Publicado por: Djalma Santos | 25 de outubro de 2019

TESTES DE ECOLOGIA (03)

01. (UFVJM) Observe a reação a seguir:Essa reação trata-se basicamente de um processo de respiração anaeróbica realizada por bactérias

a) fixadoras.

b) nitrificantes.

c) desnitrificantes.

d) decompositoras.

02. (IFPR) O nitrogênio é um importante elemento constituinte dos seres vivos, como parte das proteínas e dos ácidos nucleicos. Encontra-se fundamentalmente na atmosfera, compondo quase 78% dos gases que a formam, e também está presente nos restos orgânicos em decomposição. Sobre o ciclo do nitrogênio, assinale a alternativa correta.

a) A amônia produzida pelos biofixadores é transformada em nitrato e, em seguida, em nitrito pela ação das bactérias Nitrosomonas e Nitrobacter.

b) O nitrogênio gasoso pode ser incorporado diretamente pelas plantas e por bactérias. As bactérias nitrificantes do solo são autótrofas, mas não realizam fotossíntese.

c) Os bivalves marinhos teredos são o único exemplo do reino animal em que existe mutualismo com bactérias fixadoras de nitrogênio.

d) As bactérias nitrificantes não realizam fotossíntese e sim quimiossíntese. Nesse processo, não há utilização de energia solar, porém há a necessidade da clorofila.

03. (UNIFOR)O mundo deve se unir para “vencer a    poluição por plástico”, disse      o secretário-geral da ONU, António Guterres,            em mensagem  para o  Dia Mundial do Meio     Ambiente, lembrando que as partículas de microplástico hoje presentes no oceano “superam as estrelas de nossa galáxia”.

Disponível em:      https://nacoesunidas.org/mundo-estasendo-inundado-por-lixo-plastico-diz-secretario-geral-daonu/ Acesso     em       02        Out       2018     (adaptado).

Refletindo que  a poluição por plástico  pode interferir na cadeia alimentar marinha, um dos problemas observados no futuro será:

a) a redução no número de consumidores secundários, tais como os fitoplânctons, constituído por seres autotróficos que realizam fotossíntese.

b) a proliferação de organismos produtores, como protozoários, vermes e crustáceos, que caracterizam o zooplâncton marinho.

c) um distúrbio no ecossistema aquático, uma vez que a poluição atingirá principalmente a base da cadeia alimentar marinha, constituída por peixes como sardinha e atum, por exemplo.

d) a intensa multiplicação de bactérias marinhas capazes de degradar o plástico, o que levará a formação de biofilmes na superfície da água, reduzindo a incidência

e) a morte de tartarugas, focas e aves marinhas, animais esses que estão em níveis tróficos mais elevados na cadeia alimentar marinha.

04. (UFT) Analise as afirmativas a seguir em relação aos impactos provocados pelas atividades humanas:

I. a queima de combustíveis fósseis e o aumento da produção de lixo e esgotos contribuem para provocar o fenômeno denominado efeito estufa.

II. o CO2 é produzido durante a queima incompleta de moléculas orgânicas pelos motores de automóveis e sua combinação com a hemoglobina impede o transporte de oxigênio.

III. a poluição da atmosfera por óxidos de enxofre e de nitrogênio liberados pela queima de carvão mineral e óleo diesel pode resultar em chuvas ácidas.

IV. o lançamento de esgotos no mar sem tratamento prévio pode ocasionar a “maré vermelha”, fenômeno causado por bactérias que liberam substâncias tóxicas na água.

V. a utilização de agrotóxicos nas lavouras pode poluir o solo e as águas dos rios, onde intoxicam e matam diversos seres vivos.

Com base nas afirmativas apresentadas, assinale a alternativa correta:

a) apenas as afirmativas I e III estão corretas.

b) apenas as afirmativas III e V estão corretas.

c) apenas as afirmativas I, II e IV estão corretas.

d) apenas as afirmativas I, III e V estão corretas.

05. (UNIPAR) Com relação ao fenômeno da poluição atmosférica, analise as seguintes afirmações:

I. O efeito estufa é causado, principalmente, pelo aumento da concentração de gás carbônico na atmosfera, provocado pela queima de combustíveis fósseis, como o carvão e o petróleo.

II. A destruição da camada de ozônio é maior na região situada no polo Norte do que na Antártida, em razão das baixas temperaturas.

III. A substituição dos CFCs (clorofluorcarbonos) por outros gases como o propano e o butano é uma medida para impedir a destruição da camada de ozônio.

IV. A destruição da camada de ozônio provoca o aumento da radiação ultravioleta, aumentando a atividade fotossintética das plantas com a ampliação das colheitas.

Podemos afirmar que:

a) Somente as proposições I e II estão corretas.

b) Somente as proposições I e III estão corretas.

c) Somente as proposições III e IV estão corretas.

d) Somente as proposições II e III estão corretas.

e) Somente as proposições II e IV estão corretas.

06. (UEG)

Acerca da charge apresentada, verifica-se que o “arroto” do planeta Terra se relaciona a uma:

a) insaturação em função do excesso de lixos absorvidos.

b) saturação em função da absorção de resíduos tóxicos.

c) refração do planeta às tentativas de descontaminação.

d) saturação à absorção de substâncias químicas saudáveis.

e) resposta natural em função da não contaminação do planeta.

07. (UVV) A luz solar influencia, de muitas maneiras, a vida existente na Terra. Grande parte da energia proveniente do sol determina, dentre outros fatores, as condições climáticas. Parte da luz do sol que chega à superfície da Terra é captada por alguns seres vivos clorofilados e utilizada no processo de fotossíntese. Nesse processo, a energia luminosa é transformada em energia química e armazenada em certas ligações entre os átomos das moléculas de glicose. Estas constituem, portanto, verdadeiras reservas de energia para a planta e para os seres vivos que dela se alimentam. De certa forma, podemos dizer que os organismos clorofilados são verdadeiras “usinas” de transformação de energia luminosa em energia química, contida nos açúcares e em outros compostos orgânicos. Estima-se que o total de energia que chega à Terra, proveniente da luz do sol, apenas 10% são absorvidas pela vegetação. Desses 10%, apenas 0,1% é incorporado aos vegetais pela fotossíntese. Em relação ao fluxo de energia no ecossistema, avalie as afirmações a seguir:

I. Grande parte das substâncias orgânicas que a planta sintetiza durante sua vida é consumida na sua própria respiração, que fornece energia para mantê-la viva.

II. Os produtores primários são o primeiro elo na transferência do alimento para os demais componentes da cadeia trófica e, com o alimento, também está sendo transferida energia química.

III.  Na transferência de energia de um nível trófico para outro, há uma regra importante: nos ecossistemas, a quantidade de energia disponível aumenta na medida em que está sendo transferida de um nível trófico para outro.

IV. O fato de haver um aumento de energia em cada nível trófico permite compreender por que uma cadeia alimentar não tem mais de quatro ou cinco elos. Quanto mais longa for a cadeia, maior a quantidade de energia disponível para os níveis tróficos mais elevados.

V. Parte da matéria e da energia existentes nas plantas é perdida por morte ou pela excreção. Assim, os “corpos” das plantas disponíveis para nutrição dos organismos que delas se alimentam contêm apenas uma pequena parte das substâncias que foram produzidas durante sua vida.

É correto o que se afirma em:

a) I, II.

b) I, II e V.

c) II, III e V.

d) II, III, IV e V.

e) I, II, III, IV e V.

08. (UERJ) Em determinados casos, populações de consumidores terciários são menores do que as populações de consumidores primários e secundários. Observe a imagem, que representa a relação entre o número de cada um dos membros de uma mesma cadeia alimentar.A população de falcões é reduzida em comparação com a de tordos e a de caramujos em função do seguinte fator:

a) perda energética ao longo dos níveis tróficos.

b) demanda elevada de vegetais pelos herbívoros.

c) digestão lenta de celulose pelos decompositores.

d) competição interna por recursos entre os predadores.

09. (CENTRO UNIVERSITÁRIO CESUMAR) Os organismos que vivem em um determinado local apresentam tolerâncias semelhantes aos fatores físicos do ambiente e também interagem uns com os outros em uma forma sistemática de relações alimentares, o que constitui uma teia alimentar. Nas teias alimentares, o que acontece com a energia?

a) Aumenta a cada nível trófico, pois acumula-se na biomassa dos consumidores.

b) Mantém-se constante enquanto a biomassa aumenta em quantidade.

c) Aumenta no primeiro e no segundo níveis tróficos e diminui nos demais.

d) É perdida a cada nível trófico por causa do trabalho executado pelos organismos.

e) Mantém-se constante em cada nível trófico, pois todos necessitam de quantidades similares.

10. A Verdadeira Solidão.

[…] A grande novidade é que há pouco tempo foi descoberto um ser que vive absolutamente sozinho em seu ecossistema. Nenhum outro ser vivo é capaz de sobreviver onde ele vive. É o primeiro ecossistema conhecido constituído por uma única espécie.

(Fernando Reinach. O Estado de S.Paulo, 20.11.2008.)

O autor se refere à bactéria Desulforudis audaxviator, descoberta em amostras de água obtida 2,8 km abaixo do solo, na África do Sul. Considerando-se as informações do texto e os conceitos de ecologia, pode-se afirmar corretamente que:

a) Não se trata de um ecossistema, uma vez que não se caracteriza pela transferência de matéria e energia entre os elementos abióticos e os elementos bióticos do meio.

b) O elemento biótico do meio está bem caracterizado em seus três componentes: produtores, consumidores e decompositores.

c) Os organismos ali encontrados ocupam um único ecossistema, mas não um único hábitat ou um único nicho ecológico.

d) Trata-se de um típico exemplo de sucessão ecológica primária, com o estabelecimento de uma comunidade clímax.

e) Os elementos bióticos ali encontrados compõem uma população ecológica, mas não se pode dizer que compõem uma comunidade.

11. (UFT) Duas ou mais espécies podem interagir de diversas maneiras na natureza. A interação entre duas espécies quando o recurso não é suficiente para ambas pode resultar na exclusão de uma delas. Esta interação chama-se:

a) comensalismo.

b) competição.

c) predatismo.

d) mutualismo.

12. (UFU) A tirinha abaixo retrata uma relação ecológica harmônica.Assinale a alternativa que também representa um exemplo de uma relação ecológica harmônica.

a) A lombriga e o homem.

b) A penicilina e as bactérias.

c) A rêmora e o tubarão.

d) O sapo e o gafanhoto.

13. (UEM) Identifique o que for correto em Ecologia, uma ciência multidisciplinar.

01. A introdução de espécies em determinado local é sempre vantajosa, pois aumenta a biodiversidade.

02. A agricultura, ao utilizar o controle biológico como alternativa ao uso excessivo de inseticidas, contribui para não aumentar a poluição das águas e dos solos.

04. A floresta atlântica é um dos biomas brasileiros que apresenta maior diversidade, tanto de vegetais quanto de animais. A alta diversidade é atribuída à reduzida exploração humana.

08. A espécie humana não participa do ciclo do carbono, pois não somos produtores, como os organismos clorofilados, nem decompositores, como as bactérias e os fungos.

16. Quando afirmamos que certa espécie vive na praia e que outra vive na copa das árvores, estamos nos referindo aos hábitats dessas espécies.

Soma das alternativas corretas:

14. (UEMG) As briófitas mais conhecidas são os musgos, que formam extensos tapetes verdes sobre rochas, troncos de árvores e barrancos. Quando habitam rochas, fazem parte de um importante processo ecológico denominado sucessão ecológica. Em relação ao papel das briófitas nesse processo, assinale a alternativa correta.

a) Ao habitarem as rochas, as briófitas iniciam o processo de sucessão ecológica secundária, no qual se comportam como espécies-chave no ecossistema.

b) A comunidade formada pelas briófitas sobre a rocha pode ser considerada uma comunidade clímax, já que a rocha não pode sofrer alterações.

c) As briófitas são consideradas espécies secundárias por conseguirem viver em mais de um tipo de habitat além das rochas.

d) O processo de sucessão que ocorre nas rochas nuas é chamado de sucessão primária e as briófitas são as plantas pioneiras nesse habitat.

15. (UNVESP) Os níveis de organização da matéria que constitui os seres vivos estão exemplificados na figura a seguir.Sobre os níveis de organização ilustrados, é correto afirmar que:

a) as organelas são as menores unidades vivas dos seres vivos.

b) os tecidos são agrupamentos de células que desempenham uma função em comum.

c) as populações comportam organismos de espécies diferentes em um mesmo local.

d) as comunidades são compostas por fatores bióticos e abióticos.

e) os ecossistemas são ambientes isolados e que não se inter­relacionam.

16. (UNIMONTES) O conhecimento sobre a história, os recursos necessários, as taxas de natalidade, mortalidade e migração, as relações intra e interespecíficas e os efeitos das condições ambientais de uma espécie é importante para a compreensão da sua distribuição e abundância. A sobreposição de nichos consiste na possibilidade de três espécies competirem por um recurso. Todas as alternativas a seguir estão relacionadas a esse tipo de sobreposição e podem servir para diferenciar nichos, exceto:

a) Utilização de partes diferentes do recurso.

b) Recursos confinados em um mesmo espaço (distribuição geográfica).

c) Disponibilidade de recursos pode estar separada no tempo (diferentes horas do dia ou estações do ano).

d) Capacidade de utilização dos recursos sendo influenciada por condições ambientais.

17. (UNESP) A amônia (NH3) é obtida industrialmente pelo processo Haber-Bosch, que consiste na reação química entre o gás nitrogênio proveniente do ar e o gás hidrogênio. O processo ocorre em temperaturas superiores a 500 ºC e pressões maiores que 200 atm e pode ser representado pela equação química:

N2 (g) + H2 (g) → 2NH3 (g)

A amônia produzida por esse processo tem como uma de suas aplicações a fabricação de fertilizantes para o aumento da produção agrícola. Na natureza, a amônia também é produzida tendo o ar como fonte de gás nitrogênio, que é assimilado:

a) pelo micélio dos fungos filamentosos.

b) pela respiração dos animais invertebrados que vivem no solo.

c) por bactérias no solo e nas raízes de leguminosas.

d) pelo processo de fotossíntese realizado por plantas e algas.

e) pela decomposição dos tecidos dos seres vivos.

18. (UFVJM) Camaleão é o nome dado aos répteis pertencentes à família Chamaeleonidae. Este animal possui a capacidade de imitar a cor do ambiente para se confundir com ele. Essa característica de camuflagem é uma estratégia utilizada pelo camaleão para caça ou defesa. Neste processo de camuflagem, o cérebro do camaleão percebe a luz que incide na retina, compara essa luminosidade com a luz refletida no ambiente e libera hormônios para as células da pele, fazendo com que elas assumam a cor do ambiente em segundos. Cada célula possui um pigmento de cor diferente. Graças a essa habilidade, o bicho não fica rosa na folhagem verde.

Fonte: <https://super.abril.com.br/mundo-estranho/como-o-camaleao-consegue-mudar-de-cor/&gt;. Acesso em 28 ago. 18. (Adaptado)

Assinale a alternativa que contém uma informação biológica do camaleão e que explica o mecanismo de formação da cor na pele sua pele:

a) Homeotérmico e os cromatóforos absorvem luz verde quando camuflados de verde.

b) Artrópodes e os cromatóforos difratam a luz amarela quando camuflados de amarelo.

c) Pecilotérmico e os cromatóforos refletem luz vermelha quando camuflados de vermelho.

d) Ovíparos e os cromatóforos provocam interferência destrutiva da luz azul quando camuflados de azul.

19. (USF)

Um fotógrafo do Texas capturou o momento em que um enorme crocodilo come um membro menor de sua própria espécie

O fotógrafo Brad Streets foi atraído pela primeira vez para a cena quando viu algumas manchas de sangue flutuando nas águas do Brazos Bend State Park, em Needville, Texas. Quando colocou os olhos sobre o crocodilo americano (Alligator mississippiensis) ele pensou que o animal estava mastigando um pássaro. Mas logo percebeu que estava mastigando algo muito mais familiar. […] Embora a cena possa parecer bastante chocante, o canibalismo não é tão raro no mundo dos crocodilos. De fato, um em cada 16 crocodilos será comido por um membro da sua própria espécie, muitos por membros da família que não são afetivos.

Disponível em: <https://noticiaalternativa.com.br/crocodilos-2/&gt;. Acesso em 14/09/2018 (adaptado).

Considerando-se o texto e o canibalismo, é correto afirmar:

a) A condição para que ocorra o canibalismo é determinada geneticamente, nascendo alguns membros de cada população naturalmente canibais.

b) Do ponto de vista da espécie, o canibalismo é uma relação intra ou interespecífica, sempre desarmônica e que não contribui para a melhoria da espécie.

c) A prática do canibalismo aumenta a competição por alimento entre os membros da população, provocando um incremento na variabilidade genética das espécies.

d) O canibalismo atua como método de controle populacional. Com a escassez de alimento, esse comportamento aumenta, eliminando os membros mais fracos da população.

e) Esse comportamento pode ser considerado como um exemplo de deriva genética, uma vez que elimina genes e direciona a evolução da espécie.

20. (UEMG) As populações possuem diversas características próprias, mensuráveis. Cada membro de uma população pode nascer, crescer e morrer, mas somente uma população como um todo possui taxas de natalidade e de crescimento específicas, além de possuir um padrão de dispersão no tempo e no espaço. O tamanho de uma população pode ser avaliado pela sua densidade. A densidade populacional pode sofrer alterações. Mantendo-se fixa a área de distribuição, a população pode aumentar devido a nascimentos e imigrações. A diminuição da densidade pode ocorrer como consequência de mortes ou de emigrações.

Disponível em: https://www.sobiologia.com.br/conteudos/bio_ecologia/ecologia16. php  Acesso: 11 de dez. 2018.

O gráfico a seguir representa a curva de crescimento de uma população a partir de um pequeno número de indivíduos:Sobre o gráfico, é incorreto afirmar que:

a) A curva I representa o crescimento intrínseco que é a capacidade teórica de crescimento de uma população biológica.

b) A linha II representa o tamanho populacional máximo suportado pelo ambiente ou carga biótica máxima do meio.

c) A curva III representa o crescimento populacional que é o resultado da interação entre a taxa de crescimento intrínseco e a resistência do meio.

d) A área IV representa a resistência ambiental, trata-se meramente dos fatores abióticos que limitam o crescimento populacional.

Publicado por: Djalma Santos | 25 de outubro de 2019

TESTES DE GENÉTICA (14)

01. (UNIVAG) A tabela indica as características dos tipos sanguíneos X, Y, Z e W, correspondentes aos quatro tipos possíveis do sistema ABO nos seres humanos.a) Y pode doar para W e pode receber de Z.

b) W não pode doar para Z, mas pode receber de X e Y.

c) X, Y e Z podem doar para W, mas não podem receber de W.

d) X não pode doar para Y e W, mas pode receber de Z.

e) Z não pode doar para X e Y, mas pode receber de W.

02. (UNIT) A adrenoleucodistrofia (ALD) é uma enfermidade de origem genética, rara, englobada dentro do grupo das leucodistrofias, responsável por afetar o cromossomo X, sendo essa uma herança ligada ao sexo de caráter recessivo transmitida pelas mulheres portadoras e que acomete quase que exclusivamente os homens. Esta doença caracteriza-se por uma alteração do metabolismo dos peroxissomos, resultando em um acúmulo de ácidos graxos de cadeia altamente longa (AGCML) formados por 24 a 26 átomos de carbono no organismo, especialmente no cérebro e nas glândulas adrenais (também chamada de suprarrenais). Este acúmulo está relacionado ao processo de desmielinização dos axônios, acometendo as transmissões dos impulsos nervosos e a insuficiência adrenal. Em relação a uma mulher portadora da ALD, é correto afirmar:

a) Ela expressa a doença em hemizigose.

b) Casando com um homem normal, ela não terá filhos portadores.

c) Todos os seus filhos de sexo masculino serão portadores dessa doença.

d) Terá, em apenas 50% dos seus gametas, o alelo responsável pela expressão da ALD.

e) Todos os seus filhos, independente do sexo, também serão portadores dessa doença.

03. (IFPE) Um casal de estudantes do curso de Ciências Biológicas, ao assistirem a uma aula sobre a Eritroblastose Fetal ou Doença Hemolítica do Recém-Nascido (DHRN), preocupados com a possibilidade de virem a gerar uma criança com essa doença, procuraram um hematologista para que pudessem fazer os exames necessários para identificação de seus tipos sanguíneos. O casal apresentou o seguinte diagnóstico em relação aos antígenos e anticorpos do sistema Rh:O diagnóstico foi realizado a partir da utilização do sangue de cada um separadamente e da mistura do sangue com o anticorpo anti Rh.A seguir, estão representadas as imagens que indicam as reações de aglutinação apresentadas no exame de tipagem sanguínea referente ao fator Rh.

De acordo com o que podemos observar nas reações representadas acima, assinale a alternativa correta sobre a possibilidade de o casal gerar um filho (a) com Eritroblastose Fetal.

a) É possível que apenas o primeiro filho do casal possa desenvolver a Eritroblastose Fetal.

b) Não existe a possibilidade de gerarem filhos com a Eritroblastose Fetal.

c) É possível que venham a ter filhos com Eritroblastose, uma vez que a mulher possui fator Rh positivo, e, o homem, fator Rh negativo.

d) É possível que venham a ter filhos com Eritroblastose, uma vez que a mulher possui fator Rh negativo, e, o homem, fator Rh positivo.

e) Todos os filhos do casal, obrigatoriamente, irão desenvolver a Eritroblastose Fetal.

04. (UECE) Leia atentamente o seguinte excerto: “Numa pesquisa de opinião, divulgada em janeiro, pela revista Time, 49% dos entrevistados responderam que não se submeteriam a um teste genético para saber quais as doenças que provavelmente viriam a se manifestar no futuro, enquanto 50% responderam que sim”.

Fonte: http://dx.doi.org/10.1590/0104-4060.138

Sobre as doenças congênitas e hereditárias, é correto afirmar que:

a) doença congênita é caracterizada por transmitir-se de geração em geração, isto é, de pais a filhos. As principais são diabetes, hemofilia, hipertensão e obesidade.

b) doença hereditária é adquirida antes do nascimento ou até o primeiro mês de vida, seja qual for a causa. O teste do pezinho pode detectar esses tipos de doenças.

c) doença hereditária é resultante de doenças transmitidas por genes, e pode se manifestar desde o nascimento ou surgir posteriormente.

d) nem toda doença hereditária é congênita, mas todas as doenças congênitas são hereditárias.

05. (UEA) Analise o heredograma.Sabendo que o indivíduo 8 é afetado por uma característica recessiva e ligada ao sexo que condiciona uma determinada doença, é correto afirmar que:

a) os indivíduos 1 e 2 são portadores do alelo recessivo para essa doença.

b) a probabilidade de os indivíduos 5 e 6 gerarem um menino doente é de 1/4.

c) o indivíduo 5 é portador do alelo recessivo, mas não manifesta essa doença.

d) a probabilidade de os indivíduos 5 e 6 gerarem uma menina doente é de 1/2.

e) caso o indivíduo 8 tenha uma filha, ela será obrigatoriamente doente.

06. (UNESP) Um homem de genótipo AaBb em arranjo cis teve um filho com uma mulher duplo-homozigótica dominante para estes genes autossômicos. O gene A está distante 8 unidades de recombinação (UR) de B. Há menor probabilidade de o genótipo dessa criança ser:

a) AaBB ou AaBb.

b) AABB ou AABb.

c) AABB ou AaBB.

d) AABb ou AaBb.

e) AABb ou AaBB.

07. (UFAM) Observe a figura a seguir, que representa uma herança genética por um alelo, onde a mulher mutante apresenta homozigose recessiva. Qual a probabilidade de seu irmão ser heterozigoto?a) 1/16.

b) 1/8.

c) 1/4.

d) 1/2.

e) 1.

08. (FCMCSP) Um homem que apresenta uma doença dominante ligada ao sexo é casado com uma mulher que não apresenta a doença. O casal tem cinco filhos, dois meninos e três meninas. Sobre a manifestação dessa doença nos filhos do casal, pode-se afirmar que:

a) somente as meninas manifestam a doença.

b) somente os meninos manifestam a doença.

c) um dos meninos manifesta a doença e o outro não.

d) os meninos e as meninas manifestam a doença.

e) os meninos e as meninas não manifestam a doença.

09. (IFNMG) Em relação ao heredograma abaixo, analise as afirmativas:I. Trata-se de uma herança autossômica recessiva.

II. A probabilidade do casal II-1 e II-2 ter uma filha afetada pelo caráter é de 1/4.

III. A probabilidade do indivíduo III-1 ser homozigoto dominante é de 1/3.

IV. Se a mulher II-4 se casar com um homem afetado, a probabilidade de terem uma criança normal homozigota é de 1/2.

Estão corretas somente as alternativas:

a) I e III.

b) II e IV.

c) III e IV.

d) I, II e III.

10. (PUC-SP) Leia com atenção o texto a seguir.

Dentre as opções de cariótipo a seguir, assinale aquela que contribui para o diagnóstico preciso, mencionado no texto:

11. (UNITAU) O cariótipo que segue pertence a um indivíduo com síndrome cromossômica e que apresenta características como baixo peso ao nascer, fenda palatina, rins policísticos, defeitos cardíacos desde o nascimento, polidactilia, malformações do sistema nervoso, microoftalmia bilateral, orelhas com implantação baixa e malformadas.Com base nas características descritas e no cariótipo apresentado, é correto afirmar que o indivíduo apresenta:

a) Síndrome de Patau, uma aneuploidia do tipo trissomia.

b) Síndrome de Patau, uma euploidia do tipo triploidia.

c) Síndrome de Edwards, uma aneuploidia do tipo trissomia.

d) Síndrome de Edwards, uma euploidia do tipo triploidia.

e) Euploidia do tipo trissomia, cuja síndrome resultante não pode ser inferida.

12. (UVV) Algumas doenças observadas no homem são causadas por alterações no número ou na estrutura dos cromossomos, também denominadas de aberrações cromossômicas. A meiose é um processo complexo, e erros na disjunção dos cromossomos homólogos na meiose I ou das cromátides-irmãs na meiose II resultam na formação de gametas com número anormal de cromossomos. Se um desses gametas for fecundado por um gameta normal, será formado um zigoto com número anormal de cromossomos. A alteração pode acontecer nos cromossomos sexuais ou nos demais cromossomos, os autossomos. Observe os cariótipos representados, na figura abaixo, pelas letras A, B, C e D, sendo o exemplo A um cariótipo humano normal.Considere o texto e os seus conhecimentos sobre o assunto para avaliar os itens abaixo:

I. O cariótipo humano masculino normal A, apresenta os cromossomos ordenados em 22 pares de cromossomos autossomos e, adicionalmente, dois cromossomos sexuais, um X e outro Y, representado por 46, XY.

II. No exemplo B, trata-se de um cariótipo que pode ser representado por 45, XO por ser um tipo de aneuploidia, conhecido como monossomia, também apresentado clinicamente como síndrome de Turner.

III. O cariótipo C, Síndrome de Down (47, XX ou 47, XY + 21), é diferente da síndrome anterior, pelo fato de ser uma euploidia autossômica, com aumento de um cromossomo 21, resultando na trissomia do 21.

IV. O cariótipo D representa uma euploidia sexual humana, representado por 47, XXY uma trissomia, cujo nome clínico é Síndrome de Klinefelter.

V. A variação de cromossomos pode ser representada por 2n – 1 (monossomia); 2n + 1 (trissomia); 2n – 2 (nulissomia) e por fim 2n + 2 (tetrassomia).

É correto o que se afirma em:

a) II e V.

b) I, II e IV.

c) I, II e V.

d) II, III, IV e V.

e) I, II, III, IV e V.

13. (UNIMONTES) Mutações genéticas são alvo de constantes pesquisas por desencadearem inúmeras doenças. Algumas mutações afetam organelas celulares e consequentemente sua contribuição na preservação do metabolismo celular. O gene HEXA fornece instruções para síntese da enzima beta-hexosaminidase A. Essa enzima está localizada em uma organela celular que promove a degradação de substâncias tóxicas e também atua como usinas de reciclagem. Mutações no gene HEXA prejudicam a atividade da beta-hexosaminidase A, dificultando a quebra de uma substância gordurosa chamada gangliosídeo GM2. O acúmulo do gangliosídeo GM2 é tóxico particularmente nos neurônios do cérebro e medula espinhal, dessa maneira danos progressivos levam à morte neuronal e desencadeiam gradativamente os sinais e sintomas que auxiliam no diagnóstico da doença em questão. Analise as alternativas a seguir e assinale a que apresenta CORRETAMENTE a organela afetada e a doença em questão.

a) Ribossomo – Abestose.

b) Lisosssomo – Silicose.

c) Hidrogenossomo – Doença de Gaucher.

d) Lisossomo – Doença de Tay Sachs.

14. (UNIMONTES) Heredogramas são representações do mecanismo de transmissão das características dentro de uma família. As figuras abaixo exemplificam dois heredogramas. Analise-as.

De acordo com os heredogramas apresentados e o assunto relacionado, analise as alternativas abaixo e assinale a correta.

a) Os indivíduos 5 e 6 do heredograma I são homozigotos.

b) O indivíduo 7 do heredograma I tem 50% de chance de ser homozigoto dominante.

c) Os indivíduos 5 e 15 do heredograma II são dominantes.

d) Todos os filhos que o casal 9 e 10 do heredograma II tiver serão recessivos.

15. (UFU) O daltonismo é um distúrbio moderado ligado ao cromossomo X que se caracteriza pela cegueira para as cores verde e vermelha. Considerando-se o cruzamento de uma mulher carreadora do alelo para o daltonismo ao se casar com um homem de visão normal, as chances de as filhas desse casal serem carreadoras é de:

a) 50%.

b) 25%.

c) 100%.

d) 0%.

16. (UFAM) Observe os genes A, B, C e D ocupando suas devidas posições relativas ao longo do cromossomo:Assinale a alternativa que apresenta a taxa esperada de recombinação entre os genes C e D:

a) 3%.

b) 8%.

c) 9%.

d) 12%.

e) 15%.

17. (UFVJM) A cor da pelagem do porquinho-da-índia pode ser preta ou branca. A cor preta é determinada pelo alelo dominante e a branca pelo alelo recessivo. Considerando o cruzamento entre um macho e uma fêmea heterozigotos, assinale a alternativa que indica a probabilidade de nascimentos de descendentes com pelagem branca, a partir desse cruzamento:

a) 0%.

b) 25%.

c) 50%.

d) 75%.

18. (MACKENZIE) Um pesquisador introduziu um grão-de-pólen de uma angiosperma com genótipo BB no estigma de uma flor pertencente a outra planta da mesma espécie, porém com genótipo bb. Sabendo-se que a fecundação ocorreu com sucesso, podemos concluir que, no interior da nova semente, as células do embrião e as células do endosperma apresentam, respectivamente, os genótipos:

a) Bb e BBb.

b) Bbb e Bb.

c) Bbb e BBb.

d) Bb e Bbb.

e) BBb e Bb.

19. (UNVESP) Os heredogramas são representações gráficas que ilustram a transmissão das características hereditárias. Considerando que o heredograma a seguir ilustra um caso de transmissão de uma característica condicionada por apenas um par de alelos autossômicos, é correto afirmar que os indivíduos.

a) 2 e 8 são dominantes.

b) 1 e 3 são homozigotos.

c) 5, 6 e 7 são recessivos.

d) 2 e 8 são heterozigotos.

e) 3 e 4 são heterozigotos.

20. (ACAFE) A doença de Tay-Sachs é uma doença genética rara que na sua variante mais comum (Tay-Sachs infantil) provoca uma deterioração progressiva das células nervosas e das habilidades físicas e mentais, a qual começa nos primeiros meses de vida e geralmente resulta em morte em torno dos quatro a cinco anos de idade. Na genealogia abaixo, os indivíduos representados por símbolos escuros são afetados pela doença de Tay-Sachs.

Após análise da genealogia e de acordo com os conhecimentos relacionados ao tema, é correto afirmar, exceto:

a) pela análise da genealogia pode-se concluir que, na doença de Tay-Sachs, o provável padrão de herança envolvido pode ser autossômico recessivo ou restrito ao sexo, visto que afetou apenas indivíduos do sexo masculino.

b) a probabilidade dos indivíduos II.3 e III.1 serem heterozigotos para a doença de Tay-Sachs é de 2/3.

c) o casal II.1 e II.2 certamente são heterozigotos para a doença de Tay-Sachs, por isso, com probabilidade de, aproximadamente, 1,5% de ter outros dois meninos afetados pela anomalia.

d) o genótipo de um indivíduo pode sofrer alterações através das mutações. No entanto, nem todas as mutações são herdáveis ou causam alterações fenotípicas.

Publicado por: Djalma Santos | 25 de outubro de 2019

TESTES DE SISTEMAS DIVERSOS (7)

01. (UEG) Quando ocorrem períodos prolongados de estiagem em diferentes regiões brasileiras, observa-se um aumento no índice de ocorrência de doenças respiratórias. Nesse contexto, ressalta-se a importância de determinadas medidas profiláticas para favorecer um melhor desempenho do sistema respiratório humano, onde ocorre a troca gasosa por difusão. Durante a hematose, ocorre a difusão de CO2 para o meio externo e de O2 para o meio interno. Esses gases são ligados ao pigmento respiratório proteico denominado hemoglobina, que se localiza nas hemácias. Conforme o gás ao qual a hemoglobina se liga, um diferente composto é formado, como apresentado a seguir.Sobre as características dos compostos resultantes dessas ligações, verifica-se que a

a) oxiemoglobina é um composto estável, mas pouco disponível nos alvéolos pulmonares.

b) carbo e a carboxiemoglobina são instáveis, assim como a hemoglobina livre.

c) carboemoglobina é um composto estável e muito abundante no organismo.

d) oxiemoglobina é um composto instável complementado por íons HCO3.

e) carboxiemoblobina é um composto estável, porém letal por asfixia.

02. (UEA) A figura ilustra um dos tipos de transporte de substâncias através da membrana celular:Tal processo ocorre nas células sanguíneas e nas células que revestem os alvéolos pulmonares, possibilitando:

a) a entrada de gás oxigênio nas hemácias, a favor do gradiente de concentração.

b) a saída gás oxigênio das hemácias, a favor do gradiente de concentração.

c) a saída de gás oxigênio das hemácias, contra o gradiente de concentração.

d) a saída de gás carbônico das hemácias, contra o gradiente de concentração.

e) a entrada de gás carbônico nas hemácias, a favor do gradiente de concentração.

03. (FAMERP) Analise a seguinte reação química que ocorre no sangue humano.Essa reação química corresponde à principal forma de transporte:

a) do gás carbônico.

b) do elemento oxigênio.

c) do ácido lático.

d) da carboemoglobina.

e) da carboxiemoglobina.

04. (UEA) Uma pessoa inspira e expira fortemente. Para que o ar entre nos pulmões, é necessário que o músculo ______ , ______ o volume torácico e, consequentemente, tornando a pressão interna dos pulmões ______ que a pressão atmosférica. Assinale a alternativa que completa as lacunas do texto.

a) peitoral relaxe – reduzindo – maior

b) peitoral se contraia – aumentando – menor

c) peitoral relaxe – aumentando – menor

d) diafragma relaxe – aumentando – maior

e) diafragma se contraia – aumentando – menor

05. (UEM) No trato digestório de animais ruminantes existem bactérias e protozoários produtores de enzimas para a digestão das folhas de plantas ingeridas. Também há glândulas secretoras de enzimas digestivas que digerem diversos componentes do bolo alimentar, principalmente os próprios microrganismos, fornecendo ao ruminante aminoácidos e vitaminas. Com base no exposto, assinale o que for correto.

01. Esse sistema digestório é encontrado em alguns répteis e em alguns mamíferos.

02. A enzima produzida pelos eucariotos e pelos procariotos unicelulares citados é a celulase. O produto da digestão realizada por essa enzima é a glicose.

04. No comando (caput) da questão são citados seres pertencentes a quatro Reinos de seres vivos.

08. Todas as enzimas citadas no comando (caput) da questão são sintetizadas no retículo endoplasmático rugoso.

16. As glândulas são estruturas formadas por agrupamento de células do tecido conjuntivo.

Soma das alternativas corretas:

06. (UNITAU) A hemoglobina e a hemocianina são pigmentos respiratórios presentes em uma ampla gama de animais, representando uma importante vantagem adaptativa com relação ao transporte de gases. Assinale a alternativa que apresenta a principal diferença entre esses pigmentos.

a) Na hemoglobina, o ferro é o carregador de O2, e, na hemocianina, esse papel é do cloro.

b) Na hemoglobina, o ferro é o carregador de CO2, e, na hemocianina, o ferro carrega o O2.

c) Tanto na hemoglobina quanto na hemocianina o ferro é o carregador de O2.

d) Na hemocianina, o cobre é o carregador de O2, e, na hemoglobina, esse papel é do ferro.

e) Na hemocianina, o cobre é carregador de CO2, e, na hemoglobina, esse papel é do cloro.

07. (UVV) A renovação do ar dos pulmões ocorre devido aos movimentos respiratórios de inspiração e expiração. Em mamíferos, os movimentos respiratórios são resultado da ação coordenada entre os músculos que interligam as costelas, denominados músculos intercostais, e o diafragma, estrutura muscular que separa as cavidades torácica e abdominal. Com relação à dinâmica respiratória de inspiração e expiração, pode-se afirmar que:

a) na expiração, o diafragma se eleva, e as costelas abaixam, aumentando o volume da caixa torácica, o que promove a saída de ar dos pulmões.

b) na inspiração, o diafragma desce, e as costelas se elevam, aumentando o volume da caixa torácica, o que promove a entrada de ar nos pulmões.

c) na expiração, o diafragma desce, e as costelas abaixam, diminuindo o volume da caixa torácica, o que promove a saída de ar dos pulmões.

d) na inspiração, o diafragma se eleva, e as costelas abaixam, aumentando o volume da caixa torácica, o que promove a entrada de ar nos pulmões.

e) na expiração, o diafragma e as costelas se elevam, diminuindo o volume da caixa torácica, o que promove a saída de ar dos pulmões.

08. (PUC-PR) Considere o fragmento que segue.

O comprometimento da anatomia das vias aéreas respiratórias superiores e o aumento da complacência decorrente da obesidade, associado à diminuição da atividade dos músculos dilatadores das vias respiratórias superiores, promove o fechamento das vias respiratórias durante o sono.

Fonte: STRANG.K; RAFF.H; WIDMAIER.E. Fisiologia Humana. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2017, p.503.

Isso gera, consequentemente, despertar frequente e ruptura do sono e altera a pressão parcial dos gases presentes no sangue que, nessa situação, desencadeiam:

a) acidose metabólica por diminuição da pressão parcial de CO2.

b) alcalose metabólica por aumento da pressão parcial de CO2.

c) acidose metabólica por aumento da pressão parcial de CO2.

d) alcalose metabólica por aumento da pressão parcial de CO2 e O2.

e) acidose metabólica por diminuição da pressão parcial de O2 e de CO2.

09. (UCS) A respiração é um importante processo pelo qual os animais capturam o oxigênio, que será utilizado em reações metabólicas, e eliminam o gás carbônico, que é um resíduo resultante dessa utilização. Diferentes formas de captação e eliminação de gases foram desenvolvidas durante a evolução, principalmente direcionadas pela demanda de oxigênio e pelo ambiente onde o animal captura esse gás. Em relação às formas de respiração, assinale a alternativa correta.

a) As minhocas terrícolas, apesar de animais terrestres, habitam ambientes úmidos e capturam o oxigênio por meio da respiração cutânea.

b) Os anfíbios anuros, durante a metamorfose, substituem a respiração cutânea pela respiração branquial para realizar a troca gasosa.

c) As aves apresentam um sistema de troca gasosa semelhante aos répteis, com pulmões expansíveis e sacos aéreos que auxiliam o movimento no ar.

d) Os mamíferos, assim como todos os anfíbios adultos, utilizam predominantemente os pulmões para fazer a troca gasosa.

e) Os moluscos, crustáceos e cnidários, por serem animais aquáticos, realizam as trocas gasosas com auxílio de brânquias.

10. (PUC-PR) Os pulmões humanos são encerrados no tórax, cavidade delimitada pelos ossos da coluna vertebral e das costelas e seus músculos associados. Os pulmões apresentam um tecido leve e esponjoso, cujo volume é ocupado principalmente por espaços cheios de ar. Quanto à fisiologia da respiração, marque a alternativa correta.

a) O fluxo de ar no sistema respiratório ocorre a partir de regiões de pressão mais baixa para regiões de pressão mais alta.

b) A resistência ao fluxo de ar não é influenciada pelo diâmetro dos tubos pelos quais o ar está fluindo, mas sim pela diferença de pressão no sistema.

c) A inspiração ocorre quando a pressão alveolar aumenta.

d) Todas as vias aéreas de condução participam diretamente da troca gasosa com o sangue.

e) A distância percorrida pelo ar limita a taxa de difusão, por isso muitos dos animais multicelulares possuem uma grande área de superfície de troca gasosa comprimida em um pequeno espaço.

11. (PUC-PR) As ingestões dietéticas de referência (DRI, do inglês, dietary reference intakes) para adolescentes são listadas por idade cronológica e sexo. Embora as DRI forneçam uma estimativa das necessidades de energia e nutrientes para um adolescente individual, as necessidades reais variam muito entre adolescentes, como resultado de diferenças em composição corporal, grau de maturação física e grau de atividade física.

(MAHAN, L. KATHLEEN; STUMP, SYLVIA ESCOTT; RAYMOND, JANICE L. Krause: alimentos, nutrição e dietoterapia, p.413 – 13ª ed. – Rio

Quanto à nutrição e o metabolismo, assinale a alternativa correta.

a) A suplementação de proteínas e aminoácidos, em forma de pó ou comprimido, na dieta do adolescente, pode levar a uma sobrecarga renal e hepática devido ao metabolismo excessivo dos grupos nitrogenados dessas moléculas.

b) A ingestão de fibras, por meio do consumo de grãos integrais, frutas e vegetais, é importante fonte de aminoácidos essenciais, por serem constituídas de proteínas facilmente digeríveis.

c) O consumo elevado de carboidratos na dieta dispara a liberação de maiores quantidades de glucagon pelo pâncreas, o que eleva a concentração hepática de glicogênio.

d) O consumo de gordura saturada do tipo trans é classicamente relacionado com a redução do nível plasmático do LDL e diminuição de risco da doença cardiovascular

e) As necessidades de micronutrientes são maiores na adolescência, entre eles, o iodo e a vitamina E, essenciais nas reações de coagulação.

12. (FPS) A figura abaixo representa o sistema digestório de um mamífero. Considerando o sistema citado, assinale a alternativa correta.a) Em 1, ocorre a produção da bile que contém enzimas digestivas que degradam proteínas.

b) Em 2, há também a produção da enzima pepsina, que faz parte do suco gástrico.

c) Em 3, pâncreas, há a produção do suco pancreático que atua no processo digestivo no estômago.

d) Em 4, ocorre a produção da insulina, que atua na regulação do nível de glicose no sangue.

e) Em 5, ocorre a transformação do quilo em quimo, que contém produtos finais da digestão.

13. (UECE) Considerando os processos de digestão animal, escreva V ou F conforme seja verdadeiro ou falso o que se afirma a seguir.

(   ) As enzimas do suco gástrico humano do tipo maltase, sacarase, lactase, nucleotidases e peptidases são produzidas no estômago e atuam em pH ácido.

(   ) A digestão extracelular humana depende de processos mecânicos e químicos que são iniciados na boca, onde se dá a participação da enzima ptialina.

(   ) A fragmentação dos alimentos realizada pela rádula em moluscos é denominada de raspagem, enquanto aquela promovida pelas peças bucais de libélulas e lagostas é denominada de trituração.

(   ) Piloro é uma região do estômago humano entre o esôfago e o estômago, responsável por regular a passagem do alimento de um órgão para o outro, além de impedir o refluxo deste.

Está correta, de cima para baixo, a seguinte sequência:

a) V, F, F, V.

b) F, V, V, F.

c) V, V, F, F.

d) F, F, V, V.

14. (UVV) Os nutrientes estão disponíveis para os animais como parte integrante dos alimentos e sua assimilação pelo organismo é feita por difusão ou outra forma de transporte através de membranas celulares. A alimentação por ingestão é a característica geral dos animais. Essa forma de nutrição difere da que é verificada nas plantas, nos fungos e nos procariontes, sendo encontrada apenas em certos protistas heterotróficos que ingerem o alimento por endocitose.

Lopes, S. & S. Rosso. 2014. Biologia. Volume Único, Conecte Bio. São Paulo: Saraiva. Adaptado.

Considerando seu conhecimento sobre a assimilação de alimentos pelos animais, é correto afirmar que:

a) o sistema digestório incompleto é característico de animais que apresentam apenas boca e cavidade digestória ou gastrovascular.

b) o sistema digestório completo é característico de animais que apresentam tubo digestório e ânus.

c) na ingestão do alimento por exocitose, a digestão do alimento ingerido ocorre dentro da célula, caracterizando a digestão extracelular.

d) entre os mamíferos, o comprimento do intestino varia de acordo com o tipo de alimentação do animal, sendo mais curto nos herbívoros e maior nos carnívoros.

e) alguns animais têm cavidade digestória em que há o lançamento de enzimas digestivas que digerem o alimento dentro das células, portanto ocorre a digestão intracelular.

15. (UEM) As trocas gasosas nos animais sempre envolvem difusão de gases através de alguma superfície fina, semipermeável, úmida ou imersa em água. Alguns animais não apresentam estruturas específicas para esse processo, enquanto outros apresentam estruturas respiratórias especializadas na troca de gases, as quais se relacionam diretamente com o sistema circulatório. Com base no exposto, assinale o que for correto.

01. Peixes e anfíbios não possuem pulmões como estrutura respiratória especializada.

02. Traqueias são exemplos das estruturas respiratórias especializadas citadas no comando da questão.

04. Animais aquáticos possuem, exclusivamente, brânquias como estrutura respiratória.

08. As trocas gasosas são fundamentais no processo de liberação de energia para as atividades vitais dos animais.

16. A respiração cutânea é a troca gasosa com o ambiente realizada pela superfície corporal.

Soma das alternativas corretas:

16. (UFU) Em relação à bile, afirma-se que essa:

I. emulsifica gorduras.

II. é produzida pela vesícula biliar.

III. tem cor esverdeada.

IV. é armazenada no fígado.

Assinale a alternativa que apresenta as afirmações corretas.

a) I e III.

b) II e IV.

c) I e II.

d) III e IV.

17. (CENTRO UNIVERSITÁRIO CESUMAR) Uma pessoa está se alimentando quando, de repente, começa a tossir de forma involuntária, indicando um engasgo com alimento. A tosse é uma resposta imediata do organismo para tentar expelir o alimento que está em um local onde não deveria. Diante do exposto, assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas. O alimento ingerido deve seguir da boca em direção à _________________, que é um órgão compartilhado pelos sistemas _________________ e _________________. Na sequência, deve ser encaminhado _________________, porém, no caso descrito, deve ter seguido para _________________, pelo não fechamento da _________________.

a) laringe / digestório / respiratório / à faringe / o esôfago / epiglote.

b) faringe / digestório / respiratório / ao esôfago / a laringe / epiglote.

c) laringe / nervoso / digestório / à faringe / o esôfago / epiglote.

d) faringe / digestório / circulatório / à laringe / o esôfago / proeminência laríngea.

e) laringe / digestório / respiratório / ao esôfago / a faringe / parótida.

18. (UEPG) Abaixo estão representados partes de sistemas respiratórios utilizados por algumas classes de animais. Analise as representações esquemáticas e assinale o que for correto.01. Os sistemas respiratórios podem ser encontrados em: (I) Crustáceos; (II) Insetos; (III) Aranhas; (IV) Répteis, respectivamente.

02. As filotraqueias (ou pulmões foliáceos) estão presentes em grandes aranhas e escorpiões. Ao utilizar o sangue para transporte de gases, as filotraqueias aumentam a velocidade com que os gases chegam ou saem das células.

04. Ao contrário dos anfíbios, que possuem pulmões saculiformes e respiração cutânea, nos animais que possuem o sistema respiratório representado em (IV), a pele deixa de ter função respiratória e passa a ser mais bem protegida contra a desidratação.

08. Nos insetos, a superfície do corpo está adaptada à vida terrestre, apresentando uma cobertura impermeável. As trocas gasosas ocorrem por meio de tubos finos e ramificados, as traqueias.

16. Os sistemas apresentados em (III) e (IV) são encontrados em representantes de mamíferos.

Soma das alternativas corretas:

19. (PUC-MG) O diagrama abaixo exemplifica a amplificação biológica possível no sistema endócrino.Analise o esquema dado e assinale a alternativa incorreta.

a) O resultado da liberação de uma pequena quantidade de hormônio hipotalâmico no órgão alvo final constitui um exemplo de amplificação.

b) O esquema apresenta relações entre quatro glândulas.

c) Pelo menos três das substâncias produzidas no processo indicado são de natureza química diferente.

d) O destino de cada hormônio liberado no processo não depende do órgão alvo.

20. (UVV) As trocas gasosas envolvem difusão de gases através de uma superfície fina, semipermeável ou imersa em água. Para que a difusão de gases ocorra, há a necessidade de um meio aquoso. Nos animais aquáticos, a superfície está em contato com a água e, nos animais terrestres, essa superfície é mantida úmida pelo próprio corpo do animal. A superfície não exercerá a função de troca gasosa se estiver totalmente seca.

Lopes, S. & S. Rosso. 2014. Biologia. Volume Único, Conecte Bio. São Paulo: Saraiva. Adaptado.

Em relação às estruturas dos animais para trocas gasosas, é correto afirmar que:

a) alguns animais não possuem estruturas especiais para trocas gasosas (e.g., poríferos, platelmintos) e, nesses organismos, esse processo ocorre por difusão através da superfície do corpo, sendo chamadas de trocas cutâneas ou tegumentares.

b) brânquias são estruturas adaptadas à respiração aérea, são invaginações muito ramificadas da parede externa do corpo e que terminam próximo às células; nesse caso, as trocas gasosas ocorrem diretamente entre as células e as traqueias.

c) pulmões foliáceos são estruturas típicas dos animais de respiração aérea e estão associados ao sistema circulatório e ao mecanismo de ventilação, que promovem a movimentação do ar.

d) pulmões são cavidades, em forma de saco, que se abrem para o exterior por meio de um orifício estreito; possuem revestimento interno dobrado pelo qual ocorre a difusão de gases entre o sangue e o ar.

e) traqueias são estruturas relacionadas com a respiração em ambiente aquático e estão associadas ao sistema circulatório e também aos mecanismos que promovem a circulação de água sobre sua superfície.

 

Publicado por: Djalma Santos | 26 de setembro de 2019

TESTES DE BIOENERGÉTICA (01)

01. (UNIVAG) Após realizar exercícios físicos de alta intensidade, é normal sentir dores nos músculos, sendo o acúmulo de ácido lático no tecido muscular uma das hipóteses de causa. Esse acúmulo é resultado:

a) da quebra da glicose no ciclo de Krebs para produção de energia.

b) da atividade de excreção das células musculares.

c) de um processo anaeróbico das células musculares para síntese de ATP.

d) da degradação aeróbica de compostos orgânicos em gás carbônico.

e) da fermentação acética para produção rápida de energia.

02. (UNEMAT) “O vinagre é uma solução diluída de ácido acético, elaborada de dois processos consecutivos: a fermentação alcoólica, representada pela conversão de açúcar em etanol por leveduras, e a fermentação acética, que corresponde à transformação do álcool em ácido acético por determinadas bactérias. […]. O ácido acético é um ácido orgânico que pertence ao grupo dos ácidos carboxílicos e apresenta alta gama de utilizações. Uma de suas principais ações é como agente antimicrobiano. Em uma análise bacteriológica in vitro verificou-se que o ácido acético a 2,0 e 5,0% é eficaz sobre Pseudomonas aeruginosa e Escherichia coli. Posteriormente, estudos in vivo também demonstraram a atividade antibacteriana desse ácido. Diante disso, o vinagre pode ser utilizado como agente antimicrobiano devido a sua concentração de ácido acético.” Bromatologia em Saúde, UFRJ. “Vinagre de maçã: sinônimo de saúde e beleza”, 2011. Disponível em: http://bromatopesquisasufrj.blogspot.com.br/2011/12/vinagre-de-maca-sinonimo-de-saudee.html. Acesso em nov. 2017. (Adaptado)

Considerando que a obtenção do vinagre é feita por fermentação, assinale a alternativa que mostra o que deve ocorrer no meio de reação para que a indústria obtenha maior quantidade de vinagre.

a) Redução da temperatura.

b) Aumento da concentração de glicose.

c) Elevação no nível de oxigênio.

d) Adição de álcalis.

e) Inclusão de bactérias aeróbicas.

03. (IFS) O principal processo autotrófico realizado por seres clorofilados, como as plantas e algas, é a Fotossíntese. Nela, gás carbônico (CO2) e água (H2O) são usados para síntese de carboidratos e há formação de oxigênio (O2), na presença da clorofila e luz. Assinale a alternativa incorreta.

a) A maior parte das moléculas de açúcares produzidas na fotossíntese das plantas é armazenada como sacarose e glicogênio, podendo ser transportadas pelos vasos do floema.

b) O oxigênio liberado na fotossíntese provém da água, e não do gás carbônico.

c) A luz é utilizada na fotossíntese graças à presença de pigmentos especializados em capturar luz, como as clorofilas e carotenos.

d) A fotofosforilação e a fotólise da água são etapas da fotossíntese onde há a formação de ATP e NADPH2, respectivamente a partir de ADP e NADP.

04. (UEA) O processo de fermentação, que ocorre em alguns tipos de células, consiste na degradação enzimática de açúcares para liberação de energia química. No entanto, para que essa fermentação se inicie, é necessário o consumo de energia, gerando, ao final do processo, um saldo energético. Dessa forma, a fermentação é um exemplo de metabolismo:

a) heterotrófico, pois o processo assimila energia química do ATP para a síntese de açúcares como a glicose.

b) autotrófico, pois a energia química presente nas moléculas de ATP é utilizada para a degradação dos açúcares.

c) heterotrófico, pois as células que realizam fermentação produzem glicose a partir do ATP consumido no início do processo.

d) heterotrófico, pois ocorre o consumo de açúcares produzidos por outros seres para a síntese de moléculas de ATP.

e) autotrófico, pois as enzimas produzem ATP a partir da energia luminosa absorvida pelas células que realizam a fermentação.

05. (UFAM) Durante uma atividade física intensa, como o levantamento de pesos, há a produção de ácido lático. Assinale a alternativa correta a respeito deste composto:

a) É produzido na cadeia transportadora de elétrons nas cristas mitocondriais.

b) É responsável pelo deslizamento da actina sobre a miosina na contração muscular.

c) Estimula a liberação de adrenalina na célula muscular.

d) É fonte de energia para que ocorra a contração muscular.

e) Sua formação é resultado do metabolismo anaeróbico da célula muscular.

06. (ETEC) Leia o trecho da letra da música Luz do Sol, de Caetano Veloso.

Nessa letra, é possível notar um processo da biologia, importante para a sobrevivência dos seres vivos. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o nome e as principais características desse processo.

07. (UEA) A equação C6H12O6 → 2C3H4O3 + 2ATP ilustra uma etapa do metabolismo energético em que, a partir de uma molécula de glicose, são obtidas duas moléculas de ácido pirúvico e um saldo de duas moléculas de adenosina trifosfato. Essa reação ocorre:

a) após o ciclo de Krebs, durante a respiração celular.

b) no início da cadeia respiratória, durante a respiração celular.

c) após a cadeia respiratória, durante a respiração celular.

d) no início da fermentação e da respiração celular.

e) no final da fermentação e da respiração celular.

08. (UFSC) A figura abaixo representa esquematicamente um sistema bioeletroquímico integrado. Nessa figura, os catalisadores feitos de metais (representados em A e B) promovem a fotólise da água através da energia solar (1a etapa) e a bactéria geneticamente modificada Ralstonia eutropha (representada em destaque) converte o dióxido de carbono (CO2) e o gás hidrogênio (H2) em isopropanol (2a etapa), um combustível líquido.Sobre o sistema bioeletroquímico apresentado na figura e sobre a fotossíntese, que ocorre na natureza, é correto afirmar que:

01. todas as reações que ocorrem na bactéria Ralstonia eutropha são observadas na fase química (ou fase enzimática) da fotossíntese.

02. a fase química da fotossíntese pode ser influenciada pela variação de temperatura.

04. a energia solar atua diretamente nas bactérias transgênicas presentes no sistema bioeletroquímico.

08. diferentemente do que ocorre no sistema bioeletroquímico, o oxigênio liberado na fotossíntese é proveniente do CO2.

16. a fotólise da água no sistema bioeletroquímico ocorre nos tilacoides das bactérias.

32. as duas fases da fotossíntese (fotoquímica e química) ocorrem no interior de cloroplastos de algas, bactérias, protozoários, fungos e plantas.

64. observa-se, no sistema bioeletroquímico, a participação de catalisadores de origem abiótica (metais) e de catalisadores de origem biótica (enzimas) para a obtenção do isopropanol.

Soma das alternativas corretas:

09. (IFNMG)Os vegetais realizam simultaneamente a respiração e a fotossíntese durante o dia e apenas a respiração durante a noite. Os dois processos devem ser equacionados pela planta para balancear o consumo e a produção, tanto de oxigênio quanto de glicose. Em relação à influência da luminosidade nos dois processos, como mostra a figura acima, marque a alternativa correta.

a) No ponto de compensação fótico (B), a planta não apresenta saldos de glicose e oxigênio.

b) Em (A), a planta tem maior produção de glicose em relação ao consumo, estando com saldos positivos deste açúcar para se desenvolver.

c) De (C) em diante a intensidade de luz não interfere mais em ambos os processos e a taxa de consumo do oxigênio e glicose é maior que a produção.

d) Os processos são independentes dos teores atmosféricos de oxigênio e de gás carbônico.

10. (UEA) Em cadeias alimentares, os organismos classificados como produtores (pertencentes ao primeiro nível trófico) possuem metabolismo celular capaz de:

a) assimilar energia a partir das ligações químicas das substâncias orgânicas, como carboidratos e proteínas.

b) sintetizar substâncias orgânicas a partir da energia liberada pela quebra da molécula de água no processo digestivo.

c) reter energia nas ligações químicas das substâncias orgânicas, sintetizadas a partir de substâncias inorgânicas.

d) obter energia a partir das ligações químicas das substâncias inorgânicas, sintetizadas durante o processo digestivo.

e) obter energia a partir da digestão de substâncias orgânicas sintetizadas por bactérias e fungos decompositores.

11. (PUC-SP) O gráfico abaixo mostra a variação na concentração do oxigênio atmosférico ao longo do tempo geológico.De acordo com os dados fornecidos pelo gráfico, é possível concluir que a associação endossimbionte que levou à origem de mitocôndrias, em células eucariontes, ocorreu há aproximadamente:

a) 4 bilhões anos.

b) 3 bilhões de anos.

c) 2 bilhões de anos.

d) 500 mil anos.

12. (UFLA) A via de aquisição de energia em que as células inicialmente oxidam compostos inorgânicos, tais como ferro e nitrito, para obtenção de NADPH e ATP que, posteriormente, serão utilizados na formação de compostos orgânicos é denominada de:

a) Quimiossíntese.

b) Fermentação.

c) Fotossíntese.

d) Respiração.

13. (UEA) A levedura Saccharomyces cerevisiae é um organismo anaeróbio facultativo, ou seja, que pode realizar tanto a fermentação alcoólica como a respiração celular, dependendo das condições do ambiente. Foram colocadas leveduras S. cerevisiae em cinco tubos de ensaio com diferentes substâncias químicas, listadas a seguir.

I. tubo aberto + água + sal (cloreto de sódio).

II. tubo fechado + água + sal (cloreto de sódio).

III. tubo fechado + água + gás carbônico.

IV. tubo aberto + água + glicose.

V. tubo fechado + água + glicose.

Considerando que as condições de temperatura e de pH foram ideais, o tubo que tem maior probabilidade de conter álcool etílico é o:

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV.

e) V.

14. (UFU) Observe a figura.Os números 1, 2 e 3 representam, respectivamente,

a) glicose, gás carbônico e água.

b) glicose, oxigênio e gás carbônico.

c) água, oxigênio e gás carbônico.

d) água, gás carbônico e oxigênio.

15. (PUC-RIO) Sabe-se que um indivíduo da espécie humana não pode ficar sem realizar respiração sistêmica por muito tempo, sob pena de sofrer lesões cerebrais. Assinale a alternativa que descreve corretamente o processo metabólico celular que ocorre nesse caso.

a) Na ausência de oxigênio molecular, as células iniciam um processo fermentativo de respiração aeróbica.

b) O gás carbônico produzido na respiração se acumula provocando diminuição do pH celular.

c) O oxigênio molecular é consumido, e sua diminuição causa aumento do pH celular.

d) O oxigênio molecular começa a se transformar em ácido carbônico, diminuindo o pH celular

e) Na ausência de oxigênio molecular, a célula passa a fazer digestão aeróbica para gerar energia.

16. (PUC-PR) Observe o desenho esquemático da organização geral das membranas de um cloroplasto.O cloroplasto é o local da fotossíntese nos organismos eucariotos. A fotossíntese é o único processo de importância biológica que pode aproveitar a energia do sol para a síntese de matéria orgânica, a qual sustenta a maior parte da estrutura trófica do planeta. Assinale a alternativa correta quanto ao processo fotossintético no cloroplasto.

a) A molécula de CO2 absorvida é degradada em gás O2, sendo este liberado para a atmosfera.

b) A maior quantidade de O2 liberada ocorre quando as clorofilas absorvem predominantemente a luz no comprimento de onda do verde, comparada à absorção em outros comprimentos de onda.

c) A excitação das moléculas de clorofila, presentes nos tilacoides, culmina com a geração de energia química necessária à conversão do gás carbônico em açúcar.

d) A quebra da glicose ocorrerá no granum do cloroplasto, liberando CO2 para a atmosfera.

e) As reações que ocorrem no estroma são independes das reações que ocorrem nos tilacoides.

17. (UNICENTRO) Considere que a Escherichia coli, uma bactéria anaeróbia facultativa, esteja se multiplicando em um meio contendo glicose. Suponhamos que 100 células dessa bactéria sejam mantidas nesse meio sob condições de aerobiose (condição A), enquanto que 100 células dessa mesma bactéria sejam mantidas nesse mesmo meio sob condições de anaerobiose (condição B). Assinale a alternativa correta.

a) Na condição A, a degradação da glicose envolverá 03 etapas: glicólise (que ocorre no citosol da célula), ciclo de Krebs e cadeia respiratória (ambas ocorrendo na mitocôndria).
b) Na condição B, ocorre a formação de uma única molécula de piruvato.

c) O maior consumo de glicose será apresentado pelas bactérias mantidas sob a condição B.

d) O crescimento das células na condição B só será possível se antes ocorrer um processo de respiração aeróbia, a fim de fornecer a energia necessária.

e) Em ambas as condições ocorrerão reações químicas que garantem a oxidação completa da glicose.

18. (UEPG) Os gráficos esquemáticos abaixo ilustram os padrões de energia liberada e incorporada em dois processos extremamente importantes para o funcionamento de uma célula vegetal. Analise as alternativas e assinale o que for correto.01. O gráfico (A) representa o processo de respiração. Trata-se de uma reação exergônica, visto que os reagentes possuem mais energia do que os produtos, sendo que parte da energia dos reagentes é liberada na forma de calor.

02. Em (A), trata-se de um processo endergônico, com liberação de energia pela reação. Visto que os reagentes (como a glicose, por exemplo) possuem menos energia do que os produtos.

04. O gráfico (B) representa o processo de fotossíntese. Equação “geral”: 6 CO2 + 6 H2O → C6H12O6 + 6 O2.

08. O processo de fotossíntese pode ser observado no gráfico representativo (A), em que ocorre uma reação do tipo exergônica, ou seja, com liberação de energia.

16. Em (B), o gráfico representa uma reação química do tipo endergônica, em que os reagentes têm menos energia do que os produtos.

Soma das alternativas corretas:

19. (PUC-RJ) No processo de fotossíntese, a(s):

a) fotólise da água acontece no estroma do cloroplasto.

b) fixação do CO2 acontece nos tilacoides.

c) fotólise da água ocorre durante as reações dependentes de luz.

d) produção de oxigênio ocorre durante as reações não dependentes de luz.

e) reações dependentes de luz utilizam CO2 como substrato inicial.

20. (MACKENZIE) O esquema abaixo resume de forma sucinta as etapas clara e escura da fotossíntese no interior de um cloroplasto.Em relação ao processo esquematizado, é correto afirmar que:

a) a substância liberada em IV é o oxigênio.

b) a substância liberada em II é a água.

c) os átomos de carbono e hidrogênio, presentes na glicose, originam-se das substâncias III e I, respectivamente.

d) ocorrem, no estroma, a fotólise da água (III) e as fotofosforilações cíclica e acíclica (IV).

e) a substância utilizada em I é o dióxido de carbono.

 

Publicado por: Djalma Santos | 26 de setembro de 2019

TESTES DE ZOOLOGIA (26)

01. (Feevale) Normalmente, entre os meses de julho e novembro, as baleias francas estão em seu período reprodutivo e podem ser facilmente observadas no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. As baleias são cetáceos, mamíferos aquáticos que apresentam um espesso tecido adiposo para __________________.

Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto.

a) melhorar a ecolocalização.

b) proteger do ataque de tubarões.

c) diminuir a perda de “calor”.

d) evitar a dessecação.

e) evitar a fixação de ectoparasitas.

02. (UNIFOR) O elefante africano é conhecido por sua pele espessa e enrugada. Estes animais não possuem glândulas sudoríparas, mas quem os observa de perto poderá ver uma intrincada rede de minúsculas fendas, que fazem com que a pele do poderoso mamífero pareça asfalto rachado. Mas as rachaduras não estão ali por acaso.

Disponível em:            <https://g1.globo.com/natureza/ noticia/2018/10/02/cientistas-descobrem-comosurgem-as-rugas-na-pele-de-elefantes-africanos. ghtml.>. Acesso em       18 Out 2018

Sendo  assim,  qual seria o papel das fendas na pele nestes animais?

a) Garantir suporte e nutrição às células da epiderme lubrificando a espessa e enrugada pele.

b) Armazenar substâncias lipídicas conferindo proteção contra choques mecânicos.

c) Proteger a pele do contato com parasitas, aumentando assim imunidade contra infestações.

d) Aumentar a superfície de contato com os raios solares elevando a temperatura.

e) Reter mais umidade do que uma superfície plana, ajudando a regular a temperatura corporal.

03. (URCA) João, ao solicitar o cardápio ao garçom em um restaurante localizado na cidade do Crato – Ceará, observou durante a leitura, que o mesmo dispunha das opções: camarão ao alho e óleo, lagosta grelhada, caranguejo, salmão ao molho de maracujá, ostra com geleia, lula e polvo ao vinagrete. Do ponto de vista da classificação zoológica, esse cardápio possuía:

a) Somente crustáceos.

b) Somente moluscos.

c) Somente crustáceos e moluscos.

d) Somente peixes e crustáceos.

e) Crustáceo, peixes e moluscos.

04. (UEA) A figura ilustra o processo fisiológico realizado por uma célula típica de determinado grupo de seres vivos.O processo, o tipo celular e o grupo de seres vivos são, respectivamente:

a) a diapedese, o amebócito e o filo dos sarcodíneos.

b) a pinocitose, o cnidócito e o filo dos cnidários.

c) a hidrólise enzimática, o hepatócito e o filo dos cordados.

d) a fagocitose, o coanócito e filo dos poríferos.

e) a excreção, a célula flama e o filo dos platelmintos.

05. (UFAM) Nos Poríferos, a célula com morfologia ovoide, dotada de um flagelo que tem a função de movimentar a água através do animal, é denominada:

a) porócito.

b) ósculo.

c) coanócito.

d) espongiocélio.

e) amebócito.

06. (UEM) Um professor de Biologia levou seus alunos ao Museu de Zoologia e pediu-lhes que anotassem as características observadas nos animais expostos. Assinale a(s) alternativa(s) com as observações correta(s).

01. Animal hexápode, com patas articuladas, dícero e com o corpo dividido em cabeça, tórax e abdômen, pertence ao grupo dos aracnídeos.

02. Animal com epiderme recoberta por escamas placoides e com dentes fundidos aos maxilares pertence ao grupo dos répteis.

04. Animal exclusivamente aquático, de água doce ou salgada, com espículas calcáreas ou silicosas e com estruturas de resistência denominadas gêmulas, pertence ao grupo dos poríferos.

08. Animal com corpo achatado, mole e não segmentado, pertence ao grupo das sanguessugas.

16. Animal com corpo dividido em cefalotórax e abdômen, com dois pares de antenas, exoesqueleto quitinoso rígido, pertence ao grupo dos crustáceos.

Soma das alternativas corretas:

07. (ETEC) O pantanal mato-grossense possui fauna e flora muito exuberantes. Suas belezas naturais são um forte atrativo para o turismo ecológico. Assim, um grupo de estudantes, fascinados pela diversidade dos animais encontrados nessa região, fez as seguintes anotações:

–  existem muitas espécies de mamíferos como, por exemplo, as onças-pintadas, as jaguatiricas e os tamanduás.

–  possui grande diversidade de aves como, por exemplo, as garças, os colhereiros, os tucanos, as emas e os jaburus.

–  há muitas espécies de peixes, entre os quais se destacam os pintados, os dourados, os pacus e os surubins.

–   e entre os répteis, há os jacarés-do-pantanal, as sucuris e os lagartos.

Considerando os animais observados pelos alunos é correto afirmar que:

a) os répteis citados são animais vertebrados, pulmonados e peçonhentos.

b) as aves e os peixes possuem sexos separados e apresentam fecundação externa.

c) os mamíferos possuem coração com três cavidades e, por isso seus movimentos são lentos.

d) os répteis e os peixes possuem grande habilidade de nadar por apresentarem respiração branquial.

e) os mamíferos são endotérmicos, pois controlam a temperatura corporal por meio do próprio metabolismo.

08. (UEPG) Assinale o que for correto sobre o desenvolvimento embrionário e tendências evolutivas da estrutura corporal dos animais.

01. Os protostômios são animais em que o blastóporo dá origem à boca, exemplos: moluscos, anelídeos e artrópodes. Nos animais deuterostômios, o blastóporo origina o ânus, exemplos: equinodermos e cordados.

02. A metameria, ou segmentação corporal, está presente em poríferos e cnidários. São organismos celomados com diferenciação de tecidos, sendo organizados em uma série de segmentos que se repetem ao longo do segmento.

04. Nos platelmintos, o mesoderma preenche todo o espaço entre o ectoderma e o endoderma. Não há outras cavidades corporais além da cavidade digestória, assim estes animais são considerados acelomados.

08. Animais dotados de simetria bilateral movimentam-se com uma das extremidades do corpo voltada para frente (região anterior). Durante a evolução dos animais, houve tendência à concentração dos órgãos do sentido na região anterior do corpo, processo conhecido como cefalização, que levou à diferenciação da cabeça.

16. Muitos dos animais radialmente simétricos são sésseis, ou seja, vivendo fixos ou locomovem-se lentamente sobre o substrato. A simetria radial ocorre nos equinodermos adultos (estrelas-do-mar, por exemplo).

Soma das alternativas corretas:

09. (UNITAU) Os anfíbios têm seu tegumento bastante permeável, sendo um importante órgão para a sua regulação hídrica. Por essa razão, esses animais são muito sensíveis a alterações climáticas e, por isso, são reconhecidos como bons indicadores ambientais. O tegumento dos anfíbios é repleto de estruturas glandulares, que mantêm esse órgão úmido, evitando a desidratação, e de glândulas que protegem esses animais contra a ação de agentes patogênicos e predadores. Assinale a alternativa que apresenta corretamente as glândulas do tegumento responsáveis por essas funções.

a) Glândulas mucosas e glândulas de Harder.

b) Glândula pineal e glândulas sudoríparas.

c) Glândulas sudoríparas e glândulas sebáceas.

d) Glândulas mucosas e glândulas serosas.

e) Glândula pineal e glândulas serosas.

10. (UNESP) Os microplásticos representam aproximadamente 92,4% da contagem global de partículas de lixo plástico. Estes pequenos plásticos de até 5 mm de tamanho estão entrando no ambiente marinho, contaminando um sistema já vulnerável.

(www.arocha.org. Adaptado.)

Os mexilhões estão entre os invertebrados marinhos diretamente afetados pela presença de partículas de microplásticos nas águas, uma vez que, para se alimentarem:

a) capturam micropartículas batendo os flagelos dos coanócitos.

b) raspam com a rádula a superfície do substrato marinho.

c) trituram com dentes calcários outros animais menores.

d) filtram partículas de alimento na água circundante.

e) circulam a água pelos canais do sistema ambulacrário.

11. (MACKENZIE) Os insetos pertencem ao        filo       com     maior    número

De espécies     catalogadas.     Esse    grupo de animais está presente em muitos ambientes e possuem características que lhe concederam grande capacidade de adaptação. São características dos insetos:

a) corpo dividido em cefalotórax e abdome; excreção por glândulas coxais; respiração pulmotraqueal; sistema circulatório aberto.

b) corpo dividido em cabeça e tronco; excreção por protonefrídeos, respiração traqueal; sistema circulatório fechado.

c) corpo dividido em cabeça, tórax e abdome; excreção por células flama; respiração branquial; sistema circulatório fechado.

d) corpo dividido em cabeça, tórax e abdome; excreção por túbulos de Malpighi; respiração traqueal; sistema circulatório aberto.

e) corpo dividido em cefalotórax e abdome; excreção por túbulos de Malpighi; respiração pulmotraqueal; sistema circulatório fechado.

12. (ACAFE) Aquecimento global vai estimular crescimento de insetos e pragas, diz estudo

Pesquisadores da Universidade do Estado de Washington concluem, em um estudo publicado na revista Science, que a produção agrícola mundial verá seu rendimento reduzido por causa de uma característica fisiológica universal dos insetos, a de que quanto mais calor faz, mais comem. Além disso, nas regiões temperadas, o aumento das temperaturas também fará com que os insetos se reproduzam mais rápido, com a soma de ambos os efeitos. “Haverá mais insetos e eles comerão mais”, diz em resumo à AFP Curtis Deutsch, um dos autores do estudo, professor de oceanografia na Universidade de Washington.

Fonte: g1.globo, 01/09/2018. Disponível em: https://g1.globo.com

Acerca das informações contidas no texto e dos conhecimentos relacionados ao tema, assinale a alternativa correta.

a) Alguns insetos podem causar danos diretos à agricultura, atacando o produto a ser colhido, ou indiretos, quando atuam como trasmissores de patógenos vegetais como, por exemplo, vírus, bactérias e fungos.

b) Os insetos pertencem ao filo Arthropoda, à classe Insecta, possuem três pares de patas articuladas, olhos compostos, dois pares de antenas, o corpo coberto por exoesqueleto quitinoso e dividido em cabeça, tórax e abdômen.

c) Quanto ao desenvolvimento, os insetos podem ser ametábolos, hemimetábolos e holometábolos. Os insetos holometábolos têm a metamorfose completa, passando respectivamente pelos estágios de ovo, pupa, larva e adulto ou imago.

d) Os insetos apresentam respiração traqueal, circulação aberta e sistema nervoso constituído por um gânglio cerebral de onde parte dorsalmente uma cadeia nervosa que se expande pelo corpo.

13. (IFRS) Sobre a diversidade do mundo animal, analise as afirmativas:

I. A lombriga é um verme que causa a ascaridíase.

II. A baleia é um exemplo de mamífero.

III. Os anfíbios são animais homeotérmicos.

IV. As aranhas respiram por brânquias.

Estão corretas apenas

a) I e II.

b) I e IV.

c) II e III.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

14. (UDESC) Os Artrópodes são um grupo de animais que se destacam pela grande variedade de formas, pelo número de representantes e habitats. Suas principais características é possuírem um exoesqueleto quitinoso e apêndices articulados. Algumas de suas características e os exemplares estão relacionados nas colunas abaixo, relacione-as.Assinale a alternativa que indica a associação correta entre as colunas, de cima para baixo.

a) I – II – III – IV.

b) III – IV – I – II.

c) III – IV – II – I.

d) II – I – IV – III.

e) II – I – III – IV.

15. (UEL) Uma das características mais fundamentais dos metazoários são os olhos, que se apresentam em uma variedade de tipos. Quase todos são sensíveis à luz, e a maioria possui algum tipo de fotorreceptor, porém somente os representantes de alguns filos desenvolveram olhos capazes de formar imagens. Os olhos compostos compreendem de poucas a muitas unidades fotorreceptoras cilíndricas denominadas omatídios. Cada omatídio contribui com a imagem de uma parte do objeto, de modo que o conjunto forma a sua imagem total. Assinale a alternativa que indica, corretamente, qual grupo animal é caracterizado pelos olhos descritos acima.

a) Artrópodes.

b) Anelídeos.

c) Cnidários.

d) Moluscos.

e) Platelmintos.

16. (UEM) Parte da diversidade observada entre os animais se deve às adaptações relacionadas com a obtenção e a digestão dos alimentos. Sobre esse assunto, assinale o que for correto.

01. A tênia não possui tubo digestivo; o alimento já digerido pelo intestino do hospedeiro é absorvido pela superfície do corpo dela.

02. Moluscos filtradores apresentam uma estrutura quitinosa, a rádula, que seleciona o alimento.

04. Os animais que só realizam digestão intracelular, como os poríferos, têm o tamanho da presa limitado e não possuem células especializadas para produzir enzimas digestivas.

08. Nos humanos, o sistema nervoso autônomo parassimpático envia estímulos ao estômago, iniciando a liberação do suco gástrico.

16. Nos artrópodos, como o gafanhoto e a lagosta, a fragmentação do alimento é realizada pela ação das peças bucais.

Soma das alternativas corretas:

17. (UFT) O grande sucesso evolutivo de alguns organismos é decorrente de uma grande variedade de peculiaridades estruturais e fisiológicas e de adaptações a diferentes condições de vida. Entre outras características, o tamanho pequeno e a alta capacidade reprodutiva desses organismos contribuíram para que eles alcançassem a maior diversidade de espécies conhecida. Estes são os:

a) nematoides.

b) ácaros.

c) insetos.

d) protozoários.

18. (UEPG) Os répteis atuais mais conhecidos são as tartarugas, serpentes, lagartos e crocodilos. A ocupação do ambiente terrestre por estes animais se deu graças ao surgimento de uma série de caraterísticas que permitiram a exploração deste ambiente sem a perda de água pelo corpo e sem depender da água para reprodução ou respiração. Assinale o que for correto sobre as características deste grupo de animais.

01. Com relação à circulação, os répteis ainda apresentam um sistema circulatório simples, ocorrendo a mistura de sangue arterial e venoso no coração. O sangue arterial chega dos tecidos e o sangue venoso parte do coração em direção aos tecidos.

02. Muitos répteis adultos excretam ácido úrico, uma característica importante na evolução destes animais, pois esta excreta economiza água para sua eliminação.

04. Nos répteis, a pele é seca, sem glândulas mucosas, e recoberta por escamas de origem epidérmica ou por placas córneas. Assim, nesses animais a pele deixou de ser uma estrutura permeável e não tem função respiratória.

08. A grande maioria dos répteis é ovípara e a independência da água para a reprodução está relacionada com o surgimento do ovo amniótico. Além disso, o desenvolvimento é direto, ou seja, não há fase larval.

16. Os répteis são animais endotérmicos, ou seja, aquecem seus corpos por meio de fontes externas de calor, como o Sol.

Soma das alternativas corretas:

19. (UEPG) A respeito das características dos Condrictes (ou seja, peixes que possuem cartilagem calcificada), assinale o que for correto.

01. São animais principalmente marinhos representados pelo tubarão, pela raia e pela quimera. São vertebrados gnatostomados, ou seja, possuem mandíbula.

02. Estes peixes possuem, na linha lateral, um sistema sensorial com células que captam vibrações, assim o animal pode obter informações sobre o seu movimento e o de suas presas.

04. O ambiente aquático permite uma fecundação externa bem eficiente, visto que os machos não apresentam órgão copulador. O desenvolvimento embrionário é indireto e a fase larval dura aproximadamente 10 dias.

08. Este grupo de peixes apresenta a bexiga natatória (uma bolsa cheia de gás), a qual auxilia na flutuação do animal, além de poder ser utilizada também no armazenamento de energia na forma de gordura.

Soma das alternativas corretas:

20. (PUC-RJ) Os anfíbios têm sido apontados em muitos estudos como bioindicadores de qualidade do ambiente. Quais são as características dos anfíbios que permitem o uso desse grupo como bioindicadores?

I. Os ovos dos anfíbios não possuem casca protetora, e esses organismos acabam ficando suscetíveis a mudanças bruscas no ambiente.

II. Os anfíbios têm pele muito permeável e apresentam pouca proteção em casos de alterações no ambiente. I

III. Os anfíbios são organismos endotérmicos e pouco sensíveis a alterações no ambiente. Assinale a alternativa que contém afirmativas corretas:

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas I e II.

d) apenas II e III.

e) I, II e III.

Publicado por: Djalma Santos | 26 de setembro de 2019

TESTES SOBRE EVOLUÇÃO (20)

01. (IFPE) Leia o TEXTO abaixo para responder esta questão.

DOIS PAIS DE UMA TEORIA

Charles Darwin e Alfred Wallace dividem os méritos por explicar a evolução dos seres vivosCharles Darwin foi um naturalista britânico que ficou conhecido por explicar a teoria da evolução através da seleção natural, assim como o naturalista inglês, Alfred Russel Wallace, que elaborou a teoria quase ao mesmo tempo em que Darwin.

Disponível em:< http://chc.org.br/dois-pais-de-uma-teoria/&gt;. Acesso: 09 out. 2017.

Sobre a teoria da seleção natural, assinale a única afirmativa correta.

a) Para sobreviverem e se desenvolverem num ambiente primordial, os organismos primitivos necessitavam de uma fonte externa de compostos orgânicos.

b) O uso ou o desuso dos diferentes órgãos alteram características do corpo e essas características são transmitidas para as gerações seguintes.

c) Novas espécies são formadas a partir de populações isoladas, por barreiras geográficas que impedem o intercâmbio genético entre elas.

d) A população mundial cresce em progressão geométrica, enquanto a produção de alimentos em progressão aritmética.

e) Os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados.

02. (UEMG) Ao se observar a natureza, é possível se deparar com diferentes animais capazes de voar, como diferentes insetos, pássaros e mamíferos. Esses animais possuem asas adaptadas à função de voar que têm origens embrionárias diferentes, sendo assim denominadas órgãos análogos. A adaptação evolutiva a modos de vida semelhantes leva organismos pouco aparentados a desenvolver formas corporais análogas. Esse processo é denominado:

a) recombinação gênica.

b) teoria sintética da evolução.

c) seleção natural.

d) convergência evolutiva.

03. (UVV) Com os avanços da ciência, em especial da genética e da biologia molecular, novos elementos para se entender os processos evolutivos foram incorporados às explicações do naturalista Charles Darwin sobre evolução por seleção natural. Entender a evolução dos seres vivos e suas relações de parentesco exige a análise de muitos elementos que apontem as evidências evolutivas. Entre essas evidências, destacam-se as homologias, os órgãos vestigiais, os fósseis, os dados moleculares. Considere seus conhecimentos sobre o assunto e assinale a resposta correta:

a) Há uma relação inversa entre a semelhança na sequência de bases nitrogenadas dos ácidos nucléicos das espécies e a proximidade evolutiva entre essas espécies.

b) As modificações nos ácidos nucleicos fazem parte do processo de evolução, mas não foram essas modificações que permitiram a grande diversificação dos seres vivos.

c) A comparação da sequência de bases nitrogenadas do DNA e RNA, ou das proteínas de diferentes espécies, não possibilita o estabelecimento do grau de parentesco evolutivo entre as espécies.

d) O estudo dos fósseis nos possibilita conhecer os organismos que viveram em épocas remotas e, muitas vezes, sob condições ambientais distintas das atuais. No entanto, esses fósseis não fornecem indícios de seu parentesco evolutivo com as espécies atuais.

e) Os órgãos vestigiais são aqueles que, em alguns organismos, são de tamanho reduzido e, geralmente, “não têm função” (ex.: apêndice vermiforme no ser humano), mas em outros organismos são maiores e exercem função. A importância evolutiva desses órgãos vestigiais é a indicação de parentesco evolutivo.

04. (UEPG) Os seres vivos são fruto do processo evolutivo. Cada espécie tem suas peculiaridades, suas adaptações ao meio, que lhes conferem maiores chances de sobrevivência e de deixar descendentes. Assinale o que for correto sobre algumas teorias evolutivas.

01. Segundo a teoria de Lamarck, no processo de adaptação dos organismos ao meio, o uso de determinadas partes do corpo faz com que elas se desenvolvam, e a falta de uso (desuso) faz com que se atrofiem, características que podiam ser transmitidas aos descendentes.

02. De acordo com a teoria de Lamarck, o grau de desenvolvimento muscular obtido por exercícios físicos poderia ser transmitido aos descendentes, sob o princípio da lei da transmissão dos caracteres adquiridos.

04. Segundo Darwin, todos os organismos descendem, com modificações, de ancestrais comuns; além disso, a seleção natural atua sobre as variações individuais, favorecendo as mais aptas.

08. O processo de seleção natural proposto pela teoria Darwinista tem a finalidade de desenvolver intencionalmente adaptações dos organismos a determinadas situações. Por exemplo, ao tratar-se uma infecção, as bactérias irão mutar e se tornar resistentes ao uso de determinados antibióticos.

Soma das alternativas corretas:

05. (UNITAU) As ilhas Galápagos abrigam muitos animais exclusivos: cerca de 2 mil espécies de tartarugas, serpentes, lagartos e aves, dentre outros, só são encontradas lá. O arquipélago foi onde Charles Darwin começou a pensar que uma espécie poderia dar origem a outras, depois de verificar que a forma do corpo de tartarugas e aves variava de uma ilha para a outra. O surgimento de novas espécies é chamado de “especiação” e envolve alguns diferentes mecanismos. Sobre a especiação, leia as seguintes definições.

I. Interrupção do cruzamento dos membros de uma população como resultado de isolamento geográfico, interrompendo o fluxo gênico e impedindo que alguma nova característica de uma das populações isoladas seja compartilhada com a outra.

II. Populações de uma mesma espécie, em uma mesma área que não cruzam aleatoriamente, mesmo sem a ocorrência de uma barreira geográfica ou física que interrompa o fluxo gênico. Geralmente acontece em áreas muito grandes com a formação de diversos nichos e pressões seletivas.

III. Populações que vivem em um mesmo ambiente e que não sofrem isolamento geográfico, mas apresentam seleção disruptiva, que envolve alterações cromossômicas, mais comumente a poliploidia.

Assinale a alternativa que apresenta corretamente os processos de especiação.

a) I. especiação alopátrica; II. especiação vicariante; III. especiação peripátrica.

b) I. especiação gradualística; II. especiação peripátrica; III. especiação alopátrica.

c) I. especiação simpátrica; II. especiação parapátrica; III. especiação peripátrica.

d) I. especiação alopátrica; II. especiação parapátrica; III. especiação simpátrica.

e) I. especiação vicariante; II. especiação alopoliplóidica; III. especiação simpátrica.

06. (UVV) A teoria sintética da evolução surgiu na década de 1930 e considera, além da seleção natural, outros fatores evolutivos atuando nas populações. Na época de Charles Darwin, as noções de genética eram rudimentares, e ele não conseguiu explicar a fonte de variabilidade nas populações. Atualmente, sabemos que a fonte primária de variabilidade é a mutação que corresponde às alterações nos geres ou nos cromossomos. As mutações não ocorrem para adaptar o indivíduo ao ambiente. Elas ocorrem ao acaso e, por seleção natural, são mantidas quando adaptativas (seleção positiva) ou eliminadas em caso contrário (seleção negativa), denominadas por Darwin, por seleção natural. Sobre a variabilidade genética já estabelecida na população, atuam a emigração, a seleção natural e a deriva genética. Em relação à seleção natural e à deriva genética, avalie as afirmações a seguir:

I. Mesmo em ambientes estáveis e constantes, a seleção natural está presente e age de modo estabilizador, eliminando os fenótipos desviantes.

II. A seleção natural atua permanentemente sobre todas as populações. A seleção atua sobre os fenótipos que resultam da interação entre os genótipos e o meio.

III. A deriva genética corresponde a processos aleatórios que reduzem a variabilidade genética de uma população sem relação com a maior ou menor adaptabilidade dos indivíduos.

IV. Em populações pequenas, os efeitos da deriva sobre a variabilidade genética são mais evidentes, visto que, em algumas gerações, certas variações podem sumir e outras podem aumentar de frequência.

V. A heterogeneidade ambiental propicia diferentes pressões seletivas sobre o conjunto gênico da população, evitando a eliminação de determinados fenótipos que não seriam mantidos em um ambiente estável.

É correto o que se afirma em:

a) I e II.

b) III e V.

c) I, II e III.

d) I, II e IV.

e) I, II, III, IV e V.

07. (UNIMONTES) Os graus de semelhança embrionária, anatômica e bioquímica são alvo de diversos estudos sobre a evolução dos seres vivos. As afirmativas abaixo estão relacionadas a esse assunto. Analise-as e assinale a alternativa correta.

a) Quando estruturas ou órgãos desempenham funções diferentes, apesar de apresentarem origem embrionária semelhante, diz-se que esses órgãos são homólogos, e as diferenças nas funções desempenhadas são fruto de um processo de divergência evolutiva.

b) Se a distância embriológica entre dois animais é muito grande, mas eles apresentam estruturas ou órgãos anatomicamente parecidos e que desempenham funções semelhantes, podemos afirmar que eles passaram por um processo de divergência evolutiva.

c) Quando a sequência de bases no DNA de duas espécies é muito diferente, mas anatomicamente seus órgãos são muito semelhantes, podemos afirmar que exibem um alto grau de parentesco.

d) Quando entre espécies há órgãos ou estruturas que desempenham funções semelhantes, mas em termos embriológicos as diferenças são muitas, podemos afirmar que essas espécies passaram por um processo de divergência evolutiva e que a sequência de bases no DNA de ambas é muito semelhante.

08. (UNITAU) Durante o processo evolutivo dos organismos, constantemente ocorre o surgimento de novas espécies, por meio de um processo conhecido como especiação. Assinale a alternativa que apresenta corretamente os processos de especiação.

a) Hereditariedade e alelopatia.

b) Seleção natural e polimorfismo.

c) Polimorfismo e cladogênese.

d) Anagênese e cladogênese.

e) Mutação e polimorfismo.

09. (UNIMONTES) Leia o texto abaixo:

Uma planta conhecida como ruibarbo do deserto, comum nos desertos de Israel e da Jordânia, apresenta de uma a quatro grandes folhas arredondadas (20 a 70 cm de diâmetro), bem presas ao solo, formando rosetas que podem chegar a um metro quadrado. Em cada folha, há ainda um delicado sistema de “canaletas” que drena a água recolhida da chuva até a raiz principal. Com o desenvolvimento desse sistema de autoirrigação, o ruibarbo do deserto consegue suportar a escassez de chuva comum dos desertos.

Acerca do texto apresentado, é correto afirmar que:

a) Faz clara referência ao fixismo.

b) Aproxima-se das ideias evolucionistas de Darwin.

c) Exemplifica um processo de adaptação evolutiva chamado divergência evolutiva.

d) Retrata, com riqueza de detalhes, um típico caso de convergência evolutiva.

10. (UNESP) Aristóteles procurou explicar os fenômenos naturais a partir de argumentos teleológicos. A palavra teleologia provém de dois termos gregos, telos (fim, meta, propósito) e logos (razão, explicação), ou seja, uma “razão de algo em função de seus fins” ou uma “explicação que se serve de propósitos ou de fins”. Na explicação teleológica, se algo existe e tem uma finalidade, é porque existe uma razão para essa finalidade. Neste sentido, uma explicação teleológica estará centralizada na finalidade de alguma coisa. Por exemplo, na explicação teleológica, nossos dedos são articulados para que possamos manipular objetos, ao contrário da explicação não teleológica, que afirma que manipulamos objetos porque nossos dedos são articulados.

(Matheus de M. Silveira et al. Argumentos – Revista de Filosofia, julho/dezembro de 2016. Adaptado.)

Considerando as características adaptativas dos organismos, a teleologia:

a) refuta a proposta de Lamarck, no que concerne à transmissão dos caracteres adquiridos.

b) contribui para a explicação da origem da variabilidade a partir da ocorrência de mutações.

c) contraria as fundamentações teóricas propostas pela Teoria Sintética da Evolução.

d) fortalece as explicações da Teoria Sintética da Evolução, quanto ao resultado da ação da Seleção Natural.

e) sustenta tanto as ideias evolucionistas de Lamarck como as de Charles Darwin e da Teoria Sintética da Evolução.

11. (ACAFE) Por que só o Homo sapiens sobreviveu?

Apesar de o Homo sapiens, espécie à qual pertencemos, ser o último grupo de hominídeos restante no planeta, a Terra já abrigou outros membros do gênero Homo. Por que é, então, que apenas nós sobrevivemos? Uma nova pesquisa, realizada pela Universidade de Michigan, dos EUA, e pelo Instituto Max Planck pela Ciência da História Humana, da Alemanha, levantou uma hipótese inédita: a nossa permanência se deve à aptidão do homem atual para se adaptar a ambientes extremos.

Fonte: veja, 07/08/2018. Disponível em: https://veja.abril.com.br

Acerca das informações contidas no texto e dos conhecimentos relacionados ao tema, todas as alternativas estão corretas exceto a:

a) A especiação diz respeito ao processo evolutivo que envolve o surgimento de novas espécies e ocorre somente após o completo isolamento geográfico.

b) Quando duas subpopulações apresentam diferenças genéticas que se expressam de alguma forma fazendo com que haja incapacidade, total ou parcial, de que ocorra o acasalamento entre elas, há a especiação.

c) O processo de especiação frequentemente está dividido em: alopátrica, simpátrica, peripátrica e parapátrica. Na especiação alopátrica uma população é dividida em subpopulações isoladas por uma barreira geográfica como, por exemplo, deserto, rio ou montanha.

d) As adaptações são resultados da atuação do processo de seleção natural sobre variações genotípicas aleatórias e herdáveis. Desse modo, a seleção natural age favorecendo os fenótipos que apresentem maior valor adaptativo.

12. (CENTRO UNIVERSITÁRIO CESUMAR) Em muitas cavernas, a ausência permanente de luz impede o uso da visão. Muitas espécies de peixes de cavernas possuem olhos rudimentares ou não possuem olhos, enquanto suas espécies irmãs, que vivem em outros ambientes, apresentam olhos normais. De acordo com a teoria darwiniana:

a) os olhos, por não serem utilizados, foram atrofiando ao longo das gerações até desaparecerem.

b) mutações que prejudicaram o desenvolvimento dos olhos não influenciaram o sucesso reprodutivo.

c) os peixes com olhos defeituosos procuraram as cavernas por serem ambientes com menor diversidade de predadores.

d) o ambiente das cavernas possui compostos que induzem mutações nos olhos e tornam os peixes cegos.

e) todas as espécies de peixes de cavernas se originaram a partir de uma espécie ancestral única que sofreu sucessivas especiações.

13. (UNITAU) Pesquisas recentes, desenvolvidas na Universidade Emory, em Atlanta (EUA), com ratos que foram treinados para sentir medo do cheiro de amêndoas, reforçam que a evolução das espécies é um fenômeno mais complexo do que se imaginava, e que não pode ser explicado apenas pela seleção natural. Essa teoria é chamada de Síntese Evolutiva Estendida, e é uma alternativa à Teoria Sintética da Evolução, conferindo um novo sentido para as ideias de Lamarck. Entretanto, quando se trata de explicar o processo evolutivo, a Teoria Sintética da Evolução, ou Neodarwinismo, ainda é a mais aceita. Sobre a Teoria Sintética da Evolução, leia as afirmações seguintes.

I. A população é a unidade evolutiva, formada por indivíduos de uma mesma espécie que ocorrem em uma mesma área, em um mesmo período.

II. A mutação e a permutação são fatores que favorecem o aumento da variabilidade genética na população.

III. A migração e a deriva gênica são fatores que não favorecem o aumento da variabilidade genética na população.

IV. Organismos ganham e perdem órgãos ou estruturas em função de suas necessidades, sofrendo adaptações por impulsos internos, a fim de desenvolver uma relação harmônica com o ambiente.

Sobre o neodarwinismo, está correto o que se afirma em:

a) I e II, apenas.

b) I, II e III, apenas.

c) II e III, apenas.

d) II e IV, apenas.

e) III e IV, apenas.

14. (UEPG) Assinale o que for correto sobre as primeiras teorias da evolução para explicar a diversidade de espécies.

01. As ideias de Charles Darwin são a base para explicar a teoria da evolução e são aceitas até o momento. Ele propôs a lei do uso e desuso, em que a língua comprida do tamanduá teria se desenvolvido em resposta às suas necessidades alimentares para capturar e comer insetos.

02. De acordo com Lamarck, um caráter adquirido (como os músculos de um halterofilista, por exemplo) nunca seria transmitido aos seus descendentes, visto que genes relacionados a esta característica deveriam estar presentes no DNA de células somáticas, para sua expressão na prole.

04. Charles Darwin observou espécies similares de tentilhões, mas não idênticas, que habitavam ilhas próximas a Galápagos. Ele visualizou que espécies que comiam sementes grandes tendiam a ter bico largo e duro, enquanto aquelas que comiam insetos tinham bico fino e afiado. Assim, Darwin percebeu que cada espécie de tentilhão estava bem adaptada para seu ambiente e sua função.

08. Darwin propôs a teoria da seleção natural. Nesta teoria, em razão dos recursos limitados, organismos com características hereditárias que favoreçam a sobrevivência e a reprodução tendem a deixar mais descendentes do que os demais, o que faz com que essas características aumentem em frequência ao longo das gerações.

16. Entre os aspectos relevantes das teorias de Charles Darwin, podemos citar explicações sobre a origem e transmissão das variações, visto que ele dominava os mecanismos envolvidos em eventos de mutação e recombinação genética, resultantes da meiose e reprodução sexuada.

Soma das alternativas corretas:

15. (CENTRO UNIVERSITÁRIO CESUMAR) “Os répteis foram os primeiros vertebrados a conquistar o ambiente terrestre, com adaptações importantes como a pele impermeável graças a uma molécula …I…, denominada …II…, pulmões eficientes e o ovo com casca …III… e … IV “. Para completar corretamente a frase acima, I, II, III e IV devem ser substituídos, respectivamente, por:

a) proteica, queratina, calcárea e cório.

b) proteica, quitina, impermeável e âmnio.

c) lipídica, queratina, rígida e alantoide.

d) lipídica, colágeno, impermeável e cório.

e) lipoproteica, quitina, resistente e albumina.

16. (UFC) Em um estudo realizado nas ilhas Galápagos, um casal de pesquisadores observou que indivíduos de uma espécie de tentilhão (espécie A) comumente se alimentavam de sementes de vários tamanhos. A ilha onde a espécie A ocorria foi colonizada por outra espécie de tentilhão (espécie B). Indivíduos de B se alimentavam de sementes grandes e eram mais eficientes que A na aquisição deste recurso. Com o passar dos anos, os dois pesquisadores observaram que o tamanho médio do bico dos indivíduos de A estava reduzindo gradualmente. Considerando que pássaros com bicos maiores conseguem se alimentar de sementes maiores, o processo de redução de bico observado em A é um exemplo de seleção:

a) Direcional: o estabelecimento de indivíduos da espécie B representou uma pressão seletiva que favoreceu indivíduos da espécie A com bicos pequenos.

b) Disruptiva: o estabelecimento de indivíduos da espécie B representou uma pressão seletiva que favoreceu indivíduos da espécie A com bicos muito pequenos ou muito grandes.

c) Estabilizadora: o estabelecimento de indivíduos da espécie B representou uma pressão seletiva que favoreceu indivíduos da espécie A com bicos de tamanho intermediário.

d) Sexual: o estabelecimento de indivíduos da espécie B aumentou a competição entre machos da espécie A por acesso às fêmeas.

e) Direcional: o estabelecimento de indivíduos da espécie B induziu mutações em indivíduos da espécie A.

17. (UEPG) A especiação se completa com o surgimento do isolamento reprodutivo, que impede indivíduos de espécies diferentes de trocar genes por cruzamento. Diversos mecanismos podem impedir esta troca de genes, constituindo diferentes tipos de isolamento reprodutivo. Analise as alternativas e assinale o que for correto.

01. Processos pré-zigóticos de isolamento reprodutivo são casos em que membros de duas espécies copulam e o zigoto se forma, embora o híbrido seja mais vigoroso, ele é estéril. Geralmente, suas gônadas se desenvolvem de maneira anormal, impossibilitando a formação de gametas viáveis.

02. Algumas vezes, os membros de duas espécies de animais não se cruzam porque seus comportamentos de corte antes do acasalamento são diferentes e incompatíveis. Neste caso, temos o isolamento etológico (ou comportamental).

04. Uma égua e um jumento são duas espécies diferentes que não se cruzam porque seus períodos de reprodução não coincidem. Neste caso, temos o isolamento sazonal ou estacional.

08. Os membros de duas espécies podem não se cruzar pelo fato de viverem em hábitats diferentes, fato conhecido como isolamento de hábitat. Por exemplo, leões e tigres podem se cruzar em cativeiro e produzir, em alguns casos, descendentes férteis. Isso não acontece ou raramente poderia ocorrer na natureza, pois os leões vivem nas savanas e os tigres, nas florestas.

16. Do cruzamento entre um cavalo e uma jumenta, é gerado o burro, ou mula. A primeira geração de híbridos entre estas duas espécies (geração F1) é normal e fértil, mas seus filhos (geração F2) são indivíduos estéreis. Neste caso, temos o isolamento reprodutivo por vigor do híbrido.

Soma das alternativas corretas:

18. (UDESC) Texto base para esta questão.

“Charles Robert Darwin (1809-1882) chamou de “Abominável Mistério” o surgimento, rápida diversificação e dominância das Angiospermas no registro fóssil. A explicação encontrada por Darwin foi de que a origem das angiospermas teria sido restrita geograficamente com uma rápida expansão. Contudo, ele próprio considerou tal hipótese conjecturalmente pobre. Uma hipótese alternativa foi proposta por Louis Charles Joseph Gaston de Saporta (1823– 1895): um conjunto de eventos evolutivos de interações entre angiospermas e insetos teria um papel central na rápida diversificação das angiospermas no Jurássico. A hipótese de Gaston de Saporta foi confirmada, posteriormente, pela ampliação do conhecimento sobre o registro fóssil e por estudos moleculares. A fantástica diversificação dos insetos e angiospermas atuais deve-se, em grande parte, a um padrão de etapas evolutivas graduais. A evidência geral sugere que, em parte, a evolução conduziu os insetos e as plantas a cobrirem o globo atual”.

Texto adaptado de História da Ciência e Ensino – Construindo Interfaces; Valdir Lamim-Guedes; Volume 10, 2014 – pp. 60-69; ISSN: 2178-2911.

O “Abominável Mistério” de Darwin teve uma hipótese alternativa proposta por Gaston de Saporta, a qual foi confirmada pela ampliação do conhecimento dos registros fósseis e estudos moleculares. Sabe-se, hoje, que muitas angiospermas e muitos insetos tiveram um processo evolutivo conjunto. Esse tipo de evolução em que duas espécies evoluem em conjunto é denominado:

a) Coevolução.

b) Evolução Simpátrica.

c) Evolução Alopátrica.

d) Evolução Divergente.

e) Evolução Convergente.

19. (UCS) A evolução biológica explica a enorme diversidade de espécies habitantes da Terra, resultantes de um processo contínuo de transformações e adaptações. Mas, com o passar dos anos, uma série de teorias tentaram explicar a diversidade de espécies e os processos que levaram até os habitantes atuais da Terra. Relacione as teorias evolucionistas, apresentadas na COLUNA B, às principais características, listadas na COLUNA A.Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente os parênteses da COLUNA B, de cima para baixo.

a) IV – II – III – I.

b) IV – I – II – III.

c) I – II – IV – III.

d) III – IV – I – II.

e) II – I – III – IV.

20. (IFRS) “A natureza podia exercer um papel de agente seletivo análogo ao dos agricultores e criadores de animais. Nas espécies selvagens, são selecionados os indivíduos que apresentam características vantajosas nas condições ambientais reinantes. Eles tendem a deixar proporcionalmente mais descendentes, que contribuem significativamente para a formação da geração seguinte”.

AMABIS, J., Martho, G. Biologia Moderna, v. 3. São Paulo: Moderna, 2016. p.109.  O fragmento de texto acima representa o conceito de ________________________, elaborado pelo evolucionista ______________________________. Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas acima.

a) Uso e desuso – Lamarck.

b) Transmissão dos caracteres adquiridos – Lamarck.

c) Transmissão dos caracteres adquiridos – Wallace.

d) Uso e desuso – Charles Darwin.

e) Seleção Natural – Charles Darwin.

Publicado por: Djalma Santos | 24 de agosto de 2019

TESTES DE SISTEMAS DIVERSOS (6)

01. (UNESPE) A configuração anatômica do sistema circulatório humano apresenta, por analogia com os circuitos elétricos, estruturas posicionadas em série e em paralelo, o que permite a identificação de resistências vasculares contrárias ao fluxo sanguíneo. A figura mostra como algumas estruturas estão associadas no sistema circulatório humano.Assim como na associação entre resistores de um circuito elétrico, no sistema circulatório humano há aumento da resistência ao fluxo sanguíneo na associação de estruturas em que ocorre:

a) filtração do sangue e absorção de nutrientes.

b) produção da bile e reabsorção de água.

c) produção da bile e controle da temperatura.

d) absorção de nutrientes e controle da temperatura.

e) filtração do sangue e reabsorção de água.

02. (UNIFOR) O jejum é parte de muitas culturas e religiões, algumas acreditam que este limpa o corpo e a alma e encoraja o despertar espiritual. Sabe-se que, na privação prolongada de alimentos, ocorre a degradação das proteínas musculares, o que poderia afetar o pH do sangue. Neste contexto, o pH do sangue é alterado em função da:

a) degradação das proteínas em monossacarídeos essenciais à liberação de   H+ no meio celular.

b) alta atividade do ciclo da ureia que converte a amônia em íon amônia e este acidifica o sangue.

c) elevada desaminação oxidativa dos aminoácidos, o que determina aumento de     amônia no sangue.

d) ação de enzimas que catalisam a conversão de grupos aminos em ureia alcalinizando o sangue.

e) conversão dos aminoácidos nos seus alfacetoácidos correspondentes elevando a concentração de ácido cítrico.

03. (UNIVAG) Os camarões desempenham um importante papel ecológico, uma vez que se alimentam de restos de plantas e animais aquáticos em decomposição. Desse modo, ingerem grande quantidade de proteínas, cujos restos metabólicos são eliminados principalmente na forma de:

a) amônia e ácido úrico, que são filtrados do líquido celomático por glândulas retais e eliminadas para o ambiente por meio do poro anal.

b) amônia, que é filtrada da hemolinfa por metanefrídeos e eliminada por um canal que se abre na base da boca do animal.

c) ácido úrico, que é coletado pelos túbulos de Malpighi e lançado no intestino, para posterior eliminação, juntamente com as fezes.

d) amônia, que é filtrada dos fluidos corporais pelos túbulos de Malpighi e misturada com água para posteriormente ser eliminada pelo poro anal.

e) amônia, que é filtrada da hemolinfa por glândulas que se abrem em um poro na base das antenas do animal, por onde é eliminada para o ambiente.

04. (UEMG) O sistema urinário humano ou aparelho urinário é encarregado pela preservação da homeostasia corpórea. Esse controle se dá através da identificação da condição do organismo: se, por exemplo, há uma queda ou um aumento da pressão sanguínea, o Sistema Nervoso Central (SNC) ativa mecanismos renais que trabalharão com a finalidade de normalizá-la. Os órgãos que compõem o sistema urinário são os rins e as vias urinárias. As vias urinárias compreendem a uretra, a bexiga e o ureter. Sobre o sistema urinário humano, é incorreto afirmar que:

a) Os ureteres são dois tubos de aproximadamente 20cm de comprimento cada, que conduzem a urina dos rins para a bexiga.

b) A uretra é o canal que conduz a urina do interior da bexiga para fora do corpo. Ela termina no pênis ou na vulva.

c) A bexiga urinária recebe e armazena temporariamente a urina com uma quantidade que pode variar de 400ml até 500ml.

d) Os rins funcionam como um filtro que retém as impurezas do sangue venoso e o deixa em condições de circular pelo organismo.

05. (UFU) Os itens abaixo referem-se aos diferentes tipos de sistemas excretores.

I. Órgãos excretores chamados metanefrídeos, que consistem de um tubo aberto nas duas extremidades, uma das quais é alargada, formando um funil ciliado, o nefróstoma. A outra extremidade é estreita, constituindo o nefridióporo ou poro excretor.

II. A excreção ocorre por meio de duas glândulas que se abrem na base das antenas, por isso são denominadas glândulas antenais (ou glândulas verdes).

III. As excreções são eliminadas por meio de túbulos de Malpighi, que são estruturas tubulares alongadas presentes na hemocela, em contato direto com a hemolinfa. Uma das extremidades de cada túbulo de Mapighi é fechada, e a outra se abre na região mediana do intestino. Os túbulos filtram a hemolinfa, removendo as excreções e lançando-as no intestino, de onde são eliminadas com as fezes.

Os itens I, II e III referem-se, respectivamente, ao sistema excretor dos:

a) moluscos, insetos e crustáceos.

b) anelídeos, crustáceos e insetos.

c) caramujos, anelídeos e anfíbios.

d) insetos, crustáceos e anelídeos.

06. (UEPG) O tipo predominante de excreta que o animal produz e elimina está relacionado com o ambiente em que ele vive. Considerando os sistemas de excreção e os mecanismos de osmorregulação utilizados por alguns animais, assinale o que for correto.

01. A amônia é um composto altamente tóxico e há a necessidade de um volume considerável de água para sua eliminação. Os amoniotélicos são representados pela maioria dos animais aquáticos, tais como: poríferos, cnidários e equinodermos, por exemplo.

02. Os uricotélicos excretam principalmente ácido úrico, que é insolúvel em água e tem toxicidade muito baixa, sendo produzido por animais adaptados à economia de água, como as aves, por exemplo.

04. Com relação à osmorregulação, os animais que vivem em água doce e em ambiente terrestre apresentam estruturas especiais para eliminar ou reter água, respectivamente. Nos vertebrados, as principais estruturas relacionadas com a excreção e a osmorregulação são os rins.

08. Os ureotélicos excretam principalmente ácido úrico, o qual necessita de um grande volume de água para sua excreção, por ser considerado um composto de grande toxicidade. Exemplos de animais ureotélicos: anfíbios, répteis e artrópodes.

Soma das alternativas corretas:

07. (UNICENTRO) Os rins são órgãos de extrema importância na homeostasia porque:

a) neutralizam substâncias tóxicas absorvidas pelo organismo.

b) controlam as taxas de hormônios no sangue.

c) regulam o volume total de água no corpo.

d) transmitem informações para todo o organismo por meio de estímulos elétricos.

08. (PUC-PR) As ingestões dietéticas de referência (DRI, do inglês, dietary reference intakes) para adolescentes são listadas por idade cronológica e sexo. Embora as DRI forneçam uma estimativa das necessidades de energia e nutrientes para um adolescente individual, as necessidades reais variam muito entre adolescentes, como resultado de diferenças em composição corporal, grau de maturação física e grau de atividade física.

(MAHAN, L. KATHLEEN; STUMP, SYLVIA ESCOTT; RAYMOND, JANICE L. Krause: alimentos, nutrição e dietoterapia, p.413 – 13ª ed. – Rio

Quanto à nutrição e o metabolismo, assinale a alternativa correta.

a) A suplementação de proteínas e aminoácidos, em forma de pó ou comprimido, na dieta do adolescente, pode levar a uma sobrecarga renal e hepática devido ao metabolismo excessivo dos grupos nitrogenados dessas moléculas.

b) A ingestão de fibras, por meio do consumo de grãos integrais, frutas e vegetais, é importante fonte de aminoácidos essenciais, por serem constituídas de proteínas facilmente digeríveis.

c) O consumo elevado de carboidratos na dieta dispara a liberação de maiores quantidades de glucagon pelo pâncreas, o que eleva a concentração hepática de glicogênio.

d) O consumo de gordura saturada do tipo trans é classicamente relacionado com a redução do nível plasmático do LDL e diminuição de risco da doença cardiovascular

e) As necessidades de micronutrientes são maiores na adolescência, entre eles, o iodo e a vitamina E, essenciais nas reações de coagulação.

09. (FPS) A figura abaixo representa o sistema digestório de um mamífero. Considerando o sistema citado, assinale a alternativa correta.a) Em 1, ocorre a produção da bile que contém enzimas digestivas que degradam proteínas.

b) Em 2, há também a produção da enzima pepsina, que faz parte do suco gástrico.

c) Em 3, pâncreas, há a produção do suco pancreático que atua no processo digestivo no estômago.

d) Em 4, ocorre a produção da insulina, que atua na regulação do nível de glicose no sangue.

e) Em 5, ocorre a transformação do quilo em quimo, que contém produtos finais da digestão.

10. (UECE) Considerando os processos de digestão animal, escreva V ou F conforme seja verdadeiro ou falso o que se afirma a seguir.

(    ) As enzimas do suco gástrico humano do tipo maltase, sacarase, lactase, nucleotidases e peptidases são produzidas no estômago e atuam em pH ácido.

(    ) A digestão extracelular humana depende de processos mecânicos e químicos que são iniciados na boca, onde se dá a participação da enzima ptialina.

(    ) A fragmentação dos alimentos realizada pela rádula em moluscos é denominada de raspagem, enquanto aquela promovida pelas peças bucais de libélulas e lagostas é denominada de trituração.

(    ) Piloro é uma região do estômago humano entre o esôfago e o estômago, responsável por regular a passagem do alimento de um órgão para o outro, além de impedir o refluxo deste.

Está correta, de cima para baixo, a seguinte sequência:

a) V, F, F, V.

b) F, V, V, F.

c) V, V, F, F.

d) F, F, V, V.

11. (UVV) Os nutrientes estão disponíveis para os animais como parte integrante dos alimentos e sua assimilação pelo organismo é feita por difusão ou outra forma de transporte através de membranas celulares. A alimentação por ingestão é a característica geral dos animais. Essa forma de nutrição difere da que é verificada nas plantas, nos fungos e nos procariontes, sendo encontrada apenas em certos protistas heterotróficos que ingerem o alimento por endocitose.

Lopes, S. & S. Rosso. 2014. Biologia. Volume Único, Conecte Bio. São Paulo: Saraiva. Adaptado.   Considerando seu conhecimento sobre a assimilação de alimentos pelos animais, é correto afirmar que:

a) o sistema digestório incompleto é característico de animais que apresentam apenas boca e cavidade digestória ou gastrovascular.

b) o sistema digestório completo é característico de animais que apresentam tubo digestório e ânus.

c) na ingestão do alimento por exocitose, a digestão do alimento ingerido ocorre dentro da célula, caracterizando a digestão extracelular.

d) entre os mamíferos, o comprimento do intestino varia de acordo com o tipo de alimentação do animal, sendo mais curto nos herbívoros e maior nos carnívoros.

e) alguns animais têm cavidade digestória em que há o lançamento de enzimas digestivas que digerem o alimento dentro das células, portanto ocorre a digestão intracelular.

12. (UFU) Em relação à bile, afirma-se que essa:

I. emulsifica gorduras.

II. é produzida pela vesícula biliar.

III. tem cor esverdeada.

IV. é armazenada no fígado.

Assinale a alternativa que apresenta as afirmações corretas.

a) I e III.

b) II e IV.

c) I e II.

d) III e IV.

13. (CENTRO UNIVERSITÁRIO CESUMAR) Uma pessoa está se alimentando quando, de repente, começa a tossir de forma involuntária, indicando um engasgo com alimento. A tosse é uma resposta imediata do organismo para tentar expelir o alimento que está em um local onde não deveria. Diante do exposto, assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas. O alimento ingerido deve seguir da boca em direção à _________________, que é um órgão compartilhado pelos sistemas _________________ e _________________. Na sequência, deve ser encaminhado _________________, porém, no caso descrito, deve ter seguido para _________________, pelo não fechamento da _________________.

a) laringe / digestório / respiratório / à faringe / o esôfago / epiglote.

b) faringe / digestório / respiratório / ao esôfago / a laringe / epiglote.

c) laringe / nervoso / digestório / à faringe / o esôfago / epiglote.

d) faringe / digestório / circulatório / à laringe / o esôfago / proeminência laríngea.

e) laringe / digestório / respiratório / ao esôfago / a faringe / parótida.

14. (UNICENTRO) A fibrose cística, conhecida mundialmente como a “grande simuladora” graças à capacidade de desenvolver sintomas que podem levar a outros diagnósticos, é uma anomalia genética e incurável. Quem tem a doença fica incapacitado de fazer a digestão, por falta de três enzimas, entre as quais, a lipase, que passam a ser produzidas através da medicação de alto custo. A falta da lipase compromete a ação digestiva das secreções:

a) das glândulas salivares.

b) do estômago.

c) do fígado.

d) do pâncreas.

15. (UNIVAG) A tabela contém os valores referentes ao transporte de gases respiratórios no organismo humano.Pode-se afirmar que:

a) a maior porção do gás carbônico é transportada na forma de bicarbonato.

b) o gás oxigênio e o gás carbônico necessitam de enzimas para suas associações com as proteínas.

c) o gás oxigênio se associa fortemente às proteínas transportadoras.

d) a maior porção do gás oxigênio transportado está associada aos leucócitos.

e) o gás carbônico é menos solúvel na água que o gás oxigênio.

16. (UEPG) A tabela abaixo apresenta um resumo de alguns órgãos produtores de hormônios, indicando onde e como os hormônios atuam. Assinale o que for correto.

01. (1) – Hipófise; (2) – Estimula o crescimento. Seu excesso durante a puberdade determina o gigantismo e, sua ausência, provoca o nanismo.

02. (3) – Hormônio antidiurético (ADH ou vasopressina).

04. (4) – Pâncreas; (5) – Reduz a concentração de glicose no sangue.

08. (6) – Testosterona; (7) – Aparecimento de caracteres sexuais secundários masculinos na puberdade.

16. (8) – Estômago; (9) – Gastrina.

Soma das alternativas corretas:

17. (UNIPAR) A vida moderna proporciona muitos benefícios para as pessoas; todavia, guarda também algumas armadilhas, principalmente no que se refere à alimentação. Muitos jovens fazem do sanduíche um substituto das refeições tradicionais. Em geral, o famoso “lanche” tem como base pão e carne. Com relação ao consumo de um lanche à base de pão e carne, assinale a alternativa correta:

a) A digestão química do pão inicia-se no estômago, onde o amido é quebrado pela ação do suco gástrico, e a da carne inicia-se na boca, com a ação da pepsina.

b) A digestão química do pão inicia-se na boca, com a ação da pepsina, e a da carne inicia-se no intestino delgado, com a ação da bile, que é produzida no fígado.

c) A digestão química do pão inicia-se na boca, com a ação da ptialina, e a da carne inicia-se no estômago, onde as proteínas são quebradas pela ação do suco gástrico.

d) A digestão química do pão e da carne inicia-se no estômago pela ação da bile e da ptialina, respectivamente; a enzima pepsina, no duodeno, completa a digestão.

e) A digestão química do pão inicia-se na boca, com a ação da tripsina, e a da carne inicia-se no duodeno, onde as proteínas são quebradas, com a ação da bile.

18. (UNESP) A figura mostra como um sistema de aquecimento doméstico consegue realizar as trocas de calor necessárias para manter o ambiente a uma temperatura agradável. Assim como esse sistema, o corpo humano consegue manter o equilíbrio da temperatura corporal por meio de diferentes mecanismos biológicos.No corpo humano, os mecanismos biológicos correspondentes ao sensor e ao aquecimento são, respectivamente,

a) o bulbo e a sudorese.

b) o hipotálamo e a sudorese.

c) o cerebelo e o metabolismo basal.

d) o cerebelo e a vasodilatação.

e) o hipotálamo e o metabolismo basal.

19. (UNITAU) O sistema linfático está associado aos nossos mecanismos de defesa. Esse sistema inclui os vasos linfáticos, o baço, o timo, as tonsilas palatinas e os linfonodos. Os vasos linfáticos recuperam uma parte do líquido intersticial que banha os tecidos, a linfa, e a devolve para vasos próximos ao coração, fazendo com que esse líquido volte para a circulação sanguínea. Além dessa, há uma série de outras atividades realizadas por esse sistema. Assinale a alternativa que apresenta apenas função(ões) relacionada(s) ao sistema linfático.

a) Prevenir ou interromper hemorragias e infecções.

b) Suportar a pressão sanguínea da contração dos ventrículos.

c) Colaborar para a manutenção de um meio externo constante e compatível com a vida.

d) Recolher algumas proteínas que vazam dos capilares e absorver gorduras do intestino.

e) Transportar alimento, oxigênio e hormônios no organismo.

20. (UNIMONTES) A regulação do metabolismo do cálcio envolve a calcitonina, o paratormônio e a vitamina D. Considerando unicamente as ações da calcitonina para garantir que as concentrações sanguíneas de cálcio sejam mantidas dentro da faixa de normalidade, julgue as afirmativas abaixo e assinale a alternativa incorreta.

a) Inibe a absorção intestinal de cálcio.

b) Aumenta a excreção urinária de cálcio.

c) Em nível ósseo, inibe a atividade osteoblástica.

d) Inibe a reabsorção renal de cálcio.

Publicado por: Djalma Santos | 24 de agosto de 2019

TESTES SOBRE EVOLUÇÃO (19)

01. (UFAM) Um efeito colateral da poluição industrial já observado em meados do século 19 foi a mudança de coloração das mariposas, promovendo vantagem de camuflagem contra os predadores nos troncos de arvores enegrecidos pela fuligem. Os estudos dessas mudanças de cor nas populações de mariposas mostraram que:

a) a seleção natural pode alterar a frequência alélica e o fenótipo de uma população.

b) a deposição de fuligem sobre as mariposas pode ter vantagem seletiva na população.

c) todas as espécies são capazes de se adaptar rapidamente às mudanças ambientais.

d) a cor escura sempre será superior à cor clara.

e) todas as mutações são benéficas a uma população.

02. (UNIVAG) As características biológicas, adultas e embrionárias, dos animais são aspectos que fundamentam a organização taxonômica dos metazoários em filos. O processo evolutivo dos organismos indica, geralmente, que as estruturas e os processos mais complexos são também os mais recentes. Assinale a alternativa que apresenta uma ordem evolutiva crescente quanto à complexidade das características biológicas.

a) Simetria bilateral, simetria radial e assimetria.

b) Tubo digestório incompleto, digestão intracelular e tubo digestório completo.

c) Pseudocelomado, acelomado e celomado.

d) Protonefrídio, metanefrídio e néfron.

e) Fecundação interna, autofecundação e fecundação externa.

03. (BAHIANA) Há milhares de anos, quando o deserto do Saara era uma área úmida e chuvosa, coberta por floresta, uma criança nasceu com uma mutação genética que lhe deu “imunidade” à malária. Nessa época, a doença era tão mortal quanto é hoje. Em um ambiente que era habitat dos pernilongos que carregam a doença, essa mutação deu grande vantagem a essa criança, que viveu, cresceu e teve filhos. Seus filhos herdaram a mutação, espalharam-se e se reproduziram. Eggert, N. 2018. Como mutação genética em uma única criança deu origem à doença que afeta milhões de pessoas.

Disponível em: <http://www.bbc.com/&gt;. Acesso em: abr. 2018. Adaptado.

Com base nos conhecimentos sobre evolução biológica, o processo descrito no texto é identificado como:

a) seleção natural.

b) deriva genética.

c) coevolução.

d) recombinação.

e) translocação.

04. (FPS) A especiação é um dos processos que origina espécies e pode ocorrer por alterações bruscas, como modificações climáticas ou eventos geológicos, que podem impedir a permanência dos indivíduos da população inicial, separando essa população em duas ou mais. Acerca da especiação, é correto afirmar que:

a) quando as barreiras ecológicas impedem o cruzamento entre os indivíduos das populações, não há formação de nova espécie.

b) quando as diferenças desenvolvidas proporcionarem o isolamento reprodutivo entre os indivíduos das populações, não haverá formação de nova espécie.

c) as modificações climáticas causadas pelas diferentes estações do ano favorecem o surgimento de novas espécies.

d) a especiação é o nome dado ao processo de surgimento de novas espécies a partir de espécies de famílias diferentes.

e) quando as diferenças desenvolvidas não forem suficientes para impedir o cruzamento entre os indivíduos das populações, não haverá formação de nova espécie.

05. (UEM) Sobre a evolução biológica, assinale o que for correto

01. As tênias são exemplos de evolução biológica, pois, não tendo tubo digestório, adaptaram-se ao parasitismo no tubo digestório de vertebrados.

02. O processo da evolução depende do ambiente no qual uma população vive e das variantes genéticas que surgem nessa população de maneira aleatória.

04. As semelhanças encontradas entre o golfinho e o tubarão indicam evolução convergente, pois esses animais são filogeneticamente distantes e apresentam adaptações semelhantes.

08. As principais evidências utilizadas pelos pesquisadores nos estudos sobre a evolução das espécies são o material fóssil e características de espécies atuais.

16. Em termos evolutivos, um organismo mais adaptado é aquele que sobrevive por mais tempo.

Soma das alternativas corretas:

06. (IFPE) Leia o TEXTO abaixo para responder esta questão.

RESISTÊNCIA DAS BACTÉRIAS AOS ANTIBIÓTICOS

Os antibióticos são compostos químicos de origem natural ou sintética (medicamentos), que atuam na falência de agentes patogênicos ao ser humano, ou também resultam na inibição do desenvolvimento dos mesmos, agindo seletivamente na população de micro-organismos, como, por exemplo, das bactérias. Contudo, algumas espécies podem manifestar resistência aos antimicrobianos, ocorrendo normalmente através de mutações que proporcionam a síntese de enzimas capazes de conferir a inativação de tais substâncias.

MORAES, Paula Louredo. Resistência das bactérias aos antibióticos. Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/biologia/resistencia-das-bacterias-aos-antibioticos.htm&gt;. Acesso em: 12 maio de 2018 (adaptado).

Assinale a alternativa que justifica corretamente a resistência das bactérias a antibióticos, de acordo com as teorias evolutivas de Darwin e/ou Lamarck.

a) De acordo com a Lei do Uso e do Desuso proposta por Lamarck, o uso de antibióticos seleciona as bactérias mais resistentes, eliminando as menos aptas e deixando, apenas, as bactérias que já são naturalmente resistentes.

b) De acordo com a teoria da Seleção Natural proposta por Charles Darwin, o uso de antibióticos seleciona as bactérias mais resistentes, eliminando as menos aptas e deixando, apenas, aquelas que já são naturalmente resistentes.

c) Segundo a teoria da Seleção Natural, de Darwin, e a Lei do Uso e do Desuso, de Lamarck, as bactérias desenvolveriam a resistência à medida que fossem entrando em contato com os antibióticos.

d) De acordo com as teorias evolucionistas de Lamarck e de Darwin todos os caracteres evolutivos adquiridos seriam passados aos descendentes.

e) Segundo Darwin, o uso de antibióticos deixaria as bactérias mais resistentes, pois elas desenvolveriam características que as fortalecessem.

07. Os conhecimentos genéticos foram associados aos pensamentos darwinianos na teoria moderna da evolução. Escreva V ou F conforme seja verdadeiro ou falso o que se afirma a seguir sobre essa teoria.

(    ) A mutação e a recombinação gênica, orientadas pela seleção natural, podem ser utilizadas para compreender o processo evolutivo.

(    ) Os conhecimentos genéticos são elucidativos quanto à diversidade biológica encontrada no planeta Terra.

(    ) A teoria moderna incorpora à seleção natural as explicações genéticas para explicar a origem da diversidade encontrada nas populações.

(   ) A seleção natural explica a origem das variações hereditárias enquanto a mutação e a recombinação gênica esclarecem sobre a permanência dessas variações na comunidade.

Está correta, de cima para baixo, a seguinte sequência:

a) V, F, V, F.

b) V, V, V, F.

c) F, V, F, V.

d) F, F, F, V.

08. (UEM) Considere as seguintes assertivas:

I. Todo órgão que funciona excessivamente se hipertrofia, e todo órgão que entra em desuso se atrofia, sendo tais alterações transmitidas aos descendentes.

II. Os ovos dos répteis protegem os embriões contra a dessecação porque têm a casca espessa.

III. O ambiente funciona como agente de seleção natural, atuando sobre a variabilidade da espécie.

IV. O ambiente é um estimulador de mudanças nos seres vivos, capaz de gerar novas necessidades e de desencadear a adaptação.

V. Mutações e recombinação gênica são duas importantes fontes de variabilidade entre indivíduos de uma mesma espécie.

Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. II está de acordo com o Neo-Darwinismo.

02. I está de acordo com Lamarck.

04. IV está de acordo com Darwin.

08. V está de acordo com Lamarck e com Darwin.

16. III está de acordo com Darwin.

Soma das alternativas corretas:

09. (UPE)Fala 1 – Admito que, eventualmente, possa ter causado algum mal. Acredito também que tenha salvado muitas vidas e, até, contribuído para o surgimento de muitas outras!

Fala 2 – Temos a responsabilidade de assegurar a estabilidade às futuras gerações! Encerro minha fala, pedindo a pena máxima!

Fala do Juiz – Passo a palavra à defesa.

Fala 3 – Se extinguirmos a Mutação, estaremos todos fadados à morte; seremos extintos, se, nas nossas descendências, não houver mais variabilidade genética.  É verdade que alguns serão, sim, eliminados; eu me encarregarei disso, se necessário, mas sem a mutação, não temos futuro. Ela não é mais culpada que os seres humanos, que soltam agentes mutagênicos o tempo todo no ambiente; eles estão por aí à solta, lesando o DNA e provocando a Mutação.  Peço, portanto, sua absolvição!

Leia as proposições a seguir.

I. A fala 1 compete à ré, Mutação, que se refere tanto às mutações deletérias quanto às vantajosas e neutras.

II. A fala 2 cabe ao promotor, gene TP53, que credita à Mutação apenas os efeitos deletérios.

III. A fala 3 pertence à advogada de defesa, Seleção Natural, que se encarregará de eliminar os menos adaptados em certo espaço de tempo, em um ambiente particular.

IV. O juiz passa a palavra à Mutação que destaca o papel dos agentes mutagênicos que causam as mutações espontâneas.

V. O promotor quer assegurar a estabilidade das gerações seguintes, extinguindo o papel da Seleção Natural que é responsável pela mistura de genes provenientes de indivíduos diferentes com reprodução sexuada, aumentando a variação genética.

Estão corretas:

a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) II, III e V.

d) II, IV e V.

e) III, IV e V.

10. (URCA) Sejam as afirmativas abaixo sobre as teorias evolutivas.

I. Lamarck foi o primeiro a propor uma hipótese consistente para explicar o mecanismo da evolução.

II. Uma ideia comum às teorias da evolução proposta por Darwin e por Lamarck é que a adaptação resulta da interação dos organismos e seus ambientes.

III. Charles Darwin e Alfred Wallace propuseram a seleção natural como mecanismo essencial para o processo evolutivo.

IV. Mutação, recombinação genética, migração e deriva genética correspondem aos principais fatores que atuam sobre o conjunto de genes de uma população utilizados para explicar os processos evolutivos, conforme define a teoria sintética da evolução.

Indique a opção correta.

a) Somente I é verdadeira.

b) Somente III é verdadeira.

c) Apenas III e IV são verdadeiras.

d) Apenas II e III são verdadeiras.

e) Apenas I, II e III são verdadeiras.

11. (UNITINS) A teoria evolucionista de Lamarck, conhecida como Lei do Uso e do Desuso, baseava-se sobretudo no fato de que:

a) a mutação é a principal causa da evolução.

b) as alterações estruturais dos órgãos, adquiridas pelas espécies durante sua vida e por influência ambiental, são transmitidas hereditariamente e assim se perpetuam ao longo das gerações.

c) as espécies novas se originam de formas ancestrais por meio do acúmulo de adaptações.

d) os sobreviventes de cada espécie são sempre os mais aptos.

e) as espécies não sofrem modificações desde a sua criação.

12. (UEA) A figura ilustra os embriões de quatro animais vertebrados.

A comparação entre a anatomia desses embriões:

a) refuta a ideia da evolução biológica dos seres vivos.

b) prova que os grupos animais citados surgiram por convergência adaptativa.

c) fortalece a teoria sobre a origem evolutiva dos cordados.

d) evidencia que as mutações genéticas são a principal fonte de variabilidade.

e) descarta as hipóteses atuais sobre a posição taxonômica dos seres humanos.

13. (UFAM) Das estruturas listadas a seguir, qual não apresenta homologia?

a) As asas de um morcego comparadas com o braço humano.

b) O cérebro de um golfinho comparado com o de uma orca.

c) A albumina humana comparada com a de um macaco.

d) As asas de um gafanhoto comparadas com as de um pombo.

e) A cauda de um cão comparada com a de um leão.

14. (FCMCSP) Na charge, Charles Darwin encontra-se com Gregor Mendel.A complementação entre as peças de quebra-cabeça sugere que os conhecimentos científicos de Mendel explicam:

a) a transmissão das características adquiridas entre indivíduos de uma mesma população.

b) a maneira como o uso frequente de determinados órgãos favorece a evolução das espécies.

c) o surgimento das variabilidades genotípicas e fenotípicas nas populações ao longo do tempo.

d) a forma de atuação da seleção natural sobre os diferentes genótipos em uma mesma espécie.

e) o aparecimento de mutações que adaptam diretamente os indivíduos ao meio em que vivem.

15. (UEPG) O surgimento de novas espécies é chamado especiação. Analise os itens abaixo e assinale o que for correto sobre alguns dos mecanismos relacionados com a especiação.

01. As barreiras ecológicas impedem a troca de genes (fluxo gênico) entre os indivíduos das populações por elas separadas. Assim, novas variabilidades genéticas surgidas em uma das populações não são transmitidas para a outra. Desta forma, vão acumulando diferenças nos grupos ao longo do tempo, podendo haver isolamento reprodutivo e o aparecimento de espécies distintas.

02. A ausência de fluxo gênico entre duas populações sempre significa que elas são de espécies diferentes. Caso as barreiras ecológicas deixem de existir e ocorra fluxo gênico com formação de descendentes férteis, as diferenças genéticas acumuladas entre as duas populações previamente isoladas geograficamente jamais podem ser compartilhadas e sempre serão duas espécies diferentes.

04. Mecanismos de isolamento reprodutivo não se referem apenas à esterilidade, visto que duas espécies podem viver na mesma área geográfica e não se cruzarem por fatores comportamentais, os quais impedem o fluxo gênico, não havendo assim relação com a esterilidade.

08. Muitas espécies de plantas foram originadas por meio de modificações genéticas que resultam em uma barreira reprodutiva dentro da própria população, sendo a poliploidia um exemplo de especiação.

Soma das alternativas corretas:

16. (FACULDADE ISRAELITA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ALBERT EINSTEIN) Duas espécies de raposas do Brasil, separadas há milhares de anos pela mata atlântica, estão cruzando entre si e produzindo filhotes híbridos, talvez porque a derrubada da maior parte da floresta tenha eliminado a principal barreira que existia entre elas. As raposas são a raposinha-do-campo (Lycalopex vetulus), típica do cerrado, e o graxaim-do-campo (Lycalopex gymnocercus), natural dos pampas gaúchos. Pesquisadores fizeram a primeira confirmação desse cruzamento ao analisarem dois animais classificados morfologicamente como L. vetulus, mas que apresentavam DNA mitocondrial de L. gymnocercus. A pesquisa prosseguiu analisando-se também o DNA nuclear das células de outros animais coletados. Seis raposinhas-do-campo tinham características de híbridos, inclusive a segunda geração (ou seja, netos do cruzamento original entre as duas espécies). Cinco delas tinham o DNA mitocondrial de graxaim e uma delas apresentou sinais de hibridização apenas no DNA nuclear. (Folha de S.Paulo, 05.04.2017. Adaptado.) Com base em conhecimentos sobre os mecanismos evolutivos e especiação, conclui-se que as duas espécies de Raposas:

a) passaram por um processo de convergência adaptativa que as levou ao isolamento reprodutivo e à especiação.

b) originaram-se de um grupo ancestral, mas o isolamento geográfico não as levou ao isolamento reprodutivo.

c) possuem isolamento reprodutivo pré-zigótico, mas não isolamento reprodutivo pós-zigótico.

d) passaram por um processo de especiação simpátrica durante o qual perderam o isolamento reprodutivo.

e) originaram-se por seleção artificial e por isso mantiveram suas características reprodutivas.

17. (IFNMG) Duas populações de corujas morfologicamente semelhantes e designadas por A e B vivem em ecossistemas vizinhos, porém, com características diferentes. Na área de transição entre esses ecossistemas tem alimento comum às duas populações podendo, ocasionalmente, ocorrer cruzamento entre membros das populações A e B com descendentes férteis. A partir da análise dessa situação, sugeriu-se as seguintes hipóteses:

I. As populações A e B são espécies diferentes.

II. As populações A e B podem estar em início de especiação alopátrica.

III. O DNA das populações A e B apresenta grande semelhança quanto às sequências de bases nitrogenadas.

IV. A descendência fértil é um indício que ainda não ocorreu isolamento reprodutivo entre A e B.

Em relação às hipóteses levantadas, pode-se considerar:

a) Apenas a alternativa II é viável.

b) Apenas a alternativa IV é viável

c) Apenas as alternativas II e III são viáveis.

d) Apenas as alternativas II, III e IV são viáveis.

18. (UEPG) Assinale o que for correto sobre os processos de evolução e os preceitos da seleção natural.

01. Em certas regiões da África, os indivíduos com anemia falciforme (homozigotos recessivos) possuem vantagem seletiva considerando-se a infecção por malária, e possuem alta taxa de sobrevivência em relação aos heterozigotos. O parasita que causa a malária não consegue invadir as hemácias em forma de foice dos portadores de anemia.

02. A origem de bicos dos pássaros tentilhões pode ser atribuída à seleção natural do tipo estabilizadora. As sementes pequenas selecionaram pássaros com bicos pequenos, já as sementes grandes selecionaram pássaros com um bico maior e mais resistente.

04. Em uma população de insetos, o emprego de inseticidas provoca o surgimento de indivíduos resistentes a ele, os quais não existiam antes de serem expostos ao produto. O número de insetos resistentes se reproduz e forma uma nova população.

08. Em uma população de insetos, o emprego de inseticidas por um período prolongado elimina os indivíduos sensíveis e os mutantes resistentes sobrevivem. Com o tempo, a frequência dos indivíduos resistentes aumenta.

16. O aparecimento na natureza de um novo gene que confere resistência a um antibiótico ocorre por mutação. Com o emprego de um antibiótico, as bactérias sensíveis morrem e as resistentes sobrevivem e aumentam em número.

Soma das alternativas corretas:

19. (IFSudeste-MG) O francês Jean-Baptiste de Lamarck (1744 – 1829) foi o primeiro naturalista a propor uma teoria alternativa à fixidez das espécies em seu trabalho Philosophie Zoologique (1809). Assinale a alternativa que reúne os argumentos do referido teórico.

a) A herança dos caracteres adquiridos e as mutações em células sexuais.

b) A seleção natural e a herança dos caracteres adquiridos.

c) A herança dos caracteres adquiridos e a herança mendeliana.

d) A seleção natural e a força interna das espécies.

e) A força interna das espécies e a herança dos caracteres adquiridos.

20. (PUC-RJ) A resistência aos antibióticos está alcançando níveis perigosamente altos em todas as partes do mundo. Novos mecanismos de resistência estão surgindo e se espalhando globalmente, ameaçando nossa capacidade de tratar doenças infecciosas comuns. Uma lista crescente de infecções – como pneumonia, tuberculose, envenenamento do sangue, gonorreia e doenças transmitidas por alimentos – está se tornando mais difícil, e algumas vezes impossível, de tratar, à medida que os antibióticos se tornam menos eficazes. Quando os antibióticos podem ser comprados para uso humano ou animal sem receita médica, o surgimento e a disseminação da resistência pioram. Da mesma forma, em países sem diretrizes de tratamento padrão, os antibióticos são muitas vezes prescritos em demasia pelos profissionais de saúde e veterinários e usados excessivamente pelo público. Sem uma ação urgente, estamos caminhando para uma era pós-antibiótica, na qual infecções comuns e ferimentos leves podem mais uma vez matar.

Disponível em:< http://www.who.int>. Organização Mundial de Saúde. Acesso em: 15 ago. 2018. Adaptado.

O aumento da ocorrência de bactérias resistentes a antibióticos está relacionado a qual força evolutiva?

a) Deriva genética.

b) Mutação.

c) Recombinação.

d) Seleção natural.

e) Migração.

Publicado por: Djalma Santos | 7 de agosto de 2019

TESTES DE ECOLOGIA (02)

01. (UVV) Em relação aos ciclos da matéria, podemos afirmar que, na natureza, os átomos de nitrogênio, hidrogênio, carbono e oxigênio não são criados, destruídos nem transformados uns nos outros. A matéria que constitui os componentes dos ecossistemas é constantemente reciclada. Ao contrário da energia que flui em um só sentido – luz do sol produtores consumidores de várias ordens – os nutrientes têm movimentos cíclicos no ecossistema, como ocorre com a água, o carbono, o nitrogênio, o cálcio, o potássio, o fósforo, o enxofre e alguns outros minerais. Fala-se, então, em fluxo de energia e ciclos biogeoquímicos. Nesses ciclos, a atividade dos decompositores é fundamental, uma vez que eles degradam os restos de animais e vegetais e devolvem ao solo, à água e ao ar os materiais que constituem esses restos e que poderão ser utilizados novamente. Considere seus conhecimentos sobre o assunto e assinale a resposta correta:

a) Devido ao seu metabolismo dependente da água, os seres vivos intervêm no ciclo da água. Parte da água ingerida pelos seres humanos e animais é devolvida ao ciclo pela respiração, transpiração, urina e pelas fezes.

b) A desnitrificação é um processo de respiração anaeróbica, ou seja, um processo análogo à respiração celular (aeróbica), em que ocorre a degradação de matéria inorgânica com absorção de energia pelas bactérias desnitrificantes.

c) O “carbono orgânico” é incorporado pelos herbívoros por meio das cadeias alimentares e, posteriormente, transferido aos outros consumidores da comunidade. Todos esses organismos, ao respirar, assimilam gás carbônico do ar ou da água.

d) O ar atmosférico tem 78% de nitrogênio molecular na sua composição, representando um imenso reservatório desse gás. Assim, a maior parte dos seres vivos é capaz de utilizar diretamente o nitrogênio do ar e incorporá-lo às moléculas biológicas.

e) As bactérias nitrificantes são organismos autótrofos quimiossintetizantes e aeróbios. Isso significa que são capazes de sintetizar substâncias inorgânicas a partir de matérias-primas simples, em um processo análogo à fotossíntese, realizada pelos organismos clorofilados.

02. (UFJF) A crescente atividade de pecuária extensiva tem ocasionado a destruição da vegetação nativa e sua substituição por pastagens de capins exóticos, aumentando cada vez mais o desgaste e a degradação dos solos no Brasil. Um dos motivos da degradação é a remoção de plantas leguminosas nativas que possuem bactérias fixadoras de um elemento de um dos mais importantes ciclos biogeoquímicos, tratando-se, no caso, do ciclo do:

a) Ozônio.

b) Nitrogênio.

c) Fósforo.

d) Carbono.

e) Oxigênio.

03. (UCS) O aquecimento global e o aumento na geração de gases do efeito estufa estão emergindo rapidamente como uma ameaça universal à integridade ecológica, destacando a necessidade urgente de uma melhor compreensão do impacto da exposição ao calor e ao excesso de CO2 na resiliência dos ecossistemas e dos seres vivos que dependem deles.

Fonte: IPCC. Climate Change 2014: Impacts, Adaptation, and Vulnerability (eds Field, C. B. et al.). Cambridge Univ., Cambridge, 2014. (Adaptado.)

Em relação ao aquecimento global, aos gases do efeito estufa, e às consequências para os diferentes ecossistemas, é correto afirmar que:

a) o monóxido de carbono (CO), produzido principalmente pelo trato digestório de ruminantes, se incorpora à atmosfera e acentua o efeito estufa.

b) o aumento na quantidade de CO2 na atmosfera gera também um aumento na quantidade de CO2 dissolvido na água, podendo aumentar o pH dos oceanos e prejudicar o processo de calcificação de conchas de moluscos.

c) o aumento do nível dos oceanos, devido ao derretimento do gelo polar, prejudica o processo de quimiossíntese realizado pelas clorofíceas, algas unicelulares que vivem em simbiose com algumas espécies de corais.

d) o derretimento do gelo antártico faz com que os ursos polares, habitantes desse ecossistema, tenham de percorrer maiores distâncias atrás de alimento.

e) a elevação do nível dos oceanos também pode prejudicar espécies em que parte do seu processo reprodutivo ocorre nas praias, como é o caso das tartarugas marinhas.

04. (UNIVAG) A eutrofização de lagos e açudes ocorre em função ­________, o que provoca a proliferação de algas protistas e de cianobactérias, prejudicando _______ e _______. Tal condição eleva a quantidade de ­_______ e de organismos aeróbios decompositores, o que, por sua vez, reduz drasticamente ______. Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do texto.

a) do excesso de nutrientes – a troca de gases com a atmosfera – a penetração da luz no lago – matéria orgânica morta – a quantidade de gás oxigênio dissolvido

b) da extinção de organismos filtradores – a oxigenação da água – a produção de matéria orgânica – nutrientes minerais – a penetração da luz no lago

c) da baixa oxigenação da água – o processo de fotossíntese – a produção de gás oxigênio – gás carbônico dissolvido – a diversidade local

d) do aumento da demanda bioquímica de gás oxigênio – a produção de matéria orgânica – o processo de fotossíntese – vegetação submersa – a disponibilidade de nutrientes

e) da escassez de luminosidade – a oferta de alimento – o processo de fotossíntese – gás carbônico dissolvido – a demanda bioquímica do gás oxigênio

05. (URCA) A tirinha a seguir apresenta um exemplo de cadeia alimentar:

A respeito da cadeia alimentar descrita por Miguelito a Mafalda, pode-se afirmar que:

a) A cada nível trófico, grande quantidade de energia é perdida juntamente com os excretas, as fezes e, principalmente, devido à liberação de calor para o ambiente por meio da respiração celular.

b) A energia, perdida na forma de calor, torna-se assimilável pelo nível trófico seguinte, em virtude da liberação de calor e aumento do nível trófico.

c) Quanto mais curta for uma cadeia alimentar, menor será a quantidade de energia disponível para os níveis tróficos mais elevados.

d) A maior quantidade de energia, ao longo do tempo, nos ecossistemas terrestres, está disponível no nível trófico dos consumidores.

e) A energia e a matéria são conservadas ao longo da cadeia alimentar, e seus valores são equivalentes em cada um dos níveis tróficos representados, independentemente da quantidade de níveis tróficos.

06. (UEM) Um ecossistema de água doce recebe poluentes orgânicos e metais pesados produzidos por diferentes atividades humanas, com sérias consequências ambientais, demonstrando a interferência humana na natureza. Com base no exposto, assinale o que for correto.

01. O excesso de matéria orgânica na água causa proliferação exagerada de bactérias aeróbias e, consequentemente, grande mortalidade de peixes.

02. O mercúrio descartado na água se acumula no corpo dos organismos ao longo das cadeias alimentares, podendo causar sérios danos ao sistema nervoso dos humanos.

04. Nesse ambiente, os peixes podem morrer por eutrofização, por intoxicação ou por envenenamento.

08. Em um ambiente de água sem movimento e, consequentemente, pobre em plâncton e em nécton, os poluentes descartados teriam pouca influência ambiental.

16. O rio Doce, afetado pelo desastre de Mariana (MG), exemplifica a interferência humana na natureza descrita no comando da questão.

Soma das alternativas corretas:

07. (FCMCSP) A figura mostra duas pirâmides ecológicas de número que representam cadeias alimentares de uma mesma teia alimentar.A extinção da espécie X provocará aumento do número de indivíduos das espécies:

a) K e Z.

b) W e Y.

c) W e Z.

d) K e W.

e) Y e K.

08. (FAMERP) Após uma lagoa ter sido contaminada por chumbo, um ecólogo analisou alguns seres vivos que faziam parte da cadeia alimentar desse local.

algas  →     crustáceos  → peixes carnívoros

A concentração de chumbo e a energia acumulada em cada nível trófico foram analisadas ao longo dessa cadeia alimentar. As informações obtidas pela análise foram indicadas em uma pirâmide, em que a largura de cada retângulo representava a quantidade de energia e os pontos pretos representavam a concentração de chumbo acumulada em cada nível trófico. Assinale a alternativa que melhor representa a pirâmide obtida pelo ecólogo.09. (FACULDADE ISRAELITA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ALBERT EINSTEIN) Um garoto montou dois ecossistemas em recipientes fechados, ambos com terra úmida e um pequeno pé de alface. Em um deles foram colocadas também algumas lesmas e no outro, algumas minhocas. Os recipientes foram mantidos em ambientes com temperatura, umidade e luminosidade adequadas à sua manutenção. Depois de algumas semanas, verificou-se que o pé de alface:

a) foi beneficiado no ecossistema com lesmas e prejudicado no ecossistema com minhocas.

b) foi beneficiado pelos animais nos dois ecossistemas.

c) foi prejudicado pelos animais nos dois ecossistemas.

d) foi beneficiado no ecossistema com minhocas e prejudicado no ecossistema com lesmas.

e) não foi impactado pela presença dos animais em nenhum dos ecossistemas.

10. (FPS) Utilizando-se de conceitos ecológicos, o diagrama abaixo ilustra resumidamente interações que constituem:a) Um ecossistema.

b) Uma população.

c) A biosfera.

d) O meio ambiente.

e) Uma comunidade.

11. (UPE) Pinus ssp é uma espécie exótica utilizada no Brasil, em culturas monoespecíficas, para fins comerciais. Sua madeira é amplamente usada para produção de carvão, resina, serraria, móveis, dentre outros. Quando a cultura é abandonada ou o manejo se faz tardiamente, formam-se sub-bosques pobres em espécies nativas (ver figura), uma vez que as folhas de Pinus ssp podem inibir o crescimento dessas espécies.Fonte: http://gazetarural.com/2017/10/17/plantar-uma-floresta-nocentro-de-portugal-para-compensar-web-summit/

A relação ecológica que define corretamente a afirmação acima está indicada na alternativa:

a) Amensalismo.

b) Predatismo.

c) Inquilinismo.

d) Comensalismo.

e) Parasitismo.

12. (UECE) Estima-se que existam 1 milhão e 500 mil espécies de fungos. Essa estimativa coloca os fungos como o segundo maior grupo de organismos vivos: o primeiro, em termos de número de espécies, é o grupo dos insetos. Considerando as associações simbióticas que têm a participação de fungos, assinale a afirmação verdadeira.

a) Comensalismo é um tipo de associação mutualística entre fungos e algas, na qual as algas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para a sua sobrevivência.

b) Líquen é um tipo de associação mutualística entre fungos e raízes de plantas, na qual as plantas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para sua sobrevivência.

c) Rizobium é um tipo de associação mutualística entre fungos e raízes de plantas leguminosas, na qual as plantas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para a sua sobrevivência.

d) Micorriza é um tipo de associação mutualística entre fungos e raízes de plantas, na qual as plantas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para a sua sobrevivência.

13. (UNITINS) A utilização de leguminosas é recomendada para a recuperação de áreas degradadas, pois algumas espécies dessas plantas são capazes de se associarem a determinadas bactérias, permitindo que elas possam:

a) corrigir a acidez do solo e aumentar o tamanho das raízes.

b) aumentar a absorção de manganês e de cálcio.

c) utilizar o N2 atmosférico, a partir da sua redução a NH2, e incorporá-lo à biomassa vegetal.

d) suprir a planta com fosfato e outros minerais absorvidos do solo.

e) reduzir a perda de água e aumentar a fotorrespiração.

14. (UEA) As cobras corais verdadeiras são consideradas um caso de aposematismo, em que um padrão de cores bastante chamativo atua como sinalização de alerta para eventuais predadores sobre a condição peçonhenta do animal. Já as cobras corais falsas não são peçonhentas, por isso seu padrão de cores, muito semelhante ao das corais verdadeiras, é uma adaptação classificada como:

a) camuflagem de um genótipo evoluído.

b) competição pelo mesmo nicho ecológico.

c) mimetismo de um fenótipo vantajoso.

d) parasitismo entre serpentes de grupos diferentes.

e) inquilinismo com relação ao mesmo hábitat.

15. (UFAM) A capacidade que uma população encontra para expandir seu número de indivíduos em condições ambientais ideais é considerada:

a) sucessão ecológica.

b) potencial biótico.

c) crescimento populacional relativo.

d) taxa populacional.

e) densidade populacional.

16. (UEM) Nos últimos dez anos, o Brasil registrou um prejuízo de cerca de 27 bilhões de dólares na produção de soja apenas em dois dos mais importantes estados produtores de oleaginosas: Rio Grande do Sul e Paraná, por deixarem de produzir mais de 55 milhões de toneladas. O motivo foi a falta de água para que as plantas pudessem se desenvolver plenamente. Por isso, pesquisadores especialistas em ecofisiologia vegetal da Embrapa Soja (Londrina, PR) estão em busca de uma planta capaz de resistir às intempéries do clima que podem se repetir com mais severidade nos próximos anos.

(https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/2271249/umasojaparaenfrentaraseca, acessado em 15/04/2015).

Sobre o assunto, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Por meio de técnicas de manipulação do DNA os pesquisadores introduziram um gene Y de outra planta na soja tornando-a mais tolerante à seca. Essa técnica é denominada clonagem.

02. A engenharia genética constitui o ramo da Biologia que estuda o melhoramento vegetal.

04. Sem as condições ambientais favoráveis (disponibilidade de água, temperatura e luminosidade), a semente não germina e fica em estado de dormência.

08. Diferentes variedades de soja podem ser obtidas com a utilização de outros genes, por meio da reprodução assexuada.

16. A água é indispensável às plantas, pois atua como solvente permitindo que gases, minerais e outros componentes entrem nas células e circulem pela planta, e tem papel importante na manutenção e na condução de calor.

Soma das alternativas corretas:

17. (PUC-SP) As plantas “carnívoras” também são fotossintetizantes, como as demais plantas. Entretanto, em virtude da pobreza de nutrientes do solo onde crescem, necessitam obter nitrogênio e fósforo a partir de suas presas, que podem ser protozoários, pequenos artrópodes e, dependendo da espécie, até mesmo pequenos vertebrados. Sendo assim, é correto afirmar que esses nutrientes, obtidos a partir da captura de animais, serão úteis para a formação de biomoléculas tais como:

a) Monossacarídeos.

b) Polissacarídeos.

c) Lipídeos.

d) Ácidos nucleicos.

18. (PUC-RJ) Qual é o resultado esperado quando duas espécies apresentam habitats e nichos idênticos?

I. Uma das espécies será localmente extinta em função do maior sucesso reprodutivo dos competidores mais eficientes.

II. Ambas as espécies não alterarão seu tamanho populacional.

III. As duas espécies não irão se reproduzir até que uma delas deixe o habitat. Assinale a alternativa que contém afirmativas corretas:

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas I e III.

d) apenas II e III.

e) I, II e III.

19. (PUC-SP)Aquaponia é o nome dado a um sistema de produção que combina aquicultura e hidroponia. Basicamente, consiste em um cultivo orgânico de vegetais, associado à criação de peixes. Após alimentados com ração, os peixes liberam dejetos, os quais são bombeados, imersos na água, para o ambiente de cultivo dos vegetais. Os dejetos são retidos pelas raízes e a água, então purificada, retorna por gravidade ao tanque de criação dos peixes, como ilustrado na figura acima. A respeito do sistema aquapônico, é possível afirmar que:

a) Dispensa a atuação de organismos decompositores.

b) Pode ser instalado em ambiente sem iluminação alguma.

c) Os peixes atuam como consumidores primários.

d) A ração é fonte de nutrientes para vegetais e peixes.

20. (UVV) A ecologia estuda, fundamentalmente, os níveis acima de organismo, direcionando a atenção para as relações dos seres vivos entre si e com o ambiente do qual fazem parte. Segundo o médico alemão Ernst Haeckel (1834-1919), a palavra ecologia designa o conjunto de conhecimentos relacionados com a economia da natureza – a investigação de todas as relações entre o ser vivo e seu ambiente orgânico e inorgânico, incluindo suas relações, favoráveis ou não, com plantas, animais e outros organismos que tenham, com ele, contato direto ou indireto. Ecologia é o estudo das complexas inter-relações chamadas por Charles Darwin de “condições da luta pela vida”. Para o ecólogo inglês Charles Elton (1900-1991), a Ecologia é uma “história natural científica”. Frederic E. Clements (1874-1945) considera a Ecologia “a ciência da comunidade”, enquanto para o ecólogo contemporâneo Eugene Odum (1913-2002), a Ecologia é o estudo da “estrutura e função da natureza”.

Silva Jr., C., S. Sasson & N. Caldini-Jr. 2015. Biologia. Volume Único, 6. ed. São Paulo: Saraiva. Adaptado.

Considerando os níveis de organização em Ecologia, podemos afirmar que:

a) a biosfera é o conjunto de espécies do planeta.

b) quando consideramos a comunidade junto com todos os fatores não biológicos do meio, temos o ecossistema.

c) população é um grupo de organismos de diferentes espécies que vivem em determinada área no mesmo intervalo de tempo.

d) comunidade é o conjunto de indivíduos da mesma espécie vivendo em determinada área e no mesmo intervalo de tempo.

e) as populações e as comunidades estão subordinadas a mecanismos homeostáticos que controlam e mantêm vários tipos de equilíbrio na natureza, mas os ecossistemas operam sem os mecanismos homeostáticos.

 

Publicado por: Djalma Santos | 7 de agosto de 2019

TESTES DE GENÉTICA MOLECULAR (15)

01. (IFPE) Assinale a alternativa que indica corretamente as diferenças existentes entre as moléculas de DNA e RNA.

a) O nucleotídeo que compõe a molécula do DNA possui a pentose desoxirribose e as bases nitrogenadas Timina, Citosina, Guanina e Adenina; enquanto que nucleotídeo que compõe a molécula de RNA possui a pentose ribose e as bases nitrogenadas Uracila, Citosina, Guanina e Adenina.

b) O nucleotídeo que compõe a molécula de DNA possui a pentose ribose e as bases nitrogenadas Timina, Citosina, Guanina e Adenina; enquanto que o nucleotídeo que compõe a molécula de RNA possui a pentose desoxirribose e as bases nitrogenadas Uracila, Citosina, Guanina e Adenina.

c) O DNA e o RNA são formados por dois filamentos de nucleotídeos unidos entre si por pontes de hidrogênio.

d) As bases púricas da molécula de DNA são a Adenina e a Guanina, enquanto que as púricas do RNA são a Citosina e a Uracila.

e) O DNA é encontrado apenas no núcleo da célula; enquanto que o RNA é encontrado no núcleo, no citoplasma e no interior de mitocôndrias e cloroplastos.

02. (UEA) A análise bioquímica de um trecho de uma molécula de DNA de uma bactéria revelou a presença de 33% de nucleotídeos constituídos pela base nitrogenada timina. A partir dessa informação, o responsável pela análise concluiu que as porcentagens de nucleotídeos constituídos pelas bases nitrogenadas:

a) adenina e citosina são, respectivamente, de 33% e 17%.

b) uracila e adenina são, ambas, de 33%.

c) guanina e uracila são, respectivamente, de 17% e 33%.

d) uracila e guanina são, ambas, de 33%.

e) citosina e guanina são, respectivamente, de 17% e 33%.

03. (UFT) A estrutura da molécula de DNA proposta por Watson e Crick foi bem aceita porque, além de ser coerente com as propriedades físicas e químicas da molécula, também explicava como ela se duplica. Quanto à duplicação do DNA, assinale a afirmativa incorreta:

a) síntese de DNA é catalisada por uma enzima chamada RNA-polimerase, que orienta o emparelhamento de nucleotídeos livres à fita-molde.

b) pontes de hidrogênio entre as bases nitrogenadas são rompidas e as duas cadeias de uma molécula de DNA separam-se.

c) nucleotídeos livres existentes na célula encaixam-se nas fitas de forma complementar (adenina com timina e citosina com guanina).

d) cada molécula resultante da duplicação conserva uma das cadeias originais da “molécula-mãe” e tem uma cadeia nova, complementar à que serviu de molde.

04. (FCMCSP) Na figura, a seta indica uma estrutura proteica tubular que une duas bactérias.Esta estrutura tubular permite às bactérias:

a) constituir aglomerados coloniais.

b) inibir o crescimento de outra célula.

c) aumentar a variabilidade genética.

d) extrair nutrientes de outra bactéria.

e) realizar a reprodução assexuada.

05. (PUC-CAMPINAS)

Atenção: Para responder esta questão considere o texto apresentado abaixo.

A pelagem das preguiças parece ser realmente um bom meio de cultura de algas. Tem estrias e fissuras e, ao contrário do pelo de outros mamíferos, absorve água. Além de fornecer um despiste cromático para os mamíferos, as algas talvez sejam uma pequena fonte extra de nutrientes que seriam absorvidos por difusão pela pele das preguiças. Outras hipóteses ainda não testadas têm sido propostas para explicar essa estreita ligação entre algas e preguiças. As algas poderiam, por exemplo, produzir substâncias que deixariam os pelos com a textura mais apropriada para o crescimento de bactérias benéficas. Ou ainda produzir certos tipos de aminoácidos que absorveriam raios ultravioleta, ou seja, atuariam como protetores solares para as preguiças.

(Adaptado: Revista Pesquisa Fapesp, junho de 2010, p. 61)

O uso de protetor solar é um importante aliado contra o câncer de pele. Isso porque, os raios UV presentes na luz solar são agentes mutagênicos e podem causar alterações permanentes na estrutura e fisiologia das células. A respeito das mutações causadas por raios UV nas células da pele é correto afirmar que:

a) Podem ser transmitidas aos descendentes através da reprodução.

b) Contribuem para o aumento da variabilidade genética e para a evolução.

c) Alteram aminoácidos e, consequentemente, interferem na síntese proteica.

d) Modificam o DNA, o que pode levar a alterações nas proteínas celulares.

e) Alteram o processo de tradução e com isso modificam os RNAs mensageiros.

06. (FACULDADE ISRAELITA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ALBERT EINSTEIN) Um biólogo identificou a sequência das 369 bases nitrogenadas de uma molécula de RNA mensageiro (RNAm) maduro e funcional, transcrito a partir de um gene que apresentava íntrons e éxons. De acordo com essas informações, é possível concluir que o segmento de DNA a partir do qual o RNAm foi transcrito tem ______ número de bases que aquele que tem o RNAm funcional. Após sua síntese, esse RNAm associou-se a um ______ , que orientou a síntese de uma cadeia polipeptídica com ______ aminoácidos. As lacunas do texto devem ser preenchidas por:

a) maior – nucléolo – 369.

b) maior – ribossomo – 123.

c) menor – nucléolo – 369.

d) o mesmo – ribossomo – 123.

e) o mesmo – nucléolo – 124.

07. (UNITAU) O culto aos padrões estéticos da magreza e dos músculos definidos tem estimulado cada vez mais a utilização dos suplementos proteicos, como os “shakes”, que são consumidos no pós-treino. As vantagens desse consumo vão desde a reconstrução e o aumento de massa muscular ao aumento de energia, além de apresentar ação antioxidante. Porém, o consumo dos suplementos deve ser feito sob a supervisão de profissionais médicos e nutricionistas, uma vez que podem ocorrer efeitos não desejados, como sobrecarga hepática e renal, ou mesmo o aumento do tecido adiposo, pelo excesso de proteínas que, sem uso pelo corpo, será transformada em gordura, sendo estocada. Portanto, conhecer a estrutura e o funcionamento das proteínas, na atualidade, tem se tornado uma questão de saúde.

Em relação às proteínas, leia as afirmativas a seguir.

I. Aminoácido é a unidade básica das proteínas e sua estrutura molecular é composta por um carbono central, que se liga a um hidrogênio, a um grupo carboxila, a um grupo amina e a um radical “R”.

II. Proteínas realizam muitas tarefas nas células e podem atuar como enzimas, ou hormônios, ou moléculas estruturais, ou anticorpos.

III. Transcrição é o processo pelo qual a mensagem em código presente no RNA mensageiro é lida, resultando na formação da cadeia de polipeptídeos, uma proteína.

Está correto o que se afirma em:

a) I, II e III, apenas.

b) I e II, apenas.

c) I e III, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, apenas.

08. (UNVESP) O esquema representa uma propriedade da molécula de DNA que ocorre no interior de uma célula epitelial.

A propriedade é denominada:

a) mutação cromossômica.

b) transcrição reversa.

c) tradução.

d) replicação semiconservativa.

e) inversão paracêntrica.

09. (UFJF) Os antibióticos são de extrema importância na medicina para tratamento de muitas doenças causadas por bactérias. Um desses antibióticos, a tetraciclina, impede que o aminoacil-RNAt se ligue ao sítio A do ribossomo. Assim sendo, essa classe de antibiótico é eficaz porque:

a) impede a transcrição gênica.

b) modifica o código genético.

c) destrói a membrana plasmática.

d) impede a síntese de proteínas.

e) provoca mutações gênicas.

10. (IFRR) Analisando os filamentos de parte de uma molécula de DNA, percebeu – se a presença de 100 bases nitrogenadas e entre elas 10 Adeninas. Com base nestas informações, marque a alternativa abaixo que contenha a quantidade esperada de pontes de hidrogênio presentes no referido ácido nucleico?

a) 140.

b) 20.

c) 120.

d) 100.

e) 10.

11. (MACKENZIE) Considere que, em uma das cadeias polinucleotídicas de certa molécula de DNA, existam 40 adeninas e 80 timinas e que, na cadeia complementar, existam 30 citosinas e 50 guaninas. Espera-se, portanto, que o número total de ligações de hidrogênio (pontes de hidrogênio) existentes entre as duas cadeias que formam essa molécula de DNA seja de:

a) 200.

b) 400.

c) 480.

d) 520.

e) 600.

12. (UNIT)

O quadro acima apresenta a interpretação do código genético, como resultado de uma série de experimentos iniciados por Niremberg, em 1963. A partir dessas informações, é correto afirmar:

a) Um gene que tenha a seguinte sequência de base CCCCCCCCCCCC transcrita proporciona a síntese de uma proteína com apenas prolina em sua constituição.

b) As diferenças que há entre os indivíduos correspondem a diferentes significados para um mesmo códon.

c) Mutações são fatores que podem proporcionar alterações no código genético.

d) A leucina pode ser transportada por diferentes RNAs transportadores.

e) O AUG é o primeiro aminoácido de uma proteína recém-sintetizada.

13. (UEMA) O código genético é um sistema de informações bioquímicas que permite a produção de proteínas, as quais determinam a estrutura das células e controlam todos os processos metabólicos. Marque a alternativa correta em que se encontra a estrutura do código genético.

a) Uma sequência aleatória de bases nitrogenadas A, C, T, G.

b) Uma sequência de trincas de bases do DNA indica uma sequência de nucleotídeos que devem se unir para formar uma proteína.

c) Uma sequência de trincas de bases do RNA indica uma sequência de aminoácidos que devem se unir para formar uma proteína.

d) Uma sequência aleatória de bases nitrogenadas A, C, U, G.

e) Uma sequência de trincas de bases do DNA indica uma sequência de aminoácidos que devem se unir para formar uma proteína.

14. (PUC-RJ) Considere a sequência de bases nitrogenadas do RNA mensageiro de um gene que codifica uma determinada proteína. A alteração de um único nucleotídeo, conhecida por SNP (Single Nucleotide Polymorphism), gera uma proteína mutante, relacionada a uma doença metabólica. Em destaque, estão o sítio de início da tradução (sublinhado) e a base alterada (sublinhada e indicada com uma seta).Com base no quadro do código genético, os aminoácidos correspondentes aos códons que contêm as bases indicadas nas sequências sem mutação e com mutação, respectivamente, são os seguintes:

a) Glicina e Alanina.

b) Glicina e Valina.

c) Alanina e Glicina.

d) Valina e Glicina.

e) Alanina e Valina.

15. (UEA) Durante o processo de duplicação da molécula de DNA podem ocorrer pequenas falhas que geram cópias mutantes da fita original, como ilustra a figura a seguir:Tais mutações são transmitidas aos descendentes quando ocorrem:

a) nas células sanguíneas, independentemente de serem prejudiciais ou benéficas.

b) nas células musculares, caso sejam benéficas.

c) nas células uterinas, caso sejam prejudiciais.

d) nas células epiteliais, independentemente de serem prejudiciais ou benéficas.

e) nas células germinativas, independentemente de serem prejudiciais ou benéficas.

16. (PUC-PR) Leia o excerto que segue.

Ação dos antibióticos

Alguns antibióticos impedem que a célula bacteriana cresça, inibindo a síntese do RNA. Por exemplo, a rifampicina inibe a iniciação da transcrição ligando-se à subunidade beta da RNA-polimerase procariótica, interferindo assim com a formação da primeira ligação fosfodiéster. A rifampicina é útil no tratamento da tuberculose.

Fonte: (CHAMPE; FERRIER; HARVEY,2009, p.421).

A rifampicina é administrada a pacientes com tuberculose, mas não afeta esses pacientes. Isso se deve a:

a) não ligação da RNA-polimerase das células eucarióticas à rifampicina.

b) ligação fosfodiéster inversa nas células eucariotas (3’→ 5’) comparadas às procariotas (5’→ 3’).

c) especificidade da rifampicina à ligação fosfodiéster que é exclusiva de células procariotas.

d) presença de catalases nas células eucariotas que destroem o antibiótico.

e) atividade metabólica respiratória restrita às células eucariotas animais.

17. (UNIOESTE.) Em uma das fitas de DNA de uma espécie de vírus encontram-se 90 Adeninas e 130 Citosinas. Sabendo-se ainda que nessa fita ocorre um total de 200 bases púricas e 200 bases pirimidinas, assinale a alternativa correta.

a) Na dupla fita de DNA ocorrem 180 Adeninas.

b) Na dupla fita de DNA ocorrem 140 Guaninas.

c) Na fita complementar ocorrem 300 bases púricas e 100 bases pirimidinas.

d) Na fita complementar ocorrem 70 Adeninas e 110 Citosinas.

e) Não é possível determinar a composição de bases nitrogenadas da fita complementar.

18. (UDESC) Um determinado segmento de DNA apresenta a seguinte sequência de nucleotídeos:

I. G – C – A – U – U – A – G – C – C – G – A – U

II. A – U – C – G – G – C – U – A – A – U – G – C

III. U – A – G – C – C – G – A – U – U – A – C – G

IV. C – G – U – A – A – U – C – G – G – C – U – A

Desconhecendo-se o lado sense (codificante) do DNA, indique a alternativa na qual são apontados, no sentido de sua tradução, os dois segmentos de RNA mensageiro possíveis de serem formados.

a) Somente as sequências indicadas em III e IV podem ser formadas.

b) Somente as sequências indicadas em II e III podem ser formadas.

c) Somente a sequência indicada em II pode ser formada.

d) Somente a sequência indicada em I pode ser formada.

e) Somente as sequências indicadas em I e II podem ser formadas.

19. (UNISSINOS) Mutações genéticas podem ocorrer devido a diversos fatores e provocam variações no conjunto de genes de uma população. Assinale V nas afirmações verdadeiras ou F nas falsas, sobre as mutações genéticas.

( ) Mutações resultam da tentativa de os seres vivos se adaptarem-se às mudanças do ambiente onde vivem.

( ) As mutações podem ser favoráveis ou desfavoráveis às espécies.

( ) As mutações podem ocorrer tanto em células somáticas quanto em células germinativas.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) F – F – V.

b) V – F – V.

c) V – F – F.

d) F – V – F.

e) F – V – V.

20. (UEPG) Uma dada fita de DNA apresenta a seguinte sequência de bases nitrogenadas: TACGGACTA, onde A: adenina, T: timina, G: guanina, C: citosina. Suponha que a síntese de uma proteína possa ser sintetizada sem a necessidade de um código de iniciação ou de término de cadeia. Analise as alternativas e assinale o que for correto.

01. Sabendo-se que o DNA é uma molécula dupla fita, a sequência de bases complementares à fita dada seria: ATGCCTGAT.

02. A transcrição desta sequência de DNA resultaria no seguinte RNA mensageiro: AUGCCUGAU.

04. A tradução desta fita de DNA resultaria na seguinte sequência de RNA mensageiro: ATGCCTGAT.

08. Para a síntese de uma proteína, o RNA ribossomal presente nos ribossomos deve ser lido em trincas de nucleotídeos, também chamados de anticódons. Os anticódons são complementares aos códons presentes nos RNAs transportadores.

16. A sequência de nucleotídeos complementar à dada fita de DNA seria a seguinte: AUGCCUGAU.

Soma das alternativas corretas:

21. (UNIT)

AB = 20   AC = 10   AD = 4   BC = 30   BD = 24   CD = 6

Observando-se a lista com as distâncias, em morganídeos, entre quatro genes em linkage, conclui-se que a sequência desses genes no cromossomo é:

a) ABCD.

b) BADC.

c) BACD.

d) CDBA.

e) CABD.

22. (IFRR) A transcrição é um processo em que um filamento de DNA origina a molécula de RNA, sendo assim, marque a alternativa correta que representa o produto final de uma transcrição utilizando o filamento de DNA a seguir: TACACATTACGAGTAC.

a) TACACATTACGAGTAC.

b) AUGUGUAAACGAGUAC.

c) ATGTGUAATGCTCATG.

d) AUGUGUAAUGCUCAUG.

e) CAUCAGCUAUAGUCAU.

23. (UEA) Nas moléculas de RNA mensageiro, a combinação em trincas dos nucleotídeos contendo as bases nitrogenadas adenina, uracila, guanina e citosina forma um códon, que pode codificar um aminoácido. De acordo com essas informações e considerando o código genético, conclui-se que:

a) existe a mesma quantidade de códons e aminoácidos.

b) um códon é formado por três aminoácidos.

c) existem 64 códons diferentes.

d) o mesmo códon codifica vários aminoácidos diferentes.

e) existem mais aminoácidos do que códons.

24. (PUC-PR) Os genes são constituídos de DNA e carregam informações biológicas que devem ser transmitidas de uma célula a outra, durante a divisão celular, ou de um organismo a outro, durante a reprodução. Nas células vivas, essas informações são repassadas na forma de moléculas de RNA que participam da síntese de proteínas, as moléculas determinantes das propriedades estruturais e fisiológicas de um organismo.

Griffiths, Anthony J. F., Miller, Jeffrey h., Suzuki, David T., Lewontin, Richard C., Gelbart, Willian M. Introdução à Genética. 7ª ed.  Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

Sobre os ácidos nucleicos e os fenômenos biológicos relacionados a eles, assinale a alternativa correta.

a) Os nucleotídeos constituintes de cada uma das cadeias do DNA estão unidos entre si por ligações de hidrogênio.

b) Os rRNAs (RNAs ribossômicos) e os tRNAs (RNAs transportadores) são produtos dos genes.

c) A transcrição das informações dos genes eucarióticos ocorre no citoplasma.

d) As bases púricas de uma das fitas do DNA pareiam com as outras bases púricas da fita complementar.

e) Na tradução, os nucleotídeos serão unidos entre si para a polimerização da cadeia proteica realizada pelos ribossomos.

25. (UEA) Uma molécula de DNA, contida no núcleo de uma célula humana, tem forma de dupla hélice e é fundamental para o controle genético e reprodução celular. Nessa molécula, o número de nucleotídeos ­______ sempre será idêntico ao número de nucleotídeos ______ . Do mesmo modo, o número de nucleotídeos  ______  é sempre igual ao número de nucleotídeos  ______ .

As lacunas do texto são preenchidas, respectivamente, por:

a) adenina – citosina – uracila – timina.

b) adenina – guanina – citosina – timina.

c) citosina – guanina – uracila – adenina.

d) adenina – timina – citosina – guanina.

e) citosina – adenina – guanina – uracila.

26. (ACAFE) O esquema a seguir representa o Dogma Central da Biologia Molecular, indicando o fluxo de informações do código genético.De acordo com o esquema e dos conhecimentos relacionados ao tema, analise as afirmações a seguir.

I. O processo indicado em I ocorre na subfase S e é denominado replicação semiconservativa. Nesse processo, a incorporação de um novo nucleotídeo à cadeia de DNA requer energia, que é fornecida pelo próprio nucleotídeo através da quebra das ligações entre os fosfatos.

II. Em II, está representada a transcrição, processo de formação de uma molécula de RNA a partir de uma molécula molde de DNA. Nesse processo, as fitas do DNA se separam e uma serve de molde para o RNA enquanto a outra fica inativa. Ao fim da transcrição as fitas de DNA que foram separadas voltam a se unir.

Ill.Tradução é o nome que se dá ao processo indicado por III. Nesse processo, os ribossomos irão percorrer e ler os códons presentes em uma molécula de RNAm, sintetizando uma proteína. Dessa forma, toda alteração na sequência de bases dos códons leva à alteração na estrutura da proteína formada.

lV. Durante o ciclo celular o processo I ocorre no núcleo e os processos II e III ocorrem no citoplasma.

V. O produto obtido em IV é uma molécula de DNA complementar (cDNA) sintetizada a partir de uma molécula de RNA mensageiro. Essa síntese é catalisada pela enzima transcriptase reversa.

Todas as afirmações corretas estão em:

a) I – II – IV.

b) I – II – V.

c) II – III – IV.

d) I – III – V.

27. (IFPR) A molécula de DNA é o molde para a síntese de proteínas. Nesse processo, pequenos trechos de DNA são, inicialmente, transcritos para a molécula de RNA e essa é então traduzida em uma sequência de aminoácidos, que corresponde à estrutura primária da proteína. Sobre esses processos, assinale a alternativa correta.

a) As etapas de transcrição, processamento e tradução do RNA ocorrem no núcleo da célula e são realizadas por um complexo de enzimas.

b) Durante o processamento do RNAm ocorre o splicing, que é a retirada dos íntrons e união dos éxons. Em alguns tecidos, o splicing alternativo aumenta a variedade de proteínas produzidas por uma mesma sequência de nucleotídeos do DNA.

c) Os ribossomos são constituídos por RNA ribossômico e proteínas e sua principal função está relacionada à transcrição do RNA.

d) Polirribossomos ou polissomos ocorrem somente em seres eucarióticos e auxiliam na síntese de grandes quantidades de proteínas.

28. (UESPI) Apesar do coquetel anti-HIV, a AIDS ainda é responsável por grande mortandade no planeta. Considerando o que se sabe sobre o ciclo replicativo do vírus HIV, ilustrado abaixo, é correto afirmar o que segue.

a) O vírus é formado por moléculas de DNA envoltas por um capsídeo e um envelope lipoproteico.

b) Glicoproteínas do envelope viral fazem a adesão aos receptores CD8 da membrana celular.

c) O RNA viral é inserido no núcleo pela enzima integrase que o fusiona ao DNA celular.

d) O DNA viral é transcrito e traduzido formando proteases que degradam o DNA celular.

e) Drogas que inibem a ação da transcriptase reversa viral impedem a produção dos provírus.

29. (PUC-PR) Em 2010, mais de 7 milhões de pessoas morreram de câncer em todo o mundo. Nos Estados Unidos, uma em cada três mulheres e um em cada dois homens desenvolverão a doença durante a vida. Em alguns países, o câncer será a causa de morte mais comum, superando as patologias coronarianas.

Mukherjee, Siddhartha. O imperador de todos os males: uma biografia do cancer. 1ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2012. Alberts, Bruce. Biologia Molecular da Célula. 4ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

A leucemia mieloide crônica é um tipo de câncer que apresenta um padrão cromossômico em suas células leucêmicas: uma translocação – a transposição dupla de segmentos cromossômicos entre os cromossomos 9 e 22, um tipo de mutação. As mutações que ocorrem no material genético podem levar ao desenvolvimento do câncer. Tais mutações podem ser hereditárias, ambientais ou espontâneas.

Baseando-se no texto e em seus conhecimentos acerca de biologia celular e mutações, é correto afirmar que:

a) As células leucêmicas desse tipo de câncer são da linhagem dos eritrócitos, os quais apresentam o cariótipo alterado.

b) A translocação presente na leucemia mieloide crônica é um tipo de mutação gênica de substituição.

c) As mutações podem acontecer em qualquer célula do indivíduo, mas aquelas que ocorrem nas células somáticas têm importância evolutiva, pois são herdáveis pela prole.

d) Um vírus capaz de introduzir DNA estranho no genoma celular pode causar câncer.

e) As células cancerígenas que derivam de uma única célula somática anormal são clones gerados por mitose ou meiose.

30. (FAMER) A figura representa o código genético e deve ser lida do centro para a periferia. Cada base nitrogenada indicada no centro do disco corresponde à primeira base do códon.Suponha que três RNAt com os anticódons UGC, CAC e GUC tenham sido utilizados, nessa ordem, na síntese de um peptídeo. Segundo a figura do código genético, a sequência de aminoácidos que irá compor esse peptídeo e a sequência de bases nitrogenadas do gene expresso são, respectivamente,

a) Tre – Val – Glu e ACGGTGCAG.

b) Cis – His – Val e ACGGTGCAG.

c) Tre – Val – Gln e TGCCACGTC.

d) Cis – His – Leu e AGCCACCTC.

e) Met – Ser – Val e ACGGUGGUG.

Older Posts »

Categorias