Publicado por: Djalma Santos | 15 de setembro de 2017

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (14)

01. (ACAFE) Recém-nascidos devem fazer Teste do Pezinho até o 5º dia de vida

O Ministério da Saúde lança uma campanha de conscientização para que todos os recém-nascidos façam o teste do pezinho entre o terceiro e quinto dia de vida. De acordo com o ministério, a realização do teste, nesse período, é importante por identificar seis doenças genéticas ou congênitas passíveis de tratamento, mas que não apresentam evidências clínicas ao nascimento: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita e deficiência de biotinidase. Quanto mais cedo as doenças forem identificadas e tratadas, maior a possibilidade de evitar sequelas nas crianças, como deficiência mental, microcefalia, convulsões, comportamento autista, fibrosamento do pulmão, crises epiléticas, entre outras complicações e até a morte.

Fonte: Portal Brasil, 12/10/2016..Disponível em: http://www.brasil.gov.br/saude.

Analise as afirmações a seguir.

I. A Fenilcetonúria é um dos erros inatos do metabolismo de herança genética recessiva. A probabilidade de nascer uma menina fenilcetonúrica de um casal em que a mulher é normal, mas possui um irmão fenilcetonúrico, e o marido normal, mas possui a irmã fenilcetonúrica, é de 1/8.

II. Hipotireoidismo congênito é uma doença caracterizada pela incapacidade da glândula tireoide do recém-nascido produzir quantidades adequadas de hormônios T3 e T4, que resulta numa redução generalizada dos processos metabólicos.

lll. A Doença Falciforme (DF) é causada por um defeito na estrutura da Hemoglobina, que leva as hemácias a assumirem forma de lua minguante. Indivíduos heterozigotos possuem hemoglobina normal (HbA) e hemoglobina alterada (HbS), isso significa que a pessoa herdou de um dos pais o gene para hemoglobina A e do outro, o gene para hemoglobina S.

lV. As glândulas adrenais ou suprarrenais são constituídas por dois tecidos secretores bastante distintos. Um deles forma a parte externa da glândula, a medula, enquanto o outro, forma a sua porção mais interna, o córtex. O córtex das adrenais produz dois hormônios principais: a adrenalina (ou epinefrina) e a noradrenalina (ou norepinefrina).

Todas as afirmações estão corretas em:

a) II – IV.

b) III – IV.

c) II – III.

d) I – II – III.

02. (PUC-SP) As imagens a seguir mostram dois vetores de doenças que afetam milhares de pessoas no Brasil.

Os agentes etiológicos transmitidos pelos vetores A e B acima são, respectivamente, classificados como:

a) vírus e nematelminto.

b) bactéria e vírus.

c) vírus e protozoário.

d) bactéria e nematelminto.

03. (ETEC) Investir em saneamento básico é investir em saúde. O esgoto encanado é importante para melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), porque a ausência de tratamento de esgoto possibilita a contaminação da água, do solo e de alimentos com diversos organismos causadores de doenças. Entre essas doenças, pode-se citar corretamente,

a) a gripe, a hepatite C e a AIDS.

b) diarreias, o cólera e verminoses.

c) a leptospirose, a dengue e a varíola.

d) verminoses, a gripe e a elefantíase.

e) a febre amarela, a dengue e a AIDS.

04. (UFAM) A obesidade tem se tornado um problema sério nos países desenvolvidos e mesmo para aqueles que resistem em sair do subdesenvolvimento. Parece paradoxal, mas estima-se que o Brasil deve apresentar a 5ª população mais obesa por volta de 2025. Para a Organização Mundial de Saúde, a obesidade é uma epidemia global. As causas da obesidade envolvem múltiplos fatores. Dois hormônios, dentre outros, têm sido estudados em profundidade: a leptina e a grelina. Sobre esses hormônios, analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta:

a) A leptina aumenta o apetite e isso explica os elevados níveis plasmáticos desse hormônio nos obesos.

b) A grelina diminui o apetite e isso explica os elevados níveis plasmáticos desse hormônio nos obesos.

c) Próximo à hora do almoço, os níveis de leptina são elevados e os de grelina são extremamente baixos em pessoas magras.

d) Indivíduos obesos apresentam elevados níveis de leptina no sangue, contudo não há efeito na redução do apetite devido à resistência à leptina desenvolvida pelos mesmos.

e) A grelina e a leptina são produzidos no estômago e liberados no sangue.

05. (FPS) As doenças negligenciadas, comumente, tornam-se endêmicas em populações de baixa renda. Considerando o ciclo de infecção do agente etiológico, mostrado na figura abaixo, é correto afirmar que tal doença:

a) é provocada por larvas conhecidas como cercárias.

b) é transmitida, exclusivamente, por Aedes aegypti.

c) é causada por agente que acomete o sistema linfático.

d) é conhecida popularmente como pé-de-atleta.

e) pode transmitir-se por via sexual entre pessoas.

06. (UEM) No reservatório de água do jardim de uma escola foram encontradas muitas larvas de um animal. Após pesquisas sobre essas larvas, verificou-se tratar de animal dioico com fecundação interna e desenvolvimento holometábolo, com sistema circulatório aberto, túbulos de Malpighi como órgão excretor, e hematófago. Este fato preocupou demasiadamente os dirigentes da escola, por entenderem que o animal encontrado poderia ser causador de epidemia viral nos estudantes e nos moradores do entorno da escola. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. A preocupação dos diretores se deve ao fato de que o animal caracterizado pode ser transmissor de vários vírus diferentes causadores de doenças em humanos, como vírus da dengue, da zika, da chicungunha e da febre amarela.

02. O entendimento dos diretores está incorreto, pois as características citadas no enunciado descrevem um animal pertencente ao grupo dos platelmintos, causadores de esquistossomose.

04. Alunos que venham a desenvolver doenças transmitidas pelo animal encontrado na água do jardim da escola devem ser tratados com antibióticos, pois estes matarão os agentes infecciosos.

08. Apesar de os vírus causarem várias moléstias à saúde humana, eles são úteis na biotecnologia como vetores de genes de interesse (por exemplo, nos casos de geneterapia).

16. A melhor medida para a prevenção da epidemia viral suspeitada pelos diretores foi o uso obrigatório de álcool em gel pelos estudantes e professores para a higienização das mãos e a diminuição dos vírus na comunidade.

Soma das alternativas corretas:

07. (UEG) A notícia de jornal citada a seguir chama atenção para uma virose altamente contagiosa, transmitida por contato com saliva e, geralmente, associada a surtos durante o inverno e a primavera.

Essa doença é causada por um RNA vírus envelopado da família Paramyxovirus (HPIV). As demais doenças que também afetam a população humana e que são causadas pela mesma família do vírus são:

a) poliomielite, gripe e catapora.

b) sarampo, bronquite e pneumonia.

c) linfoma de Burkitt, raiva e catapora.

d) herpes, mononucleose e febre amarela.

e) sarcoma de Kaposi, AIDS e poliomielite.

08. (UFMS) A leitura do livro “História social da tuberculose e do tuberculoso: 1900 1950”, escrito por Claudio Bertolli, permite conhecer a história da tuberculose no Brasil. O autor apresenta abordagens sobre organizações institucionais, intervenções oficiais, discordâncias medicas e sobre o cenário social enfrentado pelos doentes naquela época. A respeito do organismo causador da tuberculose, considere as afirmativas a seguir.

I. Apresenta célula com material genético disperso no citoplasma, a célula procariótica.

II. Constitui-se de cápsula proteica que envolve o ácido nucleico, o capsídeo.

III. E formado por estruturas filamentosas, as hifas.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e II.

e) I, II e III.

09. (PUC-PR) Segundo o Instituto Adolfo Lutz, em 2015, a febre maculosa vitimou duas crianças em Ourinhos (SP) e uma mulher de 35 anos em Santa Cruz do Rio Pardo (SP). Essa doença é transmitida ao homem e a outros animais domésticos pela picada do carrapato estrela contaminado, que costuma infestar as capivaras e outros animais silvestres. O aumento de casos pode estar ocorrendo devido à migração crescente de animais silvestres para os parques e praças das cidades em fuga dos herbicidas, pesticidas e desmatamento das zonas rurais. Os primeiros sintomas da febre maculosa são confundidos com os da dengue, o que pode ocasionar o tratamento de forma incorreta. A mãe de uma das crianças, morta aos 12 anos, não se conforma com o possível erro médico, uma vez que, se diagnosticado rapidamente, um simples antibiótico resolveria o problema e teria salvado a vida de sua filha.

Com base no texto, analise as afirmativas:

I. A dengue e a febre maculosa são causadas por um patógeno do mesmo Reino.

II. A transmissão da dengue e da febre maculosa é feita por vetores da mesma classe.

III. A transmissão da dengue e da febre maculosa é feita por dois animais hematófagos.

IV. O uso de antibiótico resolve as duas doenças.

A(s) afirmativa(s) correta(s) é (são):

a) Apenas I, II e IV.

b) Apenas I e III.

c) Apenas II e III.

d) Apenas III.

e) Apenas I, III e IV.

10. (UFU) Em 2014, a imprensa noticiou exaustivamente o surto de febre hemorrágica provocada pelo vírus ebola. A figura a seguir destaca como age e se espalha essa ameaça.

Disponível em: <http://www.tecnocurioso.com.br/2014/o-que-e/o-que-e-o-virus-ebola&gt;.

Acesso em26 de Jan. 2015.

A partir da análise da figura, considere as afirmativas a seguir.

I. O vírus ebola utiliza o seu próprio metabolismo para impedir as células dendríticas de enviarem mensagens para alertar o sistema imunológico.

II. O vírus ebola afeta a resposta imune do organismo. A infecção prejudica a mobilização imunológica e o corpo tem dificuldade para combater o vírus, que se multiplica a ponto de afetar os principais órgãos.

III. A transmissão do ebola pode ocorrer pelo contato direto de bacilos presentes no sangue ou fluidos corporais de pessoas ou animais contaminados.

IV. O vírus ebola ataca células humanas para injetar o seu genoma e as transforma em fábricas de novos vírus. Uma medida possível para combater a ação viral seria impedir a replicação da molécula de ácido nucleico do vírus.

Assinale a alternativa que apresenta, apenas, as afirmativas corretas.

a) II e IV.

b) I, II e III.

c) II, III e IV.

d) I e IV.

11. (UNIVERSIDADA CATÓLICA SC) Em SC, idosa se desloca por 7 km por dose de vacina contra tétano.

Colaboração para a Folha, em Florianópolis. 18.03.2015

Após ser atendida no posto de saúde do seu bairro e receber oito pontos no braço, a aposentada Carolina de Freitas, 89, precisou se deslocar até a unidade de saúde do centro de Florianópolis (SC), a cerca de sete quilômetros, para tomar a vacina contra o tétano. (…) Carolina sofreu uma queda. Faltam doses para hepatite B, febre amarela, raiva, tétano, rubéola, sarampo e caxumba em vários postos (de Saúde da cidade).

Sobre as doenças citadas no texto acima, marque a correta.

a) Todas são causadas por vírus e apenas duas são transmitidas por vias aéreas.

b) Apenas uma é causada por bactéria e duas outras são transmitidas por animais.

c) Três são causadas por bactérias, mas apenas uma delas é anaeróbia.

d) Duas delas são causadas por protozoários esporozoários e as outras, por vírus.

e) Apenas uma é causada por protozoário, uma é causada por bactéria e as outras, por vírus.

12. (UNITAU) Atualmente, já se conhecem pelo menos 5.000 espécies de apicomplexos ou esporozoários, protozoários que são parasitas de vertebrados e invertebrados. A reprodução desses organismos se dá por meio da alternância de gerações sexuada e assexuada e da produção de esporos. A malária e a toxoplasmose são duas doenças causadas por esses organismos. A malária é transmitida pelos mosquitos Anopheles contaminados por protozoários de três espécies: Plasmodium vivax, P. malariae e falciparum. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 40% da população mundial, em especial nos trópicos, convive com o risco de contrair malária. Já a toxoplasmose é uma doença infecciosa, congênita ou adquirida, causada por Toxoplasma gondii, e é transmitida pela ingestão de esporos em carnes cruas ou mal passadas, ingestão de bebidas ou comidas contaminadas com os cistos ou, de forma congênita, quando a mãe transmite a doença ao feto. Os ciclos de vida desses protozoários podem ser muito complexos ou bastante simples. Observe a figura e analise as afirmações sobre o ciclo de vida dos esporozoários.

I. Estágio móvel infestante haploide, que penetra no hospedeiro, retirando nutrientes, em que crescem e se diferenciam em gamontes.

II. Pronúcleos feminino e masculino se juntam, formando a sua volta um cisto, quando cada um deles dá origem a gametas, por meio da fissão múltipla no interior do cisto.

III. Cápsula protetora extracelular, que será formada quando gametas completamente desenvolvidos formarem zigotos diploides.

IV. Ocorre no interior do esporo, quando o núcleo do zigoto sofre meiose e readquire o caráter haploide para os cromossomos, dando continuidade à divisão mitótica, resultando em oito esporozoítos.

Assinale a alternativa que identifica corretamente o nome das fases do ciclo de vida dos esporozoários e a sequência em que elas ocorrem.

a) I. esporozoítos; II. esporos; III. esporozoítos; IV. gamontes.

b) I. gamontes; II. esporozoítos; III. esporos; IV. esporozoítos.

c) I. esporozoítos; II. esporos; III. gamontes; IV. esporozoítos.

d) I. esporos; II. esporozoítos; III. gamontes; IV. esporozoítos.

e) I. esporozoítos; II. gamontes; III. esporos; IV. esporozoítos.

13. (UFSCar) O diabetes é uma doença que pode causar graves problemas se não for cuidada adequadamente. Muitas pessoas descobrem que estão com a doença ao fazer exames periódicos de sangue, mas existem alguns sintomas comuns na maioria das pessoas, que podem ser:

a) Febre alta e dores nas articulações.

b) Sede frequente e urinar excessivamente.

c) Produção excessiva de saliva e falta de apetite.

d) Aumento de peso e prisão de ventre.

e) Dores musculares e formação de cálculos renais.

14. (IFMG) Qual é a medida profilática correta em relação à Febre Chikungunya?

a) Administração de antibióticos nos indivíduos doentes.

b) Eliminação de objetos que acumulem água parada.

c) Lavar bem os alimentos ingeridos crus.

d) Utilização de preservativo nas relações sexuais.

15. (UEG) Considere hipoteticamente dois indivíduos humanos, conforme dados a seguir.

Acerca dos casos apresentados pelas pessoas A e B, tem-se o seguinte:

a) o caso apresentado em A é congênito, já que não pode afetar diversos indivíduos próximos na mesma família.

b) o caso apresentado em B é hereditário, já que pode afetar diversos indivíduos aparentados por ser alelia múltipla.

c) as condições em A e B são similares em nível genético, visto que a cegueira e o câncer de pele são anomalias congênitas.

d) em B, a cegueira que se manifestou desde o nascimento caracteriza-se como congênita devido à toxoplasmose no primeiro mês de gestação.

e) em A, o câncer de pele é hereditário, resultado de mutações no DNA e RNA das células da pele, visto que ocorreu em células de linhagem germinativa.

16. (IFSC) As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) são muito frequentes em nosso meio, bastando dizer que, de cada dez consultas realizadas no Brasil, duas são relacionadas a esse tipo de doença. As DSTs são doenças que passam de uma pessoa para outra através da relação sexual sem preservativo, seja de homem com mulher, homem com homem ou mulher com mulher. Qualquer pessoa pode contrair essas doenças. Neste sentido, destaque-se entre os princípios básicos indispensáveis para um melhor controle das DSTs: (i) interromper a cadeia de transmissão: através de diagnóstico precoce dos casos e tratamento adequado dos portadores, bem como de seus parceiros; (ii) prevenir novas ocorrências: implica dispor da informação correta e necessária à adoção de práticas sexuais mais seguras (uso de preservativos) e, quando diagnosticado, o seguimento das orientações e das prescrições dadas pelo profissional de saúde.

FONTE:http://www.dive.sc.gov.br/conteudos/publicacoes/manuais_cartilhas/Cartilha_de_DST.pdf. Acesso em 02/09/2015 [adaptado].

Em relação às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), assinale no cartão-resposta a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. A Gonorreia é uma DST causada pela bactéria Neisseria Gonorrheae, que infecta especialmente a uretra. Nos homens, a doença, em geral, provoca sintomas mais aparentes que nas mulheres, como secreção purulenta, ardor e eritema.

02. As relações sexuais constituem uma via importante de transmissão da hepatite A, considerada uma doença sexualmente transmissível (DST), porque a bactéria atinge concentrações altas nas secreções sexuais.

04. A AIDS pode ser transmitida por relação sexual, sem preservativo com indivíduo infectado; de mãe infectada para filho, através do parto ou amamentação; pelo contato direto com sangue infectado e pelo uso da mesma agulha ou seringa utilizadas por um indivíduo infectado.

08. A Tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível, causada pelo parasita protozoário Trichomonas vaginalis. Sua transmissão pode ocorrer por meio de relações sexuais ou contato íntimo com secreções de uma pessoa contaminada.

16. São doenças sexualmente transmissíveis a AIDS, Gonorreia, Sífilis, Herpes Genital, Hepatites A e B, Cancro mole, HPV, Leishmaniose e Candidíase.

32. O tratamento da Sífilis é feito com antibióticos, especialmente amoxicilina. Em vista disso, o uso de preservativos durante as relações sexuais é dispensado na prevenção dessa DST.

Soma das alternativas corretas:

17. (ETEC) Leia o texto para responder esta questão.

No tratamento da maioria dos cânceres, a quimioterapia é frequentemente usada para retardar a progressão da doença. Contudo, esse tratamento provoca, muitas vezes, efeitos colaterais indesejáveis, tais como a perda de cabelo, vômitos e problemas digestivos. A razão desses efeitos colaterais está associada ao fato das drogas quimioterápicas injetáveis conseguirem chegar a qualquer parte do corpo, atingindo não só as celulas cancerosas, mas também as células saudáveis. Para minimizar esse tipo de dano à saúde já debilitada do paciente, muitas pesquisas estão sendo feitas utilizando nanopartículas no tratamento do câncer. A nanotecnologia se tornou, nos últimos anos, uma importante aliada na área de saúde, em especial da medicina, no que se refere a manipulação de partículas ultrapequenas (nanopartículas), para prevenir, diagnosticar ou curar doenças. Atualmente, a definição mais usada estipula que uma partícula é nano se o seu diâmetro equivale a um bilionésimo de metro (10–9 m). No combate ao câncer de próstata, por exemplo, pesquisadores desenvolveram uma estratégia de ataque direto às celulas doentes por meio de nanopartículas. São elas que levam o fármaco, em altas concentrações, até as celulas cancerosas, evitando que a maioria das celulas saudáveis sejam atingidas. Os pesquisadores utilizaram nanopartículas de sílica carregadas de uma substancia que combate esse tipo de câncer. Elas são, ainda, revestidas por uma vitamina, o folato, que é naturalmente atraída pelas celulas tumorais. Nos testes in vitro, as nanopartículas atingiram seu objetivo e eliminaram cerca de 70% das celulas tumorais da próstata, enquanto apenas 10% das celulas saudáveis foram atingidas. Esse resultado foi considerado muito favorável se comparado aos efeitos gerais de uma quimioterapia. Porém, por trás dessa nova tecnologia promissora, existe um risco: determinados tipos de nanopartículas poderiam passar livremente pelas defesas naturais do corpo humano, tais como a pele, a membrana mucosa do nariz, da garganta, dos pulmões e do intestino. Isso prejudicaria os órgãos internos, suscetíveis a essas partículas ultrapequenas.

<http://tinyurl.com/zesrhtm&gt; Acesso em: 16.09.2016. Adaptado.

De acordo com o texto, e correto afirmar que:

a) não é possível levar as nanopartículas até as celulas tumorais, que precisam ser eliminadas.

b) as nanopartículas atingiram as celulas in vitro, mas mataram, proporcionalmente, mais celulas saudáveis do que tumorais.

c) fármacos podem ser associados às nanopartículas e direcionados, de forma mais especifica, para as celulas tumorais em um determinado local.

d) as nanopartículas da vitamina folato, revestidas de sílica, passaram livremente pela mucosa do nariz e prejudicaram o coração e os pulmões.

e) a utilização de nanopartículas na indústria e na medicina requer estudos mais detalhados, pois elas são celulas muito potentes e radioativas, causadoras de câncer.

18. ACAFE) Ministério da Saúde anuncia vacinação contra HPV para meninos

O Ministério da Saúde anunciou que a vacinação contra HPV será estendida para os meninos. A vacina contra o papiloma vírus humano (HPV), que protege, principalmente, contra o câncer de colo do útero, já faz parte do Programa Nacional de Imunizações desde 2014, sendo indicada para meninas de 9 a 13 anos. A partir de janeiro 2017, meninos de 12 a 13 anos também poderão receber a vacina. A faixa etária será ampliada, gradualmente, até 2020, quando a vacina estará disponível para meninos de 9 a 13 anos. O esquema vacinal consiste em duas doses, com intervalo de seis meses.

Fonte: g1.globo, 11/10/2016.Disponível em: http://g1.globo.com.br

Analise as afirmações a seguir:

I. O condiloma acuminado, também conhecido como verruga genital ou crista de galo, é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pelo Papiloma vírus Humano (HPV). A infecção por esse vírus normalmente causa verrugas de tamanhos variáveis. Nas mulheres, as lesões comumente surgem na vagina, na vulva, na região do ânus e no colo do útero.

II. A principal forma de transmissão do HPV é pela via sexual. Para ocorrer o contágio, a pessoa infectada não precisa apresentar sintomas e não há riscos de transmissão materno-fetal.

lll. As vacinas são recursos indispensáveis para a saúde individual e pública. A produção da vacina é processo complexo, combinando métodos de fabrico biológicos e farmacêuticos, sendo, por isso, produtos biofarmacêuticos.

lV. Outras doenças, além da infecção por HPV, podem ser evitadas com a vacinação, entre elas: cólera, difteria, doença pneumocócica, doença meningocócica, tétano, hepatite A, hepatite B e rubéola.

Todas as afirmações estão corretas em:

a) I – III – IV.

b) II – III.

c) II – IV.

d) III – IV.

19. (UFU) A figura representa, esquematicamente, o ciclo de vida de Schistosoma mansoni.

A partir da análise do ciclo, considere as afirmativas a seguir.

I. A larva do esquistossomo que penetra ativamente pela pele ou pela mucosa das pessoas, infestando-as, é um protozoário flagelado denominado cercária.

II. Na profilaxia dessa doença é importante construir redes de água e esgoto, exterminar o caramujo hospedeiro, bem como evitar o contato com águas possivelmente infestadas por cercárias.

III. O caramujo Biomphalaria representa o hospedeiro intermediário das larvas ciliadas (miracídios). Estas originam, de modo assexuado, larvas dotadas de cauda (as cercárias).

IV. A esquistossomose é ocasionada pela presença da larva do Schistosoma mansoni, e a infestação do homem é ocasionada pela ingestão de ovos do parasita liberados nas fezes de pessoas infectadas. Assinale a alternativa que apresenta, apenas, as afirmativas corretas.

a) II e III e IV.

b) I e IV.

c) I, II e III.

d) II, III.

20. (ACAFE) Em Santa Catarina, 379 mil crianças são vacinadas contra a pólio na campanha anual.

Em parceria com estados e municípios, o Ministério da Saúde realizou a 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. De 15 a 31 de agosto, a meta foi imunizar 12 milhões de crianças entre seis meses e cinco anos incompletos. Isso representa 95% do público-alvo, formado por 12,7 milhões de crianças. Em Santa Catarina, a meta foi vacinar 95% das 379,7 mil crianças que fazem parte do público-alvo. Para isso, o Ministério da Saúde distribuiu 474,8 mil doses ao Estado.

Fonte: Ministério da Saúde, 11/08/2015 Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/

Assim, assinale a alternativa correta.

a) A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, causada pelo Mycobacterium tuberculosis. Devido ao agente causador ser uma bactéria aeróbia, afeta unicamente os pulmões. Para prevenir a doença é necessário imunizar as crianças obrigatoriamente no primeiro ano de vida ou no máximo até quatro anos.

b) A poliomielite é uma doença bacteriana, onde este microrganismo penetra no organismo humano por meio da boca e do nariz e se multiplica na garganta e no trato intestinal. Posteriormente, alcança a corrente sanguínea e pode atingir o cérebro. Quando a infecção ataca o sistema nervoso, destrói os neurônios motores e provoca paralisia nos membros inferiores. Esta doença pode, inclusive, levar o indivíduo à morte se forem infectadas as células nervosas que controlam os músculos respiratórios e os músculos da deglutição.

c) O tétano é uma grave doença bacteriana que afeta o sistema neurológico e que, entre outras complicações, pode levar inclusive à morte. É causado pela bactéria Clostridium tetani, que pode ser encontrada no solo, poeira e nas fezes de animais. Assim, pessoas que apresentam ferimento na pele, causado por algum objeto enferrujado e sujo, a exemplo de pregos, devem procurar um médico para que seja administrada a vacina antitetânica.

d) O Papiloma Vírus Humano (HPV) é um vírus que infecta a pele e mucosas e pode causar câncer do colo de útero e verrugas genitais. A vacinação contra o HPV é de grande importância na prevenção do câncer do colo de útero, por isso, é recomendada para mulheres a partir dos nove anos – em especial para aquelas que ainda não iniciaram sua vida sexual, para garantir maior eficácia na proteção.

Anúncios
Publicado por: Djalma Santos | 15 de setembro de 2017

TESTES DE TAXONOMIA (5)

01. (UNIOESTE) Em relação ao texto abaixo, sobre corais, esponjas e algas é incorreto afirmar que:

“Bob Marley está vivo nos corais de recifes do mar do Caribe. O ícone do reggae serviu de inspiração ao biólogo Paul Sikkel para batizar minúsculos crustáceos descobertos na costa leste das ilhas caribenhas. Em homenagem ao cantor, a nova espécie foi chamada Gnathia marleyi. G. marleyi vive escondido em cascalhos de corais, esponjas do mar e algas. Os jovens são parasitas e infestam os peixes que passam pelos locais onde estão.”

http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/novo-crustaceo-de-recife-no-caribe-recebe-nome-em-homenagem-a-bob-marley.

a) Corais são antozoários com indivíduos apenas na forma polipoide.

b) Nas algas a reprodução é exclusivamente assexuada por fragmentação.

c) Os pinacócitos são células que revestem externamente o corpo das esponjas.

d) Algas verdes são também denominadas de “clorofíceas” e classificadas como protistas.

e) A circulação de água no corpo das esponjas resulta do batimento dos flagelos dos coanócitos.

02. (UPF) Os reinos de seres vivos indicados (esquerda) devem ser associados às suas características (direita).

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) I, II, V, IV e III.

b) III, II, IV, V e I.

c) I, III, IV, V e II.

d) III, I, IV, V e II.

e) II, III, V, IV e I.

03. (IFSC) A figura abaixo representa um sistema de conjuntos. Cada um dos conjuntos (A, B, C, D, E e F) representa uma categoria taxonômica, de acordo com a classificação utilizada atualmente e proposta por Carl von Linné em 1735.

Sobre conceitos de Sistemática e Taxonomia, assinale a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. Os conjuntos E e F correspondem à mesma espécie, pois ambas são conhecidas popularmente como Gorilas.

02. De acordo com a figura, o conjunto A corresponde à categoria taxonômica Ordem.

04. Os conjuntos E e F correspondem ao grupo taxonômico Espécie. Cada espécie é representada por um binômio formado pelo Gênero ou epíteto genérico e pelo epíteto específico.

08. Os grupos C e D pertencem à mesma Família (B) e correspondem a Gêneros.

16. A utilização da nomenclatura científica auxilia a comunicação correta de informações, pois não existem duas espécies diferentes com o mesmo binômio específico.

32. A nomenclatura popular é a mais adequada para identificar e transmitir informações sobre um organismo, pois apesar de sofrer variações de acordo com a localização geográfica, é a única compreensível.

Soma das alternativas corretas:

04. A classificação biológica pode ser comparada a um grande arquivo, onde cada espécie é um documento arquivado em pastas subdivididas. A figura a seguir representa os ancestrais dos homens.

fonte: http://ugauga0.wordpress.com/2008/03/

A menor categoria taxonômica em que os seres vivos da figura se agrupam é:

a) filo.

b) gênero.

c) ordem.

d) subespécie.

e) espécie.

05. (UNIMONTES) A classificação dos seres vivos é universal e possui diversas categorias taxonômicas envolvidas nesse processo. A figura a seguir apresenta alguns seres vivos. Observe-os.

Considerando os seres vivos apresentados e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa a categoria taxonômica comum a todos os seres vivos apresentados.

a) Ordem.

b) Gênero.

c) Família.

d) Espécie.

06. (IFPE) A organização dos seres vivos em categorias veio facilitar e compreender a variedade de organismos, em todos os ambientes, tornando necessário classificá-los e agrupá-los de acordo com suas características e semelhanças. Sobre esse assunto, analise as alternativas abaixo e marque a opção correta.

a) Musca doméstica é a grafia do nome científico de uma espécie de mosca.

b) A hierarquia taxonômica é, na sequência, reino, filo, ordem, classe, família, gênero e espécie.

c) O Reino Protista (Protoctista) engloba organismos eucariontes, entre os quais se incluem protozoários e algas.

d) Os fungos são seres eucariontes e autótrofos, sendo representados pelos cogumelos e briófitas.

e) Lineu propôs a nomenclatura binomial, que consiste em um nome genérico e um específico dos seres vivos, utilizando, como critério de classificação, o ambiente onde eles vivem.

07. (UFTM) O esquema abaixo representa uma possível hipótese da classificação filogenética de alguns animais Cordados. Os números indicam o aparecimento de determinadas características conhecidas como apomorfias. Os grupos posicionados antes de um número não possuem tais características (nem em sua fase embrionária e nem em sua fase adulta), já os grupos posteriores ao número são aqueles que as possuem.

Assinale a alternativa em que o número esteja corretamente associado a duas apomorfias.

a) 5 – âmnio e alantoide.

b) 2 – esqueleto ósseo e cauda pós-anal.

c) 1 – crânio e notocorda.

d) 4 – mandíbula e encéfalo.

e) 3 – tubo nervoso dorsal e metameria.

08. (UFPel)

O nome Passer domesticus domesticus  Lineau, 1758, refere-se ao popular “pardal”, uma ave europeia muito bem adaptada aos ambientes urbanos do Brasil.  Com relação e essas informações, é correto afirmar que:

a) Passer domesticus domesticus Lineau, 1758, indica o gênero, a espécie e a subespécie de um pássaro nativo de nome popular pardal, além do nome do especialista que o descreveu, bem como o ano de publicação do trabalho.

b) Passer domesticus domesticus Lineau, 1758, indica a espécie denominada pardal, determinada por Lineau, não necessariamente em 1758.

c) Passer domesticus domesticus Lineau, 1758, indica a subespécie de um pássaro exótico de nome popular pardal, além do nome do especialista que o descreveu, bem como o ano de publicação do trabalho.

d) domesticus é o nome subespecífico do popular pardal.

e) Passer domesticus é o nome de uma subespécie de pardal europeu não existente na América do Sul.

09. (PUCPR) Em 1969, o biólogo norte-americano Robert H. Whittaker (1924-1980) sugeriu cinco reinos para os seres vivos, mas essa proposta só foi reconhecida na década de 1980, pelas biólogas Lynn Margulis e Karlene Schwartz. Portanto, atualmente os seres vivos estão classificados em um dos reinos a seguir: Monera, Protista, Fungi, Plantae e Metazoa ou Animalia. Sobre as características gerais dos seres em seus reinos, marque a alternativa correta.

a) Todos os fungos têm em comum o fato de serem heterótrofos e procariontes.

b) Um organismo unicelular e heterótrofo necessariamente deve pertencer ao reino Monera.

c) O reino Fungi é representado por seres eucariontes, heterótrofos, que podem ser unicelulares ou pluricelulares.

d) O reino Plantae é representado geralmente por seres eucariontes, autótrofos e unicelulares.

e) As bactérias são procariontes, autótrofas ou heterótrofas e pertencem ao reino Protista.

10. (FATEC) Os gráficos a seguir representam a proporção entre o número de espécies conhecidas dos diferentes grupos de seres vivos. Na figura 1, está representada a relação entre os cinco reinos (de acordo com a classificação de Whittaker) e, na figura 2, a proporção entre os principais filos de animais.

Com base nas informações contidas nesses gráficos, é correto afirmar que:

a) O número de espécies conhecidas de cordados é aproximadamente igual ao de animais invertebrados.

b) O filo que inclui mais espécies conhecidas é o dos organismos com exoesqueleto de quitina.

c) São conhecidas mais espécies de organismos autotróficos do que de heterotróficos.

d) Os seres unicelulares representam um quarto das espécies conhecidas.

e) Metade das espécies conhecidas é de organismos procariontes.

11. (UNAMA) O peixe-boi, mamífero aquático, encontra-se ameaçado de extinção em todo o mundo. Dentre os representantes desse mamífero, destacam-se o Trichechus inunguis (peixe-boi-da-amazônia) e o Trichechus senegalensis (peixe-boi-africano), que pertencem a (ao):

a) Ordem e espécies diferentes.

b) Mesma espécie e ao mesmo gênero.

c) Mesma espécie e a gêneros diferentes.

d) Mesmo gênero e a espécies diferentes.

12. (IFNMG) Sobre a classificação dos seres vivos, podemos afirmar, exceto:

a) Monera, Protista, Fungi, Vegetal e Animal representam os Reinos onde se inserem todos os seres vivos. São exemplos: os vírus pertencentes ao reino monera, as amebas pertencentes ao reino protista e os cogumelos pertencentes ao reino Fungi.

b) Reino, Filo, Classe, Ordem, Família, Gênero e Espécie são categorias taxonômicas propostas por Lineu.

c) Os nomes científicos são, na maioria das vezes, compostos por dois termos grafados em latim, sendo que o primeiro termo se refere à posição taxonômica Gênero.

d) Procarionte e Eucarionte são termos que distinguem organismos com perfis celulares distintos e podem servir como critério para que um organismo seja inserido em um determinado Reino.

13. (UEM) Os protozoários já foram classificados como animais, e as algas, como vegetais. Hoje esses organismos integram o reino Protista. Os fungos, por sua vez, já foram classificados como plantas e hoje constituem o reino Fungi. Considerando os organismos que constituem esses reinos e suas características, assinale o que for correto.

01. Os protozoários eram classificados como animais por serem organismos eucariotos multicelulares e heterotróficos que apresentam estruturas locomotoras articuladas.

02. Os fungos e as algas eram classificados no reino Vegetal por serem organismos eucariotos autotróficos.

04. As algas são organismos eucariotos unicelulares ou multicelulares fotossintetizantes.

08. Entre os protozoários, são encontrados organismos aquáticos de vida livre e organismos parasitas da espécie humana.

16. Os fungos, em sua maioria, são constituídos por filamentos ramificados denominados hifas, cujas paredes são constituídas basicamente de quitina, um polissacarídeo também presente no esqueleto dos insetos.

32. As micorrizas, assim como os liquens, são associações mutualísticas entre fungos e algas que aumentam a absorção de elementos minerais pelas raízes das plantas hospedeiras.

Soma das alternativas corretas:

14. (UFSJ) Considere a taxonômica abaixo apresentando os táxons, sendo que sempre a linha superior refere-se a uma categoria mais abrangente que a linha inferior.

Analise as afirmativas abaixo, baseando-se nas informações apresentadas nas fichas.

I. Independente do hábito alimentar de cada um dos animais e embora nem todos possam ser considerados carnívoros, todos pertencem à ordem Carnivora.

II. Os indivíduos 2, 3 e 4 pertencem ao mesmo gênero, embora sejam de famílias distintas.

III. Os indivíduos 3 e 4 pertencem ao mesmo gênero. Esses animais pertencem à mesma família do indivíduo 2.

IV. Todos os indivíduos apresentam a mesma ordem e à mesma família, variando apenas as subfamílias.

Com base nessa análise, estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e III.

b) I e II.

c) II e III.

d) II e IV.

15. (UNIMONTES) Considerando as regras utilizadas para a classificação dos seres vivos, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa a ordem.

a) Artiodactyla.

b) Bovidae.

c) Cervus.

d) Ovis aries.

16. (UEPA) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

Quando começou a associar-se com o homem, o cão já se diferenciava em várias raças. As raças de cães que conhecemos hoje apresentam uma diversidade muito acentuada de aspectos distintivos, cuja explicação não está somente na tendência natural do cão à variação, mas também dos efeitos de uma domesticação muito antiga. Entretanto, a origem das diferentes raças desses Chordata 1, Canidae 2, está baseada em algumas espécies tais como: Canis lupus 3 (lobo), Canis familiaris 4 (cão), Canis latrans 5 (coiote), Canis lupus familiares 6 (cão lobo checo), como apresentado em muitos documentários.

Texto modificado: Guia de Raças de cães: raças. Disponível em: http://www.guiaderacas.com.br/racas.shtml. Acesso: 30/08/2012

Quanto às categorias taxonômicas enumeradas no acima, analise as assertivas a seguir:

I. A denominação em 6 corresponde a uma subespécie de Canis.

II. Em 5, o epíteto específico corresponde a Canis.

III. A palavra em 2 refere-se ao taxon de família a qual os cães pertencem.

IV. Na classificação, a palavra em 1 corresponde à categoria Classe.

V. 3, 4 e 5 são nomes científicos de diferentes espécies de canídeos.

A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:

a) I, II e IV.

b) II, III e IV.

c) I, III e V.

d) II, III e V.

e) I, IV e V.

17. (UECE) A classificação biológica ordena os seres vivos e os distribui em grupos hierárquicos de acordo com o parentesco evolutivo, em categorias taxonômicas. Com relação à classificação biológica, é possível afirmar corretamente que do nível de espécie para o nível do reino:

a) A diversidade biológica diminui.

b) A relação de parentesco aumenta.

c) Diminui a relação de parentesco.

d) Aumentam as semelhanças morfológicas.

18. (COVEST) Aracnídeos como os ácaros, e insetos como vespas e piolhos, abaixo ilustrados, possuem em comum a presença de um exoesqueleto e corpo com partes articuladas; mas possuem números de pares de patas diversos e diferenças na presença ou ausência de asas.

Sobre as relações entre esses animais, podemos fazer as afirmações a seguir.

I   II

0  0 – Apesar das semelhanças, esses animais não apresentam nenhuma relação filogenética.

1  1 – Todos pertencem ao filo dos artrópodes.

2 2 – Piolhos são mais parecidos com os ácaros, mas são mais próximos das vespas por filogenia.

3  3 – Todos os animais representados acima pertencem à mesma classe.

4  4 – A figura apresenta animais pertencentes a um filo, duas classes e três espécies.

19. (PUC-CAMPINAS)

A Escherichia coli é uma parente da perigosa bactéria EHEC (E. coli Entero-Hemorrágica), que no inicio do verão causou várias mortes, principalmente na Europa. Entretanto, enquanto ela permanece em nosso intestino, a bactéria é extremamente útil por ajudar na digestão dos carboidratos e produzir vitaminas.

Aproximadamente 100 trilhões de bactérias benéficas que povoam o trato digestivo não estão agrupadas aleatoriamente. (…) o intestino abriga três ecossistemas bacterianos funcionalmente distintos e que, dependendo da espécie mais frequente, cada ser humano pode ser classificado em três tipos intestinais.

(Revista Geo, n. 31,2011, p.15)

A filogenética é o estudo das relações evolutivas entre grupos de organismos; tal relação deve estar explicitada na classificação das espécies. Nesse sentido, duas espécies do mesmo gênero apresentam uma relação análoga ao que se observa entre:

a) Pais e filhos.

b) Mãe e pai.

c) Avós e netos.

d) Primos.

e) Cunhados.

20. (UFAM) Carlos Lineu, um excepcional estudante de biologia, mas também um desastrado assistente de laboratório derrubou no chão um lote de fichas contendo a classificação sistemática de alguns grupos de mamíferos. Em seu desespero em corrigir tal deslize Lineu fez várias tentativas de encaixar determinada espécie com sua respectiva posição taxonômica. Para entender o problema de Lineu observe as duas colunas a seguir:

MAMÍFERO

1. Orca

2. Bicho-preguiça

3. Sauim de Manaus

4. Peixe-boi

5. Anta

6. Tatu

ORDEM

A. Sirenia

B. Cingulata

C. Perissodactyla

D. Cetacea

E. Primata

F. Pilosa

A sequência que relaciona corretamente as colunas é:

a) 1-A; 2-B; 3-C; 4-D; 5-E; 6-F.

b) 1-A; 2-C; 3-E; 4-F; 5-B; 6-D.

c) 1-A; 2-F; 3-E; 4-D; 5-C; 6-B.

d) 1-D; 2-F; 3-E; 4-A; 5-C; 6-B.

e) 1-F; 2-A; 3-E; 4-B; 5-C; 6-D.

Publicado por: Djalma Santos | 15 de setembro de 2017

TESTES DE ASSUNTOS DIVERSOS (5)

01. (UNICAP)

I  II

0 0 – Tecidos colenquimatosos ou colênquimas são encontrados praticamente em todas as partes da planta. São formados, geralmente, por células vivas e com paredes primárias. Embora sejam, às vezes, chamados de tecidos de preenchimento, esses tecidos desempenham outras importantes funções, além de preencher espaços entre tecidos internos.

1 1 – Retirou-se um anel na casca de uma árvore, abrangendo toda a circunferência ao tronco. A causa da morte da árvore observada após alguns dias ocorreu, provavelmente, por ter sido impedido o processo de circulação da seiva elaborada.

2  2 – Sobre os neurônios, foram feitas as afirmações:

I. A “despolarização” da membrana, que é condução do impulso nervoso, é um processo em que ocorre gasto de ATP.

II. Uma célula em repouso apresenta-se polarizada.

III. Bainha de mielina aumenta a velocidade de condução do impulso nervoso.

Os três itens (I, II e III) estão corretos.

3  3 –  A respiração celular é o processo pelo qual a energia contida nos alimentos é gradualmente transferida para moléculas de ATP que serão utilizadas em todas as reações celulares ou orgânicas que requerem energia. É correto afirmar que, na respiração aeróbica, o oxigênio é utilizado como receptor final de hidrogênios, formando água.

4  4 – Quando o caule de uma planta busca uma área sem luminosidade para o seu crescimento, esse fenômeno é denominado tigmotropismo negativo.

02. (UNIOESTE) Assinale a(s) alternativa(s) em que a correlação estrutura, localização, função está correta.

Soma das alternativas corretas:

03. (UNIMONTES) Abaixo são apresentadas características de dois trabalhos científicos. Analise-os.

I. O rio Itanhém, em Teixeira de Freitas-BA, e uma das principais fontes de abastecimento de água para a cidade. Como o município não dispõe de estações de tratamento de esgoto, existe sempre a possibilidade de contaminação fecal. Tendo em vista a grande importância desse rio para a população, avaliou-se a qualidade microbiológica de suas águas, antes, durante e após passar pela cidade de Teixeira de Freitas-BA. Foram analisadas 18 amostras coletadas em três pontos diferentes do rio. Oito (44,44%) apresentaram contaminação por coliformes termotolerantes, sendo 72,41% positivas para Escherichia coli. Os resultados mostram que o rio está sofrendo impacto em suas águas em decorrência do lançamento de dejetos e resíduos provenientes do município. Portanto, é necessária a implantação de técnicas de tratamento de efluentes e o desenvolvimento de políticas públicas e trabalhos de educação ambiental que visem ao monitoramento, a recuperação e a preservação do rio e suas margens.

(Revista Biociências, UNITAU. Volume 16, número 2, 2010.)

II. O objetivo de tal trabalho foi quantificar as unidades formadoras de colônias por mililitros (UFC/mL) de Escherichia coli e coliformes totais de amostras de diferentes marcas de água mineral comercializadas em Santos, a fim de determinar a qualidade dessa água, de acordo com a Resolução RDC n.o54, de 15 de junho de 2000, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e a Portaria n° 518, de 25 de março de 2004, do Ministério da Saúde, levando em consideração somente os parâmetros citados acima. Foram analisadas 10 marcas de agua mineral utilizando o kit microbiológico TECNOBAC, que consiste em um kit com 10 unidades de laminocultivo desidratado do meio de cultura Chromocult Coliform Agar para analise simultânea das bactérias citadas anteriormente. É um teste quantitativo, com o mínimo detectável de 60 UFC/ 100 mL; pode ser incubado no bolso; atende as especificações da portaria 518 do Ministério da Saúde e da portaria 357/05 do CONAMA, e é aprovado pela United States Environmental Protection Agency (USEPA). Os resultados revelaram que uma das marcas estava contaminada com coliformes totais, o que a torna em não conformidade com a legislação vigente.

(Revista Ceciliana, Jun 2(1): 4-6, 2010.)

Considerando as informações acima e o assunto abordado, analise as afirmativas a seguir e assinale a correta.

a) A hipótese de I foi formulada sem observação.

b) A parte experimental de II, quando comparada com I, permite maior possibilidade de reproduzir o trabalho.

c) I e II possuem o mesmo objetivo.

d) Nenhum dos dois trabalhos chegou a etapa de divulgação dos resultados.

04. (UNICAP)

I  II

0  0 – A passagem de líquido dos capilares sanguíneos do glomérulo renal para a cápsula de Bowman ocorre devido à diferença de pressão hidrostática entre o capilar e a cápsula.

1 1 – Sabendo-se que, em ervilhas, semente amarelas (V), sementes lisas (R) e planta alta (B) são dominantes, respectivamente, em relação aos caracteres sementes verdes (v), sementes rugosas (r) e planta baixa (b), a probabilidade de um Triibrido dar, por autofecundação, um descendente VvRrbb é 2/32.

2  2 – A figura abaixo representa uma determinada comunidade na qual se notam relações diretas de alimentação entre organismos A, B, C e D. Considerando-se as interrelações indicadas pelas setas, as letras indicam: a energia que chega a C passa através dos diferentes níveis tróficos da cadeia e tem uma direção cíclica, porque toda a energia captada pelo produtor volta a ela, quando morre o último da cadeia.

3  3  – Com relação à taxonomia e de acordo com o sistema moderno de classificação, para nos referirmos a uma variedade, raça ou subespécie de um determinado organismo, o nome da subespécie deverá vir escrito com letra minúscula, depois da espécie.

4  4 – Em relação aos peixes, os osteícties são animais de excepcional diversificação de formas, tamanhos, cores, hábitos alimentares e mecanismos reprodutores. Alguns despertam interesse particular, como as piranhas e as moreias, extremamente agressivas e carnívoras.

05. (UEM) Assinale o que for correto.

01. As células vegetais colocadas em água destilada rompem-se, em função da presença da parede celular.

02. A fotofosforilação é um processo presente nos vegetais, relacionado com a produção de energia, na forma de ATP.

04. A abertura estomática, que permite as trocas gasosas entre a planta e a atmosfera, é facilitada por vários fatores, entre eles, a presença de luz e o baixo teor de CO2.

08. As auxinas estimulam o alongamento celular e promovem o crescimento de caules e raízes.

16. O nitrogênio é um macronutriente essencial, componente das proteínas e dos ácidos nucleicos. A falta desse elemento no solo acarreta limitação no crescimento das plantas.

32. As plantas podem perder água no estado líquido através das lenticelas, por um processo conhecido como gutação.

64. O valor da intensidade luminosa, a partir do qual a taxa de fotossíntese deixa de aumentar, é denominado ponto de saturação luminosa.

Soma das alternativas corretas:

06. (UFAM) A Biologia é uma ciência que busca explicações para os fenômenos da natureza, estabelecendo relações entre os fatos observados. O cientista é o indivíduo que busca sistematicamente, a aquisição de mais conhecimento através da investigação científica. Sobre a investigação científica, é incorreto afirmar que:

a) A partir da observação, o pesquisador buscará respostas a perguntas, como por exemplo: “Por quê ocorre?” ou “Como ocorre?” ou “Qual a relação entre essa e aquela ocorrência?”. A curiosidade move o cientista na busca de respostas.

b) Para tentar responder aos questionamentos, o pesquisador traçará algumas respostas, as quais são chamadas, no conjunto, de hipóteses. As hipóteses são baseadas no conhecimento já adquirido e devem ser passíveis de teste.

c) As deduções preveem o que pode acontecer se a hipótese estiver correta. Assim, testes experimentais e/ou novas observações são feitas para testar as hipóteses e averiguar se as deduções podem ser confirmadas ou refutadas.

d) Teoria é um conjunto de conhecimentos que visam explicar e interpretar fenômenos abrangentes da natureza.

e) Hipóteses podem ser confirmadas ou refutadas por meio de testes experimentais. A confiabilidade dos resultados obtidos tanto é maior quanto menores forem as repetições aplicadas aos testes.

07. (UDESC) Analise as proposições quanto à relação dos seres vivos às suas características.

I. As bactérias são seres procariontes, unicelulares e algumas pertencentes ao gênero Lactobacillus são utilizadas na produção de iogurte.

II. Os protozoários são seres procariontes, pluricelulares e o protozoário Neisseria gonorrhoeae causa a Gonorreia, que é uma doença sexualmente transmissível – DST.

III. Os animais são seres eucariontes, pluricelulares e sua nutrição é heterotrófica.

IV. Os fungos são seres eucariontes, exclusivamente unicelulares, que produzem penicilina e são causadores da giardíase.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

08. (UEM) Com relação à nutrição e às necessidades energéticas da espécie humana, assinale o que for correto.

01. Os sais minerais, como os cloretos e os fosfatos, por serem inorgânicos, não são considerados nutrientes.

02. Alimentos de origem vegetal, como a soja e o feijão, são desprovidos de nutrientes plásticos, ou seja, de proteínas.

04. Vitaminas são substâncias orgânicas necessárias em quantidades relativamente pequenas, mas que exercem grandes efeitos no organismo.

08. Glicídios e lipídios são nutrientes orgânicos cuja função principal é fornecer energia às células.

16. Uma dieta balanceada é aquela que fornece a quantidade de energia necessária, dispensando as gorduras e os carboidratos.

Soma das alternativas corretas:

09. (UECE) Com relação aos seres vivos estruturalmente mais simples, analise as assertivas abaixo, e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.

( ) A carioteca das células bacterianas possui inúmeros ribossomos, responsáveis pela síntese proteica.

( ) Bactérias autotróficas produzem seu próprio alimento por meio da quimiossíntese.

( ) Protistas são unicelulares e, em sua grande maioria, desprovidos de núcleo organizado.

( ) Protozoários, seres unicelulares, compõem um grupo pouco diversificado em número de espécies; suas estruturas de locomoção são a característica distintiva para sua classificação.

( ) Fungos são seres heterotróficos formados por células denominadas hifas, que se reproduzem assexuada ou sexuadamente.

Está correta, de cima para baixo, a seguinte sequência:

a) F, V, F, F, V.

b) V, F, V, V, F.

c) V, V, F, F, V.

d) F, F, V, V, F.

10. (UFPel) Os seres vivos se diferem dos não vivos em várias características, como por exemplo: composição química, organização estrutural, capacidade de reprodução e metabolismo. É correto afirmar que:

a) O oxigênio está presente apenas na constituição dos seres vivos, onde exerce um papel fundamental na produção de energia.

b) O anabolismo ou catabolismo é exercido pelos seres vivos, sendo um processo em que ocorre a degradação de substâncias, com liberação de energia para o meio.

c) Os seres vivos e não vivos têm capacidade de se reproduzirem, tanto de forma assexuada quanto sexuada.

d) Todos os seres vivos apresentam um sistema interno de membranas em suas células (organelas); já os seres não vivos não o apresentam.

e) O carbono, nos seres vivos, é o elemento fundamental para a formação de suas moléculas, representadas principalmente por proteínas, lipídios e ácidos nucleicos.

11. (UFPB) As relações filogenéticas entre as espécies vêm sendo cada vez mais compreendidas com o aumento dos conhecimentos biológicos. Recentemente, pesquisas mostraram que o Reino Fungi é mais próximo evolutivamente do Reino Animalia do que do Reino Plantae. Nesse contexto, identifique a(s) característica(s) que é (são) compartilhada(s) entre todos os representantes dos reinos Fungi e Animalia:

I. Possuir cloroplastos.

II. Apresentar estrutura de proteção de quitina.

III. Ser heterotrófico.

IV. Ser multicelular.

Está(ão) correta(s) apenas a(s) característica(s):

a) II.

b) III.

c) I e II.

d) III e IV.

e) I, II e IV.

12. (UNIOESTE) Analise as afirmações relativas aos diferentes grupos de seres vivos e escolha a(s) correta(s).

01. O nível de organização dos protozoários é comparável a seres acelulares como os vírus.

02. Os fungos constituem o Reino Fungi, que os separa do Reino Vegetal pela ausência de clorofila e de celulose.

04. As clorofíceas são algas que possuem clorofila a e b, carotenoides, celulose e amido, sendo que estas características as aproximam das plantas superiores.

08. Sphagnum é um musgo que forma a turfa, que é misturada ao solo para jardinagem, por ser importante na absorção de água.

16. As coníferas constituem um importante grupo de angiospermas, e são plantas que apresentam sementes protegidas por frutos.

32. Folhas com nervuras ramificadas, raiz axial com ramificação, flores tetrâmeras ou pentâmeras, caracterizam plantas criptógamas monocotiledôneas.

64. Formação de sementes, produção de grãos de pólen, ausência de vasos condutores de seivas, são características comuns a pteridófitas, gimnospermas e angiospermas, respectivamente.

Soma das alternativas corretas:

13. (UEMA) O conhecido teste do pezinho é realizado com uma gota de sangue retirada do pé de recém-nascidos. Essa prática visa diagnosticar a capacidade que a criança possui de metabolizar determinado aminoácido cujo acúmulo pode causar doença grave no organismo.

AMABIS, J. M.; MARTO, G. R. Biologia. v. 1. São Paulo: Moderna, 2010.

Na informação acima, há referência ao aminoácido denominado:

a) Fenilalanina.

b) Metionina.

c) Histidina.

d) Leucina.

e) Valina.

14. (UECE) Cerca de 90% dos pacientes com casos de câncer na próstata, mama, pulmão e intestinal que sofrem metástase, quando o câncer se espalha, desenvolvem resistência à quimioterapia. O tratamento para estes casos é feito com intervalos, para que o corpo do paciente possa se recuperar da toxicidade da quimioterapia. Mas estes intervalos permitem que as células do tumor se recuperem e desenvolvam a resistência. No estudo dos pesquisadores do Centro de Pesquisa do Câncer Fred Hutchinson, em Seattle, analisaram células fibroblásticas, que normalmente têm um papel muito importante na recuperação em casos de feridas e na produção de colágeno, o principal componente de tecidos de ligação, como os tendões, por exemplo. A quimioterapia gera danos no DNA, o que faz com que estas células produzam uma quantidade de uma proteína chamada WNT16B trinta vezes maior do que deveriam. Esta proteína é o “combustível” que faz com que as células cancerosas cresçam e invadam tecidos que cercam o tumor além de causar a resistência à quimioterapia. Já se sabia que esta proteína estava envolvida no desenvolvimento do câncer, mas não na resistência ao tratamento. (BBC–Brasil, 2012).

Essa é uma importante informação científica. No entanto, estudos anteriores foram muito necessários, como o mecanismo da síntese do colágeno, por exemplo. Sendo assim, assinale a opção que descreve corretamente esse mecanismo.

a) Dentro da célula, como processo da síntese do colágeno, os dois tipos de cadeias peptídicas são formados durante a tradução nos ribossomos, ao longo do retículo endoplasmático liso (REL).

b) O procolágeno é enviado para o retículo endoplasmático rugoso (RER), onde é embalado e secretado por exocitose.

c) Moléculas múltiplas formam fibrilas de colágeno, através de ligações covalentes cross-linking.

d) O escorbuto, deficiência de vitamina D, é uma doença grave e dolorosa na qual o “defeito colágeno” previne a formação de tecido conjuntivo forte. As gengivas deterioram-se e sangram, com perda de dentes. Há descoloramento da pele, e as feridas não cicatrizam.

15. (UEM) Considerando-se os vertebrados, assinale o que for correto.

01. Em algumas aves, como nos pombos, o esôfago apresenta uma dilatação, formando o papo onde se produz uma substância leitosa com a qual se alimentam os filhotes.

02. No sangue, as concentrações de oxigênio e de dióxido de carbono são maiores do que as observadas na água, em função da existência de pigmentos respiratórios, como a hemoglobina.

04. Hormônios sexuais, como a testosterona nos homens e progesterona nas mulheres, são responsáveis pelas características sexuais secundárias.

08. Peixes cartilaginosos marinhos, como raias e tubarões, regulam o seu equilíbrio osmótico com o meio ambiente, mantendo alta a sua concentração de ureia no sangue.

16. Aves e mamíferos, ambos com hemácias anucleadas, possuem coração com quatro câmaras, duas aurículas e dois ventrículos, sendo que a circulação é fechada, dupla e completa.

32. A ordem Anura é representada pelos anfíbios sem cauda, como os sapos e rãs, que podem possuir glândulas de veneno, denominadas de glândulas paratireoides.

Soma das alternativas corretas:)

16. (UCS) A esclerose múltipla é uma doença autoimune, em que as próprias defesas corporais atacam e destroem a bainha de mielina. O principal efeito da destruição da bainha de mielina no corpo humano é a:

a) Incapacidade de realizar absorção de nutrientes.

b) Incapacidade de produzir hormônios.

c) Perda progressiva da coordenação nervosa.

d) Diminuição na produção de espermatozoides.

e) Perda progressiva da capacidade de cicatrização.

17. As bactérias apresentam como mecanismo para promoção da mistura de genes entre indivíduos diferentes, o processo de recombinação genética. Este processo pode ocorrer de três formas, sendo que uma delas é através da formação de uma ponte (pili) entre as duas células, ocorrendo a migração de genes de uma bactéria para outra. Essa forma de recombinação é conhecida como:

a) Transformação bacteriana.

b) Transdução bacteriana.

c) Divisão bacteriana.

d) Conjugação bacteriana.

e) Cissiparidade.

18. (IFSC) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

Era uma vez três alienígenas que desceram à Terra para avaliar a situação da vida inteligente. Um especializado em engenharia, outro em química e o terceiro em computação. Dirigindo-se aos colegas, o engenheiro relatou (segue a tradução): “Todas as criaturas daqui são sólidas, algumas segmentadas, com capacidade de locomoção no chão, através da água e no ar. Todas extremamente lentas. Nada impressionante”. O químico então comentou: “Todas são muito semelhantes, derivados de sequências diferentes de quatro ingredientes químicos”. A seguir o especialista em computação opinou: “Capacidade computacional limitada. Um deles, o bípede sem pelos, porém, é diferente dos outros”…

…“Mas como pode ser?”, cismou o engenheiro. “Dada a similaridade na forma e na composição química, como pode a capacidade computacional deles diferir?” “Não tenho certeza”, confessou o alienígena especialista em computação. “Mas parecem ter um sistema para criar novas expressões infinitamente mais poderoso que o de todas as outras formas de vida. Proponho que coloquemos o bípede sem pelos em um grupo diferente dos outros animais, com uma origem diferente e de uma galáxia diferente.” Os outros dois alienígenas concordaram, e então os três se apressaram a voltar para casa a fim de apresentar seus relatórios. Talvez os nossos informantes alienígenas não possam ser culpados por classificar os homens separadamente de abelhas, aves, castores, babuínos e bonobos. Afinal, apenas a nossa espécie cria suflês, computadores, revólveres, maquiagem, peças, óperas, esculturas, equações, leis e religião. As abelhas não só nunca criaram um suflê, como nem sequer contemplaram tal possibilidade. Simplesmente não possuem o tipo de cérebro que dispõe tanto de aptidão tecnológica quanto de criatividade gastronômica.

(HAUSER, M. Mente. Scientific American Brasil, n 89, p. 30, out. 2009).

Um dos alienígenas citados no texto, o químico, faz referência à composição química dos seres vivos presentes no planeta Terra. Sabe-se que essa composição é baseada em compostos inorgânicos e orgânicos. Sobre esse tema, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Os quatro ingredientes químicos citados pelo alienígena químico no texto poderiam ser interpretados como os nucleotídeos que compõem a molécula de DNA, presentes apenas em células eucariontes.

02. Apesar da grande diversidade celular encontrada nos seres vivos no planeta Terra, verifica-se que todas as membranas celulares têm como composição básica fosfolipídios, proteínas, colesterol, glicídios e quitina.

04. Se os alienígenas do texto pretendessem classificar os seres vivos baseando-se na biologia celular, poderiam afirmar que os seres humanos possuem células desprovidas de parede celular, com glicocálice e contendo glicogênio como carboidrato de reserva nutritiva.

08. A síntese de glicoproteínas em células eucariontes envolve basicamente duas organelas, o retículo endoplasmático granuloso e complexo de Golgi.

16. Algumas estruturas celulares são compostas basicamente de proteínas. É o caso dos centríolos e do citoesqueleto de células animais.

32. Células hepáticas humanas apresentam uma quantidade abundante de retículo endoplasmático não granuloso. Esta organela, além de participar da síntese de esteroides, fosfolipídios e outros lipídios, também tem ação na degradação de substâncias tóxicas ao organismo, como álcool.

Soma das alternativas corretas:

19. (FUVEST) Louis Pasteur realizou experimentos pioneiros em Microbiologia. Para tornar estéril um meio de cultura, que poderia estar contaminado com agentes causadores de doenças, Pasteur mergulhava o recipiente que o continha em um banho de água aquecida à ebulição e à qual adicionava cloreto de sódio. Com a adição de cloreto de sódio, a temperatura de ebulição da água do banho, com relação à da água pura, era ______. O aquecimento do meio de cultura provocava _______. As lacunas podem ser corretamente preenchidas, respectivamente, por:

a) Maior; desnaturação das proteínas das bactérias presentes.

b) Menor; rompimento da membrana celular das bactérias presentes.

c) A mesma; desnaturação das proteínas das bactérias.

d) Maior; rompimento da membrana celular dos vírus.

e) Menor; alterações no DNA dos vírus e das bactérias.

20. (PUC-RIO) Entre as adaptações dos tetrápodes à vida terrestre, estão:

a) A presença de brânquias e pernas e a excreção de amônia.

b) A presença de fendas faríngeas, notocorda e cauda pós-anal musculosa.

c) A presença de pulmões e a excreção de ácido úrico.

d) A presença de pulmões e a excreção de amônia.

e) A presença de vértebras, pulmões e epitélio impermeável.

 

Publicado por: Djalma Santos | 15 de setembro de 2017

TESTES DE SISTEMA EXCRETOR (5)

01. (IFPE) O sistema excretor tem um papel fundamental na osmorregulação e na eliminação dos excretas do metabolismo. Analise as frases abaixo e assinale a alternativa correta.

a) A ureia é mais tóxica do que a amônia, sendo eliminada com muita água.

b) Os peixes de água doce eliminam muita água pela pele para manter o equilíbrio osmótico em relação ao meio em que vivem.

c) Os peixes de água salgada bebem muita água para compensar a perda excessiva de água pela pele.

d) O ácido úrico é muito solúvel em água, sendo o excreta preferencial das aves e répteis.

e) Os mamíferos excretam muita amônia, pois é uma substância insolúvel em água.

02. (UFF) Os peixes marinhos possuem caracteristicas fisiológicas importantes que lhes permitem viver adaptados ao seu habitat. Considere os seguintes processos:

I. Absorção de alimentos.

II. Eliminação de Na+.

III. Absorção de CO2.

IV. Eliminação de CO2.

V. Eliminação de H2O.

VI. Absorção de O2.

Dentre esses processos, os que constituem importantes funções fisiológicas das brânquias de peixes marinhos estão indicados por:

a) I, II e V.

b) I, III e IV.

c) II, III e V.

d) II, IV e VI.

e) III, V e VI.

03. (UDESC) Em relação ao sistema urinário humano, associe as colunas.

1. Ureter

2. Rim

3. Bexiga

4. Uretra

( ) Canal que conduz a urina ao exterior do corpo humano.

( ) Tubo que se origina de vários cálices renais, formando a pelve renal, o qual conduz a urina para um saco muscular que a armazena.

( ) Órgão que recebe a urina por meio de tubos e a deixa armazenada por um período

( ) Órgão que possui a unidade excretora néfron, que permite a eliminação de resíduos do metabolismo do sangue.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

a) 1 – 3 – 2 – 4.

b) 1 – 4 – 2 – 3.

c) 4 – 1 – 3 – 2.

d) 1 – 4 – 3 – 2.

e) 4 – 1 – 2 – 3.

04. (UEM) A principal substância orgânica nitrogenada excretada pelas aves é o ácido úrico, removido do sangue pelos rins e conduzido à cloaca pelos ureteres. Na cloaca, o ácido úrico, altamente concentrado, adquire cor esbranquiçada e consistência pastosa e, posteriormente, é eliminado juntamente com as fezes. O sangue humano também contém ácido úrico, cuja concentração, normalmente, varia entre 3,5 e 7,2 mg/dL. Considerando que a massa molar do ácido úrico é 168,0 g/mol, assinale o que for correto.

01. No sangue humano, uma concentração de ácido úrico no valor de 4,5 x 10– 4 mol/dL, está fora da faixa de normalidade.

02. A pintura dos automóveis pode ser atacada por produtos químicos derivados da decomposição do ácido úrico, quando expostos às condições ambientais.

04. Essa forma de excreção favorece a sobrevivência das aves que vivem perto do mar.

08. Nos peixes, a excreção de substâncias nitrogenadas ocorre da mesma forma que nas aves.

16. A maioria dos répteis, como as aves, excreta resíduos nitrogenados na forma de ácido úrico.

Soma das alternativas corretas:

05. (UECE) Com relação aos excrementos de aves, é correto afirmar-se que resultam do processamento de:

a) Restos alimentares misturados a excreções à base de ácido úrico.

b) Restos alimentares, somente.

c) Restos alimentares misturados a excreções à base de ureia.

d) Excreções à base de ácido úrico e à base de ureia, somente.

06. (UNCISAL) Os principais órgãos excretores dos vertebrados são os rins, formados pelos néfrons. Os pulmões e o fígado também colaboram no mecanismo de excreção, ao eliminar gás carbônico e inativar substâncias prejudiciais ao organismo, respectivamente. A bile também possui papel importante na excreção, pois esta elimina produtos resultantes da distribuição das moléculas de hemoglobina. Contudo, a maior parte do trabalho de excreção (eliminar a ureia produzida pelo fígado) é realizada pelos rins. Além disso, eles regulam a concentração de água e sais no corpo, mantendo o equilíbrio do organismo. Nas opções abaixo, assinale a que corresponde corretamente à função do néfron.

a) O néfron elimina substâncias nocivas ao organismo, transformando-as em pigmentos biliares, como a bilirrubina lançada no intestino, e algumas dessas substâncias são lançadas pelas fezes, outras voltam para o sangue e são eliminadas pela urina, tornando-a amarela, que é a cor da bilirrubina.

b) No néfron, ocorre a filtração, a reabsorção e a secreção. Na filtração, a pressão do sangue expulsa do glomérulo para a cápsula a água e as pequenas moléculas dissolvidas no plasma. A reabsorção ocorre ao longo do túbulo, onde a água e as substâncias úteis são reabsorvidas, voltando para o sangue. Na secreção, as células do túbulo controlam a taxa de potássio no sangue. Ao sair do ducto coletor, a urina é formada.

c) No néfron, há a formação de substâncias chamadas de diuréticos, as quais diminuem a reabsorção de água pelos rins e, com isso, um maior volume de água é eliminado na urina. A eliminação da urina é chamada diurese.

d) O néfron é responsável pelo aumento da concentração de cálcio e sais minerais na urina. Esse aumento na concentração dessas substâncias vai favorecer o funcionamento dos rins, contribuindo assim, para um maior controle da pressão arterial, bem como uma correta taxa de ureia no sangue e uma eliminação adequada de água e sais.

e) O néfron é o responsável pela produção do hormônio antidiurético (ADH), que é armazenado e lançado no sangue quando a pressão osmótica do sangue aumenta (por causa da diminuição da água); esse hormônio faz aumentar a absorção de água, tornando a urina menos concentrada e mais clara.

07. (UEM) A produção de urina concentrada é uma das mais importantes adaptações para a ocupação do ambiente terrestre, visto que possibilita economia de água. Sobre esse assunto, assinale o que for correto.

01. Insetos, anfíbios e aves convertem a amônia em ácido úrico, com baixa solubilidade em água, com consequente eliminação de uma urina muito concentrada. Esses animais são chamados uricotélicos.

02. Nos anelídeos, a excreção é realizada pelos metanefrídios, abertos para a cavidade celômica, de onde removem a amônia. A porção enovelada dos metanefrídeos retira as excreções diretamente do sangue.

04. Aves marinhas excretam o excesso de sal através das glândulas coxais.

08. O principal agente fisiológico regulador do equilíbrio hídrico no corpo humano é o hormônio FSH, produzido no hipotálamo e armazenado na hipófise.

Soma das alternativas corretas:

08. (SENAC-SP) Artérias e veias renais são vasos sanguíneos importantes para o funcionamento dos rins dos vertebrados e, quando se compara o sangue que circular nesses vasos, verifica-se uma diferença na concentração do resíduo nitrogenado entre eles. Assinale a alternativa do quadro abaixo, que contém o principal resíduo nitrogenado de galinhas e cães, bem como sua concentração nos vasos mencionados.09. 09. (IFG) As proteínas ingeridas pelos animais são degradadas em aminoácidos. Os aminoácidos, antes de participarem dos mecanismos oxidativos, passam pela remoção do grupamento amina (NH2). Esse grupamento origina as excretas nitrogenadas. Dentre elas, uma é muito tóxica e seu acúmulo no organismo pode levar a morte. Porém, por ser bastante solúvel em água, tornou-se a principal excreta dos animais aquáticos. O texto faz referência a(o):

a) Ureia.

b) Ácido úrico.

c) Amônia.

d) Nitrato.

e) Ácido nítrico.

10. (COVEST) Ao longo do processo evolutivo, os animais desenvolveram diversos mecanismos para regular ao processo osmótico a que estão sujeitos (mecanismo de osmorregulação). Avalie as informações abaixo.

I  II

0   0 – Peixes de água doce perdem sais importantes pela urina. A perda salina é compensada pela absorção ativa de sais através do epitélio que reveste as brânquias.

1   1 – peixe cartilaginosos, com tubarões, conseguem o ajuste osmótico bebendo água salgada e eliminando o excesso de sal ingerido através da superfície das brânquias.

2  2 – Peixes ósseos marinhos continuamente perdem água para o meio devido à osmose. Para compensar essa perda, eles sintetizam e acumulam ureia no sangue, a qual se constitui num soluto osmoticamente importante.

3  3 – Aves marinhas, como gaivotas e albatrozes, possuem glândulas nasais especializadas na eliminação de excessos de sais no corpo.

4   4 – Mamíferos marinhos, como golfinhos e baleia, ingerem água do mar junto com os alimentos. O equilibro osmótico é conseguido por meio da eliminação de sais através da urina.

11. Os rins, além da importante função excretora, contribuem de maneira eficiente na(o):

a) manutenção do equilíbrio endócrino.

b) metabolismo dos açúcares.

c) manutenção da composição sanguínea.

d) manutenção da temperatura.

e) metabolismo dos lipídeos.

12. (FAVIP) Considerando a regulação hormonal da função renal humana, observe a figura abaixo e aponte a alternativa correta.

a) O hormônio antidiurético é sintetizado pela neurohipófise e armazenado no hipotálamo.

b) Quando a ingestão de água é menor, ocorre menor secreção de ADH pela hipófise.

c) A ingestão de álcool aumenta a secreção de ADH, por isso há maior produção de urina.

d) Quando a concentração de sódio no sangue é alta, ocorre aumento da secreção de aldosterona pelo córtex da glândula adrenal.

e) Se a concentração de sódio no sangue é baixa, os rins liberam renina no sangue, uma enzima que regula a secreção de aldosterona.

13. (UFPB) Os animais podem ser classificados em: amoniotélicos, ureotélicos e uricotélicos, com base no principal produto nitrogenado excretado. Esses excretas estão associados com o processo evolutivo de conquista do ambiente terrestre e com o tipo de desenvolvimento embrionário. Baseado nestas informações é correto afirmar:

a) Os ureotélicos são representados por peixes cartilaginosos, anfíbios adultos e mamíferos que excretam principalmente ureia, substância menos tóxica do que a amônia.

b) Os amoniotélicos são representados por peixes cartilaginosos e anfíbios adultos que excretam principalmente amônia, substância muito tóxica e pouco solúvel na água.

c) Os uricotélicos são representados pelos mamíferos, répteis e aves que excretam principalmente ácido úrico, substância muito tóxica e quase insolúvel na água.

d) Os amoniotélicos são representados pelos peixes ósseos, répteis e anfíbios na fase larval que excretam principalmente amônia, substância pouco tóxica e muito solúvel na água.

e) Os uricotélicos são representados por peixes cartilaginosos, mamíferos e aves que excretam principalmente ácido úrico, substância pouco tóxica e muito solúvel na água.

14. (UEMS) No sistema urinário dos mamíferos, o sangue é filtrado ao nível da(os):

a) Cápsula de Bowman.

b) Alça de Henle.

c) Túbulos contorcidos proximais.

d) Túbulos contorcidos distais.

15. (UFTM) Analise a figura, que representa um néfron humano. Essa unidade é extremamente importante para filtrar o sangue e garantir a homeostase, ou seja, a manutenção do equilíbrio interno.

Foram feitas algumas afirmações a respeito da fisiologia renal.

I. O vaso sanguíneo, representado em vermelho, leva sangue rico em ureia e gás oxigênio para o néfron.

II. Algumas substâncias do sangue passam para o interior do néfron, na região do glomérulo, processo denominado filtração glomerular.

III. Todas as substâncias que entram no néfron irão compor a urina, que será eliminada pelo tubo coletor.

IV. O vaso sanguíneo, representado em azul, transporta o sangue arterial, pobre em ureia, ou seja, segue “limpo” novamente para a circulação.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I.

b) I e II.

c) II e III.

d) III e IV.

e) I, III e IV.

16. (UFAL) Considere as seguintes afirmações relativas aos excretas nitrogenados:

I. A ureia é o mais tóxico dos excretas nitrogenados.

II. O principal produto de excreção nitrogenada dos animais pode ser a amônia, a ureia ou o ácido úrico.

III. Só excretam amônia os animais que têm disponibilidade suficiente para sua eliminação.

IV. A excreção do ácido úrico em forma pastosa ou seca representa uma economia de água para alguns animais.

São verdadeiras apenas:

a) I e II.

b) I e IV.

c) III e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

17. (MACK) Considere as afirmativas a seguir.

I. Todos os animais aquáticos excretam amônia por não apresentarem problemas quanto à obtenção de água.

II. O ácido úrico, por ser o excreta menos solúvel em água, é eliminado principalmente por animais terrestres como aves e répteis.

III. Os mamíferos excretam ureia porque, apesar de serem terrestres em sua maioria, geralmente são vivíparos e têm bom suprimento de água.

Então:

a) todas as afirmativas são verdadeiras.

b) somente a afirmativa I é verdadeira.

c) somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

d) somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

e) somente a afirmativa II é verdadeira.

18. (UFPR) A regulação da osmolalidade do plasma sanguíneo dentro de limites fisiológicos estreitos é indispensável para a manutenção da integridade celular. O aumento na osmolalidade, como o provocado experimentalmente pela administração intravenosa de salina hipertônica (Figura a), desencadeia respostas neurais, a partir da atividade de osmorreceptores (Figura b), e endócrinas, resultando em mudanças comportamentais (Figura a) e alterações na função renal. Considerando as informações contidas nas figuras abaixo e as ações de hormônios reguladores da reabsorção renal de água, assinale a alternativa correta para as respostas orgânicas ao aumento da osmolalidade plasmática.

19. (Fuvest) O hormônio ADH atua sobre os túbulos renais promovendo absorção de água do filtrado glomerular. A deficiência na secreção desse hormônio faz com que a pessoa produza:

a) muita urina, com alta concentração de excreções.

b) muita urina, com baixa concentração de excreções.

c) pouca urina, com alta concentração de excreções.

d) pouca urina, com baixa concentração de excreções.

e) quantidade normal de urina, com alta concentração de excreções.

20. (UNICAMP) Em relação à forma predominante de excreção dos animais, é correto afirmar que:

a) Peixes são animais amoniotélicos, aves e répteis são ureotélicos e mamíferos são uricotélicos.

b) A ureia é altamente tóxica e insolúvel em água, sendo a principal excreta das aves.

c) Peixes, exceto os condrictes, são amoniotélicos e aves e répteis adultos são ureotélicos.

d) A amônia é altamente tóxica e necessita de um grande volume de água para ser eliminada.

 

Publicado por: Djalma Santos | 15 de setembro de 2017

TESTES DE HISTOLOGIA VEGETAL (8)

01. (UFV) Observe a imagem abaixo, que representa o tronco de uma árvore, com as indicações.

01

(Disponível em: http://bio1152.nicerweb.com/Locked/media/ch35/trunk.html.

Acesso em: 20 ago. 2012.)

Assinale a opção correta:

a) O número 2 representa o floema secundário, que conduz fotoassimilados.

b) O número 3 representa o alburno, que é o floema secundário funcional.

c) O número 1 representa o cerne, que é o xilema secundário não funcional..

d) O número 4 representa a periderme, que é o tecido de reserva do tronco.

02. (UERN) Observe a figura abaixo.

02

Após a retirada de um anel completo da casca de um tronco (anel de Malpighi), analise.

I. A ascensão da seiva elaborada não será prejudicada, ao contrário do que ocorre com a seiva bruta.

II. Ocorre acúmulo da seiva elaborada e formação de um tecido local.

III. Ocorre acúmulo de seiva bruta e formação de um tecido local.

IV. As raízes e as demais partes abaixo do corte deixarão de receber a seiva elaborada.

V. A planta deixa de receber a seiva bruta e perde a fonte de obtenção de água e sais, morrendo.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) II e IV.

b) III e V.

c) I, II e V.

d) I, III e IV.

03. (CEFET-MG) O xilema e um tecido vegetal classicamente relacionado ao transporte ascendente de seiva bruta (rica em agua e sais minerais). Devido a presença de lignina nas paredes secundarias de suas células, outra função desse tecido e a(o):

a) Defesa.

b) Regeneração.

c) Cicatrização.

d) Sustentação.

e) Revestimento.

04. (PUC-GO) O derretimento do gelo, em diferentes regiões do mundo, e apontado por vários estudiosos como uma consequência do efeito estufa. Um dos gases de efeito estufa é o CO2, cuja concentração, devido à ação humana, tem aumentado na atmosfera. As plantas, ao contrário, fixam o CO2, por meio da fotossíntese, contribuindo para a redução no teor desse gás atmosférico. Dentre as alternativas abaixo, aponte aquela cuja estrutura esteja relacionada com as trocas gasosas realizadas com o meio ambiente:

a) Xilema.

b) Colênquima.

c) Parênquima.

d) Estômatos.

05. (UEA) Alporquia é um método botânico utilizado para formação de raízes em um ramo de uma planta adulta. Para tal procedimento, é retirado um anel da casca do ramo vegetal e um saco plástico com musgo é amarrado sobre o tecido exposto, conforme ilustra a figura abaixo.

05

Após a formação das raízes, o ramo é cortado na base e plantado em um local definitivo. Nesse processo, a formação de raízes, a partir do galho, é possível, pois:

a) Os tecidos das gemas laterais do caule são os mesmos das raízes.

b) As células envolvidas são constituintes de meristemas primários.

c) Os tecidos vegetais não atingem o estado diferenciado adulto.

d) As células vegetais do caule sofrem diferenciação a qualquer momento.

e) Os tecidos vegetais retornam à condição meristemática.

06. (UNIOESTE) Referente aos tecidos vegetais, considere as colunas I e II e assinale a(s) alternativa(s) em que todas as associações estão corretas.

06

01. a2, b3, c4, d1.

02. a3, b2, c1, d5.

04. a3, b4, c5, d6.

08. a3, b2, c6, d5.

16. a2, b3, c5, d6.

32. a2, b3, c1, d6.

64. a5, b6, c3, d5.

Soma das alternativas corretas:

07. (UCPel) As três camadas do tecido embrionário, que dão origem, respectivamente, à epiderme, ao súber e ao cilindro central, são:

a) Dermatogênio, periciclo e pleroma.

b) Hidatódio, escleritos e súber.

c) Dermatogênio, periblema e plerona.

d) Periblema, dermatogênio e pleroma.

e) Pleroma, dermatogênio e felogênio.

08. (UEM) Sobre os tecidos vegetais, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. O felogênio é um meristema secundário que dá origem ao súber e à feloderme.

02. Em plantas que pertencem ao grupo das dicotiledôneas, o meristema primário é responsável pelo crescimento secundário.

04. As células meristemáticas do caule e da raiz originam os tecidos meristemáticos primários, representados pela epiderme, pelo câmbio fascicular e pelo parênquima fundamental.

08. O parênquima é um tecido fundamental para os vegetais, sendo responsável pela realização da fotossíntese e pelo armazenamento de substâncias.

16. Lenticelas são pequenas fendas responsáveis pelas trocas gasosas que ocorrem em tecidos suberificados.

Soma das alternativas corretas: (01,08,16)

09. (PUC-PR) O desenvolvimento de plantas apresenta um notável grau de plasticidade, o que, em grande parte, pode ser atribuído a tecidos especializados chamados de meristemas (ESAU, 1965; GIFFORD & FOSTER, 1987). Em um sentido amplo, meristema pode ser definido como um grupo de células que retém a capacidade de proliferar e cujo destino final permanece indeterminado. Diversos tipos de meristemas, que podem ser distinguidos com base em sua posição na planta, contribuem para o desenvolvimento vegetativo das plantas. (TAIZ, L & ZEIGER, E. p. 468).

A partir da diferenciação dos meristemas, todos os demais tecidos vegetais serão formados: tecidos de revestimento, condução, sustentação e preenchimento. Sobre os tecidos vegetais, marque a alternativa correta.

a) O esclerênquima é formado por células vivas com paredes lignificadas; é encarregado de sustentação e flexibilidade.

b) O floema é um tecido de condução formado por células mortas lignificadas; é responsável pelo transporte de seiva bruta.

c) O xilema é um tecido de sustentação formado por células vivas; é responsável pela condução de seiva elaborada.

d) Os primeiros tecidos que aparecem nos vegetais são os tecidos condutores, que originam os demais tecidos. Os tecidos condutores têm capacidade de divisão permanente de suas células.

e) O colênquima é um tecido formado por células vivas, com paredes celulósicas, permeáveis, que confere sustentação e flexibilidade.

10. (PUC-CAMPINAS) Os cactos são considerados plantas suculentas devido ao armazenamento de água em um tecido especializado que funciona como um verdadeiro reservatório. Esse tecido é:

a) Parenquimatoso.

b) Meristemático.

c) Colenquimatoso.

d) Esclerenquimático.

e) Tegumentar.

11. (UNINASSAU) A caatinga nordestina é um ecossistema tipicamente brasileiro, com flora e fauna típicas. Para se adaptar ao clima quente e seco, as plantas desta região apresentam adaptações anatômicas e fisiológicas próprias. Uma dessas é a perda das folhas com a chegada do período seco. Este fenômeno decorre da ação dos hormônios vegetais e determina o significado do nome caatinga (mata branca). Marque a alternativa a seguir que explica corretamente este fenômeno.

a) A possível explicação está na liberação de ácido abscísico (ABA) pelas raízes, que é conduzido pelo xilema até as folhas. O aumento da concentração dessa substância nas gemas caulinares estimula a queda das folhas.

b) A diminuição da concentração do gás etileno nas folhas provoca a formação da camada de abscisão, levando à queda das folhas.

c) O aumento da temperatura e a diminuição da umidade provocam uma concentração excessiva de auxina nas folhas, causando suas quedas.

d) O aumento do ácido abscísico nas folhas determina a formação da camada de abscisão em sua base, levando à queda das mesmas.

e) A proximidade do período seco determina uma diminuição do metabolismo e consequente diminuição da concentração de auxina nas folhas, levando à formação da camada de abscisão na base do pecíolo.

12. (UNISC) Relacione os tecidos vegetais com sua respectiva função.

1. Floema.

2. Colênquima.

3. Meristema.

4. Esclerênquima.

5. Xilema.

(  ) Formado por células de natureza ainda indiferenciada que se destinam a formar todos os demais tecidos das plantas.

(  ) Tecido de sustentação formado por células com formato de fibra, porém curtas e ainda vivas. Os feixes desse tecido são superficiais, fornecendo pequena rigidez que não impede a flexibilidade de caules finos.

(  ) Transporte de água das raízes para os caules e as folhas.

(  ) As células deste tecido fornecem suporte rígido após morrerem.

(  ) Transloca carboidratos e outros nutrientes.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 3 – 4 – 1 – 2 – 5.

b) 4 – 3 – 1 – 2 – 5.

c) 3 – 2 – 5 – 4 – 1.

d) 1 – 2 – 3 – 4 – 5.

e) 5 – 4 – 3 – 2 – 1.

13. (UFSM) Segundo alguns autores, o “Abaporu”, de Tarsila do Amaral, homenageia o povo sofrido dos trabalhadores da época; o sol inclemente e o cacto representam, ali, sua dura rotina. Essa planta se adapta bem ao meio ambiente. Em geral, dispensa as folhas para a fotossíntese e armazena água para sobreviver. Que tecido vegetal está envolvido nesses dois processos fisiológicos?

a) Parênquima.

b) Xilema.

c) Meristema.

d) Periderme.

e) Esclerênquima.

14. (UDESC) Existem diferenças entre a organização das estruturas dos vegetais. Em relação ao enunciado, relacione as colunas.

1. Epiderme e súber

2. Colênquima e esclerênquima

3. Vasos lenhosos e liberianos

4. Parênquima amilífero e parênquima clorofiliano

(  ) São tecidos de assimilação e reserva dos vegetais.

(  ) São tecidos de condução de seiva dos vegetais.

(  ) São tecidos de revestimento e proteção dos vegetais.

(  ) São tecidos de sustentação dos vegetais.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

a) 4 – 3 – 1 – 2.

b) 3 – 4 – 2 – 1.

c) 4 – 2 – 1 – 3.

d) 2 – 3 – 1 – 4.

e) 1 – 3 – 4 – 2.

15. (PUC-MG) O súber é um tecido secundário constituído por células maduras mortas com paredes infiltradas por suberina, material ceroso ou gorduroso que são resistentes à passagem de gases e vapor d’água. Após a leitura da passagem acima, marque a afirmativa incorreta sobre o súber.

a) O súber é um tecido que atua como isolante térmico e na proteção contra choques mecânicos.

b) O súber de determinadas espécies de plantas são utilizados comercialmente como cortiça.

c) O súber é constituído do parênquima cortical com função de reserva e de preenchimento geral do córtex vegetal.

d) O tecido formador do súber é o felogênio, também denominado de câmbio da casca.

16. (UEM) Assinale o que for correto.

01. A epiderme é um tecido de revestimento presente nas folhas e nos caules constituída por células clorofiladas.

02. Nas folhas, o parênquima assimilador é constituído por células clorofiladas que realizam a fotossíntese e a respiração.

04. Os tecidos condutores xilema e floema são formados por vários tipos de células originadas de meristemas primários e secundários, que sofreram impregnação de lignina, calose, alcaloides e resinas.

08. O colênquima e o esclerênquima são tecidos vivos, lignificados, especializados na sustentação dos caules, raízes e folhas.

16. Os tecidos meristemáticos, presentes nos caules e nas raízes, apresentam grande capacidade de realizar mitose e, por isso, originam todos os tipos de células que compõem uma planta.

32. Nectários, pelos glandulares e tubos laticíferos são exemplos de estruturas secretoras presentes nas plantas.

Soma das alternativas corretas:

17. (IFSudeste-Mg) Considere as seguintes funções dos tecidos vegetais:

I. Sustentação

II. Realização de fotossíntese ou armazenamento

III. Condução de substâncias

IV. Crescimento em comprimento

Assinale a alternativa que contém os tecidos vegetais correspondentes às funções indicadas nos itens I, II, III e IV, respectivamente.

a) Colênquima, meristema secundário, xilema e floema.

b) Esclerênquima, floema, meristema primário e parênquima.

c) Esclerênquima, parênquima, floema e meristema primário.

d) Xilema, colênquima, meristema primário e floema.

e) Colênquima, parênquima, esclerênquima e meristema primário.

18. (UFPB) A figura a seguir representa a secção transversal do caule de uma angiosperma, onde se observa sua estrutura anatômica.

18

Considerando a figura e a literatura sobre anatomia vegetal, identifique as afirmativas corretas:

I   II

0  0 – O xilema está indicado pela letra c.

1  1 – A região cortical está indicada pela letra b.

2  2 – O caule é típico de plantas do grupo das monocotiledôneas.

3  3 – A estrutura é resultado da atividade dos três meristemas apicais.

4  4 – A periderme, indicada pela letra a, é o tecido de revestimento desse caule.

19. (UFT) A figura abaixo representa o caule de uma angiosperma com crescimento secundário.

19

Marque a alternativa que indica corretamente as camadas indicadas pelos números:

a) I – Cerne; II – câmbio; III – alburno; IV – floema; V – casca.

b) I – Cerne; II – alburno; III – câmbio; IV – floema; V – casca.

c) I – Alburno; II – cerne; III – floema; IV – câmbio; V – casca.

d) I – Alburno; II – cerne; III – câmbio; IV – periciclo; V – floema.

e) I – Alburno; II – cerne; III – câmbio; IV – floema; V – periciclo.

20. (UEA) Para responder esta questão tome por base o fragmento abaixo.

A Castanheira

A castanheira (Bertholletia excelsa), também conhecida como castanha-do-Brasil, é a mais famosa espécie de árvore nativa da Amazônia e as maiores concentrações estão na Amazônia Brasileira. Árvore de grande porte, a castanheira chega a atingir até 60 metros de altura e diâmetro, na base, superior a 4 metros. Os frutos, conhecidos como ouriços, são lenhosos e esféricos, atingindo entre 10 e 15 centímetros de diâmetro, pesando até 1,5 kg, e contendo até 25 sementes. Diversas espécies de fauna, incluindo pássaros e mamíferos (como roedores e primatas), utilizam-se destas sementes para seu alimento, inclusive o homem. A castanha (semente da castanheira) é um alimento muito rico. Quando desidratada, possui cerca de 17% de proteína e seu teor de gordura chega a 67%.

(www.greenpeace.org. Adaptado.)

Um professor mostrou aos alunos a foto de um tecido vegetal retirado de uma castanheira que apresentava, como características marcantes, núcleo volumoso, paredes celulares delgadas e elevada quantidade de células em divisão celular. É mais provável que esse tecido tenha sido retirado:

a) Da região subapical da raiz.

b) Do súber presente no tronco.

c) Dos traqueídes condutores de seiva.

d) Do esclerênquima de galhos.

e) Da epiderme de uma folha.

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 31 de agosto de 2017

TESTES DE ZOOLOGIA (20)

01. (UPE) Costuma-se dizer que os cetáceos podem “enxergar com os ouvidos”. Isso ocorre por meio do funcionamento da ecolocalização. Após inúmeros estudos sobre a anatomia interna dos cetáceos, descobriu-se que esses mamíferos não apresentam cordas vocais. O som produzido é direcionado para o meio aquático, por uma estrutura denominada melão, ligada aos canais nasais, que também conduzem o som recebido ao ouvido interno.

Modificado de: Baleias e Golfinhos – Marcos César de Oliveira dos Santos, Editora Ática.

É correto afirmar que a eficiência da transmissão está relacionada à natureza interna dessas estruturas predominantemente:

a) Aquosa.

b) Queratinosa.

c) Lipídica.

d) Proteica.

e) Iônica.

02. (UNICENTRO) EUA aprovam “Aedes transgênico”; teste comprova ausência de impacto.

Uma avaliação do Centro de Medicina Veterinária da Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (FDACVM, na sigla em inglês) apontou que o mosquito geneticamente modificado do Aedes Aegypti não causa impactos negativos à saúde ou ao meio ambiente, após um teste realizado em Flórida Keys. O Aedes do Bemfoi solto na região central de Piracicaba (SP) e reduziu 91% dos casos de dengue no bairro Cecap/Eldorado. O experimento com mosquitos transgênicos para combater a população do Aedes aegypti, mosquito transmissor do vírus da zika, da dengue e da chikungunya foi liberado nos Estados Unidos. A decisão do órgão regulatório norte-americano concluiu que o uso do mosquito geneticamente modificado, criado pela empresa Oxitec, não acarretará impactos para a sociedade e natureza. Segundo a empresa contratada pela Prefeitura de Piracicaba para realização do projeto na cidade, o objetivo do ensaio é demonstrar a eficácia do ”Aedes do Bem” no controle da população selvagem do Aedes aegypti em Key Haven, no condado de Monroe, Flórida. (EUA aprovam…, 2016).

Com uma análise biológica, fisiológica e morfológica do Aedes aegypti, é possível afirmar que ele:

a) é o responsável direto pelo desenvolvimento de doenças, como a dengue.

b) apresenta uma respiração traqueal que não utiliza o sistema circulatório para o transporte de gases.

c) é dotado de três pares de patas e uma circulação fechada que não permitem que o seu sangue saia dos vasos.

d) é desprovido de uma simetria bilateral e com um desenvolvimento direto sem fase larval.

03. (UFAM) A classe Chondrichthyes abriga representantes cujos ancestrais apareceram neste planeta há mais de 400 milhões de anos. Sobre este grupo é correto afirmar que:

a) Todos os representantes são ovíparos.

b) Todos os representantes são marinhos.

c) A fecundação no grupo é exclusivamente externa.

d) A bexiga natatória assume importância fundamental na flutuação dos representantes deste grupo.

e) Uma grande “Família” de elasmobrânquios está representada pelas arraias amazônicas.

04. (UFRR) Os Testudines são um grupo de animais com hábitos terrestres e aquáticos. São caracterizados por terem um casco duro, ausência de dentes nos adultos, e a presença de um bico córneo. Dentro desse grupo são encontradas espécies predadoras, herbívoras e onívoras. Quais dos animais abaixo fazem parte desse grupo de animais?

a) Tartaruga da Amazônia, Jabuti e a Iaçá.

b) Tartaruga da Amazônia, Jabuti e Jiboia.

c) Jacaré, sapo e tartaruga.

d) Salamandra, sapo e cobras-cegas.

d) Jabuti, Iaçá e jacaré.

05. (UEA) A cera de abelha, que era descartada após a coleta do mel, foi transformada em uma película protetora para conservação de frutas por estudantes do interior do Rio Grande do Norte. A ideia surgiu quando um dos estudantes leu sobre os egípcios, que utilizavam cera de abelha para conservar os corpos dos faraós durante o processo de mumificação.

(Juliana Bardi et al. Ciências naturais: biologia, 2014. Adaptado.)

A cera que conserva o material biológico, preservando-o da decomposição, pertence ao grupo:

a) dos carboidratos.

b) dos ácidos nucleicos.

c) das proteínas.

d) dos lipídios.

e) das vitaminas.

06. (URCA) Não é uma característica que pode ser atribuída aos equinodermatas:

a) sistema ambulacrário.

b) deuterostomia.

c) lanterna de Aristóteles.

d) larva com simetria pentalateral.

e) simetria radial nos adultos.

07. (IFMT) No interior da Reserva Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, índios da etnia Macuxi aguardam a segunda maior chuva do inverno para reproduzir um hábito milenar: comer a arari’, uma lagarta da maniva. O inseto é ingrediente único de um prato exótico saboreado por dezenas de gerações de índios. Sobre os insetos, pode-se afirmar que:

a) As lagartas são insetos adultos que diferenciam da maioria, por não apresentar seis patas nem asas.

b) Os insetos pertencem ao mesmo filo que as aranhas, minhocas, caramujos e crustáceos.

c) Os insetos apresentam desenvolvimento direto, fecundação externa e sistema digestório completo.

d) As lagartas, fase temporária da vida de muitos insetos, chamados de hemimetábolos.

e) A fase larval, lagarta, está presente em insetos holometábolos, que apresentam metamorfose.

08. (UENP) O blastóporo, orifício que se forma no embrião durante o estágio de gástrula, pode dar origem à boca ou ao ânus. Quando dá origem à boca, os animais são chamados de protostômios. Quando o blastóporo dá origem ao ânus, os animais são chamados de deuterostômios. Considerando essa classificação, protostômios e deuterostômios são, respectivamente:

a) Anelídeos e mamíferos.

b) Anelídeos e poríferos.

c) Artrópodes e moluscos.

d) Equinodermos e mamíferos.

e) Mamíferos e moluscos.

09. (UNICENTRO) Os peixes possuem ancestrais antigos, que se originaram de um protocordado livre natante desconhecido. Os vertebrados semelhantes a peixes eram um conjunto parafilético de peixes agnatos, os ostracodermes. Um grupo de ostracodermes deu origem aos gnatostomados. Em relação às classes basais de Gnathostomata, considere as afirmativas a seguir.

I. A classe Actinopterygii caracteriza-se por apresentar esqueleto ósseo, com nadadeiras sustentadas por raios ósseos; a pele é revestida por escamas de origem dérmica, revestidas por epiderme.

II. A classe Actinistia caracteriza-se por ser desprovida de mandíbula; apresenta esqueleto fibroso e cartilaginoso; tem uma ou duas nadadeiras medianas, sem apêndices pares; seus representantes são filtradores.

III. Os representantes da classe Dipnoi são caracterizados por crânio cartilaginoso, corpo alongado e sem apêndices pares; são desprovidos de coluna vertebral e secretam uma espessa camada de muco protetor sobre a pele.

IV. Os representantes da classe Chondricthyes são dotados de mandíbula, esqueleto cartilaginoso e nadadeiras pares; têm o corpo revestido por escamas placoides e dentes não fundidos aos maxilares, que são substituídos continuamente.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

10. (UEPG) Os actinopterígios diferem dos condrictes, principalmente pelo fato de seu esqueleto ser constituído basicamente por ossos, por isso receberam a denominação de peixes ósseos. Com relação à estrutura e fisiologia dos actinopterígios, assinale o que for correto.

01. Todos os actinopterígios possuem escamas sob a epiderme.

02. Nos actinopterígios, a linha lateral tem um pequeno furo, por onde a água penetra no canal da linha lateral. Dentro desse canal há estruturas sensoriais denominadas neuromastos, capazes de detectar vibrações na água, transmitindo-as ao sistema nervoso central por meio de nervos.

04. Os actinopterígios possuem uma bolsa interna de parede flexível e cheia de gás, a bexiga natatória, localizada na porção dorsal da cavidade corporal. Essa bolsa controla a flutuação do peixe, permitindo a ele manter-se em diferentes profundidades, subindo ou descendo sem ter de despender muita energia.

08. Quanto à reprodução, os actinopterígios são dioicos e a maioria das espécies tem fecundação externa.

16. As brânquias (guelras) dos actinopterígios não se abrem diretamente no ambiente, como nos agnatos e nos condrictes, mas são recobertas por uma placa móvel chamada opérculo.

Soma das alternativas corretas:

11. (PUC-PR) Leia o trecho do texto a seguir:

Mito ou verdade? Será que as baratas sobrevivem a uma explosão nuclear?

Animais que vivem abrigados têm chances maiores de sobrevivência

Você já ouviu aquela história de que, se houvesse uma guerra nuclear, apenas as baratas sobreviveriam? (…). Será que esses insetos são capazes de resistir a explosões nucleares? O professor de biologia Rubens Oda explica que os insetos compõem 90% das espécies animais do planeta Terra. “Se fosse para eu apostar em alguém para sobreviver a uma explosão nuclear, eu apostaria num inseto, não no ser humano”, comenta o professor. Mas, apesar apostar em insetos, o professor explica que a barata não tem nenhuma capacidade especial.

“A carapaça da barata é o exoesqueleto de quitina igual a de qualquer outro inseto”, explica. Ou seja, ela não tem nenhuma resistência especial à radiação, ou mesmo ao calor e ao deslocamento de ar de uma explosão nuclear. O que acontece é que ela tem algumas características que a deixariam em vantagem numa situação extrema.

“Quando você vê as baratas nas grandes cidades, elas estão no esgoto, nas frestas. Elas estão sempre escondidas”. Por isso, as chances de ela resistir a uma grande explosão são maiores do que as de um ser humano, que habita a superfície da Terra – não à toa que, durante a Guerra Fria, abrigos nucleares eram construídos no subsolo. Outra vantagem das baratas é sua alimentação diversa. “Uma pequena quantidade de matéria orgânica é suficiente para ela se alimentar”.

Não só as baratas, mas outras espécies que vivem em locais protegidos e com hábitos alimentares propícios têm maior potencial para sobreviver a uma explosão nuclear. “Desculpa se estou tirando sua ideia de que as baratas são super-resistentes, mas elas não têm nada especial”, resume Rubens Oda.

Disponível em <http://redeglobo.globo.com/globociencia/quero-saber/noticia/2013/12/mito-ou-verdade-sera-que-baratassobrevivem-uma-explosao-nuclear.html&gt;. Acesso em: 11/04/2015. Adaptado.

De acordo com o texto, o exoesqueleto quitinoso das baratas, embora ofereça resistência, não conferiria necessariamente uma proteção contra os efeitos de uma explosão nuclear. Assinale a alternativa que mostra corretamente o tipo de molécula orgânica que forma esse exoesqueleto quitinoso e mais uma de suas funções.

a) Polipeptídeo – Inserção da musculatura.

b) Proteína – Possibilita desenvolvimento de apêndices articulados.

c) Polinucleotídeo – Possibilita impregnação de cálcio nos crustáceos.

d) Polissacarídeo – Proteção contra desidratação.

e) Carboidrato – Produção de hemácias pela medula óssea.

12. (UNISINOS) Os platelmintos (Filo Platyhelmintes) são animais invertebrados que possuem o corpo achatado. As características que os diferenciam dos outros invertebrados são: sistema circulatório ……………………………………; sistema digestivo …………………………………; e excreção realizada através de …………………………. .

Sobre as características diferenciais dos platelmintos descritas acima, qual das alternativas abaixo preenche correta e respectivamente as lacunas?

a) presente; incompleto; metanefrídeos.

b) ausente; incompleto; túbulos de Malpighi.

c) ausente; incompleto; células-flama.

d) presente; completo; túbulos de Malpighi.

e) presente; incompleto; células-flama.

13. (UDESC) Na cadeia alimentar, mostrada na figura abaixo, são citados diferentes grupos animais.

Com relação às características embriológicas desses grupos, assinale a alternativa que apresenta uma que é comum a todos.

a) Acelomados.

b) Simetria radial.

c) Notocorda.

d) Triblásticos.

e) Ovo oligolécito.

14. (PUC-RS) Para responder esta questão, analise o cladograma abaixo.

Com base no cladograma, é correto afirmar que o _________ corresponde à presença de _________.

a) ponto 1 – células nervosas.

b) ponto 2 – pseudoceloma.

c) ponto 3 – simetria bilateral.

d) ponto 4 – exoesqueleto.

e) ponto 5 – tubo digestório completo.

15. (UCS) O grupo mais diversificado e abundante dos vertebrados é o dos peixes. Eles apresentam diversas formas corporais e habitam muitos ambientes, desde águas frias até águas quentes, doce ou salgada e, devido a essa diferença de habitats, possuem também diferentes estratégias de vida, dependendo das pressões seletivas a que foram expostos durante a evolução. Assinale a alternativa correta em relação aos peixes.

a) Os peixes cartilaginosos, como a lampreia e a quimera, possuem mandíbula e o esqueleto formado exclusivamente por cartilagens, o que os diferencia dos peixes ósseos.

b) Os elasmobrânquios são todos ovíparos, isto é, as fêmeas eliminam os ovos, que se desenvolvem na água.

c) O coração dos peixes é constituído por quatro cavidades, dois átrios e dois ventrículos, semelhante ao coração dos mamíferos.

d) Os peixes ósseos, bem como os peixes cartilaginosos, são dioicos, isto é, apresentam sexos separados em indivíduos diferentes.

e) A bexiga natatória, presente tanto nos peixes cartilaginosos como nos peixes ósseos, auxilia na flutuabilidade e, também, pode colaborar com a troca gasosa em algumas espécies de elasmobrânquios.

16. (UEL) Observe a imagem a seguir.

O título da obra Ninfa Tecendo Casulo contém, do ponto de vista biológico, um erro conceitual referente à metamorfose dos insetos. Com base nos conhecimentos sobre o desenvolvimento pós-embrionário dos insetos, considere as afirmativas a seguir.

I. A fase de larva está presente no desenvolvimento dos insetos hemimetábolos.

II. A fase de casulo está ausente do desenvolvimento dos insetos hemimetábolos.

III. A fase de ninfa está ausente do desenvolvimento dos insetos holometábolos.

IV. A fase de crisálida está presente no desenvolvimento dos insetos holometábolos.

Assinale a afirmativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

17. (IFSul) Os artrópodes são animais triblásticos, celomados, com simetria bilateral e corpo segmentado. Podemos agrupá-los em insetos, crustáceos, aracnídeos e miriápodes. Sobre o tema, analise as afirmativas.

I. O corpo dos insetos é dividido em cabeça, tórax e abdome.

II. A respiração dos crustáceos é branquial.

III. As aranhas possuem um par de antenas.

IV. As borboletas e os ácaros são insetos.

Estão corretas apenas:

a) I.

b) I e II.

c) I, II e III.

d) I, II e IV.

e) II, III e IV.

18. (ACAFE) Os acidentes por animais peçonhentos constituem um grave problema de saúde pública, tanto pelo número de casos registrados, quanto pela sua gravidade, podendo levar a óbito. No Estado de Santa Catarina, de acordo com dados do Centro de Informações Toxicológicas (CIT/SC), foram notificados 2.882 casos de acidentes com animais peçonhentos, no ano de 2012. O gráfico a seguir representa o número de acidentes com animais peçonhentos ocorridos no período de 2008 a 2012, no oeste do Estado de Santa Catarina.

Fonte: Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde – Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/hygeia

Nesse sentido, assinale a alternativa correta.

a) As serpentes são animais pertencentes ao Filo Chordata, Classe Reptilia. Os répteis têm o corpo recoberto por uma pele seca e praticamente impermeável. As células mais superficiais da epiderme são ricas em queratina, o que protege o animal contra a desidratação. A respiração pulmonar é observada nos répteis terrestres e a branquial, nos aquáticos. Não possuem uma temperatura corporal constante, por isso são denominados ectotérmicos.

b) Na região oeste de Santa Catarina, o número de acidentes com aranhas foi o mais frequente. As aranhas pertencem ao Filo Arthropoda, Classe Arachnida. Possuem o corpo dividido em cabeça, tórax e abdômen, quatro pares de patas torácicas e não possuem antenas. As peças bucais, denominadas quelíceras, têm por função injetar veneno, por isso esses animais são denominados Chelicerata.

c) A lagarta é o primeiro estágio larval dos insetos da ordem Lepidóptera. Da eclosão do ovo surge uma larva que se transforma em pupa (crisálida), em seguida imago, atingindo o estágio adulto após sucessivas mudas. Essas modificações estruturais na forma corpórea desses animais ocorrem em razão do tipo de desenvolvimento que é classificado como hemimetábolos.

d) A picada da abelha consiste na injeção de peçonha com objetivo de causar dor e desconforto físico a seus agressores ou intrusos, percebidos como ameaça à integridade de suas colmeias. Essas substâncias, com diversas atividades farmacológicas e alergênicas, podem ocasionar queda da pressão sanguínea e efeitos neurotóxico, hemorrágico e hemolítico.

19. (UFLA) A figura ilustra um anexo tegumentário de vertebrado.

A estrutura é:

a) Dente de mamífero.

b) Corno de rinoceronte.

c) Escama ctenoide de osteictes.

d) Escama placoide de condrictes.

20. (UEPG) Com relação a algumas das adaptações dos diferentes tipos de vertebrados, assinale o que for correto.

01. O surgimento das maxilas foi uma importante adaptação das lampreias, pois com sua parte móvel, permitiram a captura de presas maiores, aumentando a variedade de alimento disponível.

02. Uma das principais adaptações ao voo dos morcegos são os chamados ossos pneumáticos, os quais possuem no seu interior os sacos aéreos.

04. Nas aves, embora leve, o esqueleto adaptado ao voo fornece boa sustentação ao corpo, graças a várias soldaduras entre os ossos, fenômeno chamado ancilose.

08. Nos répteis, o ovo amniótico foi uma adaptação importante no sucesso de colonização ao ambiente terrestre.

16. O diafragma surgiu nas aves e é uma adaptação importante no bombeamento do ar nos pulmões.

Soma das alternativas corretas:

 

Publicado por: Djalma Santos | 31 de agosto de 2017

TESTES SOBRE SISTEMA RESPIRATÓRIO (III)

01. (UERJ) A temperatura e a pressão afetam a solubilidade do oxigênio no sangue dos organismos. Alguns animais marinhos sem pigmentos respiratórios realizam o transporte de oxigênio por meio da dissolução desse gás diretamente no plasma sanguíneo. Observe a variação da solubilidade do oxigênio no plasma, em função da temperatura e da profundidade a que o animal esteja submetido, representada nos gráficos abaixo.

Um estudo realizado sob quatro diferentes condições experimentais, para avaliar a dissolução de oxigênio no plasma desses animais, apresentou os seguintes resultados:

O transporte de oxigênio dissolvido no plasma sanguíneo foi mais favorecido na condição experimental representada pela seguinte letra:

a) W.

b) X.

c) Y.

d) Z.

02. (UCPel) O processo de respiração é basicamente dividido em três processos:

I. Ventilação ou respiração – que é o movimento de ar entre a atmosfera e os pulmões.

II. Respiração externa – que é a troca de gases entre os pulmões e o sangue.

III. Respiração interna – que é a troca de gases entre o sangue e as células sanguíneas.

Em relação aos processos acima, podemos afirmar que:

a) No processo II o diafragma e músculo intercostal externo se contraem provocando diminuição da pressão e vácuo nos pulmões.

b) No processo I ocorre as etapas de expiração, para levar o ar até os pulmões e inspiração para remover o ar dos pulmões.

c) No processo II ocorre a hematose, ou seja, processo de trocas gasosas que ocorre nos capilares sanguíneos dos alvéolos pulmonares através da difusão de gases: oxigênio e dióxido de carbono.

d) No processo III as células sanguíneas transportam altos níveis de dióxido de carbono para as células dos tecidos, as células dos tecidos são pobres em oxigênio, mas ricas em dióxido de carbono.

e) No processo III a pressão do gás é que determina a taxa com que ele se difunde de uma área para outra. As moléculas se movem de uma área de baixa concentração para uma área de alta concentração.

03. (PUC-PR) Leia o texto a seguir:

Homem e sete filhos são achados mortos em casa nos EUA

Eles teriam sido intoxicados por monóxido de carbono de gerador.

Equipamento era usado após corte de energia na casa da família.

Um homem e seus sete filhos foram encontrados mortos dentro da casa da família no estado de Maryland, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira.  Eles morreram intoxicados por monóxido de carbono expelido por um gerador usado pela família depois que a energia da casa foi cortada, segundo um casal que se identificou como mãe e padrasto do homem.  A polícia não confirmou a causa da morte, afirmando que isso ainda estava sob investigação. Os corpos foram encontrados após um colega de trabalho do homem procurar a polícia, preocupado por ele não aparecer para trabalhar há vários dias.

Disponível em: <http://www.expressomt.com.br/nacional-internacional/homem-e-sete-filhos-sao-achados-mortos-em-casa-nos-eua-127968.html&gt;. Acesso em: 11/04/2015.

Considerando que a morte desta família realmente tenha sido por intoxicação por monóxido de carbono, o óbito pode ser explicado devido ao fato de:

a) o monóxido de carbono se ligar de forma reversível com as hemácias, fazendo com que seja facilmente absorvido pelas células e inative a glicólise mitocondrial.

b) o monóxido de carbono se ligar irreversivelmente com a hemoglobina, impedindo o transporte dos gases importantes para a respiração aeróbia.

c) o monóxido de carbono ser transportado dissolvido no plasma, levando à morte por alcalinização do pH sanguíneo.

d) o monóxido de carbono se ligar de forma irreversível com as mitocôndrias, levando à morte pelos subprodutos da excessiva respiração anaeróbia que a célula é forçada a realizar.

e) o monóxido de carbono se ligar com os hidrogênios livres do sangue e formar ácido carbônico, o que estimula os centros respiratórios a reduzirem os ritmos respiratórios.

04. (PUC-RIO) O gráfico abaixo mostra a influência do pH na combinação do oxigênio com a hemoglobina. Em condições normais, o pH do sangue humano é 7,4, mas pode baixar durante exercício intenso, em função da liberação de ácido lático e de gás carbônico.

Com base nessas observações, assinale a afirmativa correta.

a) Durante exercício intenso, é maior a saturação da hemoglobina.

b) A saturação de oxigênio na hemoglobina é maior em pH mais ácido.

c) Em pH mais ácido, a hemoglobina libera mais oxigênio para as células musculares.

d) Em pH mais básico, a hemoglobina libera mais oxigênio para as células musculares.

e) A saturação da hemoglobina varia de acordo com o pH, mas independe da pressão de oxigênio no sangue.

05. (UEPG) Nos alvéolos pulmonares ocorre o fenômeno chave da respiração, a hematose. Assinale o que for correto no que diz respeito a este processo fisiológico humano e moléculas necessárias para sua realização.

01. As moléculas de gás carbônico (CO2) originadas na respiração celular difundem-se para o líquido que banha os tecidos e são absorvidas pelos capilares. Todo o gás carbônico (CO2) associa-se, então, a grupos amina da hemoglobina, formando a carboemoglobina.

02. Uma única molécula de hemoglobina pode ligar quatro moléculas de gás oxigênio (O2), formando um complexo quimicamente estável denominado oxiemoglobina (Hb O2). Nos tecidos, o gás oxigênio (O2) dissocia-se da oxiemoglobina e difunde-se no fluido que banha as células. Essas absorvem o oxigênio (O2) e o utilizam no processo de respiração celular que ocorre no interior das mitocôndrias.

04. A maior parte do gás carbônico (CO2) gerada na respiração celular reage com água (H2O) no interior das hemácias e forma ácido carbônico (H2CO3–). Essa reação é catalisada pela anidrase carbônica.

08. Cada molécula de hemoglobina é formada por quatro cadeias polipeptídicas, duas alfas (α) e duas betas (β), e por quatro grupamentos heme que contêm ferro, cada um destes capaz de se combinar com uma molécula de gás oxigênio (O2).

16. No processo da hematose, o gás oxigênio presente no ar dos alvéolos sofre transporte ativo através da membrana dos capilares sanguíneos e penetra nas hemácias, onde se encaixa com a hemoglobina.

Soma das alternativas corretas:

06. (UDESC) Assinale a alternativa que contém exemplos de animais com respiração exclusivamente pulmonar.

a) sapo – crocodilo – lobo e cavalo.

b) sabiá – morcego – baleias e cobras.

c) lambari – minhoca – caracol e tigre.

d) pardal – rã – golfinho e ovelha.

e) polvo – canguru – gato e lombriga.

07. (UECE) A respiração animal proporciona o suprimento do gás oxigênio e a remoção do gás carbônico através das trocas gasosas com o ambiente. É correto afirmar que na respiração:

a) cutânea as trocas gasosas ocorrem pela superfície do corpo de animais que habitam ambientes aquáticos ou úmidos.

b) pulmonar as trocas gasosas ocorrem nos pulmões, os quais apresentam pequena área superficial e podem ser inflados e desinflados.

c) traqueal são as traqueias que se abrem em estruturas específicas, as quais se comunicam com o sistema circulatório.

d) branquial os vasos que irrigam as brânquias ficam próximos o suficiente da água para possibilitar as trocas gasosas com o ambiente terrestre.

08. (UFSC) Muitas das modalidades esportivas disputadas na Olímpiada Rio 2016 exigiram dos atletas um esforço máximo do sistema respiratório. Em relação a esse sistema, é correto afirmar que:

01. Os pulmões estão localizados sobre o diafragma, um músculo que desempenha importante papel nos movimentos de inspiração e expiração.

02. As trocas gasosas que ocorrem nos alvéolos se dão por difusão facilitada e por transporte ativo.

04. Os alvéolos pulmonares são formados por um epitélio pluriestratificado, o qual é recoberto por arteríolas.

08. A capacidade respiratória de um indivíduo não pode ser aumentada pela prática de exercícios físicos.

16. O sistema respiratório tem uma parte em comum com o sistema digestório.

32. Os pulmões estão alojados em uma cavidade cheia de líquido com pressão superior à pressão atmosférica.

64. O pulmão esquerdo apresenta volume menor do que o pulmão direito.

Soma das alternativas corretas:

09. (FPS) O esforço físico de atletas olímpicos e paraolímpicos demanda grande quantidade de oxigênio. A hematose consiste no processo de difusão do oxigênio respirado para os capilares sanguíneos, onde se combina com a hemoglobina presente nas hemácias. Sobre este importante processo, assinale a alternativa correta.

a) a pO2 no ar inspirado aumenta no interior dos pulmões.

b) no sangue que chega aos capilares sanguíneos pulmonares, a pCO2 é superior à pO2.

c) com a menor pO2 nos pulmões, em relação ao sangue, ocorre difusão de O2 dos alvéolos para o sangue.

d) com a maior pCO2 nos pulmões, em relação ao sangue, ocorre difusão de CO2 do sangue para os alvéolos.

e) com a maior pO2 nos tecidos corporais, em relação ao sangue oxigenado, ocorre difusão de CO2 dos tecidos para o sangue.

10. (PUC-RIO) O gráfico abaixo mostra a porcentagem de oxigênio absorvido e de dióxido de carbono excretado através da pele de diferentes animais, em um processo conhecido como respiração cutânea.

Em função do que é mostrado no gráfico, com relação à respiração cutânea, conclui-se que:

a) é mais importante em animais com tegumentos pouco queratinizados.

b) é sempre um tipo de respiração auxiliar, complementando a respiração por pulmões ou brânquias.

c) quanto mais dependente da água for o organismo maior é a sua importância.

d) não ocorre captação cutânea de oxigênio em animais pulmonados.

e) a presença de brânquias impede que ela ocorra.

11. (UNIPAR) Podemos afirmar que o sistema circulatório dos insetos é diferenciado do sistema respiratório dos cordatos, pois no primeiro não ocorre o transporte de:

a) Água.

b) Nutrientes.

c) Hormônios.

d) Gases da respiração.

e) Resíduos orgânicos.

12. (CATÓLICA SC) Leia o fragmento de texto a seguir:

Os aromas doces de maçã, morango, hortelã e a água que queima o tabaco dão a impressão de que se trata de algo que não vai causar mal. Mas um estudo da Universidade de Brasília (UnB), divulgado este mês, mostra que uma sessão de narguilé equivale a nada menos do que fumar 100 cigarros. A quantidade de fumaça e substâncias tóxicas inaladas nos dois casos é a mesma. O cachimbo d’água tem concentrações de nicotina que giram em torno de 4% enquanto o cigarro tem em média 2% da substância. Além disso, segundo o pneumologista Carlos Alberto Viegas, autor do estudo, as sessões de narguilé, de até 80 minutos, expõem o fumante por mais tempo aos malefícios do tabaco. Um cigarro comum costuma ser consumido em oito minutos. São 12 baforadas contra 200. “Resolvi estudar o assunto porque fiquei preocupado com o desconhecimento da população”, disse. Entre eles está o de que a água aquecida filtra as impurezas do tabaco. Mas apenas 5% das substâncias são retidas, de acordo com os dados levantados pelo pesquisador. Outra falsa informação que circula entre os adeptos do narguilé é de que ele não vicia. As altas concentrações de nicotina denunciam o engano. Também se deve levar em consideração que o ato de compartilhar a biqueira com outras pessoas pode transmitir doenças como herpes e hepatite.

Adaptado de: . Acesso em: 21/11/2014.

O uso do narguilé, de acordo com o texto, também é bastante prejudicial aos pulmões. Supondo que ele possa gerar uma doença obstrutiva como o enfisema pulmonar, isso significa que os danos seriam majoritariamente:

a) nos brônquios.

b) nos bronquíolos.

c) nos alvéolos pulmonares.

d) na traqueia.

e) na laringe.

13. (UNESP) Na figura, uma demonstração feita com garrafa pet, tubos e balões de borracha simula o funcionamento do sistema respiratório humano.

Sobre o sistema respiratório humano e as estruturas que o representam na demonstração, é correto afirmar que:

a) o movimento da mão esticando a borracha corresponde ao relaxamento do diafragma, em resposta a estímulos de quimiorreceptores localizados no bulbo, que detectam a baixa concentração de O2 no sangue e promovem a inspiração.

b) o movimento da mão esticando a borracha corresponde à contração do diafragma, por ação do bulbo quando o pH do sangue circulante diminui em razão da formação de ácido carbônico no plasma.

c) a garrafa pet corresponde à pleura, membrana dupla que envolve os pulmões e que apresenta quimiorreceptores sensíveis à variação de O2 e CO2 nos capilares alveolares, desencadeando os movimentos de inspiração e expiração.

d) a garrafa pet corresponde à parede da caixa torácica que, ao manter o volume torácico constante, permite que os pulmões, representados pelos balões, se inflem na inspiração e se esvaziem na expiração, expulsando o ar rico em CO2.

e) os tubos que penetram na garrafa correspondem à traqueia e aos brônquios que, embora não apresentem movimentos de contração e relaxamento, favorecendo a movimentação do ar nas vias respiratórias, possuem válvulas que impedem a mistura do ar rico em O2 com o ar rico em CO2.

14. (UEA) Em um experimento para avaliar a variação na quantidade de hemoglobina sanguínea, pequenos crustáceos do gênero Daphnia foram mantidos em ambiente aquático com diferentes concentrações de oxigênio. Os resultados estão expressos no gráfico.

A análise do gráfico permite concluir corretamente que, nesses crustáceos, a concentração de hemoglobina sanguínea:

a) Diminui, se a concentração de O2 no seu ambiente também diminuir, efeito oposto ao que ocorre em humanos que migram de regiões de baixa altitude para regiões de grande altitude.

b) Aumenta, se a concentração de O2 no seu ambiente também aumentar, efeito oposto ao que ocorre em humanos que migram de regiões de grande altitude para regiões de baixa altitude.

c) Diminui, se a concentração de O2 no seu ambiente aumentar, efeito semelhante ao que ocorre em humanos que migram de regiões de baixa altitude para regiões de grande altitude.

d) Aumenta, se a concentração de O2 no seu ambiente diminuir, efeito semelhante ao que ocorre em humanos que migram de regiões de baixa altitude para regiões de grande altitude.

e) Diminui, se a concentração de O2 no seu ambiente também diminuir, efeito semelhante ao que ocorre em humanos que migram de regiões de baixa altitude para regiões de grande altitude.

15. (UEPG) Os animais obtêm energia para as suas atividades vitais por meio da respiração celular, processo em que moléculas orgânicas reagem com moléculas de gás oxigênio (O2), produzindo água, gás carbônico e energia. O suprimento de O2 para as células e a remoção de gás carbônico ocorrem por meio da respiração, que consiste na realização de trocas gasosas com o ambiente. Com relação aos modos de respiração dos animais, assinale o que for correto.

01. Na respiração pulmonar, a troca de gases ocorre em órgãos chamados pulmões. Estes são pobremente vascularizados e a troca de gases ocorre na veia pulmonar que chega ao tecido esponjoso dos pulmões.

02. Na respiração branquial, o sangue (ou a hemolinfa), ao passar pelos vasos que irrigam as brânquias, fica próximo da água o suficiente para permitir as trocas de gases com o ambiente aquático.

04. No sistema respiratório traqueal, a troca gasosa ocorre entre os vasos sanguíneos que envolvem os espiráculos e as traqueias.

08. São exemplos de animais que apresentam respiração cutânea: crustáceos, anfíbios e moluscos.

16. Nos animais que apresentam respiração cutânea, uma condição fundamental para sua ocorrência é o umedecimento da superfície corporal, que permite a difusão dos gases.

Soma das alternativas corretas:

16. (URCA) Nos alvéolos pulmonares, o sangue elimina:

a) Monóxido de carbono e absorve oxigênio.

b) Dióxido de carbono e nitrogênio e absorve oxigênio.

c) Oxigênio e absorve dióxido de carbono.

d) Dióxido de carbono e absorve oxigênio.

e) Monóxido de carbono e absorve hidrogênio.

17. (UPE) Uma das funções vitais mais importantes dos animais é a respiração. Por meio dela, o organismo realiza as trocas gasosas, que consistem em eliminar o gás carbônico e obter o oxigênio, adquirindo-se, dessa forma, energia. A imagem a seguir representa esquematicamente quatro tipos de superfícies respiratórias relacionadas, respectivamente, a quatro tipos de animais.

Com base nas figuras e nos conhecimentos sobre respiração, analise as afirmativas a seguir:

I. No esquema “I”, observa-se que a superfície respiratória em uma tartaruga se encontra disposta ao longo do seu corpo, levando-a a respirar tanto na água como no ar úmido.

II. No esquema “II”, observa-se que a superfície respiratória se encontra totalmente em contato com o meio, sendo característico de peixes e salamandras.

III. No esquema “III”, observa-se que a superfície respiratória é sacular, a exemplo dos sacos aéreos que realizam troca com o meio, como ocorre em sapos, pombos e coelhos.

IV. No esquema “IV”, observa-se que a superfície respiratória do animal se encontra em contato com o meio através das aberturas chamadas espiráculos. Essa estrutura é típica de insetos, como a barata.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) III e IV.

d) II e III.

e) II e IV.

18. (IFSC) A respiração ocorre dia e noite, sem parar. Nós podemos sobreviver determinado tempo sem alimentação, mas não conseguimos ficar sem respirar por mais de alguns poucos minutos. Você sabe que todos os seres vivos precisam de energia para viver e que essa energia é obtida dos alimentos. O nosso organismo obtém energia dos alimentos pelo processo da respiração celular, realizada nas mitocôndrias, com a participação do gás oxigênio obtido no ambiente.

FONTE: http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Corpo/Respiracao.php. Acesso em 01/09/2015

Sobre a respiração intracelular (no interior da célula) e extracelular (realizada pelo sistema respiratório), assinale no cartão-resposta a soma da(s) proposição(ões) correta(s).

01. A laringe é um canal comum aos sistemas digestório e respiratório e comunica-se com a boca e com as fossas nasais.

02. Na inspiração, o diafragma e os músculos intercostais se contraem. Ao se contrair, o diafragma desce e a cavidade torácica aumenta de volume verticalmente. Com o aumento do volume do tórax, a pressão do ar no interior da cavidade torácica e dos pulmões diminui.

04. Através do processo aeróbio, a respiração celular ocorre em três fases: a glicólise (no citoplasma), ciclo de Krebs (na matriz mitocondrial) e a cadeia respiratória (nas cristas mitocondriais).

08. A hematose é o processo de trocas gasosas que ocorre nos capilares sanguíneos da traqueia e faringe através da difusão de gases oxigênio e dióxido de carbono.

16. Devemos inspirar pelo nariz, pois os pelos e o muco atuam como filtros capazes de reter microrganismos e partículas sólidas diversas que penetram no nariz com o ar. Além de filtrado, o ar é também adequadamente aquecido e umidificado no nariz.

Soma das alternativas corretas:

19. (UNIFOR) No ano passado, as escolas alertaram os pais para uma prática perigosa que os adolescentes vinham fazendo até mesmo dentro das salas de aula. Os vídeos se espalharam pela internet e, o “jogo do desmaio”, como era chamado, consistia em prender a respiração o máximo de tempo possível. E o que parecia uma brincadeira, poderia até levar à morte.

Fonte: http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2014/04/ estudantes-prendem-respiracao-ate-cair-na-brincadeira-do-desmaio.html. Com modificações. Acesso em 10 out. 2015.

Sobre o que acontece no corpo quando “prendemos a respiração”, pode-se afirmar que:

a) A concentração de O2 aumenta no sangue, tendo em vista que não há liberação de gases pelos movimentos expiratórios, o que aumenta a oxigenação do cérebro.

b) Os níveis sanguíneos de CO2 e H+ aumentam e os de O2 diminuem, o que leva a uma acidificação no sangue, com consequente desmaio para priorizar a oxigenação do cérebro.

c) O pH sanguíneo tende a elevar-se, ficando básico, fato este que ativa quimiorreceptores da área inspiratória, aumentando a oxigenação do cérebro e provocando o desmaio.

d) É semelhante ao que ocorre quando há hiperventilação, que consiste em respiração rápida e intensa, permitindo a expiração de mais CO2 e melhor oxigenação do cérebro.

e) A maior parte do CO2 estará ligada à hemoglobina para ser transportado até o pulmão, impedindo que o O2 se ligue e prejudicando sua distribuição ao cérebro.

20. (FPS) Tendo em vista a realização das Olimpíadas no Brasil, em 2016, a preparação dos atletas inclui estratégias para aumentar a capacidade cardiorrespiratória. Considerando a hematose nos alvéolos pulmonares, é correto afirmar:

a) O gás oxigênio viaja pelo corpo dissolvido no plasma sanguíneo, chegando aos tecidos através dos capilares.

b) As hemácias são ricas em hemoglobina, ligando-se ao oxigênio respirado para formar carboemoglobina.

c) O gás carbônico presente no ar dos alvéolos difunde-se para os capilares sanguíneos, penetrando nas hemácias.

d) A pressão parcial de oxigênio nos pulmões é maior que nos capilares sanguíneos, impulsionando oxigênio dos alvéolos para o sangue.

e) O aumento na concentração de gás carbônico no sangue provoca redução no pH, aumentando a afinidade da hemoglobina pelo oxigênio.

Publicado por: Djalma Santos | 31 de agosto de 2017

TESTES DE GENÉTICA DE POPULAÇÕES (II)

01. (PUC-RIO) Em uma determinada população humana, o locus A está em equilíbrio.

Considerando a tabela acima, marque a opção que corresponde à frequência do alelo A e à frequência de heterozigotos, respectivamente.

a) 90% e 9%.

b) 10% e 18%.

c) 90% e 1%.

d) 90% e 18%.

e) 10% e 81%.

02. (UNICENTRO) Numa certa população de africanos em equilíbrio gênico e genotípico, segundo Hardy-Weinberg, 9% nascem com anemia falciforme. O percentual da população que possui a vantagem heterozigótica é de:

a) 9%.

b) 36%.

c) 42%.

d) 81%.

e) 91%.

03. (UDESC) Considere que em uma determinada população em equilíbrio de Hardy-Weinberg existe um gene com dois alelos com relação de dominância entre si. Sabendo-se que a frequência do alelo recessivo nesta população é de 0,3, a frequência esperada de indivíduos com a característica dominante é de:

a) 91%.

b) 50%.

c) 25%.

d) 75%.

e) 12,5%.

04. (FATEC) Alguns indivíduos da espécie humana podem sentir o gosto de solução muito diluída da droga feniltiocarbamida (PTC) e de substâncias correlatas, enquanto outras pessoas são incapazes. Os primeiros são chamados sensíveis ao PTC e os segundos, insensíveis. A capacidade de sentir o gosto do PTC é herdada segundo o esperado para um caráter mendeliano simples. Na determinação desse caráter devem estar envolvidos dois alelos, um que condiciona sensibilidade (T) e outro que condiciona a insensibilidade (t), sendo o alelo T dominante sobre t. Existem, pois nas populações humanas, dois tipos de indivíduos: os sensíveis ao PTC, que são os de genótipos TT e Tt e os insensíveis à droga, os de genótipo tt. A análise de 10.000 indivíduos de uma população revelou que 3600 eram insensíveis ao PTC e 6400 sensíveis. Nesta população, supondo-a panmítica, as frequências dos genótipos TT e Tt serão, respectivamente:

a) 0,64 e 0,36.

b) 0,36 e 0,64.

c) 0,40 e 0,60.

d) 0,16 e 0,24.

e) 0,16 e 0,48.

05. (PUC-RIO) Uma população de besouros está em equilíbrio para um determinado locus gênico A, apresentando, para o alelo A, frequência igual a 0,7; e, para o alelo a, frequência igual a 0,3. As frequências para os genótipos AA, Aa e aa são, respectivamente, as seguintes:

a) 0,42; 0,09; e 0,49.

b) 0,49; 0,09; e 0,42.

c) 0,49; 0,42; e 0,09.

d) 0,42; 0,49; e 0,09.

e) 0,09; 0,49; e 0,42.

06. (PUCCAMP) Considere os dados abaixo, referentes a uma dada população.

Com base nesses dados, a frequência do gene A é:

a) 0,66.

b) 0,55.

c) 0,45.

d) 0,40.

e) 0,24.

07. (PUC-RIO) Se o fenótipo albino ocorre em 1 para 10.000 indivíduos de uma população em equilíbrio, e o albinismo é causado por um alelo autossômico recessivo a, a frequência aproximada de heterozigotos na população será de:

a) 0,01.

b) 0,02.

c) 0,1.

d) 0,2.

e) 0,0001.

08. (UFMG) Uma população em equilíbrio é constituída de 500 indivíduos, dos quais 45 apresentam um fenótipo determinado por gene recessivo. Com base nesses dados é incorreto afirmar-se que:

a) a frequência de indivíduos com fenótipo dominante é 91%

b) cerca de 10% da população é homozigota.

c) o gene dominante é mais frequente que o recessivo.

d) 30% dos gametas produzidos carregam o alelo recessivo.

e) os heterozigotos representam 42% da população.

09. (UFPel) Analise as duas situações mostradas, referentes a populações de uma espécie vegetal.

População 1: Uma população panmítica com número de indivíduos para cada genótipo identificado, conforme mostra o quadro abaixo.

População 2: Uma população panmítica, infinitamente grande, em que as frequências dos alelos “A” e “a” são, respectivamente, 70% e 30%.

É correto afirmar que, para a população 1, as frequências dos alelos “A” e “a” são, respectivamente, ________ e as frequências genotípicas são, para os genótipos AA, Aa e AA, respectivamente, _________. Para a situação 2, considerando que esteja em equilíbrio, as frequências genotípicas dos descendentes da população serão, para os genótipos AA, Aa e aa, respectivamente, _________. A alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas é:

a) 50% e 50%; 36%, 48% e 16%; 9%, 42% e 49%. Caso as frequências gênicas e genotípicas observadas ao longo das gerações diferirem significativamente daquelas esperadas, para a população 2, é porque fatores evolutivos estão atuando sobre esta população.

b) 60% e 40%; 36%, 48% e 16%; 49%, 42% e 9%. Caso as frequências gênicas e genotípicas observadas ao longo das gerações não diferirem significativamente daquelas esperadas, para a população 2, é porque a população está em equilíbrio.

c) 55% e 45%; 35%, 50% e 15%; 9%, 42% e 49%. Caso as frequências gênicas e genotípicas observadas ao longo das gerações diferirem significativamente daquelas esperadas, para a população 2, é porque a população está em equilíbrio.

d) 60% e 40%; 35%, 50% e 15%; 49%, 42% e 9%. Caso as frequências gênicas e genotípicas observadas ao longo das gerações diferirem significativamente daquelas esperadas, para a população 2, é porque fatores evolutivos estão atuando sobre esta população.

e) 55% e 45%; 34%, 56% e 10%. Tanto a população 1 quanto a população 2 estão evoluindo, pois, as diferenças nas frequências gênicas e genotípicas observadas são significativamente diferentes das esperadas.

10. (PUC-RS) Grande parte do álcool que circula no sangue é metabolizado no fígado por enzimas hepáticas como a aldeído-desidrogenase 2 (ALDH2). Indivíduos leste-asiáticos apresentam uma variante genética ‘a’ da ALDH2 que a deixa pouco eficiente, fazendo com que eles sejam mais sensíveis ao efeito do álcool. Havendo 16% de homozigotos aa numa população equilibrada do leste-asiático, espera-se que a porcentagem de heterozigotos seja:

a) 4%.

b) 24%.

c) 32%.

d) 48%.

e) 84%.

11. (CESCEM) Sabe-se que indivíduos capazes de digerir determinada proteína têm genótipo dd. Para calcular frequência do gene d em uma população, será necessário saber, inicialmente:

a) a porcentagem de indivíduos dd nessa população.

b) a porcentagem de mulheres com genótipo dd nessa população.

c) a porcentagem de indivíduos que exibem caráter dominante (D_) nessa população.

d) o número de indivíduos dessa população.

e) se há dominância completa entre os genes D e d.

12. (UESPI) Considerando a população abaixo, a frequência do gene A nesta população é de:

a) 75%.

b) 90%.

c) 50%.

d) 35%.

e) 65%.

13. (IF-CE) Em uma população de 100.000 indivíduos, em equilíbrio de Hardy-Weimberg, que apresenta uma frequência de indivíduos com o fenótipo canhoto de 9%, sendo o gene C o alelo de c, e ambos se encontrarem em cromossomos somáticos, as frequências das classes genotípicas CC, Cc e cc serão, respectivamente.

a) 50%, 41% e 9%.

b) 79%%, 12% e 9%.

c) 70%, 21% e 9%.

d) 49%, 42% e 9%.

e) 61%, 30% e 9%.

14. (FPS) Considerando as bases genéticas da evolução e o princípio de Hardy-Weinberg, considere uma população em equilíbrio gênico com frequências de alelos A e a, não ligados ao sexo, de 0,7 e 0,3, respectivamente. A probabilidade de produção, nesta população, de indivíduos AA e aa será, respectivamente:

a) 42% e 21%.

b) 58,5% e 37,8%.

c) 28% e 3%.

d) 49% e 9%.

e) 21% e 7%.

15. (UEM) Uma população de roedor está sendo estudada quanto ao equilíbrio de Hardy-Weinberg para uma característica determinada por um locus autossômico. O alelo dominante A condiciona o fenótipo D e ocorre com a frequência p. O alelo recessivo a é responsável pelo fenótipo R e tem frequência q. Então, para essa característica, assinale o que for correto.

01. A população está em equilíbrio se estiver ocorrendo seleção natural há, pelo menos, uma geração.

02. No equilíbrio, os genótipos AA, Aa e aa são encontrados com as frequências p2, 2pq e q2, respectivamente.

04. Em uma amostra de 1000 indivíduos de uma população em equilíbrio, com p = 0,6, são esperados 160 indivíduos com o fenótipo R.

08. Com informações sobre os valores das frequências gênicas, p e q, e das frequências fenotípicas, é possível determinar se a população está ou não em equilíbrio.

16. O conhecimento das frequências genotípicas é suficiente para se determinar a condição da população quanto ao equilíbrio.

32. Quando todas as frequências genotípicas são iguais, a população não está em equilíbrio.

64. A população está em equilíbrio apenas quando 75% dos indivíduos apresentam o fenótipo D e 25% apresentam o fenótipo R.

Soma das alternativas corretas:

16. Numa população de 10000 indivíduos, 1600 apresentam uma determinada anomalia recessiva e autossômica. Sabendo-se que entre os indivíduos normais, 3400 são homozigotos, verifique as proposições abaixo.

I   II

0   0 – A população está obedecendo aos princípios de Hardy-Weinberg.

1  1 – De acordo com a lei de Hardy-Weinberg, a frequência do alelo recessivo seria de 40%.

2   2- A frequência do alelo recessivo, nesta população, é de 41%.

3  3 – De acordo com a lei de Hardy-Weinberg, o número esperado de indivíduos heterozigotos deveria ser 4800.

4  4 – A deriva genética explica a variação na frequência gênica observada.

17. (F.CARLOS CHAGAS) O gene T determina indivíduos sensíveis ao PTC e o seu alelo t determina indivíduos insensíveis a essa substância. A frequência de indivíduos sensíveis, em diferentes populações:

a) É sempre 1/4, porque essa característica é determinada por gene dominante.

b) É sempre 1/2, porque o caráter é determinado por um par de genes.

c) É sempre 3/4, porque o gene T é dominante.

d) Depende da frequência do gene T na população.

e) Depende apenas da taxa de mutação do gene t.

18. (UFMG) O gráfico mostra as relações entre as frequências dos alelos A e a e as frequências genotípicas AA, Aa e aa numa população em equilíbrio.

Numa população em equilíbrio, em que os casamentos ocorrem ao acaso e a frequência dos genes A e a é de 50%, para cada um. A probabilidade de se encontrarem indivíduos AA, Aa e aa é, respectivamente,

a) 25%, 50% e 25%.

b) 40%, 30% e 30%.

c) 50%, 25% e 25%.

d) 70%, 15% e 15%.

e) 80%, 10% e 10%.

19. (UFMG) Numa população em equilíbrio, a frequência de indivíduos Rh negativos é de 16%. A probabilidade de ocorrência de indivíduos heterozigotos nessa população é:

a) 84%.

b) 60%.

c) 48%.

d) 36%.

e) 24%.

20. (FUVEST) Considere uma população em que metade dos indivíduos mantém-se heterozigota para um dado gene (Aa), enquanto que a outra metade é composta por indivíduos duplo-recessivos (aa). Nessa população a frequência do alelo A é:

a) impossível de se determinar.

b) 1,00.

c) 0,75.

d) 0,50.

e) 0,25.

Publicado por: Djalma Santos | 31 de agosto de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (15)

01. (UEM) Nas plantas, a folha é o principal órgão de síntese de substâncias orgânicas (fotossíntese) e da eliminação de água na forma de vapor (transpiração). Sobre as estruturas da folha relacionadas com as funções mencionadas, assinale a alternativa correta.

a) Todas as células de todos os tecidos foliares realizam a fotossíntese e a transpiração.

b) As células-guarda dos estômatos relacionadas com a transpiração são células epidérmicas que apresentam cloroplastos.

c) As lenticelas e a cutícula presentes na epiderme da folha são estruturas que realizam a transpiração e a fotossíntese.

d) As traqueídes e os elementos de vaso, células vivas constituintes do xilema, transportam água na forma de vapor, facilitando a transpiração.

e) Os hidatódios localizados no parênquima lacunoso da folha são constituídos de células mortas que eliminam água na forma de vapor.

02. (FEI) Em uma aula prática de Botânica, o professor de Biologia solicitou aos alunos que separassem algumas sementes oleaginosas. Assinale a alternativa que apresenta somente plantas com sementes oleaginosas:

a) caju, alpiste, arroz.

b) gergelim, abóbora, alpiste.

c) linhaça, girassol, castanha.

d) feijão, alpiste, girassol.

e) feijão, arroz, alpiste.

03. (UPE) A Citrus sinensis (L.) é um espécime de vegetal traqueófito, fanerógamo, com caule lenhoso e folhas com nervuras reticuladas. Partindo dessas informações, é correto afirmar que a planta em questão é classificada como:

a) Angiosperma dicotiledônea.

b) Angiosperma monocotiledônea.

c) Briófita.

d) Gimnosperma.

d) Pteridófita.

04. (UDESC) Analise as proposições abaixo, em relação às angiospermas.

I. Apresentam órgãos vegetativos – raiz, caule e folha; e órgãos reprodutivos – flor, fruto e semente.

II. São classificadas em dois grupos de estudos: monocotiledôneas e dicotiledôneas.

III. O rizoide desaparece quando a planta atinge o clímax.

IV. A raiz e o caule apresentam adaptações à intensidade de luz, à disponibilidade de água e a outros fatores ambientais.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

05. (UCPel) Um produtor de pêssego, interessado em aumentar sua produção, consultou um pesquisador na área de melhoramento vegetal. A sugestão dada para aumentar a produtividade com custo baixo e rapidez foi a poda das árvores. O aumento dos frutos no pessegueiro é esperado, pois a poda:

a) favorece o fototropismo do caule.

b) aumenta a velocidade de maturação, proporcionando o aparecimento de mais frutos.

c) diminui a perda de água por meio das folhas.

d) suspende a inibição do brotamento das gemas.

e) favorece o fototropismo da raiz.

06. (UNIVERSIDADE CATÓLICA-SC) O texto a seguir serve de referência para esta questão.

Nova descoberta no reino Vegetal

A descoberta foi apresentada, ontem, durante o 1º Simpósio dos Grupos de Pesquisa da Universidade Federal de Pernambuco, pela bióloga Kátia Pôrto. Essa nova planta terrestre de pequeno porte é avascular e se reproduz mais no período chuvoso. O motivo, de acordo com estudos recentes, é que os gametas masculinos precisam da água para chegar até os gametas femininos. A descoberta foi apresentada, ontem, durante o 1º Simpósio dos Grupos de Pesquisa da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Essa “plantinha” cresce no solo, sobre as rochas, bases de troncos, beira de riachos e ainda em cima das folhas. Sensíveis às variações do ambiente, podem ser usadas como indicadoras do grau de conservação das florestas e da poluição do ar.

Adaptado de:http://www2.uol.com.br/JC/_2001/0611/cm0611_1.htm Acesso 01/06/12

O texto trata de uma planta pertencente ao grupo:

a) das pteridófitas.

b) das briófitas.

c) dos liquens.

d) das gimnospermas.

e) das angiospermas.

07. (UNESP) As figuras abaixo apresentam diferentes mecanismos que um agricultor pode empregar para promover a propagação vegetativa de algumas espécies vegetais.

07

(Sônia Lopes e Sérgio Rosso. Bio. Adaptado.)

Sobre esses quatro métodos de propagação vegetativa, pode-se afirmar corretamente que:

a) apenas um deles permite que uma mesma planta produza frutos de duas espécies diferentes.

b) na estaquia, a gema apical da estaca deve ser mantida, sem o que não haverá o desenvolvimento das gemas laterais.

c) na mergulhia, a nova planta produzirá apenas a parte vegetativa, e não desenvolverá frutos ou sementes.

d) na alporquia, a nova planta será um clone da planta que lhe deu origem, exceto pelo fato de não poder desenvolver a reprodução sexuada.

e) na enxertia, é importante que o tecido meristemático do enxerto não entre em contato com o tecido meristemático do porta-enxerto, sob o risco de não se desenvolver.

08. (PUC-MG) O cladograma a seguir esquematiza resumidamente alguns passos da evolução das plantas, em que as letras A, B, C e D representam aquisições evolutivas que caracterizam, respectivamente, os seguintes grupos: Embriófitas, Traqueófitas, Espermatófitas e Angiospermas.

08

Com base no esquema e em seus conhecimentos sobre o assunto, é incorreto afirmar:

a) a aquisição evolutiva A permitiu que as Briófitas desenvolvessem raízes, caule e folhas em esporófito, independentemente do gametófito.

b) a aquisição evolutiva indicada pela letra B permitiu que os grupos das Traqueófitas desenvolvessem maior porte do que o das Briófitas.

c) a aquisição evolutiva indicada pela letra C permitiu que as Espermatófitas desenvolvessem semente, fornecendo proteção e alimento ao embrião formado em seu interior.

d) o grupo surgido a partir de D desenvolveu sementes envoltas por fruto, gerado pelo ovário.

09. (UFPA) Escavações arqueológicas em solos rochosos do período Carbonífero, com aproximadamente 300 milhões de anos, descobriram fósseis vegetais. A análise dos fósseis mostrou a presença de traqueídes, com paredes reforçadas de lignina, e ausência de óvulos. Baseando-se nas características dos vegetais fossilizados, pode-se incluí-los no grupo das:

a) Pteridófitas.

b) Angiospermas.

c) Gimnospermas.

d) Briófitas.

e) Fanerógamas.

10. (UEM) Assinale o que for correto.

01. No ciclo de vida das briófitas, a alternância de gerações compreende uma geração esporofítica diploide, que se desenvolve sobre o gametófito haploide.

02. Nas folhas das samambaias, estão localizados os soros, que abrigam os esporângios, contendo esporos no seu interior.

04. A flor das gimnospermas é constituída pelo conjunto de folhas especializadas que incluem as sépalas, as pétalas, o androceu e o gineceu.

08. A semente das angiospermas corresponde ao ovário fecundado e desenvolvido.

16. Nas algas, são encontrados os três tipos básicos de ciclo de vida existentes na natureza, relacionados com a fusão de gametas haploides e formação de zigotos diploides.

Soma das alternativas corretas:

11. (UEA) Analise a figura.

11

Em relação às características filogenéticas das plantas é correto afirmar que:

a) as plantas que compõem a ramificação do grupo III são avasculares.

b) as plantas que compõem a ramificação do grupo I apresentam reprodução cruzada.

c) as plantas que compõem a ramificação do grupo IV pertencem às angiospermas por apresentarem flores, sementes e frutos.

d) as plantas pertencentes à ramificação do grupo II são pteridófitas, por necessitarem de muita água como meio de locomoção para o anterozoide “nadar” até a oosfera.

e) a partir de II, todas as plantas representadas dependem dos animais como agentes polinizadores.

12. (UECE) No cardápio da merenda de uma escola de Fortaleza, quarta-feira é o dia da fruta. Dentre as opções preferidas pelas crianças estão a pera, a maçã e o caju. Sobre essas frutas oferecidas na merenda, é correto afirmar–se que:

a) São frutos verdadeiros, pois são comestíveis.

b) São frutos múltiplos, porque não foram polinizados.

c) Não podem ser considerados frutos, e sim frutas, pois são doces.

d) São pseudofrutos, já que sua parte comestível não se desenvolve do ovário.

13. (UFG) Leia o texto e observe a figura a seguir, para responder esta questão.

O berimbau é um instrumento musical de origem africana, muito tocado no Brasil em rodas de capoeira. Em sua obra Viagem pitoresca e histórica ao Brasil Jean-Baptiste Debret descreveu o berimbau como segue: “Este instrumento musical se compõe da metade de uma cabaça presa a um arco curvo de bambu, com um fio de latão, sobre o qual se bate ligeiramente. Pode-se conhecer o instinto musical do tocador, que apoia a mão sobre a frente descoberta da cabaça a fim de obter, pela vibração, um som grave e harmonioso”.

Disponível em: <http://www.redetec.org.br/inventabrasil/berimb.htm&gt;. Acesso em: 7 fev. 2012.

13

O instrumento musical descrito no texto só pôde ser fabricado devido, evolutivamente, ao surgimento do seguinte grupo vegetal:

a) Algas.

b) Briófitas.

c) Pteridófitas.

d) Gimnospermas.

e) Angiospermas.

14. (UNCISAL) “Acidentes naturais e eventos climáticos extremos serão uma ameaça crescente às florestas mundiais nos próximos anos”. O alerta foi feito pela Organização para Agricultura e Alimentação (FAO), no início de agosto de 2011, com a divulgação do estudo “Distúrbios Abióticos e sua Influência sobre a Saúde das Florestas”. Entre os anos 2000 e 2009 ocorreram quase quatro mil eventos extremos, os chamados “distúrbios abióticos”, em que estão incluídos ciclones, enchentes, deslizamentos, tornados, terremotos, erupções vulcânicas e incêndios florestais. De acordo com a FAO, para enfrentamento do problema é necessário o reforço da cooperação entre regiões e países, em uma parceria internacional em prol da conservação e melhoramento florestal. Sobre a diversidade de plantas que ocorre nas florestas brasileiras, podemos afirmar corretamente, exceto:

a) As briófitas são plantas pequenas, avasculares, que formam extensos tapetes verdes sobre pedras, troncos de árvores e barrancos.

b) Samambaias e avencas são representantes muito conhecidos do grupo das pteridófitas, que são plantas dotadas de tecido de condução e que apresentam o esporófito como fase dominante no seu ciclo de vida.

c) Gimnospermas são plantas vasculares, cujos frutos chamados estróbilos, lembram cones; daí a denominação “coníferas”, dada a alguns de seus representantes. Uma conífera brasileira bem conhecida é a Araucaria angustifolia, o pinheiro-do-paraná.

d) Os vegetais podem ser caracterizados como organismos eucariontes, pluricelulares e autótrofos fotossintetizantes.

e) Entre os representantes de angiospermas nativas encontradas nas florestas estão, desde as árvores de grande porte, até pequenos capins com poucos centímetros de altura, nos quais podemos observar presença de flores e frutos.

15. (UEM) Os diferentes órgãos das plantas exercem funções que se relacionam e permitem a integração do vegetal com o meio. Nesse contexto, assinale o que for correto.

a) Parte da água absorvida pelas raízes é perdida através dos estômatos presentes nas folhas.

b) Os elementos minerais acumulados nas raízes são absorvidos pelas folhas.

c) A absorção de luz pelas folhas determina o fototropismo positivo das raízes.

d) O aumento da produção de giberelinas nas raízes induz a queda das folhas.

e) A fixação de nitrato nas células corticais das raízes favorece a produção de carboidratos nas folhas.

16. (UECE) As raízes das angiospermas podem apresentar especializações que permitem classificá-las em diversos tipos. É correto afirmar que as raízes:

a) escoras apresentam um revestimento chamado velame, uma epiderme multiestratificada.

b) respiratórias ou pneumatóforos são adaptadas à realização de trocas gasosas que ocorrem nos pneumatódios.

c) tuberosas possuem o apreensório para se fixarem ao hospedeiro e de onde partem finas projeções, os haustórios.

d) sugadoras armazenam reservas nutritivas, principalmente o amido, e por isso apresentam grande diâmetro.

17. (Unimontes) Durante o desenvolvimento de uma cultura, ocorre a sucessão de formação, desenvolvimento e morte de folhas com diferentes estágios de crescimento e desenvolvimento: iniciação (I), pré-aparecimento (II), aparecimento (III), maturidade (IV) e senescência (V). Se um determinado pesquisador quiser avaliar a composição de algum constituinte na folha de uma planta e avaliar se a idade da folha interfere na quantidade desse constituinte, qual(is) a(s) idade(s) necessária(s) para a sua análise? Assinale a alternativa correta.

a) I, II, III, IV e V.

b) I e II, apenas.

c) I, II e III, apenas.

d) I, II, III e IV, apenas.

18. (UEM) Considerando as características dos organismos atualmente classificados no reino Plantae (briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas), assinale a alternativa correta.

a) Todos os organismos pertencentes a esses grupos apresentam flores completas.

b) Todos os organismos pertencentes a esses grupos apresentam sistemas vasculares.

c) Todos os organismos pertencentes a esses grupos apresentam a fase gametofítica e a fase esporofítica.

d) As samambaias, pertencentes ao grupo das pteridófitas, apresentam somente a fase esporofítica.

e) Somente os organismos pertencentes ao grupo das angiospermas produzem sementes.

19. (UNEMAT) Todos os seres vivos do mundo estão relacionados em uma intrincada rede de interações como os fios de um tapete. Foi essa a analogia utilizada pelo Professor Walter Boere (UFPR) no livro “O tapete de Penélope” (EdUNESP). Uma interação conhecida é a dispersão de frutos por animais, a zoocoria. Sobre o assunto, assinale a alternativa correta.

a) Ser levada para longe da planta-mãe é importante para a semente não competir por luz com o vegetal adulto.

b) Para um vegetal sofrer zoocoria, suas sementes precisam suportar o alto pH do estômago de seu dispersor.

c) A frutose presente nos frutos poderá ser quebrada pela tripsina em ácidos graxos no trato digestivo de seu dispersor.

d) Gimnospermas não possuem sementes, por isso não podem sofrer zoocoria.

e) Apenas frutos com mesocarpo carnoso e palatável para alguma espécie animal podem sofrer zoocoria.

20. (UEM) Assinale o que for correto.

01. O reino Fungi abrange organismos eucariontes, aclorofilados, heterótrofos, que incorporam os alimentos por absorção.

02. Organismos eucariontes, parede celular constituída por celulose, presença de clorofilas a e b e amido como substância de reserva são características das “algas azuis” (“cianofíceas”).

04. Briófitas são plantas avasculares que não produzem flores, nas quais a geração gametofítica é predominante.

08. As pteridófitas são plantas vasculares que não produzem flores, nas quais a geração predominante é a esporofítica.

16.. O esporófito das gimnospermas corresponde à planta desenvolvida (2n), que possui raiz, caule, folhas, flores e frutos com sementes no seu interior.

32. Angiospermas são plantas vasculares cujo esporófito é constituído pela raiz, caule, folhas, flores e frutos com sementes.

64. Monocotiledôneas e dicotiledôneas são os dois grandes grupos de angiospermas que se diferenciam somente pelo arranjo dos vasos condutores no caule.

Soma das alternativas corretas:)

21. (COVEST) A observação da morfologia externa dos órgãos vegetativos e reprodutores permite a identificação de uma família ou espécie como pertencente às monocotiledôneas ou às dicotiledôneas (angiospermas). Analise as figuras e responda.

21

I  II

0 0 – As raízes mostradas em A e B caracterizam, respectivamente, uma monocotiledônea e uma dicotiledônea.

1 1 – Como mostrado em C, nas monocotiledôneas são comuns caules herbáceos, colmos ou ainda caules subterrâneos os quais contrastam com o tipo mostrado em D, observado comumente em dicotiledôneas.

2 2 – A folha mostrada em E, comum entre as monocotiledôneas, apresenta bainha geralmente reduzida e nervuras reticuladas e contrasta com a mostrada em F, com bainha geralmente desenvolvida e nervuras paralelas, encontrada na maioria das dicotiledôneas.

3 3 – Em G é mostrada uma flor de dicotiledônea, geralmente trímera, e em H uma flor de monocotiledônea, geralmente pentâmera.

4 4 – A semente mostrada em I é de dicotiledônea, enquanto a mostrada em J é de monocotiledônea.

22. (MACK) O esquema simplificado a seguir representa o ciclo de vida de uma samambaia.

22

A, B e C são, respectivamente:

a) esporófito, gametófito e esporo.

b) gametófito, esporófito e esporo.

c) esporo, gametófito e esporófito.

d) esporófito, esporo e gametófito.

e) gametófito, esporo e esporófito.

23. (MACK) Considere uma espécie vegetal pertencente ao grupo das angiospermas que possui células com 2n = 36 cromossomos. Nessa espécie, o endosperma, a oosfera e o zigoto formado após a fecundação apresentam, respectivamente:

a) 18, 36 e 54 cromossomos.

b) 36, 18 e 54 cromossomos.

c) 54, 36 e 18 cromossomos.

d) 18, 54 e 36 cromossomos.

e) 54, 18 e 36 cromossomos.

24. (FUVEST) Considere o diagrama a seguir, representativo do ciclo de vida de uma planta.

24

Qual alternativa completa corretamente o diagrama?

a) x- esporo, y- zigoto, z- gameta.

b) x- esporo, y- gameta, z- zigoto.

c) x- gameta, y- esporo, z- zigoto.

d) x- gameta, y- zigoto, z- esporo.

e) x- zigoto, y- esporo, z- gameta.

25. (PUC-SP) Nos esquemas A e B, representados a seguir, encontram-se, respectivamente, as gerações do ciclo de vida de uma briófita (musgo) e de uma pteridófita (samambaia). Com base neles, pode-se afirmar corretamente que:

25

a) I e III são gerações diploides.

b) II e III são gerações haploides.

c) I e IV são gerações produtoras de esporos.

d) II e IV são gerações produtoras de gametas.

e) I e III são gerações produtoras de gametas.

26. (CESGRANRIO) O gráfico abaixo mostra o peso de uma folha que foi retirada de seu ramo em função do tempo.

26

Com base na análise desse resultado, podemos concluir que, no trecho:

a) AB, a transpiração cuticular é muito maior que a perda de água pelos estômatos.

b) AB, a diminuição do peso foi rápida devido à perda de água pelos estômatos.

c) BC, diminuição do peso é lenta, pois não há mais transpiração cuticular.

d) BC, a perda de água pelos estômatos supera a transpiração cuticular.

e) BC, ocorre o grau máximo de abertura dos estômatos.

27. (UPE) Analise o desenho abaixo no qual são evidenciados detalhes anatômicos e histológicos de uma planta.

27

I   II

0   0 – No corte foliar, é possível reconhecer a epiderme, tecido de revestimento e proteção (IA e ID) e os parênquimas paliçádico (IB) e lacunoso (IC), cujas funções são, respectivamente, fotossíntese e armazenamento de substância.

1  1 – Pela presença do aparelho reprodutor, podemos deduzir que se trata de uma espécie monoica, uma vez que contempla tanto gineceu como o androceu (II) na mesma flor.

2  2 – O tecido vascular (III), constituído de vasos crivados que transportam a seiva elaborada, é chamado xilema.

3   3 – O sistema radicular pivotante (IV), que evidencia os haustórios (IVA), tem como função absorver água e nutrientes do solo.

4  4 – Pelas evidências anatômicas, podemos concluir que se trata de uma planta Traqueófita, Angiosperma, Dicotiledônea.

28. (FUVEST) Um pesquisador dividiu um lote de plantas jovens em quatro grupos, dos quais três receberam os tratamentos indicados adiante e o quarto foi usado como controle.

28

Grupo I: as plantas tiveram as folhas retiradas.

Grupo II: as plantas tiveram o ápice coberto com papel à prova de luz.

Grupo III: as plantas tiveram as folhas retiradas e o ápice coberto com papel à prova de luz.

Grupo IV: controle.

As plantas foram então iluminadas unilateralmente. Quais plantas se curvam em direção à fonte de luz, tal como os controles?

a) Nenhuma delas.

b) Somente as plantas do grupo I.

c) Somente as plantas do grupo II.

d) Somente as plantas dos grupos I e II.

e) As plantas dos grupos I, II e III.

29. (VUNESP) Considere, no esquema a seguir, as características de determinados grupos vegetais. Assinale a alternativa cujos grupos vegetais estão representados, respectivamente, pelos algarismos I, II, III e IV.

29

a) Briófitas, gimnospermas, angiospermas e pteridófitas.

b) Pteridófitas, gimnospermas, angiospermas e briófitas.

c) Briófitas, angiospermas, gimnospermas e pteridófitas.

d) Pteridófitas, angiospermas, gimnospermas e briófitas.

e) Briófitas, gimnospermas, pteridófitas e angiospermas.

30. (MACK) Uma das folhas de uma planta foi parcialmente coberta com uma tira de papel alumínio como mostra a figura a seguir.

30

Durante alguns dias, essa planta foi exposta à luz uniforme. A respeito desse experimento são feitas as seguintes afirmativas.

I. A região coberta torna-se amarelada devido à destruição da clorofila.

II. As regiões não cobertas da folha apresentarão maior quantidade de amido que a porção coberta.

III. Na região coberta, os processos prejudicados são a quebra da molécula de água e a produção de ATP.

Assinale:

a) se todas forem corretas.

b) se somente I e II forem corretas.

c) se somente II e III forem corretas.

d) se somente I for correta.

e) se somente II for correta.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 31 de agosto de 2017

TESTES DE DIVISÃO CELULAR (5)

01. (PUC-SP) Nos esquemas abaixo temos a representação de um cromossomo em duas fases sequenciais ( A e B ) da divisão celular:

01

As fases A e B em questão são observadas:

a) exclusivamente na mitose.

b) exclusivamente na meiose.

c) na mitose e na primeira divisão da meiose.

d) na mitose e na segunda divisão da meiose.

02. (UCPel) Geralmente, uma célula eucariótica não pode simplesmente dividir-se em duas, porque apenas uma de suas células descendentes receberia o núcleo e, consequentemente, o DNA. Assim, o citoplasma de uma célula divide-se apenas depois que seu DNA é dividido em mais de um núcleo através da mitose ou meiose. Analise a lista de funções abaixo:

I. Em todos os eucariotos pluricelulares é base para o aumento no tamanho do corpo durante o crescimento.

II. Em organismos eucariotos pluricelulares é responsável pela reposição de células mortas ou desgastadas.

III. Em eucariotos unicelulares e pluricelulares é a base da reprodução sexuada, pois é responsável pelos processos pelos quais gametas e esporos sexuais se formam.

IV. Em organismos unicelulares e muitos pluricelulares é responsável também pelo processo de reprodução assexuada.

São características do mecanismo de mitose:

a) apenas I e III.

b) apenas I e II.

c) apenas III e IV.

d) apenas II, III e IV.

e) apenas I, II e IV.

03. (Uneal) A figura a seguir representa o esquema de um ciclo celular. À esquerda, mostra-se a interfase, com as fases G1, S e G2 e, à direita, a mitose, dividida em quatro fases, representadas pelas letras A, B, C e D. Considerando o esquema, analise as assertivas a seguir e assinale a alternativa correta.

03

I. A letra A representa a prófase, quando os cromossomos atingem um avançado estado de condensação e ficam alinhados na região equatorial da célula.

II. A letra B representa a metáfase, quando ocorre a condensação gradual das fibras de cromatina que vão progressivamente se tornando mais curtas e espessas, até formarem cromossomos.

III. A letra C representa a anáfase, quando ocorre a separação e a migração das cromátides irmãs que passam a ser chamadas cromossomos filhos.

IV. A letra D representa a telófase, quando os cromossomos filhos alcançam os respectivos polos e quando ocorre a reconstituição dos núcleos e a divisão citoplasmática.

a) Apenas I e II são corretas.

b) Apenas I e III são corretas.

c) Apenas II e III são corretas.

d) Apenas II e IV são corretas.

e) Apenas III e IV são corretas.

04. (Vunesp) Em um organismo multicelular, todas as células possuem a mesma origem a partir do zigoto. Elas descendem do mesmo embrião que sofreu sucessivas mitoses, sendo, portanto, geneticamente idênticas, mas podem ser muito diferentes na forma e na função, o que pode ser explicado devido:

a) ao processo de diferenciação celular através da mitose simétrica.

b) à presença de células com potencialidade baixa, mas alto grau de diferenciação no zigoto.

c) à ativação diferenciada dos genes de cada célula.

d) à variação na composição do genoma dos blastócitos no zigoto, que permite a especialização celular.

e) à ativação dos receptores de crescimento presentes no citoplasma das células progenitoras.

05. (CESPE-UnB)

05

O gráfico acima ilustra a quantidade de DNA em uma célula em diferentes fases do ciclo celular. Com base no gráfico e nos aspectos a ele relacionados, assinale a opção correta.

a) Na fase S, os cromossomos atingem seu grau máximo de condensação e se colocam no centro da célula.

b) Na fase G1, as cromátides de cada cromossomo estão ligadas entre si por meio do centrômero.

c) Na fase P, os cromossomos chegam aos polos da célula e sofrem o processo de descondensação.

d) Na fase M, ocorre intensa síntese de DNA, o que determina a duplicação dos cromossomos.

e) O processo ilustrado na figura ocorre em células da linhagem germinativa.

06. (PUCRS) Sobre o processo mitótico, é correto afirmar que:

a) ocorre apenas em células diploides.

b) dá origem a gametas haploides.

c) é utilizado como forma de reprodução assexuada por alguns seres vivos.

d) constitui-se como um processo equacional seguido de uma fase reducional.

e) é utilizado por seres vivos, como vegetais e fungos, para geração de esporos haploides.

07. (IFNMG) A divisão celular é fundamental nos processos de crescimento de tecidos, regeneração e cicatrização. A quantidade de cromatina por cromossomo e consequentemente o teor de DNA sofre oscilações durante o processo como evidenciado na figura abaixo.

07

Em relação a essas variações e às etapas do processo de Mitose, é correto afirmar que:

a) a queda no teor de DNA durante a mitose ocorre na etapa denominada Anáfase.

b) no fim da Interfase, a célula tem uma quantidade de DNA menor que no seu início.

c) no período de mitose propriamente dito, a quantidade de DNA mantém-se constante.

d) no decorrer do período S, a quantidade de DNA aumenta progressivamente e ocorre a duplicação do DNA.

08. O número dos cromossomos nas células do cavalo (I) é 64 e no trigo (II) é 42. Quando esses organismos passam pelos processos de mitose e meiose, respectivamente, seus números cromossômicos serão:

a) (I) 32 e 64, (II) 42 e 21.

b) (I) 128 e 32, (II) 84 e 21.

c) (I) 64 e 32, (II) 42 e 21.

d) (I) 32 e 16, (II) 42 e 21.

09. (CESGRANRIO) Ao compararmos mitose com meiose, podemos concluir que:

a) a meiose está associada à reprodução de animais pluricelulares, e a mitose, ao seu crescimento.

b) a meiose divide à metade o número de cromossomos de uma célula, e a mitose o duplica.

c) a meiose está associada à reprodução de animais unicelulares, e a mitose, ao seu crescimento.

d) a mitose garante o número cromossomial da espécie, e a meiose não.

e) a mitose só acontece em células reprodutoras, e a meiose só em células haploides.

10. (UEM) Sobre divisão celular, assinale o que for correto.

01. Na mitose e na meiose, há duplicação e divisão do material cromossômico.

02. Na mitose e na meiose, há divisão do material genético previamente duplicado.

04. Na mitose e na meiose, há condensação cromossômica na prófase e descondensação na telófase.

08. A mitose é um processo equacional de divisão, enquanto a meiose é um processo reducional.

16. A mitose em seres multicelulares gera variabilidade genética.

32. Nos animais, a meiose está relacionada ao processo de reprodução sexuada e a mitose está relacionada à formação/manutenção das células dos organismos.

64. A mitose ocorre somente em células haploides e a meiose ocorre somente em células diploides.

Soma das alternativas corretas:

11. (UNAMA) A divisão celular é um processo biológico responsável pela formação de inúmeras células que constituem o corpo de organismos pluricelulares. Essa formação garante o desenvolvimento de fenômenos como:

I. O crescimento do indivíduo.

II. A renovação dos tecidos pela substituição de células velhas por células novas.

III. A regeneração de regiões lesadas como, por exemplo, a cicatrização de um ferimento.

Os fenômenos acima referidos estão relacionados ao (s) tipo (s) de divisão celular denominado (s):

a) meiose.

b) mitose.

c) mitose e meiose.

d) interfase e mitose.

12. (UERN) No organismo humano há dois tipos de células: as diploides ou somáticas, conhecidas por formarem todas as células do corpo humano, e as haploides ou gametas, que são células sexuais e apresentam metade do número de cromossomos. A maioria dessas células está sempre se renovando, gerando novas células pelos processos de mitose e meiose. O esquema a seguir representa as fases da reprodução celular.

12

Observe as figuras e analise as afirmativas a seguir.

I. A anáfase I da meiose e a telófase da mitose estão representadas pelas figuras 4 e 2, respectivamente.

II. As figuras 2 e 3 representam a telófase I da meiose e a metáfase da mitose.

III. Durante a fase representada pela figura 2 ocorre o desaparecimento da carioteca, e o material do núcleo mistura-se ao citoplasma.

IV. A figura 3 corresponde à metáfase I da meiose, onde os cromossomos se alinham na região equatorial da célula.

V. Durante a fase da figura 1, em que os cromossomos se tornam mais curtos e mais espessos, o processo é chamado condensação.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I, II e IV.

b) II, III e V.

c) I, IV e V.

d) II, III e IV.

13. (UNIMONTES) A mitose é o tipo de divisão em que uma célula dá origem a duas células-filhas com o mesmo número de cromossomos da célula inicial. Embora seja um processo comum à maioria dos seres vivos, existem diferenças significativas entre a mitose das células animais e a das células vegetais. A figura abaixo ilustra a mitose em uma célula vegetal. Analise-a.

13

Considerando a figura e os seus conhecimentos, são características da mitose das células vegetais, exceto:

a) presença de fragmoplasto.

b) presença de áster.

c) ausência de centríolos.

d) citocinese centrífuga.

14. (UECE) Atente para os seguintes eventos relacionados a processos de divisão celular (mitose ou meiose):

I. Regeneração de células da pele.

II. Formação de espermatozoides.

III. Crescimento de um embrião.

IV. Proliferação de células de um tumor de próstata.

Estão relacionados à mitose apenas os eventos

a) III e IV.

b) I, II e IV.

c) II e III.

d) I, III e IV.

15. (UEM) Sobre o ciclo celular, a estrutura e o comportamento dos cromossomos, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – Cada cromossomo é formado por uma única molécula de DNA. Portanto, células de raízes que incorporam timidina radioativa durante toda a interfase produzem cromossomos metafásicos com uma cromátide radioativa e uma cromátide não radioativa.

1  1 – Desprezando-se pequenas diferenças dentro de pares de cromossomos de tamanhos diferentes, é esperado que, após a primeira divisão meiótica, as células-filhas contenham a mesma quantidade de DNA nuclear que a célula-mãe.

2  2 – Se, em um núcleo interfásico na fase G1, que antecede a fase S de síntese, a quantidade de DNA corresponde a quatro genomas, então, após a mitose, as células descendentes serão tetraploides.

3  3 – Em uma população de uma espécie diploide com seis alelos diferentes em determinado locus, qualquer indivíduo normal terá, no máximo, dois alelos diferentes para esse locus.

4   4 – A segregação independente dos pares de genes, conhecida como segunda lei de Mendel, só é possível porque, excetuando-se aberrações cromossômicas, nenhuma molécula de DNA nuclear de qualquer espécie contém mais de um locus gênico.

16. (IFMT) Observe a figura abaixo e marque a alternativa que corresponde às fases em que ocorre a formação da placa equatorial e separação das cromátides respectivamente:

16

a) Prófase e Anáfase.

b) Prófase e Metáfase.

c) Telófase e Metáfase.

d) Anáfase e Metáfase.

e) Metáfase e Anáfase.

17. Esta fase da mitose começa com o desaparecimento da carioteca. Os nucléolos “dissolveram-se” no hialoplasma e o fuso mitótico, formado por microtúbulos proteicos, liga-se aos centrômeros dos cromossomos. Estamos nos referindo à:

a) interfase.

b) prófase.

c) anáfase.

d) telófase.

e) metáfase.

18. (UFU) Durante a divisão celular, ocorrem eventos importantes que garantirão a manutenção de características celulares ao longo da vida dos seres vivos. Acerca da divisão celular, analise o quadro abaixo.

18

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a correlação dos números I, II, III, IV e V apresentados no quadro, com as respectivas características do evento.

a) I – não ocorre; II – não ocorre; III – anáfase 1; IV – telófase; V – telófase 2.

b) I – não ocorre; II – metáfase; III – prófase; IV – prófase 2; V – não ocorre.

c) I – metáfase; II – não ocorre; III – não ocorre; IV – prófase 1; V – prófase 2.

d) I – metáfase 2; II – não ocorre; III – telófase; IV – não ocorre; V – prófase 1.

19. (UEG) Durante o ciclo celular, os cromossomos passam por diferentes estados, que são representados na figura abaixo por A, B e C.

19

Na análise da figura, pode-se deduzir o seguinte:

a) em A, o cromossomo é interfásico, alongado e fica emaranhado no núcleo, de forma que os cromossomos individuais não são diferenciados.

b) em B, os cromossomos são mitóticos duplicados, alongados e com cromatina descompactada, de forma que os cromossomos individuais são diferenciados.

c) em A e B, os cromossomos são interfásicos duplicados, alongados e ficam emaranhados no nucléolo, de forma que os cromossomos individuais são diferenciados.

d) em C, os cromossomos são interfásicos duplicados, alongados e ficam emaranhados no nucleoide, de forma que os cromossomos individuais não são diferenciados.

20. (IFMG) As divisões celulares são bastante complexas e ilustram a coordenação dos processos celulares. Sobre elas, assinale a alternativa correta:

a) a meiose é responsável pela formação de novas células para manutenção e regeneração do organismo.

b) a mitose acontece em duas fases sequenciais, que são a mitose I e a mitose II.

c) os centríolos são organelas celulares envolvidas nos processos de divisão celular, pois participam da organização das fibras do fuso acromático.

d) os gametas são sempre formados através de mitoses.

21. (UEA) A mitose e a meiose são processos de divisão celular essenciais para reprodução dos seres vivos, de forma assexuada e sexuada respectivamente. A respeito desses processos foram feitas as seguintes afirmações:

I. Tanto a mitose como a meiose geram células com um número reduzido de cromossomos.

II. A meiose forma gametas na espécie humana.

III. A mitose, quando ocorre descontroladamente, pode ser caracterizada como câncer.

IV. Anteriormente à mitose e à meiose ocorre a duplicação do DNA.

Está correto apenas o contido em:

a) I e II.

b) III e IV.

c) I, II e III.

d) I, III e IV.

e) II, III e IV.

22. (UERR) Sobre a mitose, analise as afirmativas:

I. Durante a anáfase, as cromátides-irmãs separam-se e são levadas para os polos opostos da célula pelo encurtamento dos microtúbulos do fuso.

II. Na mitose, acontecem duas divisões celulares seguidas, que resultam na formação de quatro células-filhas.

III. Durante a metáfase, os cromossomos ocupam a região mediana da célula e estão condensados ao máximo, o que torna bem visível as cromátides.

IV. A mitose origina células-filhas com mesmo número de cromossomos da célula mãe. Portanto, quando uma célula diploide sofre mitose, formam-se duas células diploides.

V. O objetivo do processo mitótico, nos animais em geral, é a formação de gametas.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) II, III e V.

b) I, II e IV.

c) I, III e IV.

c) I, II e III.

e) III, IV e V.

23. (UEPG) A divisão da célula faz parte do que os biólogos denominam ciclo celular. Este é um período que se inicia com a origem da célula, a partir de uma célula preexistente, e termina quando ela se divide em duas células-filhas. Com relação ao ciclo celular, assinale o que for correto.

01. Os citologistas dividem o ciclo celular em duas etapas: divisão celular e interfase. A divisão celular compreende a mitose e a citocinese (divisão do citoplasma).

02. A interfase é definida como o período entre duas divisões celulares consecutivas. Durante a interfase, os filamentos cromossômicos permanecem descondensados e distribuídos no interior do núcleo, constituindo a cromatina.

04. Na interfase, a célula está em plena atividade, produzindo moléculas de RNA que são utilizadas na síntese proteica. É também durante a interfase que a célula cresce e que as moléculas de DNA dos cromossomos se duplicam, preparando a célula para a próxima divisão.

08. As fases da mitose são, em sequência: prófase, metáfase, anáfase, telófase.

16. Na prófase ocorre o desaparecimento da carioteca. A lâmina nuclear se desfaz e as membranas componentes da carioteca fragmentam-se em pequenas vesículas, que se espalham pelo citoplasma.

Soma das alternativas corretas:

24. (IFSul) A mitose é um tipo de divisão celular. Numere a segunda coluna de acordo com a primeira, de forma a estabelecer a relação correta entre as fases da mitose e os eventos correspondentes.

PRIMEIRA COLUNA

1. Prófase.

2. Metáfase.

3. Anáfase.

4. Telófase.

SEGUNDA COLUNA

(  ) Formação da placa equatorial pelos cromossomos.

(  ) Migração de cromossomos homólogos para polos opostos da célula.

(  ) Desespiralização dos cromossomos.

(  ) Desaparecimento do nucléolo.

A alternativa que completa, corretamente, de cima para baixo os parênteses é:

a) 2 – 3 – 4 – 1.

b) 4 – 3 – 1 – 2.

c) 1 – 2 – 3 – 4.

d) 4 – 1 – 3 – 2.

e) 2 – 1 – 3 – 4.

25. (PUC-RIO) Considere as afirmações relativas à mitose.

I. O nucléolo começa a desaparecer na prófase.

II. Os núcleos filhos são geneticamente idênticos ao núcleo dos pais.

III. As cromátides irmãs se separam no início da anáfase.

IV. Cromossomos homólogos fazem sinapse na prófase.

V. Um único núcleo dá origem a dois núcleos-filhos idênticos.

Estão corretas:

a) apenas I, II, IV, V.

b) apenas I, II, III, V.

c) apenas II, III, IV, V.

d) apenas I, II, V.

e) todas as afirmações.

26. (UEM) Sobre a mitose, assinale o que for correto.

01. O processo mitótico contribui para a reprodução dos organismos unicelulares e também para a formação das células que constituem o corpo dos organismos pluricelulares.

02. Na metáfase, os cromossomos encontram-se emparelhados e unidos pelo quiasma, e as cromátides se irradiam para o mesmo lado.

04. No início da anáfase, ocorre separação dos centrossomos; cada par de centríolos acompanha o movimento do centrossomo ao qual está associado e começa-se a formar o áster.

08. Durante o processo da mitose, as células das Angiospermas apresentam algumas particularidades, como ausência de centríolos e de fibras do áster e citocinese centrífuga.

16. Ao final da mitose, a célula-mãe origina duas células-filhas com metade do número de cromossomos.

Soma das alternativas corretas:

27. (Acafe-SC) Em relação à mitose, são feitas as seguintes afirmativas.

I. A espiralização gradual e completa da cromatina que culmina com a formação dos cromossomos caracteriza a prófase.

II. A disposição dos cromossomos numa placa na zona equatorial da célula caracteriza a metáfase.

III. Após a divisão longitudinal dos cromossomos e a migração dos cromossomos-filhos para os polos da célula, haverá reconstrução dos envoltórios nucleares durante a anáfase.

Assinale

a) se somente I e II estiverem corretas.

b) se somente II e III estiverem corretas.

c) se somente I e III estiverem corretas.

d) se somente II estiver correta.

e) se I, II e III estiverem corretas.

28. Na espécie humana a análise do cariótipo é utilizada para a determinação de alterações cromossômicas. A melhor fase do ciclo celular para o estudo do cariótipo é a:

a) interfase.

b) prófase.

c) metáfase.

d) anáfase.

e) telófase.

29. (UPE) A proliferação celular exagerada está diretamente relacionada ao desenvolvimento de câncer. Tem-se como exemplo de bloqueio desse processo o uso de drogas antimitóticas, que desorganizam o fuso mitótico. Em relação à formação e ao papel do fuso mitótico em condições normais, é correto afirmar que:

a) A carioteca, membrana nuclear formada por proteínas fibrosas do citoesqueleto, está envolvida na formação do fuso mitótico, essencial à adesão celular.

b) O citoesqueleto é uma rede citoplasmática de ácidos nucleicos envolvidos no processo da formação do fuso mitótico, de lisossomos e do acrossomo, responsáveis pela mitose.

c) Os centríolos são cilindros formados por actina e miosina, envolvidos na formação do fuso mitótico, dos cílios e flagelos, que auxiliam na movimentação celular.

d) Os centrômeros são responsáveis pela formação do fuso mitótico constituído de carboidratos, essencial ao direcionamento do ciclo celular.

e) Os microtúbulos são constituídos de tubulinas e formam o fuso mitótico, responsável pela correta segregação dos cromossomos durante a divisão celular.

30. (UPE) Sobre a mitose e meiose, suas fases e peculiaridades, analise as descrições abaixo e conclua.

I  II

0  0 – As fases da mitose obedecem à sequência: prófase, anáfase, metáfase e telófase. Na prófase, cada cromossomo é formado por duas cromátides-irmãs. Durante a metáfase, há separação das cromátides-irmãs que passam a ser denominadas cromossomos-irmãos.

1  1 – A meiose ocorre em duas etapas: meiose I (reducional) e meiose II (equacional). A meiose I assemelha-se à mitose, enquanto a meiose II tem particularidades próprias, como o crossing over, ausentes na mitose.

2  2 – A mitose pode ser realizada por células haploides ou diploides, que produzem, em condições normais, cópias idênticas de si mesmas. As bactérias não se dividem por mitose nem meiose.

3  3 – Os cromossomos que sofrem descondensação no início da prófase, ao se espiralizarem no final da telófase, tornam a se condensar, mantendo sua individualidade nas células que não se encontram em divisão. Essa condensação é indispensável para a síntese proteica.

4  4 – O câncer é uma doença em que falham os mecanismos biológicos de regulação do processo da divisão celular. Uma série de divisões celulares desordenadas origina inúmeras células-filhas que invadem outros órgãos.

gab

 

 

Older Posts »

Categorias