é, possuem boca, esôfago, estômago, intestino e ânus.

(   ) Realizam a digestão em seus estômagos; portanto, esse processo se dá pela ação de ácidos gástricos encerrados em cavidades fechadas.

(  ) Apresentam sistema nervoso complexo, formado por neurônios conectados a um órgão central de comando.

(  ) Reproduzem-se através da liberação de células sexuais em meio aquático, portanto, a fertilização ocorre externamente.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) F, V, V, F.

b) F, V, F, V.

c) V, F, V, F.

d) V, F, F, V.

19. (UPF) As minhocas desempenham importante papel ecológico nos ecossistemas, reciclando materiais e atuando como verdadeiros arados que revolvem os solos. Sobre as minhocas, podemos afirmar corretamente que:

a) são monoicas, de reprodução cruzada, apresentam sistema circulatório fechado, respiração pulmonar e excreção por túbulos de Malpighi.

b) são dioicas, de reprodução cruzada, apresentam sistema circulatório aberto do tipo lacunoso, respiração cutânea e excreção por nefrídios.

c) são dioicas, de reprodução cruzada, apresentam sistema circulatório aberto, respiração pulmonar e excreção por túbulos de Malpighi.

d) são monoicas, se autofecundam, apresentam sistema circulatório fechado, respiração pulmonar e excreção por túbulos de Malpighi.

e) são monoicas, de reprodução cruzada, apresentam sistema circulatório fechado, respiração cutânea e excreção por nefrídios.

20. (UESC) Mais de 25 mil banhistas já foram queimados por água-viva nas praias do litoral do Paraná durante 40 dias. O número foi divulgado pelo governo estadual nesta segunda-feira (30). Ao todo, foram 25.787 incidentes, o que significa um aumento de 172% na comparação com o mesmo período da temporada anterior, quando aconteceram 9.455 queimaduras. Pontal do Paraná foi o município com o maior número de casos: 11.100. Matinhos registrou 9.824, e Guaratuba 4.827.

Disponível em: http://g1.globo.com/pr/parana/ferias-verao/2017/noticia/2017/01/mais-de-25-mil-banhistas-foram-queimados-por-agua-viva-no-parana.html. Acesso em 28/05/2017

Com base na notícia acima descrita, qual o nome dado a célula responsável pela defesa do organismo e que libera líquidos urticantes:

a) Coanócitos.

b) Amebócitos.

c) Cnidoblastos.

d) Parapódio.

e) Pinacócitos.

Publicado por: Djalma Santos | 1 de fevereiro de 2018

TESTES DE CICLOS BIOGEOQUÍMICOS (3)

01. (UEL) A utilização de combustíveis fósseis pela espécie humana tem restituído à atmosfera, na forma de CO2, átomos de carbono que ficaram fora de circulação durante milhões de anos. O ciclo do carbono consiste na passagem de átomos de carbono (C) presentes nas moléculas de gás carbônico (CO2) disponíveis no ecossistema para moléculas que constituem as substâncias orgânicas dos seres vivos (proteínas, glicídios, lipídios etc.) e vice-versa. Relacione as afirmativas a seguir com as etapas do ciclo do carbono indicadas no esquema.

I. Grande parte das substâncias orgânicas incorporadas pelos herbívoros são degradadas na respiração celular e o carbono, liberado na forma de gás carbônico.

II. O gás carbônico é captado pelos organismos fotossintetizantes e seus átomos são utilizados na síntese de moléculas orgânicas.

III. O carbono constituinte da biomassa é transferido aos herbívoros.

IV. Parte das moléculas orgânicas produzidas na fotossíntese é degradada pelo próprio organismo em sua respiração celular e o carbono, devolvido ao ambiente na forma de gás carbônico.

IV. O carbono constituinte da biomassa é restituído ao ambiente com a morte do organismo.

Assinale a alternativa que contém a associação correta.

a) I-C, II-B, III-F, IV-G, V-A.

b) I-D, II-C, III-B, IV-G, V-F.

c) I-G, II-B, III-D, IV-C, V-E.

d) I-G, II-C, III-D, IV-A, V-H.

e) I-H, II-D, III-B, IV-C, V-A.

02. (UPE) Analisando o esquema representativo do ciclo do nitrogênio na natureza, o que você conclui?

I    II

0   0 –   A fixação do nitrogênio, que é mediada por cianobactérias e bactérias do solo, por ação da nitrogenase, é representada pelas etapas D, no esquema.

1  1 – Uma associação de mutualismo, verificada entre leguminosas e bactérias do gênero Rhizobium, garante produção de amônia como resultado da fixação do nitrogênio atmosférico pela bactérias.

2  2 – A etapa F, conhecida por nitrificação, é a principal fonte de nitratos do solo que são produzidos por descargas elétricas atmosféricas.

3   3 – A decomposição de restos orgânicos – plantas, animais e dejetos – representada na etapa C do esquema, resulta em amônia, numa reação conhecida por desnitrificação.

4   4 – Nitrosação, realizada por bactérias quimiossintéticas, corresponde à transformação de amônia em nitratos e destes em nitrogênio livre, quer é lançado na atmosfera e reaproveitado pelas plantas durante a respiração.

03. (UPF) Carboidratos, lipídios, proteínas e ácidos nucleicos têm em sua composição o carbono, que é constantemente retirado da natureza e, por meio do CO2, devolvido à atmosfera, formando assim o ciclo desse elemento. Assinale a alternativa que contempla as formas pelas quais o CO2 retorna à atmosfera.

a) Respiração, fotossíntese e combustão.

b) Transpiração, fotossíntese e respiração.

c) Decomposição, respiração e evaporação.

d) Fotossíntese, combustão e evaporação.

e) Decomposição, respiração e combustão.

04. (PUCRS) Sobre o Ciclo de Nitrogênio, não se pode afirmar que:

a) a atmosfera da Terra tem em sua composição aproximadamente 78% de nitrogênio, porém as plantas não são capazes de utilizar o nitrogênio em sua forma gasosa livre.

b) o nitrogênio é o nutriente mineral mais limitante para o crescimento vegetal, por ser necessário em grandes quantidades na composição de proteínas e ácidos nucleicos.

c) a fixação do N2 atmosférico é a única fonte de nitrogênio para as bactérias de solo.

d) a planta, apesar de não conseguir absorver o N2 atmosférico, é capaz de absorver o amônio e o nitrato formados pelas bactérias presentes no solo.

e) parte do nitrogênio é perdido no solo quando bactérias desnitrificantes convertem o nitrato em N2, o qual se difunde para a atmosfera.

05. (FATEC) Os ciclos biogeoquímicos são essenciais para a existência e perpetuação de formas de vida conhecidas. Dentre esses ciclos, cinco deles apresentam maior fluxo de matéria e seus elementos integram mais de 95% da massa que constitui os seres vivos. Esses ciclos são os:

a) da água, do oxigênio, do cálcio, do enxofre e do césio.

b) da água, do carbono, do nitrogênio, do fosforo e do enxofre.

c) do hidrogênio, do hélio, do oxigênio, do nitrogênio e do enxofre.

d) da água, do hidrogênio, do carbono, do fosforo e do césio.

e) do hélio, do lítio, do berílio, do boro e do carbono.

06. (UFU) A figura abaixo se refere ao ciclo do nitrogênio.

Adaptado de MORANDINI, C.; BELLINELLO, L. C. Biologia. São Paulo: Atual, 2003. SILVA Jr., C. e SASSON, S. Biologia. São Paulo: Saraiva, 2003.

Nas etapas 1, 2, 3 e 4 atuam as seguintes bactérias:

a) (1) fixadoras de nitrogênio, (2) decompositoras, (3) nitrificantes, (4) desnitrificantes.

b) (1) desnitrificantes, (2) nitrificantes, (3) decompositoras, (4) fixadoras de nitrogênio.

c) (1) nitrificantes, (2) desnitrificantes, (3) fixadoras de nitrogênio, (4) decompositoras.

d) (1) decompositoras, (2) fixadoras de nitrogênio, (3) nitrificantes, (4) desnitrificantes.

e) (1) fixadoras de nitrogênio, (2) nitrificantes, (3) decompositoras, (4) desnitrificantes.

07. (UEM) O fornecimento de água potável para todos é um dos maiores desafios da humanidade no futuro próximo. Estima-se que um quarto da população mundial sofrerá com a falta de água nas próximas décadas. Considerando o ciclo hidrológico e a sua relação com os seres vivos, assinale o que for correto.

01. Os animais obtêm água bebendo-a ou ingerindo-a em alimentos e perdem água do corpo na urina, nas fezes e por meio da transpiração e na respiração.

02. O processo de fotossíntese é a principal forma de os vegetais perderem água.

04. A porção de água encontrada na atmosfera está relacionada com o processo de evapotranspiração.

08. Entre as medidas utilizadas para prevenir a falta de água estão o saneamento básico e o tratamento de líquidos industriais.

16. O aquecimento global influencia no derretimento das geleiras e contribui para solucionar o problema de água potável no planeta.

Soma das alternativas corretas:

08. (FCM-PB) Cinco espécies de microrganismos compõem a base de um novo produto, um fertilizante biológico que substitui o uso de adubos nitrogenados na cana-de-açúcar, utilizados como promotoras de crescimento da planta. A aplicação do inoculante biológico desenvolvido por pesquisadores da EMBRAPA em Seropédica – Rio de Janeiro, vai propiciar substancial redução de gastos com adubos nitrogenados no país (Pesquisa FAPESP, junho de 2008). Essa prática agrícola pode ser realizada por:

a) Decomposição de fungos nas raízes das plantas.

b) Bactérias fixadoras de Oxigênio e decompositoras em geral.

c) Fungos fixadores de Nitrogênio capazes de incorporar átomo de NH3 nas raízes das plantas.

d) Bactérias fixadoras de Nitrogênio, capazes de utilizar diretamente o N2 incorporando os átomos de Nitrogênio em suas moléculas orgânicas.

e) Mutualismo entre o fungo do gênero Rhizobium e as bactérias fixadoras de enxofre.

09. (IFNMG) O ciclo do carbono está relacionado à regulação das taxas desse composto no ambiente. As emissões anuais aumentam gradativamente, causando preocupação em relação ao aquecimento global. Sobre esse assunto e o ciclo evidenciado na figura abaixo, pode-se dizer que:

a) A seta 1 representa o processo de entrada do CO2 no ecossistema pelo processo de fotossíntese.

b) A seta 4 representa o processo de decomposição, responsável por promover a transformação do carbono incorporado na biomassa em carbono na forma de CO2.

c) A seta 2 representa o processo de respiração, enquanto a seta 5 representa a decomposição da matéria orgânica.

d) A seta 6 representa o processo de combustão, que atualmente é um dos maiores responsáveis pelo aumento da taxa de gás carbônico na atmosfera.

10. (UPE) A vida na Terra está baseada fundamentalmente no elemento carbono, que compõe a estrutura básica de todas as moléculas orgânicas. Em relação à química desse elemento, a seu ciclo e à dinâmica planetária, analise as proposições e conclua.

I   II

0  0 –  É a versatilidade do carbono, cujos átomos podem se ligar entre si e com átomos de outros  elementos químicos, que torna possível a existência da grande diversidade de moléculas

orgânicas.

1  1 –  O ciclo do carbono consiste na fixação desse elemento pelos heterótrofos, por meio da  fotossíntese ou da respiração, processos que incorporam o carbono proveniente das  moléculas de gás carbônico (CO2) do meio a moléculas orgânicas, que ficam disponíveis para os produtores e, através da cadeia alimentar, para os consumidores e decompositores, que restituem o CO2 para o meio através da quimiossíntese ou da fermentação.

2  2 –  O carbono acumulado nos combustíveis fósseis não provém do período Quaternário – época  Recente, tendo sido retirado dos ecossistemas há muito tempo. Com a queima desses combustíveis, como o carvão mineral, o petróleo e o gás natural, ocorreu liberação desse elemento, o que tem contribuído para diminuir a quantidade de gás carbônico na atmosfera.

3  3 – A tectônica de placas desempenha um papel decisivo para a vida na Terra, participando  ativamente do ciclo do carbono. Parte do CO2 atmosférico dissolve-se nos lagos e oceanos, formando, juntamente com o cálcio, o composto carbonato de cálcio (CaCO3), que se deposita no fundo submerso. Nas zonas de colisão, esse composto se decompõe, liberando o CO2, que retorna à atmosfera e evita o aquecimento da Terra.

4   4 – Se não ocorresse a reciclagem de gás carbônico, ocorreria redução na taxa de fotossíntese, ocasionando uma diminuição na oferta de alimento para os seres heterotróficos.

11. (UDESC) Os átomos de nitrogênio entram na composição das proteínas e dos ácidos nucleicos. Pode-se, deliberadamente, interferir no Ciclo do Nitrogênio na natureza com a finalidade de aumentar a produtividade de certas culturas. Assinale a alternativa que contém exemplos de plantas, usualmente, utilizadas para aumentar a quantidade de nitrogênio no solo.

a) morango – alface – cebola.

b) milho – batata – arroz.

c) algodão – batata – milho.

d) soja – feijão –

e) gergelim – milho – castanhas.

12. (UnB-DF) Uma prática correta na agricultura é alternar a plantação de culturas que empobrecem o solo com plantações de soja ou feijão. Isso porque às raízes dessas leguminosas se associam bactérias do gênero Rhizobium que fixam o N2 do ar. A partir dessa informação, julgue os itens abaixo.

01. A participação do Rhizobium é importante porque as plantas não absorvem N2 diretamente do ar.

02. O solo apresenta outras bactérias que o enriquecem, como as nitrificantes, que transformam nitrato em amônia.

04. A principal participação do metabolismo humano no ciclo do nitrogênio é representada pela absorção de compostos orgânicos nitrogenados e pela excreção de ureia.

08. Uma forma artificial de aumentar a concentração de nitrogênio no solo é a adição de adubos químicos ricos em nitrato.

Soma das alternativas corretas:

13. (FPS) Na imagem abaixo, é possível observar os nódulos formados pela associação de bactérias do gênero Rhizobium com raízes de uma leguminosa.

Sobre a relação ecológica mostrada, considere a seguinte afirmação:

A associação de ____ contribui para o ciclo do _____. As palavras que preenchem os espaços na afirmação acima são, respectivamente:

a) parasitismo e carbono.

b) mutualismo e nitrogênio.

c) comensalismo e fósforo.

d) predação e oxigênio.

e) simbiose e oxigênio.

14. (FACTO) O ciclo do nitrogênio é essencial para a manutenção da vida no planeta, pois se trata de um elemento importante para os organismos vivos, onde o nitrogênio é componente de aminoácidos, proteínas, aminas, amidas, ácidos nucleicos, clorofila, entre outros. Na agricultura, o nitrogênio é fornecido para as plantas na forma de adubo, que pode seguir por vários caminhos, inclusive retornando para a atmosfera como gás nitrogênio (N2). Desta forma, analise atentamente as alternativas abaixo e marque aquela que melhor descreve como o nitrogênio do solo retorna para a atmosfera.

a) Bactérias do solo transformam nitratos em gás nitrogênio.

b) Organismos decompositores convertem amônio em gás nitrogênio.

c) As plantas assimilam nitrato e o converte em gás nitrogênio.

d) Bactérias fixadoras de nitrogênio convertem o nitrato em gás nitrogênio.

e) O nitrogênio em contato com a água reage e se torna gasoso.

15. (FCC) Geralmente, os fazendeiros não usam adubos nitrogenados nos campos em que cultivam leguminosas porque estas:

a) Não necessitam de nitrogênio para crescer.

b) Associam‑se a bactérias nitrificantes.

c) Fixam amônia do ar.

d) Fixam nitratos do solo.

e) Transformam nitritos em nitratos.

16. (UEG) O plantio intensivo de diferentes culturas em uma determinada área pode comprometer a produtividade do solo. Nesse aspecto, a rotação de culturas é um método utilizado para preservar a fertilidade do terreno. Sobre este método, constata-se que:

a) As culturas de plantas perenes como a laranja e o café, que passam por safras consecutivas, ao serem associadas a alguma leguminosa, diminuem a absorção de macronutrientes do solo.

b) A área a ser cultivada é dividida em glebas menores, nas quais são plantadas espécies iguais e que apresentem as mesmas necessidades nutricionais.

c) O plantio de leguminosas neste método enriquece o solo, uma vez que estas plantas possuem nos nódulos de suas raízes fungos capazes de fixar o Nitrogênio.

d) Na rotação são utilizadas espécies como as leguminosas (feijão, soja, amendoim, etc.) que incorporam compostos nitrogenados no solo, repondo parte do que foi retirado.

17. (UEM) Sobre o processo de retirada e de devolução de elementos químicos na natureza, conhecido como ciclos biogeoquímicos, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. O carbono incorporado aos seres vivos retorna para a atmosfera sob forma de gás carbônico através da decomposição, da combustão e da respiração.

02. Moléculas de dióxido de carbono e de água são incorporadas pelos autótrofos, pelo processo de respiração celular.

04. Os organismos decompositores são capazes de converter sais minerais em aminoácidos.

08. O fósforo procedente da dissolução das rochas é absorvido pelos vegetais e incorporado às moléculas orgânicas, como os ácidos nucleicos.

16. As leguminosas são importantes para a fertilização dos solos, uma vez que apresentam associações com bactérias do gênero Rhizobium, capazes de fixar nitrogênio.

Soma das alternativas corretas:

18. (UECE) Segundo a EMBRAPA, a rotação de culturas é um processo de cultivo para a preservação ambiental que influi positivamente na recuperação, manutenção e melhoria dos recursos naturais, viabiliza produtividades mais elevadas, com mínima alteração ambiental, ajuda a preservar ou melhorar as características físicas, químicas e biológicas do solo, além de auxiliar no controle de plantas daninhas, doenças e pragas. Nesse caso, a produtividade agrícola pode melhorar ainda mais quando leguminosas são utilizadas, porque essa prática promove:

a) O enriquecimento do solo com potássio e alumínio.

b) O aumento dos níveis de sais nitrogenados no solo.

c) O enriquecimento do solo, com matéria orgânica morta.

d) O aumento da superfície de absorção das plantas cultivadas.

19. (UFRJ) Uma forma natural de aumentar a quantidade de nitrogênio, disponível no solo sob a forma de nitratos, é alterar o cultivo de plantas não leguminosas com leguminosas, pois as últimas apresentam, nas suas raízes, módulos com bactérias capazes de fixar o nitrogênio atmosférico. Essas bactérias são pertencentes ao grupo:

a) Rhizobium.

b) Nitrosomonas.

c) Nitrobacter.

d) Nitrosococcus.

e) Anabaena.

20. (MARCK) O esquema a seguir mostra, de maneira resumida, a possibilidade ou não de aproveitamento do nitrogênio atmosférico pelos seres vivos.

Ocorrem realmente na natureza:

a) I e II.

b) I, II e III.

c) I, II e IV.

d) I, II e V.

e) II e III.

21. (FUVEST) A figura abaixo é um esquema simplificado do ciclo do carbono na natureza:

Nesse esquema:

a) I representa os seres vivos em geral e II, somente os produtores.

b) I representa os consumidores e lI, os decompositores.

c) I representa os seres vivos em geral e II, apenas os consumidores.

d) I representa os produtores e lI, os decompositores.

e) I representa os consumidores e lI, os seres vivos em geral.

22. (UEM) Sobre os ciclos do carbono, do oxigênio e da água, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. No ciclo do carbono, a forma inorgânica é transformada na forma orgânica pela fotossíntese.

02. No ciclo da água, além da passagem vapor-líquido e vice-versa, em função de fatores físicos, ocorre também a interferência dos seres vivos, pois, durante a fotossíntese, ocorre o consumo e, durante a respiração, ocorre a liberação de água.

04. O carbono é um elemento essencial na composição dos seres vivos e retorna à atmosfera sob forma de gás carbônico, através da combustão, da transpiração e da oxidação.

08. Os seres autótrofos utilizam oxigênio livre para construir suas biomoléculas através da fotossíntese.

Soma das alternativas corretas:

23. (PUC-RIO) A questão da utilização da soja transgênica no Brasil constitui um debate polêmico. Dentre os argumentos contrários à sua utilização, destaca-se a possibilidade de se utilizar na sua cultura maiores quantidades de herbicidas, o que poderia ser danoso ao meio ambiente e às bactérias que vivem em nódulos de suas raízes. A importância dessas bactérias nesta cultura é grande pois elas:

a) utilizam o nitrogênio do ar para a síntese de aminoácidos.

b) transformam o nitrogênio do ar em nitratos.

c) são capazes de converter o nitrogênio do ar em proteínas e amido.

d) são importantes na fixação do enxofre.

e) assimilam o fósforo do solo tornando-o disponível para a planta.

24. A capacidade que as leguminosas possuem de enriquecer o solo com nitrogênio deve-se a bactérias:

a) desnitrificantes que vivem no solo.

b) fixadoras de N2 que vivem em suas raízes.

c) nitrificantes que vivem em suas folhas.

d) nitrificantes que vivem no solo.

25. (UDESC) Os esquemas dos ciclos biogeoquímicos mostram as vias de entrada e saída de diferentes compostos químicos nos seres vivos, entre os seres vivos e entre estes e o ambiente. Na figura abaixo, tem-se uma representação esquemática do ciclo do fósforo, importante elemento químico para os seres vivos.

Disponível em: http://www.coladaweb.com/wp-content/uploads/2014/12/Ciclo-do-Fosforo-589×330.png, acessado em agosto/2016.

Analise as proposições em relação a este elemento químico e ao seu ciclo na natureza.

I. O fósforo é importante para os seres vivos, na sua forma de íon fosfato, pois entra na composição química de moléculas como os ácidos nucleicos e de moléculas envolvidas no fornecimento de energia para as células.

II. Podem-se caracterizar dois ciclos do fósforo: um mais curto, feito diretamente entre seres vivos, solo e água. Outro, mais longo, que envolve a sedimentação do elemento, formação de rochas, movimentos geológicos e decomposição das rochas.

III. Os seres vivos podem eliminar o fosfato pelas fezes.

IV. O fosfato combinado a um glicerídeo forma os fosfolipídios, principal componente das membranas celulares.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

26. (ETEC) A adubação verde é uma prática utilizada pelos agricultores, em várias regiões do mundo, para recuperar os solos degradados pelo cultivo, melhorar aqueles que são naturalmente pobres ou conservar os que já são produtivos. Consiste no plantio de espécies de plantas, como as leguminosas (soja, feijão, alfafa) tanto em conjunto com outras plantas (plantações consorciadas), como em períodos alternados (rotações de culturas). As leguminosas são muito utilizadas como adubo verde, pois suas raízes são capazes de se associar a bactérias, que fixam o gás nitrogênio diretamente do ar presente no solo e com ele produzem compostos nitrogenados que, incorporados ao solo, atuam na sua adubação natural. Além disso, esses compostos nitrogenados são compartilhados com as plantas leguminosas, contribuindo assim para um melhor desenvolvimento desses vegetais que, em troca, fornecem compostos orgânicos as bactérias. A figura ilustra o sistema radicular de uma planta de soja com bactérias fixadoras de nitrogênio. As bactérias estão nas “bolinhas” que aparecem na raiz.

 

David M.Dennis

<http://tinyurl.com/p8xhn62&gt; Acesso em:11.09.2015.

Sobre a adubação verde, e correto afirmar que:

a) o cultivo de leguminosas contamina o solo com substâncias tóxicas produzidas pelas bactérias.

b) a concentração de compostos nitrogenados no solo diminui, devido à atividade das bactérias que vivem associadas às plantas leguminosas.

c) o cultivo de leguminosas aumenta o custo da produção agrícola, pois será preciso comprar adubo nitrogenado para suprir a falta desse elemento químico no solo.

d) as plantas leguminosas aproveitam diretamente o gás nitrogênio do ar, fornecendo-o para as bactérias que fazem fotossíntese e produzem compostos nitrogenados.

e) as bactérias que vivem nas raízes das leguminosas fixam o gás nitrogênio, transformando-o em compostos nitrogenados, os quais podem ser utilizados por essas plantas.

27. (UNITAU) O nitrogênio, elemento mais abundante na atmosfera, é incorporado pelas plantas e animais. A falta de nitrogênio limita o crescimento das plantas, pois ele é componente de proteínas e ácidos nucleicos, entre outras moléculas orgânicas. Com relação a esse elemento, afirma-se:

I. O nitrogênio atmosférico é incorporado nas plantas e animais através da respiração e da cadeia alimentar, respectivamente.

II. O nitrogênio atmosférico é fixado pelas bactérias nitrificantes e desnitrificantes, que o transformam em nitrito e nitrato do solo, absorvidos pelas plantas.

III. O nitrogênio atmosférico é incorporado nas plantas através da fotossíntese, e, nos animais, através da respiração celular.

IV. O nitrogênio atmosférico é dissolvido na água e, através dela, incorporado nos vegetais e animais.

Está incorreto o que se afirma em:

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) III, apenas.

d) II e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

28. (FPS) Os ciclos biogeoquímicos equilibram na natureza os compostos necessários à manutenção da vida no planeta. Analisando o ciclo ilustrado abaixo, assinale a alternativa correta.

a) Organismos autótrofos fixam nitrogênio diretamente da atmosfera.

b) O nitrogênio atmosférico é produto da conversão de nitratos por bactérias desnitrificantes.

c) Bactérias nitrificantes transformam nitratos em amônia no solo.

d) Compostos amoníacos presentes no solo são produtos da excreção de plantas.

e) Os animais transformam nitrogênio atmosférico em compostos de amônia e nitrato.

29. (COVEST) A maior parte dos átomos de nitrogênio que os seres vivos utilizam em suas proteínas, ácidos nucleicos e outras moléculas orgânicas, é originalmente introduzida no mundo vivo por bactérias. Com relação a esse assunto, podemos afirmar:

I   II

0  0 – certas espécies de bactérias e fungos são capazes de extrair nitrogênio da atmosfera, que é o grande  reservatório natural desse elemento.

1  1 – as bactérias fixadoras de nitrogênio incorporam esse elemento na forma molecular (N2). Ao morrerem, liberam o nitrogênio na forma de amônia (NH3).

2 2 – as bactérias nitrificantes liberam nitratos como subproduto de seu metabolismo, sendo estes os compostos de nitrogênio que as plantas melhor assimilam.

3  3 – certas bactérias e os liquens são capazes de fixar nitrogênio do ar. Eles mantêm uma relação de parasitismo com certas plantas, como feijão e soja.

4  4 – os compostos nitrogenados produzidos pelas bactérias dos nódulos de plantas leguminosas favorecem também plantas não leguminosas, como o milho, que estejam, por exemplo, em plantação consorciada.

30. (FCM-PB) Ocorrendo a morte dos organismos, a matéria orgânica é degradada e os átomos que a constituem retornam ao meio ambiente, através dos ciclos biogeoquímicos. Assinale a alternativa que se aplica aos ciclos biogeoquímicos:

a) Ciclo do carbono, o gás carbônico é captado pelos organismos heterotróficos e seus átomos são utilizados na síntese de moléculas inorgânicas.

b) No ciclo do nitrogênio o processo de formação dos nitritos é denominado nitrificação, realizado por bactérias desnitrificantes.

c) Ciclo do Nitrogênio, bactérias fixadoras de nitrogênio, são capazes de utilizar diretamente o N2, incorporando os átomos de nitrogênio em suas moléculas orgânicas.

d) O ciclo do oxigênio, o oxigênio é liberado pelos seres vivos na forma de substâncias diversas como monóxido de carbono (CO), nitratos (NO3) e água (H2O).

e) No ciclo do nitrogênio, as nitrosomonas atuam na desnitrificação, realizam a oxidação dos nitratos em amônia.

 

Publicado por: Djalma Santos | 1 de fevereiro de 2018

TESTES DE ECOLOGIA (XI)

01. (UCS) Vários mecanismos de recuperação de florestas em áreas degradadas estão em prática no Brasil e uma delas é a dispersão de sementes por aviões e helicópteros. Porém, nem todas as espécies de árvores podem fornecer sementes aptas para o reflorestamento. Assinale a alternativa que sugere a melhor opção de dispersão de sementes.

a) O uso de sementes de espécies vegetais de comunidade clímax por encontrar os fatores bióticos e abióticos para seu estabelecimento

b) O uso de sementes de plantas que possuem frutos indeiscentes, auxiliadas pela dispersão dos animais existentes na área.

c) O uso de sementes de espécies pioneiras pela alta taxa de adaptação e de dispersão e de polinização anemófila.

d) O uso de sementes de angiospermas, por terem sementes nuas, tem facilidade de germinação.

e) O uso de sementes de espécies tardias possibilita a ocorrência da sucessão ecológica vegetal e, consequentemente, a recuperação da fauna silvestre.

02. (IFRS) Cada espécie de ser vivo apresenta um modo de vida único e peculiar no ambiente em que vive, representado por atividades que compreendem desde o tipo de alimento que consomem, os meios de reprodução, moradia, hábitos, inimigos naturais, estratégias de sobrevivência, dentre outros. Este conjunto de atividades que a espécie realiza denomina-se:

a) comunidade.

b) população.

c) habitat.

d) nicho ecológico.

e) ecossistema.

03. (ACAFE) Bioinseticida feito de microrganismos Depois de 15 anos de pesquisa, uma nova tecnologia para o controle biológico de pragas está pronta para uso comercial. Trata-se de um bioinseticida feito a partir de nematoides, vermes milimétricos que vivem no solo, para uso no combate a insetos e outros organismos que atacam cultivos como os de cana-de-açúcar, plantas ornamentais e eucalipto. O novo inseticida biológico foi desenvolvido pelo engenheiro agrônomo e entomologista Luís Garrigós Leite, da unidade de Campinas do Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. A comercialização dos nematoides será feita com os vermes envoltos em diatomita, um pó de origem mineral, que deixa os vermes úmidos e em estado de latência. Só voltam à atividade quando o produto é diluído em água.

Fonte: g1. globo, 11/10/2016.Disponível em: http://g1.globo.com/

Nesse sentido, marque V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas.

( ) Controle biológico é um fenômeno que pode acontecer espontaneamente na natureza e consiste na regulação do número de indivíduos de uma determinada espécie por inimigos naturais.

( ) Os nematódeos ou nemátodos são vermes cilíndricos, com simetria bilateral, triblásticos e celomados.

( ) O controle biológico é um componente fundamental do equilíbrio da Natureza, cuja essência está baseada no mecanismo da densidade recíproca, isto é, com o aumento da densidade populacional da presa ou do hospedeiro poderá aumentar, também, o número dos predadores ou dos parasitos. Dessa maneira, os inimigos naturais causam um declínio na população predada ou parasitada.

( ) Controle biológico artificial é quando o homem interfere de modo a proporcionar um aumento de seres predadores, parasitos ou patógenos, podendo esses serem insetos, fungos, vírus, bactérias, nematoides e ácaros.

A sequência correta é:

a) V – F – V – V.

b) V – V – F – V.

c) F – F – V – F.

d) F – V – V – F.

04. (PUC-RIO) Observe o esquema abaixo.

Identifica-se, respectivamente, como um processo responsável pelo Aquecimento Global e um processo que contribui para a sua mitigação:

a) III e I.

b) II e III.

c) IV e I.

d) V e I.

e) III e V.

05. (PUC-CAMPINAS) No decorrer da história da humanidade as batalhas, por diversos motivos, foram bastante frequentes. Na natureza elas também são comuns, tanto em animais como em plantas. Sobre esse assunto, considere as espécies I e II que se alimentam de III. Quando a população de I aumenta, as de II e III diminuem. As prováveis relações existentes entre I e II e entre II e III, são, respectivamente,

a) competição e predação.

b) competição e comensalismo.

c) predação e competição.

d) predação e comensalismo.

e) comensalismo e amensalismo.

06. (FAMERP) De acordo com alguns conceitos ecológicos, uma cidade, como São José do Rio Preto, e uma reserva ecológica são ecossistemas. Esta afirmação é:

a) incorreta, porque na cidade existem muitos seres vivos que não interagem com a parte não viva do ambiente.

b) incorreta, porque a reserva ecológica é um ambiente natural, onde alguns seres vivos interagem com a parte não viva do ambiente.

c) incorreta, porque a reserva ecológica é um ambiente artificial, onde há seres vivos que foram introduzidos para interagir com a parte não viva do ambiente.

d) correta, porque nos dois locais existe uma população de seres vivos interagindo com a parte não viva do ambiente.

e) correta, porque nos dois locais existe uma comunidade de seres vivos interagindo com a parte não viva do ambiente.

07. (ETEC) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

George Stephenson (1781 – 1848), engenheiro inglês, certa vez comentou que:

“Minha locomotiva a vapor é movida pela luz solar, captada por plantas verdes há milhões de anos”.

Por mais surpreendente que esse comentário de Stephenson possa parecer, ele tinha razão. A queima do carvão mineral, usado como combustível nessa locomotiva, liberou a energia luminosa captada por plantas que viveram há mais de 300 milhões de anos. Enquanto vivas, essas plantas sintetizaram compostos orgânicos a partir da presença de luz, água e gás carbônico, se desenvolveram, cresceram e se reproduziram. Após terem morrido, foram soterradas por muitas camadas de sedimentos, o que impediu sua total decomposição por fungos e bactérias. Assim, gradativamente, esses compostos orgânicos, submetidos a grandes pressões e elevadas temperaturas, foram lentamente se transformando em minério de carvão. Portanto, esse carvão mineral armazenou parte da energia luminosa captada pela fotossíntese há milhões de anos.

Considerando o processo descrito no texto, realizado pelas plantas enquanto vivas, pode se afirmar corretamente que ele:

a) permitiu que a matéria orgânica fosse degradada em gás carbônico e água.

b) garantiu a produção de matéria orgânica indispensável à vida.

c) ocorreu no interior das celulas aclorofiladas dos vegetais.

d) impediu a formação de moléculas de gás oxigênio.

e) realizou a decomposição das bactérias e fungos.

08. (UEPG) Assinale o que for correto sobre as características e peculiaridades das algas.

01. Assim como nas plantas inferiores, as algas apresentam exclusivamente um sistema de reprodução assexuado, o qual pode ocorrer por fragmentação do talo ou por bipartição, como ocorre nas formas unicelulares.

02. As euglenófitas são algas de água salgada e são os principais constituintes do fitoplâncton. Possuem uma carapaça impregnada de sílica e celulose e, se deslocam pelo batimento de flagelos, os quais proporcionam movimento de rotação.

04. A comunidade planctônica pode ser dividida em duas categorias: fitoplâncton, constituído basicamente por algas fotossintetizantes, e zooplâncton, composto de seres heterotróficos que se alimentam de algas.

08. O despejo de esgoto doméstico, por exemplo, pode levar ao aumento excessivo da população de certas algas, ocasionando um desequilíbrio ecológico chamado de Maré Vermelha (floração das algas nocivas). A morte destas algas pode liberar substâncias tóxicas, as quais podem envenenar e matar os seres aquáticos.

Soma das alternativas corretas:

09. (PUC-RIO) Peixes leões das espécies Pterois volitans e P. miles são nativos do Indo-Pacífico. Esses peixes, no entanto, foram introduzidos no Atlântico Ocidental, na costa dos Estados Unidos. A partir dessa introdução, diversos registros têm sido feitos em localidades mais ao sul da Flórida, como Caribe e, mais recentemente, litoral sudeste do Brasil. Nessas áreas, tais peixes são considerados espécies exóticas invasoras. Com relação a essas espécies de peixes e à invasão das novas áreas, não é correto afirmar que:

a) essas espécies são endêmicas apenas de suas áreas de origem.

b) as populações dessas espécies são reguladas pela ação de predadores locais.

c) espécies invasoras são consideradas a segunda maior causa de extinção de espécies.

d) representam uma séria ameaça à biodiversidade local por serem predadoras e competidoras eficientes.

e) a invasão se dá em função do estabelecimento de relações desarmônicas com outras espécies da comunidade.

10. (CEDERJ) Gambás caçadores de cobras são naturalmente resistentes ao veneno das serpentes. Aos poucos, uma equipe de pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz começa a entender o mecanismo por trás dessa imunidade.

Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/biologia/proteina-do-gamba-pode-combater-veneno-de-cobras.Acesso em: 04 nov. 2015. Adaptado.

Na mata atlântica, o gambá e a cobra vivem no mesmo:

a) habitat, mas com diferentes nichos ecológicos.

b) nicho ecológico, mas com diferentes habitats.

c) ecossistema, mas em diferentes habitats.

d) nicho ecológico, mas possuem diferentes níveis tróficos.

11. (UFPA) Em relação aos níveis de organização de um ser vivo, a alternativa que contém os termos que substituem adequadamente os números 1, 2, 3 e 4, sendo:

Célula > (1) > (2) > Sistema > (3) > (4) > Comunidade, é:

a) 1 – tecido, 2 – órgão, 3 – corpo, 4 – espécie.

b) 1 – órgão, 2 – tecido, 3 – organismo, 4 – ecossistema.

c) 1 – tecido, 2 – órgão, 3 – organismo, 4 – população.

d) 1 – organela, 2 – tecido, 3 – corpo, 4 – população.

e) 1 – organela, 2 – órgão, 3 – tecido, 4 – órgão.

12. (UEMA) A eutrofização é um processo comum em corpos d’água sem muita movimentação, como lagos, lagoas e represas, resultante de uma grande disponibilidade de nitrogênio (N) e fósforo (P) na água, que fornecem um ambiente totalmente favorável à grande e à rápida multiplicação das algas. A oferta dos nutrientes N e P acontece de diversos modos. Pode ser originária de esgotos domésticos, de efluentes industriais não tratados ou da agricultura e da pecuária. A enorme população de algas impede a passagem da luz, dificultando a fotossíntese das plantas que ficam no fundo e o nível de oxigênio dissolvido torna-se cada vez menor, causando a morte de muitos organismos, cuja decomposição também utiliza oxigênio, levando o ambiente a um estado de anóxia, com diminuição do número e da riqueza de organismos.

http://www.ecycle.com.br.

O gráfico que representa o processo de eutrofização é:

13. distribuição, o tamanho, a estrutura etária das populações, entre outros. Sobre esses critérios, assinale a alternativa correta:

a) Densidade é a quantidade de indivíduos por unidade de área ou volume.

b) Dispersão é a medida da densidade populacional em função da taxa de emigração dos indivíduos.

c) Emigração é a taxa de entrada de indivíduos em uma dada população, em função do tempo.

d) Demografia é a análise comparativa dos índices de dispersão populacional em função do tempo e do espaço.

e) Territorialidade é o índice que determina a capacidade de uma dada espécie em manter um espaço físico exclusivo, mediante comportamentos de predação.

14. (UFAM) Analise as alternativas sobre o papel da floresta amazônica nas mudanças climáticas locais e mundiais e assinale a incorreta:

a) O CO2 liberado na atmosfera pelas plantas através da evapotranspiração influencia o clima mundial e as correntes oceânicas.

b) A floresta remove CO2 da atmosfera e o fixa através da fotossíntese.

c) O desmatamento de grandes áreas contribui para agravar o efeito estufa.

d) A ação antropogênica pode mudar o papel da Amazônia de mitigadora de gases de efeito estufa para fonte de emissão de CO2.

e) A Amazônia recebe, concentra e distribui um imenso volume de umidade que afeta a pluviosidade de outras regiões.

15. (URCA) As savanas africanas são um bioma conhecido mundialmente pela sua biodiversidade de mamíferos. São áreas de milhões de quilômetros com pradarias com pastos de gramíneas e árvores esparsas com estações de seca e chuva. No Brasil temos áreas semelhantes que aqui são denominadas:

a) Cerrado.

b) Caatinga.

c) Floresta amazônica.

d) Mata atlântica.

e) Pampa.

16. (UECE) Cada espécie ocupa um lugar no espaço onde busca sobreviver, crescer, reproduzir e manter uma população viável. Em um ecossistema, quando duas espécies distintas ocupam o mesmo nicho ecológico, espera-se que:

a) ocorra uma associação obrigatória entre os indivíduos dessas espécies, para que todos se beneficiem e consigam superar situações adversas.

b) aconteça competição intraespecífica, necessária ao equilíbrio do ecossistema.

c) haja disputa por recursos e, consequentemente, estabeleça-se uma competição interespecífica.

d) uma das espécies ocupe um nível trófico elevado para escapar de situações competitivas.

17. (UNICISAL) A equipe do Gerenciamento Costeiro do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA-AL) discute medidas para coibir a invasão de coral-sol em Alagoas. Para evitar que a espécie chegue à costa alagoana, um grupo formado por representantes de órgãos ambientais e de fiscalização vem realizando ações preventivas em navios-sonda e plataformas de petróleo que chegam ao Estado. A maior preocupação é que, uma vez inserido na costa de Alagoas, o coral-sol pode colocar em risco outras espécies existentes no Estado, causar sérios danos à biodiversidade marinha e ainda provocar impactos graves, como a destruição de bancos recifais e consequente aceleração do avanço do mar.

Disponível em: <http://ima.al.gov.br/equipe-discute-medidas-para-coibir-invasao-de-coral-sol-em-alagoas/&gt;.Acesso em: 30 nov. 2016.

O coral-sol é um tipo de Cnidário que não apresenta predadores naturais em ambiente brasileiro e é devastador para a biodiversidade. Um dos grandes fatores que auxiliam a proliferação do coral-sol é:

a) a eliminação de espécies nativas através da prática da simbiose.

b) a metagênese, onde as medusas liberam toxinas, que reduzem a biota local, diminuindo a competitividade.

c) a sua forma de reprodução, que pode ocorrer de maneira assexuada, não necessitando de colônias pré-existentes.

d) o clima, que favorece o ciclo de alternância de geração da espécie, dificultando que predadores naturais o identifiquem.

e) a forma de vida do tipo medusa, que consegue nadar livremente, escolhendo o ambiente adequado para a reprodução.

18. (UEM) Assinale o que for correto.

01. A reprodução assexuada nas algas e nas bactérias é feita, basicamente, por fissão binária e esporos.

02. As algas e as cianobactérias apresentam clorofila e, por isso, são organismos autotróficos.

04. Micorrizas são associações entre fungos e raízes de plantas terrestres, que aumentam a capacidade de absorção de sais minerais pelas plantas.

08. Cogumelos e leveduras são fotossintetizantes, armazenam glicogênio, possuem queratina nas paredes celulares e são classificados no Reino Fungi, um dos grandes grupos de vegetais.

16. Os líquens, organismos pioneiros na sucessão ecológica, são resultantes da associação entre algas e fungos. Essa relação é de mutualismo, ou seja, há benefício mútuo.

Soma das alternativas corretas:

19. (UNICISAL) Os gráficos indicam a produtividade primária em diversos ecossistemas do planeta.

A análise dos gráficos indica que:

a) os ambientes tropicais possuem produtividade primária mais equilibrada, pois existe um equilíbrio entre a população de vegetais (produtores) e animais (consumidores).

b) a floresta temperada possui os maiores índices de produtividade primária, pois apresentam as maiores árvores do planeta, como as grandes sequoias.

c) a região ártica possui maior produtividade primária nos meses de junho a setembro, pois, no inverno, as algas e os vegetais acumulam reserva energética.

d) a produtividade primária dos ecossistemas está diretamente relacionada com a quantidade de luz solar e a produção de biomassa pelos produtores.

e) a floresta temperada tem maior produtividade primária que a floresta tropical, pois os invernos são mais longos e a biomassa maior.

20, (UPE) A predação de corais por organismos marinhos das mais diversas espécies é vista, muitas vezes, como algo negativo, porém estudiosos apontam que essa relação pode ser positiva tanto para a espécie predada quanto para outras espécies. Na Baía de Kâne‘ohe (Havaí), o peixe borboleta (Chaetodon unimaculatus) é responsável pelo crescimento lento de um coral, em particular a espécie Montipora verrucosa, por se alimentar deste. Supondo que Chaetodon unimaculatus deixasse de predar o coral,

a) a densidade de Montipora verrucosa não seria alterada, pois o crescimento dessa espécie estacionaria.

b) a densidade de Montipora verrucosa diminuiria, pois, a falta de predação aumentaria o número de pólipos fracos.

c) a densidade de Montipora verrucosa aumentaria, afetando outras espécies de organismos incrustantes.

d) a população de Montipora verrucosa iria oscilar, independentemente do predador.

e) a população de Montipora verrucosa tenderia à extinção.

Publicado por: Djalma Santos | 1 de fevereiro de 2018

TESTES SOBRE FUNGOS (3)

01. (ACAFE) Fungos contra baratas

Pesquisadores da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Jaboticabal descobriram que o fungo Aspergillus westerdijkia tem grande potencial para infectar baratas ainda em sua fase embrionária, nas ootecas, as estruturas que abrigam seus ovos. A pesquisa, realizada com apoio da FAPESP, trata-se de uma dupla inovação: aliem de poder se transformar em uma alternativa aos riscos provocados por inseticidas químicos ao meio ambiente, o fungo ataca o inseto em uma fase crítica do seu desenvolvimento, quebrando seu ciclo de multiplicação.

Fonte: Biologia & Ciências, 19/04/2016.Disponível em: http://www.biologia.seed.pr.gov.br

Sobre o tema, analise as afirmações a seguir.

I. Os fungos são organismos eucariontes, heterótrofos, existindo espécies unicelulares e pluricelulares. Externamente, as células dos fungos são impregnadas, em sua grande maioria por quitina, um polissacarídeo nitrogenado.

II. Os fungos pluricelulares apresentam estrutura formada por uma malha filamentosa, chamada de hifa, agrupada, formando um pseudo tecido denominado micélio.

lll. Os fungos apresentam grande variedade de modos de vida. Podem viver como saprófagos, como parasitas ou estabelecendo associações mutualísticas com outros organismos. Além desses modos mais comuns de vida, existem alguns grupos de fungos considerados predadores.

lV. O controle biológico é uma técnica que utiliza meios naturais, criada para diminuir a população de organismos considerados pragas. Devido ao uso de inimigos naturais para controlar a população e propagação das pragas, não há desvantagens na utilização dessa técnica.

V. Micose é o nome genérico dado às infecções provocadas por fungos. Entre as micoses que afetam os seres humanos podemos citar: candidíase, tricomoníase e pitiríase.

Todas as afirmações corretas estão em:

a) IV – V.

b) III – IV.

c) II – III – IV.

d) I – II – III.

02. (UEM) No Reino Fungi existem algumas espécies que são economicamente importantes para o homem e outras que são patogênicas. Sobre os organismos desse Reino, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A estomatite, doença comum em crianças, é causada por um fungo oportunista.

02. As leveduras são fungos unicelulares e todos os seus representantes são causadores de doenças.

04. O botulismo é causado pela ingestão de alimentos contaminados por produtos tóxicos do metabolismo de um fungo.

08. O “sapinho” é uma candidíase bucal em humanos, causada por um fungo, que surge quando o indivíduo está com baixa imunidade.

16. Os fungos têm destaque na agricultura, pois podem causar a ferrugem e prejuízos na conservação de sementes.

Soma das alternativas corretas:

03. (UEG) Foi publicado na revista científica Microbiology, em 2008, a descoberta, na Patagônia argentina, de uma nova espécie de fungo ascomiceto endofítico em uma espécie arbórea de florestas capaz de produzir grande quantidade de hidrocarbonetos e derivados de diesel, um subproduto do petróleo. Esse fungo também pode formar essas substâncias a partir da celulose.

LOPES, S., ROSSO, S.Bio: volume 3. São Paulo: Saraiva, 2010. p. 260-261.

Com base nessas informações e nas características desse fungo, tem-se o seguinte:

a) esse fungo, sendo considerado ascomiceto, possui tecidos hifáticos e micelínicos, o que pode possibilitar a produção dessas substâncias.

b) esse fungo é considerado endofítico, uma vez que pode ser parasita facultativo, e seu micélio não está entre os tecidos do hospedeiro vegetal, no caso, a espécie arbórea.

c) o desenvolvimento de substâncias a partir da celulose é devido ao fato de a parede celular fúngica conter esse monossacarídeo abundante na sua constituição.

d) a relação ecológica desse fungo com a espécie arbórea se torna intraespecífica comensal, uma vez que o fungo tem autonomia na produção das substâncias.

e) espécie como essa descoberta na Patagônia consegue realizar processos biotecnológicos em função do seu potencial enzimático e importância ecológica.

04. (PUC-RS) Os fungos são organismos que possuem características que tornam este grupo de seres vivos bastante peculiar, pois evoluíram de maneira tal que, atualmente, apresentam uma grande diversidade de formas corporais, de ciclos de vida e de estruturas reprodutivas, o que favorece a sua adaptação a variadas condições ambientais. Sobre os fungos, é correto afirmar que:

a) Cada um de seus filamentos é denominado de micélio.

b) O cogumelo corresponde ao corpo de frutificação nos Basidiomicetos.

c) São seres procariotos e fermentadores que decompõem a matéria orgânica.

d) Seus esporângios produzem esporos – células diploides (2n) envolvidas no processo de reprodução sexuada.

e) A fusão de hifas, também conhecida como plasmogamia, corresponde à parte assexuada do seu ciclo reprodutivo.

05. (UDESC) Em relação aos fungos é correto afirmar.

a) São procariontes e realizam sua nutrição por quimiossíntese.

b) Não possuem organelas celulares, pois a estrutura deles é constituída de capsídeo.

c) São classificados em quatro classes: Sarcodínea, Ciliophora, Flagellata e Sporozoa.

d) São nocivos à saúde, pois todas as espécies causam micoses ao homem.

e) São eucariontes e a maioria deles possui sua estrutura composta por um emaranhado de filamentos designados hifas, cujo conjunto se chama micélio. Também existem formas unicelulares.

06. (UEA) Na década de 1920, o pesquisador Alexander Fleming notou, em uma cultura de bactérias, o desenvolvimento de um fungo de determinado gênero, que impedia o crescimento de bactérias. Ele identificou a substância produzida pelo fungo responsável por essa inibição, descobrindo-se, assim, o primeiro antibiótico. O fungo é um organismo 1, unicelular ou pluricelular, e que quanto à forma de nutrição é chamado 2. As lacunas (1 e 2) do texto são preenchidas, correta e respectivamente, por:

a) procarionte e autótrofo ou heterótrofo.

b) eucarionte e autótrofo.

c) procarionte e heterótrofo.

d) procarionte e autótrofo.

e) eucarionte e heterótrofo.

07. (UFSM) Esta questão está baseada em trechos da reportagem “A microbiologia dos alimentos e das bebidas”. (Scientific American Brasil – A Ciencia na cozinha, 3, 2007.)

Os tempehs são alimentos que se apresentam sob a forma de um doce de matéria vegetal recoberto e penetrado pelo micélio branco de uma espécie de Rhizopus. Mesmo que você não conheça esse alimento típico da Indonésia, já compreendeu, pela palavra-chave sublinhada, que os tempehs contam com a ação de _______________ para serem produzidos.

Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

a) bactérias

b) fungos

c) bactérias e fungos

d) bactérias e algas unicelulares

e) algas unicelulares

08. (UNISC) Dentre as alternativas abaixo, marque aquela que indica as características dos fungos.

a) São eucariontes, heterótrofos, unicelulares ou pluricelulares. Parede celular formada, principalmente, por quitina.

b) São eucariontes, autótrofos, pluricelulares. Parede celular formada, principalmente, por celulose.

c) São eucariontes, heterótrofos, pluricelulares. Células desprovidas de parede celular.

d) São procariontes, unicelulares, maioria heterótrofos. Parede celular formada por peptideoglicano.

e) São procariontes, autótrofos, unicelulares. Parede celular formada por celulose.

09. (UECE) O Reino Fungi compreende seres particulares, dentre os quais o mofo que ataca os alimentos, os cogumelos comestíveis utilizados em diversas receitas culinárias e o Penicillium associado à produção de antibióticos. Com relação aos fungos, analise as proposições abaixo.

I. São organismos eucariontes, unicelulares ou pluricelulares, exclusivamente heterotróficos.

II. Nos fungos pluricelulares, o glicogênio é o material de reserva, mas nos unicelulares o amido é que cumpre essa função energética.

III. Realizam sua nutrição através de digestão extracorpórea, liberando, no ambiente, enzimas digestivas que transformam macromoléculas em moléculas menores.

IV. Reproduzem-se, apenas, assexuadamente por meio de esporos, formados em estruturas denominadas esporângios, ascos e basídios.

Está correto o que se afirma somente em:

a) I e IV.

b) II e IV.

c) II e III.

d) I e III.

10. (UFMS) Observe o desenho abaixo e indique a(s) proposição(ões) verdadeira(s) sobre esse grupo de organismos.

10

01. São organismos eucarióticos.

02. Fazem parte do Reino Fungi.

04. Existem espécies comestíveis, venenosas e outras alucinógenas.

08. Existem espécies fotossintetizadoras.

16. Podem ser saprófitas ou parasitas.

32. O champignon é um exemplo pertencente a esse grupo.

Soma das alternativas corretas:

11. (FUMEC) Observe o organismo representado figura abaixo:

11

Com base nas informações da figura, é correto afirmar que o grupo do organismo representado não possui seres do tipo:

a) consumidor.

b) decompositor.

c) parasita.

d) produtor.

12. (UEPG) O ramo da biologia que estuda os fungos é a micologia. Seus principais representantes são os bolores, os cogumelos, as orelhas-de-pau e as leveduras. Com relação às características gerais deste grupo, assinale o que for correto.

01. Os fungos são eucariontes e, embora existam formas unicelulares, como o levedo, a maioria é formada por um emaranhado de filamentos, as hifas, cujo conjunto se chama micélio.

02. Uma hifa é um tubo microscópico que contém o material celular do fungo. As hifas podem ser de dois tipos: cenocíticas e septadas.

04. Os fungos são autotróficos e, além da clorofila a, algumas espécies possuem ficocianina (pigmento azul) ou ficoeritrina (pigmento vermelho).

08. Durante os processos de reprodução sexuada de muitas espécies de fungo, formam-se hifas especiais que crescem em agrupamentos compactos, constituindo os corpos de frutificação, dos quais cogumelos e orelhas-de-pau são os exemplos mais conhecidos.

16. A parede celular dos fungos é formada por peptidoglicanos e ao redor da parede existe uma cápsula, de consistência viscosa e formada por proteínas e polissacarídeos.

Soma das alternativas corretas:

13. (PUC-RJ) Indique, dentre os processos abaixo, a opção que esteja relacionada com a nutrição em fungos.

a) Síntese de matéria orgânica com energia liberada da oxidação de matéria inorgânica.

b) Síntese de matéria orgânica com utilização de energia luminosa.

c) Digestão extracorpórea e absorção celular de matéria orgânica digerida do meio.

d) Digestão corpórea e extracelular em órgãos específicos.

e) Endocitose de moléculas orgânicas complexas do meio e digestão intracelular.

14. Sobre os fungos, pode-se afirmar que:

I   II

0  0 –  assemelham-se às células animais, por apresentarem quitina na parede da maior parte de suas espécies.

1  1 – não realizam o ciclo de Krebs.

2  2 – são heterotróficos e nutrem-se de matéria orgânica morta ou viva.

3  3 –  armazenam amido como substância de reserva.

4  4 – apenas os fungos deuteromicetos são capazes de sintetizar clorofila, constituindo-se num elo evolutivo com os vegetais.

15. (UFT) As plantações de eucalipto (Eucalyptus globosus) no município de Ponte Alta, Estado do Tocantins, foram prejudicadas com o aparecimento de uma doença grave provocada por um fungo, conhecida como murcha de ceratocistis (Ceratocystis sp.). O fungo inicia a colonização pelas raízes e rapidamente se espalha pela planta toda, as extremidades apicais secam e a planta morre.

A partir destas informações é incorreto afirmar:

a) Ceratocystis se enquadra em um grupo de organismos eucariontes, heterotróficos, geralmente multinucleados e Eucalyptus em um grupo de eucariontes, multicelulares e fotossintetizantes.

b) O eucalipto apresenta um risco potencial para a flora do cerrado por ser exótica.

c) A taxa de multiplicação da população de Ceratocystis é potencialmente mais elevada que a de Eucalyptus.

d) Eucalyptus e Ceratocystis são os nomes específicos do eucalipto e do fungo, respectivamente.

e) A relação ecológica entre Ceratocystis e Eucalyptus é do tipo interespecífica negativa.

16. (FPS) Algumas espécies de fungos filamentosos podem provocar micoses, particularmente na pele de seres humanos e animais. É possível inferir que tais organismos:

a) São formados por hifas multicelulares, com parede celular constituída por celulose.

b) Possuem micélios ramificados e são parasitas anaeróbios.

c) São heterótrofos que se reproduzem assexuadamente por brotamento ou gemulação.

d) São conhecidos como “mofos” e produzem esporos sexuais através mitoses sucessivas.

e) Não possuem pigmentos fotossintetizantes e secretam enzimas extracelulares.

17. (UNITINS) Mofos, bolores e champignons fazem parte do reino Fungi. Sobre os fungos, é correto afirmar que:

a) armazenam amido e lipídeo como substância de reserva, assim como os animais.

b) os fungos, em sua maioria, são multicelulares e apresentam filamentos chamados de hifas.

c) são organismos eucarióticos, exclusivamente multicelulares, autótrofos, com parede celular constituída de queratina.

d) reproduzem-se apenas assexuadamente por meio dos esporos.

e) as micorrizas são fungos parasitas que crescem no interior das células das raízes de algumas plantas.

18. (FPS) Fungos possuem papel ecológico como decompositores na cadeia alimentar, mas também podem causar micoses, particularmente na pele. Esses organismos:

a) Produzem pigmentos fotossintetizantes.

b) Armazenam amido como reserva energética.

c) Possuem parede celular constituída por lignina.

d) Realizam digestão extracelular.

e) Reproduzem-se sexuadamente por gemulação.

19. (COVEST) Os fungos têm grande importância na agricultura, na indústria e na medicina. Sobre essa questão, considere o que é afirmado a seguir.

I   II

0   0 – Sua importância para a agricultura é reconhecida devido às doenças causadas em plantas cultivadas, a exemplo de milho, feijão, batata, café e algodão. Além disso, os fungos causam prejuízo na conservação de sementes, a exemplo do Aspergillus flavus que produz potentes toxinas que podem causar lesões hepáticas graves.

1  1 – Os fungos são também aliados dos interesses humanos na agricultura. É o caso da associação de fungos com as raízes da planta hospedeira formando as micorrizas, onde os fungos obtêm nutrientes e aumentam a capacidade de absorção de sais minerais do solo pelas raízes.

2  2 – Doenças causadas por fungos, que são chamadas micoses, ocorrem no homem; as mais comuns são o “sapinho”, ou a candidíase, causada pelo fungo Candida albicans, e a “frieira” ou pé-de-atleta, provocada pelo fungoTinea pedis.

3  3 – Na fabricação do álcool e de bebidas alcoólicas como o vinho e a cerveja, é fundamental a participação dos fungos da espécie Agaricus campestris, que realizam fermentação alcoólica, convertendo açúcar em álcool etílico.

4  4 – Os fungos são enquadrados num reino exclusivo: o reino Fungi, devido às suas especificidades. Sua reprodução normalmente envolve esporos, como ocorre entre algumas plantas; mas armazenam glicogênio e, como os animais, apresentam nutrição heterótrofa.

20. (UEPG) A área da Biologia responsável pelo estudo dos fungos é a micologia. Estes seres possuem funções importantes, tais como a decomposição, a produção de antibióticos e na alimentação, por exemplo. Em relação às características dos fungos, assinale o que for correto.

01. A reprodução sexuada ocorre por meio de brotamento ou pela produção de esporos, originando organismos com núcleos diploides resultantes de mitoses sucessivas.

02. Um representante do grupo dos ascomicetos é o levedo (Saccharomyces cerevisiae), usado na fabricação de bebidas alcoólicas, o qual se reproduz assexuadamente por brotamento.

04. São seres heterotróficos capazes de absorver moléculas orgânicas simples por meio de uma digestão extracorpórea, processo em que ocorre o lançamento ao meio de enzimas que digerem essas moléculas e assim pode absorver as partículas menores.

08. Os liquens são associações entre fungos e plantas. Os fungos desenvolvem uma relação de parasitismo nas raízes das plantas, as quais lhes fornecem água e sais minerais.

Soma das alternativas corretas:

gab

 

Older Posts »

Categorias